Você está na página 1de 98

A popularização dos jogos eletrônicos provocou forte impacto na

saúde pública devido aos diversos problemas causados pelo uso


indiscriminado desses aparelhos. Com o surgimento do Nintendo Wii
em 2006, parecia que finalmente esses problemas seriam
solucionados, a ideia de jogos ativos ganhou ainda mais força quando
a Microsoft lançou o sensor Kinect, mas ambos tiveram um curto
período de sucesso e as empresas anunciaram o fim da fabricação de
seus acessórios, que passaram a ser utilizados como instrumento de
trabalho por profissionais de educação física, fisioterapeutas e
médicos.
Há mais de uma década os Exergames têm se demonstrado uma
poderosa ferramenta para profissionais da saúde, e sua inclusão em
hospitais, clínicas e academias têm se tornado cada vez mais comum,
mas até onde vai a versatilidade desses aparelhos?; será que já
exploramos todo potencial que os EXG’s são capazes de nos
fornecer?
O principal objetivo para produção deste e-book é justamente
compartilhar com você como através do Kinect podemos obter dados
que só seriam possíveis utilizando caros equipamentos que
normalmente só encontramos em laboratórios de pesquisa. A
importância da obtenção desses dados é fundamental para
diagnosticar possíveis disfunções musculoesqueléticas, realizar
análise cinemática, além de otimizar a reabilitação e melhora da
performance dos seus clientes.
Ramon Cerqueira
MOCAP Página 05
KINECT Página 08
MOTION METRIX Página 16
VITRUVIUS Página 20
EUMOTUS Página 23
SWINGURU Página 26
KINETISENSE Página 29
QINEMATIC Página 36
HUMANTRAK Página 40
IPI SOFT Página 43
VIRTUAL SENSEI LITE Página 47
KINETIGAIT Página 50
KINEC-TICS Página 52
ASSESSLINKPE Página 55
ADIBAS Página 59
UINCARE Página 63
MOVE CORRECTLY Página 65
MOTOGNOSIS Página 67
GESTURE PAK Página 70
KITMAN Página 72
BREKEL Página 74
KINAPSYS Página 77
VELOGICFIT 3D Página 79
JINTRONIX Página 83
EVOLVREHAB Página 85
PHYSIMAX Página 87
IDMACH BIKELAB Página 89
ALTERNATIVAS AVANÇADAS Página 91
CONSIDERAÇÕES FINAIS Página 93
A captura de movimentos se baseia em métodos para registrar posições em
ordem cronológica. Os primeiros estudos sobre captação de movimentos
aconteceram em 1860 através do fotógrafo britânico Eadweard J. Muybridge, ele
registrava imagens sequenciais de cavalos durante a corrida. Quase no mesmo
período o francês Étienne-Jules Marey passou a fotografar o movimento humano
também de forma cronológica, contribuindo enormemente para a ciência do
movimento e cinematográfica, ele é considerado o inventor da Cronofotografia.

Com o avanço tecnológico e surgimento da indústria do cinema, as formas de


captar o movimento ficaram mais precisas, quando a produção cinematográfica
passou a editar imagens de forma computadorizada transpondo o movimento em
um modelo digital através de marcadores, uma gama de infinidades se abriram para
a ciência do movimento humano, a técnica também é conhecida como Mocap.
Os sistemas tridimensionais de análise de movimento humano pelo método
óptico geralmente usam dois tipos de marcadores, os marcadores passivos, que
refletem a luz, e os ativos, que irradiam luz. Ambos possuem modelos que se
aderem a pele ou vestuário especial, porém o custo desses marcadores e
vestuários variam entre 4.540 a 88.000 dólares, sendo que os mais baratos
capturam apenas 4 pontos do corpo humano com curto alcance.

Esses fatores sempre limitaram o uso da técnica aos grandes laboratórios e


clínicas, sendo inacessíveis aos profissionais de Fisioterapia e Educação Física. O
acesso a essas ferramentas é de extrema importância para obter uma descrição
quantitativa de alguns parâmetros do movimento que refletem na técnica,
performance ou reabilitação do indivíduo avaliado.

Com o avanço da indústria de games até o surgimento dos chamados


“Exergames” surgiram possibilidades para Mocap de baixo custo, o lançamento do
Kinect não só revolucionou o mundo dos jogos digitais como também tornou
acessível a captura e análise do movimento de forma tridimensional.
Desenvolvido pela Microsoft, o Kinect teve sua primeira versão lançada em
2010, revolucionando a indústria de games, isso porque ele possui um sensor de
profundidade, microfone embutido, além de um processador e software próprio,
capaz de detectar 48 pontos do corpo e 20 articulações. A segunda versão lançada
em 2013 surgiu com uma grande evolução na sua tecnologia, podendo agora
registrar até 6 pessoas de forma simultânea com incrível precisão em vários tipos
de ambientes, captando nuances tais como: onde você está colocando o peso do
seu corpo e medir sua pulsação pela coloração da pele, além disso captura 26
articulações do corpo humano. No ano de 2019 a Microsoft anunciou a terceira
versão, o Kinect Azure, e algumas empresas já estão testando o novo acessório.

Primeira Versão (Kinect V1) Segunda Versão (Kinect V2) Terceira Versão (Kinect Azure)

Os sensores possuem hardware compostos por câmeras RGB-D e sensor


infravermelho capazes de escanear o ambiente de forma tridimensional,
reconstruindo através do que é chamado nuvem de pontos 3D, além de uma câmera
de profundidade infravermelha, e microfone. Todos os itens funcionam de forma
integrada para identificar e projetar o esqueleto de formato humano, assim, cada
articulação do esqueleto possui uma coordenada virtual.
Todas essas particularidades do Kinect permitiram que empresas
desenvolvessem softwares que possibilitam o uso do aparelho para captura de
movimentos (MoCap), fundamental para análise cinemática, um dos princípios
básicos da biomecânica. Segundo Hamill e Knutzen (2012), a análise cinemática
leva em conta as características do movimento e o examina a partir de uma
perspectiva espacial e temporal, sem referência às forças causadoras do
movimento, assim, posição, velocidade e aceleração são os componentes de
interesse numa análise cinemática.
A análise cinemática pode ser tanto qualitativa quanto quantitativa. A
qualitativa é uma descrição não numérica que se baseia na observação do
movimento, como um treinador que observa um atleta buscando melhorar sua
técnica, por exemplo. Já a quantitativa é uma análise numérica, onde os movimentos
podem ser descritos com maior precisão, podendo assim identificar pequenas
amplitudes que podem influenciar no rendimento, recuperação e prevenção de
lesões de um indivíduo, e a obtenção desses dados são captados através de
aparelhos que convertem as imagens bidimensionais para tridimensionais, quase
sempre utilizando marcadores.
A possibilidade de utilizar o sensor Kinect para análise cinemática levanta uma
opção sem marcadores e com captação de 26 pontos de articulações humanas, e
por ser acessível, a análise cinemática quantitativa deixa de ser uma forma de
avaliação restrita a grandes clínicas e universidades, agora, fisioterapeutas e
profissionais de educação física poderão utilizar o método em seus espaços de
trabalho, agregando imenso valor aos seus serviços.
Mas podemos confiar numa análise utilizando o acessório de um videogame?;
diante dessa dúvida surgiram diversos estudos acerca do tema. O sensor Kinect foi
por diversas vezes comparado à aparelhos padrão ouro para análise cinemática, e
os resultados surpreenderam até mesmo os pesquisadores.
Diversos estudos analisaram a eficiência do Kinect para captura de
movimentos e validaram o acessório da Microsoft para análise cinemática, mas com
algumas ressalvas. Por captar apenas 30 FPS (Frames por segundo) ele registra
uma margem de erro dos dados obtidos ao capturar movimentos rápidos, como a
corrida por exemplo, mas funciona muito bem para análise de exercícios avaliativos
como StepDown, Single Leg Squat, dentre outras avaliações funcionais assim como
avaliações posturais, o que o-torna uma ferramenta poderosa para profissionais.

