Você está na página 1de 12

U1

Apêndice

Gabaritos comentados com resposta-padrão

Fundamentos filosóficos na educação: Unidade 1

Gabarito 1 – Faça você mesmo – Seção 1.1

1. Alternativa Correta: D
Resposta Comentada: Descartes se utiliza da dúvida como instrumento
que poderia libertar o pensamento de dados falsos – dados que, na
verdade, são advindos dos sentidos. Com tal objetivo, ele aplica a dúvida
hiperbólica, ou seja, aquela que abarca tudo o que era entendido como
verdadeiro e em um movimento sem fim. No entanto, sua filosofia não cai
em um vazio de fundamento – pelo contrário, por meio da dúvida, o autor
chega ao reconhecimento do fundamento primeiro de toda sua filosofia:
o “penso, logo existo”. Nesse sentido, a proposição II está incorreta.

2. Alternativa Correta: E
Resposta Comentada: Ao longo do tempo, o sucesso das ciências
experimentais levou o homem a reconhecer a ciência em geral como
caminho para a verdade. Nesse sentido, ela conquistou cada vez mais
confiança e desenvolveu suas pesquisas, libertando-se progressivamente
de desejos e direcionamentos que não viessem dela própria.
Porém, a crença em seu poder fez que, em muitos aspectos, os cientistas
acreditassem que apenas suas avaliações fossem suficientes para decidir
sobre os caminhos. Nesse sentido é que se faz necessário o posicionamento
crítico, para que a ciência não se realize como um animal indomado que
caminha para onde quer.

3. Alternativa Correta: D
Resposta Comentada: O ato educativo não pode ser pensado como algo
que possa ser realizado sem o adequado planejamento. De modo especial,
ao se tratar da formação da consciência ativa do aluno diante do mundo,
é necessário que a teoria embase a ação do professor.

Fundamentos filosóficos na educação 1


U1

Gabarito 2 – Faça você mesmo – Seção 1.2

1. Alternativa Correta: D
Resposta Comentada: A ação intencional significa agir de modo dirigido,
a partir de um objetivo que deve ser alcançado; refere-se à intenção do
professor, mas não no sentido de desejo de realizar algo corretamente, mas,
sim, como algo que é planejado dentro de determinadas possibilidades.
O entendimento destas é que deve ser alargado pela reflexão filosófica,
olhando para o ser humano como objeto sempre em construção.

2. Alternativa Correta: E
Resposta Comentada: A Antropologia Filosófica nos faz entender que
o homem é um animal complexo e que o ato de ensinar, para que seja
efetivo, deve ser pensado de modo não fechado, ou seja, é importante
saber de que maneira o conhecimento é possível, a partir das diferentes
concepções que se tem do homem como fenômeno. O objetivo principal
da Antropologia é lançar um olhar que seja mais totalizador sobre o
homem.

3. Alternativa Correta: B
Resposta Comentada: As concepções de homem – naturalista ou
essencialista – nunca são completas. Desse modo, auxiliam o fazer
educativo quando o professor considera elementos de cada uma delas
para o planejamento de suas ações. Enquanto a visão essencialista traz a
ideia de “homem” como algo fixo e pronto, que deve apenas ser realizado
na prática, a visão naturalista insere tal ente no âmbito maior da natureza,
que segue determinadas leis.

Gabarito 3 – Faça você mesmo – Seção 1.3

1. Alternativa Correta: E
Resposta Comentada: Na educação, o estudante deve ser considerado a
partir do que é presente, porém percebendo-se que vem de seu passado.
O presente não é reprodução, mas superação do momento que o
antecedeu. Além de considerar o passado, o ato educativo deve ensinar o
educando a interpretar seu presente, enxergando-se como sempre algo
que superou um conflito.

2 Fundamentos filosóficos na educação


U1

2. Alternativa Correta: E
Resposta Comentada: A dialética hegeliana afirma que a realidade é
temporal, dando-se ciclicamente, porém a ideia de “ciclo” não é entendida
como “repetição”. O ciclo indica a ideia de “ida-e-vinda” na passagem
de um momento para o momento seguinte, na preservação de alguns
elementos do passado e na superação de outros. O momento presente é
sempre totalmente outro do que o antecedeu, mas também é dependente
do antecessor, sem o qual não chegaria a ser.

