Você está na página 1de 20

Palavras do Italo

A BOA VONTADE
É IRRESISTÍVEL
Você sabe que eu sempre falo sobre a importância de
cumprir o dever. Na semana passada, demos um passo
adiante ao tratar de um elemento que desponta no seio
dos compromissos assumidos e tinge com as cores de
humanidade aquilo que fazemos. Estamos falando do
elemento da boa vontade.

A boa vontade não é um item opcional, se queremos vi-


ver e servir de modo propriamente humano. Isso signi-
fica transformar o trabalho em ferramenta de melhora
de si e — aqui está a novidade — também de melhora do
outro. Quando alguém age com boa vontade, com um
sorriso no rosto, com boa disposição, imprimindo pes-
soalidade ao que faz e, por assim dizer, atuando em sua
melhor forma, não apenas o sujeito melhora, mas tam-
bém aqueles que estão à sua volta, cuja pessoalidade vai
sendo igualmente despertada.

Isso não é fantasia, conto de fadas: diferentemente dos


objetos, que não são impactados pela presença de ou-
tros, um ser humano é mais ele mesmo quando em con-
tato com outro ser humano funcionando em sua melhor
forma. De certo modo, podemos dizer que alguém no seu
melhor é irresistível. À vista de um coração verdadeira-
mente generoso, de uma presença acolhedora, de uma
disposição que parece incansável em doar-se, só um co-
ração de pedra não se deixa mover.

Se a cada semana tocamos numa corda que desperta


uma nova melodia, nesta semana tocamos na corda que
vai ajudá-lo a dar forma à sinfonia da sua vida.
Toda segunda-feira, o seu Caderno de Ativação traz su-
gestões de atividades ou reflexões baseadas em um dos
temas abordados nas lives da semana anterior. Se você
está chegando agora, não se preocupe: o Guerrilha Way
não é uma maratona em que você tenha de alcançar
quem chegou antes, mas um barco que o recolhe onde
você está e o impulsiona para frente. Atrasar o GW não
dá juros. Aliás: não se atrasa o GW. A hora certa para se
fazê-lo é a hora que se faz ele. A quantidade ideal é a
quantidade feita.
Live #50
Transmitida em 16 de abril de 20191

A BOA VONTADE
SEMPRE VENCE

Acesse o Portal GW para conferir os áudios e vídeos das lives da semana passada.
1
Que você deve reunir capacidades técnicas,
é ponto pacífico. Entretanto, uma lava-louças
lava uma louça melhor do que você; um fatia-
dor elétrico fatia legumes melhor do que você;
um aspirador de pó dá fim à poeira melhor do
que você. Há uma infinidade de tarefas que uma
máquina, ou mesmo o Zé Mal-Ranzinza, podem de-
sempenhar com mais eficiência. Mas o que leva as
pessoas a contarem com você, mesmo não sendo o Sr.
Tecnicamente Perfeito, é a sua extraordinária capacida-
de de agir com BOA VONTADE.

A boa vontade é o elemento que, coroando o serviço,


transforma-o em instrumento de melhora de si e do ou-
tro. Se os objetos são indiferentes aos outros objetos, o
mesmo não se dá com o ser humano: o convívio com o
outro ajuda-nos a desenvolver nossa pessoalidade. Um
indivíduo funcionando na sua melhor forma tem sobre
os outros o efeito de ajudá-los a também atingir sua me-
lhor forma. E uma pessoa aparece na sua melhor forma
quando recruta a boa vontade.

Estamos falando de alguém que cumpre o seu dever, mas


o faz de um modo memorável: com um sorriso no rosto,
com boa disposição, demonstrando capacidade de ouvir
e de servir — alguém cuja ação no mundo não se limita
a fazer as coisas tecnicamente bem, mas que deixa, em
tudo o que faz, um traço de pessoalidade que desperte
no outro o desejo de ser também mais humano.

Aqui, pode ser que você torça o nariz: “Isso é fantasia!


Se eu fizer isso, a única coisa que vai acontecer é que
os outros vão montar em mim. Vão me usar, me fazer de
idiota.”
Preste atenção: quando você serve aos outros,
você é tudo, menos idiota. O medo de “ser feito
de idiota” é um medo da aparência, e não uma
preocupação com o que você de fato é.
Aposte sempre na boa vontade. É
combatendo o seu egoísmo que
você ajuda os outros a serem
menos egoístas; é agindo de
modo propriamente HUMANO
que você ajuda os outros a
serem mais humanos. E isso é
a coisa mais importante
que você pode fazer
neste mundo.
UM RELÓGIO NÃO
É MAIS RELÓGIO
AO LADO DE UM
ROLEX...
… mas um ser humano torna-se mais humano quando
ao lado de alguém na sua melhor forma.

Uma pessoa aparece na sua melhor forma quando usa


esse elemento propriamente humano, e tão fácil de
recrutar, chamado BOA VONTADE.

É UMA PESSOA QUE TEM SEMPRE:

Um sorriso no rosto;
Disposição para caminhar 2 km juntos, quando só
lhe pedimos que nos acompanhasse por 1 km;
Capacidade de ouvir;
Capacidade de servir.

Procure se lembrar de alguém cuja pre-


sença tenha sido fonte de inspiração
para você. Uma pessoa ao lado da
qual você gostava de estar porque,
de algum modo, ela lhe ajudava a
ser mais você. Procure identificar
as características dessa pessoa,
que a tornavam tão marcante.
O BIFE QUE
VOCÊ QUER
COMER
Não adianta chorar: um sujeito que frite um bife como
ninguém, mas que seja indisposto, mal humorado e re-
clamão perderá a vez para um sujeito que frite um bife
mais ou menos, mas que saiba conversar, ser agradável
e tornar o ambiente mais ameno com a sua presença.

