Você está na página 1de 34

Universidade Federal de Viçosa

Campus Rio Paranaíba


Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas

SIN 110
Programação

Sistemas de Informação
Prof. Guilherme C. Pena
guilherme.pena@ufv.br
Universidade Federal de Viçosa
Campus Rio Paranaíba
Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas
SIN110 – Programação

Aula de Hoje
Representação e Aritmética Binária

2/34
Introdução

ANÚNCIO
SIN110 – Programação

“Vende-se computador com processador Intel Core


i5, 2.5 Ghz, 8 MB Cache, Memória RAM de 6 GB,
HD de 1 TB, placa de vídeo integrada de 750 MB.”
O que pode ser medido em um computador?
- Capacidade da Memória RAM
- Capacidade do HD
- Tamanho de arquivos
- Etc.
UFV - Campus Rio Paranaíba
Sistemas de Informação 3/34
A informação e sua representação

O computador, sendo um equipamento eletrônico,


SIN110 – Programação

armazena e movimenta as informações internamente


sob forma eletrônica.

O computador reconhece dois estados físicos distintos,


produzidos pela eletricidade:
- Presença de energia
- Ausência de energia

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 4/34
A informação e sua representação
Como os computadores representam as informações
usando dois estados, eles são adequados para
SIN110 – Programação

números binários:
- Desligado → 0
- Ligado → 1

O computador é um sistema baseado


em representação binária (base 2):
- 0 (zero) ou
- 1 (um)
UFV - Campus Rio Paranaíba
Sistemas de Informação 5/34
A informação e sua representação

A razão pela qual os computadores usam o sistema


SIN110 – Programação

binário (base 2) é porque isso torna mais fácil a


implementação da tecnologia eletrônica atual.

Obs: Até seria possível construir computadores que


operassem na base decimal (base 10) que estamos
acostumados, dígitos de 0 a 9. O problema é que esses
computadores seriam extremamente caros.

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 6/34
A informação e sua representação
BIT
SIN110 – Programação

- Número binário no computador: “Binary digIT”


- É a menor unidade de informação
- Um bit pode representar apenas 2 símbolos (0 e 1)

“A representação de toda e qualquer informação em


um computador é, em seu nível mais elementar,
constituído por conjuntos de bits.”

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 7/34
A informação e sua representação

Um número de N bits pode representar 2N valores


SIN110 – Programação

distintos. Bits Símbolos (2 ) N

1 2
2 4
3 8
4 16
5 32
6 64
7 128
8 256
9 512
10 1024

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 8/34
A informação e sua representação

BYTE (BinarY TErm)


SIN110 – Programação

- Grupo ordenado de 8 bits;


- Tratado de forma individual, como unidade de
armazenamento e transferência;
- Unidade de memória usada para representar um caractere;
- Todas as letras, números e outros caracteres são codificados
e decodificados através dos bytes que os representam:
1 byte = 8 bits = 1 caractere (letra, número ou símbolo)

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 9/34
A informação e sua representação

Tabela ASCII:
SIN110 – Programação

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 10/34
A informação e sua representação
Para referenciar grandes volumes de dados, unidades
foram criadas. Estas unidades representam grandes
SIN110 – Programação

agrupamentos de bits:
Unidade Símbolo Tamanho Bytes
Byte B 8 bits 1
Quilobyte
KB 1.024 B 210 = 1.024
(ou Kilobyte)

Megabyte MB 1.024 KB 220 = 1.048.576

Gigabyte GB 1.024 MB 230 = 1.073.741.824

Terabyte TB 1.024 GB 240 = 1.099.511.627.776

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 11/34
A informação e sua representação

Pode-se dizer que:


SIN110 – Programação

- 1 Kilobyte é aproximadamente MIL bytes


- 1 Megabyte é aproximadamente um MILHÃO de bytes
- 1 Gigabyte é aproximadamente um BILHÃO de bytes
E assim por diante..
Quando alguém diz:
“Este computador tem um HD de 500 gigas, isto é, 500 gigabytes
que significa que ele pode armazenar aproximadamente 500
bilhões de bytes, 536.870.912.000 bytes exatamente.”

