Você está na página 1de 29

LINHAS DA VIDA

Organização: Anaeliza Pavão e Rosana Batarelli

Introdução
Há milhares de anos Seres “Divinos” - da 9a dimensão - do Conselho
Cósmico fizeram uma avaliação dos mundos tridimensionais e perceberam que
havia muita discórdia, lutas pelo poder e exploração por parte de seres que
neles habitavam, pois estes tinham mais conhecimento tecnológico e científico,
abusando deste poder.
Preocupados com tal situação, convocaram seres que quisessem ajudar a
recompor a ordem nos Planetas de Terceira Dimensão através de orientações
aos seus habitantes para expandir suas consciências. Cada grupo de voluntários
escolheu um planeta, de acordo com sua afinidade, perfazendo um total de 49
raças nesse compromisso.
Um grupo de seres “dimensionais” - da 4a dimensão - foi enviado com o
Compromisso Cósmico de auxiliar na evolução do Planeta Terra e de seus
habitantes, chegaram no dia 27 do segundo mês de 4.004 aC.
Para auxiliar e dar apoio a esse grupo, foi escalado um outro grupo de
“dimensionais”, com uma alteração vibracional em seu campo energético. Esse
grupo de 144mil seres era composto por: 100 mil mulheres (sacerdotisas) e 44
mil homens (sacerdotes), chegaram no dia 22 do nono mês de 4.004 aC, (sete
meses depois).

Caminhos
Ao aceitarem o compromisso de vir à Terceira Dimensão, cada um dos
“dimensionais”, programou três caminhos/destinos/linhas para seguir que
refletiriam em sua vida futura.
Escreveram em placas os acontecimentos desde o 1o ponto na Terra que
chegariam; qual a 1a família a encarnarem, o 1o casal que viesse a ter um ato
sexual dentro das possibilidades de fertilidade, daquela fusão energética que
escolheram para interagir naquela futura criança, baseadas nas atitudes dos
pais; qual seria sua personalidade, a genética e tudo o mais até chegar em tais
estágios atuais, e as possibilidades de reencarnar novamente ou não, pois tais
atitudes trariam determinadas conseqüências até 2028.
Analisaram cada detalhe: Com essa família pode ser isso, naquela família
aquilo, nascendo no dia 10 as conseqüências serão essas, as conseqüências
vibratórias trarão isso, no dia 11 será isso...
Cada vibração, dia, hora, tudo foi escolhido detalhadamente.

Destino
Por isso nosso destino é pré-determinado por nós mesmos segundo nossas
atitudes e vivências.
Nós pré-programamos consciente ou inconscientemente, além do que
depende de nossos pais até os 9 anos, pois ainda temos uma influência
gigantesca. Estamos vinculados, não só física, mas também energeticamente. Só
depois desta idade, conseguimos nos libertar da freqüência vibratória dos nossos
pais; começamos a programar nosso próprio destino, por isso nossos pais são
responsáveis por ações futuras em nossa vida!
Tudo é uma seqüência de fatos, conseqüências de acordo com nossas
atitudes e atos do passado, por isso somos responsáveis por tudo que acontece
em nossa vida.

1
Às vezes estamos conscientes, outras vezes não. Por exemplo, se hoje a
pessoa tem um problema de estômago, é porque se alimentou mal. Se têm
dinheiro, é porque fez uma boa plantação está colhendo os frutos. Se hoje está
sem dinheiro, é porque a plantação não foi muito boa.
Às vezes porque somos bons demais com as pessoas, outras vezes porque
somos egoístas e mal intencionados.

Os 3 Caminhos da Linha da Vida


As Linhas da Vida são como grupos de símbolos dispostos em 3 fileiras,
que vão formando nosso caminho: o Negativo, o Neutro e o Positivo (no sentido
de polaridade e não de bom ou ruim).
Existe um grupo de símbolos associados a cada caminho que serão
representados pelas letras A, B e C.
A cada 10.000 m2 por 100.000 m2, existe um
vórtice de energia, um micro ou macro vórtice, onde de
acordo com o dia e o horário do nascimento, da incidência
dos raios cósmicos, influencia nas linhas da vida.
Digamos que uma pessoa nasceu às 10:00 h. a linha
principal será a A, mas se fosse as 11:00 h já seria a C, se
fosse as 12:00 h a B.
Os símbolos acendem e apagam conforme as
atitudes, os pensamentos e as palavras da pessoa.
Se a pessoa faz uma escolha diferente, esses
símbolos se alteram, só que não se sabe a ressonância que
isso fará às pessoas que estavam ligadas a você, à sua história, a essa grande
teia, por isso imagine a responsabilidade que cada um tem quando muda algo
em sua vida.

Dentro de cada linha, dependendo das ações da pessoa (vibração), alguns


símbolos estão iluminados e em alto relevo bem brilhantes e outros estão como
se fossem marca d’água. Estão lá mas não estão ativos (em baixo relevo).
Conforme os acontecimentos vão ocorrendo, os símbolos vão criando vida
literalmente, vão pulsando, dando os códigos da nossa vida. Como se fosse um
computador, vamos acessando os diversos arquivos e pastas que nela existem.
Quando a pessoa toma uma decisão, determinada coluna se ilumina,
quando a pessoa resolve mudar a vida, abre uma outra coluna (dentro dos 3
caminhos, as linhas A, B e C são opcionais), dependendo do momento de cada
um, os símbolos vão se iluminando ou não. Este é o caminho da luz, pois eles se
iluminam!
Cada pessoa tem a chance de optar por um caminho ou outro, mas dentro
destes 3 caminhos está traçado um “destino”. Pode-se mudar dentre estes 3,
este é o “livre arbítrio dos dimensionais”. Por isso temos “escolhas” ao invés de
livre arbítrio, mas também podemos dizer que não temos “carma”, pois o destino
pode ser modificado.
Nestes 3 caminhos a pessoa/dimensional sempre terá ajuda especial.
Podemos inclusive oscilar em um mesmo dia por entre estes caminhos.

Então podemos dizer que as linhas da vida são símbolos pré-programados


por cada um de nós que podem ser ativados ou não, dependendo de nossas
atitudes diárias (positivas ou negativas).
Se mudamos de alguma forma, passamos para outro caminho, outros
aspectos positivos ou negativos vão se iluminar.
Em qualquer uma dessas linhas pode-se ganhar muito dinheiro, ter muita
saúde, bons amigos. Mas onde tem mais luz dentro de nossas linhas, é o melhor!

2
A melhor linha de todas é aquela que se tem menos problemas, equilíbrio
entre positivo e negativo, ou seja, o neutro – “o melhor caminho é o caminho do
meio” (linha B).

O 4º Caminho
Caso a pessoa esteja fora dessas três linhas, ela estaria no 4o caminho. É
onde não temos a energia vibracional ativa. Esse caminho não foi nenhum dos
programados.

 Vibração de um “planetário” (materialismo, dinheiro, prazer, etc).


 Não tem mais proteção, orientação e nem conexão com seu Eu -
Superior.
 Esquece da essência, do seu princípio evolutivo.
 Não se consegue manter uma freqüência energética o tempo todo.
 A placa fica estática, apagada, não vibra.

Como se entra no 4º caminho?


Pelo lado positivo (prazeres da 3a dimensão) ou pelo negativo, se vai para
o 4º caminho.

 Vida desregrada.
 Quando estamos fora de harmonia (toda vez que ficamos nervosos
demais).
 Saúde (não se cuida), drogas, bebidas, etc.
 Quando se usa as habilidades apenas para benefício próprio, apenas no
racional, podendo usá-las até para o mal.
 Obsessão: É quando ficamos obcecados por uma pessoa ou na perda
de algum objeto. Às vezes a pessoa nem percebe, mas quem está em
volta percebe que está obcecada por alguma coisa, por alguém, por
coisas, por situações. A pessoa coloca na mente aquilo que acredita,
em uma suposta mentira que ela mesma criou e faz de tudo para
conseguir não se importando quem vai prejudicar, quer aquilo a
qualquer custo. A pessoa despreza todo mundo para conseguir o que
quer, mostra que está totalmente no 4º caminho.
 Compulsão: É quando não controlamos algo (comida, bebida, cigarro,
manias, tiques nervosos, etc.) é como um vício. Qualquer tipo de
compulsividade mostra que se está fora do nível de tolerância.

O sintoma maior do 4o caminho é a obsessão e a compulsão.

Como voltar para um dos 3 caminhos?


Essa situação pode ser revertida, caso a pessoa consiga Mudar sua
Consciência, e assim retomar uma das três linhas programadas.
Saímos dos caminhos pelo descontrole emocional e voltamos pelo controle
emocional. Quando se entende que não precisávamos ter feito certas coisas,
imediatamente voltamos para o caminho da luz.
Às vezes para a pessoa voltar a um dos 3 caminhos, precisa mudar de
amizades, de escola, largar as drogas, etc.
O equilíbrio emocional abre os caminhos para fazermos o que quisermos.
O exercício da consciência é aquele que te traz de volta ao caminho da luz.

Faixa de tolerância
Faixa de tolerância nada mais é que o ponto de equilíbrio. Ninguém tem
100% de controle de suas emoções, mas não podemos extrapolar uma

3
determinada faixa de freqüência. Em estado de equilíbrio estamos vibrando nesta
freqüência.
Se por exemplo, numa festa a pessoa dançou muito, exagerou um pouco
na comida e na bebida, se divertiu mas ficou emocionalmente bem, a energia é
muito positiva. Se extrapolou um pouco a faixa de tolerância, este excesso,
mesmo que seja positivo, faz um rompimento na aura, abre um “buraco”, vamos
dizer assim. Esta abertura provoca a entrada de vibrações de diversas
freqüências. Como o planeta vibra mais no negativo, entra mais negativo que
positivo, com isso começa a danificar energeticamente a aura, logo somatiza
para o campo físico, mesmo sendo positivo.

É necessário ter equilíbrio emocional, pois como vimos, mesmo o positivo


pode ter um reflexo negativo.

Ações que fazem sair da faixa de tolerância:


 Quando se chora por mais de 19 minutos.
 Quando se tem relacionamento sexual mais de 3 vezes por dia.
 Estresse, guardar rancor, não se esquecer do problema, estar sempre
voltando a ele por mais de 19 minutos.
 Comemorar mais que 19 minutos.

Obs: Permanecendo mais de 19 minutos: frustrado, irritado, chorando, vai


para o 4º caminho e para voltar é difícil, porque as camadas da aura já
desestabilizaram, já somatiza.
“Dezenove” é o tempo vibratório de maior hiper-atividade universal (19º
de latitude norte, sul, é onde acontece a maior atividade solar na Terra).

