Você está na página 1de 42

Terça-feira, 30 de Abril de 2019 III SÉRIE —

­ Número 83

IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P. SEI – Sociedade de Ensino e Investigação, S.A.


SENEL – Sociedade de Engenharia Electrotécnica, Limitada.
Simarta, Limitada.
AVISO Sinamora, Limitada.
Sociedade Moçambicana de Gases Comprimidos – Mogás, S.A
A matéria a publicar no «Boletim da República» deve ser Transportes Sama & Prestação de Serviços – Sociedade Unipessoal,
remetida em cópia devidamente autenticada, uma por cada Limitada
assunto, donde conste, além das indicações necessárias para Tsemba Life – Sociedade Unipessoal, Limitada.
esse efeito, o averbamento seguinte, assinado e autenticado: Zen Security, Limitada.
Para publicação no «Boletim da República». Villa Paraiso, Limitada.

SUMÁRIO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA


Ministério da Justiça:
Despacho. DESPACHO

Governo da Província de Sofala: Um grupo de cidadãos da Associação Moçambicana de Cricket


Despacho. requereu ao Ministério da Justiça o seu reconhecimento como pessoa
jurídica, juntando ao pedido aos estatutos da constituição.
Governo do Distrito de Manhiça:
Apreciados os estatutos entregues, verificou-se que se trata de uma
Despacho.
associação que prossegue fins lícitos, determinados e legalmente possíveis
Instituto Nacional de Minas: e que o acto da constituição e os estatutos da mesma cumprem o escopo
Aviso. e os requisitos exigidos por lei, nada obstando o seu reconhecimento.
Anúncios Judiciais e Outros: Nestes termos e no disposto no n.º 1, do artigo 5, da Lei n.º 8/91,
Associação Moçambicana de Chicket. de 19 de Junho, e artigo 1 de Decreto n.º 21/91, de 3 de Outubro, vai
Associação Comunitária de Gestão de Recursos Naturais de reconhecida como pessoa jurídica Associação Moçambicana de Cricket.
Mucombezi. Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, em
Associação dos Produtores Comerciais de Cana de Açúcar da Região Maputo, 27 de Agosto de 2001. — O Vice-Ministro da Justiça, António
Sul. Eduardo Munete.
Amanat, Limitada.
AP Representações – Sociedade Unipessoal, Limitada.
Ar & Az - Serviços, Limitada.
Arqeng, Limitada.
Bao An – Sociedade Unipessoal, Limitada.
C.J Contruções Sociedade Unipessoal, Limitada. Governo da Província de Sofala
Doppio Quatro, Limitada.
EMD-Engineering Metallic Developments, Limitada.
DESPACHO
Empresa de Engenharia, Procurement e Serviços, Limitada.
Espiga D’Ouro, Limitada. Um grupo de cidadãos moçambicanos apresentou o pedido de
Ezaga Bank, S.A. reconhecimento como pessoa jurídica, juntando ao pedido os estatutos
GN 82, Sociedade Unipessoal, Limitada. da constituição.
Greensite, Limitada. Apreciados os documentos entregues verifica-se que se trata de uma
Hex Cloud, Limitada. associação que prossegue fins lícitos determinados e legalmente possíveis
Ismael Cangy Transportes – Sociedade Unipessoal, Limitada. cujo acto de constituição e os estatutos da mesma cumprem o escopo
Limpeza, Canalização e Electricidade – Sociedade Unipessoal, e os requisitos fixados na lei, nada obstando, ao seu reconhecimento.
Limitada. Nestes termos e no disposto no n.º 1, do artigo 5.º, da Lei n.º 8/91, de
Maquitrade. 18 de Julho, conjugado com o artigo 2.º, do Decreto n.º 21/91, de 3 de
Regulo Studio & Films, Limitada. Outubro, vai reconhecida como pessoa jurídica a Associação Comunitária
Rhema Investments & Services, Limitada. de Gestão de Recursos Naturais de Mucombezi.
Rockerfield, Limitada. Governo da Província de Sofala, na Beira, 16 de Março de 2016.
Sabié Frutas, Limitada. — A Governadora, Maria Helna Taipo.
2568 III SÉRIE — NÚMERO 83

Governo do Distrito da Manhiça Instituto Nacional de Minas

DESPACHO AVISO

Cristina de Jesus Xavier Mafumo, inspectora superior e Administradora Em cumprimento do disposto no artigo 26 do Regulamento da Lei de
do Distrito da Manhiça, certifica que o grupo de cidadãos em Minas, aprovado pelo Decreto n.º 31/2015, de 31 de Dezembro, publicado
representação da associação com denominação Associação dos no Boletim da República, n.º 104, I.ª série, Suplemento, faz-se saber que
Produtores Comerciais de Cana de Acúcar da Região Sul, sedeada na por despacho de S. Exa. Ministro dos Recursos Minerais e Energia, de 5
Vila Municipal da Manhiça, Distrito da Manhiça, Província do Maputo, de Abril de 2019, foi atribuída à favor de Biboss Mineração – Sociedade
requereu o seu reconhecimento como pessoa colectiva jurídica, juntando Unipessoal, Limitada, a Licença de Prospecção e Pesquisa n.º 9110L,
ao pedido os estatutos de constituição e todos os demais documentos válida até 11 de Março de 2024, para ouro e minerais associados, no
legalmente exigidos para o efeito. distrito de Marávia, na província de Tete, com as seguintes coordenadas
Analisados os documentos que fazem parte parte do processo, verifica- geográficas:
se que, a associação prossegue fins lícitos e legalmente possíveis e que o Vértice Latitude Longitude
acto da constituição e os estatutos da mesma, cumprem com os requisitos
fixados na lei, nada obstando ao reconhecimento. 1 -14º 57´ 0,00´´ 32º 04´ 50,00´´
2 -14º 57´ 0,00´´ 32º 05´ 20,00´´
Nestes termos, e em observância ao disposto no artigo 52, da
3 -14º 54´ 10,00´´ 32º 05´ 20,00´´
Constituição da República de Moçambique conjugado com n.º 1,
4 -14º 54´ 10,00´´ 32º 12´ 0,00´´
do artigo 5, e n.º 3, do artigo 9, do Decreto-Lei n.º 2/2006, de 3 de Maio,
5 -14º 59´ 0,00´´ 32º 12´ 0,00´´
é reconhecida como pessoa colectiva jurídica a associação com deno-
6 -14º 59´ 0,00´´ 32º 05´ 20,00´´
minação Associação dos Produtores Comerciais de Cana de Acúcar
7 -14º 58´ 0,00´´ 32º 05´ 20,00´´
da Região Sul.
8 -14º 58´ 0,00´´ 32º 04´ 50,00´´
Governo do Distrito da Manhiça, 3 de Julho de 2018. —
A Administradora do Distrito da Manhiça, Cristina de Jesus Xavier Instituto Nacional de Minas, em Maputo, 11 de Abril de 2019. —
Mafumo. O Director-Geral, Adriano Silvestre Sênvano.

ANÚNCIOS JUDICIAIS E OUTROS


30 DE ABRIL DE 2019 2569
2570 III SÉRIE — NÚMERO 83
30 DE ABRIL DE 2019 2571
2572 III SÉRIE — NÚMERO 83
30 DE ABRIL DE 2019 2573
2574 III SÉRIE — NÚMERO 83

Associação de Gestão
de Recursos Naturais
de Mucombezi
Certifico, para efeitos de publicação, dos
estatutos da associação entre Mariano Chichone
Cuanaca, solteiro, maior, de Nhamatanda,
Amade Pita Cadeado, solteiro, maior, natural
de Nhamatanda, Lucas Araújo Jofrisse, solteiro,
maior, natural de Pemba, Baptista Jofrisse
Alfinete, solteiro, maior, natural de Maringue,
Vitorino Fazenda Jacinão, solteiro, maior,
natural de Gorongosa, Anita Chipondene
Canheze Role, solteira, maior, natural de
Maringue, todos residentes em Nhamatanda,
constituem-se numa associação nos termos das
cláusulas seguintes:

CAPÍTULO I
Da denominação, natureza, sede,
duração e objecto
ARTIGO UM
(Denominação, natureza)

Um) É constituída uma associação deno-


minação Associação de Gestão de Recursos
Naturais de Mucombezi, adiante designada
por AGRN-Mucombezi, que se regerá pelos
presentes estatutos e, em tudo o que neles for
omisso, pela legislação aplicada.
30 DE ABRIL DE 2019 2575
Dois) A associação é uma pessoa colectiva Dois) A Competência para Admissão de Dois) A comunicação da renúncia produz
de direito privado e interesse social, sem fins membros pertence a Assembleia Geral. efeitos trinta dias após a sua apresentação.
lucrativos, dotado de personalidade jurídica e Três) Compete a Assembleia Geral deliberar
autonomia administrativa financeira e patri- ARTIGO SEIS sobre a perda da qualidade de membro.
monial. (Categorias de membros) Quatro) Aquele que perder a qualidade de
membro não tem o direito de exigir a restitui-
ARTIGO DOIS Um) São membros fundadores, os que ção de quaisquer contribuições anteriormente
(Sede) estejam presentes ou que façam representar na prestadas a associação.
reunião da Assembleia Geral constituinte.
Um) A associação tem a sua sede na loca- Dois) São membros efectivos os que sejam CAPÍTULO III
lidade de Matenga, podendo abrir delegações admitidos posteriormente a realização da
ou qualquer outras formas de representação em Das receitas e bens patrimoniais
Assembleia Geral constituinte.
qualquer outro bairro desta localidade. Três) São membros honorários os que sejam ARTIGO DEZ
Dois) Por deliberação da Assembleia Geral,
admitidos como reconhecimento de serviços (Receitas)
a sede da associação poderá ser transferida para
e apoios prestados para a prossecução dos
qualquer outra parte do território da localidade Um) Constituem receitas da associação:
objectivos da associação.
administrativa de Matenga, desde que tal se
a) Os valores resultantes das comissões
mostre necessário para o cumprimento dos ARTIGO SETE das multas aplicadas aos infractores
objectivos.
(Direitos dos membros) da exploração e/ou transporte de
ARTIGO TRÊS produtos abrangidos pela lei de
Um) São direitos dos membros: exploração de recursos naturais;
(Duração) a) Participar nas iniciativas; b) Os 20% provenientes das taxas de
A associação é constituída por tempo inde- b) Colaborar na prossecução dos objec- acesso, exploração e utilização de
terminado. tivos da associação; recursos florestais e faunísticos;
c) Propor acções visando a melhoria c) Os valores resultantes da Contribuição
ARTIGO QUATRO crescente da realização dos objec- dos membros;
(Objecto) tivos da associação; d) De receitas provenientes das iniciativas
d) Utilizar os serviços e informações pro- e projectos da associação;
Associação prosseguirá fins de natureza porcionados associação; e) Quaisquer subsídios, financiamentos,
sócio-económico, ambiental e cultural para a e) Eleger e ser eleitos para órgãos sociais; patrocínios, herança, legados,
prossecução dos seus objectivos, poderá: f) Requerer, nos termos estatuários, a doações e todos os bens que a
a) Desenvolver acções de promoção convocação da Assembleia Geral; associação advierem, devendo a
da gestão sustentável de recursos g) Gozar dos demais direitos no presente sua aceitação dependerem da sua
naturais; estatuto e na lei. compatibilização com os fins da
b) Promover acções que visam o desen- associação.
Dois) Os direitos previstos no número
volvimento local; Dois) Integram o património da associação
anterior não são extensivos aos membros
c) Monitorar a acção dos operadores todos os bens móveis e imóveis adquiridos a
honorários, a quem apenas é concedida a título gratuito ou oneroso, doados, ou legados
ligados aos recursos naturais locais;
faculdade de participar sem direito de voto, nas quer por pessoas singulares, quer por pessoas
d) Celebrar memorando de entendi-
reuniões da Assembleia Geral. colectivas, sejam elas nacionais ou estrangeiras.
mento e acordos de parcerias com
públicos e privados no âmbito das ARTIGO OITO ARTIGO ONZE
actividades comunitárias, sócio-
económico e culturais; (Deveres dos membros) (Administração financeira)
e) Coordenar e supervisor a gestão de Um) São deveres dos membros: Na prossecução dos seus objectivos, a as-
projectos comunitários imple-
a) Colaborar na prossecução dos objec- sociação pode:
mentados pelos seus parceiros;
tivos da associação; a) Adquirir, alienar ou onerar, a qualquer
f) Promover o intercâmbio entre as comu-
b) Pagar a jóia de admissão e as quotas título, dos bens móveis ou imóveis;
nidades e outras comunidades
(mensais ou anuais); b) Contrair empréstimos e prestar garan-
no âmbito da gestão dos recursos
c) Exercer os cargos associativos para os tias no quadro da valorização do
naturais;
quais tenham sido eleitos; seu património e da concentração
g) Conceber e promover actividades
d) Cumprir as disposições estatutárias, dos seus objectivos;
geradoras de auto emprego para
os membros da associação e comu- regulamentos internos e as delibe- c) Realizar investimentos e outras apli-
nidades locais. rações dos órgãos sociais, cações financeiras.
e) Cumprir os demais deveres previstos
CAPÍTULO II nos estatutos e na lei. CAPÍTULO IV

