Você está na página 1de 1004

Manual Retail

MANUAL SAGE RETAIL


Manual Retail
Manual Retail

Ajuda ................................................................................................................................................. 19
A ajuda .................................................................................................................................... 19
Condições de utilização ........................................................................................................... 19
Características gerais da aplicação ......................................................................................... 19
Objectivos gerais da aplicação ................................................................................................ 20
Elementos comuns da aplicação ...................................................................................................... 22
Elementos comuns da aplicação ............................................................................................. 22
Navegação no sistema ............................................................................................................ 22
Navegação no sistema ................................................................................................... 22
Rato ................................................................................................................................ 22
Teclas de função / ícones .............................................................................................. 22
Organização das imagens ....................................................................................................... 22
Organização das imagens .............................................................................................. 22
Menus ............................................................................................................................. 23
Dash board ..................................................................................................................... 29
Janelas ........................................................................................................................... 33
Ícones ............................................................................................................................. 35
Entrada na aplicação ............................................................................................................... 36
Saída da aplicação .................................................................................................................. 39
Manutenção e acesso a tabelas .............................................................................................. 39
Listagens e Relatórios ............................................................................................................. 41
Configuração .................................................................................................................. 42
Configuração base................................................................................................................... 44
Licenciamento ................................................................................................................ 44
Base de dados ............................................................................................................... 44
Cópias de segurança ..................................................................................................... 44
Documentos............................................................................................................................. 45
Documentos ................................................................................................................... 45
Formato A4 ..................................................................................................................... 45
Formato talão ................................................................................................................. 47
Tabelas ............................................................................................................................................. 49
Tabelas .................................................................................................................................... 49
Clientes .................................................................................................................................... 49
Geral ............................................................................................................................... 50
Outros dados .................................................................................................................. 52
Moradas ......................................................................................................................... 53
Contactos ....................................................................................................................... 54
Contas ............................................................................................................................ 55
Avenças .......................................................................................................................... 55
Encomendas .................................................................................................................. 56
Contratos ........................................................................................................................ 57
Fornecedores........................................................................................................................... 57
Geral ............................................................................................................................... 58
Outros dados .................................................................................................................. 60
Moradas ......................................................................................................................... 61
Contactos ....................................................................................................................... 61
Contas ............................................................................................................................ 62
Encomendas .................................................................................................................. 63
Vendedores ............................................................................................................................. 63
Geral ............................................................................................................................... 64
Manual Retail

Outros campos ............................................................................................................... 65


Comissões ...................................................................................................................... 65
Permissões ..................................................................................................................... 66
Artigos ..................................................................................................................................... 66
Barra de opções Extras .................................................................................................. 67
Dados ............................................................................................................................. 68
Stocks ............................................................................................................................. 71
Equivalentes ................................................................................................................... 72
Cor/Tam ......................................................................................................................... 72
Compostos ..................................................................................................................... 73
Forn. ............................................................................................................................... 74
Especial .......................................................................................................................... 76
Pescado ......................................................................................................................... 77
Contabilidade ................................................................................................................. 78
Preços ............................................................................................................................ 78
Campos definíveis .......................................................................................................... 78
Embalagens retornáveis .......................................................................................................... 79
Devolução de embalagens retornáveis .......................................................................... 80
IVA .................................................................................................................................. 82
Linhas gravadas/impressas no final do documento ....................................................... 82
Dias para devolução ....................................................................................................... 82
Conta corrente ................................................................................................................ 83
Impressão ....................................................................................................................... 87
Relatórios ....................................................................................................................... 87
Condições de pagamento ........................................................................................................ 88
Tipos de Pagamento ...................................................................................................... 88
Modalidades de Pagamento ........................................................................................... 89
Descontos de Pagamento .............................................................................................. 93
Planeamento de descontos/preços/ofertas .................................................................... 95
Pontos/Talão Desconto ................................................................................................ 101
Tabelas de artigos ................................................................................................................. 103
Famílias ........................................................................................................................ 103
Armazém ...................................................................................................................... 105
Propriedades ................................................................................................................ 107
Conjuntos ..................................................................................................................... 109
Tamanhos .................................................................................................................... 110
Cores ............................................................................................................................ 111
Grupos de compra ........................................................................................................ 112
Grupos de venda .......................................................................................................... 112
Terceiros/Contas ................................................................................................................... 113
Outros Devedores/Credores ........................................................................................ 113
Bancos ......................................................................................................................... 116
Caixas .......................................................................................................................... 121
Vendedores .................................................................................................................. 124
Clientes ........................................................................................................................ 131
Tabelas de movimentação..................................................................................................... 138
Comentários Extra ........................................................................................................ 138
Motivos de alteração / anulação ................................................................................... 139
Tabelas gerais ....................................................................................................................... 139
Moeda .......................................................................................................................... 139
Zonas / Países ............................................................................................................. 141
Manual Retail

Cargas / Descargas ...................................................................................................... 143


Transportes .................................................................................................................. 144
Delegações .................................................................................................................. 145
Intrastat .................................................................................................................................. 147
Nomenclatura ............................................................................................................... 147
Modos de Transporte ................................................................................................... 148
Condições de Entrega .................................................................................................. 148
Naturezas de transacção ............................................................................................. 149
Portos ........................................................................................................................... 150
Regiões ........................................................................................................................ 151
Movimentação................................................................................................................................. 152
Movimentação ....................................................................................................................... 152
Como emitir um novo documento .......................................................................................... 153
Como editar um documento existente ................................................................................... 155
Documentos de Venda .......................................................................................................... 155
Documentos de Venda ................................................................................................. 155
Registo de documento de venda .................................................................................. 157
Conversão de Documentos .......................................................................................... 179
Impressão de documentos ........................................................................................... 185
Recibos ........................................................................................................................ 186
Debitar avenças de clientes ......................................................................................... 194
Desconto de pontos ..................................................................................................... 196
Estados de documentos de venda ............................................................................... 200
Facturação de franquias ............................................................................................... 202
Documentos de Compra ........................................................................................................ 210
Documentos de Compra .............................................................................................. 210
Registo de documentos de compra .............................................................................. 212
Conversão de documentos .......................................................................................... 222
Impressão de documentos ........................................................................................... 222
Avisos de Lançamento ................................................................................................. 224
Recibo do fornecedor ................................................................................................... 232
Estados de documentos de compra ............................................................................. 238
Documentos de Contas Correntes ........................................................................................ 238
Documentos de contas correntes ................................................................................. 238
Contas Correntes de Clientes ...................................................................................... 238
Contas Correntes de Fornecedores ............................................................................. 240
Contas Correntes Outros Devedores/Credores ........................................................... 242
Contas Correntes de Vendedores ................................................................................ 244
Documentos de C/C - Banco ........................................................................................ 255
Documentos de C/C - Notas de Lançamento ............................................................... 257
Documentos de Stock............................................................................................................ 259
Documentos de Stock .................................................................................................. 259
Rastreabilidade por artigo ............................................................................................ 262
Operações com artigos ................................................................................................ 264
Movimentos de tesouraria ..................................................................................................... 276
Operações com Títulos ................................................................................................ 276
Recibos ........................................................................................................................ 299
Avisos de Lançamento ................................................................................................. 303
Pagamento a vendedores ............................................................................................ 307
Pagamento a Outros Devedores/Credores .................................................................. 310
Transferência Bancária / Suporte Magnético ............................................................... 313
Manual Retail

