Você está na página 1de 111

Título Página

AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 1

ÍNDICE

1 INTRODUÇÃO..........................................................................................................................................................4
1.1 OBJETIVO DO CURSO......................................................................................................................................4
1.2 VISÃO GERAL E OBJETIVO DO CURSO.......................................................................................................4
1.3 ORGANIZAÇÃO GERAL DA APOSTILA.......................................................................................................4
1.3.1 Execução dos Comandos.............................................................................................................................4
1.3.2 Prompts........................................................................................................................................................5
1.3.3 Caixas de Diálogo........................................................................................................................................6
1.4 CONCEITOS GERAIS DO AUTOCAD.............................................................................................................6
2 COMANDOS BÁSICOS DE DESENHO.................................................................................................................8
LINE (BARRA DRAW – LINE/LINE).............................................................................................................................8
2.2 ORTHO – TECLA <F8>........................................................................................................................................8
2.3 ERASE (BARRA MODIFY – ERASE).................................................................................................................8
2.4 REDRAW (BARRA STANDARD TOOLBAR – REDRAW ALL).....................................................................9
2.5 PONTOS E SISTEMAS DE COORDENADAS.................................................................................................9
2.6 COMO ENTRAR COM COORDENADAS...................................................................................................................10
2.7 CIRCLE (BARRA DRAW - CIRCLE)................................................................................................................11
2.8 ARC (BARRA DRAW – ARC 3 POINTS).........................................................................................................12
2.9 SNAP (MENU TOOLS – DRAWING AIDS)....................................................................................................14
2.10 GRID (MENU TOOLS – DRAWING AIDS).....................................................................................................15
2.11 “GRID TOO DENSE DISPLAY”..............................................................................................................................15
2.12 UNDO (BARRA STANDARD – UNDO)...........................................................................................................15
2.14 REDO (BARRA STANDARD – REDO)............................................................................................................15
3 MANIPULAÇÃO DE ARQUIVOS (DESENHOS)...............................................................................................16
3.1 NEW (BARRA STANDARD –NEW).................................................................................................................16
3.2 OPEN (BARRA STANDARD – OPEN).............................................................................................................20
3.3 SAVE (BARRA STANDARD – SAVE).............................................................................................................21
3.4 SAVE AS (MENU FILE – SAVE AS)................................................................................................................21
3.5 EXIT (MENU FILE – EXIT)...............................................................................................................................21
4 CONTROLANDO A VISUALIZAÇÃO E A PRECISÃO...................................................................................22
4.1 ZOOM WINDOW (BARRA STANDARD – ZOOM WINDOW).....................................................................22
4.2 ZOOM IN (BARRA STANDARD – ZOOM IN)................................................................................................22
4.3 ZOOM OUT (BARRA STANDARD – ZOOM OUT)........................................................................................22
4.4 ZOOM ALL (BARRA STANDARD – ZOOM ALL).........................................................................................22
4.5...................................................................................................................................................................................22
ZOOM DYNAMIC (BARRA STANDARD – ZOOM ALL)..........................................................................................22
4.7 ZOOM PREVIOUS (BARRA STANDARD – ZOOM PREVIOUS).................................................................23
4.8 ZOOM EXTENTS..............................................................................................................................................23
4.9 ZOOM CENTER (BARRA STANDARD – ZOOM CENTER).........................................................................23
4.10 ZOOM SCALE (BARRA STANDARD – ZOOM SCALE)...............................................................................23
4.11 ZOOM REALTIME (BARRA STANDARD – ZOOM REALTIME)................................................................23
4.12 PAN (BARRA STANDARD – PAN REALTIME).............................................................................................23
4.13 AERIAL VIEW (BARRA STANDARD – AERIAL VIEW)..............................................................................24
4.14 DDVIEW (BARRA STANDARD – NAMED VIEWS)......................................................................................24
4.15 VISUALIZANDO VÁRIAS VIEWPORTS AO MESMO TEMPO.....................................................................................25
4.16 LIMITS (MENU FORMAT – DRAWING LIMITS)..........................................................................................25
4.17 OSNAP (BARRA STANDARD – TRACKING)................................................................................................25
4.18 FIXANDO MODOS OSNAP (BARRA STANDARD – OBJECT SNAP SETTINGS)...........................................27
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 2

5 MAIS COMANDOS DE DESENHO......................................................................................................................28


5.1 PLINE (BARRA DRAW – POLYLINE).............................................................................................................28
5.2 DONUT (MENU DRAW-DONUT)....................................................................................................................28
5.3 FILL (MENU TOOLS - DRAWING AIDS/SOLID FILL)...............................................................................29
5.4 REGEN (MENU VIEW – REGEN)....................................................................................................................29
5.5 POLYGON (BARRA DRAW – POLYGON).....................................................................................................29
5.6 RECTANGLE (BARRA DRAW – RECTANGLE)............................................................................................30
5.7 ELLIPSE (BARRA DRAW – ELLIPSE).............................................................................................................30
MLINE (BARRA DRAW – MULTILINE).....................................................................................................................30
5.9 MLSTYLE (MENU FORMAT – MULTILINE STYLE)...................................................................................31
5.10 MLEDIT (BARRA MODIFY II – EDIT MULTILINE).....................................................................................33
5.11 SKETCH (LINHA DE COMANDO SKETCH).......................................................................................................34
6 MODIFICAÇÃO DE OBJETOS............................................................................................................................35
6.1 SELEÇÃO DE OBJETOS..................................................................................................................................35
6.2 COPY (BARRA MODIFY – COPY OBJECT)...................................................................................................36
6.3 MOVE (BARRA MODIFY – MOVE).................................................................................................................37
6.4 MIRROR (BARRA MODIFY – MIRROR).........................................................................................................37
6.5 OFFSET (BARRA MODIFY – OFFSET)...........................................................................................................37
6.6 ARRAY (BARRA MODIFY – ARRAY)............................................................................................................38
6.7 ROTATE ( BARRA MODIFY – ROTATE)........................................................................................................39
6.8 STRETCH (BARRA MODIFY – STRECH).......................................................................................................40
6.9 SCALE (BARRA MODIFY – SCALE)...............................................................................................................40
6.10 TRIM (BARRA MODIFY – TRIM)....................................................................................................................41
6.11 EXTEND (BARRA MODIFY – TRIM/EXTEND).............................................................................................41
6.12 CHAMFER (BARRA MODIFY – CHAMFER).................................................................................................42
6.13 FILLET (BARRA MODIFY – FILLET).............................................................................................................44
6.14 BREAK (BARRA MODIFY – BREAK).............................................................................................................44
6.15 PEDIT (BARRA MODIFY II – PEDIT)..............................................................................................................45
6.16 EXPLODE (BARRA MODFY – EXPLODE).....................................................................................................46
6.17 EDIÇÃO COM GRIPS (MARCAS DE SELEÇÃO)....................................................................................................46
6.18 CONFIGURANDO AS MARCAS DE SELEÇÃO..........................................................................................................48
7 TEXTOS....................................................................................................................................................................49
7.1 MTEXT (BARRA DRAW – TEXT)....................................................................................................................49
7.2 DTEXT (MENU DRAW – SINGLE LINE TEXT)............................................................................................50
7.3 REEDITANDO TEXTOS – DDEDIT (BARRA MODIFY II – DDEDIT)................................................................52
8 COTAGEM...............................................................................................................................................................53
8.1 DIMLINEAR (BARRA DIMENSION – LINEAR DIMENSION).....................................................................53
8.2 DIMALIGNED (BARRA DIMENSION – ALIGNED DIMENSION)...............................................................54
8.3 DIMRADIUS (BARRA DIMENSION – RADIUS DIMENSION)....................................................................54
8.4 DIMDIAMETER (BARRA DIMENSION – DIAMETER DIMENSION).........................................................55
8.5 DIMANGULAR (BARRA DIMENSION – ANGULAR DIMENSION)...........................................................55
8.6 DIMORDINATE (BARRA DIMENSION – ORDINATE DIMENSION).........................................................56
8.7 DIMBASELINE (BARRA DIMENSION – BASELINE DIMENSION)............................................................57
8.8 DIMCONTINUE (BARRA DIMENSION – CONTINUE DIMENSION).........................................................58
8.9 DIMCENTER (BARRA DIMENSION – CENTER MARK)..............................................................................59
8.10 LEADER (BARRA DIMENSION – LEADER)..................................................................................................59
8.11 EDIÇÃO RÁPIDA DE COTAS (BARRA DIMENSION – DIMENSION EDIT).......................................................60
8.12 TOLERANCE (BARRA DIMENSION – TOLERANCE)..................................................................................61
UPDATE (BARRA DIMENSION – DIMENSION UPDATE)......................................................................................62
8.14 DIMENSION STYLE (BARRA DIMENSION - DIMENSION STYLE)..........................................................62
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 3

9 HACHURAS.............................................................................................................................................................68
9.1 BATCH (BARRA DRAW – HATCH)................................................................................................................68
9.2 HATCHEDIT (BARRA MODIFY II – HATCHEDIT).......................................................................................69
10 TRABALHANDO COM LAYERS (CAMADAS)............................................................................................71
10.1 LAYERS – NÍVEIS DE TRABALHO.....................................................................................................................71
10.2 CONFIGURANDO LAYERS (BARRA OBJECT PROPERTIES – LAYERS).........................................................72
10.3 CONFIGURANDO O LAYER CORRENTE ATRAVÉS DE UM OBJETO DE DESENHO (BARRA OBJECT PROPERTIES
– MAKE OBJECT’S LAYER CURRENT)...................................................................................................................75
10.4 MENU DE GERENCIAMENTO DE LAYERS (BARRA OBJECT PROPERTIES – LAYER CONTROL).................75
11 COMANDOS UTILITÁRIOS E ALGUMAS CONFIGURAÇÕES...............................................................76
11.1 LIST (BARRA STANDARD TOOLBAR – LIST).............................................................................................76
11.2 DIST (BARRA STANDARD TOOLBAR – LIST/DIST)...................................................................................76
AREA (BARRA STANDARD TOOLBAR – LIST/AREA)...........................................................................................76
11.4 COMANDO TIME (MENU TOOLS – INQUIRY/TIME).....................................................................................77
11.5 CONFIGURANDO AS UNIDADES DE DESENHO (MENU FORMAT – UNITS).......................................................78
11.6 GERENCIAMENTO DAS CORES (BARRA OBJECT PROPERTIES – COLOR CONTROL)................................78
11.7 GERENCIAMENTO DOS TIPOS DE LINHA (BARRA OBJECT PROPERTIES – LINETYPE CONTROL)............79
11.8 LINETYPE (BARRA OBJECT PROPERTIES – LINETYPE)..........................................................................79
11.9 ALTERANDO AS PROPRIEDADES DE OBJETOS A SEREM CRIADOS (BARRA OBJECT PROPERTIES –
PROPERTIES)...............................................................................................................................................................80
11.10 COMANDO PURGE (MENU FILE – DRAWING UTILITIES/PURGE)........................................................81
11.11 POINT (BARRA DRAW – POINT)................................................................................................................81
12 BLOCOS E ATRIBUTOS...................................................................................................................................82
12.1 MAKE BLOCK (BARRA DRAW – MAKE BLOCK).......................................................................................82
12.2 WBLOCK (MENU FILE – EXPORT (OPÇÃO .DWG))....................................................................................83
12.3 DDINSERT (BARRA DRAW – INSERT BLOCK)...........................................................................................84
12.4 INSERT (DIGITE INSERT)................................................................................................................................85
12.5 ATRIBUTOS......................................................................................................................................................85
12.6 DEFININDO ATRIBUTOS (MENU DRAW – BLOCK/DEFINE ATTRIBUTES...)..............................................86
GERANDO OS ATRIBUTOS................................................................................................................................................88
12.8 GERANDO O BLOCO OU ARQUIVO EXTERNO COM ATRIBUTO..............................................................................89
12.9 INSERINDO UM BLOCO DE ARQUIVO COM ATRIBUTOS........................................................................................89
12.10 CONTROLANDO A VISIBILIDADE DOS ATRIBUTOS (MENU VIEW – DISPLAY/ATTRIBUTE DISPLAY)....90
12.11 EDIÇÃO DE ATRIBUTOS (BARRA TOOLBAR MODIFY II – DDATTE)........................................................91
13 PLOTANDO (IMPRIMINDO O SEU DESENHO)..........................................................................................92
13.1 PLOT (BARRA STANDARD TOOLBAR – PRINT).........................................................................................92
14 AMBIENTES DE DESENHO.............................................................................................................................97
14.1 O QUE É PAPER SPACE?......................................................................................................................................97
14.2 COMANDO MVIEW (MENU VIEW – FLOATING VIEWPORTS)...................................................................98
14.3 COMANDO MSPACE (DUPLO CLIQUE SOBRE “PAPER”)..................................................................................98
14.4 COMANDO PSPACE (DUPLO CLIQUE SOBRE “MODE”)....................................................................................98
14.5 ESCALONANDO OS OBJETOS DE UMA JANELA NO PAPER SPACE.........................................................................99
15 APÊNDICE.........................................................................................................................................................100
MENUS POP-UP DO AUTOCAD R14...........................................................................................................................100

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 4

1 INTRODUÇÃO

1.1 OBJETIVO DO CURSO

Este curso tem como objetivo iniciar o profissional nos conceitos do AutoCAD bem como
dar-lhe o conhecimento necessário para desenhar e projetar usando AutoCAD Release 14 como
ferramenta.

Com o conteúdo apresentado no decorrer deste curso o aluno poderá desenvolver quaisquer
projetos com o AutoCAD.

1.2 VISÃO GERAL E OBJETIVO DO CURSO.

O conceito de CAD surgiu na década de 70 com o advento da expansão no uso da


computação. CAD é a abreviação de “Computer Aided Design” ou “Desenho Assistido por
Computador”.

O AutoCAD é o software mais utilizado no mundo para desenhos técnicos. Você verá no
decorrer deste curso que o AutoCAD é um software extremamente flexível e de fácil entendimento.

Veremos a partir comandos para trabalho com duas dimensões (embora no AutoCAD
possamos trabalhar com 3 dimensões) Veremos comandos de manipulação de arquivos, construção,
desenho, modificação, dentre outros.

1.3 ORGANIZAÇÃO GERAL DA APOSTILA

Antes de iniciar veremos como esta apostila apresenta os comandos, tornando mais fácil a
localização dos mesmos.

1.3.1 Execução dos Comandos

Todos os comandos terão o desenho do botão ao lado para melhor identificá-los. Além disto,
terão um caminho para chegar nestes botões. Alguns estão “escondidos” atrás de outros botões.
Veja o exemplo abaixo:

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 5

Você pode verificar que alguns botões têm uma pequena seta na sua parte inferior direita.
Para acionar os comandos escondidos temos que clicar sobre o botão que aparece e arrastar com o
mouse horizontal ou verticalmente (depende da posição em que a barra de ferramentas se encontra).
Vendo a figura acima observamos que o comando ZOOM SCALE estava encoberto pelo botão
ZOOM WINDOW. É importante destacar que ZOOM SCALE encobrirá ZOOM WINDOW a partir
do momento em que foi clicado, até acionarmos o comando ZOOM WINDOW ou até sairmos do
AutoCAD. Quando entrarmos novamente no sistema a configuração de botões retornará a original.

Sempre é bom lembrar que as barras de ferramentas do AutoCAD funcionam exatamente da


mesma maneira que em outros programas Windows. Isto significa que podemos arrastá-las de um
lugar para outro bem como mudar a sua forma original.

Veja abaixo alguns exemplos de comandos abordados nesta apostila:

ZOOM WINDOW (Barra STANDARD TOOLBAR – ZOOM WINDOW)

O botão indica como fazemos funcionar o comando pela barra de ferramentas. O comando
chama-se ZOOM WINDOW. A seta significa que este botão encobre outros botões (no caso é ele
próprio). Poderíamos também acionar este comando digitando-se ZOOM na linha de comando
(todos os comandos apresentados neste curso podem ser acionados pela linha de comando.

SNAP (Menu superior TOOLS – OBJECT SNAP SETTINGS)

Acima temos um exemplo de acionamento pelo menu superior, você clica sobre TOOLS no
menu superior e depois em OBJECT SNAP SETTINGS

1.3.2 Prompts

Prompts são linhas de comando que nos são exibidas. Sempre as linhas de comando
aparecem após dado o comando. Veja o exemplo abaixo:

Para alternar para o modo “Edge” em construção de polígonos, digitamos a letra “E” (as
letras maiúsculas servem para alternarmos as opções fornecidas pelo AutoCAD). Sempre que
alguma opção estiver apresentada entre <>, significa que ela é a opção ativa.

Edge/<Center of Polygon>: Escolhemos o modo de construção de polígonos

First endpoint of edge:

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 6

1.3.3 Caixas de Diálogo

Na explicação de opções das caixas de diálogo o nome destas aparecerá em negrito antes da
explicação propriamente dita.

1.4 CONCEITOS GERAIS DO AUTOCAD

Para entendermos melhor o AutoCAD precisamos primeiro analisar elementos de sua tela. A
figura abaixo mostra a tela típica AutoCAD Release 14 para Windows 95.

-Título do desenho: Como em todos os programas padrão Windows, aparece ao alto o


software em que estamos trabalhando com o respectivo nome do arquivo . Além do título do
desenho temos os botões do Windows no alto, a direita da tela.

- Menu superior (pull-down): Através deste menu podemos acessar alguns comandos do
AutoCAD. Normalmente o acionamento dos comandos não se dará pelo menu superior nesta
apostila, pois este é o modo menos produtivo.

- Linha de comando: Nesta linha de podemos digitar comandos (quando aparecer


“Command:”) além de entrar com informações solicitadas por comandos que estão sendo
executados. É muito olhar sempre para esta linha, pois quase todos os comandos nos pedem
parâmetros para serem executados. Você também notará que em alguns comandos teremos várias
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 7

opções (isto ficará claro mais tarde). Para escolher uma opção de comando veja qual a letra
maiúscula (podem ser até duas) que aparece na linha de comando. Sempre que tivermos opções na
linha de comando o AutoCAD nos oferecerá, por padrão, uma delas, sem a necessidade de escolhê-
la. Isto significa que tudo que vai ser feito já estará automaticamente dentro desta opção. Neste caso
a opção vem entre os sinais <>. Outra facilidade é que, se você quer repetir o último comando
acionado podemos pressionar <Enter>.

- Barra de ferramentas (toolbars): Nestas caixas de ferramentas estão contidos os botões


pelos quais acionaremos a maior parte dos comandos nesta apostila. Praticamente todos os
programas Windows se utilizam desta interface. Que torna a localização dos comandos mais rápida
e intuitiva. Vemos agora uma explicação sobre as caixas de ferramentas mais utilizadas:

- Standard Toolbar – Nesta caixa encontramos alguns comandos básicos, bem como alguns
dos comandos que estão presentes em todos os programas que funcionam em Windows.

- Object Properties – Esta caixa traz todos os comandos que dizem respeito as propriedades
dos objetos do desenho atual.

- Draw – Todos os comandos que fazem desenhos de novos objetos (linhas, círculos, arcos,
etc.) estão nesta caixa de ferramentas.

- Modify – Os comandos referentes a modificação e construção de objetos (a partir dos que


já existem) estão nesta caixa.

Além disso, temos outras caixas de ferramentas que podem ser rapidamente acionadas, como
por exemplo a caixa “Dimension”. Quando entramos no AutoCAD pela primeira vez depois de
instalado elas não aparecem , pois ocupariam muito espaço na tela (principalmente se você estiver
trabalhando em uma resolução de 800x600). De qualquer modo, se for conveniente, podemos
acioná-la e deixá-la em algum lugar da tela, como veremos mais tarde.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 8

2 COMANDOS BÁSICOS DE DESENHO

Veremos agora comandos de desenho. É bom salientar , antes de começarmos, que, quando
desenhamos, podemos entrar com as localizações de duas maneiras. Pelo mouse (ou mesa
digitalizadora) e pela linha de comando. No primeiro comando apresentado usaremos apenas o
mouse.

2.1 LINE (Barra DRAW – LINE/LINE)

O comando LINE nos possibilita criar linhas simples, sendo estas objetos separados entre si.

From point: pede o ponto inicial da linha

To point: pede o ponto final deste seguimento

Note que o AutoCAD nos pede sucessivamente “To point”. Para encerrarmos o comando
basta pressionarmos a tecla <Enter>. Aparecerá na linha de comando novamente “Command”, ou
seja, o AutoCAD estará a espera de um outro comando.

Opções do comando LINE – Estas opções não aparecem na linha de comando

- Undo (letra “U”): Desfaz o último segmento de linha desenhado. Não confundir com o
comando externo UNDO, que será explicado adiante.

- Close (letra “C”): Faz um segmento de linha, conectando o último, ao primeiro ponto
informado. Funciona somente dentro de um mesmo comando LINE e precisa de pelo
menos dois segmentos já desenhados.

Além disto, podemos iniciar um novo comando LINE e começar esta nova série de linhas a
partir do último segmento desenhado no comando LINE anterior. Para isto basta pressionar
<Enter> quando o comando pedir “From point:”

2.2 ORTHO – Tecla <F8>

Quando ligado somente nos possibilita traçados e movimentos ortogonais. Para


ligar/desligar ORTHO pode-se clicar duas vezes em ORTHO na parte inferior da tela ou utilizar-se
da tecla F8.

