Você está na página 1de 4

CIÊNCIAS HUMANAS

E SUAS TECNOLOGIAS
Frente: Atualidades
EAD – ATUALIDADES
Professor(a): Adriano Bezerra

AULA 08

Assunto: Crise na Venezuela

Em 2016 a crise alcançou proporções inacreditáveis, com a


inflação de 800% enquanto a economia recuou 18,6 por cento, em
Resumo Teórico que, segundo previsões do FMI, em 2017 a inflação poderia atingir a
impressionante marca de 2200%. O país sofre com a falta de produtos
e serviços básicos como alimentos, água e energia elétrica. A violência
Crise na Venezuela disparou, fazendo da capital Caracas a cidade mais violenta do mundo.
A associação médica do país denuncia um “holocausto da saúde”
devido à escassez de medicamentos e materiais hospitalares. Cidades
Fernanda LeMarie/Cancillería del Ecuador CC BY-SA 2.0/Wikimedia Foundation

brasileiras situadas na fronteira com a Venezuela decretaram estado


de calamidade, uma vez que aumentou enormemente a procura por
atendimento médico, gerando uma superlotação dos órgãos públicos.
Diante desse caos, a oposição ao governo de Nicolás Maduro,
conquistou a maioria na Assembleia Nacional, com dois terços do
Congresso, e apresentou 1,85 milhão de assinaturas ao Conselho
Nacional Eleitoral (CNE) pedindo a convocação de um referendo
revogatório contra o presidente, referendo esse que não pode ser
realizado devido a declaração de estado de emergência econômica
decretado por Maduro.
Diante desse impasse, entre governo e oposição, a cúpula
do Mercosul resolveu pela suspensão por tempo indeterminado da
Venezuela como membro efetivo do bloco.

Exercícios
A Venezuela sofre de um processo denominado de a maldição
do petróleo, ou mal holandês, na qual a extrema dependência
econômica em relação ao petróleo, aliada a equívocos governamentais,
são apontados como as principais razões da maior crise de toda a 01. Desde a morte de Hugo Chávez, em 2013, as tensões entre o
história desse país vizinho. O petróleo manteve, durante um longo governo de Nicolás Maduro e a oposição se intensificaram e
período, um valor de comercialização elevado, em torno de 120 dólares o atual presidente está em dificuldade para dar continuidade
às políticas do “socialismo bolivariano” de seu antecessor.
o barril e as significativas reservas de combustível fóssil, as maiores do
Assinale a opção que identifica corretamente um fator que vem
mundo, propiciaram ao governo venezuelano ampliar a participação
agravando a recente crise política e econômica da Venezuela.
do estado na economia com a aquisição de empresas e aumentar os
A) A queda nas exportações de petróleo, em função do avanço
investimentos sociais por meio das missões bolivarianas. A drástica
da demanda por fontes de energias renováveis no mercado
redução do preço do barril de petróleo fez com que a economia
internacional.
entrasse em colapso.
B) O desabastecimento crônico, causado pela política de
privatização dos setores básicos de produção e distribuição de
ZiaLater CC BY-SA 3.0/Wikimedia Foundation

alimentos e insumos.
C) O intervencionismo norte-americano, responsável pela
instalação de bases militares no país e pelo patrulhamento do
Pacífico pela quarta frota dos Estados Unidos.
D) A expulsão da Venezuela da Organização dos Estados
Americanos (OEA) em razão de seu apoio ao regime de Cuba
e Honduras.
E) A perda da maioria no Legislativo, por parte das forças chavistas
nas eleições de dezembro de 2015, o que aprofundou o
impasse entre a oposição e o governo de Maduro.

F B O NLINE.COM.BR OSG.: 123743/18

//////////////////
Módulo de Estudo

02. Leia o texto a seguir.

UNASUL PEDE QUE EUA REVOGUEM DECRETO


QUE IMPÔS NOVAS SANSÕES À VENEZUELA

A Unasul (União de Nações Sul-Americanas) condenou o decreto do governo dos Estados Unidos, que determinou a aplicação de
novas sanções e sete altos funcionários venezuelanos, acusados de violação de direitos humanos. No comunicado, a Unasul diz que as
novas medidas anti-Venezuela do governo Obama constituem “uma ameaça de ingerência à soberania e ao princípio de não intervenção
nos assuntos internos de outros Estados”.

Assinale a alternativa correta.


