Você está na página 1de 9

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

INSTITUTO DE MATEMÁTICA
DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA
MAT021 - ESTATÍSTICA I B
CURSOS: ARQUIVOLOGIA / BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO / GEOGRAFIA / SERVIÇO SOCIAL

Exercícios de Fixação - 1ª Unidade – 2012.1

1. iii
2. Mais precisão; menor custo; melhor aproveitamento do tempo
3. a. População: uma determinada zona rural com uma nova variedade de trigo; Amostra: 30 parcelas da zona.
b. População: galinhas poedeiras; Amostra: 16 galinhas.
c. População: membros do agregado familiar numa cidade; Amostra: 50 famílias.
4. a. Amostragem sistemática.
b. Amostragem aleatória simples.
c. Amostragem por conveniência.
d. Amostragem estratificada.
e. Amostragem sistemática.
5. Pessoal
a. A população são os consumidores de DVD e a população alvo são esses compradores nos últimos 12 meses.
b. Qual o tipo de defeito do seu DVD? Já comprou outro produto na loja? Você está satisfeito com o produto?
c. Quantos clientes compraram DVD em 12 meses? Quantos clientes estão satisfeito com o produto? Quantos clientes
pretendem comprar outro produto?
6. a. Variável qualitativa nominal. As realizações da variável curso são atributos (categorias), e não podem ser ordenadas.
b. Variável qualitativa nominal. As realizações da variável preferência declarada são atributos (categorias), e não podem
ser ordenadas
c. Variável quantitativa contínua. As realizações da variável consumo em km/l são números, e podem assumir
(teoricamente) uma infinidade de valores
d. Variável quantitativa discreta. As realizações da variável número de filhos são números, e podem assumir apenas
alguns valores (números inteiros).
e. Variável quantitativa discreta. As realizações da variável número de residentes são números, e podem assumir apenas
alguns valores (números inteiros)
f. Variável qualitativa ordinal. As realizações da variável são atributos (categorias), e podem ser ordenadas.
g. Variável qualitativa ordinal. As realizações da variável são atributos (categorias), e podem ser ordenadas.
h. Variável qualitativa ordinal. As realizações da variável são atributos (categorias), e podem ser ordenadas
i. Variável quantitativa contínua. As realizações da variável temperatura em graus Celsius são números, e podem
assumir (teoricamente) uma infinidade de valores.
j. Variável quantitativa discreta. As realizações da variável nível de instrução (em número de anos completos) são
números, e podem assumir apenas alguns valores (números inteiros).
k. Variável qualitativa ordinal. As realizações da variável velocidade (neste caso) são atributos (categorias), e podem ser
ordenadas.
Algumas questões foram retiradas do material das professoras, Leila Amorim (2011.1), Edleide de Brito (2009.2) e Renata Fonseca.
7. a. Discreta se perguntar, por exemplo, número de salários mínimo
b. O 2º formato, pois muitos entrevistados não dizem a sua renda, mas informam em que grupo se encaixam
c. 1º formato. Porque não haveria perca de informação.
8.
a. Distribuição do acesso à internet nas escolas por
nível de instrução, nos Estados Unidos
Nível de Acesso a internet
Total
instrução Sim Não
Elementar 3.765 47.980 51.745
Médio 7.286 6.726 14.012
Superior 10.682 6.547 17.229
Total 21.733 61.253 82.986

b. Distribuição do número de alunos, em um determinado


curso, nos anos de 1997 e 1998
Alunos Ano
Total
matriculados 1997 1998
1ª série 40 42 82
2ª série 35 36 71
3ª série 29 32 61
Total 104 110 214

c. Distribuição dos funcionários do banco, em 1995, por sexo e agência


Sexo
Agência Total
Masculino Feminino
Niterói 38 5 43
Rio de Janeiro 87 15 102
São Paulo 87 11 98
Belo Horizonte 72 3 75
Vitória 27 0 27
Total 311 34 345

d. Distribuição da população da região Norte do Brasil em 1970


Estados da Número de
Região Norte habitantes
Pará 2.197.072
Amazonas 960.934
Acre 218.006
Rondônia 116.620
Amapá 116.480
Roraima 41.638
Total 3.650.750

