Você está na página 1de 26

CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS

MÓDULO III – MEIO AMBIENTE E CIDADANIA

Lição I – Meio Ambiente


CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM

Ao final do estudo da Lição I: Meio Ambiente, esperamos que você


possa alcançar os seguintes objetivos:
 Identificar corretamente as relações entre suas atitudes
como condutor e a preservação ambiental.
 Identificar corretamente as ações realizadas pela empresa,
voltadas para a preservação do meio ambiente.
 Identificar corretamente os procedimentos necessários para
uma direção econômica e os benefícios dessa prática.

2
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

MEIO AMBIENTE

Seja bem-vindo ao terceiro módulo do curso Condutor de Veículos


dos Correios!

Neste módulo, abordaremos os temas Preservação e Proteção


Ambiental, Direção Econômica e o Convívio Social no Trânsito com
o intuito de influenciar suas ações para manutenção de um
ambiente adequado à nossa qualidade de vida a fim de preservar o
planeta Terra.

Nesta primeira lição, você estudará sobre o Meio Ambiente e todos


os impactos que nossas ações no dia a dia ocasionam, direta ou
indiretamente, no equilíbrio do meio em que vivemos.

Bons estudos!

3
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

Para você, o que é desenvolvimento sustentável?

Anote sua resposta:


_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________
_________________________________________________________

4
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

Muito se ouve e se fala sobre preservação do meio ambiente e


desenvolvimento sustentável. Termos atraentes, contemporâneos,
porém, poucos realmente sabem o que significam e sequer os
praticam.

Para a Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento,


criada pelas Nações Unidas em 1987, desenvolvimento sustentável
é “aquele que atende as necessidades do presente sem comprometer
as possibilidades de as gerações futuras satisfazerem suas próprias
necessidades”.

E então, a sua reposta sobre desenvolvimento sustentável se parece


com a definição acima? Esperamos que sim!

Para chegarmos ao equilíbrio entre as


demandas dos atuais habitantes do
planeta e a preservação para os que
aqui viverem no futuro, é essencial
respeitar os sinais da Natureza e
entender que os recursos naturais são
limitados e ficarão cada vez mais
escassos se não forem usados com
sabedoria e bom senso.

Por este motivo, em 1981, foi aprovada a Lei Federal n° 6.938,


considerada um marco para a legislação ambiental brasileira.

5
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

Nossa legislação ambiental é uma das mais completas e avançadas


do mundo. Ela nasceu para proteger o meio ambiente e reduzir ao
mínimo as consequências de ações devastadoras do uso
indiscriminado dos bens naturais.

É dever e responsabilidade de todos, tanto pessoas físicas quanto


jurídicas, cumprir os preceitos legais, principalmente se a atividade
praticada gerar dano ambiental.

Sobre a Política Nacional do Meio Ambiente Brasileira:


 http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L6938.htm
 https://www.infoescola.com/meio-ambiente/politica-nacional-de-
meio-ambiente/
 https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/biologia/a
-legislacao-ambiental-brasileira/61804

6
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

PRESERVAÇÃO E PROTEÇÃO AMBIENTAL


Para termos desenvolvimento sustentável é preciso seguir três
premissas ambientais:
1. Taxa de consumo de recursos renováveis – deve ser menor que
a capacidade de renovação deles.

A água potável é um recurso escasso, corresponde a


pouco mais de 2% de toda água disponível no planeta. É
preciso economizar água para não ficarmos sem.

2. A quantidade de rejeitos que produzimos não pode ser maior


do que os ecossistemas conseguem absorver.

A produção de lixo no Brasil gira em torno de 80 milhões


de toneladas por ano. Apenas 30% desse total é reciclado.
O restante vai parar no solo, rios e oceanos. Estima-se
que, em 2025, o oceano vai ter mais lixo do que vida
marinha.

3. Substituição de recursos não renováveis que não podem ser


regenerados ou reutilizados por recursos renováveis.

Usar etanol em vez de gasolina.

7
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

Talvez você esteja se perguntando o que isso tem a ver com o


nosso curso. Muita coisa! A emissão de gases de grande parte dos
veículos automotores é prejudicial ao meio ambiente.

O Governo Federal,
por meio dos órgãos
e das entidades que
compõem o Sistema
Nacional de Trânsito,
tem como prioridade,
realizar ações para a
defesa da vida e a
preservação da saúde
e do meio ambiente.

Todos nós, condutores


ou pedestres, temos a
obrigação de respeitar
o que determina o CTB,
e de evitar qualquer
atitude que constitua
perigo ou obstáculo
para o trânsito de
pessoas, veículos ou
animais.

