Você está na página 1de 5

CORPORATIVO Código

Padrão Defnições Revisão 00

Título: Integração de Segurança, Saúde e Meio Área SE


Ambiente
Páginas 1/5

Este PD substitui o PG 1783

1. OBJETIVO

Este padrão define os procedimentos a serem adotados para a integração de novos


funcionários, estagiários, visitantes e prestadores de serviços em SSMA, a fim de garantir sua
familiarização e atualização com procedimentos e aspectos organizacionais da empresa.

2. APLICAÇÃO

Este Procedimento se aplica a todos funcionários VC, estagiários, visitantes e prestadores


de serviços que acessarem às Unidades às Unidades da Votorantim Cimentos.

3. REFERÊNCIAS
 NR – 6 da Portaria 3214/78 do MTE – Equipamento de Proteção Individual – EPI.
 NR–22 da Portaria 3214/78 do MTE – Segurança e Saúde Ocupacional na Mineração.
 Lei n. 6.514 de 22/12/77 e suas NRs
 Manual de Segurança – MG0047

4. DEFINIÇÕES

SSMA: Segurança, Saúde e Meio Ambiente


Visitante: terceiros ou funcionários que necessitam acessar a empresa e que não prestam
serviço direto à unidade e cuja presença nos limites da empresa é ocasional e de curta
duração.
Prestadora de Serviço ou Contratada: empresa especializada em determinada atividade e
formalmente constituída, que desenvolve suas atividades de forma temporária ou permanente
para atedimento de necessidades específicas da empresa.
A definição para Prestador de Serviço fixo ou móvel consultar o PD 3297 – Formalização de
Contratados de Suprimentos.

Elaborador: Guerino Sergio Sigilo: Uso interno ao negócio Aprovador: Flávio D. de Barros
Lopes Pastorelli Penteado
CORPORATIVO Código

Padrão Definições Revisão 00

Título: Integração de Segurança, Saúde e Meio Área SE


Ambiente
Páginas 2/5

5. RESPONSABILIDADES

1 – Colaboradores da Votorantim Cimentos e Empresas Contratadas


2 – Área de DHO
3 – Segurança do Trabalho
4 – Operação/DHO e Segurança do Trabalho

Descrição 1 2 3 4
Ministrar treinamento de Integração X
Manter registros de Treinamento X X
Agendar treinamento e reservar local X
Participar e obter aproveitamento dos Treinamentos X
Manter, o material de treinamento, a guarda e atualizados X

6. DESCRIÇÃO DO PADRÃO

6.1. Geral

A integração deve ocorrer sempre que for admitido um novo colaborador, estagiário, terceiro
fixo/móvel além de todos os visitantes.
A integração do trabalhador só deve ser iniciada após aprovação de toda documentação legal
do candidato/contratado e antes de iniciar suas atividades na empresa.
O trabalhador deve obter pontuação mínima de 7.0 (sete) nas avaliações da integração.

6.2. Realização

O Treinamento Introdutório (Integração) será ministrado por profissionais capacitados, com


utilização de métodos andragógicos.
As integrações do DHO e a Segurança do Trabalho da Unidade é recomendável que ocorra
no primeiro dia util de cada quinzena.

6.3. Conteúdo

O conteúdo mínimo do treinamento introdutório de Integração de Segurança, Saúde e Meio


Ambiente, deve abordar no mínimo os tópicos apresentados no material disponível na rede.

Os materiais padronizados a utilizar nas integrações (slides, filmes e avaliações) incluindo as


avaliações encontram-se disponíveis no enderêço da rede:
Elaborador:Guerino Sergio L. Sigilo: Uso interno ao negócio Aprovador: Flávio D. de Barros
Pastorelli Penteado
CORPORATIVO Código

Padrão Definições Revisão 00

Título: Integração de Segurança, Saúde e Meio Área SE


Ambiente
Páginas 3/5

Z:\SEGURANÇA - Ferramentas\Segurança Integracao

Notas:
- Os treinamentos específicos na função e as orientações em serviço não fazem parte do
Treinamento de Integração e são de responsabilidade dos Gestores das Áreas com
Planejamento Anual de Treinamentos sob gestão da área de DHO da Votorantim Cimentos
S/A. As Empresas Contratadas devem prever em seu escopo de trabalho o atendimento a
esta diretriz.

6.4. Carga Horária

O treinamento introdutório geral (Integração de Segurança, Saúde e Meio Ambiente) terá a


carga horária total de 8 (oito) horas, realizado no horário normal de trabalho, sendo:

6 (seis) horas – Treinamento de Segurança, Saúde e Meio Ambiente;


2 (duas) horas –Visita a Unidade, com foco nas áreas de interesses dos integrandos com
abordagens aos riscos e controles;

Observações:
- Esta carga horária é definida para os novos funcionários da Votorantim Cimentos S/A e para
as Empresas Contratadas “fixas e móveis”.
- Reciclagem para funcionários, terceiros fixos e móveis duração mínima de 4 horas.

