Você está na página 1de 47

2º TRI

2018
Apresentação
Institucional

Apresentação Institucional
2º TRI
2018
Center Shopping Uberlândia- MG
2º TRI
2018
Apresentação
Institucional

Índice
1. QUEM SOMOS 2

2. POR QUE INVESTIR EM brMalls? 8


2º TRI 3. ESTRATÉGIA DE PORTFOLIO 17
2018 4. REALIZAÇÕES 23
Apresentação
Institucional 5. DESTAQUES FINANCEIROS 29

6. APÊNDICE 32

1
2º TRI
2018
Apresentação
Institucional

Quem Somos?

2º TRI
2018 2
2º TRI
Destaques da Companhia 2018
Apresentação
Institucional

Plaza Niterói - RJ
MAIOR Companhia de shoppings da América Latina

Presença em todas as 5 regiões do Brasil

Shopping Tijuca - RJ GESTÃO ATIVA DE PORTFÓLIO:

39 aquisições 21 expansões
10 greenfields 20 ativos vendidos

Portfólio com 39 shoppings, cerca de 7%


NorteShopping - RJ
da totalidade de shoppings do país

3
2º TRI
Portfólio de qualidade: com grande força e escala regional 2018
Apresentação
Institucional

11% Norte /
Minas / Nordeste
5 Centro Oeste 19%

9 Distribuição
do NOI total 26%
(%) São Paulo
10 9

31%
RJ / ES
6 13% Sul

RJ / ES São Paulo Minas / Centro Oeste Sul Norte / Nordeste

Plaza Niterói Shopping Villa-Lobos Center Shopping Shopping Curitiba Amazonas Shopping
Uberlândia
4
2º TRI
Alta diversificação de clientes 2018
Apresentação
Institucional

MARCAS (% DO AMM) SEGMENTOS (% ABL SATÉLITES¹)

Vestuário Geral 11,3%


Marca 1 2,2%

Restaurante 10,8%

Marca 2 1,9%
Calçados 7,1%

Marca 3 1,5% Vestuário Feminino 5,9%

Fast-Food 5,3%
Marca 4 1,2%

Cosméticos 3,7%

Marca 5 1,2%
Vestuário Masculino 2,7%

*Dados atualizados Agosto/2018


¹ Segmentos mais representativos , excluindo lojas de departamento, hipermercados e cinemas
5
2º TRI
Em menos de 10 anos, nos tornamos a maior Companhia do setor... 2018
Apresentação
Institucional

RECEITA LÍQUIDA (R$ MM): 27,8% a.a. ou 15x


NOI: 28,8% a.a. ou 16x

EBITDA Ajustado: 28,0% a.a. ou 15x


1.395 1.447
1.370 1.348
Crescimento de ABL Total: 579% ou 7x 1.304
1.124

861

546
6 shoppings 400
324
207
91

2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
Total
Aquisições* 23 4 1 3 4 4 39
Greenfields 1 2 2 3 1 1 10
Expansões 4 2 2 2 4 3 3 1 21
Venda* 1 1 5 3 6 16
# Shoppings 30 34 35 40 45 51 52 48 45 45 39 39
ABL Total 872 984 1.033 1.197 1.434 1.621 1.689 1.691 1.638 1.646 1.446 1.446
(mil m²)

* Consideramos somente compras/vendas de participações integrais, ou seja, que alteram o número de shopping da Companhia.
Não considera os 44 aumentos de participação em shoppings existentes e 4 vendas parciais de participação.
6
2º TRI
...em um setor bastante resiliente a crises 2018
Apresentação
Institucional

VENDAS ANUAIS EM SHOPPINGS (R$ BILHÕES)


167,8
Média da Inflação (1995-2017): +6,5% a.a. 158,0
151,5
Média do Crescimento do PIB (1995-2017): +2,3% a.a. 142,3
129
CAGR das Vendas (1995-2017): +13,7% a.a. 119,5
108,0
91,0

74,0
64,6
58,0
50,0
41,6 45,5
32,0 36,0
23,0 26,0
14,0 16,0 18,0
10,0 12,0

1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017

Crise do México (1994) e Crise da Rússia (1998) e Crise de 2002 Crise do Subprime Crise Europeia Crise da Lava Jato
Crise da Ásia (1997) Desvalorização do Real (1999) Eleição do Lula (a partir de 2008) (2011-12) (2014-17)

► Méd. do Cresc. do PIB (95-97): 2,9% ► Méd. do Cresc. do PIB (98-00): 1,8% ► Méd. do Cresc. do PIB (03-05): 3,0% ► Méd. do Cresc. do PIB (08-09): 3,2% ► Méd. do Cresc. do PIB (11-12): 2,5% ► Méd. do Cresc. do PIB (14-17): -1,5%
► Méd. da Inflação (95-97): 7,4% ► Méd. da Inflação (98-00): 5,5% ► Méd. da Inflação (03-05): 7,5% ► Méd. da Inflação (08-09): 5,1% ► Méd. da Inflação (11-12): 5,8% ► Méd. da Inflação (14-17): 6,6%
► Méd. Da Taxa de Juros (95-97): 35,4% ► Méd. Da Taxa de Juros (98-00): 21,3% ► Méd. Da Taxa de Juros (03-05): 17,4% ► Méd. Da Taxa de Juros (08-09): 11,2% ► Méd. Da Taxa de Juros (11-12):9,1% ► Méd. Da Taxa de Juros (14-17):11,6%
► CAGR das Vendas (95-97): 18,3% ► CAGR das Vendas (98-00): 19,9% ► CAGR das Vendas (03-05): 12,4% ► CAGR das Vendas (08-09): 14,6% ► CAGR das Vendas (11-12): 10,6% ► CAGR das Vendas (14-17): 5,6%

7
2º TRI
2018
Apresentação
Institucional

Por que investir em brMalls?