Além disso como a segunda versão do Kinect identifica onde o indivíduo está
colocando o peso do corpo, o acessório da Microsoft também pode ser utilizado em
conjunto com a Wii Balance Board para análise do Centro de Pressão, inclusive já
existem estudos que fizeram essa junção e validaram o método afim de identificar
as possíveis alterações musculoesqueléticas que influenciam no deslocamento do
CoP.
Vale ressaltar que Destelle et al (2014), afirma que o aparelho tem limitação quando
parte do corpo está oclusa por outro membro. Quando se trata da análise da marcha
Pfister et al (2014), analisou o Kinect em comparação ao aparelho profissional, Vicon
Nexus, durante a cinemática da marcha no plano sagital, os resultados indicaram
que o sensor tem capacidades básicas de captura de movimento, mas o suficiente
para torna-lo uma ferramenta portátil e acessível para análise cinemática.
Identificando as mesmas limitações, Singhose (2017), cita que foi desenvolvido um
sistema qual é feita a leitura com dois sensores em diferentes ângulos, corrigindo
de forma eficaz o problema da oclusão de partes do corpo. Neste sentido, Muller et
al (2017) desenvolveu um sistema também com dois aparelhos, e encontrando
maior concordância se comparado ao sistema "padrão ouro" VICON na análise
cinemática da marcha. Devemos levar em consideração também que nem mesmo
os marcadores inerciais utilizados em laboratório tem validação 100%, visto que o
movimento da pele ou vestimenta podem provocar uma margem de erro nos dados
obtidos, a técnica que fornece as medidas mais confiáveis é de marcadores que se
prendem a um pino inserido no osso, no entanto eles podem ser dolorosos e
invasivos.

(Imagens de avaliações realizadas com o sensor Kinect.)


Apesar de serem bem parecidos, ambas as versões do sensor Kinect possuem
diferenças que podem influenciar na validação dos dados obtidos, porém tudo vai
depender de qual software você estará usando. Enquanto o V1 possui um esqueleto
de 20 articulações, a versão mais nova possui 26, além disso o V2 possibilita a
leitura das mãos e um formato mais fidedigno dos ombros e bacia, fundamental na
fase de balanço na análise da marcha. Outro fator que faz da segunda versão do
sensor ser superior a primeira é a captura de profundidade e o campo de visão tanto
horizontal quanto vertical, é por esse motivo que apenas o V1 possui um motor de
inclinação, o V2 não necessita de um, já que possui maior ângulo de captação de
imagens, até mesmo quando os movimentos acontecerem mais próximos ao sensor,
já na primeira versão a proximidade pode limitar a visão de alguns membros.

Esqueleto Kinect V1 Esqueleto Kinect v2

A qualidade das imagens também deve ser levada em consideração para


realizar uma análise precisa, e quanto a isso o V2 também não deixa a desejar,
alcançando uma resolução em full-HD diferentemente do seu irmão mais velho. E
enquanto o mais novo funciona muito bem com Windows 10, o V1 funciona melhor
em Windows 7 e 8.
Ainda que tenha limitações, o Kinect é a única ferramenta acessível e popular do
mercado capaz de fornecer dados quantitativos do movimento humano em tempo
real. Lembrando que, assim como a Wii Balance Board, o sensor da Microsoft
também não é mais fabricado, porém é facilmente encontrado na internet e em lojas
de games, e diferentemente da WBB, a sua conexão com o computador se dar por
um cabo especial que também é facilmente encontrado no mercado digital, cada
versão do Kinect possui um cabo adaptador específico que deve ser adquirido caso
deseja utilizá-lo para análise cinemática.

Cabo adaptador para Kinect V1 Cabo adaptador para Kinect V2

O adaptador do Kinect V1 além de ser mais simples é muito mais acessível, podendo
ser encontrado no mercado digital pelo preço médio de R$ 30,00. Já o adaptador do
Kinect V2 além de possuir mais conexões ele custa em média cerca de R$ 230,00,
alguns fornecedores vendem ele em conjunto com o sensor da Microsoft.

Modo de instalação do adaptador para Kinect V2.


A maioria dos softwares são compatíveis à uma única versão do Kinect, então,
além do adaptador necessário, o seu computador deve atender as especificações
de hardware compatíveis ao software que pretende utilizar. Após identificar qual o
software mais se adequa a sua realidade, é necessário fazer o download do Kinect
For Windows para que torne possível a leitura computacional do sensor em seu PC,
a Microsoft disponibiliza esses sistemas de forma gratuita para Download.
Caso necessite instalar software compatível ao Kinect V1 baixe o seguinte
programa:
SDK 1.8: (https://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=40278)
Caso necessite instalar software compatível ao Kinect V2 baixe o seguinte
programa:
SDK 2.0: (https://www.microsoft.com/en-us/download/details.aspx?id=44561)
Após instalar o SDK é possível testar o sensor da Microsoft através do Kinect Studio.

Caso o Windows não reconheça o USB do sensor Kinect é necessário instalar os


drives Xbox Nui Câmera e Xbox Nui Motor, em seguida baixe o programa Zading
para atualizar o Drive USB do seu PC: https://zadig.akeo.ie/
A depender do software utilizado para análise do movimento, o profissional pode
fornecer relatórios de dados quantitativos e transmitir maior confiança aos seus
clientes, identificando minuciosas evoluções ou involuções que passariam
despercebidos a olho nu, o que agregará bastante valor e otimizará enormemente
os resultados dos seus serviços. Mas qual software escolher?; listamos 23 opções
para você identificar qual melhor se encaixa à sua realidade.
Site: http://www.motionmetrix.se/
Sensor compatível: Kinect V1
Preço: € 10.900 (inclui software, 2 Kinects V1 com cabos adaptadores e seus
respetivos tripés).
Especificações de hardware:
CPU: Intel Quadcore i7 6500 ou superior.
Conexões USB: Duas portas USB 2.0 ou 3.0 em controladores separados para
suportar dois Kinects.
SO: Windows 7, 8 / 8.1 ou 10.
RAM: 6 GB ou mais.
Proporção da Tela: 16: 9 (a resolução do aplicativo é fixada em 1366x768)

Com sede Lidingö, Suécia, a Motion Metrix criou sem dúvidas o mais completo
software para análise marcha sem marcadores através do Kinect, e apesar de ser
compatível apenas com a primeira versão do sensor da Microsoft, ele transmite
dados tão fidedignos que já foram adotados por grandes clubes de futebol como
Barcelona e Wolfsburg.
Mas o que faz deste software a melhor opção sem marcadores para obter
dados quantitativos da marcha?
O programa de avaliação da Motion Metrix é dividido em duas categorias, a
3D Runnig Gait, ideal para treinadores, clubes e centros esportivos, o 3D Clinical
Gait, ideal para fisioterapeutas e clínicas de reabilitação. Ambas transmitem a
captação de movimentos através dos planos frontal e sagital, e diversas valências
são levadas em consideração.
3D Runnig Gait
O programa 3D Running Gait avalia o tipo de corrida do indivíduo sob 3
parâmetros, o primeiro pela economia de energia, esses dados são fornecidos
baseados na Lei de Joules, isto é, a geração de calor por kg de massa corpórea
enquanto o indivíduo corre, o resultado enquadra o corredor numa classificação
fornecida pelo próprio programa a partir da mudança da coloração da pele da pessoa
avaliada. O segundo parâmetro é a classificação da passada, que além de informar
o tipo de passada e grau de inclinação pélvica, ela classifica através de estrelas
dados como frequência e comprimento da passada, tempo de contato,
deslocamento vertical, posição do pé, impulso de frenagem e forças verticais e
laterais. Os dados fornecidos detalham inclusive a localização do centro de massa
do indivíduo durante a corrida, o que é fundamental para diagnosticar uma possível
sobrecarga articular resultante de forças externas, como a força de reação do solo
por exemplo. O terceiro parâmetro é a sobrecarga articular, onde classifica o quão
o tipo de corrida impõe ao quadril e joelho do indivíduo. Segundo a própria Motion
Metrix o programa leva em consideração a economia funcional do trabalho mecânico
da corrida, os principais aspectos da cinemática da marcha e carga articular para
avaliação de lesões, além de contar com dados de mais de 600 corredores de elite.
3D Clinical Gait

