Você está na página 1de 12

ICO e o Mundo Que

Queremos Construir

Ilustração
Roney Bunn
Autoras
Carina Alves - carina@institutoincluir.com.br
Elyse Matos - elyse@icoproject.com.br
Essa é a história de um menino sensível que adora fazer perguntas
Ilustração e Projeto Gráfico
Roney Bunn - roneybunn@hotmail.com e entrevistar pessoas. Sua mente funciona como um “banco de da-
Revisão dos”, cheia de ideia. O nome dele é Enrico. Mas podem chamá-lo de
Maria Alice Mendes e Juliana Biato
Ico!
a
1 . Edição
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
Souza, Aparecida Carina Alves de
Ico e o Mundo Que Queremos Construir/ Carina Alves,
Elyse Michaele Bacila Batista de Matos ; Ilustração, Roney Bunn .
1. ed. Rio de Janeiro : Mundo Criar, 2020.
20 p.

ISBN 978-85-86211-00-9

1. Literatura Intantil 2. Literatura Infantojuvenil


I. Alves, Carina. II. Matos, Elyse. III. Título.

CDD-028.5

Índice para catálogo sistemático:


1.Literatura Infantil 028.5
2.Literatura Infantojuvenil 028.5
Mundo Criar Editora - Rua Viçosa, 216 Vila da Penha 21210-370 - Rio de Janeiro, RJ

DEDICATÓRIA:
Para todos que querem pensar diferente para mudar
o mundo! que possamos, juntos, construir o mundo em
que queremos viver!
Elyse Matos
Ele tem 10 anos e o seu maior desafio é a
escola.
Será que a escola é acessível? Será que
é sensível? Democrática? Para todos? Será
inclusiva? Ela tem salas adaptadas e profes-
sores especializados? O que vocês pensam
sobre isso?
Acredito que devemos pensar juntos!
Eu penso que esse é o mundo que nós queremos,
mas ainda não é o mundo que temos.
Ico adora aprender atividades novas e praticar
esportes. Ele se diverte muito com a natação e aliás,
parece um peixinho! Ico também gosta muito de judô,
basquete, jogar bola e corrida. Na escola, o esporte
ajuda Ico a vencer os desafios que encontra.
A mãe dele, Elyse, muito envolvida e intrigada, logo começou
a buscar instrumentos para o desenvolvimento do filho, sempre
atenta aos talentos que ele manifesta e às potencialidades que
ela observa.
“O sonho dele é o que ele quiser ser” diz a mãe do Ico, muito
entusiasmada com o poder que Ico tem de enxergar o invisível.
“Ico vê aquilo que ninguém consegue ver na correria
dos dias; ele dá atenção aos detalhes, aos nomes, enxerga
as pessoas que por muitas vezes nós, adultos, não somos
capazes de enxergar. Ele vive num mundo feliz, sem ódio e
sem intolerância. Ele ensina a mim e à nossa família o que é
o verdadeiro amor”.
A irmã - que se chama Estella - ama viver ao lado do irmão.
Estão sempre juntos!Estella faz cócegas no Ico que dá gostosas
gargalhadas.
Nem sempre Ico quer brincar mas gosta de ficar pertinho,
observando. Estella está aprendendo o jeito de ser do irmão e
respeitando o seu universo.
Elyse sempre diz que todos nós temos que aprender A sociedade não era acessível. As pessoas estranhavam as
alguma coisa e o mais importante, na vida, é cuidar e amar diferenças porque não tinham informações sobre a diversida-
as pessoas do jeito que elas são. No início ela ficou insegura. de humana. Por isso, Elyse e Emiliano, pai do Ico, tiveram
Quem não ficaria? Mas logo em seguida, percebeu que poderia a grande ideia de criar um espaço onde todos pudessem ter
ajudar outras famílias. acesso à pratica de esportes, atendimentos de saúde, e tentar
transformar o mundo e deixando mais azul, assim como o
mundo do Ico.
Hoje, Ico consegue vencer
os desafios e as barreiras do precon-
ceito. Vive uma vida feliz, graças ao
apoio de toda sua família, de seus
amigos, amigas, terapeutas e da sua
escola .
O Autismo é uma forma de ver, sentir e experimentar o
mundo de um jeito diferente. Afinal de contas, ser diferente
também é motivo para ser contente, pois somos todos gente,
como uma semente, que nasce, florece e multiplica sua alegria
e amor.
Vamos construir um mundo com amor e respeito para que
todos possam ser o que quiserem ser!
Carina Elyse

foto: Ana Paula Sader

foto: arquivo pessoal da autora


Psicóloga, Empreendedora social, Escritora, Especialista Advogada. Mestre em Direito Francês, Europeu e do Comércio
em Psicologia do Esporte, com formação em Wellness pela Internacional pela Universite Sorbonne (Paris II); especialista em
University of Wisconsin, Mestra em Letras e Ciências Hu- direito financeiro e tributários pela Universidade Sorbonne (Paris
manas, Doutoranda em Educação, na perspectiva Inclusiva II). Certificada em Empreendedorismo e Inovação pela Stanford
pela UFRRJ. Idealizadora do Projeto Literatura acessível, University. Membro consultivo da Comissão Nacional de Direito
da Pessoa com Deficiência do Conselho Federal da OAB. Conde-
Fundadora do Instituto Incluir e autora de outros quatro li-
corada em 2018 com a Comenda Municipal da Ordem da Luz dos
vros dedicados ao público infantil com temas focados na Pinhais pela ação de impacto social prestado à comunidade curi-
inclusão social. tibana. Fundadora do Instituto Ico Project.
A obra que chega as suas mãos, escrita por Carina Alves e Elyse Matos,
revela uma interessante história que muito tem a nos ensinar sobre a
diversidade humana.
Ico é um menino esperto, que como qualquer criança, possui desejos,
interesses e motivações. Foi diagnosticado como uma criança com autis-
mo. O autismo é apenas uma das características de Ico. Como qualquer
criança possui talentos e potencialidades que lhes são inerentes em sua
condição humana.
Conhecer sua história nos permite ampliar o significado que temos
sobre as diferenças humanas, que precisam ser entendidas como aspectos
da singularidade das pessoas. Meu desejo é que sua história nos ajude a
ampliar nossa compreensão sobre a vida, sobre as potências e possibi-
lidades... pois, sem dúvida nenhuma, Ico nos permite resgatar a essência
do processo escrito nas páginas deste livro: Inclusão é participação!

Allan Damasceno
Coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas
em Educação, Diversidade e Inclusão (UFRRJ/CNPq)
Pós-doutor em Educação (UFPR) e um apaixonado
pela educação inclusiva.

Você também pode gostar