Impressão de cheques ................................................................................................. 315


Documentos de Caixa .................................................................................................. 322
Operações de caixa ..................................................................................................... 324
Operações de caixa ............................................................................................................... 340
Operações de Caixa ..................................................................................................... 340
Documentos de Caixa .................................................................................................. 340
Fecho/Consulta de caixa .............................................................................................. 342
Fecho/Consulta de caixa .............................................................................................. 345
Fecho/Consulta geral de caixas ................................................................................... 348
Fecho/Consulta geral de caixas ................................................................................... 351
Configurações ................................................................................................................................. 354
Parâmetros ............................................................................................................................ 354
Configuração de Postos ........................................................................................................ 368
Configurações Gerais ............................................................................................................ 381
1 - Imprime «Totais por Documento» nos talões de fecho ........................................... 381
2 - Imprime «Caixa por Pagamento» nos talões de fecho ........................................... 382
3 - Imprime «Vendas por Vendedor» nos talões de fecho ........................................... 382
4 - Imprime «Vendas por Família» nos talões de fecho ............................................... 383
5 - Imprime «Vendas por Artigo» nos talões de fecho ................................................. 383
6 - Imprime «Diário de Vendas» a balcão nos talões de fecho .................................... 384
7 - Imprime «IVA por Documento» nos talões de fecho ............................................... 385
8 - Imprime «IVA Total» nos talões de fecho ............................................................... 385
9 - (Especifico) Imprime «Vendas por Família» de 1º Nível em talões de fecho,
apresentando valor e percentagens ............................................................................. 386
10. Desactiva a Moeda alternativa nos documentos Vendas/Compras ..................... 386
11. Envia um e-mail para o endereço especificado na ficha de Cliente/Fornecedor após
emitir um documento .................................................................................................... 387
12. TALÕES - Aproveita papel ................................................................................... 388
13. Imprime «Valor Descontos» nos talões de fecho ................................................. 389
14. Grava Log de utilização BACK-OFFICE............................................................... 389
15. Calcula Check Digit nos Códigos de Barras......................................................... 390
16. TOUCH - Mantém no ecrã o total da última venda .............................................. 390
17. Ao imprimir documentos A4 agrupa produtos com a mesma refª, preço, desconto,
armazém e impostos, separando as quantidades dos produtos com cores e tamanhos390
18. Ao imprimir documentos A4 agrupa os produtos com mesma referência, preço,
desconto e taxa de IVA ................................................................................................ 391
19. Grava Log de operações POS (Ficheiro POS.LOG) ............................................ 391
21. Mostra os produtos descontinuados nas pesquisas rápidas e listagem de produtos
..................................................................................................................................... 391
22. Ao imprimir documentos de Venda/Compra, carrega produto a produto a informação
dos campos extra ......................................................................................................... 391
23. Ao imprimir documentos de Venda/Compra, carrega produto a produto os vários
preços de venda ........................................................................................................... 392
24. Nos documentos de venda configurados para registar em caixa, quando o
documento for terminado a crédito abre a gaveta ........................................................ 392
27. Ao processar avenças a data de vencimento é calculada com base na data da
avença, em vez da data de emissão do documento (aplicada apenas se o tipo de
pagamento não for imediato) ....................................................................................... 392
28. Usar nas Compras como preço de custo, o preço de venda da edição ............... 392
29. Permite movimentar com stock negativo produtos do tipo edição ....................... 392
30. Actualiza produto com o fornecedor do último documento de compra ................ 392
Manual Retail

31. Controlo de criação/indicação de clientes/fornecedores nos intervalos indicados nos


parâmetros ................................................................................................................... 393
32. A moeda usada para o troco é a mesma que a do documento ............................ 393
33. Ao imprimir documentos de Venda/Compra, carrega produto a produto os campos
principais da ficha ......................................................................................................... 393
34. Nas vendas solicita o preço do produto, quando o valor deste é zero ................. 393
35. Nas compras permite registar produtos, que não pertencem ao mesmo fornecedor
indicado no cabeçalho .................................................................................................. 394
36. Nas vendas, não aplica o desconto de linha do cliente, quando o produto tem uma
promoção associada .................................................................................................... 394
37. Ao imprimir um talão onde foi usada uma modalidade de reembolso, reimprime os
talões de reembolso utilizados. .................................................................................... 394
38. Abre a Gaveta só nas modalidades c/ troco ........................................................ 394
39. Ao alterar o preço de venda dos produtos, altera o preço de venda definido para os
mesmos nas avenças com base no PVP1 ................................................................... 394
40. Imprime «Existências de produtos das famílias seleccionadas» nos talões de fecho
..................................................................................................................................... 394
41. Imprime «Produtos em promoção» nos talões de fecho ...................................... 395
42. Imprime «Detalhes dos documentos anulados» nos talões de fecho .................. 395
43. Imprime «Detalhes de todas as vendas» nos talões de fecho ............................. 396
44. Imprime «Produtos devolvidos» nos talões de fecho ........................................... 396
45. Imprime «Aberturas de gaveta sem venda» nos talões de fecho ........................ 397
46. Quando utilizada a modalidade de pagamento «Talão de Desconto» não é emitido
novo vale de desconto com base nessa venda ........................................................... 397
47. Ao registar verifica se a refª indicada já existe no documento ............................. 397
48. Ao movimentar, mostra componentes de produtos do tipo «Composto»............. 398
49. Imprime componentes de produtos do tipo «Composto» ..................................... 398
50. Ao imprimir documentos de Venda/Compra, carrega para o cliente/fornecedor a
informação dos campos extra ...................................................................................... 398
51. O valor dos portes e repartição de custos um documentos de compra, afecta o preço
de custo do produto ...................................................................................................... 399
52. No POS pede password aleatória, quando a função ou botão esteja configurado com
password ...................................................................................................................... 399
53. Imprime «Vendas na rota» nos talões de fecho ................................................... 399
54. Ao registar se a refª indicada já existe no documento não pergunta para agrupar400
55. Ao imprimir documentos, agrupa as quantidades de produtos com cor e tamanho por
referência ..................................................................................................................... 400
56. Imprime «lista de cheques recebidos» nos talões de fecho ................................. 401
57. Ao gravar novos documentos de compra que actualizem o preço de custo último
apresenta ecrã de alteração de preços ........................................................................ 401
58. Imprime «Numeração documentos emitidos» nos talões de fecho ...................... 401
60. Alterar preços das linhas já registadas ao indicar cliente..................................... 402
61. Não mostrar os clientes / fornecedores inactivos nas pesquisas rápidas ............ 402
62. Enquanto movimenta mostra total sem IVA nos documentos de vendas /compras402
63. Carrega todos os dados do cliente /fornecedor na impressão de documentos .... 403
64. Imprimir 2ª via de vendas finalizadas com FCREDITO ......................................... 403
65. Verificar alteração de agrupamento de impostos na compra ................................ 403
66. Nos Front-Office usa wizard simplificado para as funções de fecho / consulta de caixa
..................................................................................................................................... 403
67. Imprime "Totais por Terminal" nos talões de fecho ............................................... 403
68. Envia para Balanças de secção a referência do artigo como código de PLU ....... 404
Manual Retail