O 3D Clinical Gait é um programa que realiza uma análise sistemática da


marcha, identificando sinais patológicos em casa fase da passada, a Motion Metrix
fornece um banco de dados com diversos padrões patológicos da marcha e indica
quando algum desses padrões é reproduzido pelo indivíduo avaliado. O programa
identifica os parâmetros da marcha, desde a fase do balanço até a resposta a carga,
além disso são analisados a trajetória do centro de massa nos três planos
anatômicos, os momentos e ângulos das articulações do quadril e joelho do plano
frontal, os ângulos do quadril e joelho do plano sagital, parâmetros de variabilidade
temporal e espacial da passada, além dos dados de referência normativos e
sobreposição de teste antes e depois.

Vale ressaltar que ambos os programas, tanto o 3D Running Gaint quanto o 3D


Clinical Gait permitem a geração de gráficos do processo de avaliação, assim como
relatórios em PDF e arquivo de vídeo para compartilhamento de resultados.
Site: https://vitruviuskinect.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: O sistema vitruvius fornece 4 planos diferentes:
LIVRE ACADÊMICO PRÊMIUM PLATINA
GRATUITO $ 99,00 $ 199,00 $ 999,00

Especificações de hardware:
Windows 8.1 ou 10
Porta de entrada USB 3.0
Unity 3D 5.0 ou superior
Visual Studio 2013 ou superior

Diferentemente dos demais programas que serão listados nesse e-book, o


Vitruvius, se trata de um desenvolvedor de software de simples manuseio, e sua
inclusão nessa lista é devido ao fato de sua versão gratuita permitir identificar a
altura do indivíduo rastreado, o comprimento de um segmento, bem como a
angulação de uma articulação em tempo real.
A versatilidade do Vitruvius no que diz respeito a captação de movimentos,
mapeamento de coordenadas e diversas outras possibilidades, fizeram com que o
software fosse adotado inclusive pela Universidade de Michigan, até mesmo a Nasa
já utilizou o programa que inclusive é indicado pela própria Microsoft para realização
de Mocap através do sensor Kinect.
Uma pesquisa realizada na Universidade Federal de Pelotas já utiliza o
software para análise cinemática. Caso tenha interessado pelo sistema, no próprio
site da Vitruvius é possível encontrar todos os códigos necessários assim como o
tutorial para o uso do programa.
Site: https://www.eumotus.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: $ 7.200,00 por ano
Especificações de hardware:
Windows 10
Porta de entrada USB 3.0

Criado em 2015 no Harvard Innovation Lab, o software EuMotus foi um dos


primeiros sistemas de captura do movimento humano em 3D sem marcadores,
também adotado por grandes empresas e Universidades, o software realiza análises
de vários movimentos pré-estabelecidos afim de otimizar um resultado terapêutico,
bem como identificar disfunções musculares baseado em um banco de dados de
inúmeros estudos científicos. O sistema indica quais músculos estão comprometidos
bem como os ângulos articulares nos planos frontal, coronal, transverso e sagital
classificando os níveis de estabilidade e simetria dos mesmos.
Através do EuMotus é possível também obter gráficos dos ângulos de
rotações articulares paralelo ao tempo de movimento, e assim como a maioria dos
softwares, os dados obtidos podem ser exportados para um arquivo em PDF e
comparado com avaliações posteriores.
Site: https://www.swinguru.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: O sistema Swinguru disponibiliza duas versões do software sendo uma mais
simples e outra mais completa, cada uma delas possuem 4 planos para aquisição
de acordo com o período de licença, e no site é possível encontrar diversos outros
pacotes que incluem até mesmo o sensor Kinect e seu adaptador.
PLANOS MY SWINGURU SWINGURU PRÓ
1 ANO $ 299,00 $ 1199,00
2 ANOS $ 399,00 $ 1799,00
3 ANOS $ 499,00 $ 2299,00
VITALÍCIO $ 899,00 $ 5999,00

Especificações de hardware:
Apesar de especificações bem semelhantes, a versão mais completa do Swinguru
exige hardwares um pouco mais sofisticados.
Windows 8.1 (64 bit) ou 10 para ambas as versões.
Porta de entrada USB 3.0 para ambas as versões.
Processador Intel Core i5 e superior (64 bit) para o soft My Swinguru e i7 e superior
(64 bit) para o Swinguru Pró.
Disco Rígido de 500 GB para a versão mais simples e de 1TB para versão mais
completa.
O Swinguru é um software que foi desenvolvido especificamente para três
esportes, Golfe, Basebol e Softbol, e embora haja essa restrição é possível utilizá-
lo para outros esportes de patrões motores similares, onde o giro de tronco seja uma
característica fundamental, como no tênis, lançamento de disco ou lançamento de
dardo por exemplo.
As duas versões do software possibilitam a captura e reprodução do
movimento de forma automática, análise do giro, comparação entre os lados
esquerdo e direito, envio de dados e vídeos para Swinguru Cloud (Espécie de conta
em nuvem), ferramentas de desenhos automatizados e localização do centro de
massa.
O que difere o My Swinguru do Swinguru Pró é que a versão mais completa
permite a criação de perfis para treinadores e atletas, enquanto a versão mais
simples permite criar apenas perfis de 5 jogadores. Também, a versão Pró possibilita
visualização de uma tabela de dados de métricas de todo o corpo, biofeedback da
postura em 3D, ferramenta de desenhos manuais, angulações de rotação em
joelhos, quadris e ombros e análise do Centro de Pressão, já a versão mais simples
não disponibiliza essas possibilidades. Vale ressaltar que o sistema mais acessível
só permite a visualização de replays em 2D e no máximo duas portas de
visualização sincronizada, enquanto o Swinguru Pró possibilita replays em 2D e 3D
e até 4 portas de visualizações sincronizadas. A imensa gama de possibilidades da
versão completa justifica a discrepância do valor entre ambas, além disso a mesma
possibilita integração de dispositivos externos, como a plataforma de força, radar
para medir velocidade da bola ou câmera de vídeo que atuaria de forma integrada
ao Kinect já que o sensor da Microsoft só capta 30 frames por segundo.
Site: https://www.kinetisense.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: Assim como o software anterior, o Kinetisense também fornece duas versões
do seu sistema através de 6 planos diferentes também baseados no período de
licença, com a vantagem de adicionar licenças do mesmo plano a outros
computadores por menos da metade do preço que foi pago no primeiro.
PLANO KINETISENSE HEALTHCARE KINETISENSE PRÓ
1 ANO $ 1495,00 $ 1895,00
2 ANOS $ 2690,00 $ 3410,00
3 ANOS $ 3810,00 $ 4830,00
4 ANOS $ 4785,00 $ 6065,00
5 ANOS $ 5605,00 $ 7105,00
VITALÍCIO $ 10465,00 $ 13265,00

Especificações de hardware:
SO: Windows 10.
CPU: Intel i7 8750H ou superior.
Porta de entrada USB 3.0.
8 GB de memória
Unidade de disco rígido de 7200 RPM de 1 TB ou SSD de no mínimo 512 GB em
caso de notebook, se optar por um computador convencional o indicado seria uma
unidade de disco rígido de 7TB RPM de 7TB ou SSD de no mínimo 1 TB.
Vale ressaltar que as especificações das unidades de discos rígidos ou SSD são
válidas caso opte por gravações de movimentos funcionais a cores e em alta
definição, caso deseje escolher por vídeos em preto e branco não é necessário SSD.
Sem dúvidas o Kinetisense é um dos sistemas de análise do movimento
humano sem marcadores mais completo e com gráficos mais robustos do mercado.
As diversas formas de avaliações fornecidas pelo software são classificadas em 5
módulos: 3D ROM, 3D Posture, 3D Balance, 3D Funcional Movement e o KAMS,
sendo que este último só é liberado para a versão Pró do programa, os relatórios
obtidos pelo Kinetisense são armazenados no sistema de nuvem da Microsoft Azure,
mas as avaliações podem ser feitas em locais sem internet e os dados são
exportados automaticamente assim que o computador estiver conectado.