8
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

VEÍCULOS E POLUIÇÃO
O aumento do aquecimento global está associado a emissão de gases
poluentes, como o monóxido de carbono, o dióxido de enxofre e o
dióxido de hidrogênio, provenientes da queima de combustíveis
fósseis, como a gasolina e o diesel, por exemplo.

Já está provado que os veículos especialmente


os mais antigos e desregulados, produzem
mais poluição atmosférica do que se pode
tolerar.

Infelizmente, em grandes centros urbanos do


Brasil, como São Paulo e Rio de Janeiro, a
poluição provocada pelos veículos mata mais
do que os acidentes de trânsito.

Crianças, idosos e portadores de doenças respiratórias são os que


mais sofrem, embora todos sejam vulneráveis. A exposição contínua
e prolongada também propicia alterações cardiovasculares e
aumenta as chances de câncer – principalmente de pulmão, assim
como é fator desencadeante de doenças neurológicas como
Parkinson, Mal de Alzheimer e ansiedade, devido a inalação de metais
pesados.

9
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

A legislação impõe a todos os fabricantes de automóveis que


produzam veículos cada vez mais eficientes e que emitam o mínimo
de poluição possível.

Além dos gases poluentes, os veículos automotores são responsáveis


por outros resíduos classificados como perigosos que contribuem para
aumentar a poluição do Planeta. Elencamos alguns deles a seguir:

Pneus: descartados de forma incorreta, liberam substâncias


tóxicas ou podem virar criadouros para vetores de doenças como
a dengue, por exemplo. Podem ser reciclados ou reutilizados na
produção de asfalto borracha.

Baterias: contém substâncias altamente tóxicas, como o


chumbo ácido por exemplo.

Óleos lubrificantes: não são biodegradáveis, formam películas


impermeáveis que impedem a passagem do oxigênio. No solo ou
na água, espalham substâncias tóxicas que podem ser ingeridas.

Peças metálicas: pequenos componentes do veículo, como os


encontrados no motor, descartados indevidamente durante
manutenção preventiva ou corretiva.

O Conselho Nacional do Meio Ambiente – Conama é o


órgão que regulamenta o descarte e o gerenciamento
ambientalmente adequado desses itens. Saiba mais em
http://www.mma.gov.br/port/conama/.

10
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

A poluição sonora, também provocada pelos veículos automotores,


afeta o sistema auditivo de maneira irreversível.

Para minimizar os impactos ambientais e reduzir a poluição


atmosférica e sonora, o CTB estabeleceu que todo condutor deve
conhecer minimamente os conceitos de proteção ao meio
ambiente, além de obedecer às regras a seguir.

INFRAÇÕES DE TRÂNSITO RELACIONADAS AO MEIO AMBIENTE

Conduzir o veículo derramando, lançando ou


Atirar para fora do veículo ou abandonar na arrastando sobre a via combustível ou lubrificante
via objetos ou substâncias. que esteja utilizando, ou qualquer objeto que
possa acarretar risco de acidentes.
Conduzir o veículo com descarga livre ou
Utilizar-se do veículo para arremessar água ou
silenciador de motor de explosão defeituoso,
detritos sobre os pedestres ou outros veículos.
deficiente ou inoperante.
Usar indevidamente, no veículo, aparelho de alarme
Usar no veículo equipamento com som, cujo
ou que produza sons e ruídos perturbadores do
volume ou frequência não seja autorizada.
sossego público e utilizar buzina das 22h às 6h.
Conduzir o veículo produzindo fumaça, gases ou
Transitar com o veículo em mau estado de
partículas em níveis superiores aos fixados por
conservação, comprometendo a segurança
normas dos Órgãos Ambientais e dos Órgãos do
própria ou de outros.
Sistema Nacional de Trânsito.

O controle de emissão de gases e ruídos previstos no CTB é


obrigatório para todo o veículo automotor.

11
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

VOCÊ SABIA?
O efeito estufa é um processo que garante que a Terra mantenha a
temperatura adequada para a sobrevivência de seus habitantes. Sem
ele, o planeta seria muito frio, a ponto de muitas formas de vida não
existirem.

Porém, o que preocupa e pode


vir a ser tão catastrófico a ponto
de provocar o desequilíbrio
energético do planeta, é a
emissão desordenada dos gases
que agravam o efeito estufa e
fazem com que o calor não se
dissipe na atmosfera, causando o
aquecimento global.

O aumento da concentração
desses gases teve início no século
XVIII, com a Revolução Industrial
e perdura até os dias de hoje.

