Você está na página 1de 6

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

PROVÍNCIA DE TETE
DISTRITO DE MOATIZE

DISCURSO POR OCASIÃO DO DIA 7 DE ABRIL – DIA DA MULHER


MOÇAMBICANA

Moatize, 07 de Abril de 2020


REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

DISCURSO POR OCASIÃO DO 7 DE ABRIL

Meritíssima Juíza Presidente do Tribunal Judicial do


Distrito de Moatize,

Exmo. Senhor Presidente do Conselho Autárquico da


Vila de Moatize;

Digno Procurador-Chefe da Procuradoria Distrital de


Moatize;

Exmo. Senhor Secretário Permanente do Distrito de


Moatize;

Senhores Membros do Governo do Distrito de Moatize;

Exmo. Senhor Comandante Distrital Polícia da


República de Moçambique;

2
Exmo. Senhor Delegado do IPAJ(Instituto de
Patrocínio e Assistência Jurídica);

Exmo. Senhor Director Distrital do Serviço Nacional


de Investigação Criminal (SERNIC);

Exmos. Senhores Representantes das confissões


religiosas;

Ilustres convidados;

Minhas senhoras e meus senhores.

População do Distrito de Moatize

Mulheres desta nossa bela pérola do Indico,

Antes de mais permitam me endereçar uma saudação


efusiva a Sua Excelência Filipe Jacinto Nyusi,
Presidente da República de Moçambique e de todas as
moçambicanas e moçambicanos, pela forma erudita como
tem dirigido esta nossa bela pátria de heróis. Bem
haja Excelência Presidente, nesta ocasião em que
assinalamos a passagem de mais um 7 de Abril,

3
estendo a minha saudação a Sua Excelência Isaura
Ferrão Nyusi, Esposa do Presidente da República,
mulher virtuosa e companheira inseparável do nosso
Presidente na luta contra os desafios impostos pela
sociedade moderna.

Excelência Presidente da República Filipe Nyusi em


nome de todas mulheres moçambicanas, das mulheres de
Moatize e em meu nome, quero enfatizar o seu papel
na luta pela edificação de um Moçambique prospero e
pacificado, com destaque para uma maior integração e
valorização da mulher.

Assinala-se hoje dia 7 de Abril, em todo o


território nacional, o Dia da Mulher Moçambicana, em
homenagem aos feitos heróicos da guerrilheira e
activista social Josina Machel que se destacou na
luta pela libertação do povo e da terra, do jugo
colonial português e faleceu, vítima de doença, no
dia 7 de Abril de 1971.

4
O papel da mulher na mobilização e organização do
nosso povo é inestimável, assumindo-se cada vez mais
como pedra angular na consolidação da nação
Moçambicana.

Compatriotas, o dia da mulher moçambicana assinala-


se este ano num momento em que nos debatemos com a
Pandemia do Covid 19, nós mulheres somos chamadas a
engajarmo-nos na luta contra esta doença, lutando
com firmeza para disseminação das mensagens de
prevenção e cumprimento escrupuloso das medidas
adoptadas pelo Governo. Compatriotas, a luta contra
este inimigo invisível e silencioso começa em nossas
casas, no seio das nossas famílias, é lá que nós
mulheres devemos, mais uma vez, intervir
energicamente para conscientizar nossos esposos,
filhos e demais familiares sobre a necessidade de
adoptarmos medidas preventivas de forma a travar a
propagação deste vírus o Covid 19, pois só assim
poderemos celebrar a vitória da vida sobre a morte.

5
Nesta ocasião em que se assinala mais um dia da
Mulher moçambicana, apelamos a toda sociedade para
que olhe a mulher como um ser capaz de muito fazer
pelo seu próprio país, concedendo-lhe o espaço
necessário para que possa livremente demonstrar as
suas capacidades no fortalecimento e
sustentabilidade do papel da mulher na esfera
económica e protecção social.

Para terminar, auguro sucessos a todas as mulheres


moçambicanas, desde as zonas rurais até urbanas, nos
esforços pela paz, reconciliação e unidade nacional,
combate a pobreza, descriminação e desenvolvimento.

Unidos na luta contra o Covid 19 venceremos.

Muito Obrigado

Moatize, aos 07 de Abril de 2020