Ações que fazem voltar a faixa de tolerância:


 Banho frio de 19 segundos.
 Molhar as mãos, esfregar e girar 7 vezes a mão direita no sentido anti-
horário no plexo solar e no frontal.
 Massagear os gânglios submaxilares o número da sua idade (Ver
Polaridades).
 Massagear atrás do lóbulo das orelhas por 1 minuto todos os dias.

Doenças
A medicina já provou que 80% dos problemas de saúde são provocados
por nós mesmos principalmente as de pele: psuríase, vitiligo, alergias, brotoejas,
manchas, etc. Tudo é de fundo emocional ou resultado de problemas do fígado
ou estômago que também foram de origem psicossomática. A região do plexo
solar abrange muitos órgãos (fígado, pâncreas, pulmão, estômago, intestino,
parte do abdômen) e logo estamos com gastrite, úlcera, etc.
São somatizações dos conflitos internos que provocam descargas elétricas
negativas aleatórias derivadas de estímulos emocionais com polarização negativa
dos nossos sentimentos (de medo, angustia, raiva, temor, incerteza, etc.) que o
cérebro joga em nosso sistema nervoso que fica alterado e por sua vez altera as
células. Esta descarga elétrica vai com intensidade total em um certo órgão do
corpo e essas células com uma sobrecarga de eletricidade se tornam mutantes e
vem a doença.

Pontos mais fracos do ser humano:


 Nas mulheres: seios, útero e laríngeo (garganta).
 Nos homens: cabeça, rins e próstata.

4
Qualquer aborrecimento irá atacar um destes órgãos ou todos eles.
Quanto mais brecha se dá para que isto aconteça, mais ficamos a mercê das
somatizações criadas por nós mesmos.
Quem somatiza demais é muito conflituoso, inseguro, neste caso procure
trabalhar a mente, interiorizar para que seja mais seguro, tenha confiança em si
mesmo, e não deixe que os problemas externos afetem seu metabolismo. Tem
um problema? Resolva na hora que tem que resolver, não fique sofrendo por
antecedência, caso contrário irá criar um grande problema para você mesmo.
Também não podemos nos desesperar com o aparecimento de alguma
doença, pois temos como mudar o destino. Nossa mente tem o poder de
compreensão e criação. Se nossa mente tem a capacidade de compreender e
criar, podemos criar qualquer situação.

Morte / Corte de Energia Vital


A morte é o corte de energia vital. Nós atraímos o que vibramos! Ficando
depressivos, atraímos pessoas depressivas, sendo “alto astral”, atraímos pessoas
alto astrais. Se gostamos de drogas, atraímos pessoas drogadas. Vibração atrai
vibração!

A vibração mais próxima da morte é a DEPRESSÃO, que é a soma de todas


as vibrações negativas:

 Abaixa a freqüência.
 A pessoa não tem atitude.
 Não raciocina direito.
 Não tem disposição (Não tem pique para nada).
 Oprime em todos os sentidos.

Com isso vai baixando seu campo, a freqüência, e a tendência é esvair a


energia vital da pessoa.
A depressão por questões emocionais e psicológicas não ligada a reposição
de minerais e vitaminas, é a mais perigosa, é a que nos aproxima e acelera da
freqüência da morte.
A nossa emoção causa a depressão, a nossa emoção nos tira da depressão.

Dicas para sair da Depressão:


 Ocupar a mente (trabalhar, plantar, atividades manuais, etc).
 Comer frutas amarelas.
 Comer folhas verde escura.
 Usar roupas coloridas.
 A luz do Sol no amanhecer e no poente (olhar o Sol por 19 minutos
de olhos abertos), tem uma freqüência de onda maior que causa
uma vaso-dilatação no cérebro que promove uma química diferente,
muda o equilíbrio, e essa química tira a pessoa do estágio
depressivo.
 Exercício físico de no mínimo 30 minutos diários traz também
quimicamente essa alteração no cérebro, ajudando a controlar o
emocional, tirando a depressão.

Precisamos prestar atenção também na vida alimentar, pois a depressão


em alguns casos pode ser por deficiência de minerais (lítio e zinco), e isso é o
que comemos, ninguém pode fazer por você, se não fazemos uma dieta
balanceada, ficamos, não só depressivos, mas com vários outros problemas:
renais, no fígado, na visão, etc.

5
Diabetes de fundo emocional também é sinal de descontrole que
afetou/polarizou a descarga negativa no pâncreas.
O principal ato é o comportamento, a maneira de ter freqüência do
pensamento, e a alimentação.

Pessoas que conseguem chegar pelo menos aos 30 anos sem ter que ir
muito ao médico, indica que já tem um ótimo controle da faixa de tolerância. As
pessoas que sempre precisam ir ao médico, que sempre tem um “probleminha”,
são pessoas que já não tem muito controle, sai muito da faixa de tolerância, tem
tiques nervosos, etc.
Quem tem saúde bem estável, tem a possibilidade de 100% de sucesso
nessas manipulações dos universos à sua volta. As pessoas que reclamam
dizendo que já nasceram assim, com dito, pode ser corrigido também, pois o seu
cérebro é tudo!

A mesma força que destrói as nossas células; é a mesma força que


usamos para curá-las.

Para corrigir qualquer mal físico temos que emitir uma vibração que faça a
inversão da freqüência que desestabilizou nossas células. Se você tem um
distúrbio emocional, promova a força oposta, com a vibração oposta, você pode
melhorar, regenerar, proteger e nunca mais nada disso te acontecer!
A mesma freqüência de comando que causa a doença, é a mesma que faz
com que as células se regenerem.
Se você quiser promover uma determinada cura, alívio, você precisa criar
uma freqüência emocional com uma intensidade “x” e direcionar para aquele
órgão anulando assim aquela vibração que está deteriorando as células,
regenerando com uma vibração/uma carga elétrica a cura delas.

O difícil é só a pessoa controlar seu emocional. Não podemos nos estressar


a toa, pois assim dificilmente conseguiremos corrigir o metabolismo. A variação
emocional não pode acontecer. Temos que ter um padrão/freqüência principal
que te dê a direção e através dessa freqüência você controla as outras
freqüências para termos uma noção mais positiva.

Segundo as conseqüências vibratórias (atitudes, comportamento,


alimentação, etc.) significa que há uma projeção de que em tal época há
realmente a possibilidade de perder a vida de acordo com as atitudes do agora.
Podemos vibrar na freqüência da morte de 5 a 6 vezes durante um ano.
Ter este corte vital em um dos caminhos, não significa que terá nos outros
2, então é só mudar a vibração e mudar de linha. A pessoa pode ir até para o 4º
caminho (sem a proteção) para driblar isso.
Se a pessoa não ficar em nenhum momento depressiva, pode-se enganar
a morte várias vezes.

Quaisquer situações têm como mudar a freqüência de vibração, por


exemplo: o fulano não me paga, mas como o fulano vai me pagar se ele está
sem dinheiro? Mentalize a pessoa bem, ganhando dinheiro, bem de vida, com
condições financeiras de te pagar. Não podemos ficar reclamando e criticando,
pois assim ele nunca te pagará. Às vezes não é porque ele é “caloteiro”, mas
porque a situação é que obriga a não cumprir seus acordos. Você deve criar uma
freqüência positiva para que a pessoa melhore de situação e tenha condições de
te pagar. Inconscientemente ou não a pessoa vai te pagar.

6
Precisamos ajudar as pessoas, pois a propagação deve ser sempre
positiva, assim não estará só ajudando a você, mas todas as pessoas que
dependem de tal freqüência.

Objetivo
O trabalho das Linhas da Vida tem como objetivo a pessoa se conectar ao
seu Eu - Superior e saber o que está programado na linha da vida atual em que
ela se encontra. Serve para manipularmos o nosso próprio destino.
É a possibilidade de transformar e de criar a vida que quisermos, de
mudar concretamente tudo!

Caso encontre algum obstáculo no caminho, pode-se alterar os


acontecimentos, pois tendo o conhecimento prévio do que acontecerá (ver
Ciclos), terá a habilidade para manipular tais freqüências vibratórias.
Assim podemos alterar o nosso futuro de uma forma positiva. Esta
manipulação nos transforma em Deuses Criadores.
Com as Linhas da Vida cada um conseguirá resolver 95% dos problemas
em todos os sentidos, pois elas indicam toda a nossa trajetória, dia-a-dia.
As linhas da vida também mostram o seu padrão vibracional, como você
vibra hoje. Dá a velocidade do seu pensamento, a intensidade da sua energia e
de como sua mente atua na matéria.

Freqüência Emocional
As linhas da vida, estão relacionadas com a Teoria das Cordas/Teoria M,
pois cada linha vibra em uma freqüência que nós mesmos fabricamos.
Cada pessoa vibra em uma freqüência específica que gera uma onda que
consegue fazer com que os desejos se realizem, esta é a freqüência emocional.
A freqüência emocional é polarizada/produzida pelos nossos pensamentos.
Para isso precisamos saber em qual estado emocional que quando nos
encontramos, é que as coisas acontecem: É quando estamos alegres, durante o
namoro, triste...
Há pessoas que pensam positivo e nada acontece, e quando pensam o
negativo acontece. Outras quando estão irritadas é que conseguem realizar
aquilo que desejam, enquanto outros só quando estão muito felizes; pensa,
mentaliza e as coisas se concretizam.

Você vai começar a verificar: "estava pensando o que?" "Sentindo o que?"


Fazendo uma retrospectiva, verificamos qual a freqüência daquele momento e
vamos analisando. O importante é ter esse conhecimento para que possamos ir
desviando do negativo.
Também é através da freqüência emocional que “saltamos” de uma linha
para outra quantas vezes quisermos (durante o dia, horas, meses), dependendo
do interesse e da situação do momento.
É a partir dela que se modifica o destino, deixa o positivo acontecer e
anula o negativo, ou mesmo antecipar o positivo.

Cada linha vibra em uma determinada freqüência emocional:


 Tristeza (negativa)
 Sexual (neutra)
 Alegria (positiva)

São as 3 freqüências multivibracionais que dão origem a diversas outras


variações de freqüências que podemos manipular. É através delas que
trabalhamos em benefício próprio e do outro.

7
Freqüência Emocional Matriz é a principal, a mais poderosa, seja na
vibração positiva, neutra ou negativa. É a que se gera tudo na 3a dimensão:
 Gera a vibração de “milagres”.
 De realizações, de executar.
 De fazer com que sua mente atue na matéria (modifica, atrai,
recicla).

As outras 2 freqüências/linhas são alternativas.

