Você está na página 1de 285

JORNAL CINFORMONLINE EDIÇÃO 1946 | ANO 38 |27/7/2020

A NOVA ERA DA NOTÍCIA

PRÉ-CANDIDATOS EM
DIFÍCIL COMPETIÇÃO
ACESSE P.121

FERNANDO FILHO QUER MUDAR JAPOATÃ ACESSE P. 135

Não se faz aliança apenas com


nomes e siglas. Aliança política
tem de ser de corpo, alma e ideias”

O EX-SENADOR ESTÁ DE
VOLTA E MOSTRA FORÇA
ACESSE P. 29
A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

IMPORTANTE
Para ler e navegar melhor no seu
jornal CINFORMONLINE digital, instale
a versão gratuita do Adobe Acrobat Reader,
acessando o Play store ou Apple store
do seu celular, table ou computador.

TOQUE NOS ÍCONES ABAIXO E FAÇA O DOWNLOAD

Receba o seu jornal CinformOline


digital GRÁTIS toda semana através
do WhatsApp, às segundas-feiras

CLIQUE AQUI E
CADASTRE-SE
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 2
A NOVA ERA DA NOTÍCIA

ÍNDICE t ÍNDICE CADERNO 1


TOQUE E ACESSE

OPINIÃO
EDITORIAL –
O estranho caso do ex-prefeito Sukita 7

CINFORMANDO – Se conseguir
fortalecer a unidade, oposição pode
vencer eleição municipal em Aracaju 11

POLÍTICA
Amorim reorganiza o PSDB
em Aracaju e nos municípios 29

PANORAMA – Caixa pausa contratos 44

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 3


Gilmar confirma apoio a Danielle
Garcia na eleição municipal 52

GERAL
Senac Sergipe promove apoio a
empresários do segmento de beleza 54

Mesa Brasil distribui cartões-alimentação


para instituições em parceria com o Carrefour 63

Sesc LER entrega mais kits


pedagógicos em Indiaroba 66

PROPAGANDA & NEGÓCIOS


O melhor momento para mudar é na crise 70

OFICINA DE ADVOCACIA
Auditoria fiscal, prazos de conclusão
e a nulidade do auto de infração 77

ESPAÇO LITERÁRIO
As Rimas do Viver! 83

CANTINHO DA CRÔNICA
Quem está ao teu lado? 88

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 4


FALANDO DE MODA
A louca do: Com que máscara eu vou? 93

STREAMING
Dicas de cinema 96

LI E RECOMENDO
Hitler 105

ESPÇO REFLEXÃO
Tempo como tecido da nossa vida 111

ANUNCIE
AQUI

CONTATE SUA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE OU


TOQUE u E FALE COM OS NOSSOS CONSULTORES
uElenaldo Santana (79) 99949-9262
uEmail: comercial@cinform.com.br

SE PREFERIR, FALE DIRETAMENTE


COM O CINFORM SOLICITANDO UMA VISITA
(79) 3304-5414
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 5
ÍNDICE GERAL
E ACESSE
TOQUE

ANO
ANO38
38--ED.
ED.1942
1946-29/6/2020
-27/7/2020 - 6
OPINIÃO 1/3

EDITORIAL

O ESTRANHO CASO
DO EX-PREFEITO
SUKITA
Em Sergipe acontecem coisas incríveis,
e uma delas, particularmente, no universo
político, é, sem dúvidas, o caso de Sukita, um
sujeito de origem humilde e que, de punho
próprio, se tornou reconhecido empresário
em Sergipe, no ramo do comércio de
automóveis seminovos.

Alimentou um sonho e se dedicou a ele,


sempre ao lado da esposa, adentrando ao
mundo meio transversal da política. Deu-se
muito bem, em princípio, interrompendo o
velho círculo que, por muitos anos, dominava
a cena em sua terra natal.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 7


OPINIÃO EDITORIAL 2/3

Destacou-se, reelegeu-se, mas, parece que


cometeu o pecado da ambição. Ficou orgulhoso e,
por um bom tempo, imaginou-se o maior e mais
iluminado político da terra. Pensava em Prefeitura
de Aracaju, em governo do Estado, como objetivos
de vida, ou seja, passou a incomodar muita gente
que não suporta ser incomodada.

Desafiou Deus e mundo, aí incluindo-se as


forças mais conservadoras e corporativas do
Estado; desentendeu-se com velhos aliados,
brigou na Justiça, foi julgado e condenado,
preso e humilhado, em extensos processos
de difícil compreensão, até mesmo para os
iniciados, com festiva cobertura jornalística
de toda a imprensa sergipana, e com várias
projeções nacionais.

Hoje, circula, entre jornalistas e nas redes


sociais, uma arrojada produção de uma
renomada profissional em que o homem se
diz injustiçado e perseguido pela Justiça.
Sukita permanece forte nos bastidores do
poder político, porque é querido, às vezes
até idolatrado pelo povo de Capela e dos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 8


OPINIÃO EDITORIAL 3/3

arredores, o que se entende como provisão


de muitos milhares de votos.

Hoje, é cortejado por políticos das mais


diversas correntes ideológicas, sejam eles
prefeitos, deputados, vereadores, senadores,
todos querendo pegar uma carona no
cabedal construído nos anos de trabalho, de
desencontros e desencantos.

Se candidato livre o homem for, parece


imbatível numa corrida para prefeito de Capela ou
mesmo para deputado estadual, talvez até federal.

Queixa-se de que foi condenado porque


sacou dinheiro, e questiona em que lugar da
Lei se diz que é crime sacar de uma conta
bancária quando você é o titular que a
movimenta.

A explicação pode parecer uma versão


reduzida, mas, o fato é que essa história parece
não ter fim, porque se arrasta há muitos anos
entre prisões e solturas, sem que a sociedade
consiga entender ao certo o que ocorre.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 9


OPINIÃO EDITORIAL 4/4
GERAL

Fale
conosco
ESTE É O NÚMERO
ESTE
DO É O NÚMERO CINFORM:
ATENDIMENTO
DO ATENDIMENTO CINFORM:

(79)3304-5414
(79) 99949-9262
(79)3304-5414
PARA MAIS INFORMAÇÕES, TIRAR DÚVIDAS, SUGESTÕES,
PARA
OU MAIS PARA
MESMO INFORMAÇÕES, TIRAR
ANUNCIAR, DÚVIDAS,UMA
SOLICITANDO SUGESTÕES,
VISITA.
OU MESMO PARA ANUNCIAR, SOLICITANDO UMA VISITA.

ANUNCIE AQUI
CONTATE SUA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE
OU TOQUE E FALE COM OS NOSSOS CONSULTORES

Elenaldo
Cláudio Santana
Sousa (79) 999499262
(79)99971-9179
Email: elenaldosantana@yahoo.com.br

Acesse mais notícias


www.cinform.com.br

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 10


OPINIÃO 1/18

Habacuque Villacorte
CINFORMANDO

SE CONSEGUIR FORTALECER
A UNIDADE, OPOSIÇÃO
PODE VENCER ELEIÇÃO
MUNICIPAL EM ARACAJU
Por HABACUQUE VILLACORTE | habacuquevillacorte@gmail.com

Ainda estamos sofrendo com os impactos


da pandemia do novo coronavírus (COVID-19),
com muitas pessoas infectadas e muitas
vidas ceifadas, e a população ainda tendo
que respeitar os decretos governamentais
estabelecendo regras de isolamento social.
Isso no País inteiro! Em alguns Estados, é

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 11


OPINIÃO CINFORMANDO 2/18

verdade, há uma flexibilização em estágio mais


avançado, mas isso também não significa que
as pessoas estão livres do vírus, que estão
imunes! Muito pelo contrário!

Enquanto não tivermos uma vacina


de fácil acesso à população (algo que
só deve ocorrer em meados de 2021),
a população ainda estará em risco de
contágio, ou seja, as “insistentes” eleições
municipais irão ocorrer, mas dentro de
um cenário completamente atípico, sem
leitura biométrica, com o uso obrigatório
de máscaras e álcool em gel, além de muito
desinteresse do eleitorado. As pessoas não
querem discutir política no momento e nem
demonstram interesse em buscar as urnas.

A forma de fazer campanha também será


diferente! Tende a ser “virtual”, através das
redes sociais. Na disputa em Aracaju quem
mais se beneficia é a oposição, na avaliação
deste colunista. Ela não tem a estrutura que
o prefeito Edvaldo Nogueira (PDT) tem sob
seus domínios, mas com uma campanha “mais

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 12


OPINIÃO CINFORMANDO 3/18

barata”, as “forças” se equilibram e, a menos


que as “forças externas” predominem, há
uma tendência que a atual gestão seja muito
criticada por seus adversários.

Edvaldo traz como “carro chefe” algo


que sempre foi uma obrigação, mas que
nos tempos atuais se tornou “referência”: o
pagamento da folha dos servidores em dia.
Além disso, algumas obras realizadas ou em
andamento foram iniciadas ou projetadas pela
gestão anterior, inclusive quanto a captação
de recursos federais. Mas para quem é aliado
do governador, Edvaldo deixou muito a desejar,
sobretudo quanto á promessa de qualidade de
vida feita na campanha de 2016...

Por sua vez, a oposição a Edvaldo tem sim


chances reais de vencer a disputa em Aracaju,
mas seus líderes precisam ter consciência
que esta será uma campanha atípica e que
sem unidade o adversários do atual prefeito
dificilmente serão exitosos nas urnas. Nomes
como Danielle Garcia (Cidadania), Valadares Filho
(PSB), Paulo Márcio (DC), Georlize Teles (DEM),

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 13


OPINIÃO CINFORMANDO 4/18

Zezinho Sobral (PODE), Almeida Lima (PRTB),


Rodrigo Valadares (PTB), Márcio Macedo (PT)
e Marcos Pinheiro (PP) estão postos. Outros
podem surgir ainda! Mas sem unidade, terão
dificuldades para superar Edvaldo...

Veja essa!
A informação vem de dentro do Partido dos
Trabalhadores: há um grau de insatisfação
entre alguns pré-candidatos a vereador pela
legenda com o apoio do pré-candidato a
prefeito de Aracaju, Márcio Macedo, à pré-
candidatura do presidente do Diretório
Municipal, Jefferson Lima.

E essa!
O grupo que está insatisfeito reclama e
entende que Márcio vai precisar do apoio de
todos os pré-candidatos a vereador e não
deveria externar sua opção por Jefferson Lima
que, diga-se de passagem, tem todo direito de
pleitear um mandato na Câmara Municipal.

Para todos
A “fonte” foi ainda mais longe e disse que

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 14


OPINIÃO CINFORMANDO 5/18

“estamos assumindo um compromisso


com Márcio porque queremos que ele
administre uma Aracaju para todos! Ele vai
precisar de apoio e tem que dar o exemplo, já
incentivando e apoiando o projeto de todos
dentro do PT”, reclamou.

Detetive virtual
O “detetive virtual sergipano”, José Edirani,
pré-candidato a vereador em Capela,
esteve no município de Aquidabã e, nessa
pandemia do novo coronavírus, encontrou
uma dispensa de licitação que chamou
muito a atenção deste colunista: a prefeitura
fez a aquisição de 20 mil máscaras de
tecido laváveis, sendo que, segundo o último
Censo do IBGE, o município possui algo em
torno de 21 mil habitantes.

José Edirani
O primeiro questionamento feito por José
Edirani: todos os cidadãos de Aquidabã
receberam esta máscara do poder público?
Como tem sido o procedimento de
distribuição ou retirada? O contrato de R$

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 15


OPINIÃO CINFORMANDO 6/18

90 mil com a empresa CASA DO CIRURGIÃO


EIRELI, só que no endereço cadastrado,
segundo Edirani constatou in loco, não
existe empresa e o espaço encontra-se
fechado há algum tempo. Sei não...

Carro locado
O detetive virtual José Edirani também flagrou
um veículo locado pela Prefeitura de Capela,
estacionado em frente a uma residência no
município de Aquidabã, com o responsável
pelo veículo fazendo registros em redes
sociais de uma confraternização com amigos.
“Enquanto isso, a população de Capela
sofrendo, vivendo o maior drama e humilhação
para conseguir um carro da prefeitura para
fazer o transporte para a capital”, denuncia.

Falando em Aquidabã...
A coluna foi informada, por fontes mais do
que seguras, de um verdadeiro “desatino”
no município! Se sentindo altamente
protegido por uma autoridade, o gestor
anda brincando com coisa séria! De
“negociação de imóveis” com recursos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 16


OPINIÃO CINFORMANDO 7/18

públicos a licitações que supostamente


beneficiam parentes, São denúncias
“recheadas” que supostamente envolvem
o prefeito municipal e alguns assessores! A
coluna está de olho! Quem viver verá...

Alô Arauá!
Após o anúncio feito por este colunista, não
param de chegar denúncias envolvendo os
dois secretários de Arauá! Um munícipe
chegou a confessar que só tem respaldo na
atual administração quem fala a “língua de
ambos”, chegando a registrar que se faltar
uma “vírgula da redação”, todo o processo
fica comprometido...

De volta
O próprio governador do Rio de Janeiro, Wilson
Witzel (PSC), anuncia em suas redes sociais
a recondução do ex-deputado André Moura
para o cargo de secretário do Estado da Casa
Civil do Rio de Janeiro. “A articulação política e
as tratativas para o retorno dele foram feitas,
a meu pedido, pelo vice-governador, Cláudio
Castro”, explica. Tá com prestígio em alta...

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 17


OPINIÃO CINFORMANDO 8/18

André Moura
Desde o seu afastamento que André Moura
vinha se dedicando em visitas todas as bases
possíveis aqui em Sergipe, concedendo
diversas entrevistas e formalizando
entendimentos políticos para fortalecer
o PSC nas disputas municipais. Por mais
que venha sempre ao Estado, assumir este
compromisso no RJ agora, faltando menos
de quatro meses para as eleições, pode
deixa-lo um pouco distante de seu eleitorado
em um momento importante...

Bomba!
As coisas andam “movimentadas” no
município de Nossa Senhora das Dores. Além
de supostos pagamentos as fornecedores
vinculados a quitação de débitos políticos
da gestão, aparecem agora novas denúncias
supostamente atreladas ao setor de licitação
com interferência do Sr. Secretário de
Finanças! Ou a turma que fiscaliza atua
no município, ou ninguém sabe medir as
consequências dessas “travessuras”...O povo
de Dores pede socorro...

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 18


OPINIÃO CINFORMANDO 9/18

Exclusiva!
Que ninguém tome por surpresa, em breve,
uma nova Operação da Polícia Federal e da
CGU em Sergipe, mais precisamente em um
município da Grande Aracaju. O “objeto” é o de
sempre: a suposta malversação de recursos
de origem federal. As pessoas não entenderam
que os tempos são outros...

Coisas da Seduc!
Até que fim! Este colunista foi informado que
já está sendo iniciado um processo junto ao
MPF com relação as dispensas de licitação da
Seduc! Para quem não lembra, este colunista
está falando daqueles casos em que sempre as
mesmas empresas que trabalham para o órgão,
quando a licitação é aberta (para quem quiser
participar), há uma redução do preço em 35%.
Agora quando se trata de uma DL (Dispensa de
Licitação), o preço é sempre cheio, “derramando
pelo copo”! Não custa nunca lembrar que a
secretaria está sob investigação da Operação
Marcha à ré e que, nesse “álbum”, as “figurinhas”
são sempre repetidas, com o reforço do
“baixinho ligeiro”! E bote ligeiro nisso...

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 19


OPINIÃO CINFORMANDO 10/18

Alese
Os deputados estaduais voltam a se reunir,
em ambiente virtual, na manhã dessa quinta-
feira (23), em mais uma sessão remota,
por conta do novo coronavírus (COVID-19).
Na oportunidade, além dos projetos de
autoria do Poder Executivo e dos próprios
parlamentares, também foram apreciados e
aprovados dois requerimentos de convite.

Zezinho Guimarães
No primeiro deles, de autoria do deputado
estadual Zezinho Guimarães (MDB), ele faz
um convite para o diretor/presidente da DESO,
Carlos Fernandes de Melo Neto, a fim de
debater/discorrer sobre a nova Lei do Marco
Regulatório do Saneamento Básico no Brasil e
nas implicações para Sergipe.

Marco Regulatório
O novo Marco foi aprovado, recentemente,
pelo Congresso Nacional e sancionado pelo
presidente da República, Jair Bolsonaro. Sua
proposta é garantir a milhões de brasileiros
acesso aos serviços de tratamento de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 20


OPINIÃO CINFORMANDO 11/18

água e esgoto. O governo federal fala em


universalização do saneamento no Brasil
em até sete anos, abrindo espaço para a
entrada de dezenas de bilhões de reais em
investimentos privados no setor.

Turismo
Já do deputado estadual Capitão Samuel
será apreciado e aprovado o requerimento de
convite ao secretário de Turismo do Estado,
José Sales Neto, para participar da sessão no
plenário da Alese do dia 11/08/2020, para
tratar sobre “O Turismo Pós-Pandemia”.

Alô Lagarto!
Pesquisa realizada pelo Instituto Datalô,
registrada no TSE sob o número SE
005515/2020, aponta o deputado estadual
Ibrain de Valmir na liderança das intenções
de voto nas eleições municipais em Lagarto.
O levantamento ouviu 815 eleitores entre os
dias 16 e 22 de julho de 2020.

Pesquisa
Ibrain de Valmir aparece nas pesquisas

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 21


OPINIÃO CINFORMANDO 12/18

com 15,8%, na sequência está Sergio Reis,


com 15,6%, e em terceiro, aparece a atual
prefeita, Hilda Ribeiro, com 15,3%. Na
liderança da pesquisa de intenções de voto
em Lagarto, o deputado Ibrain de Valmir
se disse muito feliz com resultado e com o
reconhecimento da população.

Ibrain Monteiro
“Quero agradecer aos amigos que sempre
lembram do nosso nome e fazem com que
a vontade de caminhar para um futuro
melhor seja cada vez maior”. No cenário
espontâneo, o ex-prefeito Valmir Monteiro,
teve 0.9%, enquanto o pré-candidato
Flamarion, teve 0.6%, mesmo sendo sabido,
que o pré-candidato do partido de Valmir,
será seu filho, Ibrain.

Religião é essencial I
O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC)
é coautor do projeto de lei do também
deputado Samuel Carvalho (Cidadania),
aprovado essa semana na Assembleia
Legislativa, que reconhece a atividade

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 22


OPINIÃO CINFORMANDO 13/18

religiosa como essencial à população do


Estado de Sergipe em períodos de crises
ocasionadas por moléstia contagiosa ou
catástrofes naturais.

Religião é essencial II
Estamos submetidos à pandemia do novo
coronavírus (COVID-19), com muitas pessoas
infectadas e muitas vidas ceifadas. É uma
preocupação das autoridades constituídas
também sobre o risco de muitas pessoas
apresentarem sinais de depressão ao serem
submetidas ao isolamento social, para não
ficarem expostas ao contágio. Essa é uma
preocupação dos dois parlamentares.

Acesso limitado
Diante dos sucessos decretos
governamentais, desde o início da pandemia
em meados de Março que a atividade
religiosa, em caráter presencial, ficou
prejudicada porque as igrejas e demais
templos religiosos encontram-se fechados.
A proposta aprovada essa semana, permite
que os Poderes Executivo, Estadual e/ou

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 23


OPINIÃO CINFORMANDO 14/18

Municipais, ficam autorizados a estabelecer,


mediante decreto, a limitação do quantitativo
de pessoas que podem ter acesso a templos
ou outros locais de culto.

Sem conflitos
Há uma preocupação explícita no PL no
sentido que ele não prejudique a fixação de
outras normas ou medidas de biossegurança
de acordo com orientações das autoridades
sanitárias. Consta ainda no projeto que as
normas, instruções e/ou orientações regulares
que, se for o caso, se fizerem necessárias à
aplicação ou execução desta Lei devem ser
expedidas mediante atos do Poder Executivo.

Samuel Carvalho I
Ao defender sua propositura, o deputado
Samuel Carvalho aposta na sanção do mesmo
pelo governador. “A Constituição Federal
consagra em seu art. 5º, inciso VI, como
direitos e garantias fundamentais individuais
e coletivas a liberdade de consciência, de
crença e o livre exercício dos cultos religiosos
e a suas liturgias. Entendo que é dever, está

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 24


OPINIÃO CINFORMANDO 15/18

na constituição. O que deve ser determinado


pelos poderes são as medidas de segurança
e o quantitativo de pessoas, mas que
aconteçam as reuniões”, disse.

Samuel Carvalho II
O deputado relata que no Brasil a atividade
religiosa já é essencial. “Peço que o
governador Belivaldo Chagas avalie nosso
projeto de forma positiva. O presidente Jair
Bolsonaro tornou as atividades religiosas
essenciais em março deste ano. No Paraná,
Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul o
projeto já foi aprovado. Aqui em Sergipe
as atividades estão proibidas por tempo
indeterminado, violando as constituições já
citadas. Nós queremos a atividade religiosa
como essencial à população”, afirmou.

Gilmar Carvalho
Por sua vez, coautor do projeto, o deputado
Gilmar Carvalho reconhece o momento
delicado que as famílias estão passando
desde março em isolamento, muitas,
inclusive, já apresentando problemas

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 25


OPINIÃO CINFORMANDO 16/18

psicológicos. “Nós sabemos que a fé, a


atividade religiosa pode contribuir neste
momento. Eu acho que essa flexibilização é
muito importante e precisa acontecer sim!
Sabemos do grande número de pessoas,
podemos buscar limitar a quantidade,
verificar o uso de máscara, de álcool em gel,
mas com certeza é uma preocupação minha e
do colega e autor deputado Samuel Carvalho.
A ideia não é confrontar com o governo,
mas sim possibilitar para que as pessoas
exercitem sua fé no templo religioso de sua
preferência e aliviem um pouco o psicológico”.

Leilão da União I
Vem aí o 2º LEILÃO FAZENDA UNIÃO, a ser
realizado no dia 29 de agosto, com transmissão
virtual através do YouTube. O evento visa
apresentar aos parceiros o que há de melhor
no projeto de melhoramento genético da raça
Girolando, bem como ofertar bezerras, novilhas
e vacas ¾ e ½, especialmente selecionadas.

Leilão da União II
Cabe ressaltar que atualmente o Girolando

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 26


OPINIÃO CINFORMANDO 17/18

GPaixão (criador Carlos Augusto Paixão)


e a Fazenda União levam a pecuária para
destaque dentro do cenário nacional com
grande notoriedade no Ranking Nacional
das exposições oficiais da raça Girolando
2019/2020, alcançando a primeira
colocação como melhor Expositor Nacional
na categoria CCG ¾.

Carlos Augusto Santos da Paixão


“Após avaliação do controle nacional leiteiro,
ele obteve o segundo lugar na categoria de
maior média de teor de proteína do leite
e a menor média de CCS. Tais resultados
reforçam o comprometimento da empresa
com a qualidade de seus animais”, explica
o representante da Fazenda União, Carlos
Augusto Santos da Paixão.

Camila Paiva
Próxima quinta-feira (30), das 18h às 20h,
o programa “SERGIPE EM FOCO”, na ÁGUIA
DOURADA RÁDIO WEB, apresentado pela
jornalista Patrícia França, com reportagens
de Erivan Pessoa e comentários do advogado

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 27


OPINIÃO CINFORMANDO 18/18

Dr. Márlio Damasceno, estará entrevistando


a tenente-coronel do Corpo de Bombeiros
Militar do Estado de Alagoas, Camila Paiva,
que abordará o tema ASSÉDIO SEXUAL,
com maior foco para a área militar. A oficial
superior vem denunciando em suas redes
sociais casos de assédio, contando com o
apoio de diversas pessoas e instituições

Valdilene Oliveira
Participará também da entrevista a Dra.
Valdilene Oliveira Martins, advogada de família
e criminalista, que atua exclusivamente,
na assistência jurídica de mulheres em
situação de violência doméstica, e compõe
a coordenadoria de política para mulheres,
da Secretaria Estadual de Inclusão e da
Ação Social, além de palestrante, feminista
e ativista negra, e falará sobre o aumento da
violência doméstica.

CRÍTICAS E SUGESTÕES
habacuquevillacorte@gmail.com e
habacuquevillacorte@hotmail.com

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 28


1/15

POLÍTICA
ENTREVISTA EDUARDO AMORIM
FOTOS DIVULGAÇÃO

AMORIM REORGANIZA
O PSDB EM ARACAJU
E NOS MUNICÍPIOS
lNão se faz aliança apenas com
nomes e siglas. Aliança política
tem de ser de corpo, alma e ideias”

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 29


POLÍTICA ENTREVISTA 2/15

Esta semana, o editor do CinformOnline


gravou entrevista com o ex-senador Eduardo
Amorim (PSDB-SE), médico e advogado,
com larga experiência política, médica e
administrativa. Recentemente, em depoimento
do também ex-senador Magno Malta, este
último afirmou que o Brasil perdeu um dos
mais importantes senadores daquela casa,
com a saída de Amorim.

Superado na última disputa para o governo


de Sergipe, Eduardo Amorim parecia ter se
concedido um descanso, mas não é o que se vê
pelo conteúdo desta entrevista

CinformOnline - Dr. Eduardo, em 2018 nós


tivemos em Sergipe uma eleição altamente
competitiva. Os nomes mais tradicionais
para o senado eram considerados os mais
fortes. Dos 12 candidatos na disputa,
Valadares, Jackson, Rogério e André Moura
corriam na frente. Surge um fenômeno
circunstancial, Alessandro, e Rogério vence
surpreendendo a muitos especialistas. O
que houve naquela eleição para o senado?

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 30


POLÍTICA ENTREVISTA 3/15

Eduardo Amorim: Foi uma eleição


diferente, que mostrou até os equívocos das
pesquisas eleitorais realizadas, especialmente
em relação à disputa para o Senado. Tanto
é que os dois vencedores apareciam lá
atrás nas pesquisas. Porém, a população
demonstrou que a eleição é definida na
urna. E, naquele ano, o país passava por um
momento de transição, com a sociedade

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 31


POLÍTICA ENTREVISTA 4/15

descrente da política e votando, em muitos


casos, em novos nomes que se apresentaram.

O senhor disputava o governo contra um


vice, Belivaldo, que enfrentava altos índices
de rejeição, absorvidos do governador
titular, Jackson Barreto. Caso houvesse uma
união entre partidos alinhados e com visões
semelhantes de austeridade, não haveria
um alto índice de sucesso? Ou o poder de
uso da máquina – como foi indiciado por
abuso – impediria a vitória de qualquer
aliança? Vencer uma eleição em Sergipe é
muito difícil contra quem está com a máquina
na mão, exceto em casos excepcionais. Em
2018, se o grupo tivesse permanecido unido
teríamos grandes chances de vencer, mas
com o rompimento era quase impossível e
eu cheguei a dizer isso a Valadares em abril
de 2018. E o resultado da eleição comprovou
justamente isso. O candidato da situação
venceu nos dois turnos. Inclusive, no segundo
turno contou com o apoio de prefeitos,
vereadores e lideranças que nos apoiaram
no primeiro, numa clara demonstração que

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 32


POLÍTICA ENTREVISTA 5/15

a divisão da oposição só beneficiou quem já


estava no governo. O marketing da mentira
também funcionou muito bem, veja que quem
chegou para resolver já fazia parte do grupo
que causou os maiores problemas que o
Estado atravessa e já estava no poder. Grande
parte da população, infelizmente, depende do
poder público e isso já demonstra uma grande
desigualdade. Usaram os comissionados na
campanha, pavimentaram ruas de cidades
apenas durante a eleição, esses são apenas
alguns exemplos do uso da máquina.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 33


POLÍTICA ENTREVISTA 6/15

Pode falar um pouco acerca de a que


o senhor se dedicou, depois da perda da
eleição de 2018? Lembro que, certa vez,
Dr. Francisco Rollemberg me aconselhou
a quando terminasse o meu mandato não
ficasse em casa, e desse continuidade à
minha vida, voltando para minha missão
na Medicina. Jamais esquecerei esse bom
conselho. E assim eu fiz. Concluí o meu
mandato e no outro dia já estava de volta
ao trabalho no centro cirúrgico. Por onde
passei neste período, além de participar de
cirurgias, busquei o que fosse necessário
para tornar o ambiente de trabalho melhor
para todos os trabalhadores e tratar o
paciente da melhor maneira possível. Então,
continuo trabalhando para ajudar as pessoas
nos diversos centros cirúrgicos do Estado.

Dizem que se aprende mais nos


insucessos. Das lições apreendidas naquele
pleito, o que o PSDB vai evitar repetir
este ano, no que depender do partido e do
senhor? Uma das lições aprendidas e que
estamos colocando em prática é a valorização

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 34


POLÍTICA ENTREVISTA 7/15

da qualidade em detrimento da quantidade.


Aprendemos a ser mais seletivos e criteriosos.
Queremos pessoas que realmente venham
para somar, que abracem e respeitem a nossa
história e nossos projetos. Não se faz aliança
apenas com nomes e siglas. Aliança política
tem de ser de corpo, alma e ideias.