3D ROM
O sistema 3D Range of Motion (ROM) possibilita a análise da amplitude de
movimento, seja para avaliar uma mobilidade articular específica em um esporte ou
o progresso de um paciente em reabilitação, isso porque o sistema possibilita a
leitura de 48 amplitudes em 25 segmentos, podendo configurar quando se trata de
ADM ativa (sem auxílio) ou ADM passiva (quando existe assistência de um
fisioterapeuta ou outro profissional). Os relatórios obtidos avaliam os dados
comparativos baseados em pontuação para o melhor entendimento até mesmo do
indivíduo avaliado.
3D POSTURE
O sistema de análise postural da Kinetisense realiza diversos testes nos planos
frontal, sagital e transverso com um único sensor frontal, gerando relatórios e
apontando possíveis disfunções posturais em tempo real, o rápido feedback facilita
o trabalho do profissional e entendimento do cliente, os dados obtidos também são
exportados para nuvem.

877
3D BALANCE
No módulo 3D Balance é possível avaliar o equilíbrio do cliente através de 20
testes preestabelecidos pelo sistema, dentre eles o protocolo BESS. A forma de
avaliação do software analisa cada segmento do corpo em relação à oscilação do
plano transversal e à inclinação do plano frontal, através disso é possível obter
informações do Centro de Pressão (CoP) e dados quantitativos da instabilidade de
um indivíduo, facilitando a prescrição e a análise comparativa da evolução do
processo terapêutico ou treinamento.
3D FUNCIONAL MOVEMENT
Este módulo permite que Fisioterapeutas e profissionais de Educação Física
avaliem variações de padrões motores para otimizarem a prescrição tanto do
processo terapêutico quanto treinamento, analisando em tempo real o desempenho
de seus clientes e dando um feedback imediato sobre o movimento realizado, além
disso a obtenção dos vídeos em 3D facilita a análise através de três planos, e assim
como os demais módulos é possível exportar os relatórios para a nuvem.
KAMS
O Kinetisense Advanced Movement Screen (KAMS) trata-se do módulo
mais sofisticado do software, através dele é possível analisar 12
movimentos baseados em evidências científicas para indicar qual alteração
motora otimizaria o resultado do treinamento ou da reabilitação bem como
indicar possíveis disfunções musculoesqueléticas, tudo isso em menos d e
3 minutos. Além disso, os relatórios emitidos pelo KAMS são mais
detalhados, podendo o profissional transmitir ao seu cliente uma avaliação
mais detalhada dos aspectos motores bem como ter mais eficácia na
prescrição.
Site: https://www.qinematic.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: Custo médio para avaliadores é de € 12,00 por scanner.
Especificações de hardware:
SO: Windows 8.1 ou 10.
CPU: i7 Quadcore 3.1 GHz ou superior.
Porta de entrada USB 3.0.
8 GB de memória RAM ou superior.
2 GB de espaço livre em disco na unidade do sistema.
Placa de vídeo recomendada: Nvidia 850+ ou qualquer placa de vídeo compatível
com DX11 com no mínimo 2GB.
Conexão com Internet.

A Qinematic é uma empresa desenvolvedora de softwares para análise do


movimento humano em 3D, o seu sistema possui dois programas, o Posture Scan
e o Movement Lab, além disso o software conta com um aplicativo para
smartphone onde é possível acompanhar os relatórios das avaliações realizadas.
É possível encontrar diversos artigos científicos que comparam o programa a
aparelhos padrão ouro para análise cinemática, todos validando o sistema para
obtenção de dados quantitativos do movimento humano.
Na abertura do site da Qinematic aparecem três opções para você se
identificar como um avaliador, como avaliado ou apenas obter informações sobre
o sistema, isso porque para utilizar qualquer programa Qinematic é preciso criar
uma conta e aguardar aprovação para ter acesso a área que oferece o serviço.

POSTURE SCAN
Ao iniciar a avaliação através sistema de análise postural da Qinematic, é
necessário equilibrar-se ou agachar-se usando apenas uma perna, isso vai indicar
ao sistema qual nível motor o indivíduo se encontra, em seguida 7 movimentos que
devem ser reproduzidos pelo avaliado baseado em protocolos pré-determinados.
Cada movimento é escaneado através da nuvem de pontos do sensor Kinect para
obtenção de dados quantitativos, também é levado em consideração informações
como idade, sexo, histórico vestibular, e membro dominante.
MOVEMENT LAB
Através do software Movement Lab, Fisioterapeutas e Treinadores podem obter
vídeos em 3D para análise mais detalhada do movimento com medidas objetivas,
gráficos e relatórios eletrônicos. Todo o sistema de leitura da Qinematic é através
de nuvem de pontos do Kinect. Vale ressaltar que os relatórios de ambos os
programas podem ser baixados em PDF ou compartilhados com terceiros.
Site: https://www.valdperformance.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: $ 10.075 por 3 anos de licença do software.
Especificações de hardware:
A aquisição do programa já inclui um Notebook personalizado pela Vald
Performance com hardware apropriado para o uso do Humantrak, além disso o Kit
inclui o sensor Kinect V2 com adaptador, tripé, 4x sensores IMT, 1 receptor
Humantrak, correias IMU para tornozelos e 4 cabos de carregadores IMU junto com
o hub do carregador IMU.

Diferentemente dos demais softwares listados nesse e-book, o Humantrak


inclui 4 sensores de inércia, dois para pulsos e dois para tornozelos, estes sensores
enviam sinais para um receptor USB que aliado ao programa captura o movimento
de forma combinada com o sensor Kinect, aumentando a precisão do rastreamento.
O sistema Humantrak possui gráficos modernos, emite relatórios detalhados,
criação de treinos personalizados e possibilita diversas avaliações de postura,
equilíbrio, amplitudes de movimentos e testes dinâmicos, todos baseados em
protocolos preestabelecidos. O programa ainda possui a opção “Research Mode”,
uma alternativa para pesquisadores e profissionais obterem informações sem seguir
um protocolo específico, a alternativa possibilita captar e anexar em Excel dados
quantitativos do movimento como: tempo, posicionamento (y, x e z em metros),
quaterniões, graus de saltos e amplitudes de movimento, forças de reação do solo,
forças, acelerações e momentos conjuntos, velocidades e acelerações angulares
das articulações, potência das juntas, acelerômetro IMU e giroscópio IMU.
Site: http://ipisoft.com/
Sensor compatível: Kinect V1, Kinect V2 ou Kinect Azure.
Preço: A Ipi Soft é uma empresa desenvolvedora de softwares para captação de
movimentos, ela fornece sistemas de captura que podem ser adicionados a
extensões para criação de animações em 3D ou obtenção de dados biomecânicos.
Listamos aqui os valores unitários de cada versão do sistema de captura e também
os planos em que incluem o programa “Biomech add-on” para obtenção de dados
quantitativos do movimento humano.
Versões dos Valor Unitário + Biomech add-on
Softwares
IPI RECORDER Gratuito Não incluso
IPI MOCAP STUDIO Grátis por 30 dias Não incluso
Plano Perpétuo Anual Perpétuo
EXPRESS $ 195,00 $ 1190,00
BASIC $ 695,00 $ 840,00 $ 1690,00
PRO $ 1995,00 $ 1490,00 $ 2990,00
Plano Perpétuo Anual Trimensal
BIOMECH ADD-ON $ 995,00 $ 495,00 $ 245,00

