Você está na página 1de 11

OFICINA – 07/11/2019 – sala 102

NOVAS TECNOLOGIAS E AS RELAÇÕES DE TRABALHO


Coordenação: Isabela Fadul de Oliveira

1- A REFORMA TRABALHISTA BRASILEIRA ENTRE A MÍDIA E A


PRECARIEDADE.
Ana Flávia Paulinelli Rodrigues Nunes e Letícia de Paula Souto

2- CONJUNTURA MODERNA DE DESVALORIZAÇÃO DO TRABALHO


HUMANO: Uma análise da distinção de labor e trabalho por Hanna
Arendt.
Andreza Maria Vidal Barros

3-UBERIZAÇÃO DO TRABALHO, PRECARIZAÇÃO E


VULNERABILIDADE DO TRABALHADOR: Velhas ideias, novas
roupagens.
Adriana Wyzykowski e Marcelo Paiva Almeida

4- AS IMPLICAÇÕES DA QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO


PSIQUÊ DO TRABALHADOR.
Fabiane Regina Carvalho de Andrade Ibrahin e Patrícia Pires de Araújo

5- COMPLIANCE TRABALHISTA: Cumprimento legítimo do direito do


trabalho e redução de litígios.
Jane Márcia Lemos Luz e José Eduardo Pinheiro Santos

6- O DIREITO À DESCONEXÃO DO TRABALHO COMO MANIFESTAÇÃO


DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS NAS RELAÇÕES DE TRABALHO
CONTEMPORÂNEAS FRENTE AOS AVANÇOS DOS MEIOS
TECNOLÓGICOS DE COMUNICAÇÃO.
Priscila Lima Almeida

7- “VAI UMA BALINHA, AÍ, SENHOR(A)?” : Abordagens sobre a


interação entre o ciberspaço, consumo colaborativo e a uberização sob
a perspectiva da exploração do trabalho humano — uma crítica sobre as
relações jurídico-privadas da subordinação trabalhista sob demanda.
Tarcísio Hilário de Jesus Silva e Edneia Penha dos Santos

8- A MÍDIA, O MEDO E A DESCONSTRUÇÃO DO DIREITO DO


TRABALHO: Resistência e reformulação discursiva.
Ana Flávia Paulinelli Rodrigues Nunes e Julie Santos Teixeira

9- O EXERCÍCIO ILUSÓRIO DA LIBERDADE NAS RELAÇÕES DE


TRABALHO MODERNO.
Natália Del Caro Frigini

10- O TRABALHO LIBERTA? Os perversos e deletérios efeitos das


novas modalidades de trabalho na vida do ser humano e na sociedade.
Anna Karoliny Alexandre Fonseca e Cláudio Jannotti da Rocha
11- FUTURO DO TRABALHO NO BRASIL: Processo de evolução
histórica das leis trabalhistas e a uberização como nova ferramenta.
Mara Rute dos Santos Lima e Bruno Pinto Santos

OFICINA 2 – 07/11/2019 – sala 103


NOVAS TECNOLOGIAS E AS RELAÇÕES DE TRABALHO
Coordenação: Carlos Freitas

1- DA ILUSÃO DE LIBERDADE AO TRABALHO SEM FIM; O auge da


informalidade das relações de trabalho no capitalismo digital.
Érica Ribeiro Sakaki Leal e Tácio da Cruz Souza Santos

2- A FRAGMENTAÇÃO E A LIBERDADE ILUSÓRIA NO TRABALHO


MODERNO.
Helena Emerick Abaurre e Natália Del Caro Frigini

3- OS MOTORISTAS DA PLATAFORMA UBER: Fatos, julgados e crítica


Anne Karolline Barbosa de Assis, Joelane Borges Costa e Murilo Carvalho
Sampaio Oliveira.