O marketing da mentira também funcionou


muito bem, veja que quem chegou para
resolver já fazia parte do grupo que causou
os maiores problemas que o Estado
atravessa e já estava no poder

Existe alguma ação em andamento para


fortalecimento do partido em Aracaju e
pelo interior do Estado? O PSDB conta
hoje com diretórios preparados em diversos
municípios sergipanos. Em Aracaju, teremos
sim uma chapa para a disputa do parlamento
Municipal, com nomes de diversos segmentos
sociais. Pessoas capazes de representar os
aracajuanos na Câmara de Vereadores.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 35


POLÍTICA ENTREVISTA 8/15

Fala-se de conversas do PSDB com


líderes de diversos partidos (Cidadania,
PSB, DC, DEM, Patriota...) para formação
de chapa majoritária para eleições de
Aracaju. O senhor confirma esses partidos,
excluiria algum, ou incluiria outros? Fomos
procurados por todos esses partidos, porque
eles entendem a importância do PSDB e
da nossa história. As conversas estão mais
adiantadas com o Cidadania. E, no cenário
atual, a tendência é que o PSDB apoie, na
capital, a pré-candidatura de Danielle Garcia,
com quem estamos conversando desde o ano
passado juntamente com Milton Andrade.
Também já tivemos conversas com o senador
Alessandro Vieira e com Dr. Emerson,
presidentes estadual e municipal do Cidadania.

Também se comenta, nos bastidores da


política, que existe a possibilidade de o
PSDB indicar o vice da delegada Danielle
Garcia. É fato que o partido sugeriu o nome
do empresário Valter Soares para compor
a chapa majoritária. Como ficaria, nesse
projeto de aliança mais ampla, o nome de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 36


POLÍTICA ENTREVISTA 9/15

Valadares Filho? Apresentamos sim o nome


de Valter Soares, que é vice-presidente do
Partido, para compor a aliança como vice,
mas não estamos impondo nada. Valtinho é
um amigo, uma pessoa que nunca exerceu
mandato político, mas que conhece muito bem
a realidade de Aracaju. Um empresário que
gera emprego e renda há mais de 27 anos aqui
em Aracaju na área do turismo. É preciso que
gente nova entre para somar a esta luta que
é de todos nós por uma cidade melhor e mais
justa. O PSDB não quer ser mero figurante e
apenas entrar com tempo de TV e recursos.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 37


POLÍTICA ENTREVISTA 10/15

Queremos participar da aliança com ideias


e projetos. Já disse a Danielle que não abro
mão do Centro de Diagnóstico por Imagem
em Aracaju. Com certeza, isso vai estar no
programa. Quanto a uma possível aliança com
Valadares, não vejo problema algum.

Lutar contra a reeleição de Edvaldo


Nogueira, com as máquinas estruturadas,
como Prefeitura de Aracaju e governo do
Estado, além da maioria das prefeituras do
interior alinhadas, e grandes empresários e
empreiteiros; mais a expressiva maioria de
deputados federais e estaduais, vereadores,
a chance de vitória não parece um sonho?
É difícil sim lutar contra quem está no poder.
Eu sei bem disso, pois enfrentei duas vezes e
senti o peso que a máquina tem. Mas é possível
vencer tudo isso! Vejo que os aracajuanos
querem uma mudança não apenas do gestor,
mas de ideias e iniciativas, já que quem está no
poder, está a frente da Prefeitura há quase 20
anos. É preciso priorizar as áreas essenciais,
principalmente a Saúde. A pandemia mostrou a
falta de preparo e sensibilidade. Como é que se

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 38


POLÍTICA ENTREVISTA 11/15

constrói um hospital de campanha sem leitos


de UTI? Preferiu jogar a responsabilidade nas
costas do governador. E olhe que é seu aliado
político. Enquanto isso, aracajuanos ficam
horas em ambulâncias do Samu à espera de
uma vaga e, quando conseguem, muitas vezes
são mandados para o interior do Estado. Isso é
desumano. Além disso, estamos vendo verba de
publicidade que era para ser usada no combate
ao Coronavírus, mas é usada para agredir
e tentar manchar a imagem de adversários
políticos, uma prática recorrente entre eles.

Dr. Eduardo, a chapa do Partido dos


Trabalhadores vem bastante fortalecida com
a unanimidade em prol do nome de Márcio
Macedo. Macedo é o nome a ser batido
para enfrentamento de Edvaldo Nogueira
num eventual segundo turno, ou o segundo
turno, se houver, é uma incógnita? O próprio
PT é dividido. Espero que Márcio Macedo
também não seja vítima da máquina pública da
Prefeitura. Mas acho que está tudo em aberto
e teremos sim um segundo turno, assim como
foi na última eleição municipal. Essa será uma

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 39


POLÍTICA ENTREVISTA 12/15

das eleições mais imprevisíveis da história.


Não teremos os tradicionais atos de campanha
por conta da necessidade de manter o
distanciamento social. As redes sociais serão
as grandes protagonistas.

Vamos mudar o foco agora para a


pandemia. Além de político experiente, o
senhor é médico e já esteve à frente da
Secretaria de Estado da Saúde. Quantos
desencontros são estes na gestão da saúde,
particularmente no nosso Estado e em
Aracaju, mas, também no âmbito federal?
A pandemia apenas escancarou os atuais

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 40


POLÍTICA ENTREVISTA 13/15

problemas da Saúde. O leito de UTI já era


coisa rara tanto nos hospitais públicos como
nos privados, especialmente aqui em Sergipe.
Foram criados novos leitos, mas ainda temos
uma deficiência enorme. Infelizmente, muitas
famílias sergipanas pagaram por isso. Tomara
que as vidas perdidas para o Coronavírus
sirvam de exemplo para que esses leitos de UTI
sejam mantidos. Quanto às ações de combate
à pandemia, vejo que falta sintonia entre os
três governos. É preciso dar um norte, alinhar
os discursos e iniciativas. Não ter um Ministro
da Saúde efetivo, um condutor num momento
como este parece não valorizar o bem maior
que nós temos, que é a vida. Sinto falta
também de mais transparência do governo e
da prefeitura, mais diálogo com a população.

Qual desastre é o mais relevante nessa


tragédia em dois atos (um sanitário e outro
econômico), na visão do médico, do político
e do cidadão Eduardo Amorim? Acredito
que é preciso ter bom senso e equilíbrio no
enfrentamento à pandemia, mas a vida é a
prioridade. É o nosso bem maior. A economia

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 41


POLÍTICA ENTREVISTA 14/15

a gente recupera, mas vida só temos uma.


Por isso, neste momento, o melhor de todos
os remédios é o distanciamento para não
espalhar a contaminação. Mas, se tivermos
equilíbrio, é possível cuidar da Saúde e manter
a economia e os empregos. Enquanto médico
que tem atuado na linha de frente, vejo que
após a pandemia teremos que enfrentar um
grande problema, que é a fila de cirurgias
eletivas e a fila de desempregados também.
Foram muitos procedimentos adiados,
mantendo apenas os de urgência, como as
cirurgias cardíacas. A preocupação é como
o SUS será preparado para atender essa
demanda reprimida. Esse será um dos maiores
desafios da Saúde Pública.

Dr. Eduardo, o senhor foi autor de um


amplo abaixo-assinado em defesa da
malsucedida construção do Hospital do
Câncer de Aracaju. Por outro lado, não
parece ter havido uma fiscalização séria
na aplicação de recursos do Proinvest e
do Prodetur. Inclusive, algumas, ou muitas
obras parecem estar nas matrizes de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 42


POLÍTICA ENTREVISTA 15/15

investimento dos dois projetos. Sergipe é


um paraíso de impunidade? Acredito que
essa seja a sensação de muitos sergipanos
quando se perguntam pelos benefícios que
o Proinvest e o Prodetur proporcionariam.
Lembro do quanto fomos atacados diariamente
por fazer uma oposição responsável e cobrar
do Governo do Estado a especificação de onde
seriam utilizados os recursos do Proinvest,
um empréstimo (que teremos que pagar) de
mais de meio bilhão de reais. Cadê as obras?
Hoje os sergipanos entendem que estávamos
apenas cobrando transparência. Em relação ao
Hospital do Câncer, o dinheiro está na conta há
quase 10 anos. Foi em 2011 que conseguimos a
primeira emenda e o Governo do Estado tem na
sua conta quase R$ 100 milhões para construir
esse hospital. Vejam quanto tempo se passou
e nada se fez, infelizmente. Quantas pessoas
com câncer estão no Huse quando poderiam
ter um hospital específico para realizar seu
tratamento. Seguirei lutando como eu puder
para que o Hospital do Câncer de Sergipe seja
construído um dia aqui, ou em Lagarto, que
também foi uma iniciativa nossa.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 43


POLÍTICA 1/6

André Barros
PANORAMA

CAIXA PAUSA
CONTRATOS
A partir desta segunda-feira, 27, a Caixa
oferece a possibilidade de ampliação
da pausa nas prestações dos créditos
habitacionais do Programa Minha Casa
Minha Vida (Faixas 1,5, 2 e 3) e do Sistema
Brasileiro de Poupança e Empréstimos
(SBPE) para um período de até 180 dias.

Os clientes pessoas física e jurídica que


já tiveram a pausa temporária de 120 dias
concluída poderão prorrogar o prazo por

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 44


POLÍTICA 2/6

mais 60 dias. Quem ainda não optou por


essa alternativa também poderá solicitar a
pausa de 180 dias.

Para as empresas, a opção de pausa é


válida para os financiamentos à produção de
empreendimentos e para os financiamentos
de aquisição e construção de imóveis
comerciais (modalidade individual). As
opções de pagamento parcial dos encargos
ou carência também serão estendidas
para até 180 dias, porém não poderão ser
utilizadas em conjunto com a pausa.

Até o momento, mais de 2,4 milhões de


mutuários já solicitaram a pausa na prestação
habitacional. A CAIXA já registrou mais de
2,1 milhões de solicitações pelo aplicativo
Habitação CAIXA, além de cerca de 170 mil
atendimentos pelo telesserviço.

Durante o período de pausa, o contrato


não está isento da incidência de juros
remuneratórios, seguros e taxas. Os valores
dos encargos pausados são acrescidos ao

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 45


POLÍTICA 3/6

saldo devedor do contrato e diluídos no prazo


remanescente. A taxa de juros e o prazo
contratados inicialmente não sofrem alteração.

BANESE TAMBÉM SE SOMA


Desde o início da pandemia do novo
coronavírus, o Banco do Estado de Sergipe
já suspendeu 84 milhões de reais em
contratos de financiamentos imobiliários.
A medida foi adotada para ajudar clientes
no enfrentamento dos efeitos sociais e
econômicos da pandemia. Desde abril,
o banco anunciou a possibilidade de
suspensão do pagamento das parcelas de
financiamentos imobiliários por 120 dias.

Até o primeiro semestre de 2020, o banco


já concedeu 334 solicitações de clientes
que buscaram a suspensão. Para conseguir
basta acessar o site www.banese.com.
br, selecionar a opção FBanking no menu
destaque e entrar no canal relacionamento
on line. No atendimento virtual é possível
ainda solicitar outros serviços como resgate
de aplicação financeira, abertura de conta

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 46


Reformamos e estendemos a promoção dos pacotes para
até o final do ano. Lembramos ainda que o nosso expediente
externo é das 8 às 14 e, nos sábados das 9 às 12.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 47


ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 48
POLÍTICA 4/6

salário, liquidar empréstimos, renegociar


dívidas, sustar e cancelar cheques, entre
outras necessidades. O cliente também
pode agendar resgate de cheques, saque de
alvará judicial, entrega de cartão magnético,
redefinição de contra senha (senha de
letras) e muito mais.

HOSPITAL DE CIRURGIA
Focado em oferecer mais conforto e
dignidade aos seus pacientes, o Hospital de
Cirurgia entregou uma nova ala de Unidade
de Terapia Intensiva (UTI) – totalmente
moderna, equipada e humanizada -,
com 10 leitos, sendo um de isolamento.
Transformada de Enfermaria para UTI e
integrante do plano de reestruturação do
Hospital de Cirurgia, a ala foi reformada
com recursos próprios do hospital. As
obras duraram três meses e incluíram a
reforma de toda estrutura, do piso ao teto,
disponibilizando pontos de hemodiálise para
todos os leitos. Os diretores do hospital,
Márcia Guimarães e Rilton Moraes, estão de
parabéns por mais essa conquista.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 49


POLÍTICA 5/6

PNAD COVID
Entre o início de maio e a primeira semana de
julho, o país perdeu 2,1 milhões de ocupações,
segundo a Pnad Covid, pesquisa desenvolvida
pelo IBGE para mensurar os efeitos da pandemia
do coronavírus sobre o mercado de trabalho e a
saúde dos brasileiros. Com isso, o percentual de
pessoas ocupadas entre a população com idade
de trabalhar chegou ao menor nível da série
histórica, em 48,1% na semana de 28 de junho
a 4 de julho, contra 48,5% na semana anterior e

BAIXE NOSSO JORNAL


DIRETAMENTE DO SITE:
www.cinform.com.br/edicoes

Todas as notícias do
CINFORM na palma da
sua mão, a qualquer hora,
em qualquer lugar

A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 50


POLÍTICA 6/6

49,4% no início de maio. Na primeira semana de


julho, a população ocupada somava 81,8 milhões,
contra 83,9 milhões de 3 a 9 de maio, início da
série histórica da pesquisa. Na última semana de
junho, os ocupados eram 82,5 milhões.

CANDIDATOS EM AGOSTO
A Rede Sustentabilidade deve apresentar
os seus pré-candidatos a vereador em Aracaju
no início de agosto. A informação é do pré-
candidato a prefeito, Henri Clay Andrade, que
também garante que a partir do próximo mês
o partido pretende começar a discutir alianças
para as eleições municipais deste ano. “De abril
até agora estamos organizando os diretórios.

Em julho organizamos a chapa, que vai contar


com 36 pré-candidatos e a partir de agosto vamos
discutir coligação com os partidos que temos
afinidade ideológica, buscando a viabilidade
política de uma candidatura a prefeito, que deve
ser homologada até o dia 16 de setembro, que
é o prazo final para as convenções. Uma futura
candidatura majoritária em Aracaju é prioridade
nacional do partido”, destacou Henri Clay

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 51


POLÍTICA 1/2

GILMAR CONFIRMA
APOIO A DANIELLE
GARCIA NA ELEIÇÃO
MUNICIPAL
O deputado estadual e radialista, Gilmar
Carvalho, anunciou em suas redes sociais,
apoio à pré-candidatura da delegada Danielle
Garcia à Prefeitura de Aracaju. Gilmar, que
sempre apareceu muito bem nas pesquisas de
intenção de voto, não poderá disputar a eleição
por questões partidárias.

O radialista decidiu, então, manifestar seu


apoio à pré-candidatura do Cidadania. “A
delegada Danielle Garcia representa o que
Aracaju precisa nesse momento para uma
virada na sua história. Sua coragem permitirá
fazer as mudanças que precisam ser feitas; seu

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 52


POLÍTICA 2/2
DIVULGAÇÃO

compromisso com o combate à


corrupção guiará seu mandato;
e o povo aracajuano voltará
a ter uma liderança que se
preocupa com o povo, não com
partidos e conchavos”, disse
Gilmar Carvalho.

Danielle Garcia também se manifestou


em suas redes sociais. “Recebo com muita
responsabilidade, porque sei o que representa
ter Gilmar ao nosso lado nessa caminhada”,
disse. Os dois estarão juntos para falar desse
apoio em lives pelas suas redes sociais.

Para o presidente do Cidadania de Aracaju,


Dr. Émerson, a eleição municipal de 2020 é
uma grande chance para que a cidade inicie um
novo tempo. “Um tempo em que as pessoas
e partidos se unam de verdade pelo bem da
cidade e dos aracajuanos. A política é feita com
diálogo e pluralidade, e é isso que o Cidadania
está buscando. Vamos formar uma frente ampla
e com base sólida em princípios e valores que
devem nortear a política sempre”, enfatizou.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 53


GERAL 1/8

GERAL

SENAC SERGIPE
PROMOVE APOIO A
EMPRESÁRIOS DO
SEGMENTO DE BELEZA
Como os profissionais do segmento de
beleza podem se reinventar e aprimorar
suas profissões em meio ao período de
pandemia? Quais possibilidades existem
neste momento e quais estratégias o
empresário do ramo de beleza pode usar
para estar próximo aos seus consumidores
e consolidar ações que podem contribuir
no pós-crise? Estas foram algumas das
discussões abordadas no webinário “Beleza
em tempos de pandemia”, promovido
pelo Senac Sergipe nos dias 20 e 21 de
julho, que foi transmitido por meio da

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 54


GERAL 2/8
FOTOS DIVULGAÇÃO

plataforma Microsoft Teams.


Entre os palestrantes
houve antropólogos,
pesquisadores,
empreendedores do
segmento e também
instrutores do corpo
docente da instituição.

De acordo com a analista do Centro de


Formação Profissional do Senac e uma das
responsáveis pela organização do evento,
Angélica Carpejani, a ideia foi “disseminar
conhecimento e possibilitar a participação do
maior número possível de pessoas que atuam no
segmento beleza, com intuito de trazer reflexões
e apresentar estratégias que possam ajudar o
segmento a enfrentar o momento atual”.

Para a diretora regional do Senac, Priscila


Felizola, o evento foi de extrema importância
para mostrar outras possibilidades como forma
de ajudar no segmento beleza. Ela citou ainda
que o Senac começou recente os cursos com
600 vagas gratuitas para a qualificação de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 55


GERAL 3/8

profissionais de quatro áreas das atividades de


comércio e serviços nos cursos de prevenção e
combate a COVID nas atividades de hotelaria,
beleza e estética, comércio varejista de lojas e

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 56


GERAL 4/8

serviços de alimentação. “Com


isso, o Senac cumpre mais
uma vez seu papel de formador
profissional, atendendo aos
trabalhadores, qualificando-
os neste momento complexo
que a economia está vivendo”,
acrescentou Priscila.

PALESTRAS E TEMAS
IMPORTANTES
Durante os dois dias do evento, os
participantes tiveram acesso a conteúdos de
grande importância tanto para o negócio do
empreendedor do segmento de beleza, quanto
para o engrandecimento do profissional
em si. “Os temas das palestras foram de
suma relevância para contribuir com o
conhecimento e despertar o repensar sobre
as atitudes de um novo olhar para enfrentar
a crise. Os palestrantes foram muito felizes
na metodologia utilizada para compartilhar
as informações”, ressalta Marileide Martins,
analista de Processo Educacional do Núcleo
de Desenvolvimento e Implementação

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 57


A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

IMPORTANTE
Para ler e navegar melhor no seu
jornal CINFORMONLINE digital, instale
a versão gratuita do Adobe Acrobat Reader,
acessando o Play store ou Apple store
do seu celular, table ou computador.

TOQUE NOS ÍCONES ABAIXO E FAÇA O DOWNLOAD

Receba o seu jornal CinformOline


digital GRÁTIS toda semana através
do WhatsApp, às segundas-feiras

CLIQUE AQUI E
CADASTRE-SE
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 58
GERAL 5/8

Educacional do Senac Sergipe.


Entre as palestras do dia 20, houve a
do antropólogo e sociólogo Wellington de
Jesus Bonfim, que abordou debates acerca
de como lidar com a própria aparência em
tempos de pandemia e trouxe a reflexão a
todos acerca de um novo olhar para a beleza,
além dos pincéis e do make-up, bem como da
empreendedora Isabele Ribeiro, que discutiu
acerca de suas experiências em marketing
digital, incentivando o público a perceber
que, no momento atual, o marketing deixa
de ser uma possibilidade e passa a ser uma
realidade. “Tivemos também a Jeisiane Matos,
instrutora do Senac e empreendedora no
segmento beleza, trazendo em sua palestra
a expertise de como está lidando com o
sequestro da rotina, a sua interrupção no
segmento beleza e o que é preciso para se
reinventar no segmento”, acrescenta Angélica.

Já no dia 21, foi a vez da bióloga e também


empreendedora do segmento de cosméticos
Ingrid Mendes Guimarães, que discorreu sobre
a importância do consumo consciente dos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 59


GERAL 6/8

produtos cosméticos de forma sustentável.


Após ela, veio o instrutor Marco Antônio
Gonçalves, do Senac-SE, trazendo dicas
de como controlar as finanças de um salão
de beleza. Por fim, a nutricionista Larissa
Monteiro falou sobre a importância de uma
alimentação saudável e os benefícios para o
bem estar e a saúde corporal.

REAÇÕES POSITIVAS
Na visão dos organizadores, o evento
alcançou o objetivo esperado. “A execução
foi bastante positiva, visto que os
participantes prestigiaram os dois dias,
do início ao final do evento e retribuíram
com elogios e agradecimentos. Fato este
bastante significativo, já que as ações estão
sendo elaboradas justamente para alcançar
os segmentos mais afetados”, destaca
Marileide, enquanto que Angélica considera
que “o evento atingiu as expectativas,
no ponto de vista que houve interação e
compartilhamento de conhecimentos que
foram favoráveis para a vida pessoal e
profissional dos participantes”.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 60


GERAL 7/8

Os palestrantes também avaliaram


de maneira bastante positiva a iniciativa
do webinário. “Na atual conjuntura em
que estamos, o webinário foi de grande
relevância para os profissionais e público
em geral. Tendo em vista que os assuntos
abordados estavam atrelados as dificuldades
desse período instável, contribuindo para
a capacitação e motivação de diversos
profissionais do segmento de beleza”,
comentou Jeisiane Matos.

“Foi importante participar do evento, pois o


tema é relevante é atual, o tempo adequado
a nova realidade, e principalmente, o modelo
de realização também condiz com o cenário
em que estamos vivendo”, diz o instrutor
Marco Antônio Gonçalves, que considera
a participação no evento muito positiva.
“Possibilitou a discussão de um assunto
considerado como secundário para diversos
empresários do segmento de beleza, a “saúde”
financeira das empresas e seus impactos.
Espera-se que esse evento possibilite uma
mudança de paradigma, que possa contribuir

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 61


GERAL 8/8

com os participantes para fomentar uma


visão de forma diferenciada para a gestão do
negócio de forma mais integral”.

Já para quem participou do evento, o


feedback foi bastante positivo. “A todos que
contribuíram de forma direta ou indireta para
esse espetáculo acontecer de forma tão leve
e produtiva, meus agradecimentos. Vocês são
demais!”, frisa a empreendedora Gardênia
Alves. “Parabéns pelo ciclo de palestras,
foi esclarecedor e empolgante”, ressalta a
também empreendedora Valéria Resende.

Receba o seu jornal CinformOline


digital GRÁTIS toda semana através
do WhatsApp, às segundas-feiras

CLIQUE AQUI E
CADASTRE-SE
A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 62


GERAL 1/3

MESA BRASIL DISTRIBUI


CARTÕES-ALIMENTAÇÃO
PARA INSTITUIÇÕES EM
PARCERIA COM O CARREFOUR
Seguindo os trabalhos de combate à
insegurança alimentar das pessoas em
Sergipe, o Mesa Brasil Sesc, programa do
Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, que
assiste mais de 60 mil famílias em Sergipe,
com ações de combate à fome, realizou a
distribuição de cartões de ticket alimentação
para pessoas assistidas por instituições
beneficentes do estado.

O Sesc recebeu 813 cartões de ticket


alimentação com R$ 100 cada em crédito
para compra de alimentos, fornecidos pelo
Grupo Carrefour, que estão sendo distribuídos
entre instituições que atendem famílias em
situação vulnerável, conforme orientação do
Departamento Nacional. Uma das instituições

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 63


GERAL 2/3
FOTOS DIVULGAÇÃO

contempladas foi o
Grupo Mulheres de
Peito, que atende
mulheres com câncer
em Sergipe, que
recebeu 78 cartões
para entregar às
mulheres portadoras
de câncer auxiliadas
Aline Souza valorizou a iniciativa
pela instituição. da distribuição dos cartões

A presidente do Mulheres de Peito, Aline


Souza, valorizou a iniciativa da distribuição
dos cartões, que chegam em um momento
importante para ajudar as famílias das
mulheres no tempo de pandemia.

Gilvânia Santana, portadora de câncer,


agradeceu a iniciativa e disse que o ticket
alimentação será importante para ela nesse
momento. A coordenadora do Mesa Brasil
Sesc, Jaqueline Lima, destacou que as ações
de combate à fome e insegurança alimentar
estão ajudando os sergipanos nesse
momento difícil de pandemia e valorizou

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 64


GERAL 3/3

Uma das instituições contempladas foi o Grupo Mulheres de Peito

a parceria entre o Carrefour e o Sistema


Fecomércio, por meio do Mesa Brasil.

A diretora regional do Sesc, Aparecida


Farias, afirmou que nesse momento difícil
de pandemia só tem a agradecer. “Muita
gratidão ao Carrefour pela parceria firmada
com o Sesc por meio do Departamento
Nacional e ao nosso presidente do
Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Laércio
Oliveira, que tem se empenhado, cada
vez mais, para ajudar de alguma forma as
instituições que necessitam”, enfatizou.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 65


GERAL 1/4
FOTOS DIVULGAÇÃO

Equipe do Sesc LER entrega mais kits pedagógicos em Indiaroba

SESC LER
ENTREGA MAIS
KITS PEDAGÓGICOS
EM INDIAROBA
A preparação dos estudantes para o futuro
é uma das missões do Sistema Fecomércio/
Sesc/Senac de Sergipe. Para garantir a
continuidade do aprendizado e combate ao

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 66


GERAL 2/4

analfabetismo na cidade de Indiaroba, o Sesc


efetuou a distribuição de kits pedagógicos
para os alunos da unidade Sesc LER, localizada
na cidade. O material distribuído contempla
atividades de educação, saúde, cultura e lazer,
para que os alunos pratiquem em casa.

Desde a chegada do Sesc LER em


Indiaroba, há 12 anos, foi iniciada uma
cruzada de combate ao analfabetismo da
população da região. O Sesc transformou a
vida de milhares de pessoas entre crianças,
jovens, adultos e idosos em Indiaroba, tirando
a cidade do pior nível de alfabetização do
estado, colocando-a em níveis mais elevados
de qualidade de educação.

Os kits pedagógicos têm sido distribuídos


pelo Sesc em Indiaroba quinzenalmente, para
os alunos dos programas de Alfabetização
de Jovens e Adultos (AJA), Trabalho Social
com Jovens (TSJ), Programa de Habilidade
de Estudo (PHE) e curso Território do Saber.
A diretora regional do Sesc, Aparecida Farias,
destacou que o trabalho do Sesc segue em

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 67


GERAL 3/4

continuidade para evitar o


lapso no tempo educacional
dos assistidos durante a
pandemia. “A pandemia
criou dificuldades para
as pessoas seguirem seu
processo de aprendizado.
Contudo, o Sesc não parou e
Jacielma Batista, aluna
elaborou planos para garantir no Aja, agradece ao
o continuísmo do trabalho Sesc por hoje saber
ler e escrever
de educação. Sabemos o
quanto a educação é importante na vida das
pessoas e como ela transforma realidades
para melhor. O Sesc é isso, um instrumento
de desenvolvimento socioeducacional que
promove a melhoria nas vidas das pessoas e em
Indiaroba temos o compromisso de elevar os
índices educacionais da população”, comentou.

A dona de casa, Jacielma Batista, aluna


do AJA contou como o Sesc foi importante
para lhe dar dignidade por meio da
leitura e querendo que as aulas voltem a
ser ministradas. “Entrei no Sesc no ano
retrasado, não sabia ler, nem escrever, não

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 68


GERAL 4/4

fazia nem meu


nome. Hoje,
escrevo meu
nome todo, sei
ler as palavras
e só tenho a
agradecer ao
Sesc. E estou
rezando para
que logo em
breve volte”.

Maria Luíza, Eu me diverti muito com meus


amiguinhos e minha família com
aluna do PHE, essas atividades, diz Maria Luiza
moradora do
assentamento Chico Mendes, agradeceu o
recebimento do kit pedagógico, enviando um
vídeo para os professores. “Quero agradecer
a todos os professores e à coordenação
do Sesc, muito obrigada por todas essas
atividades que vocês mandaram. Eu me
diverti muito com meus amiguinhos e minha
família com essas atividades. Gostei muito
de tudo para poder fazer em casa, mas estou
com saudade das aulas”.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 69


GERAL PROPAGANDA & NEGÓCIOS 1/7

PROPAGANDA & NEGÓCIOS

Nathalie Fontes
PUBLICITÁRIA

O MELHOR MOMENTO
PARA MUDAR É NA CRISE
Durante a pandemia, 59% das Pequenas e
Médias Empresas - PMEs tiveram os pedidos
de empréstimos negados. Altamente afetadas
pela crise, elas se reinventaram para sobreviver
ao coronavírus.

Enquanto a pandemia continua no Brasil,


diversos empresários tiveram que realizar
adaptações nos negócios. Foi o caso de
restaurantes que mudaram o serviço para
atender a domicílio. A crise atingiu companhia

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 70


GERAL PROPAGANDA & NEGÓCIOS 2/7
FOTOS DIVULGAÇÃO

de todos os portes, porém sabemos que as


pequenas empresas foram as mais afetadas
durante o isolamento social.

De acordo com um estudo feito pelo SEBRAE


com 6.080 empresas, 59% das PMEs precisaram
interromper o funcionamento temporariamente
e 3,5% fecharam as portas de vez durante a
quarentena. Além disso, 85% viram o faturamento
mensal despencar. Os dados são preocupantes, já
que 99% dos 6,4 milhões de empresas no Brasil
são PMEs, segundo informações do SEBRAE.

As pequenas e micro empresas também


respondem por 30% do produto interno

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 71


GERAL PROPAGANDA & NEGÓCIOS 3/7

Não é o mais forte que sobrevive, nem o


mais inteligente, mas o que se adapta às
mudanças”. Leon Megginson

bruto (PIB) nacional e são responsáveis por


metade dos empregos formais, segundo
o SEBRAE e a Fundação Getúlio Vargas
(FGV). O que fazer? Chegou a hora de
pensar em outras soluções para o negócio.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 72


GERAL PROPAGANDA & NEGÓCIOS 4/7

Inovar e agir rapidamente são ações


primordiais para a sobrevivência durante
uma crise. Empresas sergipanas como,
Delicatessen Regina, Central de Pescados
e Gonzaga Supermercado tiveram que se
reinventar e elaborar um novo modelo de
atendimento.

