Você está na página 1de 9

COLÉGIO SANTA ROSA

PROFESSOR: CARLOS FERREIRA


ASSUNTO: AMÉRICA ANDINA E PALTINA
SÉRIE: 7ª

AMÉRICA ANDINA
A América Andina corresponde ao conjunto de países que são cortados pela Cordilheira dos Andes na
América do Sul. A Cordilheira dos Andes se estabelece de norte a sul no extremo oeste do subcontinente.
São considerados países andinos: Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela. A superfície
ocupada pela América Andina corresponde a 5,3 milhões de quilômetros quadrados no quais existem
distribuídos cerca de 130 milhões de habitantes.
País Superfície (km2) População absoluta Densidade demográfica (hab./Km2)
Bolívia 1 084 389 9 119 152 8,4
Chile 748 800 16 284 741 21,7
Colômbia 1 038 699 44 227 550 42,6
Equador 276 840 13 755 680 49,7
Peru 1 279 999 28 674 757 22,4
Venezuela 882 050 26 084 662 29,6

COLÔMBIA
Sua capital é Bogotá, fundada em 1538, com o nome de Santa Fé de Bogotá. Hoje possui quase sete milhões
de habitantes, é a maior cidade do país e uma das mais populosas da América do Sul e do mundo.
É o segundo país mais populoso da América do Sul. O café é o principal produto legal de exportação do país
Hoje, as Farc são um dos principais cartéis das drogas do mundo e pelo menos 50 de seus líderes estão
solicitados em extradição pelos Estados Unidos, acusados não de terrorismo, mas de narcotráfico", disse
Santos.
O alto cargo fez estas declarações ao discursar em um fórum organizado pela Escola Superior de Guerra em
Bogotá, com a presença de militares estrangeiros de cerca de 20 países.
Acrescentou que, com uma guerrilha narcotraficante, "é insustentável a clássica divisão de funções de
acordo com a qual as forças militares tratava exclusivamente de temas de defesa e soberania, enquanto a
Polícia se ocupava do tema da segurança".
As FARC, estão implantando um governo paralelo no país. Ele ocorre quando grupo de pessoas passama
fazer o que o governo tem obrigação de fazer e não faz.

VENEZUELA
É o país mais urbanizado da América Andina, com 88% de sua população vivendo nas cidades.
A economia da Venezuela passou, depois da Primeira Guerra Mundial, de uma economia essencialmente
agrícola para uma economia centrada na produção e exportação de petróleo, que é explorado principalmente
na região do lago Maracaibo. A produção venezuelana é a sexta maior do mundo . É esta a atividade que
continua a dominar, sendo responsável por cerca de um terço do PIB, por cerca de 80% das receitas de
exportação e por mais de metade do financiamento da administração pública. Os responsáveis venezuelanos
estimam que o PIB cresceu 2.7% em 2001. Uma forte subida nos preços internacionais de petróleo
alimentou a economia, depois da grave recessão de 1999. A Venezuela participa também da OPEP
(Organização dos Países Exportadores de Petróleo).

BOLÍVIA
A Bolívia, sua capital é La Paz . Trata-se de um país sem litoral. O ocidente da Bolívia está situado na
cordilheira dos Andes, com o pico mais elevado, o Nevado Sajama, a chegar aos 6542 metros. O centro do
país é formado por um planalto, o Altiplano, onde vive a maioria dos bolivianos. O leste do país é
constituído por terras baixas, e coberto pela floresta úmida da Amazônia. O lago Titicaca situa-se na
fronteira entre a Bolívia e o Peru. No ocidente, no departamento de Potosi, encontra-se o Salar de Uyuni, a
maior planície de sal do mundo.
A Bolívia é, há muito tempo, um dos países mais pobres e menos desenvolvidos da América Latina.