Especificações de hardware:
SO: Windows 7, 8, 8.1 ou 10 de 32 ou 64 bits. (O sistema operacional depende do
sensor utilizado).
Placa de vídeo compatível com DirectX 11.
Dois ou mais portas de entrada USB 3.0 (A depender o sistema utilizado é possível
realizar capturas com até 4 sensores da Microsoft).
Um dos melhores custo-benefício do mercado, o sistema Ipi Soft se destaca
por ser um programa compatível com todas as versões do Kinect e também com a
Câmera Sony PlayStation3 Eye, além disso é possível realizar calibração utilizando
o controlador de movimentos do PlayStation Move.
Por ser um software que permite a captação de movimentos com mais de um
sensor Kinect, as margens de erros provocadas por oclusões de membros são
reduzidas de forma significativa, já que cada um dos sensores realiza captura
através de 3 planos.
A captura, reprodução e processamento dos registros de vídeos das câmeras
de profundidade são realizados pelo programa Ipi Recorder, que pode ser baixado
gratuitamente, mas o rastreamento dos movimentos captados só pode ser realizado
através do Ipi Mocap Studio, que disponibiliza 3 versões pagas, a Express, a Basic
e a Pró, listamos as principais particularidades que diferem os 3 sistemas segundo
o próprio site.
Versão Descrição Prós Contras
Funciona apenas com Fácil configuração, Captura movimentos
Express 1 sensor Kinect. sem necessidade de simples (mais lentos).
Fácil de usar. calibragem. Área de captura - 2m²
Funciona com até 2 Captura movimentos Configuração mais
sensores Kinects. mais rápidos. complexa, necessita
Inclui todos os Melhor relação de calibração.
Basic recursos básicos para preço/desempenho. Rastreia apenas uma
mocap de alta pessoa.
precisão.
Funciona com até 4 Captura movimentos Rastreia de forma
sensores Kinects. rápidos com ainda mais lenta por ter
Pró Inclui todos os mais precisão. mais câmeras.
recursos avançados. Rastreamento de até Mais caro.
2 pessoas. Área de captura - 8m²
Após baixar o Ipi Recorder e adquirir o Ipi Mocap Studio que mais se adequa
a sua realidade, é necessário adicionar a extensão Biomech Add-On para coletar
dados biomecânicos do movimento humano. Vale ressaltar que a Ipi Soft
disponibiliza descontos de 30% através do programa de Licenciamento Educacional,
restrito a estudantes e instituições de ensino, o programa é restrito a pesquisas, não
podendo o usuário utilizar para fins comerciais ou profissionais.

BIOMECH ADD-ON

Através da extensão Biomech Add-On é possível realizar análise da marcha e


de movimentos esportivos bem como produzir pesquisas referentes a cinemática
humana em 3D. Os dados obtidos podem ser exportados em diversos formatos.
O sistema fornece dados lineares e angulares para segmentos selecionados além
de coordenada linear, velocidade, aceleração, ângulos de Euler, velocidade e
aceleração angular, quaterniões e matrizes de rotação. Ao selecionar sistemas de
coordenadas é possível obter dados Lineares: Absoluto (relativo ao piso), à
articulação parental e ao centro de massa; e dados Angulares: Absoluto (relativo ao
piso) e relativo à articulação parental. Os dados obtidos podem ser exportados para
EXCEL ou MATLAB. Apesar de não possuir gráficos tão modernos como os
sistemas descritos anteriormente, o software Ipi Soft é uma alternativa e tanto para
quem busca uma opção eficiente e acessível.
Site: http://www.virtualsensei.it/lite/
Sensor compatível: Kinect V1
Preço: Gratuito
Especificações de hardware:
SO: Windows XP, Vista ou 7.
1 Porta de entrada USB 3.0.
É necessário instalar alguns programas disponíveis no site antes da instalação do
Virtual Sensei Lite. O link a seguir contém o passo-a-passo da instalação.
(http://www.virtualsensei.it/lite/help/)

Criado especificamente para análise de artes marciais, o software italiano


Virtual Sensei Lite é um dos poucos no mercado a fornecer dados cinéticos do
movimento. Como não possui marcadores, os dados de força são obtidos baseados
nas informações de massa e velocidade. O programa também disponibiliza
velocidade dos pontos distais além de imagens dos movimentos em 3D.
Apesar de ser compatível apenas com a versão mais antiga do Kinect, o
sistema já foi utilizado pela seleção italiana de Karatê.
Não foram encontrados artigos que validassem os dados cinéticos obtidos pelo
programa, mas sabe-se que o fato do sensor Kinect ter potencial de apenas 30 FPS,
movimentos rápidos não podem ser captados com tanta precisão, o próprio site
alerta sobre a imprecisão dos dados biomecânicos fornecidos pelo sistema, mas
também ressalva que esta é uma versão simplificada de um software que ainda está
em desenvolvimento.
Site: http://3dgaitanalysis.com/kinetigait/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: O sistema KinetiGait fornece uma versão Demo por tempo limitado e dois
planos pagos, a Licença mensal que custa $200,00 e licença anual que custa
$2000,00.
Especificações de hardware:
SO: Windows 10.
1 Porta de entrada USB 3.0.

O KinetiGait é um sistema desenvolvido baseado nas mais recentes


pesquisas sobre biomecânica da marcha, com alta precisão, o programa analisa
todo o corpo e descreve cada ciclo da marca do indivíduo avaliado, indicando
qualquer mecânica atípica da marcha saudável, além disso o sistema fornece
relatórios em menos de 5 minutos e mapeia o movimento 3D em tempo real.
Site: http://www.bewegingstechnologie.com/software/nl/kinec-tics-2/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: Gratuito.
Especificações de hardware:
SO: Windows 8, 8.1 ou 10.
1 Porta de entrada USB 3.0.
CPU Intel 64 bits ou superior.
Dual Core de 3,1 GHz ou superior.
Placa de Vídeo que suporta DirectX.

A Bewegings Technologie é uma empresa Holandesa desenvolvedora de


softwares para obtenção de dados quantitativos do movimento de baixo custo, além
do Kinec-Tics, que utiliza o Kinect para a obtenção dos dados, a empresa
desenvolveu também o software BTwii, que através da Wii Balance Board é possível
mensurar dados do equilíbrio do avaliado.
Todos os softwares da Bewegings Technologie estão em desenvolvimento
constante, abertos a sugestões e são gratuitos, recentemente a empresa anunciou
o fim da atualização do Kinec-tics devido ao fim da fabricação do Kinect, mas o
software ainda pode ser baixado e utilizado normalmente.
Através dele é possível obter dados angulares baseados no esqueleto do
Kinect, além da posição em 3D, os dados podem ser exportados para arquivos de
Excel.

Demonstração dos arquivos exportados.

Apesar de ser um programa bastante simples, estudos validaram o sistema


Kinec-tics para análise do movimento humano em comparação com um sistema
padrão ouro para mocap com marcadores.
Site: https://www.assesslinkpe.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: O sistema AssessLinkPE fornece planos baseados na quantidade de
avaliações que é possível realizar com a ferramenta.
Licenças Limite de avaliações Valor
Anual Até 250 avaliações. US $ 99,00
Anual Até 500 avaliações. US $ 199,00
Permanente Até 250 avaliações US $ 750,00
Estendida 501-750 US $ 2000,00
Distrital 1001-1500 US $ 3000,00

Especificações de hardware:
SO: Windows 8.1 (64 bits) ou 10.
Processador Intel Core I5 ou superior (64 bits) - O site aconselha não utilizar a sétima
geração.
16 GB de memória RAM.
SSD de 1 TB para desktop ou de 512 GB para notebook.
Placa de vídeo Nvidia GeForce GTX 740 ou 750 ti7 para desktop ou Nvidia GeForce
GTX 960M para notebook. Ambos Intel 530 HD
1 Porta de entrada USB 3.0.