Além dessas, outras diversas empresas


tiveram que recorrer ao digital para manter
os negócios. No Brasil, em mais de dois
meses, 107.000 novos estabelecimentos
foram criados na internet. Antes da
pandemia a média era de 10.000 sites por
mês, segundo dados da Associação Brasileira
de Comércio Eletrônico (Abcomm).

Se toda crise traz um aprendizado, pare


agora e repense diariamente seu negócio.
Em época de crise, crie! Faça como essas
empresas que estão vendendo on-line,
otimizando os serviços de entrega e
atendendo via WhatsApp.

Não tem volta, é preciso se reinventar!

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 73


GERAL PROPAGANDA & NEGÓCIOS 5/7

SEXTA-FEIRA VERDE
NA REGINA DELICATESSEN
Diariamente a Regina Delicatessen envia
via WhatsApp o comunicado sobre seus
produtos, com informações sobre saída
das fornadas de pão, cardápio de almoço e
diversas promoções. A novidade da semana
é a Sexta-Feira Verde.

Você pode conferir tudo via instagram @


reginadelicatessen ou solicitar seu pedido
via whatsapp no número 79 9 99894-4268.
Parabéns a Sônia e toda equipe da Regina.

CINEMA NO CARRO –
EM BREVE, NO SHOPPING RIOMAR
Algumas pessoas já enviaram mensagem
e querem saber mais sobre essa grande
novidade. Em breve, no Shopping Riomar,
Aracaju terá o Drive-in da Rede Centerplex,
o projeto está sob a tutela da Publimídia e
as negociações com anunciantes e parceiros
estão a todo vapor. Quer anunciar a marca
da sua empresa? Entre em contato no 79 9
9151-2227. Aguardem!

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 74


GERAL PROPAGANDA & NEGÓCIOS 6/7

MULTINACIONAIS E GRANDES
EMPRESAS QUE DESENVOLVERAM
AÇÕES PARA PMES

GOOGLE
A companhia criou um projeto de mentoria
online que oferece orientações para
empresários sobre vendas online, finanças,
contabilidade, inteligência emocional,
inovação, modelos de negócios, apoio
jurídico e marketing digital.

MAGAZINE LUIZA
Criou uma plataforma digital de vendas
grátis, com acesso a todo o catálogo
de produtos do Magazine Luiza, para
ajudar autônomos, micro e pequenos
comerciantes.

FACEBOOK
Capacitação para consultores do
SEBRAE no Facebook, Instagram,
Messenger e WhatsApp Business. Os
treinamentos serão disponibilizados nos
canais do SEBRAE por meio de vídeos.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 75


GERAL PROPAGANDA & NEGÓCIOS 7/7

Envie sua opinião sobre o que está achando


da coluna, aguardo suas sugestões.
Converse comigo no 79 9 8115-2779 ou pelo
instagram @nathaliefontes

Que sua semana seja abençoada!

“Não vos conformeis com este mundo,


mas transformai-vos pela renovação do vosso
espírito, para que possais discernir qual é a
vontade de Deus, o que é bom, o que lhe agrada
e o que é perfeito.” (Romanos 12, 1-2)

lNathalie Fontes – é graduada em Publicidade e Propaganda pela UNIT, atua


na área há mais de 10 anos. Seu propósito é auxiliar empresas e pessoas a terem
mais resultados unindo estratégias de gestão da inovação em negócios com
marketing digital e produtividade.

Receba o seu jornal CinformOline


digital GRÁTIS toda semana através
do WhatsApp, às segundas-feiras

CLIQUE AQUI E
CADASTRE-SE
A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 76


GERAL 1/6

Dr. EDUARDO RIBEIRO

AUDITORIA FISCAL, PRAZOS


DE CONCLUSÃO E A NULIDADE
DO AUTO DE INFRAÇÃO
Por AILTON NUNES JUNIOR

Quando da realização dos procedimentos


referentes às auditorias fiscais, o Fisco não
poderá penalizar o contribuinte com a análise
ad eternum de sua situação tributária.

O lapso de tempo que separa o início


da fiscalização e seu fim, eventualmente

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 77


GERAL OFICINA DE ADVOCACIA 2/6

dando origem a autos de infração, não


poderá transbordar os prazos legalmente
previstos para tanto, pois o termo final do
procedimento fiscalizatório não fica ao
alvitre dos auditores fiscais, que devem se
subsumir aos lindes jurídicos.

E assim o é porque o art. 196, caput, do


CTN, aplicável subsidiariamente aos demais
textos fiscais – dentre os quais o Decreto n.º
70.235/72 – impõe a existência do dies a quo
para o fim da fiscalização. Observe-se que o
art. 7.º, § 2.º, do Decreto 70.235/72, limita a
120 (cento e vinte dias) o prazo para que os
trabalhos de auditoria sejam concluídos:

Art. 7.º, § 2.º, Decreto 70.235/72: “Para os


efeitos do disposto no § 1º, os atos referidos
nos incisos I e II valerão pelo prazo de
sessenta dias, prorrogável, sucessivamente,
por igual período, com qualquer outro ato
escrito que indique o prosseguimento dos
trabalhos. (destaques nossos)

Também em observância ao mandamento

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 78


GERAL OFICINA DE ADVOCACIA 3/6

da Lei Geral de Exações, advem a cabeça


do art. 253 do CTM de Aracaju, que fixou
o prazo máximo de 60 (sessenta) dias,
prorrogável por igual período, para que se
findem os estudos dos fiscais.

De forma diversa, aliás, não poderia


dispor a lei, pois a fiscalização tributária,
além de influir diretamente na rotina do
contribuinte – recomendação de diversos
documentos, como livros contábeis e
notas fiscais, além da presença física dos
auditores nas sedes comerciais – quando
demasiadamente demorada, deságua em
agressão ao princípio da segurança jurídica.

Resta, assim, salientar a necessidade de


que haja respeito ao aludido vértice ontológico,
o que implica dizer que se deve assegurar
a prevalência, concreção e estabilidade dos
direitos subjetivos. Vejamos o que leciona José
Afonso da Silva (2002, p. 431-432)

A segurança jurídica consiste no ‘conjunto


de condições que tornam possível às pessoas

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 79


GERAL OFICINA DE ADVOCACIA 4/6

o conhecimento antecipado e reflexivo das


consequências diretas de seus atos e de
fatos à luz da liberdade reconhecida’.

Para primazia da segurança jurídica,


deverão os auditores fiscais, no prazo de
120 (cento e vinte dias) dias, realizar os
levantamentos necessários à fiscalização,
analisar os dados colhidos, coletar as
razões do contribuinte, confrontar os dados
levantados com as palavras do fiscalizado e,
após, finalizar a fiscalização com a lavratura do
auto, caso achem necessário, sem que, entre o
início e o fim dos trabalhos, deixem transcorrer
longos lapsos de tempo.

Tudo para que o contribuinte, durante a


fiscalização, não labore sob clara coação
psicológica de, por qualquer razão, ser
pechado de infrator.

Por certo que a dilação dos prazos para


que os trabalhos dos fiscais chegassem a
termo gera no contribuinte flagrante e grave
noção de insegurança, de intranquilidade. E

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 80


GERAL OFICINA DE ADVOCACIA 5/6

isto não apenas pelo longo período no qual


se vê como alvo de fiscalização realizada pelo
gigantismo estatal, mas também por não lhe
ser transmitida a necessária transparência
dos atos, tendo em vista as constantes idas e
vindas dos trabalhos da auditoria.

Tudo sem se deixar à margem os


constitucionais princípios da razoabilidade e
da proporcionalidade.

Na medida em que os auditores do Fisco,


ao seu alvedrio, permanecem no exercício da
fiscalização durante o período que entendem
necessário, sem sequer se ligar ao prazo
legal de finalização, há agressão à letra da
lei. Tal atitude não se mostra razoável nem
proporcional, à luz da cátedra de HELENILSON
CUNHA PONTES (2000, p. 69-70):

A proporcionalidade em sentido estrito


(...) é fruto de inúmeras dissensões
terminológicas, sendo também denominada
de conformidade, (...) ou simplesmente
razoabilidade (...). Na essência, todas essas

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 81


GERAL OFICINA DE ADVOCACIA 6/6

acepções consubstanciam a necessidade de


que a relação entre o meio adotado e o fim
perseguido seja conforme e proporcional.
(...) A relação entre o meio adotado e o fim
com ele perseguido revela-se proporcional
quando a vantagem representada pelo
alcance desse fim supera o prejuízo
decorrente da limitação concretamente
imposta a outros interesses igualmente
protegidos prima facie.

N este cenário, o prazo legal de duração


da fiscalização revela-se de cabal relevância
a todo o procedimento administrativo
tributário, de modo que a sua inobservância
gera a nulidade do auto de infração, que
nasce maculado por vício insanável e
intransponível, ao que os contribuintes
alvos de fiscalização devem se atentar e
buscar, administrativa ou judicialmente, a
nulificação do auto eventualmente lavrado.
lDr. Eduardo Ribeiro - Advogado, Sócio do escritório
Eduardo Ribeiro Advocacia e da ADVOGAR, Oficina de Advocacia.
eduardoribeiro@eradvocacia.com.br – aeduardoribeiro@gmail.com

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 82


GERAL 1/5

Roberto Wagner

As Rimas
do Viver!
Quem nunca se arriscou a fazer uma
combinação de palavras que pudesse
propiciar uma sonoridade e, ao mesmo
tempo, conduzisse a algum entendimento
ou conexão de sentidos? Como simples
símbolos de nossa linguagem podem
conotar uma compreensão que nos faça
viajar pelo universo da nossa mente e
planar nos céus multifacetados de nosso
espírito? O mais curioso é que essa

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 83


GERAL 2/5

imersão se dá sem que nos desliguemos da


realidade posta e, ainda assim, possamos
reverberar nossos anseios e chegarmos a
entendimentos profundos.

A literatura, a arte da palavra, nos revelou


quão rica pode ser essa combinação de
palavras, que por muitas vezes não carrega
uma sonoridade fonética, mas estabelece
vínculos interiores. Ela proporciona que
nossos sentidos se agucem, desde o suspirar,
até os sorrisos largos, às expressões
corporais, ao acelerar da pulsação que
estremece o tato e ao verter dos olhos
perante a inconteste emoção. A evidência da
força das palavras é latente. A imagem “pode
falar mais do que mil palavras”, uma palavra
representar milhões de imagens.

Envoltos pelo chavão de que a “vida imita a


arte” e vice-versa; na cadência do compasso
da vida é perceptível que o cotidiano clama
por rimas. Há uma busca pela consonância,
algo que não destoe, onde haja uma
concatenação para além dos sentidos, mas

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 84


GERAL 3/5

que se possa converter a arte em realidade


perene. Os verbos, núcleos de nossas
orações, consagram os encadeamentos
na mesma proporção que marcam nossa
memória e reavivam nossas lembranças.

O poema, o excerto e a prosa são a


representação do que se experimentou,
sonha e almeja, ou a vida que concedeu
a benesse de a registrarmos em códigos,
quase que como uma criptografia da alma?
Quando a “senha” é correta o cofre é aberto,
o acesso é permitido e se pode revelar o
âmago da essência. Mas não é tão simples
como pode parecer!

As rimas do viver são a eclosão dos


intentos dos verbos que nos valemos para
representar nossa alma na condução de
nossos dias. Quem os decifra ou criptografa
são aqueles a quem foi lhes dado o dom de
converter a dádiva primeira em múltiplos
dons, os quais lhes são espécie. Podemos
passar, mas os códigos e os registros a
que eles se dirigem perduram. Por isso,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 85


GERAL 4/5

os poetas, escritores e literatos podem


gozar da existência para além do título
da imortalidade; eles podem “ressuscitar
os vivos”, co-criar sonhos e estabelecer
elos que fazem brotar jardins em meio aos
desertos de nosso íntimo.

Muitos já enunciaram e presenciaram:


“amor e dor”; “sorrir e partir”; “matar e
perdoar”; “trair e repetir”; “cantar e calar”;
“sofrer e subverter”; “odiar e salvar”...
Exemplos de rimas que parecem tão óbvias
na sua composição, mas que na presença
imanente arcam com uma pluralidade
de significâncias. O que mais se requer:
sentido! Tem que fazer, ser, conotar e
denotar sentido, pois ainda que não venha a
carrear a confluência de sons, ao menos nos
colime em suas dissonâncias a sentimentos
harmônicos, compreensíveis, resolutos,
estáveis...

Os substantivos também rimam, eles


trazem à materialidade, fazem emergir
as substâncias que provém do nosso ser.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 86


GERAL 5/5

Nas ações do verbo viver, muitos outros


também adjetivam, os quais não são da
mesma conjugação, no entanto com ele
comungam. Na escola da vida a rima está
alem do juízo de valor que se prega. Seja ela
pobre, rica, majestática, plebeia, satificante
ou condenatória! Consagremos em versos e
que se dê “Continuidade”:

“E se fez passo, pois cada ato deslindou o


caminhar; e se fez laço, pois cada entrelaço
formou vínculos; e se fez força, pois na
potência do ser manifestou a pessoa; E se fez
razão, pois na consciência atinou a percepção.
E se fez sentido, pois na clarividência
descobriu a alma; e se fez brilho, pois na
pureza formou luz. E se fez luta, pois cada
queda e erguer cultivou perseverança; e se fez
Paz, pois na sutileza dos detalhes encontrou
a fraternidade. E se fez alimento, pois no
sustento formou vida; e se fez amor, pois só
assim tudo mais fará sentido...”

lDr. Roberto Wagner Xavier de Souza – é advogado, professor, Mestre


e Doutor em Desenvolvimento e Meio Ambiente. Intitula-se: imaginólogo!

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 87


Cantinho da 1/5

Ednalva F. Caetano
Cantinho da

QUEM ESTÁ
AO TEU LADO?
- Quem está nas trincheiras ao teu lado?
- E isso importa?
- Mais do que a própria guerra.
Ernest Hemingway

Estamos vivendo uma guerra silenciosa,


insidiosa que se assenhora de cada um de
nós de maneiras diferentes, mas igualmente
devastadora. Em primeiro de dezembro de
2019 foi identificado em Wuhan, na província
de Hubei, na China o vírus responsável pela
Covid19, cujo primeiro caso foi reportado
em 31 de dezembro do mesmo ano. Em
11 de março deste ano, a Organização

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 88


Cantinho da 2/5

Mundial de Saúde declarou o surto como


sendo uma pandemia que, a essa altura
já havia se espalhado por todo o mundo.
Nesse momento, centenas de milhares de
pessoas já pereceram, milhões adoeceram
e com certeza são inúmeros aqueles, entre
os quais me incluo, que se mantêm entre
a perplexidade e o medo de que alguma
coisa pode acontecer, logo ali e a qualquer
momento, sem nenhuma sinalização.

Nós somos a geração que talvez tenha


vivido o período de paz mais longo da
história. Não fossem as guerras localizadas
em determinadas áreas do mundo,
motivadas por intolerâncias religiosas/
ideológicas, cujo dogma é o mesmo - fé
cega/faca amolada - e estaríamos longe
dessa que é sem dúvida uma das maiores
atrocidades da humanidade. E pensar que há
quem as declare em nome de Deus!

Sempre pensamos em guerra como um


poder bélico, que poderia se instalar a partir
de armas, munições, equipamentos dos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 89


Cantinho da 3/5

mais sofisticados e alta tecnologia militar,


como aqueles apresentados por Vladimir
Putin – o que se quer eterno – em 2018
numa conferência para imprimir algum
medo aos Estados Unidos e ao mundo
(os autoritários adoram governar pelo
medo já que são incapazes de se imporem
pelo diálogo). Essa guerra é diferente,
vai atingindo a todos como uma poeira
silenciosa que, de repente, ataca.

No século XI, época em que a Espanha


estava dividida entre reinos rivais
espalhados por todo o seu território, um
nobre guerreiro castelhano, Rodrigo Dias
de Vivar, que ficou conhecido como El Cid
(que significa o senhor) liderou várias
batalhas entre cristãos e mouros com o
objetivo de unificar a Espanha. Muita coisa
da história desse herói nacional é eivada
de mitos e lendas. Conta-se que ele, cristão
devoto que era, mas não de fé cega, fez
alianças com os reinos mouros menos
ortodoxos, aqueles que, mesmo partidários
da fé muçulmana, não acreditavam em

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 90


Cantinho da 4/5

Alá como um destruidor e conseguiu a


unificação da Espanha para o Rei Afonso VI.
Conta-se ainda que, na batalha final, El Cid
já morto foi colocado em cima do cavalo
como se vivo estivesse para que a sua
simples presença inspirasse os soldados
a lutarem, o que os levou à vitória. Mais
importante que a guerra é quem está nas
trincheiras ao teu lado!

Quem está ao teu lado nessa guerra


sem trincheiras, sem barulhos, sem armas
superpoderosas dotadas da mais alta e
sofisticada tecnologia?

Por certo não está ao teu lado o


desembargador de Santos, que humilhou
de forma vergonhosa o guarda municipal
quando este exigia apenas o cumprimento
de uma ordem pública de usar máscaras
de proteção cujo objetivo seria beneficiar o
próprio usuário e aos outros. Esse mesmo
desembargador, que certamente julga com
os rigores da lei os seus dessemelhantes,
quando joga sobre si o manto sagrado da

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 91


Cantinho da 5/5

magistratura, com o qual acredita colocar-se


num patamar diferente daquele no qual se
encontram os que não têm manto para vestir.

Também não está ao teu lado a autoridade


máxima do país, que vem se colocando,
desde o início e contra todas as evidências
científicas, do outro lado da razão, como se
fosse possível ignorá-la em pleno século XXI.
E não vamos dizer ingenuamente “pai, perdoa-
lhes porque eles não sabem o que fazem”.

Eles sabem sim! Eles o fazem com todas


as certezas da impunidade, com toda
a arrogância do poder e sem a mínima
preocupação com aqueles que estão nas
trincheiras, como os profissionais da saúde,
da segurança, dos que precisam prover o pão
de cada dia e que se encontram desprovidos
das condições para encarar essa guerra.

Quem está ao teu lado?

lEdnalva Freire Caetano – É pedagoga


e mestra em Educação pela UFS

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 92


GERAL 1/3

Helen Anjos
Empresária

A louca do:
Com que
máscara eu vou?
A verdade é que nós demos uma
surtadinha quando a pandemia começou
e fomos obrigadas a usar máscaras de
proteção né? A sensação era de desconforto,
sufocamento, calor e, para muitas, de
inadequação com o look e a make. Foi
importante aceitar esse “novo normal” para
conseguirmos fazer da situação algo mais

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 93


GERAL FALANDO MODA 2/3

leve nesse período tão cheio de incertezas.


Afinal, em meio a todo caos o mundo está
frente à essa pandemia, ter mais algo
atrapalhando, incomodando e tirando a
nossa paz, e beleza, não é o que precisamos.

As máscaras agora são um novo acessório


de moda. Sim, de moda! E por isso não
podemos deixar que elas diminuam ou
ponham a perder a composição do nosso
look na hora de sair e muito menos
podemos permitir que elas não transmitam
a elegância de quem somos.

Quando as entendemos como mais um


de nossos acessórios, fica claro que não
podemos ter apenas uma, ou duas, três ou
uma dúzia. A gente precisa mesmo é de
várias opções que transmitam nosso estado
de espírito, nosso humor, que combinem
com o que estamos vestindo e que nos
embelezem mais, seja através das estampas,
das cores, da qualidade do tecido ou da
combinação perfeita que criemos entre elas,
a roupa, o olhar e os demais acessórios.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 94


GERAL FALANDO MODA 3/3

Hoje, já temos à venda máscaras dos


mais variados modelos. Animal print,
renda, caça bordada, brilho, personalizadas
bordadas com logomarcas, personagens,
mensagens que se deseje transmitir, modelo
anatômico, de amarração, 3D etc., para que
esse processo de aceitação, naturalização
e incorporação à rotina seja mais, digamos
assim, prazeroso.

Não adianta se produzir toda com um look


poderosíssimo e enterrar a elegância em
uma máscara mal feita, com estampa feia,
acabamento ruim e elástico desconfortável.
Como acessório que são, elas fazem parte da
nossa linguagem não verbal, visual e estética
e dizem muito nós.

Enquanto uns focam na reclamação,


que sejamos loucas o suficiente para olhar
para o closet e pensar... huuuum, com que
máscara eu vou?

lHelen Anjos – Graduada em Letras Português-Inglês pela UFS. Pós-


graduada em Metodologia do Ensino de Inglês (Atlântico), Língua
Portuguesa e Docência do Ensino Superior (Faveni). Empresária do ramo da
moda feminina, proprietária da Loucas por Tudo Fashion Store.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 95


GERAL 1/9
FOTOS DIVULGAÇÃO

“MR ROBOT”
A premiada série original da Amazon Prime
conta a história de um jovem programador que
tem a oportunidade de se juntar a um grupo de
hackers e derrubar uma empresa corrupta

Por Kreitlon Pereira | colunavia@gmail.com

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 96


GERAL DICAS DA SEMANA 2/9

A série de televisão norte americana


“Mr Robot” foi lançada em 2015 como uma
produção original da Amazon Prime Video e
desde o seu primeiro episódio já atraiu uma
grande atenção do público. Chegou a acumular
em sua primeira temporada uma média de 1,4
milhão de espectadores por episódio. Além
disso, durante as quatro temporadas em que
esteve no ar, a série criada por Sam Esmail
e protagonizada por Rami Malek (vencedor
do Oscar de Melhor Ator por seu papel como
Fred Mercury no longa “Bohemian Rhapsody”)
recebeu diversos elogios da crítica, ganhando
importantes prêmios como o Globo de Ouro e
o Emmy e sendo indicada para diversos outros.

A série conta a história de Elliot Alderson,


um jovem programador introvertido que
trabalha como engenheiro de segurança da
informação durante o dia e, de noite, atua
como um hacker. Além disso, Elliot sofre
de uma condição similar a esquizofrenia, a
qual tenta manter sob controle fazendo uso
de drogas ilícitas e indo ao seu terapeuta.
A vida do protagonista começa a tomar um

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 97


GERAL DICAS DA SEMANA 3/9

rumo mais perigoso quando ele é convidado


a participar de uma organização chamada
Fsociety. Liderados pelo hacker Mr Robot, o
grupo tem como objetivo principal derrubar a
poderosa e corrupta empresa E-Corp – ou Evil
Corp (corporação do mal) como apelidada por
Elliot –, onde o protagonista trabalha.

Assim, motivado por suas próprias razões


pessoais, Elliot fica em dúvida se deve
ajudar a organização e derrubar a E-Corp. Ao
mesmo tempo, a história também apresenta
a personagem de Angela, amiga de infância
de Elliot que culpa a empresa pela morte de
seus pais e que tenta acabar com eles por
meios legais, tentando juntar evidências que
comprovem a corrupção instaurada dentro
da empresa. As escolhas que serão tomadas
por esses personagens desencadearão toda a
trama ao longo dos 10 episódios da primeira
temporada de “Mr Robot”.

Link para o trailer de


“Mr Robot” clicando aqui:

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 98


GERAL DICAS DA SEMANA 4/9

FORA DOS
PLANOS
Um grupo de jovens de um colégio de elite
decidem se juntar para combater o bullying
e acabam envolvidas em uma investigação
de homicídio na série “Ninguém Mandou”

Por Kreitlon Pereira | colunavia@gmail.com

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 99


GERAL DICAS DA SEMANA 5/9

Em uma mistura de “O Clube dos Cinco”


com “Pretty Little Liars”, a nova produção
original “Ninguém Mandou” estreia na
Netflix no dia 31 de junho. A série britânica
de 10 episódios é baseada no livro “Get
Even” (que possui o mesmo título em inglês
que a série), da americana Gretchen McNeil.
“Ninguém Mandou” conta a história de um
grupo de adolescentes que decidem se
juntar para combater o bullying na escola
onde estudam. Porém, essa busca por
justiça vai acabar colocando em perigo a
própria vida das meninas.

O filme tem como protagonistas as


adolescentes Bree Deringer (Mia McKenna-
Bruce), Olivia Hayes (Jessica Alexander),
Kitty Wei (Kim Adis) e Margot Mejia (Bethany
Antonia). As quatro parecem não ter nada em
comum, porém compartilham o sentimento
de revolta perante as injustiças que compõem
o dia a dia da escola de elite onde estudam.
Com o desejo de mudar essa realidade, as
jovens se unem em um grupo anônimo (como
uma forma de protegerem suas identidades)

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 100


GERAL DICAS DA SEMANA 6/9

apelidado de DGM (“Don’t Get Mad, Get Even”,


algo como “Não fique bravo, fique quieto”),
que funciona como uma espécie de sociedade
secreta e tem como objetivo expor os bullies
da escola para todos por meio de pegadinhas
e armadilhas, humilhando-os da pior maneira
possível e ganhando diversos inimigos.

Porém, as coisas começam a fugir do


controle quando Rony, o alvo mais recente das
meninas, é encontrado morto com um cartão
escrito DGM em sua mão. Assim, rapidamente
o grupo é taxado como o principal suspeito
pelo assassinato de Rony. Incrimidas de
assassinato quando tudo o que queriam era
fazer justiça, as quatro decidem embarcar em
uma perigosa missão para descobrir o que
aconteceu de verdade com Rony, quem foi o
responsável pela sua morte e poderem limpar
os seus nomes. Porém, elas só conseguirão
fazer tudo isso se permanecerem unidas.

Link para o trailer de


“Ninguém Mandou” clicando aqui:

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 101


GERAL DICAS DA SEMANA 7/9

EM DOSE DUPLA
Novos interesses amorosos surgem na
continuação de “A Barraca do Beijo”

Por Kreitlon Pereira | colunavia@gmail.com

Com o romance proibido entre Elle Evans


e o irmão de seu melhor amigo, Noah Flyn, o
aluno mais popular da escola, “A Barraca do
Beijo” se transformou num sucesso absoluto

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 102


GERAL DICAS DA SEMANA 8/9

da Netflix em 2018. Assim, pouco tempo


depois da estreia, uma continuação já havia
sido confirmada, no entanto, com a demora das
filmagens e o fim do relacionamento dos atores
que interpretam os dois protagonistas, muitos
fãs estavam temerosos de que o projeto não
seria concluído. Para o alento de todos, a Netflix
anunciou que “A Barraca do Beijo 2” tem estreia
marcada par o dia 24 de julho.

Após os altos e baixos do primeiro filme,


Noah (Jacob Elordi) e Elle (Joey King)
finalmente se estabeleceram como um casal
sério e passaram o verão romântico juntos. No
entanto, o destino ainda lhes guarda muitos
desafios à medida que Noah se muda para
frequentar a faculdade de Harvard, no outro
lado do país, enquanto Elle retorna à escola
para seu último ano. Assim, a única forma de
permanecerem juntos é um relacionamento
à distância, que carrega desafios por si só,
mais como todo bom drama adolescente,
dois novos personagens surgem para
complicar ainda mais: Chloe (Maisie
Richardson-Sellers) e Marco (Taylor Perez).

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 103


GERAL DICAS DA SEMANA 9/9

A primeira é uma colega de Noah em Harvard


que, além de linda e inteligente, parece ter uma
relação muito próxima com o mesmo e se tornou
uma constante em suas redes sociais, fato que
leva muitos a especularem no fim do namoro
entre o jovem e Ellen. O segundo é um aluno
novo da escola de Elle que, com seu charme e
carisma, conquistou os corações do terceiro ano.
Portanto, sua presença é determinante para o
sucesso da barraca do beijo organizada por ela
e Lee (Joel Courtney). Melhores amigos desde
pequenos, eles sempre planejaram frequentar
juntos a universidade de Berkeley, onde suas
mães construíram uma amizade inseparável. No
entanto, à medida que o relacionamento com
Noah se torna cada vez mais ameaçado pela
distância, Elle passa a considerar Harvard como
uma opção real, o que novamente põem em risco
sua amizade com Lee.
Link para o trailer de
“A Barraca do Beijo 2’’ clicando aqui:

Curta a página da coluna


“Via Streaming” no Facebook clicando aqui:
www.facebook.com/colunaviastreaming

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 104


GERAL LI E RECOMENDO 1/6

Edvar Freire
L i Recomendo

AUTOR
Ian Kershaw

EDITORA
Schwarcz S.A.

Hitler

Segundo os estudiosos do tema, esta é a


mais perfeita biografia de Adolf Hitler, o grande
chefe do nazismo na Alemanha, descrita com
exímia riqueza de detalhes, em mais de 1000
páginas de tirarem o fôlego.

Existe algo impressionante para se


avaliar nessa história: como foi possível
a um demagogo de cervejaria barata da

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 105


GERAL LI E RECOMENDO 2/6

periferia de Viena, frustrado na carreira e na


profissão, preconceituoso, de inteligência
limitada, sem patente militar de estado
maior, sem relacionamentos importantes,
um complexado, deprimido; como foi
possível, repito, conseguir cooptar a
sociedade mais desenvolvida de então,
nos aspectos intelectuais, culturais,
religiosos, conduzindo-a ao maior drama da
humanidade, em uma guerra mundial que
ceifou mais de 50 milhões de vida.

As ideias de um ódio absurdo aos judeus-


bolcheviques, como eram por ele tratados
todos os judeus, conduziu sua pregação de
“Alemanha para os alemães”, “espaço vital”,
“fim da judiaria na Europa e no mundo”, “fim
do comunismo” a um estremo que contou,
nos últimos anos da década de 1930, com
apoio quase irrestrito de todas as formas de
sociedade organizada entre os germânicos.