3. Alternativa Correta: E
Resposta Comentada: Para Sartre, não há uma essência a partir da qual
possa ser pensado o homem, pois este é um ser que se faz a cada escolha,
por sua liberdade extrema. Para a ação humana, do mesmo modo: não há
um céu de valores que ordenem as ações, por isso, toda ação é livre e se
torna boa por ter sido tomada.

Fundamentos filosóficos na educação 3


U2

Apêndice

Gabaritos comentados com resposta-padrão

Fundamentos da Educação: Unidade 2

Gabarito 1 – Faça valer a pena – Seção 2.1

1. Alternativa Correta: B
Resposta Comentada: a proposição I é falsa, pois a ideologia não é uma
das possíveis interpretações: ela é uma falsa interpretação, pois não toma a
realidade em si mesma e sim de acordo com os desejos e as necessidades
de uma determinada classe social. A proposição III é falsa, pois os conceitos
de “contra-ideologia” e “hegemonia” vêm da filosofia de Gramsci.

2. Alternativa Correta: B
Resposta Comentada: sendo construído por seres humanos dentro de um
contexto, não é possível pensar um currículo que seja neutro. A defesa dos
interesses de determinada classe nem sempre é clara, considerando-se isso
significa o menosprezo de outra. Por isso, é preciso uma análise detalhada
para enxergar os objetivos sutis, mas que têm grandes consequências.
Não há currículo não ideológico, pois ele está sempre atrelado à decisão
da classe política.

3. Alternativa Correta: D
Resposta Comentada: seguindo a definição dos conceitos: a direção está
relacionada ao pensamento (uma classe convence e tem poder sobre o
pensamento dos indivíduos), o domínio se relaciona ao poder político (com
a possibilidade de usar a força para fazer valer a vontade sobre as demais
classes) e hegemonia é quando uma detém a direção e o domínio (ou seja,
quando ela tem o poder político que é sustentado, principalmente, por
conquistar o poder ideológico).

Fundamentos da Educação 1
U2

Gabarito 2 – Faça valer a pena – Seção 2.2

1. Alternativa Correta: B
Resposta Comentada: não se pode concluir o que é apresentado na
asserção I, pois o autor não restringe o ato educativo a um aspecto
negativo de apenas perpetuar a situação de dominação entre classes. O
que ele afirma somente se refere às classes sociais, indicando que elas
acabam por gerar diferentes modelos de escola/educação.

2. Alternativa Correta: E
Resposta Comentada: o trecho indica que não há processo educativo que
seja liberto dos interesses de classe – não importa qual seja ela. O aluno
não é vazio; e ele carrega não apenas sua vivência social, mas também
aquilo que a própria família vivenciou ao longo do tempo e transmitiu a ele
como conhecimento de vida.

3. Alternativa Correta: D
Resposta Comentada: o autor entende que o conhecimento sobre o
mundo e o próprio homem deve ser considerado sempre a partir de uma
relação entre ambos. Há um aspecto objetivo e natural do mundo, no
entanto, tal ponto sofre influência da ação do homem como práxis social.

Gabarito 3 – Faça você mesmo! – Seção 2.3

1. Alternativa Correta: C
Resposta Comentada: uma pesquisa antropológica tem o objetivo de
entender uma determinada cultura, observando todos os elementos que
ela apresenta e descobrindo o sentido que eles têm na ordenação interna
do grupo. O antropólogo não tem o objetivo de intervir nem de atribuir
sentido, mas de conhecer e registrar o que ocorre.

2. Alternativa Correta: E
Resposta Comentada: de modo geral, a cultura pode ser entendida como
aquilo que o homem fez do mundo: todos os elementos materiais ou
espirituais que dão ao mundo natural um determinado ordenamento. O
homem adequou, forjou, um lugar que suprisse suas necessidades.

