Você está na página 1de 45

PRINCIPAIS AUTORES CITADOS NA “HISTÓRIA DA LITERATURA OCIDENTAL”,

DE OTTO MARIA CARPEAUX

Página do PDF —  Período

3 - A Literatura Grega

5 - O Mundo Romano

7 - A Literatura Patrística

8 - A Formação da Europa Cristã

9 - A Literatura Fransciscana e o Trecento

10 - Literatura Realista e Mística Medieval

11 - Literatura do Outono da Idade Média

12 - Literatura do Quattrocento e Cinquecento

13 - Literatura da Renascença Internacional

14 - Literatura da Renascença Cristã, a Reforma

15 - Literatura da Contrarreforma

16 - Literatura do Barroco Protestante

17 - Literatura do Barroco Protestante II

18 - Literatura do Classicismo

19 - Literatura Antibarroca

20 - A Literatura do Rococó

21 - A Literatura do Pré-Romantismo

22 - A Literatura do Pré-Romantismo II

23 - Classicismo Racionalista

24 - Literatura do Último Classicismo

25 - Literatura do Romantismo

26 - Romantismo de Evasão
27 - Literatura do Romantismo de Evasão II

28 - Romantismo de Oposição I

29 - Literatura do Romantismo de Oposição II

30 - Literatura do Fim do Romantismo

31 - A Literatura Burguesa

32 - A Literatura Burguesa II

33 - Do Realismo ao Naturalismo

34 - Do Realismo ao Naturalismo II

35 - A Conversão do Naturalismo

36 - O Simbolismo I

37 - O Simbolismo II

38 - A Literatura do Equilíbrio Europeu

39 - A Literatura do Equilíbrio Europeu II

40 - As Revoltas Modernistas I

41 - As Revoltas Modernistas II

42 - Tendências Contemporâneas I

43 - Tendências Contemporâneas II

44 - Tendências Contemporâneas III

45 - Tendências Contemporâneas IV
Autor Descrição Obras
Homero (séc. IV a.C.) O maior poeta de todos. Iliada
Odisséia
Hesíodo Não é um produto da Teogonia dos deuses (revela
decadência. É o Homero dos crenças religiosas pré-
proletários; o reverso da homéricas);
medalha.
Os trabalhos e os dias (trata da
vida cotidiana dos cidadãos
gregos).
Píndaro (518 – 446 a.C.) Não há no mundo poesia mais Odes
solene, mais nobre.
Ésquilo (525 – 456 a.C.) Autor das peças mais trágicas Os sete contra Tebas (talvez a
do teatro grego. peça mais trágica do teatro
grego);

Trilogia Oréstia, compondo-se


das partes seguintes:
Agamênon; Choephoras;
Eumênidas. (a maior tragédia
política de todos os tempos);

Prometeu acorrentado; Os
Persas.
Eurípides (480 – 406 a.C.) O primeiro poeta que exprimiu Todas as tragédias.
a alma do homem, sozinho no Especialmente Medéia;
mundo. Hipólito; e Bacantes.
Aristófanes (446 – 385 a.C.) O maior comediante que já Acharnoi; Os Cavaleiros; As
existiu. Nuvens; As Vespas; A Paz; Os
Pássaros; Lysistrata; As Rãs; e
Plutos.
Sófocles (496 – 406 a.C.) Primeiro grande mestre da Édipo; Antígona; Philoctetes; e
dramaturgia de caracteres. demais tragédias.
Heródoto (484 – 425 a.C.) O lugar na vida de sua obra História (gregos contra persas)
historiográfica é a explicação
das guerras contra os persas.
Tucídides (460 – 396 a.C) A sua tragédia historiográfica Guerra do Peloponeso
de Atenas é a primeira tragédia
moderna cuja ação se rege
puramente por atos humanos, e
dos quais o mais poderoso é a
ambição do poder: em Atenas,
em Esparta, e em toda parte.
Platão (427 – 347 a.C.) Platão é poeta. Diálogos
Demóstenes (384 – 322 a.C.) Grande orador político. Oração da Coroa
Xenofonte (430 – 354 a.C.) Um “repórter” ou Anábase (relato de guerra e registro
“correspondente de guerra”. documental da decadência grega).
Plauto (254 – 184 a.C.) Dos temas de Plauto vive todo Aulularia; Menaechmi; Miles
o nosso teatro popular. Plauto é Gloriosus; e Casina.
um dos autores mais influentes
da literatura universal.
Plutarco (46 – 120 d.C.) O criador da biografia e exímio Vidas Paralelas
narrador.
O Mundo Romano

"A literatura romana não é um templo de beleza; é uma lição de coragem,


um escola de oposição. Eis 'o lugar na vida' dessa pretensa literatura de
evasão, que é, na verdade, uma alta escola de humanidade".

Otto Maria Carpeaux (História da Literatura Ocidental, p. 95).

Autor Descrição Obras


Cícero (106 - 43 a. C.) Esse 'jornalista' exerceu, porém, Pro Milone (um de seus
uma influência tão universal discursos mais artísticos);
como -- além de Platão --
nenhum autor da Antiguidade. Academica; Tusculanae (a essas
Durante séculos, todos os devemos grande parte dos
homens cultos, os 'letrados' da nossos conhecimentos da
Europa inteira, falaram e filosofia grega);
escreveram a língua de Cícero;
e pode-se afirmar que a sua Cato Maior seu de Senectute;
influência criou o tipo do Laelius seu de Amicitia; De
'homme de lettres Officii (obras de compreensiva
sabedoria humana que
influenciaram profundamente a
ética cristã e a moral leiga
moderna).
Lucrécio (97 - 54 a. C.) O próprio Lucrécio é um De Rerum Natura
mestre. "De Rerum Natura" é
um poema didático. […] Em
Lucrécio encontram-se quase
todas as teorias do positivismo
científico. Seria um grande
erudito, se não fosse um grande
poeta.
Ovídio (43 a. C. - 17/18 d. C.) Com mau gosto infalível, a Amores; Heroides (cartas
posteridade elegeu Ovídio, o imaginárias de amantes
mais sentimental entre os famosos, uma 'teoria do amor'
elegíacos romanos, que exercerá influência
excessivamente sentimental profunda nos trovadores da
porque desiludido pela própria Idade Média);
fraqueza, e conferiu-lhe uma
grlória póstuma sem par. […] Arte de Amar (uma verdadeira
Ovídio contaminou a literatura estratégia da conquista erótica);
universal, fornecendo-lhe
assuntos tediosos. […] Ovídio Remedia Amoris (a estratégia da
não é um poeta sério. 'libertação' do amor);

Fastos (tradições autênticas da


antiga religião romana, antes da
grecização).
Horácio (65 - 08 a. C.) Não é o maior, mas o mais Odes
completo dos poetas romanos.
Virgílio (70 - 19 a. C.) É difícil imaginar perfeição A idéia central da sua obra
maior que os versos virgilianos. inteira é a utopia de uma “aetas
[…] Homero é maior, sem aurea”: utopia romântica nas
comparação; mas é Virgílio que Bucólicas, utopia social nas
nos convém. Geórgicas e utopia política na
Eneida.
Sêneca (04 a. C. - 65 d. C.) Sêneca não foi influenciado Diálogos; Cartas a Lucílio;
pela religião cristã; foi, muito Tragédias.
ao contrário, o cristianismo, em
sua atitude ética, que foi
profundamente influenciado
pelo estoicismo de Sêneca,
transformando porém o suicídio
em martírio. […] As tragédias
de Sêneca não merecem o
desprezo em que caíram há dois
séculos para cá.
Petrônio (séc. I.) A obra de Petrônio é de Satíricon
estranha e alegre atualidade.
Suetônio (75 – 150 d.C.) Biógrafo A Vida dos Doze Césares
Tácito (55 – 120 d.C.) A decadência de Roma é o Dialogus de Oratoribus (versa
assunto principal de sua sobre a decadência da retórica
atividade literária. romana);

Germânia (quadro espetacular


dos bábaros puros);