Sua pregação nas cervejarias começou a


encantar uma plebe revoltada com o governo
dos comunistas na Bavária, após Primeira

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 106


GERAL LI E RECOMENDO 3/6

Guerra, quando uma revolução que os colocou


no poder, retirou as patentes de generais,
oficiais, sargentos e colocou no comando das
forças os “Conselhos de soldados”. Então,
nesse caldo de cultura, ele encontrou terreno
fértil, já que fora ferido em combate e ganhava
o apoio dos militares inconformados.

Agora, esse sujeito subir a tal ponto de


chegar a chanceler da Alemanha, criando o
malsinado Terceiro Reich, na distante e quase
inacessível burocracia dos gabinetes de Berlim,
com os votos, crimes e força do Partido Nazista,
fortemente composto por milícias armadas,
tudo isso exige, de fato, a leitura desse épico da
literatura, que expõe as vísceras de um partido
político que suprimiu o Estado.

Como era um louco, Hitler, após as primeiras


e impressionantes vitórias, com as suas
ameaças, extorsões, sequestros, mentiras,
seguidos do que ele chamou de “Guerras-
relâmpago”, com as forças armadas que ele já
havia acumulado em seu portfólio de poder,
mais de 3,5 milhões de soldados, desde a morte

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 107


GERAL LI E RECOMENDO 4/6

do velho e doente presidente Hindemburg, ele


próprio já se acreditava um predestinado por
Deus para fazer uma nova Alemanha.

Qualquer general dissidente era substituído,


preso ou morto. Mas, seus seguidores
espalharam o medo e morte por onde
passavam, sempre em busca da solução final
para os judeus, que era, a princípio, exportá-
los para morrerem de frio na Sibéria, após a
tomada da Rússia de Stálin, ou para algum
país distante, na África ou na Ásia.

Hitler não ocultava sua admiração pela


Inglaterra, ele se queixava de um pequeno
país com 250 mil soldados, mas que tinha
domínio colonial sobre grande parte do mundo,
enquanto a Alemanha, com seus milhões, não
tinha uma colônia sequer.

Foram seis anos de guerra, mais de 6


milhões de judeus assassinados nas mais
terríveis matanças pelo Leste da Europa,
torturados, violentados, fuzilados, queimados,
sufocados nos abomináveis banheiros de gás.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 108


GERAL LI E RECOMENDO 5/6

A perversa decisão de matar também mulheres


e crianças, para evitar que nascessem novos
judeu e buscassem vingança.

Morreu covardemente, atirando contra


a própria cabeça e abandonando a defesa,
depois de casar-se com Eva Braun, uma pessoa
que vivia no bunker mas que não se sabe sob
que condição. Parece que eram apenas amigos,
mas ela o amava. Da parte de Hitler, ele jamais
amou alguém. Talvez, na infância, a sua mãe,
porque o pai ele detestava.

Amigo ele teve um, que o idolatrava, o


seu ministro da propaganda, que praticou
o suicídio em honra ao seus führer. Joseph
Goebbels e Magda, chamaram o médico e
pediu quer aplicasse morfina nos seus 6
filhos, entre 4 e 12 anos. Depois, espremeram
em suas bocas o cianureto em cápsulas. Em
seguida, os dois mastigam as suas e Goebbels
deixou ordem para que queimassem os seus
corpos. Mas as tropas estavam chegando e
eles deram um tiro na cabeça de cada um.
Afinal, a pouca gasolina havia sido gasta

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 109


GERAL LI E RECOMENDO 6/6

queimando os corpos de Hitler e Eva Braun,


que, por sinal haviam se casado no dia anterior.

Os principais generais, coronéis,


autoridades, do séquito monstruoso
foram condenados à morte pelo Tribunal
de Nuremberg, ou se suicidaram, como o
poderoso Goring, da temida Luftwaffe, e o
outrora todo-poderoso Ribbentrop, além do
Henrich Himmler, que se julgara sucessor
do führer e tentara uma negociação com os
americanos e britânicos contra os russos.
Hitler, um livro pesado, para quem tiver
estômago, Li & Recomendo

Receba o seu jornal CinformOline


digital GRÁTIS toda semana através
do WhatsApp, às segundas-feiras

CLIQUE AQUI E
CADASTRE-SE
A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 110


GERAL 1/6

Shirley Vidal
Jornalista

Tempo como tecido


da nossa vida
Aurora havia me dado um relógio dourado
naquela tarde de visita ao asilo. Aos
domingos, o grupo do gen3, adolescentes e
crianças fazendo serviço social, ia ao asilo.
Aurora logo me chamou atenção. Ela tinha
um sorriso espalhafatoso e as melhores
histórias. Logo nos tornamos amigas. Eu
levava bolo sem açúcar, porque ela era
diabética, e em troca ela me contava suas
aventuras da juventude. Sempre gostei de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 111


GERAL 2/6

ouvir anciões. Minha amiga Daniele Marques


e eu vivíamos enfunadas nas novenas e
éramos as queridinhas dos vovôs. É que os
idosos te presenteiam com comidas muito
boas e têm lições de vida preciosas, então
você veja que era uma amizade por interesse.

Voltando ao relógio de Aurora, a mais doce de


todas as vovós dali, ela me relatou porque me
daria aquele bem de família. “Está vendo essa
contagem em bom som do tic tac, minha filha? É
para te lembrar que o tempo é mais precioso que
o ouro que banha este lindo relógio”. No auge dos
seus 84 anos, lúcida e corajosa, Dona Aurora havia
sido presenteada pelo marido com aquela joia.

Eu sorri sem entender, mas anotei no meu


diário para refletir. Ela dizia que sua doçura
era proveniente do açúcar no sangue. Mas,
quando contava os caminhos que trilhou,
sempre tocava na importância do tempo, já
que há dez anos residia ali. E não tinha ‘tempo’
ruim para Dona Aurora. Faleceu com as pernas
amputadas devido à doença, mas sempre tinha
um afeto para doar. Que alma boa!

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 112


GERAL 3/6

Em busca por uma ambição de riquezas


podemos nos perder no tempo. E não há
nada de mal em ser rico. A questão realmente
é como se aproveita aquele tempo: seja
trabalhando, estudando, dedicando-se a
causas e pessoas queridas. É a única coisa que
não podemos repor. O tempo é inegociável.
Não podemos voltar atrás com uma palavra
já proferida. Nem atitudes cometidas. O feito,
realizado, é passado, lição, história.

O tempo só passa a ser nosso aliado


quando decidimos nossas prioridades.
Aquela idosa alegre ensinava ao nosso grupo
o valor do tempo. Regava as suas plantas
cantando, contava lorotas para os outros
idosos, ligava-me e me dizia sem arrodeios
qual era o lanche que gostaria de saborear no
domingo. Ela estava sendo presença o tempo
todo. Havia também o tempo em que ela se
entristecia, sentia saudades dos seus e nos
pedia pra ouvir canções de Altemar Dutra,
uma espécie de sofrência daquela época.
Mas até para sofrer ela respeitava seus
sentimentos com dignidade.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 113


GERAL 4/6

Visto que não existe um tempo só


para felicidade e nem tampouco, só para
amarguras, é preciso colher um dia de cada
vez. O sociólogo Antonio Candido, que
resenhou livros de nomes como de João
Cabral de Melo Neto e Clarice Lispector,
dizia que “uma das coisas mais sinistras
da história da civilização ocidental é o
famoso dito que tempo é dinheiro. Isso é
uma monstruosidade. Tempo não é dinheiro.
Tempo é o tecido da nossa vida.”, alegava.

Essa crença está incutida de forma brutal na


sociedade. Agora vem a minha parte preferida.
“A luta pela justiça social começa por uma
reivindicação do tempo: eu quero aproveitar o
meu tempo de forma que eu me humanize”.

Uau! Essa humanização para cada um


tem um significado e o resultado deve ser
em se sentir bem! Para Madre Teresa de
Calcutá e Irmã Dulce o tempo humanizado
estava no trabalho contínuo em servir aos
semelhantes. Para Buda, estava em meditar.
Para um professor devotado talvez esteja em

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 114


GERAL 5/6

dar suas aulas e ver os alunos florindo.

Mas não é só isso. Como seres ambivalentes,


teremos nossos momentos onde veremos
o tempo se perder. O fato é que enquanto
estivermos correndo atrás do ouro do relógio e
não valorizarmos a finalidade da máquina que
contabiliza nossas horas, ou seja, o tempo, nos
colocamos como reféns. É confortável justificar
que está sem ‘tempo’, quando na verdade são
escolhas que fazemos.

Antonio Candido narrava como avaliava


seu processo decisório. “Esse tempo
pertence aos meus afetos. É para amar a
mulher que escolhi, para ser amado por ela.
Para conviver com meus amigos, para ler
Machado de Assis. Isso é o tempo”.

Grande parcela da população hoje sofre


com depressão, ansiedade e crises de
pânico por não investir na dupla: tempo
e autoconhecimento. Recentemente até
puseram um termo associado: o tempo ‘de
qualidade’. Ora, para mim todo tempo precisa

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 115


GERAL 4/6

de qualidade: no trabalho que exerço, com


as pessoas que convivo, etc. Se não tem
qualidade eu é que estou me desqualificando
em algum nível e escolha.

Há percepção para averiguar e tempo


para corrigir. Aurora, que tem o nome do
momento que antecede as manhãs, a
manifestação do nascer do sol, me deu um
relógio com o objetivo de me ensinar sobre a
preciosidade do tempo e ela tinha razão.

A melhor colheita do tempo é viver o


agora com sorriso e gratidão, perdoando-
se pelo passado, felicitando-se com as boas
lembranças, construindo novas histórias,
tendo o tempo para vivê-lo como nosso
amigo e aliado. O hoje é um evento inédito.
Celebremos, acordemos, despertemos os
nossos relógios.
lShirley Vidal – É mãelabarista, cronista, jornalista e designer gráfico.
Pilota a agência VIP há 8 anos. É especialista em Comunicação Organizacional
e MBA em Marketing Digital pela ESPM.
E-mail: shirley@comunicacaovip.com.br | Instagram: @shirley_vidal

ACESSE MAIS NOTÍCIAS EM WWW.CINFORM.COM.BR

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 116


EDIÇÃO ESPECIAL ELEIÇÕES 2020, 1946 | ANO 38 | 27/7/2020 | AJU/SE

ELEIÇÃO 2020
PRÉ-CANDIDATOS EM
DIFÍCIL COMPETIÇÃO
Numa eleição
atípica, sem
comícios, onde
as coligações e
as redes sociais
darão os tons,
os nomes e as
chances começam
a despontar

CNPJ 35.851.783/0001-00
Rua Sílvio César Leite nº 90 – CEP49055-540
Salgado Filho – Aracaju (SE)
A NOVA ERA DA NOTÍCIA

ÍNDICE t ÍNDICE DO CADERNO


TOQUE E ACESSE
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

Indicativos do eleitorado 119

Edvaldo Nogueira mantém a frente,


mas Danielle Garcia aparece colada 121

Uma visão dos que já


colocaram os “blocos na rua” 127
ELEIÇÕES 2020

FUNDADO EM 2 DE DEZEMBRO DE 1982


PUBLICADO EM DIGITAL DESDE 17 DE JULHO DE 2017

Diretor de Jornalismo | Edvar F. Caetano – DRT – 591/SE


edvar@cinformonline.com.br

Editoração Eletrônica | Altemar Oliveira


oliveiraltemar@gmail.com

Estatística responsável: Drielly Rodrigues


118 Registro CONRE 10.591 5° Região

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 118


1/2

EDITORIAL

INDICATIVOS
DO ELEITORADO
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

E stamos entregando à sociedade


sergipana uma pesquisa realizada
dentro da mais alta tecnologia aplicada
nesta área. Verifica-se um panorama de
muitas faces, como é natural em pesquisa
de opinião. Por exemplo, perguntados
se se consideravam de direita, de centro
ou de esquerda, 37% se declararam de
direita; 7,8 de centro e apenas 8,6% de
ELEIÇÕES 2020

esquerda. Já 51,6% dos pesquisados


disseram não acreditar nessas posições.

Sobre atuação da Polícia Federal, o


apoio dos aracajuanos às ações do órgão no
combate à corrupção chega a 90%.

Por outro lado, demonstrando que sabe


separar as coisas, 62% da população
119 ouvida aprovam as decisões de Edvaldo
2/2

O maior problema a ser


resolvido na próxima gestão é a saúde,
para 43% dos pesquisados

Nogueira no combate ao coronavírus em


ANO 38- 27 DE JULHO 2020

Aracaju, contra 38% que não aprovam.

Houve uma preferência entre os eleitores


na condução administrativa do município
no próximo período, com 20,63% dando
prioridade ao quesito “Combate à corrupção/
Honestidade”, seguido de “Menos ideologia e
mais trabalho, com16,38%.

Entretanto, o maior problema a ser resolvido


na próxima gestão é a saúde, para 43% dos
ELEIÇÕES 2020

pesquisados, seguido de Educação 30,1% e


geração de emprego e renda 12,1%.

Receba o seu jornal CinformOline digital GRÁTIS


toda semana através do WhatsApp, às segundas-feiras

CLIQUE AQUI E
CADASTRE-SE
120
A NOVA ERA DA NOTÍCIAS
1/6

EDVALDO NOGUEIRA
MANTÉM A FRENTE,
MAS DANIELLE GARCIA
APARECE COLADA
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

Na pesquisa, o pré-candidato Valadares Filho


(PSB) aparece em empate técnico com Emília
Correia (Patriota), disputando a terceira posição

E ntre os dias 16 e 17 de julho, a equipe


do Dataform foi às ruas de Aracaju ouvir
a população. Em pelo menos 35 bairros,
800 eleitores da capital sergipana deram sua
opinião sobre a eleição municipal, marcada
para iniciar em setembro, após o Congresso
ELEIÇÕES 2020

Nacional aprovar o adiamento do pleito.

O cenário para o atual prefeito Edvaldo


Nogueira (PDT) não parece muito fácil.
Além de amargar 44,9% de reprovação de
seu mandato contra 40% de aprovação,
Edvaldo tem uma adversária que, mesmo
sem ter mandato ou cargo público, ganhou
tamanho político e promete incomodar: a
121 Delegada Danielle Garcia (Cidadania).
2/6

Edvaldo tem a seu favor a máquina


pública – que tem peso muito grande em
uma eleição –, uma rejeição razoável se
comparado a outros prefeitos de capitais
brasileiras, e a comparação com o seu
antecessor, João Alves (DEM), cuja gestão
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

não foi bem avaliada pelos aracajuanos. O


desafio do atual gestor é o desgaste que
toda administração carrega consigo.

Já Danielle tem o desafio de estar em


um partido pequeno, cujo presidente é o
senador Alessandro Vieira. A seu favor,
ela tem o histórico de várias operações
de combate à corrupção, amplamente
divulgadas pela imprensa sergipana.
ELEIÇÕES 2020

Em eleições acontecem surpresas –


Correndo por fora aparecem a vereadora
Emília Corrêa (Patriota) e o ex-deputado
federal Valadares Filho (PSB). Valadares
Filho já bateu na trave em duas eleições
para prefeito de Aracaju, o que lhe confere,
teoricamente, alto coeficiente eleitoral.

Empatados tecnicamente, eles podem


122 definir com seu apoio o resultado da
3/6

eleição. Resta saber se manterão suas


candidaturas ou se caminharão ao lado de
Danielle ou Edvaldo, ou, ainda, de outro
nome. O que parece certo é a importância
de alianças e de diálogo. Com muitos
candidatos, a eleição está aberta e com
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

grande probabilidade de ter Edvaldo


Nogueira no segundo turno, afinal, sua
aliança já parece bastante consolidada
e, em tempos de pandemia, ele é o pré-
candidato que mais aparece.

VAMOS AOS CENÁRIOS:


uSe as eleições fossem hoje, e os candidatos
fossem estes, em quem você votaria:

Edvaldo Nogueira (PDT).................... 23,1%


ELEIÇÕES 2020

Delegada Danielle Garcia (Cidadania). 21,1%


Emília Correa (Patriota)..................... 12,0%
Valadares Filho (PSB)....................... 11,1%
Delegado Paulo Márcio (DC)................ 2,3%
Rodrigo Valadares (PTB)...................... 1,8%
Márcio Macedo (PT)........................... 1,6%
Lúcio Flávio (Avante).......................... 1,4%
Nulo/Branco.................................... 17,4%
Não sei.............................................. 8,3%
123 Total........................................... 100,00%
ANO 38- 27 DE JULHO 2020 4/6

COMBATE À CORRUPÇÃO É
AMPLAMENTE APOIADO PELA POPULAÇÃO
A pesquisa Dataform, realizada entre os
dias 16 e 17 de julho mediu o apoio da
população aracajuana às ações de combate
à corrupção feitas pela Polícia Federal: 90%
ELEIÇÕES 2020

dos aracajuanos apoiam essas ações.

BELIVALDO É REPROVADO
POR ARACAJUANOS
O governador Belivaldo Chagas (PSD)
parece ter uma dor de cabeça a mais, além
da pandemia. Segundo pesquisa de realidade
efetuada, 58% dos aracajuanos reprovam
a atuação do governador sergipano. Apenas
124 28% o aprovam. Fica uma pergunta no
5/6

ar: o apoio explícito de Belivaldo poderá


desgastar a imagem de Edvaldo?

INFLUÊNCIA DE LULA E
BOLSONARO ENTRE OS ELEITORES
Outra questão levantada na pesquisa
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

refere-se à capacidade de o ex-presidente


Lula e o atual, Bolsonaro, influenciarem
diretamente nas escolhas dos aracajuanos.
Eis as questões colocadas:

uSe o ex-presidente Lula indicar um


candidato a prefeito de Aracaju, você:

Votaria no indicado dele.................... 27,8%


Não votaria no indicado dele............. 42%
Não interfere.................................... 20,3%
ELEIÇÕES 2020

uSe o presidente Bolsonaro indicar um


candidato a prefeito de Aracaju, você:

Votaria no indicado dele.................... 35,6%


Não votaria no indicado dele................ 42%
Não interfere...................................... 21,9

UNIVERSO PESQUISADO
125 Foram verificados aspectos sociais
6/6

entre o público. Por exemplo: 30% estão


desempregados e 24% empregados; 23%
são autônomos; 10% aposentados e 6,5%
são empresários, entre outros perfis. Uma
ligeira predominância, em números, de homens,
50,25%, sobre as mulheres, 49,75%. A
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

pesquisa verificou a prevalência do segundo grau


completo, no quesito escolaridade, com 60,3%,
contra apenas 10% no superior, e ainda assusta
um índice de analfabetismo de 2,5%.

A Pesquisa tem margem de erro de 3,46%,


intervalo de confiança de 95%, e foi registrada
no TRE sob número: SE 02832/2020
ELEIÇÕES 2020

BAIXE NOSSO JORNAL


DIRETAMENTE DO SITE:
www.cinform.com.br/edicoes

Todas as notícias do
CINFORM na palma da
sua mão, a qualquer hora,
em qualquer lugar

A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

126
1/5

UMA VISÃO DOS QUE


JÁ COLOCARAM OS
“BLOCOS NA RUA”
Todos são candidatos, porque está
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

relativamente distante a data limite.


Conforme “Emenda Constitucional (EC)
nº 107/2020, promulgada pelo Congresso
Nacional no dia 2 de julho, adiou o
primeiro e o segundo turno das Eleições
Municipais deste ano, respectivamente,
para os dias 15 e 29 de novembro, em
razão da pandemia provocada pelo novo
coronavírus.

Com a prorrogação do pleito, também


ELEIÇÕES 2020

foram fixadas novas datas para outras


fases do processo eleitoral de 2020,
entre elas a de registro dos candidatos
escolhidos em convenções partidárias.

O prazo final para a apresentação do


pedido de registro de candidatura na
Justiça Eleitoral, inicialmente definido
para 15 de agosto, passou para o dia 26
127 de setembro.
2/5
FOTOS DIVULGAÇÃO

Na posição de
prefeito de Aracaju
e ao lado do
governador, Edvaldo
tem o trunfo do
poder da máquina,
conta com aliados
fortíssimos e com
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

o marketeiro que
já demonstrou,
por várias vezes,
como conduzir um
processo eleitoral.
Leva jeito de
favorito.
EDVALDO NOGUEIRA
PREFEITO DE ARACAJU

Além de ser
novidade, a
delegada construiu
uma reputação de
ELEIÇÕES 2020

combatente contra
o crime de colarinho
branco, promovendo
fortes ações que
colocaram gente
grande atrás das
grades e recuperou
milhões para os
cofres públicos. Um
apelo de peso.

DANIELLE GARCIA
128 Cidadania
3/5

Defensora pública
do Estado, tem uma
carreira profissional
voltada, por décadas,
ao acompanhamento
jurídico de processos
contra os pobres.
Com programa de
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

rádio de muitos anos


e uma surpreendente
votação para
deputada federal em
Aracaju em 2018. É
um nome forte.

EMÍLIA CORRÊA
PATRIOTA

Esteve bem próximo


de ser prefeito,
primeiramente,
enfrentando o ex-
ELEIÇÕES 2020

governador João
Alves, depois,
enfrentando o
próprio Edvaldo
Nogueira, em 2016,
perdendo de 146.
271 x 134.435, ou
seja, um percentual
de 4,22% (52,11%
47,89). Possui forte
densidade eleitoral.

VALADARES FILHO
129 (PSB)
4/5

Outra novidade dos


quadros de delegados
do Estado, que já
colocou seu nome
como pré-candidato, é
Paulo Márcio (DC),
também combatente
na luta contra os
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

desvios de conduta
de administradores
públicos e pode
surpreender muito a
partir das colocações
em rádio e TV. Um
nome a ser respeitado.
PAULO MÁRCIO
DC

Carrega o DNA do pai,


Pedrinho Valadares,
morto, precoce e
tragicamente, no
ELEIÇÕES 2020

acidente que ceifou


a vida de Eduardo
Campos (PSB),
então candidato
à presidência da
república contra Dilma
(PT). Rodrigo vai
depender de
sua força nas redes
sociais e de conseguir
apoio de Bolsonaro.

RODRIGO VALADARES
130 (PTB)
5/5

Quem imagina que


o PT perdeu sua
força de militância
e de votos, pode
estar enganado
com o potencial de
Márcio Macedo,
que conquistou a
ANO 38- 27 DE JULHO 2020

hegemonia dentro
do partido, o que
já é uma tarefa e
tanto. Olheiros dos
bastidores garantem
o petista no segundo
turno. Resta esperar.
MÁRCIO MACEDO
PT

Outra novidade,
Lúcio se lança como
pré-candidato a
ser indicado pelo
ELEIÇÕES 2020

presidente Bolsonaro.
Se confirmado, pode
subir muito e até
surpreender na reta
de chegada. É forte
oposicionista das
esquerdas e se diz
representantes das
forças conservadoras
da sociedade. Tem
chances.
LÚCIO FLÁVIO
(PSL)
131
EDIÇÃO 1946

“Vou resgatar
a autoestima
e melhorar a
qualidade de
vida do povo
do município”

FERNANDO FILHO
ÍNDICE
TOQUE E ACESSE

GERAL
Fernando Filho quer mudar Japoatã 135

Manutenção de chafarizes executada


pela Prefeitura de Itabaiana 155

Candidato pra todo gosto 158

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 133


“Estou preparada para
ser prefeita de Aracaju” 165

Eleições podem ser adiadas para além


de novembro em algumas cidades 175

Servidora da Prefeitura de Lagarto


denuncia Valmir e seu filho Ibrain 180

Sucessão em Salgado 184

ANUNCIE
AQUI

CONTATE SUA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE OU


TOQUE u E FALE COM OS NOSSOS CONSULTORES
uElenaldo Santana (79) 99949-9262
uEmail: comercial@cinform.com.br

SE PREFERIR, FALE DIRETAMENTE


COM O CINFORM SOLICITANDO UMA VISITA
(79) 3304-5414
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 134
| GERAL 2/21

GERAL

FERNANDO FILHO
QUER MUDAR
JAPOATÃ
l“Vou resgatar a autoestima e melhorar a
qualidade de vida do povo de Japoatã”

Na sua série de reportagens sobre pré-


candidatos a prefeitos municipais, a equipe do
CinformOnline ouviu Fernando Filho, da cidade
de Japoatã, que faz suas críticas ao atual
gestor do município e aponta equívocos de sua
administração, que pretende corrigir, se for
confirmado candidato e eleito.

“Novas ideias para uma nova cidade” é


o slogan eleito por Fernando Filho. Ele é
o quarto, entre os seis filhos de Fernando
Ulisses de Melo e Geolinda Ramos de Melo.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 135


| GERAL 3/21
FOTOS DIVULGAÇÃO

Sertanejo da cidade de
Gararu, mudou-se para a
capital aos 10 anos, com a
família. Estudou em escolas
públicas e começou a
trabalhar muito cedo, para
aliviar o fardo do seu pai
com a família numerosa e
obter sua independência
financeira. Formou-se Fernando Filho,
em Direito. Aprovado pré- candidato a prefeito
de Japoatã (SE)
em concurso público, é
empregado do quadro efetivo da Empresa
Sergipana de Tecnologia da informação –
EMGETIS, antiga PRODASE, há 27 anos.

Cedido ao DETRAN/SE, atuou nas áreas de


Fiscalização junto aos Centros de Formação
de Condutores e na Coordenação do Exame
Teórico, na capital e no interior do Estado. Na
oportunidade, dedicou especial carinho ao
povo de Japoatã. É especialista em trânsito e
habilitado como instrutor de trânsito.

Participou ativamente dos últimos três

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 136


| GERAL 4/21

processos
O abandono é visto em
eleitorais no cada canto da cidade
município de
Japoatã, atuando
na coordenação
de campanha.
É responsável
direto pela
eleição do atual
prefeito. Apoia e
incentiva todas
as manifestações
culturais, artísticas
e esportivas de
Japoatã, a cidade
que escolheu
como sua pátria de coração. A sua luta tem sido
no sentido de ajudar àqueles mais necessitados
e o seu sonho é de contribuir para a construção
de um município próspero e socialmente justo

POR QUE FERNANDO


FILHO É PRÉ-CANDIDATO
“Minha pré-candidatura a prefeito de
Japoatã tem várias motivações, mas a

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 137


| GERAL 5/21

principal delas é devolver a autoestima e


melhorar a qualidade de vida da população,
especialmente das famílias que moram nos
povoados e que mais sofrem com o descaso do
Poder Público municipal”.

Assim pensa Fernando Filho, que deseja


resgatar valores que já estão até esquecidos
pelos Japoatãnenses, por conta de sucessivos
gestores que omitiram a cultura, o esporte, a
educação do povo.

Dentre os graves problemas enfrentados


pela população de Japoatã, Fernando Filho
destaca a questão da água de péssima
qualidade, que chega às torneiras das casas da
sede e dos principais povoados, já que ela não
alcança a todos os 25 existentes.

O depoimento de Dona Maria Jucelina,


moradora de muitos anos da comunidade de
Carro Quebrado, ilustra bem essa situação.
Diz ela: “A gente mora aqui no Carro Quebrado
há muitos anos, convivendo com a falta de
água e vivendo só das promessas de políticos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 138


| GERAL 6/21

e prefeitos que nada


fazem. Quando chega
perto da campanha, vêm
mais promessas e nada.
Essa é a nossa triste
realidade”.

Outro descaso da
administração pública
municipal é com as
estradas, principalmente
Aloízio Carvalho,
as vicinais, que cortam morador do município
o município. Nesse
sentido, vale ouvir o depoimento esclarecedor
do senhor Luiz Carvalho, de 67 anos, que é
filho do povoado Poxim. Ele diz que “sempre
ouvi dizer que as nossas estradas seriam
melhoradas, calçadas, asfaltadas, mas o que se
vê é entrar e sair prefeito e nada é feito”.

Para Luiz, é dever do gestor público


consertar as estradas que hoje estão quase
todas intransitáveis. “Na região de Alagoinha
e Aroeira, próximo ao cemitério, por exemplo,
quando chove gera uma grota, carros só

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 139


| GERAL 7/21

andam na primeira, e isso quando a estrada


tá passada a patrol”. Ressalta que todo
mundo que vem ao local, elogia a beleza da
paisagem e do clima do povoado, “mas os 6
km que separam o Espinheiro do Poxim é uma
verdadeira vergonha”.

Hoje, ele diz que não está pior porque


os moradores compraram 600 caçambas
de aterro e a Usina Santana doou a patrol
[máquina motoniveladora] para consertar
a estrada. “Isso é vergonhoso”, desabafa. E
aproveita para fazer um apelo ao pré-candidato
Fernando Filho: “Peço ao próximo prefeito
que olhe por isso, para melhor as estradas
e melhorar as condições de vida para todos
que moram nessa localidade. E também
a construção da praça do povoado, que o
prefeito prometeu e não fez”.

Fernando Filho aproveitou para deixar o


seu protesto e indignação, em nome dos
moradores da localidade, pedindo que o pré-
candidato José Fernando inclua no seu Plano
de Governo essas obras fundamentais para

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 140


| GERAL 8/21

melhorar a
qualidade de
vida de todos.
“Espero que
você seja
candidato e
que se eleja, e
cumpra esse
compromisso
com o Poxim e
com os outros
povoados, que
também vivem
na mesma
situação,
enfrentando
esse e outros
tipos de
problemas”. Até a Santa Padroeira foi esquecida

Fernando Filho diz que o problema da água


de Japoatã é grave na sede do município,
porque é imprópria para consumo humano.
Nos povoados, que é fornecida de forma
gratuita, existe a bomba para puxar, mas

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 141


| GERAL 9/21

a distribuição não chega nas casas dos


moradores. Tem povoado, como o Ladeira,
que passou sete meses sem água, assim
como o Povoado Margarida Alves, onde hoje a
população bebe uma água terrível, de péssima
qualidade. “E tudo em face de uma bomba que
a prefeitura não compra para botar lá”, alerta.