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 12/34
Sistema de Numeração

Sistema de Numeração
SIN110 – Programação

- Conjunto de símbolos utilizados para representação de


quantidades

Cada sistema de numeração é um método diferente de


representar quantidades
- As quantidades em si não mudam, mudam apenas os
símbolos usados para representá-las

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 13/34
Sistema de Numeração

Sistema Base Algarismos


SIN110 – Programação

Binário 2 0,1

Ternário 3 0,1,2

Octal 8 0,1,2,3,4,5,6,7

Decimal 10 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9

Duodecimal 12 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9,A,B

Hexadecimal 16 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9,A,B,C,D,E,F

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 14/34
Sistema Binário – Base 2

Utiliza dois símbolos para representar quantidades:


SIN110 – Programação

-0 e1
Cada algarismo é chamado de bit
- Exemplo: 1012

Caractere mais à esquerda - Most-Significative-Bit - “MSB”.


- Em português (MSB) significa bit mais significativo
Caractere mais à direita - Least-Significative-Bit - “LSB”.
- Em português (LSB) significa bit menos significativo

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 15/34
Conversão de Decimal para
Binário
Método de Conversão:
Divida o número por 2 até que o quociente seja 0 (zero).
SIN110 – Programação

O número binário correspondente será formado pelos


restos das divisões, sendo o resto da última divisão o
dígito binário mais à esquerda (bit mais significativo):

Resultado: (23)10 = (10111)2


UFV - Campus Rio Paranaíba
Sistemas de Informação 16/34
Conversão de Binário para
Decimal
Método de Conversão:
Multiplique cada bit i por 2i começando do mais significativo.
SIN110 – Programação

Converta o número binário 10111 para decimal:


(10111)2 = 1 x 24 + 0 x 23 + 1 x 22 + 1 x 21 + 1 x 20
16 + 0 + 4 + 2 + 1 = (23)10

Converta o número binário 1111101 para decimal:


(1111101)2 = 1x26 + 1x25 + 1x24 + 1x23 + 1x22 + 0x21 + 1x20
= (125)10
UFV - Campus Rio Paranaíba
Sistemas de Informação 17/34
Conversão Decimal ↔ Binário
SIN110 – Programação

Exemplo: (137)10 = (?)2

Exemplo: (10110)2 = (?)10

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 18/34
Conversão de Números
Fracionários

Lei de Formação ampliada (polinômio):


SIN110 – Programação

Exemplo: (101,110)2 = ( ? )10


1 x 22 + 0 x 21 + 1 x 20 +1 x 2-1 + 1 x 2-2 + 0 x 2-3 = (5,75)10

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 19/34
Conversão de Números
Fracionários
Decimal → Outro sistema
Operação inversa: multiplicar a parte fracionária pela base
SIN110 – Programação

até que a parte fracionária do resultado seja zero

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 20/34
Operações com Binários

Assim como no sistema decimal (base 10), o sistema


SIN110 – Programação

binário possui as quatro operações elementares da


aritmética:
- Adição
- Subtração
- Multiplicação
- Divisão

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 21/34
Operações - Adição

Binário
SIN110 – Programação

- Existe uma tabuada para números binários


- O resultado da adição entre dois números de um algarismo
pode resultar em nº. com um ou dois dígitos
● 0+0=0
● 0 + 1 = 1

● 1 + 0 = 1

● 1 + 1 = 0 (e "vai 1" para o dígito de ordem superior)

● 1 + 1 + 1 = 1 (e "vai 1" para o dígito de ordem superior)

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 22/34
Operações - Adição

Binário
SIN110 – Programação

- Na soma, segue-se sempre a ordem das colunas da direita


para a esquerda, tal como uma soma em decimal
- Exemplo: 011100 + 011010

011100
+ 011010
-------------
110110

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 23/34
Operações - Subtração

Binário
SIN110 – Programação

- O resultado da subtração entre dois números de um


algarismo resulta em nº com um dígito
- Tabuada da subtração
● 0-0=0
● 0 - 1 = 1 (e "vem um" do dígito de ordem superior)

● 1 - 0 = 1

● 1 - 1 = 0

- Estouro -> borrow (empréstimo) ou vem-um.