2.3 ERASE (Barra MODIFY – ERASE)

Adiantaremos aqui um comando de modificação particularmente útil. ERASE apaga objetos


desenhados.

Select Objects: Selecione os objetos que você deseja excluir.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 9

Note que após teclar <Enter> o AutoCAD entende que aqueles objetos selecionados deverão
ser apagados. Após, tecle <Enter> novamente.

Existem três maneiras de selecionarmos objetos:

1- Posicionando o cursor do mouse sobre o elemento desejado e clicando com o botão


esquerdo.
2- Pressionando o botão esquerdo do mouse e arrastando o cursor da direita para a esquerda
(mantendo o botão do mouse pressionado) de forma a abrirmos uma janela que enquadre
ou intercepte os objetos desejados.
3- Realizando a mesma operação descrita anteriormente porém, arrastando o cursor da
esquerda para a direita. Neste caso só serão selecionados os objetos que estejam
totalmente enquadrados na janela de seleção.

2.4 REDRAW (Barra STANDARD TOOLBAR – REDRAW ALL)

O comando REDRAW limpa as pequenas marcas que restam na tela após desenharmos e/ou
apagarmos algo. Estas “sujeiras” são chamadas de “blips”.

2.5 PONTOS E SISTEMAS DE COORDENADAS

O AutoCAD usa um sistema cartesiano fixo como referencial para pontos na tela gráfica.
O eixo X é horizontal e o eixo Y é vertical.

Ícone do sistema de coordenadas

Para nos ajudar a ver o sentido e a direção destes dois eixos temos no canto inferior
esquerdo uma representação gráfica destes eixos.

O ícone mostra a orientação do UCS (sistema de coordenadas) atualmente usado através da


direções positivas dos eixos X e Y.

Um “W” aparece neste ícone indicando que este é o WCS – World Coordinate System
(Sistema Mundial de Coordenada). Esta indicação é importante pois este o sistema que é utilizado
na maioria dos países, sendo adotado como padrão.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 10

2.6 Como entrar com coordenadas

Veremos a seguir que existem 4 tipos básicos de coordenadas. Com as coordenadas


podemos literalmente desenhar com o teclado, sem o uso do mouse. Isto certamente dará muito
mais precisão ao desenho. Quando entramos com coordenadas não estamos indicando nenhuma
medida especifica (mm, cm, m, etc.). Estamos entrando com unidades de desenho. Se você estiver
milímetros em seu desenho estas unidades, valerão, no seu caso, milímetros, ou seja, você deverá
escolher a unidade a ser adotada (óbvio que somente uma unidade poderá ser adotada, em
princípio). Isto ficará mais claro quando chegarmos em configurações de unidades de desenho e na
plotagem.

É importante ressaltar que entraremos com coordenadas quando o AutoCAD nos pede um
ponto. Em muitos casos o AutoCAD não nos pede um ponto no espaço, mas somente uma medida
absoluta em unidades de desenho. Isto ocorrerá, por exemplo, quando indicarmos o raio de um
círculo.

- Coordenadas Absolutas Cartesianas

Com este tipo de coordenada indicamos um ponto X e outro Y. O AutoCAD considera a


origem (0,0), um ponto já definido no espaço.

X,Y

Exemplo: 2,4

Note que a vírgula separa os valores x e Y. Se quisermos coordenas com números não
inteiros, deveremos utilizar o ponto para separarmos a parte inteira da não inteira.

- Coordenadas Absolutas Polares

Neste tipo de coordenada entramos com o valor de uma distância e um ângulo. O formato
deste tipo de coordenada segue abaixo.

C<A onde C é o comprimento e A o ângulo

Exemplo:10<25 onde 10 é o comprimento e 25 é a inclinação em graus com relação ao


eixo X.

Veremos mais tarde em configuração de unidades que os valores em graus podem ser
trocados para outro formato, como por exemplo, radianos. Isto vale também para as medidas
lineares onde podemos optar pelo sistema decimal ou inglês, por exemplo.

- Coordenadas Relativas Cartesianas

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 11

Este tipo de coordenada é, na maioria dos casos, o mais utilizado pelos desenhistas. Ele é
muito semelhante ao absoluto, entretanto difere por ter sempre como referência o último ponto
selecionado (através do mouse, ou através do teclado). Isto significa que não levaremos mais em
conta a origem do sistema cartesiano (0,0). O formato de digitação deste tipo de coordenada é:

@X,Y

Exemplo: @5,0

A coordenada digitada acima eqüivale a uma variação de 5 unidades de desenho no sentido


positivo do eixo X e zero em Y.

- Coordenadas Relativas Polares

Este tipo de coordenada também é largamente utilizado. Em muitos casos não temos
possibilidade de entrar com coordenados relativas cartesianas sem que sejam necessários alguns
cálculos. Isto ocorre, por exemplo, no caso de querermos fazer um segmento de linha que tenha um
comprimento de 10 unidades e uma inclinação de 22 graus. Veja o formato abaixo:

@C<A onde C é o comprimento e A é o ângulo

Exemplo: @10<22

É importante lembrar o sentido de rotação para ângulos que o AutoCAD utiliza por padrão.

2.7 CIRCLE (Barra DRAW - CIRCLE)

Com este comando desenharemos círculos. Nos botões disponíveis Para o comando
CIRCLE temos cinco opções para desenhá-lo:

- Center, Radius : Com esta opção o sistema nos pede primeiro o centro e depois o raio.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 12

3P/2P/TTR<Center point>: Indique o centro do círculo

Diameter/<Radius>: Digite ou indique com o mouse o raio

Note que podemos alternar do modo Radius para o modo Diameter digitando a letra “d”.

- Center, Diameter: É idêntica a opção anterior. A única diferença é que ao invés de


informar o raio, informamos o diâmetro.

- 2 Point: A opção “2P” determina um círculo passando por dois pontos que, na verdade,
formam o seu diâmetro.

First point on diameter: Indique o primeiro ponto do diâmetro.

Second point on diameter: Indique o segundo ponto do diâmetro.

- 3 Point: A opção “3P” determina um circulo passando por três pontos.

- TTR (Tangente, Tangente, Raio): Através desta opção pode-se determinar um círculo
tangente a outros dois objetos, com um raio por nós determinado.

Enter Tangent spec: Indique o primeiro objeto a que o círculo deverá ser tangente.

Enter second Tangent spec: Indique o segundo objeto a que o círculo deverá ser tangente.

Radius <último raio>: Digite o valor do raio ou pressione <Enter> para confirmar o valor
que aparece entre os sinais <>.

Cabe aqui uma observação importante. Ao acionarmos o comando CIRCLE, tanto pela linha
de comando quanto pela barra de ferramentas, a opção default será “Center, Radius”. Para
escolhermos outra, deveremos digitar as letras maiúsculas da opção desejada.

2.8 ARC (Barra DRAW – ARC 3 POINTS)

Temos dez maneiras diferentes de desenhar um arco. Aliás, no AutoCAD, é comum termos
mais de uma maneira de fazer a mesma tarefa. Cabe a você escolher a melhor maneira de desenhar
o objeto de acordo com as circunstâncias que você está no momento. A barra de ferramentas nos
oferece apenas a opção 3points, as demais estão disponíveis no “menu superior – draw – arc”.

- 3points: Desenha um arco passando por três pontos.

Center/< Start point>: Indique o ponto inicial do arco.

Center/<End point>: Indique o segundo ponto do arco.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 13

End point: Indique o terceiro ponto do arco.

- Start, Center, End: Desenha um arco ao informarmos o ponto inicial, o centro e o ponto
final.

Arc Center/<Start point>: Indique o ponto inicial do arco.

Center/End/<Second point>: _c Center: Indique o centro do raio.

Angle/Length of chord/<End point>: Indique o ponto final do raio.

- Start, Center, Angle: Desenha um arco informando o ponto inicial, o centro e o ângulo.

_arc Center/<Start point>: Indique o ponto inicial do arco.

Center/End/<Second point>: _c Center: Indique o centro do arco.

Angle/Length of chord/<End point>: _a Included angle: Indique o ângulo do arco.

- Start, Center, Length: Desenha um arco definimos o ponto inicial, o centro e o


comprimento da corda deste arco.

_arc Center/<Start point>: Indique o ponto inicial do arco.

Center/End/<Second point>: _c Center: Indique o centro do arco.

Angle/Length of chord/<End point>: _l Length of chord: Indique o comprimento da corda


do arco.

Start, End, Angle: Faz um arco informando o ponto inicial, o ponto final e o ângulo.

Start, End, Direction: Faz um arco informando o ponto inicial, o ponto final e uma direção
indicada pela tangente.

Start, End, Radius: Desenha um arco informando o ponto inicial , o ponto final e o seu
raio.

Center, Start, End: desenha um arco informando o centro, o ponto inicial e o ponto final.

Center, Start, Angle: Faz um arco informando o centro, o ponto inicial e o ângulo.

Center, Start, Length: Desenha um arco informando o centro, o ponto inicial e o tamanho
da corda.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 14

Continue: Esta opção nos permite desenhar um arco continuando um comando de desenho
anterior.

Cabe aqui um observação. Ao acionarmos o comando “ARC” pela linha de comando ou pela
barra de ferramentas, ele não nos oferecerá todas as opções descritas acima de forma explícita. Na
verdade, teremos que “montar” a opção, informando os parâmetros que temos a nossa disposição.
Imagine que temos o ponto inicial, o centro e o ângulo do arco. Então informamos o ponto inicial
(“Start point”). Logo após digite a letra “C” para informar que deseja a opção “Center” e indique o
centro do arco. Logo após digite a letra “A” para indicar a opção “Angle” e informe o ângulo.

2.9 SNAP (Menu TOOLS – DRAWING AIDS)

Ao acionar o menu acima, o AutoCAD nos mostrará uma caixa de diálogo que nos
possibilitará fazer uma série de configurações.

Uma destas configurações é SNAP. Com SNAP podemos definir um espaçamento para X e
Y, Possibilitando que o cursor só pare dentro destes parâmetros. Se configurarmos SNAP em X e Y
para 1 unidade, o cursor só para em coordenadas incrementadas de 1em 1 unidade. Para configurar
os valores, utilize as caixas “X Spacing” e “Y Spacing” na área correspondente ao SNAP na caixa
de diálogo DRAWING AIDS.

Para Ligar SNAP podemos clicar em “ON” na própria caixa de diálogo ou, na parte inferior
da tela do AutoCAD, clicar duas vezes sobre “SNAP”. Pode-se usar a Tecla “F9”.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 15

2.10 GRID (Menu TOOLS – DRAWING AIDS)

O GRID coloca na tela pontos para nos dar referência das coordenadas. Por padrão o Grid
corrente é sempre com o espaçamento utilizado por SNAP. Para configurarmos o grid
diferentemente de SNAP use as caixas “X spacing” e “Y Spacing” na área correspondente ao GRID
na caixa de diálogo DRAWING AIDS.

Se configurarmos o GRID com valores muito baixos em relação aos limites da tela o
AutoCAD nos exibirá a seguinte mensagem:

2.11 “Grid Too dense display”

Para ligar/desligar o GRID pode-se clicar em “ON” na caixa de diálogo DRAWING AIDS
ou clicar duas vezes na parte inferior da tela em GRID. Ainda podemos usar a tecla “F7” para
ligar/desligar o GRID.

2.12 UNDO (Barra STANDARD – UNDO)

O comando UNDO desfaz o último comando utilizado. Pode ser acionado sucessivamente
para se retornar até a posição desejada.

Se você desejar acionar a opção UNDO que existe em alguns comandos do AutoCAD pode-
se clicar sobre o botão referido (para acionarmos a opção UNDO do comando LINE, por exemplo,
podemos ao invés de digitar a letra “U” clicar sobre o botão na barra de ferramentas).
2.13
2.14 REDO (Barra STANDARD – REDO)

Refaz apenas o último comando desfeito pelo comando UNDO.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 16

3 MANIPULAÇÃO DE ARQUIVOS (DESENHOS)

3.1 NEW (Barra STANDARD –NEW)

O comando NEW permite iniciar um novo desenho, ainda não gravado. O AutoCAD mostra
uma caixa de diálogo do seguinte formato:

Opções:

Use a Wizard: Abre um novo arquivo de desenho, permitindo que o usuário determine a
configuração que deverá ser utilizada.

Select Wizard - > Quick Setup: Configuração simples.

Step 1: Units: Configura tipo de unidade linear: Decimal, Engineering, Architectural,


Fractional, Scientific.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 17

Step 2: Area: Configura área de desenho (largura e altura).

Select Wizard - > Advanced Setup: Configuração completa.

Step 1: Units: Configura tipo de unidade linear: Decimal, Engineering, Architectural,


Fractional, Scientific.

Step 2: Angle: Configura unidade angular: Decimal Degrees, Degrees,


Degrees/Minutes/Seconds, Grads, Radians, Surveyor; e o número de casas decimais.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 18

Step 3: Angle Measure: Configura a referência para ângulo 0º.

Step 4: Angle Direction: Configura o sentido da medida angular: horário ou anti-horário.

Step 5: Area: Configura DRAWING LIMITS (área de desenho: largura e altura)

Step 6: Title Block: Configura bloco de moldura do desenho.


Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 19

Step 7: Layout: Configura layout final de desenho utilizando Paper Space / Model Space.
Essa opção será abordada com mais detalhes posteriormente, no capítulo 20.

Use a Template: Abre um novo arquivo de desenho a partir de um desenho protótipo


(desenho base padrão que contém configurações predefinidas pelo usuário, tais como: layer, estilo
de texto, estilo de dimensionamento). As opções são selecionadas através do campo SELECT A
TEMPLATE.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 20

A opção SELECT A TEMPLATE -> MORE FILES... permite escolher qualquer arquivo de
desenho como arquivo protótipo.

Start from Scratch: Abre um novo arquivo de desenho a partir de uma configuração padrão
preestabelecida pelo AutoCAD. O AutoCAD possui dois padrões; English (medidas em polegadas)
e Metric (medidas em valores decimais).

3.2 OPEN (Barra STANDARD – OPEN)

Permite abrir um desenho já existente, que esteja gravado em disco (disquete ou disco
rígido).

Além disso, o comando fornecerá na área PREVIW uma pré-vizualização do arquivo de


desenho do AutoCAD (arquivos gerados a partir da versão 13 do AutoCAD).

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 21

3.3 SAVE (Barra STANDARD – SAVE)

Essa opção aciona o comando QSAVE que armazena corrente em arquivo com o nome
corrente. Na primeira solicitação de armazenamento o AutoCAD exibe a tela de opção do comando
SAVE AS.

3.4 SAVE AS (Menu FILE – SAVE AS)

Essa opção aciona o comando SAVE AS que armazena o desenho em um arquivo, para que
o mesmo possa ser recuperado posteriormente.
Esta opção nos permite ainda salvar desenhos em versões anteriores do AutoCAD.

3.5 EXIT (Menu FILE – EXIT)

Sai do ambiente do sistema AutoCAD.

Se o desenho corrente já estiver armazenado em disco, o comando simplesmente executa o


retorno para o sistema operacional. Caso o desenho corrente tenha sido alterado e ainda não tenha
sido armazenado, antes de sair do AutoCAD, o comando perguntará se as alterações deverão ser
armazenadas.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 22

4 CONTROLANDO A VISUALIZAÇÃO E A PRECISÃO

4.1 ZOOM WINDOW (Barra STANDARD – ZOOM WINDOW)

Nesta opção o AutoCAD nos pede que façamos uma janela, indicando primeiro o canto
inferior esquerdo e logo após o superior direito. Baseado nesta janela ele aproximará o desenho.

First corner: Indique o primeiro vértice da janela

Other corner: Indique o segundo vértice da janela, que forma a diagonal com primeiro.

4.2 ZOOM IN (Barra STANDARD – ZOOM IN)

O comando ZOOM IN aproxima os objetos 2x.

4.3 ZOOM OUT (Barra STANDARD – ZOOM OUT)

O comando ZOOM OUT afasta os objetos 0,5x

4.4 ZOOM ALL (Barra STANDARD – ZOOM ALL)

Esta opção mostra os limites do desenho (veremos como configurar limites mais adiante) ou
todos os objetos do desenho (caso estes estejam fora dos limites configurados). Cabe observar que
cada vez que acionamos este comando ele regenera o desenho, ou seja, ele aciona automaticamente
o comando REGEN (veremos este comando mais adiante).

4.5
4.6 ZOOM DYNAMIC (Barra STANDARD – ZOOM ALL)

Esta opção do comando ZOOM nos dá uma excelente mobilidade no desenho. Ao acionar
esta opção nos aparece na tela uma janela verde (que indica a posição a posição atual na área
gráfica) e uma outra janela de cor normal que pode ser aumentada/diminuída. Esta janela é
alternada do modo posicionamento para o modo aumenta /diminui através do botão esquerdo do
mouse. Quando estiver satisfeito com a posição desta janela pressione <Enter> (com a tecla
<Enter>, ou com a barra de espaço, ou ainda com o botão direito do mouse). A nova visualização da
área gráfica corresponderá a janela indicada em ZOOM DYNAMIC.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 23

4.7 ZOOM PREVIOUS (Barra STANDARD – ZOOM PREVIOUS)

Para voltarmos a uma visualização anterior, a algum ZOOM ou PAN (veremos o comando
PAN ainda nesta unidade) usamos esta opção do comando ZOOM.

4.8 ZOOM EXTENTS

Este ZOOM faz com que o AutoCAD exiba todos os objetos do desenho, mostrando-os da
forma mais ampliada possível..

4.9 ZOOM CENTER (Barra STANDARD – ZOOM CENTER)

Altera o posicionamento do centro da janela corrente.

4.10 ZOOM SCALE (Barra STANDARD – ZOOM SCALE)

Modifica a janela mudando a escala de visualização corrente gerando efeito de aproximação


ou afastamento.

4.11 ZOOM REALTIME (Barra STANDARD – ZOOM REALTIME)

Muda a visualização automaticamente através da movimentação do mouse:

- para cima: efeito de aproximação


- para baixo: efeito de afastamento

4.12 PAN (Barra STANDARD – PAN REALTIME)

Permite modificar a região visível do desenho apenas deslocando a janela corrente,


mantendo sua proporção e escala.

Opções:

Realtime: muda a visualização automaticamente através da movimentação do mouse.

Point: desloca a janela com a indicação de 2 pontos “de -> para”.

Left: desloca a janela para a esquerda.

Right: desloca a janela para a direita.

Up: desloca a janela para cima.


Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 24

Down: desloca a janela para baixo

Apenas a opção “Realtime” está disponível na barra de ferramentas, as demais são


encontradas no MENU VIEW – PAN.

4.13 AERIAL VIEW (Barra STANDARD – AERIAL VIEW)

Permite definir janelas de visualização de uma forma muito mais dinâmica e “user friedly”,
uma mistura de PAN com ZOOM DYNAMIC.

A janela “Aerial View” pode ser configurada contendo o desenho total através da qual novas
janelas de visualização podem ser definidas, de forma semelhante ao comando ZOOM, opção
DYNAMIC.

4.14 DDVIEW (Barra STANDARD – NAMED VIEWS)

Com este comando podemos salvar/restaurar determinadas vistas que podem ser
interessantes de serem guardadas. Quando acionado este comando, nos exibe a caixa de diálogo
mostrada a seguir:

A lista “Views” nos exibe as vistas que temos salvas em nosso desenho (além da atual
“CURRENT”) além de mostrar o ambiente que esta vista foi salva (MSPACE ou PSPACE que
veremos mais adiante). O botão “Restore” nos permite restaurar uma vista da lista, ou seja, retornar
ela a tela gráfica. Com “New”, adicionamos uma nova vista que pode ser a corrente (“Current
Display”) ou uma nova janela (“Define Window”). Com “Description”, o AutoCAD nos emite uma
caixa de contendo várias informações da janela pré-selecionada na lista.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 25

4.15 Visualizando várias viewports ao mesmo tempo

Em situações podemos desejar dispor de mais de uma viewport na área gráfica, ou seja, mais
de uma janela de visualização. Para configurar o número de janelas na área gráfica podemos ir ao
menu superior VIEW, botão TILED VIEWPORTS/LAYOUT. Agora basta escolher o layout da sua
área gráfica.

Para alternar de uma janela para outra basta clicar sobre esta. Todos os comandos usados
afetarão todas as janelas, com a exceção dos comandos de visualização.

4.16 LIMITS (Menu FORMAT – DRAWING LIMITS)

Este comando, como já visto anteriormente, delimita a área de desenho. Quando iniciamos
um novo desenho os limites de tela já estão pré-definidos, caso optarmos pela opção default do
AutoCAD. Caso contrário, podemos definir conforme nossa necessidade.

Se as configurações pré estabelecidas não atendam as reais necessidades, podemos alterá-las


utilizando o comando LIMITS.