Dos membros Dos órgãos sociais


ARTIGO NOVE
ARTIGO CINCO ARTIGO DOZE
(Perda de qualidade de membro)
(Admissão) (Órgãos sociais)
Um) Perdem a qualidade de membros:
Um) Podem ser membros as pessoas singu- a) Os que renunciarem; São órgãos da associação:
lares e pessoas colectivas com residência, b) Os que mudarem definitivamente de a) A assembleia Geral;
sede ou actividades permanente na área, da residência transferindo-se para fora b) Conselho Directivo;
comunidade. da área comunitária. c) Conselho Fiscal.
2576 III SÉRIE — NÚMERO 83
ARTIGO TREZE Dois) Os membros podem fazer se repre- ARTIGO VINTE
sentar nas reuniões da Assembleia Geral por
(Exercício dos cargos) (Reuniões)
qualquer outro membro, desde que este tenha
Um) Os titulares dos órgãos sociais são sido designado por carta dirigida ao presidente Um) O Conselho Directivo reúne mensal-
eleitos, de entre os membros da associação. da Mesa da Assembleia Geral. mente, sob comunicação do respectivo
Dois) Os membros não podem simulta- Presidente, só podendo deliberar na presença
neamente pertencer a mais do que uns órgão ARTIGO DEZASSETE da maioria dos seus membros.
social e não podem ocupar mais do que um Dois) As deliberações são tomadas por
cargo em cada órgão. (Votação) consenso, na falta deste recorrer-se á votação.
Três) Os cargos serão exercidos gratui- Um) Só podem ser apreciados e votados
tamente, sem prejuízos de reembolso de des- ARTIGO VINTE E UM
os assuntos indicados na ordem de trabalhos
pesas efectuadas, pelos titulares por conta da (Vinculação da associação)
constante da convocatória.
associação.
Dois) Cada membro no pleno gozo dos seus Associação obriga-se:
SECÇÃO I direitos tem direito a um voto.
a) Pela assinatura conjunta de todos
Três) As deliberações são tomadas por membros do Conselho Directivo;
Da Assembleia Geral
maioria absoluta, salvo as que especificamente b) Pela assinatura de quatro membros
ARTIGO CATORZE exigirem a deliberação por consenso. do Conselho Directivo, de entre
os quais se inclui pelo menos
(Composição e direcção) SECÇÃO II
o presidente, vice-presidente,
Um) A Assembleia Geral é constituída Da direcção tesoureiro ou o secretário.
por todos os membros da comunidade local
da associação, será dirigida por uma mesa ARTIGO DEZOITO SECÇÃO III
composta por um presidente, vice-presidente Do Conselho Fiscal
(Composição)
e um secretário.
Dois) Ao presidente da Mesa da Assembleia A direcção da associação será conduzida ARTIGO VINTE E DOIS
Geral compete convocar e dirigir as reuniões da pelo conselho directivo da associação abre- (Composição)
Assembleia Geral, conferir posse aos titulares viadamente designada por CD, composto
dos órgãos eleitos e exercer outras tarefas que por sete membros da associação, sendo um Um) O Conselho Fiscal é constituído por três
lhe sejam atribuídas pela Assembleia Geral. membros, sendo um presidente, vice-presidente
presidente, um vice-presidente, um tesoureiro,
Três) Compete ao vice-presidente substituir e um vogal.
um secretário e três restantes vogais.
o presidente em casos de ausência ou impedi- Dois) Para o Conselho Fiscal podem ser
mento e exercer as respectivas competências. ARTIGO DEZANOVE eleitos pessoas não associadas, nomeadamente:
Quatro) Ao secretário cabe a função de empresas de auditorias ou outras pessoas com
auxílio ao presidente e ao vice-presidente, sendo (Competência) experiências na revisão e certificação de contas.
responsável pela organização do expediente
Compete ao Conselho Directivo: ARTIGO VINTE E TRÊS
relativo a Assembleia Geral e pela produção
das actas dos encontros. a) Propor a Assembleia Geral a política (Competências)
geral da associação e executar a
ARTIGO QUINZE que for, por aquele órgão aprovado; Ao Conselho Fiscal cabe em geral a fisca-
b) Fazer a gestão, administração e lização da situação financeira da associação e
(Competência da Assembleia Geral)
utilização dos fundos comunitários; em especial:
Compete a Assembleia Geral: a) Dar parecer sobre o relatório, balanço
c) Administrar o património da as-
a) Aprovar os estatutos da associação; sociação, praticando todos nos actos e contas apresentadas pela direc-
b) Admitir e expulsar os membros, necessários a esses objectivos; ção a Assembleia Geral;
conforme os casos; b) Examinar e verificar a escrita da
d) Preparar e apresentar anualmente, para
c) Eleger os titulares dos órgãos sociais; associação, bem como os docu-
aprovação em Assembleia Geral, o
d) Deliberar sobre as prioridades na mentos que lhe sirvam de base;
relatório de actividades, balanço c) Assistir as reuniões da Assembleia
utilização dos fundos;
e) Apreciar e aprovar o relatório de acti- e contas, plano de actividades e Geral e do Conselho Directivo,
vidades, balanço e contas anuais; orçamento para o ano seguinte; sempre que entenda necessário
f) Destituir os titulares dos órgãos sociais; e) Propor a Assembleia Geral a exclusão ou quando seja, para o efeito,
g) Fixar e alterar o montante da contri- de membros e exoneração ou subs- convocado;
buição dos membros; tituição dos titulares dos órgãos d) Velar pelo cumprimento das diversas
h) Ratificar o memorando de entendi- associativos; disposições aplicáveis a associação;
mento e acordos de parcerias com f) Representar a associação em juízo e e) Exercer as demais funções e praticar
entidades públicas e privadas. fora dele, activa e passivamente; os demais actos que lhes sejam
g) Elaborar e aprovar os regulamentos incumbidos nos termos da lei e dos
ARTIGO DEZASSEIS presentes estatutos.
internos;
(Funcionamento) h) Decidir sobre quaisquer outras maté- ARTIGO VINTE E QUATRO
Um) A Assembleia Geral reúne ordinaria- rias que respeitem a actividade da
associação e que sejam compe- (Reuniões)
mente uma vez por ano e extraordinariamente
por iniciativa do Presidente da Mesa ou por tências dos restantes órgãos; Um) O Conselho Fiscal reunira, pelo menos,
solicitação da direcção, do Conselho Fiscal i) Exercer as demais funções que uma vez por trimestre, sob convocação do
ou de pelo menos dois terços do número de competem nos termos da lei e do respectivo presidente, só podendo deliberar
membros. presente estatuto. estando presente a maioria dos seus membros.
30 DE ABRIL DE 2019 2577
Dois) As deliberações são tomadas por Dois) A APCA é uma pessoa do direito ARTIGO SEXTO
maioria dos votos dos membros presentes, privado dotada de personalidade jurídica,
(Categoria dos membros)
tendo o presidente voto de qualidade, em caso com autonomia administrativa, financeira e
de empate. patrimoial. Um) Os membros obedecem as seguintes
categorias:
CAPÍTULO V ARTIGO SEGUNDO
a) Membros fundadores – São todos
Das disposições diversas (Sede e representação) aqueles que conceberam a ideia da
ARTIGO VINTE E CINCO Um) A associação tem a sua sede no Distrito criação da associação, bem assim
da Manhiça, Província de Maputo. aqueles que assinaram a escritura
(Exercício anual) da constituição da mesma;
Dois) A sede da associação poderá ser
Um) O exercício anual da associação fixada num outro local dentro de Moçambique, b) Membros efectivos – Pessoas
coincide com o ano civil. assim como poderão ser criadas formas de singulares, nacionais ou estran-
Dois) A conta referente ao exercício eco- representação em qualquer ponto do país, por geiras, que de livre vontade decidam
nómico deverá ser encerada até Março do ano deliberação da Assembleia Geral. filiar-se à associação mediante a
seguinte. reunião dos requisitos previstos no
ARTIGO TERCEIRO artigo quinto do presente estatuto;
ARTIGO VINTE E SEIS (Duração) c) Membros honorários – Pessoas singu-
lares ou colectivas, nacionais ou
(Dissolução) A APCA constitui-se por tempo indeter-
estrangeiras que contribuam com
A associação dissolve-se por deliberação da minado, com efeitos a partir da data do seu
apoio moral para o desempenho da
assembleia geral e nos casos previstos na lei. reconhecimento pela entidade competente.
associação;
Está conforme. ARTIGO QUARTO d) Membros beneméritos – Pessoas
Conservatória dos Registos da Beira, singulares ou colectivas, nacionais
(Objectivos e finalidades)
18 de Maio de 2016. ou estrangeiras que contribuem com
Um) Em geral a associação tem como meios materiais e/ou financeiros
objectivo e finalidades: para garantir o funcionamento
a) Coordenação entre os membros na da associação.
elaboração de planos de desen-
ARTIGO SÉTIMO
volvimento da produção de cana-
de-açúcar; (Direitos dos membros)
Associação dos Produtores b) Cooperar com o Governo e outras
Constituem direitos dos membros funda-
Comerciais de Cana entidades no estudo e imple-
dores e efectivos:
de Açúcar da Região Sul mentação de técnicas que visam
a produção e venda de cana-de- a) Eleger e ser eleitos para órgãos sociais;
Certifico, para efeitos de publicação, que -açúcar; b) Apresentar ao Conselho de Direcção
por escritura de nove de Julho do ano de c) Discutir com as açúcareiras e Direcção os planos e propostas para garantir
dois mil e dezoito, exarada a folhas quarenta Nacional do Açúcar a planificação, o plano e melhor funcionamento da
a folhas quarenta e oito verso e seguinte organização, estruturação, gestão e associação;
do livro de notas para escrituras diversas fixação do preço do açúcar; c) Requerer a convocação da Assembleia
número F-U da Conservatória dos Registos d) Promover intercâmbios para troca de Geral ordinária ou extraordinária;
e Notariado da Manhiça, a cargo de Hilário experiências com outros produtores d) Recorrer à Assembleia Geral quando o
Manuel, conservador com funções notariais nacionais e estrangeiros; Conselho de Direcção desrespeitar
da mesma conservatória, foi constituída uma e) Garantir aos associados assim como seus direitos;
associação entre os senhores: Matias Zefanias aos produtores de cana-de-açúcar e) Ter acesso as instalações das as-
Boa, Paulo Armando Verde, Alberto Fafitine benefíciários directos ou indirectos sociações.
Chicuamba, Philippus Mathys Erasmus, Izak a defesa dos seus interesses.
Cometis Holtzhausen, Faquir Ussen Mahomede,
ARTIGO OITAVO
Zulmiro Ferreira de Oliveira, Johan Hendrick ARTIGO QUINTO
Bisschoff, Joaquim Augusto Uamusse, Carlos (Deveres dos membros)
Laisse Muianga, Luís Filipe Custódio de Sousa, (Membros, composição e admissão)
Constituem deveres dos membros:
Johanns Jurgens Du Plessis, Nicolaas Claasen Um) A APCA é constituída por produtores
e Johannes Cristian Botha, respectivamente de cana-de-açúcar de região sul, podendo ser a) Aceitar desempenhar os cargos e
constituem entre si uma associação dos membro da associação qualquer cidadão, de funções para os quais forem eleitos;
Produtores Comerciais de Cana de Açúcar da acordo com as prescrições do presente estatuto. b) Pagar pontuamente as quotas mensais
Região Sul, cujos estatutos se regularão pelas Dois) Os membros serão admitidos mediante ou contribuições;
disposições constantes dos artigos seguintes: proposta submetida à aprovação do Conselho c) Observar as deliberações da Assem-
de Administração e, uma vez admitidos, bleia Geral;
ARTIGO PRIMEIRO
ficam obrigados ao pagamento de quotas ou d) Realizar todas as acções necessárias e
(Denominação e natureza) contribuição associativa que vier a ser fixada pertinentes para o desenvolvimento
Um) A associação tem a denominação em Assembleia Geral. e prestígio da associação;
de Associação dos Produtores Comerciais Três) A demissão, exoneração e expulsão e) Abster-se de praticar quaiquer actos
de Cana-de-Açúcar da Região Sul e ostentará compete a Assembleia Geral sob proposta do que possam pôr em causa o prestígio
a abreviatura de APCA. Conselho de Direcção. e o desenvolvimento da associação.
2578 III SÉRIE — NÚMERO 83
ARTIGO NONO f) Deliberar sobre a exclusão de um d) Autorizar a celebração de todo o
membros da associação; tipo de contratos de trabalho,
(Fundo e património)
g) Autorizar a oneração, alienação, cessão mútuo, compra e venda, aquisição,
Um) Constituem fundo da associação: ou locação de bens patrimoniais da arrendamento, aluguer, concessão
a) Jóia e quota mensais; associação; e outros;
b) Subsídios e donativos dados a as- h) Deliberar sobre recursos interpostos e) Autorizar a liquidação de despesas
sociação; das decisões disciplinares sobre legais e quaisquer outros custos que
c) Contribuições voluntárias; um membro da associação; a associação tenha que suportar.
i) Decidir sobre os casos de repercussão
Dois) O Património é constituído por todos ARTIGO DÉCIMO OITAVO
e interesse da associação, omissos
bens móveis e imóveis, adquiridos a título
neste estatuto;
oneroso ou gratuíto a favor da associação, (Competências do Presidente do Conselho
j) Deliberar sobre a atribuição da cate-
incluíndo os direitos inerentes. de Direcção)
goria de membros honorários e
ARTIGO DÉCIMO beneméritos. O presidente desempenha funções sob ordem
e zela pelas necessidades dos membros e sua
(Órgãos da associação) ARTIGO DÉCIMO QUARTO organização, desempenhando ainda as seguintes
A associação é constituída pelos seguintes (Mesa da Assembleia Geral) competências:
órgãos: a) Representar a associação activa e
Um) A Mesa da Assembleia Geral é cons-
a) Assembleia Geral; tituída pelo presidente, vice-presidente e dois passivamente, em juízo e fora
b) Conselho de Direcção; secretários. de juízo podendo constituir um
c) Conselho Fiscal. Dois) O Presidente da Assembleia Geral é o procurador que possa representar
Presidente da associação e na sua ausência ou e defender os interesses da as-
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO impedimento a assembleia será dirigida pelo sociação.
vice-presidente. b) Zelar pelo bom funcionamento da
(Assembleia Geral)
associação;
Um) A Assembleia Geral é o órgão máximo ARTIGO DÉCIMO QUINTO c) Cumprir e fazer cumprir o estatuto;
da associação, constituída por todos os membros d) Autorizar despezas ordinárias e paga-
(Conselho de Direcção)
em gozo pleno dos seus direitos. mentos;
Dois) Assembleia Garal reúne-se ordinaria- O Conselho de Direcção é um órgão e) Abrir, movimentar e encerrar contas
mente uma vez por ano (no primeiro trimestre de execução, gestão e administração corrente bancárias em nome da associação,
para o balanço do ano anterior, aprovação do da associação. juntamente com o tesoureiro;
programa das actividades e orçamento do ano f) Assinar escrituras públicas e outros
em curso) e extraordinariamente sempre que ARTIGO DÉCIMO SEXTO
documentos referentes às transa-
necessário. (Composição e mandato) ções ou averbamentos imobiliá-
Três) A Assembleia Geral é convocada pelo rios da associação segundo a lei.
Presidente ou por um quarto dos seus membros. Um) O Conselho de Direcção é composto
por: ARTIGO DÉCIMO NONO
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO a) Presidente;
b) Vice-presidente; (Competências do vice-presidente)
(Funcionamento)
c) Secretário executivo; A vice-presidente compete:
Um) A Assembleia Geral considera-se d) Vice-secretário executivo;
a) Substituir interinamente o presidente
constituída em primeira convocatória desde e) Tesoureiro;
nas suas ausências ou impedi-
que estejam presentes pelo menos metade dos f) Vice-tesoureiro.
mentos;
membros e, meia hora depois em segunda Dois) O Conselho de Direcção reunir- b) Auxiliar o presidente no que for
convocatória, com qualquer número dos -se-á ordinariamente em cada três meses e
necessário;
membros presentes. extraordinariamente sempre que necessário,
c) Substituir outros membros do elenco
Dois) As deliberações serão tomadas por convocação do seu presidente e delibera
nas suas ausências e impedimentos.
por maioria absoluta de votos dos membros estando presente mais de metade dos seus
presentes. membros, devendo as suas decisões estarem ARTIGO VIGÉSIMO
registadas em acta.
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO (Competências do secretário executivo)
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
(Competências) Um) O secretário executivo compete:
(Competências do Conselho de Direcção) a) Lavrar as actas das reuniões do
Compete a Assembleia Geral:
Compete ao Conselho de Direcção: Conselho de Administração e da
a) Eleger os titulares dos órgãos sociais;
Assembleia Geral;
b) Fixar o valor da quota os contribuição a) Elaborar e submeter à Assembleia
Geral para aprovação, o orçamento b) Receber, expedir e arquivar corres-
social;
financeiro da associação; pondências;
c) Apreciar e aprovar o plano de acti-
vidades proposto pelo Conselho de b) Deliberar sobre todas as matérias c) Zelar pela guarda de livros e demais
Direcção; necessárias e indispensáveis para documentos da associação na
d) Examinar e aprovar o relatório anual a realização dos objectivos da secretaria;
das actividades e de contas do ano associação; d) Exercer outras tarefas que lhe forem
anterior; c) Fazer a gestão, manutenção, desen- confiadas.
e) Deliberar sobre a extinção da as- volver e melhorar o património Dois) O secretário é coadjuvado nas suas
sociação; da associação; funções pelo vice-presidente.
30 DE ABRIL DE 2019 2579
ARTIGO VIGÉSIMO PRIMEIRO ARTIGO VIGÉSIMO SEXTO AP Representações
(Competências do tesoreiro) (Dissolução da associação) – Sociedade Unipessoal,
Limitada
Um) Ao tesoureiro compete: A dissolução da associação será declarada
a) Receber e registar entradas e saídas de pelo voto favorável de pelo menos três quartos Certifico, para efeitos de publicação, que no
valores pertencentes a associação; dos membros da associação, em Assembleia dia quatro de Abril de dois mil e dezanove foi
b) Efectivar a escrituração contabilística Geral. Este órgão decidirá sobre o destino do registada sob o NUEL 101131521, a sociedade
da associação; seu património, depois de satisfeitas todas as AP Representações – Sociedade Unipessoal,
c) Assinar cheques e documentos conta- obrigações em que a associação está vinculada. Limitada, constituída por documento particular
bilísticos, juntamente com o Presi- Está conforme: aos 4 de Abril de 2019, que irá reger-se pelas
dente do Conselho de Direcção; Conservatória dos Registos da Manhiça, cláusulas seguintes:
d) Prestar relatórios semestral ao Conselho 24 de Janeiro de 2019. — O Conservador,
de Direcção e a Assembleia Geral Ilegível. ARTIGO PRIMEIRO
e sempre que lhe for solicitado;
(Firma)
e) Elaborar e prestar conta anual a ser
aprovada pela Assembleia Geral; A sociedade adopta a denominação AP
f) Exercer outras actividades inerentes Representações – Sociedade Unipessoal,
ao cargo. Amanat, Limitada Limitada, é uma sociedade comercial por
quotas unipessoal de responsabilidade limi-
ARTIGO VIGÉSIMO SEGUNDO Certifico, para efeitos de publicação, que
tada, constituída por tempo indeterminado.
por acta do dia quinze de Abril de dois mil e
(Conselho Fiscal) dezanove, pelas oito horas, na conservatória em ARTIGO SEGUNDO
O Conselho Fiscal é um órgão de fiscalização epígrafe procedeu-se a cedência na totalidade
e auditoria composto por um presidente e dois das quotas dos sócios Abdul Karim, Aissa (Sede social)
vogais, eleitos pela Assembleia Geral. Mahomed Hanif, Faiza Hanif e Fazila Mahomed
A sociedade tem a sua sede no bairro
Hanif Ibrahim no valor de cinco mil meticais
ARTIGO VIGÉSIMO TERCEIRO cada a favor dos senhores Mohammad Iqbal e Chingodzi, Estrada Nacional n.º 7, cidade
Jamila Banoo que entram como novos sócios na de Tete.
(Reuniões)
sociedade, Amanat, Limitada, matriculada sob o ARTIGO TERCEIRO
Um) O Conselho Fiscal reúne-se ordinaria- NUEL 100379465, sita na rua da Electricidade,
mente a cada seis meses e extraordinariamente n.º 154, cidade de Maputo, que passam a ter (Objecto social)
sempre que se mostrar necessário e é presidido uma quota no valor de dez mil meticais cada. A sociedade tem por objecto:
pelo seu Presidente. Em consequência desta cedência. é alterado
Dois) O mandato do Conselho Fiscal coin- parcialmente o pacto social no seu artigo quarto a) Treinamentos profissionalizantes;
cide com o mandato do Conselho de Direcção. do capital social o qual passa a ter a seguinte b) Venda de vestuários e roupas em geral;
nova redacção: c) Venda de equipamentos de proteção
ARTIGO VIGÉSIMO QUARTO individual;
............................................................
d) Venda de material de escritório;
(Competências do Conselho Fiscal)
ARTIGO QUARTO e) Serviços de repografia e gráfica;
Ao Conselho Fiscal compete: f) Transporte e logística;
(Capital social)
a) Examinar contas e a situação finan- g) Inspeção industrial;
ceira da associação; Um) O capital social, integralmente h) Ensaios não destrutivos;
b) Verificar e providenciar que os fundos subscrito e realizado em dinheiro, é de i) Aluguer de viaturas, equipamento
sejam utilizados de acordo com o vinte mil meticais, dividido em duas industrial e mineiro e de cons-
estatuto; quotas iguais assim distribuídas: trução civil;
c) Apresentar anualmente à Assembleia a) Mohammad Iqbal titular de uma j) Vendas de acessórios de viaturas, e
Geral o seu parecer sobre as acti- quota no valor de dez mil máquinas industriais;
vidades da Direcção em especial meticais correspondente a cin- k) Manutenção e reparação de máqui-
sobre as contas da associação; quenta por cento do capital nas e equipamentos de construção
d) Examinar os livros das tesourarias e social; civil e mineiro;
escrituração da contabilidade da b) Jamila Banoo titular de uma quota l) Com importação e exportação;
associação; no valor de dez mil meticais m) Pintura industrial.
e) Requisitar aos tesoureiros, a qual- correspondente a cinquenta por
quer momento os documentos cento do capital social. ARTIGO QUARTO
probatórios das operações econó- Dois) O capital social poderá ser
micos financeiros realizados pela (Capital social )
aumentado uma ou mais vezes, mediante
associação. entradas em numerário ou em espécie, O capital social, integralmente subscrito e
pela incorporação dos suprimentos feitos realizado em dinheiro, é de cem mil meticais,
ARTIGO VIGÉSIMO QUINTO a sociedade pelos sócios. equivalente a cem por cento do capital social,
(Supervisão e relatórios) E, porque nada mais havia a tratar, foi a pertencente ao único sócio Alessandro Emílio
reunião encerrada as nove e quarenta e cinco Pinto da Paixão, solteiro, maior, natural de João
Um) O Conselho de Direcção supervisio-
minutos, tendo sido lavrada a presente acta Monlevade MG, de nacionalidade brasileira,
nará todos os títulos de cargos da associação,
que será assinada pelos sócios e reconhecida residente em Tete, bairro Chingodzi, cidade
incluíndo o presidente e o seu representante
no notário para sua inteira validade. de Tete, titular do Passaporte n.º YC257974,
no exercício das suas tarefas.
Dois) Todos os títulos de cargos deverão Está conforme. emitido pela embaixada brasileira na cidade
prestar relatórios das suas actividades ao Maputo, 22 de Junho de 2019 O. — Técnico, de Maputo, Moçambique aos 2 de Setembro
Conselho de Direcção. Ilegível. de 2016, e do NUIT 119060044.
2580 III SÉRIE — NÚMERO 83
ARTIGO QUINTO Juleca Abdul Rasac, casada, natural ARTIGO QUINTO
da cidade da Pemba, de nacionalidade
(Administração e representação (Capital social)
moçambicana, residente na cidade
da sociedade) de Maputo, Avenida Eduardo Mondlane, O capital social poderá ser aumentado
Um) A sociedade será administrada e n.º 2829, 4.º andar, Direito, bairro Alto uma ou mais vezes mediante deliberação da
representada pelo único sócio Alessandro Maé, portaddora do Bilhete de Identidade assembleia geral com ou sem entrada de novos
Emílio Pinto da Paixão, que fica desde já n.º 1101018855314A, emitido aos 27 sócios.
nomeado administrador com dispensa de de Novembro de 2019;
ARTIGO SEXTO
caução, competindo ao administrador exercer É celebrado contrato de sociedade por
quotas, que se regerá pelas cláusulas seguintes: (Cesação de quotas)
os mais amplos poderes, representando a
socie-dade em juízo e fora dele, activa ou A cessão de quotas é livre entre os sócios,
ARTIGO PRIMEIRO
passivamente na ordem jurídica interna ou mas a estranhos dependem do consentimento
internacional, praticando todos os atos tendentes (Denominação social, sede e duração) da sociedade que terá em primeiro lugar os
a realização do seu objecto social. sócios individualmente e em segundo o direito
Um) A sociedade adopta a denominação
Dois) O administrador poderá fazer se de preferência.
social de AR & AZ - Serviços, Limitada, e tem
representar no exercício das suas funções, a sua sede na Avenida Ahmed Sekou Toure, ARTIGO SÉTIMO
podendo para tal constituir procuradores da n.º 3157, ré-do-chão, bairro Alto Maé, cidade
sociedade delegando neles no todo ou em parte, de Maputo, podendo abrir ou fechar delegações (Assembleia geral, gerência
os seus poderes para aprática de determinados sucursais, ou outras formas de representação e representação da sociedade)
actos e negócios jurídicos. social em qualquer parte do território nacional, Um) A assembleia geral reunir-se-á ordina-
Três) A sociedade fica obrigada nos seus actos ou no estrangeiro, desde que a assembleia assim riamente, uma vez por ano, de preferência
e contratos pela assinatura do administrador ou o decida e mediante a prévia autorização de na sede da sociedade, para a apreciação,
pela assinatura da pessoa ou pessoas a quem quem é de direito. aprovação ou modificação do balanço e contas
serão delegados poderes para o efeito. Dois) A sua duração é por tempo indeter- do exercício e para deliberar sobre quaisquer
minado, contando-se o seu início a partir da data outros assuntos para que tenha sido convocada e
Quatro) Em caso algum a sociedade poderá
da celebração do presente contrato. extraordinariamente sempre que for necessário.
ser obrigada em atos ou documentos que
não digam respeito ao seu objecto social, Dois) A assembleia geral será sempre
ARTIGO SEGUNDO
convocada por meio de carta registada com
designadamente em letras de favor, fianças
(Objecto) aviso de recepção dirigida aos sócios com a
e abonações. Competente o foro do Tribunal
antecedência mínima de 15 dias e presidida
Judicial da Província de Tete, com renúcia A sociedade tem como objecto social o pelo representante legal da sociedade.
a qualquer outro. exercício de: Três) A gerência e administração da socie-
a) Imobiliária, compra e venda de pro- dade e a sua representação em juízo e fora
ARTIGO SEXTO
priedades. dele, activa e passivamente, será exercida pelo
Disposições finais b) Contabilidade, consultoria, docu- Mohamed Nahim Momed Hussen, nomeado
mentos pessoais, consultoria de sócio gerente com dispensa de caução, bastando
Em tudo o que estiver omisso nos presentes negócio e outras prestações de a sua assinatura para obrigar a sociedade nos
estatutos aplicar-se-ão as disposições legais serviços. actos, contratos e bancos, podendo este nomear
vigentes na República de Moçambique. seu representante se assim o entender desde que
ARTIGO TERCEIRO preceituado na lei.
Está conforme.
(Capital social) Quatro) Os sócios não poderam delegar os
Tete, 12 de Abril de 2019. — O Conservador,
seus poderes em pessoas estranhas à sociedade
Iúri Ivan Ismael Taibo O capital social, subscrito e integralmente sem o consentimento de todos os sócios.
realizado em dinheiro, é de 25.000,00MT (vinte Cinco) Em caso algum dos sócios ou seus
e cinco mil meticais), correspondente à soma de mandatários poderão obrigar a sociedade em
duas quotas desiguais de seguinte modo: actos e documentos estranhos aos negócios
a) Uma quota no valor nominal de sociais designadamente em letras de favor,
12.500,00MT (doze mil e quin- fianças e abonações.
AR & AZ – Serviços, hentos meticais), pertencente ao
sócio Mohamed Nahim Momed ARTIGO OITAVO
Limitada
Hussen, correspondente a cinquenta (Balanço)
Certifico, para efeitos de publicação, que por cento do capital social;
b) Uma quota no valor nominal de Um) O balanço sobre o fecho de contas a
no dia 15 de Abril de 2019, foi matriculada
12.500,00MT (doze mil e quin- 31 de Dezembro de cada ano será anualmente
na Conservatória do Registo das Entidades
hentos meticais), pertencente apresentado aos sócios.
Legais sob NUEL 101135993 uma entidade
à sócia Juleca Abdul Rasac, Dois) Os lucros líquidos apurados em cada
denominada AR & AZ - Serviços, Limitada, balanço anual deduzidos cinco por cento para
entre: correspondente a cinquenta por
cento do capital social. o fundo de reserva legal e de quaisquer outras
Mohamed Nahim Momed Hussen, casado, percentagens estabelecidas pela assembleia
natural de Mucuba, de nacionalidade ARTIGO QUARTO geral, serão divididos pelos sócios na propor-ção
moçambicana, residente na cidade de das suas quotas.
(Suprimentos)
Maputo, na Avenida Eduardo Mondlane, Três) A sociedade só se dissolve nos termos
n.º 2829, 4.º andar, Direito, bairro Alto Não haverá prestações suplementares fixados na lei e será então liquidada como
Maé, portador do Bilhete de Identidade podendo, porém, os sócios fazer a sociedade os a assembleia geral deliberar.
n.º 110100401568N, emitido aos 14 suprimentos de que ela carece ao juro e demais Maputo, 18 de Abril de 2019. — O Técnico,
de Fevereiro de 2018; condições estipuladas pela assembleia geral. Ilegivel.
30 DE ABRIL DE 2019 2581

Arqeng, Limitada tituírem-se ou ainda associar-se a terceiros, BAO AN – Sociedade


associações, entidades, organismos nacionais Unipessoal, Limitada
Certifico, para efeitos de publicação, que no e ou internacionais, permitida por lei.
dia cinco de Fevereiro de dois mil e dezanove, Cinco) A sociedade, poderá participar em Certifico, para efeitos de publicação, que
foi matriculada, na Conservatória do Registo outras sociedades já constituídas ou a cons- no dia 9 de Junho de 2018, foi matriculada
das Entidades Legais de Nampula, sob o tituírem-se ou ainda associar-se a terceiros, na Conservatória do Registo das Entidades
n.º 101103668, a cargo de Inocêncio Jorge associações, entidades, organismos nacionais Legais sob NUEL 101043509, uma entidade
Monteiro, conservador e notário técnico, uma e ou internacionais, permitida por lei. denominada Greensite, Limitada.
sociedade por quotas de responsabilidade É celebrado o constituído o presente contrato
limitada denominada Arqeng, Limitada, ARTIGO QUARTO de sociedade, nos termos do artigo 90 do Código
constituída entre os sócios: Abdul Remane Capital social Comercial, pelo sócio:
Ossumane, solteiro de 42 anos de idade, natural Hanbang Zeng, de nacionalidade chinesa,
O capital social, integralmente subscrito e
de Nampula, cidade de Nampula, província de portador do DIRE n.º 11CN00108404P, de
realizado em dinheiro, é de 1.000.000,00MT
Nampula, portador de Bilhete de Identidade 18 de Maio de 2018 e válido até 18 de Maio
(um milhão de meticais), correspondente
n.º 030105017039A, emitido pelo Arquivo de 2019, residente na cidade de Maputo,
à soma de duas quotas, sendo: Avenida Eduardo Mondlane, bairro Central,
de Identificação Civil de Nampula, Messias
Luciano, solteiro de 34 anos de idade, natural a) Uma quota no valor de 500.000,00MT constitui uma sociedade por quotas de
de Malema, província de Nampula, portador (quinhentos mil meticais), equi- responsabilidade limitada, com os seguintes
de Bilhete de Identidade n.º 030102864606N, valente a 50% (cinquenta por estatutos:
emitido pelo Arquivo de Identificação Civil de cento) do capital social, pertencente
ao sócio Abdul Remane Ossumane; ARTIGO PRIMEIRO
Nampula, residente na idade de Nampula.
b) Uma quota no valor de 500.000,00MT (Denominação e sede)
ARTIGO PRIMEIRO (quinhentos mil meticais), equi-
A sociedade adopta a designação de BAO
valente a 50% (cinquenta por
Denominação AN – Sociedade Unipessoal, Limitada, e tem
cento) do capital social, pertencente
a sua sede na Rua Irmãos Ruby, n.º 49, na
A sociedade adopta a denominação de ao sócio Messias Luciano.
província e cidade de Maputo. A sociedade
Arqeng, Limitada. Parágrafo único. O capital social poderá poderá estabelecer delegações ou outras formas
ser aumentado uma ou mais vezes desde que de representação noutros pontos das províncias
ARTIGO SEGUNDO
deliberado em assembleia geral. de interesse ou ainda transferir a sua sede para
Sede outro lugar dentro ou fora do país, mediante
ARTIGO QUINTO
A sociedade tem a sua sede no bairro autorização das autoridades competentes.
de Muhala Expansão, cidade de Nampula, Administração e representação
da sociedade
ARTIGO SEGUNDO
província de Nampula, podendo por deliberação
da assembleia geral, abrir sucursais, filiais, (Duração)
Um) A administração e representação
escritórios, delegações ou qualquer outra da sociedade em juízo e fora dele, activa e A sua duração é por tempo indeterminado e
forma de representação social no país como passivamente ficam a cargo dos sóciosAbdul o seu início conta-se a partir da data da assina-
no estrangeiro, desde que sejam devidamente Remane Ossumane e Messias Luciano,que tura do presente contrato.
autorizadas pela lei. desde já ficam nomeados administradores
da sociedade com dispensa de caução, sendo ARTIGO TERCEIRO
ARTIGO TERCEIRO
obrigatório a assinatura de qualquer um dos (Objecto social)
Objecto sócios para obrigar a sociedade em todos actos,
Um) A sociedade tem por objecto social a
documentos e contratos.
Um) A sociedade tem por objecto principal actividade de venda de vestuário e calçados.
Dois) Os administradores poderão consti-
construção civil e obras públicas. Dois) A sociedade poderá por deliberação
tuir mandatários, com poderes que julgar
Dois) A sociedade poderá ainda exercer da assembleia geral, exercer outras actividades
convenientes e podem também substabelecer
outras actividades conexas, complementares ou comerciais relacionadas com o seu objecto
ou delegar os seus poderes de administração principal, ou, ainda associar-se ou participar no
subsidiárias do seu objecto principal em que os ou a terceiro por meio de procuração, deste que
sócios acordem, podendo ainda praticar todo e capital social de outras sociedades, desde que
deliberado em assembleia geral. legalmente permitido pela legislação em vigor.
qualquer acto de natureza lucrativa, permitido Três) A assembleia geral tem a faculdade
por lei, desde que se delibere e se obtenha as de fixar remuneração do administrador. ARTIGO QUARTO
necessárias autorizações.
(Capital social)
Três) A sociedade poderá efectuar repre- ARTIGO SEXTO
sentação comercial de sociedades, domiciliadas O capital social, integralmente realizado em
Obrigações
ou não no território nacional, representar marcas dinheiro e de bens, é de 20.000,00MT (vinte
e proceder a sua comercialização a grosso Os sócios não podem obrigar a sociedade mil meticais), unicamente representado na
e a retalho, assim como prestar os serviços em actos e contratos alheios ao objecto social, proporção abaixo indicada:
relacionados com o objecto da actividade designadamente letras de favor, fianças, abo- Hanbang Zeng – com uma quota no valor
principal. nações e semelhantes. de 20.000,00MT (vinte mil meticais),
Quatro) A sociedade, poderá participar em Nampula, 5 de Fevereiro de 2019. — O Con- correspondente à cem porcento (100%)
outras sociedades já constituídas ou a cons- servador Notário Técnico, Ilegível. do capital.
2582 III SÉRIE — NÚMERO 83
ARTIGO QUINTO ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO OITAVO
(Administração, gerência e representação) Tipo societário Alteração do capital