2º TRI
2018 8
2º TRI
brMalls é a maior e melhor Companhia do setor 2018
Apresentação
Institucional

1o TAMANHO 1o CRESCIMENTO 1o LUCRATIVIDADE

ABL TOTAL (m²) ABL PRÓPRIO CAGR (2006-2017) MARGEM EBITDA – MÉDIA 2006-2017

1.446 22,9% 77,6%


74,0%
827 12,9% 70,3%
746
39* 5,4%
19* 17*

* n° de shoppings

VENDAS TOTAIS 2017 (R$ MM) RECEITA LÍQUIDA CAGR (2006-2017) MARGEM NOI – MÉDIA 2006-2017

90,7%
22.246 27,8% 87,1%
86,5%
14.657 13.272 18,4%
15,0%

EBITDA 2017 (R$ MM) EBITDA AJUSTADO CAGR (2006-2017) G&A/RECEITA BRUTA – MÉDIA 2006-2017

14,9%
876 825 28,0%
20,6% 10,0%
17,2% 7,1%
541

9
2º TRI
Histórico de sucesso: aquisições 2018
Apresentação
Institucional

39 AQUISIÇÕES EXPERTISE EM TURNAROUND


ESTACIONAMENTO
2007-2010 ALUGUEL

- Aumento da ocupação - Expertise de precificação


- Leasing spreads - Otimização da operação
- Melhora na auditoria

MALL & MÍDIA MIX DE LOJISTAS

- Mídia: negociação em escala - Maior proprietária


- Mall: aumento na ocupação - Acesso a melhores marcas

MELHORA NA EXPERIÊNCIA DO CONSUMIDOR

- Revitalização
- Marketing expertise

2011 # DE AQUISIÇÕES DESDE 2007 (“NOVOS ATIVOS”)

39

2012 7
2 2

10
2º TRI
Histórico de sucesso: vendas 2018
Apresentação
Institucional

20 VENDAS DE PARTICIPAÇÃO² CAP RATE DE VENDAS¹

2011-2013 9,9% 10,3%


9,7%

2014
2014 2015 2017

# DE VENDAS² DESDE 2007

2015
20

2016
5
1 1
2017

Fonte: brMalls e Companhias


¹ Cap Rate médio das vendas em cada período, considerando o NOI LTM.
² Considera venda completa ou parcial de participação.
11
2º TRI
Histórico de sucesso: desenvolvimentos 2018
Apresentação
Institucional
21 EXPANSÕES 10 GREENFIELDS

2007-2010
INDEPENDÊNCIA SHOPPING - MG SHOPPING SETE LAGOAS - MG GRANJA VIANNA - SP

2011
MOOCA PLAZA SHOPPING - SP SHOPPING VIA BRASIL - RJ

2012
SHOPPING ESTAÇÃO BH - MG LONDRINA NORTE SHOPPING - PR SÃO BERNARDO PLAZA SHOPPING - SP

2013
SHOPPING CONTAGEM - MG
Desde 2007, a MAIOR
desenvolvedora de
2014 shoppings do Brasil
SHOPPING VILA VELHA - ES

2015
2016 12
2º TRI
Estrutura de capital 2018
Apresentação
Institucional

ATIVOS DESONERADOS (% PPI) PERFIL DA DÍVIDA 2T18


3,1% 0,1% Caixa R$ 1,3 bi
20,7%
38% Remuneração 100,6%
Média (% CDI)
Exposição
por Custo Médio da
Indexador 9,4%
62% 57,4% Dívida
18,7%
Dívida Bruta R$ 2,9 bi

Ativos Desonerados Ativos Onerados TR CDI IPCA IGP-M Fixo Dívida Líquida R$ 1,6 bi

EBITDA AJUSTADO 12M/ DESPESA FINANCEIRA LÍQUIDA DÍVIDA LÍQUIDA/ EBITDA 12M 2T18

3,5
3,7x

2,8 2,8 2,5x 2,8x


2,5
2,3x
2,0 1,8x

2T14 2T15 2T16 2T17 2T18

13
2º TRI
Governança corporativa 2018
Apresentação
Institucional
DIRETORIA EXECUTIVA CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Diretores Cargo Anos de brMalls Conselheiros Cargo

Ruy Kameyama CEO 11 José Afonso Castanheira Presidente Interino do Conselho

Frederico Villa CFO e Diretor de RI 10 Bruno Rudge Conselheiro Independente

José Vicente Avellar COO 8 João Roberto Teixeira Conselheiro Independente

Mariane Grenchinski CDO 11 Luiz Alberto Quinta Conselheiro

Claudia Lacerda Diretora Jurídica 11 Luiz Antonio de Sampaio Campos Conselheiro Independente

Bianca Bastos Diretora de Gente & Gestão 7 Mauro Rodrigues da Cunha Conselheiro Independente

Alinhamento com investidores: AFFO/ação como principal meta de ISS QUALITYSCORE BENCHMARK¹ (1 = MENOR RISCO)
longo prazo

Comitês de Governança: 1
• Auditoria • Pessoas 2

• Remuneração • Risco
6
Full Corporation, listada no NOVO MERCADO 5

8
Alinhamento entre funcionários chave e companhia através de 9
programa de incentivo de longo prazo

Sem acordo de acionistas

¹Atualizado em dezembro/2017
14
2º TRI
Mercado de capitais & Valuation 2018
Apresentação
Institucional

MÉDIA DE VOLUME DIÁRIO NEGOCIADO¹ UPSIDE REFERENTE AO PREÇO ATUAL²

70

62
Alta Histórica R$ 17,41 +83,1%

47

NAV R$ 16,13 +69,6%

PRICE/FFO 2019³

15,6x
13,6x
Consenso* R$ 13,00 +36,7%
12,3x

Último Preço R$ 9,51

¹Média do 2T18
²Atualizado 10/08/2018
³Estimativas Bloomberg
*Consenso Bloomberg, atualizado 10/08/2018
NAV = valor justo da propriedade para investimento dos shoppings atuais – dívida líquida – minoritários / número de ações em circulação da Companhia
. 15
2º TRI
Mercado de capitais & Valuation 2018
Apresentação
Institucional

EV/EBITDA 2018E VS. PEERS INTERNACIONAIS


25,5x
22,9x 22,4x
20,4x 20,1x
18,0x 18,4x 18,0x
17,4x
14,1x 14,8x 14,6x
12,7x 13,0x 13,1x
10,8x 10,5x 10,9x

Brasil América Latina Estados Unidos Outros

Média 12,0x 14,1x 17,1x 20,7x

∆ brMalls vs. Média -1,2p.p. -3,3p.p. -6,2p.p. -9,8p.p.