4.17 OSNAP (Barra STANDARD – TRACKING)

O comando OSNAP é de extraordinária importância para encontrar, com precisão, pontos


pertencentes aos objetos. Além de encontrarmos os modos OSNAP na caixa STANDARD podemos
acioná-los com maior facilidade utilizando a tecla do meio do seu mouse (se o seu mouse for de
duas teclas, pressione a tecla <Shift> e mantendo-a pressionada clique no botão direito do mouse).
Os modos OSNAP são descritos abaixo.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 26

From: Com este modo podemos começar a desenhar a partir de uma distância tendo como
referência um ponto determinado.

_from Base point: O sistema nos pede o ponto base que servirá de referência. Geralmente
usaremos outro modo OSNAP para fixar este ponto.

_endp of <Offset>: Agora você vai informar uma coordenada para distanciar-se do ponto
base, dado anteriormente.

Endpoint: Encontra o ponto final de linhas, arcos e polylinhas.

Midpoint: Encontra o ponto médio de linhas, arcos e polylinhas.

Intersection: Encontra a interseção de dois objetos.

Center: Encontra o centro de círculos e arcos.

Quadrant: Define os pontos quadrantes de arcos e círculos mais próximos do ponto


de seleção.

Perpendicular: Define a posição do ponto do objeto de modo que este seja


perpendicular a outro objeto (onde vai ser clicado).

Tangent: Tangente a círculos e arcos a partir do último ponto definido.

Node: Encontra pontos (comando POINT, que veremos mais tarde).

Insertion: Encontra a origem de um bloco ou texto.

Nearest: Encontra o ponto mais próximo de um objeto tendo como referência o local
em que clicamos (as linhas cruzadas do cursor).

None: Limpa todas as opções que estejam fixadas (veremos como fixar modos
OSNAP a seguir).

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 27

4.18 Fixando modos OSNAP (Barra STANDARD – OBJECT SNAP SETTINGS)

Em alguns casos será necessário fixar o OSNAP de forma a não perdermos muito tempo em
acioná-lo diversas vezes com o mouse. No caso de cotagem, por exemplo, usaremos muito o
OSNAP. Neste caso clicamos em OBJECT SNAP SETTINGS na barra STANDARD, ou ainda, no
menu TOOLS – OJECT OSNAP SETTINGS. Desta forma poderemos fixar modos OSNAP de
maneira que fiquem permanentemente ativos. Com isto, sempre que ocorrer uma seleção de objetos,
o OSNAP automaticamente disponibilizará o modo selecionado. Nesta caixa ainda temos a
oportunidade de mudar o tamanho do cursor de seleção através da barra “Aperture Size”.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 28

5 MAIS COMANDOS DE DESENHO

5.1 PLINE (Barra DRAW – POLYLINE)

O comando PLINE (POLYLINE) é bastante semelhante aos comandos LINE e ARC. Com
este comando podemos gerar segmentos contínuos de linhas e/ou arcos. O efeito final é bastante
útil, pois temos todos os segmentos desenhados dentro de um comando como sendo um único
objeto (veremos mais tarde que estes objetos podem ser separados e reagrupados novamente).

From point: Indicamos o ponto inicial do primeiro segmento.

Arc/Close/Halfwidth/Length/Undo/Width/<Endpoint of line>: Podemos escolher uma das


alternativas do comando ou indicar o ponto final do primeiro segmento (esta é a opção padrão).

Para desenhar simplesmente segmentos de linha, como o LINE, pode-se proceder


exatamente como neste comando. Além da opção padrão temos outras opções:

Arc: Troca o modo linha para o modo arco. As opções de construção de arcos pelo comando
PLINE se equivalem ao comando ARC quando acionado pela linha de comando. Isto significa que
vamos “montando” a opção do comando em função da necessidade que temos.

Close: Une o final do último segmento com o início do primeiro.

Length: Permite que você desenhe um novo segmento na mesma direção (mesmo ângulo)
do último objeto informado, simplesmente definindo-se o seu comprimento (“Length”). Se o último
objeto desenhado foi um arco, alinha informada é desenhada tangente ao arco.

Undo: Permite eliminar os mais recentes segmentos adicionados a polylinha atual.

Width: Possibilita a determinação da espessura da próxima polylinha a ser desenhada. No


modo normal a espessura da polylinha é desenhada com o valor zero. Podemos definir uma
espessura final (“Ending Width”). Não é necessário configurar espessuras para a plotagem, se o
objetivo for somente este.

Halfwidth: Funciona de maneira idêntica a anterior, porém informamos a metade da


espessura da polylinha a ser desenhada.

5.2 DONUT (Menu DRAW-DONUT)

Com este comando desenhamos dois círculos concêntricos, formado de duas polylinhas
fechadas, que podem ou não Ter preenchimento (dependem da variável fill que estudaremos a
seguir).

O comando nos pede primeiro o valor do diâmetro interno (“Inside Diameter”). Após pede
o valor do diâmetro externo (“Outside Diameter) e por fim, o centro da figura (“Center of
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 29

Doughnut”). Este comando é repetitivo, ou seja, podemos inserir várias figuras iguais
repetitivamente. Para encerrar pressione <Enter>.

5.3 FILL (Menu TOOLS - DRAWING AIDS/SOLID FILL)

Com este comando podemos ligar/desligar o preenchimento das linhas citado nas opções
“WITH” e “HALFWIDTH”, disponíveis no comando PLINE e dos objetos feitos com o comando
DONUT, além de outros comandos que veremos mais adiante. Toda vez que acionamos este
comando pelo menu ele marca a opção (liga o preenchimento) ou desmarca (desliga o
preenchimento).

5.4 REGEN (Menu VIEW – REGEN)

O comando REGEM funciona de forma semelhante ao REDRAW, porém é mais poderoso.


Para tornarmos efetivo o comando FILL usamos este comando, assim os objetos assumem a nova
configuração. Este comando pode ser usado quando, depois de um ZOOM, os círculos e arcos
ficarem com aparência de polígonos e linhas.

5.5 POLYGON (Barra DRAW – POLYGON)

O AutoCAD permite gerar polígonos bidimensionais regulares, que podem variar de 3 a


1024 lados. A forma da construção do polígono pode ser descrita em função do seu centro ou de um
dos seus lados. O polígono para efeito de tipo de objeto, é uma polylinha.

Quando acionamos este comando o AutoCAD nos pede primeiramente o número de lados
do polígono a ser construído.

_polygon Number of sides <4>: Digite o número de lados que deverá Ter o polígono. O
número apresentado entre os sinais <> mostra o número padrão de lados (4, se o comando ainda não
foi utilizado. Caso já tenhamos utilizado o comando, este assumirá a última configuração utilizada).

Após digitar o número de lados, o AutoCAD nos permite fazer o polígono de três maneiras
diferentes. Para isto ele nos mostra o prompt:

Edge/<Center of polygon>: O sistema nos pede que escolhamos o modo de construção do


polígono. A opção default é “Center of Polygon”. Isto significa que o AutoCAD já está aguardando
que indiquemos onde será este centro, não sendo necessário escolher está opção no prompt. Caso
indiquemos o centro do polígono o AutoCAD nos pede as informações que seguem.

Inscribed in circle/Circumscribed about circle (I/C) <I>: O AutoCAD nos pergunta se


queremos o círculo inscrito ou circunscrito ao círculo (o centro deste círculo você indicou no
prompt anterior)

Radius of circle: O sistema nos pede o raio do círculo. Se você escolheu o polígono inscrito
no círculo, o AutoCAD fará com que o vértice deste polígono coincida com a outra extremidade do
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 30

raio. Caso a opção escolhida tenha sido o polígono circunscrito a extremidade do raio coincidirá
com o apótema (ponto médio) do lado do polígono.

Opção Edge

Neste modo de construção de polígono o AutoCAD nos pede o primeiro e o segundo ponto
de uma linha que será um dos lados do polígono (o número de lados você já indicou anteriormente).

First endpoint of edge: Indique o primeiro ponto do lado.

Second endpoint of edge: Indique o segundo ponto do lado

5.6 RECTANGLE (Barra DRAW – RECTANGLE)

Com este comando podemos criar uma polylinha em forma de retângulo. O modo de
construção é idêntico ao do ZOOM WINDOW.

5.7 ELLIPSE (Barra DRAW – ELLIPSE)

Com o comando ELLIPSE podemos criar elipses ou arcos elípticos. A variável de sistema
que controla o tipo de objeto que será criado é PELLIPSE. Se configurarmos esta variável com o
valor 1, o AutoCAD construirá a elipse dos arcos de polylinha como uma polylinha fechada. O
valor padrão para esta variável é zero, fazendo com que o comando ELLIPSE crie uma elipse
verdadeira. Temos duas maneiras de criar elipses e uma para criar um arco elíptico.

Center: Com esta opção o AutoCAD nos pede primeiramente o centro da elipse (“Center of
ellipse”). Após pede a distância do extremo do primeiro eixo em relação ao centro (“Axis
endpoint”) e do segundo eixo ( “Other axis endpoint”). Em vez de entrarmos com a distância do
segundo eixo em relação ao centro podemos entrar com a opção “Rotation”. Esta opção eqüivale ao
fato de rotacionarmos (digitando um ângulo ou indicando a posição com o mouse) um círculo no
espaço 3D em torno do primeiro eixo dado. É bom deixar claro que o círculo não é desenhado em
3D de fato. Apenas teremos uma representação deste, na forma de uma elipse.

Axis End: Nesta opção definimos os dois eixos (o primeiro, inteiro e, não o do centro a
extremidade como no modo anterior) da elipse sendo o segundo o definidor da sua excentricidade.

Arc: Com esta opção desenhamos arcos elípticos. O arco elíptico é construído a partir de
uma elipse, utilizando-se de uma das formas citadas anteriormente. Ao final teremos dois modos de
construir o arco, cortando a elipse. A opção padrão é “Start angle” onde indicaremos o ponto de
partida para o ângulo do arco. Após, basta indicar o “End angle” para termos o final do arco. No
segundo prompt citado temos a opção “Included” que nos possibilitará a digitação de um ângulo.

5.8 MLINE (Barra DRAW – MULTILINE)

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 31

Cria linhas múltiplas e paralelas. Este comando nos oferece várias opções:

Justification = Top, Scale = 20.00, Style = STANDARD

Justification/Scale/STyle/<From point>: Neste momento o AutoCAD nos pede, conforme


a opção default, o ponto inicial da multilinha. Note que na linha anterior o sistema nos exibe as
atuais configurações para fazermos a nossa multilinha.

Justification: Determina como a multilinha é desenhada entre os pontos justificados. Com


“Top”, a multilinha é desenhada a partir de sua linha superior. Com “zero”, ela é desenhada a partir
do ponto médio entre a linha superior e inferior. Com “Bottom”, podemos desenhá-la a partir de sua
linha inferior.

Scale: Controla a distância entre as linhas da multilinha. Se entrarmos nesta opção nos
pedirá para digitarmos um valor para a distância entre as linhas.

Style: Controla qual estilo de multilinha será usado. Se entrarmos nesta opção, o sistema
pedirá que indiquemos qual estilo queremos utilizar. Se não soubermos quais os estilos que temos a
disposição no arquivo ACAD.MLN devemos digitar “?”. Após podemos usar o coringa “*”para
pesquisarmos os nomes da estilos de multilinhas existentes.

5.9 MLSTYLE (Menu FORMAT – MULTILINE STYLE)

Com este comando podemos construir e editar estilos de multilinhas, evitando que a cada
construção de multilinha precisemos configurá-la. O comando nos exibe a caixa de diálogo abaixo,
mostrando-nos o estilo de multilinha corrente, uma lista de estilos existentes no desenho bem como
o formato da multilinha que se encontra na lista. Além disso, temos os botões de manipulação de
estilos. Com “Load” podemos carregar um estilo de linha contido em algum arquivo de extensão
.MLN (o default é o ACAD.MLN). Com “Save” salvamos o estilo de linha corrente em um
arquivo .MLN. “Add” adiciona um novo estilo com um nome previamente escrito na caixa “Name”.
E finalmente com “Rename”, podemos renomear um estilo existente.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 32

Com o botão “Element Properties” podemos configurar os elementos da multilinha em suas


várias linhas. As propriedades que podem ser controladas são a cor e o tipo de cada linha, como
mostra o exemplo de configuração abaixo:

Nesta caixa aparece primeiramente a lista com cada uma das linhas que compõem a
multilinha em questão. As propriedades destes elementos são “Offset” (distância em relação á
próxima linha), “Color” e “Ltype” (tipo de linha). Com “Add” podemos adicionar novas linhas ao
estilo que está sendo configurado. “Delete” apaga linhas de um estilo de multilinha. Na caixa de
texto “Offset” entramos com o valor da distância da linha em relação ao próximo elemento. Com
“Color” podemos modificar a cor de cada uma das linhas componentes. Já em “Linetype” podemos
modificar o tipo de linha.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 33

Voltando para a caixa original “Multiline Properties”. Quando o acionamos aparece a caixa
de diálogo abaixo. Nesta caixa podemos controlar as propriedades da multilinha como um todo, ou
seja, se esta é fechada (com linhas e/ou arcos) ou aberta, se é preenchida e qual a cor de
preenchimento.

Se marcarmos “Display Joints” o AutoCAD desenhará uma linha que marcará as junções da
multilinha em questão. Na região “Caps” temos opções para fecharmos as extremidades (“Start” e
“End”) de uma multilinha. Com “Line” as extremidades podem ser fechadas com linhas. Com
“Outer Arc” a multilinha será fechada em suas linhas externas. Com “Inner Arcs” poderemos fechar
com arcos somente as linhas internas da multilinha (evidentemente terá que haver mais de uma
linha interna). Nas caixas de texto “Angle” podemos configurar o ângulo entre as linhas extremas
(este fechamento se caracterizará por um corte em graus. 90º fará com que as duas linhas tenham
sempre o mesmo comprimento.

5.10 MLEDIT (Barra MODIFY II – EDIT MULTILINE)

Este comando nos abre uma caixa de diálogo com várias opções para editarmos uma
multilinha.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 34

Cada um dos quadros desta caixa de diálogo representa um tipo de edição para multilinha.

5.11 SKETCH (Linha de comando SKETCH)

Com este comando podemos criar uma série de linhas contínuas, enquanto movemos o
cursor. Primeiramente o AutoCAD nos pede um valor de incremento (“Record increment”). Após
escolhemos um ponto inicial e moveremos o cursor (sem clicar no mouse). Os segmentos são
desenhados no tamanho do incremento.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 35

6 MODIFICAÇÃO DE OBJETOS

Quando falamos em editar estamos nos referindo a modificar objetos existentes no desenho.
Veremos agora os comandos de edição.

6.1 SELEÇÃO DE OBJETOS

Antes de editarmos objetos discutiremos como selecioná-los. É evidadente que para


modificarmos alguma coisa precisamos selecionar o que será modificado. Quando um comando
pede para selecionarmos objetos (“Select objects:”) o AutoCAD não sabe quantos objetos
desejamos envolver na modificação. Isto significa que, quando estivermos satisfeitos com a seleção
feita temos que informar isto ao sistema. Para avisar que já selecionamos os objetos desejados e que
o sistema pode prosseguir na interação do comando pressionamos <Enter>.

Normalmente selecionamos objetos quando queremos modificar um objeto. Todos os


comandos de modificação (barra “MODIFY” e “MODIFY II”) pedem que selecionemos objetos
durante a sua execução. No entanto, em alguns casos, temos a opção de selecionar os objetos e
depois escolher o comando a ser utilizado.

Um exemplo prático ocorre com o comando ERASE (já adiantamos este comando de edição
na Unidade 02). Antes de iniciarmos o comando ERASE podemos selecionar os objetos que
queremos apagar. Para isto iniciamos algum modo de SELECT e, em seguida, usamos o comando
ERASE. Naturalmente durante o comando ERASE ele não perguntará quais objetos queremos
apagar pois já informamos isto a ele. Para os comandos de edição não faz diferença selecionarmos
os objetos a serem editados antes ou depois do comando.

Outro detalhe interessante é que podemos acionar as opções de SELECT a qualquer hora
que a linha de comando nos apresenta “Select objects:”, ou seja, o sistema executa automaticamente
o comando SELCT que é transparente em comandos de edição. Os modos de SELECT (seleção)
estão descritos abaixo e podem ser acessados quando o prompt apresentar “Select objects:”
digitando-se a letra de referência.

Window: Seleciona apenas os objetos que estão totalmente envoltos pela janela. Esta opção
e automática na linha de comando “Select objects:” quando a janela é feita da esquerda para a
direita.

Crossing: Seleciona todos os objetos que tenham alguma região dentro da janela, ou seja, os
objetos para serem selecionados não necessitam estar totalmente dentro da janela de seleção. Esta
opção é automática na linha de comando “Select objects:” quando a janela de seleção é aberta da
direita para a esquerda.

Previous: Esta opção seleciona todos os objetos do último conjunto selecionado. Para
acionar esta opção digite a letra “P”.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 36

Last: Seleciona o último objeto criado na vista atual. Para optarmos por “Last” dentro da
linha de comando “Select objects:” digite a letra “L”.

All: Seleciona todos os objetos do desenho, desde que estes não estejam em uma camada
desligada ou congelada (veremos camadas na unidade 09). Para acionar esta opção no prompt
“Select objects:” digite a palavra “ALL”.

Fence: Esta opção permite desenhar uma polilinha aberta. Todos os objetos interceptados
por esta polilinha serão selecionados. Para acionar esta opção pelo prompt digite a letra “F”.

Remove: Esta opção lhe permite alternar para o modo REMOVE OBJECTS. O modo
REMOVE OBJECTS nos permite selecionar objetos do desenho para serem removidos do conjunto
de seleção atual. Pelo prompt digite a letra “R”.

Undo: Esta opção desfaz a última operação de seleção. Esta opção é disponível pelo prompt
através da letra “U”.

6.2 COPY (Barra MODIFY – COPY OBJECT)

Com este comando podemos fazer cópias dos objetos selecionados de um para outro local
dentro do desenho. Quando acionamos este comando ele nos exibe os seguintes prompts:

Select objects: Selecione os objetos que deseja copiar. Este prompt é repetitivo permitindo a
seleção de vários objetos, Quando estiver satisfeito com a seleção pode pressionar <Enter>.

<Base point or displacement>/Multiple: A opção padrão é a que está entre os sinais <>.
Esta opção nos pede diretamente o ponto (coordenada) que será a referência para a cópia. Basta
clicar na coordenada (na maioria dos casos você usará algum modo OSNAP). Se você escolheu o
ponto base para a cópia segue o prompt abaixo.

Second point or displacement: Agora você escolhe o ponto onde você irá colocar a cópia do
objeto. Vale lembrar que o ponto de referência será o primeiro ponto selecionado, no prompt
anterior. Isto quer dizer que ele fará a cópia colocando o primeiro ponto no segundo ponto.

Opção Multiple

Uma variação deste comando é que podemos gerar cópias múltiplas. Após a seleção dos
objetos temos a opção “Multiple”. Ao acionar esta opção, o AutoCAD não encerra o comando na
primeira cópia, permitindo a geração de múltiplas cópias. O ponto base para a cópia, sempre será o
mesmo, ou seja, o primeiro ponto selecionado.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 37

6.3 MOVE (Barra MODIFY – MOVE)

O comando MOVE permite a você mover um ou mais objetos de sua posição atual para uma
nova localização dentro do desenho, sem mudar sua orientação ou tamanho. Seu método de
funcionamento é idêntico a COPY, porém não copia o objeto, apenas move-o.

6.4 MIRROR (Barra MODIFY – MIRROR)

Este comando nos permite espelhar objetos, ou seja, copiar objetos tendo como referência
um eixo de simetria e rotacionando-os de forma a ficarem como uma imagem em frente a um
espelho. Quando acionado o AutoCAD nos pede:

Select objects: Selecione os objetos que deseja espelhar.

First point of mirror line: Indique o primeiro ponto da linha de simetria que servirá de base
para o rebatimento (geralmente você precisará utilizar um dos modos OSNAP)

Second point: Indique o segundo ponto da linha de simetria . Você pode usar um dos
modos OSNAP. Se a linha de simetria for ortogonal a paralela em relação aos eixos das
coordenadas (X e Y) pode-se ligar ORTHO. Ao ligar ORTHO o AutoCAD só permitirá
movimentos ortogonais, ou seja, paralelos em relação aos eixos coordenados. Isto explica que ao
clicar sobre qualquer ponto o sistema poderá rebater os objetos em apenas duas posições.

Delete old objects? <N>: Depois de indicados os objetos a serem rebatidos e a linha de
simetria, o sistema nos pergunta se queremos apagar os objetos originais do rebatimento (os que
foram inicialmente selecionados). A resposta padrão está entre os sinais <> e é “N” que eqüivale a
NO.

A variável de sistema MIRRTEXT tem efeito sobre textos espelhados. Se esta variável
estiver configurada em 1, o MIRROR não espelhará o texto corretamente. Caso isto ocorra digite
MIRRTEXT altere de 1 para 0.

6.5 OFFSET (Barra MODIFY – OFFSET)

Com o comando OFFSET podemos criar múltiplas cópias paralelas a um objeto, levando em
consideração uma determinada distância.

