Você está na página 1de 4

Agrupamento de Escolas Frei Bartolomeu dos Mártires Actividade Física e Desportiva

Ano Lectivo 2010/2011

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES

1º Período 2º Período 3º Período


Conteúdos
Programáticos
Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho

Adaptação ao Meio Aquático – 2º ANO

Adaptação ao Meio Aquático – 4º ANO

Natação

Introdução às Técnicas de nado –


2º ANO

Introdução às Técnicas de Nado – 4º ANO

Professora: Frederica Pinheiro Coutinho


Agrupamento de Escolas Frei Bartolomeu dos Mártires Actividade Física e Desportiva
Ano Lectivo 2010/2011

Adaptação ao Meio Aquático (AMA)

Promover o equilíbrio em posição horizontal e procurar vivenciar a expiração voluntária no meio aquático

Objectivos Actividades

- Promover os primeiros contactos com a água de forma aliciante;


- Bater os pés na borda da piscina;
- Lavar a cara;
Adaptação ao local Ambientar-se ao novo meio e promover
- Subir e descer escadas (sempre de costas);
da aula o gosto pelas aulas de Natação.
- Deslocar-se ao longo da piscina com apoio do bordo, ultrapassando os colegas;
- Jogos que incentivem a interacção do aluno com o meio;
- Atirar água ao professor e aos colegas sem limpar o rosto (quem limpar perde).

Explorar as diferentes formas de - Deslocar-se em todas as direcções através da acção dos MI e MS;
Deslocamentos
deslocamento através da propulsão. - Promover jogos aquáticos que promovam deslocamentos (ex. apanhada, corridas, etc.);
- Empurrar objectos, com a cabeça em diferentes tipos de percursos.

- Imergir a cabeça com e sem apoio da parede, sem expiração, aumentando progressivamente o tempo de imersão;
- Manter as mãos ocupadas com um objecto durante a imersão da cabeça para evitar o esfregar dos olhos;
Incentivar a abertura dos olhos durante
a imersão; promover a expiração - Imergir com abertura dos olhos para verificar a cor de um objecto ou contar o nº de dedos;
Imersões
voluntária no meio aquático e dar a - Expirar voluntariamente na água (“apagar as velas do bolo de aniversário”)
sentir o efeito da força de impulsão.
- Associar a imersão à expiração voluntária
- Passar entre as pernas do professor com auxílio do mesmo.
- Imergir empurrado pelo professor, de modo a sentir a força de impulsão.

Dar a sentir aos alunos o efeito da força - Com e sem apoio das mãos na parede ensaiar a “posição de medusa” e sentir a impulsão do corpo na água (em apneia);
Flutuações de impulsão; Fomentar a ausência de
apoios fixos. - Fazer a “estrela-do-mar” em posição dorsal e ventral.

Realizar saltos para a água na posição - Utilização do escorrega ou forma lúdicas de promover a entrada na água;
vertical partindo da posição de sentado,
Saltos - Sentado, entrada de pés;
aumentado progressivamente a altura do
centro de gravidade. - Em pé, entrada de pés;
- Saltar de uma superfície mais elevada, entrada de pés.

Professora: Frederica Pinheiro Coutinho


Agrupamento de Escolas Frei Bartolomeu dos Mártires Actividade Física e Desportiva
Ano Lectivo 2010/2011
-

Fomentar a utilização das habilidades de Jogos de recolha de diferentes objectos e transporte dos mesmos num determinado percurso;
Manipulações
manipulação básicas. - Deslocamentos com as bolas como apoios fixos;
- Lançamento da bola contra um alvo ao nível da superfície do meio aquático.

Autonomia no Meio Aquático

Fomentar a posição hidrodinâmica fundamental; Trabalhar a expiração controlada e o ritmo respiratório; Desenvolver os sistemas propulsivos (essencialmente os MI) e as rotações (eixo transverso e
longitudinal)

Objectivos Actividades

Procurar que os alunos realizem o - Realizar “Golfinhos” com toque das mãos no chão;
Deslize (ventral e deslize com alinhamento dos segmentos
- Deslizar após impulso da parede tentando alcançar a maior distância possível;
dorsal) em diferentes profundidades; Incentivar
o empurrar forte da parede. - Idem com batimentos alternados de pernas.

- Efectuar batimento de pernas sentado no bordo;


Batimento Realizar o batimento sem flexão do
alternado dos MI joelho; Realizar o batimento com o pé - Realizar batimento alternado de pernas em deslize ventral e dorsal com respiração ritmada;
(ventral e dorsal) em flexão plantar.
- Idem mas com um nó no noodle a imitar uma moto.

- Com chouriço a fazer de cavalo deslocar-se através da acção dos membros superiores;
Incutir a realização de movimentos
Propulsão dos MS - Jogar a apanhada promovendo o deslocamento através das mãos;
propulsivos através dos segmentos.
- Sem apoio, deslocamento através dos MI.

- Ficar de joelhos no fundo, expirando;


Imersões com - Sentar no fundo (posição de Buda);
Começar a desenvolver tempos ritmados
controlo e ritmo
de inspiração/expiração. - Deitar ventral e dorsalmente no fundo;
respiratório
- Apanhar um objecto no fundo;
- Inspirar a um tempo e expirar a quatro tempos (em posição vertical e dorsal).

Dominar as diferentes posições de - Passar da posição vertical para posição horizontal (ventral ou dorsal);
Alterações de equilíbrio ventral e dorsal e conseguir
- Passar da posição horizontal (ventral ou dorsal) para posição vertical;
Equilíbrio elaborar formas transitórias nas
diferentes posições. - Combinar estes movimentos, sem pôr os pés no chão;
- Passar da posição engrupada para posição horizontal ventral e dorsal.

Professora: Frederica Pinheiro Coutinho


Agrupamento de Escolas Frei Bartolomeu dos Mártires Actividade Física e Desportiva
Ano Lectivo 2010/2011

- Com prancha ao peito com batimento alternado de pernas (eixo longitudinal);


- Com braços ao lado corpo com batimento alternado de pernas; (eixo longitudinal)
Adquirir e manter a posição engrupada;
Rotações (eixo - Após deslize na posição ventral realizar rolamento para posição dorsal;
Realizar mais do que uma rotação
transverso e
seguida; Manutenção do alinhamento do - Após deslize na posição dorsal realizar rolamento para posição ventral;
longitudinal)
corpo durante a rotação longitudinal.
- Após deslize na posição ventral ou dorsal realizar rolamento completo;
- Através do separador ou haltere (cambalhota);
- Com auxílio do professor (cambalhota).

- A partir da posição de sentado, entrada de cabeça;


Realizar saltos para a água de cabeça
com uma correcta colocação dos - Com apoio de um joelho no cais (prancha), entrada de cabeça;
Saltos de cabeça
segmentos e com uma posição - De cócoras, entrada de cabeça e passar por dentro de um arco;
progressivamente mais alta.
- De pé, entrada de cabeça e passar por baixo das pernas do professor;
- Idem, mas alertando para a entrada e deslize em phf.

- Realiza jogos aquáticos com bola (jogo dos passes, jogo da recolha do lixo, etc.);
Fomentar a utilização das habilidades de
Manipulações manipulação: lançamentos, recepções e - Realiza jogos com lançamentos (lançar a um alvo, basquetebol aquático, etc.);
batimentos.
- Realiza as habilidades de manipulação, combinadas com a propulsão, equilíbrio e respiração.

Professora: Frederica Pinheiro Coutinho

Você também pode gostar