Desenvolvido com o propósito de ajudar professores de Educação Física a


monitorar o desenvolvimento motor de alunos em escolas, o software AssessLinkPE
também pode ser utilizado em outros ambientes onde a análise motora é necessária.
O software conta com 9 testes avaliativos, sendo 4 de habilidades motoras,
4 de movimentos esportivos e 1 teste fitness, todos baseados no protocolo
utilizado pela SHAPE América (Society of Heath and Physical Educators), e a
avaliação é feita através de um score que indica o percentual da eficiência motora.
FitnessGram® 90° Push-Up

O teste Fitness da AssessLinkPE contabiliza o número de flexões avaliando cadências dos


ombros, cotovelos, joelhos e tornozelos.

Skipping
O Skipping trata-se de um teste de saltos dividido em 3 fases. Após uma
sequência de repetições as 3 melhores performances são avaliadas e utilizadas para
dar sequência as etapas.
Overhand Throw
O Overhand é um teste de arremesso dividido em 5 fases: Posição inicial,
passada, movimento do braço, liberação da bola e acompanhamento. O sistema
analisa o posicionamento da cabeça, o movimento de rotação de tronco, cadência
das coxas, joelhos, ombros e cotovelos.
Leap
O teste de salto horizontal consiste numa avaliação na qual o indivíduo deve
saltar com um pé e aterrissar com o outro, a análise é dividida em 3 fases, suporte
único, voo e touchdown. O programa avalia o score das principais articulações
envolvidas no movimento.
Vertical Jump and Land
No teste de salto vertical são avaliadas 5 etapas do movimento: a posição
inicial, o pré-salto, o voo, o início de touchdown e o final de touchdown. O sistema
avalia a altura do salto e indica o ângulo Q do indivíduo avaliado.
Soccer Kick
O teste do chute de futebol é dividido em 4 etapas, posicionamento inicial,
a inicialização do chute, o contato com a bola, e o acompanhamento. Assim como
a maioria dos testes é avaliado o score de eficiência das principais articulações
envolvidas.

Volleyball Forearm Pass


A análise do movimento de manchete do Voleibol é dividida em 4 etapas:
Posição inicial, movimento do braço, contato com a bola e acompanhamento.
Também é feito um score das principais articulações.
Galloping
O teste de galope é dividido em 3 fases, suporte duplo, suporte unilateral, e
o voo. Ao final do teste é feito um score das 3 melhores fases depois de uma
sequência de repetições.
Tennis Forehand
O teste de golpe de raquete no tênis é baseado no treinamento da USTA (United
States Tennis Association). O sistema avalia o movimento em 5 fases: posição
inicial, levantamento da raquete, retrocesso, contato e acompanhamento. Os dados
indicam as rotações de tronco e ombro além do score das demais articulações.
Site: http://physicaltech.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: No site é possível fazer download de uma versão Demo. O software é
vendido de forma vitalícia por € 3400,00 com o sensor e adaptador ou € 2990,00
apenas o programa, os valores incluem treinamento e suporte técnico da empresa
representante.
Especificações de hardware:
SO: Windows 8, 8.1 ou 10.
Processador 64 bits (x64).
Dual-core, 3.1-GHz ou superior.
8 GB de memória RAM.
1 Porta de entrada USB 3.0.
Placa de vídeo compatível com DirectX 11c.

O Adibas Posture é um dos poucos softwares existentes que utiliza todas as


possibilidades que o sensor Kinect é capaz de fornecer, desde o esqueleto, a
câmera de profundidade e a nuvem de pontos. O fato de aproveitar tão bem todo o
hardware do sensor da Microsof fez do programa que foi desenvolvido pela Physical
Tech um dos mais completos do mercado.
Os sistemas criados para análise postural através do Kinect sempre deixaram
a desejar a análise de alguns pontos de processos ósseos que normalmente são
mensurados através da Biofotogrametria, isso porque a grande maioria explorava
apenas o esqueleto do Kinect para obter dados quantitativos, mas o banco de dados
da Microsoft não inclui esqueletos com escoliose por exemplo. Através do Adibas
Posture é feita uma varredura utilizando a câmera de profundidade do sensor,
identificando todo o segmento vertebral, escápulas e outros pontos não mapeados
com o esqueleto do Kinect, dessa forma é possível identificar e medir graus de
hiperlordose, hipercifose ou escoliose, além de mensurar rotações corporais, obter
dados da postura em 3D e realizar testes funcionais estáticos e dinâmicos.
Exemplo de avaliação do Adibas Posture utilizando a câmera de profundidade.
Análise do segmento vertebral.

Exemplo de avaliação do Adibas Posture utilizando o esqueleto do Kinect.


Avaliação do ângulo Q
Exemplo de avaliação do Adibas Posture utilizando a nuvem de pontos.

Vale ressaltar que o fato de poder extrair a imagem em 3D através da nuvem de


pontos, o software Adibas possibilita a marcação manual de segmentos sem a
necessidade de se limitar ao esqueleto do Kinect é capaz, o que amplia ainda mais
as possibilidades com o programa. Um exemplo disso é a análise da síndrome de
disfunção mandibular e postura crânio-cervical, além de outras avaliações também
descritas no site, onde marcadores simples como adesivos circulares ou esferas de
isopor podem ser fixadas em pontos estratégicos e mensuradas através do
programa.
Site: http://www.uincare.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: Não informado.
Especificações de hardware:
SO: Windows 10.
1 Porta de entrada USB 3.0.

O UinCare é um sistema desenvolvido na Coreia do Sul exclusivo para


Gameterapia, qual o processo de reabilitação é feito de forma interativa com jogos
virtuais criados cuidadosamente para proporcionar um tratamento lúdico e transmitir
informações do quadro clínico e dados quantitativos do movimento ao fisioterapeuta.
O software UinCare possui gráficos modernos e uma versão para o paciente dar
prosseguimento a terapia em sua própria casa, a alternativa possibilita um
monitoramento a distância do profissional responsável, além disso existe a versão
Uincare Pró, exclusiva para ambientes de reabilitação, através dessa ferramenta é
possível prescrever atividades mais complexas, obter dados biomecânicos mais
detalhados e fornecer maior variedade de jogos para Gameterapia.
Site: https://www.movecorrectly.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: Versão demo para Download. Orçamento não informado.
Especificações de hardware:
SO: Windows 10.
1 Porta de entrada USB 3.0.

Lançado em Cingapura em 2013, o software Move Correctly é um sistema de


análise postural em 3D que avalia os padrões motores e posturais do usuário e
indica recomendações corretivas ao profissional. O programa realiza cálculos de
rotação e ângulos articulares através de vários testes preestabelecidos além de
possuir uma ferramenta que funciona como biofotogrametria computadorizada, onde
é feito o escaneamento 3D do avaliado e mensurado possíveis alterações posturais.
O sistema fornece relatório com os dados obtidos que podem ser compartilhados
com o cliente.
Site: http://motognosis.com/
Sensor compatível: Kinect V2 e Kinect Azure.
Preço: Orçamento não informado.
Especificações de hardware:
SO: Windows 10.
1 Porta de entrada USB 3.0.

O Motognosis é um sistema desenvolvido para identificar e analisar


disfunções motoras em indivíduos com doenças neurológicas, como esclerose
múltipla, AVC, Parkinson, dentre outras. Criado em Berlin, o software fornece mais
de 50 avaliações de diversas funções motoras que identificam parâmetros clínicos
referentes as limitações funcionais dos avaliados, como desequilíbrio postural,
comprometimento da marcha, assimetria e hipocinesia dos membros. O programa
mensura a amplitude e velocidade do movimento, força produzida, velocidade
angular, Centro de Pressão e os movimentos compensatórios, gerando relatórios
que podem ser exportados no formato PDF em poucos minutos.
O sistema é um dos poucos que utiliza todas as possibilidades que o Kinect
fornece, desde a câmera de profundidade, infravermelho, esqueleto e possibilita a
exportação dos vídeos em 3D.