Um) A sociedade é regida e representada É constituída pelo outorgante uma socie- O capital social poderá ser alterado por uma
por um conselho de gerência eleito em assem- dade comercial unipessoal por quotas de ou mais vezes sob decisão da gerência.
bleia geral. responsabilidade, limitada, que se regerá
Dois) O conselho de gerência é constituído ARTIGO NONO
pelos presentes estatutos e demais legislações
por um único sócio. aplicáveis. Prestações suplementares e suprimentos
Três) A gerência pode constituir repre-
ARTIGO SEGUNDO O sócio poderá fazer suprimentos de que
sentantes, e delegar os seus poderes no todo
esta carecer nos termos e condições da decisão
ou em parte.
Denominação social do sócio.
ARTIGO SEXTO
A sociedade adopta a denominação de C.J. ARTIGO DÉCIMO
(Balanço) Construções – Sociedade Unipessoal, Limitada. Administração e gerência
Anualmente será feito um balanço fechado ARTIGO TERCEIRO Um) A administração, gerência e repre-
com data de 20 à 24 de Dezembro e os meios sentação da sociedade em juízo e fora dele,
líquidos apurados em cada balanço depois de Sede social
activa a passivamente será exercida pelo sócio
deduzidos 5%, para o fundo de reserva geral que desde já fica nomeado sócio-gerente, com
Um) A sociedade tem a sua sede no bairro
e feitas quaisquer outras deduções em que a dispensa de caução, com ou sem remuneração,
Centro Hípico, nesta cidade de Chimoio
Sociedade acorde será dividida pelos sócios na conforme vier a ser deliberado pela assembleia
província de Manica.
proporção das respectivas quotas. geral.
Dois) O sócio poderá decidir a mudança
Dois)A sociedade fica obrigada em todos
ARTIGO SÉTIMO da sede social e assim criar quaisquer outras
os seus actos e contratos pela assinatura do
formas de representação, onde e quando o sócio-gerente.
(Normas supletivas)
julgue conveniente, em conformidade com a Três) O sócio-gerente poderá delegar todos
Nos casos omissos regularão as disposições legislação em vigor. ou parte dos seus poderes de gerência a pessoas
do código comercial vigente e demais legislação Três) A sociedade poderá abrir uma estranhas a sociedade desde que outorgue a
aplicável na República de Moçambique, ou mais sucursais em qualquer canto do país procuração com todos os possíveis limites de
que respeite a matéria e demais legislações ou no estrangeiro, desde que obtenha as devidas competência.
aplicáveis. autorizações. Quatro) O sócio-gerente não poderá obrigar
Maputo, 16 de Abril de 2019. — O Técnico, a sociedade em actos e contratos que não dizem
Ilegível. ARTIGO QUARTO respeito ao seu objecto social, nomeadamente
letra de favor, fiança, livrança e abonações.
Duração
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
A sociedade é constituída por tempo inde-
terminado, contando-se o seu início a partir da Morte ou interdição
data da celebração da presente escritura pública.
C.J Construções Em caso de falecimento ou interdição do
sócio gerente, a sociedade continuará com os
– Sociedade Unipessoal, ARTIGO QUINTO
herdeiros ou representantes do sócio falecido
Limitada Objecto social ou interdito os quais nomearão de entre si um
que a todos represente na sociedade enquanto
Certifico, para efeitos de publicação, que por Um) A sociedade tem por objecto o exer- a quota permanecer indiviso.
escritura de dezoito de Fevereiro de dois mil e cício da actividade de construção civil.
dezasseis, lavrada de folhas 28 a 32 e seguintes Dois) A sociedade poderá exercer outras ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
do livro de notas para escrituras diversas actividades para além da principal, quando Aplicação de resultados
n.º 9, deste Cartório Notarial, a cargo de Abias obtidas as devidas autorizações.
Armando, conversador e notário superior, Um) O exercício económico coincide com
em pleno exercício de funções notariais, ARTIGO SEXTO o ano civil e o balanço de contas de resultados
compareceram como outorgantes: será fechado com referencia a 31 de Dezembro
Participação em outras empresas de cada ano e será submetido a apreciação
Cláudio Jó Meque, solteiro, maior, natural do sócio-gerente.
de Catandica-Bárue, de nacionalidade Por decisão da gerência é permitida a
Dois) Os lucros que se apurarem líquidos de
moçambicana, portador de Espera Bilhete participação da sociedade em quaisquer
todas as despesas e encargos sociais, separada
de Identidade n.º 64806301, emitido pelos outras empresas societárias, agrupamentos de
a parte de cinco por cento para o fundo de
Serviços Provinciais de Identificação Civil empresas, sociedades, holdings, joint-ventures, reserva legal e separadas ainda de quaisquer
de Manica em Chimoio, em quatro de ou outras formas de associações, união ou de deduções decididas pelo sócio gerente serão da
Novembro de dois mil e quinze e residente concertação de capitais. responsabilidade da gerência.
no bairro Centro Hípico, nesta cidade de
ARTIGO SÉTIMO ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
Chimoio.
Capital social Amortização de quota
E por ele foi dito:
Que, pela presente escritura pública, cons- O capital social, subscrito e integralmente Um) A sociedade poderá amortizar a quota
tituiu uma sociedade unipessoal por quotas de realizado em dinheiro, é de 250.000,00MT, do sócio nos seguintes casos:
responsabilidade limitada, denominada C.J. (duzentos e cinquenta mil meticais), perten- a) Com conhecimentos dos titulares
Construções – Sociedade Unipessoal, Limitada. centes ao sócio único. das quotas;
30 DE ABRIL DE 2019 2583
b) Quando as quotas tiverem sido Pelo presente contrato de sociedade, outor- b) Uma quota no valor de 240.000,00MT
arroladas, penhoradas, arrestada gam e constituem entre si uma sociedade por (duzentos e quarenta mil meticais),
ou sujeitas a providência jurídica quotas de responsabilidade limitada, que se correspondente a 24%, pertencente
ou legal do sócio; regerá pelas cláusulas seguintes: ao sócio Manuel Elias Munguambe;
c) No caso de falência ou insolvência c) Uma quota no valor de 240.000,00MT
CAPÍTULO I (duzentos e quarenta mil meticais),
do sócio.
Da denominação, duração, sede correspondente a 24%, pertencente
Dois)A amortização será feita pelo valor
e objecto ao sócio Nemanja Vuckovic;
nominal das respectivas quotas com a correc-
d) Uma quota no valor de 240.000,00MT
ção resultante da desvalorização da moeda. ARTIGO PRIMEIRO
(duzentos e quarenta mil meticais),
ARTIGO DÉCIMO QUARTO Doppio Quatro, Limitada, adiante designada correspondente a 24%, pertencente
simplesmente por sociedade comercial por ao sócio Pércio Clement Wekeyo.
Dissolução da sociedade quota de responsabilidade limitada, criada por
tempo indeterminado e que se rege pelo presente ARTIGO QUINTO
A sociedade dissolve-se por decisão do
contrato e pelos preceitos legais aplicavéis.
sócio gerente ou nos casos fixados na lei e a Não serão exigíveis suplementares de
sua liquidação será efectuada pelo gerente que ARTIGO SEGUNDO capital. Os sócios poderão conceder à sociedade
estiver em exercício na data da sua dissolução. os suprimentos de que ela necessite, nos
Um) A sociedade tem a sua sede em termos e condiçoes fixados por delibereção da
ARTIGO DÉCIMO QUINTO Maputo, na Avenida Ahmed Sekou Touré, assembleia geral.
n.º 3400, primeiro andar, podendo abrir
Casos omissos sucursais, delegações, agências ou qualquer CAPÍTULO III
outra forma de representação social onde e
Os casos omissos serão regulados pelas Da emissão de obrigações
quando a administração o julgar conveniente.
disposições aplicáveis e em vigor na República Dois) A administração pode transferir ARTIGO SEXTO
de Moçambique. a sede para qualquer outro local do território
Está conforme. nacional. Um) A sociedade poderá emitir ou adquirir
obrigações, nominativas ou ao portador, nos
Cartório Notarial de Chimoio, 4 de Março ARTIGO TERCEIRO termos da legislação aplicável e mediante as
de 2019. — O Notário A,, Ilegível.
Um) Agro-pecuária: condiçoes fixadas em assembleia geral.
a) Agricultura; Dois) Os títulos obrigacionistas, quer sejam
b) Produção de diversas culturas (cereais provisórios ou finais, deverão conter a assinatura
e citrinos); do administrador.
c) Pecuária; Três) A sociedade pode adquirir quotas e
Doppio Quatro, Limitada d) Criação de diversos animais (bovinos, obrigações próprias e realizar operações que
caprinos, suínos, ovelhas); se mostrem convenientes, sujeitas às condições
Certifico, para efeitos de publicação, que e) Criação de aves (avestruzes, galinhas fixadas pelos sócios e de acordo com a lei
no dia 2 de Abril de 2019, foi matriculada e patos). aplicável.
na Conservatória do Registo das Entidades Dois) Matadouro. CAPÍTULO IV
Legais, sob NUEL 101129632, uma entidade Três) Depósito e distribuição de bebidas
denominada Doppio Quatro, Limitada. (2M e coca-cola). Dos órgãos sociais, gerência
Quatro) Restauração e bebidas. e representação da sociedade
É celebrado o presente contrato de sociedade,
Cinco) Casa de hóspedes (guest house). ARTIGO SÉTIMO
nos termos do artigo 90 do Código Comercial, Seis) Posto de abastecimento de combustíveis
entre: e lubrificantes, integrando: A assembleia geral reunir-se-á, em
Primeiro. Trajan Sandev, casado, natural a) Bombas de gasolina s/chumbo; sessão ordinária, uma vez em cada ano, para
de Sveti-Nikole, residente nesta cidade, titular b) Bombas de gasóleo; apreciação, aprovação ou modificação do
do Bilhete de Identidade n.º 110307100279S, c) Bombas de gás natural (GNC). balanço e contas do exercício, bem como
de vinte e nove de Novembro de dois mil e d) Serviços de lubrificação de viaturas; para deliberar sobre quaiquer outros assuntos
dezassete, emitido pela Direcção de Identifica- e) Serviços de lavagem de viaturas; constantes da respectiva convocatória e, em
ção Civil de Maputo; f) Loja de conveniência. sessão extraordinária, sempre que se mostrar
Segundo. Pércio Clement Wekeyo, natural Sete) A sociedade poderá desenvolver necessário.
da África do Sul, de nacionalidade sul-africana, outras actividades comerciais, subsidiárias ou ARTIGO OITAVO
residente nesta cidade, titular do Passaporte complementares ao seu objecto principal, desde
que devidamente autorizada. Em princípio, as assembleias da sociedade
n.º A06739102, de dezasseis de Maio de dois
deverão ter lugar na sua sede, podendo realizar-
mil e dezoito, emitido na África do Sul; CAPÍTULO II -se em local diverso da sede, desde que não
Terceiro. Nemanja Vuckovic, de naciona- sejam prejudicados nem sejam postos em causa
Do capital social
lidade de Kosovar, residente nesta cidade, os interesses dos sócios.
titular do Passaporte n.º P00914180, de sete ARTIGO QUARTO
de Fevereiro de dois mil e dezassete, emitido CAPÍTULO V
O capital social, integralmente subscrito e
em Kosovo; realizado, é de 1.000.000,00MT (um milhão de Da gerência e representação
Quarto. Manuel Elias Munguambe, natural meticais) e corresponde a quatro quotas, assim da sociedade
de Maputo, de nacionalidade moçambicana, distribuídas:
ARTIGO NONO
residente nesta cidade, titular do Passapotrte a) Uma quota no valor de 280.000,00MT
n.º 15AJ10800, de vinte e um de Julho de dois (duzentos e oitenta mil meticais), Um) A sociedade será dirigida por um
mil e dezasseis, emitido pela Direcção Nacional correspondente a 28%, pertencente administrador, ficando desde já nomeado
de Migração. ao sócio Trajan Sandev; como administrador o sócio Trajan Sandev.
2584 III SÉRIE — NÚMERO 83
Dois) O administrador exercerá os mais EMD – Engineering Metallic e) Decapagem de superfícies internas e
amplos poderes, representando activa e Developments, Limitada de superfícies externas em tubos
passivamente a sociedade em juízo e fora dele, metálicos aéreos, subterrâneos e
e realizará todos os actos necessários para Certifico, para efeitos de publicação, que sub-aquáticos;
promover os negócios da sociedade, incluindo no dia 26 de Março de 2019, foi matriculada f) Pintura de superfícies internas e de
na Conservatória do Registo das Entidades superfícies externas de tubos aéreos,
entre outros:
Legais, sob NUEL 101006719, uma entidade subterrâneos e subaquáticos;
a) Adquirir, alocar, alienar bens e g) Fornecimento e aplicação de sistemas
denominada EMD – Engineering Metallic
serviços; de protecção contra a corrosão
Developments, Limitada.
b) Abrir, movimentar e encerrar contas em estruturas metálicas, tanques
bancárias em nome da sociedade, É celebrado o presente contrato de socie- metálicos e tubagena metálicas
bem como contrair obrigações dade, nos termos do artigo 90 do Código aéreas, subterrâneas e subaquá-
Comercial, entre: ticas;
financeiras;
Primeiro. Elton Francisco Huó, maior, h) Fornecimento e aplicação de sis-
c) Admitir, promover e despedir pes-
solteiro, de nacionalidade moçambicana, temas de controlo da corrosão
soal, e proceder à instauração de
portador do Bilhete de Identidade em estruturas metálicas, tanques
processos disciplinares de acordo metálicos e tubagem metálica,
com a legislação em vigor; n.º 08300532145Q, emitido a 30 de Novembro
aéreas, subterrâneas e subaquá-
d) Constituir mandatários. de 2015, pelos Serviços de Identificação Civil da
ticas;
Cidade da Beira, residente na cidade da Beira, i) Fornecimento e aplicação de sistemas
Três) A sociedade ficará obrigada pela
Ponta Gea, Rua 1378, casa n.º 31; e de proteção catódicas;
assinatura do administrador ou de qualquer
Segundo. Custódio Armando Mondlane, j) Exercício de importação e exportação;
mandatário devidamente autorizado. maior, casado, de nacionalidade moçambi- K) Controle de qualidade;
cana, portador do Bilhete de Identidade l) Procurement e manutenção industrial;
CAPÍTULO VI
n.º 110102500620A, emitido a 11 de Maio m) Electricidade industrial;
Das contas e aplicação de resultados de 2018, pelos Serviços de Identificação Civil n) Instrumentação;
da Cidade de Maputo, residente em Maputo, o) Fornecimento e aplicação de sistemas
ARTIGO DÉCIMO
Distrito Municipal n.º 4, bairro Triunfo, de proteção contra incêndios;
Um) O ano social coincide com o ano civil. quarteirão 35, casa n.º 35. p) Consultoria e prestação de serviços nas
Dois) O balanço e a conta de resultados áreas acima mencionadas.
Que outorgam e constituem entre si uma
fechar-se-ão com referência a 30 de Dezembro sociedade por quotas de responsabilidade Dois) A sociedade poderá ainda exercer
de cada ano e serão submetidos à apreciação quaisquer outras actividades pretendidas
limitada, que se regerá pelos artigos seguintes:
da assembleia geral. desde que sejam devidamente autorizadas pela
ARTIGO PRIMEIRO assembleia geral e se obtenham as necessárias
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO autorizações para esse efeito.
(Denominação e duração) Três) A sociedade poderá adquirir parti-
Um) Dos lucros apurados em cada exercício cipação e/ou aquisição de outras sociedades
A sociedade adopta a denominação de
dedurzi-se-á, em primeiro lugar, a percentagem comerciais.
EMD – Engineering Metallic Developments,
legalmente estabelecida para a constituição do Quatro) A sociedade poderá adquirir patri-
Limitada, e é constituída por tempo indeter-
fundo de reserva legal, enquanto não estiver mónio para a realização das suas actividades
minado. de acordo com o preceituado na lei.
realizado ou sempre que seja necessário rein-
tegrá-lo. ARTIGO SEGUNDO
ARTIGO QUARTO
Dois) Cumprindo o disposto no número
(Sede)
anterior, a parte restante dos lucros terá a (Capital social)
aplicação que for determinda pela assembleia Um) Ao longo da EN4, Condomínio Shelyns
O capital social, integralmente subscrito e
geral. Village Matola, n.º 6, Rua 12205, na cidade realizado, é de 500.000,00MT (quinhentos mil
da Matola. meticais), correspondente à soma de 2 (duas)
CAPÍTULO VII Dois) A sociedade poderá deliberar a quotas divididas da seguinte forma:
alteração da sede social para qualquer outro
Das disposições diversas a) Elton Francisco Huó, detentor de
local, dentro do território nacional e poderá abrir uma quota de valor nominal de
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO sucursais, filiais, delegações ou outras formas 300.000,00MT (trezentos mil
de representação, dentro e fora do território meticais), correspondente a 60%
Um) A sociedade dissolve-se nos casos e nos
nacional. do capital social;
termos estabelecidos por lei. Será liquidatário
b) Custódio Armando Mondlane, detentor
o administrador em funções, salvo deliberação ARTIGO TERCEIRO
de uma quota no valor nominal
diferente da assembleia geral.
Um) Constitui actividade principal da socie- de 200.000,00MT (duzentos mil
Dois) A sociedade exercerá actividade dade a construção civil: meticais), correspondente a 40%
de importação e exportação de bens. do capital social.
a) Construção e manutenção metalo-
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO mecânica; ARTIGO QUINTO
b) Pinturas de estruturas metálicas, deca-
Em tudo quanto fica omisso, regularão as pagem de estruturas metálicas; (Participação noutras sociedades,
disposições do Código Comercial e demais consórcios, empresas e outros)
c) Decapagem de tanques metálicos
legislação aplicável. aéreos, subterrâneos e subaquáticos; Um) A administração e representação da
Maputo, 17 de Abril de 2019. — O Técnico, d) Pintura de tanques metálicos aéreos, sociedade, em juízo e fora dela, pertencem aos
Ilegível. subterrâneos e sub-aquáticos; sócios gerentes.
30 DE ABRIL DE 2019 2585
Dois) Para obrigar a sociedade em todos ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO ARTIGO DÉCIMO QUINTO
os actos, documentos e contratos, bastarão as
(Administração e representação) (Resolução de litígios)
assinaturas dos sócios gerentes.
Três) A sociedade poderá constituir procu- Um) A administração e representação da Surgindo divergência, não podem estes
radores por meio de procuração ou contratos. sociedade serão exercidas pelo sócio maiori- recorrer à resolução judicial sem que previa-
tário, salvo deliberação expressa em contrário mente o assunto tenha sido submetido à apre-
ARTIGO SEXTO nesse sentido em assembleia geral. ciação da assembleia geral.
Dois) Para obrigar a sociedade é impres-
(Aumento do capital social) ARTIGO DÉCIMO SEXTO
cindível a assinatura de, pelo menos, dois
O capital social poderá ser aumentado sócios, sendo a do sócio maioritário obrigatória. (Omissos)
por uma ou mais vezes por deliberação da
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO Em todos os casos omissos, regularão as
assembleia geral.
disposições legais aplicáveis na República de
(Assembleia geral e deliberações Moçambique, designadamente os Códigos Civil
ARTIGO SÉTIMO
da assembleia geral) e Comercial.
(Direito de preferência)
Um) A assembleia geral é convocada ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
Os sócios têm direito de preferência no mediante carta registada para a sua realização.
aumento do capital da sociedade, na proporção Dois) São válidas, independentemente (Dissolução e liquidação)
das quotas que possuam, salvo se o contrário de convocação, as deliberações tomadas por A dissolução e liquidação da sociedade
for decidido por assembleia geral. unanimidade e em assembleia geral na qual reger-se-ão pelas disposições da lei e, em tudo
compareçam ou se façam representar ambos quanto esta seja omissa, pelo que se deliberar
ARTIGO OITAVO os sócios. em assembleia geral.
Três) Neste caso, a respectiva acta deve ser Maputo, 17 de Abril de 2019. — O Técnico,
(Divisão de quotas)
assistida por todos os sócios. Ilegível.
As quotas não podem ser divididas, só Quatro) A assembleia geral poderá reunir
podendo ser transacionadas por inteiro, tendo fora da sede social.
a sociedade e os sócios, por esta ordem, direito
de preferência na sua aquisição. ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO

ARTIGO NONO
(Convocação e reunião Empresa de Engenharia,
da assembleia geral) Procurement e Serviços,
(Transmissão de quotas)
Um) A assembleia geral reunirá, ordina- Limitada
Um) Na transmissão de quotas, os sócios, riamente, uma vez por ano, nos primeiros Certifico, para efeitos de publicação, que
na proporção das suas quotas e com o direito três meses de cada ano para apreciação, no dia 20 de Janeiro de 2019, foi matriculada
de acrescer entre si, gozam do direito de aprovação ou modificação do balanço e contas na Conservatória do Registo das Entidades
preferência. do exercício e, extraordinariamente, sempre que
Legais sob NUEL 101124584, uma entidade
Dois) O sócio que pretenda transmitir a sua for necessário.
denominada Empresa de Engenharia,
quota deverá notificar, por escrito, ao outro Dois) A assembleia geral é convocada por
Procurement e Serviços, Limitada, entre:
sócio da transmissão pretendida, indicando qualquer um dos administradores, mediante
carta registada com aviso de recepção dirigida Délcio Guilherme Marrame, maior, de
a quota a transmitir, o respectivo preço e as nacionalidade moçambicana, natural da
condições de pagamento. ao outro sócio, com a antecedência mínima de
15 dias. cidade de Maputo, titular do Passaporte
Três) O sócio não cedente dispõe do prazo n.º 13AE26010, emitido aos dezanove de
Três) Salvo disposição legal em contrário,
de 30 dias, a contar da data de recepção da Junho de dois mil e catorze, pela Direcção
a assembleia geral poderá reunir e validamente
notificação a que se refere o número anterior, Nacional de Migração, na cidade de Maputo;
deliberar sem dependência de prévia convo-
para exercerem, por escrito, o direito de pre- Slávia Virgínia Bambo Nhassopa, maior, de
catória se todos os sócios estiverem presentes
ferência, sob pena de, não o fazendo, considerar- nacionalidade moçambicana, natural da
ou representados e manifestarem unanime-
se que renunciam ao exercício de tal direito. cidade de Maputo, titular do Bilhete de
mente a vontade de que a assembleia se cons-
titua e delibere sobre determinado assunto. Identidade n.º 110100210033Q, emitido aos
ARTIGO DÉCIMO
Quatro) Os sócios poderão fazer-se repre- onze de Setembro de dois mil e dezassete,
(Suprimentos) sentar nas assembleias gerais por qualquer pelo Arquivo de Identificação Civil de
pessoa, mediante procuração com poderes Maputo.
Um) Sem prejuízo do previsto no número
especiais e com indicação expressa dos poderes Constituem uma sociedade comercial que
seguinte, os sócios poderão prestar suprimentos
conferidos. passa a reger-se pelas disposições que se
à sociedade, quer para titular empréstimos em
seguem:
dinheiro quer para titular o diferimento de ARTIGO DÉCIMO QUARTO
créditos de sócios sobre a sociedade, nos termos ARTIGO PRIMEIRO
e condições a serem fixados previamente por (Quórum e deliberações)
Denominação, sede, duração e objecto
deliberação da assembleia geral. Um) A cada duzentos e cinquenta meticais
Dois) Não serão reconhecidos quaisquer do valor nominal de uma quota corresponde A sociedade é constituída sob a forma de
suprimentos que não tenham sido objecto de um voto. sociedade por quotas de responsabilidade
deliberação da assembleia geral, nos termos do Dois) Salvo estipulação contrária da lei, limitada, adopta a designação de Empresa de
número anterior, ou de deliberação subsequente as deliberações das assembleias gerais são Engenharia, Procurement e Serviços, Limitada,
da assembleia geral, por força da qual os tomadas por maioria simples (cinquenta e um com acrónimo Enpro Company, Limitada, e
suprimentos assim como os respectivos termos por cento) dos votos presentes ou devidamente será regida pelos presentes estatutos e pela
e condições sejam ractificados. representados. legislação aplicável, tem a sua sede na Avenida
2586 III SÉRIE — NÚMERO 83
Tomás Nduda, Praceta n.º 32, 2.º andar, bairro Délcio Guilherme Marrame e outra, de cento Dois) Mediante deliberação dos sócios,
Sommerschield, cidade de Maputo, podendo e cinquenta mil meticais, correspondentes a tomada em assembleia geral, a sede social
abrir escritórios ou quaisquer outras formas de cinquenta porcento do capital social, pertencente poderá ser transferida para qualquer local
representação em qualquer parte do teritório à sócia Slávia Virgínia Bambo Nhassopa. dentro do território nacional, bem como
nacional ou no estrangeiro.
ARTIGO QUINTO poder-se-á criar e encerrar sucursais,
ARTIGO SEGUNDO filiais, agências, ou outras formas de repre-
Administração e competências
sentação comercial em qualquer parte
A sociedade é constituída por tempo inde- Um) A gestão e administração bem como do território nacional ou no estrangeiro.
terminado, contando-se o seu início, para a representação da sociedade em juízo ou
todos os efeitos legais, a partir da data da sua Maputo, 26 de Março de 2019. — O Técnico,
fora dele caberão a administração, ficando
constituição. desde já nomeado como administrador o sócio Ilegível.
Délcio Guilherme Marrame, com os poderes e
ARTIGO TERCEIRO
atribuições de representação activa e passiva na
Um) A sociedade tem por objecto social sociedade, em juízo e fora dele, podendo praticar
principal as seguintes actividades: todos os actos compreendidos no objecto social,
Consultoria e execução em engenharia com plenos poderes de obrigar a sociedade,
constituir procuradores, assinar cheques de Ezaga Bank, S.A.
civil, engenharia eléctrica, engen-
haria mecânica e engenharia infor- valores, avales, fianças, abonações, comissões,
representações, pagamentos, levantamentos, Certifico, para efeitos de publicação, que
mática incluindo fornecimento a no dia 18 de Março de 2019, foi matriculada
cumprir e fazer cumprir a lei vigente.
retalho e a grosso de todos produtos
Dois) Os administradores são eleitos por um na Conservatória do Registo de Entidades
relacionados as retro citadas áreas
período de quatro anos, podendo ser reeleitos Legais sob NUEL 101123979, uma entidade
de actividade, prestação de serviços
uma ou mais vezes, e serão ou não remunerados denominada Ezaga Bank, S.A.
de transporte de pessoas e bens,
conforme for deliberado pela assembleia geral.
dentro e fora do território nacional,
CAPÍTULO I
incluindo comercialização de veí- ARTIGO SEXTO
culos ligeiros, pesados e de carga Da denominação, sede, duração
nas suas variantes de aplicação para Lucros
e objecto social
além de serviços de manutenção Os lucros, depois de retiradas as importâncias
e reparação de veículos nas suas necessárias para o fundo de reserva legal, terão ARTIGO PRIMEIRO
variedades, prestação de serviços o destino que a assembleia geral determinar. (Denominação)
de fornecimento e manutenção
de sistemas de frio, actividade ARTIGO SÉTIMO A sociedade adopta a denominação Ezaga
de exploração e comercialização Casos omissos Bank, S.A., e rege-se pelo disposto nos pre-
agrícola, actividade de exploração sentes estatutos e pela legislação aplicável.
florestal, actividade de exploração Os casos omissos serão regulados pela
mineira, actividade de exploração legislação vigente e aplicável na República ARTIGO SEGUNDO
marítima, actividade imobiliária de Moçambique.
(Sede)
e comercialização de material de Maputo, 18 de Abril de 2019. — O Tecnico,
escritório, agenciamento, repre- Ilegivel. Um) A sociedade tem a sua sede na Avenida
sentação e/ ou consignação comer- Julius Nherere, n.º 3370, na cidade de Maputo.
cial de empresas, marcas e patentes,
Dois) O Conselho de Administração poderá,
consultorias e outros serviços afins.
sem dependência de deliberação dos sócios,
Dois) A sociedade poderá desenvolver outras criar, transferir ou encerrar sucursais, agências,
actividades subsidiárias ou conexas da sua Espiga D’Ouro, Limitada
delegações ou quaisquer outras formas de
actividade principal, ou dedicar-se a qualquer
Certifico, para efeitos de publicação, que representação da sociedade em qualquer parte
outro ramo de actividade permitida por lei, que
por acta da sociedade de catorze dias do mês do território nacional ou estrangeiro.
venha a ser decidido pelos sócios em assembleia
de Maio de dois mil e dezoito da sociedade
geral e para a qual o tenha as necessárias
Espiga D’Ouro, Limitada, com sede em Maputo, ARTIGO TERCEIRO
autorizações das entidades competentes.
matriculada na Conservatória do Registo de
Três) A sociedade poderá, com vista à (Objecto)
Entidades Legais sob NUEL 100595990,
prossecução do seu objectivo, associar-se com
deliberaram a mudança da sua sede social e Um) A sociedade tem por objecto o exercício
outras empresas, quer participando no seu
consequente alteração parcial dos estatutos no da actividade bancária, com a máxima ampli-
capital, quer em regime de participação não
societária de interesses, segundo quaisquer seu artigo segundo o qual passa a ter a seguinte tude consentida por lei.
modalidades admitidas por lei. nova redacção: Dois) A sociedade poderá exercer outras
............................................................ actividades subsidiárias ou complementares do
ARTIGO QUARTO
seu objecto principal e, nomeadamente, poderá
ARTIGO SEGUNDO
Capital social praticar todos os actos complementares da sua
(Sede) actividade.
O capital social é de trezentos mil meticais,
integralmente subscrito e realizado em dinheiro Um) A sociedade passe a considerar Três) Por simples deliberação do Conselho
e corresponde à soma de duas quotas assim como sede o endereço da unidade fabril, de Administração, a sociedade poderá adquirir,
distribuídas: uma quota de cento e cinquenta ou seja, o n.º 3887, da Avenida da União gerir e alienar participações em sociedades de
mil meticais, correspondentes a cinquenta Africana, no bairro do Língamo, da cidade responsabilidade limitada, ainda que tenham por
porcento do capital social, pertencente ao sócio da Matola, província de Maputo. objecto uma actividade diversa da sua.
30 DE ABRIL DE 2019 2587
ARTIGO QUARTO Dois) Os lucros correspondentes a acções convocar a Assembleia Geral para
não liberadas não poderão ser pagos aos que esta se pronuncie sobre o
(Duração)
accionistas que se encontrem em mora, mas ser- regime a aplicar, podendo ser dada
A duração da sociedade será por tempo -lhe-ão creditados para compensação da dívida sem efeito a deliberação inicial,
indeterminado. de entrada e respectivos juros. caso em que serão restituídas as
Três) As acções não liberadas não conferem importâncias recebidas.
CAPÍTULO II
direito a voto. f) A comunicação prevista no número
Do capital social, acções e meios Quatro) Se o accionista não liberar as anterior deverá igualmente ser
de financiamento acções no prazo de 60 (sessenta) dias após realizada, no mesmo prazo, sempre
ter sido interpelado para o efeito, as mesmas que, em consequência de alienação
ARTIGO QUINTO
consideram-se automaticamente perdidas a ou aquisição, seja ultrapassado
(Capital social) favor da sociedade, se a interpelação tiver sido algum dos limites previstos na
efectuada com esta cominação. lei das instituições de crédito e
O capital social, integralmente subscrito e
Cinco) O Conselho de Administração só sociedades financeiras.
realizado em dinheiro, é de cem mil meticais
poderá efectuar a interpelação prevista no
(100.000,00MT), representado por cem (100) Três) O disposto na alínea b) do número
de acções, cada uma com o valor nominal número anterior após esta ter sido aprovada em
anterior poderá ser afastado por deliberação
de mil meticais (1.000,00MT). Assembleia Geral.
da Assembleia Geral, que estabeleça outro
ARTIGO OITAVO critério de repartição do valor do aumento que
ARTIGO SEXTO
não tenha sido subscrito nos termos da alínea
(Direito de preferência no aumento
(Aumento do capital social) a), do mesmo número.
do capital social)
Um) O capital social poderá ser aumentado ARTIGO NONO
uma ou mais vezes, mediante novas entradas, Um) Em qualquer aumento do capital social,
por incorporação de reservas, através da emissão os accionistas gozam de direito de preferência, (Participações qualificadas e comunicação
de novas acções, aumento do respectivo valor na proporção das acções que possuírem, a de participações)
nominal ou conversão de obrigações em acções, exercer nos termos dos números seguintes e,
supletivamente, nos termos gerais. Um) A pessoa singular ou colectiva que
bem como por qualquer outra modalidade
Dois) O aumento do capital social será directa ou indirectamente, obtida a necessária
ou forma legalmente permitida, mediante
repartido entre os accionistas que exerçam o autorização prévia do Banco de Moçambique,
deliberação da Assembleia Geral.
direito de preferência do seguinte modo: haja adquirido ou alienado participação que
Dois) O aumento de capital pode ser
possibilite atingir ou implique diminuir,
deliberado mediante proposta do Conselho a) Cada accionista terá o direito de
participação igual ou superior a 10% do
de Administração e, em qualquer caso, a subscrever uma participação no
aumento do capital social pro- capital social do Banco ou dos direitos de
Assembleia Geral deverá ouvir o Conselho de
porcional às acções que detiver ou voto, comunicará tal facto ao Conselho de
Administração e o Conselho Fiscal, antes de
uma participação menor, na medida Administração, no prazo de cinco dias úteis.
tomar qualquer deliberação relativa ao aumento
do que tiver declarado pretender Dois) O Conselho de Administração
do capital social.
Três) A deliberação da Assembleia Geral de subscrever; deve divulgar ao Banco de Moçambique
aumento do capital social deve mencionar, pelo b) O valor do aumento do capital social as comunicações recebidas nos termos dos
menos, as seguintes condições: que não tiver sido subscrito será números anteriores.

