Você está na página 1de 3

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO TRIÂNGULO

JOÃO VICTOR MARTINS DAVI

TEXTO REFLEXIVO:
PRECIOSA - UMA HISTÓRIA DE ESPERANÇA

UBERLÂNDIA/MG 2019
O filme “Preciosa - Uma história de esperança” nos trás vários exemplos de situações que
estudamos nas disciplinas de Psicopatologia 1 e Psicologia Institucional, veremos aqui alguns
desse exemplos.

Sobre a psicopatologia, podemos observar no filme em que há momentos em que a Preciosa


tem algumas alucinações combinadas, onde segundo Dalgalarrondo (2008) alucinações
combinadas “São experiências alucinatórias nas quais ocorrem alucinações de várias
modalidades sensoriais (auditivas, visuais, táteis, etc.) ao mesmo tempo. O indivíduo vê uma
pessoa que fala com ele, toca em seu corpo e assim por diante.” como podemos ver no filme
quando a preciosa se encontra em uma situação estressante, ela se desprende da realidade e
tem alucinações em que ela é famosa, bem sucedida e bem resolvida.

No contexto da Psicologia Institucional, podemos associar a cena que ela começa a frequentar
a nova escola com uma das atribuições do psicólogo institucional, onde uma das atribuições
do psicólogo institucional, ministrado em sala de aula, é de dar voz aos integrantes das
instituições que não eram ouvidos, na cena em questão a professora pede para que todos se
apresentem e falem um pouco sobre si mesmos, a Preciosa em um primeiro momento pede
para que passe a vez e um pouco depois pede para falar, ela se apresenta e fala um pouco de si
e depois diz que “Nunca havia falado em sala assim” e a professora então pergunta como ela
se sentia sobre esse momento, ela responde: ”Aqui, me sinto aqui.”, essa ato de se expressar
faz com que as pessoas se sintam parte do que esta acontecendo, se sentem seres viventes,
com poder de interagir e mudar o meio/instituição.

Outra ideia da psicologia institucional que pode ser interpretada no filme é a de “Grau de
Dinâmica” da instituição, onde Bleger (1984) diz que: “O Melhor Grau de Dinâmica de uma
instituição não é dado pela ausência de Conflitos, mas sim pela possibilidade de explicita-los,
maneja-los e resolvê-los dentro do limite institucional...”, sobre essa definição podemos
interpretar que a família também é uma instituição e no filme existe conflitos na família de
Preciosa, um ambiente onde só se tem uma voz autoritária(a Mãe dela), sendo assim não é
possível haver diálogo e muito menos explicitar, manejar e resolver os conflitos, ou seja, essa
família tem um grau de dinâmica baixo.

REFERENCIAS

BLEGER, José. Psico-Higiene e Psicologia Institucional. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 1984.

DALGALARRONDO, Paulo. Psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais


[recurso eletrônico] 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2008.
CENTRO UNIVERSITÁRIO DO TRIÂNGULO

MATEUS EDUARDO DA SILVA ALVES

TEXTO REFLEXIVO:
PRECIOSA - UMA HISTÓRIA DE ESPERANÇA

UBERLÂNDIA/MG 2019

Você também pode gostar