Mudança de Linha
Para se anular a energia do negativo, tem-se que sair dessa vibração
(fazer uma experiência para o dia mês e ano em questão e com isso se anula
essa vibração futura).
O nosso cérebro não sabe a diferença do passado, presente e futuro, não
sabe a diferença de um acontecimento real da fantasia. Para o nosso cérebro
“fazer” ou “pensar” produz o mesmo efeito.
O objetivo é descobrir a melhor linha da vida que favorece e permanecer,
é manter-se em uma linha, e mudar se houver algo negativo, voltando após
contornar o problema para a linha anterior.
Se naquele momento estava, por exemplo na linha B, recorde como é que
se sentia. Como estava vibrando, como estava pensando e automaticamente
volta-se para tal linha.
Quando se muda a freqüência emocional, muda-se de linha. Mudando a
emoção voltamos na freqüência da linha que estávamos.
Isso é controlar as leis universais dentro do seu universo. Essa
manipulação é o que dá o direcionamento para tudo (emocional, saúde,
financeiro, ...).

O que foi que vibramos, que emoção estávamos que ocasionou uma
mudança de linha (para positivo ou negativo).
Há pessoas que hoje estão na linha B, amanhã na A e depois na C. São
pessoas que mudam de vibração rapidamente. Temos que aprender a nos
manter na mesma freqüência, sem variação, quando estamos em uma fase
ótima, boa, produtiva (é o que estamos vibrando no momento). Quem fica
pulando de uma linha para outra não tem harmonia interna. Qualquer pico
emocional seja em que área for (saúde, emocional, financeiro) causa uma
mudança.

O fato de mudarmos realmente uma atitude hoje, reflete em uma


mudança de linha, como nos hábitos alimentares, nos vícios (álcool, cigarro,
remédios), nos pensamentos (inveja, ciúmes, raiva).

Por exemplo, se a pessoa sabe que tem a possibilidade de desenvolver um


câncer, ela pode evitar. A partir do momento que tomamos a decisão, temos que
mudar de freqüência (passar para linha uma outra linha) e conseqüentemente os
hábitos. Ter uma vida mais saudável controlando a alimentação, fazendo
exercício físico, mudar os costumes, a maneira de dormir, se adaptar a nova
mudança.
Algumas pessoas têm a tendência a desenvolver câncer, devido a baixa
estima, a preocupações, a somatização do emocional. Qualquer estresse já
somatiza, como diarréia, dor de estomago, dor de coluna, dor de cabeça, etc. As
pessoas que somatiza qualquer aborrecimento, já estão se auto-flagelando.

8
Se a doença for no pulmão, é bom fazer uma análise, se exerce algum
trabalho que respira muito pó, inala muito fragmentos ou partículas que possa
ser prejudicial ao pulmão (serralharia, acrílico, etc). Sendo um fumante, pode
desenvolver um enfisema pulmonar, hoje pode não ter nada, mas daqui a dois
anos pode apresentar as primeiras manchinhas perigosas.
Há pessoas que passam a vida inteira se lamentando, essa vibração é
totalmente negativa para ela mesma. Enquanto estiver se lamentando, “não
posso”, “não consigo”, está mantendo a vibração negativa e dificilmente
conseguirá algo.

A partir do momento que disser que quer ser outra pessoa, essa mudança
mental e vibratória faz com que pule de linha automaticamente, e vibrará na
linha que melhor corresponder aquele desejo de momento. A possibilidade de
mudar sempre está diante de nós!

A Trindade
O pensamento, o desejo e a vontade são os 3 itens que fazem a pessoa
mudar o padrão vibracional/energia.
A nossa vontade de resolver, de encontrar soluções, de não mais passar
por tal situação negativa, é que faz o pulo automático, que provoca a mudança
da vibração. É o que determina o sucesso ou o fracasso na vida de cada um. Na
realidade quem programa é você mesmo.

Pensamento positivo é apenas um item da trindade. Há pessoas que só


pensam positivo, mas não geram a freqüência da vontade para realizar na 3ª
dimensão.
O pensamento cria alguma coisa, manifesta; o desejo plasma na 4ª
dimensão o pensamento, neste momento foi um Deus Criador, mas é a vontade
que faz a realização na 3ª dimensão.
Só a “vontade” é que concretiza na 3ª dimensão.

Temos que ter o Astral (pensamento/pai – hemisfério direito do cérebro) e


Mental (desejo/filho – hemisfério esquerdo) equilibrado para a materialização
(vontade/espírito santo – hemisfério frontal), praticamente na mesma
freqüência.
Utilizamos os hemisférios do cérebro para organizar tudo que queremos.

Todas as coisas são criadas e realizadas somente na mente daqueles que


são capazes!
Você é capaz de desejar algo, querer e executar?!

Quando queremos alguma coisa, temos que fazer, não importa se vai
gastar, se vai ficar devendo ou não, precisamos confiar nas energias polarizadas
que estarão trabalhando a nosso favor. Essa é a confiança que precisamos ter.
Não podemos pensar: Vai dar certo? Temos que fazer e acreditar!

A partir do momento que você cria, você é responsável por aquilo que
criou. Se “fabricou” um filho será eternamente responsável por ele, porque você
criou. Se formos em um grupo e falar ”x” coisas; seremos responsáveis se
alguma das pessoas presentes repassar o que foi dito de uma maneira errada.

Jesus sempre dizia: a tua fé te salvará, levanta-te e anda; levanta agora e


vai enxergar tudo. Primeiro ele dava o comando, fazia a pessoa sentir firmeza e
depois ele falava. Esse é o milagre da vida.

9
A linha da vida é você conectado com se EU SUPERIOR, “eu quero fazer
essa vibração”, “quero vibrar na linha A”.
O trabalho da linha da vida é realmente colocar o nosso futuro em nossas
mãos, existe sim uma pré-programação de nossa vida, mas podemos altera-la.

Como Gerar/criar e manter uma Freqüência/energia


Precisamos gerar e polarizar as freqüências. Polarizar é fazer
convergir/atrair para si, concentra-se em um determinado objetivo através de
uma radiação eletromagnética.
Gera-se/visualiza-se um pensamento e provoca uma emoção, assim você
gera a freqüência. Para gerar tais freqüências, procure lembrar de alguma coisa
que mexeu com seu emocional. Caso não consiga produzir basta dar um
comando para o cérebro.
Gerar um pensamento, é você criar alguma coisa que queira
(visualização). Depois você vai desejar a intenção de que venha para você. A
intenção é que polariza a nossa freqüência emocional.
Tudo você consegue (comprar, vender, trocar, etc.). Você visualiza a cena
e joga a intenção isso é polarizar uma freqüência emocional.

As 3 Freqüências Emocionais
A Freqüência emocional da Tristeza é qualquer situação que deixou a
pessoa triste. Podemos através de um estado emocional negativo (de medo,
angustia...) que altere o sistema nervoso, gerar uma vontade muito positiva,
pois ela automaticamente será transmutada/reciclada anulando o negativo.
A raiva é uma freqüência negativa, mas que pode ser polarizada
positivamente através da sua vontade – somente a vontade polariza as emoções.
Temos aspectos positivos e negativos na linha da tristeza.

A Freqüência emocional Sexual (linha B) é a freqüência emocional


principal de tudo, da alquimia transmutativa, da energia vermelha, da vibração
física (relacionada a 3ª dimensão), a mais forte que tem na face da Terra. Fala-
se sexual porque é a energia da criação/primária/matricial. Faz com que
acionemos certos grupos específicos de símbolos na placa.
A energia sexual não é só de relacionamentos, é uma energia que engloba
família e parentes até de 1º grau, principalmente irmãos.
A confusão é que, a energia sexual é taxada como uma energia vulgar,
devido ao que aconteceu com Sodoma e Gomorra, ao que falam sobre Lilith,
Medusa, Adão e Eva. Distorceram a verdade da população.
Mas isto não quer dizer que podemos “nos relacionar” com todo mundo!
Se a pessoa não tiver a mesma freqüência que a sua (intensidade de energia
semelhante) não adianta, pois irá repelir os acontecimentos e ainda há outros
“itens” que serão passados. Se fosse simples assim, Sodoma e Gomorra teriam
sido o maior sucesso do planeta. Conhecendo a técnica e ambos tendo
“afinidades compatíveis” podem realizar tudo.

Para se produzir uma freqüência emocional sexual, basta lembrar de uma


pessoa de polaridade oposta com carinho/amor, que pode ser de irmão, de pai,
de mãe, de quando você está ligada a uma ou outra pessoa.
Estas são freqüências que estão dentro da freqüência de kundalini com
intensidades menores, mas são freqüências sexuais. É um “amor” que vibra
externamente na freqüência da energia sexual, não necessariamente tem que
fazer sexo. Uma criança também tem freqüência sexual, pois tem polaridade
masculino/feminino.

10
Basta sentir uma vibração de amor por uma pessoa do sexo oposto.

No caso do homossexualismo, também acontece essa freqüência. É uma


variação gerada por estímulos que transmitem para os terminais nervosos, vai
até o campo extra-sensorial que é reconhecido também como uma freqüência
sexual.

A Freqüência emocional da Alegria, é qualquer situação que deixou a


pessoa feliz. Temos aspectos positivos e negativos na linha da alegria.

O que é interessante é sabermos interagir nas três freqüências, ou melhor,


nas freqüências multivibracionais.

Temos que ver também qual a freqüência emocional que atua no que a
pessoa deseja (saúde, financeiro...), para cada pessoa é diferente. Temos que
gerar a freqüência emocional para que isso aconteça, e também saber qual é a
camada da aura responsável pelo ponto em questão.

Ciclos
Não sabemos o que irá ocorrer no próximo segundo, minuto; o que será
de nossa vida daqui a 5, 10 dias; 1, 2 anos, será positivo ou negativo? Será que
vamos passar novamente na mesma rua, encontrar novamente determinada
pessoa?
Esse traçado; temos condições de saber hoje, é o que facilita nossa vida.
Esse é um dos passos fundamentais para que possamos traçar o que queremos e
o que não queremos para nós. É a possibilidade de registrar todas as variáveis
possíveis para que possamos ter um futuro muito bom, com sucesso em todos os
sentidos.
Os fatos sempre se repetem (de positivo e negativo), obedecem a um ciclo
vibratório não só do cosmo, mas principalmente nosso (nós programamos). São
várias expressões para o positivo e o negativo:
Puxa, aconteceu de novo!
Tudo a mesma coisa!
Mais uma onda de azar!
Eu ganhei de novo!
Parece que nasceu com o bumbum para a lua!
Para cada freqüência positiva ou negativa existe um certo ciclo que elas se
repetem com intensidade maior, igual ou menor. Se fizemos anteriormente algo
de positivo ou negativo, vai voltar, é cíclico.
O que acontece de positivo ou negativo em nossa vida, vai se repetir 7
anos depois. Vale lembrar que todas as células do nosso corpo se renovam a
cada 7 anos.
Sem saber podemos ter magoado alguém até mesmo com um olhar,
deixado de dar um abraço ou de dizer um obrigado. Mesmo inconscientemente
podemos ter ferido o outro e nem sabemos.
Colhemos o que plantamos, plantamos abacaxi, colhemos abacaxi,
plantamos maçã, colhemos maçã...
Uma palavra, um gesto, pode modificar milhões de pessoas a sua volta, a
favor ou contra você. Um pensamento, um olhar, por menor que seja pode
significar muito no presente ou no futuro, depende muito de cada um, de como
direcionamos a nossa energia. Se foi um olhar meigo ou fulminante, se deu um
tapinha de carinho ou de maldade, é um sorriso sincero ou de falso, são
vibrações que criamos.

