Você está na página 1de 13

PRESSUL MANUTENÇÃO DE ELEVADORES LTDA

RUA MARTIM FERREIRA DE CARVALHO, 167 - SARANDI


Fone: (51) 3029-3393/ (51) 3072-3676
CEP 91140-340 PORTO ALEGRE - RS - CNPJ: 10.857.300/0001-45

PLATAFORMAS DE ACESSO E MANUTENÇÃO


Atendendo a NR 18

CONTRATANTE: MAIOJAMA EMPREENDIMENTOS IMOBILIARIOS


LTDA
CNPJ: 87.346.821/0001-62
AV. CARLOS GOMES, 1340 CJ.301 - AUXILIADORA, PORTO
ALEGRE, RS - CEP. 90.480-001

SERVIÇO: GUINCHO DE OBRA

Resp. Técnico: Engº. EDNEY DA SYLVA MONTE


Engenheiro Mecânico
CREA RS 100-222-D

Revisão Data Descrição Revisor


0 JUN/20 Emissão inicial DGRAPHCAD
INDICE:

1- OBJETIVOS:

2- NORMAS:

3- DOCUMENTAÇÃO DE REFERÊNCIA:

4- AÇÕES E ESFORÇOS:

5- MATERIAIS:

6- CALCULOS:

6.1. DIAGRAMA DE ESFORÇOS:

6.2. CALCULO DO CONTRAPESO NECESSÁRIO;

6.3. DIMENSIONAMENTO DA VIGA PRINCIPAL E COLUNA MOTOR:

6.4. DIMENSIONAMENTO DAS SAPATAS:

6.5. DIMENSIONAMENTO DOS OLHAIS CONTRA-PESO:

6.6. DIMENSIONAMENTO DOS CABOS DE AÇO E SEUS ELEMENTOS;

6.7. DIMENSIONAMENTO DO SISTEMA DE MOTORIZAÇÃO;

6.8. DIMENSIONAMENTO DA GAIOLA DE CARGA;

6.9. DIMENSIONAMENTO DO GAIOLA DE CONTRAPESO.

7.0. OPERACIONALIDADE E SEGURANÇA: NR 12 E 35;

8.0. CONCLUSÃO FINAL.


1. OBJETIVOS:

Este memorial estabelece os requisitos mínimos necessários para o


dimensionamento de guincho de obra para movimentações verticais de
cargas de até 400 kgf, montado no nível da cobertura em prédio comercial.
Este equipamento deverá possuir as seguintes características:
a- O guincho deverá ser ancorado através de contrapesos e estais de
segurança;
b- O guincho deverá ter sua estrutura desmontável para sucessivas
montagens e desmontagens no perímetro do prédio;
c- O equipamento será operado por um operário no nível da cobertura do
prédio com o mesmo estando na plataforma de andaimes (Projeto da
Maiojama) com a visão da gaiola de cargas;
d- Balanço máximo de 2m da viga principal.

2. NORMAS:
 NR18 - Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção;
 NR 35 – Trabalhos em altura;
 NR 12- Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos;
 NBR 8800 – Projeto de Estruturas de Aço;
 NBR 84000 - Calculo de Equipamento Para Levantamento e Movimentação
de Carga.

3. DOCUMENTAÇÃO DE REFERÊNCIA:

3.1. DOCUMENTOS DO CLIENTE:


 PLANTA COBERTURA: 5009-008-AR-COB-R00;
 CORTES: 5009-009-AR-COR-R00, 5009-010-AR-COR-R00;
 ESTRUTURAL COBERTURA: 5009-G11-ES-COB-R10.
3.2. DOCUMENTOS DO FABRICANTE:
 ARRANJO GERAL: DE-GM-MAJ-CJG-150-001 E 002;
 VIGAS DE ANCORAGEM: DE-GM-MAJ-ANC-150-002;
 SUPORTE DE ANCORAGEM: DE-GM-MAJ-SUP-150-001 E 002;
 CJ. DE MOTORIZAÇÃO: DE-GM-MAJ-CJM-150-001 E 02;
 CJ. DE AUTOMAÇÃO: DE-GM-MAJ-AUT-150-001;
 CJ. DE SEGURANÇA: DE-GM-MAJ-SEG-130-001 E 002;
 GAIOLA DE CARGA: DE-GM-MAJ-GAL-150-001;
 CONTRA PESO: DE-GM-MAJ-COP-150-001.

4. AÇÕES E ESFORÇOS:

4.1. O guincho foi dimensionado conforme as normas: NBR 84.000/1984 e NBR


8800/2008;
4.2. - Ponderações das ações:
 Ações Constantes: Peso próprio + Carga de trabalho = Carga de projeto;
 Ação do vento: Desconsiderada (Gaiola Guiada por cabo tensionado);
 Fator de ponderação de carga estática: Fp = 1,0;
 Fator de impacto (Freio, Inercia): Fi = 1,10;
 Carga total: P1 = P x Fp x Fi = 500 Kgf

4.3- Características gerais:

4.3.1 Condição de operação:


 Carga de projeto P = 450 Kgf;
 Carga com fatores de ponderamento = P1 = 500 Kgf;
 Tensão de Ruptura do Aço = Sr1 = 4.800 Kgf/cm2;
 Fator de Segurança para estruturas = FS1 = 5;
 Fator de Segurança para contrapeso = FS1 = 3.
5. MATERIAIS:
 VIGAS W e I: ASTM A 572 Grau 50;
 PERFIS METÁLICOS: ASTM A-242
 TUBOS METÁLICOS: ASTM A-500;
 CHAPAS: ASTM A-570;
 BARRAS: SAE 1020;
 PARAFUSOS E PORCAS: ASTM A 325, ASTMA A 194.