GASODUTO
O Gasoduto Bolívia-Brasil terá aproximadamente 3.150 km de extensão, sendo 557 km do lado boliviano e
2.593 km em solo brasileiro. Inicia-se em Rio Grande, na Bolívia, com 32" de diâmetro, alcançando a
fronteira com o Brasil no Mato Grosso do Sul (Puerto Suarez-Corumbá) e seguindo com o mesmo diâmetro
até Campinas (1.258 km no trecho Corumbá - Campinas). Daí, divide-se em dois ramais principais com
diâmetro de 24". O primeiro até Guararema (155 km), onde se interliga com o sistema de dutos da Petrobras
(São Paulo - Rio de Janeiro - Belo Horizonte), e o segundo (1.180km) até Porto Alegre. A capacidade
máxima do gasoduto será de 30 milhões de m³/dia. O fornecimento do gás ocorrerá em 37 city-gates, sendo
que três estão sendo instalados no Mato Grosso do Sul e treze em São Paulo. As estações de compressão
serão instaladas, gradativamente, na medida que se aumente o volume de gás transportado até que se atinja o
total de 16 estações, sendo quatro na Bolívia e as restantes no Brasil.
Na Bolívia, assim como no Peru, o plantio da coca é uma tradição que descende das populações indígenas,
que mascam a folha e utilizam para fazer chá e medicamentos. O uso dessa planta no narcotráfico
movimenta parte da economia ilegal do país.
Nos últimos anos, o governo boliviano tem procurado eliminar o plantio da folha de coca, buscando
substituí-la por culturas lícitas. No entanto, por ser menos valorizada, essa nova prática agrícola tem
motivado protestos por parte dos camponeses. Como contra partida, a Bolívia vem recebendo apoio
financeiro de organismos internacionais a fim de melhorar essa situação.
O desenvolvimento econômico do país depende muito de suas reservas de gás natural. Com a construção de
um gasoduto ligando a Bolívia às Regiões Sul e do Brasil, o país obteve melhores condições de exportar o
produto, elevando seu faturamento.
Mesmo assim, ainda levará tempo para que a Bolívia consiga elevar seus índices sociais. A mortalidade
infantil está em torno de 53 crianças mortas para cada mil que nascem e a expectativa de vida média não
ultrapassa os 64 anos.

AMÉRICA PLATINA
A América Platina é uma região da América do Sul.
A Argentina possui um vasto território, que se estende dos Andes, onde nascem alguns rios que banham
suas planícies, até o oceano Atlântico. Além da cordilheira, seu território engloba quatro grandes regiões
naturais: Chaco, Mesopotâmia, Pampas e Patagônia.

O Uruguai possui um relevo baixo, com altitude máxima de 500 metros, o QUE favorece a pecuária, base da
economia do país. É um grande produtor de lã e carne.
Sua população, como a da Argentina, é predominantemente formada por descendentes de europeus,
principalmente espanhóis, dos quais metade está concentrada na capital, Montevidéu.

O Paraguai tem 2/3 do seu território coberto pelo Chaco, que apresenta áreas anualmente alagadas pelo rio
Paraguai. A região é propícia para o plantio de trigo,milho, tabaco e principalmente da soja, o mais
importante produto de exportação do país.

Na região menos úmida do Chaco, desenvolvem-se o plantio de algodão e criação de gado. Outra importante
fonte econômica do país é a energia elétrica exportada para o Brasil e para a Argentina, parceiros na
construção das usinas Itaipu e Yacireta, respectivamente, no rio Paraná.

Os índices de desenvolvimento humano Paraguai são mais baixos que os dos seus vizinhos A mortalidade
infantil e o analfabetismo correspondem a quase o dobro dessas taxas da Argentina e triplo dessas taxas do
Uruguai.
Com exceção da Guiana, o país é o menos urbanizado do continente sul-americano. Possui de urbanização
de 57,2%.
A população, formada essencialmente mestiços de europeus e ameríndios, tem recebido. Nos últimos anos,
forte participação de imigrantes brasileiros, os "brasiguaios". A presença desses brasileiros tem gerado
sérios conflitos devido a disputas por terras pontos comerciais e postos de trabalho.

O Paraguai está incluído na rota do tráfico de drogas e do contrabando, fatores que elevam os índices
criminalidade e violência, principalmente na fronteira..
Mesopotâmia, uma referência às planícies férteis dos rios Tigre e Eufrates, no Oriente Médio, é a região
localizada entre os rios Uruguai e Paraguai, próximo à fronteira com o Brasil. Devido ao alto potencial
hidrelétrico, nela se localizam grandes usinas de geração de energia.