Anais (a decadência aparece


como se tivesse existido
sempre);
Apuleio (séc. II.) Apuleio é um grande literato. Metamorphoseon seu Asinus
aureus (um panorama completo
da época).
Marco Aurélio (121 - 180 d. C.) Marco Aurélio [...] dá Meditações
testemunho de que, no fim da
história romana, até o
imperador se encontra sozinho
em face da realidade
impenetrável. E ela aparece-lhe
na figura da Morte.
Boécio (480 - 524 d. C.) O preferido dos espíritos A Consolação da Filosofia
estóicos de todos os tempos.
Autor Descrição Obras
Tertuliano (150 – 230 O são João Batista da De Idolatria;
d.C.) literatura patrística. Um Apologeticum; Ad
dos maiores escritores Martyres; De Fuga in
em língua latina. Persecutione; De
Spectaculis; De Cultu
Feminarum; De
Virginibus Velandis.
Ambrósio (340 – 397 Aplicação razoável da De Officiis Ministrorum
d.C.) moral estóica de e muitos outros
Cícero. tratados; 91 cartas,
sermões etc.
Jerônimo (331 – 420 Responsável pela Vulgata
d.C.) tradução latina da
Bíblia, a Vulgata. A
Vulgata é a Eneida do
cristianismo.
Agostinho (354 – 430 Uma das maiores Contra Academicos;
d.C.) personalidades da Soliloquia; De
literatura universal. Immortalitate Animae;
De Musica; De Libero
Arbitrio; De Genesi;
Confessiones; De
Civitate Dei; De Gratia
et Libero Arbitrio; De
Corruptione et Gratia;
etc.
Prudêncio (348 – 400 O maior poeta da antiga Psychomachia (grande
d.C.) Igreja Romana. epopéia alegórica que
Prudêncio é um dos relata a luta das
raros poetas líricos que virtudes contra as
conseguiram criar um paixões).
mundo completo de
poesia.
Autor Descrição Obras
Desconhecido (as origens da O poema épico mais poderoso A Lenda de Beowulf (escrito
epopéia medieval ligam-se à que já se escreveu nas ilhas entre 675 e 720)
cristianização definitiva do britânicas.
Ocidente).
Desconhecido Um dos grandes e um dos mais A Canção de Rolland (escrito
fortes poemas bárbaros da entre 1100 e 1120)
literatura universal.
Desconhecido É o poema mais notável – e Poema de mío Cid (escrito por
mais antigo – da literatura volta de 1140)
espanhola.
Desconhecido Um dos maiores poemas épicos O Anel dos Nibelungos (escrito
da literatura universal. entre 1190 e 1200)
Matthaeus Paris (morreu em O maior monumento da Chronica Maior
1259) Inglaterra católica.
Pedro Abelardo (1079 - 1142) A sua Historia calamitatum Historia calamitatum mearum
mearum é a autobiografia de
um homem moderno.
Desconhecido Os manuscritos mais Carmina Burana
importantes da poesia dos
goliardos; preciosidade
extraordinária da Biblioteca
Nacional de Munique.
Raimundus Lullus (1235 - Autor de poesia religiosa, a Lo cant de Ramón (confissão
1315) mais pessoal que se escreveu na poética); Llibre de meraveles
Idade Média. (estranho romance filosófico
que decompõe o mundo em
alegorias); Blanquerna (exalta a
dissolução do mundo real pela
mística); Mil provérbios; e etc.
Gottfried von Strassburg Na sua obra o choque entre o Tristão e Isolda
(nasceu em 1210) erotismo e a tradição cristã
produz uma crise espiritual.
Wolfram von Eschenbach (1170 Grande poeta alemão. O seu Parzival
- 1220) Parzival é o romance da
evolução religiosa de uma
alma; antecede aqueles
numerosos romances alemães
modernos que, desde o Wilhelm
Meister, de Goethe, irão
descrever o caminho de um
homem pela vida em busca de
si mesmo.
Autor Descrição Obras
São Francisco de Assis Figura nos manuais da Cantico del Frate Sole
(1181 - 1226) história literária, porque (não existe poema mais
escreveu, ou antes universal);
(segundo a lenda), ditou
um poema, uma das Fioretti di san
efusões mais profundas Francesco
da alma humana.
John Peckham (morreu Franciscano inglês. Philomena (admirável
em 1292) hino).
Thomas de Celano Um dos maiores Dies irae
(1200 – 1270) poemas da literatura
universal.
Jacopone da Todi (1230 Um dos grandes poetas Laude (obra principal
– 1306) da língua italiana. da poesia franciscana).
Dante (1265 – 1321) Um dos maiores poetas Divina Comédia
da literatura universal.
Francesco Petrarca O mais original de De Contemptu Mundi;
(1304 – 1374) todos os poetas líricos De Vita Solitaria;
da literatura universal. Canzoniere, Africa;
Trionfi; e etc
Giovanni Boccaccio O primeiro grande Decamerão
(1313 – 1375) realista da literatura
universal.
Autor Descrição Obras
Geoffrey Chaucer (1340 - 1400) Se não fosse Dante, Chaucer Romaunt of the Rose; The
seria o maior poeta no intervalo House of Fame; Troilus and
entre a Antiguidade e os tempos Criseyde; The Parliament of
modernos. […] Chaucer é o Fowls; The Canterbury Tales.
Dante inglês. […] um grande
dramaturgo e não igualado até
Shakespeare.
São Bonaventura (1221 - 1274) O conceito da vida mística Itinerarium mentis in Deum
como “caminho”.
Santa Brígida (1303 - 1373) O conceito da vida mística Revelationes coelestes
como “caminho”.
Juliana de Norwich (1342 - O conceito da vida mística Revelations of Divine Love
1421) como “caminho”.
Heinrich Seuse (1300 – 1366) Um caminho de exploração ------------------
filosófica da alma, de
psicologia mística.
Johanes Tauler (1300 – 1361) Um caminho de exploração ------------------
filosófica da alma, de
psicologia mística.
Meister Eckhart (1260 – 1328) Um caminho de exploração ------------------
filosófica da alma, de
psicologia mística.
Jan Van Ruusbroec (1293 – O maior entre os místicos. Um Ornamento do Casamento
1381) dos grandes neoplatônicos da Espiritual (sua obra mais
história da filosofia. importante);

Livro das Sete Escadas para o


Cume do Amor Espiritual
Thomas a Kempis (1380 – Matthew Arnold chamou “the Imitatio Christi
1471) most exquisite document after
those of the New Testament, of
all the documents the Christian
spirit has ever inspired – the
Imitatio Christi”.
John Wycliff (1324 – 1384) Socialismo religioso De dominio divino: De civili
dominio; The Wycliff Bible
William Langland (1332 - Socialismo religioso The Vision of William
1400) concerning Piers the Plowman
Petr Chelcicky (1390 – 1460) Socialismo religioso Rede da Fé
Séc. XIV (atribuído a Uma das mais belas produções Beatrijs
Gijsbrecht) teatrais da Idade Média.
Desconhecido (séc. XIV) A mais singular de todas as Lanseloet en Sanderijn
peças medievais.
Autor Descrição Obras
Desconhecido O livro mais lido de Amadis de Gaula
todos os tempos, depois
da Bíblia.
Ausias March (1379 – Um dos poetas mais Obras
1459) profundos da literatura
universal.
Fernando de Rojas Se não fosse D. Comedia de Calisto y
(1465 – 1525) Quixote, seria o maior Malibea (Celestina)
monumento da
literatura espanhola.
Desconhecido Uma obra-prima The Summoning of
extraordinária. Everyman
Anônimo Um monumento Der Ackermann aus
memorável. Obra de Böhmen
nobre resignação
estóica.
François Villon Talvez o maior poeta de Le Petit Testament; Le
(1431/1432 - 1464) língua francesa. Grand Testament.
Autor Descrição Obras
Lorenzo de Medici, il O único príncipe que foi um Nencia (a única obra-prima
Magnifico (1448 – 1492) grande poeta. realmente perfeita do
Magnífico)
Luigi Pulci (1432 – 1494) O único poeta dos tempos Morgante Maggiore
modernos que lembra
Aristófames.
Giovanni Pontano (1426 – O grande poeta que Urania (sua maior obra e
1503) conseguiu a transfiguração explicação poética das
integral do “humano, doutrinas astrológicas).
humano demais”.
Giovanni Pico da Mirandola Sábio de erudição De hominis dignitate; Conto
(1463 – 1494) enciclopédica. l'astrologia; etc
Jacopo Sannazzaro (1458 – Ocupa um lugar da maior Arcadia
1530) importância na história da
literatura universal.
Ludovico Ariosto (1474 – Apesar do seu gênio, é um Orlando Furioso
1533) dos poetas mais “fáceis” da
literatura universal.
Antonio Francesco Grazzini O maior de todos os L'Arzigogolo (a peça mais
(1503 – 1583) comediógrafos italianos. cômica do teatro italiano)
Lorenzino de Medici (1513 – Grande poeta italiano. Aridosia (uma das melhores
1548) comédias plautinas do
século);