*Atualizado em 10/08/2018
Fonte para Peers Internacionais: Bloomberg | Fonte para Peers Nacionais: Estimativas de analistas de sell-side
16
2º TRI
2018
Apresentação
Institucional

Estratégia de portfólio

2º TRI
2018 17
2º TRI
86% do NOI exposto a shoppings Tier 1 & 2 2018
Apresentação
Institucional

NOI POR SHOPPING MÉTRICAS OPERACIONAIS PORTFÓLIO


1
Tier 1 & 2
3
o Shoppings dominantes
5

7 Top 15 R$ 145 NOI/m² o Praças de alta densidade populacional


R$ 123 Aluguel/m²
9 75% NOI Total R$ 1.465 Vendas/m² o Alto potencial de consumo
11

13
o Preferência do consumidor e do lojista

15

17 Top 20 R$ 135 NOI/m²


R$ 113 Aluguel/m² PORTFÓLIO
19 85% NOI Total R$ 1.403 Vendas/m²
21
Top 25 R$ 125 NOI/m² Tier 3 & 4
23
R$ 105 Aluguel/m²
25 92% NOI Total R$ 1.354 Vendas/m²
o Baixa representatividade de NOI
27

29
o Ativos não administrados

31 Top 39 R$ 106 NOI/m²


o Ativos em maturação
R$ 93 Aluguel/m²
33 100% NOI Total R$ 1.241 Vendas/m²
35

37

39
18
2º TRI
Retrofit 2018
Apresentação
Institucional

Anunciamos no 3T17 os 5 projetos de retrofits NorteShopping: Obras iniciadas em 2017, entregas parciais
(NorteShopping, Villa Lobos, Tijuca, Plaza Niterói e em 2018 como movimentação das escadas rolantes para
Uberlândia). Neste trimestre, realizamos entregas parciais permitir maior espaço para eventos, troca de piso, reforma
dentro dos respectivos cronogramas, e avançamos na dos estacionamentos, troca do mobiliário, reforma do
elaboração de estudos para avaliar a antecipação de banheiro, entre outros. Conclusão em 2020.
entrega para alguns projetos.
Villa Lobos, Tijuca, Plaza Niterói e Uberlândia: Início das
O investimento, de aproximadamente R$ 400 milhões nos obras previsto para 3T18.
próximos 5 anos para 10 dos nossos principais ativos, será
fundamental para o fortalecimento e aumento da
atratividade desses shoppings para os consumidores.

Antes Depois Antes Depois

19
2º TRI
Pipeline de desenvolvimento 2018
Apresentação
Institucional

SHOPPING ESTAÇÃO CUIABÁ CRONOGRAMA DO CAPEX DO PROJETO (R$ MM)

MAIOR Shopping do Mato Grosso


75% de participação
94,0% das obras concluídas 99,8 17,7 409,8

90,4% comercializado 50,8


241,5
Inauguração 2º SEMESTRE 2018

Clique aqui para acessar o Tour Virtual Até o 1T18 Durante o 2T18 2º Semestre 2018 2019 em diante Total
Clique aqui para acessar imagens aéreas do Shopping

20
2º TRI
Fortalecimento do portfólio: aquisições 2018
Apresentação
Institucional

AQUISIÇÕES EXTERNAS AQUISIÇÕES INTERNAS

Foco em shoppings TIER 1 localizados nos Esforços orientados para aumento de participação nos ATIVOS
grandes centros CORE da Companhia

A média de participação da brMalls no atual portfólio é de 60%,


Ativos desejados pelos clientes: lojistas e
com um aumento potencial de 10% em ativos aderentes à
consumidores
estratégia de aquisições

UNIVERSO POTENCIAL PARA AQUISIÇÕES EXTERNAS UNIVERSO POTENCIAL PARA AUMENTOS DE PARTICIPAÇÃO

571 Aumento Potencial de


351 Participação
10%

78 Demais Sócios
41 30%
101 brMalls
60%

Total de ABL Menor que 30 População menor Concorrentes Universo Potencial


Shoppings mil m² que 500 mil Diretos

21
2º TRI
Fortalecimento do portfólio: aquisições 2018
Apresentação
Institucional

MARKET SHARE DOS SHOPPINGS BRASILEIROS

74% 74% 72% 71% 72% 71% 73%


88% 80% 84% 84% 84%

20% 26% 26% 28% 29% 28% 29% 27%


12% 16% 16% 16%
2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
4 maiores empresas de shoppings ¹

MARKET SHARE (% DO ABL PRÓPRIO)

6% 4%
3%
3%
brMalls
Multiplan
Iguatemi
Aliansce
Outros

84%

¹ 4 maiores empresas de capital aberto: brMalls, Multiplan, Iguatemi e Aliansce.


Fonte: ABRASCE
22
2º TRI
2018
Apresentação
Institucional

Realizações

2º TRI
2018 23
2º TRI
Estrutura de capital 2018
Apresentação
Institucional

Follow-On 17’: Maior Renegociação das UPGRADE DE RATINGS


captação da história taxas das dívidas
da Companhia atreladas a TR: • Moody’s: Aa1
redução de 30bps
• Fitch: AA+, outlook
R$ 1,7 bi positivo

Mai/17 Ago/17 Nov/17

Jul/17 Out/17 Jan/18


CRI 400 sem garantia Liquidação da dívida
Liquidação Bônus JPM 4131
Perpétuo: R$ 1,2 bi • R$ 400 milhões
Fim de exposição
Novo patamar de • 97,5% CDI cambial ao dólar
alavancagem: 2,4 x
(Div. Liq / EBITDA LTM)

24
2º TRI
Indicadores operacionais 2018
Apresentação
Institucional

VENDAS MESMAS LOJAS CRESCIMENTO ANUAL (%) VENDAS MESMAS LOJAS CRESCIMENTO TRIMESTRAL (%)

14,1%

8,9% 5,3%
4,6%
7,0% 7,4%
6,5%
4,5% 2,7%
3,0% 2,8% 1,6%

-0,6%
2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2T17 3T17 4T17 1T18 2T18
-1,3%

ALUGUEL MESMAS LOJAS CRESCIMENTO ANUAL (%) ALUGUEL MESMAS LOJAS CRESCIMENTO TRIMESTRAL (%)

13,6%
7,5%
10,5%
9,3% 9,6% 9,8%
7,9%
7,3% 4,3%

4,4% 4,9%
1,7%
0,4%

2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2T17 3T17 4T17 1T18 2T18
-1,1% 25
2º TRI
Qualificação de mix 2018
Apresentação
Institucional