2 Fundamentos da Educação
U2

3. Alternativa Correta: D
Resposta Comentada: de todas as ideias apresentadas, a proposição III
está incorreta, pois o tema da cultura não trata do aspecto físico do ser
humano, em sua formação no processo evolutivo, mas sim de pontos
simbólicos e materiais daquilo que é produção do homem diante do
mundo natural.

Fundamentos da Educação 3
U3

Apêndice

Gabaritos comentados com resposta-padrão

Fundamentos históricos da educação: Unidade 3

Gabarito 1 – Faça você mesmo – Seção 3.1

1. Alternativa Correta: B
Resposta Comentada: Os católicos, proprietários das principais
instituições privadas de ensino no país, defendiam que o financiamento
público também fosse direcionado para a iniciativa privada, enquanto que
os reformadores da escola nova defendiam que o financiamento público
fosse apenas para as instituições públicas.

2. Alternativa Correta: D
Resposta Comentada: Os reformadores da educação nova defendiam
a democratização da educação por meio do ensino público, gratuito,
obrigatório e laico. Também defendiam a educação como forma de
equalização social, ou seja, como elemento de integração social e de
construção de uma sociedade ancorada nos princípios de desenvolvimento
em curso no país.

3. Alternativa Correta: C
Resposta Comentada: O nacional desenvolvimentismo foi o projeto
predominante nesse período, sendo que as propostas educacionais
reformadoras ganharam cada vez mais espaço na institucionalidade, cujo
projeto político estava ancorado no fortalecimento do nacionalismo.

Fundamentos históricos da educação 1


U3

Gabarito 2 – Faça você mesmo – Seção 3.2

1. Alternativa Correta: A
Resposta Comentada: A desvinculação legal do investimento em
educação, de acordo com a arrecadação, fez que o Brasil investisse
proporcionalmente cada vez menos no setor. Isso num momento em que
havia muitos recursos e de grande urbanização e aumento da demanda.
Segundo VIEIRA (apud SAVIANI, 2008, p. 299), o investimento em educação
“desceu de 7,60% (em 1970), para 4,31% (em 1975)”, o que se traduziu
também na redução do salário dos professores.

2. Alternativa Correta: D
Resposta Comentada: Em 1982, a lei 7.044 desobrigou as escolas de
praticar a profissionalização, deixando a opção da preparação para o
trabalho a critério do estabelecimento de ensino e permitindo um retorno
à formação mais geral.

3. Alternativa Correta: B
Resposta Comentada: As afirmações I, II e III são princípios da Constituição
aprovada em 1988. Além destes, a Constituição previa Gratuidade do
ensino público em estabelecimentos oficiais – não apenas para pessoas
de baixa renda.

Gabarito 3 – Faça você mesmo – Seção 3.3

1. Alternativa Correta: C
Resposta Comentada: O modelo neoliberal privilegia o mercado, a
concorrência e a iniciativa privada, em oposição à ação estatal e contrária
às medidas igualitárias. Logo, a alternativa que propõe educação privada,
eventualmente subsidiada pelo governo por meio de vales e a formação
das elites intelectuais e seleção dos “melhores” é a correta. As demais
confundem o modelo liberal com políticas estatizantes ou social-
democratas.

2. Alternativa Correta: A
Resposta Comentada: O governo federal vetou vários tópicos do PNE
aprovado, evitando aumentar os gastos com Educação, como a definição

2 Fundamentos históricos da educação


U3

do investimento de 7% do PIB no setor. Não convocou toda a sociedade


para discutir, ao contrário, protocolou um projeto alternativo ao das
entidades representativas da sociedade.

3. Alternativa Correta: B
Resposta Comentada: Comentada: Tanto a escola pública quanto a
privada melhoraram entre 2005 e 2015, mas a melhoria da escola pública
foi mais expressiva, atingindo sua meta. Apesar da nota mais baixa da rede
pública, notamos que a diferença entre as notas dos dois sistemas tem
diminuído ao longo do tempo.