4- TRABALHO E ADOECIMENTO MENTAL NA CATEGORIA DOS


BANCÁRIOS: Análise das consequências jurídicas e da jurisprudência
baiana.
Larissa de Oliveira Militão

5- O TRABALHO VIA PLATAFORMAS DIGITAIS: Dilemas nos conceitos


de subordinação, autonomia e dependência.
Murilo Carvalho Sampaio Oliveira

6- UBERIZAÇÃO E DEGRADAÇÃO DO TRABALHO NO CAPITALISMO


CONTEMPORÂNEO: A nova classe trabalhadora na era digital.
Murilo Carvalho Sampaio Oliveira, Tiago Andrade Léda, Victor Bruno Marinho
Pereira e Wendy Santos Rocha

7- O MERCADO DOS APLICATIVOS E A PRECARIZAÇÃO DO


TRABALHO DE CICLISTAS: Até que ponto vale o algoritmo.
Thais Regina da Silva Fazzio e Valéria Martins Oliveira

8- DIREITO DO TRABALHO 4.0: A uberização e a subordinação


estrutural.
Catarine Nascimento Santos

9- A REESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO NA ADVOCACIA E AS


JURISPLATAFORMAS.
Magda Cibele Moraes Santos Silva

10-A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E O FIM DA VANTAGEM DOS


PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO: A mão de obra supérflua.
Thiago Dória Moreira

11- A INCLUSÃO EFICIENTE OU A CONDENAÇÃO AO ÓCIO E À LIXEIRA


SOCIAL NA SOCIEDADE DO DESEMPENHO.
Michelle Thamyles Melo Abath e Filipe Macêdo Cruz Tavares

12- DAS PROFISSÕES EMERGENTES DA ECONOMIA


COMPARTILHADA: O entrave jurídico entre os aplicativos e seus
motoristas.
Marcos Vinícius Mesquita Matos e Mathews de Magalhães Gomes Vieira
Marques

OFICINA – 07/11/2019 – sala 101


REFORMAS LABORAIS E O FUTURO DO DIREITO DO TRABALHO
Coordenação: Cláudio Jannotti da Rocha

1- REDUÇÃO DE RISCOS INERENTES AO TELETRABALHO POR MEIO


DA LIMITAÇÃO DA DURAÇÃO DO TRABALHO.
Priscila Freire da Silva Cezario

2- A TERCEIRIZAÇÃO, O STF E O ESTADO DE EXCEÇÃO.


Renata Queiroz Dutra e Bianca Silva Matos

3- O CONTRATO DE TRABALHO INTERMITENTE E O DIREITO


FUNDAMENTAL AO TRABALHO DIGNO.
Bianca Silva Matos, Gabriel Trajano Azevedo Moreira Dos Santos, Renata
Queiroz Dultra e Tâmara Brito De França

4- A FLEXIBILIZAÇÃO COMO ESTRATÉGIA DE DOMINAÇÃO DO


TELETRABALHO.
Camila dos Santos Reis e Edilton Meireles

5- DAS NORMAS DE ORDEM PÚBLICA À REGULAÇÃO PRIVADA DAS


RELAÇÕES DE TRABALHO.
Daniela Miranda Duarte e Flávia Maria da Silva Costa

6-TRABALHADOR AUTÔNOMO, SUPERSUBORDINAÇÃO E A “VIDA


NUA” EM AGAMBEN: A precarização reformista.
Karoline França Bastos Cunha e Tamara Lordelo Leite Caldas Pereira

7-A EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA TERCEIRIZAÇÃO E A


RESPONSABILIDADE PATRIMONIAL DA TOMADORA DE SERVIÇOS
COMO GARANTIA AO TRABALHADOR DO CUMPRIMENTO DAS
OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS.
Fernanda Alves Tinoco
8- O CONCEITO DE EMPREGADO HIPERSUFICIENTE CRIADO PELA LEI
13.467/17: Uma análise à luz do princípio da isonomia
Adriana Wyzykowski e Mariana Ribeiro

9- A IMPORTÂNCIA DO DANO EXTRAPATRIMONIAL NA ESFERA


TRABALHISTA E A ORDEM DEMOCRÁTICA BRASILEIRA: Necessária
inconstitucionalidade da tarifação do art. 223-G, §1o da CLT.
Cláudio Jannotti da Rocha e Vanessa Pereira de Carvalho.