a) A modalidade do aumento do capital; oferecido aos accionistas, que


ARTIGO DÉCIMO
b) O montante do aumento do capital; tiverem subscrito integralmente a
c) O valor nominal das novas partici- sua participação proporcional, na (Acções)
pações; proporção das respectivas acções,
Um) As acções serão tituladas ou escriturais.
d) O tipo de acções a emitir; em sucessivos rateios;
Dois) As acções tituladas poderão revestir
e) A natureza das novas entradas, se as c) As acções que não possam ser pro-
a forma de acções nominativas ou ao portador
houver e as reservas a incorporar, porcionalmente atribuídas serão
registadas, devendo as acções escriturais
se o aumento de capital for por sorteadas de uma só vez entre os
accionistas referidos na alínea revestir sempre a forma de acções nominativas.
incorporação de reservas; Três) As acções tituladas poderão a todo o
f) Os prazos dentro dos quais as entradas anterior;
d) Se, após o exercício do direito de tempo ser convertidas em acções escriturais, e
devem ser realizadas; vice-versa, desde que obedecidos os requisitos
g) O prazo e demais condições do exer- preferência, o aumento do capital
não tiver sido totalmente subscrito, fixados por lei.
cício do direito de subscrição e pre-
será aplicado o regime que houver Quatro) As acções, quando tituladas, serão
ferência;
sido deliberado para a subscrição representadas por títulos de uma, cinco, dez,
h) O regime que será aplicado em caso
incompleta, que poderá prever vinte, cinquenta, cem, quinhentas, mil, dez mil,
de subscrição incompleta.
a redução do valor do aumento cem mil ou um milhão de acções, a todo o tempo
ARTIGO SÉTIMO às subscrições efectuadas pelos substituíveis por agrupamento ou subdivisão.
accionistas preferentes, ou a subs- Cinco) O desdobramento dos títulos far-se-á
(Cumprimento da obrigação de entradas) a pedido dos accionistas, correndo por sua conta
crição pública ou por terceiros, do
Um) As entradas dos accionistas devem ser montante não subscrito; as respectivas despesas.
pontualmente cumpridas, vencendo as entradas e) Caso, porém, não tenha sido previsto em Seis) A sociedade poderá emitir, nos termos
em dívida juros à taxa máxima sucessivamente Assembleia Geral qualquer regime e condições estabelecidas em Assembleia Geral,
em vigor para as operações activas praticadas para a subscrição incompleta, o todas as espécies de acções, incluindo acções
pela sociedade. Conselho de Administração deverá preferenciais sem voto.
2588 III SÉRIE — NÚMERO 83
Sete) Os títulos, provisórios ou definitivos, ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO CAPÍTULO III
serão assinados por dois administradores,
(Acções próprias) Dos órgãos sociais
podendo as assinaturas serem apostas por
chancela ou por meios tipográficos de impres- Um) Por deliberação da Assembleia Geral, a SECÇÃO I
são, desde que autenticadas com o selo branco sociedade poderá adquirir acções próprias, bem Das disposições gerais
da sociedade. como poderá onerá-las, aliená-las ou praticar
com as mesmas quaisquer outras operações ARTIGO DÉCIMO QUINTO
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO em direito permitidas, respeitando sempre as (Órgãos sociais)
disposições legais aplicáveis e que estejam
(Direito de preferência na transmissão São órgãos da sociedade:
sucessivamente em vigor.
de acções)
Dois) A deliberação da Assembleia Geral a) A Assembleia Geral;
Um) Os sócios titulares de participações deve identificar o número de acções a adquirir, a b) O Conselho de Administração; e
iguais ou superiores a um por cento do capital alienar ou que por outra forma pretende dispor, a c) O Conselho Fiscal/Fiscal Único.
social gozam de direito de preferência sobre finalidade da operação, a identificação das partes
ARTIGO DÉCIMO SEXTO
a transmissão, total ou parcial, de acções, na e as respectivas contrapartidas e demais termos
proporção das suas respectivas participações, e condições da operação projectada. (Incompatibilidades)
salvo nos casos previstos no número cinco do Três) Enquanto pertençam à sociedade, as
Um) O exercício de funções em qualquer
presente artigo. acções não conferem direito a voto, dividendo
corpo social é incompatível com:
Dois) Para efeitos do disposto no número ou preferência, nem têm qualquer outro direito
a) O exercício de funções, de qualquer
anterior, o sócio que pretenda transmitir as social, excepto o de participar em aumentos
natureza, por investidura em
suas acções, ou partes destas, deverá enviar, de capital por incorporação de reservas, se a
cargo social ou por contrato de
por carta dirigida ao Presidente do Conselho Assembleia Geral não deliberar o contrário.
trabalho, em outra instituição de
de Administração, o respectivo projecto de Quatro) Na alienação de acções próprias,
crédito ou sociedade financeira
venda, o qual deverá conter a identidade do os sócios gozam de direito de preferência, na
com sede em Moçambique ou que
adquirente, o preço e as condições ajustadas proporção das suas respectivas participações, a
em Moçambique tenha filial ou
para a projectada transmissão, nomeadamente exercer nos termos do artigo décimo primeiro
sucursal, ou sociedade com ela em
as condições de pagamento, as garantias ofere- destes estatutos, com as necessárias adaptações. relação de domínio ou de grupo;
cidas e recebidas e a data da realização da Cinco) No relatório anual do Conselho de b) A titularidade, directa ou indirecta,
transacção. Administração, deve ser indicado o número de participação igual ou superior
Três) Nos 15 (quinze) dias seguintes à data de acções próprias adquiridas e alienadas ou a 10% do capital social ou dos
em que houver recebido o projecto de venda, oneradas, durante o exercício, bem como os direitos de voto em outra instituição
o Conselho de Administração deverá notificar, respectivos motivos e condições, e o número de crédito ou sociedade financeira
por escrito, os demais sócios para exercerem o de acções próprias detidas no final do exercício. com sede em Moçambique ou que
seu direito de preferência. em Moçambique tenha filial ou
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
Quatro) O direito de preferência é exercido sucursal.
pelo valor, prazo e restantes condições acordadas (Obrigações) Dois) O exercício de funções em qualquer
para a projectada transmissão, devendo o sócio Um) A sociedade poderá, nos termos da corpo social é também incompatível com:
ou sócios que o pretendam fazer notificar, lei e mediante deliberação do Conselho de a) A qualidade de pessoa colectiva
por escrito, o sócio transmitente, no prazo Administração, emitir quaisquer modalidades concorrente, ou pessoa, singular ou
máximo de 30 (trinta) dias, a contar da data da ou tipos de obrigações, incluindo emissões colectiva, relacionada com pessoa
notificação prevista no número anterior, sob efectuadas parcelarmente e em séries. colectiva concorrente, do Banco;
pena de caducidade. Dois) Por simples deliberação do Conselho b) A indicação, ainda que apenas de
Cinco) Os sócios referidos no número um de Administração, ouvido o Conselho Fiscal, a facto, para membro de corpo social
do presente artigo não gozarão de direito de sociedade poderá adquirir obrigações próprias, por pessoa colectiva concorrente
preferência nos negócios celebrados: nos termos da lei, ficando suspensos os ou pessoa, singular ou colectiva,
respectivos direitos enquanto as obrigações relacionada com pessoa colectiva
a) Entre entidades públicas moçambi-
pertencerem à sociedade. concorrente do banco.
canas;
Três) A sociedade poderá praticar com as Três) Para efeitos dos presentes estatutos,
b) Entre sociedades dominadas, directa
obrigações próprias todas e quaisquer opera- considera-se como pessoa relacionada com
ou indirectamente, pelo Ezaga
ções em direito permitidas e, nomeadamente, pessoa colectiva concorrente:
Bank, S.A.;
c) Por outros sócios titulares de parti- proceder à sua conversão, nos casos legalmente a) Aquela cujos direitos de voto sejam
cipações inferiores a 1% do capital previstos, ou amortização, mediante simples imputáveis a esta última nos termos
deliberação do Conselho de Administração. das alíneas l) e m) do artigo 2 da
social.
lei das instituições de crédito e das
Seis) Serão imponíveis à sociedade, aos ARTIGO DÉCIMO QUARTO sociedades financeiras;
demais sócios e a terceiros as transmissões b) Aquela que, directa ou indirectamente,
(Prestações suplementares)
efectuadas sem observância do disposto no detenha, em pessoa colectiva
presente artigo, devendo a sociedade recusar o Podem ser exigidas aos sócios prestações concorrente, em sociedade com
respectivo averbamento no livro do registo das suplementares de capital até ao valor do capital ela em relação de domínio ou de
acções ou nas competentes contas de registo social, à data da deliberação, ficando os sócios grupo, tal como configuradas nas
de emissão e de titularidade representativas obrigados nas proporções, condições, prazos e alíneas l) e m), do artigo 2, da lei
do capital social do banco. montantes estabelecidos em Assembleia Geral. das instituições de crédito e socie-
30 DE ABRIL DE 2019 2589
dades financeiras, ou em relação de Dois) A Assembleia Geral que eleger os por descendente ou ascendente, ou, ainda, por
dependência, directa ou indirecta, membros do Conselho de Administração deve advogado ou administrador, que para o efeito
da mesma sociedade, participação fixar ou dispensar a caução a prestar, conforme designarem, indicando poderes conferidos e
igual ou superior a 10% dos direitos a lei em vigor. prazo determinado de, no máximo, de 1 ano,
de voto correspondentes ao capital mediante carta dirigida ao Presidente da Mesa
social da sociedade participada. SECÇÃO II da Assembleia Geral, e entregue na sede social
Quatro) Exceptuam-se do disposto nos do banco até às dezassete horas do penúltimo
Da Assembleia Geral
números precedentes o exercício de funções em dia útil anterior ao da assembleia.
órgãos sociais ou a titularidade de participações ARTIGO DÉCIMO
ARTIGO VIGÉSIMO TERCEIRO
em sociedades nas quais o BIM-Banco
(Noção)
Internacional de Moçambique, S.A., tenha, (Competências)
directa ou indirectamente, participação igual A Assembleia Geral da sociedade, regular-
ou superior a 10%, ou desde que, tratando-se Compete, em especial, à Assembleia Geral:
mente constituída, representa o conjunto
de exercício de cargo social, a designação haja dos accionistas e as suas deliberações são a) Aprovar o relatório de gestão e as
sido efectuada com o voto do Banco ou de vinculativas para todos os sócios, ainda que contas do exercício, incluindo
sociedade por si dominada, ou que um ou outra ausentes ou dissidentes, e para os restantes o balanço e a demonstração de
lhe exprimam o acordo prévio. órgãos sociais, quando tomadas nos termos da resultados, bem como o parecer
Cinco) As incompatibilidades previstas nos lei e dos presentes estatutos. do Conselho Fiscal ou do Fiscal
números anteriores determinam o impedimento Único sobre as mesmas e deliberar
do exercício das funções no BIM-Banco ARTIGO VIGÉSIMO sobre a aplicação dos resultados
Internacional de Moçambique, S.A., para que a do exercício;
pessoa haja sido eleita; se o impedimento durar (Constituição) b) Eleger a Mesa da Assembleia Geral,
por seis meses, sem que lhe seja posto termo, Um) A Assembleia Geral da sociedade é os administradores e os membros do
tal determinará a perda do cargo. constituída por todos os accionistas e pelos Conselho Fiscal ou o Fiscal Único;
Seis) Para além do especialmente disposto membros da Mesa da Assembleia Geral. c) Deliberar sobre quaisquer alterações
nestes estatutos, aplicar-se-ão sempre, em todos Dois) Os obrigacionistas não poderão assistir aos presentes estatutos;
os órgãos sociais, as normas legais e regu- às reuniões da Assembleia Geral da sociedade, d) Deliberar sobre o aumento, redução
lamentares destinadas a prevenir a interven- ou reintegração do capital social;
ficando-lhes vedado o seu agrupamento e/ou
ção em situação de conflito de interesses. e) Deliberar sobre a criação de acções
representação por um dos agrupados para efeitos
privilegiadas;
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO de assistir às reuniões da Assembleia Geral.
f) Deliberar sobre a fusão, cisão ou trans-
Três) Os membros do Conselho de Admi-
(Eleição e mandato) formação da sociedade;
nistração e do Conselho Fiscal, ainda que não
g) Deliberar sobre a dissolução, liquidação
Um) Os membros dos órgãos sociais são sejam accionistas, deverão estar presentes
ou prorrogação da sociedade;
eleitos pela Assembleia Geral da sociedade, nas reuniões da Assembleia Geral e deverão
h) Deliberar sobre a chamada e a restituição
podendo ser reeleitos uma ou mais vezes. participar nos seus trabalhos, mas não tem, nessa das prestações suplementares;
Dois) O mandato dos membros da mesa qualidade, direito a voto. i) Deliberar sobre a propositura e a desis-
da Assembleia Geral e do Conselho de Admi- Quatro) No caso de existirem acções em tência de quaisquer acções contra
nistração é de três anos, contando-se como um compropriedade, os comproprietários serão os administradores ou contra os
ano completo o ano da data da eleição. representados por um só deles e só esse poderá membros dos outros órgãos sociais.
Três) O mandato do órgão de fiscalização assistir e intervir nas assembleias gerais da
é de um ano, mantendo-se em funções até sociedade. ARTIGO VIGÉSIMO QUARTO
á Assembleia Geral ordinária seguinte à da Cinco) As acções dadas em caução, penhor,
(Mesa da Assembleia Geral)
eleição. arrestadas, penhoradas, ou por qualquer outra
Quatro) Os membros dos órgãos sociais forma sujeitas a depósito ou administração Um) A Mesa da Assembleia Geral‚ é cons-
permanecem em funções até à eleição de judicial não conferem ao respectivo credor, tituída por um presidente, um vice-presidente
quem os deva substituir, salvo se renunciarem depositário ou administrador o direito de assistir e um secretário.
expressamente ao exercício do seu cargo. ou tomar parte nas assembleias gerais. Dois) O vice-presidente substitui o presi-
Cinco) Salvo disposição legal expressa dente nas suas ausências e impedimentos.
em sentido contrário, os membros dos órgãos ARTIGO VIGÉSIMO PRIMEIRO
sociais podem ser accionistas ou não, bem ARTIGO VIGÉSIMO QUINTO
(Direito de voto)
como podem ser eleitas pessoas colectivas para (Convocação)
qualquer um dos órgãos sociais da sociedade. Um) A cada acção corresponderá um voto.
Seis) No caso previsto na parte final do Dois) Têm o direito de votar na Assembleia Um) As assembleias gerais serão convo-
número anterior, a pessoa colectiva que for Geral ou de por outro modo deliberar os cadas por meio de anúncios, publicados no
eleita deve designar uma pessoa singular para accionistas que detiverem acções averbadas Boletim da República, e num dos jornais mais
exercer o cargo em seu nome e comunicar o a seu favor na competente conta de registo de lidos da localidade, com 30 (trinta) dias de
respectivo nome ao Presidente da Mesa da emissão de acções à data de oito dias antes antecedência, salvo se for legalmente exigida
Assembleia Geral. da data marcada para a assembleia, devendo antecedência maior, devendo mencionar
permanecer registadas a favor dos accionistas a ordem do dia, com clareza e precisão.
ARTIGO DÉCIMO OITAVO Dois) As assembleias gerais serão convo-
até ao encerramento da reunião.
(Remuneração e caução) cadas pelo Presidente da Mesa da Assembleia
ARTIGO VIGÉSIMO SEGUNDO Geral, ou por quem o substitua, oficiosamente ou
Um) As remunerações dos membros dos a requerimento do Conselho de Administração,
(Representação)
órgãos sociais serão fixadas anualmente pela do Conselho Fiscal ou do Fiscal Único ou de
Assembleia Geral ou por uma Comissão de Os accionistas, pessoas singulares ou accionistas, os quais, no caso de Assembleia
Vencimentos, composta por três membros, colectivas, podem, nos termos da lei, fazer- Geral extraordinária, deverão representar
um presidente e dois vogais, designados pela -se representar nas reuniões da Assembleia pelo menos dez por cento do capital social da
Assembleia Geral, de entre os accionistas. Geral por outro accionista, pelo cônjuge, sociedade.
2590 III SÉRIE — NÚMERO 83
Três) O requerimento referido será dirigido Dois) Por motivos especiais, devidamente g) Contrair empréstimos e outros tipos de
ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral e justificados, o Presidente da Mesa da Assembleia financiamento;
deverá justificar a necessidade da convocação da Geral pode fixar um local diverso dos previstos h) Constituir e definir os poderes dos
Assembleia e indicar com precisão os assuntos no número anterior, que será indicado nos mandatários da sociedade;
a incluir na ordem de trabalhos da Assembleia anúncios convocatórios da assembleia.
a convocar. i) Deliberar sobre a participação no capital
Três) De cada reunião e sessão da Assembleia
social de outras sociedades, desde
Geral deverá ser lavrada uma acta no respectivo
ARTIGO VIGÉSIMO SEXTO que permitidas por lei, ou sobre
livro, a qual será assinada pelo Presidente e pelo
(Quórum constitutivo) Secretário da Mesa da Assembleia Geral ou por quaisquer acordos de associação ou
quem os tiver substituído nessas funções, salvo colaboração com outras empresas;
Um) A Assembleia Geral só se pode cons-
tituir e deliberar validamente em primeira se outras exigências forem estabelecidas por lei. j) Designar pessoas para o exercício
convocação, quando estejam presentes ou de cargos sociais em empresas
SECÇÃO III
representados accionistas que representem, pelo participadas ou associadas.
menos, metade do capital social, salvo os casos Da administração
Dois) Em especial, compete ao conselho:
em que a lei exija um quorum superior.
Dois) Em segunda convocação a Assembleia ARTIGO TRIGÉSIMO a) Elaborar os documentos previsionais
Geral pode constituir-se e deliberar validamente, da actividade do banco e os corres-
(Composição)
seja qual for o número de accionistas presente pondentes relatórios de execução;
e a percentagem do capital social por eles Um) A administração e representação da b) Delinear a organização e os métodos
representada, excepto naqueles casos em que sociedade serão exercidas pelo Conselho de
a lei exija um quorum constitutivo para as de trabalho do banco, elaborar regu-
Administração‚ composto por um número ímpar
assembleias reunidas em segunda convocação. lamentos e determinar as instru-
de membros, no mínimo de três e um máximo de
quinze, conforme o deliberado pela Assembleia ções que julgar convenientes;
ARTIGO VIGÉSIMO SÉTIMO c) Contratar os empregados do banco,
Geral que os eleger.
(Quórum deliberativo) Dois) O Conselho de Administração terá um fixar os seus vencimentos,
presidente, nomeado pela Assembleia Geral regalias sociais e outras pres-
Um) Salvo o disposto no número seguinte, as
deliberações serão tomadas por maioria absoluta que o eleger, que, caso o pretenda fazer, poderá tações pecuniárias e exercer o
dos votos expressos, salvo quando a lei exija ainda designar um ou mais vice-presidentes. correspondente poder directivo e
maioria qualificada. Três) Faltando definitivamente algum admi- disciplinar;
Dois) Só serão, porém, válidas, desde que nistrador, será substituído por cooptação, até
d) Contratar e substituir, o auditor externo
aprovadas, pelo menos, por votos corres- à primeira reunião da Assembleia Geral que
escolhido nos termos do artigo 42
pondentes a cinquenta por cento do capital procederá à eleição do novo administrador,
social, quando a lei não exija maioria superior, cujo mandato termina no final do triénio então destes estatutos.
as deliberações que tenham por objecto: em curso. Três) O conselho estabelecerá, através
a) Eleição e destituição dos membros de um regimento próprio, as regras do seu
ARTIGO TRIGÉSIMO PRIMEIRO
da administração e do órgão de funcionamento interno, incluindo a forma de
fiscalização; (Poderes) suprir os impedimentos do seu presidente.
b) A alteração dos estatutos;
c) Projectos de cisão, fusão ou transfor- Um) Ao Conselho de Administração compe-
ARTIGO TIGÉSIMO SEGUNDO
mação da sociedade; tem os mais amplos poderes de gestão e repre-
d) Modificações relevantes na estrutura sentação social e nomeadamente: (Convocação)
ou na actividade da sociedade; a) Orientar e gerir todos os negócios
e) O relatório de gestão e as contas anuais Um) O Conselho de Administração reúne
sociais, praticando todos os actos
da sociedade; relativos ao objecto social; trimestralmente e sempre que for convocado
f) A alteração do capital social; b) Executar e fazer cumprir as delibe- pelo seu Presidente ou por dois dos seus
g) A mudança da sede. rações da Assembleia Geral; membros.
Três) As abstenções não são consideradas c) Propor fundamentadamente os Dois) As convocatórias devem ser feitas
para efeitos de contagem dos votos necessários aumentos de capital necessários; por escrito, com, pelo menos, 8 (oito) dias de
à tomada de deliberações sociais. d) Estudar e executar o plano de expansão antecedência, relativamente à data da reunião,
ARTIGO VIGÉSIMO OITAVO da rede de estabelecimentos do incluir a ordem de trabalhos e as demais
banco, tendo em conta os condicio-
(Reuniões da Assembleia Geral) indicações e elementos necessários à tomada
nalismos legais aplicáveis;
das deliberações.
A Assembleia Geral reunirá, ordinariamente, e) Adquirir, onerar e alienar quaisquer
bens ou direitos, móveis e imóveis Três) As formalidades relativas à convoca-
nos três primeiros meses de cada ano para
os efeitos do disposto no n.º 1 do art. 132º, do sempre que o entenda conveniente ção do Conselho de Administração podem ser
Código Comercial, podendo, ainda, deliberar para a sociedade; dispensadas pelo consentimento unânime de
para os efeitos do disposto no n.º 2, do mesmo f) Representar a sociedade, em juízo e todos os administradores.
artigo e, extraordinariamente, sempre que seja fora dele, activa e passivamente, Quatro) O Conselho de Administração
convocada, com observância dos requisitos podendo contrair obrigações, reunir-se-á na sede social ou noutro local, da
estatutários e legais. propor e seguir pleitos, desistir localidade da sede, indicado na respectiva
ARTIGO VIGÉSIMO ou transigir em processo, compro-
convocatória.
meter-se em árbitros, assinar termos
(Local e acta) de responsabilidade e, em geral, Cinco) Por motivos especiais, devidamente
resolver acerca de todos os assuntos justificados, o Presidente do Conselho de
Um) As assembleias gerais da sociedade
reunir-se-ão na sede social ou noutro local da que não caibam na competência de Administração pode fixar um local diverso dos
localidade da sede, indicado nos respectivos outros órgãos ou serviços subal- previstos no número anterior, que será indicado
anúncios convocatórios. ternos; na respectiva convocatória.
30 DE ABRIL DE 2019 2591
ARTIGO TRIGÉSIMO TERCEIRO c) Pela assinatura de um ou mais ARTIGO QUADRAGÉSIMO
(Deliberações) administradores nos termos e (Funcionamento do Conselho Fiscal)
nos limites dos poderes que lhe
Um) Para que o Conselho de Administração Um) O Conselho Fiscal, quando exista,
foram delegados pelo Conselho de
possa deliberar é necessário que, pelo menos, reúne-se trimestralmente e sempre que for
a maioria dos seus membros esteja presente ou administração ou pela Comissão convocado pelo Presidente, pela maioria dos
devidamente representada. Executiva, no âmbito dos poderes seus membros ou pelo Conselho de Admi-
Dois) Os membros do Conselho de Admi- delegados a esta; nistração.
nistração podem fazer-se representar nas d) Pela assinatura de um ou mais Dois) Para que o Conselho possa reunir
reuniões por outro membro, mediante comu- mandatários, nos termos e limites validamente é necessária a presença da maioria
nicação escrita dirigida ao presidente, bem dos seus membros efectivos.
dos poderes a estes conferidos.
como votar por correspondência. Três) As deliberações são tomadas por
Três) As deliberações são tomadas por Dois) Nos actos de mero expediente é maioria dos votos presentes, cabendo ao Presi-
maioria dos votos presentes ou representados, suficiente a assinatura de qualquer membro dente, em caso de empate, voto de qualidade.
cabendo ao Presidente, em caso de empate, voto do Conselho de Administração ou de um
de qualidade. ARTIGO QUADRAGÉSIMO PRIMEIRO
mandatário com poderes bastantes, podendo
Quatro) Sem prejuízo do disposto nos (Actas do Conselho Fiscal)
a assinatura ser aposta por chancela ou meios
números anteriores, e quando no início de
cada sessão seja unanimemente aprovado tipográficos de impressão. As reuniões do Conselho Fiscal serão
pelos participantes, considerar-se-ão como Três) O mandato conferido a um só manda- registadas no respectivo livro de actas,
estando presentes os administradores que tário será para a prática de actos certos e devendo mencionar os membros presentes, as
intervenham nas reuniões por recurso a meios determinados, caducando com a execução do deliberações tomadas, os votos de vencido e
de telecomunicação que assegurem, em tempo respectivas razões, as verificações, fiscalizações
acto para o qual foi conferido.
real, a transmissão e recepção simultâneas e demais diligências levadas a cabo pelos seus
de voz ou de voz e imagem. ARTIGO TRIGÉSIMO SÉTIMO membros desde a última reunião, bem como os
Cinco) As deliberações do Conselho de factos mais relevantes verificados pelo Conselho
Administração constarão de actas, lavradas (Operações alheias ao objecto social) Fiscal no exercício das suas funções e ser
em livro próprio, assinadas por todos os que assinadas pelos membros presentes.
hajam participado na reunião. Um) É inteiramente vedado aos adminis-
tradores realizar em nome da sociedade ARTIGO QUADRAGÉSIMO SEGUNDO
ARTIGO TRIGÉSIMO QUARTO quaisquer operações alheias ao objecto social. (Auditorias externas)
(Delegação de poderes) Dois) Os actos praticados contra o esta-
Um) O Conselho de Administração contra-
Um) O Conselho de Administração pode belecido no número anterior importam para
tará uma sociedade externa de auditoria a quem
delegar parte ou a totalidade das suas compe- o administrador em causa, a sua destituição, encarregará de auditar e verificar as contas da
tências, incluindo a gestão corrente da sociedade, perdendo a favor da sociedade a caução que sociedade.
em três a sete dos seus membros que formarão tenha prestado e constituindo-se na obrigação Dois) No exercício das suas funções, o
uma comissão executiva. de a indemnizar pelos prejuízos que esta venha Conselho Fiscal deve pronunciar-se sobre o
Dois) A deliberação que constituir a conteúdo dos relatórios da sociedade externa
a sofrer em virtude de tais actos.
Comissão Executiva deve fixar os limites da de auditoria.
delegação e definir as regras de funcionamento SECÇÃO IV
da Comissão Executiva. CAPÍTULO IV
Três) As deliberações da Comissão Execu- Da fiscalização Das disposições finais
tiva, nos limites dos poderes delegados, gozam
de força idêntica e equiparam-se, para todos ARTIGO TRIGÉSIMO OITAVO ARTIGO QUADRAGÉSIMO SEGUNDO
os efeitos, às deliberações do Conselho de (Ano social)
Administração, devendo constar de actas (Órgão de Fiscalização)
lavradas em livro próprio. Um) O ano social coincide com o ano civil.
A fiscalização dos negócios sociais será Dois) O balanço, demonstração de resultados
ARTIGO TRIGÉSIMO QUINTO exercida por um Conselho Fiscal ou por um e demais contas do exercício fecham-se com
Fiscal Único, que será uma sociedade auditora referência a 31 de Dezembro de cada ano e são
(Mandatários)
de contas, conforme o que for deliberado pela submetidos à apreciação da Assembleia Geral
O Conselho de Administração ou a Comissão Assembleia Geral. nos três primeiros meses de cada ano.
Executiva poderão nomear procuradores da
sociedade para a prática de certos actos ou ARTIGO QUADRAGÉSIMO QUARTO
ARTIGO TRIGÉSIMO NONO
categoria de actos, nos limites dos poderes (Aplicação dos resultados)
conferidos pelo respectivo mandato. (Composição do Conselho Fiscal)
Um) Os lucros que resultarem do balanço
ARTIGO TRIGÉSIMO SEXTO Um) O Conselho Fiscal, quando exista, será anual terão a seguinte aplicação:
composto por três membros efectivos e um a) Quinze por cento serão destinados
(Vinculação da sociedade)
membro suplente. à constituição ou reintegração
Um) A sociedade obriga-se: Dois) A Assembleia Geral que proceder à da reserva legal, até ao limite do
a) Pela assinatura conjunta de dois eleição do Conselho Fiscal indicará o respectivo capital social;
membros do Conselho de Admi- presidente. b) Uma parte será afecta à constituição
nistração; de uma reserva especial destinada
Três) Um dos membros efectivos e o
b) Pela assinatura de um membro do a reforçar a situação líquida da
Conselho de Administração e membro suplente do Conselho Fiscal terão sociedade ou a cobrir prejuízos
um mandatário com poderes para de ser auditores de contas ou sociedades de que a conta de lucros e perdas não
o efeito; auditores de contas devidamente habilitadas. possa suportar;
2592 III SÉRIE — NÚMERO 83
c) O restante terá a aplicação que for ARTIGO SÉTIMO ARTIGO TERCEIRO
deliberada em Assembleia Geral
(Administração e representação) Capital social
por maioria simples dos votos
emitidos, incluindo a formação Um) A administração e representação O capital social, subscrito integralmente
e reforço de outra reservas que da sociedade pertencem a sócia única e realizado em dinheiro, é de 100.000,00MT
forem julgadas convenientes Geane Oliveira de Møller. (cem mil meticais), que corresponde ao
à prossecução dos fins sociais. Dois) (...). somatório de 2 (duas) quotas, uma no valor
Três) (...). nominal de 10.000,00MT (dez mil meticais),
Dois) A reserva especial a que é feita
correspondente a 10% pertencente ao sócio
referência na alínea b) do número anterior será Maputo, 18 de Abril de 2019. — O Técnico, Daniel Azarias Chumane;
constituída e aplicada de acordo com os critérios Ilegível. E uma no valor nominal de 90.000,00MT
estabelecidos pelo Banco de Moçambique. (noventa mil meticais), correspondente a 90%
ARTIGO QUADRAGÉSIMO QUINTO do capital pertencente ao sócio Liu Xinting.