Apologia (a maior peça de


eloquência italiana, de uma
força digna de Demóstenes).
Baldassare Castiglione (1458 O crepúsculo do espírito Cortegiano (é a apologia da
– 1529) aristocrático. cultura pessoal).
Pietro Arentino (1492 – Autor da tragédia mais Orazia
1556) original do teatro italiano
antigo.
Teofilo Folengo (1491 – Nenhum outro poeta italiano Chaos del Triperuno
1544) se aproxima tanto de Dante
como esse humanista.
Giorgio Vasari (1511 – 1574) Biógrafo dos artistas Le vite dei più celebri,
florentinos. scultori e architetti
Michelangelo Buonarroti Uma tentativa de dizer o que Rime
(1475 – 1564) não podia esculpir.
Autor Descrição Obras
Garcilaso de la Vega (1503 – Em certo sentido, o maior poeta Obras poéticas
1536) de língua espanhola, porque
nenhum outro foi tão
exclusivamente poeta.
Louise Labbé (1522 – 1565) Os seus 23 sonetos eróticos Oeuvres
estão entre os mais famosos da
literatura universal.
Pierre de Ronsard (1524-1585) Um dos grandes poetas da Obras completas
literatura universal. É preciso
ler Ronsard inteiro, mesmo que
isso constitua trabalho forçado.
Sir Philip Sidney (1554 – 1586) Teria sido um dos maiores The Countess of Pembrokes;
poetas ingleses se não fosse a Astrophel and Stella; Defense of
morte prematura. Poesie
Thomas Campion (1566 - 1619) Um daqueles poetas líricos que Books of Ayres
conseguiram construir um
mundo poético completo.
Edmund Spenser (1522 - 1599) Como criador de uma língua The Faerie Queene
poética, Spenser não é menor
do que Dante.
Luís de Camões (1524 - 1580) Camões ocupa na literatura Lusíadas
portuguesa o lugar de Dante na
literatura italiana: a sua
grandeza sufocou os
posteriores.
Gaspar Gil Polo (morreu em Autor do melhor dos romances Diana enamorada
1591) pastoris.
Samuel Usque (datas Um poderoso libelo, cheio da Consolação às Tribulações de
desconhecidas) força verbal dos profetas do Israel
Velho Testamento.
Jan Kochanowski (1530 - 1584) Um poeta realmente grande. Saltério; A Despedida dos
Mensageiros Gregos; Threny
John Lyly (1553 – 1606) Autor do primeiro romance da Euphues, or the Anatomy of Wit
literatura inglesa.
Michel de Montaigne (1533 – Um pensador extraordinário. Ensaios
1592)
Gil Vicente (1465 – 1536) Um grande poeta, um dos Obras completas
maiores da Renascença.
Francis Bacon (1561 – 1626) Talvez maior escritor do que Ensaios
filósofo.
François Rabelais (1493 - 1553) Autor do livro mais divertido e La vie très horrifique du grand
indecente da literatura francesa. Gargantua, père de Pantagruel
Desconhecido Uma obra-prima de realismo La vida del Lazarillo de Tormes
autêntico.
Autor Descrição Obras
Lutero (1483 – 1546) Lutero é o maior Obras completas
escritor da língua, o
Dante da literatura
alemã.
Erasmo de Rotterdam O primeiro grande Elogio da Loucura (a
(1467 – 1536) intelectual da Europa sátira mais brilhante da
moderna. E da Europa Renascença)
inteira.
Thomas Morus (1478 – Autor de uma sátira Utopia
1535) audaciosa.
Luis de Vives (1492 – Autor da primeira obra De anima et vita; De
1540) de psicologia empírica subventione pauperum
na história da filosofia (o primeiro tratado de
moderna. política social)
Fray Luís de Granada Um grande orador. Libro de la oración y
(1504 – 1588) meditación; Guía de
Pecadores; Introdución
del Simbolo de la Fé
Fray Luis de León Um dos maiores poetas La perfecta casada; De
(1527 – 1591) da língua espanhola. los nombres de Cristo;
Poesías
Desconhecido A sátira mais elaborada Satire Ménippée de la
da literatura francesa. vertu du Catholicon
d'Espagne et de la
tenue des Etats de Paris
(1594)
Theodore d'Aubigné Um dos maiores poetas Obras completas
(1551 – 1630) da língua francesa.
Autor Descrição Obras
Góngora (1561 – 1627) Os seus sonetos são maravilhas Obras poéticas
de construção, constituindo
cada um deles um mundo
poético completo.
François Maynard (1582 -1646) O mais completo poeta barroco Obras poéticas
da literatura francesa.
Federico della Vale (1565 - Não é um Shakespeare do Judith
1628) “Seicento”. Mas sua Judith não
está longe de ser uma obra-
prima.
Jacobus Bidermann (1578 – O maior dos dramaturgos Cenodoxus; Belisar; Philemon
1639) jesuítas. Martyr; Cosmarchia; Johannes
Calybita
Jacobus Masen (1606 – 1681) O velho tema do camponês Rusticus imperans
bêbado e adormecido ao qual
fazem crer que é rei, para
despertá-lo cruelmente no dia
seguinte.
Lope de Vega (1562 – 1635) O autor mais fértil da literatura La Dorotea; El Caballero de
universal. Olmedo; Roma abrasada;
Fuente Ovejuna; El nuevo
mundo descubierto por
Cristóbal Colón; La carona
trágica e etc
Luis Velez de Guevara (1579 – Autor de uma tragédia humana Reinar después de morir
1644) de conflito entre lei do Estado e
a lei da personalidade, tragédia
quase sofocliana.
Calderón de la Barca (1600 – O representante do barroco La vida es sueño; El príncipe
1681) culto. constante; El mayor monstruo
de los celos; El mágico
prodigioso e etc
Francisco Rojas (1607 – 1648) Autor de um dos dramas mais D. Garcia del Castañar (Abajo
fortes do teatro espanhol. del rey ninguno)
Juan de la Hoz y Mota (1622 – Autor de uma das mais fortes El montañes Juan Pascual
1714) tragédias de honra do teatro
espanhol.
Jerónimo de Cuellar (morreu Autor de uma tragédia El pastelero de Madrigal
em 1666) poderosa.
Agustín Moreto y Cabana Autor de uma tragédia El valiente justiciero
(1618 – 1669) impressioante.
Autor Descrição Obras
Giambattista Guarini (1538 – O primeiro e maior dramaturgo Il Pastor fido; Rime
1612) barroco da Itália.
Torquato Tasso (1544 – 1595) O último grande poeta da Aminta; Gerusalemme liberata;
literatura italiana que exerceu Torrismondo; Dialoghi
influência na Europa inteira.
Samuel Butler (1612 – 1680) Observou-se que, além da Hudibras
Bíblia, de Shakespeare e de
Bunyan, nenhum livro inglês
forneceu tantos provérbios,
citações, alusões e frases feitas
à língua inglesa.
Mateo Alemán (1547 – 1614) Autor de um romance que não é Guzmán de Alfarache
meramente espanhol nem uma
“period piece”; é um
comentário da vida humana, de
valor permanente.
Johann von Grimmelshausen Autor da maior obra da Der Abentheurliche
(1622 – 1676) literatura alemã entre os Simplicissimus Teutsch (um
Nibelungos e Goethe. livro ainda hoje terrivelmente
vivo).
Christopher Marlowe (1564 – O criador do grande teatro Tamburlaine the Great; The
1593) inglês. Um gênio, no sentido Tragical History of Doctor
mais alto da palavra. Faustus; The Jew of Malta; The
Troublesome Raigne and
Lamentable Death of Edward
II; Hero and Leander
William Shakespeare (1564 – Shakespeare é o maior poeta Obras completas
1616) dos tempos modernos e – salvo
as limitações do nosso juízo
crítico – de todos os tempos.
Ben Jonson (1573 – 1637) O maior poeta renascentista Volpone, or the Fox
entre os companheiros de
Shakespeare.
Thomas Heywood (1575 – Autor de uma obra-prima. A Woman Killed with Kindness
1650)
Thomas Middleton (1570 – O maior dramaturgo da geração The Fair Quarrel; The
1627) de Shakespeare. Changeling
Philip Massinger (1583 – 1640) Um dos maiores mestres do The Duke of Milan; A New Way
verso. to Pay Old Debts