Quando executamos este comando o AutoCAD nos pede:

Offset distance or Through <Through>: O sistema nos pede a distância entre os objetos a
serem copiados. Caso já tenhamos usado anteriormente este comando o sistema nos exibirá a última
distância utilizada ao invés de <Through>. Isto significa que não precisamos digitar novamente se a
distância desejada for a mesma que a anterior. Para usá-la basta pressionar <Enter>.
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 38

Select object to offset: Selecione o objeto que você deseja copiar.

Side to offset? O AutoCAD nos pede o lado (direção) em que será feita a cópia.

Uma observação importante é que ao utilizarmos OFFSET com objetos abertos (segmentos
de linha, arcos, polilinhas) o comando copia o objeto em seu tamanho original. Obviamente quando
se trata de objetos fechados o OFFSET copia o objeto para dentro ou para fora. Dependendo do lado
que você escolheu.

6.6 ARRAY (Barra MODIFY – ARRAY)

Com este comando podemos fazer múltiplas cópias obtendo um arranjo retangular ou polar.
Quando iniciamos o comando o AutoCAD nos emite o seguinte prompt:

Opção retangular:

Select objects: Como na maioria dos comandos de edição o AutoCAD nos pede os objetos
que sofrerão as modificações referentes ao comando utilizado.

Rectangular or Polar array (<R>/P):_r Nesta linha notamos que o AutoCAD nos pede os
objetos que escolhamos entre o arranjo retangular ou polar, digitando “R” ou “P”.

Number of rows (---) <1>: O sistema nos pede o número de linhas do arranjo.

Number of columns (|||) <1>: O sistema nos pede o número de colunas do arranjo.

Unit cell or distance between rows (---): O sistema nos pede a distância entre as linhas.

Distance between columns (|||): O sistema nos pede a distância entre colunas.

Quando o AutoCAD nos pede a distância entre linhas, podemos abrir uma janela e assim
indicarmos a distância entre linhas e entre colunas. Caso optemos por este método, o AutoCAD não
nos pedirá a distância entre colunas.

Opção polar:

Select objects: Como na maioria dos comandos de edição o AutoCAD nos pede os objetos
que sofrerão as modificações referentes ao comando utilizado.

Rectangular or Polar array (<R>/P): _p Nesta linha notamos que o AutoCAD nos pede os
objetos que escolhamos entre o arranjo retangular ou polar, digitando “R” ou “P”.

Base/<Specify center point of array>: O sistema nos pede o centro do sistema do arranjo.
Este centro servirá de eixo para a colocação das cópias dos objetos selecionados.
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 39

Number of items: O sistema nos pede o número de itens que formarão o arranjo.

Angle to fill (+=ccw, -=cw) <360>: O sistema nos pede o ângulo de formação do arranjo. A
opção default é 360º. Caso indiquemos o valor sem sinal algum, o arranjo será realizado no sentido
anti-horário, se informarmos o valor acompanhado do sinal negativo (-), o arranjo será feito no
sentido horário.

Rotate objects as they are copied? <Y> O AutoCAD nos pergunta se queremos rotacionar
os objetos enquanto os mesmos são copiados.

Ângulos entre objetos

Se quisermos fazer o arranjo polar tendo como base uma distância, em ângulo, entre os
objetos a serem copiados, devemos responder com <Enter> o prompt “Number of itens:” Então o
AutoCAD interpretará que você não quer colocar o número de itens, e sim a distância entre os
objetos. Após perguntar o ângulo de preenchimento AutoCAD exibe o seguinte prompt

Angle between itens: Digite o ângulo entre os itens.

6.7 ROTATE ( Barra MODIFY – ROTATE)

O comando ROTATE é usado para mudar a orientação de objetos existentes no desenho.


Quando iniciamos o comando, o AutoCAD começa a interagir.

Select objects: O sistema nos pede para selecionarmos os objetos a serem rotacionados.

Base point: O sistema nos pede o ponto base de rotação do objeto. Este ponto base será o
eixo de rotação.

<Rotation angle>/Reference: A opção default “Rotation Angle” aguarda a indicação de um


ângulo pelo movimento do mouse ou digitando-se o ângulo desejado na linha de comando.

Opção Reference

Através desta opção poderemos indicar um ângulo que servirá de referência. Ao entrarmos
nesta opção o AutoCAD nos pede:

Reference Angle <0>: O AutoCAD nos pede o ângulo de referência. O valor default é zero.

New angle: Agora o sistema nos pede o valor do novo ângulo. Este valor levará em
consideração o primeiro ângulo digitado, como referência. Se, por exemplo, tivermos digitado 45º
no prompt anterior, este será o ângulo de referência. Se neste prompt digitarmos 90, o AutoCAD
rotacionará os objetos selecionados –45º ,pois ele pegará a diferença entre 45º e 90º.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 40

6.8 STRETCH (Barra MODIFY – STRECH)

O comando STRETCH permite a você esticar vértices de um objeto preservando os vértices


originais que não foram selecionados. Quando iniciamos este comando, o AutoCAD nos exibe:

Select objects to stretch by crossing-window or crossing-polygon...

Select objects: O AutoCAD nos pede que selecionemos os vértices que serão esticados. Note
que, na linha anterior a “Select objects” o sistema nos adverte que somente estarão disponíveis os
métodos de seleção “Crossing” ou “Crossing Polygon”.

Base point or displacement: O sistema nos pede um ponto que servirá de referência quando
esticarmos o objeto pelos vértices anteriormente selecionados.

Second point of displacement: O AutoCAD nos pede a distância em relação ao ponto base
que servirá para esticar o objeto pelos vértices selecionados na primeira interação. Esta distância
pode ser dada através do mouse ou através de uma coordenada digitada.

6.9 SCALE (Barra MODIFY – SCALE)

O comando SCALE permite a você alterar o tamanho dos objetos existentes no desenho. Os
objetos selecionados podem ficar maiores ou menores, conforme o fator de escala determinado. O
fator de escala determinado. O fator de escala informado é aplicado aos eixos X e Y.

Select objects: O AutoCAD nos pede a seleção dos objetos a serem escalonados.

Base point: O sistema pede o ponto base. A partir deste ponto o AutoCAD redefinirá o
tamanho do desenho em função do fator de escala.

<Scale factor>/Reference: A opção padrão ‘Scale reference” fica aguardando a indicação


do fator de escala, seja através do mouse, seja através do teclado.

Opção Reference

Esta opção nos permite usar um valor de referência para reescalonarmos o objeto.

Reference length <1>: Neste instante o AutoCAD nos pede um comprimento de referência.

New length: Agora o sistema nos pede o novo comprimento. Se tivermos, por exemplo,
digitado “3” no prompt anterior e digitarmos o novo comprimento como sendo “9”, os objetos
selecionados terão as suas dimensões triplicadas.

Esta opção é particularmente útil em dois casos:

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 41

Se precisarmos deixar um objeto três vezes menor precisaríamos, pelo método do fator de
escala, digitar um número não inteiro (0,333...) Pelo método da referência poderíamos indicar o
número “3” como sendo a medida de referência e “1” como a nova medida. Note que os objetos se
reduzirão três vezes de tamanho. Isto significa que os números digitados por este método nada têm
a ver com o real tamanho do objeto.

Se precisarmos aumentar ou diminuir a escala tendo como medidas atuais e/ou resultantes
números não inteiros poderemos entrar diretamente com a medida atual e futura.

6.10 TRIM (Barra MODIFY – TRIM)

Este comando permite a eliminação de pedaços de objetos, tomando como base a interseção
destes com outros. Isto eqüivale a dizer que um objeto só pode ser “trimado” se interferir com outro
objeto.

Quando iniciamos o comando o AutoCAD vai nos mostrando os seguintes prompts:

Select cutting edges: (Projmode = UCS, Edgemode = No extend)

Select objects: Selecione os objetos que serão as “bordas cortantes”, ou seja, delimitarão o
corte dos objetos que serão selecionados na próxima seleção. Além disso, o AutoCAD nos exibe a
atual configuração do comando na linha anterior a “select objects”. Veremos estas configurações no
final da explicação.

<Select object to trim>/Project/Edge/Undo: Este prompt pede, por padrão a seleção dos
objetos que serão cortados (“trimados” na gíria dos cadistas). Os cortes levarão em consideração os
objetos escolhidos na primeira seleção (“bordas cortantes”).

A opção “Edge” permite estender (“Extend”) ou não estender (“No extend”) as bordas
cortantes para o infinito (neste caso as “bordas cortantes” e os objetos a serem cortados não
precisarão se cruzar, desde que a projeção das “bordas cortantes” cruzem com os objetos a serem
cortados). Por exemplo, se você seleciona uma linha qualquer como borda cortante e ligar o modo
“Extend” ela se projetará de forma invisível para cortar todo objeto que por ela cruzar.

Pode-se usar a opção “Undo” para desfazer cortes efetuados dentro de um comando TRIM
(lembre-se que podemos utilizar o botão de comando UNDO).

A opção “Project” indica o modo de projeção para o comando TRIM. Sua configuração
padrão satisfaz as necessidades para o trabalho bidimensional.

6.11 EXTEND (Barra MODIFY – TRIM/EXTEND)

Este comando é o contrário de TRIM. Com ele podemos estender objetos usando como base
outros objetos.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 42

Quando iniciamos o comando o AutoCAD exibe as seguintes mensagens:

Select boundary edges: (Projmode = UCS, Edgemode = No extend)

Select objects: Selecione os objetos que serão os limites, ou seja, delimitarão até onde os
objetos que serão selecionados na próxima seleção serão estendidos. Além disso, o AutoCAD nos
exibe a atual configuração do comando na linha anterior a “Select objects” (esta configuração é a
mesma que para TRIM)

<Select object to extend>/Project/Edge/Undo: Este prompt pede, por padrão, a seleção dos
objetos que serão estendidos. As extensões levarão em consideração os objetos escolhidos na
primeira seleção (limites). A mesma configuração feita no comando TRIM é usada por EXTEND e
vice-versa.

A opção “Edge” permite estender (“Extend”) ou não estender (“No extend”) os limites para
extensão para o infinito (neste caso limites e os objetos a serem estendidos não precisarão se
cruzar, desde que a projeção dos objetos limitadores cruzem com os objetos a serem estendidos).
Por exemplo, se você seleciona uma linha qualquer como limite e ligar o modo “Extend” ela se
projetará de forma invisível para estender todo objeto que por ela cruzar.

Pode-se usar a opção “Undo” para desfazer extensões efetuados dentro de um comando
EXTEND (lembre-se que podemos utilizar o botão de comando UNDO).

A opção “Project” indica o modo de projeção para o comando EXTEND. Sua configuração
padrão satisfaz as necessidades para o trabalho bidimensional.

6.12 CHAMFER (Barra MODIFY – CHAMFER)

Com este comando podemos executar chanfros entre dois segmentos de forma automática.
Quando iniciamos o comando o AutoCAD nos exibe:

Polyline/Distance/Angle/Trim/Method/<Select first line>:A opção padrão nos pede a


seleção do primeiro segmento de linha.

Select second line: Agora o sistema nos solicita a seleção do segundo segmento a fim de
realizar o chanfro, segundo as configurações efetuadas.

Mas se executarmos o comando sem efetuar a configuração da medida do chanfro, o


comando apresentará um resultado nulo. Isto ocorrerá quando executarmos o comando pela
primeira vez após iniciar a seção atual do AutoCAD pois, as distâncias e o ângulo estarão
configurados em zero. Consequentemente podemos concluir que necessitaremos indicar tanto o
método de chanfro (distâncias ou ângulos), quanto um valor para as distâncias (no caso de
chanfrarmos pelo método das distância) ou um valor para o ângulo (no caso de optarmos pelo
método do ângulo).

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 43

Opção Method

Se acionarmos esta opção o AutoCAD nos exibirá o seguinte prompt:

Distance/Angle <Distance>: linha exibida mostra as opções “Distance” e “Angle”. Se


optarmos pela opção default “Distance”, o AutoCAD fará o chanfro com base nas distancias
configuradas. Se optarmos pela opção “Angle” o AutoCAD fará o chanfro utilizando o valor do
ângulo indicado.

Configurando as distâncias

O método padrão que o AutoCAd nos oferece para fazer chanfros é utilizando duas
distâncias. Na verdade, o AutoCAD utiliza a primeira distância no primeiro segmento selecionado
tomando como referência o ponto Final deste segmento. A Segunda distância é aplicada sobre o
segundo segmento selecionado. Quando executamos o comando CHAMFER e entramos na opção
“Distance” o AutoCAD nos exibe:

Enter first chamfer distance <0.0000>: Neste instante o AutoCAD nos pede o valor da
distância que será aplicada sobre o primeiro segmento que selecionarmos na execução do chanfro,
como foi visto no início da explicação deste comando.

Enter second chamfer distance <valor digitado no prompt anterior>: Agora podemos
digitar o ângulo desejado. O AutoCAD levará em consideração este ângulo e o comprimento
digitado no prompt anterior e aplicará sobre o primeiro segmento selecionado.

Chanfrando polilinhas

O AutoCAD nos oferece uma facilidade ao chanfrar todos os vértices de uma plilinha. Ao
escolhermos a opção “Polyline” , o AutoCAD nos pedirá para selecionarmos uma polilinha (“Select
2D polyline”) que terá todos os vértices chanfrados de acordo com o método (“Angle” ou
“Distance”) e os valores configurados para tais métodos.

Mantendo os vértices quando chanframos

Para manter os vértices originais quando chanframos utilizando a opção “Trim”. Quando
selecionamos esta opção do comando, o AutoCAD nos exibe um prompt onde podemos escolher
“No trim” ou “Trim”. A opção “No Trim” faz com que o sistema chanfre os vértices escolhidos
sem, no entanto, apagar os cantos vivos.

Para utilizarmos o comando CHAMFER não precisamos necessariamente Ter dois


segmentos conectados. Podemos chanfrar dois segmentos que não estejam conectados se as
configurações do comando permitem esta união.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 44

6.13 FILLET (Barra MODIFY – FILLET)

Com o comando FILLET podemos concordar dois objetos com um raio determinado.
Quando acionamos este comando o AutoCAD nos exibe o seguinte prompt:

Polyline/Radius/Trim/<Select first object>: Por padrão, o AutoCAD nos pede que


selecionemos o primeiro objeto a ser concordado.

Select second object: Após selecionarmos o primeiro objeto o sistema nos pede o segundo
objeto a fim de concordar estes com o raio configurado.

Se executarmos este comando pela primeira vez em uma nova seção do AutoCAD o sistema
não efetuará a concordância pois o raio, por padrão, é configurado em zero. Para aletrar tal
configuração é necessário entrar na opção “Radius”. Após, o sistema pedirá o valor para o raio
(“Enter fillet radius <0.0000>”).

A exemplo do comando CHANFER temos as opções “Polyline” e “Trim” que funcionam da


mesma maneira que neste comando, que foi explicado anteriormente.

Da mesma forma que no comando CHAMFER, em FILLET podemos selecionar dois


objetos que não estejam conectados.

6.14 BREAK (Barra MODIFY – BREAK)

Este comando possibilita a eliminação parcial de objetos, tais como linhas, círculos, arcos ou
polilinhas.

BREAK Select object: O AutoCAD pede que informemos o objeto à ser quebrado.

Enter second point (or F for first point): O sistema nos pede o segundo ponto de quebra
para o objeto especificado.

Opção “F”

Se quando o sistema nos solicitar o segundo ponto de quebra, digitarmos a letra “F”, o
sistema entenderá que só agora informaremos o primeiro ponto de quebra.

Opção “@”

Para “quebrar” um objeto em um dado ponto, devemos indicar o primeiro ponto e indicar
“@” como segundo.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 45

6.15 PEDIT (Barra MODIFY II – PEDIT)

Com este comando podemos modificar características de uma polilinha, bem como juntar
segmentos que não sejam uma polilinha e transformá-los em uma. Existem uma série de opções que
são particularmente úteis neste comando, vejamos à seguir:

Select polyline: Neste momento o sistema nos pede a seleção de uma polilinha (note que
não podemos usar janelas de seleção). No caso de selecionarmos um objeto que não seja uma
polilinha o AutoCAD nos exibe a seguinte mensagem:

Object selected is not a polyline

Do you want to turn it into one? <Y> O AutoCAD nos avisa que o objeto selecionado não é
uma polilinha e pergunta se queremos transformá-lo em uma. Se pressionarmos <Enter>
confirmamos a resposta positiva e o objeto passa a ser uma polilinha.

Close/Join/Width/Edit vertex/Fit/Spline/Decurve/Ltype gen/Undo/eXit <X>: Agora o


comando nos exibe as opções do comando Polyline. Estudaremos as mais importantes.

Opções Close/open

A opção “Close” torna uma polilinha aberta em fechada. A opção “Open” faz o inverso.

Opção Join

Com a opção “Join” podemos juntar polilinhas e segmentos de linhas e arcos em uma única
polilinha, desde que possuam alguma conexão. Ao acionar esta opção o sistema exibe:

Select objects: Deveremos selecionar todos os objetos que serão juntados.

X segments added to polyline O sistema nos informa quantos segmentos foram adicionados
a polilinha.

A opção “Width” nos permite modificar e espessura da polilinha selecionada.

As opções “Fit/Spline/Decurve” transformam a polilinha respectivamente em um arco, uma


Spline e segmentos retos.

A opção “Undo” desfaz as últimas alterações feitas dentro do comando PEDIT.

A opção “Exit” (padrão) sai do comando PEDIT.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 46

6.16 EXPLODE (Barra MODFY – EXPLODE)

O comando EXPLODE faz a explosão de objetos complexos tais como polilinhas, cotas,
blocos, etc. Quando acionamos este comando o AutoCAD nos pede que selecionemos os objetos a
serem explodidos.

A tabela a seguir mostra o resultado e os efeitos de explosões com objetos complexos:

Explosões de: Resultado Efeito


Polilinhas 2D Linhas e arcos Espessuras são zeradas

Blocos (veremos mais adiante) Primitivas do bloco Cor e tipo de linha dos objetos podem
trocar, devido a ajustes dos layers.
Cotas (dimensões) Textos / Primitivas Cor e tipo de linha dos objetos podem
trocar, devido a ajustes dos layers.

6.17 Edição com GRIPS (Marcas de Seleção)

Para usarmos este método de edição basta selecionarmos um objeto qualquer, quando a linha
de comando apresenta “Command:”. Notaremos que neste objeto aparecerão pequenas caixas. O
modo que essas caixas aparecem varia de objeto para objeto. Por exemplo, ao selecionarmos um
polígono de quatro lados estas caixas aparecerão em seus vértices. No caso de um círculo, as caixas
aparecerão nos seus quatro quadrantes e no seu centro.

Para editarmos o objeto desejado basta clicarmos mais uma vez sobre a marca de seleção
mais conveniente. Observe que na linha de comando aparece a seguinte mensagem :

** STRETCH **

<Stretch to point>/Base point/Copy/Undo/eXit:

Temos ainda mais 4 opções no comando, acessíveis via teclado ou botão direito do mouse.

**MOVE**

<Move to point>/Base point/Copy/Undo/eXit:


Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 47

**ROTATE**

<Rotation angle>/Base point/Copy/Undo/Reference/eXit:

**SCALE**

<Scale factor>/Base point/Copy/Undo/Reference/eXit:

**MIRROR**

<Second point>/Base point/Copy/Undo/eXit:

- Stretch: Permite que estiquemos o objeto. Tem a mesma função do comando STRETCH.

- Move: Com ele movemos o objeto com base no Grip selecionado.

-Rotation angle: Permite que rotacionemos um objeto, tendo como ponto base o Grip
selecionado.

- Scale factor: Com este comando podemos reescalonar o objeto, tendo como ponto base a
marca de seleção escolhida.

- Mirror: Espelhamos o objeto tendo como ponto de referência o Grip selecionado. Por
padrão, apenas espelha, não conservando o antigo objeto, como no comando MIRROR.

Quando usamos as marcas de seleção notamos que além dos comandos que aparecem a
medida que pressionamos <Enter>, surgem ao seu lado uma série de opções. São elas:

- Base Point: Por padrão, o ponto base para edição será a marca de seleção que estiver em
destaque. Esta opção permite selecionar outro ponto como base (inclusive usando OSNAP). Esta
opção existe para todos os comandos de edição com Grips.

- Copy: Quando é selecionada esta opção, uma cópia do conjunto de seleção será criada ao
término do processo de edição. Após selecionar a opção COPY, a palavra “Multiple” aparece entre
parênteses (tem a mesma função do “Multiple” do comando COPY). Esta opção existe em todos os
comandos de edição com Grips.

- Undo: Particularmente útil ao cometermos um engano durante o processo de edição. Após


o UNDO devemos iniciar novamente o processo de edição, selecionando o objeto a ser editado e a
marca de seleção que vai servir de referência. Aparece em todos os modos de edição com Grips.

- Reference: Esta opção aparece nos modos ROTATE e SCALE. Ao acionar esta opção
podemos entrar primeiro com o valor de referência e depois com o novo valor, conforme foi
explicado nos comandos ROTATE e SCALE.
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 48

- eXit: Quando escolhemos esta opção, a marca de seleção em foco perde este status mas o
conjunto de marcas permanece na tela.

Com a tecla <Shift> podemos deixar em destaque mais de uma marca de seleção. Para isto,
basta escolhermos as marcas que queremos deixar em destaque com a tecla <Shift> pressionada.

