Você está na página 1de 14

Prof. Ms.

Lourenço Torres
proflourencotorres@yahoo.com.br

Faculdade Joaquim Nabuco


1. Zetética jurídica.
1. Aspectos da abordagem zetética.
2. Exemplos e vantagens das disciplinas
zetéticas.
3. Plano de disciplinas zetéticas.
2. Dogmática jurídica.
1. Aspectos da abordagem dogmática.
2. Disciplinas dogmáticas: vantagem e
exemplos.
3. Pressupostos da dogmática jurídica na
modernidade.
4. Funções (sociais) da dogmática jurídica.
3. Questões.
Na introdução ao estudo do Direito é
importante que se fixe o enfoque
teórico a ser adotado. Para isso,
temos que admitir que toda
investigação científica está sempre às
voltas com perguntas e respostas,
problemas que pedem soluções e
soluções já dadas que se aplicam à
elucidação de problemas. (FERRAZ JR. Tércio S.
Introdução ao Estudo do Direito. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008, p.
17.)
Zetética – privilégio do aspecto
pergunta na solução dos problemas.
Zetética (zetein) – perquirir, perguntar
 No aspecto pergunta se acentuam os conceitos
básicos, as premissas e os princípios que ficam
abertos à dúvida.
 Predomina a função informativa da linguagem.
 A zetética é mais aberta e faz de seus problemas
questões infinitas, embora hajam pontos de
partida estabelecidos de investigação.
 A zetética desintegra e dissolve as opiniões,
pondo-as em dúvida.
Zetética.
 Exemplos (de disciplinas gerais):
A Sociologia;
A Antropologia;
A Psicologia;
A História;
A Filosofia;
A Ciência Política,
A Economia, etc.
 Vantagem das disciplinas zetéticas: são ciências que
admitem um espaço para o fenômeno jurídico, onde
o pesquisador preocupa-se em ampliar as dimensões
do fenômeno, estudando-o em profundidade, sem
limitar-se aos problemas relativos à decisão dos
conflitos sociais, políticos e econômicos.
 Disciplinas zetéticas que enfocam o fenômeno jurídico:
Sociologia jurídica
Antropologia jurídica
Etnologia jurídica
Pura
História do Direito
Psicologia jurídica
Zetética empírica Politologia jurídica
Economia política
Psicologia forense
Aplicada Criminologia
Penalogia
Medicina Legal
Política Legislativa
Filosofia do Direito
Pura Lógica formal das normas
Zetética analítica Metodologia jurídica
Aplicada Teoria Geral do Direito
Lógica do raciocínio jurídico
Dogmática – privilégio do aspecto resposta na solução dos
problemas.
Dogmática (dokein) – ensinar, doutrinar
 No aspecto resposta alguns elementos são subtraídos de
dúvidas, ou seja, postos fora de questionamento.
 A função informativa vem combinada da função diretiva.
 A dogmática é mais fechada, pois está presa a conceitos
fixados, obrigando-se a interpretações capazes de
conformar os problemas às premissas.
 A dogmática revela o ato de opinar e ressalva algumas
das opiniões.

“A dogmática é a ciência da utilização do


Direito vigente” (Goffredo da Silva Telles).
 Disciplinas dogmáticas:
◦ São definidas por considerarem certas premissas,
em si e por si arbitradas, vinculando o estudo e
renunciando a pesquisa independente.
◦ São disciplinas que tratam de questões finitas.
◦ Hoje, a Ciência do Direito está identificada com a
produção técnica dogmática destinada a atender as
necessidades dos profissionais do Direito no
desempenho imediato de suas funções: é uma
formação especializada, fechada e formalista.
◦ Vantagem: é eficiente na busca de soluções.
◦ Exemplos:
 Direito Civil; Comercial; Constitucional; Processual;
Penal; Tributário; Administrativo; Internacional;
Econômico; do Trabalho, etc.
 Pressupostos da Dogmática jurídica na modernidade:
◦ Para a dogmática, o Estado moderno detém a criação do
Direito e suas fontes oficiais são mais importantes (p.e. que a
vontade popular ou a vontade da maioria). É o Direito
vigente, e o Direito vigente, para a dogmática, não pode ser
trocado.
◦ O direito dogmaticamente organizado tem obrigações
(inegabilidade dos pontos de partida) e depende delas:
 Obrigação de estabelecer textos normativos (função inicialmente
delegada ao Legislativo e ao Executivo, mas atualmente também
ao Judiciário (direito sumular).
 Obrigação de interpretar os textos normativos, eliminando a
ambiguidade e a vagueza linguística.
 Obrigação de alegar expressamente os textos normativos pré-
fixados.
 Obrigação de decidir – tem que dar resposta ao conflito (proibição
do non liquet).
 Necessidade de fundamentação das decisões.
 Funções (sociais) da dogmática jurídica:
◦ Controle de fatores sociais para a manutenção da
estabilidade social.
◦ Criação da identidade do mundo jurídico (que se
distingue de fatos sociais que não compõe a
“realidade jurídica”).
◦ Difusão de uma ideologia – a dogmática trabalha
com ideologia (do poder) e não com descrição.
◦ Promoção de estabilidade social pela crença em sua
racionalidade.
◦ Manipulação do conceito de valor (neutralização
dos conceitos valorativos – axiológicos).
Marque com um X ou
responda a estes exercícios de
fixação.
1. “Na introdução ao estudo do 2. Na abordagem zetética do
direito, existem, pelo menos, dois Direito:
enfoques teóricos a serem
adotados. Toda investigação I. Predomina a função
científica sempre está às voltas informativa da linguagem.
com perguntas e respostas, II. A zetética é mais aberta.
problemas que pedem soluções.”
III. São tratadas questões
 Quando a possibilidade de
finitas.
proceder a investigação de um
problema acentua a resposta ela é
conhecida como: a) Apenas I está correta.
a) dogmática, do grego matos.
b) dogmática, do grego dokein. b) Apenas II está correta.
c) zetética, do grego zetein. c) I e II estão corretas.
d) zetética, do grego esthetic. d) Todas estão corretas.
Todas as respostas acima estão
e)
erradas.
e) Todas estão erradas.
3. Dê exemplos de 4. Cite pelo menos
disciplinas zetéticas duas obrigações da
e de disciplinas dogmática jurídica
dogmáticas. na modernidade.
 DIREITO NATURAL

 DIREITO POSITIVO

Perspectivas históricas da dicotomia.

 Obrigado!!

Você também pode gostar