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 24/34
Operações - Subtração

Binário
SIN110 – Programação

- Como é impossível tirar 1 de zero, o artifício é "pedir


emprestado" 1 da casa de ordem superior

- Quando o digito de ordem superior for 0, então procuramos


pelo próximo digito de ordem superior, até que ele seja 1

- Após isso, este bit torna-se então 0 e a todos os bit pulados


(bits de valor 0) damos o valor 1

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 25/34
Operações - Subtração
Binário
- Na subtração, segue-se sempre a ordem das colunas da
SIN110 – Programação

direita para a esquerda, tal como uma subtração em decimal


atentando-se para a regra do empréstimo.
- Exemplos:

11100 11011 11000100


- 01010 - 1101 -00100101
--------- --------- -------------
10010 01110 10011111

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 26/34
Operações - Multiplicação
Binário
- Tabuada da multiplicação
SIN110 – Programação

● 0 x 0 = 0

● 0 x 1 = 0

● 1 x 0 = 0

● 1 x 1 = 1

- A única diferença ao se realizar multiplicação em binários, em


relação à multiplicação em decimal, é que a soma final deve ser
feita em binário

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 27/34
Operações - Multiplicação
Binário
Na multiplicação, multiplica-se cada algarismo do número inferior
SIN110 – Programação

por todo o número superior, tal como uma multiplicação em


decimal, atentando-se para escrever o resultado a partir da mesma
coluna do número que está multiplicando.
- Exemplo: 1011 x 1101

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 28/34
Operações - Divisão

Binário
SIN110 – Programação

- Pode ser feita de maneira idêntica à divisão decimal

- A diferença reside no fato das multiplicações e


subtrações internas ao processo serem feitas em binário.

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 29/34
Operações - Divisão
Binário
- Algoritmo (Passos)
SIN110 – Programação

1) Na primeira vez, tome o bit mais significativo


2) Examine o novo dividendo e verifique se ele é maior ou igual que o
divisor (Ir passo 3 ou 4)
3) Caso seja maior ou igual, coloca-se 1 no quociente e subtrai-se
o divisor do dividendo em análise e se houver um próximo bit
mais significativo, adicione no resto (Ir passo 5)
4) Caso contrário, seja menor, adiciona-se ao dividendo o próximo
bit mais significativo, coloca-se 0 no quociente (Ir passo 5)
5) Este processo é realizado até que todos os bits do dividendo sejam
processados (Ir passo 2 ou fim)
UFV - Campus Rio Paranaíba
Sistemas de Informação 30/34
Operações - Divisão

Binário
SIN110 – Programação

- Exemplo 1: 100011 / 101

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 31/34
Operações - Divisão

Binário
SIN110 – Programação

- Exemplo 2: 11011 / 101

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 32/34
Exercícios

1) Qual o decimal equivalente a (11011011)2?


SIN110 – Programação

2) Qual o binário equivalente à sua idade?


3) Converter os seguintes números decimais para números
binários:
a) 39
b) 0,5625
c) 256,75
d) 129,625

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 33/34
Exercícios
SIN110 – Programação

4) Execute as seguintes operações


a) 0011 + 1110
b) 1110 – 0100
c) 10011 * 1101
d) 1101101/1011

UFV - Campus Rio Paranaíba


Sistemas de Informação 34/34