10-.O TELETRABALHO COM A REFORMA TRABALHISTA.


Ingrid Gil Sales Carvalho

11- GRUPO ECONÔMICO: Dos requisitos para sua caracterização após a


Lei 13.467/17 e ao projeto de lei de conversão 17/19 (PLV 17/19), da MP
881/19 (“MP da Liberdade Econômica”).
Rafael Milhorato da Silva e Cláudio Jannotti da Rocha

12- A REFORMA TRABALHISTA SOB A PERSPECTIVA DA ORDEM


CONSTITUCIONAL BRASILEIRA E OS DIREITOS FUNDAMENTAIS
SOCIAIS.
Diego Carneiro Costa

13- A UTILIZAÇAO DE COMPENSAÇAO DE HORAS NA JORNADA DO


MOTORISTA CARRETEIRO SOB A LUZ CONSTITUCIONAL.
Gabriel Cipriano Nicolau Siqueira

14- A GERAÇÃO DE (DES) EMPREGO DEPOIS DA REFORMA


TRABALHISTA: AL- TERNATIVAS AO TRABALHO FORMAL — Uma
perspectiva do trabalho associado após a Lei No 13.467/17.
Edneia Penha dos Santos e Tarcísio Hilário de Jesus Silva

OFICINA 2 – 07/11/2019 – sala 105


REFORMAS LABORAIS E O FUTURO DO DIREITO DO TRABALHO
Coordenação: João Gabriel

1- A TUTELA PROVISÓRIA DO CPC/2015 APLICADA AO DIREITO


PROCESSUAL DO TRABALHO: As tutelas de urgência antecipada em
caráter antecedente e de evidência como formas de proteção tempestiva
do empregado com estabilidade provisória à luz do acesso à justiça.
Gabriel de Oliveira Coelho Santana e João Vitor Cruz de Castro

2- O PRINCÍPIO DA VEDAÇÃO AO RETROCESSO SOCIAL COMO


OBSTÁCULO À VALIDADE DA REFORMA TRABALHISTA BRASILEIRA.
João Amorim e Renata Cerqueira Nabuco Oliveira

3- O MEIO AMBIENTE AQUÁTICO E O TRABALHO.


Cláudio Jannotti da Rocha e Helena Emerick Abaurre
4- NEGOCIAÇÃO INDIVIDUAL DO EMPREGADO HIPERSUFICIENTE.
Marly Macêdo Santos e Murilo Carvalho Sampaio Oliveira

5-TUTELA PROVISÓRIA, PETIÇÃO INICIAL E PROCESSO


TRABALHISTA.
Tiago Ferreira Santos

6- A FAZENDA PÚBLICA E OS NOVOS CONTORNOS DADOS PELOS


HONORÁRIOS SUCUMBENCIAIS AO PROCESSO TRABALHISTA.
Téssio Rauff de Carvalho Moura

7- LEGISLAÇÕES LATINO-AMERICANAS SOBRE A


RESPONSABILIDADE NA TERCEIRIZAÇÃO: Cidadania sacrificial e
interesses supranacionais em conflito
Kamayra Gomes Mendes

8- CONTRATO DE TRABALHO INTERMITENTE: Apontamentos para uma


análise crítica.
Ariane Pereira Santos e Victor Bruno Marinho Pereira

9- O ACORDO INDIVIDUAL FIRMADO POR EMPREGADO


HIPERSUFICIENTE E O DIREITO FUNDAMENTAL A NEGOCIAÇÃO
COLETIVA.
Kaique Martine Caldas de Lima

10- A INCONSTITUCIONALIDADE DA CELEBRAÇÃO DE ACORDOS


EXTRAJUDICIAIS QUE PÕE EM RISCO O DIREITO DO TRABALHADOR.
Leonardo F. Puridade Maciel e Vandeclei Gomes dos Santos

11- A CONTRARREFORMA TRABALHISTA: Da promessa à barbárie.


