Você está na página 1de 15

TV Digital

TI0073 2020.1
Apresentação, Introdução e Motivação

Prof. Walter C. Freitas Jr


walter@gtel.ufc.br

Grupo de Pesquisa em Telecomunicações Sem Fio (GTEL)


http://www.gtel.ufc.br/~walter
http://sites.google.com/site/walterjr/
http://sites.google.com/site/profwalterfreitas/

Curso de Graduação em Engenharia de Teleinformática (CGETI)


Introdução

TV Digital
Justificativa: A mudança nos padrões de qualidade de sistemas de TV e a recente
introdução da TV digital no mundo, e em particular, a recente definição do Sistema
Brasileiro de Televisão Digital produzirá, a curto e médio prazos, uma grade demanda por
profissionais que possam atuar na área.

TV Digital - Evolução
◮ Analógica
◮ Digital - SD, HD, Full-HD
◮ 4K - 2160 pixels
Ementa e Objetivos

Ementa
◮ TP1 - Introdução
◮ TP2 - Fundamentos de TV Digital
◮ TP3 - Compressão de Vı́deo
◮ TP4 - Compressão de Áudio
◮ TP5 - Noções de Transmissão Digital
◮ TP6 - Transmissão de Vı́deo
◮ TP7 - Multiplexação de Vı́deo, Vı́deo Streaming e IPTV
◮ TP8 - Sistema Brasileiro de TV Digital

Objetivos
Justificativa: São tratados diversos aspectos em sistemas de TV digital, incluindo
transmissão digital, processamento de imagens, compressão de sinais, áudio,
multiplexação de dados, streaming e interatividade, entre outros que compõem o
estado da arte em padrões de TV digital.
Conteúdo Detalhado

TP1 - Introdução
◮ Apresentação do plano de ensino e a disciplina
◮ Introdução e motivação

TP2 - Fundamentos de TV Digital


◮ Unidade de informação
◮ Televisão digital
◮ HDTV
◮ Interatividade e canal de retorno
◮ Padrões de TV digital
Conteúdo Detalhado - cont’
TP3 - Compressão de Vı́deo
◮ Compressão de sinais sem perdas e com perdas
◮ Transformadas
◮ Padrão JPEG
◮ Estimação e compensação de movimento
◮ Padrões H.261, MPEG1, MPEG2, H.263 e MPEG4
◮ Padrão H.264 (MPEG4 AVC)

TP4 - Compressão de Áudio


◮ Psicoacústica
◮ MPEG1 camadas 1, 2 e 3
◮ MPEG2 ACC
◮ MPEG-4 AAC
Conteúdo Detalhado - cont’

TP5 - Noções de Transmissão Digital


◮ Transmissão em banda base
◮ Modulação digital - BPSK, PSK, QPSK, QAM, FSK, MSK;
◮ OFDM - Orthogonal Frequency Division Multiplexing

TP6 - Transmissão de Vı́deo


◮ Transmissão Terrestre (padrão DVB-T, padrão ATSC, padrão ISDB-T)
◮ Transmissão Via Satélite (DVB: DVB-S, DVB-S2; ATSC; ISDB)
◮ Transmissão Via Cabo (DVB; ATSC; ISDB)
◮ Vı́deo para Celulares (padrão DVB-H; padrão ISDB)
Conteúdo Detalhado - cont’

TP7 - Multiplexação de Vı́deo


◮ Sistemas MPEG
◮ Middleware: MHP - Multimedia Home Platform e GEM
◮ Vı́deo Streaming e IPTV

TP8 - Sistema Brasileiro de TV Digital


◮ Modelo de referência
◮ Codificação de sinais de fonte
◮ Camada de transporte
◮ Transmissão e recepção
◮ Middleware e canal de interatividade
Metodologia e Avaliação

Metodologia de Ensino
◮ Aulas expositivas - projetor
◮ Aulas no quadro - provas e exercı́cios
◮ Duração: +/- 90min
◮ Calendário: acompanhar via sigaa
◮ Local: Sala 47, bloco 707

Avaliação
◮ Principal:
- 02 avaliações parciais
- AP1: TP1, TP2 e TP3
- AP2: Trabalho de Simulação Computacional
Bibliografia

Bibliografia Básica
◮ Notas de aula (disponı́vel versão impressa)
◮ Arnaldo Megrich, Televisão Digital: Princı́pios e Técnicas, Editora Érica

Complementar
◮ Michael Robin e Michael Poulin, Digital Television Fundamentals,
McGraw-Hill, 2a edição,2000.
◮ Marcelo Sampaio, Televisão Digital, Editora Érika, 2007.
Introdução

O que é uma imagem?

Img = f (x, y) (1)


Introdução

Quanto vale uma imagem?


◮ Teoria da Informação de Shannon - Entropia
◮ Televisão
◮ Linhas ativas: 575
◮ Pontos de ecrã (pixels): 608 pontos/linha
◮ Preto e Branco (m = 8 nı́veis de luminância): log2 (1/8) = 3 bits/pixel
◮ Colorida (RGB) (m = 8x3=24): log2 (1/24) = 4, 58 bits/pixel
Introdução

Quanto vale uma imagem?


◮ Entropia por imagem
◮ Preto e branco - 3 x 349600 = 1 048 800 bits/imagem
◮ RGB - 4,58 x 349600 = 1 601 973 bits/imagem
◮ Projeção da imagem – 50 quadros/s (25 imagens/s)
◮ P&B - 25 x 1048800 = 2 622 0000 bits/s
◮ RGB - 25 x 1601973 = 40 049 312 bits/s

Quanto vale um vı́deo de 1 hora?

MUITOS BITS!!
Introdução

Segredo para Diminuição da Quantidade de Bits


◮ Redundância
◮ Espacial
◮ Temporal
◮ Processamento Digital de Sinais (PDS)
◮ Transformadas
◮ Codificação
◮ Quantização
Redundância

Correlação Espacial e Temporal


Atividades do Engenheiro de TV

◮ Implantação de emissoras, estúdios, produtoras, etc.


◮ Qualidade de sinal em todas as etapas da geração e distribuição de
vı́deo+áudio
◮ Gerenciamento de manutenção de equipamentos
◮ Eventos crı́ticos
◮ Definição de diretrizes tecnológicas

Você também pode gostar