INADIMPLÊNCIA LÍQUIDA (%) CRESCIMENTO DE VENDAS/ m² (%) & SSS (%)

4,8%
7,2%
6,8%
5,3%
4,6% 4,8%

1,7% 1,7% 2,4% 2,7%


1,6%
1,3% 1,6%

2T17 3T17 4T17 1T18 2T18


2T17 3T17 4T17 1T18 2T18 -0,6%
Vendas/m² vs. ano -1 Vendas mesmas lojas (SSS) -1,3%

CONTRATOS ASSINADOS TAXA DE OCUPAÇÃO (%)

1.893 824
96,2%
96,5%
Contratos Assinados 96,1%
637
em 2017
439 95,2%
430
381
94,7%
299
200
158

1T 2T 3T 4T 2T17 3T17 4T17 1T18 2T18


2016 2017
26
2º TRI
Fortalecimento comercial 2018
Apresentação
Institucional

MUDANÇAS NO MIX¹
+2,5% Serviços

+1,6% Restaurantes

+1,3% Móveis/Eletrodomésticos

+1,0% Artigos Esportivos

+0,6% Infantil

+0,2% Lazer

+0,2% Pet

Fast Food -0,3%

Telefonia/Informática -0,5%

Supermercado -1,1%

Vestuário -1,1%

Lojas de Departamento -1,5%

¹Variação em % da ABL destinada a cada segmento entre 2014 e 2017


27
2º TRI
Resultado estabilizado 2018
Apresentação
Institucional

Ano Fiscal de 2017 (R$ MM) Resultado Estabilizado (R$ MM)

Descontos¹: +21MM
Receita Líquida R$ 1.348 R$ 1.391 +3,2%
Vacância²: +22MM

EBITDA Ajustado R$ 876 R$ 1.068 +21,9%

PDD3: +149MM

Margem EBITDA Ajustado 65,0% 76,8% +1.180 bps

AFFO R$ 426 R$ 670 +57,2%

Resultado Financeiro4:+52MM

Margem AFFO 31,6% 48,1% +1.650 bps

Total: R$ +244MM/ano

Fonte: brMalls
¹ Upside de descontos, considerando patamar histórico de 1-2% da receita de aluguel
² Upside de vacância com base na ocupação média de 2017 vs. ocupação estabilizada de 97,5%
³ Upside de PDD 2017 estimado com base em %RL 2017 vs. %RL histórico
4 Upside baseado no nível atual de dívida líquida e custo da dívida vs. 2017
28
2º TRI
2018
Apresentação
Institucional

Destaques financeiros

2º TRI
2018 29
2º TRI
Receita 2018
Apresentação
Institucional

EVOLUÇÃO DA RECEITA LÍQUIDA (R$ MM) BREAKDOWN RECEITA BRUTA

% da Receita Bruta 2T18 2T17 %


1.348,0
Aluguel Mínimo 56,3% 55,3% 1,0 p.p.

Mall & Mídia 10,1% 10,2% -0,1 p.p.

Aluguel Percentual 4,2% 5,1% -0,9 p.p.

Aluguéis 70,6% 70,6% -

% da Receita Bruta 2T18 2T17 %

Aluguéis 70,6% 70,6% -

Estacionamento 19,5% 19,6% -0,1 p.p.

Prestação de Serviços 7,4% 6,8% 0,6 p.p.

Taxa de Cessão 1,7% 2,3% -0,6 p.p.

Taxa de Transferência 0,5% 0,2% 0,3 p.p.

Outras 0,3% 0,5% -0,2 p.p.


91,1 Receita Bruta 100% 100% -

2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017

30
2º TRI
Desempenho financeiro histórico 2018
Apresentação
Institucional

.400,0 EBITDA AJUSTADO (R$ MM) E MARGEM EBITDA AJUSTADA NOI (R$ MM) E MARGEM NOI (%)
140,0%
.200,0 1.400,0
CAGR 06-17: 28,0% 120,0% CAGR 06-17: 28,8% 1.200,2 140,0%
1.200,0
.000,0 Margem Média: 75,3% 876,0 100,0% Margem Média: 89,6% 120,0%
1.000,0
800,0 100,0%
80,0%
63,4% 800,0 88,4%
600,0 65,0% 80,0%
60,0%
600,0 80,9% 60,0%
400,0 40,0%
400,0 40,0%
200,0 20,0%
57,7 200,0 20,0%
73,7
0,0 0,0%
2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 0,0 0,0%
2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
EBITDA Ajustado Margem EBITDA Ajustado
800,0 NOI Margem NOI
140,0%
700,0 FFO AJUSTADO (R$ MM) E MARGEM FFO AJUSTADA
800,0 LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO (R$ MM) E MARGEM LÍQUIDA AJUSTADA (%)
120,0% 145,0%
600,0 700,0
125,0%
CAGR 06-17: 24,1% 100,0% CAGR 06-17: 26,0%
500,0 600,0
Margem Média: 38,9% 425,9 Margem Média: 32,8% 105,0%
80,0% 500,0
400,0
409,1 85,0%
60,0% 400,0
300,0 65,0%
300,0
43,6% 40,0%
200,0 35,2% 45,0%
31,6% 200,0
20,0% 30,3%
100,0 39,7 100,0 25,0%
32,1
0,0 0,0% 0,0 5,0%
2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
-100,0 -15,0%
FFO Ajustado Margem FFO Ajustado Lucro Líquido Ajustado Margem Lucro Líquido Ajustado

31
2º TRI
2018
Apresentação
Institucional

Apêndice

2º TRI
2018 32
2º TRI
Shoppings: destino predileto do brasileiro para lazer 2018
Apresentação
Institucional

PRINCIPAIS ATIVIDADES DE LAZER DESTAQUES


Rio de Janeiro, 2013

Ir ao Shopping 77% A frequência de visitas a shoppings manteve-se constante nos últimos anos
(2012: 7x mês | 2016: 7x mês)
Praia 74%

Clientes procuram segurança, marcas, conveniência e variedade


Cinema 68%

Shows 56%
Consumidores brasileiros preferem satisfação imediata
Festas 54%

Lojas de rua possuem qualidade de serviço inferior em geral


PRINCIPAIS MOTIVOS PARA IR AO SHOPPING
Encontros Cinema Percepção de segurança dentro da cidade
4% 3%
Lazer Compras
14% 28% Serviços diversos para todas as idades (academia, salão de beleza, spa, games, etc.)