A) A Venezuela cortou relações diplomáticas com os Estados Unidos recentemente, razão pela qual o governo norte-
-americano tomou medidas preventivas.
B) A Venezuela vive uma ditadura desde a morte do ex-presidente Hugo Chávez e isso preocupa o governo estadunidense, principal
defensor da democracia americana.
C) A Unasul entende que os governos americanos são soberanos e medidas como as adotadas pelos Estados Unidos devem ser permitidas
para aliviar as tensões.
D) A Unasul adverte para a possibilidade de medida estadunidense ser considerada ingerência sobre país venezuelano.
E) O Brasil concorda com o governo dos Estados Unidos e entende que a ditadura venezuelana deve ser combatida.

03. Leia o texto a seguir.

RÚSSIA INTEGRA TREINO MILITAR NA VENEZUELA

Uma equipe militar da Rússia acompanhou no fim de semana os exercícios militares realizados na Venezuela. Segundo o ministro
de Defesa venezuelano, Vladimir Padrinho López, os russos têm uma participação técnica nos treinos como parte de uma cooperação
entre os dois países.

Assinale a alternativa correta.


A) A presença da Rússia no apoio à Venezuela na América do Sul pode ser entendida como um sinal de retorno à Guerra Fria.
B) Os exercícios militares venezuelanos são rotineiros e não devem ser encarados como afronta aos Estados Unidos.
C) Os Estados Unidos são os mais poderosos na América e tem razão em se preocupar com os destinos ditatoriais na Venezuela.
D) Os países sul-americanos discordam da postura ditatorial da Venezuela nos últimos anos, razão pela qual apoiam a postura estadunidense.
E) A estabilidade democrática na Venezuela é uma realidade, sendo que as notícias recentes nada são além de intensa oposição da imprensa
latina.

04. Em relação aos Países Andinos, assinale a alternativa incorreta.


A) A exploração de recursos minerais constitui a principal atividade econômica dos Países Andinos.
B) A Venezuela é um dos grandes produtores e exportadores mundiais de petróleo.
C) Dentre os produtos agrícola de exportação, destacam-se: o café, o cacau, a banana e o algodão.
D) A falta de saída para o mar é um dos grandes problemas do Peru.
E) A presença dos Andes provoca a existência de paisagens diferentes das que encontramos em outras regiões do Mundo Tropical.

05. A crise venezuelana intensificou-se no início de fevereiro de 2014. Os protestos, especialmente nos bairros de classe média alta, começaram
pela insegurança pública e derivaram para a economia pelos 56,3% de inflação anual e pelo desabastecimento de quase um terço dos
produtos básicos. Em relação à posição oficial do governo brasileiro, é correto afirmar que
A) se acredita ser mais eficaz a manifestação coletiva dos países dos blocos regionais, como a Unasul, e defende-se o respeito às regras
constitucionais em vigor na Venezuela.
B) se defende a mesma posição dos países da OEA, isto é, o envio de observadores para avaliar a situação da Venezuela.
C) se apoia intervenção de uma missão internacional, liderada pelos países que compõem a União Europeia.
D) se defende a deposição do governo do Presidente Maduro e o estabelecimento de um novo governo de conciliação nacional.
E) se apoia a solução proposta pelo governo dos Estados Unidos, isto é, isolar o governo de Maduro enquanto este não respeitar os direitos
humanos.

F B O NLINE.COM.BR 2 OSG.: 123743/18

//////////////////
Módulo de Estudo

06. No mundo contemporâneo, as reservas energéticas tornam-se estratégicas para muitos países no cenário internacional.
Os gráficos apresentados mostram os dez países com as maiores reservas de petróleo e gás natural em reservas comprovadas até janeiro
de 2008.

As reservas venezuelanas figuram em ambas as classificações porque


A) a Venezuela já está integrada ao Mercosul.
B) são reservas comprovadas, mas ainda inexploradas.
C) podem ser exploradas sem causarem alterações ambientais.
D) já estão comprometidas com o setor industrial interno daquele país.
E) a Venezuela é uma grande potência energética mundial.

07.

Yves Lacoste, Geopolítica: la larga história del presente.


Madrid: Editorial Sintesis, 2008. (Adaptado)

Considerando a geopolítica do petróleo e os dados da figura anterior, em que se observam os grandes fluxos de importação e exportação
desse recurso energético de origem mineral, pode-se afirmar que
A) a porção do globo que mais importa petróleo é o Oriente Médio, região carente desse recurso.
B) o Japão consome petróleo principalmente da Rússia, em função da proximidade geográfica.
C) a Europa é importante exportadora de petróleo em função da grande quantidade de países produtores.
D) a Venezuela é um importante exportador de petróleo para os EUA.
E) a Venezuela é uma grande potencia global de gás e petróleo.

