Você está na página 1de 37

Bábálawo Ifátokun

A BÚSSOLA
DO OBI
Do curso: Obi, o Primeiro Oráculo de Olodumare
A Bússola do Obi

Obi, o Primeiro Oráculo de Olodumare

Bábálawo Ifátokun

Página 1
A Bússola do Obi

Todos os direitos reservados ao autor:

E-book A bússola do Obi. Material extraído do Curso Obi, o Primeiro Oráculo de


Olodumare
Site: http://ileaseifatokun.com.br

E-mail: contato@ileaseifatokun.com.br

É vedada a reprodução total ou parcial desta obra. Ficando o leitor, corresponsável pela não
distribuição e compartilhamento do mesmo em redes sociais ou entre amigos simpatizantes

ao conteúdo aqui descrito.

Evitando a cópia ilegal, você estará incentivando o verdadeiro resgate e preservação das

tradições que serão passadas nesta obra.

2020 Copyright © do Bábálawo Ifátokun, Felipe Chaves.

Página 2
A Bússola do Obi

APRESENTAÇÃO DO CURSO
Esta obra tem como objetivo se tornar um guia orientador, uma bússola, apoiando os diversos

seguidores do culto ao Orisa/Ancestral, entregando informações sucintas sobre o oráculo de

Obi.

Um dos responsáveis por esta obra é meu Oluwo Ifamuwagun, que com sua generosidade

me passou alguns dos conhecimentos que aqui exponho. O oráculo de Obi é bem abrangente

e não tenho a pretensão que tudo esteja aqui, por isso convido a vocês a continuar seguindo
nessa jornada de estudos, principalmente por considerar que ela não tem fim.

É importante ressaltar, que além do meu Oluwo, consultei outras obras de outros sacerdotes

como referência, uma obra consagrada que gostaria de citar é: AWO Obi – Obi Divination in

Theory and Practice, escrito por Baba Osundiya, onde deixo registrado os meus respeitos.

Página 3
A Bússola do Obi

História do Obi
Abaixo segue uma ITAN de IFA, que retrata uma das inúmeras histórias que conhecemos de

Obi.

Olófin, O Senhor das leis, um dos títulos de Olódùmarè, decidiu um dia visitar a Terra e ver de
perto como as coisas andavam. Em sua caminhada conheceu um homem que se chamava

Obi, e que lhe impressionou muito por ele ser uma pessoa muito justa, sem orgulho e

pretensões, e sem nenhuma vaidade.

Então Olófin decidiu que Obi deveria viver muito alto, vestido de branco por fora e por dentro,
que sua alma seria imortal e que trabalharia para ele. Em seguida, Olófin lhe apresentou Esu,

e entre ambos surgiu grande amizade, sendo que os amigos de um passaram a ser amigos

do outro. Os pobres, os ricos, os corretos, os desajustados, todos eram amigos de Esu. Com
o correr do tempo, Obì começou a se tornar vaidoso e cheio de si. O orgulho tomou conta

dele, que passou a evitar as pessoas que lhe eram inferiores; até Esu ele evitava, devido as

suas amizades que não agradavam Obi.

Desejando celebrar uma festa, Obi convidou Esu e pediu-lhe que evitasse convidar suas
amizades. Esu que havia notado a mudança de comportamento de Obi, convidou os

poderosos e ricos, mas também convidou os vagabundos e miseráveis da cidade. Quando

Obi chegou em casa e viu aquela gente estranha, ficou irado e perguntou:

” Quem convidou esta gente à minha casa?”

Todos responderam:

” Foi Esu”.

Página 4
A Bússola do Obi

Obi se enfureceu e expulsou a todos, dizendo que não admitia vagabundos em sua casa. Esu

chegou no momento em que todos saíam, dizendo que Obi era vaidoso e ingrato. Em seguida,

saiu acompanhando seus amigos.

Compreendendo o que havia feito, Obi tentou reconsiderar, dizendo que havia se equivocado

ao tratar daquela forma os amigos pobres de Esu. Esu por sua vez, não lhe fez caso,

seguindo o seu caminho.

Certo dia, Olófin convocou Esu à sua presença e pediu-lhe que levasse um recado para Obi,

porém Esu se recusou, e ao ser questionado sobre a razão da recusa de ir à casa de seu

amigo, respondeu-lhe que Obì havia mudado de comportamento, tornara-se muito vaidoso e

se recusava a receber em sua casa os pobres e os humildes.