O rio da Prata recebeu esse nome dos espanhóis, que acreditaram que encontrariam metais preciosos nessa
região, o que ao longo do tempo se confirmou. A localização desse território foi importante no escoamento
dos produtos agrícolas e dos minérios explorados na América Espanhola.
Esse território foi a razão de muitas disputas, entre portugueses e espanhóis, pela administração da região
Platina. De uma dessas disputas, fez com que o Uruguai existisse.
Geografia
Do ponto de vista físico, o relevo platino americano se baseia na existência de grandes planícies e planaltos.
Sozinha, a costa oeste da Argentina tem grandes cadeias de montanhas, a cordilheira dos Andes. Na
Argentina também se encontra a maior altitude do relevo sul-americano, o pico Aconcágua com cerca de
aproximadamente 6.959 metros.
Clima

Na América Platina existem grandes regiões de clima, ou climáticas. No norte, a região do chaco se baseia
pelo clima seco, ligado à vegetação xerófila. Ao sul, a região do pampa tem um clima temperado, devido à
vegetação rasteira.

CHACO
O Chaco (do quechua chaku: território de caça) é uma região de aproximadamente 1.280.000 km² e
compreende partes dos territórios paraguaio, boliviano, argentino e brasileiro (ao sul do Pantanal).
Caracteriza-se por muitos ecossistemas e climas distintos que variam do semi-árido ao norte, próximo à
fronteira com a Bolívia, ao úmido no sul próximo ao Brasil. As temperaturas oscilam entre -7°C no inverno
a 47°C no verão. O regime de chuvas também é bem diversificado, indo de 400mm ao ano na região oeste
até atingir 1600mm já próximo a Assunção, Paraguai.
Exibe grande pluralidade de espécies animais e vegetais, algumas delas ameaçadas de extinção. A
intervenção humana também tem acelerado o natural processo de salinização dos solos. Dentre as espécies
encontradas destacam-se a onça pintada, o puma, o lobinho (popularmente chamado), antas, porcos
selvagens, dentre outros. Uma das espécies endêmicas é o javali do Chaco.

PAMPA

Pampas (palavra de origem indígena que significa plano) as terras baixas e o solo
bastante fértil são propícios à pecuária (ovinos e bovinos) e à agricultura (trigo, milho e soja).

Pampa é um nome de origem quechua genericamente dado à região pastoril de planícies com coxilhas,
entre o estado brasileiro do Rio Grande do Sul, as províncias argentinas de Buenos Aires, La Pampa, Santa
Fé, Entre Ríos e Corrientes e a República Oriental do Uruguai. É também chamada de campos.
Ecologicamente, é um bioma caracterizado por uma vegetação composta por gramíneas, plantas rasteiras e
algumas árvores e arbustos encontrados próximos a cursos d'água, que não são abundantes. Comparados às
florestas e às savanas, os campos têm importante contribuição na preservação da biodiversidade,
principalmente por atenuar o efeito estufa e auxiliar no controle da erosão. Na parte brasileira do bioma,
existem cerca de três mil espécies de plantas vasculares, sendo que aproximadamente 400 são gramíneas,
como capim-mimoso, pelo menos 385 espécies de aves, como pica-paus, caturritas, anus-pretos e 90 de
mamíferos terrestres, como guaraxains, veados, tatus. No Brasil é um bioma ameaçado.
O clima da região é o subtropical, que caracteriza-se por temperaturas amenas e chuvas com pouca variação
ao longo do ano. O solo em geral é fértil, sendo bastante utilizado para a agropecuária.
Patagônia é a região mais fria e árida da Argentina. Cobre uma extensa área ao sul do país e caracteriza-se
por uma vegetação rala e solos pedregosos. Existem importantes reservas de petróleo e de gás natural,
que são levados aos centros industriais por meio de oleodutos.