11
A freqüência mental do pensamento é que traça o nosso futuro. É uma
onda que se gera que mais tarde colheremos os frutos dela.
Esse reflexo negativo é o que temos que anular e potencializar quando for
o positivo. Ao invés de repercutir no negativo, vamos fazer com que repercuta só
no positivo. Precisamos limpar isso, pois tudo tem reflexo no futuro.

Algumas situações já estão marcadas de outras vidas, outras foram


responsabilidades desta. Desde o dia que nascemos até hoje, consciente ou
inconscientemente, com toda certeza plantamos muito ”abacaxi”. Não podemos
dizer que nunca magoamos, que nunca fomos mal educados com alguém, não
sabemos o que fizemos para o outro, para nós mesmos. Somos nossos piores
vilões.

Podemos ter, por exemplo, em uma das linhas da vida, assalto, mudança
de casa, infâmia, difamação, etc.
Você se projeta no futuro e reprograma, por exemplo, foi assaltado em tal
época no passado, imagine o assaltante bem de vida, fora do crime, feliz,
trabalhando, com isso se muda a freqüência do assalto, você modifica através do
seu desejo uma ação futura.

Vós sois Deus, crie o seu destino!


Para alterar os símbolos da placa e mudar o negativo; o pensamento,
desejo e a vontade são fundamentais.

O que fizemos até hoje não tem como voltar (de certo ou errado), mas
temos como anular o resultado negativo de alguma coisa do passado (em todos
os sentidos), porém temos que estar vigilantes conosco o tempo todo: Orai e
vigia!
Há muitas maneiras de modificar o negativo, de evitarmos o pior. Se você
estiver atento, jamais será pego de surpresa por uma pré-destinação
programada por você mesmo consciente ou inconscientemente!
Na verdade é a pessoa trabalhando mentalmente o tempo todo para nunca
passar por uma situação indesejada.

Uma vez que somos o nosso próprio Deus, nós criamos o nosso universo.
Cada pessoa é um universo e cada um cuida do seu, o outro só participa do seu
universo se você permitir!

Com este exercício vamos desenvolver a habilidade da programação em


nossas células e anular as freqüências negativas.

Como fazer essa Programação?

1o Passo - Limpeza do Passado Negativo:


Escreva em um caderno específico para isso, tudo de passado negativo
que você lembrar que aconteceu na sua vida desde o seu nascimento, quem
você magoou, quem te magoou, etc. Faça isso por 4 minutos.

Finalidade:
 “Gastar” o que foi de negativo.
 Vamos tirando a emoção deste fato.

12
 “Gastando” essa emoção, minimiza a intensidade do que vai para o futuro,
o “abacaxi” você vai ter, mas o tamanho dele será bem menor.

Com isso as situações começam a ficar mais equilibradas. Se alimentar o


sentimento ele vai acontecer, se não alimentar ele será anulado. Tudo está
ligado a emoção.
O importante é trazer a informação à consciência, e dizer "eu programei
isto na minha vida, mas não quero", isso é para tudo que está no negativo. Pelas
nossas atitudes é que é anulado o negativo.
Um simples pensamento gera uma reação em cadeia, extremamente
perigosa ou extremamente positiva, dependendo da intenção, do motivo, etc.

2o Passo - Potencialização do Passado Positivo:


Escrever o que aconteceu do passado positivo por 3 minutos.
Lembre-se de como cresceu como pessoa, como ser humano.

3o Passo - Programação do Presente/Futuro:


Escrever quais são os seus desejos do presente e futuro. Use o tempo que
for necessário.
Especifique detalhadamente o que quer que aconteça, e o mais
importante: Quanto tempo eu dou para concretização deste desejo?

4o Passo - Programação das 3 Linhas:


a) Pense em algo que o deixou muito triste, traga a sensação! Lembre que
quando acionamos a emoção, acionamos a placa! Produza a emoção e deseje o
que escreveu durante 1 minuto.

b) Faça esse mesmo desejo na emoção de uma paixão, de um romance,


traga a emoção. Sentiu, acionou o caminho da linha do meio e deseje o que
escreveu por mais 1 minuto.

c) O próximo passo vai pensar no que te deixou alegre, vai trazer essa
sensação, e pensar no mesmo desejo por mais 1 minuto.

Assim independente da linha da vida que esteja, você programou seu


desejo.

5o Passo - Codificação
No final codifique o seu cérebro: Eu ordeno ao meu cérebro que obedeça a
minha vontade e cumpra essa programação todos os milésimos de segundo,
segundos, minutos, horas, dias pares e ímpares, semanas, meses, anos, de hoje
até ...... ou 27 de março de 2029 (Essa data é quando acaba o período de 2028
no calendário dos seres e conseqüentemente o nosso compromisso na Terra).

Vamos anular tudo o que foi de negativo e potencializar o positivo. Faça


um relatório de tudo que foi anulado, o que amenizou, o que potencializou, e se
seu pedido foi concretizado.

Vale tudo! Tudo que a gente quer e tudo que a gente não quer!

Exemplo:
Eu quero uma fábrica: Como é que eu quero essa fábrica? Quero isso, isso
e isso.
O que eu quero das pessoas que estejam trabalhando para mim? ..........
Como eu quero que saiam os produtos? ...........

13
Em quanto tempo eu quero tudo isso? ..........

Não precisamos ter todas as habilidades, precisamos atrair as pessoas que


tenham tais habilidades para fazer para nós.

Importante: Esta é a 1a etapa da programação de seus desejos, treine pelo


menos 2 vezes por semana por 3 meses para que seu cérebro codifique tais
freqüências emocionais.

OBS:
 Precisa ser feito com calma, sozinho, sem interrupção e estar em equilíbrio
emocional. O equilíbrio emocional é o que abre a placa, e estaremos
mexendo nela.
 Depois que você fez o exercício não poderá repetir o mesmo desejo nas
outras vezes que você fizer (em outro dia). Respeite o prazo dado para
acontecer o desejo, depois disso se não acontecer você pode desejar
novamente! Se ficarmos repetindo, criamos um conflito de vibração, pois
são várias freqüências geradas para uma só coisa.
 Fazer a programação das 3 linhas, com a respiração presa, mas
pressionando o ar para fora e não deixando sair; dentes cerrados e mãos
fechadas, o ritmo cerebral dá um pico altíssimo. Gera uma maior onda
mental (ver Canais Cerebrais).
 Pode ser feito nos momentos de sua maior hiperatividade:
 Hora do nascimento (some 19 minutos e comece
a programação).
 Todos os dias que corresponde ao dia do seu
nascimento.
 Todos os dias que corresponde ao dia da
semana do nascimento.
 Quando fazemos 15 minutos de atividade física, por 7 horas nosso
metabolismo fica acelerado. Durante 7 horas temos a propagação mental
500 vezes mais do que no nosso padrão consciencial normal (dar uns
pulinhos, subir escadas,...).
 Quanto mais relaxado, em estado de meditação, (mente desacelerada)
menor será o resultado, pois neste estado qualquer freqüência telepática,
qualquer influencia; consegue interagir, interferir positiva ou
negativamente na intenção dependendo da polarização do pensamento na
mente da pessoa que está em estado de meditação (de beta para baixo).
 Quanto mais rápido escrevermos e pensarmos, melhor, quanto mais
rápido o comando, melhor a obediência do nosso cérebro em relação a
essa vontade.
 Acima de beta você é dono do seu destino, quanto maior o nível de
concentração, quanto maior o ritmo, quanto mais rápido, mais proteção se
tem, mais resultados se têm com mais rapidez e proteção contra outras
influências mentais. Não é o corpo acelerado/agitado, a mente é que tem
que estar acelerada e coordenada, com objetivo, com foco.
 O equilíbrio das Polaridades influi no resultado (ver Polaridades).

Outra situação que pode ocorrer é não acontecer aquilo que você pediu. O
limite do que programamos, quem nos dá é o nosso subconsciente, ele
limita e sincroniza conforme as regras universais. Quando se exagera

14
automaticamente não acontece nada, o subconsciente gera um bloqueio pela
nossa capacidade de humano. Temos as condições de acordo com a situação
atual.
Não há problema de pedir muito. Se recebeu 10% ou 15% foi de acordo
com o momento e condição atual.
Não podemos desejar o mundo em nossas mãos se não temos a
capacidade de segurar o mundo. Não podemos desejar uma Ferrari se não
vamos ter combustível e nem como fazer a manutenção dela.
Nosso subconsciente vai nos dar o que temos como condição de manter e
cuidar no momento. A partir do momento que vamos criando mais
condições ele vai nos dando mais ainda.
Temos que ter o discernimento de desejar e programar o que queremos de
acordo com nossa capacidade e condição atual para não gerar uma frustração.
"Mas eu posso pensar em ganhar na loteria" - pode, mas sabemos que a
loteria é controlada. Então posso ganhar uma “herança" – pode, mas alguém vai
ter que morrer para você ganhar uma herança.
A conexão com o Eu Superior é como se fosse uma telepatia, uma vontade
maior, um segundo pensamento paralelo ao seu que fica dizendo: faz assim, faz
isso, não faz aquilo, etc., e com isso você tem uma conexão maior do que
realmente está ao seu alcance.
O inconsciente é aquele que não vê a consciência ainda, que está
camuflado, é um desejo que não aflorou e não se manifestou.
Aquilo que gera prejuízo a outras pessoas ou a si mesmo, o Universo se
encarrega de não fazer as coisas acontecerem. Só vai acontecer o percentual que
nosso merecimento está condicionado a isso.

O que é merecimento?
O merecimento é desenvolvimento, se você desenvolveu seu corpo, sua
mente até o ponto de receber 20% é o que vai ter, se desenvolveu 30, 40, 50%,
é que vai receber. O merecimento nada mais é que o seu treinamento. Quanto
mais evoluído, mais treinado você está, mais capacitado para executar e ganhar
aquilo que pediu e programou.

Anule sempre o negativo e reforce o positivo, assim você já está


trabalhando o seu destino. Reflita sobre o que você hoje faz com o seu
pensamento, se não é o seu desejo, cabe a você mudar.
Quando estamos fazendo isso o universo está agindo, confie no universo.