Olófin escutou em silêncio o relato de Esu, e quando este terminou, lhe disse:

” Vou ensinar uma lição a Obi”.

Usando de um disfarce, Olófin foi até a casa de Obi. Tocando a porta, foi recebido por Obi, que

não lhe reconheceu, e foi dizendo para se afastar, que ele não dava esmolas à ninguém. Olófin

ao ouvir aquilo, firmou a voz e lhe disse:

” Olhe para mim! veja quem sou eu! Obi”

Diante da presença de Olófin, tratou de corrigir-se alegando um engano. Olófin então lhe falou:

Página 5
A Bússola do Obi

” Eu lhe acreditava um homem honesto, íntegro e bom, sem falso orgulho ou vaidade, por isso

o fiz branco por todos os lados e com espírito imortal. Parece que de viver tão alto, sua

cabeça chegou às nuvens. Mas vou corrigir tudo isso. Você, a partir de agora, viverá no alto,

mas só que no alto das árvores, porém cairás e rolarás por terra, para que aprendas que por

mais elevado que uma pessoa esteja, também poderá cair por terra. Você se vestirá de verde

por fora e branco por dentro, mas algumas vezes será negro. Quando aprender a corrigir seus

erros, eu o perdoarei. Até lá, você deverá servir a todos os Orisa e ajudará a predizer o futuro
a todos que desejarem saber, tanto os ricos como os pobres e necessitados sem distinção

social ou de cor”.

Página 6
A Bússola do Obi

O Obi
Fruto de origem Africana e largamente usado para consumo e ritualísticas junto ao culto dos

Orisas.

Signi cado
O/BI – Eliminar, tirar, tirar para fora.

Segundo os sacerdotes mais antigos, o Obi foi um dos primeiros itens para comunicação com
Olodumare. Ele é tão grandioso que comparamos ele a uma montanha, além de ser
considerado como uma medalha, uma comenda, um troféu a quem ele é oferecido. Desta
forma podemos afirmar que quem o recebe fica bem feliz (podendo ser uma pessoa, ancestral
ou Orisa).

A pronuncia correta é: OBSHI

Cores mais populares


Branco, usado para comer;

Roxo, encontrado muito no Brasil. Para torna-lo branco, o mesmo é colocado em

alvejante, com isso ele perde a cor, ficando branco. Sem sua casca roxa, é conservado

na água. Por isso a denominação de Obi d´água.

Rosa, usado para rituais, ebo, adivinhação;

Amarelo, usado para ebo.

Página 7
A Bússola do Obi

Tipos
O Obi é uma semente que é encontrada em um fruto semelhante ao cacau. Este fruto pode

conter sementes (Obi). Os melhores ObiS encontram-se no oeste da África.

Os tipos que abordaremos nesta obra são:

1. Obi ABATA (ABATÁ) ou APA (APÁ) – Pode ter 3, 4, 5, 6 ou 8 gomos. No culto de IFA

não usamos Obis com mais de quatro gomos para a adivinhação, porém em outros

cultos, os Obis com mais gomos são usados (a exemplo: culto de Osus em Osobo,

onde se usa 5 gomos).

2. Obi GBANJA (BÂNDJA) – Possui apenas 2 gomos. Na África não é usado para
adivinhação, somente para comer ou fazer ebo. No Brasil são comumente usados .

3. Obi IFIN - Possui apenas 2 gomos. É comumente usado para ebo/etutu ou bibo.

Página 8
A Bússola do Obi

Algumas regras para uma boa


adivinhação
Abaixo seguem alguns requisitos para um bom adivinho.

Sabedoria
Quando alguém começa a servir aos outros através do meio de adivinhação, é importante que

se prossiga com mais do que apenas conhecimento de ODU, técnicas oraculares. Um bom

olhador está constantemente rezando por sabedoria, o que é essencial para a construção do

equilíbrio entre energia (IMOLE) e pessoa. Ter conhecimento, não necessariamente é ter
sabedoria. Um olhador sem sabedoria, certamente destruirá não apenas o ele próprio, mas

também seus clientes.