João Victor Marques da Silva

OFICINA 3 – 07/11/2019 – sala 106


REFORMAS LABORAIS E O FUTURO DO DIREITO DO TRABALHO
Coordenação: Renata Dutra

1- CONCESSÃO DA GRATUIDADE DE JUSTIÇA AO TRABALHADOR NO


PROCESSO DO TRABALHO APÓS A LEI 13467/2017.
Daniel Gonçalves Rangel

2- A “PEJOTIZAÇÃO” COMO INSTRUMENTO DE PRECARIZAÇÃO DAS


RELAÇÕES DE EMPREGO.
Giovanni Spavier Alves e Nicholas Moura da Luz

3- A IMPORTÂNCIA DO PAPEL DOS ADVOGADOS E MAGISTRADOS NO


PROCESSO DE HOMOLOGAÇÃO DO ACORDO EXTRAJUDICIAL NA
JUSTIÇA DO TRABALHO.
Iris Soier do Nascimento de Andrade e Karin Bhering Andrade.
4- O REQUISITO DA TRANSCENDÊNCIA COMO PRESSUPOSTO DE
ADMISSIBILIDADE DO RECURSO DE REVISTA PELO TRIBUNAL
SUPERIOR DO TRABALHO.
Ricardo José Leite de Sousa e Juliana Gaspar Medina Maia

5- O TRABALHADOR HIPERSUFICIENTE, A NECESSIDADE DO


TRABALHO E A AUSÊNCIA DE AUTONOMIA DA VONTADE.
Maria Cecília Máximo Teodoro e Iris Soier do Nascimento de Andrade

6- ANÁLISE DA DECISÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NO


JULGAMENTO CONJUNTO DA ADPF N. 324 E DO RE N. 958.252.
Carolina Ventin de Oliveira Prates

7- SAÚDE MENTAL DO TRABALHADOR: DO PARADIGMA


CONSTITUCIONAL DE 1988 À REFORMA TRABALHISTA.
Ana Cecília de Oliveira Bitarães, Carol Matias Brasileiro e Marília Pacheco

8- O ATIVISMO JUDICIAL NA JUSTIÇA DO TRABALHO E A ‘CLÁUSULA


DE PROTEÇÃO’ CONSTANTE DO ARTIGO 8º DA CONSOLIDAÇÃO DAS
LEIS DO TRABALHO (ALTERADO PELA LEI 13.467/2017 – REFORMA
TRABALHISTA).
Marlos Moura Lobo Moreira

9- A JUSTIÇA DOS QUE VIVEM DO TRABALHO: PROTEÇÃO JURÍDICA


DOS TRABALHADORES E DISCUSSÕES CONTEMPORÊNAS ACERCA
DA COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO.
Renan Araujo e Freitas e Cristiane Araújo

10- A SUBORDINAÇÃO DA JUSTIÇA SOCIAL À ORGANIZAÇÃO


FINANCEIRA: UMA ANÁLISE DOS PARECERES LEGISLATIVOS DA
REFORMA TRABALHISTA E DA LEI DA LIBERDADE ECONÔMICA.
Renata Santana Lima

11- AS RESSIGNIFICAÇÕES DO DIREITO AO TRABALHO DIGNO NA LEI


13.467/2017.
Júlia Simões Neris

12- ALTERIDADE NA MAGISTRATURA TRABALHISTA.