Mas o pré-candidato não aponta só os


problemas, mas também algumas soluções
que ele garante colocar em prática caso seja
confirmado candidato e eleito em novembro
próximo. Um exemplo é a criação do SAAE
- Serviço Autônomo de Água e Esgoto do
município, uma reivindicação antiga, assim
como melhorar a relação com a Deso, a
Companhia de Saneamento do Estado de
Sergipe, que é a fornecedora de água no
município, mas cujo serviço, hoje, deixa
muito a desejar.

Também relacionado com a questão da


água, o pré-candidato Fernando Filho diz
que está contemplado no seu Plano de
Governo a criação de um amplo programa de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 142


| GERAL10/21

Regularização Fundiária, porque tem muitos


pequenos agricultores nos diversos povoados
do município que têm a terra, mas estão
irregulares perante os órgãos competentes e
as leis que regem o setor.

“Espero que o novo prefeito cumpra esse


compromisso com o Poxim e com os outros
povoados, que também vivem na mesma
situação” – Luiz Carvalho

Situação política e eleitoral – Traçando


um desenho da situação política e eleitoral de
Japoatã, a reportagem apurou que existem
hoje três forças políticas bem claras e que vão
participar diretamente do processo eleitoral
deste ano no município. Uma força nada fraca
é a da família Guimarães, que diz que não tem
envolvimento político, mas que detém forte
influência no município.

É uma família de histórica participação na


política e na vida da população de Japoatã.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 143


| GERAL 11/21

Dizem na cidade que os Guimarães respiram


política vinte e quatro horas por dia e já teria
até definido um pré-candidato para concorrer
às eleições, provavelmente um cidadão
chamado Careca, que é vendedor de coco da
fazenda Samam.

Em um levantamento, a reportagem verificou


que a pré-candidata pode ser uma senhora, de
74 anos, que é da família dos Guimarães, sendo
a pessoa do clã que ainda tem envolvimento
político, pois presta serviço para o Hospital de
Japoatã, que é controlado pela família, onde
ela estaria trabalhando nos bastidores.

José Magno da Silva - Por outro lado,


existe o pré-candidato do atual prefeito
José Magno da Silva, que, por decisão
pessoal, não concorre à reeleição e indica
o seu vice Francisco. Há quem credite essa
opção por conta da grande rejeição que o
prefeito enfrenta hoje (fala-se em algo em
torno de 90%). O vice Francisco, por sua
vez, juntamente com um irmão e a cunhada,
controlam a importante Secretaria de Saúde.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 144


| GERAL 12/21

Mas, a rejeição dele também parece


alta, o que, junto com a do prefeito torna
o projeto deles muito difícil de ter um
resultado favorável.

Já estiveram juntos - “Interessante é que o


atual prefeito só foi eleito porque nós ajudamos
a eleger”, fala, sem mágoas, até sorrindo,
Fernando Filho. Na verdade, José Magno era
um eleitor da família dos Guimarães, e o atual
pré-candidato do Republicanos também. Na
eleição anterior, Fernando Filho também era
pré-candidato, mas teve um problema de
parentesco por afinidade em terceiro grau
com o ex-prefeito Gimarco Evangelista e não
pôde permanecer no pleito.

Foi aí que ele apresentou à sociedade o


José Magno, como seu candidato. Fernando
Filho já tinha seu grupo formado, material
de campanha, tudo preparado para que
fosse o candidato. Faltando 45 dias para as
convenções, diz, “apresentei Magno como
candidato a prefeito e fui à luta, junto com meu
agrupamento e o elegemos”.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 145


| GERAL 13/21

Porém, depois de eleito, Magno se junta


ao seu vice, que também fora indicado por
Fernando Filho, que era de outro agrupamento.
Em seguida, “saiu e vislumbrou a possibilidade
de ser vice junto com Magno, e eu apoiei os
dois, e ganharam, e assim que ganharam houve
a ingratidão, me chutaram antes mesmo de
começar a gestão”, lembra.

A terceira via política de Japoatã é liderada


por Fernando Filho, uma opção que, segundo
ele mesmo diz, está lutando com dois gigantes,
que são a família dos Guimarães e a Prefeitura
de Japoatã. Para isso, “eu venho há muito
tempo, desde 2001, quando vim morar em
Japoatã. Faço o que sempre fiz, tenho muitas
amizades aqui, sempre militei na área política
e tive lado político aqui, e, nessa minha
militância, atendia e atendo as pessoas com o
maior grau de atenção possível.

Fernando Filho vem fazendo sempre aquilo


que está ao seu alcance para ajudar as
pessoas, fez a carreira política em Japoatã,
trabalhou em Aracaju durante oito anos no

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 146


| GERAL 14/21

Detran, onde
Depois da chuva,
prestou relevantes o esquecimento
serviços à
comunidade, está
diuturnamente
na cidade,
sempre presente,
ajudando aqueles
que o procuram,
mas pensando
politicamente
numa renovação.

Isso porque,
Fernando Filho
afirma “nunca
concordei com a forma com que os políticos
aqui fazem, ou seja, o assistencialismo imediato,
resolver as pequenas causas, mas não têm
grandes projetos, grandes ideias, projetos
na área da geração de emprego e renda, dar
oportunidade aqueles que nunca tiveram”.

Problemas e soluções para Japoatã –


Fernando Filho não aponta só problemas da

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 147


| GERAL 15/21

“Eu apoiei os dois e ganharam, e assim que


ganharam houve a ingratidão, me chutaram
antes mesmo de começar a gestão”.

atual administração, mas enumera alguns


projetos e soluções que, se colocados
em prática, irão beneficiar diretamente a
população de Japoatã. A questão social é
preocupação constante do pré-candidato
do Republicanos, pois ele enxerga muitos
problemas nessa área. As pessoas no
município são muito carentes, é uma cidade
que, apesar de ter uma agricultura muito forte,
o agronegócio está presente tanto através da
cana de açúcar como também da cultura da
banana, do limão, tem uma agricultura familiar
precisando de muito apoio e a administração
municipal não está contribuindo com isso.

Na educação e economia – Fernando Filho


diz que os números mostram Japoatã com
um dos piores IDEBs e a renda per capita é

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 148


| GERAL 16/21

uma das menores do Estado, “no entanto nós


temos uma grande renda e grande produção,
mas estão nas mãos de poucos. As carteiras
assinadas no município são pouquíssimas para
a quantidade de pessoas”.

“Estamos muito aquém do que podemos,


isso porque os estudantes não estão tendo
oportunidade de um ensino de qualidade.
Precisamos melhorar nossa Educação, e
mesmo tendo um prefeito educador, ele está
deixando muito a desejar nesse setor. São
escolas fechadas nos povoados e a evasão
escolar aumentando. Se não tem escola, não
tem interesse de estudar. Alguns pais mantém os
filhos no ensino fundamental por causa do Bolsa
Família, para receber o dinheiro do programa”.

E continua Fernando: “a constatação nesse


setor é desoladora: o ensino é precário. Para
o pré-candidato, é preciso rever a política
educacional, repensar, com o Sintese do
município, urgentes mudanças drásticas”.

Área da Saúde - Também temos problemas

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 149


| GERAL 17/21

graves, como o ‘assistencialismo das


ambulâncias’. Temos um hospital que não passa
de um posto de saúde mal qualificado, deixando
a saúde a desejar. Todos os pacientes que vão
ali, são encaminhados para o Hospital Regional
de Propriá. Temos um Raio X há quase dez anos
encaixotado, fruto de convênio, e nunca foi usado
por parte da administração do hospital.

As pessoas ouvidas na reportagem, por


outro lado, se queixam de ver a situação da
saúde do município em situação precária.
Foram feitas algumas reformas e pinturas
de postos de saúde, mas faltam o médico, a
enfermeira, o remédio, a vacina ¬ são relatos
de pessoas da cidade. “Infelizmente tem o
posto, pintado, bonito, fruto de reformas
a custos altíssimos, no entanto falta tudo.
Na verdade, nossa saúde está na UTI. Está
merecendo um olhar diferente, não eleitoreiro”.

A infraestrutura – A reportagem
percebeu uma malha viária péssima, não viu
uma estrada vicinal pavimentada. Verificou
que são 25 povoados, onde 80% deles

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 150


| GERAL 18/21

não conhecem o que é um paralelepípedo,


tudo na piçarra. Nesse período chuvoso, a
desgraça está formada, as estradas estão
quase intransitáveis. Mas, não só pela culpa
do tempo. Segundo os moradores, mesmo
quando não tem chuva não se trafega
bem, por causa da poeira e das péssimas
condições das estradas.

A solução está em uma estrada


trafegável, para que se possa escoar a
produção da agricultura familiar. Segundo
Fernando Filho “Existe um projeto básico
para um pedido aos políticos de colocar em
Japoatã 20 km de asfalto, para distribuir
em uma estrada com 13 km ligando o
povoado Tatu ao povoado Ladeirinhas,
abrangendo 70% dos nossos povoados e 7
km de uma estrada que leve até o povoado
Poxim, que já foi licitada e foi promessa do
então governador Jackson Barreto para que
essa estrada fosse pavimentada”.

Sobre esse quesito, afirma Fernando


Filho: “É compromisso meu lutar para que

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 151


| GERAL 19/21

essas estradas sejam pavimentadas, porque


iriam beneficiar 80% da nossa população
mais carente”, assegura. A reportagem
também observou obras inacabadas
no município, ou seja, começa a obra e
não termina. Aí se vê que é preciso mais
empenho da gestão municipal para olhar a
infraestrutura com mais energia.

“Os projetos que os políticos pensam, na


maioria das vezes, são muito individuais –
muito para si – e não são projetos que venham
alavancar um futuro melhor para as pessoas de
Japoatã”, pontua Fernando Filho. Pensando nisso,
pensando nesses projetos, onde tenha geração
de emprego e renda, de elevação da autoestima
da população, e oportunidade para aqueles
que nunca tiveram um emprego, ele pensa na
juventude do município, que está perdendo a
capacidade de sonhar com um futuro melhor.

Sobre os jovens - Proporcionar a eles


fazer cursos onde tenham uma formação, a
oportunidade de tirar uma CNH, com a ajuda
da Assistência Social, proporcionar curso de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 152


| GERAL 20/21

vigilância, uma formação, fazer parceria com o


Sesc e o Senac, ou seja, dar oportunidade para
que eles desenvolvam uma profissão”.

Na sua opinião, “a Prefeitura Municipal não


tem condições de empregar a todos, mas pode
qualificar essas pessoas para quando saírem
daqui possam ter oportunidade de encontrar
um emprego melhor lá fora. Mesmo os jovens
que não possam ser aproveitados, sejam
qualificados, saiam com uma profissão.

Área cultural – Fernando Filho diz que


tem projeto para viabilizar e recuperar a
política cultural. Existem em Japoatã vários
grupos de danças folclóricas, o artesanato
que precisa ser valorizado, a construção de
um Centro onde eles possam divulgar os
seus trabalhos e suas atividades. “Apesar
de não sermos uma cidade com vocação
turística, podemos ter um projeto para
valorizar alguns locais bonitos e turísticos”.

E mais: “chegar o final de semana e a


população ter aonde ir com sua família,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 153


| GERAL 21/21

apreciar a
culinária,
com
comidas
típicas que
não são
valorizadas,
pontos
turísticos
precisam ser
explorados,
ser
valorizados
ou criados.
Temos a
ideia de
fazer o
crescimento
do município
sem a visão
eleitoreira.
Enfim, No lugar de um mirante, uma lixeira
temos que
ter um gestor com o olhar voltado para o
desenvolvimento pleno do município”, concluiu.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 154


| GERAL 1/3
FOTOS DIVULGAÇÃO

MANUTENÇÃO
DE CHAFARIZES
EXECUTADA PELA
PREFEITURA DE
ITABAIANA
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 155
| GERAL 2/3

Os chafarizes públicos municipais são


essenciais para a população, especialmente
em localidades em que a distribuição de
água encanada não existe ou é deficiente.
Pensando nisso, a Prefeitura de Itabaiana,
através da sua Secretaria de Agricultura,
da Pecuária e do Abastecimento Alimentar,
está dando especial atenção a manutenção
e a recuperação desses equipamentos em
diversas localidades itabaianenses.

Um dos locais que recebeu esse trabalho


da Secretaria de Agricultura foi o povoado
Rio das Pedras, um dos mais populosos e
importantes do município. “Nós estamos
atentos a todos os nossos chafarizes.
Sabemos que são espaços públicos de
extrema importância e que, ao mesmo
tempo, o desgaste deles, seja pela utilização,
seja pela ação, é grande e constante. Por isso
que estamos cuidando de todos. Nesse caso,
o do Rio das Pedras, estava precisando de
um cuidado e também de uma limpeza, que
foi o que fizemos”, relatou a secretária de
Agricultura, Lorena Souza.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 156


| GERAL 3/3

E esse
trabalho
prossegue
por todo o
município,
contando,
inclusive,
com o
apoio da
população,
que pode
colaborar
informando
quaisquer
tipos de
problemas
que
venham a
acontecer
nos
chafarizes através do WhatsApp da
Ouvidoria: (79) 3431-9701 ou entrando
diretamente em contato com a Secretaria de
Agricultura, da Pecuária e do Abastecimento
Alimentar pelo telefone (79) 3431-9722.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 157


| GERAL 1/7

POLÍTICA EM FOCO

Toni Alcântara
JORNALISTA

CANDIDATO PRA
TODO GOSTO
As eleições municipais foram adiadas para
15 de novembro. Se houver segundo turno
em Aracaju, será no dia 29 do mesmo mês.
Isso pode ter esfriado um pouco o debate
político e as articulações para montagem
de composições partidárias, mas a capital
sergipana continua tendo hoje mais de dez
postulantes que sonham em comandar a
Prefeitura. Por isso, tem nome de todo tamanho.
Além de Edvaldo Nogueira (PDT), que disputará

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 158


| GERAL 2/7

a reeleição, quatro delegados estão no páreo e


já estão na condição de pré-candidatos: Daniela
Garcia (Cidadania), Georlize Teles (DEM), Paulo
Márcio (DC) e Mário Leony (Psol).

A lista poderia ser maior, mas nomes


como o do deputado estadual
Gilmar Carvalho, da vereadora Emília
Correiae do empresário Milton Andrade já
estãopraticamente fora da disputa

Almeida Lima (PRTB) também já confirmou


que está no páreo, assim como os ex-
deputados federais Márcio Macedo (PT) e
Valadares Filho (PSB). Tem ainda Rodrigo
Valadares (PTB) e o ex-presidente da OAB de
Sergipe, Henri Clay (Rede). Há ainda o jovem
Juraci Nunes, presidente estadual do PMB,
que já confirmou pré-candidatura. O deputado
Zezinho Sobral (Podemos) não descarta entrar
na disputa. Em 2016, quando disputou vaga
na Alese, ele obteve 4.600 votos na capital e
terminou o pleito na oitava colocação. Até 15
de setembro, data limite para as convenções
partidárias, ainda cabe mais gente.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 159


| GERAL 3/7

Fora da disputa
A lista poderia ser ainda maior, mas nomes
como o do polêmico deputado estadual
Gilmar Carvalho, da vereadora Emília Correia
e do empresário Milton Andrade já estão
praticamente fora da disputa majoritária. Pelo
menos, por enquanto, pois ainda estamos a dois
meses do último dia das convenções partidárias.

Em Lagarto
No principal município do interior do Estado, a
briga pela cadeira da prefeita Hilda Ribeiro “é de
foice”, como diria seu Zeca Pereira do Betume.
Três grupos disputam o cargo: os Reis, os Ribeiros
e os Monteiros. Os números de todas as pesquisas
mostram que qualquer um pode vencer, seja com
a própria prefeita, que quer ficar, com Sérgio Reis
ou ainda Ibraim Monteiro que nunca foram.

Na Cidade Jardim
Quem está tirando o sono do prefeito de
Estância, Gilson Andrade, nas eleições
deste ano é o policial militar Mário Souza
Santos (PSOL), 43 anos. Isso porque ele
aparece entre os preferidos do eleitorado e

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 160


| GERAL 4/7

superando três ex-prefeitos: Ivan Leite, Zé


Nelson e Carlos Magno. No último pleito,
ele ficou em terceiro, quando obteve quase
10 mil votos. Gilson ganhou com 14.405 e
Carlos Magno ficou em segundo com pouco
mais de 11 mil.

Disputa acirrada
Outra disputa acirrada em Estância é para
vice. Carlos Magno quer o filho vereador
Tito Magno para fazer dobradinha com o
candidato do PSOL e o PMN também está
no páreo com Valdemir Alves de Oliveira,
o conhecido Valdemir da Contagem. A
informação é do presidente estadual do
PMN, Cézar Cardoso.

Sergipe em São Paulo


Quem esteve semana passada em São
Paulo para participar de uma reunião da
Executiva Nacional do PMN foi o sergipano
Cézar Cardoso, presidente estadual da
sigla. Na oportunidade, ele foi empossado
como novo membro do Conselho Fiscal da
Fundação JK, braço social da agremiação.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 161


| GERAL 5/7
DIVULGAÇÃO

Mais forte que nunca


Por falar em Cézar Cardoso, os desavisados
de plantão apostavam e divulgaram que
o partido em Sergipe estava se comando.
Contrariando isso, Cézar não só foi a São
Paulo para assumir novo cargo na cúpula
do partido (membro da Fundação JK) como
também recebeu o aval do amigo e presidente
nacional Antônio Carlos Bosco Massarollo.

Gualberto federal
No exercício de seu quinto mandato
de deputado estadual, o vice-presidente
da Assembleia Legislativa de Sergipe,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 162


| GERAL 6/7

Francisco Gualberto (PT), está propenso a


disputar um mandato de deputado federal,
em 2022, ao invés de tentar reeleição para o
parlamento estadual. Perguntar não ofende:
E cabe ele e João Daniel representando o
partido em Brasília?

Samuel quer Brasília


Outro parlamentar estadual que também
pode trocar a ALESE pela Câmara Federal é
o deputado Capitão Samuel Barreto (PSC).
Essa engenharia política é mais complicada.
Em 2018, o então deputado Antônio dos
Santos, também do PSC, tentou fazer a
mesma troca, mas tombou feio nas urnas.

PRB apoia Kaká em Canindé


O Partido Republicanos (PR) decidiu
declarar apoio à pré-candidatura de Kaká
Andrade (PSD) nas eleições municipais em
Canindé de São Francisco. A confirmação foi
feita pelo ex-deputado federal e ex-prefeito
Heleno Silva (Republicanos), eu aposta
todas as fichas nesse projeto. Ah!, apostar é
uma coisa...ganhar é outra.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 163


| GERAL 7/7

Gilvando no MDB
Em Salgado, o ex-prefeito Gilvando Barbosa
assinou ficha de filiação ao MDB, comandado no
estado pelo deputado Fábio Reis e entrou com
tudo na disputa pela prefeitura. A filiação do ex-
prefeito ao MDB não só fortaleceu a legenda, mas
abriu uma perspectiva muito favorável de vitória.

Edson Luiz em Socorro


O ex-prefeito Edson Luiz Campos da Silva,
conhecido Frei Edson, pode ser candidato
a vereador em Nossa Senhora do Socorro,
município que já administrou. Ele está filiado ao
PTC, que gostaria de vê-lo candidato a prefeito.

PMN em Sergipe
O PMN e Sergipe já definiu que terá
candidatos a prefeitos em alguns municípios,
na verdade em três. São eles: em Itabaiana,
Braúlio Cunha dos Anjos, o conhecido Bráulio
de Zé de Lourenço, um comerciante atacadista
candidato pela primeira vez. Em Campo do
Brito, quem vai é o ex-vereador Antônio Carlos
do Nascimento e em Santo Amaro das Brotas,
Neudo Gomes do Nascimento.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 164


| GERAL 1/10
FOTOS DIVULGAÇÃO

Georlize
Teles

“ESTOU
PREPARADA PARA
SER PREFEITA DE
ARACAJU”
“Estou preparada e disposta a assumir esse
novo desafio, confio na minha capacidade
de realizar um bom trabalho em favor da
sociedade aracajuana e é essa a maior razão
de querer ser prefeita eleita de Aracaju,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 165


| GERAL 2/10

ser novamente a primeira será mais uma


coincidência”. Essa declaração da delegada
Gerolize Teles mostra um lado forte de sua
personalidade: a determinação. Para ela, ser
prefeita de Aracaju não é apenas um desafio,
mas a confiança que ela tem em si mesma e
no que ela pode fazer pela capital de todos os
sergipanos, caso venha a disputar a se eleger a
primeira mulher eleita prefeita de Aracaju. Com
a palavra, a delegada Georlize Oliveira Costa
Teles nessa entrevista exclusiva ao jornalista
Toni Alcântara para o CINFORM MUNICÍPIOS.

Cinform Municípios: Quem pesou mais


na decisão de se lançar pré-candidata
a prefeita de Aracaju foi a agente de
polícia ou a cidadã e gestora com serviços
prestados à população?

Georlize Teles: A cidadã e o ser humano


Georlize terá sempre o maior peso nas decisões
por mim tomadas. Sou uma cidadã que me fiz
aracajuana por amor à nossa terra. Aqui me
formei em Direito, me tornei delegada de polícia
e exerci minhas atividades profissionais. Casei-

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 166


| GERAL 3/10

me, tive e criei meus filhos aqui. Por Aracaju, por


respeito a essa cidade de oportunidades, me
lanço pré-candidata à prefeitura. Certamente, o
modo como tenho construído a minha história
como servidora pública me permitiu estar
sempre próxima do povo e escutar as suas
angústias e necessidades, coisa que sempre
fiz ao longo de minha história. Sempre estive
disposta a ouvir a todos. A minha atuação
como delegada me levou a assumir postos de
comando em âmbito estadual e municipal,
respondendo de forma satisfatória em todos
eles. Conheço nossa cidade e buscarei acolher
a todos, principalmente aqueles que mais
precisam da presença do poder público. Fiz por
onde passei. Quero fazer por toda Aracaju.

Até que ponto o presidente estadual do


DEM, José Carlos Machado, influenciou
na sua decisão de disputar a Prefeitura de
Aracaju? Foi a partir de uma entrevista de
Dr. José Carlos Machado, na qual apresentou
o meu nome como um daqueles que reunia
condições para disputar a Prefeitura de Aracaju,
que despertou em mim o desejo de participar

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 167


| GERAL 4/10

do processo. Entretanto, o fundamental para a


minha tomada de decisão foi o meu lado técnico
e profissional, aliados ao fato de que reconheço
que ao longo de minha história construí junto
à sociedade condições que legitimam o meu
desejo de pleitear o cargo eletivo. Venho para
a política depois de ocupar cargos de gestão
(Secretária Estadual de Segurança Pública,
Secretária Estadual de Justiça e Cidadania,
Secretaria de Defesa Social em Aracaju e
Estância) e em todos implementando políticas
públicas que são reconhecidas pela sociedade.
Tudo que fiz foi sempre de modo coletivo. Não
poderia ser pré-candidata sem pertencer a

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 168


| GERAL 5/10

um grupo, assim o apoio de Dr. Machado foi


e será sempre fundamental. Ele reconhece o
compromisso que sempre tive nas funções
que ocupei. Acompanhou a disposição e a
energia empreendidas, bem como a busca
incessante de fazer o melhor pelo Estado, e,
em especial, por Aracaju. Assim, o Partido
endossou o apoio a minha candidatura.

Tem critérios para definir o nome para


vice e em que níveis estão, nesse momento,
os debates para isso? Tanto o prefeito quanto
o vice precisam estar comprometidos com a
cidade. Estamos buscando parcerias pautadas
em um conteúdo programático afinado com a
pauta que entendemos ser a melhor para o povo
aracajuano. Sobretudo, queremos fazer alianças
transparentes e republicanas, sem acomodações
políticas. O vice é de fundamental importância em
uma eleição e na gestão da Prefeitura. A condução
do projeto e a execução deve ser compartilhada e
alinhada, daí a imprescindibilidade da confiança
e lealdade entre (as)os ocupantes das duas
funções. Há necessidade de uma sintonia que
gere confiança e aceitação pela população.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 169


| GERAL 6/10

Qual a sua opinião sobre possíveis


alianças em torno do seu projeto de pré-
candidata a prefeita de Aracaju? Tenho
mantido diálogo com vários outros partidos
buscando possíveis alianças. Estou firme
no propósito de firmar parcerias que nos
ajudem na disputa à prefeitura de Aracaju, por
reconhecer a importância do fortalecimento do
grupo. Não haverá vetos por matriz ideológica.
Essas terão como princípios basilares a ética e
o compromisso com o povo aracajuano.

Há quem aposte que o seu nome foi


colocado pelo DEM para ser uma possível
vice de outra candidatura. Isso tem fundo
de verdade? Não acredito nisso. Não falo
em nome do partido, entretanto, por questão
de justiça, preciso reconhecer que, depois
da minha aceitação de encarar a disputa
para a prefeitura de Aracaju, o Presidente
José Carlos Machado tem andado lado a
lado comigo na busca pelo fortalecimento do
projeto. Cultivo o sentimento de que estou
preparada, alcancei a maturidade profissional,
tenho consciência e espírito público. Estou

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 170


| GERAL 7/10

à disposição do partido e com uma vontade


imensa de fazer o melhor pelo povo.

E também há quem diga que a senhora tem


receios de falar sobre a administração do ex-
prefeito João Alves. Isso procede? “Gratidão é
a memória do coração”. Herdei de mãe, que me
deixou aos 16 anos, princípios como lealdade,
honra, decência e gratidão. Dr. João Alves, como
Governador de Sergipe, foi o primeiro a enxergar
em mim o potencial de gestão pública, como
poderia ter receios de falar sobre ele ou suas
gestões? Defenderei com orgulho o legado de
gestor do Dr. João Alves, ele representa a história
de Sergipe, um homem visionário, um estadista,
um estudioso apaixonado pelas questões do
Nordeste e dos problemas decorrentes das
desigualdades regionais. Responsável pelas
grandes obras estruturantes em nosso estado.
As principais vias de Aracaju foram por ele
construídas, as pontes da Coroa do Meio e
Aracaju/Barra. Enfim, do litoral ao sertão
sergipano as grandes obras foi João quem fez.

Georlize Teles é uma mulher arrogante,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 171


| GERAL 8/10

como pensam alguns, ou apenas uma mulher


decidida? Decididamente, desconhecia esse
traço apontado na minha personalidade. No
entanto, dada à convicção e veemência com
que defendo as coisas em que acredito, é
possível que haja essa interpretação. Não me
sinto arrogante quando tomo como parâmetro
o conceito de que a arrogância traz consigo
uma ausência de justiça, falta de respeito
e consideração ao próximo. Sempre pautei
minhas ações no respeito ao próximo e na
busca de uma convivência social saudável
guiada por um senso de justiça inarredável.
Sempre tive tranquilidade em receber críticas
e respeitar as opiniões divergentes. Mas,
considerando a pergunta feita, procurarei, ainda
mais, avaliar as minhas falas e verificar se há
nas mesmas traços de arrogância. Sempre é
tempo de buscar um crescimento espiritual e
pessoal. Sou um ser humano, sou o que sinto,
sou os valores que prezo. Entendo os limites
da minha humanidade. Peço que interpretem
a força da minha fala apenas como a de
alguém que acredita decididamente naquilo
que fala, pois vem do coração.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 172


| GERAL 9/10

Na sua opinião, a atual administração


do prefeito Edvaldo Nogueira atende a
expectativa da população e da cidade?
Afirmo que não. Pelo menos esse é o
sentimento que tenho quando converso com
o povo. Como já tive a oportunidade de dizer
em outras entrevistas, entendo que sendo
prefeito pela terceira vez algumas questões
cruciais para a população já deveriam ter
sido resolvidas no primeiro ano de gestão e
não foram, a exemplo da licitação de ônibus.
Agora com a pandemia do COVID - 19, ficou
escancarada a fragilidade do nosso sistema
municipal de saúde e a dificuldade no
gerenciamento do prefeito na condução da
resposta ao problema.

De zero a dez, que nota a senhora dá ao


governo Belivaldo Chagas e porque? Em
outras oportunidades já me pediram para
atribuir uma nota ao Governo, mantenho o
que respondi, precisaria haver estabelecido
critérios de avaliação, pois de outra forma
é apenas um opinão desconectada de
qualquer razoabilidade técnica.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 173


| GERAL 10/10

A senhora foi uma das primeiras


delegadas de Sergipe, a primeira mulher
a assumir a SSP, também primeira mulher
secretária de Justiça, e agora quer ser a
primeira prefeita eleita de Aracaju. Um
sonho ou uma possibilidade? Nunca pensei
em ser a pioneira nos diversos cargos que
ocupei, apenas aceitei convites que me
foram feitos, encarando e dando solução aos
problemas que eram apresentados. Não há
o que falar em sonho ou possibilidade, posso
dizer que sempre acreditei que conseguiria
fazer tudo aquilo que me dispusesse a fazer.
As oportunidades foram construídas com
determinação, compromisso e trabalho. Foi
assim quando fui a primeira a apitar futebol,
como a primeira mulher a assumir a Diretoria
Administrativa e Financeira da SSP/SE e tantas
outras funções e cargos. Estou preparada e
disposta a assumir esse novo desafio, confio
na minha capacidade de realizar um bom
trabalho em favor da sociedade aracajuana
e é essa a maior razão de querer ser prefeita
eleita de Aracaju, ser novamente a primeira
será mais uma coincidência.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 174


| GERAL 1/5

Ludwig Junior
Sala jurídica

ELEIÇÕES PODEM
SER ADIADAS
PARA ALÉM DE
NOVEMBRO EM
ALGUMAS CIDADES
Nobres leitores, no início deste mês foi
aprovada e promulgada a Emenda à Constituição
107/2020, oriunda do Senado, que altera as
datas das Eleições Municipais de 2020 devido
à pandemia causada pelo novo coronavírus

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 175


| GERAL 2/5

(Covid-19). Com o novo calendário, os dois


turnos eleitorais, inicialmente previstos para 4
e 25 de Outubro, serão realizados nos dias 15
e 29 de novembro. A data da posse dos eleitos
permanece a mesma, em 1º de janeiro de 2021.