6. CALCULOS:
6.1 DIAGRAMAS DE ESFORÇOS:

a) Diagrama de Esforço da viga em


Balanço
b) Diagrama de esforços dos
contrapesos

6.2. CALCULO DO CONTRAPESO NECESSÁRIO:


 Carga em Balanço = P1 = 500 kgf;
 Vão em Balanço = L1 = 2,0 m = 200 cm;
 Vão do contrapeso = L2 = 1,0 m = 100 cm;
 Carga de Contrapeso = CP = 3 x P1 x L1 / L2 = 3.000 Kgf;
 Vamos usar dois módulos de gaiolas com 1500 kgf/cada.

6.3. DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS:


 Carga em Balanço = P1 = 500 kgf;
 Vão em Balanço = L1 = 2,0 m = 200 cm;
 Vão do apoio = L2 = 1,2 m = 100 cm;
 Vão do contrapeso = L3 = L2 – 100 cm = 20 cm;
 Vão total = LA = (L1 + L2) = 3,0m = 320 cm;
 Reação em R1 = P1 x L1/LA = 312,50 Kgf;
 Reação em R2 = P1 x L2/LA = 187,50 Kgf;
 Reação em R3 = P1 x L3/LA = 156,50 kgf (Anulado pelo contrapeso);
 Reação em R4, desconsiderada;
 Mmax = - P1 x L1 = 100.000 Kgf.cm;
 Sadm = Sr/FS = 4.800 Kgf/cm2 / 5 = 960 kgf/cm2;
 Modulo de resistência da viga em x-x = Wx1 = Mmax / Sadm = 104,16 cm3;
 Viga Selecionada: W 150 x 18 kg/m

 Logo Wx = 122,8 cm3 > WX1 ok.


6.3.1. DIMENSIONAMENTO DAS EMENDAS DA VIGA:
 ÁREAS DAS TALAS NBR 8800/2008:
o D = 35 mm = 3,5 cm;
o Md = 1750 kgf.cm;
o Vd = 500 Kgf;
o Aw > Vd x y / 0,60 x fy;
o Fy = 2.500 Kg/cm2;
o Y = 1,1
o Aw > 0,40 cm2;

 AREAS DAS TALAS:


o SECÇÃO DA MESA = 2 x (0,71 x 10,2) = 14,48 cm2
o SECÇÃO DA ALMA = (0,58 x 11,9) = 6,9 cm2
o Ag = 14,48 + 6,9= 21,38 cm2
 ÁREA DAS COBREJUNTAS:
o SECÇÃO DA MESA = 2 x (0,794 x 10,2) = 16,19 cm2
o SECÇÃO DA ALMA = 2 x (0,476 x 12,0) = 11,42 cm2
o At = 16,19 + 11,42= 27,61 cm2
o At > Ag ok

6.3.2. DIMENSIONAMENTO DA COLUNA DO MOTOR


 Coluna sem esforços de tração ou compressão apenas apoio para a viga
principal e base do cj. motorização;

6.4. DIMENSIONAMENTO DAS SAPATAS:


6.4.1 Sapata principal:
 PERFIL I 5” x 15 Kg/m;
o PERFIL BI-APOIADO COM CARGA CENTRAL:
o R1=312,50, CONSIDERADO NO CALCULO 500 Kgf;
o L = 290 = 22,9 cm;
o Mx = R1 x L/4 = 2.862 Kg.cm
o Wx = Mx / Sadm = 2.862 / 960 = 2,98 cm3;
o Wx = 80,4 cm2 – ok.

6.5. DIMENSIONAMENTO DOS OLHAIS DE CONTRA-PESO:


o Chapa soldada na alma da Viga W 150;
o Olhal barra de aço 5/8”;
o Força de tração máxima = T1 = 1500 Kgf;
o Sadm = 960 kgf/cm2;
o At = T1/Sadm = 1,563 cm2, sendo A1 = At/2;
o A1 = 0,78 cm2, então DN = 0,99 cm = 9,9 mm, para DN=5/8”. O
6.6. DIMENSIONAMENTO DOS CABOS DE AÇO E SEUS ELEMENTOS;
 Cabos de aço do sistema de segurança, d = ½”, 6 x 25 AF;
 Cabos de aço do sistema de contra-peso, d= ½”, 6 x 25 AF;
 Cabos de aço do sistema de guia da gaiola, d=3/16”, 6 x 7 AF;
 Cabos de aço sistema de motorização, d=5/16”, 6 x 7 AA.