Autor Descrição Obras
Cyril Tourneur (1575 – Autor de uma peça The Revenger's Tragedy
1626) poderosíssima. Uma
“tragédia de vingança”
senequiana, como
tantas outras, mas que
supera a todas.
John Webster (1580 – Um dos maiores poetas Obras completas
1625) da literatura universal.
Joost van den Vondel O maior poeta da língua Obras completas
(1587 – 1679) holandesa e um dos
maiores da literatura
universal. A sua
influência é evidente no
Paradise Lost, de
Milton.
Robert Burton (1577 – Para entender a poesia Anatomy of Melancholy
1640) de Donne.
John Donne (1572 – O poeta inglês mais Obras poéticas
1631) original, mais
extraordinário.
Thomas Browne (1605 O prosador mais Hydriotaphia. Urne
– 1682) impressionante do Buriall
século.
John Milton (1608 – O Dante do Paradise Lost
1674) protestantismo.
John Bunyan (1628 – O Milton do povo. The Pilgrim's Progress
1688) From This World To
That which is to come
Autor Descrição Obras
Bossuet (1627 – 1704) O maior orador cristão Obras completas
de todos os tempos.
Louis Bourdaloue O maior orador da Obras Completas
(1632 - 1704) Companhia de Jesus e
um grande “psicólogo”.
Blaise Pascal (1623 – O gênio literário mais Lettres provinciales;
1662) completo da nação Pensamentos
francesa.
Pierre Corneille (1606 – O criador da tragédia Sertorius; Sophonisbe e
1684) psicológica francesa. etc
Jean Rotrou (1609 – Teria sido grande Saint-Genest
1650) dramaturgo, se tivesse a
severa disciplina de
Corneille.
La Rochefoucauld O maior aforista de Réflexions ou Sentences
(1613 – 1680) todos os tempos. et maximes morales
Madame de La Fayette A criadora do romance Mademoiselle de
(1634 – 1693) tal como o conhecemos Montpensier; Zayde;
hoje. La Princesse de Clèves
Jean Racine (1639 – O poeta mais perfeito Obras completas
1699) da literatura francesa.
Autor Descrição Obras
Miguel de Cervantes Um dos maiores da Novelas Exemplares;
(1547 – 1616) literatura universal. Don Quijote; Persiles y
Segismunda
Francisco de Quevedo y O poeta lírico mais Obras poéticas
Villegas (1580 – 1645) completo da literatura
espanhola.
Baltasar Gracián (1601 Autor de um grande Criticón
– 1658) romance pedagógico,
precursor do Robinson
Crusoe.
Antônio Vieira (1608 – Um dos maiores Sermões; Cartas
1697) oradores de todos os
tempos.
Tommaso Campanella A literatura italiana não Città del Sole
(1568 – 1630) produziu, entre Dante e
Leopardi, poesia mais
verdadeira que a desse
espírito livre, embora
confuso.
Paolo Sarpi (1552 – Historiador. Istoria del Concilio
1623) Tridentino
Galileo Galilei (1564 – Autor de uma obra- Dialogo dei massimi
1642) prima da língua sistemi del mondo
italiana.
La Fontaine (1621 – Grande poeta e maior Les Fables
1695) fabulista de todos os
tempos.
Molière (1622 – 1673) Transfigurou Obras completas
experiências humanas
em visões verbais. Um
clássico e precursor da
ideologia da Revolução.
Autor Descrição Obras
Carl Bellman (1740 – 1795) Bellman é da estirpe de Villon e Fredmans epistlar; Fredman
Verlaine: um dos grandes sanger; Fredman handskrifter.
poetas para todos os tempos.
Pietro Metastasio (1698 – 1782) Dentro dos limites estreitos do Attilio Regolo (uma tragédia
seu gênero, um dos grandes notável)
poetas da literatura universal. O
criador de um teatro italiano
original.
John Dryden (1631 – 1700) O criador da literatura moderna. Almanzor and Almahide;
Aureng-Zebe; Don Sebastian;
All for love; Mr. Limberham.
Samuel Pepys (1633 – 1703) Talvez o único homem moderno Diários (O panorama mais
que se revelou tão francamente. completo que existe de
qualquer época, pintado sem
pretensões de composição
literária – um Universo literário
como o de Dante ou Balzac).
Lady Montagu (1689 – 1762) Não existe literatura mais Letters
espirituosa, cínica e
intencionalmente amoral do que
as cartas que escreveu de Viena,
Constantinopla e da Itália.
Duque de Saint-Simon (1675 – Saint-Simon talvez seja em toda Memórias
1755) história da literatura universal a
maior testemunha do valor
autônomo da literatura.
Jean de La Bruyère (1645 – Um dos maiores prosadores de Les Caracteres de Théophraste
1696) língua francesa.
Torres y Villarroel (1693 – A sua autobiografia – Vida, ascendencia, nacimento,
1770) seminarista, curandeiro, crianza y aventuras del dr.
bailarino, toureiro, alquimista, Diego de Torres y Villarroel
professor, padre – é um dos
documentos mais divertidos do
século XVIII: um indivíduo
inteligente e esclarecido, mas
incapaz de livrar-se das
superstições sociais do seu
ambiente.
Alain-René Lesage (1688 – Autor de um dos livros mais Blas de Santillane
1747) agradáveis e inteligentes do
mundo.
Marivaux (1688 – 1763) O maior poeta do Rococó. Obras
Montesquieu (1689 – 1755) Uma das encarnações mais Lettres persanes;
brilhantes do gênio literário Considérations; Esprit des lois
francês.
Autor Descrição Obras
Sir Philip Francis (1740 – 1818) O mais poderoso porta-voz do Letters of Junius (Public
liberalismo em todo o século Advertiser)
XVIII.
Mirabeau (1749 – 1791) O tribuno é um clássico. Discursos
Ferdinando Galiani (1728 – Acabou com o valor absoluto Della moneta; Dialogues sur le
1787) da moral cristã, antecipando o commerce des blés
pragmatismo de Nietzsche.
Galiani foi o maior
antirracionalista do século.
Lichtenberg (1742 – 1799) Um grande aforistas. Aforismos
William Cullen Bryant (1794 – Autor de uma obra nova e um Thanatopsis (visão da
1878) grande poeta. humanidade como caravana em
marcha para o fim de cada um
e de todos na cova).
Emanuel Swedenborg (1688 – Visionário fantástico, que Obras
1772) conversou diariamente com
anjos e demônios.
Christopher Smart (1722 – Está ao lado das poesias de San A Song to David
1771) Juan de la Cruz, como
expressão assombrosa do êxtase
místico.
William Blake (1757 – 1827) Um dos maiores poetas da Obras
literatura universal.
Abbé Prévost (1697 – 1763) Autor de um clássico e de uma Manon Lescaut
obra permanente.
Samuel Richardson (1689 – Sem Richardson não haveria, Pamela; Clarissa
1761) ou não existiriam assim, os
complicados métodos
narrativos de Henry James e
Conrad. Richardson é um
conhecedor incomparável da
alma feminina.
Horace Walpole (1717 – 1797) Criador do romance gótico. The Castle of Otranto
Charles Maturin (1780 – 1824) O único escritor notável entre Melmoth the Wanderer
os góticos.
Charles Brown (1771 – 1810) Exerceu grande influência sobre Wieland, or the Transformation
Poe.
Gottfried Bürger (1747 – 1794) Autor de uma obra permanente Gedichte
na literatura universal.
Robert Burns (1759 – 1796) O maior cantor popular, talvez, Poemas
de todos os tempos.
Autor Descrição Obras
Henry Fielding (1707 – 1754) O maior romancista da nação The History of the Adventures
inglesa. of Joseph Andrews; Life of
Jonathan Wild the Great; The
History of Tom Jones
John Cleland (1709 – 1789) Autor da mais famosa obra Fanny Hill
pornográfica da literatura
universal.
Tobias Smollett (1721 – 1771) Autor do romance mais bem The Adventures of Ferdinand
narrado da literatura inglesa. Count Fathom
Jacopo Casanova (1725 – 1798) Autor de um dos maiores Mémoires
romances do século.