Com o tempo, conseguimos lembrar de como estávamos emocionalmente


e algo de negativo ou positivo aconteceu. Assim sabemos qual a freqüência
emocional que nos ajuda e a que nos atrapalha em determinadas situações.
Quando é que eu consegui as minhas melhores coisas? Quando eu estava
apaixonada? Quando estava triste? Ou feliz?...
Sabendo qual é a freqüência por exemplo, que atrai a prosperidade, você
vai direcionar para uma data específica e a partir daí, faz tudo, marca ano, mês,
dia e até hora. Se continuar em tal freqüência vai se dar mal ou se dar bem. A
sua situação do momento mostra qual a freqüência que está (linha).
Isso é realidade paralela, como se fosse uma realidade virtual, é realizar
seu próprio milagre, vamos manipulando assim o nosso universo, fazendo com
que as coisas aconteçam.

O segredo de tudo é mudar o padrão vibratório, mesmo que não saiba em


qual linha está, se a coisa não está boa hoje, mude a vibração, vai para A ou B
ou C, é automático.

15
É só mudar a vibração para não mais, por exemplo, vibrar na pendência
financeira, “quero agora riqueza, abundancia, quero atrair bens materiais”,
“quero atrair pessoas boas mais positivas”, “quero atrair a pessoa certa para
casamento”, para uma sociedade, “para realizar a cura”, “quero resolver tudo
sozinho”. Você pode se auto-ajudar e ajudar a todos.

A dificuldade que as pessoas tem é de efetivamente imaginar o que é o


seu futuro. Tente responder a estas perguntas: Qual é meu sonho de verdade? O
que é que eu verdadeiramente quero? O que mais eu quero da minha vida? E
principalmente o que eu não quero?

Fazemos sempre projeções do que queremos, mas sempre nos


questionamos se conseguiremos, só este pensamento já faz com que não dê
certo mesmo! Você anula o positivo.

É normal sentir que algo de bom não vai acontecer, ficar angustiado, e não
saber o que é. O oposto é uma sensação boa, que bons fluidos estão à sua volta,
não sabe o que, nem onde, mas sabe que é bom.
Essas sensações servem de base. Vai depender de você se vai acontecer,
ou não. O “sensor” está avisando que é boa ou não.
Se ficar pensando nesta sensação, você a está alimentando: o que será,
onde vai ser, como vai ser. Se perceber que não é uma coisa boa, que não é
legal, pense assim: não quero nem saber o que é, e estará totalmente anulado.
Com isso tudo que vier de negativo, que estiver rondando em seu campo
vibratório é reciclado, é transmutado e anulado pela sua própria vontade. Esse é
o segredo maior.
Não se esqueça: A vontade gera toda a energia de neutralidade. Esse é o
“pulo do gato” para as três linhas.

Para esta manipulação é necessário haver uma mudança consciencial,


vibracional, na maneira de pensar, de tudo, desejo, vontade.
É como fazer uma energização em uma pessoa, se a mesma não aceita e
não dá abertura, se não está susceptível a isto, não adiantará nada. É o caso das
pessoas que fazem hipnose, só irão fazer isto se as pessoas forem receptivas, se
a mente for bloqueada não irá conseguir ser influenciada pela ordem, pelo
comando mental, ou verbal.

Atenção!
A linha em que estamos, aciona determinados números de símbolos. Não
bobeie no negativo pois se der “mole” ele pode ser acionado!

Reflexo
Precisamos anular o máximo do negativo. É impossível anular 100%, mas
deixar o mínimo de reflexo para que isso não nos prejudique.
Você pode traçar o seu destino, mas e o colega do lado, traçou direito o
destino dele? O que ele fez não repercute em você?
Somos ligados uns aos outros, mesmo você conseguindo intensificar e
limpar seu campo, você depende dos outros também fazerem isso, ou terá que
sempre estar ajudando, pois os outros estarão sendo sempre bombardeados pela
sua própria insegurança, pelo pré-destino que ele mesmo programou.
Quando não se anula em 100% pode acontecer um reflexo. O reflexo por
exemplo de um assalto, é um reflexo em perda, pode bater o carro, quebrar o
sapato numa travessa de rua, enfim, alguma perda terá.

16
O uso da palavra “Não”
Crianças até 9 anos não têm ainda o discernimento do que pode ou não
pode. Ela tem um querer automático porque é bonito, colorido, doce, etc.
É diferente do querer consciencial de um adulto, sabemos o que é bom ou
ruim.
Para as crianças até 9 anos essa questão do não é válida é bom não utilizar a
palavra não, mas para os adultos que tem o discernimento de que o não é uma
codificação para não acontecer o que não queremos, não há problema algum.
Seu subconsciente sabe que você está rejeitando tal situação.

Canais Cerebrais
Uma pessoa comum tem as ondas cerebrais todas
aleatórias, nenhuma está igual a outra, raramente tem-se 2, 3 no
mesmo padrão de oscilação. Cada freqüência de onda do eletro
encefalograma está em uma freqüência diferente, geralmente captam 19 canais.
Esses ritmos correspondem ao controle ou equilíbrio. Quanto mais
linhas/canais uniformes, mais equilíbrio, mais controle se tem, e quanto mais
acelerada, mais carga elétrica é gerada em equilíbrio e ressonam com muito
mais intensidade. Quando respiramos e prendemos a respiração, temos um
maior número de canais equilibrados.
Cada canal tem várias subdivisões que a ciência hoje não consegue
detectar. A cada canal que se tem ativo, potencializa-se geometricamente a
capacidade mental (700 metros para as mulheres e 70 metros para os homens).

Com 3 canais uniformes na mesma freqüência já é o bastante para


ativarmos o campo de qualquer pessoa que esteja baixo, depressivo,
melancólico, etc. Não precisa nem conversar, basta um toque na intenção de
equilibra-la que é o bastante para ativar e direcionar o pensamento (a intenção é
um comando, uma freqüência, como dito anteriormente).
Com 5 canais uniformes; basta olhar para a pessoa, não precisa nem
tocar. Sem saber a pessoa começa melhorar, pois a onda/freqüência telepática
ou eletromagnética emitida da sua mente para a da outra foi uma freqüência
mais alta do que a dela. Se tocar interage com muito mais intensidade. Tendo
um ciclo maior que a outra pessoa, podemos influenciar qualquer situação.
Para saber quantos canais você tem em uma mesma freqüência, faça um
eletro encefalograma.

A velocidade de vibração das ondas mentais é medida em hertz. Com 40


hertz/s é o bastante para se transmitir qualquer palavra por telepatia. Com 60
hertz/s faz-se materializações, entortam-se objetos. Com 120 ciclos/s é possível
estourar um prato.
Quanto mais trabalharmos nossa vibração, mais mudamos nossa
consciência e padrão mental e mais conseguiremos manipular. Acima de 142
hertz/s faremos isso com a maior facilidade. Paranormalidade é na verdade o
equilíbrio.
Quando os impulsos elétricos do cérebro estiverem todos oscilando em
uma mesma freqüência, de uma maneira mais rápida, e totalmente coordenados,
uniformes, teremos controle absoluto!

Devemos saber utilizar e polarizar todas as freqüências. Temos que filtrar


muito bem o pensamento, desejo e a vontade, pois podemos ajudar ou
prejudicar muito a outras pessoas. Precisamos ser muito vigilantes na hora de
emitir um pensamento, para promover uma mudança para você, ou para
alguém.

17
No momento que tivermos mexendo em nossa vibração, com certeza as
placas estarão todas vibrando ao mesmo tempo, as mudanças aqui refletem lá e
vice-versa!

Geração e Identificação das Freqüências Diversas


Só conseguiremos manipular as Leis Universais, as Linhas da Vida com
facilidade a partir do momento em que conseguirmos fazer com que nossa
energia tenha interação com tudo que vibre.
Todos podem gerar, identificar e impregnar diversas freqüências em todos
os reinos: mineral (pedra), vegetal (plantas), animais e humanos.

Freqüências Compatíveis
"Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei".
É quando se está na mesma sincronicidade consciencial, no mesmo, ou
próximo do padrão consciencial do outro.

Exemplo:
Minha freqüência não está compatível com o “fulano”, não temos uma
afinidade, mas com o “beltrano” já temos mais afinidade, porque são
freqüências compatíveis.

"Eu não gosto do fulano", mas começamos a conversar, fomos nos


entrosando e vejo que não é um cara chato, e ele viu que eu não era tão chato
também. Às vezes temos uma impressão errada de uma pessoa, e depois vemos
que não é nada daquilo. Às vezes ocorre o contrário, achamos que a pessoa é
boazinha, e no fim é um “diabinho”.

O que nos cabe é aprendermos a nos sincronizar e nos adaptar a


determinadas situações. Nem todas as pessoas estarão compatíveis, isto é
impossível. Temos que fazer um pouquinho de esforço apenas, para não sair da
faixa de tolerância por atos, atitudes de outras pessoas, e a nossa mesma.
Temos que tentar acertar o máximo nossa vida, e fazer o máximo para
não prejudicar a vida dos outros. Não dá para mudarmos o mundo, as pessoas,
pois estamos totalmente condicionados, e mais ainda a população ao sistema, e
qualquer coisa que façamos para o bem delas, acharão que é para maltratá-las.
A maioria é assim, vamos ajudar e acabamos “quebrando a cara”, porque acha
que você está contra (intenções) e assim por diante.
O principal da Linha da Vida é gerar uma freqüência que ajude
primeiramente você, e na medida do possível ajudar os outros.

Freqüência Física
A partir do momento que geramos uma freqüência vibracional, ela tem
atuação no mundo físico (o exercício da linha da vida).
Se não tivermos atuação física, não colocarmos em prática no mundo físico
a
de 3 dimensão, se ficarmos só na teoria, não vamos chegar a lugar algum.
Temos que treinar, não há necessidade de tirar um tempo só para isso,
pode ser em qualquer local, no trabalho, comendo, pois o treinamento é apenas
PENSAR, ou você tem preguiça de pensar?

Exercício 1:
A - Gerar uma freqüência positiva ou negativa e passar a mão suavemente
na mão do colega para que ele identifique qual a energia gerada. Este exercício é
muito importante para o desbloqueio das habilidades mentais. A energia
negativa causa repulsa e a energia positiva atração.

18
B - Gere 1 freqüência emocional (alegria, sexual, tristeza..), toque na mão
da pessoa que terá que identificar qual é.
É preciso sentir ou visualizar tal freqüência, basta lembrar e o cérebro já
gera, pois ele não sabe a diferença de realidade e imaginação. Só basta treinar!