O fato de ser um programa desenvolvido para análises motoras referentes a


patologias neurológicas não impossibilita o uso da ferramenta para avaliar outras
disfunções. Diversos estudos utilizaram e validaram o software para análise
postural, cinemática e diversas outras vertentes, as referências dos artigos podem
ser encontradas no próprio site da Motognosis.
Site: http://www.franklins.net/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: Gratuito.
Especificações de hardware:
SO: Windows 8.1 ou 10.
1 Porta de entrada USB 3.0.

O Gesture Pak é um programa bastante simples, com poucos recursos, mas


que possibilita a exportação de movimentos em 3D no formado xml além de rastrear
cada uma das 25 articulações do esqueleto Kinect ou simplesmente os eixos das
coordenadas x, y e/ou z.
Site: https://www.kitmanlabs.com/
Sensor compatível: Kinect V2
Preço: O software Kitman Capture é gratuito para membros da Kitman Labs, no
entanto para se tornar membro custa € 25000,00 por ano.
Especificações de hardware:
SO: Windows 10, versão 17763.0 ou superior.
1 Porta de entrada USB 3.0.

Exclusivo para membros de organizações esportivas que usam o sistema


Kitman Labs, o software Kitman se torna o menos acessível entre todos os
programas listados, através dele é possível obter dados quantitativos do movimento
e avaliações posturais semelhantes ao software Kinetisense, mas com gráficos mais
simples. Assim como a maioria dos sistemas, os relatórios das avaliações são
armazenados em nuvem e podem ser exportadas em outros formatos. O sistema
está disponível para download na loja da Microsoft, no entanto a limitação impede o
uso caso não seja um membro da Kitman Labs.
Site: https://brekel.com
Sensor compatível: Kinect V1, Kinect V2 ou Kinect Azure.
Preço: O sistema Brekel possui diversos softwares, cada um com valor
correspondente a aquisição perpétua. Listamos os mais relevantes para
profissionais de Educação Física e Fisioterapia.
SOFTWARE KINECT PREÇO
Brekel Kinect V1 GRATUITO
Brekel Body V1 V1 $ 79
Brekel Body V2 V2 $ 139
Brekel Body V3 Azure Grátis p/ teste.
A versão Brekel Body V3 para Kinect Azure não está disponível para compra, a
Brekel disponibiliza uma versão Demo para testes. O preço e a data de lançamento
oficial ainda não foram divulgados, mas o site informa que uma vez lançado, haverá
desconto para as versões Brekel Body V1 e V2.
Todos os softwares da Brekel disponibilizam versões Demo de 30 dias.
Especificações de hardware:
SO: Windows 7, 8, 8.1 ou 10 (A depender do software utilizado).
Processador Intel Core i5 ou superior, de 32 ou 64 bits (A depender do software
utilizado).
Placa de vídeo compatível com OpenGL em caso de Kinect V1 ou DirectX11 em
caso de Kinect V2.
Memória RAM de 4 a 8 GB (A depender do software utilizado).
1 Porta de entrada USB 2.0 ou 3.0 (A depender do software utilizado).
Por ser bastante acessível e de fácil manuseio, o software Brekel é uma
alternativa e tanto para quem busca sistemas ótico para análise cinemática e
possibilidade de exportação do movimento em 3D em diversos formatos, mas vale
ressaltar que o sistema não fornece dados quantitativos, mas por ser de código
aberto possibilita integração com outros programas para extrair dados numéricos
das coordenadas do esqueleto do Kinect.
Os sistemas Brekel Body V1 e V2 não se diferem muito no que diz respeito as
possibilidades de captação, mas o V2 possui leves melhorias e maiores
possibilidades de visualização do esqueleto se comparado a primeira versão.

Imagem do software Brekel Body V1.

Imagem do software Brekel Body V2.


Site: http://portail.rmingenierie.net/
Sensor compatível: Kinect V1 e Kinect V2.
Preço: Não informado.
Especificações de hardware:
Em caso da aquisição do Plano Premium já inclui um computador com todas as
especificações necessárias além de uma tela Touch screen.
Em caso de aquisição do Plano À La Carte é necessário ter um PC que atenda as
especificações de hardware necessárias.
SO: Windows 8.1 ou 10
Processador de 64 bits.
1 Porta de entrada 3.0.

Assim como o software Uincare, o sistema Kinapsys também foi criado para
ser uma ferramenta poderosa na Gameterapia, fornecendo diversos jogos para
reabilitação e enviando dados quantitativos do movimento e quadro clínico do
paciente ao fisioterapeuta.
Site: https://www.velogicfit.com/
Sensor compatível: Kinect V2.
Preço: O sistema VelogicFit 3D oferece duas versões de softwares através de
planos mensais e anuais.
Software Por mês Por ano
3D Motion US $ 199,00 US $ 1990,00
3D Aero US $ 89,00 US 890,00

Especificações de hardware:
SO: Windows 8.1 ou 10 de 64 bits.
Core i5 ou superior
1 Porta de entrada 3.0.

Desenvolvido na Nova Zelândia, o software VelogicFit 3D é um dos poucos


no mundo a utilizar o Kinect para análise cinemática no ciclismo, isso porque o
sensor da Microsoft sofre em casos de oclusões de membros e objetos próximos ao
indivíduo rastreado, nesse caso a própria Bicicleta poderia atrapalhar o
rastreamento. A ideia adotada pelos criadores é semelhante à utilizada pelo software
Adibas Posture, após a marcação dos segmentos com marcadores refletivos, o
usuário configura o esqueleto afim de calibrar o Kinect. O sistema VelogicFit 3D está
presente em 30 países e possui duas versões diferentes, a 3D Motion e a 3D Aero.

3D MOTION

O 3D Motion é um programa para ajuste da bicicleta e captação do ciclista no


plano sagital. A versão inclui um kit composto pelo sensor Kinect, adaptador Kinect,
Saddle Jig (para ajuste do selim), 7 rolos de marcadores VF, varinha de medição
além de suporte e treinamento da empresa. O sistema funciona da seguinte
maneira: Após preencher os dados do indivíduo avaliado, o avaliador registra os
principais pontos da bicicleta com a varinha de medição e marca os principais
segmentos do ciclista com os marcadores VF, a análise da pedalada fornece os
ângulos articulares, movimentos conjuntos, alinhamentos, cadência e potência.

Os dados obtidos indicam os principais ajustes que a bike necessita para otimizar o
desempenho do atleta e evitar lesões resultantes da má regulagem da altura do
selim em relação ao joelho, do alinhamento da face da patela com o pedal, dentre
outras.
3D AERO
O 3D Aero é um sistema de análise do movimento no plano frontal que
avalia a aerodinâmica no ciclismo, como um túnel do vento virtual. Através do
rastreamento do Kinect, o programa realiza uma espécie de chroma key, isolando o
ciclista e a bicicleta de todo espaço a sua volta e identificando os parâmetros que
podem impactar na aerodinâmica, como a distância dos cotovelos ao tronco,
alinhamento de tronco ao solo, proximidade dos joelhos ao quadro da bicicleta,
dentre outros, além disso o sistema mensura a potência e gera relatórios em poucos
minutos, indicando alterações das posições de cotovelos e mãos, altura do guidão
e selim, além de alterações posturais, a fim de aumentar a velocidade e economizar
energia.

