Você está na página 1de 6

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO

- IFPE

ARTES VISUAIS

JOSUÉ JUSTINO DA SILVA


(JOSEPH)

“O TÚNEL”
RELEITURA.
OLINDA, 2019.
JOSUÉ JUSTINO DA SILVA

“O TÚNEL” - RELEITURA.

Trabalho de Curso submetido como parte


dos requisitos necessários para a obtenção
da nota final do semestre. Sob a orientação
do Professor Fernando Ivo.

Olinda/PE, 2019
OBJETO DO PROJETO

Releitura do Sonho “O Túnel” de


Akira Kurosawa, em Pintura a Seco.
Feita por Joseph. Dezembro de 2019.
JUSTIFICATIVA

Para fechar a matéria e terminar o semestre, o Professor Fernando Ivo pediu para nós, alunos,
fizéssemos um “TCC”, utilizando o que foi mostrado nas aulas e selecionando uma das
categorias para que o trabalho fosse feito.
Escolhi fazer uma obra expositiva envolvendo o filme Sonhos de Akira Kurosawa, depois de
assistir novamente selecionando como base de um dos oito sonhos, seguindo a sequência, o
quarto sonho de título: “O Túnel”, que foi mostrado em aula.
OBJETIVO

A obra feita acima foi criada com o intuito de trazer uma releitura ao que foi visto no filme, de
forma direta, o sonho “O Túnel” mostra a estória de um Oficial do exército japonês que está
voltando da guerra. Ele vaga por uma estrada durante o anoitecer, até chegar num túnel que
contém um completo breu, ele continua andando até que um cachorro raivoso corre para fora
e tenta morde-lo, indo embora poucos segundos depois, o oficial continua a ir pelo túnel até
encontrar um fantasma de um dos soldados que ele comandava. O fantasma não acredita
estar morto, porém ele se encontra inteiramente azul, simbolizando a morte. O soldado insiste
em ficar ali, mas o oficial o faz voltar para a escuridão. Pensando que aquilo não podia piorar, o
terceiro pelotão aparece para fora do túnel e o Oficial, se sentindo culpado por ter deixado
todos aqueles soldados morrerem, conta-os que estão todos mortos e que somente ele
sobreviveu aquela guerra. Esse é um dos três pesadelos que o filme retrata.
A pintura, que é uma releitura, mostra o que foi retratado no sonho de forma simples e coesa,
do mesmo modo que o autor quis transmitir com o desenho de seu sonho para o storyboard
do filme.