9.
a. 11.35%, 23.30%, 0.85%, 52.60%, 3.49%, 2.64% e 5.77%. Série específica.
b. 4.97%, 3.14%, 26.95%, 18.64% e 46.31%. Série geográfica.
c. 2.45%, 4.44%, 6.34%, 8.48%, 11.25%, 13.18%, 21.20% e 32.67%. Série histórica.
Algumas questões foram retiradas do material das professoras, Leila Amorim (2011.1), Edleide de Brito (2009.2) e Renata Fonseca.
10.
a. relativas simples 6.67%, 13.33%, 20.00%, 10.00%, 26.67% e 23.33%.
b. absolutas acumuladas “abaixo de” 10, 30, 60, 75, 115 e 150.
c. relativas acumuladas “abaixo de” 6.67%, 20.00%, 40.00%, 50.00%, 76.67% e 100.00%.
d. absolutas acumuladas “acima de” 150, 140, 120, 90, 75 e 35.
e. relativas acumuladas “acima de” 100.00%, 93.33%, 80.00%, 60.00%, 50.00% e 23.33%.
11.
Preços Número de Frequência relativa Frequência absoluta
Lojas simples acumulada
50 2 0,10 2
51 5 0,25 7
52 6 0,30 13
53 6 0,30 19
54 1 0,05 20
Total 20 1,00 --

a. 6 lojas apresentaram um preço de R$52,00.


d. 13 lojas apresentaram um preço de até R$52,00 (inclusive).
e. 85% de lojas tem o preço maior de que R$ 51,00 e menor de que R$ 54,00.
12. D
13. C
14. a. série mista.
b. Este é um gráfico de barras, com série mista (geográfica e categórica) e suas variáveis são: estados, salários e soldado
ou cabo.
c. O gráfico não tem fonte, o título está incompleto pois não tem o período em que acontece, além de estar confuso
devido ao modelo tridimensional.
d. Não
15. a. qualitativa nominal.
b. Gráfico baseia-se em série histórica.

Algumas questões foram retiradas do material das professoras, Leila Amorim (2011.1), Edleide de Brito (2009.2) e Renata Fonseca.
c. Gráfico baseia-se em dados de secção transversal (apenas um ponto do tempo)

16.
a. Dados qualitativos
b. Categorias: CSI, Friends, ER, Raymond
Frequências simples absolutas das respectivas categorias: 18, 15, 11 e 6.
Frequências simples relativas das respectivas categorias: 36%, 30%, 22% e 12%.
c.

d. O programa com maior audiência é o CSI (36%). O segundo colocado é Friends (30%)
17.
a. Evidência de assimetria à direita ou positiva.

Algumas questões foram retiradas do material das professoras, Leila Amorim (2011.1), Edleide de Brito (2009.2) e Renata Fonseca.
b. Evidência de assimetria à esquerda ou negativa.

18.

19.
a. Média = 89,78 quartos
b. Média = 81,34 pontos
c. 22,22%
d. 44,44%
20. a.
Número de operários
fi fri (%)
acidentados
1 |– 3 3 8,33
3 |– 5 9 25,00
5 |– 7 13 36,11
7 |– 9 7 19,44
9 |– 11 4 11,11
Total 36 100,00

Algumas questões foram retiradas do material das professoras, Leila Amorim (2011.1), Edleide de Brito (2009.2) e Renata Fonseca.
b.

c. 9
d. 33,33%

e. Md=5; Mo=6,
X  7,61
21. Média = 1,08; Mediana = 0,5; Moda = 0
22.

23. a. A média não é uma boa medida para representar os dados, pois os dados tem distribuição assimétrica.
b. Assimetria positiva
24.
a. O aluno A tem uma nota média de 5,62 e o aluno B uma nota média de 5.
b. Aluno B. Pois o maior coeficiente de variação indica uma maior dispersão, logo o aluno B teve um coeficiente de variação
menor que o aluno.
25.
a. Média = 3,74; Moda = 3; Mediana = 3.
b. Amplitude = 19; Desvio médio  0,66.
c. Retirando o número 15: Média = 3,41; Moda = 3; Mediana = 3; Amplitude = 7; Desvio médio  0,35. Com a retirada
do valor atípico, a média e todas as medidas que dependem da média tiveram seus valores reduzidos, pois a média é
modificada por valores extremos (bem como todas as medidas que dependem da média).
26. Média  7,39; Moda = 7; Mediana = 7; Amplitude = 16; Desvio médio  3,49. A distribuição pode ser considerada simétrica,
pois os valores da média, moda e mediana são aproximadamente iguais. Porém, a variabilidade é alta por conta da alta
amplitude (16 dias) e do desvio médio em relação à média.
27.
a. 43,2
b. Classe mediana 40 |- 50

Algumas questões foram retiradas do material das professoras, Leila Amorim (2011.1), Edleide de Brito (2009.2) e Renata Fonseca.
c. 12,28
28. Item correto b), pois se uma constante qualquer for somada a todos os elementos do conjunto de dados o desvio padrão não
se altera.
29.
a. Investimento médio = 17,2.

