Você está na página 1de 3

Faculdade de Letras – UFMG

Teorias da Poesia, 1º Sem. 2020


Prof. Marcus Vinicius de Freitas

EMENTA
Definições de poesia, formuladas por teóricos, críticos e poetas. Problemas e perspectivas
de conceituação do lírico. Poesia e Mímesis. Especificidade da linguagem poética e seus
elementos constitutivos: aspectos fônicos, visuais. Percurso histórico da lírica. Metáfora
e alegoria. A imagem poética. Estética do novo: ruptura e tradição. Poesia e modernidade.
O Flanêur, a cidade e o poeta modernos.

PROGRAMA

1) Poesia: ficção/construção - 2 aulas, 10/03


PESSOA, Fernando. “Autopsicografia”; “Isto”

2) Poesia: conceituações - 2 aulas, 12/03


TEZZA, Cristóvão. “A poesia segundo os poetas”

3) Verso, ritmo e rima - 4 aulas, 17 e 19/03


3.1. CARVALHO, Raimundo Nonato de. “Entre a pomba e a bomba”
GOLDSTEIN, Norma Goldstein. Versos sons e ritmos
3.2. Vanessa da Mata e Chico Cézar: “A força que nunca seca”
FREITAS, Marcus. “Soneto na lata”

4) Poética Clássica - 4 aulas, 04 e 06/08


CAMÕES, Luís de. Canção VII
ÁVILA, Santa Tereza de. “Muero porque no muero”
MERQUIOR: “A natureza da Lírica”

5) 1ª Avaliação, valor: 30 pontos, dia 11/08;

6) Comentário de prova: 13/08;

7) Poética Romântica – 4 aulas, 18/08 e 20/08


VARELA, Fagundes. “Névoas”
WORDSWORTH, William. “Prefácio às Baladas Líricas”

8) Metáfora e metonímia – 2 aulas, 25/08


ANDRADE, Carlos Drummond de. “Serenata”
RAMOS, Maria Luiza. “Além do princípio da imaginação”

9) 2ª Avaliação: Trabalho para o dia 27/08, valor: 30 pontos

10) Poética Moderna - 4 aulas, 27/08 e 01/09


7.1. Poesia e construção
MELO NETO, João Cabral de. “Catar Feijão”; “Tecendo a manhã”.
POE, Edgar Allan. “A Filosofia da Composição”.
7.2. Poesia e o irracional
STEVENS, Wallace. “The man with the blue guitar”
STEVENS, Wallace. “O elemento irracional na poesia”

11) Dúvidas – 03/09

12) 3ª Avaliação – 8/9, valor: 40 pontos

13) Exame Especial (em caso de necessidade): 10/09

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BARBOSA, João Alexandre. As ilusões da modernidade. São Paulo: Perspectiva, 1982.

BENJAMIN, Walter. Charles Baudelaire: um lírico no auge do capitalismo: Obras escolhidas,


volume III. Tradução de José Carlos Martins Barbosa e Hemerson Alves Baptista. São Paulo,
SP: Brasiliense, 1994BLOOM, Harold. A angústia da influência. Trad. Marcos Santarrita. 2
ed. Rio de Janeiro: Imago, 2002.

BOSI, Alfredo. O ser e o tempo da poesia. 8. ed. 1. reimp. São Paulo, SP: Companhia das Letras,
2000.
BRITTO, Paulo Henriques. Formas do nada. São Paulo, SP: Companhia das Letras, 2012.
BURKE, Edmund. Uma investigação filosófica sobre as origens de nossas idéias do sublime e
do belo. Trad. Enid Abreu Dobranszky. Campinas: Papirus/UNICAMP, 1993.
CARA, Salete de Almeida. A poesia lírica. São Paulo: Ática, 1989.

CASTRO, E. M. de Melo e. O próprio poético. São Paulo: Quíron, 1973.

COHEN, Jean. Estrutura da linguagem poética. São Paulo: Cultrix, 1978.

FREITAS, Marcus Vinicius. “O escritor e seu ofício: em busca da Teoria da Literatura”. In:
Aletria: Revista de Estudos de Literatura. Belo Horizonte, MG, UFMG, v. 20, n. 2, ago., 2010.
p. 182-198. Disponível em:
http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/aletria/article/view/1540.

FREITAS, Marcus Vinicius de. Labirinto de paixões depuradas: a poética de Miguel Marvilla.
AZEVEDO FILHO, Deneval Siqueira de; NEVES, Reinaldo Santos; SALGUEIRO,
Wilberth (orgs.). Bravos companheiros e fantasmas 4: estudos críticos sobre o autor
capixaba. Vitória: EDUFES, 2011, p. 15-28.

FREITAS, “Soneto na lata”. Texto Poético, 15(27), 2019. In:


http://revistatextopoetico.com.br/index.php/rtp/issue/view/37/showToc

FRIEDRICH, Hugo. “Perspectiva da lírica contemporânea: dissonância e anormalidade”. In:


Estrutura da lírica moderna. Trad Marisa Curioni. São Paulo: Duas Cidades, 1978, p. 15-34.

GOLDSTEIN, Norma. Versos, sons e ritmos. São Paulo: Ática, 1994.


MERQUIOR, José Guilherme. A natureza da lírica. In: A astúcia da mímese. 2 ed. Rio de Janeiro:
Topbooks, 1997.

MOURA, Murilo Marcondes de. Os jasmins da palavra jamais. In: BOSI, Alfredo (org.). Leitura
de poesia. São Paulo: Ática, 1996.
ORTEGA Y GASSET, José. A desumanização da arte. 5 ed. São Paulo: Cortez, 2005.

PAZ, Octavio. A inspiração. In: O arco e a lira. São Paulo: Nova Fronteira, 1982, p. 191-221.

PAZ, Octavio. A imagem. In: Signos em rotação. 2 ed. São Paulo: Perspectiva, 1976.

POE, Edgar Alan. O corvo. A Filosofia da Composição. São Paulo: Expressão, 1986.

RAMOS, Maria Luiza. Além do princípio da imaginação. Ensaios de Semiótica, 12, 1984, p. 170-
201. Belo Horizonte: Departamento de Teoria da Literatura a UFMG.

SALGUEIRO, Wilberth. Lira à brasileira. Vitória: EDUFES, 2007.

SPINA, Segismundo. A lírica trovadoresca. São Paulo: EDUSP, 1996.

SPINA, Segismundo. Introdução à poética clássica. 2 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1995, cap.
1a Parte: “A Diogo Bernardes”.

STEVENS, Wallace. “El elemento irracional en la poesia. In:


http://blogdelamasijo.blogspot.com/2012/09/wallace-stevens-el-elemento-irracional.html

TEZZA, Cristóvão. “A poesia segundo os poetas”. In: Entre a prosa e a poesia. Rio de Janeiro,
RJ: Rocco, 2003.

TINIANOV, Iuri. O problema da linguagem poética. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1975, 2
v.

WILSON, Edmund. O castelo de Axel. São Paulo: Cultrix: 1987.


WORDSWORTH, William. Prefácio às “Baladas Líricas”. In: SOUZA, Roberto Acízelo de. A
idéia de poesia e de arte: reflexões oitocentistas anglo-norte-americanas. Rio de Janeiro:
UERJ, 2007.