OSG.: 123743/18
3 F B O N L I NE .C O M . B R
//////////////////
Módulo de Estudo

08. Dos movimentos ligados às lutas sociais na América Latina, um 03. O apoio dos russos ao governo de Nicolas Maduro é entendido
deles se projetou na América do Sul, a partir dos anos de 1980, por alguns analistas como o retorno à Guerra Fria, pois o atual
quando passou a cunhar discursos libertadores, nacionalistas e governo venezuelano sofre oposição dos EUA.
emancipatórios na região, originados nos ideais liberais e anti-
-imperialistas do início do século XIX. Resposta: A

Tal movimento vem se espalhando, na atualidade, nos países 04. A porção oeste do território peruano é banhada pelo oceano
sul-americanos, consolidando-se como uma importante força Pacífico.
geopolítica continental chamada
A) Maoísmo. Resposta: D
B) Castrismo.
C) Laoísmo.
D) Senderismo.
E) Bolivarianismo. 05. Muitos países condenaram a posição tomada pelo governo de
Nicolas Maduro, o que o levou a romper com a OEA (Organização
09. A partir da classificação anterior proposta, os aspectos que marcam dos Estados Americanos).
o estilo dos novos caudilhos na América Latina são
A) liberalismo e tolerância da violência urbana. Resposta: B
B) capitalismo e ênfase na gestão eficiente da economia.
C) nacionalismo e redução de investimentos em obras públicas. 06. A Venezuela está entre os dez maiores países produtores de
D) neopopulismo e não alinhamento à internacionalização petróleo e gás natural do mundo, emergindo como uma potência
econômica. energética. Sendo participante da OPEP (Organização dos Países
Produtores de Petróleo), torna-se um ator importante no cenário
10. O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, voltou ontem a mundial.
concentrar a atenção internacional ao tornar-se o primeiro chefe
de Estado a fazer uma visita oficial ao Iraque desde o fim da Guerra Resposta: E
do Golfo, em 1991. A viagem faz parte de seu tour pelos países
membros da OPEP (...) 07. Como podemos perceber por meio da imagem fornecida pela
O Estado de São Paulo, 11 ago. 2000. questão, a Venezuela é uma grande potência global de gás
e petróleo, sendo atualmente o maior detentor de reservas
A visita do presidente venezuelano justifica-se petrolíferas e sétimo maior exportador global.
A) pela necessidade de obter apoio interno, uma vez que
sua eleição é contestada por vários grupos de oposição Resposta: E
venezuelanos.
B) pelo fato da Venezuela ser membro da OPEP e o 3º maior 08. Bolivarianismo é um conjunto de doutrinas políticas que vigora em
exportador mundial de petróleo e temer um aumento da partes da América do Sul, especialmente na Venezuela. O termo
produção e consequente queda de preços do produto. bolivarianismo provém do general venezuelano do século XIX
C) pela necessidade de conseguir importar petróleo a preços Simón Bolívar, libertador que liderou a luta pela independência
subsidiados, aliviando a pressão inflacionária na Venezuela. em grande parte da América do Sul.
D) para tentar reduzir os preços internacionais do petróleo,
favorecendo as exportações venezuelanas do produto, Resposta: E
principalmente para os EUA.
E) para se antepor ao isolamento da Venezuela junto à 09. A imagem fornecida pela questão faz referência a alguns
comunidade internacional, que questiona a lisura da eleição dos grandes nomes políticos da América Latina, que podem
de Chávez. ser classificados como neopopulistas e não alinhados à
internacionalização econômica, pois defendem um sistemas de
âmbito social.
Resoluções
Resposta: D
01. Nas eleições parlamentares de 2015, a oposição ganhou maioria
10. A Venezuela é uma grande potência global de gás e petróleo,
no Parlamento – representada pela Mesa da Unidade Democrática
sendo atualmente a maior detentora de reservas petrolíferas e
(MUD) –, em detrimento da representação do partido chavista
sétima maior exportadora global.
– Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV). Essa derrota
aprofundou a crise, que culminou na decisão de Maduro de
Resposta: B
convocar nova Constituinte, a fim de minar a influência dos
opositores no cenário político do país.
Resposta: E

02. A Unasul reconhece a soberania da Venezuela e vê com


desconfiança a interferência dos Estados Unidos na
autodeterminação dos venezuelanos.
SUPERVISOR/DIRETOR: MARCELO PENA – AUTOR: ADRIANO BEZERRA
Resposta: D DIG.: Zilmar – REV.: ALEXSANDRA

F B O NLINE.COM.BR 4 OSG.: 123743/18

//////////////////

Você também pode gostar