Exercício 2:
Gerar freqüências que sejam identificadas como sensações em diversas
partes do corpo ou em todo ele:
A - Coloque uma pessoa diante de você a 1 palmo de distância, você
mentaliza para mexer em 1 ponto do corpo dela (chacra frontal, laríngeo,
cardíaco, plexo solar ou umbilical). Nesse ponto a pessoa deverá sentir uma
energia que mexe, ou uma temperatura que aumenta, ou uma oscilação.
Esta distância gera um campo muito forte, pois está muito próximo das
camadas internas da aura. Você aprende a comandar sua vibração para o corpo
de outra pessoa (animais ou plantas). Depois vá aumentando gradativamente a
distância até ter o total controle.

B - O colega fica de costas e você direciona a energia com as mãos nas


costas dele (sem toca-lo) e ele deve perceber onde foi. Não chegue muito perto
com as mãos para não aquecer o local.

C - Comece a mexer com o emocional das pessoas. Envie um comando


mental para que a pessoa faça tal coisa (coçar a cabeça, tocar no nariz...).

Exercício 3:
Inserir a sua vibração (energizar) em um objeto e entregar para uma
pessoa desejando que ela se cure, que ela tenha muita positividade quando
estiver com o objeto, etc.
A energização não leva mais do que 7 segundos. Quando se concentrar
você precisa gerar uma descarga elétrica nas suas células que será transmitida
ao objeto em questão, com isto se sente um certo arrepio às vezes
externo/periférico, às vezes interno.
Esse “arrepio” é a certeza de que se gerou uma descarga elétrica na
freqüência de que faça bem a tal pessoa. O nosso subconsciente já sabe a
freqüência da pessoa que necessita de ajuda, e a nossa intenção/vontade faz
com que o objeto absorva essa freqüência emitida por você que quando a outra
pessoa em questão tocar vai ter o benefício, pois está codificada para ela (nome
e data de nascimento é o suficiente).
Segure o objeto, se concentre um pouco e promova esta descarga elétrica
no seu corpo, o arrepio percorrerá todo o corpo que irá se descarregar em suas
mãos, daí para o objeto, ficando codificado com uma freqüência de cura para
aquela pessoa que pediu. Mesmo que outro toque, ou pegue não tem problema
algum.
Os “Amuletos da Sorte” como o trevo de 4 folhas, a figa, ferradura,
pentagrama etc., na verdade são objetos que foram codificados para trazer
sorte, assim como uma energização, é tudo a mesma coisa.
Você pode pegar uma pedra e se você gerar uma freqüência e armazenar
no objeto, ele lhe trará “sorte” pois você assim o codificou. Qualquer “amuleto”
pode ser um objeto da sorte (ou de azar).
A pessoa que recebe a informação, o cérebro dela já processa aquilo. Isso
vai depender se a pessoa acredita ou não, pois é a codificação que você gera
para seu cérebro é que define isto. Se você colocar outra codificação em cima,

19
você neutraliza a anterior. Você pode inverter as situações diversas vezes de
acordo com a sua necessidade, com a sua intenção.

Exercício 4:
A água é o melhor “veiculo” de energização, pois a freqüência de vibração
das moléculas de água responde muito mais rápido ao nosso comando mental do
que qualquer outro objeto.
Masaru Emoto provou cientificamente que a água se comporta
diferentemente dependendo da vibração emitida, inclusive podendo ficar até
turva.

“Sabemos que a vida humana está conectada diretamente com a


qualidade da nossa água, tanto dentro quanto ao redor de nós”.

Com o trabalho de Emoto, temos evidências factuais de que a energia


humana vibracional, os pensamentos, as palavras, as idéias e a música afetam a
estrutura molecular da água, a mesma água que compõe 70% do corpo humano
matura e cobre a mesma porcentagem do nosso planeta. A água é a fonte de
toda a vida neste planeta e sua qualidade e integridade são vitalmente
importantes para todas as formas de vida.
O corpo é semelhante a uma esponja e é composto de trilhões de células
que contém líquidos. A água é uma substância muito maleável. Sua forma física
se adapta facilmente a qualquer ambiente. Mas sua aparência física não é a
única coisa que muda: sua forma molecular também se altera. A energia ou as
vibrações do meio ambiente mudará a forma molecular da água. Neste sentido,
não somente a água tem a capacidade de refletir visualmente o meio ambiente,
mas ela reflete este meio ambiente também a nível molecular.
Emoto descobriu muitas diferenças fascinantes nas estruturas cristalinas
da água de muitos locais diferentes e com condições diferentes, ao redor do
planeta. Águas de nascentes e fontes nas montanhas mostram os lindos
desenhos geométricos em seus padrões cristalinos. Águas poluídas e tóxicas de
áreas industriais e muito populosas assim como águas estagnadas de caixas
d’água e represas mostram estruturas cristalinas definitivamente distorcidas e
formadas sem ordem.

Isso confirma a “água energizada”. Isto é a atuação mental e vibracional


nossa em relação às moléculas de água. Como somos 70% de água, é muito
mais fácil ela interagir no nosso corpo do que qualquer outro objeto mais sólido.
Isso prova que podemos promover nossa própria auto-cura.
Energize uma garrafinha de água na intenção de curar alguém.

Forma Geométrica para Sincronização das Moléculas de Água


Esta forma geométrica reorganiza as moléculas da água. Neutraliza o
poder de absorção do deutério em relação à radioatividade (que causa o
envelhecimento).

Construir um cubo com 7x7 cm de base por 9 cm


de altura maciço (tem que afundar), para cada 1.19
metros de altura de água. Pode ser de qualquer material
atóxico a saúde, e que não junte bactérias. Deve-se
colocar dentro d’água.
Qualquer alteração nas arestas não funciona, não
pode lascar nenhuma ponta. O erro máximo no tamanho
pode ser de 2 milímetros.

20
Pode-se colocar em caixas d’água, piscinas, filtros, garrafas. Basta dividir
proporcionalmente as medidas (10%, 50%, ...). Se o local tiver mais de 1.19 de
altura, é só ir dobrando o tamanho. Quando diminui o tamanho também é preciso
verificar a altura, pois ela diminui a atuação proporcionalmente.
Não pode fazer 2 e colocar um em cima do outro, tem que ser um bloco
único.
Dez segundos depois que colocou na água já reorganiza, e leva 3 horas a
sua atuação, caso seja retirado.
Tomando a água com as moléculas reorganizadas é muito mais saudável.
Fazem com que a partícula do deutério não absorva tanta radiação (livre de
radiações cósmicas), por isso não afetará muito nossas células. É uma água mais
pura, mais leve.
Pode ser colocado em qualquer líquido que o resultado é o mesmo (leite,
suco, refrigerante, etc.).

Energia Sexual/Taquiônica e suas Funções Multivibracionais


Quando se vibra na freqüência multivibracional ativa, vamos dizer assim
de sublimação (um grau mais elevado), nos tornamos um Deus Criador na Terra
dentro do nosso universo. É onde acontece a transmutação (a pessoa não
envelhece, não adoece). É a capacidade de fazer com que as coisas se realizem
100%.
A freqüência multivibracional se dá com a Energia Taquiônica, que é a
soma de todas as energias (emocionais, sexuais, etc.) mais a sincronicidade
cósmica. É nessa freqüência que a energia fica cada vez mais em espiral.
Quem gera o vórtice de Energia Vibracional, convertendo todas as outras
energias em taquiônica é a energia sexual que corresponde a linha B (freqüência
matricial - energia primária). Para isso necessitamos de muito equilíbrio e nos
mantermos na faixa de tolerância (a Freqüência de Divindade ativa, corresponde
a linha B).

A energia sexual é a vibração do amor universal, não o amor pregado


pelas filosofias e religiões. O amor incondicional é mais uma ilusão, ninguém tem
e ninguém pratica, pois verdadeiro amor é o equilíbrio total das 3 linhas básicas
do seu destino pré-programado por você mesmo.
É gerar uma freqüência multivibracional compatível para todas as pessoas
(homem, mulher, crianças, animais, vegetais, minerais, etc). É olhar para
homem/mulher, rico/pobre, da mesma forma. É tratar todos igualmente.
A energia sexual (energia da criação) é uma energia neutra. Jesus Cristo
dizia: Amai-vos uns aos outros, estejam na vibração do amor.
A vibração do amor é neutralidade, é não se deixar se aborrecer por mais
conflitos que esteja a sua volta, é conseguir administrar sem se estressar, sem
sair da faixa de tolerância, amando tudo (positivo e negativo), aceitando tudo, as
pessoas chatas, as pessoas boas, etc.
Temos que ter diplomacia para com o outro, uma política para administrar
todas as situações de nossa vida. Isto é neutralidade.

Exemplo: Entrei num ambiente, mas meu “santo” não bate com o de
todos; daquele grupo eu gosto, do outro não. Temos que gostar dos dois, três ou
dez da mesma forma, não temos que ter essa distinção, essa discriminação
emocional.
Quanto mais pessoas no circulo de amizade, mais teremos que nos
observar. Precisamos aprender e pensar que todos sejamos um só, que
pensemos por um, como se fossemos uma unidade.

21
Se nos preocuparmos com coisas que não é da nossa vida, que não nos
interessa neste momento nem naquele, saímos do equilíbrio.
Não devemos ficar procurando defeito no outro, não devemos ficar falando
da vida do outro. Estamos sempre centralizando o foco no que o outro está
fazendo, em vez de fazermos alguma coisa. Isto indica que a pessoa não está na
linha B, não está na neutralidade.
Enquanto estivermos preocupados mais com a vida dos outros do que com
a nossa, estamos na linha A ou C, e em poucos momentos estaremos na B.
Não estando na linha B não temos controle da nossa própria manipulação
mental. Não temos controle da manipulação das Leis Universais. Quando
focamos na nossa própria vida, estamos na linha B.
Quando alguém está com um problema, se puder ajudar tudo bem, se não
puder não fique julgando ou criticando, não atrapalhe.

A linha B é a linha da neutralidade, do equilíbrio, do controle.

Podemos nos irritar um pouco, faz parte da 3a dimensão, mas não


podemos nos estressar. Podemos comemorar em uma festa, mas não podemos
extravasar também no emocional positivo.
Temos que estar centrados, com os pés no chão, mental/espiritual,
positivo/negativo, tudo bem trabalhado na nossa balança mental para que não
haja um desvio, uma distorção ou uma interpretação errônea dos fatos.
Se tiver um problema sério para resolver não adianta sofrer por
antecedência. Ele pode estar em qualquer uma das linhas, deixe chegar o
momento. Tenha apenas em mente o que vai fazer, mas não fique sofrendo.
Quando chegar o momento de resolver, resolva, não deu para resolver, protele,
mas não sofra antecipadamente.
Se soubermos manipular, fazermos com dedicação e atenção, não teremos
dificuldades, principalmente na vida pessoal, que só depende de nós.