Configuração Rápida ............................................................................................................. 405


Modo de funcionamento ............................................................................................... 406
Relatórios Personalizados ..................................................................................................... 406
Tabelas de hardware ............................................................................................................. 408
Impressoras de talões (modo directo) .......................................................................... 408
Impressoras de talões (driver Windows) ...................................................................... 409
Leitores de Código de Barras ....................................................................................... 411
Visores de Cliente ........................................................................................................ 412
Gavetas de Dinheiro ..................................................................................................... 413
Terminais Portáteis ...................................................................................................... 414
Balanças Electrónicas .................................................................................................. 417
Biometria ...................................................................................................................... 418
Vídeo Vigilância ............................................................................................................ 419
Terminais Consulta de Preços ..................................................................................... 419
Leitores de Banda Magnética ....................................................................................... 420
Leitores iButton ............................................................................................................ 421
Configuração de documentos ................................................................................................ 422
Configuração de documentos ...................................................................................... 422
Configuração de Séries de Documentos ...................................................................... 422
Tabela de documentos ................................................................................................. 426
Configuração de Numeração de Documentos ............................................................. 432
Descritivos .................................................................................................................... 434
Configuração de campos de movimentação ................................................................ 435
Estados de documento ................................................................................................. 437
Transições de estado de documento ........................................................................... 438
Desenho de documentos ............................................................................................. 444
Configuração de Teclas ......................................................................................................... 491
Configuração de Teclas ............................................................................................... 491
Impostos ................................................................................................................................ 494
Agrupamento de Impostos ........................................................................................... 494
Definições de Impostos ................................................................................................ 496
Taxas por Imposto ........................................................................................................ 498
Impostos por Entidade ................................................................................................. 500
Imposto de selo ............................................................................................................ 501
Campos extra ........................................................................................................................ 502
Linha de preços ..................................................................................................................... 503
Unidades de medida .............................................................................................................. 504
Códigos de contas bancárias ................................................................................................ 505
Tipos de conta ....................................................................................................................... 506
Utilitários ......................................................................................................................................... 508
Verificar se existem avenças ao iniciar.................................................................................. 508
Imprimir etiquetas .................................................................................................................. 508
Detalhes de documentos .............................................................................................. 508
Movimentos de stock .................................................................................................... 509
Artigos com preços alterados num intervalo de datas ................................................. 509
Artigos criados num intervalo de datas ........................................................................ 509
Existência em stock ...................................................................................................... 510
Preços temporários ...................................................................................................... 510
Descontos/Ofertas por artigo ....................................................................................... 510
Nenhum critério ............................................................................................................ 511
Preencher cheques................................................................................................................ 511
Manual Retail

Actualizar base de dados offline ............................................................................................ 512


Ligação à contabilidade ......................................................................................................... 512
Ligação à contabilidade ................................................................................................ 512
Configuração de Contas ............................................................................................... 512
Contas de grupos por omissão .................................................................................... 521
Exportação de documentos .......................................................................................... 521
Gerador de Contra-Senhas ................................................................................................... 522
Eliminar edições .................................................................................................................... 523
Recalcular stock baseado nos Movimentos de Stock ........................................................... 523
Mensagens ao utilizador ........................................................................................................ 524
Enviar ........................................................................................................................... 524
Recebidas .................................................................................................................... 525
Enviadas ....................................................................................................................... 525
Agenda por utilizador ............................................................................................................. 525
Calculadora............................................................................................................................ 529
SMS ....................................................................................................................................... 530
SMS .............................................................................................................................. 530
Parametrização do SMS .............................................................................................. 530
Como enviar mensagens? ........................................................................................... 541
Como consultar as mensagens enviadas e por enviar?............................................... 560
Perguntas e respostas ................................................................................................. 562
Alteração de impostos ........................................................................................................... 562
Sistema ........................................................................................................................................... 564
Seguranças............................................................................................................................ 564
Compactar base de dados..................................................................................................... 565
SAFT Global .......................................................................................................................... 565
Exportação SAF-T (PT) ................................................................................................ 565
Analisador SAF-T (PT) ................................................................................................. 567
Exportação SAF-T (PT) Autofacturação ....................................................................... 568
Check-up SAF-T(PT) simplificado ......................................................................................... 570
Diagnóstico SAF-T (PT) ............................................................................................... 570
Exportação SAF-T (PT) Simplificado............................................................................ 572
Analisador SAF-T (PT) ................................................................................................. 573
Consulta de documentos no SAF-T(PT) ...................................................................... 574
Gestor de SAFT (PT) simplificados .............................................................................. 575
Formação em SAF-T (PT) Simplificado........................................................................ 576
Exportação SAF-T (PT) Simplificado Autofacturação .................................................. 576
Exportar inventário................................................................................................................. 578
Comunicação de documentos de transporte ......................................................................... 580
Listagem de código de guias com resposta da AT ................................................................ 582
Diagnóstico de assinaturas de documentos .......................................................................... 582
Mudar de utilizador ................................................................................................................ 583
Alterar palavra passe ............................................................................................................. 584
Nível de segurança de palavra passe .......................................................................... 584
Gestão de contratos........................................................................................................................ 587
Gestão de contratos .............................................................................................................. 587
Ligação à contabilidade .................................................................................................................. 596
Ligação à contabilidade ......................................................................................................... 596
Grupo de compra/venda na ficha de artigos.......................................................................... 596
Grupo de compra e grupo de venda ...................................................................................... 597
Manual Retail

Grupo de compra e grupo de venda ............................................................................ 597


Contas de Vendas ........................................................................................................ 597
Contas de Compras ..................................................................................................... 600
Contas de grupos por omissão .............................................................................................. 602
Tabela de equivalência de tipos de artigos ........................................................................... 603
Configuração de Contas ........................................................................................................ 604
Configuração de Contas ............................................................................................... 604
Campos de cabeçalho de ficheiro ................................................................................ 604
Campos de detalhe do documento .............................................................................. 605
Editor de fórmulas ........................................................................................................ 607
Mapeamento da informação da aplicação para a contabilidade através das variáveis 609
Novas fórmulas de vendas ........................................................................................... 609
Novas fórmulas de compras ......................................................................................... 610
Exportação de documentos ................................................................................................... 611
Documentos de transporte .............................................................................................................. 613
Documentos de transporte .................................................................................................... 613
Comunicação de Guias à AT ................................................................................................. 613
Dados para validação no site da AT ...................................................................................... 614
Comunicação de documento de transporte ........................................................................... 617
Comunicação de documento de transporte ................................................................. 617
Comunicação directa e imediata .................................................................................. 618
Comunicação de documentos de transporte ................................................................ 620
Falha na comunicação por WebService ................................................................................ 627
Listagem de código de guias com resposta da AT ................................................................ 630
Controlo adicionais incluídos nos documentos de transporte ............................................... 630
Controlo adicionais incluídos nos documentos de transporte ...................................... 630
Alteração de documentos já comunicados ................................................................... 630
Anulação de documentos já comunicados ................................................................... 631
Códigos AT inseridos manualmente ............................................................................ 637
Séries vazias ................................................................................................................ 638
Comunicação de documentos de transporte já emitidos e não comunicados ....................... 638
Botão para obtenção de código AT dos documentos de transporte ...................................... 640
Alterar local de descarga ....................................................................................................... 642
Séries manuais ...................................................................................................................... 643
Impressão do Código AT ....................................................................................................... 643
Alterações relacionadas com Cargas / Descargas e hora de início / fim de transporte ........ 644
Tipos de moradas nas Cargas e descargas ................................................................. 644
Pesquisa de moradas entidades nos documentos ....................................................... 646
Não impressão do local de carga/descarga e data/hora de início/fim transporte ......... 646
Assume sujeito passivo de NIF do documento for igual ao NIF da licença .................. 647
Tolerância para cálculo da data/hora de carga ............................................................ 647
Conversão de documentos .......................................................................................... 647
Avenças ........................................................................................................................ 649
Fecho de documentos na ficha de clientes e fornecedores .................................................. 649
Novas naturezas de documentos .......................................................................................... 650
Nova informação do SAF-T global......................................................................................... 651
Documento de transporte global............................................................................................ 651
Documento de transporte global .................................................................................. 651
Tipos de controlos de entrega efectiva de bens ........................................................... 653
Satisfazer documentos de transporte globais com data anterior ........................................... 657
Modo offline ........................................................................................................................... 658
Manual Retail