A pedido do Tribunal Superior Eleitoral


(TSE), foi incluído no texto a possibilidade de
o pleito ser adiado para além de novembro,
em casos de municípios ou estados não terem
condições sanitárias de realizar as votações
em Novembro, mas como a data limite de
27 de Dezembro. Para isso, foi definido que
caberá ao Congresso Nacional decidir sobre o
adiamento das eleições por um período ainda
maior, através de Decreto Legislativo.

O município ou estado que vier a


demonstrar uma situação sanitária grave
por causa da pandemia, poderá ter a
data da Eleição adiada, mas quem irá
decidir isso é o Congresso Nacional, por
provocação do Tribunal Superior Eleitoral,
com um parecer da autoridade sanitária
nacional, no caso o Ministério da Saúde.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 176


| GERAL 3/5

Para evitar aglomeração, também foi


definido que os partidos políticos ficam
autorizados a realizarem Convenções e
reuniões de forma virtual para escolherem
seus candidatos, formalizar as coligações
e definir os critérios de distribuição
dos recursos do Fundo Especial de
Financiamento de Campanha (FEFC).

Além de adiar as eleições, a PEC


estabelece novas datas para outras
etapas do Processo Eleitoral deste ano.
Algumas datas são fixas e outras têm como
referência o dia da eleição, como no caso da
desincompatibilização de pré-candidatos
dos cargos públicos exercidos por eles.
Nesses casos, os prazos vencidos antes da
promulgação da PEC devem permanecer
afastados, os que não venceram até a
promulgação passam a ter como referência
a nova data (15 de Novembro).

VEJA COMO FICA O CALENDÁRIO


ELEITORAL COM A PEC APROVADA
NO SENADO E NA CÂMARA:

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 177


| GERAL 4/5

A partir de 11 de Agosto: As emissoras de


rádio e televisão ficam proibidas de transmitir
programas apresentados ou comentados por
pré-candidatos;

31 de Agosto a 16 de Setembro: Realizações


das Convenções Partidárias para definição de
coligações e escolha dos candidatos;

26 de Setembro: Último dia para registro


das candidaturas. Início do prazo para
a Justiça Eleitoral convoque partidos e
emissoras de rádio e TV para elaboração de
plano de mídia;

27 de Setembro: Início da propaganda


eleitoral, inclusive na internet;

27 de Outubro: Divulgação de relatórios


pelos partidos, coligações e candidatos
com a discriminação dos recursos
recebidos pelo Fundo Partidário, do Fundo
Especial de Financiamento de Campanha
(Fundo Eleitoral) e outras fontes, bem
como gastos realizados;

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 178


| GERAL 5/5

15 de Novembro: 1° turno das eleições;


29 de Novembro: 2° turno das eleições;

Até 15 de Dezembro: Encaminhamento


à Justiça Eleitoral do conjunto das
prestações de contas das campanhas
dos candidatos e dos partidos políticos,
relativamente ao primeiro e, onde houver,
ao segundo turno das eleições;

18 de Dezembro: Prazo final para a


diplomação dos candidatos eleitos, salvo nos
casos em que as eleições ainda não tiverem
sido realizadas;

12 de Fevereiro de 2021: Prazo final para


a Justiça Eleitoral publicar o resultado dos
julgamentos das contas dos candidatos eleitos;

1° de Março de 2021: Prazo final para os


partidos e coligações ajuizarem representação
na Justiça Eleitoral para apurar irregularidades
em gastos de campanhas de candidatos.

lLudwig Oliveira Junior – É Advogado especializado em ergipe


Direito Eleitoral, devidamente registrado na OAB de sob nº 5750

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 179


| GERAL 1/4

SERVIDORA DA
PREFEITURA DE
LAGARTO
DENUNCIA VALMIR
E SEU FILHO IBRAIN
A servidora Patrícia Fontes, da secretaria
de saúde de Lagarto, denunciou na rádio
Eldorado FM que o ex prefeito de Lagarto
Valmir Monteiro e o seu filho o deputado
estadual Ibrain Monteiro utilizaram a
estrutura da Secretaria de Saúde do
município para fazer campanha em outras
cidades do estado. “Eu era paga pela
secretaria de saúde mais fui orientada a ser a
líder de Ibrain nas eleições”, disse a servidora,
informando mais adiante que “durante uns
quatro meses até ser descoberto, fazíamos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 180


| GERAL 2/4

mutirões com médicos e enfermeiras por


Lagarto em Umbauba, Aracaju, Aparecida
e São Cristóvão”, completou a enfermeira.
Ao ser perguntada se teria provas a
servidora disse que “tenho todas as provas
necessárias, prontuários, fichas e prints e
levarei tudo se precisar”, disse, Patrícia.

JUSTIÇA AFASTA VEREADOR DE AMPARO


A pedido do Ministério Público de
Sergipe, em Ação Civil Pública por Ato
de Improbidade Administrativa, a Justiça
determinou o afastamento imediato do
vereador do Município de Amparo do
São Francisco, José Augusto Ramos de
Castro. A liminar determinou, também,
a indisponibilidade dos bens dele até o
valor de R$ 112.218,00 (cento e doze mil,
duzentos e dezoito reais).

ANDRÉ MOURA VOLTA À CENA NACIONAL


O ex-deputado federal André Moura volta ao
cenário da política nacional ao assumir, pela
segunda vez, o comando da Casa Civil do Estado
do Rio de Janeiro. Deputado federal por dois

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 181


| GERAL 3/4

mandatos
pelo estado
de Sergipe,
André Moura
é considerado
um integrante
histórico do PSC
e também foi
líder do governo
do ex-presidente
Michel Temer
no Congresso
Nacional.

THIAGUINHO É BOM VICE PARA EDVALDO


O ex-deputado federal André Moura, que
também é presidente estadual do Partido
Social Cristão (PSC), enalteceu o trabalho
desempenhado pelo vereador Thiaguinho
Batalha e declarou que o enxerga como um
bom nome para compor a chapa de reeleição
do prefeito Edvaldo Nogueira como vice. “O
PSC tem grandes nomes e Thiaguinho é um
exemplo disso por estar dando uma grande
aula de cidadania”, afirmou André.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 182


| GERAL 4/4

CAMPANHA QUER
MULHERES NA POLÍTICA
Em sua próxima campanha de rádio e TV, o
Tribunal Superior Eleitoral levará aos eleitores
uma nova mensagem sobre a importância de
ampliar o espaço das mulheres na política. A voz
dessa mensagem será da atriz Camila Pitanga,
embaixadora da ONU Mulheres no Brasil.
Com a mensagem “Mais mulheres na política:
a gente pode, o Brasil precisa”, a ideia é
inspirar mulheres a ocuparem cargos políticos
e mostrar que o aumento de lideranças
femininas é bom para toda a sociedade.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 183


| GERAL 1/4

SUCESSÃO
EM SALGADO
lPrefeito Duílio corre sério risco de
“perder feio” com o seu candidato

A constatação dessa manchete não é


do caderno CINFORM MUNICÍPIOS, mas
resultado de análises dos números de
todas as pesquisas realizadas no município,
opiniões de especialistas e analistas
políticos, além, claro, da opinião pública
manifestada através da grande vitrine
eletrônica de hoje que são as mídias sociais e
os grupos de pessoas na internet.

Também existem os fatos relacionados


com as últimas eleições em Salgado, como a
de 2016, quando Gilvando Barbosa, principal
adversário do atual prefeito, perdeu a
contenda por pouco mais de 3% dos votos.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 184


| GERAL 2/4
DIVULGAÇÃO

Duílio ganhou com 6.017


votos contra exatos
5.573 dados a Gilvando.
Nesse mesmo pleito,
o candidato Gidelson
Santana, do PRB, obteve
563 votos e o último
colocado, Heraldo
Antão, do PV, ficou com
210 votos. Gilvando Barbosa tem boas
chances de vencer pleito
em Salgado
O principal concorrente
do candidato do prefeito, conhecido como
Ivan do Ônibus, é hoje o ex-prefeito Gilvando
Barbosa. Todos os indicadores mostram isso
e, ao longo dos últimos quase quatro anos, ele
vem trabalhando e procurando consolidar seu
nome com o seu jeito simples, mas decidido
de fazer político. Na verdade, um político que
conhece muito bem Salgado e o seu povo.

Em outras palavras, Gilvando Barbosa é


um concorrente de peso não só graças ao seu
carisma, mas também por conta de outros
fatores, como o fato do ex-prefeito contar hoje

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 185


| GERAL 3/4

com o total apoio do PT e seus integrantes,


como também da vereadora Maria Alves de
Vasconcelos, conhecida como Preta, a mais
votado na eleição passada, e outras lideranças
importantes dos povoados do município.

A pandemia que assola o mundo com


reflexos em todas as cidades, e em Salgado
não é diferente, também é um fator decisivo
contra o prefeito Duílio Siqueira Ribeiro,
que não consegue colocar em prática
várias ações e obras que, de uma forma ou
de outra, ajudaria a deixa-lo bem junto à
população e, por consequência, o seu pré-
candidato à sua própria sucessão.

Apesar disso, o prefeito tem feito de tudo


para que Ivan do Ônibus consolide o seu
nome e chegue nas convenções partidárias
programadas para setembro com chances
de mudar o atual quadro eleitoral favorável
ao ex-prefeito Gilvando Barbosa. Até os
seus próprios correligionários consideram
uma tarefa nada fácil, mas não impossível.
Nossa reportagem constatou junto à

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 186


| GERAL 4/4

população que “só o tempo vai mostrar


outra realidade”. Existe ainda uma
possibilidade muito grande de que as
eleições este ano no município de Salgado
tenham apenas dois candidatos: o do
prefeito e Gilvando Barbosa. Caso essa
possibilidade se concretize, as chances do
candidato do prefeito Duilio “perder feio”
crescem muito mais, apostam os analistas
políticos. Resta esperar 15 de novembro
para confirmar...ou não.

ACESSE MAIS NOTÍCIAS EM WWW.CINFORM.COM.BR

Receba o seu jornal CinformOline


digital GRÁTIS toda semana através
do WhatsApp, às segundas-feiras

CLIQUE AQUI E
CADASTRE-SE
A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 187


EsporteS
EDIÇÃO 1946

arena sergipana
RAFAEL MELO/SANTA CRUZ FC

SEMIFINAL
CONFIANÇA
ESTÁ NA SEMIFINAL
DO NORDESTÃO
ÍNDICE TOQUE E ACESSE

Confiança está na semifinal do Nordestão 190

Copa do Nordeste 195

ANUNCIE
AQUI

CONTATE SUA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE OU


TOQUE u E FALE COM OS NOSSOS CONSULTORES
uElenaldo Santana (79) 99949-9262
uEmail: comercial@cinform.com.br

SE PREFERIR, FALE DIRETAMENTE


COM O CINFORM SOLICITANDO UMA VISITA
(79) 3304-5414
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 189
ESPORTES 2/6
RAFAEL MELO/SANTA CRUZ FC

CONFIANÇA ESTÁ NA
SEMIFINAL DO NORDESTÃO
Por JORNALISTA KEIZER SANTOS | DRT/SE 2099

A Associação Desportiva Confiança


conseguiu um feito inédito ao vencer nos
pênaltis a equipe do Santa Cruz Futebol Clube,
de Recife/PE, na noite do sábado (25). A
equipe se classificou pela primeira vez para
a semifinal da Copa do Nordeste. No tempo
normal, a partida disputada no Estádio Alberto
Oliveira, o Jóia da Princesa, em Feira de
Santana/BA, foi bastante truncada, onde as
equipes mantiveram uma forte marcação.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 190


ESPORTES 3/6

O Confiança foi melhor durante o primeiro


tempo. No segundo tempo, O Santa Cruz veio
melhor e colocou duas bolas na trave. Mas,
a melhor atuação do clube pernambucano
na etapa complementar não foi suficiente
para abrir o placar. Todas as substituições
das equipes foram realizadas na etapa final.
Pensando na disputa de pênaltis, a equipe

REPRODUÇÃO/LIVE FC

pernambucana usou quatro das cinco


substituições disponíveis a partir dos 39
minutos. Até o último minuto dos acréscimos,
aos 48 minutos do segundo tempo, o
técnico Itamar Schuller ainda fez a última
substituição, quando o árbitro cearense Léo
Simão apitou o final do jogo. O time sergipano
usou todas as cinco substituições disponíveis.

Nos pênaltis, o Confiança venceu o

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 191


ESPORTES 4/6

Santa Cruz por 4x2. Marcaram para o time


sergipano, os atletas Reis, Renan Gorne,
Djalma Silva e Danilo Pires. Para o time
pernambucano marcaram Didira e Toty.
Wesley Pipico e Patrick Nonato perderam. O
goleiro do Dragão, Rafael Santos, defendeu a
cobrança de Patrick Nonato, que entrou aos
40 minutos do segundo tempo.

Em entrevista à equipe esportiva da


Rádio Jornal FM, o diretor de Futebol do
Confiança, Ernando Rodrigues, disse que vai
conversar com o presidente da Federação
Sergipana de Futebol, Milton Dantas, para
mudar a data do jogo do clube na terceira
rodada do quadrangular decisivo do
Campeonato Sergipano.

A partida está marcada para quinta-feira


(30), contra a equipe do Freipaulistano.
Segundo Rodrigues, não é fácil, após uma
parada de quase quatro meses e com
jogadores no departamento médico, a
equipe vai disputar a semifinal da Copa do
Nordeste na quarta-feira (29).

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 192


ESPORTES 5/6

O presidente do Confiança, Hyago França,


também em entrevista a Rádio Jornal FM
de Aracaju, destacou o envolvimento do
torcedor através do apoio na fidelidade
ao programa sócio-torcedor. O jovem
presidente também destacou, que o sucesso
da equipe é fruto de um planejamento.
“Nada vem por acaso. O Confiança não
deve a nenhum atleta, mesmo em tempo de
pandemia. Tudo isso foi planejado.

Crescemos fora e dentro de campo. Como


planejamos, os resultados vêm. Não vamos
desistir do campeonato sergipano. Vamos
buscar o título. Hoje, o Confiança está entre
os quatro melhores do Nordeste, o que
mostra o crescimento do clube. Fruto de um
trabalho que não começou agora, que vem
de uma sequência de gestões que deram
certo”, afirmou França.

O Confiança jogou com Rafael Santos;


Thiago Ennes; Nirlei (Luan) e Mancini;
Djalma Silva; Jeferson Lima, Amaral (Danilo
Pires) e Ítalo Melo (Everton); André Moritz

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 193


ESPORTES 6/6
RAFAEL MELO/SANTA CRUZ FC

(Renan Gorne), Reis e Ari Moura (Iago).


Técnico: Matheus Costa.

O Santa Cruz jogou com Maycon; Toty; William


Alves (Célio Santos) e Danny Morais; Fabiano;
André Lima (Bileu), Paulinho e Victor Rangel
(Kleiton); Wesley Pipico, Didira e Jeremias
(Patrick Nonato). Técnico: Itamar Schuller.

O Confiança volta a campo na quarta-


feira (29), às 21h30, para enfrentar a equipe
do Bahia Esporte Clube, pela semifinal da
Copa do Nordeste. Até o fechamento desta
edição, o estádio para disputa da semifinal
não havia sido definido.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 194


ESPORTES 1/5

ARENA
SERGIPANA

Keizer Santos
E-mail: keizerse@gmail.com

COPA DO NORDESTE
Por JORNALISTA KEIZER SANTOS | DRT/SE 2099

Na tarde do sábado (25), no Estádio


Barradão, em Salvador/BA, pelas quartas
de final, o Fortaleza e Sport Recife ficaram
no 0x0. No pênaltis, a equipe do treinador
Rogério Ceni venceu por 4x1. Com a vitória,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 195


ESPORTES 2/5

ANDERSON STEVENS/SPORT CLUB DO RECIFE

o Fortaleza vai enfrentar seu maior rival o


Ceará, que derrotou a equipe do Vitória/BA.

COPA DO NORDESTE II
Também na tarde do sábado (25), no Estádio
Pituaçu, em Salvador/BA, no outro jogo das
quartas de final, o Ceará do técnico Guto
Ferreira venceu o Vitória/BA por 1x0. O gol
foi marcado pelo atacante Vinicius Goes em
uma cobrança de pênalti aos 45 minutos do
primeiro tempo. A vitória credenciou a equipe
para a semifinal para enfrentar seu maior rival,
o Fortaleza, na terça-feira (28), às 21h30.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 196


ESPORTES 3/5

DIVULGAÇÃO/EC BAHIA

COPA DO NORDESTE III


O último jogo da noite de sábado (25), no
Estádio Pituaçu, o Bahia venceu o Botafogo
da Paraíba pelo placar de 3x1. Com a vitória,
o tricolor de aço vai enfrentar o Confiança, na
outra partida da semifinal.

CONFIANÇA NA SÉRIE B
O Dragão do Bairro Industrial vai estrear
na Série B do Campeonato Brasileiro no dia 7
de agosto. De acordo com a tabela detalhada
divulgada pela Confederação Brasileira de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 197


ESPORTES 4/5

Futebol (CBF), o Confiança vai enfrentar o


Paraná, às 20h30, na Arena Batistão. Cabe
ressaltar, que a partida não vai ter público
e seguirá um rígido protocolo de medidas
sanitárias preventivas.

CAMPEONATO SERGIPANO
A retomada do quadrangular decisivo do
Campeonato Sergipano será na segunda-
feira (27), na Arena Batistão, em Aracaju.
Às 15h30, o Freipaulistano enfrenta o
Itabaiana, com arbitragem de Wendel
de Oliveira Santos, assistentes Wendel
Augusto Lino de Jesus e Thiago Emanuel
Reis de Albuquerque. O quarto árbitro será
Jackson Ribeiro Sobrinho.

CAMPEONATO SERGIPANO II
Já às 21h, também na Arena Batistão, o
Confiança enfrenta o Sergipe. O grande
clássico sergipano será conduzido pelo árbitro
Diego da Silva, assistentes Ailton Farias da
Silva e Emerson Fontes Santos. O quarto
árbitro será Michael Vinícius Freitas. Em todas
as partidas serão disponibilizadas equipes de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 198


ESPORTES 5/5
DIVULGAÇÃO

árbitros reservas, caso alguém teste positivo


para o novo coronavírus (COVID-19).

TOINHO ARUBA
Na coluna da semana passada eu prometi
trazer um pouco da história do guerreiro,
Toinho Aruba, que fez história no Itabaiana e
no Maruinense, mas, devido à classificação
inédita da Associação Desportiva Confiança,
na Copa do Nordeste, deixaremos a história
em destaque na próxima semana. Afinal, o
artilheiro Aruba também merece ser destaque.

ACESSE MAIS NOTÍCIAS EM WWW.CINFORM.COM.BR

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 199


EDIÇÃO 1946

TESTE
TOYOTA
COROLLA
ÍNDICE TOQUE E ACESSE

Extremamente centrado 202

Meio século de glamour 214

Na casa dos quarenta 219

Filhotes de leão 225

Drible na concorrência 233

NOTAS – 240

ANUNCIE
AQUI

CONTATE SUA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE OU


TOQUE u E FALE COM OS NOSSOS CONSULTORES
uElenaldo Santana (79) 99949-9262
uEmail: comercial@cinform.com.br

SE PREFERIR, FALE DIRETAMENTE


COM O CINFORM SOLICITANDO UMA VISITA
(79) 3304-5414
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 201
2/13
FOTOS LUIZA KREITLON

Extremamente
centrado
Por Luiz Humberto Monteiro Pereira
Agência AutoMotrix

Versão intermediária XEi é a que melhor


representa o “espírito” do Toyota Corolla, líder do
mercado brasileiro de sedãs médios há seis anos

Desde 2015, o Toyota Corolla é líder do


segmento de sedãs médios no Brasil –
normalmente, vende mais que os três maiores

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 202


3/13

concorrentes somados. Em setembro de 2019,


no lançamento da décima segunda geração
do sedã no mercado nacional, a marca
japonesa aproveitou para dar um “upgrade” nas
motorizações e apresentou duas de uma vez:
uma flex 2,0 litros Dynamic Force e outra híbrida,
que combina dois motores elétricos e um 1.8
flex – o primeiro veículo híbrido com propulsor
bicombustível produzido comercialmente no
mundo. O motor flex 2.0 está disponível nas
configurações GLi, XEi e Altis. Já o híbrido vem
apenas na versão topo de gama Altis. Mantendo
a tradição, a configuração intermediária XEi
permanece na função de “puxadora de vendas”
da linha e responde por mais da metade dos
emplacamentos. Talvez por ser a que melhor
concilia a fama de confiabilidade mecânica
do sedã da Toyota com uma relação custo/
benefício mais atraente.

O Corolla da atual geração é produzido na


variante GA-C da plataforma modular TNGA
e tem 4,63 metros de comprimento (mais um
centímetro em relação à geração anterior),
1,78 metro de largura (mais 0,5 centímetro) e

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 203


4/13

1,45 metro de altura (menos dois centímetros),


enquanto a distância de entre-eixos e o
volume do porta-malas ficaram os mesmos –
2,70 metros e 470 litros. Segundo a Toyota, a
nova estrutura permitiu a elevação da rigidez
torcional em 60% na comparação com o antigo
Corolla. O estilo permanece conservador, bem
ao gosto dos típicos consumidores do sedã da
marca japonesa. Embora longe de radicalismos,
as mudanças no visual da atual geração
modernizaram o aspecto geral do modelo,
principalmente nos conjuntos ópticos de
aspecto tridimensional, que incorporaram luzes
de rodagem diurna e faróis de neblina em leds –

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 204


5/13

os fachos alto e baixo continuam halógenos. Os


retrovisores externos são na cor do carro e vem
com pisca integrado, e as rodas de liga leve aro
17 polegadas têm acabamento na cor prata.

Sob o capô, está o motor 2,0 litros Dynamic


Force Dual VVT-iE 16V DOHC, que rende 177
cavalos de potência, quando abastecido com
etanol, e 169 cavalos com gasolina, sempre a
6.600 giros. O torque máximo, com etanol ou
gasolina, é de 21,4 kgfm a 4.400 rpm. Trabalha
em parceria com um câmbio CVT com 10
marchas simuladas. Em termos de segurança, os
destaques são os sete airbags (dois de cortina,
um de joelho para motorista, dois frontais e dois
laterais para condutor e passageiro), barra de
proteção no interior das quatro portas, controle
eletrônico de estabilidade veicular (VSC),
controle eletrônico de tração (TRC), assistente de
subida em rampa (HAC), controle de velocidade
de cruzeiro, sinal de frenagem de emergência,
sistema de alarme volumétrico e perimétrico e
acendimento automático de faróis.

Dentro da versão XEi, a chave presencial com

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 205


6/13

partida por botão é de série. O carro conta com


indicador de direção econômica no painel de
instrumentos (ECO driving) e o computador de
bordo, com visor multifunção e tela TFT de 4,2
polegadas digital e colorida, traz informações
como indicador de marcha, consumo de
combustível, hodômetro e autonomia. Ao
centro do console, destaca-se a vistosa tela
sensível ao toque de 8 polegadas do sistema
multimídia Toyota Play+, com rádio AM/FM,
função MP3, entrada USB, Bluetooth e conexão
para smartphones e tablets Android Auto e
Apple CarPlay. A tela exibe ainda as imagens da
câmera de ré com linhas de distância. Abaixo

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 206


7/13

dela estão as saídas de ar e os comandos do


ar-condicionado automático digital e, acima,
posiciona-se o retrovisor interno, que conta com
antiofuscamento eletrocrômico.

O preço da configuração XEi começa em R$


119.290 se for na cor sólida Branco Polar, mas
sobe para R$ 121.240 nas cores metálicas Cinza
Celestial, Vermelho Granada, Preto Eclipse ou
Prata Supernova (a do modelo testado) e R$
121.540 na cor perolizada Branco Pérola. O
valor da XEi fica R$ 11.300 acima da versão de
entrada GLi e R$ 18.600 abaixo da Altis Premium
com o mesmo motor 2,0 litros Dynamic Force
Flex e da Altis Hybrid, que custam os mesmos
R$ 139.840. Contudo, a híbrida pode chegar a
R$ 145.390 se incluir o pacote Premium, que
é de série no Altis 2.0 litros Dynamic Force. Ou
seja, nesses tempos em que os preços dos carros
zero-quilômetro no Brasil em geral subiram
tanto, puxados pela elevação da cotação
do dólar, a versão XEi torna-se competitiva
justamente por se manter na faixa de R$ 120 mil
– a antiga “barreira psicológica dos R$ 100 mil”
ficou no passado no segmento de sedãs médios.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 207


8/13

EXPERIÊNCIA A BORDO
RELEITURA CONTEMPORÂNEA

O Corolla de décima segunda geração tornou-


se mais atual em todos os aspectos, sem perder
o típico estilo clássico. O painel de instrumentos
traz três mostradores: um circular, no centro,
no qual é possível visualizar o velocímetro e o
nível de combustível, um semicircular do lado
esquerdo, que exibe o conta-giros e o termômetro
do motor, e a tela de TFT de 4,2 polegadas
colorida do lado direito, mostrando os dados do
computador de bordo. Apesar da moldura com

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 208


9/13

estilo um tanto “retrô”, a central multimídia em


posição elevada e com uma enorme tela de 8
polegadas traz uma esperada evolução na linha
Toyota: a compatibilidade com Android Auto e
Apple CarPlay. O espelhamento de celulares é
feito por meio de uma entrada USB escondida
na parte inferior do painel.

Dentro da versão XEi, partes revestidas por


material sintético que simulam couro na cor
preta reforçam o requinte. O painel central é
em “black piano” e os difusores de ar recebem
acabamento prateado. O volante de três raios
com controles de áudio e computador de bordo
tem acabamento em couro e sustenta as aletas
para troca de marchas. O banco do motorista
tem regulagem manual para seis ajustes (altura,
distância e inclinação) e do passageiro dianteiro
para quatro ajustes (distância e inclinação). Os
assentos são todos bastante confortáveis. Mesmo
quem está ao centro do banco traseiro consegue
ter espaço, graças ao túnel central baixo. Todavia,
alguns detalhes que se espera encontrar em
sedãs na faixa de R$ 120 mil estão ausentes no
Corolla XEi, como a iluminação nos botões dos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 209


10/13

vidros (à noite, são difíceis de se achar), o freio


de estacionamento eletromecânico (está lá a
tradicional alavanca) e as maçanetas internas
cromadas (são de plástico e sem pintura). E
também não há sensores de estacionamento de
série, somente a câmera traseira.

IMPRESSÕES AO DIRIGIR
DINÂMICA ACERTADA
O sedã produzido na cidade paulista de
Indaiatuba nunca passou por uma evolução tão
grande em uma troca de geração. Em relação ao
Corolla anterior, tudo melhorou: estabilidade,
agilidade, rigidez na estrutura e comportamento
aerodinâmico. Agora, o veículo transmite uma
sensação de condução nitidamente superior.
A suspensão traseira de duplo braço triangular
independente, com molas helicoidais e barra
estabilizadora, proporciona um conforto de
condução agradável, com melhor absorção de
choques em terrenos irregulares. Além disso,
o Corolla está mais preciso no contorno de
curvas e mais fácil de se controlar. O conforto
de rodagem é elevado e o carro não sacoleja em
demasia ao passar pelas vias esburacadas.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 210


11/10

Dinamicamente, o modelo mostra uma


performance surpreendente para um sedã
tradicionalmente conservador. Com seus 177
cavalos e 21,4 kgfm, o motor 2.0 Dynamic
Force aspirado esbanja força, sem o estilo
espalhafatoso dos turbo. Fabricado na cidade
paulista de Porto Feliz, é o motor mais potente
que já equipou um Corolla. Totalmente novo,
em vez de funcionar no tradicional ciclo Otto,
ele atua com fases diferentes, seguindo o
ciclo Atkinson – normalmente adotado em

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 211


12/13

veículos híbridos. Há também injeção direta


e indireta combinadas, que permitem mais
rendimento com eficiência em emissões e
consumo. Com alta taxa de compressão (13:1),
curso longo e novos pistões de baixa fricção, o
atual “powertrain” é 23 cavalos mais potente
e entrega 0,7 kgfm a mais de torque em
comparação ao da geração anterior.

A performance do motor do Corolla é


bastante valorizada pela surpreendente
transmissão CVT Direct Shift de 10 marchas.
Conforme a Toyota, os engenheiros acoplaram
uma engrenagem mecânica que atua na
arrancada do veículo, melhorando a aceleração
em primeira marcha. De fato, o sedã arranca
com uma disposição incomum, e as trocas são
feitas de forma eficiente e precisa.