(Dissolução e liquidação) ARTIGO QUARTO


A dissolução e liquidação da sociedade Greensite, Limitada Alteração do capital social
rege-se pelas disposições da lei aplicável que
O capital social poderá ser alterado sob
estejam sucessivamente em vigor e, no que Certifico, para efeitos de publicação, que
proposta da gerência, fixando na assembleia
estas forem omissas, pelo que for deliberado no dia 16 de Abril de 2019, foi matriculada
geral as condições da sua realização e reembolso.
em Assembleia Geral. na Conservatória do Registo das Entidades
Legais sob NUEL 101135551, uma entidade ARTIGO QUINTO
denominada Greensite, Limitada.
Divisão e cessão de quotas
É celebrado o presente contrato de sociedade
nos termos do artigo 90 do Código Comercial, Um) A cessão e divisão de quotas, no todo
entre: ou em parte, a estranhos, dependem do consen-
timento da sociedade, gozando o direito de
Daniel Azarias Chumane, solteiro, de nacio-
GN 82 – Sociedade nalidade moçambicana, residente na cidade
preferência.
Unipessoal, Limitada de Maputo, Avenida 24 de Julho, n.º 2611,
Dois) É livre e permitida a cessão e divisão
de quotas a favor de outro terceiros, bem como
Certifico, para efeitos de publicação, que 4.º andar, flat 35, bairro Central, portador do dos seus herdeiros.
por deliberação de nove de Outubro de dois Bilhete de Identidade n.º 110104573290B,
mil e dezoito, da sociedade GN 82 – Sociedade emitido pelo Arquivo de Identificação Civil ARTIGO SEXTO
Unipessoal, Limitada, com sede no município da Maputo, aos 17 de Maio de 2018; e
Órgãos sociais
da Matola, Machava-sede, rua Josina Machel, Liu Xinting, solteiro, maior, de nacionalidade
número trezentos e noventa e quatro, quarteirão chinesa, residente na cidade de Nampula, A sociedade tem os seguintes órgãos sociais:
número quatro, com o capital social de dez mil portador do DIRE n.º 03CN000955883Q, a) A assembleia geral;
meticais, matriculada sob NUEL 100770431, emitido em Nampula. b) A administração e gerência.
deliberou-se na cessão total da quota única, no
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO SÉTIMO
valor de dez mil meticais, correspondente a cem
por cento do capital social, que o sócio Nicklas Denominação e sede Administração e gerência
Moller possuía, tendo cedido na totalidade a
A sociedade adopta a denominação de Um) A administração e gerência da socie-
favor de Geane Oliveira de Møller, que entra
Greensite, Limitada, criada por tempo inde- dade bem como a sua representação em juízo
para a sociedade como sócia única.
terminado e a sua sede localiza se na Avenida e fora dele, activa e passivamente, serão
Em consequência da cessão total da quota Ahmed Sekou Toure, n.º 3087, rés-do-chão, na exercidas pelo sócio Daniel Azarias Chumane,
única, é inserida a identificação da cessionária, cidade de Maputo, e rege-se pelos presentes que é nomeado director-geral com dispensa de
como outorgante única, na parte inicial dos estatutos e demais legislação aplicável. caução, com ou sem remuneração.
estatutos da sociedade, com a seguinte redacção: Dois) A sociedade fica obrigada, em todos
Outorgante única. Geane Oliveira de ARTIGO SEGUNDO os seus actos pela assinatura do director-geral
Møller, de nacionalidade brasileira, portadora singularmente, podendo este nomear outros
Objecto social
do Passaporte n.º YC340180, emitido aos 7 de assinantes.
Fevereiro de 2017, pela Embaixada do Brasil Um) A sociedade tem por objecto: ARTIGO OITAVO
em Maputo. a) Prospecção, pesquisa e de recursos
Morte ou interdição
É, também, alterada a redacção do número mineiras;
dois, do artigo quarto e do número um, do artigo b) Exploração e transporte dos recursos Em caso de falecimento ou interdição, a
sétimo, todos dos estatutos da sociedade, os minerais; sociedade continuará com os herdeiros ou repre-
quais passam a ter a seguinte redacção: c) Compra e venda dos recursos minerais; sentantes do sócio falecido ou interdito, os quais
d) Tratamento e exportação dos pro- nomearão de entre si um que represente a todos
............................................................ dutos minerais, na sociedade enquanto a quota permanecer
e) Consultoria na área mineira; indivisa.
ARTIGO QUARTO
f) Importação de factores de produção ARTIGO NONO
(Capital social) destinada a actividade da socie-
dade. Aplicação de resultados
Um) (...)
Dois) Cabe à sócia única Geane Dois) A sociedade poderá exercer outras Um) O exercício económico coincide com
Oliveira de Møller, a quota única no valor actividades em qualquer outro ramo de comércio o ano civil, balanço de contas de resultados
mencionado no número anterior deste ou retalho, que resolva explorar, distintas ou será fechado com referência a 31 de Dezembro
artigo, correspondente a 100% (cem por subsidiárias ao objecto principal, desde que para de cada ano e será submetido à apreciação
cento) do capital social da sociedade. tal tenha as necessárias licenças. da assembleia geral.
30 DE ABRIL DE 2019 2593
Dois) Os lucros que se apurarem líquidos de ARTIGO SEGUNDO ARTIGO QUINTO
todas as despesas e encargos sociais, separada
(Duração) (Prestações suplementares e suprimentos)
aparte para o fundo de reserva legal e as
deduções acordadas pela sociedade será devidos A sua duração é por tempo indeterminado, Os sócios poderão fazer suprimentos
para os sócios de acordo com as quotas. contando-se o seu início, para todos os efeitos à sociedade nos termos e condições a fixar pela
legais, a partir da data da sua assinatura. assembleia geral, não sendo exigíveis presta-
ARTIGO DÉCIMO
ARTIGO TERCEIRO ções suplementares de capital.
Dissolução da sociedade
(Objecto social) ARTIGO SEXTO
A sociedade dissolve-se por acordo dos
sócios ou nos casos fixados na lei, e a sua Um) A sociedade tem por objecto principal (Divisão e cessão de quotas)
liquidação será efectuada pelo director-geral que a prestação de serviços na area das tecnologia
de informação e comunicação, provedores de Um) A divisão, cessão total ou parcial das
estiver em exercício a data da sua dissolução.
conteudo e outros serviços de informação na quotas entre os sócios é livre, mas a estranhos
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO internet, outras actividades de prestação de à sociedade, depende do consentimento desta,
serviço de informação, desenvolvimento de à qual fica reservado o direito de preferência na
Casos omissos programas de computador sob encomenda, web aquisição das quotas, direito em que, se não fôr
Os casos omissos serão regulados pelas design, desenvolvimento e lincenciamento de por ela exercido sê-lo-á preferencialmente pelos
disposições aplicáveis em vigor na República programas de computador não costumizaveis, sócios fundadores da sociedade.
de Moçambique. actividade de intermediação e agenciamento Dois) O sócio que desejar ceder a sua
de serviços, actividades de consultoria em
Maputo, 17 de Abril de 2018. — O Técnico, quota, deverá comunicar à sociedade, com
informação e de telecomunicações especializdos
Ilegível. antecedência minima de trinta dias, mediante
e não especializado e negócios em geral.
Dois) É igualmente objecto da sociedade, carta registada identificando o adquirente, o
o exercício de representação comercial de preço e demais condições de cessão.
entidades e marcas estrangeiras, bem como Três) Os sócios que pretendem exercer esse
investir noutras sociedades comerciais, indus- direito, no caso de a sociedade não exercer,
Hex Cloud, Limitada triais ou a constituir no país ou no estrangeiro. devem comparecer na assembleia geral a que
Três) A sociedade poderá exercer ainda se refere o número anterior e nela manifestar
Certifico, para efeitos de publicação, que actividades de natureza assessória, comple- a sua vontade nesse sentido.
no dia 15 de Abril de 2019, foi matriculada mentar e subsidiária do objecto principal em
na Conservatória do Registo das Entidades que os sócios acordem, desde que devidamente ARTIGO SÉTIMO
Legais sob NUEL 101135225 uma entidade autorizadas para o efeito.
denominada Hex Cloud, Limitada, entre: (Morte ou incapacidade dos sócios)
CAPÍTULO II
Primeiro. Luis Pedro Pires Barreiro da Silva, Em caso de falecimento, incapacidade física
casado, de nacionalidade portuguesa, portador Do capital social ou mental definitiva ou interdição de qualquer
do DIRE n.º 11PT00052141, emitido pelo um dos sócios, a sociedade continuará com
ARTIGO QUARTO
Serviços Nacional de Emigração de Maputo; os seus herdeiros ou representantes, os quais
Segundo. Felimone Amone Júnior, solteiro, (Capital social) deverão constar no processo deste, devendo
nacionalidade moçambicana, residente nesta
Um) O capital social integralmente subs- nomear entre si quem a todos represente na
cidade de Maputo, portador do Bilhete de
crito e realizado em dinheiro é de vinte e um sociedade, enquanto a quota se mantiver
Identidade n.º 110102481449S, emitido, pelo
Arquivo de Identificação Civil de Maputo; mil meticais, dividido em três quotas iguais na indivisa.
Terceiro. Suzete Dionizia Frechout Jorge, seguinte proporção:
CAPÍTULO III
solteira nacionalidade moçambicana, residente a) Uma quota no valor nominal de
nesta cidade de Maputo, portadora do Bilhete 7.000,00MT (sete mil meticais), Da administração, gerência
de Identidade n.º 110100440724J, emitido pelo correspondente a trinta e três ponto e assembleia geral
Arquivo de Identificação Civil de Maputo. quatro por cento do capital social,
pertencente á Luis Pedro Pires ARTIGO OITAVO
É celebrado o presente contrato de sociedade
Barreiro da Silva (Administração e gerência)
ao abrigo do artigo 90 do Código Comercial
b) Uma quota no valor nominal de
vigente na República de Moçambique, o qual
7.000,00MT (sete mil meticais), Um) A administração e gerência da socie-
se regerá pelos termos constantes dos artigos
correspondente a trinta e três ponto dade e sua representação, em juizo e fora
seguintes:
tres por cento do capital social, dele, activa e passivamente, tanto na ordem
CAPÍTULO I pertencente ao sócio Felimone juridica interna como internacionalmente,
Amone Júnior; serão exercidas por tres administrador que
Da denominação, sede, objecto c) Uma quota no valor nominal de
e duração ficam nomeado os senhores Luis Pedro Pires
7.000,00MT (sete mil meticais),
Barreiro da Silva, Filimone Amone Júnior, e
ARTIGO PRIMEIRO correspondente a trinta e três ponto
Suzete Dionizia Frechout Jorge, para obrigar
tres por cento do capital social
(Denominação e sede) pertencente á sócia Suzete Dionizia a sociedade e bastante a assinatura dos admi-
Frechout Jorge. nistradores.
Um) A sociedade adopta a denominação de
Dois) O cargo de administrador (a) será
Hex Cloud, Limitada, uma sociedade por quotas Dois) Por deliberação da assembleia geral,
de responsabilidade limitada, e terá a sua sede na exercido por um período de dois anos, podendo
o capital poderá aumentar ou reduzir por uma
cidade de Maputo, podendo por deliberação da ou várias vezes. ser revogado e renovado a qualquer momento
assembleia geral ser transferida para outro local. Três) Por deliberação da assembleia geral perante decisão da assembleia geral.
Dois) A sociedade poderá ainda por delibe- e desde que represente vantagens para os Três) Os gerentes não podem obrigar a
ração da assembleia geral, criar sucursais, objectivos da sociedade, poderão ser admitidos sociedade em quaisquer operações alheias ao
delegações, filiais ou outras formas de repre- como sócios, cidadãos nacionais ou estrangeiros, seu objecto social, nem conferir a favor de
sentação comercial em qualquer parte do pessoas singulares ou colectivas nos termos terceiros quaisquer garantias, livranças, letras,
território nacional ou no estrangeiro. da legislação em vigor. fianças ou abonações.
2594 III SÉRIE — NÚMERO 83
ARTIGO NONO Ismael Cangy Transportes Dois) A persecução do objecto social é livre
– Sociedade Unipessoal, a aquisição, por simples deliberação da as-
(Assembleia geral)
sembleia geral, da participação em sociedades
Limitada
Um) A assembleia geral reunirá ordinaria- já existentes ou a constituir a associar-se em
mente, uma vez por ano, para apreciação, Certifico, para efeitos de publicação, que por outras entidades sob qualquer forma permitida
aprovação do balanço de contas de exercícios e contrato de sociedade celebrado nos termos do por lei, bem como a alienar das referidas partici-
para deliberar outros assuntos para os quais foi pações.
artigo 90 do Código Comercial, foi constituída
convocada e extraordinariamente sempre que se uma sociedade unipessoal por quotas de res- QUINTO ARTIGO
mostre necessário e serão convocadas por meio ponsabilidade limitada denominada Ismael (Capital social)
de cartas registadas, fax, ou correio electrónico Cangy Transportes – Sociedade Unipessoal,
com antecedência mínima de quinze dias úteis. Um) O capital social, integralmente
Limitada, registada na Conservatória do Registo
Dois) A reunião da assembleia geral terá subscrito e realizado em bens e dinheiro é de
de Entidades Legais sob o n.º 100287714, por
lugar na sede social da sociedade, podendo ter 1.000.000,00MT (um milhão de meticais),
Ismael Cangy, natural da Cidade de Mocodoene,
lugar noutro local quando as circunstâncias o correspondente à soma de uma única quota no
nascido aos 20 de Abril de 1979, filho de Bula valor nominal do capital social subscrito pelo
ditarem, desde que tal facto não prejudique os
Antura Bula Cangy e de Maria Isabel Amélia único sócio Ismael Cangy.
direitos e legítimos interesses dos sócios.
Chissico, portador do Bilhete de Identidade Dois) O capital social poderá ser aumentado
Três) A assembleia geral considera-se com
quórum artificial para deliberar quando estejam n.º 110100231213S, emitido pelo Arquivo de mediante a deliberação da assembleia geral,
presentes ou representados, sócios que possuem, Identificação Civil da Cidade de Matola, aos 8 alterando-se o pacto social, para que se obser-
e Maio de 2015, que se regerá pelas cláusulas varão as formalidades estabelecidas na lei das
pelo menos, cinquenta e um por cento do capital,
constantes nos artigos seguintes: sociedades por quotas.
salvo nos casos em que por força da lei ou destes
estatutos, seja exigível um outro quórum. SEXTO ARTIGO
PRIMEIRO ARTIGO
CAPÍTULO IV (Participações sociais)
(Denominação)
Das disposições finais É permitido a sociedade, por deliberação da
A sociedade adopta a forma de sociedade
assembleia geral, participar no capital social de
ARTIGO DÉCIMO por quotas unipessoal de responsabilidade outras sociedades, bem como associar-se a estas
limitada denominada Ismael Cangy Transportes nos termos da legislação em vigor, desde que
(Ano social)
– Sociedade Unipessoal, Limitada. se mostrem legais e convenientes aos interes-
Um) O ano social coincidirá com o ano civil. ses sociais.
Dois) O balanço, a demonstração de resul- SEGUNDO ARTIGO
tados e demais contas do exercício fechar-se- SÉTIMO ARTIGO
(Sede)
ão em 31 de Dezembro de cada ano e serão (Cessão de quotas)
submetidos à apreciação da assembleia geral Um) Cidade da Matola, Talhão n.º 105, Q. 5,
A cessão de quotas, sem prejuízo das dispo-
para aprovação, até ao dia trinta e um de Março bairro de Mussumbuluco.
sições legais em vigor a cessação ou alienação
do ano seguinte. Dois) Por deliberação da assembleia
de toda a parte da quota deverá ser do consenso
geral poderá a sociedade, abrir e encerrar do sócio gozando este do direito de preferência.
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO delegações, sucursais, filiais, ou outras formas
(Aplicação de resultados) de representação comercial no país ou fora dele, OITAVO ARTIGO
bem como transferir a sede da sociedade para (Assembleia geral)
Os lucros líquidos apurados em cada
outra localidade, no território nacional, obtida
exercício serão divididos na proporção de Um) A assembleia geral reúne-se ordinaria-
a autorização das autoridades competentes,
cinquenta por cento pelos sócios na proporção mente uma vez por ano para apreciação e
das suas respectivas quotas e o restante sera se necessários.
aprovação do balanço e contas do exercício
reinvestido na empresa como capital ou imobi- Três) A representação da sociedade no findo e repartição de lucros e perdas.
lizado. estrangeiro poderá ainda ser confiada, mediante Dois) A assembleia geral poderá reunir-
o contrato a entidades públicas ou privadas, -se extraordinariamente quantas vezes for
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
legalmente constituídas ou registadas. necessários desde que as circunstâncias assim
(Dissolução e liquidação) o exijam para deliberar sobre qualquer assunto
TERCEIRO ARTIGO que diga respeito a sociedade.
A sociedade só se dissolverá nos termos
fixados na lei ou por deliberação dos sócios e A duração da sociedade é por tempo
NONO ARTIGO
todos eles serão liquidatários. indeterminado e o seu começo conta-se para
todos efeitos, a partir da data da escritura da (Administração, gerência e representação
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO do conselho de gerência)
constituição.
Um) A administração e gerência da socie-
(Casos omissos)
QUARTO ARTIGO dade é conferida ao único sócio Ismael Cangy.
Em todo o omisso serão regulados pelas Dois) O conselho de gerência é composto
(Objecto social)
disposições legais e aplicáveis na República por um gerente.
de Moçambique. Um) A sociedade tem por objecto social o Está conforme.
Maputo, 17 de Abril de 2019. — O Técnico, exercício de actividades de transporte rodo- Maputo, 12 de Abril de 2019. — A Notária,
Ilegível. viário internacional de mercadorias. Ilegível.
30 DE ABRIL DE 2019 2595