FAQ’s ..................................................................................................................................... 659


Comunicação do inventário de existências à AT ............................................................................ 663
Comunicação do inventário de existências à AT ................................................................... 663
Categorias de artigos............................................................................................................. 663
Documento inventário ............................................................................................................ 664
Geração do inventário ........................................................................................................... 665
Edição do documento de inventário ............................................................................. 666
Encerrar inventário ....................................................................................................... 669
GesFiliais ............................................................................................................................... 671
Exportar inventário................................................................................................................. 671
Contagem / Acerto / Inventário .............................................................................................. 673
Autofacturação ................................................................................................................................ 674
Autofacturação ...................................................................................................................... 674
Enquadramento ..................................................................................................................... 674
Parametrização da autofacturação na aplicação................................................................... 676
Alterações na emissão de documentos de compra e venda ................................................. 682
Modo Offline.................................................................................................................................... 690
Modo Offline .......................................................................................................................... 690
Configuração do modo Offline ............................................................................................... 690
Parâmetros ................................................................................................................... 690
Séries ........................................................................................................................... 690
Delegações .................................................................................................................. 691
Caixas offline ................................................................................................................ 692
Configuração de Postos ............................................................................................... 692
Sincronização da base de dados offline ....................................................................... 693
Processamento Offline .......................................................................................................... 694
Reintegração de dados.......................................................................................................... 695
Reintegração imediata ................................................................................................. 695
Reintegração via OffRecover ....................................................................................... 696
Módulo Offline em Sistemas com Terminal Services ............................................................ 697
Módulo Offline em Sistemas com Terminal Services ................................................... 697
Windows Server 2003 R2 ............................................................................................. 697
Windows Server 2008 R2 ............................................................................................. 702
Windows Server 2012 .................................................................................................. 707
Dicas ...................................................................................................................................... 711
Impressão OffLine ........................................................................................................ 712
Imputação de vendas (Obras/Veículos/Personalizada) .................................................................. 714
Imputação de vendas (Obras/Veículos/Personalizada) ......................................................... 714
Activação ............................................................................................................................... 714
Introdução de Veículos .......................................................................................................... 715
Introdução de Obras .............................................................................................................. 717
Introdução Personalizada ...................................................................................................... 719
Configurar campos de imputação a Clientes ............................................................... 719
Vendas .................................................................................................................................. 722
Consulta de Veículos ............................................................................................................. 724
Font-office .............................................................................................................................. 725
Unidades métricas .......................................................................................................................... 727
Configuração ......................................................................................................................... 727
Criação de unidades de medida/métricas ............................................................................. 727
Manual Retail

Movimentação ....................................................................................................................... 730


FAQ’s ..................................................................................................................................... 731
Unidades de medida ....................................................................................................................... 733
Unidades de medida .............................................................................................................. 733
Configuração ......................................................................................................................... 733
Criação de unidades de medida ............................................................................................ 733
Artigos ................................................................................................................................... 734
Movimentação ....................................................................................................................... 738
Layout de impressão ............................................................................................................. 743
Capacidade............................................................................................................................ 743
FAQ’s ..................................................................................................................................... 745
Regime IVA de Caixa ...................................................................................................................... 747
O que é? ................................................................................................................................ 747
Quem pode optar? ................................................................................................................. 747
Tipo de transacções abrangidas............................................................................................ 748
Séries e numeração............................................................................................................... 748
Facturas ....................................................................................................................... 748
Recibos ........................................................................................................................ 748
Parametrização do RIC na aplicação .................................................................................... 749
Ficha da empresa ......................................................................................................... 749
Séries de documentos .................................................................................................. 754
Configuração de postos - Série offline ......................................................................... 756
Ficha de cliente ............................................................................................................ 757
Indicação do documento rectificativo de factura .......................................................... 758
Impressão de documentos ........................................................................................... 759
Novas variáveis de impressão ..................................................................................... 760
Movimentação ....................................................................................................................... 762
Emissão de documentos de compra/venda ................................................................. 762
Recibos .................................................................................................................................. 765
Recibos ........................................................................................................................ 765
Emissão de recibos ...................................................................................................... 767
Avisos de lançamento............................................................................................................ 767
Títulos - Letras e cheques pré-datados ................................................................................. 770
Exportação SAFT .................................................................................................................. 771
Relatórios............................................................................................................................... 771
Ligação à contabilidade ......................................................................................................... 771
Avisos de lançamento .................................................................................................. 771
Documento rectificativo de factura ........................................................................................ 774
Documento rectificativo de factura ............................................................................... 774
Configuração dos documentos rectificativos ................................................................ 775
Registo do documento rectificativo .............................................................................. 779
Assistente de criação de documentos rectificativos ..................................................... 782
Ligação à contabilidade ................................................................................................ 786
Notas de crédito (Reembolso) ........................................................................................................ 787
Notas de crédito (Reembolso) ............................................................................................... 787
O que é? ....................................................................................................................... 787
Configuração do sistema ....................................................................................................... 787
Documento ................................................................................................................... 787
Modalidade de Pagamento .......................................................................................... 790
Layout do documento ................................................................................................... 792
Manual Retail

Fecho de Dia ................................................................................................................ 794