Há ainda o botão Sport, que providencia as


trocas das marchas em giros mais elevados.
Contudo, para quem realmente faz questão
de executar as trocas no modo manual, elas
podem ser feitas pela própria alavanca ou
pelas borboletas no volante.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 212


13/13

FICHA TÉCNICA
TOYOTA COROLLA XEI

MOTOR dianteiro, transversal, 4 cilindros em


linha, 2.0L Dual VVT-iE 16V DOHC Flex (Dynamic
Force), ciclo Atkinson
POTÊNCIA 177 cavalos com etanol e 169 cavalos
com gasolina
TORQUE 21,4 kgfm com etanol ou gasolina
CÂMBIO automático Direct Shift CVT com modo
sequencial de 10 velocidades, paddle shift no
volante e botão seletor de modo de condução
Sport
TRAÇÃO dianteira
DIREÇÃO elétrica
SUSPENSÃO independente tipo McPherson na
dianteira e multilink na traseira
FREIOS discos ventilados na dianteira e sólidos
na traseira
PNEUS E RODAS 225/45 R17
DIMENSÕES 4,63 metros de comprimento, 1,78
metro de largura, 1,45 metro de altura e 2,70
metros de entre-eixos
PORTA-MALAS 470 litros
PREÇO R$ 119.290 na cor sólida Branco Polar e
R$ 121.240 na cor metálica Prata Supernova do
modelo avaliado

ANO 38 - ED. 1945


1946 -20/7/2020
-27/7/2020 - 213
1/5
FOTOS DIVULGAÇÃO

Meio século
de glamour
A Land Rover comemora os cinquenta
anos do Range Rover com a Fifty Edition
e promove atualizações no Sport

Por Daniel Dias


Agência AutoMotrix

Para marcar os cinquenta anos do Range


Rover, a Land Rover promove o lançamento
da Fifty Edition, ao mesmo tempo em que faz
atualizações no seu “irmão caçula”, o Sport, com
a nova série HSE Dynamic Stealth, juntando-
se às HSE Silver e SVR Carbon Edition. A “prima
donna” da vez é a Fifty Edition, que comemora
os cinquenta anos do topo de linha da gama

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 214


2/5

Land Rover, considerado um dos automóveis


mais prestigiados do planeta, com 1.970 (o ano
de estreia do modelo) unidades, tendo como
base o exclusivo nível de acabamentos “top”
Autobiography, nas versões de chassi longo e
convencional, com motores a gasolina, a diesel
e tecnologia híbrida plug-in P400. São quatro
cores de carroceria, que se unem a mais três
propostas da Special Vehicle Operations (SVO), a
divisão de veículos especiais da marca inglesa.

Somam-se a isso o acabamento exterior, duas


opções de rodas de 22 polegadas desenvolvidas
especialmente para a série e o logótipo com
a palavra “Fifty” (cinquenta) aplicado tanto
na parte de fora do carro quanto em vários
pontos da cabine, caso da placa existente no

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 215


3/5

console central junto ao seletor do câmbio com


a inscrição “1 of 1.970” (um, e assim por diante,
de 1.970 unidades personalizadas). A marca
com sede na cidade inglesa de Coventry é de
propriedade da Jaguar Land Rover, pertencente
desde 2008 à indiana Tata Motors, e se divide
em três segmentos: o primeiro são os Range
Rover – Sport, Velar e Evoque –, o segundo tem
o Discovery e o terceiro conta com o veículo
símbolo da Land Rover, o Defender, que teve sua
quinta geração lançada recentemente no Brasil.

Em 17 de junho de 1970, a Land Rover criou o


Range Rover, o primeiro SUV de luxo do mundo.
A Range Rover Fifty Edition terá em termos
de motorizações um 5.0 V8 sobrealimentado
de 565 cavalos e 71 kgfm de torque acoplado

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 216


4/5

à transmissão automática de 8 velocidades,


com opções do 3.0 de seis cilindros da família
Ingenium dotado de tecnologia “mild hybrid” com
sistema de 48 Volts nas configurações a diesel
D250 de 249 cavalos e 61 kgfm, disponível apenas
no Sport, a D300 de 300 cavalos e 66 kgfm e a
D350 de 350 cavalos e 71 kgfm.

A oferta a gasolina integra – além do


propulsor V8 exclusivo da Fifty Edition – a P400
3.0 de seis cilindros em linha Ingenium com
tecnologia “mild hybrid” de 400 cavalos e 56
kgfm de torque e a P525 5.0 V8 sobrealimentado
de 525 cavalos e 63 kgfm. Existe ainda a opção
híbrida plug-in, que combina um motor a
gasolina de 300 cavalos a um elétrico de 143
cavalos, em um rendimento combinado de
404 cavalos e 65 kgfm de torque, com a bateria
de íons de lítio com 13,1 kWh de capacidade,
assegurando uma autonomia 100% “verde” de
40 quilômetros no Range Rover P400e e de 41
quilômetros no Sport P400e.

Internamente, são destaques nos modelos


Range Rover Fifty Edition e Sport as novas

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 217


5/5

funções de conectividade, com espelhamento


Apple CarPlay e Android Auto de série em
todas as versões, assim como o “hotspot” Wi-
Fi 4G capaz de suportar até oito ligações, com
iluminação ambiente de três zonas por led
configurável em dez cores.

No quesito segurança, as configurações contam


com controles de tração e de estabilidade,
assistente de manutenção na faixa de rodagem,
frenagem autônoma de emergência e “cruise
control” com limitador de velocidade de cruzeiro.
Outra novidade para o interior da cabine é
o sistema Nanoe de ionização do ar, com o
PM2.5, que filtra as partículas nocivas do interior
do veículo e melhora a qualidade do ar, bem
indicado para estes tempos de coronavírus.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 218


1/6
FOTOS DIVULGAÇÃO

A BMW Motorrad apresenta as versões “40 Years GS Edition”


das motocicletas F 750 GS, F 850 GS e F 850 GS Adventure

Na casa dos
quarenta
Por Edmundo Dantas
especial para AutoMotrix

A BMW Motorrad apresenta as versões “40


Years GS Edition” das motocicletas F 750 GS,
F 850 GS e F 850 GS Adventure

Para marcar os quarenta anos da linha GS –


sigla para a expressão em alemão “Gelände &
Strasse” (campo e estrada) –, a BMW Motorrad
apresentou mundialmente, por meio de uma
“live” na internet, as versões comemorativas

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 219


2/6

dos modelos F 750 GS, F 850 GS e F 850 GS


Adventure para a linha 2021. Todas as três
ganharam um aspecto mais atualizado e
dinâmico graças aos novos esquemas de
cores nos painéis laterais da carenagem,
além de receberem novos equipamentos,
como indicadores de mudança de direção
em leds e um dispositivo de carregamento
USB na parte frontal direita do cockpit. O
ABS Pro e o DTC (Dynamic Traction Control)
agora também são de série, para ampliar a
segurança nas frenagens e acelerações. Como
todas as edições comemorativas da BMW são
lançamentos mundiais, embora não haja uma
confirmação oficial da filial brasileira, é bem

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 220


3/6

provável que as séries de quarenta anos da


linha GS sejam lançadas no Brasil.

O motor dos três modelos permanece o


mesmo. É um bicilíndrico de quatro válvulas
com refrigeração líquida e capacidade de
853 cc, injeção de combustível e a caixa de 6
marchas garante uma propulsão vigorosa. Na
F 750 GS, como antes, ele gera 78 cavalos a
7.500 rpm e desenvolve um torque máximo de
8,5 kgfm a 6 mil rpm. A F 850 GS e a F 850 GS
Adventure ainda geram 96,3 cavalos a 8.250
rpm e 9,4 kgfm a 6.250 rpm.

Em termos de estilo, os três modelos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 221


4/6

trazem o logotipo “40 Years GS Edition” nos


painéis laterais da carenagem, que valorizam
os tons amarelo e preto. Os protetores de mão
são na cor amarela, evocando a icônica R 100
GS, e o assento bicolor em preto e amarelo
com as iniciais “GS” bordadas também
remetem à roupagem da segunda geração
da linha. No caso da edição de quarenta
anos da F 750 GS, as rodas são pintadas em
preto. Já na F 850 GS e na F 850 GS Adventure
as rodas combinam o preto e o amarelo,
com aros dourados. A nova F 850 GS adota
uma cobertura do radiador galvanizada. Seu

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 222


5/6

equipamento padrão foi aprimorado com um


mecanismo de ajuste do para-brisa e uma
tela TFT incluindo funções convenientes de
conectividade. E a BMW F 850 GS Adventure
ostenta suas aspirações por aventura,
competência off-road e capacidade de turismo
com seu para-brisa esportivo e um assento Rallye
estofado em preto e cinza com 89 centímetros de
altura. O display TFT com funções convenientes
de conectividade agora também é padrão.

As novas F 750 GS, F 850 GS e F 850 GS


Adventure apresentam como equipamento
opcional os modos de pilotagem Pro. Assim
como já ocorria nos modelos GS equipados
com motores boxer, o modo de condução

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 223


6/6

Dynamic busca garantir ainda mais dinâmica e


prazer de dirigir. O controle dinâmico do freio
do motor e o DBC (Dynamic Brake Control)
estão disponíveis nos modos Pro.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 224


1/8
FOTOS DIVULGAÇÃO

Filhotes de leão
Nova geração do Peugeot 208 deve desembarcar
no Brasil em setembro, com a chegada da
versão elétrica prevista para 2021

Por Daniel Dias


Agência AutoMotrix

Principal lançamento do Grupo PSA no


Mercosul em 2020, o novo Peugeot 208 deveria ter
desembarcado no mercado brasileiro no primeiro
semestre deste ano. Mas aí veio a Covid-19 e o
consequente isolamento social imposto pelas
autoridades políticas e médicas. Então, a nova

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 225


2/8

geração do compacto, que foi sucesso de vendas


desde sua primeira versão, deve desembarcar
no país só a partir setembro. Virá para o Brasil
inclusive a configuração elétrica do modelo
francês, com desembarque previsto para 2021.
Entre as inovações do 208 está o i-Cockpit 3D,
com destaque para as telas do painel equipadas
com exclusiva tecnologia holográfica, em três
dimensões, para que algumas informações
sobre a condução do veículo sejam projetadas
em destaque à frente do visor principal. O painel
ainda conta com cinco modos de visualização,
sendo dois deles completamente personalizáveis
de acordo com a preferência do condutor. Em
linha com o direcionamento mundial da marca,
a “Unboring The Future”, a Peugeot traz ao Brasil

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 226


3/8

a expressão máxima de sua visão em design,


tecnologia e experiência de condução com o
novo 208. O carro inaugura no país sua próxima
geração de produtos e estreará soluções
tecnológicas inéditas.

O i-Cockpit 3D é a reinterpretação da posição


de condução de acordo com a “Marca do Leão”.
Sempre partindo do conforto e da ergonomia
como premissa, pode-se descrever o dispositivo
em quatro componentes principais: o volante
pequeno, para otimizar a manobrabilidade, o
painel de instrumentos elevado contribuindo para
o conforto e a segurança do motorista, pois evita
desviar significativamente a visão da estrada, a
tela “touchscreen” na ponta dos dedos e na linha

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 227


4/8

de visão do sujeito instalado atrás da direção e


uma série de teclas de alternância que permitem
acesso direto às principais funções do veículo.

Com as portas fechadas desde 20 de março


devido à pandemia do coronavírus, a fábrica
do Grupo PSA em El Palomar, na Argentina,
finalmente voltou a operar. Com isso, o novo 208
está previsto para ser lançado em agosto no país
do Prata. O hatch compacto estará na linha de
montagem argentina ao lado dos Peugeot 308,
408 e Partner e dos Citroën C4 Lounge e Berlingo.
A estreia no Brasil acontecerá no segundo
semestre deste ano. Mesmo com a parada por
causa da Covid-19, várias unidades do novo 208 já
haviam sido montadas na Argentina, para testes

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 228


5/8

de desenvolvimento e rodando camuflados ou


não por aquele país, em diversas configurações,
desde a de entrada até a esportiva GT Line. A nova
geração do 208 será exportada para o Brasil logo
após seu lançamento na Argentina, enquanto a
fábrica de Porto Real (RJ) será utilizada para os
modelos da Citroën, tanto que o antigo 208 já
encerrou sua produção no Estado fluminense.
Também está previsto para aquela unidade
industrial um novo SUV compacto da Peugeot.

Inicialmente, será vendida no Brasil apenas a


versão empurrada pelo motor 1.6 aspirado de 118
cavalos, um antigo conhecido da PSA no país, em
quatro configurações: Like, Active, Allure e Griffe,
com opção de câmbio manual de 5 marchas ou
automático de 6 velocidades. O 1.2 aspirado de três
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 229
6/8

cilindros, com 90 cavalos de potência e torque de 13


kgfm abastecido com etanol, que movia o 208 feito
em Porto Real, era importado, ficando complicado
para a fabricante oferecer uma versão de entrada
com preço competitivo com essa motorização. O
mesmo problema atinge o 1.2 turbo Puretech – a
maior novidade do carro na Europa – com até 130
cavalos, que chegará em um segundo momento
na versão topo de gama GT Line. Um caminho
para driblar essa dificuldade seria a Peugeot
começar a produzir esse motor no Brasil.

Por fim, a versão 100% elétrica, a e-208, está


confirmada para estar no catálogo da marca em
território nacional mas só a partir do próximo
ano, importada da França. O motor elétrico

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 230


7/8

e-208 é montado no eixo dianteiro e é produzido


na fábrica da cidade francesa de Tremy, onde
são feitas cerca de 120 mil unidades por ano
para atender ao compacto da Peugeot, ao DS3
Crossback e-tense e ao Opel Corsa-e. O motor
síncrono de ímã permanente desenvolve 136
cavalos de potência e 26,5 kgfm de torque
instantâneo, girando até 14 mil rotações por
minuto. Segundo a Peugeot, o e-208 acelera de
zero a 100 km/h em 8,1 segundos e pode atingir
a velocidade máxima de 150 km/h, limitada
eletronicamente. Baseado em uma plataforma
inédita, a e-CMP, o Peugeot 208 elétrico tem
baterias localizadas sob o assoalho do carro,
reduzindo o centro de gravidade e aumentando

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 231


8/8

o prazer de dirigir. Uma bateria de íons de lítio


de 50 kWh permite uma autonomia de 340
quilômetros com uma única carga no padrão
WLTP. Com isso, o “Leãozinho” 100% “verde” tem
uma autonomia de sobra para percorrer uma
jornada diária urbana e enfrentar uma viagem
não muito longa de fim de semana. O tempo de
carregamento do e-208 varia de um máximo
de dezesseis horas em uma tomada comum a
até um mínimo de trinta minutos para ter 80%
de carga conectada a uma estação de 100 kW.
Existem ainda dois tipos diferentes de wallbox
disponíveis: 7,4 kW monofásicos para oito horas
completas e 11 kW trifásicos para cinco horas e
quinze minutos de tempo de espera.

A chegada do novo Peugeot 208 terá a função


de reescrever a história do compacto francês no
Brasil, prejudicada neste ano pela condição atípica
vinda com a pandemia da Covid-19, que atrasou
demais a descontinuidade da primeira geração do
carro no país. No acumulado de janeiro a junho, o
208 teve apenas novecentas e dezessete unidades
vendidas, com cento e setenta e cinco exemplares
emplacados no mês passado.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 232


1/7
FOTOS DIVULGAÇÃO

Hyundai XCient Fuel Cell

Drible na
concorrência
A Hyundai desembarca na Europa o XCient Fuel
Cell, o primeiro caminhão pesado com célula de
combustível produzido em série do mundo

Por Luiz Humberto Monteiro Pereira


Agência AutoMotrix

Os alemães da Daimler e os concorrentes


suecos da Volvo criaram em abril uma joint-
venture para desenvolver, produzir e comercializar

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 233


2/7

sistemas de células de combustível (FCEV) para


caminhões pesados. Mas talvez a iniciativa das
duas maiores marcas europeias de veículos
comerciais de unir esforços tenha ocorrido um
pouco tarde. No início de julho, a Hyundai Motor
Company exportou da Coreia do Sul para a Suíça
as primeiras dez unidades do XCient Fuel Cell, o
primeiro caminhão pesado movido por célula
de combustível produzido em massa do mundo.
A marca sul-coreana planeja enviar um total
de cinquenta unidades do XCient para a Suíça
este ano, com as primeiras entregas a clientes
previstas para setembro. A Hyundai projeta
produzir um total de 1.600 caminhões XCient Fuel
Cell até 2025, para atender à crescente demanda
de empresas interessadas em reduzir as emissões

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 234


3/7

de carbono por meio de soluções de emissão


zero. “O XCient Fuel Cell é uma realidade atual,
não um mero projeto futuro de prancheta. Ao
colocar esse veículo inovador na estrada agora, a
Hyundai marca um marco significativo na história
dos veículos comerciais e no desenvolvimento da
sociedade do hidrogênio”, comemorou In Cheol
Lee, vice-presidente executivo e chefe da Divisão
de Veículos Comerciais da Hyundai Motor.

O XCient é alimentado por um sistema


de célula de combustível de hidrogênio
de 190 kW, composto por duas pilhas de
célula de combustível de 95 kW cada. Sete
grandes tanques de hidrogênio oferecem uma

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 235


4/7

capacidade combinada de armazenamento


de cerca de 32 quilos. Segundo a Hyundai, o
alcance por carga completa do XCient Fuel Cell
é de cerca de 400 quilômetros com um reboque
de 34 toneladas, e o reabastecimento completo
para cada caminhão leva no máximo 20 minutos.

A tecnologia de células de combustível se


revela particularmente adequada para remessas
comerciais e logística devido a longas distâncias
e curtos tempos de reabastecimento. Ainda
de acordo com a fabricante, sistema de célula
de combustível de montagem dupla fornece
energia suficiente para conduzir os caminhões
pesados para cima e para baixo no terreno

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 236


5/7

montanhoso da região. A Hyundai adianta que


está desenvolvendo um modelo para longas
distâncias, capaz de percorrer mil quilômetros
com uma única carga, equipado com um sistema
de célula de combustível aprimorado, com alta
durabilidade e potência, voltado para mercados
globais, incluindo América do Norte e Europa.

“Depois de ter lançado o primeiro


veículo elétrico de passageiros com célula
a combustível produzido em massa do
mundo, o ix35, e o veículo elétrico de
célula a combustível de segunda geração,
o utilitário esportivo Nexo, a Hyundai agora
está aproveitando décadas de experiência no
setor para promover o hidrogênio no setor de
veículos comerciais com o caminhão a célula
de combustível XCient”, acrescentou Lee.

Em dezembro de 2018, o Hyundai Motor


Group anunciou o “Fuel Cell Vision 2030”,
seu roteiro de longo prazo, e reafirmou seu
compromisso de acelerar o desenvolvimento
de uma sociedade de hidrogênio, alavancando
sua liderança global em tecnologias de células

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 237


6/7

de combustível. Como parte desse plano, o


Hyundai Motor Group pretende garantir até
2030 uma capacidade de 700 mil unidades por
ano de sistemas de células de combustível
para automóveis, navios, locomotivas,
drones e geradores de energia. Em 2019, a
Hyundai Motor Company formou a Hyundai
Hydrogen Mobility (HHM), uma joint venture
com a empresa suíça H2 Energy, que locará
os veículos para operadores de caminhões
comerciais com base no pagamento por uso.
Isso significa que não haverá investimento
inicial para os clientes.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 238


7/7

A Hyundai escolheu a Suíça como ponto de


partida para seu empreendimento comercial
com o XCient Fuel Cell por várias razões. Uma
delas é a isenção local do imposto rodoviário
suíço LSVA para caminhões de emissão zero, o
que praticamente iguala os custos de transporte
por quilômetro do veículo de célula de
combustível em comparação com um movido a
diesel comum. O plano de negócios da Hyundai
envolve o uso de hidrogênio puramente limpo
gerado a partir de hidrelétricas.

Para realmente reduzir as emissões de


carbono, todos os caminhões precisam rodar
apenas com hidrogênio “verde”. A Suíça é
o país com uma das maiores participações
percentuais de energia hidrelétrica do mundo
e, portanto, pode fornecer eletricidade “limpa”
suficiente para a produção de hidrogênio.
Quando o projeto estiver em andamento na
Suíça, a Hyundai planeja expandi-lo para
outros países europeus. Até 2025, a marca
sul-coreana pretende vender 670 mil veículos
elétricos anualmente, incluindo 110 mil com
células de combustível.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 239


1/14

NOVA ERA
FOTOS DIVULGAÇÃO

Por Daniel Dias


Agência AutoMotrix

A empresa resultante da fusão 50:50 da FCA (Fiat


Chrysler Automobiles) e da PSA (Peugeot Citroën)
já tem nome: Stellantis (com raiz no verbo latino
“stello”, que significa “iluminar com estrelas”). A
fusão do grupo ítalo-americano com o francês cria
um dos novos líderes na próxima era da mobilidade.
O nome Stellantis será usado exclusivamente
para se referir ao novo grupo, como uma marca
corporativa. Os nomes e os logotipos das marcas
constituintes do grupo Stellantis permanecerão
inalterados. Conforme mencionado anteriormente,
a conclusão do projeto de fusão é esperada para
ocorrer no primeiro trimestre de 2021, sujeita às
condições habituais de fechamento, incluindo

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 240


2/14

a aprovação pelos acionistas de ambas as


empresas em suas respectivas Assembleias Gerais
Extraordinárias e a satisfação de análises antitruste
e outros requisitos regulatórios. Em um primeiro
momento, as fabricantes podem aproveitar o que
cada marca tem de melhor e replicar na outra. Por
exemplo, tanto o 3008 quanto o 5008 são sucesso
basicamente na França, enquanto a Fiat vende bem
na Itália e no Brasil. Com isso, a PSA poderia
explorar os pontos fortes do Jeep Renegade ao
mesmo tempo em que a FCA poderia buscar
destaques de um Peugeot 3008. Em relação
às fábricas, o comunicado afirma que não há
planos de fechamento de nenhuma unidade,
abrindo a possibilidade de uma maior utilização
de uma com capacidade ociosa, como a de
Resende (RJ) da PSA, e aliviando a de outra,
como a de Goiana (PE) da FCA.

“START” PARA OUTRO PATAMAR


Marcando um passo importante em seu
plano de transformação Nissan Next, a marca
japonesa apresentou o novo Ariya. Como o
primeiro SUV 100% elétrico da empresa, o
Ariya inicia um novo capítulo para a marca.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 241


3/14

“Criamos o Ariya em resposta às aspirações e


necessidades práticas dos consumidores atuais.
Combinando nossos pontos fortes em veículos
elétricos e crossovers, demonstramos a nova
era de emoção e design da marca”, afirmou
Makoto Uchida, CEO da Nissan. Para ampliar o
apelo do Ariya, a Nissan planeja vender o SUV
de zero emissões com layouts de tração nas
duas e nas quatro rodas com motores elétricos
simples ou duplos. A variante monomotora
2WD oferecerá 215 cavalos de potência (160
quilowatts) e 31 kgfm de torque, enquanto o
AWD de motor duplo desenvolverá 389 cavalos
(290 quilowatts) e 61 kgfm. O Ariya marca o
“start” para o plano da Nissan de introduzir
doze novos modelos em um ano e meio. O novo

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 242


4/14

crossover demonstra o compromisso da marca


oriental em atender às expectativas dos clientes
quanto ao aumento da tecnologia eletrificada,
autônoma e conectada. A Nissan espera que
as vendas de modelos eletrificados, EVs e
e-Power, sejam mais de 1 milhão de unidades
anualmente até o final de 2023.
INOVAÇÕES EM DUAS DÉCADAS
A fábrica da General Motors em Gravataí e seu
inovador Complexo Industrial Automotivo (Ciag),
que conta com outras dezoito empresas instaladas
no Rio Grande do Sul, completam duas décadas
desde sua inauguração, em 20 de julho de 2000. Uma
das fábricas mais novas da GM na América do Sul,
Gravataí sempre se destacou pela alta tecnologia
nos processos de produção - característica que
se manteve ao longo do tempo por meio dos
investimentos feitos para receber novos produtos
-, pela sustentabilidade e pela sua conexão com a
comunidade local. Atualmente, a unidade produz o
Onix, o carro mais vendido do Brasil nos últimos cinco
anos. Nessas duas décadas, a cidade de Gravataí
passou da décima segunda posição no ranking de
maiores PIBs do Estado para o quarto lugar. O Ciag

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 243


5/14

é responsável por mais de 45% da arrecadação de


ICMS da cidade. Foram quase R$ 300 milhões gerados
em receita para o Estado, somente nesse imposto.
Desde sua inauguração, a fábrica passou por três
expansões, que somaram um investimento de cerca
de R$ 4,5 bilhões. Após fabricar o Celta, as reformas
e ampliações viabilizaram a produção do Prisma, do
Onix e, mais recentemente, dos novos Onix e Onix
Plus (sedã, ex-Prisma). Na sua mais recente expansão,
que ocorreu de 2017 a 2019, a unidade recebeu R$
1,4 bilhão para se preparar para receber a segunda
geração do Projeto Onix, com carros que trouxeram

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 244


6/14

tecnologias inéditas para o segmento, como o Wi-


Fi a bordo, o assistente de estacionamento, seis
airbags e o controle de estabilidade. “A história
da fábrica de Gravataí é formada por muito
trabalho duro e conquistas importantes. Não
tenho dúvida de que a qualidade da força de
trabalho do gaúcho foi parte fundamental
desse sucesso de duas décadas. Para mim,
é uma honra participar de um momento
histórico como esse. Me sinto orgulhoso pela
nossa equipe que fez por merecer comemorar
mais esse importante marco em solo gaúcho”,
comemorou Luis Mesa, diretor-executivo do
Ciag, que chegou à produção de 4 milhões de
unidades em fevereiro deste ano.

Receba o seu jornal CinformOline


digital GRÁTIS toda semana através
do WhatsApp, às segundas-feiras

CLIQUE AQUI E
CADASTRE-SE
A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 245


7/14

PARA PEQUENOS RADICAIS


FOTOS DIVULGAÇÃO

Por Edmundo Dantas


Agência AutoMotrix

A montadora paranaense de ciclomotores MXF


Motors está lançando no Brasil a versão 2021
da Ferinha 49cc, minimoto que agora agrega
ao nome a palavra Extreme. Indicado para
crianças de quatro a sete anos, o veículo chega
ao mercado nacional totalmente reformulado,
agregando características das motos “de
gente grande”. O veículo apresenta novos
gráficos exclusivos, inspirados nos modelos
de competição da equipe MXF Enduro Team, e
mantém opções nas cores vermelho, laranja,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 246


8/14

azul e verde. Vem com motor de dois tempos


monocilíndrico a gasolina, partida manual,
escapamento duplo, suspensão invertida, freios
a disco nas duas rodas e botão de segurança.
Segundo os desenvolvedores da montadora,
o novo posicionamento de motor possibilita
melhor centro de gravidade do conjunto, além
de novos ajustes de carburação e desempenho.
O novo modelo traz também um sistema de
exaustão com escapamento duplo e nova posição
de pilotagem com conceito “slim”, facilitando
ainda mais o aprendizado das crianças quanto
à pilotagem. “As minimotos evoluíram muito na
última década. As melhorias em tecnologia e
inovações as tornaram inclusive mais seguras.
É o caso da nova Ferinha Extreme, que conta
com componentes de ponta e o que há de mais
moderno no mercado mundial. É uma opção
segura e de última geração para os pequenos
amantes das duas rodas que, com a supervisão
dos pais, podem descobrir os segredos de uma
boa pilotagem”, explica Luiz Henrique, diretor-
técnico da MXF Motors. Mais informações sobre
a MXF e a nova Ferinha 49cc Extreme podem ser
encontradas no site clicando aqui:

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 247


9/14

CADA UM NA SUA

Fornecedora exclusiva de pneus para a MotoGP, a


Michelin ampliou seu portfólio para motocicletas
esportivas com o lançamento de quatro
novos modelos da linha Power. As novidades
têm propostas distintas, que vão do uso em
estradas a “track days”. Projetado para uso em
estradas, o modelo Power 5 é voltado a motos de
turismo esportivo e é produzido com composto
desenvolvido para oferecer com desempenho em
todas as condições, inclusive em piso molhado,
por conta de seus sulcos, que são maiores,
facilitando a drenagem da água na pista molhada.
Já o Michelin Power GP foi projetado para oferecer
desempenho ideal tanto em estradas quanto
nas pistas, visando atender a motociclistas que
ocasionalmente participam de “track days”. Seu

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 248


10/14

composto prioriza o uso em pista seca. As áreas


lisas dos ombros oferecem mais aderência em
curvas e estabilidade na pista, enquanto a relação
entre sulco e piso é de 6,5%, garantindo melhor
contato com o asfalto. O Power Cup² é projetado
para uso em pista, mas também é homologado
para uso em estradas. Ele oferece relação entre
sulco e piso de 4% no dianteiro e 5% no traseiro,
proporcionando contato máximo de borracha
com a pista. E, por último, o Power Slick², com
uso totalmente dedicado para competições e
“track days” em circuitos fechados. Sem sulcos,
ele oferece rápido aquecimento e não requer
ajustes específicos na moto.