Serviços
15%

Outros
Comida 21%
15%

Fonte: brMalls, ABRASCE e Veja


33
2º TRI
E-commerce no Brasil 2018
Apresentação
Institucional

ABL PARTICIPAÇÃO DO E-COMMERCE NAS VENDAS DE VAREJO PARTICIPAÇÃO DO E-COMMERCE NAS VENDAS DE NATAL

14,5%
27,0%
22,9%
9,8% 21,0%
8,4% 18,9%
7,5% 16,3%
5,7% 13,2% 12,2%
5,4% 5,1%
3,3% 8,5%
6,9%
2,0%
3,1%

PRINCIPAIS DESAFIOS PARA A CONSOLIDAÇÃO DO E-COMMERCE NO BRASIL

Para o lojista Para o consumidor

o Alto custo logístico o Custos de logística (custos de transporte)

o Alto custo de capital (estoque, capital de giro) o Alto nível de atrasos nas entregas

o Complexidade fiscal o Média de período de entrega elevada (10 dias)

o Modelo de franquia

Fonte: brMalls, ABRASCE e Statista


34
2º TRI
Forte potencial de crescimento e expansão 2018
Apresentação
Institucional

ABL POR 1.000 HABITANTES (m²) % DE VENDAS NO VAREJO EM SHOPPINGS

2.190 64,5%

55,1%
49,6%
1.520 46,9%

1.030

24,0%
19,4% 18,9%
427
356
144
71

USA Canada Austrália África do França México Brasil


Sul Canada USA África do Austrália França México Brasil
Sul

Fonte: Abrasce, 2015


35
2º TRI
Delivery Center 2018
Apresentação
Institucional

SHIP FROM MALL: integração sites de E-commerce e Marketplaces às lojas dos shoppings e
execução de delivery físico

Entrega SAME-DAY ou SAME-HOUR

Shoppings como centros de distribuição LAST-MILE

Associação e investimento não-majoritário na Delivery Center

Administração Delivery Center INDEPENDENTE

ROLL-OUT: Shoppings Porto Alegre e Rio de Janeiro em 2018 e São Paulo em 2019

I
N
ORDER PICKING T I
E N
G T
R E
A L
EXPEDIÇÃO Ç I
à G
O Ê
N
T C
O I
DELIVERY T A
A
L

36
2º TRI
Série histórica indicadores financeiros 2018
Apresentação
Institucional

R$ MILHÕES 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 CAGR ('06 - '17) 2T18 2018 LTM ¹

Receita Bruta 97,4 222,7 350,0 439,3 595,2 931,5 1.220,2 1.411,7 1.508,1 1.566,1 1.480,5 1.458,5 27,9% 330,3 1.406,7

Prestação de Serviços 6,3 25,2 28,0 35,1 51,1 74,9 85,8 94,5 95,4 98,4 89,3 100,3 28,6% 24,5 97,8

Receita Líquida 91,1 207,0 319,0 392,6 546,4 861,5 1.123,6 1.303,7 1.395,2 1.446,8 1.370,3 1.348,0 27,8% 302,6 1.294,7

NOI 73,7 171,2 287,6 362,1 485,9 772,8 1.035,2 1.207,2 1.297,3 1.348,0 1.255,2 1.200,2 28,8% 269,1 1.156,2

Margem NOI 80,9% 86,7% 90,4% 91,9% 89,3% 90,2% 91,3% 91,7% 91,8% 91,8% 90,2% 88,4% * 88,0% 88,3%

EBITDA Ajustado 57,7 140,5 242,5 327,0 430,9 684,8 910,0 1.055,4 1.120,4 1.152,8 1.016,2 876,0 28,0% 222,7 898,5

Margem EBITDA Ajustado 63,4% 67,8% 74,9% 75,3% 81,4% 79,5% 81,0% 81,0% 80,3% 79,7% 74,2% 65,0% * 73,6% 69,4%

FFO Ajustado 39,7 78,8 139,2 233,0 285,0 331,0 420,2 497,0 469,5 413,2 299,3 425,9 24,1% 130,8 533,3

Margem FFO Ajustado 43,6% 38,1% 43,6% 59,3% 52,2% 38,4% 37,4% 38,1% 33,7% 28,6% 21,8% 31,6% * 43,2% 41,2%

FFO Ajustado por ação - 0,17 0,28 0,43 0,47 0,50 0,62 0,73 0,65 0,60 0,43 0,52 11,8% 0,15 0,61

Lucro Líquido Ajustado 32,1 -3,0 56,3 284,4 263,7 308,9 409,5 487,0 459,3 402,9 279,9 409,1 26,0% 126,5 516,2

Margem Lucro Líquido Ajustado 35,2% -1,4% 17,6% 72,4% 48,3% 35,9% 36,4% 37,4% 32,9% 27,8% 20,4% 30,3% * 41,8% 39,9%
1.445.53
ABL Total (m²) 212.776 872.336 984.131 1.032.586 1.197.146 1.433.524 1.620.625 1.688.603 1.690.953 1.638.072 1.645.672 1.445.536 19,0% 1.445.536
6
ABL Adicionado (m²) - 659.560 111.795 48.455 164.560 236.378 187.101 67.978 2.351 -52.881 7.600 -200.136 * - -167.394

¹ Considera os valores dos indicadores nos últimos 12 meses até jun/2018.