Con dencialidade
Uma preocupação primordial para um olhador deve ser a manutenção da confidencialidade de

um cliente. Assim como qualquer outro sacerdote ou até mesmo outras profissões (padre,

psicólogo ou médico) um olhador deve prestar juramento de sigilo, este deve acontecer
principalmente nas situações mais íntimas. Isso tudo é importante pelo fato de que o cliente

deposita sua confiança nas mãos do olhador, e é fundamental que este sigilo seja cumprido.

Um problema com a confiança, talvez seja o pior tipo de violação entre um cliente e seu

olhador.

Página 9
A Bússola do Obi

Integridade
Além disso, um olhador nunca deve usar adivinhação para tentar ganhar poder sobre um

cliente.

Objetividade
Os verdadeiros olhadores devem ser capazes de separar a interpretação da adivinhação.
Ignorar o que é visto durante o jogo com base no desejo pessoal do cliente ou do olhador não

é apenas ruim, mas pode trazer consequências irreversíveis.

Tato
Os olhadores são mensageiros, intermediários que levam as palavras dos espíritos aos

ouvidos das pessoas. É importante, ter tato ao entregar tanto mensagens positivas, quanto

negativas. Mais importante ainda é ser honesto com as palavras, porem tomando cuidado

com a forma que será dita.

Poderíamos acrescentar ainda: responsabilidade, tolerância, autoconhecimento, dentre outras

regras para uma boa adivinhação.

O que não perguntar


O jogo de Obi está sujeito a algumas regras muito simples, mas muito importantes. Quem ser

um bom olhador, deve segui-las e tomar cuidado com elas. Elas são:

Não faça a mesma pergunta duas vezes no mesmo dia;

Não pergunte o que você já sabe (não teste o oráculo); e

Não ignore/duvide do que foi dito.

Página 10
A Bússola do Obi

A anatomia do Obi
Antes mesmo de começar a falar sobre ODU ou sobre técnicas, ou seja, antes que alguém

possa efetivamente adivinhar com o oráculo, é importante entender sua anatomia básica. É

através dessa anatomia que o Obi como oráculo fornece respostas às perguntas feitas e

oferece sugestões sobre a situação em questão. O Obi usa uma linguagem única que requer

o conhecimento de suas partes para que o olhador possa compreender sua gramática e

sintaxe antes de se envolver na comunicação detalhada, que é adivinhação. Abaixo

começaremos entendendo os componentes através dos quais os Ancestrais e Orisas se

comunicam conosco.

Figura 1 - Anatomia do Obi

Da esquerda pra direita temos:


Um gomo Macho, na posição aberta;

Um gomo Fêmea, na posição aberta;

Um gomo em sexo (não usados) na posição aberta; e


Um gomo fechado.

Página 11
A Bússola do Obi

É importante também falar sobre sua semente, o que chamamos de olho. Para que possamos

jogar Obi, precisamos retirar esse olho.

Figura 2 - Olho do Obi

Página 12
A Bússola do Obi

Obi de 5 ou mais gomos


Como dito anteriormente, temos Obi Abatas de mais de 5 gomos ou mais gomos. Para a

adivinhação, ou melhor, para o trabalho descrito aqui, só usamos ObiS com 4 gomos. Quando

temos mais de 4 gomos, precisamos identificar os gomos que servem e os que não servem.

A identificação é simples, o gomo que precisa ser retirado tem no lado inverso ao olho, uma

fenda parecida com a do gomo fêmea, com a diferença de ser dos dois lados, parecendo um

tridente.

Abaixo temos alguns exemplos de Obi Abata.

Figura 3 - Obi abata com 5 gomos

Acima temos um Obi de 5 gomos, onde temos 2 gomos femininos, 2 gomos masculinos e 1

gomo sem sexo (que deve ser retirado).

Página 13
A Bússola do Obi

Figura 4 - Obi ABATA COM 6 GOMOS

Acima temos um Obi de 6 gomos, onde temos 2 gomos femininos, 2 gomos masculinos e 2

gomos sem sexo (que devem ser retirados).

Página 14
A Bússola do Obi

Algumas técnicas do jogo de Obi


Existem algumas técnicas (nesta obra daremos foco aos ensinamentos de IFA) associadas

ao jogo de Obi, são elas:

1. Oráculo de SIM ou NÃO

1. Usado para saber se uma oferenda foi ou não aceita e buscar respostas para

perguntas.