RETOQUE NO ESTILO
A Yamaha Lander 250 ABS acaba de chegar
em versão 2021, apenas com novas cores
e grafismos. O modelo não teve nenhuma
alteração mecânica e segue com o motor
monocilíndrico de 249 cm³ com injeção
eletrônica de combustível BlueFlex e refrigerado
a ar e óleo. Entrega uma potência de 20,7
cavalos em 8 mil rpm e torque de 2,1 kgfm em

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 249


11/14

6.500 rpm. Totalmente reformulada no início


de 2019, a atual geração da Yamaha Lander 250
ABS herdou alguns atributos da extinta versão
aventureira Ténéré 250. A Yamaha até oferece
uma linha de acessórios originais para torná-
la mais apta a enfrentar longas jornadas. A
carenagem frontal recebeu um “bico” estilizado,
que remete à Crosser 150 Z ABS, com farol e
lanterna em leds. O tanque de combustível com
tampa fixa comporta 13,6 litros. A alça do garupa
agora é de alumínio e permite ao piloto que viaja
sozinho amarrar uma bagagem maior. O chassi
é do tipo berço semiduplo e o peso total do
conjunto é de apenas 143 quilos a seco.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 250


12/14

PARCERIA CONFIRMADA
FOTOS DIVULGAÇÃO

Por Luiz Humberto Monteiro Pereira


Agência AutoMotrix

Em novembro, a Fábrica Nacional de Mobilidades,


montadora de veículos elétricos carioca que resgatou
a histórica marca FNM, planeja começar a fabricar
em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, os seus
primeiros caminhões - os elétricos FNM 832, com
PBT de 13 toneladas, e FNM 833, com PBT de 18
toneladas. Até o início da semana passada, o parceiro
local estava em sigilo, mas já foi revelado: é a Agrale
S.A. Fundada em Caxias do Sul em 1962, a empresa
produz motores a diesel, tratores, caminhões leves,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 251


13/14

chassis para ônibus e utilitários 4x4 para uso civil e


militar. “A Agrale está focada na modernidade da
logística e do transporte limpo e já desenvolveu
seus caminhões e ônibus movidos a gás metano,
GNV e GNL. E agora, com essa parceria de sucesso
com a FNM, produziremos caminhões, ônibus e
tratores elétricos com tecnologias internacionais
de ponta”, comemora Hugo Zattera, presidente da
Agrale. Em um primeiro momento, a montagem
dos caminhões FNM será feita com a maioria dos
componentes importada. A expectativa é de que o
empreendimento atraia novos fornecedores para a
região, reduzindo os custos de produção.

NOVOS ARES

Em agosto, chegarão ao Equador mais duas carrocerias


produzidas pela filial brasileira da encarroçadora de
ônibus espanhola Irizar: uma do modelo i6 com chassi
Mercedes Benz O500RS 4X2 e outra do modelo i6S
com chassi Mercedes Benz O500RSD 6X2. O modelo i6,
com 13,20 metros de comprimento e 3,90 metros de
altura, tem quarenta e sete lugares, assentos semileito
e tanque de combustível em alumínio. Já o modelo i6S
tem 15 metros de comprimento e 3,90 metros de altura,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 252


14/14

com cinquenta lugares, assentos semileito e tanque de


combustível em aço inox de 860 litros (exclusivo Irizar),
além de iluminação full-led interna e externa. Montadas
na unidade industrial da cidade paulista de Botucatu,
as carrocerias Irizar cumprem com as normativas mais
exigentes do mundo para os assentos e oferecem
proteção anticorrosiva especial para ambientes hostis,
o que garante uma longa vida útil da parte estrutural.
As carrocerias também estão equipadas com o sistema
de climatização Hispacold - uma das empresas
do Grupo Irizar -, que possibilita renovação de
ar automático a cada três minutos em média,
garantindo assim um ambiente mais saudável no
interior do veículo. Têm ainda o purificador de ar
Eco3, para remoção de germes, bactérias e vírus por
meio do uso de íons de ozônio de forma controlada
no interior do sistema de climatização.

ACESSE MAIS NOTÍCIAS EM WWW.CINFORM.COM.BR

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 253


EDIÇÃO 1946

OLHO VIVO

Gustavinho
adianta detalhes
da ‘Live Sextou com
o Playboyzinho’

QUARENTENA MUSICAL
ÍNDICE
CLIQUE E ACESSE
Editorial 256

Capa da semana 260

Cabelos saudáveis no verão 267

Sociedade 269

Roteiro cultural 276

Circulando 277

ANUNCIE
AQUI

CONTATE SUA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE OU


TOQUE u E FALE COM OS NOSSOS CONSULTORES
uElenaldo Santana (79) 99949-9262
uEmail: comercial@cinform.com.br

SE PREFERIR, FALE DIRETAMENTE


COM O CINFORM SOLICITANDO UMA VISITA
(79) 3304-5414
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 255
EDITORIAL 1/4
ARQUIVO PESSOAL

OLHO VIVO

ESTREITANDO OS LAÇOS
Por conta da alta disseminação do novo
coronavírus, o Ministério da Saúde anunciou algumas
orientações para combater a pandemia. Não é hora
de pânico mas de seguir atitudes recomendadas pelo
órgão como uma tentativa de minimizar o contágio
pela doença. É hora de ficar em casa aproveitando a
família e amigos. É hora de usar a tecnologia à favor.
É hora de abusar das ligações e vídeoschamadas
para matar a saudade e manter o convívio social com
quem amamos. Vamos aproveitar também as redes
sociais para levar a mensagem de conscientização
para todos. Juntos, vamos vencer essa batalha!

Em Sergipe, as instituições de ensino das redes


federais, estaduais, municipais e particulares paralisaram
as atividades de forma temporária durante este período.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 256


EDITORIAL 2/4

Com as crianças em casa, muitas mães e pais estão


tendo que conciliar os afazeres profissionais e os
cuidados com os filhos. Confira formas de proceder
com o trabalho em casa e proteger os pequenos da
infecção. Pensando nisso, diversas empresas decidiram
disponibilizar serviços e funcionalidades para as famílias,
ajudando a contornar esta época de crise. Assim, os
baixinhos podem se divertir – e quem sabe o período em
casa passe até mais rápido, né? Confere só!

O grupo The Walt Disney Company, em conjunto


com as operadoras televisivas, abriu o sinal de seus
canais de TV por assinatura no Brasil. Assim, até 31 de
março, os usuários poderão assistir gratuitamente aos
programas da Disney. A medida também libera o acesso
ao Nat Geo Kids, ESPN, FOX e National Geographic. Ou
seja, diversão pra família toda.Além do canal queridinho
pelos baixinhos, outros que normalmente funcionam
por assinatura estão temporariamente gratuitos. Os
seis da rede Telecine, por exemplo, que possuem
a programação voltada para a exibição de filmes,
estarão disponíveis em todas as operadoras de TV por
assinatura por tempo indeterminado.

O serviço de streaming do canal, o Telecine Play,

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 257


EDITORIAL 3/4

que conta com mais de 2 mil filmes, também estará


disponível para uso gratuito por 30 dias para novos
assinantes. Dentre os destaques para o público
infantil, está o longa “Turma da Mônica”.

A plataforma de streaming Globoplay fará o


mesmo. Durante um mês inteiro, todos os conteúdos
poderão ser acessados sem assinatura. A maioria do
conteúdo é infantil, tendo em vista que os baixinhos
ficarão mais tempo em casa nesta época. Dentre
os mais de 30 títulos, estão o seriado “Detetives do
Prédio Azul”, a telenovela “Escola de Gênios” e a
animação “Mya Go”. Quem também liberou o acesso
por 30 dias foi a Spcine, empresa de fomento ao
cinema da prefeitura de São Paulo. Na plataforma
de streaming, a Spcine Play, existe uma categoria
chamada “comKids”. Lá, os pais encontram diversos
curtas infantis produzidos por brasileiros, muitos
deles tratando de temas como diversidade e inclusão
social de forma leve – como o título “Bá”, que trata da
dinâmica familiar de uma família japonesa.

A plataforma infantil PlayKids resolveu


disponibilizar conteúdos educativos gratuitos para
as crianças no período de suspensão das aulas.

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 258


EDITORIAL 4/4

Além das atividades lúdicas, os pequenos poderão


ter acesso a materiais sobre higiene pessoal,
conscientização e outros temas importantes para
a prevenção do coronavírus. Os conteúdos estão
disponíveis na plataforma da PlayKids, compatível
com smartphone ou tablet. Basta baixar o aplicativo
pelo Play Store ou pelo App Store.

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a


ideia é ficar mais em casa. Mas haja repertório de
brincadeira pra entreter as crianças o dia todo! Neste
quesito, uma boa iniciativa é a da A Tribo Educação,
comandado pela educadora Aline França, e de seu
parceiro Colorê Espaço Criativo, ambiente infantil
dedicado ao aprendizado por meio da criatividade.

De segunda à sexta-feira, das 14h30 às 15h30,


Aline fará lives nas redes sociais para que as
crianças acompanhem de suas casas. Já o Colorê
Espaço Criativo, postará todos os dias uma
ideia de atividade brincante para as famílias.
As intervenções são pensadas para auxiliar no
desenvolvimento natural das crianças, e por isso
envolvem o uso de arte e criatividade. Clique nos
links acima para não perder nenhuma brincadeira!

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 259


CAPA DA SEMANA 1/7
FOTOS DIVULGAÇÃO

Live será em prol do Externato São Francisco de Assis

GUSTAVINHO FAZ CONVITE


PARA LIVE BENEFICENTE
NESTA SEXTA-FEIRA
EXTERNATO SÃO FRANCISCO DE ASSIS É
A INSTITUIÇÃO QUE SERÁ BENEFICIADA

A série ‘Quarentena Musical’ do Olho Vivo


segue nesta semana com o jovem talento que está
sendo uma das revelações deste ano. É o cantor
Gustavinho que tem apenas 17 anos. O artista

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 260


CAPA DA SEMANA 2/7

acaba de lançar seu primeiro disco e já começa a


colher os frutos. O CD já bateu a marca de 300 mil
plays e o músico começa a conquistar fãs.

Para lançar o disco e fazer a sua estreia em


grande estilo, Gustavinho vai comandar a ‘Live
Sextou com o Playboyzinho’, no dia 31 de julho a
partir das 19h no canal dele no Youtube.

A Live será beneficente em prol do Externato


São Francisco de Assis que acolhe crianças
carentes oferecendo creche e educação infantil.
O público pode fazer as doações durante a live
através do QR Code da instituição que tem 56
anos e fica localizada na Avenida Edésio Vieira de
Melo, no Bairro Suissa em Aracaju.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA


Olho Vivo: Como começou o seu interesse
pela música?
Gustavinho: Desde da minha infância sempre
ficava assistindo os cantores na televisão, aí ficava
imitando eles cantarolando e dançando na frente
da TV, nas festas de família sempre conseguia
roubar a cena e a atenção quando começava a

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 261


CAPA DA SEMANA 3/7

tocar as músicas.
Quando fui
crescendo
comecei a
cantar no sítio
de meu pai
com playbacks
e aí a família
e os amigos
gostaram e
incentivaram
meu pai a “Deixa eu superar”
investir na é o primeiro sucesso do artista

linha carreira, a
música sempre foi minha vida.

Recebeu o apoio da família e amigos? Sim,


eles são meus maiores incentivadores.

Como sua carreira começou?


Profissionalmente começou nessa pandemia, que
foi quando lancei meu primeiro CD e comecei a
ter um acompanhamento profissional em todas as
áreas como na voz. Faço aula de canto com Rick
Gomes e também frequento o fonoaudiólogo Dr

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 262


CAPA DA SEMANA 4/7

Rafael Tavares, na parte musical sou produzido


pelo Maurício Santos e no Marketing Charles
Canal Top. A partir da chegada dessas pessoas
na minha equipe foi que demos início valendo
da minha carreira, e estou muito feliz com os
resultados em tão pouco tempo.

Quem são as suas referências musicais? Sou


muito fã do Kevin Jonny, me inspiro muito nele
na forma de cantar e de agir, além dele também
gosto do muito do Wesley Safadão tanto como
artista como pessoa, ele é um cara família pé no
chão e tem toda a minha admiração e respeito.

Quando você percebeu que a sua


carreira decolou? Na verdade não decolou,
minha carreira é muito recente mais vem em
crescente. Acabei de lançar meu primeiro
disco e em 1 mês de lançado já tem quase 300
mil plays uma marca muito grande em tão
pouco tempo de trabalho, mas tenho fé e vou
trabalhar muito pra que ela decole.

Como foi gravar o primeiro disco? Tem


quantas músicas? Qual é o hit de trabalho?

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 263


CAPA DA SEMANA 5/7

-Foi a realização de um sonho. O disco tem 13


faixas contendo hits nacionais e minha música de
trabalho “Deixa eu superar”.

Qual show que você fez que considera


o mais especial? Foi em na minha querida
cidade Maruim, em uma cavalgada. Foi um show
inesquecível e muito bom ver meus conterrâneos
cantando e se emocionando com o meu som, isso
não tem preço.

Como está fazendo para conciliar a


carreira com os estudos? Sou uma pessoa
bastante regrada apesar da pouca idade, crio
um cronograma da minha rotina e adequo
cada coisa no seu horário para que consiga
dar conta de tudo. Então estou conseguindo
dividir bem o meu tempo sem que o trabalho
atrapalhe meus estudos, pois pra mim o
estudo vem em primeiro lugar.

Como é a sua relação com os fãs? Muito


especial, o que seria de um artistas sem seus fãs
? As vezes acordo triste e abro meu Instagram
e vejo dezenas de mensagens motivadoras dos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 264


CAPA DA SEMANA 6/7

meus fãs, eles são a


base da minha carreira.

Utiliza muito as
redes sociais para
interagir com os
fãs? Sem dúvidas, a
rede social é uma das
principais ferramentas
que utilizo para
interagir com eles e
também para divulgar Gustavinho vai receber
convidados especiais na Live
meu trabalho. Nessa
pandemia virou uma forma de nos aproximar já
que estamos todos afastados.

O que está preparando para a sua


primeira Live? Vai ser uma Live muito especial,
estou preparando uma grande estrutura de
luz, cenário e imagem. Além de convidados
especiais que serão divulgados no meu
Instagram oficial durante a semana.

OV - Como vai ser o repertório? Tem


músicas autorais? Vai cantar sucessos de

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 265


CAPA DA SEMANA 7/7

outros artistas também? O repertório da Live


contará com todas as faixas do CD, hits atuais,
músicas que marcaram e claro com a minha
música de trabalho.

A Live vai ser beneficente em prol do


Externato São Francisco de Assis, porque você
escolheu a instituição? Porque é um projeto que
fui lá conhecer de perto, e me sensibilizei com a
causa que trabalho lindo, muito bem organizado
vi de perto que é uma instituição de credibilidade
que vai ajudar realmente a quem precisa.

Considera importante abraçar uma causa


social? Sem dúvidas, sempre devemos praticar o bem
e ajudar a quem precisa. São esses os princípios que
meus pais me ensinaram desde a minha infância.

Faça um convite para o público acompanhar


a sua Live... Quero ver todo mundo ligado nesta
sexta-feira, dia 31 de julho, às 19h na ‘Live Sextou
com o Playboyzinho’. É uma Live solidária com
muitas surpresas, que será transmitida pelo meu
canal no YouTube. Conto com a audiência e ajuda
de vocês. Fiquem com Deus, e até a Live...

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 266


1/2

ECLEDSON CENTRO DE BELEZA


Não é difícil encontrar quem se delicie com
horas na praia ou à beira da piscina, pena que a
relação do cabelo com a estação mais vibrante do
ano não seja assim tão bem resolvida. Pensando
nisso, resolvemos mostrar alguns tratamentos para
evitar que seu cabelo fique ressecado, com pontas
duplas, fios quebrados e principalmente a queda .

Cauterização FOTOS DIVULGAÇÃO

Vai trazer
reconstrução do fio
de dentro para fora,
repondo á queratina
e recuperando
á maleabilidade.
Tem o objetivo de
devolver saúde aos
cabelos, deixando os
fios mais brilhantes
e menos porosos.
Tem a função
de hidratar sem
alisar, eliminando

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 267


2/2

o aspecto arrepiado e suavizando as pontas


duplas e pode ser repetido á cada 1 mês.

Hidratação Profunda
Trás o efeito de brilho e maciez imediato e
pode ser feito com auxílio de tecnologias como
laser ou secador de coluna para trazer ainda mais
eficácia no resultado .

Tratamento Capilar
É um dos tratamentos de reconstrução
mais eficaz para quem tem fios extremamente
danificados por químicas ou ação de pranchas
e secadores. O procedimento age a um nível
mais profundo da fibra
capilar, repondo proteínas
e preenchendo á
porosidade dos fios, além
de selar a cutícula.
Agende seu horário pelo
(79) 3246-4011 ou (79) 99809-
2486 e venha conferir qual melhor
tratamento pra seu cabelo.

Rua Teixeira de Freitas


n°175 - Salgado Filho

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 268


1/7

SOCIEDADE
Sucesso é a palavra que define o novo disco
promocional de Devinho Noaves que bateu
a marca dos 500 mil plays nas plataformas
digitais e continua sendo o mais
baixado e ouvido. O CD
conta com 16 faixas e a
aposta do Boyzinho é
o hit ‘Ana’. Já baixou
e colocou o álbum
na sua playlist?
Agora compartilhe
com os amigos
também! O
artista que
faz parte
do casting
TeoSantana
Produções
promete deixar
a quarentena
FOTOS DIVULGAÇÃO

mais animada com


o novo trabalho. l

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 269


SOCIEDADE 2/7

A cantora sergipana,
Maraisa A Dama do Forró
foi a grande campeã da
16° temporada nacional
do concurso ‘Voz da
Quarentena’, realizado
na semana passada. Ela
competiu na final com dois
cantores de São Paulo e
com seus seguidores fiéis,
venceu com 1169 votos.
Parabéns para a nossa campeã sergipana que,
também, realizou uma brilhante Live no fim de
semana e em breve lançará um EP sensacional!
Maraísa também foi eleita a melhor cantora e
ganhou o Prêmio Sanfona de Ouro. O sucesso foi
comemorado pelos fãs na Live que a artista
realizou no fim de semana. l

O cantor Thiago Sol está se preparando para


realizar a primeira Live do seu novo projeto ‘Sol
Kids’ Planet nesta quinta-feira, dia 30 de julho,
a partir das 18h no canal do Youtube do artista.
A Live ‘Sol Kids Planet’ será transmitida ao vivo
do Salão de Festas Planeta Mágico para toda a

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 270


SOCIEDADE 3/7

família se divertir de casa. O artista promete ser a


melhor live kids do planeta com um show muito
dançante e animado. O projeto foi lançado em
outubro do ano passado, no evento da TV atalaia
‘Aracaju Cidade da Criança’ e em menos de um
ano já é sucesso. É a primeira banda sergipana
dedicada ao público infantil e toda a família. O
projeto de Thiago Sol foi preparado para atender
vários formatos de eventos como aniversários,
formaturas do ABC, festas escolares, eventos
em shoppings e coorporativos também, mas
por enquanto os shows estão sendo realizados
apenas através de lives para evitar aglomeração
seguindo os decretos dos governos de orientação

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 271


SOCIEDADE 4/7

da Organização Mundial da Saúde. A Banda Sol


Kids se apresenta com um espetáculo incrível
de cores e muita música que vai mexe com a
imaginação e criatividade das crianças, levando
muita alegria e muita diversão, proporcionando
momentos mágicos no mundo da fantasia. Então
todos estão convidados para esta super live! l

Muito querida e competente,


a coordenadora de marketing
da Rede Primavera, Anne
Trindade, comemorou
aniversário na última sexta-
feira e recebeu muito carinho
do colegas de trabalho,
amigos e familiares através
das redes sociais. Anne
ganhou muitos presentes e
uma festinha surpresa com
direto a muitas guloseimas.
A coordenadora se destaca
pelo trabalho que desenvolve
na rede hospitalar pelo
seu carisma, atenção e
humanização. Viva Anne Trindade! l

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 272


SOCIEDADE 5/7

Estar em casa não


necessariamente significa
estar em segurança. Ao
menos para as mulheres.
Além dos problemas
sanitários e estruturais que
a pandemia agravou, o
confinamento imposto por
ela elevou significativamente
os casos de violência
contra a mulher. O número
de denúncias feitas ao canal 180 cresceu quase
40% em abril de 2020, se comparadas a 2019. Os
dados são do Ministério da Mulher, da Família e
dos Direitos Humanos. Para debater este delicado
tema, o Projeto Azahar: Flor de Laranjeiras convida
para uma Prosa a Professora Patricia Rosalba,
Pós-doutora e professora do Campus do Sertão
da Universidade Federal de Sergipe. Com ampla
experiência em gênero e ruralidades, relações de
poder, violência e sexualidades, Patrícia coordena
o grupo de pesquisa XiqueXique – Grupo de
Pesquisa Gênero e Sexualidade. A conversa será
ao vivo, na próxima quinta-feira, às 17h, na
página do Instagram do Azahar.. l

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 273


SOCIEDADE 6/7

A Cestamor Aju chegou como uma opção de


presentear com carinho e muito sabor em cestas
artesanais de café da manhã, lanche da tarde
e opções de frios e vinhos e cervejas. Além das
cestas finas, também organizamos kits recepções
de maternidade e executivos. A nove empresa
aceita encomendas com até 48h de antecedência
para retirada ou entrega no local indicado. Os
pedidos podem ser feitos via direct no Instagram
@cestamoraju , pelo WhatsApp (79) 99135-3135 ou
através email cestamor.aju@gmail.com l

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 274


SOCIEDADE 7/7

A advogada Rosenice Figueiredo comemora


aniversário nesta quarta-feira, 29 de julho e
vai receber muitas homenagens de amigos,
colegas de trabalho e familiares através das
redes socais. Muito querida, competente e
respeitada, a baiana que recebeu o título de
Cidadã Aracajuana em 2016 é referência em
sua área e já realizou trabalhos importantes
para a população através da Comissão dos
Direitos Humanos da OAB, Secretaria de
Estado da Segurança Pública e Emsurb. Rose é
sinônimo de festa da melhor qualidade com o
rock que tanto ama! parabéns, meu amor! l

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 275


ROTEIRO CULTURAL
DIVULGAÇAO

PROGRAMA EM CASA
Todas as programações musicais e culturais foram
canceladas ou adiadas por orientação do Ministério
da Saúde e do Governo de Sergipe para evitar a
contaminação do novo Coronavírus que está em
pandemia. A situação é delicada e exige cuidados
e muita atenção, mas não é motivo para pânico. É
hora de aproveitar a família e ficar em casa. Além
de ajudar as crianças nas atividades da escola, é
hora de inovar e usar a criatividade para aproveitar
esse tempo da melhor forma. Escolher bons filmes
para assistir na NetFlix, Youtube ou GloboPlay
são boas alternativas. Além de brincadeiras com
videogames, contação de histórias e até mesmo
jogos como ‘Banco Imobiliário’, ‘Xadrez’, ‘Dama’,
‘Cartas’ e ‘Dominó’ podem ser muito divertidos e
vão entreter toda a família. Fica a dica!!! l

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 276


1/8

CIRCULANDO
DICAS DE DIEGO

FOTOS DIVULGAÇÃO
BORRAJO
A grande diferença
entre esses dois tipos
de tratamento é que,
segundo Dr. Diego
Borrajo, os alinhadores
são plaquinhas removíveis
feitas em laboratório que
promovem a movimentação dentária. “Eles
são transparentes, portanto super estéticos
e individuais, feitos sob medida para cada
paciente”. Já o tratamento ortodôntico com
aparelho fixo compreende os famosos
braquetes colados aos dentes, arcos para
movimentação dentária, elásticos que prendem
o arco aos braquetes e outros acessórios como
botões, tubos e bandas. É uma opção que não
costuma agradar os pacientes esteticamente. . l

VEM AÍ...
Um time de profissionais muito bacanas foi
formado com o propósito de produzir conteúdos

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 277


CIRCULANDO 2/8

diversos que prometem


agradar o público
sergipano. O In Sergipe traz
como slogan “moderno,
criativo e sempre com
você”. Nas mídias digitais
do projeto, os amantes da
internet poderão se deliciar
com uma nova maneira
de fazer jornalismo e
entretenimento. A jornalista Luzia Teles fará parte
do novo projeto. Já estamos ansiosos pela estreia
desse novo projeto, que chegará em breve com
muita ousadia e irreverência. l

FAÇA
REEDUCAÇÃO
ALIMENTAR
Aline
Nascimento
se reinventou
nesta pandemia
e se tornou
uma grande
empreendedora

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 278


CIRCULANDO 3/8

oferecendo os clientes uma melhor qualidade de


vida com mais saúde com os produtos de primeira
linha do ‘Ervas Finas’. Com muita atenção, carinho
e dedicação, Aline orienta cada cliente como
consumir corretamente os produtos para alcançar
os resultados desejados. Ela conta com o apoio
da filha, Anny Kandyce. Siga a musa fitness no
Instagram @ervasfinas.vendedoraaju ou entre em
contato através do número (79) 9 9918-8505. l

FESTIVAL DA MANDIOCA
Os deputados estaduais de Sergipe aprovaram
o projeto de autoria do deputado estadual Ibrain
Monteiro (PSC) que declara o ‘Festival da Mandioca’

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 279


CIRCULANDO 4/8

como Patrimônio Cultural Imaterial de Sergipe e o


inclui no Calendário Oficial de Eventos do Estado.
O evento é tradicionalmente celebrado no período
dos festejos juninos. “O Festival da Mandioca, além
de trazer grande proveito econômico e social
para a cidade de Lagarto, envolve todas as
secretarias municipais, trazendo programas,
palestras, cursos para a população, além da
apresentação de artistas locais e nacionalmente
conhecidos”, justifica o parlamentar. l

NOVIDADE DA
TYRESOLES
A Tyresoles Aracaju,
revendedora oficial da
Goodyear, está com
uma novidade. É a linha
calçados Footwear da
Goodyear. Você já conhece
a qualidade dos pneus
Goodyear. Agora essa
qualidade e tecnologia
também estão presentes na linha footwear de
calçados da marca que utiliza materiais como
couro e sola worker de borracha exclusiva

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 280


CIRCULANDO 5/8

Goodyear. Por enquanto a Tyresoles está


trabalhando com os novos calçados da marca sob
encomenda. Para conferir o catálogo de modelos
e encomendar o seu é só entrar em contato pelo
WhatsApp no (79) 9.9693-3901. l

LIVE DO
RECANTO DO
CHORINHO
O Bar e
Restaurante
Recanto do
Chorinho fará
uma live no dia
26 de julho, a
partir das 17h.
A transmissão
será realizada via
Youtube. A live
será comandada
pelo grupo Regional Recanto do Chorinho e
pela cantora Anna Aparecida. Também haverá
participações de Mimi do Acordeon e Sergival.
A live é solidária e acontecerá no canal Recanto
do Chorinho Oficial no Youtube. l

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 281


CIRCULANDO 6/8

CAPACITA OFERECE CURSOS GRATUITOS


UNINASSAU - Centro Universitário Maurício
de Nassau Aracaju e o Instituto Êxito estão
disponibilizando mais de 70 cursos de
qualificação, com 7000 vagas até o dia 31 de
julho, para quem deseja se qualificar de forma
gratuita. Esse ano o Projeto Capacita reali
acontece em casa e estará disponibilizando
aulas online que poderão ser acompanhadas
pelo celular, computador ou tablets. A
programação conta com cursos que abordarão
temas como: formação de preços e vendas,
soluções e estratégias para o enfrentamento
da Pandemia: uma visão jurídica e empresarial,
Marcas, pouco e influenciadores digitais em

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 282


CIRCULANDO 7/8

tempo de isolamento social. Ainda Análise


e Soluções de Problemas, Introdução a
fotografia e edição de imagens além de
congressos e Curso de Empreendedorismo
e Sobrevivência pelo Instituto Êxito, além de
muitos outros em diversas áreas. l

‘TRAMAS DE SERGIPE’
O Projeto ‘Tramas de Sergipe’ pretende
estimular o hábito da leitura e escrita, além
de homenagear a Sergipanidade e os 200
anos de emancipação política do Estado de
Sergipe. Organizado pela Secretaria de Estado

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 283


CIRCULANDO 8/8

da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc),


a ação busca ofertar os mais variados gêneros
da literatura para dialogar com os estudantes
da rede estadual e público interessado, através
de encontros semanais (às quintas-feiras) nas
redes sociais da secretaria. Com comentários
sobre os escritores sergipanos. l

ACESSE MAIS NOTÍCIAS EM WWW.CINFORM.COM.BR

BAIXE NOSSO JORNAL


DIRETAMENTE DO SITE:
www.cinform.com.br/edicoes

Todas as notícias do
CINFORM na palma da
sua mão, a qualquer hora,
em qualquer lugar

A NOVA ERA DA NOTÍCIAS

ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 284


FUNDADO EM 2 DE DEZEMBRO DE 1982
PUBLICADO EM DIGITAL DESDE 17 DE JULHO DE 2017

CINFORMONLINE CNPJ 35.851.783/0001-00


Rua Sílvio César Leite nº 90 – CEP49055-540
Salgado Filho – Aracaju (SE)

Diretor de Jornalismo
Edvar Freire Caetano – DRT –591/SE
edvar@cinformonline.com.br

Jornalistas
Fredson Navarro–DRT–1145–jornalistanavarro@gmail.com (Freelancer)
Habacuque Villacorte DRT – 947/SE
habacuquevillacorte@gmail.com (Freelancer)

Caderno de Veículos
Agência Automotrix (RJ)

Editoração Eletrônica
Altemar Oliveira – oliveiraltemar@gmail.com

Colunistas
Dra. Ana Sarmento – Mediação & Arbitragem
Dr. Eduardo Ribeiro – Oficina de Advocacia
Dr. Roberto Wagner – Espaço Literário
Flávia Lima Moreira – Artigo da semana
Jornalista André Barros – Panorama
Nathalie Fontes – Propaganda & Negócios
Profª Ednalva F. Caetano – Cantinho da Crônica
Jornalista Shirley Vidal – Espaço Reflexão

Diretoria Comercial
elenaldosantana@yahoo.com.br
Elenaldo Santana comercial@cinformonline.com.br
WhatsApp (79) 99949-9262

Municípios
Noel Lino Santos-ME – DRT 986/SE – Fone: 79 99645-6858

Estatística responsável: Drielly Rodrigues


Registro CONRE 10.591 5° Região
VOLTAR
1ª PÁGINA
ANO 38 - ED. 1946 -27/7/2020 - 285

Você também pode gostar