Limpeza, Canalização d) Reparação de viaturas; ARTIGO SÉTIMO


e Eletricidade – Sociedade e) Desenho de plantas para todo tipo
(Dissolução da sociedade)
de edifícios;
Unipessoal, Limitada
f) Montagem, limpeza de jardins Um) A sociedade não se dissolve por
Certifico, para efeitos de publicação, que e piscinas. extinção, morte ou interdição do sócio único
no dia 16 de Abril de 2019, foi matriculada continuando com os seus sucessores, herdeiros
CAPÍTULO II ou representantes do sócio extinto os quais
na Conservatória do Registo das Entidades
Legais sob NUEL 101136078, uma entidade Do capital social, quotas exercerão em comum os respectivos direitos
denominada Limpeza, Canalização e enquanto a quota permanecer indivisa, com
ARTIGO QUARTO observância do disposto na lei em vigor.
Eletricidade – Sociedade Unipessoal, Limitada.
(Capital social) Dois) A sociedade só se dissolve nos casos
É constituída a presente sociedade unipes- fixados pela lei. Dissolvendo-se por acordo do
soal, limitada, nos termos do Código Comercial, Um) O capital social, integralmente subscrito socio, ele será liquidatário, devendo proceder a
por: em dinheiro, é de 500.000,00MT (quinhentos sua liquidação como então deliberar.
Bento Ricardo Ernesto, casado com Lisa Agita mil meticais), e corresponde a uma única quota
Naftal em regime de comunhão geral de com mesmo valor nominal, pertencente a único ARTIGO OITAVO
bens, de nacionalidade moçambicana, titular sócio Bento Ricardo Ernesto.
(Casos omissos)
de Bilhete de Identidade n.º 11010228213B, Dois) O sócio pode exercer actividade profis-
emitido aos 13 de Novembro de 2017, pelo sional para além da sociedade. Nos casos omissos, regularão as disposi-
Arquivo de Identificação Civil da Matola, Três) Poderão ser efectuadas prestações ções legais aplicáveis e em vigor na República
suplementares do capital, na proporção das de Moçambique.
residente em Maputo, bairro de Albasine,
quotas actuais e nas condições que forem Maputo, 17 de Abril de 2019. — O Técnico,
casa n.º 24.
acordadas pela assembleia geral. Ilegível.
Pelo presente instrumento constitui uma Quatro) O sócio poderá fazer suprimentos
sociedade por quotas unipessoal, e se regera de que a sociedade carecer, gratuitos ou one-
pelos artigos seguintes: rosos, nas condições que forem acordadas
pela assembleia.
CAPÍTULO I
Da denominação, duração, sede CAPÍTULO III Maquitrade
e objecto (Administração e representação Certifico, para efeitos de publicação, que
ARTIGO A PRIMEIRO da sociedade) por acta de vinte e um de Março de dois mil e
ARTIGO QUINTO dezanove, a sociedade Maquitrade, com o capital
(Denominação)
social de três milhões de meticais, matriculada
A sociedade adopta a denominação Limpeza, Um) A administração da sociedade e a sobre NUEL 100151189, deliberaram os sócios
Canalização e Electricidade – Sociedade Unipes- sua representação ficam ao cargo do sócio sobre a cessão total da quota correspondente a
soal, Limitada, abreviadamente designada por administrador Bento Ricardo Ernesto, bastando dois por cento do capital social da sócia Gisela
Limcel, Limitada que se regerá pelo presente a sua assinatura para obrigar a sociedade Sinfronia Manuel Sive á sócia Isabel Adalgiza
instrumento e demais legislação aplicável e em em todos actos e contractos, activamente e João Vicente, que entra para sociedade e
vigor na República de Moçambique. passivamente em juízo e fora dela, tanto na passa a deter dois por cento do capital social,
ordem jurídica interna como internacional, e consequentemente a saída da sócia Gisela
ARTIGO SEGUNDO dispondo dos mais amplos poderes legalmente Sinfronia Manuel Sive.

(Sede e duração) consentidos. Em consequência da cessão total de quota,é


Dois) O sócio administrador poderá desig- alterada a redacção do artigo quinto dos
Um) A sociedade tem a sua sede na cidade nar um ou mais mandatários e neles delegar estatutos da sociedade, os quais passam a ter a
de Maputo, distrito Kampfumo, bairro Central, total ou parcialmente, os seus poderes. seguinte redacção:
prédio Primeiro de Janeiro n.º 256, 6.º andar. Três) Os actos de mero expediente poderão .................................................................
Dois) A sociedade e constituída por um ser assinados pelos directores ou qualquer fun-
tempo indeterminado contando-se seu início ARTIGO QUINTO
cionário por eles expressamente autorizados.
a partir da data do seu registo. Quatro) O sócio administrador ou seu a) Uma quota no valor de
Três) Por deliberação do sócio em as- mandatário não poderão obrigar a sociedade em 2.940.000,00MT (dois milhões,
sembleia geral a sociedade poderá criar actos e contractos que não dizem respeito aos novecentos e quarenta mil
sucursais e outras formas de representação negócios sociais, nomeadamente em letras de meticais), correspondente a
no território nacional desde que devidamente favor, fianças abonações, e outras semelhantes. noventa e oito por cento do
autorizado pelo órgão de tutela. capital social pertencente ao
CAPÍTULO IV sócio George Steve Gaiqui;
ARTIGO TERCEIRO
b) Uma quota no valor de
Das disposições finais
(Objecto) 60.000,00MT (sessenta mil
ARTIGO SEXTO meticais), correspondente a
A sociedade tem por objecto: dois por cento do capital social
(Ano económico)
a) Construção de edifícios; pertencente a sócia Isabel
b) Montagem, reparação e limpeza de O exercício do ano económico coincide Adalgiza João Vicente.
equipamentos; com o ano civil e os resultados tem referência Maputo, 17 de abril de 2019. — O Técnico,
c) Captação, tratamento e venda de água; a 31 de Dezembro de cada ano. Ilegível.
2596 III SÉRIE — NÚMERO 83

