Você está na página 1de 1

Voltar atrás é pleonasmo?

blogs.correiobraziliense.com.br/dad/voltar-atras-e-pleonasmo

Dad Squarisi 27/09/2017 - 10:46

Antes de se tornar vedete nacional e internacional, a Renca era pouco conhecida. As


cinco letras querem dizer Reserva Nacional de Cobre e Associados. De olho na riqueza, o
governo liberou a mineração na área. Ops! Não contava com a reação popular. Os
protestos chegaram ao Rock in Rio. Resultado: ficou o dito pelo não dito.

A decisão repercutiu em Europa, França e Bahia. Repórteres e comentaristas falaram


em voltar atrás. As duas palavras casadinhas despertaram dúvidas. Seriam pleonasmo?
Jogariam no time do subir pra cima, descer pra baixo, entrar pra dentro e sair pra fora?
A resposta é não.

Só se sobe pra cima, só se desce pra baixo, só se entra pra dentro, só se sai pra fora. Os
verbos subir, descer, entrar e sair são suficientes pra dar o recado. Não é o caso de
voltar. A gente volta pra casa, volta pro trabalho, volta pra cidade. Para dar o sentido de
retroceder (recuar), o verbo precisa da preposição atrás: Pensou fazer vestibular para
medicina. Na hora da inscrição, voltou atrás. Escolheu enfermagem.

Moral da história: sem o atrás, o leitor fica a ver navios. O casamento é indissolúvel.
Vem, preposição!

1/1

Você também pode gostar