2. Oráculo de conversação junto a um Imole (Orisa ou Ancestral)

1. Usado para identificar sortes ou má sortes, e também para consular o Oráculo

para entender como está o estado do consulente. Neste caso podemos olhar para

5 ou 9 ODUs (caminhos).

3. Oráculo de conversão aprimorado

1. Usado para identificar sortes ou má sortes, e também para consular o Oráculo

para entender como está o estado do consulente. Neste caso podemos olhar para
256 ODUS (caminhos).

** Neste treinamento usaremos as duas primeiras técnicas e somente 5 ODUS.

Página 15
A Bússola do Obi

IBA (saudação/reunião)
Para tudo que o povo YORUBA faz em termos de ritualística, fazemos uma reunião espiritual
que é chamada de IBA. Esta reunião é tão importante que ela sozinha pode já resolver mais

de 50% dos problemas.

Abaixo segue um exemplo de IBA:

IBA OLODUMARE (Meus respeitos ao Senhor da Vida)

IBA AKODA (Meus respeitos aos Primeiros que foram Criados)

IBA ASEDA (Meus respeitos ao Pai Criador)


IBA OLOJO ONI (Meus respeitos ao Senhor do Dia)

IBA AWON TO LAIYE (Meus respeitos as Donas da Terra)

IBA BABA (Meus respeitos ao Pai)

IBA YEYE (Meus respeitos a Mãe)

IBA OKURIN (Meus respeitos aos Homens, incluindo os animais)

IBA ObiRIN (Meus respeitos as Mulheres, incluindo os animais)

IBA OMODE (Meus respeitos as Crianças)

IBA AGBALAGBA (Meus respeitos aos Mais Velhos)

Página 16
A Bússola do Obi

“A minhoca, por não ter braço e nem


perna, faz IBA para que a terra se
abra e ela possa entrar”
(provérbio Nigeriano)

ORIKI do Obi
Antes de Jogar Obi, é importante que se recite o ORIKI do Obi.

WON NI Obi NI BIKU (Dizem que o Obi tira a morte)


Obi NI BI ARUN (Obi que tira as doenças)
Obi NI BI OFO (Obi que tira as perdas)

Obi NI BI IJA (Obi que tira as brigas)


Obi NI BI EJO (Obi que tira as confusões)

Obi NI BI IBI GBOGBO (Obi que tira todas as coisas ruins)


BI INU SE RI NI YON (Obi não mente, só mostra a verdade)
MA FI IBI PE IRE (Não usa o MAL pra dizer o BEM)
MA FI IRE PE IBI (Não usa o BEM pra dizer o MAL)

SO OUN BA RI (Diga o que você vê)

Página 17
A Bússola do Obi

As boas e más sortes do sistema de


adivinhação
Boas sortes
Nome Descrição

AIKU Vida longa, saúde, resolução dos problemas

AJE Riqueza, dinheiro, o que se vê valor pode ser


concretizado

AYA/IBUJOKO Amor, família, relacionamento em geral

OMO Probabilidade de ter lhos, lhos em bons


caminhos

ISEGUN Vitória sobre uma questão, podendo ser


inimigos, ou até mesmo processos e desejos

IRE GBOGBO Sorte em geral, prosperidade

Página 18
A Bússola do Obi

Más sortes
Nome Descrição

IKUARUN Doenças, morte próxima, resposta negativa a


uma pergunta, espíritos negativos

OFO Perdas nanceiras, perdas algo de valor ou até


mesmo perdas de comportamento

ILO O oráculo chamando atenção para algum


comportamento errado

OTA Inimigo, inveja, podendo ser no feminino ou no


masculino

ESU Oris ̣a Es ̣u, podendo estar no caminho


prejudicando ou querendo avisar algo

IYAMI Problemas com Iyami

EGBE Problemas com Egbe Orun

Página 19
A Bússola do Obi

As Caídas (ODU) –
Para o jogo de conversação quer dizer ire

ALAFIA
(Aláfia – Saúde)

Figura 5 - cAÍDA ALAFIA, 4 GOMOS ABERTOS

Caminho(s):

Como a própria tradução do nome diz, saúde, um dos caminhos de ALAFIA.