 Demais componentes como sapatilhas e grampos, selecionados para cargas


de 1500 kgf.
6.7. DIMENSIONAMENTO DO SISTEMA DE MOTORIZAÇÃO;
6.7.1. Classificação conforme NBR 84.000
 Classe de funcionamento: V=4, 12.500 h;
 Estado de solicitação: ES 2;
 Grupo mecânico: 3M;
6.7.2. Diâmetro mínimo do cabo = dmin = 7,48 mm, logo dn = 8mm;
6.7.3. Diâmetro tambor =dnt= 160 mm;
6.7.4. Diâmetro polia = dnp=180 mm;
6.7.5. Seleção Moto- redutor:
 Carga de Projeto = P = 500 kgf;
 Velocidade de Projeto = V = 25 m/min = 0,42 m/s;
 Sistema de polias 1/1;
6.7.6. Rotação tambor:
 n = 60 x v / 3,14 x dnt = 49 rpm ou 50 rpm;
 i = 1750 / 50 = 35, fator de redução;
6.7.7. Potência do motor:
 N = FS x P x 3,14 x D x n / 75 x 60 x r, sendo:
 P = carga de projeto = 500 kgf;
 dnt = 0,16 m;
 n = 35 rpm;
 r = rendimento redutor = 0,75;
 FS = 1,1 (Fator de serviço);
 N = 2,60 cv usar 3 cv.
6.7.8. Torque moto redutor:
 MT = P x rt
 Raio do tambor = rt = dnt/2 = 0,08m;
 P = carga de projeto = 500 kgf;
 MT = 400 Kg.m;
 Modelo com eixo de tração vazado, DN=35 pelo fabricante.

6.7.9. Confirmação dimensões eixo:


 Moto redutor com eixo vazado dn = 35 H7;
 L = 64mm (trecho em balanço);
 dn1 = 35mm;
 Momento de flexão = Mf1 = P x L = 3.200 Kgf.cm;
 Momento torçor = Mt1 = 1435 kgf.cm, rotação 35 rpm;
 Momento total = Mc = 3.423 kgf.cm;
 Sadm para aço SAE 1045 = 800 Kgf/cm2;
 Logo dn = 35 mm ok.

6.8. DIMENSIONAMENTO DA GAIOLA DE CARGA;


 Carga de Projeto = P = 500kgf;
 Peso da gaiola vazia = P1 = 45 kgf;
 Olhal içamento, Barra redonda = d = 1/2” = 12,7mm;
o Stdm = 960 kgf/cm2;
o S = P/Stdm = 0,53 cm2, se S1 = S/2
o Logo d1 = 5,8 mm, então d = ½” ok;
 Barra apoio olhal: Tubo DN=50,8 x 3,35mm, L = 950mm;
o M = P x L/8 = 500 x 95 /8 = 5.937 kg.cm;
o Wx = M / Stdm = 6,18 cm3 - ok.
 Piso e lateral = Tubo 30 x 20 x 2mm;
o L = 312 mm = 31,2 cm;
o P = 500 Kgf;
o M = P x L/8 = 1.950 kgf.cm
o Wx = M / Stdm = 2,03 cm3 – ok.
6.9. DIMENSIONAMENTO DO GAIOLA DE CONTRAPESO.
 Carga de Projeto = P = 1500kgf;
 Peso da gaiola vazia = P1 = 150 kgf;
 Baldes plásticos = 24 x 51 kgf = 1.224 kgf;
 Olhal: Barra redonda = d = 5/8” = 15,87mm;
o Stdm = 960 kgf/cm2;
o S = P/Stdm = 1,56 cm2, se S1 = S/2
o Logo d1 = 9,9 mm, então d = 5/8” ok;
 Treliça de ancoragem: Barra 50x50x3,5mm;
o L = 765mm;
o M = P x L/8 = 1500 x 76,5/8 = 14.344 kg.cm;
o Wx = M / Stdm = 14,94 cm3 - ok.
 Laterais: Barra 50x50x3,5mm;
o L = 670 mm;
o M = P x L/8 = 1500 x 67/8 = 12.563 kg.cm;
o Wx = M / Stdm = 13,08 cm3 - ok.
 Piso: Barra 50x50x3,5mm;
o L = 356 mm;
o M = P x L/8 = 1500 x 35,6/8 = 6.675 kg.cm;
o Wx = M / Stdm = 6,95 cm3 - ok.

7.0. OPERACIONALIDADE E SEGURANÇA: NR 12 E 35;


 O guincho será operado por um operário ao nível do guincho com botoeira
móvel a partir do painel elétrico;
 O guincho possui chave de fim de curso no ultimo nível;
 O Painel elétrico possui botoeira de emergência;
 A estrutura do guincho deverá ser estaiada com cabo de aço e olhais de
segurança;
 O sistema de motorização possui protetor atendendo a NR 12.

8.0. CONCLUSÃO FINAL


De acordo com as tensões obtidas para os elementos críticos do GUINCHO DE
CARGA, a sua estrutura e sistemas estão aptos a operar e atendem aos requisitos
das Normas Vigentes.

Você também pode gostar