As Linhas da Vida
Temos que aprender a trabalhar os mundos paralelos (leis paralelas), e
também a vida real, mas como faremos isso? Agora vamos agregar tudo que
vimos anteriormente.
Temos as linhas A, B e C, já falamos das polaridades, do passado, do
presente e do futuro, já sabemos também que oscilamos entre elas, mas vamos
conhece-las melhor:

Linha C – Está mais ligada a nossa imaginação, ao nosso pensamento,


das coisas figurativas, nada de concreto, é a linha dos nossos planos, sonhos, é
a Projeção do Futuro. É a vida que queremos ter, mas não é a real (algumas
coisas até podemos conseguir). Ligada ao lado direito do cérebro.
As percepções extra-sensoriais (intuição, telepatia, clarividência, etc.) está
na linha C. Na sua maioria temos tais “habilidades”, mas enquanto estivermos
ligados ao “Sistema”, teremos uma percepção limitada, pois somos obrigados a
não perceber as mensagens que vem do cosmo, pois estamos preocupados em
trabalhar, pagar contas, etc. Com isso perdemos a conexão com o universo,
ficando difícil perceber um acontecimento que está se armando contra nós.
É a Linha da freqüência divina, de Deus, pois é onde você cria. Ex: “Quero
que minha família seja harmoniosa, que a saúde de meu pai seja boa...” “Quero
ter muito dinheiro, saúde....".
A Bilocação, é possível através da Linha C.

22
Linha A – Nesta linha estamos ligados mais aos nossos temores, medos,
angustias, incertezas e conflitos, é aquela que gera insegurança. É a vida que
tememos, que não queremos ter. Ex.: Não quero doença, ser roubado, etc.
Ligada ao lado esquerdo do cérebro. Desenvolvendo-o poderemos acessar
todas as coisas do passado, da nossa memória cósmica (onde moramos, o que
fizemos, relacionamentos que tivemos...), mostra o positivo e negativo.
É a linha que emite o “alerta”, o lado crítico avisando das possibilidades
futuras. Alerta o que pode ou não dar certo, fazendo uma analogia do que
temos que fazer e joga para a consciência nos prevenindo a todo o momento das
possibilidades que se apresentam (analisa o passado, presente, e futuro, tudo da
nossa vida). Gera uma visão antecipada de 360º de tudo que está a nossa volta.
É como uma “guardiã” que nos policia. É a que impede ou concretiza a realização
do desejo.

Podemos manipular para aproveitar o lado critico, negativo, dentro de um


padrão normal do que queremos da vida terrena, ajudando com uma critica
construtiva, se tornando positivo e funcional no nosso dia-a-dia nesta avaliação
antecipada dos fatos trazendo equilíbrio do ABC (positivo/negativo/neutro), pois
o negativo nos ajuda a analisar as conseqüências de fatos futuros.
Porém quando a vontade é maior, e o ser humano não vai pela lógica,
sempre vai pela vontade emocional, podemos nos deparar com situações
complicadas, pois não analisamos as conseqüências da linha A.
Devemos sempre refletir se algo pode ou não pode dar certo (dentro do
nosso universo), isto é estar na freqüência positiva, pois você conseguiu fazer
uma analogia e medir as conseqüências do futuro.

Ex1: Vou fazer uma barragem, vou gastar quanto? Mil tijolos e 2
caminhões de terra, eu vou fazer, já programei que gostaria de realizar , tenho
condições disto.

Ex2: Vou comprar um carro. Vai comprar um carro, já preparou seu


orçamento, já nivelou? Não compre não, você não vai ter dinheiro.

Essa sabedoria quem dá é o nosso próprio desenvolvimento. Podemos


brincar com o nosso próprio destino mas sempre aliado à consciência e razão.
Consciência e razão são fundamentais. Se quiser comprar um carro,
terá que ter um ganho extra, fazer hora extra, juntar mais dinheiro, etc. É
escutar os avisos que a todo o momento vem na nossa vida.

Temos que ter equilíbrio entre as linhas A e C (mental e astral), analisar


tudo, e assim podemos ser beneficiados.
A questão é que estamos sempre oscilando, uma hora somos muito mental
e outra muito astral, assim não temos equilíbrio e não conseguimos o
desenvolvimento.

Uma pessoa pessimista, com certeza vibra na linha A. Para sair a reação
terá que ser da pessoa. Todas as pessoas são capazes de sair de uma vida difícil,
mas para tal é preciso se esforçar.

Linha B – Onde geramos toda nossa energia, é nela que devemos sempre
estar, pois ela é um imã que atrai das outras duas linhas o positivo, podendo
filtrar e anular o negativo. Podemos então gerar, expandir, transmutar, reciclar e
propagar a energia estando nesta linha.
Corresponde a nossa vida real, aqui/agora, 3ª dimensão. Na vida real
temos que administrar as outras duas linhas/freqüências. Estamos à mercê das

23
leis da 3ª dimensão, essa nós podemos manipular, executar, criar todas as
coisas, mas para trazer isso à nossa realidade temos que administrar as
vidas/mundos paralelos, na verdade as freqüências paralelas (A e C).
Ligada ao frontal. É através dela que estamos fazendo a materialização
(pensamentos e desejos) de tudo aqui embaixo.
A linha B é a linha da criação, é a que polariza (traz pra você) o desejo. É
onde tudo acontece desde que estejamos dentro da faixa de tolerância, que não
extrapolemos nosso emocional, para podermos manipular a linha A e C, por isso
devemos vibrar sempre na linha B.
A e C vibram como suporte a nossa vida real da 3ª dimensão, como
opcionais, como "acessórios" do que acontece aqui embaixo, se quisermos
antecipar um fato, precisamos trabalhar a linha C, "ouvindo" a linha A.
Temos que convergir as linhas A e C para a linha B, essa manipulação é
que nos faz crescer. Vibrando constantemente nela, temos a possibilidade de
alterar os acontecimentos da A ou da C.
Se tivermos algum problema complicado na linha B (corte vital), mudamos
a freqüência e passamos para A ou C. Mudando-se de padrão emocional,
automaticamente nosso cérebro recicla esta emoção (no caso de emoções de
origem negativa, como mágoa, raiva, etc.), é uma mudança/transformação que
já chega reciclada. Depois se volta para a linha B passado o período negativo.
Como dito, só conseguimos nos manter na Linha B; se nos mantivermos
na neutralidade, assim sempre estaremos bem. Se não conseguirmos isso, a
nossa vida será um “pingue-pongue” constante. Acontecem coisas, piora,
melhora, altos e baixos, não se consegue manter uma linha.
Qualquer alteração da freqüência emocional faz um pingue-pongue para as
outras linhas. Se não estivermos na linha B, ficamos sem condições de manipular
nossa própria vida/destino, sem condições de fazer com que as coisas aconteçam
positivamente na nossa vida.

Dentro da linha B devemos analisar os dois lados, o que você quer, e a


vida que você não quer ter, desde que o lado critico da linha A ajude a analisar
as conseqüências do futuro, como critica construtiva do seu próprio consciente, e
não como critica negativa que gere medo, conflitos e insegurança.

Ex 1: Hoje você é funcionário público (Linha B), mas gostaria de ser um


grande empresário (Linha C), e não gostaria de ser muito pobre, doente, cheio
de conflitos na vida (Linha A).

Ex 2: Estou trabalhando (Linha B) e quero comprar um apartamento


(Linha C), está dentro da realidade de 3ª dimensão. Mas se você começar com
os “e se não” da vida: E se eu não conseguir pagar as prestações, e se não.... É
a vida critica que não queremos ter (Linha A), só que a temos, pensamos nisso.

Quando geramos a vontade para alguma coisa (temos vontade de alguma


coisa), o desejo e o pensamento já estarão automaticamente trabalhando
(fundidos) a nossa vontade.
Você cria na Linha C, deseja na linha A para realizar na Linha B (a vontade
mexe com a emoção/desejo).

As 3 Linhas Vibram Simultaneamente


É importante a atuação da Linha A em nossa vida, pois é a possibilidade
da plasmação do pensamento na criação do desejo na 4a dimensão (o desejo irá
plasma o positivo ou negativo) para realmente se realizar/materializar na 3a
dimensão. Essas linhas estão sempre se cruzando.

24
Diariamente pensamos uma coisa mas os pensamentos positivos e
negativos estão sempre em paralelo. Ao mesmo tempo em que o “anjinho” lhe
dá uma orientação, o “diabinho” do subconsciente lhe dá uma negação. C e A
estão sempre nos “cutucando”.
Faz parte de nossas polaridades, do nosso campo eletromagnético
(positivo, neutro e negativo), seja humano, animal, vegetal ou mineral (os
animais evoluem de uma outra forma mas por nossa ressonância).
Pensamos e desejamos algo positivo temendo que não aconteça. Não
desejamos o mal, mas temos o mal (a dualidade). Faz parte da freqüência do
desejo de 4a dimensão onde tudo está plasmado.
A partir do momento que pensamos em alguma coisa e tivermos medo
daquilo não se realizar, plasmamos 2 pensamentos/freqüências ao mesmo
tempo (o que queremos e o que não queremos). Queremos e tememos, isto gera
um conflito e medo de fazer alguma coisa, de se aventurar. Esse temor se funde
com o pensamento e pode se materializa na linha B que é a linha da atração de
tudo.
Se materializar no negativo o prejuízo pode ser grande, por isso temos
que estar nos policiando o tempo todo. Temos que dar comando ao cérebro para
filtrar todos os pensamentos e desejos para que a linha da vontade faça a
filtragem automática e se materialize somente o positivo. Temos que tomar
cuidado na hora de transformar um desejo bom para ver se não estamos com
pensamentos negativos.
O negativo sempre "fala" mais alto, mais intenso do que o positivo, pois
estamos programados (pelas leis dos homens - lideranças mundiais), a nos jogar
para baixo através dos condicionamentos (dogmas, religiões, paradigmas, vida
social, política, propaganda subliminar nos cinemas, TV, outdoor, etc.) a temer, a
achar que tudo é pecado, que não pode, que não merecemos, etc. Tudo isso nos
condiciona a uma vida critica negativa. È assim a manipulação mental em todo o
planeta.
A insegurança, os conflitos, o medo de conseguir, de fazer, de tentar é
muito maior do que a determinação de fazer. Poucas vezes temos a
determinação: Vou fazer e vai dar certo, quero fazer e vou fazer.
Isto ocorre quando não estamos na linha B. Se estivermos na Linha B
faríamos o desejo sem questionar. Se nos questionamos estamos vibrando ao
mesmo tempo na A e na C: Eu quero, mas e se...
Quando temos um pensamento determinado, puro, sem vibração negativa
nenhuma, sem ser contestado pela linha A, conseguimos chegar lá, independente
de qualquer coisa.

Uma dica para saber qual das polaridades será manifestada, é observar o
plexo solar se a sensação for do objetivo já realizado, será o positivo; se sentir
um calafrio é recomendado não fazer, pois a polarização por ter sido negativa.