6.18 Configurando as marcas de seleção

Para ativar a caixa de diálogo Grips, vá até o menu superior OPTIONS – Grips... O
AutoCAD mostra uma caixa de diálogo:

Com a caixa “Enable Grips” podemos habilitar/desabilitar os Grips. A caixa “Enable Grips
Within Blocks” habilita os grips em blocos (veremos blocos mais tarde). Com o botão “Unselect”
podemos controlar a cor do Grip selecionado (vermelho por padrão). Na área “Grip Size” podemos
controlar o tamanho do Grip através da barra de rolagem.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 49

7 TEXTOS

Agora veremos como fazer textos no AutoCAD. Na verdade temos mais de um comando
que podemos utilizar para fazer textos neste software. Algo importante que devemos mentalizar é
que quando fazemos textos no AutoCAD na verdade estamos desenhando. Seguindo este raciocínio
podemos concluir que os comandos inerentes a confecção de textos estarão na barra “Draw”.

7.1 MTEXT (Barra DRAW – TEXT)

Este comando nos permite escrever textos no AutoCAD. Ao acionar este comando o sistema
o comando MTEXT que cria textos compostos de várias linhas. O comando abre uma caixa de
diálogo para criação das linhas do texto. Textos podem ser configurados com altura de caractere,
estilo de texto e cores diferentes.

Passos a serem seguidos:

1. Indique uma área retangular dentro da qual o texto será criado.


2. Digite o texto e configure as alterações desejadas.

Character: Altera fonte, altura de texto, cor.

Properties: Altera estilo de texto, justificação, fator de escala, rotação.

Find/Replace: Localiza a substituí trechos de texto.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 50

7.2 DTEXT (Menu DRAW – SINGLE LINE TEXT)

Este é outro comando para digitação de textos. Aciona o comando DTEXT que cria textos
compostos apenas por uma linha, com interação dinâmica. Permite a entrada de várias linhas de
textos finalizadas com a tecla <Enter>.

dtext Justify/Style/<Start point>: Por padrão, o sistema nos pede o ponto base para
referenciarmos o texto. Temos ainda a opção Style e Justify que veremos adiante.

Height <2.5000>: Altura do caracter (letra).

Rotation angle <0>: Ângulo de rotação da linha de texto.

Text: Texto

Opção Justify

Determina a forma como o texto de posicionará em relação ao ponto base.

Align/Fit/Center/Middle/Right/TL/TC/TR/ML/MC/MR/BL/BC/BR:

Align: Ajusta o texto entre dois pontos, mantendo a proporção altura/largura.

Fit: Ajusta o texto entre dois pontos com uma determinada altura, ajustando o fator de
largura.

Center: Alinhamento centrado na linha de base

Middle: Alinhamento centrado no texto.

Right: Alinhamento à direita.

Outros: Consideram as linhas de alinhamento, por exemplo:

TL: Alinhamento Top/Left – superior à esquerda.

BC: alinhamento Bottom/Center – inferior central

Configurando estilos de texto (Menu FORMAT – TEXT STYLE)

Podemos agora nos aprofundar em estilos de texto. Um estilo de texto é uma configuração
guardada com todas as propriedades desejadas. Podemos guardar configurações como fonte, altura
da letra, ângulo de inclinação da letra, etc. Todo estilo deve Ter um nome.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 51

Ao acionar a opção TEXT STYLE no menu FORMAT o AutoCAD nos apresentará a


seguinte caixa de diálogo:

Na área “Styles” temos uma caixa de texto e uma lista de estilos existentes no desenho. O
botão “New” cria um novo nome de estilo. “Rename” troca o nome do estilo selecionado na lista
por um novo nome digitado na caixa de texto. “Delete” retira um texto da lista. Para escolher um
estilo da lista, para visualizar as suas configurações, basta clicar sobre o seu nome.

Na região “Preview” temos uma demonstração do estilo. A caixa de texto ao lado do botão
“Preview” permite que mudemos os caracteres que desejamos visualizar. Com o botão atualizamos
esta modificação.

Na área “Font” temos a caixa de texto “Font Name”. Esta caixa de texto nos apresenta os
arquivos de fontes disponíveis à utilização. Em “Use Big Font” usamos fontes para língua asiática.
Na caixa “Heigth” indicamos um valor que corresponderá a altura do texto (Se não estiver em zero
o AutoCAD não perguntará a altura do texto quando usarmos DTEXT)..

Na região “Effects” podemos controlar algumas propriedades da letra que os comandos de


texto aplicarão sobre o estilo configurado. Se marcarmos em “Upside Down”, os comandos de texto
escreverão de cabeça para baixo, quando estiverem usando o estilo configurado. Já com
“Backwards” será escrito um texto de trás para frente, de maneira espelhada. Se marcar na caixa
“Vertical”, o texto será escrito verticalmente. Com “Width Factor” controlamos o fator de escala
para a largura da letra. Com “Oblique Angle” controlaremos o ângulo de inclinação da letra.

O botão “Apply” aplica o estilo selecionado na lista, ou seja, o torna corrente. “Close” fecha
a caixa de diálogo.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 52

IMPORTÂNTE

Existe uma variável que controla o preenchimento sólido nos textos. Esta variável é
TEXTFIL. Esta variável estando configurado em “0”, não haverá preenchimento
nos textos enquanto que, configurada em “1”, as letras terão preenchimento.

7.3 Reeditando textos – DDEDIT (Barra MODIFY II – DDEDIT)

Com o comando DDEDIT podemos alterar textos já existentes em nosso desenho. Ao usar
este comando o AutoCAD nos exibe o seguinte prompt:

<Select an annotation object>/Undo: A opção padrão nos pede a seleção de um objeto que
seja um texto. Utilizamos a opção “Undo” para desfazer alguma alteração indesejada. Ao escolher
um texto, o AutoCAD nos exibe uma caixa de diálogo tendo como conteúdo o texto escolhido. Daí
basta digitar e fazer as alterações necessárias.

O comando DDEDIT pode ser utilizado também, na edição dos textos das cotas.

Características especiais

Existem alguns tipos de características que não estão disponíveis nos teclados. Alguns destes
caracteres são essenciais para o desenvolvimento de desenhos técnicos. Dois destes símbolos são o
símbolo de diâmetro e o símbolo de graus. Segue uma lista com os principais caracteres especiais e
como deve ser a digitação destes, de maneira para que eles sejam exibidos.

Símbolo de diâmetro %%C


Símbolo de tolerância (+/-) %%P
Símbolo de graus %%D
Texto sobrelinhado %%O
Texto sublinhado %%U

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 53

8 COTAGEM

Agora veremos como cotar (dimensionar) no AutoCAD. Para facilitar a tarefa de


dimensionamento vamos tornar visível a caixa de ferramentas “Dimension”.

Os elementos das cotas (linhas de chamada, linhas de cota, texto e setas) tem suas
propriedades controladas por um conjunto de variáveis de dimensionamento. Estas variáveis são
muitas e de difícil manipulação, pois para verificar e configurar uma a uma seria necessário
conhecê-las profundamente. No entanto podemos configurar as propriedades dos elementos de cota
através de uma caixa de diálogo (“Dimension Style”) que veremos ao final desta unidade.

8.1 DIMLINEAR (Barra DIMENSION – LINEAR DIMENSION)

Com este comando podemos efetuar cotagens lineares, ou seja, de segmentos retos. Este
comando permite somente o dimensionamento vertical ou horizontal. Quando executamos este
comando o AutoCAD nos exibe:

First extension line origin or press ENTER to select: O sistema nos pede o primeiro ponto
que representa a origem da cota, ou seja, o seu início. Evidentemente que para indicarmos o início
de uma cota necessitaremos utilizar um dos modos OSNAP. Se tivermos que cotar um segmento de
linha, por exemplo, teremos que usar END point. Note que o sistema diz que podemos pressionar
<Enter>. Trataremos deste caso mais tarde.

Second extension line origin: Se você indicou um ponto no primeiro prompt o sistema
emitirá esta outra interação. Neste momento o AutoCAD está nos pedindo o segundo ponto. A
distância entre o primeiro ponto indicado e este, irá compor a cota e, respectivamente, o seu texto.

Select object to dimension: Se você pressionou <Enter> no primeiro prompt esta é a


mensagem que aparecerá. Neste caso, o sistema pedirá a seleção de um objeto. Se você selecionar
um segmento de LINE ou POLYLINE o sistema adotará para a cota a distância entre o ponto inicial
e o ponto final deste segmento.

Dimension line location (Mtext/Text/Angle/Horizontal/Vertical/Rotated): Depois de


definir a distância que será cotada o sistema nos pede o local da linha de cota, ou seja, a distância
desta em relação ao objeto. Note que a distância é da linha de cota e não e não das linhas de
chamada (distância prevista em norma), que só pode ser configurada nos estilos de cota, como
veremos mais tarde. Antes de escolhermos a localização, porém, podemos escolher uma das opções
encontradas nesta linha de comando.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 54

Opção Text

Use esta opção caso você queira alterar o texto da cota (se você quiser acrescentar algum
símbolo, por exemplo). Quando acionamos esta opção, nos é aberta uma caixa de diálogo “Edit
Mtext”. Na área de digitação aparece um sinal <>. Este sinal representa o texto da cota. Para
adicionar algum símbolo este deve ser colocado levando-se em consideração esta localização do
texto.

Opção Angle

Esta opção serve para alternamos o ângulo de orientação do texto da cota. Ao escolhermos
esta opção nos aparece um prompt pedindo a digitação do ângulo de orientação da cota (“Enter text
angle”).

Opção Horizontal

Usaremos esta opção para alternar para o modo horizontal caso o AutoCAD esteja cotando
verticalmente. Neste caso, o sistema será forçado a cotar somente horizontalmente, não levando em
consideração o posicionamento do cursor.

Opção Vertical

Tem o sentido inverso do anterior, pois troca do modo horizontal para o vertical.

Opção Rotated

Ao entrarmos nesta opção o AutoCAD emitirá a mensagem “Dimension line angle<0>:”. O


sistema nos pede pela digitação de um valor de ângulo que orientará todos os elementos da cota.

8.2 DIMALIGNED (Barra DIMENSION – ALIGNED DIMENSION)

Com este comando podemos gerar cotas com a mesma inclinação do objeto a ser
dimensionado. As opções para o modo de cotagem são as mesmas do comando anterior, ou seja,
poderemos indicar o ponto inicial (início da cota) e o segundo ponto (final da cota) ou pressionar
<Enter> para selecionar o objeto a ser cotado. No prompt final escolheremos a distância da linha de
cota em relação ao objeto cotado. Além disso teremos as opções “Text” e “Angle” que são idênticas
ao comando anteriormente explicado.

8.3 DIMRADIUS (Barra DIMENSION – RADIUS DIMENSION)

Usaremos este comando sempre que quisermos cotar o raio de um objeto. Ao acionarmos
este comando o sistema exibe o seguinte prompt:

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 55

Select arc or circle: Neste instante o AutoCAD nos pede a seleção de um arco ou um círculo
para efetuar a cotagem.

Dimension text = <Valor> O sistema nos informa a medida do raio selecionado.

Dimension line location (Mtext/Text/Angle): O AutoCAD nos pede a ponto onde


posicionaremos o texto da cota. Notemos que o texto colocado precede-se da letra “R”.

Opção Mtext

Permite que escrevamos a dimensão utilizando-nos do comando MTEXT.

Opção Text

Através desta opção, podemos editar a cota nos valendo do comando DTEXT.

Opção Angle

Nos permite escolher a posição do texto em relação ao eixo das coordenadas.

8.4 DIMDIAMETER (Barra DIMENSION – DIAMETER DIMENSION)

Este comando funciona de modo idêntico a DIMRADIUS, porém cota o diâmetro de um


círculo ou arco. O posicionamento dos elementos da cota vai depender das suas configurações
também é colocado o símbolo de diâmetro antecedendo o valor do diâmetro.

8.5 DIMANGULAR (Barra DIMENSION – ANGULAR DIMENSION)

Com este comando podemos dimensionar um ângulo de linhas concorrentes, de um arco ou


de uma parte de círculo. Quando acionamos este comando, o AutoCAD nos pede a seleção de um
arco, um círculo ou uma linha.

Select arc, circle, line, or press ENTER: Neste instante o sistema nos pede a seleção de um
arco, círculo ou linha. Temos ainda a opção de pressionar <Enter>.

Ângulos entre segmentos retos

Se o nosso desejo for obter a cota do ângulo entre dois segmentos de linha ou polilinha (não
paralelas), o sistema seguirá comas seguintes mensagens após a seleção de uma delas.

Second line: O sistema nos pede o segundo segmento de linha ou polilinha.

Dimension arc line location (Mtext/Text/Angle): Neste momento o sistema nos pede o
ponto de localização do arco de dimensão em relação ao objeto. As opções “Text”, “Mtext” e
“Angle”, são idênticas as explicadas anteriormente.
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 56

Ângulo de um arco

Caso tenhamos escolhido um arco, o AutoCAD nos emitirá o seguinte prompt:

Dimension arc line location (Mtext/Text/Angle): O sistema, da mesma forma que no caso
da cotagem entre linhas concorrentes, pedirá a distância da cota em relação ao objeto cotado.

Ângulo de uma porção de círculo

Caso selecionemos um círculo no primeiro prompt deste comando o AutoCAD exibe:

Second angle endpoint: Neste momento o AutoCAD nos pede um segundo ponto no
círculo. Repare bem no ponto utilizado para a seleção do círculo no primeiro prompt, pois o
segundo ponto, agora pedido, levará em consideração aquele primeiro ponto para medir a distância
entre os dois, em ângulo, na linha de circunferência.

Se no primeiro prompt tivermos pressionado <Enter> o AutoCAD exibirá o seguinte


prompt:

Angle vertex: O AutoCAD pede o vértice do ângulo a ser cotado.

First angle endpoint: O sistema agora nos pede o primeiro ponto que compõe o ângulo.

Second angle endpoint: O sistema nos pede o segundo ponto que compõe o ângulo.

8.6 DIMORDINATE (Barra DIMENSION – ORDINATE DIMENSION)

Com este comando faremos cotas em um sistema de coordenadas. A cota exibirá uma das
ordenadas (X ou Y) dependendo da localização que indicarmos. Podemos usar este comando, por
exemplo, para cotar uma chapa que contenha vários furos.

Ao acionarmos este comando o AutoCAD nos apresenta o seguinte prompt:

Select feature: Neste momento devemos selecionar o ponto a ser cotado. Devemos Ter
cuidado em não confundir ponto com objeto. Quando o sistema está pedindo “feature”, na verdade
temos que indicar o ponto que servirá da referência para a cotagem.

Leader endpoint (Xdatum/Ydatum/Mtext/Text): Agora indicamos qual a localização da


cota. Dependendo da localização que indicarmos, o AutoCAD poderá cotar a distância vertical
(“Y”) ou horizontal (“X”) em relação a origem do sistema de coordenadas (UCS).

Outro detalhe que podemos notar é que para termos uma dimensão certa, no caso de
estarmos cotando o posicionamento de furos em uma chapa, teremos que iniciar o retângulo

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 57

exatamente na origem do sistema de coordenadas (UCS), ou seja, na coordenada 0,0 (posição zero
em X e Y). Para evitarmos este tipo de procedimento leia a observação abaixo.

IMPORTÂNTE

Nesta apostila não estudaremos o comando UCS, pois a necessidade de manipular


o sistema de coordenadas é mais presente no desenho tridimensional. No entanto,
para o dimensionamento por ordenadas podemos utilizar a opção “Origin” do
comando UCS, que facilitará quando fizermos este tipo de cotagem. Se você
digitar o comando UCS, na linha de comando “Command:” bata indicar a opção
“Origin” e apontar, usando OSNAP, o ponto que você deseja que passe a ser a
origem do sistema de coordenadas no desenho atual (“Origin point”). Note que o
AutoCAD nos exibe as coordenadas (X,Y,Z) da origem atual do sistema de
coordenadas. Se preferir, pode-se acionar o botão “UCS” (na barra Object
Properties) e arrastar o mouse para baixo (ou para o lado, dependendo da posição
da caixa) até chegar ao botão “Origin UCS”. O prompt exibido é o mesmo.

Veja o exemplo de cotagem por ordenadas abaixo:

8.7 DIMBASELINE (Barra DIMENSION – BASELINE DIMENSION)

Com este comando podemos gerar cotas que levam em conta o primeiro ponto selecionado
de uma cota linear, angular ou ordenada. Isto significa que teremos que Ter alguma cota já feita
pelos comandos DIMLINEAR, DIMALIGNED, DIMANGULAR ou DIMORDINATE.

Se usarmos este comando imediatamente após um outro comando de dimensionamento (ver


quais no parágrafo anterior), o AutoCAD já nos solicitará a Segunda linha de extensão da cota
(“Second extension line origin”). Ao especificar este ponto o AutoCAD colocará a cota como no
formato abaixo:

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 58

Ao respondermos com um <Enter> ao primeiro prompt, o AutoCAD nos pedirá a cota que
servirá de base para este tipo de cotagem (“Selected base dimension”). O sistema utilizará a linha de
chamada mais próxima do local que você clicou. O AutoCAD também solicitará diretamente uma
cota base, caso o comando anterior não tenha sido um dos comandos de dimensionamento dados no
primeiro parágrafo.

8.8 DIMCONTINUE (Barra DIMENSION – CONTINUE DIMENSION)

Este comando de dimensionamento funciona, a exemplo do anterior, com uma cota de


referência. A diferença é que, ao invés do AutoCAD usar como referência uma das linhas de
chamada, ele utiliza sempre a última como referência. Outra diferença é que ele coloca lado a lado
as cotas. Ele dá continuidade às dimensões feitas com os comandos DIMLINEAR,
DIMALIGNADED, DIMANGULAR e DIMORDINATE.

Se usarmos este comando imediatamente (ver quais no parágrafo anterior), o AutoCAD nos
solicitará a Segunda linha de extensão da cota (“Second extension line origin”). Ao especificar este
ponto, o AutoCAD colocará a cota com este formato:

Ao respondermos com um <Enter> ao primeiro prompt, o AutoCAD nos pedirá a cota que
servirá de base para este tipo de cotagem (“Select continued dimension”). O sistema utilizará a
linha de chamada mais próxima do local que você clicou sobre a cota. O AutoCAD também
solicitará diretamente uma cota base, caso o comando anterior não tenha um dos comandos de
dimensionamento dados no primeiro parágrafo.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 59

8.9 DIMCENTER (Barra DIMENSION – CENTER MARK)

Este comando nos permite colocar uma marca e/ou uma linha de centro em um círculo ou
arco. A marca colocada dependerá da configuração da variável DIMCEM.
Esta configuração pode ser feita na caixa de diálogo “Dimension Styles” que veremos ao
final desta unidade.

8.10 LEADER (Barra DIMENSION – LEADER)

Este comando de dimensionamento permite o posicionamento de uma anotação com uma


linha de indicação.

Ao acionarmos este comando o AutoCAD nos pede:

From point: Indique o primeiro ponto da linha de indicação.

To point (Format/Annotation/Undo)<Annotation>: Neste momento poderemos continuar


indicando os segmentos da linha de indicação, clicando pontos na tela ou entrando com
coordenadas. Se pressionarmos <Enter>, o AutoCAD segue a interação do comando (veremos
depois para que servem as outras opções).

Annotation (or press ENTER for options): Agora poderemos digitar a anotação que será
posicionada ao final da linha de indicação. Quando estiver satisfeito com o texto pressione <Enter>.
Se você pressionar <Enter> sem digitar nada o AutoCAD exibirá outras opções que serão discutidas
mais adiante.

MText: Poderemos digitar um novo texto que será colocado em uma linha abaixo da
anterior. A mensagem “Mtext” se repetirá até pressionarmos <Enter> sem digitar nenhuma letra.

Alterando o formato da linha de indicação

No segundo prompt exibido nesta aplicação observamos a presença da opção “Format”. Esta
opção nos permite alterar a forma das linhas de indicação. Quando acionada, esta nos traz o prompt:

Spline/STraight/Arrow/None/<Exit>: Se acionarmos “Spline” os segmentos desenhados se


tornarão splines (não estudaremos este tipo de objeto neste curso. São segmentos semelhantes a
arcos). Com “Straigth” os segmentos desenhados voltarão a ser linhas retas. Se não quisermos uma
seta no início da linha de indicação devemos usar “None”. Para voltar a usar a seta, dentro da
mesma linha de indicação use “Arrow” (na verdade “Arrow/None” servem apenas para alternar o
uso/não uso da seta). O default é o uso da seta.

Tipos de anotação

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 60

No prompt “Annotation (or RETURN for options):” já aprendemos que podemos digitar
diretamente o texto. No entanto, percebemos que pressionando <Enter> sem nada digitar entramos
no seguinte prompt:

Spline/STraight/Arrow/None/<Exit>: A opção padrão “Mtext” nos exibirá uma caixa de


diálogo Edit Mtext” nos exibirá uma caixa de diálogo Edit Mtext a fim de digitarmos o texto. Com
a opção “Tolerance” colocaremos uma tolerância geométrica (não veremos este tipo de objeto neste
curso). Com “Copy” poderemos copiar um objeto de texto que já exista, eliminando a necessidade
de digitá-la novamente. Se usarmos “Block” poderemos inserir um bloco ao final da linha de
indicação (veremos blocos mais adiante). Finalmente, com “None” o sistema não colocará nenhum
texto ao final da linha de indicação construída.