Regulo Studio & Films, b) Digital marketing; ARTIGO SEXTO


Limitada c) Marketing e branding.
(Cessão de quotas)
d) Divulgação de produtos e serviços
Certifico, para efeitos de publicação, que através de canais digitais, motores Um) É livre a cessão total ou parcial de
no dia 5 de Abril de 2019, foi matriculada de pesquisa, websites & emails, quotas entre os sócios.
na Conservatória do Registo das Entidades
redes sociais, aplicações; Dois) A cessão de quotas a terceiros,
Legais sob NUEL 101132579, uma entidade
e) Organização e gestão de eventos carece do consentimento da assembleia geral
denominada Regulo Studio & Films, Limitada,
entre: socias e aluguer de equipamento da sociedade, a qual fica reservado o direito
diverso para estúdio de produção de preferência na sua aquisição.
Paulo Alberto Sitoe, casado, com Narcesia Elice
de fotografia e vídeos.
Matlave, em regime de comunhão geral ARTIGO SÉTIMO
de bens, de nacionalidade moçambicana, Quatro) A sociedade poderá exercer quais-
natural de Matola, residente na cidade de quer outras actividades, desde que sejam (Prestações suplementares e suprimentos)
Maputo, bairro de Intaka, titular do Bilhete devidamente autorizadas pela assembleia
Um) Poderão ser exigidas prestações suple-
de Identidade n.º 100101219737S, emitido geral e para as quais se obtenha as necessárias
em cidade Maputo aos 12 de Julho de 2017, e mentares de capital desde que a assembleia
autorizações legais.
Narcesia Elice Matlave Sitoe, casada, com Paulo geral assim o decida.
Alberto Sitoe em regime de comunhão geral CAPÍTULO II Dois) Os sócios poderão fazer suprimentos à
de bens, de nacionalidade moçambicana, sociedade sempre que esta necessite, mediante
natural de Bilene-Macia, residente na cidade Do capital social a aprovação prévia da assembleia geral, que
de Maputo, bairro de Intaka, titular do ARTIGO QUARTO definirá os juros e as condições de reembolso.
Bilhete de Identidade n.º 110100591876C, Três) Não havendo consentimento de todos
emitido em cidade de Maputo, (Capital social)
os sócios a mesma não terá lugar.
aos 2 de Fevereiro de 2016;
Um) O capital social, integralmente subscrito
Admilson Pedro Bila , solteiro de nacionalidade CAPÍTULO III
e realizado em equipamentos e dinheiro é seis-
moçambicana, natural de Maputo, residente
na cidade de Maputo, Luís Cabral, titular do centos mil meticais, e está dividido em três Da assembleia geral, direcção
Bilhete de Identidade n.º 110101199153J, quotas, subscritas da seguinte forma: e representação da sociedade
emitido em cidade de Maputo aos 21 de a) Uma quota de valor nominal de tre-
ARTIGO OITAVO
Março de 2016. zentos mil meticais, correspondente
Que pelo presente contrato constituem entre a cinquenta por cento do capital (Assembleia geral)
si, uma sociedade comercial por quotas de social, pertencente a Paulo Alberto
Um) A assembleia geral reunirá ordinaria-
responsabilidade limitada, que se regerá pelas Sitoe, casado de nacionalidade
seguintes disposições: mente, uma vez por ano, para discussão e
moçambicana, natural de Matola,
aprovação das contas anuais e do exercício fiscal
residente na cidade de Maputo,
CAPÍTULO I respectivamente, e também poderá reunir-se
Bairro Zimpeto, titular do Bilhete
Da denominação social, duração, sede extraordinariamente sempre que for necessário.
de Identidade n.º 100101219737S;
e objecto Dois) Compete a assembleia geral:
b) Uma quota de valor nominal de
cento e cinquenta mil meticais, a) Aprovar e modificar os estatutos da
ARTIGO PRIMEIRO
correspondente vinte e cinco por sociedade;
(Denominação social e duração) b) Nomear e demitir a gerência;
cento do capital social perten-
A sociedade adopta a forma de sociedade cente a Narcesia Elice Matlave c) Analisar e aprovar o relatório de contas
por quotas de responsabilidade limitada, e Sitoe, casada de nacionalidade e o balanço;
será constituída por tempo indeterminado, moçambicana, natural de Maputo, d) Decidir sobre a aplicação dos resul-
adoptando a firma Regulo Studio & Films, residente na cidade de Maputo, tados.
Limitada. Bairro de Intaka, titular do Bilhete
ARTIGO NONO
ARTIGO SEGUNDO de Identidade n.º 110100591876C;
c) Uma quota de valor nominal de (Direcção e representação da sociedade)
(Sede)
cento e cinquenta mil meticais,
A sociedade tem a sua sede em Maputo, Um) A gerência e a representação da
correspondente vinte e cinco por
bairro da Polana Cimento, distrito Municipal sociedade em juízo e fora dele activa e pas-
cento do capital social pertencente
Kampfumu, Paulo Samuel Kankhomba, sivamente serão exercidos pelos gerentes sócios.
a Admilson Pedro Bila, solteiro
n.º 1063, podendo por deliberação dos sócios, Dois) É nomeado desde já o gerente sócio
de nacionalidade moçambicana,
transferi-la ou abrir sucursais, ou qualquer Paulo Alberto Sitoe como gerente da sociedade
natural de Maputo, residente na
outra forma de representação noutros pontos, (director-geral), sendo lhe conferido os mais
ou países de interesse. cidade de Maputo, Luís Cabral,
amplos poderes de gestão da sociedade.
titular do Bilhete de Identidade
ARTIGO TERCEIRO n.º 110101199153J. Três) São igualmente nomeados desde já
o gerente sócio Admilson Pedro Bila para o
(Objecto) ARTIGO QUINTO cargo director das operações e o sócio gerente
A sociedade tem por objecto: Narcesia Elice Matlave Sitoe para o cargo
(Aumento do capital social)
a) Multimédia, fotografia e videografia, de Director Comercial e Marketing.
design editorial, logomarcas e O capital social poderá ser aumentado Quatro) A sociedade ficará obrigada, pela
design gráfico, produção de spot mediante deliberação da assembleia geral, sob assinatura de pelo menos dois dos sócio-
publicitários, emails corporativos, proposta do conselho de administração ou dos -gerentes, sendo a assinatura do director-geral
web design; sócios. (Paulo Alberto Sitoe) obrigatória porém, em
30 DE ABRIL DE 2019 2597
caso algum poderão usar a firma e obrigar a Rhema Investments ARTIGO QUARTO
sociedade em actos e documentos estranhos às & Services, Limitada Cessão e amortização
suas operações sociais, sobretudo em letras de
favor, abonações e fianças. Certifico, para efeitos de publicação, que Um) A cessão de quotas a não sócios
no dia 25 de Julho de 2018, foi matriculada depende do consentimento da sociedade que
CAPÍTULO IV na Conservatória do Registo das Entidades terá sempre o direito de preferência, o qual,
Legais sob NUEL 101024644, uma entidade de seguida, se defere aos sócios não cedentes.
Do exercício e aplicação denominada Rhema Investments & Services, Dois) A sociedade poderá amortizar qual-
dos resultados Limitada. quer quota:
ARTIGO DÉCIMO É celebrado o presente contracto nos termos a) Com o consentimento do titular;
do art 90 do Código Comercial, entre: b) Em caso de morte ou insolvência
(Balanço e prestações de contas) do sócio;
Primeiro. Alfredo Francisco Uamba, de
Um) O exercício social coincide com o ano nacionalidade moçambicana, portador do c) Se esta for cedida sem o prévio con-
civil. Bilhete de Identidade n.º 110100129325I, sentimento da sociedade.
Dois) O balanço e a conta de resultados emitido aos 15 de Fevereiro de 2016 e válido
ARTIGO QUINTO
fecham a 31 de Dezembro de cada ano, e até 15 de Fevereiro de 2021, pelo Arquivo
de Identificação de Maputo; Dissolução
carecem de aprovação da assembleia geral,
Segundo. Rogério Francisco Uamba,
a realizar-se até ao dia 31 de Março do ano A sociedade só se dissolve nos termos
moçambicano, portador do Bilhete de Identidade
seguinte. fixados pela lei.
n.º 110102250005A, emitido aos 15 de Junho
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO de 2018, e válido até 25 de Junho de 2023, pelo ARTIGO SEXTO
Arquivo de Identificação de Maputo.
(Resultados) Casos omissos
Que se rege pelos seguintes estatutos:
Um) Dos lucros apurados em cada exercício, Casos omissos serão regulados por leis
ARTIGO PRIMEIRO aplicáveis na República de Moçambique.
serão deduzidos os montantes necessários para
a criação dos seguintes fundos: Denominação, sede e duração Maputo, 17 de Abril de 2018. — O Técnico,
Ilegível.
a) Reserva legal, enquanto não estiver Um) Adopta a denominação de Rhema
realizada nos termos da lei ou Investments & Services, Limitada.
sempre que seja necessário reinte- Dois) A sociedade têm a sua sede no bairro
grá-la; Sommershild 2, n.º 103, Maputo.
b) Outras reservas de que a sociedade Três) Por simples deliberação pode abrir
necessite para um melhor equilíbrio
sucursais dentro e fora do país. Rockerfield, Limitada
Quatro) A duração será por tempo indeter-
financeiro.
minado. Certifico, para efeitos de publicação, que
Dois) A parte restante dos lucros será no dia 16 de Abril de 2019, foi matriculada
ARTIGO SEGUNDO
distribuída aos sócios de acordo com a per- na Conservatória do Registo das Entidades
centagem das respectivas quotas ou será Objecto Legais sob NUEL 101135543, uma entidade
aplicada nos termos que forem aprovados denominada Rockerfield, Limitada.
A sociedade tem por objecto a importação de
pela assembleia geral. mobiliário, papel, vestuário, venda, prestação de É celebrado o presente contrato de sociedade
serviços de limpeza, revenda, fornecimento de nos termos do artigo 90 do Código Comercial,
CAPÍTULO V entre:
consumíveis de escritório, sistemas de ar, peças,
Da dissolução e liquidação electrodomésticos, construção e exploração de Daniel Azarias Chumane, solteiro, de nacio-
da sociedade minas, assessorias, consultorias e pesquisas, nalidade moçambicana, residente na cidade
catering, mercearia, fornecimento e comercio de Maputo, Avenida 24 de Julho n.º 2611,
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO de artigos e decoração de eventos, transporte, 4.º andar, flat 35, bairro Central, portador do
(Dissolução e liquidação da sociedade) filmagem, imobiliária e serviços pessoais Bilhete de Identidade n.º 110104573290B,
e outros afins. emitido pelo Arquivo de Identificação Civil
A sociedade dissolve-se nos casos expres- da Maputo, aos 17 de Maio de 2018;
samente previstos na lei ou por deliberação ARTIGO TERCEIRO Liu Xinting, solteiro, maior, de nacionalidade
unânime dos seus sócios. Capital social e administração chinesa, residente na cidade de Nampula,
portador do DIRE n.º 03CN000955883Q,
CAPÍTULO VI O capital social, integralmente subscrito e emitido em Nampula.
realizado em dinheiro, é de 100.000,00MT (cem
Das disposições finais mil meticais), dividido em 2 quotas desiguais: ARTIGO PRIMEIRO
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO uma de 90% correspondente a 90.000,00MT
Denominação e sede
(noventa mil meticais), pertencente ao sócio
(Disposições finais) Alfredo Francisco Uamba que desde ja é A sociedade adopta a denominação de
nomeado administrador com plenos poderes Rockerfield, Limitada, criada por tempo
As omissões aos presentes estatutos serão
de representação em juízo e fora dele e para indeterminado e a sua sede localiza se na
reguladas e resolvidas de acordo com o código
nomear mandatários conferindo os poderes de Avenida Ahmed Sekou Toure, n.º 3087,
comercial e demais legislação vigente. administração, e outra de 10% correspondente rés-do-chão, na cidade de Maputo, e rege-se
Maputo, 17 de Abril de 2019. — O Técnico, a 10.000,00MT (dez mil meticais), pertencente pelos presentes estatutos e demais legislação
Ilegível. ao sócio Rogério Francisco Uamba. aplicável.
2598 III SÉRIE — NÚMERO 83
ARTIGO SEGUNDO ARTIGO SÉTIMO Abril de dois mil e dezanove, as nove horas,
na cidade de Inhambane, em Paindane, distrito
Objecto social Administração e gerência
de Jangamo, reuniu sociedade por quotas de
Um) A sociedade tem por objecto: Um) A administração e gerência da socie- responsabilidade limitada, com o capital social
dade bem como a sua representação em juízo de vinte mil meticais, matriculada nas Entidades
a) Prospecção, pesquisa e de recursos
e fora dele, activa e passivamente, serão Legais sob NUEL 101054411, na presença dos
mineiras; sócios Andre Johan Booysen, detentor de uma
exercidas pelo sócio Daniel Azarias Chumane,
b) Exploração e transporte dos recursos que é nomeado director-geral com dispensa de quota no valor nominal de oitos mil meticais
minerais; caução, com ou sem remuneração, correspondentes a quarenta por cento do capital
c) Compra e venda dos recursos minerais, Dois) A sociedade fica obrigada, em todos social, Dwane de Villiers Booysen, detentor
d) Tratamento e exportação dos pro- os seus actos pela assinatura do director-geral de uma quota no valor nominal de quatro mil
dutos minerais; singularmente, podendo este nomear outros meticais correspondentes a vinte por cento do
e) Consultoria na área mineira; assinantes. capital social, Pieter Van Der Westhuizen,
f) Importação de factores de produção detentor de uma quota no valor nominal de
ARTIGO OITAVO quatro mil meticais correspondentes a vinte por
destinada a actividade da socie-
Morte ou interdição cento do capital social e Juma Sulemane Amade,
dade.
detentor de uma quota no valor nominal de dois
Dois) A sociedade poderá exercer outras Em caso de falecimento ou interdição, a mil meticais correspondentes a dez por cento
actividades em qualquer outro ramo de comércio sociedade continuará com os herdeiros ou do capital sócia, totalizando os cem por cento
ou retalho, que resolva explorar, distintas ou representantes do sócio falecido ou interdito, os do capital social.
subsidiárias ao objecto principal, desde que para quais nomearão de entre si um que represente
Esteve como convidado senhor Wynand
tal tenha as necessárias licenças. a todos na sociedade enquanto a quota perma- Corneliiius Van Zyl, de nacionalidade sul-
necer indivisa. africana, natural e residente na África do Sul,
ARTIGO TERCEIRO portador do DIRE n.º 08za00101517, emitido
ARTIGO NONO
pelas autoridades sul-africanas, aos sete de
Capital social
Aplicação de resultados Agosto de dois mil e dezoito, que manifestou o
O capital social subscrito, integralmente e desejo de adquirir as quotas ora cedidas.
Um) O exercício económico coincide com o
realizado em dinheiro, é de 100.000,00MT (cem ano civil, balanço de contas de resultados será Iniciada sessão, os sócios deliberaram
mil meticais), que corresponde ao somatório de fechado com referência a trinta é 1 de Dezembro por unanimidade que os sócios Andre Johan
2 (duas) quotas, assim dispostas: de cada ano e será submetido à apreciação Booysen e Juma Sulemane Amade dividirem
da assembleia geral. em duas as suas quotas e cederem quarenta por
a) Uma no valor nominal de 10.000,00MT
Dois) Os lucros que se apurarem líquidos de cento e vinte por cento aos novos sócios, que
(dez mil meticais), correspon-
todas as despesas e encargos sociais, separada depois redistribuem entre eles. Os cedentes
dente a 10% pertencente ao sócio reservam para si, quarenta e dez por cento do
Daniel Azarias Chumane; aparte para o fundo de reserva legal e as
deduções acordadas pela sociedade será devidos capital social para cada respectivamente.
b) Uma no valor nominal de 90.000,00MT
para os sócios de acordo com as quotas. Por conseguinte o artigo 3.º do pacto social
(noventa mil meticais), corres- fica alterado e passa a ter nova redacção
pondente a 90% do capital perten- ARTIGO DÉCIMO seguinte:
cente ao sócio Liu Xinting.
Dissolução da sociedade ............................................................
ARTIGO QUARTO A sociedade dissolve-se por acordo dos ARTIGO TERCEIRO
Alteração do capital social sócios ou nos casos fixados na lei, e a sua liqui-
(Capital social)
dação será efectuada pelo director-geral que
O capital social poderá ser alterado sob- estiver em exercício a data da sua dissolução. O capital social, integralmente reali-
proposta da gerência, fixando na assembleia zado em dinheiro, é de (20.000,00MT),
geral as condições da sua realização e reembolso. ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO vinte mil meticais correspondente à soma
Casos omissos de quatro quotas assim distribuídas:
ARTIGO QUINTO a) Uma quota no valor nominal
Os casos omissos serão regulados pelas
Divisão e cessão de quotas de quatro mil meticais,
disposições aplicáveis em vigor na República
correspondentes a vinte por
Um) A cessão e divisão de quotas, no todo de Moçambique.
cento do capital social, perten-
ou em parte, a estranhos, dependem do consen- Maputo, 17 de Abril de 2019. — O Técnico, cente ao sócio Andre Johan
timento da sociedade, gozando o direito de Ilegível. Booysen;
preferência. b) Uma quota no valor nominal
Dois) É livre e permitida a cessão e divisão de quatro mil meticais,
de quotas a favor de outro terceiros, bem como correspondentes a vinte por
cento do capital social, perten-
dos seus herdeiros.
cente ao sócio, Dwane de
ARTIGO SEXTO Sabié Frutas, Limitada Villiers Booysen;
c) Uma quota no valor nominal de
Órgãos sociais Certifico, para efeitos de publicação, que quatro mil meticais, corres-
por acta da assembleia geral, de cessão total pondentes a vinte por cento
A sociedade tem os seguintes órgãos sociais:
e parcial de quotas, unificação das quotas, do capital social, pertencente
a) A assembleia geral; saída e entrada de novos sócios na sociedade ao sócio, Pieter Van Der
b) A administração e gerência. em epígrafe, realizada no dia dezassete de Westhuizen;
30 DE ABRIL DE 2019 2599
d) Uma quota no valor nominal de oito ARTIGO TERCEIRO Sete) A titularidade das acções constarão
mil meticais, correspondentes a no livro de registo de acções existente na sede
(Sede)
quarenta por cento do capital da sociedade.
social, pertencente ao sócio Um) A sociedade tem a sua sede em Maputo. Oito) As acções da sociedade serão sempre
Juma Sulemane Amade. Dois) Por deliberação da Assembleia Geral, nominativas, para além de outras situações
a sociedade poderá: previstas no Código Comercial, enquanto não
Que em tudo o que não foi alterado continua
a) Transferir a sua sede para qualquer estiverem integralmente liberadas.
a vigorar conforme os estatutos.
local do território nacional; Nove) Cada acção dá direito ao seu titular
Está conforme. b) Abrir e extinguir em território nacional a um voto na assembleia geral de accionistas.
Inhambane, 17 de Abril de 2019. — O Con- ou no estrangeiro delegações,
Dez) A obrigação de cada um dos accionistas
servador, Ilegível. sucursais, agências e outras formas
de representação social. no que respeita a sua contribuição para os fundos
da sociedade e a responsabilidade perante
ARTIGO QUARTO terceiros pelos negócios, limitam-se a integral
realização do valor nominal das acções de que
(Duração)
sejam titulares.
A sociedade é constituída por tempo
SEI – Sociedade de Ensino indeterminado, e a sua existência conta-se ARTIGO SEXTO
e Investigação, S.A. para todos os efeitos a partir da data da sua
(Representação do capital social)
constituição.
Certifico, para efeitos de publicação, que por Um) O capital social é representado por
CAPÍTULO II
acta de vinte e quatro dias do mês de Novembro trinta mil acções, com valor nominal de mil
do ano de dois mil e dezoito da sociedade SEI Do capital social, acções, obrigações meticais cada.
– Sociedade de Ensino e Investigação, S.A., Dois) As acções nominativas poderão ser
ARTIGO QUINTO
com sede em Maputo, matriculada na Conserva- convertidas em acções ao portador, apenas em
tória do Registo de Entidades Legais sob (Capital social)
cinquenta por cento do valor do capital social e
o n.º 100094541, deliberaram a alteação integral Um) O capital social é de trinta milhões de mediante deliberação da assembleia geral, neste
dos estatutos o qual passa a ter a seguinte nova meticais, integralmente realizado, dividido em sentido, tomada por maioria simples de votos.
redacção: trinta mil acções, com o valor nominal de mil Três) Os títulos de acções serão assinados
CAPÍTULO I meticais cada, correspondente às entradas em por dois administradores, podendo uma as-
dinheiro efectuadas pelos accionistas.
Da denominação, sede, objecto social sinatura ser feita por chancela.
Dois) O capital social da sociedade poderá
e duração ser aumentado por uma ou mais vezes, de ARTIGO SÉTIMO
acordo com as necessidades que resultem do
ARTIGO PRIMEIRO
desenvolvimento e da projectada expansão das (Direito de preferência)
(Denominação) suas actividades, dentro dos termos previstos
na legislação aplicável. Os accionistas terão direito de preferência da
A sociedade adopta a denominação de SEI Três) As acções da sociedade serão ordiná- transmissão, total ou parcial, da sua participação
– Sociedade de Ensino e Investigação, S.A., rias e repartidas em duas séries com as seguintes social na sociedade, a ser exercida em idênticas
constituindo-se como sociedade anónima de designações e características: condições do seguinte modo:
responsabilidade limitada e sendo regida pelos a) As acções da série A, que serão nomi- a) O accionista deverá comunicar à Mesa
presentes estatutos e legislação aplicável no nativas, cuja titularidade apenas da Assembleia Geral a sua intenção
país. poderá pertencer aos accionistas de vender as acções, as condições
ARTIGO SEGUNDO fundadores; da transacção e a identidade do
b) As acções da série A conferem direito eventual comprador;
(Objecto) de nomeação aos membros dos
b) A Mesa da Assembleia Geral, no
órgãos sociais e aos lucros da socie-
Um) A sociedade tem por objecto a concep- prazo de quinze dias a contar da
dade na respectiva proporção;
ção, instituição, gestão e/ou exploração de c) As acções da série B, reservadas recepção da comunicação prevista
projectos ou empreendimentos nas seguintes à subscrição pública ou privada na alínea anterior, notificará os
áreas: e/ou mediante a transformação restantes accionistas, por meio de
a) Educação no geral e ensino superior das acções da série A por venda carta registada, das condições da
em particular, bem como o desen- destas a qualquer pessoa singular transacção de forma a permitir a
volvimento de pesquisas; ou colectiva considerada estratégica estes o exercício do seu direito de
b) Cultural, científica e de carácter edu- para a prossecução do objecto social preferência, tudo a expensas do
cacional; da sociedade. accionista alienante;
c) Saúde e pesquisa afins; Quatro) As acções da série B, podem ser ao c) A notificação referida na alínea b)
d) Negócios; portador ou nominativas, conforme instruções supra, será enviada em nome para
e) Prestação de serviços no âmbito do do seu titular e desde que sejam preenchidos os a morada do titular das acções
ensino e investigação, nomeada- respectivos requisitos legais. nominativas indicadas no livro de
mente consultorias, etc. Cinco) As acções da série B não conferem
registo de acções;
direito de nomeação a membros dos órgãos
Dois) A sociedade poderá desenvolver outras sociais, apenas aos lucros da sociedade na d) Pretendendo os accionistas exercer o
actividades subsidiárias ou complementares respectiva proporção. seu direito de preferência, as acções
do seu objecto principal, quando devidamente Seis) Os títulos provisórios ou definitivos a alienar serão distribuídas pelos
autorizada. serão assinados por dois administradores, accionistas interessados propor-
Três) Todos os empreendimentos conce- podendo as assinaturas ser apostas por chancela cionalmente às acções de que sejam
bidos, instituídos e implementados pela socie- desde que autenticadas com o carimbo da titulares, acrescentando ao seu
dade, serão da sua propriedade. sociedade. direito, aquelas acções que caberiam
2600 III SÉRIE — NÚMERO 83
a outros accionistas preferentes cujo Dois) Somente os accionistas fundadores Dois) Serão deliberados por maioria de votos
direito relativamente às mesmas podem ser eleitos aos órgãos sociais da representando obrigatoriamente sessenta por
tenha caducado ou que tenham sociedade. cento do capital social, as seguintes matérias:
declarado não o pretender exercer; Três) Os períodos de exercício de cargo a) O aumento ou redução significativo
e) O accionista que pretende adquirir as indicados no número anterior tem a duração das actividades da sociedade,
acções ou parte delas comunicará ao máxima de três anos, contados a partir da data qualquer investimento superior
accionista alienante a sua aceitação a cinquenta por cento do capital
de tomada de posse.
por meio de carta registada, no será considerado, para este efeito
prazo de vinte e um dias a contar da ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO um aumento significativo das acti-
recepção da notificação referida na vidades da sociedade;
alínea b) supra, dessa comunicação, (Quórum) b) A aquisição ou fusão com quaisquer
devendo dar conhecimento por outras sociedades;
A Assembleia Geral representa a univer-
escrito, à Mesa da Assembleia c) A aceitação, a qualquer momento,
salidade dos accionistas e considera-se
Geral; de qualquer obrigação financeira
validamente constituída se, em primeira convo-
f) O silêncio dos accionistas titulares do adicional superior a cinco por cento
direito de preferência, decorrido cação, estiverem presentes ou representados do capital social;
que seja o prazo estabelecido accionistas possuidores de metade do capital d) Qualquer forma de reestruturação
na alínea e) supra, permitirá ao social, se a lei ou os estatutos não exigirem financeira, dissolução ou liquidação
accionista alienante transmitir as maior representação, e em segunda convo- da sociedade, excepto quando
acções, desde que a transmissão cação, qualquer percentagem do capital social. exigido pela legislação aplicável;
seja feita por preço idêntico ou e) A alteração dos estatutos, no sentido de
superior ao preço comunicado e ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO aumentar ou reduzir o capital social,
pela mesma forma de pagamento; inc1uindo a emissão de obrigações
(Reuniões)
g) A transmissão das acções será feita convertíveis;
no prazo máximo de trinta dias a Um) A Assembleia Geral ordinária reunir- f) Investimento em outra entidade jurí-
contar do final do prazo indicado se-á até trinta e um de Maio para os fins dica, fora do âmbito social da
na alínea e) supra; indicados na Lei do Código Comercial e para sociedade;
h) Será livre a transmissão de acções deliberar sobre quaisquer assuntos que constem g) A concessão de créditos, financia-
entre os accionistas e entre os mentos, pagamentos antecipados
dos avisos convocatórias.
accionistas pessoas colectivas a e quaisquer outras transacções
Dois) A Assembleia Geral extraordinária
favor das respectivas sociedades incompatíveis com os princípios
reunir-se-á quando convocada pela Mesa da comerciais usuais e aceitáveis no
que detenham o controlo do respec- Assembleia Geral ou sempre que seja requerida
tivo capital e ou gestão, ou ainda de campo da actividade da sociedade.
pelo Conselho de Administração, o Conselho
sociedade que se encontrem sujeitas
Fiscal ou accionistas que representam pelo ARTIGO DÉCIMO SEXTO
a um controlo comum.
menos um quarto do capital social. (Representação em assembleias gerais)
ARTIGO OITAVO
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO Os accionistas com direito a voto poderão
(Participações sociais e obrigações) fazer- se representar por quaisquer outros
(Mesa da assembleia geral) accionistas com igual direito, por meio de fax,
Um) A sociedade, mediante deliberação da
Um) A Mesa da Assembleia Geral será e-mail ou telegrama com recepção a confirmar,
Assembleia Geral, poderá adquirir participações
constituída por um presidente, um vice-presi- dirigidos ao presidente da mesa, a quem
sociais noutras sociedades e realizar com elas
incumbe apreciar e decidir da sua autenticidade,
operações que entender necessárias. dente e um secretário.
dos quais constem a identificação da assembleia
Dois) A sociedade poderá emitir obrigações, Dois) Os membros da Mesa da Assembleia
e dos assuntos para que o mandato é conferido,
convertíveis ou não, nos termos da lei. Geral terão direito, no exercício das suas podendo os accionistas que sejam pessoas
funções, a uma remuneração. colectivas fazer-se representar por qualquer
CAPÍTULO III
administrador, director ou gerente.
Dos órgãos sociais ARTIGO DÉCIMO QUARTO
(Convocação da Assembleia Geral)
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
ARTIGO NONO
(Mandato)
(Órgãos sociais) A convocação da Assembleia Geral será
feita pelo presidente da respectiva Mesa ou por Os membros da Mesa da Assembleia Geral
São órgãos sociais: exercerão o seu mandato por um período de três
quem a sua vez o fizer, por meio de anúncios
a) A Assembleia Geral; publicados no jornal oficial e num jornal diário anos, podendo sempre serem reeleitos.
b) O Conselho de Administração; e
da localidade da sede social bem como através
c) O Conselho Fiscal. CAPÍTULO IV
de carta, fax, e-mail, com antecedência mínima
de trinta dias. Da administração e fiscalização
ARTIGO DÉCIMO
ARTIGO DÉCIMO OITAVO
(Eleição) ARTIGO DÉCIMO QUINTO
(Conselho de Administração)
Um) Os órgãos sociais da sociedade, (Deliberações)
nomeadamente, a Mesa da Assembleia Geral, Um) A administração da sociedade será
o Presidente e os Administradores do Conselho Um) As deliberações da Assembleia Geral exercido por um Conselho de Administração
de Administração e os membros do Conselho serão tomadas por maioria simples dos votos composto por um número ímpar de três ou cinco
Fiscal, são eleitos pela Assembleia Geral, sendo representados na assembleia, excepto nos casos membros, eleitos por mandatos de três anos,
permitida a sua reeleição uma ou mais vezes. previstos no número dois infra. pela Assembleia Geral de accionistas.
30 DE ABRIL DE 2019 2601
Dois) Os administradores podem sempre Dois) Os actos de mero expediente, pela CAPÍTULO VII
ser reeleitos. assinatura de qualquer administrador, director-
Do balanço e contas
Três) Os administradores podem sempre ser geral ou qualquer procurador.
representados nas reuniões do Conselho por ARTIGO VIGÉSIMO SÉTIMO
outro administrador, nos termos indicados na ARTIGO VIGÉSIMO PRIMEIRO
(Balanço e contas)
legislação aplicável.
(Remunerações dos administradores)
Quatro) O Conselho de Administração O Conselho de Administração apresentará
reunir-se-á em sessão ordinária mensalmente, Os membros do Conselho de Administração ao Conselho Fiscal, de três em três meses,
e em sessão extraordinária sempre que seja terão direito a remuneração. um resumo do balanço da sociedade e no fim
convocado a pedido de, pelo menos, dois admi- de cada ano, um balanço completo do activo
nistradores, notificando, para esse efeito, por ARTIGO VIGÉSIMO SEGUNDO e do passivo, conta de ganhos e perdas, um
fax, e-mail ou carta, com a antecedência mínima relatório da situação comercial e financeira
de três dias úteis. (Substituição de administradores) da sociedade, juntamente com um resumo das
Cinco) As reuniões terão lugar na sede No caso de se abrir qualquer vaga no operações realizadas, bem como uma proposta
social ou excepcionalmente noutro local que Conselho de Administração, a mesma será de dividendos e da percentagem a afectar
for indicado nas convocatórias, devendo nesse a quaisquer fundos de reserva, a submeter
preenchida mediante designação em Assembleia
caso ser devidamente justificado. a Assembleia Geral.
Geral até ao termo do mandato por cumprir.
Seis) O Conselho de Administração consi-
derar-se-á apenas validamente constituído ARTIGO VIGÉSIMO OITAVO
ARTIGO VIGÉSIMO TERCEIRO
e apto a deliberar quando esteja presente ou (Distribuição de dividendos)
devidamente representado por dois terços dos (Conselho Fiscal)
seus membros. Os lucros anuais estabelecidos no balanço e
Uma) A fiscalização de administração social contas, devidamente aprovados pela assembleia
ARTIGO DÉCIMO NONO será exercida por um Conselho Fiscal composto geral, depois de feitas as amortizações, provisões
por três membros efectivos e um suplente, que e depreciações previstas na lei, terão a seguinte
(Competências)
podem ser pessoas singulares ou colectivas, aplicação:
Um) O Conselho de Administração são eleitos pela Assembleia Geral por um mandato a) Dez por cento para reserva legal,
atribuídos os mais amplos poderes admitidos de três anos. até esta atingir vinte por cento do
pela lei competindo-lhe representar a sociedade capital social e sempre que seja
Dois) A Assembleia Geral de accionistas
em juízo e fora dele, activa e passivamente. necessário reintegrá-la;
designará, de entre os membros efectivos, o
Dois) O Conselho de Administração poderá b) Sem limite, a percentagem que a
presidente do Conselho Fiscal.
mediante decisão tomada por maioria dos seus assembleia geral, por maioria
membros, nomear e exonerar uma Direcção Três) Os membros do Conselho Fiscal pode-
dos votos representados obrigato-
Geral, conforme indicado no artigo vigésimo rão ser sempre reeleitos.
riamente por sessenta por cento
sexto e delegar neles os poderes que entender do capital social, deliberar para a
ARTIGO VIGÉSIMO QUARTO
convenientes. A nomeação dos directores constituição de reservas ou para
e outros gestores deverá ser ratificada pela (Remunerações dos membros qualquer outra finalidade;
Assembleia Geral. do Conselho Fiscal) c) Em quaisquer circunstâncias, o mínimo
Três) O Conselho de Administração poderá de 25% dos lucros líquidos devem
nomear e exonerar procuradores da sociedade. Os membros efectivos do Conselho Fiscal
ser para os dividendos.
Quatro) O Conselho de Administração terão direito a remuneração. O membro
através dos seus membros autorizados a obrigar suplente terá direito a remuneração quando CAPÍTULO VIII
a sociedade, poderá livremente comprar e vender em substituição do membro efectivo.
quaisquer bens e direitos, móveis ou imóveis, Da dissolução e liquidação
bem como confessar, transigir ou desistir em ARTIGO VIGÉSIMO QUINTO ARTIGO VIGÉSIMO NONO
quaisquer processos judiciais e comprometer-se
(Reuniões do Conselho Fiscal) (Dissolução)
em arbitragens. Os actos realizados deverão ser
ratificados pela Assembleia Geral. O Conselho Fiscal reunir-se-á ordinariamente A sociedade dissolver-se-á nos termos pre-
Cinco) É internamente vedado aos admi- de três em três meses e extraordinariamente vistos da lei e nos casos seguintes:
nistradores fazer por conta da sociedade sempre que o presidente entender conveniente a) Quando for deliberado por uma
operações alheias ao seu objecto ou, por ou a sua convocação seja solicitada por maioria de três quartos do capital
qualquer forma, obrigar a sociedade por essas social;
qualquer dos seus membros ou pelo Conselho
transacções, sob pena de imediata distribuição b) Se, por qualquer motivo, as licenças
de Administração.
e sem prejuízo da responsabilidade pessoal e e autorizações concedidas a socie-
solidária que por esses actos contraiam para CAPÍTULO VI dade forem canceladas, revogadas
com a sociedade e para com terceiros. ou cessadas.
Da gestão
ARTIGO VIGÉSIMO ARTIGO TRIGÉSIMO
ARTIGO VIGÉSIMO SEXTO
(Formas de obrigar a sociedade) (Liquidação)
(Gestão)
Um) A sociedade fica obrigada: Salvo deliberação em contrário da As-
a) Pela assinatura conjunta de dois Para assunto de gestão corrente da sociedade, sembleia Geral, a liquidação far-se-á extraju-
administradores; poderá existir uma direcção-geral a ser indicada dicialmente, podendo competir aos membros
b) Pela assinatura de procurador devi- pelo Conselho de Administração e ratificada do Conselho de Administração em exercício as
damente constituído. pela Assembleia Geral. funções de liquidatário.
2602 III SÉRIE — NÚMERO 83
CAPÍTULO IX SENEL – Sociedade Depois de todos os esclarecimentos neces-
sários foi com unanimidade deliberada a cessão
Das disposições gerais e transitórias de Engenharia Electrotécnica,
Limitada da quota do senhor Dionísio Paulino Jeje com
ARTIGO TRIGÉSIMO PRIMEIRO o valo de mil e oitocentos e setenta e cinco
Certifico, para efeitos de publicação, que por meticais, para a Sokpar, Limitada, com a quota
(Ano social) acta de onze de Abril de dois mil e dezanove, acabada de lhe ser cedida, sendo que dorovante
da SENEL – Sociedade de Engenharia passará a deter uma única quota com o valor
O ano social começa no dia 1 de Janeiro e Electrotécnica, Limitada, com sede nesta cidade de quinze mil meticais.
termina no dia 31 de Dezembro do mesmo ano. de Maputo, com capital social de cinco milhões
Com as deliberações tomadas pelos sócios
de meticais, matriculada sob o número dez mil e
ARTIGO TRIGÉSIMO SEGUNDO será alterado o texto do artigo quarto, e passando
quatrocentos e sete, a folhas quarenta e nove do
livro C traço vinte e cinco, com a data de vinte a ser:
(Resolução de litígios)
e três de Outubro de mil novecentos e noventa ..............................................................
Um) Na resolução de qualquer conflito, as e sete, deliberaram que passam a exercer
também à actividade de construção civil, nas ARTIGO QUARTO
partes tentarão sempre chegar a acordo sobre
categorias de edifícios e monumentos, obras de
a situação em litígio, dentro dos princípios da urbanização, vias de comunicação e instalações. (Capital social)
boa-fé contratual. Em consequência da cessão efectuada, O capital social, integralmente subs-
Dois) Na falta de acordo, a resolução de é alterada a redacção do artigo quarto dos crito e realizado, é de quinze mil meticais
quaisquer litígios relativos a interpretação, estatutos, o qual passa a ter a seguinte redacção: e acha-se dividido nas seguintes quotas:
validade e execução do presente estatuto, serão ............................................................ a) Uma quota com o valor nominal
resolvidos por recurso a tribunal arbitral, na de quinze mil meticais, repre-
ARTIGO QUARTO
cidade de Maputo. sentativa de cem por cento
Três) Cada uma das partes escolherá um Objecto do capital social, pertencente
membro do tribunal arbitral, que deverá ser A sociedade tem por objecto: ao sócio Sokpar, Limitada.
um técnico especializado, devendo o terceiro a) O estudo, projectos, montagens de Concluída a ordem de trabalhos e nada mais
membro, que presidirá ser designado por acordo instalações eléctricas de baixa, havendo a tartar, foi esta reunião encerrada
média e alta tensão do tipo resi- pelas catorze horas e trinta minutos, dando-se
das partes.
dencial, comercial e industrial; assim por concluídos os trabalhos da presente
Quatro) Caso as partes não tenham acordado,
b) Fiscalização e assistência técnica assembleia geral de que se lavrou o presente
o terceiro membro será designado dentro de um a instalações eléctricas do tipo instrument de acta que foi lido, e de seguida foi
prazo de quinze dias pelo Tribunal Provincial residencial, comercial e indus- assinado pelos sócios.
da Cidade de Maputo. trial;
Maputo, 16 de Abril de 2019. — O Técnico,
Cinco) Existirão apenas dois articulados, c) Construção civil, nas seguintes cate-
Ilegível.
gorias: Edifícios e monumentos,
petição e contestação, sendo o prazo para
obras de urbanização, vias de
apresentação de qualquer deles trinta dias de comunicação e instalações.
calendário, contados quanto a petição, a partir Maputo, 18 de Abril de 2019. — O Técnico,
da notificação do tribunal arbitral para a sua Ilegível.
apresentação, e quanto a contestação, a partir
Sinamora, Limitada
da notificação do articulado anterior.
Seis) As demais regras de funcionamento do Certifico, para efeitos de publicação, que
Tribunal Arbitral, do processo a observar e os no dia 15 de Abril de 2019, foi matriculada
meios de prova admitidos, serão os que vierem Simarta, Limitada na Conservatória do Registo das Entidades
a ser conhecidos pelo tribunal arbitral logo após Legais sob NUEL 101135446, uma entidade
a sua constituição. Certifico, para efeitos de publicação, que denominada Sinamora, Limitada, entre:
por acta de dez de Junho de dois mil e
Sete) O prazo para a decisão do tribunal Hatineti Sachikonye, maior, solteiro, natural
onze, pelas catorze horas, reuniu na sede da
arbitral será de três meses, a partir da designação sociedade na cidade de Maputo, a assembleia de Harare, de nacionalidade zimbabueana,
do último árbitro. geral ordinária da Simarta, Limitada, uma portador do Passaporte n.º CN045005,
Oito) O tribunal arbitral apreciará os factos e sociedade de direito moçambicano com capital emitido em Zimbabwe, aos vinte e cinco
julgará as questões de direito de acordo com a lei social de 15.000,00MT (quinze mil meticais), de Novembro de dois mil e dez;
aplicável, renunciando as partes expressamente correspondente a 100%, do capital. Kudzanai Cuthbert Nyakudanga, maior,
ao recurso. Presidiu à assembleia a Sokpar, Limitada, solteiro, natural de Harare, de nacionalidade
na qualidade de um dos sócios. zimbabueana, portador do Passaporte
Nove) As despesas com a constituição e
Os dois sócios presentes consideram estar n.º EN099603, emitido em Zimbabwe,
funcionamento do tribunal arbitral, inc1uindo os
reunidas todas as condições para validamente aos vinte e oito de Julho de dois mil
honorários dos árbitros, serão pagas pela parte
deliberar sobre os seguintes pontos: e catorze; e
a quem decair a culpa na proporção de vencido.
Ponto único. Cessão e unificação de quota. Edwin Zvemberi Masanga, maior, solteiro,
Dez) A arbitragem será realizada nos termos
Iniciados os trabalhos foi apresentada pelo natural de Harare, Zimbabwe, de nacio-
supra referidos e nos que vierem a ser fixados nalidade zimbabueana, portador do
sócio Dionisio Paulino Jeje a sua intenção de
pelo tribunal arbitral. abandonar a sociedade e de ceder a sua quota Passaporte n.º EN140917, emitido em
Maputo, 10 de Abril de 2019. — O Técnico, ao único sócio Sokpar, Limitada, pelo seu valor Zimbabwe, aos dezassete de Agosto de dois
Ilegível. nominal. mil e catorze.
30 DE ABRIL DE 2019 2603
ARTIGO PRIMEIRO ARTIGO QUINTO Sociedade Moçambicana
(Denominação, forma e sede social) (Cessação de quotas)
de Gases Comprimidos
– MOGÁS, S.A.
Um) A sociedade tem como sua denomi- Um) É livre a cessação total ou parcial
Certifico, para efeitos de publicação, que
nação Sinamora, Limitada, e constitui se sob de quotas entre os sócios.
por acta de catorze de Dezembro de dois mil e
uma sociedade por quotas de responsabilidade Dois) A cessação e aquisição de quotas a e dezoito, da sociedade Sociedade Moçambicana
limitada, tem a sua sede na bairro dezasseis de terceiros, carece da decisão da sociedade, de Gases Comprimidos – MOGÁS, S.A.,
de Junho, na cidade de Chimoio, podendo mediante reunião em assembleia geral. matriculada na Conservatória de Registo das
estabelecer delegações ou outras formas de Entidades Legais sob o n.º 3.537, a folhas 185
representação, noutras províncias do pais ou ARTIGO SEXTO verso do livro C-9, com o capital social é de
no estrangeiro. 40.000,00MT, por deliberação de catorze de
(Assembleia geral) Dezembro de dois mil e dezoito, foi alterado o
Dois) A sociedade poderá por deliberação
objecto social e aprovado o aumento do capital
da assembleia geral, transferir a sua sede para Um) A assembleia geral da sociedade
social.
outro distrito ou qualquer outro ponto do país. reunirá, ordinariamente, uma vez por ano,
Em consequência, ficam alterados os artigos
para pareciação, aprovação ou modificação do segundo e terceiro dos estatutos da sociedade,
ARTIGO SEGUNDO balanço e contas do exercício e para deliberar passando os mesmos a ter a seguinte nova
(Duração) sobre quaisquer outros assuntos para que tenha redacção:
sido convocada e, extraordinariamente sempre ............................................................
Um) A sociedade estabelece-se por tempo
que for necessário.
indeterminado. ARTIGO SEGUNDO
Dois) A assembleia geral, nos casos que a lei
Dois) A sua vigência será contada a partir
não determine formalidades especiais para sua (Objecto social)
da data da respectiva escritura pública.
convocação, será convocada pelo presidente da Um) A sociedade tem por objecto:
ARTIGO TERCEIRO assembleia geral, por meio electrónico ou carta, a) (Inalterada);
com aviso de recepção, dirigida aos sócios, b) (Inalterada).
(Objecto)
com a antecedéncia mínima de quinze dias, c) O transporte e comercialização de
Um) A sociedade tem com o objeto de que poderá ser reduzida para as assmembleias gás natural liquefeito, a nível
serviços de consultoria em distribuições de extraordinárias. nacional e internacional
produtos alimentares e serviços relacionada. Três) A assembleia geral reunirá na sede de Dois) (Inalterado);
Dois) A sociedade tem com o objeto de ser Três) (Inalterado).
sociedade, podendo, ter lugar no outro local
agente do comercio por grosso e retalho de quando as cirunstâncias o aconslhem, desde que ARTIGO TERCEIRO
produtos alimentares. tal faco não prejudique os direitos e legitimos
(Capital social)
Três) A sociedade poderá exercer outras interesses do sócios.
actividades conexas com o seu objecto principal Um) O capital social, é de 2.000.000,00
e desde que para tal obtenha aprovação das ARTIGO SÉTIMO MT (dois milhões de meticais), encon-
trando-se totalmente subscrito e realizado
entidades competentes. (Administração) em dinheiro e dividido e representado
ARTIGO QUARTO por 4.000.000,00MT (quatro milhões)
A administração da sociedade será exercida
de acções ao portador, no valor nominal
(Capital social) por todos os sócios, que vão designar o gerente de 50 (cinquenta) centavos cada uma.
em assembleia geral da sociedade, por um Dois) As acções são ao portador mas
O capital social, integralmente subscrito é mandato de três anos. podem ser sempre convertidas em acções
realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais ARTIGO OITAVO nominativas e/ou escriturais, ou vice-
correspondente tres quota, assim distribuídas: versa, por deliberação da Assembleia
(Dissolução e transformação da sociedade) Geral.
a) Uma quota no valor nominal de
Três) (Inalterado).
catorze mil oitocentos meticais, Um) A sociedade dissolve-se por vontade Quatro) (Inalterado).
equivalentes a setenta por cento do dos sócios, ou nos casos previstos na lei. Cinco) (Inalterado).
capital social, pertencente á sócio Dois) Por morte ou interdição de qualquer Maputo, 18 de Abril de 2019. — O Técnico,
Hatineti Sachikonye; dos sócios, a sociedade não se dissolve, mas Ilegível.
b) Uma quota no valor nominal de continuarão e exercerão em comum os seus
quatro mil seiscentos meticais, direitos, os herdeiros ou representantes do
equivalentes a vinte por cento do falecido ou interdito, devendo escolher entre
capital social, pertencente á sócio eles um que a todos represente na sociedade,
Kudzanai Cuthbert Nyakudanga; enquanto a quota permanecer indivisa. Transportes Sama
c) Uma quota no valor nominal de
dois mil seiscentos meticais, ARTIGO NONO
& Prestação de Serviços
equivalentes a dez por cento do – Sociedade Unipessoal,
(Casos omissos)
capital social, pertencente á sócio Limitada
Edwin Zvemberi Masanga. Os casos omissos serão regulados pela
Certifico, para efeitos de publicação, que no
Dois) O capital social poderá ser aumentado legislação moçambicana.
dia vinte e um de Maio de dois mil e dezoito,
por deliberação da assembleia geral que Maputo, 17 de Abril 2019. — O Técnico, foi matriculada, na Conservatória do Registo
determina as formas e condições do aumento. Ilegível. das Entidades Legais de Nampula, sob o número
2604 III SÉRIE — NÚMERO 83
cem milhões, novecentos noventa e dois mil ARTIGO QUINTO ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
cento cinquenta e nove, a cargo de Inocêncio
(Capital social) (Dissolução)
Jorge Monteiro, conservador e notário, uma
sociedade unipessoal de responsabilidade O capital social, é de cinquenta mil meticais A sociedade dissolve-se nos casos fixados
limitada denominada Transportes Sama & (50.000,00MT), correspondente à soma de na lei.
Prestação de Serviços – Sociedade Unipessoal, uma quota, pertencente ao sócio único Samuel
Limitada, constituída entre o sócio Samuel ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
Orlando Massango a cem por centos do capital
Orlando Massango, casado, natural de (Omissões)
social.
Inhambane, filho de Orlando Maningue e de
Adélia Milice, portador do Bilhete de Identidade ARTIGO SEXTO Os casos omissos serão regulados pelo
n.º 040100128328S, emitido pelo Registo de Código Comercial vigente ou outra legislação
Identificação Civil de Quelimane, aos 27 de (Aumento de capital) aplicável.
Maio de 2015, e válido até 27 de Maio de 2020. Parágrafo único. O capital social poderá ser Nampula, 22 de Maio de 2018. — O Técnico,
Celebram entre si o presente contrato de elevado, uma ou mais vezes, sendo a decisão Ilegível.
sociedade que na sua vigência se regerá, com tomada em assembleia geral.
base nos artigos que se seguem:
ARTIGO SÉTIMO
ARTIGO PRIMEIRO
(Suprimentos)
(Denominação) Tsemba Life – Sociedade
A sociedade adopta a denominação de
O sócio poderá fazer a caixa os suprimentos Unipessoal, Limitada
de que ele carecer ao juro e demais condições
Transportes Sama & Prestação de Serviços,
a estabelecer em assembleia geral. Certifico, para efeitos de publicação, que
Limitada, regendo se pelos seguintes estatutos
e demais legislação aplicável. no dia 16 de Abril de 2019, foi matriculada
ARTIGO OITAVO
na Conservatória do Registo das Entidades
ARTIGO SEGUNDO (Administração e representação Legais sob NUEL 101135594, uma entidade
(Sede) da sociedade) denominada Tsemba Life – Sociedade
A sociedade tem a sua sede no posto Administração da sociedade e sua repre- Unipessoal, Limitada.
administrativo de Muatala, bairro Mutauanha, sentação em juízo e fora dele activo e pas- Albertina Rosa Inácio Mucavele, titular do
cidade de Nampula, podendo por deliberação sivamente será exercida pelo senhor Samuel Bilhete de Identidade n.º 110100282504N,
da assembleia geral, abrir sucursais, filiais, Orlando Massango, que desde já fica nomeado emitido em 4 de Setembro de 2015, válido até
escritórios, delegações ou quaisquer formas de administrador para obrigar a sociedade em actos 4 de Setembro de 2020, solteira e residente
representações sociais em qualquer parte do e contratos.
território nacional, desde que seja devidamente província de Maputo, Moçambique, no
autorizada pela lei. ARTIGO NONO condomínio Intaka, n.º 2313, bairro Intaca,
cidade da Matola.
ARTIGO TERCEIRO (Herdeiros)
A parte acima identificada tem justo e acer-
(Duração) No caso de falecimento, impedimento ou
tado o presente contrato de sociedade, que se
interdição de qualquer sócio os herdeiros ou
A duração da sociedade será por tempo regerá pelas disposições legais aplicáveis e
representantes legais do falecido ou interdito,
indeterminado a partir da data do seu registo pelos termos e condições seguintes:
exercerão em comum, os respectivos direitos
definitivo.
enquanto a quota permanecer indivisa, devendo
CAPÍTULO I
ARTIGO QUARTO escolher de entre eles um que a todos repre-
(Objecto social) sentantes na sociedade. Da denominação, duração, sede
e objecto
Um) A sociedade tem por objecto social ARTIGO DÉCIMO
aluguer de viaturas, transporte de carga e ARTIGO PRIMEIRO
(Amortizações)
logística, prestação de serviços e catering.
Dois) A sociedade poderá exercer ainda Denominação e sede
A sociedade poderá amortizar as quotas
outras actividades conexas, complementares dos sócios falecidos ou interditos se assim o Um) A sociedade adopta a denominação de
ou subsidiárias aos seus objectos principais, em preferirem os herdeiros ou representantes, bem Tsemba Life – Sociedade Unipessoal, Limitada,
que os sócios acordem, podendo ainda praticar
como as quotas dos sócios que não queiram constitui-se sob a forma de sociedade unipessoal
todo e qualquer acto de natureza lucrativa,
continuar na sociedade, nos termos previstos por quotas de responsabilidade limitada.
permitidas por lei, desde que se delibere e se
no artigo sexto. Dois) A sociedade tem a sua sede na Avenida
obtenha as necessárias autorizações.
Três) A sociedade poderá efectuar repre- Kenneth Kaunda, n.º 609, cidade de Maputo,
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
sentações comerciais de sociedade, domiciliadas podendo abrir sucursais, delegações, agências
ou não no território nacional, representar marcas (Balanço)
ou qualquer outra forma de representação social,
e divulgar o seu negócio, assim como prestar
os serviços relacionados com o objecto da acti- Um) O ano social coincide com o ano civil. no território nacional ou no estrangeiro.
vidade principal. Dois) Os lucros líquidos apurados em cada
exercício, deduzidos de cinco por cento para ARTIGO SEGUNDO
Quatro) A sociedade poderá participar em
outras sociedades já constituídas ou consti- fundo de reserva legal e outas reservas que Duração
tuírem-se ou ainda associar-se a terceiros, assembleia geral deliberar constituir, serão
associações, entidades, organismos nacionais distribuídas pelos sócios na proporção das A duração da sociedade é por tempo inde-
e ou estrangeiro permitido por lei. suas quotas. terminado.
30 DE ABRIL DE 2019 2605
ARTIGO TERCEIRO CAPÍTULO III Zen Security, Limitada
Objecto Da administração e representação Certifico, para efeitos de publicação, que no
Um) A sociedade tem por objecto principal da sociedade dia 24 de Setembro de 2018, foi matriculada
o exercício de actividades de desenvolvimento na Conservatória do Registo das Entidades
ARTIGO SÉTIMO
pessoal e empresarial, nomeadamente: Legais, sob NUEL 101049841, uma entidade
Administração denominada Zen Security, Limitada.
a) Coaching de indivíduos, grupos e
instituições para desenvolvimento É celebrado o presente contrato de sociedade,
Um) A administração e a representação da nos termos do artigo 90 do Código Comercial,
pessoal e organizacional;
b) Consultoria, assistência em liderança, sociedade pertencem à socia Albertina Rosa entre:
gestão, projectos sociais, e criativos, Inácio Mucavele, solteira, portadora do Bilhete Primeira. Guilhermina Maria Cremilde
bem como quaisquer actividades a de Identidade n.º 110100282504N, emitido Fernandes, solteira, maior, natural de Panda,
estas complementares e/ou cone- pelo Arquivo de Identificação de Maputo, em residente nesta cidade, titular do Bilhete de
xas; 4 de Setembro de 2015, desde já nomeada Identidade n.º 110100615765N, de trinta de
c) Subsidiariamente poderá executar Maio de dois mil e dezasseis, emitido pela
administradora, sem remuneração.
quaisquer outras actividades por Direcção de Identificação Civil de Maputo;
Dois) A sociedade fica obrigada com os actos Segundo. Celso Alberto Chemane, solteiro,
decisão da sócia única, desde que
devidamente autorizadas pelas e contratos da sua única administradora. maior, natural de Maputo e residente nesta
autoridades competentes. Três) Para obrigar a sociedade é suficiente cidade, titular do Bilhete de Identidade
a assinatura da administradora. n.º 110100894463F, de quinze de Fevereiro
Dois) Mediante decisão da administração, de dois mil e dezasseis, emitido pela Direcção
a sociedade poderá participar, directa ou de Identificação Civil da Cidade de Maputo.
indirectamente, em projectos de desenvolvimento CAPÍTULO IV
que de alguma forma concorram para o Pelo presente contrato de sociedade, outor-
Do exercício e aplicação de resultados gam e constituem entre si uma sociedade por
preenchimento do seu objecto social, bem
ARTIGO OITAVO quotas de responsabilidade limitada, que se
como aceitar concessões, adquirir e gerir
regerá pelas cláusulas seguintes:
participações sociais no capital de quaisquer
Balanço e prestação de contas
sociedades, independentemente do respectivo ARTIGO PRIMEIRO
objecto social, ou ainda participar em empresas, Um) O exercício social coincide com o ano
associações empresariais, agrupamentos de Denominação e sede
civil.
empresas ou outras formas de associação. A sociedade adopta a denominação de Zen
Dois) O balanço e a conta de resultados
Security, Limitada, com sede nesta cidade.
CAPÍTULO II fecham a 31 de Dezembro de cada ano.
Podendo por deliberação da assembleia geral
Do capital social criar, extinguir sucursais, delegações ou qual-
CAPÍTULO V
quer outra forma de apresentação social no país
ARTIGO QUARTO e no estrangeiro sempre que se justifique a sua
Da dissolução e liquidação
Capital social da sociedade existência bem como transferir a sua sede para
outro lado do território nacional.
Um) O capital social, integralmente subscrito ARTIGO NONO
e realizado em dinheiro, é de 10.000,00MT ARTIGO SEGUNDO
(dez mil meticais), representado por uma quota, Dissolução e liquidação da sociedade
Duração
de igual valor nominal, pertencente à sócia
Um) A sociedade dissolve-se nos casos A sua duração será por tempo indetermi-
Albertina Rosa Inácio Mucavele.
Dois) A administração poderá decidir expressamente previstos na lei ou por decisão nado, contando-se o seu início a partir da data
sobre o aumento do capital social, definindo da sua sócia. da constituição.
as modalidades, termos e condições da sua Dois) Declarada a dissolução da sociedade,
realização. ARTIGO TERCEIRO
proceder-se-á à sua liquidação, gozando os
liquidatários, nomeados pela administração, Objecto
ARTIGO QUINTO
dos mais amplos poderes para o efeito. A sociedade tem como objecto:
Prestações suplementares e suprimentos
Três) Em caso de dissolução, decisão da a) Protecção e segurança através de
Um) Não serão exigíveis prestações suple- sócia, esta será a sua liquidatária e a partilha dos patrulha, guarnição e sentinelas;
mentares de capital, podendo a sócia, porém, bens sociais e valores apurados proceder-se-á b) Vigilância o controle de acessos, per-
conceder à sociedade os suprimentos de que manência e circulação de pessoas
conforme decisão da administração.
necessite. e bens em instalações, edifícios,
Dois) Entendem-se por suprimentos o CAPÍTULO VI locais fechados ou vedados ao
dinheiro ou outra coisa fungível, que a sócia público;
possa emprestar à sociedade. Das disposições finais c) Elaboração de estudos de segurança,
treinamento de pessoal e assistência;
ARTIGO SEXTO ARTIGO DÉCIMO d) Montagem, monitoria e assistência de
Morte ou incapacidade da sócia Disposições finais sistemas electrónicos de segurança;
e) Comercialização, nos termos regula-
Em caso de morte ou incapacidade da sócia, As omissões aos presentes estatutos serão mentados, de equipamentos desti-
os herdeiros legalmente constituídos da falecida reguladas e resolvidas de acordo com o Código nados à segurança;
ou representantes da incapacitada, exercerão f) Transporte de fundos e valores;
Comercial, em vigor, e demais legislação
os referidos direitos e deveres sociais, devendo g) Serviço de guarda-costas;
mandatar um de entre eles que a todos represente aplicável. h) Rasteio de viaturas e outros bens
na sociedade enquanto a respectiva quota se Maputo, 17 de Abril de 2019. — O Técnico, através de sistema de satélite
mantiver indivisa. Ilegível. de segurança.
2606 III SÉRIE — NÚMERO 83
ARTIGO QUARTO Três) A sociedade ficará obrigada pela pela Conservatória do Registo das Entidades
assinatura dos administradores ou procurador legais sob o n.º 100669536, com o capital
Capital social especialmente constituído pela gerência, nos social de vinte mil meticais, Trajan Sandev,
O capital social, integralmente subscrito e termos e limites específicos do respectivo detentor de uma quota com o valor nominal
realizado em dinheiro, é de vinte mil meticais mandato. de dez mil meticais, equivalente a cinquenta
Quatro) É vedado a qualquer dos gerentes por cento do capital social, a sócia Zanela
correspondente a soma de duas quotas iguais
ou mandatário assinar em nome da sociedade Salome Moshi Sandev, detentora de uma quota
assim distribuídas: quaisquer actos ou contratos que digam respeito com o valor nominal de dez mil meticais,
a) Uma quota com o valor nominal de a negócios estranhos a mesma, tais como letras equivalente a cinquenta por cento do capital
dez mil meticais, pertencente a de favor, fianças, avales ou abonações. social, reuniram-se em assembleia geral estando
sócia Guilhermina Maria Cremilde Cinco) Os actos de mero expediente poderão assim representada a totalidade do capital
Fernandes, equivalente a cinquenta ser individualmente assinados em empregados
social, e procedeu-se na sociedade em epígrafe
por cento do capital social; da sociedade devidamente autorizados pela
o aumento de capital social, entrada de novos
gerência.
b) Uma quota com o valor nominal de sócios e alteração parcial do pacto social, onde
dez mil meticais, pertencente ao ARTIGO OITAVO os sócios deliberaram aumentar o capital social
sócio Celso Alberto Chemane, no valor nominal de quatrocentos e oitenta mil
De assembleia geral
equivalente a cinquenta por cento meticais, e ainda admitir novos sócios Manuel
do capital social. Um) A assembleia geral reúne-se ordinaria- Elias Munguambe, Nemanja Vuckovic e Percio
mente uma vez por ano para apreciação e Clement Wekeyo, que entram na sociedade
ARTIGO QUINTO aprovação do balanço e contas do exercício como novos sócios.
findo e repartição de lucros e perdas.
E por consequência deste aumento altera-se
Aumento do capital Dois) A assembleia geral poderá reunir-
o capital social dos estatutos que rege e dita
-se extraordinariamente quantas vezes forem
O capital poderá ser aumentado, por e passa a ter a seguinte nova redacção:
necessárias desde que as circunstâncias assim o
deliberação dos sócios, uma ou mais vezes, exijam para deliberar sobre quaisquer assuntos (Capital social)
mediante entradas em dinheiro, bens direitos que digam respeito à sociedade.
ou incorporação de reservas, devendo, para O capital social, integralmente subs-
tal feito, serem observadas as formalidades ARTIGO NONO crito e realizado em dinheiro, é de quin-
previstas na lei. Dissolução hentos mil meticais, correspondente à
soma de cinco quotas desiguais assim
ARTIGO SEXTO A sociedade só se dissolve nos termos fixa- distribuídas:
dos pela lei ou por comum acordo dos sócios
Divisão e cessão de quotas Uma quota com o valor nominal
quando assim o entenderem.
de Cento e vinte mil meticais,
Um) E livre a cessão total ou parcial de ARTIGO DÉCIMO pertencente ao sócio Trajan
quotas entre os sócios ou a favor de uma socie- Sandev, equivalente a vinte
dade maioritariamente participada por qual- Herdeiros
e quatro por cento do capital
quer um deles. Em caso de morte, interdição ou inabilitação social;
Dois) A cessão de quotas a favor de terceiros de um dos sócios, os seus herdeiros assumem Uma quota com o valor nominal
carece do consentimento prévio da sociedade, automaticamente o lugar na sociedade com de Noventa e cinco mil meti-
dado por escrito e prestado em assembleia geral. dispensa de caução, podendo estes nomear seus cais, pertencente à sócia
Três) A sociedade e os sócios gozam de representantes se assim o entenderem, desde Zanela Salome Moshi Sandev,
que obedeçam o preceituado nos termos da lei. equivalente a dezanove por
direitos de preferência na cessão de quotas, a
exercer na proporção das respectivas quotas. cento do capital social;
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO Uma quota com o valor nominal de
Quatro) Por deliberação da assembleia
Casos omissos Noventa e cinco mil meticais,
geral, a sociedade poderá permitir a entrada
pertencente ao sócio Manuel
de novos sócios, com o consequente aumento Os casos omissos serão regulados pela
Elias Munguambe, equivalente
de capital social. legislação vigente e aplicável na República
a dezanove por cento do capital
Cinco) É nula qualquer divisão, cessão, de Moçambique.
social;
alienação ou oneração de quotas que não Maputo, 17 de Abril de 2019. — O Técnico, Uma quota com o valor nominal de
observe o previsto nos números anteriores. Ilegível. Noventa e cinco mil meticais,
pertencente ao sócio Nemanja
ARTIGO SÉTIMO V uc kovic , e qui val ente a
Administração dezanove por cento do capital
social;
Um) A administração e gestão da sociedade Uma quota com o valor nominal de
e sua representação em juízo e fara dele, activa Villa Paraiso, Limitada Noventa e cinco mil meticais,
e passivamente será exercida pelos sócios pertencente ao sócio Percio
Certifico, para efeitos de publicação, que
Guilhermina Maria Cremilde Fernandes e Clement Wekeyo, equivalente
por acta deliberada no dia doze de Abril
Celso Alberto Chemane, que desde já ficam a dezanove por cento do capital
de dois mil e dezanove, nesta cidade de
nomeados administradores da sociedade com social.
Maputo e na sede social da sociedade Villa
despensa de caução. Paraiso, Limitada, sociedade comercial por Que, em tudo não alterado por esta mesma
Dois) Os administradores têm plenos quotas de responsabilidade limitada, de direito escritura pública continuam a vigorar as
poderes para nomear mandatários à socie- Moçambicano, com sede com sede na Avenida disposições do pacto social anterior
dade, conferindo os necessários poderes de Patrice Lumumba, número duzentos e quatro, Maputo, 12 de Abril de 2019. — O Técnico,
representação. Bairro central cidade de Maputo matriculada Ilegível.
FAÇA OS SEUS TRABALHOS GRÁFICOS NA INM, E.P.: NOVOS EQUIPAMENTOS,
NOVOS SERVIÇOS e DESIGN GRÁFICO AO SEU DISPOR

