Você está na página 1de 42

Departamento de Engenharia Mecânica

Mecânica dos Sólidos I


Parte 5 – Tensões de Flexão

Prof. Arthur M. B. Braga

2008.1
Mecânica dos Sólidos

Problema F1

F8
Corpo sujeito a ação de F2

esforços externos (forças,


F7
momentos, etc.) F3

Determinar F4

• Esforços internos (tensões) F6

F5
• Deformações
• Deslocamentos

Mecânica dos Sólidos I


Determinação da Distribuição de Tensão no
Corpo Sujeito à Ação de Forças Externas
F1

F8
F2

F7
F3
z
P (x,y,z) σzz
F4 σ ( x, y , z )
σzx σzy
σxz
F6 σyz
σxx σxy
σyy
x σyx
F5
y

Mecânica dos Sólidos I


Barras Carregadas Axialmente

⎡σ xx 0 0⎤
[σ ] = ⎢⎢ 0 0 0⎥⎥
F
⎢⎣ 0 0 0⎥⎦

F
y
σ xx =
A

σxx F

σxx
z
x

Mecânica dos Sólidos I


Eixos Sujeitos a Carregamentos de Torção

T
τ (r ) = r
J
φ1

φ2 TL
T ∆φ =
GJ

x
T
Mecânica dos Sólidos I
Eixos Sujeitos a Carregamentos de Torção

A y
τ = σ xz (> 0)
z x

y ⎡ 0 0 σ xz ⎤
[σ ] = ⎢⎢ 0 0 0 ⎥⎥
A ⎢⎣σ xz 0 0 ⎥⎦
z
T
TD
σ xz = τ ( D 2) =
2J
x
T Mecânica dos Sólidos I
Vasos de Pressão de Paredes Finas (D>>t)
PD
Vasos cilíndricos σ θθ =
2t

σ xx
PD
σ xx =
4t

p σ θθ

Mecânica dos Sólidos I


Vasos de Pressão de Paredes Finas (D>>t)
Vasos esféricos
PD
σ θθ =
4t

σ ϕϕ
PD
σ ϕϕ =
4t
p σ θθ

Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

x
M
z

Momento fletor e esforço cortante atuando na seção transversal de


uma viga carregada no plano xy

Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Seção tranversal simétrica em relação ao plano xy


y

x
z

Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Flexão Pura
y
M M
x

Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Flexão Pura (viga de seção transversal simétrica)

A B C

D E F

Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Flexão Pura O

∆φ ∆φ

M A′ B′ C ′ M

D′ E ′ F ′
Mecânica dos Sólidos I
Tensões de Flexão em Barras (vigas)
Curvatura A curvatura no ponto B é
definida como:
O
dφ ∆φ 1 1
y k= = lim = lim =
O′ ds ∆s →0 ∆s ∆s →0 O′B ρ

∆φ

ρ
C
∆φ
∆s
B φ
x
Mecânica dos Sólidos I
Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Flexão Pura O

∆φ ∆φ

M A′ B′ C ′ M

D′ E ′ F ′
Mecânica dos Sólidos I
Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Deformação do segmento IJ

I J y x
M N

Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Deformação do segmento IJ
I ′J ′ − IJ I ′J ′ − M ′N ′
ε xx = =
IJ M ′N ′
ρ
Compresão
ρ−y

I′ J′ y
Eixo Neutro
(deformação nula)
M′ N′

Tração Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Deformação do segmento IJ
M ′N ′ = ρ ∆φ
I ′J ′ = ( ρ − y ) ∆φ
ρ
Compresão
ρ−y

I′ J′ y
Eixo Neutro
(deformação nula)
M′ N′

Tração Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Deformação longitudinal Deformação cisalhante


1
I ′J ′ − IJ I ′J ′ − M ′N ′ ε xy = γ xy = 0
ε xx = = 2
IJ M ′N ′
M ′N ′ = ρ ∆φ

I ′J ′ = ( ρ − y ) ∆φ Simetria (flexão pura)


y dφ
ε xx = − = − y
ρ dy

Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Relação tensão vs. deformação