Resposta afirmativa/positiva ao que se pergunta.

Independentemente do que se deseja, vai acontecer.

Se o cliente estiver doente, essa caída significa saúde.

Página 20
A Bússola do Obi

Nota(s):

Uma atenção especial a essa caída, é que uma pergunta em ALAFIA esta manhã, pode

não ser ALAFIA na parte da tarde.

É muito importante que quem estiver jogando pergunte, o que é preciso para aquela

ALAFIA permanecer.

É um sim TEMPORÁRIO, muito bom, porém TEMPORÁRIO, não sustentável.

Página 21
A Bússola do Obi

ObiYAN ou EJIKORERE - Para o


jogo de conversação quer dizer ire
(Obinhon ou Edicorerê)

Figura 6 - caída Obiyan (ou ejikorere), 2 GOMOS ABERTOS E 2 GOMOS FECHADOS

Caminho(s):

A melhor resposta afirmativa para uma questão.

Aqui você tem equilíbrio, não há dúvida.

Nota(s):

Esta caída acontecendo no início do jogo, quem estiver jogando deve pedir pro cliente

bater a cabeça no chão e pedir a benção. Na sequência quem estiver jogando deve

buscar no jogo, o tipo de sorte para o cliente.

Mesmo não sendo uma caída TEMPORÁRIA, quem estiver jogando deve buscar se

alguma coisa para ser feita, e manter essa resposta positiva.

Página 22
A Bússola do Obi

Tipo de sorte:

AIKU – Vida

AJE - Riqueza

AYA - Esposa

OMO – Filho(a)
ISEGUN OTA – Vitória em cima dos inimigos

IBUJOKO – Sorte no lar (em casa)

ETA IWA – Sorte no comportamento

IRE GBOGBO – Todo tipo de Sorte

IRE OSA – Sorte de Orisa

IRE OSALA (aqui é possível colocar qualquer Orisa) – Sorte de Osala

Página 23
A Bússola do Obi

APOTAKU - Para o jogo de


conversação quer dizer IBI
(Apótacú)

Figura 7 - caída apotaku, 4 gomos fechados

Caminho(s):

Resposta negativa, ou seja, não aquilo que se pergunta.

Caminho que pode mostrar a morte, doenças, problemas, coisas erradas, dificuldades.

Caminho que como seu próprio nome diz (Aquele que mata os inimigos – apo – Inimigo;

ku - morrer) pode mostras a presença de inimigos.

Página 24
A Bússola do Obi

Nota(s):

Quando ocorre esta caída, bate-se 3 vezes a mão fechada no chão.

Pergunta-se ao Orisa que se está consultando, se o Obi que está em uso deve ser

usado para combater o inimigo anunciado. Caso positivo, no final do jogo coloca-se o

Obi fechado no chão, e de joelhos pega um gomo do Obi com a boca e come, as

demais partes do Obi esmaga-se com a garrafa pedindo para que os inimigos sejam

esmagados da mesma forma que o Obi ficou. Após esse procedimento, coloca-se as

partes esmagadas no Esu, ou se não tiver, enterra-se.

Página 25
A Bússola do Obi

ETAIWA
(Etáiuá - Comportamento)

Figura 8 - CAÍDA ETAIWA, 3 GOMOs abertos e 1 gomo FECHADO

Caminho(s):

Como a própria tradução do nome diz, comportamento. Este é um caminho pode

sinalizar que um dos problemas é o comportamento do cliente.

Este caminho não é negativo, ele sinaliza que o cliente precisa ter calma, paciência,

mostra que a questão será resolvida.

Nota(s):

Esta caída pode mostrar que o cliente não fará o Ebo ou obrigação que está sendo

solicitada (em função de uma possível teimosia).

Pode ser que em algum momento quem está jogando pode ter que ver o

comportamento (teimosia, generosidade, humildade, etc) do cliente que não está

correto.

ETA ODI Obi, ou seja, ETA não fecha Obi, é preciso sempre buscar uma caída mais

objetiva.