Movimentação ....................................................................................................................... 794
Emissão de Nota de Crédito (Reembolso) ................................................................... 794
Desconto de Nota de Crédito (Reembolso).................................................................. 796
Relatórios............................................................................................................................... 803
FAQ’s ..................................................................................................................................... 803
Pontos/Talões de desconto ............................................................................................................ 807
Pontos/Talões de desconto ................................................................................................... 807
Configuração do sistema ....................................................................................................... 807
Documento “Talão de desconto” .................................................................................. 807
Parâmetros da aplicação .............................................................................................. 810
Modalidade de Pagamento .......................................................................................... 811
Layout do documento Talão de desconto .................................................................... 812
Imprimir total de pontos por documento ....................................................................... 813
Fecho de Dia ................................................................................................................ 814
Configuração de Pontos/Talões de desconto ........................................................................ 814
Configuração de Pontos/Talões de desconto .............................................................. 814
Atribuir Regra por grupo de Cliente .............................................................................. 817
Atribuir regra por modalidade de pagamento ............................................................... 818
Exemplos de criação de regras .................................................................................... 818
Movimentação ....................................................................................................................... 820
Descontar pontos directamente ................................................................................... 820
Descontar pontos por vale ........................................................................................... 823
Desconto do talão ........................................................................................................ 824
Relatórios............................................................................................................................... 828
Pontos .......................................................................................................................... 828
Descontos .................................................................................................................... 829
FAQ’s ..................................................................................................................................... 830
Ao criar a modalidade Talão de desconto não consigo definir o documento usado como
pagamento, o campo não está activo! ......................................................................... 830
No talão de desconto é impresso "Válido em compras iguais ou superiores a 0 euros"
onde posso alterar para 5€? ........................................................................................ 830
O pagamento com talões de desconto é semelhante aos talões de reembolso? Ou seja
apenas basta indicar qual o talão no ecrã de pagamento? .......................................... 830
É possível usar mais do que um Talão de Desconto numa venda? ............................ 830
Estou a utilizar o layout PTGTalaoDesconto.TPL mas em vez de um código de barras
com o valor imprime 2 asteriscos! ................................................................................ 830
Activei a configuração 37 mas não imprime o valor já gasto e o que ainda tenho por
descontar. ..................................................................................................................... 831
Ao tentar descontar um talão de desconto surge mensagem que expirou mas foi emitido
apenas há 2 dias! Qual o prazo? ................................................................................. 831
Como posso verificar quais os talões de desconto que tenho por descontar? ............ 831
O talão de desconto afecta caixa? ............................................................................... 832
Como configurar a atribuição de pontos a clientes para valores pagos inferiores a 500€?
..................................................................................................................................... 832
Tenho configurado um sistema de pontos, em que os pontos não são atribuídos caso
exista desconto de linha ou global. Como acrescentar na regra a atribuição de pontos
mesmo que haja desconto de pontos? ........................................................................ 832
É possível que os talões de desconto apenas sejam gerados caso a data de stock seja
inferior à data do documento? ...................................................................................... 832
Manual Retail

Quando acedo à opção Pontos/Talão Desconto apenas consigo criar um planeamento de


pontos, a opção “Talão Desconto” não está activa! ..................................................... 832
É possível na configuração de atribuição de Talões de Desconto e/ou Pontos, estes
apenas serem gerados caso a data de stock do cabeçalho seja inferior a X? ............ 833
Utilizando sistema de pontos e promoções, será possível não acumular os pontos ao
cliente quando este adquirir os produtos que se encontram em promoção? ............... 833
Como posso configurar a atribuição de pontos a clientes de um determinado grupo? 833
Tenho um sistema com GesFILIAIS, onde alguns artigos dão origem a pontos mas
apenas em algumas lojas. Como devo configurar de forma a não ser assumido em todas?
..................................................................................................................................... 833
É possível atribuir pontos apenas aquando pagamento? Ou seja, ao emitir um documento
serem apenas atribuídos pontos consoante o valor de adiantamento ......................... 833
Há possibilidade de configurar a emissão de vale de desconto aquando registo da venda?
Algo tipo, por cada 10€ de compras seria emitido um vale de desconto de 1€. .......... 834
Há como colocar a zero os pontos dos clientes sem estar a anular os documentos que os
geraram? ...................................................................................................................... 834
Como posso imprimir os pontos acumulados no documento? ..................................... 834
Como posso configurar a atribuição de pontos a clientes com numeração superior a 100?
..................................................................................................................................... 834
Existe alguma forma de atribuir pontos ao cliente sem efectuar vendas? ................... 835
Posso definir pontos para um artigo mas apenas de um determinado tamanho? ....... 835
Como posso evitar que os pontos sejam arredondados? Se o cliente atinge por exemplo
40€ tem 2 pontos (1 por cada 20€) mas se apenas compra 39€ deveria ter apenas 1
ponto… ......................................................................................................................... 835
Como configurar o sistema de pontos de modo a na venda atribuir 1 ponto por cada 50€
de compras; no desconto valorizar 1 ponto como 1€ ? ................................................ 835
Os pontos de cliente podem ser descontados na venda? ........................................... 835
Os pontos de clientes podem ser “convertidos” em vales? .......................................... 835
Se o cliente quiser trocar os pontos que possui por um brinde como posso descontar os
pontos? ......................................................................................................................... 836
Como configuro os documentos que dão pontos? ....................................................... 836
Compostos ...................................................................................................................................... 837
Compostos............................................................................................................................. 837
Configuração do sistema ....................................................................................................... 839
Opção Compostos nos Parâmetros ............................................................................. 839
Configurações gerais ................................................................................................... 840
Documentos de stock ................................................................................................... 841
Artigos ................................................................................................................................... 843
Tipo Composto/Conjunto .............................................................................................. 843
Tipo Composto/Associado ........................................................................................... 845
Tipo Composto/Fabricado ............................................................................................ 846
Documentos de compra......................................................................................................... 853
Compra de compostos/associado - Preço de custo ..................................................... 853
Compra de compostos/conjuntos - Preço de custo ...................................................... 854
Compra de compostos/fabricados - Preço de custo..................................................... 854
Documentos de venda ........................................................................................................... 857
Venda de compostos/fabricados .................................................................................. 857
Venda de artigos compostos/associados ..................................................................... 857
Venda de compostos/conjuntos ................................................................................... 858
Documentos de Stock............................................................................................................ 861
Composição ................................................................................................................. 861
Manual Retail

Decomposição .............................................................................................................. 864


Conversão de Documentos ................................................................................................... 866
Definição e débito de avenças............................................................................................... 867
Importação via MSS .............................................................................................................. 868
Interface e InterfaceScheduler............................................................................................... 868
Impressão de etiquetas ......................................................................................................... 868
Layout de impressão dos documentos de Venda A4 ............................................................ 869
Outras funções ...................................................................................................................... 874
LUCRO – Lucro em vendas ......................................................................................... 874
COPIALINHAS – Importação de linhas ........................................................................ 875
ULTIMOPRECOS - Últimos preços .............................................................................. 876
IMPDT - Importação desde PDT .................................................................................. 877
DEVCONS – Consignação de artigos compostos........................................................ 878
CONVERTE – Conversão de total ou parcial de documentos ..................................... 879
MAISQNT - Adiciona quantidade a última linha registada ........................................... 880
FAQ’s ..................................................................................................................................... 880
Já activei os compostos nos Parâmetros mas na ficha de artigos o separador não fica
activo! ........................................................................................................................... 880
Ao vender um artigo Composto/Conjunto é lançado o PVP 0,00! Pretendia que o PVP
deste artigo fosse a soma dos PVP’s dos componentes! ............................................ 880
Como posso bloquear a visualização de preços de custo dos componentes no quadro dos
compostos? .................................................................................................................. 880
O stock do artigo composto não se altera à medida que o vendo! .............................. 881
Numa lavandaria, quando recebem um fato (casaco+calças) como posso configurar a
impressão de stub apenas para as calças e o casaco? ............................................... 881
Durante uma venda, é possível adicionar um componente a um artigo
composto/conjunto? ..................................................................................................... 881
Os componentes de um artigo composto não podem ser impressos? ........................ 881
Ao registar um artigo composto como posso visualizar os seus componentes? ......... 881
GesFiliais ........................................................................................................................................ 882
GesFiliais ............................................................................................................................... 882
Arquitectura e Interligação dos elementos do sistema .......................................................... 882
Comunica por Internet (via FTP) .................................................................................. 882
Comunica Manualmente .............................................................................................. 883
Comunica por E-mail (SMTP) ...................................................................................... 883
Licenciamento do GesFiliais .................................................................................................. 883
Formato dos ficheiros usados para transferência de dados entre localizações .................... 883
Transferência de dados ......................................................................................................... 884
Transferência de dados via FTP .................................................................................. 884
Transferência de dados manual ................................................................................... 885
Transferência de dados por E-mail .............................................................................. 886
Configuração da aplicação .................................................................................................... 886
Configuração da aplicação ........................................................................................... 886
Configuração da base de dados .................................................................................. 887
Configuração em cada terminal ................................................................................... 890
Considerações importantes .......................................................................................... 895
Registo do stock inicial ................................................................................................. 896
Consulta de Stock em sistemas GesFiliais .................................................................. 897
Executar o GesFiliais ............................................................................................................. 898
Comunicação ......................................................................................................................... 902
Transferência automática do GesFiliais ................................................................................ 902
Manual Retail