NOSSOS SERVIÇOS: Preço da assinatura semestral:


— Maketização, Criação I Série ......................................................... 8.750,00MT
de Layouts e Logotipos;
II Série ......................................................... 4.375,00MT
— Impressão em Off-set
III Série .......................................................... 4.375,00MT
e Digital;
— Encadernação e Restauração Maputo — Rua da Imprensa n.º 283, Caixa postal 275,
de Livros;
Telef.: +258 21 42 70 25/2 – Fax: +258 21 32 48 58
— Pastas de despachos,
impressos e muito mais! Cel.: +258 82 3029 296,
e-mail: imprensanac@minjust.gov.mz
Preço das assinaturas do Boletim da República Web: www.imprensanac.gov.mz
para o território nacional (sem porte):
Delegações:
— As três séries por ano ......................... 35.000,00MT
Beira — Rua Luís Inácio, n.º 289 – R/C
— As três séries por semestre .................. 17.500,00MT
Tel.: 23 320905 – Fax: 23 320908
Preço da assinatura anual: Quelimane — Av. 7 de Setembro, n.º 1254,
Tel.: 24 218410 – Fax: 24 218409
I Série ...................................................... 17.500,00MT
II Série ....................................................... 8.750,00MT Pemba — Rua Jerónimo Romeiro, Cidade Baixa, n.º 1004,
III Série ....................................................... 8.750,00MT Tel.: 27 220509 – Fax: 27 220510
Preço — 210,00MT
IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P.

Você também pode gostar