O Inventário de Emissão de Gás Carbônico (CO²) mapeia as fontes de


emissão de Gás de Efeito Estufa de uma atividade, processo,
organização, setor econômico, cidade, estado ou até mesmo de um
país, possibilitando avaliar o impacto dos esforços de mitigação dessas
emissões. Na nossa empresa esse inventário está previsto no SGAC –
Sistema de Gestão Ambiental dos Correios. Mais à frente falaremos
um pouco mais sobre isso.

12
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

DIREÇÃO ECONÔMICA
Se você é proprietário de veículo, certamente sabe o quanto as
despesas relativas a esse bem pesam em seu orçamento: manutenção
preventiva, troca de óleo, combustível etc. Sem contar quando uma
peça ou componente resolve dar problema e aparecem gastos
inesperados. Existe um modo de minimizar esses gastos: pratique a
direção econômica!

Você sabe o que é a Direção Econômica?


Como o próprio nome sugere, é um modo
de conduzir um veículo economizando
recursos, consumindo menos energia,
diminuindo o desgaste mecânico e
provocando o menor impacto ambiental
possível.
Reduzir a velocidade de 100km/h para 80km/h pode economizar até
20% de combustível.

BENEFÍCIOS DA DIREÇÃO ECONÔMICA


 Economiza combustível, pois aumenta o rendimento médio.
 Propiciar mais segurança no trânsito.
 Diminui os custos com manutenção e a necessidade de
intervenções corretivas.
 Minimiza o desgaste dos componentes mecânicos do veículo.
 Contribui para manter o valor de mercado do veículo.

13
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

 Reduz a poluição do meio ambiente.


Como praticar a Direção Econômica e ainda
contribuir para a Preservação do Meio
Ambiente?
É mais fácil de que você imagina! Selecionamos a seguir algumas das
principais recomendações para que você tenha êxito ao adotar essas
posturas como condutor.

 Cuide bem do seu veículo:


 Mantenha-o em perfeito estado e com o motor sempre
regulado. Em condições ideais de funcionamento ela gastará
pouco, poluirá menos, além de ser mais seguro.
 Faça a troca de óleo do motor somente em locais especializados
e que descartem esse material de forma correta.
 Troque regularmente os filtros do óleo, do ar e do combustível.
Filtros sujos aumentam o consumo e reduzem a vida útil do
motor.
 Realize as manutenções preventivas.
 Prefira a lavagem a seco.
 Ao trocar de carro, opte por um modelo menos
poluente e mais econômico.

14
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

 Cuidados com os PNEUS:


 Calibrar os pneus semanalmente, respeitando a
recomendação do fabricante, aumenta a
durabilidade do pneu, diminui a propensão a
acidentes e o consumo de combustível.
 Realize o balanceamento como indicado pelo fabricante e
mantenha o sistema de direção e suspensão alinhados.
 Observe periodicamente o TWI – Tread Wear Indicators do pneu,
ele indica o desgaste e mostra o momento certo da troca.
 Apoiar o pneu no meio fio pode deformar sua estrutura, alterar
a capacidade de resistência e uniformidade, além de afetar o
balanceamento.

 Uso de CATALIZADOR
Reduz a descarga no ambiente de gases poluentes como o monóxido
de carbono, óxidos de nitrogênio e hidrocarbonetos não queimados
pelos motores a combustão.

Acesse o link abaixo e veja o vídeo que mostra de forma


bem simplificada como funciona um catalisador:
https://www.youtube.com/watch?v=9qDEPmmmzEs

15
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

 SISTEMA DE FREIOS

O sistema de freios é um importante e complexo item do veículo,


composto por várias peças que se interligam e trabalham em
conjunto.

Usá-lo adequadamente evita o desgaste excessivo e o


superaquecimento do sistema, além de aumentar a
durabilidade das peças e garantir a segurança no
trânsito, ainda reduz os resíduos altamente tóxicos
produzidos pelo desgaste das pastilhas de freio.

Veja a seguir algumas recomendações de uso correto:


 O freio motor e a correta redução de marchas são grandes
aliados para diminuir ou controlar a velocidade do veículo e
devem ser aproveitados ao máximo, pois evitam o desgaste
e o aquecimento do freio das rodas.
 Pise no freio de leve e alivie o pé ao chegar à velocidade
desejada.
 Evite freadas bruscas.