8.11 Edição rápida de cotas (Barra DIMENSION – DIMENSION EDIT)

Com este comando podemos reeditar as propriedades das cotas. Ao acionarmos este
comando, o sistema nos apresenta o seguinte prompt:

Dimension Edit (Home/New/Rotate/Oblique) <Home>: O sistema nos pede que


indiquemos uma das opções apresentadas.

Opções

Home: Esta opção faz com que uma cota editada retorno as suas configurações iniciais.

New: Permite editarmos o texto da cota.

Rotate: Permite a rotação do texto da cota em relação ao seu próprio eixo.

Oblique: Possibilita a inclinação da cota, num ângulo pré definido.

Reposicionamento de textos de cotas (Barra DIMENSION – DIMENSION TEXT EDIT)

Este comando nos permite reposicionarmos o textos de nossa cotas sempre paralelamente ou
perpendicularmente as linhas de chamada. Funciona basicamente como o comando STRETCH.

A interação com o comando é a seguinte:

Select dimension: O sistema nos pede que selecionemos a cota a ser editada.

Enter text location (Left/Right/Home/Angle): O sistema nos pede a posição onde queremos
posicionar o texto da cota.

Opções

Left: Posiciona o texto à esquerda, entre as linhas de chamada.


Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 61

Rigth: Posiciona o texto à direita, entre as linhas de chamada.

Home: Esta opção faz com que uma cota editada retorno as suas configurações iniciais

Angle: Permite que inclinemos o texto, em função da linha de cota.

8.12 TOLERANCE (Barra DIMENSION – TOLERANCE)

Este comando nos permite indicarmos as tolerâncias geométricas (tolerância de forma e


posição) referentes a equipamento projetado.

Ao acionarmos o comando, este nos apresenta a seguinte caixa de diálogo:

Selecione então, o símbolo de tolerância geométrica desejado e tecle <Enter>. O programa


apresentará então, a seguinte caixa de diálogo:

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 62

8.13 UPDATE (Barra DIMENSION – DIMENSION UPDATE)

Permite atualizar cotas com a configuração do estilo de dimensionamento corrente. Para


obtermos resultados satisfatórios com o comando UPDATE, primeiramente devemos alterar as
configurações utilizando comando DIMENSION STYLE (que veremos a seguir).

Ao acionarmos o comando UPDATE o AutoCAD nos exibe o seguinte prompt:

Select objects: O AutoCAD pede que selecionemos as cotas que irão assumir a nova
configuração.

8.14 DIMENSION STYLE (Barra DIMENSION - DIMENSION STYLE)

Com este comando podemos configurar um ou mais estilos de dimensionamento. Um estilo


de dimensionamento é composto de várias elementos como, por exemplo, altura de texto, escala dos
elementos, cores, alinhamento do texto, etc. O AutoCAD, quando iniciado com um dos protótipos
pré-determinados (*.DWT), coloca um estilo pré-configurado Este estilo chama-se “STANDARD”.

Na caixa “Currente” temos um menu suspenso em que podemos listar os omes dos estilos de
dimensionamento disponíveis no desenho. Na caixa “Name” podemos digitar o nome de um estilo
que será considerado o novo, caso acionemos o botão “Save”, ou renomeará o estilo mostrado na
caixa “Current”, caso cliquemos sobre o botão “Rename”.

Na região “Family” podemos definir para cada tipo de dimensionamento um conjunto de


configurações diferentes. Se, por exemplo, no estilo STANDARD clicarmos em “Diameter” e logo
após mudarmos as configurações nos botões “Geometry”, “Format” ou “Annotation”(veremos estes
botões logo a seguir), este conjunto de modificações valerá somente para o comando

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 63

DIMDIAMETER. Isto significa que em um único estilo de cota podemos ter configurações
diferentes para cada tipo de comando de cotagem.

Geometry

Quando clicamos no comando “Geometry” o AutoCAD nos abre uma caixa de diálogo que
nos permite fazer as configurações das propriedades geométricas de um estilo de cota. A caixa de
diálogo é mostrada abaixo:

Na área “Dimension Line” podemos configurar propriedades da linha de cota (“1st”) ou a


segunda (“2st”). Se utilizarmos como setas linhas oblíquas (veremos logo após a configuração de
setas), podemos controlar com “Extension” o quanto a linha de cota se estenderá após estas linhas.
Em “Spacing” controlamos o espaçamento entre as cotas quando utilizamos o dimensionamento por
linha base (comando DIMBASELINE). E o botão “Color” nos permite configurar uma cor
específica para a linha de cota (o padrão é “BYBLOCK” que significa “do bloco”, que no caso é da
própria cota. Na verdade, quando inserimos uma cota ela segue a cor do layer respectivo).

Na área “Extension Line” podemos controlar as configurações referentes as linhas de


chamada. Com “Supress” podemos suprimir a primeira e/ou segunda linha de chamada (“1st/2nd”
respetivamente). Na caixa “Extension” podemos controlar o quanto a linha de chamada ultrapassa a
linha de cota. Usamos “Origin Offset” para definir o afastamento das linhas de chamada do objeto
cotado. Com “Color” podemos controlar a cor das linhas de chamada.

Na região “Arrowheads” podemos configurar o tipo de seta a ser utilizado. Se clicarmos


sobre as figuras que representam as setas o AutoCAD irá passando por todos os tipos de seta pré-
configuradas. Se preferir, você pode determinar a primeira seta “1 st” e a “2 nd” de forma separada,
através de seus respectivos menus suspensos. Se você preferir um tipo de seta diferente de todos
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 64

pré-configuradas você pode criar um bloco (veremos blocos mais adiante) para servir de seta.
Portanto, ao escolher a opção “User Arrow”, o AutoCAD nos abrirá uma pequena caixa de diálogo
que nos pedirá o nome de um bloco, presente no desenho. Em “Size” definimos o comprimento da
seta configurada.

Na área “Center” podemos configurar a marca (ou linha) de centro colocada pelo comando
pelo comando DIMCENTER, DIMRADIUS e DIMDIAMETER. “Mark” fará com que o AutoCAD
coloque uma marca de centro ao acionarmos este comando. “Line” coloca uma linha de centro. E
com “None” nenhuma marca de centro será colocada.

A área “Overall Scale” permite alterar a escala de TODOS os elementos da cota. Se


marcarmos a caixa “Scale to PaperSpace”, o AutoCAD calculará automaticamente o fator de escala
se estivermos trabalhando no Paper Space (veremos Paper Space mais tarde).

Format

Ao acionarmos o botão “Format” podemos controlar as propriedades de formato de uma


cota. Ao pressionarmos este botão, o AutoCAD nos mostra a seguinte caixa de diálogo:

Marque “User Definid” para poder definir livremente o local do texto de uma cota. Marque
em “Force Line Inside” para que seja desenhada uma linha de cota, mesmo que o texto e as setas
estejam fora (por padrão o AutoCAD não coloca esta linha de cota quando o espaço para o texto e
as setas é muito reduzido).

No menu suspenso “Fit” podemos escolher uma opção para o AutoCAD posicionar o texto e
a linha de cota, caso o espaço seja muito reduzido para ambos. As opções disponíveis neste menu
pull-down são “Text and Arrows” (textos e setas), “Text Only” (somente texto), “Arrows Only”

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 65

(somente setas), “Best Fit” (melhor posicionamento), “Leader” (linha guia) e “No Leader” (sem
linha guia).

Na área “Horizontal Justification” podemos determinar o posicionamento horizontal do texto


de cota ao longo de uma linha de cotagem. Pode-se clicar sobre a figura que representa a posição e
visualizar cada opção de posicionamento do texto (a pequena caixa que aparece na figura representa
o texto). Se preferir pode acionar uma das opções pelo menu suspenso.

Na região “Text” podemos controlar a orientação do texto da cota em relação a linha de


cotagem. Pode-se clicar nas caixas “Inside Horizontal” (texto horizontal localizado dentro da linha
de cota) e/ou “Outside Horizontal” (texto horizontal localizado fora da linha de cota). Pode-se clicar
sobre a figura que representa a orientação do texto para visualizar todas as combinações possíveis.

Na área “Vertical Justification” podemos controlar o posicionamento vertical do texto de


cota ao longo de uma linha de cotagem “Centered” posiciona o texto centralizado em relação a linha
de cota. Pode-se clicar cobre a figura que representa a posição e visualizar cada opção de
posicionamento do texto (a pequena caixa que aparece na figura representa o texto). Se preferir
pode acionar uma das opções pelo menu suspenso.

Annotation

Nesta caixa podemos controlar o formato do texto de um estilo de cota. Ao clicarmos sobre
o botão “Annotation”, na caixa de diálogo “Dimension Style”, aparecerá a seguinte caixa de
diálogo:

Na área “Primary Units” podemos configurar o tipo de unidades de medida que aparecerão
no texto da cota. Ao clicarmos sobre “Units” nos aparecerá a caixa de diálogo “Primary Units” que
nos possibilita a configuração destas unidades.
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 66

Podemos configurar as unidades de medida e as unidades dos ângulos. Para isto, basta abrir
o menu suspenso e escolher o tipo de unidade. A precisão (número de casas após a vírgula) pode ser
escolhida da mesma maneira. Na área “Zero Suppression” podemos controlar como os zeros
aparecem no texto da cota. Se marcarmos “Leading” os eventuais zeros a esquerda em números
decimais serão suprimidos. Com “Trailing” eliminamos os zeros a direita que eventualmente
sobram. “0 Feet” retira o zero antes da medida em pés. “0 Inches” controla os zeros de uma medida
em polegadas. Na caixa “Linear” da região “Scale” podemos controlar a escala linear a cota (se
colocarmos 10, por exemplo, a cota será colocada multiplicada por 10). Marque “Paper Scale Only”
para escalonar linearmente uma cota apenas no Paper Space (veremos Paper Space mais adiante).

Usamos as caixas “Prefix” e “Suffix” para definir um texto que aparecerá antes e depois do
texto da cota.

Podemos usar unidades alternativas em textos de cota. Para tanto, na área “Alternate Units”,
podemos marcar o botão “Enable Units”. As unidades alternativas aparecerão entre colchetes. A
configuração destas unidades são iguais a que vimos em “Primary Units”.

É importante alertar que o AutoCAD vem preparado para trabalhar com as unidades
secundárias escalonadas em razão: 1 primária para 25,4 secundárias. Se estivermos trabalhando com
o sistema decimal, considerando o milímetro, teremos um resultado incorreto, pois estaremos
dizendo que 1 milímetro vale 25,4 polegadas (na verdade seria o contrário). Então, para driblarmos
este problema, teremos que usar uma escala de 0,03937 (estaremos agora afirmando que 1
milímetro = 0,03937 polegadas). Este valor deve ser digitado na caixa de texto “Linear” na área
“Scale”.

Na área “Tolerance” podemos especificar um método de tolerância para o texto da cota. Vá


ao menu suspenso para escolher um método ou clique sobre uma das figuras representativas das

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 67

cotas em “Primary Units” ou “Alternative Units” para o AutoCAD ir mostrando os tipos possíveis
de tolerância.

Na região “Text” podemos controlar a aparência do texto da cota. No menu suspenso


“Style” podemos escolher um estilo de texto que esteja presente no desenho. Na caixa “Heigth”
digitamos a altura desejada para o texto. Na caixa “Gap” podemos digitar a distância que o texto
terá da linha de cota. Com o botão “Color” controlamos a cor com que o texto aparecerá no
desenho. Na caixa de texto “Round off” podemos digitar um valor (por exemplo, 0.1) que servirá de
base para um arredondamento da cota.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 68

9 HACHURAS

Nesta unidade veremos mais um objeto – a hachura. Podemos fazer hachuras com
facilidade, inclusive com a possibilidade de editá-las depois de desenhadas.

9.1 BATCH (Barra DRAW – HATCH)

Quando acionamos este comando o AutoCAD nos mostra a seguinte caixa de diálogo:

Na região “Pattern Type” poderemos indicar o tipo de hachura. Podemos tanto acionar o
menu suspenso e indicar um tipo listado como clicar na figura que representa a hachura (o
AutoCAD irá “passar” os tipos de hachura se o tipo for “Predefined”). O tipo “Predefined” fará com
que o AutoCAD use uma das hachuras padrões, que vêm no pacote com o nome de arquivo
ACAD.PGP (este arquivo contém estes tipos de hachuras). O tipo de hachura “User defined” é uma
hachura feita com o tipo de linha atualmente usado (pode-se usar a opção “Double” para fazê-las
cruzadas em 90 graus). Se você usar a opção “Custom” deveremos indicar um arquivo *.PAT
personalizado.

Na área “Pattern Properties” poderemos controlar as propriedades da hachura. A caixa “ISO


Pen Width” serve para controlarmos o espaçamento da hachura caso tenhamos escolhido uma das
hachuras da norma ISO. Em “Pattern” escolhemos um padrão de hachura. A caixa “Custom
Pattern” só será habilitada se escolhermos o tipo “Custom” em “Pattern Type”. Nesta caixa
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 69

digitaremos o arquivo de extensão *.PAT que conterá os tipos de hachuras. Em “Scale”


controlamos o fator de escala para a distância entre as linhas da hachura. “Spacing” somente é
habilitada se escolhermos “User defined” em “PatternType”. Digite um valor para o espaçamento
das linhas da hachura neste caso. Poderemos também marcar “Double” se o tipo definido foi “User
defined”. Com esta caixa marcada, as hachuras se cruzarão em um ângulo de 90 graus. Marque
“Exploded” se quiser que a hachura seja inserida explodida, ou seja, que cada linha seja um objeto
de desenho.

Na região “Boundary” definiremos o contorno da hachura. Se escolhermos o botão “Pick


Points” o AutoCAD pedirá um ponto que esteja dentro de um objeto fechado (indique este ponto
com o mouse). Se escolhermos “Select Objects”, o AutoCAD pedirá um objeto fechado para servir
de contorno para a hachura. Usamos “Remove Islands” para remover da seleção da hachura objetos
que estejam dentro do contorno maior. Assim, por padrão, o AutoCAD hachura o objeto
desconsiderando estes objetos. Se quisermos visualizar nossa seleção atual de contorno use “View
Selections” (clique em “Continue” para retornar a caixa de diálogo principal). O botão “Preview
Hatch” nos mostrará uma imagem na tela gráfica de como ficará a hachura (a hachura ainda não
será colocada de fato). Com o botão “Inherit Properties” podemos copiar propriedades de hachuras
já existentes, eliminando a necessidade de reconfigurar uma hachura que estejamos inserindo. Se
“Associative” estiver marcado, estas hachuras serão posteriormente editáveis pelo comando
HATCHEDIT. Para aplicar as hachuras no desenho clique em “Apply”.

9.2 HATCHEDIT (Barra MODIFY II – HATCHEDIT)

O comando HATCHEDIT nos abre uma caixa de diálogo igual a do comando BHATCH,
porém, com algumas opções irrelevantes para este comando desabilitadas.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 70

Todas estas opções nos permitem alterar as propriedades da hachura. Isto significa que
qualquer modificação na configuração da hachura irá refletir, de forma automática, no desenho.

A hachura associativa é também sensível à mudanças dos objetos que formam a área
hachurada. Isto significa que, se alterarmos algum objeto envolvido na hachura (com o comando
SCALE, por exemplo), a hachura acompanhará tal modificação.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 71

10TRABALHANDO COM LAYERS (CAMADAS)

10.1 LAYERS – Níveis de Trabalho

Antes de iniciarmos, vamos definir o que é layer. layers são camadas em que podemos
posicionar objetos de desenho. Imagine um desenho feito em prancheta. Imagine agora que este
desenho foi feito em várias folhas de papel vegetal e, em cada uma delas, desenhamos um tipo de
objeto. Por exemplo, em uma folha desenhamos o contorno externo de uma peça, em outra, as
linhas tracejadas das arestas invisíveis, em outra as cotas, em outra as hachuras, e assim
sucessivamente. Assim, quando você quisesse ver o seu desenho sem as cotas você retiraria da pilha
de folhas a correspondente as cotas. Estas folhas de papel vegetal tem a mesma função dos layers no
AutoCAD.

Os layers são fundamentais na organização do trabalho. Todo layer tem uma cor e um tipo
de linha a ele associado. É importante jamais mudar a cor e um objeto tornando-a diferente de seu
layer (“BYLAYER”). Isto também vale para o tipo de linha. Embora o AutoCAD ofereça esta
alternativa, isto só é aconselhável em projetos pequenos, onde a visualização seja fácil.

A maior importância na organização dos layers, sem dúvida, aparece na hora da plotagem.
Como veremos mais tarde, poderemos plotar com diferentes espessuras de linha (isto é importante
para satisfazer as normas da ABNT e do próprio desenho técnico). O AutoCAD define, na hora da
plotagem, que cada cor no desenho tem uma espessura, que pode ser configurada. Já que todo layer
possui uma cor associada é fácil verificar a relação dos layers com a plotagem.

Procure racionalizar na hora de configurar os layers. Sempre que precisar de um objeto que
tenha uma cor ou tipo de linha diferente, configure um novo layer. Abaixo segue um exemplo de
configuração de layers para desenhos mecânicos.

Nome do layer Cor Tipo de Linha Objetos a serem desenhados


Contorno White Continuos Todas as linhas de contorno visíveis da peça
Invisível Magenta Hidden Arestas não visíveis da peça
Centro Cyan Dashdot Linhas de centro
Cota Green Continuos Cotas
Hachura Red Continuos Hachuras
Folha 227 Continuos Folha e selo do desenho

10.2 Configurando layers (Barra OBJECT PROPERTIES – LAYERS)

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 72

Podemos configurar os layers a serem usados no desenho com extrema facilidade. Ao usar o
botão acima referido, nos aparecerá a caixa de diálogo “layer & Linetype Properties” como é
mostrado abaixo:

Opções

Show: Exibe critério de exibição da lista de layers.

All: Todos os layers

All in use: Todos em uso

All unused: Todos em uso

All Xref dependent: Todos dependentes de arquivo


de referência externa

All not Xref dependent: Todos que independem de arquivos de referência externa
All that pass Filter: todos os que satisfazem uma determinada condição configurada através
da opção “Set Filter Dialog”

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 73

Set Filter Dialog: Critério de seleção de layers. Seleciona por:

- layers Name: Nome dos layers

- On/Off: layers ligados ou desligados

- Freeze/Thaw: layers congelados ou


descongelados

- Current/Viewport: layers congelados


ou descongelados na Viewport

- New Viewport: Novos

- Lock/Unlock: layers bloqueados ou


desbloqueados

- Colors: layers com cores específicas

- Lynetypes: layers com tipos de linhas específicas

Current: Nome do layer corrente

Name: Lista dos nomes dos layers

On: Liga/Desliga layers

Freeze in All: Congela/Descongela layers em todas as Viewports no Paperspace


Freeze in Current: Congela/Descongela layers na Viewport corrente no Paperspace

Freeze in New: Congela/Descongela layers nas novas Viewports criadas no Paperspace

Lock: Bloqueia/Desbloqueia layers

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 74

Color: Configura a cor do layer. Ao selecionarmos a opção Color, esta abre um menu
suspenso onde temos as sete cores principais. Ao clicarmos na opção Other, a seguinte caixa de
diálogo nos é apresentada.

Linetype: Esta opção nos permite configurar o tipo de linha à ser associado ao layer. Ao
selecionarmos esta opção, o AutoCAD nos apresenta a seguinte caixa de diálogo.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 75

Ao acionarmos a opção LOAD, o sistema nos permite carregar o tipo de linha que queremos
associar ao layer. Este comando nos apresenta a seguinte caixa de diálogo:

10.3 Configurando o layer corrente através de um objeto de desenho (Barra


OBJECT PROPERTIES – MAKE OBJECT’S LAYER CURRENT)

Este comando nos possibilita ativar um layer como sendo o corrente, através da seleção de
um objeto de desenho.

A interação com o comando é a seguinte:

Select object whose layer will become current: O AutoCAD pede que selecionemos o
objeto de desenho que servirá de referência para a identificação do layer corrente.

(Nome do layer) is now the current layer. O AutoCAD nos informa qual o novo layer
corrente.

10.4 Menu de gerenciamento de layers (Barra OBJECT PROPERTIES – LAYER


CONTROL)

A opção “layer Control” nos é apresentada através de um menu suspenso na barra “Object
Properties”, e permite configurarmos o layer corrente, bem como alterar a configurações dos layers
existentes de forma dinâmica.

Da esquerda para a direita temos:

- Ligar/Desligar;
- Congelar/Descongelar layers em todas as Viewports;
- Congelar/Descongelar layers na Viewport ativa do Paper Space;
- Chavear/Deschavear layers.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 76

11COMANDOS UTILITÁRIOS E ALGUMAS CONFIGURAÇÕES

STATUS (Menu TOOLS – INQUIRY – STATUS)

Com este comando podemos extrair informações do desenho atual. O AutoCAD nos abre
uma janela “AutoCAD Text Window” onde visualizamos informações do tipo: layer corrente, Cor
atual, número de objetos no desenho, ocupação de memória, espaço livre em disco, etc.