Visualização de stock das outras localizações (lojas) ........................................................... 904


No POS ........................................................................................................................ 904
No BackOffice .............................................................................................................. 905
Executar upgrade em sistemas com GesFiliais..................................................................... 906
FAQ’s ..................................................................................................................................... 906
Adiantamentos ................................................................................................................................ 909
Enquadramento fiscal ............................................................................................................ 909
Configurações necessárias ................................................................................................... 910
Configuração do documento de adiantamento ............................................................ 910
Documento de nota de crédito para geração automática............................................. 915
Configuração do artigo de movimentação de adiantamento ........................................ 917
Criação do Adiantamento ...................................................................................................... 918
Criação do Adiantamento ............................................................................................. 918
Particularidades dos documentos tipificados como Adiantamentos............................. 919
Desconto do adiantamento na factura ................................................................................... 922
Ecrã de selecção de adiantamentos ............................................................................ 923
Regularização de adiantamentos .......................................................................................... 927
Estado de documentos ................................................................................................................... 930
Estado de documentos .......................................................................................................... 930
O que é? ....................................................................................................................... 930
Configuração do sistema ....................................................................................................... 930
Parametrização dos estados dos documentos ............................................................ 930
Movimentação ....................................................................................................................... 937
Back Office ................................................................................................................... 937
Front Office ................................................................................................................... 939
Relatórios............................................................................................................................... 940
Estado dos documentos ............................................................................................... 940
FAQ’s ..................................................................................................................................... 942
Lavandarias .................................................................................................................................... 944
Lavandarias ........................................................................................................................... 944
Configuração ......................................................................................................................... 944
Movimentação ....................................................................................................................... 947
VERTRAB (ver trabalhos) ............................................................................................ 952
DARTRAB (entrega de trabalhos) ................................................................................ 953
Acertos / Contagens de Stock ........................................................................................................ 955
Acertos / Contagens de Stock ............................................................................................... 955
O que é? ....................................................................................................................... 955
Configuração do sistema ....................................................................................................... 955
Acerto de Stock ............................................................................................................ 955
Contagem de Stock ...................................................................................................... 956
Encerramento da contagem de stock ........................................................................... 957
Movimentação ....................................................................................................................... 958
Movimentação .............................................................................................................. 958
Acerto de Stock ............................................................................................................ 958
Contagem de Stock ...................................................................................................... 964
Técnicas de registo de artigos na contagem/acerto de stock ...................................... 970
Relatórios ..................................................................................................................... 975
FAQ’s ........................................................................................................................... 976
Avenças .......................................................................................................................................... 980
Manual Retail

Configuração ......................................................................................................................... 980


Configuração ................................................................................................................ 980
Importação / Exportação de avenças ........................................................................... 983
Alerta de avenças a processar ..................................................................................... 984
Debitar avenças ..................................................................................................................... 985
Debitar avenças ........................................................................................................... 985
Validação de limites na conversão de documentos e emissão de avenças................. 988
Data de vencimento das avenças ................................................................................ 989
Comissões ...................................................................................................................................... 990
Aplicação das comissões ...................................................................................................... 990
Documentos ................................................................................................................. 990
Vendedores .................................................................................................................. 991
Parametrização das comissões de vendedores .................................................................... 991
Parametrização das comissões de vendedores ........................................................... 991
Planeamento de comissões ......................................................................................... 992
Grupos de penalizações ............................................................................................... 997
Parametrização de Vendedores ................................................................................... 999
Processamento de comissões ............................................................................................. 1001
Pagamento das comissões aos vendedores ....................................................................... 1001
FAQ's ................................................................................................................................... 1003
www.sage.pt 18
Manual Retail

Ajuda
A ajuda
Face ao novo contexto nacional e internacional em que operam as organizações
portuguesas, contexto esse que obriga a uma permanente adaptação e modernização,
cada vez mais é necessário apostar na aquisição de novos equipamentos e novas
tecnologias, uma vez que a capacidade de resistir e competir reside cada vez mais na
potencialidade dos recursos informáticos.
Deste modo, a actualização desses recursos deverá sempre ser pensada tendo em
consideração qual o seu contributo para uma maior produtividade, consequência
directa da eficácia na implementação e utilização dos mesmos. As aplicações
informáticas só terão interesse se estiverem inseridas na estratégia da organização e
em pleno funcionamento, contribuindo de forma inequívoca para o seu
desenvolvimento.

A presente Ajuda foi elaborada com os objectivos de:


fornecer uma visão global da aplicação;
guiar o utilizador na primeira vez que utiliza a aplicação, ou quando necessita de
esclarecer dúvidas que possam surgir no processo de configuração ou de utilização da
mesma;
analisar algumas funcionalidades em detalhe, para a resolução de situações
especiais ou anomalias.

Na concepção desta ajuda existiu a preocupação de não a tornar demasiado


exaustiva, de modo que a sua leitura seja o mais agradável possível. Toda a estrutura
foi elaborada tendo sempre presente a figura do utilizador, por se considerar que é
este último aquele que irá retirar o máximo proveito da sua leitura, de modo que todos
os procedimentos possam ser explorados.

Condições de utilização
Para maior comodidade e para obter melhores resultados na exploração da aplicação,
concebemos este manual para ser consultado pelos operadores em geral e pelos
administradores do sistema informático.
Ao longo do manual os exemplos dados têm como base a empresa de demonstração,
cujo objectivo é mostrar as funcionalidades do sistema.

Convenções usadas no manual


Texto a verde ou “negrito” –Indica ficheiros, tabelas, opções de menu ou outras
secções do manual, cuja leitura deve fazer de forma a completar a informação;
Texto a verde em itálico – Refere botões, campos ou zonas das tabelas ou dos
ecrãs;
Texto a verde com o símbolo ou sublinhado – Notas e chamadas de atenção;
Texto em itálico – Exemplos das funcionalidades documentadas.

