Você está na página 1de 1

Capítulo?

sinais, sintomas e indicadores de laboratório. Os diabéticos exibem glicose no deficiência de vitamina C no escorbuto são revertidas quando o paciente
sangue elevados, os pacientes com cancro da próstata têm elevado de PSA no está repleta de vitamina. Esse conceito expressa o pressuposto
soro, e elevada células brancas do sangue pode indicar uma infecção. Este fundamental deste livro: que as doenças subjacentes todos são nutrientes
mesmo pensamento tem sido aplicada para o diagnóstico de várias doenças fatores e / ou de toxicidade que causar ou complicar o processo da doença.
crônicas. Existe um padrão déficit metabólico ou nutricional para fibromialgia
que distingui-lo de fadiga crónica ou perturbações do espectro autista? Neste livro, os termos “deficiência” e “insuficiência” são muitas vezes utilizados

alternadamente. Em geral, no entanto, “deficiência” refere-se a condições de franquia

doença de deficiência dietética (isto é, pelagra, escorbuto, beriberi), enquanto que

Desde insuficiências de nutrientes afeta múltiplos sistemas orgânicos de “insuficiência” é utilizado para expressar o estado dos nutrientes não-óptima que pode

forma dependente da história e composição genética de cada paciente, seria de afectar adversamente a função. Na maioria dos casos, os médicos em países

esperar resultados variados para padrões semelhantes de esgotamento de desenvolvidos estão lidando

nutrientes, em vez

Inicial Biochemical Prejudicada função Alterações morfológicas e Patologia diagnosticada

Alterações n franca celular subclínica funcionais doença em


Sintomatologia Manifestações estágio inicial Acabar falência de órgãos e
morte

rix
F igura 1.1 - Estágios de desenvolvimento de doenças Nutrient-Insuficiência

et
am
de padrões definitivos claros de estado dos nutrientes com cada doença com insuficiência de nutrientes e não doença de deficiência. Embora as doenças
et

crônica. Décadas de experiência com perfis nutricional e metabólico põe de deficiência de nutrientes clássicos não são geralmente vistos em países
M

em causa a validade de categorizar e rotulagem doença crónica com um desenvolvidos, a necessidade de suplementação de nutrientes adicionais para a
do

diagnóstico, uma vez que não parece ser um conjunto único de critérios função ideal pode ser claramente demonstrada para muitas condições. 6 Homocisteinemia,

laboratoriais de diagnóstico que correspondem a um diagnóstico da por exemplo, é tratado com doses elevadas de vitamina B 6, folato e vitamina B 12. Neste
de

doença específica. Uma doença crónica não específica é caso, há uma insuficiência destes nutrientes para fornecer metabolismo da

diagnosticamente definido por um único conjunto de valores de homocisteína ideal. Este exemplo ilustra a necessidade de nutrientes em
da

laboratório (por exemplo, glicose elevada é diagnóstico de diabetes). Por quantidades suficientes, geralmente mais elevadas do que os níveis de RDA,
rie

conseguinte, o clínico não é realmente o tratamento de, por exemplo, para manter a função óptima. Quando uma definição mais ampla de “deficiência”

fibromialgia, fadiga crónica, e inflamatória do intestino, mas sim os como qualquer estado em que a ingestão dietética não foi capaz de atender a
op

desequilíbrios nutricionais e metabólicas individuais e toxicidades que demanda é usado, ambos os pacientes com vitamina B 12 homocisteinemia ágil e
Pr

impedem a função normal. Estes estão expressos em cada pessoa como aqueles com anemia devido à má vitamina B 12 ingestão são deficientes em

um conjunto diferente de sintomas, talvez os elos mais fracos vitamina B 12,6

composição genética de uma pessoa. 8,9 etiquetas doença são


conveniências que permitem reducionismo de modo nossas mentes
pode categorizar tratamentos; no entanto, esta rotulagem tem inibido a
nossa capacidade para tratar eficazmente desordens relacionadas com Uma vez que o conceito de insuficiências nutrientes manifestando-se como

nutrientes. Os pacientes são melhor servidos por aproximando doença a etiologia da doença crónica é entendido, a questão clínica relevante é a melhor

crônica como uma manifestação de desequilíbrio e / ou toxicidades forma de detectar estados precoces de insuficiência para restaurar e manter a

nutricionais e metabólicas subjacentes. Correcção dos desequilíbrios função e bem-estar. Nós tentamos comparar avaliações laboratoriais clínicos em

produz eliminação da doença, assim como as várias expressões da relação à sensibilidade para a detecção de estados iniciais de esgotamento dos

nutrientes. vias bioquímicas que envolvem grande fluxo de metabolitos são

geralmente a primeira etapa em que os efeitos de nutrientes são vistos. Há uma

progressão a partir desta fase para a insuficiência de órgãos extremidade

Você também pode gostar