Pierre Laclos (1741 – 1803) Autor do, talvez, melhor Les Liaisons dangereuses
romance psicológico da
literatura francesa.
Jean-Jacques Rosseau (1712 – Uma biografia espantosa. Confissões
1778)
Marquês de Sade (1740 – 1814) Obra de pouco valor literário, Justine; Aline et Valcourt;
mas um importante documento Juliette; etc
patológico de uma época que
criou em outros
contemporâneios a “religião do
gênio”.
Autor Descrição Obras
Richard Steele (1672 – 1729) Steele criou o ideal de uma The Concious Lovers; The
nação. O drama burguês viverá Christian Hero; The Spectador
a suas expensas; o romance
psicológico, de Samuel
Richardson até Jane Austen,
imitar-lhe-á a atitude e os
processos.
Bernard Mandeville (1670 – Pretende demonstrar que os The Fable of the Bees
1733) vícios podem ser tão úteis à
sociedade como as virtudes.
Daniel Defoe (1659 – 1731) Defoe não pretende dar um A True Relation of the
exemplum vitae humanae, mas Apparition of one Mrs. Veal;
uma advertência prática de Memoirs of Captain Carleton;
como se deve agir ou não, na Adventures of Capitain
vida, para conseguir sucesso Singleton; Moll Flanders;
sem infringir as leis da religião Roxana; Robinson Crusoe
e da moral.
Jonathan Swift (1687 – 1745) Um dos maiores satíricos da Gulliver's Travels (o livro mais
literatura universal, talvez o cruel que existe)
maior de todos.
Alexander Pope (1688 – 1744) O mais implacável dos Essay on Man
classicistas.
James Boswell (1740 – 1795) Autor da maior biografia em Life of Samuel Johnson
língua inglesa e talvez de todos
os tempos.
Voltaire (1694 – 1778) Para nós, hoje, a sua obra em Cândido, ou: O Otimismo
conjunto já não existe. Morreu
para sempre o antipascaliano
Voltaire; mas vive para sempre
Cândido, o pessimista mais
inteligente de todos os tempos.
Autor Descrição Obras
Christoph Wieland (1733 – Precursor de Nietzsche e Oberon; Agathon
1813) autor de um grande
romance de formação.
Vittorio Alfieri (1749 – Um grande homem, mas Vita di Vittorio Alfieri da
1803) não um grande poeta. Asti scritta da esso (uma
das maiores autobiografias
de todos os tempos e a
maior de suas obras)
Jane Austen (1775 – 1817) Jane Austen é um gênio. Razão e Sensibilidade;
Orgulho e Preconceito;
Emma; etc
Goethe (1749 – 1832) Um dos maiores da Tudo o que você puder ler.
literatura universal.
Friedrich Hölderlin (1770 Um dos maiores poetas da Hyperion; Lyrische
– 1843) literatura universal. Gedichte
Johann Friedrich Schiller O criador do teatro alemão. Wallenstein (sua obra-
(1759 – 1805) prima)
Autor Descrição Obra
Adelbert von Chamisso (1781 – Autor de uma obra definitiva de Peter Schlemihl
1838) uma época e de valor
permanente.
Novalis (1772 – 1801) O maior poeta da morte. Hymnen an die Nacht (Hinos à
Noite)
Heinrich von Kleist (1777 – O maior dramaturgo alemão e o Prinz Friedrich von Homburg
1811) único na literatura universal que (obra-prima); Der zerbrochne
merece o epíteto de Krug (obra-prima); Michael
'shakespeariano'. Kohlhaas; etc
Chateaubriand (1768 – 1848) Assim como Goethe fez de sua Mémoires d'Outre-tombe
vida a maior de suas obras.
William Wordsworth (1770 – Um dos maiores poetas em Obras poéticas
1850) língua inglesa.
Samuel Taylor Coleridge (1772 O maior poeta simbolista da Obras
– 1834) literatura inglesa e um dos
maiores críticos literários.
Alphonse de Lamartine (1790 – Um grande poeta, um dos Obras poéticas
1869) maiores e mais puros em língua
inglesa.
Autor Descrição Obras
Sir Walter Scott (1771 – 1832) Um dos maiores romancistas de Trilogia Waverley, Guy
todos os tempos. Mannering e Rob Roy (obra-
prima); The Heart of
Midlothian (obra-prima);
Redgauntlet.
Robert Louis Stevenson (1850 Ultimo e digno sucessor de The Master of Ballantrae; Weir
– 1894) Walter Scott. of Hermiston (obras-primas); O
Médico e o Monstro.
T. A. Hoffmann (1776 – 1822) O maior narrador do As Drogas do Diabo (o melhor
romantismo alemão. de todos os romances góticos)
O Pote de Ouro (obra-prima);
etc
Erik Johan Stagnelius (1793 – Gênio extraordinário e o poeta Obras poéticas
1823) mais genial da literatura sueca.
Juljusz Slowacki (1809 – 1849) Um dos grandes poetas da Rei Espírito (sua obra máxima)
literatura universal.
Edgar Allan Poe (1809 – 1849) Um escritor de segunda ordem Obras
dentro da hierarquia da
literatura universal; mas esse
lugar é bastante honroso.
Alessandro Manzoni (1785 – Um dos maiores romancistas da Os Noivos e etc.
1873) literatura universal.
Autor Descrição Obras
Os Irmãos Grimm (1785 – Autores de uma encantadora Contos
1863) coleção de contos de fadas.
Franz Grillparzer (1791 – 1872) O maior representante da O Sonho é uma Vida; A Judia
literatura austríaca. de Toledo; O Pobre Músico; etc
Adalbert Stifter (1805 – 1868) Um autor para 'trechos seletos'. Studien; Bunte Steine;
Seus contos são magistrais. Nachsommer; Witiko.
John Keats (1795 – 1821) O maior construtor de versos Poemas
em língua inglesa.
Mariano José de Larra (1809 – Autor da peça mais El dia de Defuntos de 1836
1837) impressionante da prosa
espanhola.
Hans Christian Andersen (1805 O Homero dos contos infantis. Kun en Spillemand (obra-
– 1875) prima); etc
Nicolai Gógol (1809 – 1852) Um dos maiores humoristas da Capote (obra-prima); Almas
literatura universal. Mortas; Inspetor-Geral (uma
das comédias mais geniais da
literatura universal).
Autor Descrição Obras
Lord Byron (1788 – 1824) Byron continua um dos nomes Don Juan; etc
mais célebres da literatura
universal; mas não continua
lido.
Walter Savage Landor (1775 – É inesgotável o tesouro de Imaginary Conversations
1864) graça, espírito, poesia,
sabedoria das Imaginary
Conversations.
Giacomo Leopardi (1798 – Um dos maiores poetas de Canzoni; Versi; Operette
1837) todos os tempos. morali; Canti; Lettere.
Aleksandr Púchkin (1799 – É uma enciclopédia literária. Boris Godunov; A Filha do
1837) Tudo se encontra em sua obra. Capitão; Pique-dame; Mozart e
Salieri; Eugenio Onegin.
Stendhal (1783 – 1842) Stendhal não é apenas um O Vermelho e o Negro; A
espelho de modernidade, mas Cartuxa de Parma; Vie de
também um espelho de Henri Brulard; etc
normalidade.
Prosper Mérimée (1803 – 1870) Um dos maiores contistas de Contos
todos os tempos.
Alfred de Musset (1810 – 1857) É Lorenzaccio, chamado, com Lorenzaccio
certa razão, a única pela
shakespeariana do teatro
francês.
Almeida Garrett (1799 – 1854) O renovador da literatura Obras
portuguesa.
Autor Descrição Obras
José de Espronceda (1808 – Mestre na descrição da Poesias; El diablo mundo
1842) realidade que amaldiçoa, de
tornar visível o invisível, de
sugerir angústia pela descrição
das cenas de horror.
Mikhail Lermontov (1814 – Um dos maiores escritores Um Herói do Nosso Tempo; O
1841) russos de todos os tempos e um Baile de Máscaras; O
satanista consumado. Demônio; O Noviço; etc
Mary Godwin Shelley (1797 – Autora de um dos romances Frankenstein, or the Modern
1851) góticos mais famosos. Prometheus
Percy Shelley (1792 – 1822) Considerado o poeta mais Obras poéticas
musical da língua inglesa.
Henry Thoreau (1817 – 1862) Talvez o maior poeta em prosa Walden
da América.
Nathaniel Hawthorne (1804 – Excentuando-se Henry James, é The Scarlet Letter (até Henry