Características gerais da aplicação


Esta aplicação apresenta as características gerais das aplicações Sage:

www.sage.pt 19
Manual Retail
Facilidade de operação;
Ambiente multiposto e multitarefa, permitindo tratamentos em simultâneo em
diferentes postos;
Alto nível de qualidade de apresentação em ecrã e nos mapas impressos;
Ergonomia avançada em termos de ecrã (múltiplas janelas e menus) e listagens
(programa de configuração completo e parametrizável), proporcionando um diálogo
amigável;
Parametrização simples de todos os ficheiros mestres e tabelas de apoio;
Sistema de ajuda on-line;
Níveis de acesso parametrizáveis, permitindo assim um elevado grau de segurança.

Objectivos gerais da aplicação


A aplicação gere as relações comerciais com fornecedores e clientes, desde o orçamento à
encomenda de produtos e satisfação da mesma, permitindo um controlo das compras e
vendas.

O relacionamento entre entrada/saída, é registado de forma permanente, o que permite a


análise histórica.

Muitos dos movimentos de stock resultam de compras e vendas, envolvendo entidades


externas (clientes e fornecedores). No entanto, a aplicação dispõe ainda de funções para
controlo de inventário. Estão ainda previstos sistemas de inventariação para introdução das
contagens de stock e processamento de acertos.

O registo de cobranças/pagamentos apresenta-se numa sequência lógica, comum aos


processos financeiros e administrativos correntes.

Compras
Registo e controlo de documentos comerciais associados a fornecedores:
Encomendas a fornecedores;
Devoluções e Consignações;
Guias de entrada;
Facturas de compra / Compras a dinheiro;
Notas de débito / Notas de crédito.

Vendas
Registo e controlo de documentos comerciais associados a clientes:
Orçamentos de clientes
Encomendas de clientes;
Consignações;
Guias de saída;
Talões de desconto e reembolso;
Facturas / Facturas-simplificadas / Facturas-recibo;
Notas de débito / Notas de crédito;
Processamento de avenças de clientes.

Stocks
A manutenção do inventário permanente é um dos pilares básicos do sistema. Nela assenta
um conjunto de bases de informação essenciais:
Cadastro de artigos;
Controlo da existência física de cada um dos armazéns;
Justificação da existência através dos movimentos ocorridos;

www.sage.pt 20
Manual Retail
Valorização dos movimentos;
Exploração estatística dos movimentos.

Pagamentos a fornecedores
Carteiras de valores a pagar resultantes das actividades comerciais com fornecedores.
Gestão da conta corrente dos fornecedores;
Registo dos pagamentos;
Registo em caixa dos pagamentos;
Registo das liquidações em conta corrente bancário;
Análises diversas de conta corrente de fornecedores.

Cobranças a clientes
Carteiras de valores a pagar resultantes das actividades comerciais com clientes.
Gestão da conta corrente dos clientes;
Registo dos recebimentos;
Registo de recebimentos em caixa;
Análises diversas de conta corrente de clientes.

Contas correntes bancárias


Carteiras de c/c bancárias.
Gestão da conta corrente bancária;
Balancete;
Análise bancária diversa
Compromissos bancários;
Listagem de cheques;
Depósitos.

POS
Controlo de fechos de dia.
Encerramento e consulta de sessão;
Encerramento e consulta de dia;
Encerramento e consulta geral de dia.

Caixa
Registo e controlo de entradas e saídas de caixa.
Registo de entrada e saída de valores;
Análise de movimentos de caixa;
Análise de declarações de caixa.

www.sage.pt 21
Elementos comuns da aplicação
Elementos comuns da aplicação
O conjunto de aplicações constituem um sistema ergonómico, em termos de utilização,
visualização e organização de dados. Esta secção do manual, contém a explicação
das regras e convenções de:

Utilização de rato ou qualquer outro dispositivo apontador, do teclado e dos ícones


para navegar no sistema;
Organização de imagens e encadeamento de opções;
Manutenção e acesso a ficheiros;
Listas e listagens.

Navegação no sistema

Navegação no sistema
A eficiência do trabalho com o sistema passa pela sistematização do diálogo com o
utilizador; para o conseguir usamos regras normalizadas que tornam fácil localizar e
manipular a informação desejada. Procuramos, assim, optimizar toda a navegação
para carregamento e exploração da base de dados, com a conjugação da acção do
teclado e do rato, com as teclas de função, para além do uso normal do teclado para
digitação de dados.

Rato
A utilização de dispositivos apontadores (rato, track ball, etc...) é comum a todas as
aplicações para o sistema operativo Microsoft Windows, proporcionando ao utilizador a
selecção das opções a executar, de forma mais rápida, reduzindo ao mínimo a
necessidade de digitação no teclado.
Todos os apontadores possuem dois ou mais botões de selecção. Pressionando o
botão da esquerda é possível validar e/ou seleccionar as várias opções disponíveis
(esta é a acção mais utilizada). O botão da direita é utilizado em situações especiais.

Teclas de função / ícones


A utilização de ícones e teclas de função permitem facilitar o acesso a operações de
uso frequente, evitando o incómodo de ter de seleccionar diferentes menus, campos e
opções.

Organização das imagens

Organização das imagens


A linha de produto apresenta um sistema homogéneo em termos de utilização,
visualização e organização de dados.

Esta estrutura é composta, na parte superior do ecrã, por uma área com componente
informativa e activa com referência ao artigo. Nas aplicações de gestão e análise de
dados, logo abaixo, é apresentado um conjunto de opções de menu.

www.sage.pt 22
Manual Retail
No back-office é ainda apresentada uma barra de ícones para facilitar o
acesso às operações de uso mais frequente. Na parte central do monitor, situa-se o
dash board de acesso rápido às principais operações. Na parte superior esquerda do
monitor é apresentada informação relativa ao licenciamento da aplicação e contrato
Sage.

Menus
Menus
A linha de produto dispõe, em algumas aplicações, de um conjunto de opções
organizadas hierarquicamente a que se chama Menu, e que determina todas as
acções passíveis de serem utilizadas divididas por um ou mais níveis. Assim, dentro
de um menu pode encontrar a lista de opções, estando uma delas sempre em realce.

 Algumas opções do menu podem conter o símbolo significando que existe um sub
menu acessível com a simples deslocação do rato ou pelas tecla do cursor.
Personalização
A reconfiguração do menu e da barra de navegação lateral permite ao utilizador
acrescentar ou remover:
Atalhos para funcionalidades da aplicação, ou para funcionalidades externas (por
exemplo, executáveis);
Pastas (menus, pastas da barra de navegação lateral, grupos nas pastas da barra
lateral...) que servem para agrupar para outras pastas e atalhos;
Separadores entre pastas e/ou atalhos.

As operações que é possível efectuar sobre estes itens são:

Remover atalhos, pastas e separadores da pré-configuração que vem de base com


o artigo;
Acrescentar novos atalhos, pastas e separadores a qualquer pasta pré-configurada;

www.sage.pt 23
Manual Retail
Acrescentar novos atalhos, pastas e separadores a qualquer pasta
personalizada (criada) pelo utilizador;
Remover quaisquer atalhos, pastas e separadores anteriormente configurados pelo
utilizador;
Alterar as propriedades (nome, ícone associado...) dos atalhos e pastas
anteriormente configurados;
Repor a configuração base (original) de uma qualquer pasta anteriormente
configurada;
Repor a configuração base (original) de todo o menu ou barra de navegação.

No caso do menu principal, não é permitida a primeira destas operações. No caso da


barra de navegação lateral, todas as operações acima são permitidas, podendo o
utilizador, em última instância, modificar ou mesmo remover a barra de navegação
lateral na sua totalidade.