Verônica Lemos Duarte

13- A “LEI DA LIBERDADE ECONÔMICA” E A DESCONSIDERAÇÃO DA


PERSONALIDADE JURÍDICA NO DIREITO DO TRABALHO.
Tiago Barreto Souza de Matos

OFICINA 4 – 07/11/2019 - sala 107


REFORMAS LABORAIS E O FUTURO DO DIREITO DO TRABALHO
Coordenação: Jonnas Vasconcelos
1- BRASIL EM REFORMAS: REFLEXÕES SOBRE OS IMPACTOS DAS
REFORMAS DE DIREITOS SOCIAIS NA MIGRAÇÃO PELO PAÍS.
Daniela Rocha Teixeira

2- FUTURO DO TRABALHO NO BRASIL: O olhar da organização mundial


do trabalho.
Raphael Hercelin, Monteiro Segundo e Anna Luísa Rocha Leite

3- A PEJOTIZAÇÃO E O DIREITO DO TRABALHO: Uma análise a partir


dos 100 anos da OIT.
Raphael Hercelin, Vitor Guimarães de Santana Silva e Lara Emanuelle da
Silva Brito

4- A INCONSTITUCIONALIDADE DO § 4º DO ART. 791-A DA CLT E A


EFETIVIDADE DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS E SOCIAIS ATRAVÉS DO
ATIVISMO JUDICIAL.
Adilson Amâncio dos Santos Sobrinho e George Vieira Ribeiro

5- ASSESSORIA JURÍDICA TRABALHISTA POPULAR EM TEMPOS DE


PÓS REFORMA: Limites e possibilidades.
Ariane Pereira Santos e Tom Lima Vasconcelos

6- O ADVENTO DO TRABALHO INTERMITENTE NO BRASIL: Uma


análise da nova modalidade laboral inserida no ordenamento jurídico
pátrio a partir da edição da Lei 13.467/17.
Nicholas Moura da Luz e Tácio da Cruz Souza Santos

7- TERCEIRIZAÇÃO IRRESTRITA E DEMAIS DISCIPLINAMENTOS DA


MATÉRIA PELA REFORMA TRABALHISTA: Legitimação do aumento da
precariedade?
Flávvya Wanessa Abreu Marques

8- REFLEXOS DO NEOLIBERALISMO NA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA


BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA.
Leonardo Alves

9- TERCEIRIZAÇÃO E OS DESAFIOS PARA O DIÁLOGO SOCIAL: Uma


análise do caso da UFBA.
Tom Lima Vasconcelos

10- CONCEITO DE EMPREGADOR APÓS A REFORMA TRABALHISTA.


Tiago Ferreira Santos

11- TRABALHO INTERMITENTE: Análise de um discurso.


Cristiane Carvalho Andrade Araujo e Maria Antonieta Fernandes

12- A SAÚDE MENTAL COMO DIREITO FUNDAMENTAL NAS RELAÇÕES


DE TRABALHO: Uma análise à luz da reforma trabalhista.
Aline Paiva Lucas
13-O DESAFIO DAS DEMANDAS LABORAIS INDIVIDUAIS
HOMOGÊNEAS PÓS REFORMA TRABALHISTA E A EFETIVA
PRESTAÇÃO JURISDICIONAL
Gisele Navarro e André Luis Catta-Preta D. de Aguiar.

14-A (IN) CONSTITUCIONALIDADE DO PROCEDIMENTO DA


ARBITRAGEM AOS CONFLITOS TRABALHISTAS INDIVIDUAIS.
Mayana Costa da Assunção Santos e Renata Queiroz Dutra

OFICINA – 08/11/2019 – sala 102


TRABALHO E DISCRIMINAÇÃO
Coordenação: Maria Cecília Máximo

1- O ARTIGO 394-A DA CLT CONFORME A LEI 13.467/17 E SUAS


IMPLICAÇÕES NO MERCADO DE TRABALHO PARA AS MULHERES
Ana Carolina dos Santos.