Fundamentos históricos da educação 3


U4

Apêndice

Gabaritos comentados com resposta-padrão

Os fundamentos teóricos da Educação: Unidade 4

Gabarito 1 – Faça você mesmo – Seção 4.1

1. Alternativa correta: C
Resposta comentada: A partir do conteúdo estudado na unidade, o tema
da barbárie se faz presente como uma manifestação sempre pronta a
aparecer no meio social; a barbárie pode ser entendida como “explosão”
daquilo que é constantemente reprimido na sociedade. Deste modo, o
que o trecho apresenta sobre repressão de modo negativo pode levar a
manifestações da barbárie.

2. Alternativa correta: D
Resposta comentada: Os esforços da Escola de Frankfurt – a Teoria
Crítica – podem ser entendidos a partir de uma primeira necessidade, que
é a de se elaborar um diagnóstico da sociedade que permita uma ação
efetiva de transformação, no sentido de que o homem seja conduzido à
emancipação.

3. Alternativa correta: E
Resposta comentada: Os eventos ocorridos nos campos de concentração
mostram o que o ser humano é capaz, em sua barbárie. Depois de tais
eventos, a humanidade não poderia mais deixar de considerar uma
educação que impedisse que algo semelhante ocorresse e, neste sentido,
o processo educativo tem a função de humanizar para que nenhuma
barbárie se manifeste.

Os fundamentos teóricos da Educação 1


U4

Gabarito 2 – Faça você mesmo – Seção 4.2

1. Alternativa correta: E
Resposta comentada: Segundo Bourdieu (2007b), a escola é reprodutora
da divisão social de classes. Ainda que de modo não declarado, o sistema
educacional privilegia um tipo de conhecimento (capital cultural), que é
oferecido apenas às classes sociais com ótimas condições financeiras, sem
considerar o pouco acesso que as classes populares têm a tais conteúdos.

2. Alternativa correta: C
Resposta comentada: O trecho trata daquilo que o autor chama de herança
cultural. Refere-se, especificamente, àquilo que o indivíduo recebe de sua
classe social por meio de sua família. A herança influencia diretamente
naquilo que se apresenta como possibilidade de escolha do indivíduo –
ele poderá alcançar o que estiver de algum modo pré-possibilitado.

3. Alternativa correta: D
Resposta comentada: Um dos pontos de aproximação do pensamento
dos autores é a ideia de que a vida material, em toda sua produção e suas
respectivas necessidades, permite uma determinada percepção de mundo,
a partir da qual os indivíduos de uma classe produzem seus símbolos;
deste modo, cada classe tem sua produção simbólica que determina o
capital cultural.

Gabarito 3 – Faça você mesmo – Seção 4.3

1. Alternativa correta: D
Resposta comentada: O trecho usa diferentes exemplos para mostrar que,
na relação entre o todo e as partes, não se pode atribuir maior complexidade
ao todo, simplesmente por ele ser constituído pelas partes. Na verdade,
as partes são mais complexas quando olhadas de dentro. O exemplo da
sociedade é claro quando diz que o indivíduo é mais complexo que ela; o
indivíduo se altera constantemente, mas a sociedade só se altera por meio
das alterações do conjunto de indivíduos.

2 Os fundamentos teóricos da Educação


U4

2. Alternativa correta: E
Resposta comentada: Uma das ideias que definem a complexidade é a de
incerteza; a inconstância de seus movimentos constituintes não permite,
ao pensamento, abarcar o todo complexo. Neste sentido, um relógio
pode ter uma constituição complicada, com tantas partes – mas cada
uma delas funciona sempre a responder do mesmo modo, segundo algo
anteriormente definido.

3. Alternativa correta: A
Resposta comentada: Uma das principais críticas que, a partir do
pensamento complexo, podem ser feitas, é a da hiperespecialização.
O modelo de razão adotada pelo homem busca dividir a realidade em
múltiplas partes, que devem ser conhecidas sempre mais em seus detalhes.
Olhando apenas para as menores partes da realidade, perde-se a noção
do todo, que é complexo, e apenas a partir do qual é possível buscar uma
compreensão.

Os fundamentos teóricos da Educação 3

Você também pode gostar