Hidrografia
Bacia Platina
A Bacia Platina é a segunda maior bacia hidrográfica do planeta, com 1.397.905 km². Se estende pelo
Brasil, Uruguai, Bolívia, Paraguai e Argentina. Possui cerca de 60,9% das hidrelétricas em operação ou
construção do Brasil. É constituída pelas sub-bacias dos rios Paraná, Paraguai e Uruguai.
A Usina Hidrelétrica de Itaipu Binacional é uma usina hidrelétrica binacional construída pelo Brasil e
pelo Paraguai no rio Paraná, no trecho de fronteira entre os dois países, 14 quilômetros ao norte da Ponte da
Amizade. A área do projeto se estende desde Foz do Iguaçu, no Brasil, e Ciudad del Este, no Paraguai, ao
sul, até Guaíra (Brasil) e Salto del Guairá (Paraguai), ao norte. A potência instalada da Usina é de 14.000
MW (megawatts), com 20 unidades geradoras de 700 MW.

Demografia
A população da Argentina, junto ao do Uruguai, é predominantemente branca e está concentrada em áreas
urbanas. E o Paraguai, ao contrário da Argentina, possui uma população de maioria mestiça e localizada na
área rural.

EXERCÍCIO COM GABARITO


1- Assinale a alternativa que corresponde ao país com maior desenvolvimento econômico da América
Platina.
a) Uruguai
b) Chile
c) Paraguai
d) Argentina
e) Bolívia.

2-

O mapa da América do Sul, apresentado anteriormente, mostra uma regionalização. A região indicadas por
pelos números 2, corresponde a:
a) América Andina,
b) América Platina,
c) Guiana.
d) Patagônia
e) Cordilheira dos Andes.
3- Considerando alguns aspectos sobre os países da AMÉRICA ANDINA, assinale a alternativa
INCORRETA.
a) A economia, é baseada em atividades agro-extrativas e o crescimento industrial é recente.
b) Culturas tropicais como café, cacau, algodão e banana são exploradas em forma de "plantations".
c) A atividade pesqueira é importante na costa do Pacífico, beneficiada pela corrente fria de Humboldt.
d) Petróleo, estanho e cobre são os três produtos básicos do extrativismo mineral da região.
e) É baixo o crescimento demográfico e a população apresenta uma formação étnica majoritariamente
branca descendente dos colonizadores.

4- A região geoeconômica mais importante da Argentina é o Pampa, que tem:


a) Exclusivamente atividades pecuárias.
b) Solos férteis e agricultura com alta produtividade.
c) Clima úmido e intensa atividade extrativa.
d) Clima seco favorável à produção vinícola.
e) Pecuária extensiva de ovinos e fruticultura desenvolvida.

5- Das cinco macroregiões da Argentina, duas se destacam pelas baixas densidades demográficas, embora
uma apresente clima quente e outra, clima frio. Tratam-se, respectivamente:
a) Do Pampa e dos Andes.
b) Do Chaco e da Patagônia.
c) Da Mesopotâmia e do Chaco.
d) Dos Andes e do Pampa.
e) Da Patagônia e da Mesopotâmia.

6- Trata-se de uma área de topografia com baixas altitudes, que sofre inundações por ocasião das cheias do
rio principal e seus afluentes. A vegetação é variada, apresentando espécies da floresta amazônica, da
caatinga, dos campos, das palmáceas e do cerrado. É a cobertura vegetal mais heterogênea do Brasil,
cobrindo ampla planície e estendendo-se também para a Bolívia. O texto refere-se ao
a) Pantanal.
b) Agreste.
c) Chaco.
d) Mangue.
e) Pampa.

7- Este país já teve um território bem maior que o atual. Nos séculos XIX e XX perdeu o Atacama; na
Guerra do Pacífico perdeu importante região que repercute até hoje no seu comércio. No início do século
XX, perdeu o Acre para o Brasil e na década de 30, parte do território do Chaco.
O país referido no texto, É UM PAÍS ANDINO QUE NÃO TEM SAÍDA PARA O MAR, que perdeu
território para os seus vizinhos é:
a) a Bolívia, país andino com parte do território na Amazônia.
b) a Colômbia, país andino com parcela do território na Amazônia.
c) o Peru, país andino com parcela do território na Amazônia.
d) o Paraguai, país platino entre Brasil e Argentina.
e) o Uruguai, país platino e "tampão" entre o Brasil e Argentina.