2- O COMPLIANCE COMO INSTRUMENTO DE COMBATE AO


TRABALHO EM CONDIÇÃO ANÁLOGA À ESCRAVIDÃO.
Gabriela Sepúlveda Sobrinho e Andrea Presas Rocha

3- AS NOVAS DIRETRIZES DO TRABALHO DOMÉSTICO NO BRASIL À


LUZ DA CONVENÇÃO Nº189 DA ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO
TRABALHO.
Amanda Moreira Mota da Silva

4- A CONVENÇÃO 190 DA OIT: Um importante avanço na luta contra o


assédio moral.
Camila Farias Martins e Cláudio Jannotti da Rocha

5- OS PREJUÍZOS DA TARIFAÇÃO DO DANO EXTRAPATRIMONIAL


PARA OS TRABALHADORES BAIXA RENDA.
Michelle Maria Costa Machado

6- AÇÕES AFIRMATIVAS PARA O ACESSO DE PESSOAS


TRANSGÊNERO AO MERCADO FORMAL DE TRABALHO.
Leandro Reinaldo da Cunha e Cristiane Lôbo Araújo

7- O BRASIL NÃO É UM PAÍS PARA INICIANTES: Análises acerca dos


impasses na inserção do jovem no mercado de trabalho e a sobrecarga
de aprendizes e estagiários frente à baixa remuneração.
Maria Josina Costa Barreto Neta e Ednilton Oliveira de Souza Júnior

8- O TRABALHO DOCENTE: desafios e perspectivas propostas pela


ONU para o Brasil.
Mara Rute dos Santos Lima e Rodrigo Gonçalves Silva
9- CRISE DO DIREITO DO TRABALHO NA ERA PÓS-SOCIALISTA: uma
análise através da teoria da justiça de Nancy Fraser.
Luiza Ribeiro Antelo e Julia de Souza Rodrigues

10- CAPOEIRAGEM: O Direito Penal como lei trabalhista no capitalismo


dependente.
Israel Messmore Coelho Fraga Silva

11- ESTÁGIO EM DIREITO NA REALIDADE SOTEROPOLITANA: Como


tais ambientes de trabalho refletem a sociedade classista e racista
historicamente fomentada pela elite brasileira.
Jasmine Lima de Melo e Nathália Fonseca Lima

12- QUEM BATE CARTÃO NÃO VOTA EM PATRÃO: Análise acerca da


reedição do voto de cabresto nas relações trabalhistas
contemporâneas.
Gilberto Batista Santos e Danilo Barreto Silva

13- O BENEFICIÁRIO DA JUSTIÇA GRATUITA À LUZ DA REFORMA


TRABALHISTA: Avanço ou retrocesso?
Anne Karolline Barbosa de Assis e João Igor Batista Silva

OFICINA 2 – 08/11/2019 – sala 103


TRABALHO E DISCRIMINAÇÃO
Coordenação: João Vitor

1- ANÁLISE ECONÔMICA DA CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PARA


PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA.
Ronaldo Nunes Ferreira

2- A DESPROTEÇÃO DAS DIARISTAS NO ORDENAMENTO JURÍDICO


BRASILEIRO: Implicações de uma escolha política.
Cleide Batista Couto e Ronaldo Pinto dos Santos

3- ESTUDO COMPARADO ENTRE NORMAS CONSTITUCIONAIS DO


TRABALHO DE GUINÉ-BISSAU E DO BRASIL.
Vanilton Carlos Sá

4- DIREITOS TRABALHISTAS E CULTURA JURÍDICA EM MEIO À


DITADURA CIVIL-MILITAR (1964-1985): Os bancários na Bahia.
Carlos Eduardo Soares de Freitas

5-DISCRIMINAÇÃO POSITIVA: Análise das políticas de inclusão do


trabalhador com deficiência à luz do art. 7º da Constituição Federal.
Leonardo F. Puridade Maciel e Manuela Isadora Barreto Lima
6- A PRECARIZAÇÃO SOCIAL DO TRABALHO DO MOTORISTA DE
ÔNIBUS: O direito à saúde em perspectiva.
Leonardo F. Puridade Maciel e Douglas Barbosa Cruz