1
[ ( ])
ε xx = σ xx −ν σ yy + σ zz = −
E
y
ρ
1 σ xy
ε xy = γ xy = =0
2 2G
Tensões cisalhantes
1 σ xz
ε xz = γ xz = =0 são nulas no caso de
2 2G flexão pura

Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

Equilíbrio ∑ F = ∫ σ dA = 0
x
A
xx

∑ M = ∫ zσ dA = 0
y
A
xx

∑ M = −∫ yσ dA = M
z
A
xx

σ xx ∆A

y x

z M Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

• Hipótese: σ yy = σ zz = σ yz = 0
y dφ
σ xx = − E = − E y
ρ ds

• Balanço de forças na direção longitudinal

y E
∑ x ∫ xx
F = σ dA
A
= − ∫ E
A
dA =
ρ
− ∫ ydA = 0
ρ A

Eixo neutro está localizado sobre o centróide da


área da seção transversal
Mecânica dos Sólidos I
Tensões de Flexão em Barras (vigas)

• Balanço de momentos na direção y


y E
∑M y = ∫ zσ xx dA = −∫ E
A A ρ
z dA = −
ρ∫ A
yz dA = 0

Simetria da seção transversal


em relação ao plano xy
⇒ ∫ A
yz dA = 0

Mecânica dos Sólidos I


Tensões de Flexão em Barras (vigas)

• Balanço de momentos na direção z


y2 E
∑ M z = −∫ yσ xx dA = ∫ E
A A ρ
dA =
ρ ∫A
y 2 dA = M

I = ∫ y 2 dA Momento de inércia da área da seção


A transversal

⎧ M
⎪ε xx = − y EI
dφ 1 M ⎪
= = ⇒ ⎨
ds ρ EI ⎪ M
⎪σ xx = − y I

Mecânica dos Sólidos I
Tensões de Flexão em Barras (vigas)
Tensões Normais de Flexão
y

M
M x

⎡σ xx ( y ) 0 0⎤
σ xx
[σ ( x, y, z )] = ⎢⎢ 0 0 0⎥⎥
⎢⎣ 0 0 0⎥⎦

M
σ xx ( y ) = − y
I
Mecânica dos Sólidos I
Tensões de Flexão em Barras (vigas)
Tensões Normais de Flexão
y F

⎡σ xx ( x, y ) 0 0⎤
σ xx
[σ ( x, y, z )] = ⎢⎢ 0 0 0⎥⎥
⎢⎣ 0 0 0⎥⎦

M ( x)
σ xx ( x, y ) = − y
I
Mecânica dos Sólidos I
Flexão de Vigas
Tensões de Cisalhamento devido à flexão

Mecânica dos Sólidos I


Flexão de Vigas
Tensões de Cisalhamento devido à flexão

Lâminas “Coladas”

Mecânica dos Sólidos I


Flexão de Vigas
Tensões de Cisalhamento devido à flexão

Lâminas Independentes

Mecânica dos Sólidos I


Flexão de Vigas
Tensões de Cisalhamento devido à flexão

Mecânica dos Sólidos I


Flexão de Vigas
Tensões de Cisalhamento devido à flexão

Tensões de Lâminas
cisalhamento deslizam
horizontais umas sobre
impedem o as outras
deslizamento
entre as
lâminas

Lâminas “Coladas” Lâminas Independentes

Mecânica dos Sólidos I


Flexão de Vigas
Tensões de Cisalhamento devido à flexão

σ xy
σ xy

Forças de Tensões
cisalhamento Cisalhantes
horizontal

Mecânica dos Sólidos I


Tensões cisalhantes em vigas sob
carregamentos de flexão

y
q(x)

M (x)
x

V (x)

Mecânica dos Sólidos I


Tensões cisalhantes em vigas sob
carregamentos de flexão

y
q(x)

M (x)
x

V (x)

