Você está na página 1de 6

Lista de FETRANS II

Exercício 1 - A um tubo de Venturi, com os pontos 1 e 2 na horizontal, liga-se um manômetro


diferencial . Sendo Q = 3,14 litros/s e V1 = 1 m/s, calcular os diâmetros D1 e D2 do Venturi,
desprezando-se as perdas de carga.

Resposta: D1 = 0,0632 m (63 mm) D2 = 0,037 m (37 mm)

Exercício 2 - A água escoa pelo tubo indicado na figura, cuja secção varia do ponto 1 para o ponto
2, de 100cm² para 50cm². Em 1, a pressão é de 0,5kgf/cm² e a elevação 100m, ao passo que, no
ponto 2 a pressão é de 3,38kgf/cm² na elevação 70m. Desprezando as perdas de carga, calcule a
vazão através do tubo.

Resposta Q = 0,028m³/s
Exercício 3 – Tome-se o sifão da figura ao lado. Retirado o ar da tubulação por algum meio
mecânico ou estando a tubulação cheia de água, abrindo-se C pode-se estabelecer condições de
escoamento, de A para C , por força da pressão atmosférica. Supondo a tubulação com diâmetro de
150 mm, calcular a vazão e a pressão (em escala manométrica e em mca) no ponto B, admitindo
que a perda de carga no trecho AB é 0,75m e no trecho BC é 1,25m.

Exercício 4 - Calcule a energia adicionada a água e a potência hidráulica da bomba em cv,


assumindo um líquido perfeito com g=1000Kgf/m3 e 1cv= 73,5Kgf m/s. O diâmetro da tubulação é
de 340mm.
Respostas: Hm = 29,52 m e Nb = 113,5 cv

Exercício 5 – Na instalação da figura, o tanque tem 25m de altura. A água é descarregada a


atmosfera pelo tubo.
Sendo γ =10.000 N/m³ e g = 10 m/s².

Figura:

a) Qual a velocidade de saída do jato para a atmosfera?

b) Quais das hipóteses utilizadas?

Exercício 6 - Considere a instalação hidráulica indicada na Figura em que a água é bombeada do


reservatório A para B com uma vazão de Q =0,006 m³/s. O conduto cujo comprimento total e o
diâmetro são respectivamente de 500 m e 0,06 m. Qual a potência em Watts da bomba para um
rendimento de 75% e a velocidade da água na tubulação, considere fluido ideal?
Agora não considerando o fluido ideal e sabendo que a energia dissipada pelo atrito ao longo do
tempo é de 600W, qual deve ser a potência da bomba com o mesmo rendimento nas mesmas
condições de escoamento?
Respostas: Nb = 2400W e V = 2,12 m/s ; Nb = 3200W
Exercício 7 Sendo γágua= 10.000N/m, qual é a velocidade de saída do jato d’água e a potência da bomba
para um rendimento de 80%?

Respostas: 1m/s e 401,25W

Exercício 8 Dois Reservatórios estão interligados por uma tubulação de concreto de 15km e 2 m de
diâmetro onde a potência perdida pelo atrito é 1360 kw e 1 metro de diâmetro.
Qual é o nível do segundo reservatório em metros sabendo que a vazão de água na tubulação é de
1360 L/s e Y = 1000m
Resposta: Z2 = 900m

Exercício 9 - Na instalação da figura, a máquina é uma bomba e o fluido é água. A bomba tem uma
potência de NB = 25 kW, e seu rendimento é de 78,4 %. A água é descarregada a atmosfera pelo
tubo a uma velocidade de 20m/s.
Dados:
γ =10.000 N/m³, g = 10 m/s², D2=D3=2D4=100mm, H2,3=5m, patm= 101kPa, p2= 90kPa.

Determine:

a) Quais das hipóteses utilizadas?


b) Qual a vazão de volumétrica na tubulação em L/s.
c) Qual a quantidade de energia por unidade de peso que a bomba acrescenta ao fluido.
d) A pressão na saída da bomba.
e) Qual a potência total dissipada em kW (kilowatts) pelo atrito ao longo dos pontos 1,2,3 e 4?

Exercício 10 Em um tubo de seção circular de diâmetro 0,12 m, um Tubo de Pitot está instalado de
forma a medir a velocidade no eixo do tubo. O fluido que escoa pelo tubo é água (γ = 10 000 N/m³).
Com o Tubo de Pitot é possível medir as pressões no eixo do tubo e dentro do tubo Pitot, onde não
há movimento. Determine a velocidade V no eixo do tubo. (peso específico do mercúrio é
136000N/m³ e H =80cm) .

Resposta: V = 14,2 m/s

Você também pode gostar