7- A PRECARIZAÇÃO DA ATIVIDADE DO POLICIAL MILITAR NA


SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA: O direito ao adicional de
periculosidade em perspectiva.
Leonardo F. Puridade Maciel e Marcelo Souza Santana Filho

8- A (IN)EXISTÊNCIA DE POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL FRENTE A


CONVENÇÃO N. 122 DA OIT.
Bento José Lima Neto e Janaína Araújo e Vitor Dias Lima

9- REFLEXÕES SOBRE O CONCEITO DE JORNADA EXAUSTIVA E SUA


CARACTERIZAÇÃO COMO CONDIÇÃO TRABALHO ANÁLOGA À DE
ESCRAVO.
Thiago Dória Moreira

10-A NÁLISE DA RESPONSABILIDADE DO EMPREGADOR E DA


PREVIDÊNCIA SOCIAL NOS CASOS DE GRAVIDEZ DE RISCO DE
EMPREGADA COM PERÍODO DE CARÊNCIA INCOMPLETO PARA
FRUIÇÃO DO AUXÍLIO DOENÇA.
Thais de Carvalho Soares

11- A INSUFICIÊNCIA DAS COTAS PARA PESSOA COM DEFICIÊNCIA


APLICADA NA REALIDADE DO AMBIENTE DE TRABALHO.
Michelle Thamyles Melo Abath e Pryscila Suellen dos Santos Regazzini

12- DA SEGREGAÇÃO À INCLUSÃO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA NO


MERCADO DE TRABALHO: Uma abordagem histórica.
Michelle Thamyles Melo Abath e Maria Gabriela Oliveira Santos

OFICINA – 08/11/2019 – sala 104


O DIREITO E O PROCESSO COLETIVO DO TRABALHO
Coordenação: Marcio Túlio Viana

1- A INCONSTITUCIONALIDADE DA PREVALÊNCIA DO NEGOCIADO


SOBRE O LEGISLADO EM MATÉRIA AMBIENTAL LABORAL.
Adriana Wyzykowski e Naara Silva Campos

2- O ENQUADRAMENTO SINDICAL DOS TERCEIRIZADOS: Uma


proposta de ressignificação do conceito de categoria à luz do direito à
efetividade da representação e dos direitos sociais.
Dervana Santana Souza Coimbra
3- A DOUTRINA SOCIAL CATÓLICA E O DIREITO DO TRABALHO:
Influência da Encíclica Rerum Novarum na formação histórica do direito
do trabalho e sua implicação pós-reforma trabalhista.
Caroline Alves Martins Pires

4- O FIM DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL OBRIGATÓRIA E A


DESESTRUTURAÇÃO DOS SINDICATOS NO BRASIL: Impactos da Lei
13.467/2017 sobre a liberdade de organização sindical.
Ana Sophia Brioschi Santos e Ingrid Lopes Evaristo Duarte Mendes

5- SOFRIMENTO ANTECIPADO E PREJUÍZO PROGRAMADO: Projeções


sobre unicidade e contribuição sindical no Brasil.
Leandro Henrique Costa Bezerra

6- ACORDOS COLETIVOS E A REGULAÇÃO SOCIAL DO TRABALHO.


Geisa Lopes de Andrade

7- O SINDICATO E AS REFORMAS LABORAIS NA AMÉRICA-LATINA:


Esforços para o apagar da chama.
Thaís Cláudia D´Afonseca da Silva e Tatiana Coelho de Oliveira Rossi

8- A FLEXIBILIZAÇÃO DO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO APÓS A


VIGÊNCIA DA LEI 13.467/2017, PODER PATRONAL E CONTRAPODER
SINDICAL.
Wagner Camilo Miranda