Página 26
A Bússola do Obi

Possíveis comportamentos:

AGIDI – Teimosia;

IJA – Pessoa que gosta de briga;

SURU –Paciência;

IYE MEJI – Dúvida;

IFUNRA – Falta de atenção;

OTITO – Verdade;

IGBORAN – Obediência;

AKAKU – Valorização;

EKE – Mentira, não fala a verdade;

EJO – Confusão;

IJA – Briga;

EMI IMORE – Gratidão;

ANU – Caridade, precisa ser generoso;

MOGBONTAN – Pensa que sabe tudo;

IGBERAGA – Falta de humildade (prepotente);

ANIYAN – Intensão;

IKA – Maldade.

Página 27
A Bússola do Obi

OKONRON - Para o jogo de


conversação quer dizer IBI
(okónron)

Figura 9 - CAÍDA okonron, 1 GOMO aberto e 3 GOMOS FECHADOS

Caminho(s):

Essa caída mostra problemas graves, doenças, e coisas ruins.

É uma caída que pede calma ao cliente.

Resposta negativa ao que se pergunta.

Nota(s):

Esta caída acontecendo no início do jogo, quem estiver jogando deve pedir ao cliente

calma, pedindo para que ele coloque a mão no chão e no peito (respirando fundo) por 3

vezes. Ao mesmo tempo, quem estiver jogando deve falar FI OKON BALE (fi ókon

bále), ou seja, tenha calma.

Essa caída pode significar que o cliente precisa de IBORI.

Essa caída pode significar que o cliente vai agredir alguém, ou pode ser agredido por

alguém.

Página 28
A Bússola do Obi

AKONBARE - Para o jogo de


conversação quer dizer ire
(akónbâre)

Figura 10 - CAÍDA OKONBARE, 2 GOMOS MACHO ABERTOs E 2 GOMOS FECHADOS

Caminho(s):

Uma das melhores respostas afirmativa para um questão.

Aqui você tem equilíbrio, não há dúvida.

A diferença da caída ObiYAN é que aqui você tem uma mensagem relacionada a uma

divindade masculina (homem, filho, pai, Orisa masculino, etc). Ou seja, nesta caída

você pode ter como mensagem os exemplos:

É preciso cuidar de Esu, Egun, Ogun, dentre outros Orisas masculinos;

É preciso ter auxilio de Esu, Egun, Ogun, dentre outros Orisas masculinos;

É preciso ajudar seu pai, irmão, amigo;

É preciso ter auxilio de seu pai, irmão, amigo.

Em caso negativo, essa caída pode representar problemas com Polícias e Guerras.

Página 29
A Bússola do Obi

ABONBARE - Para o jogo de


conversação quer dizer ire
(Abômbáre)

Figura 11 - CAÍDA OKONBARE, 2 GOMOS FÊMEA ABERTOS E 2 GOMOS FECHADOS

Caminho(s):

Uma das melhores respostas afirmativa para um questão.

Aqui você tem equilíbrio, não há dúvida.

A diferença da caída ObiYAN é que aqui você tem uma mensagem relacionada a uma

divindade feminina (mulher, filha, mãe, Orisa feminino, etc). Ou seja, nesta caída você

pode ter como mensagem os exemplos:

É preciso cuidar de AWON TO LAIYE, Oya, Osun, dentre outros Orisas

femininos;

É preciso ajudar sua mãe, irmã, amiga;

Em caso negativo, pode representar um resultado fácil de ser alcançado.

Página 30
A Bússola do Obi

A água
Liturgicamente, a água tem um significado especial ao jogar o Obi. Entendemos que o

elemento água, se torna o sangue do corpo Obi, a medida em que usamos para fazer

ebo/etutu, bibo, ou até mesmo para consultar algum Orisa/Ancestral.

O sacrifício do Obi
Conforme já citado anteriormente, o Obi é uma medalha, uma oferenda grandiosa (bibo) ou até

mesmo um ebo/etutu, dependendo da sua utilização. E como grande parte das oferendas

dadas aos Orisas/Ancestrais, o Obi é sacrificado.

O ato realizado na ritualística, onde se reza, faz o IBA e Oriki, nada mais é que o sacrifício

daquela oferenda (Obi) para o Orisa, em reconhecimento ao ouvir a voz do mesmo.

Página 31
A Bússola do Obi

Procedimento de Invocação
Para que possamos invocar qualquer Imole (energia) e fazer o jogo de Obi, precisamos

realizar uma sequência, denominada ritualística.