37
2º TRI
Série Histórica Indicadores Operacionais 2018
Apresentação
Institucional

2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 4T16 1T17 2T17 3T17 4T17 1T18 2T18 Média 2T 2015-17 ∆

SSS (%) 3,6% 2,3% 0,9% 1,2% -1,7% -0,6% -0,6% 0,4% 5,3% 4,6% 1,6% 2,7% -1,3% 2,4% -3,7 p.p.
SSR (%) 7,0% 7,4% 6,4% 7,4% 2,2% 2,6% 5,3% 6,5% 7,5% 4,3% 1,7% 0,4% -1,1% 5,6% -6,7 p.p.
Vendas/m² 1.186 1.149 1.537 1.126 1.165 1.155 1.546 1.144 1.249 1.233 1.583 1.200 1.241 1.200 3,4%
Aluguel/m² 91 93 109 90 87 90 108 91 89 88 104 92 93 89 4,6%
NOI/m² 111 114 137 109 105 107 129 106 102 102 123 106 106 106 767,2%
Custo de Ocupação (% das Vendas) 11,0% 11,4% 10,3% 12,1% 11,3% 11,7% 10,7% 11,8% 11,2% 11,2% 11,6% 11,6% 11,2% 11,2% -
Pagamentos em Atraso (média
7,6% 6,5% 5,6% 7,9% 8,9% 9,3% 12,8% 13,9% 10,8% 9,5% 9,6% 9,6% 7,8% 9,1% -1,3 p.p.
mensal)
Inadimplência Líquida 3,7% 2,6% 1,9% 5,7% 4,8% 3,7% 5,5% 7,3% 1,6% 1,7% 1,3% 4,8% 1,7% 3,4% -1,7 p.p.
Ocupação (%) 97,0% 96,8% 96,9% 96,8% 95,8% 95,5% 96,2% 96,1% 94,7% 95,2% 96,2% 96,5% 96,1% 95,8% 0,3 p.p.
Turnover de lojas 5,4% 5,5% 4,6% 5,1% 4,9% 5,3% 6,6% 7,0% 7,4% 8,0% 9,1% 8,5% 7,6% 5,9% 1,7 p.p.

38
2º TRI
Top 25 NOI 2018
Apresentação
Institucional
Aluguel/m²
NOI 2T18 ¹ NOI 2T17 ¹ % 6M18 6M17 % NOI/m² 2T18 ¹ NOI 2T18 100% NOI 6M18 100%
2T18 ²
1 Plaza Niterói 28.473 29.649 -4,0% 56.723 59.611 -4,8% 215 186 28.473 56.724
2 Tijuca 24.713 25.388 -2,7% 51.301 53.586 -4,3% 232 215 24.713 51.302
3 NorteShopping 21.280 19.949 6,7% 41.820 40.600 3,0% 122 102 35.285 69.342
4 Tamboré 17.057 18.051 -5,5% 33.132 35.310 -6,2% 114 87 17.057 33.133
5 Uberlândia 15.797 14.310 10,4% 31.038 28.609 8,5% 196 162 15.797 31.037
6 Londrina 13.086 13.356 -2,0% 26.466 27.121 -2,4% 106 90 14.071 28.458
7 Shopping Recife 11.412 10.546 8,2% 23.062 21.780 5,9% 163 142 37.015 74.803
8 Estação 10.563 10.341 2,1% 21.180 20.227 4,7% 128 112 10.563 21.181
9 Metrô Santa Cruz 9.083 8.888 2,2% 18.559 17.332 7,1% 183 205 10.522 19.998
10 Villa-Lobos 9.827 9.717 1,1% 18.744 19.886 -5,7% 209 157 16.823 32.090
11 Mooca 9.785 10.251 -4,5% 19.470 20.289 -4,0% 130 86 16.309 32.451
12 Campo Grande 9.593 9.927 -3,4% 18.906 19.114 -1,1% 115 87 13.780 27.159
13 Campinas Shopping 8.193 9.265 -11,6% 16.104 18.912 -14,8% 79 55 8.193 16.105
14 Estação BH 7.244 6.078 19,2% 14.023 12.802 9,5% 118 117 7.244 14.023
15 Independência Shopping 6.477 6.453 0,4% 13.185 12.618 4,5% 108 84 6.477 13.185
16 Del Rey 6.448 7.355 -12,3% 12.955 14.301 -9,4% 89 72 9.921 19.931
17 São Bernardo 5.715 5.744 -0,5% 10.880 11.058 -1,6% 74 48 9.525 18.133
18 Jardim Sul 5.599 5.754 -2,7% 11.066 11.563 -4,3% 101 78 9.332 18.443
19 Maringá 5.176 5.715 -9,4% 9.446 11.387 -17,0% 76 65 5.176 9.445
20 Goiânia 3.868 3.656 5,8% 7.866 7.416 6,1% 120 107 7.943 16.152
21 Shopping Piracicaba 3.733 3.470 7,6% 7.556 6.758 11,8% 78 67 10.119 20.482
22 Capim Dourado 3.698 4.082 -9,4% 7.684 8.124 -5,4% 34 34 3.698 7.683
23 Shopping Curitiba 3.673 3.523 4,3% 6.863 7.287 -5,8% 109 96 7.495 14.006
24 Amazonas Shopping 3.494 3.492 0,1% 6.800 7.047 -3,5% 100 92 12.246 23.833
25 Rio Anil 3.460 3.501 -1,2% 7.060 7.256 -2,7% 61 53 6.921 14.120
TOTAL TOP 25 247.447 248.461 -0,4% 491.889 499.994 -1,6% 125 105 344.698 683.219
Shoppings Vendidos³ - 17.841 - - 38.839 - - - - -
Outros 21.658 19.021 13,9% 45.077 42.138 7,0% - - 57.563 119.988
Total 269.105 285.323 -5,7% 536.966 580.971 -7,6% 106 93 402.261 803.207
TOTAL EX-VENDAS DE PART. 269.105 267.482 0,6% 536.966 542.132 -1,0% - - - -
TOP15/Total 202.583 202.169 0,2% 403.713 407.797 -1,0% 145 123 262.322 520.991
TOP20/Total 229.389 230.393 -0,4% 455.926 463.522 -1,6% 135 113 304.219 603.095
TOP25/Total 247.447 248.461 -0,4% 491.889 499.994 -1,6% 125 105 344.698 683.219