1864) o artista mais consciente da James, a maior obra de arte da
literatura americana. literatura americana).
Victor Hugo (1802 – 1885) Um colosso que desafia as La Légende des Siècles; Les
definições. Miserables; etc
Nikolai Lesskov (1831 – 1895) O gênio do provincianismo O Cabeleleiro; Uma Família
russo. em Agonia; Crônica dos
Príncipes Protosanov; etc
Charles Dickens (1812 – 1870) Dickens é o romancista de Great Expectations; Oliver
desgraças pessoais. Twist; Barnaby Rudge; Little
Dorrit; etc
Autor Descrição Obras
Emilly Brontë (1818 – 1848) Autora de um romance que é Wuthering Heights
considerado por muitos como
um dos maiores em língua
inglesa.
Elizabeth Gaskell (1810 – Uma escritora grande e Cranford (uma obra clássica do
1865) independente. romance inglês)
Thomas Carlyle (1795 – 1881) Um dos oradores mais Past and Present; etc
impressionantes e persuasivos
da literatura universal.
John Henry Newman (1801 – O maior escritor da Igreja The Idea of a University;
1890) anglicana é ao mesmo tempo o Apologia pro Vita Sua
primeiro grande escritor
católico na Inglaterra.
Georg Büchner (1813 – 1837) Uma das grandes figuras da Woyzeck
literatura universal.
Harry Heine (1797 – 1856) Um dos maiores prosadores de Romancero; etc
todos os tempos.
Giuseppe Verdi (1813 – 1901) O maior dramaturgo italiano do Obras
século XIX.
Autor Descrição Obras
Honoré de Balzac (1799 – Um dos maiores da literatura Cousine Bette; La Recherche de
1850) universal. l'Absolu; Père Goriot; Eugene
Grandet; Illusions Perdues; etc
Friedrich Hebbel (1813 – 1863) Autor de uma obra-prima. Maria Magdalene
William Thackeray (1811 – Não falta muito para ser Vanity Fair; The History of
1863) colocado entre os grandes da Henry Esmond
literatura universal.
Machado de Assis (1839 – Um escritor atual para todos os Memórias Póstumas de Brás
1908) tempos. Cubas; Dom Casmurro;
Quincas Borba; Memorial de
Aires; Papéis Avulsos; Várias
Histórias; etc
Anthony Trollope (1815 – Autor de obras-primas. Barchester Towers; The
1882) Warden; The Way We Line Now
Alfred Tennyson (1809 – 1892) Autor dos versos mais perfeitos Obras poéticas
e mais musicais, jamais escritos
em língua inglesa.
Ernest Renan (1823 – 1892) As obras de Renan são obras- Histoire générale et système
primas de estilo, independente comparé des langues
do conteúdo. sémitiques; etc
Leconte de Lisle (1818 – 1907) O maior poeta do “Parnasse”. Poemas
Frédéric Mistral (1830 – 1914) Digno de estar na companhia Calendau; Mireio; etc
dos grandes da literatura
universal.
Autor Descrição Obras
Antero de Quental (1842 – Grande poeta português. Obras
1891)
Frédéric Amiel (1821 – 1881) O mais consciente dos Diário Intimo
parnasianos; por isso resistiu à
tentação de fazer uma poesia
inputil.
Gustave Flaubert (1821 – 1880) Escreveu as páginas mais Madame Bovary; Educação
perfeitas em prosa francesa. Sentimental; Un coeur simple;
etc
Ivan Gontcharov (1812 – 1891) Autor de um dos maiores livros Oblomov
de todos os tempos.
Ivan Turgeniev (1818 – 1883) Autor de uma obra-prima do Pais e Filhos
século XIX.
Mikail Saltykov (1826 – 1888) As suas obras compõem o História de uma Cidade
“livro negro” da literatura Conforme os Documentos
russa. Oficiais; A Família Golovliev
Emily Dickinson (1830 – 1886) Tornou-se poetisa das maiores Poemas
de todos os tempos. É
considerada, hoje, como o
maior poeta americano.
Charles Baudelaire (1821 – O maior poeta do século XIX. As Flores do Mal; Les Paradis
1867) Artificiels; Petits Poèmes en
Prose
Autor Descrição Obras
Gottfried Keller (1819 – 1890) Um grande escritor. Der grüne Heinrich (o último
grande “romance de
formação”); Kleider machen
Leute; Pancraz der Schmoller;
Die drei gerechten Kammacher
Giosuè Carducci (1835 - 1907) Um poeta maior do que todos Obras poéticas
os parnasianos franceses juntos.
Detlev von Liliencron (1844 – Um dos maiores poetas líricos Obras poéticas (a sua poesia
1909) da língua alemã. apresenta um quadro completo
da existência humana)
Eça de Queirós (1846 – 1900) Uma das figuras mais protéicas O Primo Basílio; Os Maias; etc
da literatura universal.
Robert Browning (1812 – 1889) Um dos poetas mais poderosos The Ring and the Book (sua
da língua inglesa. maior obra); etc
George Elliot (1819 – 1880) Desde Shakespeare e Jane Middlemarch (um dos grandes
Austen, ninguém criou tantos romances panorâmicos da
personagens inesquecivelmente literatura universal)
vivos.
Matthew Arnold (1822 – 1888) Um grande scholar e Culture and Anarchy (a mais
humanista. importante das suas obras); etc
Jacob Burckhardt (1818 – Morreu como um profeta. A Civilização da Renascença na
1897) Itália; Cicerone; Considerações
sobre a História Universal (um
dos maiores livros do século)
Richard Wagner (1813 – 1883) Num sentido especial, Wagner Tristão e Isolda; O Anel dos
foi um grande dramaturgo. Nibelungos; Os Mestres
Cantores de Nuremberg; etc
Lewis Carrol (1832 – 1898) Um clássico da língua inglesa e Alice no País das Maravilhas;
precursor da literatura Alice no País dos Espelhos
“absurda” do século XX.
Autor Descrição Obras
Herman Melville (1819 – 1891) Um grande poeta épico. Moby Dick; Typee; etc
Multatuli (1820 – 1887) O maior romancista holandês. Max Havelaar (o maior
romance da literatura
holandesa)
Hippolyte Taine (1828 – 1893) A figura central da literatura As Origens da França
francesa da segunda metade do Contemporânea; etc
século XIX.
Francesco de Sanctis (1817 – O intérprete mais genial das Storia della letteratura italiana;
1883) obras literárias no século XIX. etc
Emile Zola (1840 – 1902) Um grande romancista. Rougon-Macquart; etc
Mihail Eminescu (1850 – 1889) O único poeta universal da Poesii; Prosa si versuri
literatura romena.
Guy de Maupassant (1850 – Criador e mestre inigualável da Contos
1893) “short story”.
Benito Pérez Galdós (1843 – Uma expressão completa da Doña Perfecta; Gloria; La
1920) nação espanhola. Família de Léon Roch;
Fortunata y Jacinta; Electra;
etc
Thomas Hardy (1840 – 1928) Um dos maiores poetas da Jude the Obscure; etc
literatura inglesa.
Autor Descrição Obras
Björnstjerne Björnson (1832 – Um grande poeta e uma Entre as Batalhas (uma das
1910) natureza humana muito rica. melhores peças de um ato da
literatura universal); etc
Henrik Ibsen (1828 – 1906) Um grande poeta de habilidade Os Pretendentes da Coroa (a
teatral quase diabólica. sua peça mais perfeita); Peer
Gynt (a maior obra de conteúdo
filosófico que se escreveu
depois de Fausto); Casa de
Bonecas; Espectros; Um
Inimigo do Povo; O Pato
Selvagem; etc
Lev Tolstoi (1828 – 1910) Guerra e Paz é a única obra das A Morte de Ivan Ilitch; O Reino
literaturas modernas que das Trevas; Ressurreição;
merece o lugar ao lado da Guerra e Paz; etc
epopéia homérica.
August Strindberg (1849 – A maior personalidade literária O Quarto Vermelho; O Pai; O
1912) que a Europa, fora da Rússia, Inferno; etc
possuía no fim do século XX.
Henry James (1843 – 1916) Um grande artista para todos os The Golden Bowl; The
tempos. Ambassadors; etc
Fedor Dostoiévski (1821 – Obras Completas
1881)