16
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

 SISTEMA DE EMBREAGEM
O uso incorreto aumenta o desgaste do disco da embreagem, das
molas e rolamentos. Veja abaixo alguns cuidados que você deve ter:
 Não use o pedal de embreagem como apoio para o pé.
 Quando estiver parado no semáforo ou em
congestionamentos, deixe o câmbio em ponto morto,
nunca engatado.
 Não acione a embreagem enquanto acelera.
 Para aproveitar melhor o desempenho, fique atento ao
medidor de RPM (Rotações Por Minuto), também
conhecido como conta-giros, e troque as marchas
dentro da faixa ideal de rotação do motor. Ela varia de
acordo com o tipo de veículo.
 Para uma condução segura e tranquila, mantenha o
veículo sempre engrenado, mesmo em descidas.

Acesse o link abaixo e aprenda como tirar melhor


proveito do medidor de RPM do seu veículo:
https://globoplay.globo.com/v/4626184/

17
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

 COMBUSTÍVEL
 Acelerar antes de desligar o motor ou parado no
semáforo só serve para desperdiçar combustível.
 Aproveite o deslocamento do veículo, acelere
somente o necessário, de preferência suave e constantemente.
 Janelas abertas permitem que o ar entre no veículo, causando
perda de estabilidade, mais trabalho para o motor e maior gasto
de combustível.
 Cuidado com combustível adulterado ou de má qualidade. Preste
atenção: o consumo aumenta sem motivos, o desempenho fica
prejudicado, o motor perde força, principalmente em aclives e
há dificuldades na ignição e na marcha lenta.
 Rodar com o tanque cheio ajuda na pressão da bomba e
economiza combustível. Isso porque quanto mais baixo o nível,
maior o consumo de combustível. Sempre que possível,
mantenha o tanque acima da metade.
 Se possível, use um combustível que polua
menos. Pela ordem, os menores emissores de
gases poluentes são o álcool, a gasolina, o diesel
e o gás natural.Motores elétricos são os
melhores, não emitem gases e são muito
silenciosos.

18
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

Você sabe o que é o biodiesel?

É um combustível renovável, produzido a partir de


fontes vegetais como soja, mamona, dendê, girassol,
entre outros e misturado com etanol, proveniente da
cana-de-açúcar, ou com o metanol – que pode ser
obtido a partir da biomassa de madeiras.

VOCÊ SABIA?
A melhor maneira de contribuir para diminuir a poluição do meio ambiente
é deixar o veículo em casa, usar transporte público, adotar a carona
solidária, fazer seus deslocamentos a pé ou de bicicleta.

Faça sua parte, recicle algumas posturas.


Agindo assim você pratica a direção econômica
e ainda ajuda a preservar o meio ambiente!

19
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

GESTÃO AMBIENTAL NOS CORREIOS


A poluição é prejudicial a todos os seres vivos. A luta pela preservação
do meio ambiente é missão de todos nós.

Conscientes do impacto que nossas atividades causam ao meio


ambiente, criamos um sistema para aumentar nossa colaboração para
o desenvolvimento sustentável do Planeta.

Você já ouviu falar no Sistema de Gestão


Ambiental dos Correios – SGAC?
Criado em 2010, o Sistema de Gestão Ambiental dos Correios – SGAC
está de acordo com a norma ISO 14.001:2004 e tem como principal
objetivo atingir um desempenho ambiental correto, por meio do
gerenciamento dos impactos ambientais empresariais significativos e
da busca contínua de melhoria de processos, serviços e produtos
oferecidos pelos Correios.

VOCÊ SABIA?
Em julho de 2012, durante a realização da Conferência das
Nações Unidas (ONU) sobre o Desenvolvimento Sustentável –
RIO+20, o presidente dos Correios firmou nossa adesão voluntária
ao Programa Global de Redução de Emissão de Carbono.
Nossa meta: Reduzir em 12% nossa emissão de CO² até 2020.

20
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

O SGAC contempla o Plano de Ações Ambientais Corporativas – PAAC


tem foco em três segmentos:
 GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS – implantada nos Correios em 2002
com a coleta seletiva e, em 2008, a coleta seletiva solidária.
Também realizamos o descarte adequado de resíduos especiais
como pneus, resíduos de serviço de saúde, lâmpadas fluorescentes,
óleo lubrificante e baterias de veículos.
 GESTÃO DAS EMISSÕES DE GASES DE EFEITO ESTUFA – realizamos
várias ações específicas para mitigar e/ou compensar a emissão de
CO² gerada por nossas atividades administrativas e operacionais.
 Programa Global de Redução de Emissão de Carbono no Setor
Postal: fomos o primeiro operador postal latino-americano a
integrar o Programa de Monitoramento das Emissões de Gás
Carbônico da International Post Corporation – IPC.
 Veículo Elétrico de Calçadão – VEC: movido a bateria
recarregável, permite o acesso a regiões centrais onde veículos
normais têm dificuldade de estacionar.
 Videoconferência Corporativa: realização de eventos a
distância e com transmissão simultânea de áudio e vídeo
diminuem os deslocamentos de participantes.
 Educação A Distância – EAD: além de proporcionar que a
educação chegue aos empregados onde ele estiverem, ainda
contribui com o meio ambiente. Esta capacitação que você está
fazendo é um bom exemplo disso!