Em primeiro lugar precisamos nos certificar que o Obi esteja em um lugar com água (sangue

dele). Como nada tem vida sem o sangue, o mesmo precisa estar mergulhado nela.

Na sequência, precisamos posicionar o Igba, Ojubo (se tiver) de frente de nós, ajoelhar (se o

Orisa for reverenciado ajoelhado), pegar o Obi e iniciar um o processo de invocação,

conforme detalhes abaixo:

Página 32
A Bússola do Obi

1. Pegar água, colocar o Obi, e deixar próximo de onde será feito o procedimento de

invocação;

2. Fazer IBA;

3. Lavar o Obi (passando Obi na água);

4. Fazer Oriki do Obi, retirando os olhos do Obi e posicionando os gomos de frente para o

Orisa ;

1. Respingar água no Orisa e no Obi, dizendo:

1. IRE SE (iri xé) x3 (o orvalho caiu).

2. IRI TO SE ARA Obi LOTI WA (o orvalho que caiu vem do corpo do Obi).

2. Feito isso, colete o Obi do chão e toca-se o Obi no Orisa ou testa no cliente (Ori

do cliente) e diz:

1. Obi NA REO (este é o Obi).

5. Invocação do Obi

1. Agora, com os 4 gomos do Obi abertos, em frente ao Orisa, toca-se o dedo médio

da mão direita no Obi, na terra, no Orisa (ou na testa do cliente), e por final bate a

mão direita aberta, na mão esquerda (que deve estar fechada), dizendo:

AKINSALE x3 | (Primeiro nome espiritual da Terra)


ETI GURE x3 | (Segundo nome espiritual da Terra)

ILE MO PE x3 | (Terceiro nome espiritual da Terra)


ORISA MO PE x3 | (Invocando o ORISA)

Página 33
A Bússola do Obi

1. Jogar o Obi

1. Depois de invocar, o Obi é divido e colocado dois gomos em cada mão.

2. Se tiver alguém presente na consulta, é mostrada as mãos para que quem estiver

olhando fale NHOM NHOM.

3. Depois junta-se às mãos, em um golpe rápido, lançando-os no chão, em um

pano, prato ou OPON IFA interpretando-se as caídas como descrito abaixo.

Página 34
A Bússola do Obi

Destino do Obi
Dependendo de como se está fazendo o Jogo (tipo 2 e 3), o Orisa ou Ancestral pode pedir que

alguma coisa seja feita, ou seja, um ebo, bibo ou ipese. Neste momento é crucial explorar o

conhecimento e a intuição para entender que oferenda pode ser dada ao Orisa. Em alguns

casos, o próprio Obi pode ser a oferenda.

Após o término do Jogo, quando o Orisa falar tudo aqui que o cliente ou você mesmo gostaria

de esclarecer, é chegada a hora de entender qual será o destino que este Obi será levado.

Muito caminhos podem ser encontrados, abaixo seguem alguns caminhos sugeridos em

ordem:

1. O próprio Orisa quer o Obi;

2. O Obi deve ser dado a Esu;

3. O Obi deve ir para rua;

4. O Obi deve ser enterrado;

5. O Obi deve ser passado no corpo e levado para rua;

Até mesmo os caminhos precisam ser perguntados, lembre-se, o Obi foi sacrificado para que

o Orisa falasse. Por tanto, pergunte o que deve ser feito com ele. Inclusive, outras perguntas

que devem ser feitas, são:

1. Pode ser em cima do Orisa, pode ser na frente, atrás, do lado direito, esquerdo;

2. Pode ser quebrado ou inteiro;

3. Pode ser passado no corpo todo, em alguma parte específica;


4. Pode ter que comer gomos, ou pedaços dos gomos.

Página 35
Obi, o Primeiro Oráculo
de Olodumare
Este e-book foi desenvolvido com o objetivo de ser uma bússola, é parte do
curso, "Obi, o Primeiro Oráculo de Olodumare" desenvolvido pelo Bábálawo
Ifátokun, Felipe Chaves.

No curso, Bábálawo Ifátokun passa pelos


tópicos citados aqui, além de reflexões e
detalhes de como realizar os rituais aqui
descritos.

Para maiores informações, entre em contato


pelo site https://ileaseifatokun.com.br, onde
lá teremos um post com detalhes do curso,
além de como participar.

Aboru aboye o
Bábálawo Ifátokun