Walt Whitman (1819 – 1892) O Victor Hugo americado. Para Obras poéticas
alguns, o maior poeta
americano de todos os tempos.
Mark Twain (1835 – 1910) Um gênero literário sui generis. The Man that Corrupted
Hadleyburg; The Gilded Age; A
Connecticut Yankee in King
Arthur's Court
Autor Descrição Obras
Oscar Wilde (1856 – 1900) Pôs seu talento nas suas obras e O Retrato de Dorian Gray; De
seu gênio na sua vida. Profundis; Salomé; Contos;
Intentions
Stéphane Mallarmé (1842 – O mestre da poesia moderna Poesias Completas
1898) inteira.
Arthur Rimbaud (1854 – 1891) Um dos maiores poetas Les Illuminations, Un Saison
franceses. em Enfer
Selma Lagerlöf (1858 – 1942) Autora do melhor livro infantil A Viagem Maravilhosa de Nils
do século XX. Holgersson
Anton Tchekhov (1860 – 1904) Um dos maiores escritores da Contos; O Jardim das
literatura universal. Cerejeiras; etc
Vladimir Soloviev (1853 – O grande discípulo de As Bases Espirituais da Vida;
1900) Dostoiévski. Poesias; A Justificação do
Bom; Três Conversações
F. K. Sollogub (1863 – 1927) Um grande poeta, mas sua obra O Pequeno Demônio (uma das
principal foi um romance. obras mais impressionantes e
mais desagradáveis da
literatura universal)
Arthur Schnitzler (1862 – 1931) Crítico da decadência da Anatol; Namoro; Ronda;
Austria, que, depois de 1918, Agonia; Professor Bernhardi;
parecia a decadência da própria Tenente Augusto; Senhora Elsa
Europa.
Hugo von Hofmannsthal (1874 O criador de um cosmos O Tolo e a Morte; A Torre; etc
– 1929) poético e hierarquicamente
organizado conforme os valores
do espírito.
Autor Descrição Obras
Rubén Darío (1867 – 1916) Um autor de poesia Azul; Prosas Profanas;
milagrosa. Cantos de Vida y
Esperanza; Poema del
Otoño
Antonio Machado (1876 – Um poeta profundo e Poesías Completas
1939) incomparável na arte de
inventar provérbios.
Friedrich Nietzsche (1844 Um dos maiores aforistas Assim Falou Zaratustra;
– 1900) da literatura universal. Aurora; A Gaia Ciência;
etc
Carl Spitteler (1846 – Vencedor do prêmio Nobel Primavera Olímpica
1924) de 1919 e autor da maior
obra do simbolismo
alemão.
Emile Verhaeren (1855 – O maior poeta da Europa Les Villes Tentaculaires
1916) antes de 1914. (um dos maiores livros de
poesia moderna); Les
Usines; etc
Autor Descrição Obras
Paul Valéry (1871 – 1945) Um dos prosadores mais Crise de l'esprit; Regards sur le
brilhantes da língua francesa. monde actuel; Le Cimetière
Marin; etc
Juan Ramón Jiménez (1881 – Sua poesia é como uma Obras poéticas
1958) misteriosa luz acesa,
transformando a mais reclusa
das torres de marfim em farol
para os navegantes.
Rainer Maria Rilke (1875 – O maior poeta espiritualista de Livro das Horas; Elegias de
1926) nosso século. Duíno; Os Cardenos de Malte
Laurids Brigge; etc
William Somerset Maugham O pessimista mais sistemático O Fio da Navalha; A Servidão
(1874 – 1965) da literatura do século XX. Humana; etc
Thomas Mann (1875 – 1955) Alcançou uma altura a qual Morte em Veneza; Tonio
nenhum de seus Kröger; Buddenbrooks; A
contemporâneos foi capaz de Montanha Mágica; Doutor
acompanhar. Fausto; Confissões do
Aventureiro Félix Kruell; José e
seus Irmãos
Romain Rolland (1866 – 1944) Não é uma grande obra de arte, Jean-Christophe
mas um importante documento
da história moral da França.
Jakob Wassermann (1873 – Mostra um panorama vivo da Trilogia O Caso Maurizius; etc
1934) Alemanha da República de
Weimar.
Robert Frost (1875 – 1963) O clássico da poesia americana Obras poéticas
do século XX.
Edward Morgan Forster (1879 – Forster não é racionalista Howard's End; The Longest
1970) dogmático, reconhece e admite Journey; A Passage to India
o mistério na vida humana e,
com isso, a tragédia.
Autor Descrição Obras
Joseph Conrad (1857 – 1924) Um dos maiores escritores da O Coração das Trevas; Lord
literatura inglesa. Jim; O Agente Secreto;
Nostromo; The Chance; etc
Rudyard Kipling (1865 – 1936) Será sempre lido; alguns dos Obras variadas
seus versos, alguns dos seus
contos figurarão sempre como
obras-primas da literatura
inglesa.
Maurice Barrès (1862 – 1923) O maior prosador da época do Obras variadas
simbolismo.
Benedetto Croce (1866 – 1952) Foi durante alguns anos o papa Obras filosóficas, históricas e
filosófico e literário da Itália. crítica literária.
Arthur Conan Doyle (1859 – Criou um personagem de Adventures of Sherlock Holmes;
1930) imortalidade tão segura como Memoirs of Sherlock Holmes;
Don Juan ou Don Quixote. etc
H. G. Wells (1866 – 1946) Um escritor talvez não de The Times Machine; The
primeira ordem, mas Invisible Man; Tono-Bungay;
importante. etc
George Bernard Shaw (1856 – Um escritor a serviço da Peças teatrais
1950) ideologia socialista, porém
importante para o entendimento
da literatura do século XX.
Martin Andersen-Nexö (1869 – O criador da saga do Pelle Erobroren (Pelle, o
1954) proletariado ocidental moderno. Conquistador)
Johannes Vilhelm Jensen (1873 Se as literaturas escandinavas Contos do Himmerland; A
– 1950) não tivessem saído, depois de Longa Viagem; A Terra
Ibsen e Strindberg, da moda Perdida; Montão de Neve; O
internacional, Jensen ficaria Hóspede das Normas; A
reconhecido como um dos Jornada dos Címbrios; O Navio
grandes escritores do século
XX.
Stefan George (1868 – 1933) A poesia mais clássica que se O Sétimo Anel (alguns dos
escreveu na Europa do século versos mais perfeitos da poesia
XX. moderna); etc
Autor Descrição Obras
Hermann Hesse (1877 – 1962) A maior figura da “boêmia” Demian; Peter Camezind; O
pré-modernista alemã. Lobo da Estepe; O Jogo das
Contas de Vidro; Siddharta
André Gide (1869 – 1951) Autor de uma obra-prima Journal (obra-prima); La porte
permanente. étroite; École des femmes; Les
Faux-Monnayeurs; Caves du
Vatican
Guillaume Apollinaire (1880 – Um dos maiores poetas de Obras poéticas
1918) todos os tempos.
Fernando Pessoa (1888 – 1935) Não foi só um grande poeta: foi Obras poéticas
um dos poetas mais singulares
de todos os tempos.
Ezra Pound (1885 – 1972) Um scholar erudito; seus Cantos (um dos monumentos
volumes de crítica e teoria literários da nossa época); etc
poética constituem verdadeiros
tesouros de lições valiosas.
Franz Kafka (1883 – 1924) Um dos maiores criadores de A Metamorfose; O Castelo; O
símbolos da literatura universal. Processo; etc
George Trakl (1887 – 1914) A poesia mais profundamente Gedichte; Sebastian im Traum;
religiosa do século. Dichtungen
Vladimir Maiakovski (1893 – Um grande poeta. Obras poéticas
1930)
Sean O'Casey (1884 – 1964) Autor de símbolos dramáticos The Plough and the Stars; Juno
do determinismo fatal que and the Peacock; Shadow of a
destrói vidas humanas. Gunman; Silver Tassie
Jorge Luis Borges (1900 - Obra significativa do século Fervor de Buenos Aires; Luna
1986) XX. de enfrente; Historia Universal
de la infamia; Ficciones; El
Aleph
Autor Descrição Obras
D. H. Lawrence (1885 – 1930) Um dos narradores mais vivos Women in Love; Birds, Beasts
do século XX. and Flowers; The Plumed
Serpent; The Rainbow; etc
James Joyce (1882 – 1941) Autor do maior e mais Chamber Music; Dubliners;
significativo documento Retrato de um artista quando