Diferente do 3D Motion, o plano para aquisição do 3D Aero não inclui o sensor


Kinect, apenas a licença do software mais o suporte e treinamento da empresa, não
sendo necessário marcados ou varinhas de marcação da bicicleta.
Site: http://www.jintronix.com/
Sensor compatível: Kinect V2.
Preço: Não informado.
Especificações de hardware:
SO: Windows 8, 8.1 ou 10.
Processador de 32 ou 64 bits.
Placa de vídeo compatível com DirectX 11.
1 entrada USB 3.0

Assim como os sistemas Uincare e Kinapsys, o software Jintronix também foi


criado para Gameterapia, fornecendo jogos para reabilitação e avaliando métricas
do movimento do paciente para gerar relatórios que são enviados para o
fisioterapeuta.
Site: https://evolvrehab.com/
Sensor compatível: Kinect V2.
Preço: Não informado.
Especificações de hardware:
SO: Windows 8.1 ou 10.
1 entrada USB 3.0

Seguindo a mesma vertente do software anterior, o sistema Envolvrehab


disponibiliza uma gama de jogos para Gameterapia. O programa possui duas
versões, a Body e a Hands, ambas possuem três módulos, um com testes de
avaliação física, outro de exercícios convencionais e o último com jogos virtuais
terapêuticos, no Body o sistema é capaz de mensuras em tempo real a amplitude
articular, distância da trajetória de um segmento e número de repetições de
exercícios. Já a versão Hands trata-se de um sistema para reabilitação motora fina
das mãos, com exercícios para dedo flexão, extensão, abdução e desvios ulnar e
radial. O software Envolvrehab deve ser configurado para a necessidade terapêutica
de cada paciente. Assim como os demais sistemas listados ele também gera
relatórios do quadro avaliativo do paciente.
Site: https://pmax.co
Sensor compatível: Kinect V2.
Preço: Não informado.
Especificações de hardware:
SO: Windows 8.1 ou 10.
1 entrada USB 3.0

O sistema Physimax fornece avaliações musculoesqueléticas através de


testes de saltos verticais, postura, avaliações de cadência baseadas em pontuações
e realiza triagem de riscos de lesões. O software já foi validado por diversos estudos
inclusive adotado pelo laboratório de pesquisa da Universidade da Carolina do Norte
(EUA). Além das inúmeras avaliações possíveis através do programa, é possível
integrá-lo a plataformas de força para análise da implicância da força de reação do
solo sob o movimento mapeado pelo sensor Kinect. O Physimax já é utilizado em
vários países e já foi adotado por clubes de basquete da NBA e também pelo Clube
de Regatas Flamengo.
Site: https://bikelab.idmatch.it/en/
Sensor compatível: Kinect V2.
Preço: Não informado.
Especificações de hardware:
SO: Windows 8.1 ou 10.
1 entrada USB 3.0

O software Idmatch Bikelab fornece dados quantitativos para análise postural


no ciclismo no plano sagital. O sistema requer um escaneamento do indivíduo no
plano frontal inicialmente, após os testes na bike ele fornece dados como amplitude
articular e postura para indicar a altura adequada do selim e guidão e indicando o
posicionamento correto dos segmentos corporais.
O sistema também já foi alvo de pesquisas sobre captação de movimentos
em 3D sem marcadores no ciclismo, visto que a grande maioria exige mais de um
sensor de captação por possíveis oclusões provocadas pela própria bike. Apesar do
sistema IdMach mapear o o ciclista no plano frontal, o esqueleto do Kinect é
mapeado apenas no plano sagital.
A grande maioria dos softwares desenvolvidos para obtenção de dados
quantitativos do movimento humano são pagos, no entanto, é comum encontrar
sistemas gratuitos de código aberto ou com API que possibilitam desenvolver,
configurar ou integrar programas para mapear as coordenadas x, y e z de cada junta
do esqueleto e mensurar amplitudes de movimento, velocidade linear, angular,
aceleração, centro de massa e outras valências biomecânicas. Alguns dos softwares
listados nesse e-book são open source, como é o caso do Vitruvius e Brekel, a
Microsoft também libera API do SDK do Kinect, outros sistemas muito utilizados para
calcular coordenadas em estudos científicos são o Mokka (Gratuito), SkillSpector
(Gratuito), Kinovea (Gratuito) e o MatLab.

Análise da marcha através do software Mokka.

Existem também softwares que possibilitam a obtenção de pontos diferentes


em um plano cartesiano para cálculos de amplitudes articulares em 2D, a maioria
das ferramentas citadas neste capítulo oferecem essa opção.
Apesar da facilidade de acesso aos programas, é necessário um conhecimento
prévio de programação para configurar os sistemas afim de extrair dados
cinemáticos através de análise computacional, entretanto a maioria dos sites
fornecem tutoriais para o uso dessas ferramentas.
Até então a obtenção de dados quantitativos do movimento humano se
limitou a grandes clínicas e laboratórios, os sistemas considerados padrão ouro para
análise cinemática como Vicon, Qualiys, Polhemus, MVN e MationStar ainda são
inacessíveis aos Fisioterapeutas e Educadores Físicos, aliados a dificuldade de
transporte e tempo de instalação e preparo dos equipamentos.
Apesar das limitações do Kinect referente aos frames por segundos, menor
consistência das coordenadas se comparado aos aparelhos profissionais e
dificuldade de rastreamento quando há oclusão de membros, diversos artigos
científicos validaram o equipamento da Microsoft para análise cinemática,
principalmente quando se trata do mapeamento de coordenadas de movimentos
lentos e não muito distantes.
Existem estudos que desenvolveram adaptações para corrigir de forma
significativa as limitações do sensor, o integrando à uma câmera com maior
potencial de FPS para aumentar a eficiência da captação de movimentos rápidos,
outras experiências e empresas criaram softwares capazes de captar o movimento
em 3D com mais de um Kinect, corrigindo os erros provocados pela oclusão de
membros, alguns desses programas foram citados nesse e-book, como é o caso de
algumas versões do Ipi Soft. Não é incomum encontrar pesquisas que
desenvolveram sistemas para análise cinemática utilizando o Kinect, porém a falta
de uma licença do Microsoft SDK impede comercialização da ferramenta criada.
Alguns softwares listados neste documento são tão caros quanto os aparelhos
padrão ouro para análise cinemática, no entanto eles transparecem o potencial do
sensor da Microsoft, exemplo do sistema Motion Metrix, que quantifica a mudança
de coloração da pele para calcular o gasto energético através da lei de Jaule. Vale
ressaltar que especificamos as possibilidades através do Kinect devido a
popularização do aparelho, sendo de fácil acesso mesmo após o fim da sua
fabricação, mas existem diversos outros sensores de baixo custo com potencial
semelhante ou até superior ao Kinect, mas que não dispõem de uma variedade de
softwares compatíveis, principalmente quando se trata de sistemas para análise
biomecânica.
Não encontrei artigos que fizessem análises comparativas dos softwares
citados, no entanto existem estudos que avaliaram as duas versões do sensor Kinect
de forma simultânea, encontrando resultados quase similares. Espero que algum
dos sistemas listados atenda a sua necessidade, o programa escolhido pode
influenciar muito mais que o aparelho utilizado, mas sempre prevalece a
concordância do olhar avaliativo do que se está vendo com e sem o sensor.
Acredito que o avanço tecnológico irá tornar cada vez mais eficaz e acessível
os aparelhos que possam ser utilizados como ferramenta para profissionais de
Fisioterapia e Educação Física, o crescimento dos chamados “wearable tech” é uma
prova disso.
Sem dúvida alguma, e falo por experiência própria, a inclusão do Kinect em
seu espaço de trabalho agregará um valor imenso ao seu serviço, ainda que com
baixa precisão se comparado aos grandes sistemas de Mocap. Fornecer relatórios
de dados quantitativos do movimento humano não só irá lhe diferenciar dos demais
profissionais como também fidelizará seus clientes. A mente humana é programada
para o desenvolvimento, por isso a tecnologia nos encanta, é a materialização dessa
evolução, e se o mundo evolui, se o mercado evolui, a forma como você presta os
seus serviços também deve evoluir.