Você está na página 1de 2

Leia o texto com muita atenção e realize as atividades.

A Tradição Oral
(Adecir Pozzer)

O ser humano nasce e cresce inserido num determinado contexto cultural, do qual
assume valores, comportamentos, conhecimentos, hábitos, crenças e costumes que farão parte
da sua vida. Esse conjunto de elementos, herdados e assumidos pelo ser humano, denomina-
se tradição, sendo que a forma mais antiga de transmiti-la é por meio da oralidade.
Mas o que vem a ser mesmo a tradição oral?
O termo oral refere-se à fala emitida por meio de linguagens constituídas de
significados nas diferentes culturas. Portanto, a tradição oral é uma espécie de cultivo da
memória dos princípios, valores, ensinamentos e crenças que sempre serviram de referência à
convivência das pessoas pertencentes a uma cultura ou povo. Esses conhecimentos foram
transmitidos oralmente de geração em geração em forma de relatos, cantos, danças, rituais
poesias e histórias.
Ah! E por falar em histórias, estas sempre foram muito contadas pelos adultos e,
especialmente, idosos, para orientar as crianças e os jovens, apresentando por meio delas
ensinamentos sobre a maneira mais adequada, em cada cultura, de se relacionar com o outro:
ser humano, natureza, Transcendente.
A transmissão oral tinha como objetivo manter vivos os ensinamentos dos
antepassados para explicar a origem do universo, dos seres humanos, da terra, das águas, das
aves ,dos animais e demais seres, presentes no mundo.

Na Tradição Oral: Ensinar e Aprender


Muitas são as formas utilizadas para ensinar e aprender alguma coisa. Uma delas, que
acompanha o ser humano por séculos, é a transmissão oral, que envolve dois instrumentos: a
voz e a escuta. Por meio desses instrumentos, torna-se possível transmitir e conversar, por
gerações, os valores, os ritos, as histórias e a visão de mundo de uma cultura.
Certamente, em sua vida, você ouviu muitas histórias contadas por seus pais, avós,
amigos, e cada uma delas estava associada a um fato importante na vida da pessoa que a
contou. No entanto, há histórias que ouvimos que se tornaram importantes para nós porque
sua mensagem mexeu com nossa emoção e admiração, como também nos possibilitou refletir
e adquirir um novo conhecimento, mesmo quando não são relacionadas diretamente à nossa
vida ou à das pessoas com as quais convivemos.

POZZER, Adecir. Redescobrindo o universo religioso. V.06. Petrópolis: Vozes, 2011.

É importante aprender a ouvir os relatos das pessoas idosas e respeitar o


conhecimento que possuem, pois a partir dele nos apresentam experiências e conhecimentos
importantes para o nosso desenvolvimento.

Atividade:
Em tempos de Covid 19 essa entrevista pode ser realizada com os pais ou com os seus avós de
forma on-line

Para valorizar o conhecimento dos idosos, entreviste um idoso. Podem ser seus avós, bisavós,
vizinhos, parentes ou amigos. Não se esqueça de pedir autorização dos pais.
Se você não conseguir entrevistar um idoso, pode fazer a entrevista com seus pais ou parentes.
Durante a entrevista, conserve sobre:
○ fatos marcantes da vida;
○ o modo como foram educados;
○ quais ensinamentos gostariam de transmitir à atual e futuras gerações.

Anote em seu caderno o nome da pessoa que você entrevistou e o relato da conversa.

Organização: Cleusa Schmidt Krüger