11.1 LIST (Barra STANDARD TOOLBAR – LIST)

O comando LIST permite extrair informações dos objetos selecionados, os quais são
apresentados na tela “AutoCAD Text Window”. O AutoCAD nos pede a seleção dos objetos dos
quais serão extraídas as suas propriedades. Podemos também usar o comando DBLIST para exibir
as propriedades de todos os objetos do desenho atual.

11.2 DIST (Barra STANDARD TOOLBAR – LIST/DIST)

O comando DIST mede a distância e o ângulo entre dois pontos especificados. A informação
é mostrada em unidades de desenho corrente.

First point: Indique o primeiro ponto

Second point: Indique o segundo ponto

Distance = (distância calculada) Angle in XY Plane = (ângulo no plano XY) Angle from
XY Plane = (ângulo dos objetos em relação ao plano XY)
Delta X = (comprimento em relação X) Delta Y = (comprimento em relação Y) Delta Z =
(comprimento em relação Z)

11.3 AREA (Barra STANDARD TOOLBAR – LIST/AREA)

O comando AREA informa área e o perímetro de uma seqüência fechada de pontos ou de


um objeto (círculo ou polilinha fechada).

<First point>/Object/Add/Subtract: Ponto 1 (veja a figura que segue)


Next point: Ponto 2
Next point: Ponto 3
Next point: Ponto 4
Next point: <Enter>
Area = (área calculada) Perimeter = (perímetro
calculado)

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 77

Opção Object

Com esta opção podemos determinar a área de objetos diretamente, sem a necessidade de
clicar sobre os pontos.

Opção Add

Ajusta o comando AREA em modo de adição. Deste modo podemos ir escolhendo vários
pontos/objetos e o sistema vai somando as suas áreas e apresentando o resultado na linha de
comando.

Opção Subtract

Ajusta o comando AREA em modo de subtração Deste modo podemos ir escolhemos ir


escolhendo vários pontos/objetos e o sistema vai subtraindo as suas áreas e apresentando o resultado
na linha de comando.

11.4 Comando TIME (Menu TOOLS – INQUIRY/TIME)

O comando TIME oferece as seguintes informações:

Current time: Data e hora atual


Times for this drawing:
Created: Data e hora em que iniciamos a edição do desenho
Last updated: Data da última atualização do desenho
Total editing time: Tempo gasto na edição do desenho corrente desde a sua criação. Este
“timer” é continuamente atualizado pelo AutoCAD enquanto você estiver utilizando o editor de
desenhos.
Elapsed timer (on): Outro “timer” que tem a finalidade de cronometrar o tempo gasto na
edição do desenho. Este você pode ligar ou desligar.
Next automatic save in: O tempo em que o próximo salvamento automático será feito.

Display/ON/OFF/Reset:

Display: Força o sistema a repetir o display acima com as atualizações.

On: Ativa o Elapsed Timer.

Off: Desativa o Elapsed Timer.

Reset: Zera o Elapsed Timer.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 78

11.5 Configurando as unidades de desenho (Menu FORMAT – UNITS)

Podemos configurar as unidades de desenho por meio da caixa de diálogo apresentada:

Como já vimos em estilos de dimensionamento, temos 5 tipos de unidades. Neste caso a


mudança nas unidades não se aplicará na cotagem, mas as coordenadas serão afetadas. No visor das
coordenadas, no canto inferior esquerdo da tela, você notará a diferença quando muda o tipo de
unidade. Evidentemente que a digitação das coordenadas, por prudência, também terá que ser no
novo formato. A precisão (número de casas decimais) também pode ser modificada através do
menu suspenso “Precision” tanto em unidades como em ângulos.

11.6 Gerenciamento das cores (Barra OBJECT PROPERTIES – COLOR


CONTROL)

Através do menu suspenso, podemos escolher dinamicamente a cor dos objetos de desenho
que serão desenhados. Para isto, basta selecionarmos uma das cores apresentadas.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 79

11.7 Gerenciamento dos tipos de linha (Barra OBJECT PROPERTIES –


LINETYPE CONTROL)

Através de um menu suspenso, podemos selecionar dinamicamente o tipo de linha dos


objetos que serão desenhados. Para isto, bata selecionarmos um dos tipos de linha disponíveis no
menu suspenso.

Se o tipo de linha desejado não estiver disponível no menu suspenso, temos então que
“carregá-lo”. Para isto, utilizaremos o comando LINETYPE.

11.8 LINETYPE (Barra OBJECT PROPERTIES – LINETYPE)

A exemplo de quando agregando características aos layers, a comando LINETYPE nos abre
a seguinte caixa de diálogo.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 80

Como já vimos anteriormente, para carregarmos outros tipos de linha, basta selecionarmos a
opção Load.

IMPORTÂNTE

Não é aconselhável, para uma melhor organização, mudar a cor e o tipo de linha. Sempre
procure se valer dos layers se quiser desenhar objetos em cores e/ou tipos de linhas
diferentes. Apenas use a caixa de diálogo “Selected Linetype” para alterar a escala das
linhas, se necessário.

11.9 Alterando as propriedades de objetos a serem criados (Barra OBJECT


PROPERTIES – PROPERTIES)

Ao acionarmos este comando o AutoCAD nos pede a seleção dos objetos que terão as suas
propriedades mudadas (“Select objects:”). Quando acionamos esta caixa de diálogo temos, através
dela, uma série de opções para modificarmos o objeto. Se, por exemplo, selecionarmos uma
polilinha para ser modificada, o AutoCAD nos apresentará propriedades a serem modificadas
pertencentes as polilinhas, como seus vértices, por exemplo. Se, ao contrário selecionarmos um
texto feito com MTEXT poderemos modificar o seu conteúdo e as suas propriedades como estilo,
altura, etc.

Abaixo segue uma caixa de diálogo para alterarmos uma linha.

Existem algumas propriedades que são comuns a todos objetos (como “Color” e “layer”).
Este comando é muito usado para efetuarmos a troca de um layer para outro quando desenhamos
objetos em layers errados.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 81

11.10 Comando PURGE (Menu FILE – DRAWING UTILITIES/PURGE)

Com o comando PURGE podemos retirar do desenho alguns elementos que não estão sendo
utilizados. Podemos excluir layers, tipos de linhas, estilos de multilinha, estilos de texto, estilos de
cota, shapes e blocos. Se utilizarmos a opção “All” excluiremos todos estes elementos em um só
prompt. Ao excluir os elementos, o AutoCAD ainda pergunta (“Yes” ou “No”) em elemento por
elemento a fim de certificar-se se queremos excluir ou não.

11.11 POINT (Barra DRAW – POINT)

Com este comando podemos inserir pontos. Pontos são blocos que já vem com o pacote
AutoCAD. Este ponto, por padrão, é pequeno e de difícil visualização. Após executar o comando
nos é pedido o ponto de inserção. O comando é repetitivo, ou seja, o AutoCAD vai pedindo
sucessivamente o ponto de inserção.

A utilidade mais importante deste comando é marcar locais onde poderemos nos referenciar,
para executarmos um comando de desenho ou edição.

Configurando o tipo de ponto (Menu FORMAT – POINT STYLE)

Quando acionamos este comando nos aparece a seguinte caixa de diálogo:

Nesta caixa aparecem vários tipos de representações para indicarmos como o ponto corrente,
que pode ser inserido com o comando POINT. Na caixa de texto “Poin Size” colocaremos um valor
percentual que representa o quanto da tela gráfica este ponto ocupará. Para esta caixa de texto ser
habilitada deve estar marcado “Set Size Relative to Screen”. Caso marque “Set Size in Absolute
Units”, a caixa de texto mudará de percentual para unidades de desenho. Isto significa que o ponto
inserido não variará de acordo com o comando ZOOM, pois ele não será proporcional a tela gráfica.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 82

12BLOCOS E ATRIBUTOS

Agora veremos blocos. Este conceito permite uma grande velocidade no AutoCAD em
relação à prancheta pois, poderemos usar objetos existentes no desenho atual ou em outros desenhos
para inseri-lo e reutilizá-lo. Poderemos inclusive Ter uma biblioteca com os elementos mais
comumente usados. Teríamos, por exemplo, a possibilidade de criar uma biblioteca com elementos
de máquina, como porcas, parafusos, arruelas, etc.

12.1 MAKE BLOCK (Barra DRAW – MAKE BLOCK)

Com este comando podemos transformar objetos de desenho em um bloco. Os blocos ficam
a disposição na memória, podendo ser inseridos a qualquer hora. Isto é absolutamente útil para
desenhos repetitivos, pois é demasiado improdutivo ficar fazendo, a toda hora, procedimentos de
desenho.

Quando acionamos este comando o AutoCAD nos exibe a seguinte caixa de diálogo:

Block Name: Nome atribuído ao bloco.

Base Point: Ponto base para a inserção.

List Block Names: Lista dos blocos definidos no desenho.

Retain Objects: Ativado faz com que os objetos selecionados para compor o bloco
permaneçam no desenho. Desativado, faz com que sejam apagados.

Podemos ainda utilizar o comando BLOCK (via teclado). Este tem a mesma finalidade
porém, interage de forma distinta:

Block name (or ?): O sistema nos pede um nome para o bloco que está sendo definido.
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 83

Insertion base point: Clique em um ponto que servirá de base para a inserção.

Select objects: Selecione os objetos que irão compor o bloco.

Se tentarmos criar um bloco com um nome igual a de outro que já exista, o AutoCAD nos
perguntará se queremos sobrepor o antigo bloco. Se dissermos que sim, um novo bloco será criado
no lugar do antigo.

Os blocos criados através destes comandos só estarão disponíveis no desenho corrente, ou


seja, não conseguiremos utilizar estes elementos em outros desenhos..

12.2 WBLOCK (Menu FILE – EXPORT (Opção .DWG))

Com este comando podemos exportar blocos para fora do desenho de modo que estes se
tornem um arquivo. Após acionarmos o comando o AutoCAD nos mostra uma caixa de diálogo
pedindo pelo nome do novo arquivo de desenho. Segue a interação:

Depois disto, na linha de comando aparecerá:

Block name: Poderemos digitar o * caso queiramos exportar todos os elementos do


desenho, a exceção dos ociosos. Poderemos transformar em arquivo, objetos que estejam presentes
em nosso desenho, para isto não digitaremos nada neste prompt (apenas teclaremos <Enter>). Neste
caso a interação seguiria.

Insertion base point: O sistema nos pede o ponto base de inserção dos objetos que serão
exportados.
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 84

Select objects: Neste momento devemos selecionar os objetos que serão exportados na
forma de arquivo de desenho.

12.3 DDINSERT (Barra DRAW – INSERT BLOCK)

Este comando permite a inserção de blocos criados pelos comandos anteriores. Ao


acionarmos DDINSERT, o AutoCAD nos apresenta a seguinte caixa de diálogo:

Opções

Block: Permite a seleção de um bloco já criado ou carregado

File: Permite que selecionemos um arquivo de desenho para ser inserido

Specify Parameters on Screen: Se ativo especifica os parâmetros de inserção, escala e


ângulo de rotação diretamente na tela.

Insertion Point: Define o ponto de inserção do objeto em relação ao plano cartesiano.

Scale: Define um fator de escala para o bloco, levando em conta os eixos das abcissas
distintamente.

Rotation Angle: Define o ângulo de rotação do objeto quando da inserção.

Explode: Exerce a mesma função do comando EXPLODE. Se ativado, o bloco será inserido
não como um objeto único, mas sim, com seus elementos primitivos independentes.

Se “Specify Parameters on Screen:” estiver ativo, definiremos as variáveis de inserção


através da linha de comando. A interação será:

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 85

Insertion point: O sistema nos pede o ponto base para a inserção.

X scale factor <1> / Corner / XYZ: O AutoCAD nos pede o fator de escala em relação ao
eixo X.

Y scale factor (default=X): Também devemos informar um fator de escala para o eixo Y. A
opção default, afim de manter a proporcionalidade, é =X.

Rotation angle <0>: Agora informamos um ângulo de rotação.

12.4 INSERT (Digite INSERT)

O comando INSERT é similar ao comando DDINSERT, ou seja, serve para inserir blocos
ou arquivos no desenho corrente, porém é feito de maneira direta. Normalmente é usado com maior
freqüência em rotinas ou para redefinição de blocos.

A interação com o comando é a seguinte:

Block name (or ?) <Nome do Bloco>: Digite o nome do bloco desejado

Insertion point: Informe o ponto de inserção

X scale factor <1>/ Corner / XYZ: Informe o fator de escala desejado em relação ao eixo X.

Y scale factor (default=X): Faça o mesmo para o eixo Y

Rotation angle <0>: Se necessário, digite um ângulo de referência para rotacionar o bloco.

IMPORTANTE

Devemos Ter especial cuidado ao inserir blocos a partir de desenhos que possuem layers com
nomes iguais aos do desenho atual e com configurações diferentes (por exemplo, um layer
com o nome contorno mas com cores diferentes no desenho a ser inserido e no desenho
atual). Neste caso, o desenho atual sempre terá predominância, ou seja, as configurações do
desenho atual anularão as do bloco.

12.5 ATRIBUTOS

Atributos são informações que podem ser inseridas junto aos blocos e/ou arquivos. Quando
inserimos o bloco, o AutoCAD nos solicita os valores dos atributos atribuídos a ele. Se criamos um
atributo chamado “preço” associado ao desenho de uma peça, o AutoCAD, sempre quando inserido
o arquivo, pedirá pelo preço da peça desenhada. Os comandos explicados a seguir tratam de
atributos. Os atributos somente são inseridos se usarmos os comandos INSERT/DDINSERT.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 86

12.6 Definindo Atributos (Menu DRAW – BLOCK/DEFINE ATTRIBUTES...)

Embora você possa ter um bloco ou arquivo externo somente com atributos, normalmente
faz mais sentido criar atributos associados a entidades gráficas.

O comando aciona o bloco de diálogo que segue:

Opções do bloco de diálogo Attribute Definition

Mode

Invisible: O atributo não aparecerá. O comando ATTDISP poderá alterar esta condição.

Constant: O atributo terá valor constante em todas as inserções.

Verify: Verifica se o valor pré-setado é realmente o desejado.

Preset: permite inserir um valor que funcione como default.

Attribute

Tag: identificador do atributo.

Prompt: texto que aparecerá no momento da digitação do valor do atributo

Value: um valor predefinido, opcional.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 87

Insertion Point

Ponto de inserção do atributo no desenho. A opção “Pick Point” permite a interação com o
desenho.

Text Options

Ajusta a posição do texto com base no ponto de inserção.

Justification: Opções de alinhamento do texto.

Text Style: Estilo de texto usado no atributo.

Height: Altura do texto do atributo.

Rotation: Rotação do texto do atributo.

Align below Previous Attribute

Posiciona o atributo imediatamente abaixo do atributo anterior. Se não existir nenhum


atributo, esta opção não estará disponível.

Exemplo de criação de um bloco com atributos.

Veja o bloco de computador abaixo:

Imagine que ao inserir este computador no seu Lay-out de


escritórios, você quer que sejam cadastradas as seguintes informações:

Código do computador
Descrição do computador
Data de compra
Prédio onde está instalado

Planejando os atributos

Antes de mais nada, devemos planejar como queremos a apresentação destas informações.

Tag Prompt (significado) Value


Código Código do computador 000-00
Descrição Descrição do computador
Compra Data de compra 00/00/00
Prédio Prédio onde está instalado Administração central

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 88

Tag Invisible Constant Verify Preset


Código
Descrição X
Compra X
Prédio X X

12.7 Gerando os atributos

As telas que irão gerar cada atributo ficarão como segue:

Lembre-se de usar, principalmente no primeiro atributo, a posição “Pick Point” para definir
precisamente onde quer a inserção do atributo. Os demais podem ou não estar alinhados ao
primeiro, dependendo da configuração desejada para o bloco.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 89

O desenho ficará como segue.

Temos agora entidades gráficas representando o bloco e informações textuais na forma de


atributos

12.8 Gerando o bloco ou arquivo externo com atributo

Vamos efetivamente gerar o bloco desejado. Você poderá os comandos:

BLOCK: Se precisar do arquivo somente dentro do próprio desenho.

WBLOCK: Se precisar usar este mesmo bloco em vários desenhos, condição mais rotineira.

Importante: Ao gerar o arquivo ou bloco, lembre-se de selecionar os atributos, um a um,


exatamente na ordem que as informações deverão aparecer e então selecione os demais elementos
gráficos.

12.9 Inserindo um bloco de arquivo com atributos

O comando é executado exatamente da mesma forma utilizada para inserir um bloco


qualquer. A diferença é que após a solicitação do nome, ponto de inserção, escalas e rotação, será
solicitado o preenchimento dos atributos.

A forma de solicitação dependerá da variável ATTDIA:

0- forma interativa na região de comandos

Enter attribute values


Código do computador <000-00>:
Descrição do computador:

1- Através de bloco de diálogo como segue, situação mais elegante.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 90

Observe que ao definirmos o atributo “PRÉDIO”, selecionamos a opção “Constant”. Devido


a isto, ele não aparece nas opções de digitação.

12.10 Controlando a visibilidade dos atributos (Menu VIEW –


DISPLAY/ATTRIBUTE DISPLAY)

Você pode controlar a visibilidade de um atributo para permitir entender melhor as


informações contidas no bloco, para isto, utilizaremos o comando “ATTDISP”.

Opções

Normal: Mostra os atributos conforme a definição pré determinada.

On: Mostra todos os atributos independentemente da definição inicial.

Off: Não mostra nenhum atributo.

Normal On Off

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 91

12.11 Edição de atributos (Barra TOOLBAR MODIFY II – DDATTE)

Mesmo após inseridos, os atributos poderão ser editados para sua correta informação e
apresentação no projeto. Ao acionarmos este comando o AutoCAD nos apresenta a seguinte caixa
de diálogo:

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 92

13PLOTANDO (IMPRIMINDO O SEU DESENHO)

13.1 PLOT (Barra STANDARD TOOLBAR – PRINT)

Este comando nos abre uma caixa de diálogo que nos dá uma série de opções no que diz
respeito a plotagem (impressão) de desenhos. Evidentemente que, para plotarmos um desenho,
deveremos um plotter ou impressora configurada corretamente de modo que o sistema possa enviar
os arquivos para plotagem.

Device and Default Selection

Altera o plotter, configuração de plotagem e arquivos padrões. Ativa o seguinte bloco de


diálogo. Este botão ativa a seguinte caixa de diálogo.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 93

Pela opção “Save de Complete” (PC2), pode-se salvar um arquivo de configuração de


plotagem *.PC2 com todas as características de penas, formato, cores, rotação, etc. Assim, quando
você precisar plotar novamente o mesmo tipo de desenho ou o mesmo desenho, basta usar a opção
“Replace” e recuperar todas as informações de configuração do plotter, salvas anteriormente.

Pen Parameters

Pen Assigments...

Abre o quadro de diálogos Pen Assigments que permite atribuir espessura e cores a canetas.
Por exemplo, se deseja que todo o desenho seja em caneta, basta colocar cor 7 para todas as penas.

Pen: Seleciona a caneta a ser modificada.

Ltype: Seleciona o tipo de linha.

Speed: Seleciona a velocidade da caneta.

Width: Seleciona a espessura da caneta.

Feature Legend: Apresenta exemplos de tipos de linha, largura e velocidade quando


aplicável.

Optimization...

Permite a otimização da movimentação


de penas.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 94

Aditional Parameters

Display: Plota exatamente o que se encontra na tela (monitor), no momento do comando.

Extents: Plota o máximo dentro do limite de todos os objetos desenhados (igual ao ZOOM
EXTENTS).

Limits: Plota tudo que estiver dentro dos limites do desenho (configurado através do
comando LIMITS).

View: Plota uma vista pré determinada.

Window: Plota objetos selecionados por meio do botão “WINDOW” (semelhante ao


ZOOM WINDOW).

Text Resolution: Controla a resolução em DPI de fontes “True Type”. O padrão é 50.

Text Fill: Controla o preenchimento ou não de fontes True Type.

Hide Lines: Se ativado especifica que as linhas não visíveis não serão plotadas. Usado em
trabalhos 3D.

Adjust Area Fill: Se ativado plota os preenchimentos sólidos dos desenhos.

Plot to File: Se ativado, cria um arquivo de plotagem do tipo *.plt.

Autospool: Envia o arquivo de plotagem para o device do plotter, para impressão em


background, enquanto você continua trabalhando.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 95

Paper Size and Orientation

Inches: Baseia-se no sistema Inglês (polegadas)

MM: Baseia-se no sistema internacional (milímetros)

Size: Escolhe o tamanho do papel. Você pode escolher o tamanho do papel de uma lista
padrão ou criar um tamanho personalizado. A opção aciona o quadro de diálogos Paper Size.

Scale, Rotation and Origin...

Rotation and Origin...: Define a rotação e a origem da plotagem. A opção aciona o quadro
de diálogos Plot Rotation and Origin.

