Você está na página 1de 3

17

5.2.4. Aplicações e vantagens do processo


Com este processo produzem-se pequenas peças para a indústria de eletrodomésticos,
automobilística, eletrônica, aeronáutica, etc., a partir de ligas de chumbo, alumínio, estanho,
magnésio, cobre e principalmente zinco (ZAMAK) devido a seu baixo custo, baixo ponto de fusão e
boas propriedades mecânicas.
A peça extraída do molde não exige elaboração mecânica adicional, podendo-se obter orifícios finos
e roscas de precisão, devido ao excelente acabamento, e da precisão conseguida no processo, que
varia de 0,1 a 0,01 mm.
A estrutura do metal das peças moldadas, em conseqüência do rápido resfriamento no molde
metálico, é de grão fino, com elevadas propriedades mecânicas. Consegue-se obter paredes
bastante finas, de até 1 mm de espessura.
O peso do fundido é limitado, geralmente não passando de 5 Kgf.
Como foi visto este processo é adequado para alta produção, pois de outra maneira torna-se
antieconômico, devido ao preço do ferramental e maquinaria.
6. Fundição centrífuga
Neste processo o metal líquido é introduzido no molde, que gira com rapidez e, sob a ação da força
centrífuga, é lançado contra suas paredes. Desta maneira haverá a formação de uma cavidade
interior, de forma cilíndrica, sem necessidade do emprego de machos.
6.1. O processo
Na fundição centrífuga o eixo de rotação pode estar na posição vertical ou horizontal.
Posição Vertical

Com o eixo de rotação vertical, a superfície interior da peça não se torna


cilíndrica mas sim cônica. Desta forma a parte inferior da peça será mais
espessa que a superior, aumentando à desigualdade com o aumento da
altura. Daí este processo só ser usado para peça de pequena altura, ou
para a
produção de um conjunto de pequenas peças, quando então o problema
aparecerá apenas no sistema de alimentação.

• Posição Horizontal
Com o eixo de rotação na posição
horizontal as paredes da peça cilíndrica
tornam-se de espessura igual em todo
seu comprimento, mas para que isso
aconteça é necessário um determinado
número de rotações.
O número de rotações não deve ser
inferior ao dado pela seguinte fórmula:

n > 5520/√ γ.R

Onde: n é a rotação mínima em rpm; R é


o raio da peça em cm; γ é o peso
específico em g/cm3

Este processo é usado principalmente na


fundição de tubos de ferro e aço fundido.

Prof. Fernando Penteado


18

6.2. Aplicação e vantagens do processo


A aplicação mais racional da fundição centrífuga é na elaboração de peças metálicas ocas que têm
formas simples de corpos de revolução (tubos, cilindros, blanks para engrenagens, etc.).
Neste tipo de fundição podem ser usados moldes metálicos ou de areia.
As peças obtidas através de moldes metálicos, geralmente devem ser submetidas a recozimento para
alívio de tensões.
7. Fundição de precisão: "Processo da cera perdida"
É um processo de moldagem que utiliza um molde produzido por um modelo de cera, o qual é
queimado, antes do vazamento, produzindo a cavidade do molde.

• O Processo
O primeiro passo para obtenção da peça fundida consiste em fazer-se o seu modelo em cera. Para
isto injeta-se cera líquida em uma matriz de madeira ou metálica e espera-se até que a mesma
endureça por resfriamento.
Uma vez obtido o modelo, coloca-se o mesmo dentro de um recipiente metálico que é preenchido por
uma pasta refratária especial para a confecção deste tipo de molde.
O molde é levado ao forno, onde a pasta endurece ao mesmo tempo em que a cera derrete e
evapora-se deixando livre o oco do molde para o vazamento do metal. Este molde é usado uma única
vez, visto que, para retirada da peça pronta é preciso quebrá-lo.

• Aplicações e Vantagens do Processo


Ideal para peças pequenas (até 5 Kgf) e complexas que exijam ótimo acabamento e precisão
dimensional.
Consegue-se uma produção relativamente elevada, com um mínimo de investimento em
equipamento e ferramental.

Prof. Fernando Penteado


19

8. Fundição Contínua

• O Processo
O metal é vazado, de forma contínua, através de uma bica de enchimento e desce por um veio, até
atingir uma coquilha de grafite resfriada, que dá o formato desejado ao metal, ao mesmo tempo que
promove a sua solidificação. O perfil obtido dessa forma avança até uma tesoura de corte, onde é
cortado em tamanho apropriado.

• Aplicações e Vantagens do Processo


Usado para a produção de barras e perfis fundidos que, normalmente, serão usados como matéria-
prima para a produção de peças usinadas.

Bibliografia específica
TORRE, Jorge. Manual Prático de Fundição e Elementos de Prevenção da Corrosão. São Paulo:
Hemus
BIDULYA, Pavel. Steel Foundry Practice. Moscow: Peace Publishers.

Prof. Fernando Penteado