8- A área demarcada no mapa a seguir corresponde às terras:


a) da Cordilheira Andina, onde os incas construíram seu império e hoje não se tem vestígio algum de sua
cultura, a não ser através dos relatos de viagens dos conquistadores espanhóis do século XVI.
b) da Cordilheira Andina, onde os incas construíram o seu Império, baseado em uma sociedade urbana que
atingiu dimensão máxima, no início do século XVI.
c) da Amazônia, onde os astecas construíram suas aldeias e cidades, deixando construções grandiosas quase
intactas que servem de documentos para se estudar a vida desse povo e hoje séculos após servem de
estímulo ao turismo.
d) do Chaco, onde os astecas viveram, mas não deixaram vestígios de sua cultura por terem sido dizimados
pelos espanhóis e ingleses, nos séculos XV e XVI.
e) dos planaltos andinos, onde os maias deixaram pirâmides similares às egípcias, nas quais enterravam seus
mortos considerados importantes e hoje 5 séculos após servem de estímulo ao turismo.

9- Assinale a afirmativa INCORRETA em relação às sub-regiões da Argentina:


a) "OÁSIS" SUBANDINOS - Área de planaltos de piemonte, bem irrigados e que constituem um dos
centros de produção frutícola argentina.
b) CHACO - Zona seca (sobretudo a oeste), vizinha ao Paraguai, e que registra produção de algodão.
c) MISSÕES - Área úmida, encravada entre o Brasil e o Paraguai, e que produz cana-de-açúcar, mate e
frutas cítricas.
d) PATAGÔNIA - Vastos planaltos do sul, de clima frio e onde o elevado potencial hidráulico vem
permitindo rápida industrialização e adensamento demográfico.
e) PAMPA - Região vital do país. A mais povoada (abriga a capital) e que produz trigo, carne bovina e o
essencial das indústrias.

10- Considere as seguintes afirmações sobre as características geoeconômicas dos parceiros do Brasil no
Mercosul:

I. Os Pampas, na Argentina, constituem excelentes pastagens aproveitadas para a criação extensiva de gado
bovino.
II. Na Argentina, a região dos contrafortes andinos situada a oeste do país é grande produtora de frutas
temperadas.
III. No Paraguai, a região do Chaco apresenta relevo muito ondulado mas os solos de boa qualidade a
transformam na região mais intensamente ocupada do País.
IV. Recentemente, o Uruguai começou a extrair de seu subsolo importantes recursos minerais que têm sido
a base da rápida industrialização do país.
V. Aproveitando as condições geográficas favoráveis, os países platinos são grandes exportadores de
produtos agrícolas.

Estão corretas SOMENTE


a) I, II e III
b) I, II e V
c) I, III e IV
d) II, IV e V
e) III, IV e V.

11- Com a expectativa média de vida de 51 anos, é um dos países mais pobres do mundo. Isolado do mar, o
país começa nos Andes orientais e estende-se por frios e elevados altiplanos até atingir a floresta amazônica
e os cerrados do sudeste. A receita econômica se baseia na exploração de recursos minerais e a agricultura
de subsistência ocupa a maior parte da população. Petróleo, gás natural, estanho, zinco e minério de ferro
constituem os principais depósitos minerais.
Identifique o país de que se fala:
a) Chile
b) Argentina
c) Bolívia
d) Uruguai
e) Paraguai.

12- Relacione as colunas indicando as características dos países citados:

a) Argentina
b) Uruguai
c) Paraguai
d) Colômbia

( ) país platino de industrialização tardia.


( ) país de forte base pecuarista e baixa densidade populacional.
( ) país com economia baseada na agroexportação de café, com aumento da atividade industrial e com
intenso processo de urbanização.
( ) país com predomínio da agricultura de subsistência, pecuária extensiva e comércio de produtos
importados.

GABARITO:
1-D
2-B
3-E
4-B
5-B
6-A
7-A
8-B
9-D
10-B
11-C
12-ABDC

Você também pode gostar