b. X  2.S  8,84. Nenhuma cidade irá receber o programa, pois todas investiram mais que 8,84.
c. Utilizando os valores que estão entre 8,84 e 25,56. Média = Investimento básico = 16,22. O investimento básico é
inferior a média do item a, pois foi retirado o maior valor do conjunto de dados e a média é modificada por valores
extremos.
30. a. 170,5
b. 160
c. 140
d. 33,985
e. 19,93%
31. As duas disciplinas têm aproximadamente a mesma dispersão, sendo Computação Básica um pouco maior.
32. A estatura tem maior variabilidade, mas a diferença do CV da estatura para o CV do peso é de 0,5%.
33. E
34. a. Uma tabela de freqüências agrupada em classes é mais apropriada, porque a variável é quantitativa e apresenta grande
variação nos valores (pode ser considerada contínua).
Classes Freqüência Ponto Médio
-3,15 |-- 0,51 6 -1,32
0,51 |-- 4,17 7 2,34
4,17 |-- 7,83 10 6,00
7,83 |-- 11,49 7 9,66
11,49 |-- 15,15 1 13,32
15,15 |-- 18,81 1 16,98
Total 32 --

A esmagadora maioria dos percentuais de crescimento está abaixo de 10% (23 filiais). Conclui-se que a promoção não
obteve o resultado esperado
b. Poderia utilizar três ferramentas :
b.1 – Histograma para dados agrupados em classes: porque a variável é quantitativa e apresenta grande variação nos
valores (pode ser considerada contínua), e há uma tabela agrupada em classes disponível.
b.2 – Diagrama de pontos: porque a variável é quantitativa e apresenta grande variação nos valores (pode ser
considerada contínua) e trata-se de um conjunto pequeno de dados.
b.3 – Ramo e folhas: porque a variável é quantitativa e apresenta grande variação nos valores (pode ser considerada
contínua) e trata-se de um conjunto pequeno de dados.
c. Pelo histograma, ou pelo diagrama de pontos ou ainda pelo ramo e folhas as conclusões são semelhantes às da tabela
de freqüências agrupadas em classes. A maioria dos percentuais de crescimento está abaixo de 10%, portanto a
promoção não teve o efeito esperado

Algumas questões foram retiradas do material das professoras, Leila Amorim (2011.1), Edleide de Brito (2009.2) e Renata Fonseca.
d. Como há valores discrepantes, tanto superiores quanto inferiores, que podem vir a distorcer a média dos percentuais
opta-se pela mediana
e. A mediana vale 4,405. O valor típico dos percentuais é 4,4%, substancialmente menor do que o 10% considerado
mínimo aceitável, portanto conclui-se que a promoção não teve o efeito esperado
35. a. Box-plot
b. Pessoal
c. O Box-plot é um gráfico alternativo ao histograma, logo ele poderia ser construído, porém, como os dados estão
separados por empresa precisaria construir três histogramas e a análise não ficaria tão clara como no Box-plot.
d. Na empresa C há o funcionário mais jovem e o mais velho está A.
e. Na empresa B.
f. Na empresa B.
g. A empresa A tem assimetria positiva, enquanto que a empresa B é aproximadamente simétrica e por fim, a empresa C
tem assimetria negativa.
36.

37.

Algumas questões foram retiradas do material das professoras, Leila Amorim (2011.1), Edleide de Brito (2009.2) e Renata Fonseca.
38.

39.
a. Há apenas uma variável envolvida. Esta variável (peso) pode ser considerada quantitativa contínua (por causa da
precisão das medidas). O objetivo do estudo é ter uma idéia do peso dos pacotes, o que poderia ser interpretado
como descrição da tendência central. O conjunto apresenta mais de 100 dados (3000), há pouco tempo para a
apresentação (apenas 5 minutos), e o público não conhece Estatística. Por essas razões pode ser construído um
histograma agrupado em classes para os pesos: podemos observar onde está o valor do tipo maior de caixa na escala
horizontal e verificar se há uma grande quantidade de encomendas com peso acima dele. Uma solução alternativa
exigiria o conhecimento do tamanho do tipo maior de caixa: a variável peso poderia ser recodificada em uma nova
variável, qualitativa ordinal, que teria dois valores, abaixo do tipo maior ou acima do tipo maior. Um gráfico em
setores desta nova variável poderia então ser construído, mostrando os percentuais de cada valor, indicando a adoção
ou não do novo tipo de caixa.
b. Há apenas uma variável envolvida. Esta variável (valores investidos) pode ser considerada quantitativa contínua (suas
realizações são números que podem assumir uma infinidade de valores, por causa das grandes diferenças entre os
clientes, alguns aplicando dezenas de reais e outras dezenas de milhões). O objetivo do estudo é ter uma idéia dos
valores investidos inclusive dos discrepantes, o que pode ser interpretado como uma descrição completa. O conjunto
apresenta mais de 100 dados (450), há pouco tempo para a apresentação (apenas 3 minutos), e o público conhece
Estatística. Por essas razões pode ser construído um diagrama em caixas para os valores investidos pelos clientes:
pode-se observar a tendência central, a dispersão e os valores discrepantes em um diagrama único.

Algumas questões foram retiradas do material das professoras, Leila Amorim (2011.1), Edleide de Brito (2009.2) e Renata Fonseca.