¹ NOI Linearizado (NOI + Linearização de Aluguel Mínimo + Linearização de CDU) na participação brMalls.
² Aluguel linearizado + Mall + Mídia, líquido de descontos.
³ Para análises do 2T17 excluímos os shoppings vendidos em dez/17 (Minas Shopping, Granja Vianna, Shopping Paralela, Natal Shopping e Maceió Shopping), e para os números do
ano de 2017 excluímos também o ItaúPower, vendido em mar/17.
39
2º TRI
Top 25 Vendas 2018
Apresentação
Vendas 2T18¹ Vendas 2T17¹ % Vendas 6M18¹ Vendas 6M17¹ %
Vendas/m² Taxa de Ocupação Institucional
2T18² 2T18 ³
1 Plaza Niterói 256.575 255.388 0,5% 503.539 491.742 2,4% 2.098 97,9%
2 Tijuca 224.245 227.406 -1,4% 441.718 445.009 -0,7% 2.233 98,7%
3 NorteShopping 315.168 320.937 -1,8% 634.408 639.905 -0,9% 1.545 98,1%
4 Tamboré 184.734 176.490 4,7% 352.964 330.575 6,8% 1.322 98,7%
5 Uberlândia 179.250 182.816 -2,0% 354.160 351.672 0,7% 1.202 97,5%
6 Londrina 170.711 165.898 2,9% 329.100 315.064 4,5% 1.106 95,1%
7 Shopping Recife 369.514 371.400 -0,5% 734.451 727.177 1,0% 1.676 98,1%
8 Estação 93.105 93.095 0,0% 183.586 180.095 1,9% 1.172 97,7%
9 Mooca 143.209 143.436 -0,2% 278.940 272.354 2,4% 1.292 99,3%
10 Metrô Santa Cruz 109.332 107.577 1,6% 212.857 208.955 1,9% 2.057 99,9%
11 Campo Grande 141.145 134.464 5,0% 271.774 258.804 5,0% 1.203 98,5%
12 Villa-Lobos 147.817 153.980 -4,0% 284.460 291.406 -2,4% 1.804 97,4%
13 Campinas Shopping 78.102 84.270 -7,3% 153.046 158.829 -3,6% 1.020 94,4%
14 Estação BH 109.881 98.369 11,7% 219.188 190.106 15,3% 1.109 97,7%
15 Independência Shopping 78.113 80.097 -2,5% 155.371 151.121 2,8% 1.178 95,8%
16 Del Rey 111.263 120.743 -7,9% 229.197 236.655 -3,2% 1.102 97,4%
17 Jardim Sul 127.527 126.340 0,9% 242.807 236.243 2,8% 1.593 97,5%
18 São Bernardo 102.205 99.453 2,8% 196.881 187.763 4,9% 866 94,9%
19 Maringá 86.478 72.402 19,4% 164.929 139.458 18,3% 987 96,2%
20 Goiânia 108.470 102.142 6,2% 206.856 197.531 4,7% 1.474 98,7%
21 Capim Dourado 70.660 60.055 17,7% 138.200 130.577 5,8% 749 95,5%
22 Shopping Piracicaba 127.763 127.801 0,0% 252.377 244.902 3,1% 1.002 96,6%
23 Rio Anil 114.214 111.100 2,8% 183.332 212.487 -13,7% 1.107 93,0%
24 Amazonas Shopping 170.976 165.660 3,2% 335.396 318.408 5,3% 1.634 97,9%
25 Shopping Curitiba 70.202 74.639 -5,9% 136.994 142.428 -3,8% 1.149 96,3%
Total Top 25 3.690.660 3.655.958 0,9% 7.196.531 7.059.266 1,9% 1.354 97,2%
Shoppings Vendidos ⁴ - 584.033 - - 1.198.495 -
Outros 1.080.674 1.073.627 3,9% 2.177.496 2.074.675 5,0%
Total brMalls 4.771.334 5.313.618 -10,2% 9.374.027 10.332.436 -9,3% 1.241 96,1%
Total ex-vendas de part. 4.771.334 4.729.585 0,9%
TOP15/Total 2.600.901 2.595.623 0,2% 5.109.562 5.012.814 1,9% 1.465 97,6%
TOP20/Total 3.136.844 3.116.703 0,6% 6.150.232 6.010.464 2,3% 1.403 97,5%
TOP25/Total 3.690.660 3.655.958 0,9% 7.196.531 7.059.266 1,9% 1.354 97,2%

¹ Vendas estão na visão 100%.


² ABL Ajustada utilizada disponível na página 5.
³ Média mensal da Taxa de Ocupação apresentada no trimestre.
4 Para análises do 2T17 excluímos os shoppings vendidos em dez/17 (Minas Shopping, Granja Vianna, Shopping Paralela, Natal Shopping e Maceió Shopping), e para os números do ano de 2017

excluímos também o ItaúPower, vendido em mar/17.


40
2º TRI
Cultura 2018
Apresentação
Institucional
Desenvolvemos o nosso propósito corporativo com o objetivo de engajar os nossos colaboradores, lojistas, acionistas, consumidores e a
sociedade expressando o que de fato já é positivo na cultura corporativa e agregando novos valores que a tornem ainda mais relevante no presente e
futuro.

Nós trabalhamos incansavelmente para proporcionar encontros com a felicidade em uma infraestrutura de qualidade, orientada para receber cada e
qualquer pessoa e, assim, promover uma convivência feliz. Com isso, nosso senso de propósito é:

“Transformar os shoppings em destinos de Felicidade e Oportunidades”.

Divulgamos também, no segundo trimestre de 2018, a nova forma de expressar nossos valores, apresentados abaixo:

Time Resultados
excelente Dono Colaboração Cliente hoje e sempre

Por fim, traduzimos nosso propósito e valores para uma identidade visual mais moderna e investimos ainda na reforma de nosso escritório sede, garantindo
um ambiente mais aberto e dinâmico com o objetivo de incentivar a inovação, produtividade e colaboração na nossa rotina. Essas ações fazem parte de
estratégia de melhorias de longo prazo centradas em evolução de time, alinhamento de compensation e evolução da cultura.

41
2º TRI
Cubo Retail 2018
Apresentação
Institucional

Parceira com o Cubo Itaú, maior centro de empreendedorismo tecnológico da América Latina.

A parceria com a Companhia consiste na criação da vertical “Cubo Retail”, inaugurada em 15 de agosto de 2018, em um
andar dedicado no prédio novo do Cubo Itaú. A vertical permitirá que a brMalls trabalhe em conjunto com startups e
varejistas no desenvolvimento de novas tecnologias e soluções de varejo. Novos projetos e startups serão beneficiados
pelo ecossistema do Cubo Itaú e pelo acesso facilitado à rede da brMalls.

Esta parceria está alinhada ao propósito da Companhia de criar novas oportunidades através de nossos shoppings e parte
da equipe da brMalls será alocada na vertical para gerir o relacionamento com as startups de varejo, acompanhar o
desenvolvimento de projetos e identificar possíveis oportunidades.

O Cubo Itaú foi idealizado pelo Itaú Unibanco, em parceria com a Redpoint eventures, com o objetivo de conectar em um
só lugar empreendedores, grandes empresas, investidores e universidades para discutir sobre tecnologia, inovação, novos
modelos de negócios, novas formas de trabalhar e desafiar o status quo.