Não podemos agir precipitadamente e nem tarde demais em uma atitude.


Se você precipita sua ação, porque o diabinho crítico do seu colega disse: - Ah,
está vendo aquele fulano, olhou feio para você, rangeu os dentes e quis te
morder, enquanto que você não fez nada. - ah é, então fulano vai embora, dou
um tiro, brigo. Poderemos ter conseqüências indesejadas.
Não podemos nunca nos deixar influenciar pelo diabinho crítico de outra
pessoa, que às vezes ela também está com a faca apontando para você e está te
criticando.
Exemplo: Olha, o fulano faz isso, até quando vai deixar assim, quando vai
tomar uma atitude? Fica lhe pressionando. Não é assim nossa vida? Nossos
amigos não fazem isso?

25
É diferente de: Você fez uma coisa para aquele fulano que está com você,
mas a atitude dele foi essa, analisa bem as coisas e fique de olho.

Às vezes a pessoa faz até sem maldade, porque desconhece, a consciência


dele não consegue analisar a própria vida que ele queria ter, e aquela que não
queria ter. Ás vezes sem maldade, pensando que vai te ajudar está fomentando
uma briga entre você e uma pessoa que não tem nada haver com aquilo que ele
falou.

A informação como chega ou é passada e convertida até você, é que é o


grande problema.

São 3 freqüências vibratórias que temos que trabalhar, duas (linhas A e C)


acessam os mundos paralelos (direito/esquerdo) e uma (linha B), a vida real da
3a dimensão (o frontal), que faz a realização.
Funcionam simultaneamente em nossa mente para qualquer situação na
nossa vida a cada fração de segundo. Se tivermos uma boa administração dos
mundos/freqüências paralela, o resultado é sucesso em tudo. A intenção é
perceber e saber manipular essas forças.

Os hemisférios esquerdo/direito do cérebro (as linhas A e a C) não


reconhecem, não estão sujeitos/submissos, a 3a dimensão. Estão sujeitos e
presos às realidades/mundos paralelos (4ª, 5ª, 6ª, 7ª, etc. - mundos paralelos é
qualquer dimensão diferente da 3a).
A freqüência elétrica na região do cérebro onde isso circula/atua/funciona,
não faz parte da realidade da 3a dimensão. Por isso é que nos atormentamos
tanto (a fantasia de querer ser algo impossível e ao mesmo tempo de não ser
nada, enquanto sofremos no “mundo real”). A glândula Pineal é a que nos
“segura no chão”, ela gera a vibração da realidade atual, da 3a dimensão.

Tendo no lado esquerdo e direito uma freqüência que podemos acessar,


interligar com todas as dimensões, com todos os planos paralelos, nos possibilita
a falar com todos os “deuses/deusas/seres” do universo, com os espíritos, com
os "mortos", com os Seres que já transmutaram, com a abelha, com todo o reino
animal. Existem as fadas, os gnomos (que são os laqüins), e porque a maioria
das pessoas não consegue mais falar com essas entidades/pessoas/seres?
Porque não acessam suas outras realidades.
Temos que colocar o lado esquerdo e direito do cérebro para funcionar e
trabalhar para nós na realização de nossos objetivos (frontal), para termos a
manipulação delas, para isso é necessário nos policiar a todo o momento.

Não há problema algum em pensar “grande” ou termos fantasias. O


problema é não saber administrar o que pensou e programou. Podemos
aproveitar dessa liberdade mental das realidades paralelas e criar um mundo só
nosso, anulando a vida que não queremos ter.

É importante saber o passo a passo, pois sem ele nosso cérebro não
processa tais comandos. Se pularmos fases sem ter o conhecimento, o cérebro
irá nos enganar, nos dará uma falsa realidade que acreditamos/vivenciamos.
É o caso das pessoas que falam que é uma coisa e é outra, acredita na
própria mentira (ela está criando a vida que ela queria ter).
Ex: está doente e fala que está saudável e não se cuida. Ela se deixou
levar pela vida que ela queria ter sem equilibrar com a realidade atual.

26
Isso está ligado com as chamadas “fantasias” em todos os sentidos. Você
fala que pode, mas é além da sua capacidade real.
Vibrarmos ou falarmos verbalmente para que as coisas sejam positivas é
uma coisa, mas acreditar naquilo que está criando é diferente, nos tira da
realidade.
Temos que aprender a vibrar somente na linha B. Nossa vida tem que ser
polarizada desta maneira.

Nessas linhas desenvolvemos nossa capacidade paranormal (percepção,


efeitos físicos, astrais, espirituais, etc.). Podemos acessar toda a nossa essência,
todo conhecimento e sabedoria, para isso temos que ter “paz de espírito” para
percebermos a linguagem universal que ronda nosso “mundo paralelo”.

Unir essas 3 freqüências coordenadamente é difícil, pois ao mesmo tempo


em que estamos na linha B (vida real); também vibramos simultaneamente na A
e na C (estamos pensando em outras coisas e tendo nossos conflitos, oscilando
assim entre elas). Sempre estaremos sujeitos a isso no nosso dia-a-dia.).
Você vive, você quer e você não quer ao mesmo tempo, assim é a
nova vida!
A partir do momento que soubermos trabalhar direito o “ABC” seremos
Deuses, e Deuses não tem preconceitos, assim trabalhamos de uma maneira
mais amiga, não desconfiando do próximo.

2ª Etapa da Programação dos Desejos


Esta etapa será difícil de executar se não exercitou os hemisférios
cerebrais (direito, esquerdo e frontal).
O nosso cérebro vive de informações e de repetição, se não está repetindo
uma coisa ele não vai gravar, e se grava é temporário.
Se não memorizou bem, não desenvolveu, não treinou a 1a etapa do
exercício, terá dificuldades nesta manipulação.

É uma espécie de atalho, mas não dá para cortar caminho se não tem o
conhecimento anterior, pois poderá ter algumas deficiências.

Nesta etapa não há mais a necessidade de se entrar nas freqüências


emocionais como antes (alegria, sexual, tristeza) para fazermos a programação
mental. Se treinamos (exercício anterior), já estamos intencionalmente na linha
B e as outras são opções para brincar com a vida.

Temos que saber como anular o que não queremos e potencializar o que
queremos. Vamos transformar tudo o que aprendemos em uma reação
automática de nosso cérebro.

1o Passo: Pense em um pedido.

2o Passo: Calcule o prazo viável para que ele se realize.

3o Passo: Faça um desenho do seu pedido (pode recortar fotos de


revistas, colorir, etc.). Visualize seu pedido.

4o Passo: Escreva detalhadamente no gráfico que corresponde a Linha C


(o que você quer). Não precisamos mais “puxar” a freqüência emocional (já está
no automático), e não há limite de tempo para escrever.

27
Ex 1: Quero um carro, modelo tal, bancos de couro, direção hidráulica, na
cor prata.
Ex 2: Quero estar saudável, no peso ideal, bonita, etc.

O nosso subconsciente, que é racional; se criticar neste momento,


teremos que anular na hora com pensamentos fortes e positivos.
Se na hora em que estiver escrevendo o pedido na Linha C, vierem
pensamentos tal como: Mas será que vou conseguir? Eu mereço?....
Neste momento formule mentalmente uma frase positiva exatamente na
hora. Ex: Será que eu vou conseguir? É lógico que eu vou conseguir! Já
consegui!

Ex 1: Vou ter dinheiro para pagar o carro? É claro que sim. Serei próspero.
Ex 2: Estarei esbelta até a festa de fim de ano? Sim, com meu esforço
conseguirei tudo!

Toda vez que vier um pensamento negativo faça um pensamento positivo


na mesma hora (pulo do gato número 1).
Se seu subconsciente não criticar, não precisa neutralizar a polarização da
Linha A. Ela não interferiu.

5o Passo: Escrever o mesmo pedido na Linha B tal qual o da Linha C.


Estará programando para a vida que você tem (o aqui/agora).

No final codifique o seu cérebro: Eu ordeno ao meu cérebro que obedeça a


minha vontade e cumpra essa programação todos os milésimos de segundo,
segundos, minutos, horas, dias pares e ímpares, semanas, meses, anos, de hoje
até ......

Eu ordeno ao meu cérebro que obedeça a minha


vontade e cumpra essa programação todos os
milésimos de segundo, segundos, minutos, horas,
dias pares e ímpares, semanas, meses, anos, de
hoje até ......
DESENHO LINHA C LINHA B DATA

____/____/____

REALIZADO
SIM ( )
NÃO ( )

6o Passo: Neste mesmo dia, antes de dormir, faça alguma ação concreta
relativa ao pedido (pulo do gato número 2). Quando dormimos e não fazemos
nenhuma ação concreta a tendência é o pedido ser anulado.
O ideal é fazer a programação na parte da manhã para dar tempo de
iniciar alguma ação, por menor que ela seja, precisamos dar o 1o passo. Tem que
ser uma ação física e não só no pensamento e dar seqüência na ação.

Ex 1: Ir a uma concessionária, perguntar o preço, fazer um teste drive.


Ex 2: Começar um controle alimentar, iniciar uma caminhada, etc.

28
7o Passo: Assinale se o seu pedido foi realizado ou não após o tempo
determinado.

Obs:
Se não conseguir o pedido, não desanime, tente novamente. Thomaz
Édson tentou 989 vezes até conseguir descobrir o segredo da lâmpada.
A Intenção é deixar nosso cérebro no automático para resolver todas as
questões com a maior facilidade.
Não precisamos ter “mega sonhos” e nem temer os sonhos. Basta
realizarmos o “sonho” - a vontade que queremos.

Para haver mudanças na vida real, precisa haver mudanças na


Linha A e C!

Epílogo
Estas etapas são leis que temos para manipular a nossa Vida. São
ferramentas que o Ser humano comum desconhece, pois não são possíveis de
serem manipuladas através dos 5 sentidos normais.
Só podem ser manipuladas com uma percepção “extra”, com uma
habilidade superior à 3a dimensão, ou seja, ter freqüência mental acima de 30
hertz/s. Pessoas abaixo de 30 hertz/s não conseguem desenvolver tais
habilidades. Se você conseguir manipular e interagir; com certeza está nesta
faixa.
Com esta manipulação podemos conseguir tudo que quisermos: saúde,
emocional, financeiro (principalmente quem tem comércio ou que depende de
comissão). Você pode direcionar, moldar o mundo ao seu bel prazer conforme a
sua capacidade de aprendizado.
As possibilidades são infinitas quando sincronizamos o mental e o astral
na realização do mundo físico. Para isso temos que colocar em prática o poder do
pensamento, pois capacidade mental nós temos, mas se não treinarmos, não
aproveitamos esse potencial.

Isso faz parte da programação de vida que vai muito mais além...

E lembre-se: A MUDANÇA SÓ DEPENDE DE VOCÊ!

29