0º, 90º, 180º,270º : Seleciona o ângulo de rotação da imagem a ser plotada com relação a
orientação da folha no plotter.

X Origin: Indica a origem no eixo X.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 96

Y Origin: Indica a origem no eixo Y.

Plotted MM= Drawing Units: Indica a quantos milímetros plotados eqüivale cada unidade
do desenho ou seja, define a escala da plotagem.

Scaled to Fit: Plota a vista no maior tamanho possível que se adapte ao papel.

Plot Preview

Preview: Exibe uma prévia do que será impresso.

Partial: Se ativado apresenta apenas um diagrama representando a área disponível de papel


e a seleção à plotar.

Full: Apresenta uma prévia do que efetivamente será plotado.

Podemos ainda, interagir de forma mais dinâmica quando desejamos uma prévia da
plotagem. Basta clicar em PRINT PREVIEW na barra STANDARD.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 97

14AMBIENTES DE DESENHO

14.1 O que é Paper Space?

Agora vermos os dois ambientes de desenho existentes no AutoCAD. Até agora trabalhamos
somente no Model Space (espaço de modelo) onde desenhamos usando todos os comandos vistos
até aqui. A maior parte do trabalho (muitas vezes todo) é feito no Model Space.

Temos também o Paper Space (espaço de papel). O nome nos sugere o espaço no papel. Esta
tradução é real, pois este ambiente nos permite a colocação do desenho exatamente como ele será
plotado.

No Model Space, como vimos até agora, desenhamos tudo em escala 1:1, mesmo que os
desenhos sejam infinitamente grandes. Se quisermos plotar diretamente deste ambiente teremos que
usar, no comando PLOT, um escalonamento para o nosso desenho no papel.

Já no Paper Space, podemos inserir a nossa folha em escala 1:1 e escalonar o nosso desenho
dentro deste ambiente, de modo que ele já possa ser plotado em escala apropriada. Neste caso, a
escala usada no comando PLOT será sempre 1:1, pois o escalonamento já foi feito no Paper Space.

A variável TILEMODE controla se estamos no Model Space (valor = 1) ou Paper Space


(valor = 0). Para trocarmos de um ambiente para outro dê um duplo clique na caixa TILE residente
na parte inferior da tela do seu AutoCAD. O seu desenho desaparecerá e o ícone do UCS será o
indicativo que estamos no Paper Space pois ele muda para outro formato.

TILE (valor = 1) TILE (valor = 0)

Sempre que entramos no Paper Space pela primeira vez nosso desenho desaparece da tela
(no Paper Space somente. Se voltarmos ao Model Space ele estará lá). Para tornarmos visível o
nosso desenho teremos que abrir janelas de visualização (viewports).

IMPORTANTE

É bom ressaltar que podemos desenhar objetos no Paper Space. Poderemos, por exemplo,
desenhar o formato da folha. Outra facilidade é que podemos inserir blocos. Isto significa
que podemos inserir um bloco contendo a legenda e, respectivamente, tendo os atributos
necessários para o preenchimento da mesma.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 98

14.2 Comando MVIEW (Menu VIEW – FLOATING VIEWPORTS)

O comando MVIEW permite criar e tornar viewports ativas, bem como instruir o AutoCAD
a executar a remoção de linhas escondidas durante o processo de plotagem no ambiente Paper
Space. Note que, ao executar o comando pelo menu, eliminaremos a necessidade de escolher
opções na linha de comando.

ON/OFF/Hideplot/Fit/2/3/4/Restore/<First Point>: Esta opção somente aparece se você


digitar o nome do comando MVIEW na linha de comando. Neste caso você precisará escolher uma
das opções. A opção default pede que escolhamos o primeiro vértice da janela a ser criada.

ON/OFF: Quando tornamos uma viewport Off, o AutoCAD limpa esta janela no ambiente
Paper Space e não regenera seu conteúdo até que a viewport seja ativada novamente (ON). Este
procedimento permite mover ou redefinir o tamanho da viewport sem que a cada operação o seu
conteúdo seja regenerado.

Hideplot: Instrui o AutoCAD a executar a remoção de linhas escondidas no conteúdo de


uma viewport durante o processo de plotagem no ambiente Paper Space .

Fit Viewport: Cria uma viewport dimensionada para preencher toda a tela gráfica. O
tamanho atual da viewport depende das dimensões do ambiente Paper Space.

2/3/4 Viewports: Esta opção permite criar duas, três ou quatro viewports com uma operação
simples. Informamos o número de viewports a criar, a distribuição das janelas (o número de opções
depende da quantidade de janelas escolhidas) e por último, a área no ambiente Paper Space a ser
preenchida com as viewports. As janelas podem ser distribuídas vertical, horizontal, acima, abaixo,
esquerda ou direita (as quatro últimas opções se referem somente a três janelas criadas).

Restore: Esta opção permite transformar a configuração de viewports salvas com o


comando VPORTS (configuração de múltiplas janelas no Model Space, através do comando SAVE
do menu VIEW – TILED VIEWPORTS).

14.3 Comando MSPACE (Duplo clique sobre “PAPER”)

Com este comando podemos editar o desenho dentro das janelas criadas no Paper Space,
sem a necessidade de ligarmos (1) a variável TILEMODE. Notamos que poderemos editar o
desenho no ambiente Model Space, pois este se torna ativo dentro das janelas do Paper Space. Para
alternar de uma janela para a outra basta clicarmos sobre a janela em que você quer trabalhar.

14.4 Comando PSPACE (Duplo clique sobre “MODE”)

Este comando permite permutar do ambiente Model Space para Paper Space.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 99

14.5 Escalonando os objetos de uma janela no Paper Space

É evidente que, depois de criarmos uma janela no Paper Space, deveremos escalonar os
objetos que estiverem dentro desta. Para tanto, nos utilizaremos do comando ZOOM. Digite a
escala desejada seguida das letras XP. Este comando deve ser dado no ambiente Paper Space,
porém com a janela em Model Space (editável).

Exemplo: 10XP - Escalona os objetos da viewport em 1:10

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 100

15APÊNDICE

15.1 Menus POP-UP do AutoCAD R14

Menu Pop-Up FILE

New – (NEW) Gera um novo arquivo desenho

Open – (OPEN) Abre arquivos de desenho existentes

Save – (SAVE) Salva o arquivo de desenho.

Save AS – (SAVA AS) Salva o arquivo de desenho


com outro nome e/ou em outra versão do AutoCAD.

Export – (EXPORT) Exporta arquivos de desenho


para outros formatos: WMF, DXF, EPS, 3DS, etc.

Printer Setup – Opção PRINTER do comando


CONFIG (configuração da impressora).

Printer Preview – (PREVIEW) Pré-visualização da


impressão.

Print – (PLOT) Comando de impressão.

Drawing Utilities – Aciona sub-opções de utilitários.

- Audit: (AUDIT) Verifica a existência de erros no arquivo de desenho.


- Recover: (RECOVER) Recupera arquivos de desenho danificados.
- Purge: (PURGE) Elimina elementos não utilizados no desenho.

Send – Envia o arquivo de desenho para o serviço de correio eletrônico instalado no


Windows.

Exit – (QUIT) Sai do AutoCAD.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 101

Menu Pop-Up EDIT

Undo – (UNDO) Desfaz o último comando executado.

Redo – (REDO) Desfaz a ação do último UNDO executado.

Cut – (CUTCLIP) Recorta e copia dados para a área de


transferência de dados do Windows.

Copy – (COPYCLIP) Copia objetos para a área de transferência


do Windows.

Copy Link – (COPYLINK) Operação padrão para windows de cópia OLE de objetos com
vínculo automático com outras aplicações Windows.

Paste – (PASTE) Operação padrão do Windows de inserção de objetos.

Paste Especial – (PASTESPEC) Operação padrão do Windows de inserção OLE de objetos


com vínculo automático com outras aplicações Windows.

Clear – (ERASE) Eliminação de elementos gráficos.

Menu Pop-Up VIEW

Redraw – (REDRAW) Reexibe (redesenha) os objetos


desenhados na tela/janela corrente.

Regen – (REGEN) Regenera a imagem na tela na janela corrente.

Regen All – (REGENALL) Regenera a imagem na tela, em todas


as janelas abertas).

Zoom: (ZOOM)

- Realtime: “zoom” dinâmico.


- Previous: “zoom previous”.
- Windows: “zoom window”.
- Dynamic: “zoom dynamic”.
- Scale: “zoom scale”.
- Center: “zoom center”.
- In: “zoom 2x” aproximação.
- Out: “zoom 0.5X” afastamento.
- All: “zoom all”
- Extents: “zoom extents”.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 102

Pan – (PAN)

- Realtime: “pan” dinâmico.


- Point: “pan” com indicação dos dois pontos de deslocamento.
- Left: deslocamento da imagem para a esquerda.
- Right: deslocamento da imagem para a direita.
- Up: deslocamento da imagem para cima.
- Down: deslocamento da imagem para baixo.

Aerial View – (AERIALVIEW)

Model Space (Tiled) – TILEMODE = 1, ou seja, deixa o sistema em MODEL SPACE.

Model Space (Foalting) – com TILEMODE = 0, ativa MODEL SPACE.

Tiled Viewports – Opções de divisões de janela em MODEL SPACE com TILEMODE = 0.

Floating Viewports – Opções de divisões de janelas em PAPER SPACE com TILEMODE


= 1.

Named Views – Exibe configurações de vistas armazenadas.

3D Viewpoint – Opções de configurações de posicionamento de ponto de vista 3D


predefinidos.

3D Dynamic View – Aciona o comando DVIEW de posicionamento dinâmico de ponto de


vista 3D.

Hide – (HIDE) Geração de imagens com linhas invisíveis escondidas.

Shade – (SHADE) Geração de imagens com preenchimento (pintadas).

(1) (2) (3) (4)

- 256 Color: Preenchimento utilizando 256 cores (1).


- 256Color Edge Highlight: Preenchimento utilizando 256 cores, destacando as arestas (2).
- 16 Color Hidden Line: Preenchimento utilizando 16 cores com linhas escondidas (3).
- 16 Color Filled: Preenchimento com 16 cores, com faces preenchidas (4).

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 103

Render – Opções do comando RENDER de geração de imagens fotorealísticas. Abre as


opções disponíveis no Toolbar RENDER.

Display – Opções de exibição de:

- UCS Icon
On: Ativa/desativa a exibição do UCSICON.
Origin: Ativa/desativa a exibição do UCSICON na origem

- Attibute Display – Configura a exibição de atributo lógico.


Normal: Exibe atributo lógico de acordo com a sua definição.
On: Exibe todos os atributos lógicos.
Off: Esconde todos os atributos lógicos.

- Text Window F2 – Exibe a tela de texto do AutoCAD.

Toolbars: aciona o comando de controle de exibição de Toolbar.

MenuPop-Up INSERT

Block – (DDINSERT) Inserção de blocos.

External Reference – (XREF) Manipulação de arquivo de


referência externa.

Raster Image – (IMAGE) Manipulação de arquivos de


imagem “raster”.

3D Studio – (3DSIN) Importação de arquivos *.3DS do 3D


Studio.

ACIS Solid – (ACISIN) Importação de arquivos *.SAT padrão


ACIS de manipulação de sólidos.

Drawing Exchange Binary – (DXBIN) Importação de arquivos *.DXB – padrão AutoCAD


de troca de arquivos de desenho em formato binário.

Windows Metafile – (WMFIN) Importação de arquivos *.WMF – padrão Windows de


troca de arquivos de imagem..

Encapsulated PostScript – (PSIN) Importação de arquivos *.EPS – padrão linguagem Post


Script de troca de arquivos de imagem.

OLE Object – (INSERTOBJ) Inserção OLE de objetos importados de outras aplicações


Windows.
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 104

Menu Pop-Up FORMAT

Layer – (LAYER) Manipulação de layers.

Color – (DDCOLOR) Configuração de cores.

Linetype – (LINETYPE) Configuração de tipos de linha.

Text Style – (STYLE) Configuração de estilo de texto.

Dimension Style – (DDIM) Configuração do estilo de


dimensionamento.

Point Style – (DDPTYPE) Configuração de exibição de pontos.

Multiline Styles – (MLSTYPE) Configuração de estilos de multiline.

Units – (DDUNITS) Configuração de unidades lineares e angulares.

Thickness – (THICKNESS) Configuração de dimensão para elementos bidimensionais com


relação ao eixo “Z”.

Drawing Limits – (LIMITS) Configuração das dimensões da área de desenho.

Rename – (DDRENAME) Permite renomear: layers, blocos, estilos de textos, estilos de


dimensionamento, tipos de linhas, vistas predefinidas.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 105

Menu Pop-Up TOOLS

Spelling – (SPELL) Verificação ortográfica.

Display Order – (DRAWORDER) especifica a ordem de exibição


de objetos.

Inquiry – Opção de comandos de consulta:

- Distance: (DISTANCE) mede a distância entre


dois pontos.
- Area: (AREA) Cálculo de área.
- Mass Properties: (MASSPROP) Propriedades
de massa.
- List: (LIST) Lista informações de objetos.
- ID Point: (ID) identifica pontos.
- Time: (TIME) Informação de data e hora.
- Status: (STATUS) Informações do sistema.
- Set Variable: (SETVAR) Ajustar variáveis.

Load Aplication – (APPLOAD) Carregamento de aplicações.

Run Script – (SCRIPT) Execução de arquivos SCRIPT.

Display Image – Trata imagens “raster”.

- View: (REPLAY)Exibição de imagens “raster”.


- Save: (SAVEIMG) Armazenamento de imagens “raster”.

External Database – Opções de comandos de interface com bancos de dados externos.

Object Snap Settings – (OSNAP) Configuração do “Objeto Snap”.

Drawing Aids – (DDRMODES) Configuração de parâmetros auxiliares de desenho.

UCS – (UCS) Opções de comandos de configuração de UCS.

Grips – (DDGRIPS) Configuração de Grips.

Selection – (DDSELECT) Configuração do modo de seleção de objetos.

Object Group – (GROUP) Configuração de grupos.

Tablet – Aciona opções de configuração para mesa digitalizadora.


Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 106

Customize Menu – (MENULOAD) Carregamento de menu.

Preference – (PREFERENCE) Configuração geral de preferências no sistema.

Menu Pop-Up DRAW

Line – (LINE) Linhas.

Ray – (RAY) Reta.

Construction Line – (XLINE) Linha auxiliar.

Multiline – (MLINE) Multilinha.

Polyline – (PLINE) Polilinha.

3D Polyline – (3DPOLY) Polilinha 3D.

Polygon – (POLYGON) Polígono.

Rectangle – (RECTANG) Retângulo.

Arc – (ARC) Arco.

- 3 points: Construção por três pontos.


- Start, Center, End: Início, centro e final.
- Start, Center, Angle: Início, centro e final.
- Start, Center, Length: Início, centro e comprimento de corda.
- Start, End, Angle: Início fim e ângulo interno.
- Start, End, Direction: Início, fim e direção (tangente).
- Start, End, Radius: Início, fim e raio.
- Center, Start, End: Centro. Início e fim.
- Center, Start, Angle: Centro, início e ângulo.
- Center, Start, Lenght: Centro, início e comprimento de corda.
- Continue: Arco contínuo ao último elemento criado.

Circle – (CIRCLE) Circunferência.

- Center, Radius: Centro e raio.


- Center, Diameter: Centro e diâmetro.
- 2 Points: Dois pontos (que definem o diâmetro).
- 3 Points: Três pontos.
- Tan, Tan, Radius: Tangente, tangente e raio.
- Tan, Tan, Tan: Tangente, tangente e tangente.
Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 107

Donut – (DONUT)

Spline – (SPLINE)

Ellipse – (ELLIPSE) Elipse.

- Center: Centro e eixos.


- Axis, End: Eixos.
- Arc: Arco de elipse.

Block – Opções:

- Make: (BMAKE) Define blocos.


- Base: (BASE) Define o ponto base para a inserção.
- Define Attributes: (DDATTDEF) Define atributo lógico.

Point – Opções:

- Single Point: Executa o comando POINT uma vez.


- Multiple Point: Executa o comando POINT várias vezes.
- Divide: Executa o comando DIVIDE com ponto.
- Measure: Executa o comando MEASURE com ponto.

Hatch – (BHATCH) Hachura.

Boundary – (BOUNDARY) Limite de área interna.

Region – (REGION) Sólido com espessura 0.

Text – Opções:

- Multiline Text: (MTEXT) Texto em várias linhas.


- Single Line Text: (DTEXT) Texto em uma única linha.

Surface – Opções de criação de superfícies.

Solid – Opções de criação de sólidos.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 108

Menu Pop-Up DIMENSION

Linear – (DIMLINEAR) Criação de cota linear.

Aligned – (DIMALIGNED) Criação de cota alinhada.

Ordinate – (DIMORDINATE) Criação de cota ordenada.

Radius – (DIMRADIUS) Criação de cota radial.

Diameter – (DIMDIAMETER) Criação de cota de diâmetro.

Angular – (DIMANGULAR) Criação de cota angular.

Baseline – (DIMBASELINE) Criação de cotas a partir de uma referência.

Continue – (DIMCONTINUE) Criação de cotas continuamente a partir


de uma outra cota.

Leader – (DIMLEADER) Criação de linha guia.

Tolerance – (TOLERANCE) Configuração de simbologia de tolerância.

Center Mark – (DIMCENTER) Criação de marca de centro.

Oblique – Aciona a opção OBLIQUE comando DIMEDIT de inclinação de linha de


chamada de cota.

Align Text – Aciona opções de alinhamento de texto de cota.

Style – (DDIM) Configuração de estilos de dimensionamento.

Override – (DIMOVERRIDE) Permite sobrepor ou apagar o valor de uma variável de


dimensionamento.

Update – Permite atualizar cotas com a configuração do estilo de dimensionamento


corrente.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 109

Menu Pop-Up MODIFY

Properties – (AI_PROPCHK) Edita propriedades.

Match Properties – (MATCHPROP) Transfere propriedade.

Object – Opções:

- External Reference:

- Bind: (XBIND) Incorpora um XREF ao


desenho.
- Frame: (XCLIPFRAME) Ativa/desativa
exibição de margem.

- Image:

- Adjuste: (IMAGEADJUST) Ajuste da imagem.


- Quality: (IMAGEQUALITY) Qualidade de
exibição.
- Transparency: (TRANSPARENCY)
Transparência.
- Frame: (IMAGEFRAME) Ativa/desativa
exibição de margem.

- Clip: (XCLIP) Recorte de XREF


- Image Clip: (IMAGECLIP) Recorte de imagem “raster”.
- Hatch: (HATCHEDIT) Edição de hachuras.
- Polyline: (PEDIT) Edição de polilinha.
- Spline: (SPLINEDIT) Edição de spline.
- Multiline: (MLEDIT) Edição de multilines.

- Attribute:

- Single: (DDATTE) Edição individual de blocos com atributos.


- Global: (ATTEDIT) Edição global de blocos com atributos.

- Text: (DDEDIT) Edição de texto.

Erase – (ERASE) Elimina objetos.

Copy – (COPY) Copia objetos.


Elaborado por: Revisado por: Data:
Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 110

Mirror – (MIRROR) Gera cópia espelhada de objetos.

Offset – (OFFSET) Gera cópia paralela de objetos.

Array – (ARRAY) Gera cópia espelhada de objetos.

Move – (MOVE) Move objetos.

Rotate – (ROTATE) Rotaciona Objetos.

Scale – (SCALE) Escala objetos.

Stretch – (STRETCH) Estica/encolhe objetos mantendo conexões.

Lengthen – (LENGTHEN) Altera o comprimento de objetos.

Trim – (TRIM) Apara objetos.

Extend – (EXTEND) Estende objetos.

Break – (BREAK) Quebra objetos.

Chamfer – (CHAMFER) Elimina cantos vivos inserindo linhas.

Fillet – (FILLET) Arredonda cantos vivos.

3D Operation – Operações em 3D.

- 3D Array: (3DARRAY) “Array” 3D.


- Mirror 3D: (MIRROR3D) Espelhamento em 3D.
- Rotate 3D: (ROTATE3D) Rotação em 3D.
- Aligned: (ALIGN) Alinhamento de objetos em 2D e 3D.

Boolean: Operação booleana para regiões e sólidos.

- Union: (UNION) União de objetos.


- Subtract: (SUBTRACT) Subtração.
- Intersect: (INTERSECT) Interseção.

Explode – (EXPLODE) Decompõe blocos e polilinhas.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999
Título Página
AutoCAD Release 14
(Para iniciantes) 111

Menu Pop-Up HELP

AutoCAD Help Topics – (HELP) Exibição de texto explicativo de


auxílio.

Quick Tour – Ativa a exibição de uma apresentação dos principais


recursos do AutoCAD R14.

What’s New – Ativa a exibição de uma apresentação das principais


novidades incluídas no AutoCAD R14.

Learning Assistence – Ativa o módulo auxílio e aprendizado, fornecido pela Autodesk.

Connet to Internet – (BROWSE) Acesso à Internet.

About AutoCAD – Fornece informações sobre o AutoCAD, número de série, data de


edição.

Elaborado por: Revisado por: Data:


Cléber Fernando Homem Antônio Carlos Valdiero Junho de 1999

Você também pode gostar