42
2º TRI
Inadimplência 2018
Apresentação
Institucional

Inadimplência Líquida
1,7%
7,8% Pagamentos
em atraso
(caixa)
Recebimentos de meses
6,1% anteriores vencidos

Total de recebíveis Recebimento


do mês 92,2% dentro do vencimento

100%

• Pagamentos em Atraso (Inadimplência Bruta): considera todos os recebíveis que tinham seu vencimento original no mês, e que não tiveram o seu recebimento
caixa dentro do mês em questão.

• Inadimplência Líquida: igual ao indicador de pagamentos em atraso (explicado acima), porém também considera recebimentos de períodos anteriores.

• Adotamos o critério de cobrar primeiro o boleto vencido mais antigo do lojista. Portanto, quando há uma recuperação caixa, esta estará associada aos recebíveis
vencidos há mais tempo, assemelhando-se ao critério de FIFO (First in, First out).

* Os valores explicitados fazem referência aos indicadores apresentados no 2T18.

43
2º TRI
PDD 2018
Apresentação
Institucional
CRITÉRIOS 4T17

INCREMENTO RECUPERAÇÃO INCREMENTO RECUPERAÇÃO

% do saldo VENCIDO E A VENCER


Saldo VENCIDO com aging Recebimento CAIXA ou
conforme FAIXA de aging do cliente Recebimento CAIXA
cliente acima de 180 dias CONFISSÃO¹ de Dívida
(disponível na tabela abaixo).

De acordo com o CPC 48, a constituição de provisão para devedores duvidosos deverá ser constituída de acordo com o
histórico de recebimento por faixas de atraso, incluindo o saldo a vencer dos clientes que já encontram-se inadimplentes (vide
tabela abaixo).

Neste trimestre a Companhia adotou os critérios de constituição de PDD de acordo com o CPC 48 e, devido à adoção, ocorreu
um impacto de R$ 51,6 milhões registrado no patrimônio líquido.

FAIXAS DE ATRASO
o Aging = dias corridos em atraso do boleto mais antigo do cliente.
AGING (dias) % de Provisão
0 A 30 0% o % de Provisão = % aplicado sobre saldo faturado vencido e a vencer, de acordo
31 A 60 20% com saldo em atraso mais antigo do cliente

61 A 90 35%
91 A 120 42%
121 A 150 58%
151 A 180 84%
> 180 100%

¹ Após a confissão, na 1ª inadimplência todo o saldo confessado (anteriormente recuperado) voltava como incremento. A partir deste momento, a recuperação apenas ocorria
conforme pagamento das novas confissões (caixa).
44
2º TRI
Contato e Equipe de RI 2018
Apresentação
Institucional

CONTATO E
EQUIPE DE RI
Frederico Villa
CFO

Derek Tang
Diretor de Finanças & RI

Marina Coelho
Coordenadora

Guilherme Lahr
Especialista

Antonio Velloso
Estagiário

www.brmalls.com.br/ri ri@brmalls.com.br

Tel: +55 21 3138-9900


Fax: +55 21 3138-9901

45
2º TRI
Nota importante 2018
Apresentação
Institucional

Este material foi preparado com o único objetivo de informar e não deve ser interpretado como uma solicitação ou oferta para compra ou venda de valores mobiliários, nem mesmo como sugestão para potenciais
investidores. Este material não é direcionado à intenção de investimento, situação financeira ou necessidades particulares de qualquer um que receba este material. Nenhuma declaração ou garantia, expressa ou não, é
feita com relação à precisão, confiabilidade ou completude das informações futuras e projeções apresentadas neste material. Aqueles que receberem este material não devem deixar de interpretá-lo de forma crítica ou tê-
lo como inquestionável. Qualquer informação contida neste material poderá ser alterada sem aviso, e a BR Malls Participações S.A. (“brMalls”) não está obrigada a atualizar as informações apresentadas neste material. A
Companhia não será responsabilizada por perdas ou danos de qualquer espécie decorrentes do uso no todo ou em parte deste material.

Os investidores devem consultar seus próprios consultores legais, regulatórios, fiscais, de negócios, investimentos, financeiros e de contabilidade, na medida em que entenderem necessário. Além disso, devem tomar sua
decisão de investimento no seu próprio julgamento e conselhos de tais consultores, conforme entenderem necessário, e não com base em quaisquer opiniões contida neste material.

Esta apresentação inclui declarações que representam expectativas sobre eventos ou resultados futuros sujeitos a riscos, baseados em expectativas e projeções atuais sobre eventos e tendências futuros que podem
afetar as atividades da Companhia. Estimativas e declarações futuras incluem, sem limitação, qualquer declaração que possa prever, indicar ou deduzir resultados, desempenho ou realizações futuros e podem conter as
palavras “acredita”, “estima”, “espera”, “visa”, “pode”, “poderá”, “antecipa” ou quaisquer outras palavras ou frases similares. Essas declarações incluem projeções de crescimento econômico, demanda e fornecimento, bem
como informações sobre posição perante os concorrentes, aspectos regulatórios, potencial de crescimento e outros assuntos. Essas declarações estão baseadas em certas suposições e análises feitas pela administração
da Companhia e que a administração da Companhia acredita serem razoáveis, considerando-se certas suposições sobre as atividades e as condições econômicas, muitas das quais estão fora do controle da Companhia.
Estes fatores e outros fatores nos quais as projeções foram baseadas estão sujeitos a incertezas. Consequentemente, as projeções não são necessariamente uma indicação de performance futura, e nem a brMalls e nem
qualquer outra pessoa assumem a responsabilidade pela precisão de tais projeções. Dessa forma, a administração da Companhia não está fazendo e não deve ser interpretada como se estivesse fazendo qualquer
declaração a respeito da concretização de eventos ou circunstâncias futuros. Em razão desses fatores incertos, os investidores não devem tomar sua decisão de investimento baseada exclusivamente nessas estimativas
e declarações que representam expectativas sobre eventos ou resultados futuros. A Companhia não fornecerá aos titulares de ações ordinárias ou GDSs projeções revisadas ou análises das diferenças entre projeções e
resultados operacionais efetivos.

www.brmalls.com.br/ri
46

Você também pode gostar