Aos visitantes a integração ocorre com apresentação do vídeo padronizado com


complementações de informações da respectiva Unidade, não devendo ultrapassar a 30
minutos.

6.5. Materiais a serem entregues aos integrandos

Terceiro Terceiro
Material Visitante Funcionário
Fixo Móvel
Mapa da Planta/ localização e regras básicas x x x x
Procedimentos Críticos: Movim. Carga-PD3400,
Subst. Quím. Perigosas-PD3407, Espaço
Confinado PD3406, Trab. Altura – PD3436, Trab.
x x
A Quente-PD3435, PT-PD3398, RI- PD3443, APR-
PD3412, Gestão de Consequências para
Segurança – PD3476
Manual VID x (*) x(*)
Manual SST_ VC x (*) x (*)
(*) Exclusivamente para líderanças, incluindo a Chefias.

Elaborador:Guerino Sergio L. Sigilo: Uso interno ao negócio Aprovador: Flávio D. de Barros


Pastorelli Penteado
CORPORATIVO Código

Padrão Definições Revisão 00

Título: Integração de Segurança, Saúde e Meio Área SE


Ambiente
Páginas 4/5

6.6. Validade das integrações


1. Funcionários e terceiros fixos – 24 meses
2. Terceiro móveis – 6 meses
3. Visitante – 6 meses
Observações:
- Se o colaborador ficar 03 meses sem prestar serviço na fabrica a integração é cancelada.
- Se ele mudar de empresa terá que realizar outra integração.
- A unidade, pode eventualmente se houver necessidade, de antecipar o prazo de validade
das integrações seja de funcionários e/ou terceiros fixos.

6.7. Identificação do integrando

Funcionários e Terceiros fixos: durante os 90 dias iniciais devem utilizar faixa refletiva ou
colete refletivo, para maiores detalhes consulte o Manual de EPIs no PD 3484.
Terceiros móveis: utilizar o crachá fornecido por sua respectiva empresa durante o período
de prestação de serviços.
Visitantes: utilizar o crachá de visitante durante sua permanência na empresa.

6.8. Acompanhamento em campo

Funcionário / Terceiro fixo: O gestor da área/da contratada ou padrinho técnico orientam e


acompanham o integrando, durante os primeiros 90 dias, assegurando que todos os
conhecimentos estejam consolidados e possam ser aplicados com qualidade e segurança de
forma independente.

Terceiro móvel: O gestor de contrato fica responsável pelo acompanhamento desses


trabalhadores até o período do encerramento das atividades.

Visitante: todo visitante só pode acessar ou circular nas dependências das Unidades com o
acompanhamento do responsável por sua visita. A portaria só libera o visitante após a
integração efetuada e a chegada do visitado ou alguém designado. Cabe ao visitado, após a
visita, encaminhar o visitante até a portaria.

6.9 - Registros das integrações

A unidade deve definir e implementar a sistemática de controle formal e rastreável das


integrações realizadas dos recém contratados (funcionários/terceiros fixos), terceiros móveis

Elaborador:Guerino Sergio L. Sigilo: Uso interno ao negócio Aprovador: Flávio D. de Barros


Pastorelli Penteado
CORPORATIVO Código

Padrão Definições Revisão 00

Título: Integração de Segurança, Saúde e Meio Área SE


Ambiente
Páginas 5/5

e de mudança de função e visitantes – Anexo I - Modelo de Registro das contratadas assim


como de evidências de participações – Anexo II: Lista de presença.

As informações devem estar também disponíveis e atualizadas em rede, para consulta de


todas as Unidades da VC no endereço:
Z:\SEGURANÇA-CONTROLE INTEGRAÇÃO DE TERCEIROS
Nesta consulta, ao constatar a aprovação do integrando em outra Unidade dentro do período
de validade, o mesmo fica dispensável da integração padrão, cabendo à Unidade
complementação local, considerando suas características específicas.

6.10 – Contratações de emergência

Para serviços de emergências, só será possível a entrada na empresa com a documentação


completa e a realização da integração emergencial, com foco específico aos riscos expostos,
tendo a autorização por escrito do responsável pela Unidade com cópia ao Gerente Geral
Regional com as justificativas.
O Gestor pelo serviço é o responsável por todo acompanhamento do prestador de serviços.

6.11. Tempo de Guarda dos Arquivos Utilizados

Identificação Armazenamento Proteção Recuperação Retenção Disposição


Registro de Treinamento
de Integração: conteúdo, Segurança do Pasta Por data de
duração, instrutores, 20 anos Destruir
avaliações e assinaturas Trabalho ou DHO Indexada ocorrência
(instrutores e integrados)

7. ANEXOS

 Anexo I: Modelo de Registro das contratadas

Formulário_CONTRO
LE DE INTEGRAÇÃO DE CONTRATADOS.xlsx

 Anexo II: Lista de presença

Registro de
Integração_vc.xls

Elaborador:Guerino Sergio L. Sigilo: Uso interno ao negócio Aprovador: Flávio D. de Barros


Pastorelli Penteado