Isso vale para todas as capacidades técnicas!

E não venha reclamar da falta de “merito-


cracia”, porque lidar com pessoas
É MÉRITO TAMBÉM.
Reduzir a meritocracia a
apenas uma capacidade
técnica é FETICHE.

É SIMPLES
ASSIM!
O que você prefere?
É SIMPLES ASSIM!
* (A) Uma diarista que limpe a sua casa im-
pecavelmente, mas que seja carrancuda,
reclamona e só saiba falar dos crimes
que ela viu no noticiário; ou (B) uma
diarista que, bem, não deixe a sua
casa assim um brinco, mas limpe
lá do jeito dela e seja uma pes-
soa agradável, saiba lidar com
as crianças da casa e faça um
pão de queijo para a patroa
de vez em quando. (Gen-
te, alguém me passe o zap
dessa criatura?)
* (A) Uma secretária ex-
tremamente organizada
e habilidosa no compu-
tador, mas que não saiba
sorrir para os clientes, não
tenha jogo de cintura nos im-
previstos e se irrite quando al-
guma coisa não sai do jeito pla-
nejado, ou (B) uma secretária um
pouco mais crua, um pouco mais
lenta, mas que seja serena, trate bem
os clientes e não se descontrole nas si-
tuações de stress. (Vamos pagar um cur-
so de Excel pra essa fofinha.)

A BOA VONTADE é um ATIVO que você


tem na mão! (Mas não pode ser o único,
meu caro… Continue lendo)
SE NINGUÉM ESTÁ
USANDO VOCÊ,
DEVE SER
PORQUE VOCÊ
NÃO SERVE PRA
NADA MESMO
“Cozinhe bem para
os seus amigos, para
ver se eles não te con-
vidam para o próximo
encontro! ‘Ah, mas aí eu
vou me sentir usada.’ Ora,
para que um sabonete foi
feito? Para ser gasto até o
fim! Essa é a vida do homem.
A gente é sabonete, a gente é
vela — temos de queimar no al-
tar para iluminar a vida dos ou-
tros. Temos de nos desfazer na água
quente para perfumar os demais. A
gente é sabonete e vela. Para que você
quer conservar a sua vidinha medío-
cre? Nós só servimos se formos úteis. Os
outros têm de nos usar! ‘Ah, estou me sen-
tindo usada.’ Graças a Deus, caramba! Você
quer se sentir como? Conservada na pratelei-
ra e na gaveta? Mas que pensamento idiota!”
Live 187 | 06 set 2018
— Italo, qual o limite entre
ter boa vontade e ser
feito de idiota?

— Não tem limite, meu


caro. Você já é um idiota
sem boa vontade; ao
menos tenha boa vontade
e SIRVA para ALGO.

Você prefere
PARECER idiota
ou SER idiota?

Se você vive achando que “foi feito de idiota”, você está


mais preocupado com o que os outros estão pensando
de você, do que com o que você é de fato. Porque quan-
do você serve, resolve problemas, dá sustentação ao ou-
tro com a força do seu braço, você é tudo, menos idiota!
FRASES PARA ELIMINAR JÁ
DO SEU REPERTÓRIO:

Estou cansado de ser feito de idiota!


— Esse é um medo de PARECER idiota aos olhos dos ou-
tros; é medo de que os outros achem você idiota. Mas,
sério… você devia ter medo é de SER idiota.

Chega de ser feita de trouxa! Agora vou cuidar de mim.


— O problema é que você não é nada ainda, minha flor.
Vai cuidar do quê? Da sua casquinha?

Você dá a mão, querem o pé…


— Uai, mas se você não está usando o pé pra nada, qual
o problema?

Você tem de aprender a falar “não”!


— Fato: há algumas coisas que são inegociáveis. Mas
em 99% das vezes que alguém diz isso, nada tão inego-
ciável está em questão. É só uma blindagem da sua pre-
guiça e má vontade, mesmo.
OS FRUTOS DA
BOA VONTADE
Quando você começa a servir de
boa vontade e sem reclamar, tendo
entendido que você está neste mun-
do para ser sustentação do outro, al-
gumas coisas acontecem:

O senso de serviço torna-se um


hábito, torna-se parte de você;

O egoísmo vai embora, porque


você pára de olhar para si mes-
mo;

Você começa a despertar nos


outros aquilo que eles têm de
melhor;

Você se torna mais humano e


torna os outros mais humanos.

A essa altura, você sequer vai se


lembrar daquela besteira de “sen-
tir-se usado”, porque estará mais
ocupado em SER MELHOR.
QUER QUE EU
DESENHE?
A boa vontade reside no seio dos compromissos assumidos.

• sorriso no rosto
• boa disposição
Como se manifesta?
• capacidade de ouvir
• capacidade de servir

um ser humano na sua


melhor forma

Transforma o serviço em É irresistível!


instrumento de melhora
de si e do outro

A boa vontade
SEMPRE VENCE
#
COMUNIQUE-SE
HOJE!
A comunidade Guerrilha Way tem mais de 20.000
pessoas. Já parou para pensar que vocês têm algo em
comum? Comunique sua experiência GW postando
vídeos, fotos ou textos sobre as atividades da semana.
Use a hashtag #GWsemana16.

Nosso dream team está à disposição para tornar sua


experiência GW cada vez melhor. Envie suas críticas,
sugestões ou elogios para aluno@italomarsili.com.
br. Será um prazer ouvir você!

Você também pode gostar