21
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

 PROTEÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS


 Educação Ambiental: inciativas para estimular a mudança de
cultura em favor do meio ambiente voltadas para:
 A sociedade: emissões de selos temáticos e eventos
patrocinados.
 Os empregados: campanhas de conscientização do
consumo de recursos naturais como energia elétrica e
papel
 Inovação: soluções tecnológicas que economizam recursos
naturais e trazem agilidade e eficiência aos produtos e serviços
oferecidos à sociedade.
Implantação do SEI – Sistema Eletrônico de Informações e
o uso de smartphones pelos carteiros.
 Gestão da Frota de Veículos: o programa de gestão de frotas
permite o abastecimento informatizado dos veículos próprios
que elimina, anualmente, milhares de notas fiscais e reduz as
emissões de gás carbônico, graças à otimização de percursos
para abastecimento e maior controle do desempenho por
veículo, por tipo de combustível e por fornecedor.
 Compras Sustentáveis: aquisição de veículos com Selos do
Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos
Automotores e Motocicletas, PROCONVE e PROMOT.

SAIBA MAIS em: http://www.correios.com.br/sobre-os-correios/sustentabilidade/vertente-ambiental

22
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente


equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia
qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à
coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as
presentes e futuras gerações.
Artigo 225, § 1o, inciso IV da Constituição Federal do Brasil

Todos nós, empresa e empregados, temos o dever de contribuir com


o disposto em nossa constituição e conciliar desenvolvimento
econômico com a preservação do meio ambiente. Você já fez sua
parte hoje?

23
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

Parabéns, você finalizou a Lição I: Meio Ambiente!


Aqui você estudou que:
 Desenvolvimento sustentável é atender as necessidades do
presente, sem comprometer as possibilidades de as gerações
futuras satisfazerem as suas próprias necessidades.
 Para termos desenvolvimento sustentável é preciso diminuir a
taxa de consumo de recursos renováveis, produzir menos
rejeitos que os ecossistemas consigam absorver e substituir
recursos não renováveis por recursos renováveis.
 Os veículos são os principais responsáveis pela poluição nas
grandes cidades e pela emissão descontrolada de gases de
efeito estufa que agravam o aquecimento global.
 Para praticar a Direção Econômica devemos conduzir veículos
pensando em consumir menos recursos e energia, diminuir o
desgaste mecânico e provocar menos impacto ambiental.
 O Inventário de emissão de gás carbônico é utilizado pelas
empresas para medir os impactos ambientais de suas
atividades.
 O principal objetivo do SGAC é atingir um desempenho
ambiental correto, por meio do gerenciamento dos impactos
ambientais causados pelas atividades dos Correios.

Na próxima Lição, abordaremos o Convívio Social no Trânsito, mas


antes, realize os exercícios de fixação para consolidar a sua
aprendizagem.

24
CONDUTOR DE VEÍCULOS DOS CORREIOS – MÓDULO III – LIÇÃO I – MEIO AMBIENTE

CONDUTOR DE VEÍCULO DOS CORREIOS


MÓDULO IV – MEIO AMBIENTE

Responsável
UNICORREIOS/COUNI/SPM

Design Instrucional (em ordem alfabética)


Andréa Calegaretti Salerno – VIGEP/UNICORREIOS/COUNI/SPM
Geisa dos Santos Cerqueira – VIGEP/UNICORREIOS/COUNI/SPM
Janaina Aparecida Ferreira Marques - VIGEP/UNICORREIOS/COUNI/SPM

Conteudistas (em ordem alfabética)


Andréa Calegaretti Salerno – VIGEP/UNICORREIOS/COUNI/SPM
Geisa dos Santos Cerqueira – VIGEP/UNICORREIOS/COUNI/SPM
Janaina Aparecida Ferreira Marques - VIGEP/UNICORREIOS/COUNI/SPM
Wagner de Oliveira Pestana – VIGEP/UNICORREIOS/COUNI/SPM

Revisão (UniCorreios)
VIGEP/DEGEP/UNICORREIOS/GDSE

Elaboração
agosto de 2018

25

Você também pode gostar