Mecânica dos Sólidos I


Tensões cisalhantes em vigas sob
carregamentos de flexão

y q(x)
V (x) M ( x + ∆x)
x

M (x) V ( x + ∆x)

Mecânica dos Sólidos I


Tensões cisalhantes em vigas sob
y
carregamentos de flexão
Equilíbrio horizontal (direção x) z x

y
σ xx ( x, y ) σ xx ( x + ∆x, y )

Mecânica dos Sólidos I


Tensões cisalhantes em vigas sob
carregamentos de flexão
Equilíbrio horizontal (direção x)
c2 c2
− VH ( y ) − ∫ σ xx ( x, ξ ) dA + ∫ σ xx ( x + ∆x, ξ ) dA = 0
y y

y < ξ < c2
− c1 < y < c2
σ xx ( x + ∆x, y )
σ xx ( x, y ) c2
y ξ
VH ( y ) x
c1

Mecânica dos Sólidos I


Tensões cisalhantes em vigas sob
carregamentos de flexão σ xx ( x + ∆x, y)
σ xx ( x, y)
Equilíbrio horizontal (direção x) VH (y)

c2 c2
− VH ( y ) − ∫ σ xx ( x, ξ ) dA + ∫ σ xx ( x + ∆x, ξ ) dA = 0
y y

VH ( y ) = σ xy ( y ) b( y ) ∆x
M ( x)
σ xx ( x, ξ ) = −ξ
I
M ( x + ∆x)
σ xx ( x + ∆x, ξ ) = −ξ
I

Mecânica dos Sólidos I


Tensões cisalhantes em vigas sob
carregamentos de flexão σ xx ( x + ∆x, y)
σ xx ( x, y)
Equilíbrio horizontal (direção x) VH (y)

M ( x ) c2 M ( x + ∆x) c2
− σ xy ( y ) b( y ) ∆x +
I ∫y
ξ dA −
I ∫y
ξ dA = 0

c2
definindo Q( y ) = ∫ ξ dA
y

Q( y ) ⎛ M ( x + ∆x) − M ( x) ⎞ Q( y ) ∆M
σ xy ( y ) = − ⎜ ⎟ = −
I b( y ) ⎝ ∆x ⎠ I b( y ) ∆x

fazendo ∆x → 0 e recordando que V ( x) = − dM dx


Q( y )
σ xy ( y ) = V ( x)
b( y ) I
Mecânica dos Sólidos I
Tensões cisalhantes em vigas sob
carregamentos de flexão
Exemplo: Viga de seção retangular

y b( y ) = b , − h 2 < y < h 2 , I = bh 3 12 , dA = b dξ

bh 2 ⎡ ⎤
2
h2 ⎛ y⎞
Q( y ) = b ∫ ξ dξ = ⎢1 − 4⎜ ⎟ ⎥
h z y 8 ⎢⎣ ⎝h⎠ ⎥⎦
Q( y )
σ xy ( y ) = V ( x)
b( y ) I

3V ⎡ ⎛ ⎞ ⎤
2
b y
σ xy ( y ) = ⎢1 − 4⎜ ⎟ ⎥
2 bh ⎢⎣ ⎝ h ⎠ ⎥⎦

Mecânica dos Sólidos I


Tensões cisalhantes em vigas sob
carregamentos de flexão
Viga de seção retangular:
y
3V ⎡ ⎛ ⎞ ⎤
2
y
σ xy ( y ) = ⎢1 − 4⎜ ⎟ ⎥
2 bh ⎢⎣ ⎝ h ⎠ ⎥⎦

3V
max{σ xy ( y ) } = σ xy (0) =
2 bh

Mecânica dos Sólidos I


Tensões cisalhantes em vigas sob
carregamentos de flexão
Viga de seção Circular:
y

Q( y )
σ xy ( y ) = V
b( y ) I

4V
max{σ xy ( y ) } = σ xy (0) =
3A

Mecânica dos Sólidos I

Você também pode gostar