literário da nossa época. jovem; Ulysses; Finnegans
Wake
Luigi Pirandello (1867 – 1936) O problema de Pirandello é o O Falecido Mattia Pascal; I
de um homem que não está em vecchi e i giovani; Seis
casa em sua própria casa. Personagens em Busca de um
Autor; Henrique IV; etc
Aldous Huxley (1894 – 1963) Huxley foi um dos romancistas Contraponto; Admirável Mundo
mais famosos da literatura Novo; As Portas da Percepção;
universal. Comparavam-no a Céu e Inferno; etc
Proust e Gide. Hoje, essa glória
já diminuiu muito.
Scott Fitzgerald (1896 – 1940) Foi um grande escritor, dono This Side of Paradise; Tales of
daquela coisa rara que é um the Jazz Age; The Beautiful and
estilo inteiramente pessoal. Damned; The Great Gatsby;
Tender is the Night
Ernest Hemingway (1898 – As últimas páginas de A The Sun Also Rises; A Farewell
1961) Farewell to Arms são das mais to Arms; etc
perfeitas que se escreveram no
século XX.
T. S. Eliot (1888 – 1965) Desde Eliot, a poesia voltou a Obras poéticas
ser um poder na vida espiritual
do tempo.
Boris Pasternak (1890 – 1960) Um grande poeta. Doutor Zivago
Boris Pilniak (1894 – 1938) Autor do mais completo O Ano Nu
romance da revolução e guerra
civil na Rússia.
Federico Garcia Lorca (1899 – Sua obra é um resumo da Obras poéticas
1936) poesia espanhola moderna.
Autor Descrição Obras
André Malraux (1901 – 1976) Um escritor que busca tomar La condition humaine; etc
consciência da condição
humana.
Ernest Jünger (1895 – 1998) Grande é sua responsabilidade Nos Rochedos de Mármore; O
na preparação ideológica do Bosque 125; Irradiações; etc
nazismo. Mas nunca foi nazista.
Ignazio Silone (1900 – 1978) Embora não sendo um grande Fontamara; Pane e Vino; Una
escritor, é uma grande figura Manciata di more;
moral.
Arthur Koestler (1905 – 1983) Um ex-comunista típico. Testamento Espanhol; Thieves
in the Night; Darkness at Noon
George Orwell (1903 – 1950) Na mesma linha dos Homage to Catalonia; Animal
denunciantes do regime Farm; 1984
comunista.
Ugo Betti (1892 – 1953) De teatro poético, preocupa-se La Padrona; Corruzione nel
com o problema da Palazzo di Giustizia; etc
responsabilidade moral.
Friedrich Dürrenmatt (1921 – Realiza o apelo à consciência. Rômulo, o Grande; Franck V;
1990) Die Physiker; A Visita da Velha
Senhora; A Promessa
Herman Kasack (1896 – 1965) Publicou um espelho A cidade atrás do rio
impressionante da Alemanha
pós-nazista.
Miroslav Krleza (1893 – 1981) O maior escritor da literatura A Volta de Philipp Latinovicz;
iuguslava. O Banquete de Blitvia (o mais
completo e fascinante
panorama da ditadura
fascista).
Thornton Wilder (1897 – 1975) Autor de uma grande obra. The Bridge of San Luis Rey
Carlos Drummond de Andrade Poeta da mais alta categoria. Obras poéticas
(1902 – 1987)
Autor Descrição Obras
Jorge Guillén (1893 – 1984) Um dos maiores poetas Cântico
espanhóis do século XX.
Cecília Meireles (1901 – 1965) Escreveu poesias das melhores Viagem; Vaga Música; Mar
do século XX. Absoluto; Retrato Natural
W. A. Auden (1907 – 1973) Um grande poeta. Obras poéticas
Harold Hart Crane (1899 – Escreveu o poema épico do The Bridge
1932) grande mundo americano.
William Faulkner (1897 – Um grande investigador do Sanctuary; The Sound and the
1962) fenomêno da degeneração Fury; The Bear; etc
moral.
Giuseppe Ungaretti (1888 – Possui uma poesia perfeita. Obras poéticas
1970)
Eugenio Montale (1896 – 1981) O maior dos poetas herméticos Obras poéticas
italianos.
Dylan Thomas (1914 – 1955) Um poeta rico em metáforas; e Collected Poems; etc
a metáfora é a própria
substância da poesia.
Thomas Bernhard (1931 – Não se pode imaginar leitura Verstörung; Ungemach;
1989) mais repelente nem mais Watten; Das Kalkwerk
fascinante.
Gertrude von Le Fort (1876 – Autora de vasta erudição e de O Sudário da Verônica; A
1971) profunda penetração Coroa dos Anjos; A Ultima no
psicológica. Patíbulo
Graham Greene (1904 – 1991) O maior dos ingleses Brighton Rock; The Power and
convertidos ao catolicismo no the Glory; The Heart of the
século XX. Matter
François Mauriac (1885 – O maior representante do Thérèse Desqueyroux; Le
1970) romance psicológico francês do Noeud de Vipère; etc
século XX.
Georges Bernanos (1888 – Um dos maiores escritores do Les Grands Cimetières sous la
1948) século XX. Lune; Sob o Sol de Satã; etc
Julien Green (1900 – 1998) Um escritor notável. Léviathan; Mont-Cinère;
Épaves; Adrienne Mesurat; etc
Mario Vargas Llosa, 1936. Escreveu obras-primas de uma Los Jefes; Los Impostores; La
destemida literatura de Casa Verde; La Ciudad y los
acusação. Perros;
Autor Descrição Obras
Thomas Wolfe (1900 – 1938) Ampliou como poucos os Of Time and the River; The
horizontes da literatura. Hills Beyond; etc
Ralph Ellison (1914 – 1994) Escreveu um dos maiores The Invisible Man
romances americanos do século
XX.
Mikhail Cholokov (1905 – O maior nome da literatura Rio Don; etc
1984) soviética.
Bertold Brecht (1898 – 1956) O maior escritor, o maior poeta Tambores Noturnos; Mãe
e, de longe, o maior dramaturgo Coragem; O Sr. Puntila e seu
que o comunismo produziu. Criado; A Vida de Galileu; etc
John dos Passos (1896 – 1970) Um grande escritor que Manhattan Transfer; U. S. A.;
influenciou fundamente a Three Soldiers; etc
literatura ocidental. Passou-se
como um dos maiores do século
XX.
Carlo Emilio Gadda (1893 – Escreveu uma obra capital do Quel Pasticciaccio Brutto de
1973) século XX. Via Merulana
Henry Miller (1891 – 1980) Um autor de grande Trópico de Câncer (uma obra-
importância histórica. prima); etc
Wilkie Collins (1842 – 1889) Segundo T. S. Eliot escreveu “o The Moonstone; The Woman in
primeiro e o melhor dos White
romances policiais”.
Georges Simenon (1903 –1989 Um escritor de incrível Série Maigret; Le Bourgmestre
) profundidade moral e de Furnes; La Neig était Sale
psicológica. (sua obra-prima); etc
Dino Buzzati (1906 – 1972) Seu tema é a vida sem sentido. Sette Piani; Paura nelle Scale;
O Deserto dos Tártaros
Hermann Broch (1886 – 1951) O mais profundo dos A Morte de Virgílio; Trilogia
romancistas de ideias. “Os Sonâmbulos”
Autor Descrição Obras
Robert Musil (1880 – 1942) Um dos maiores romancistas do O Homem sem Qualidades; etc
nosso tempo.
Alfred Döblin (1878 – 1957) Autor de um monumento para Berlin Alexanderplatz
sempre.
Albert Camus (1913 – 1960) Autor de um clássico de nosso A Peste; O Estrangeiro; O
tempo. Homem Revoltado; etc
Jean-Paul Sartre (1905 – 1980) Um dos maiores escritores A Nausea; Les Chemins de la
franceses do século XX. Liberté; etc
Samuel Beckett (1906 – 1989) Possui uma compreensão Esperando Godot
assustadora da condição
humana.
Alexander Soljenitzin, 1918. Seus romances já foram Um dia na vida de Ivan
considerados como pontos altos Denisovitch
da literatura russa.
Eugène Ionesco (1912 – 1994) Anticonformista; antitotalitário; Le Rhinocéros
antiBrecht.
Nikos Kazantzakis (1885 – Um novo Homero, último A Ultima Viagem de Ulisses;
1957) descendente daquele Homero Zorba, o Grego; O Cristo
com que se iniciou nosso Recrucificado; O Pobre de
caminho pela história da Deus; Relatório ao Greco; A
literatura. Ultima Tentação; etc

Você também pode gostar