As operações de reposição da configuração base equivalem a remover todas as


alterações introduzidas, regressando-se ao estado inicial do artigo.
Quando se acede à personalização do menu ou da barra de navegação, entra-se num
ecrã que contém, à esquerda, a árvore com o conteúdo actual da parte do interface a
personalizar e, à direita, a lista com o conteúdo do item seleccionado nessa árvore.
Em cima apresenta-se uma barra com os comandos mais usuais (também disponíveis
em menu de contexto) e em baixo os botões para confirmar as alterações (e sair) ou
para sair (perguntando se deseja gravar as alterações entretanto efectuadas).

Note-se que todas as operações de personalização (inserir atalhos, pastas e separadores)


incidem sempre sobre o conteúdo do item actualmente seleccionado na árvore da
esquerda e que está visível na lista da direita.

Nesta lista, todos os itens personalizados (criados ou alterados) vêm indicados com a
informação Personalizado e a uma cor diferente dos restantes. Os menus de opções
são configuráveis pelo utilizador. Podem ser definidas novas pastas, novos
separadores ou atalhos – Diversos – Configurações – Personalizar Menus.

www.sage.pt 24
Manual Retail

Nova pasta

Na opção Nova pasta é possível criar um novo menu.

Nome
Nome da pasta que irá figurar no menu.

Ícone
Neste campo pode indicar um ficheiro do tipo ícone associado à pasta que está a
criar.

www.sage.pt 25
Manual Retail
Uma vez confirmada a criação da pasta, os menus auto-ajustar-se-ão para
incorporar a pasta agora criada.

Novo atalho

Na opção Novo atalho é possível criar um novo atalho para executar uma aplicação
externa ou então um atalho para uma opção de menu já existente.

Executar aplicação

Ao seleccionar esta opção, será mostrado um ecrã onde o utilizador deverá indicar a
seguinte informação:

Nome
Nome do nome do atalho que irá figurar no menu.

Ícone
Neste campo pode indicar um ficheiro do tipo ícone.

Seguidamente deverá indicar o executável e os eventuais argumentos para executar a


aplicação.

Nome
Aqui deverá indicar onde se encontra o executável (ficheiro .exe).

Argumentos
Neste campo deverá indicar os argumentos, se existirem, para executar a
aplicação.

Uma vez confirmados os dados da aplicação a executar, será criado um novo item de
menu que poderá posteriormente ser “pendurado” onde o utilizador assim pretender.

www.sage.pt 26
Manual Retail

Opção de menu

Ao seleccionar esta opção, será mostrado um ecrã onde o utilizador deverá indicar a
seguinte informação:

Nome
Nome do atalho que irá figurar no menu.

Ícone
Neste campo pode indicar um ficheiro do tipo ícone.

Seguidamente deverá indicar no campo Opção a opção de menu que pretende


clicando para isso no botão

www.sage.pt 27
Manual Retail

Uma vez criada o atalho para a aplicação ou a opção de menu, existirão duas novas
entradas na lista de opções de menu, identificadas a cor azul e com a indicação
Personalizado na coluna Informação.

www.sage.pt 28
Manual Retail
Os novos atalhos serão criados dentro do menu seleccionado.

Novo separador

Através desta opção é possível criar um separador entre opções de menu.

Remover

Através do botão Remover é possível remover os vários itens criados.


Esta opção apenas está disponível para opções de menu, atalhos e pastas criadas pelo utilizador;
os menus e opções instalados não poderão ser removidos.

Repor original

Esta opção permite-lhe, a qualquer momento, repor a configuração original da pasta


seleccionada ou de todo o menu.

Dash board
Dash board
Situado na zona central da área de trabalho do back-office, apresenta diversos painéis
dispostos em matriz.

Diagramas funcionais
Diagramas de processo organizados de forma a representar a sequência funcional
das operações que o constituem, servindo por isso também estes diagramas como
assistentes ao trabalho, permitindo o acesso rápido às principais operações da
aplicação através do simples pressionar do respectivo botão.

A cada área de trabalho poderá estar associado um diagrama funcional


diferente. Se for esse o caso, ao mudar de área de trabalho - o que é feito
seleccionando uma área diferente na barra de atalhos acoplada ao lado
esquerdo da janela principal da aplicação - é mudado também o diagrama
funcional.

Exemplo: secção Vendas:

www.sage.pt 29
Manual Retail

Notícias Sage
Notícias publicadas pela Sage em formato Rss
Os cabeçalhos das notícias permitem a evolução para o seu detalhe no site da Sage.

Indicadores de negócio
Representação gráfica sob a forma de painéis de dados obtidos da empresa de
trabalho.

As principais características e funcionalidades destes painéis são,


resumidamente:

□ possibilidade de ordenar o conteúdo das listas por uma ou mais colunas, bastando
para isso carregar no título da coluna (ou carregar em Shift + título da coluna, para
ordenar por mais do que uma coluna);
□ possibilidade de evoluir para o detalhe de qualquer campo da lista, desde que o
painel esteja configurado para isso;
□ possibilidade de consultar o detalhe de qualquer um dos pontos dos gráficos,
bastando para isso deslocar o apontador sobre o ponto desejado;
□ visualização das séries de dados, graficamente, em formato de torta, de colunas, de
linhas ou de áreas;
□ os gráficos de linhas e de áreas permitem a visualização simultânea de mais do que
uma série (conjunto) de dados.

Os painéis de informação – painéis de notícias e painéis de indicadores – obtêm os


dados num processo separado, paralelamente à aplicação, de forma a que possa ser
iniciado o trabalho ainda que os dados não estejam disponíveis.

www.sage.pt 30
Manual Retail

Durante o processo de carregamento dos dados será apresentada a informação “A


carregar...”

Uma vez obtidos os dados, serão guardados em cache. Desta forma, da primeira vez
que se entrar na aplicação, os painéis de informação terão necessariamente de ir
buscar os seus dados à origem, já que estes ainda não se encontram armazenados
em cache, mas da segunda vez esses dados já serão obtidos do cache entretanto
criado com os dados originais, sendo por isso o seu carregamento muito mais rápido.

Os caches são armazenados em locais comuns a toda a rede por isso estão disponíveis
para todos os postos do sistema, bastando a actualização dos dados ser efectuada por
um deles.

Sendo efectuado cache os dados não estão actualizados, sendo esta actualização
efectuada de x em x tempo.
Sempre que pretender, o utilizador poderá proceder à actualização manual – botão

A informação sobre a antiguidade dos dados do painel e próxima actualização está


disponível na descrição associada ao botão de actualização do painel.
Dash board - Personalização
A definição do conteúdo das áreas de trabalho e da sua associação aos temas da
barra de navegação lateral, é configurável.
Remover painéis, adicionar novos e modificar a sua ordem de apresentação, são
algumas das configurações que o utilizador poderá efectuar – Diversos –
Configurações – Personalizar Área de Trabalho.
O acesso poderá ainda ser efectuado pelo botão

www.sage.pt 31
Manual Retail

Quando se cria um novo painel, ou se edita um já existente, é apresentado um wizard


que ajudará o utilizador no processo de configuração.

De seguida deverá ser indicado o título e valores dos parâmetros...

Poderão ser ainda definidas as permissões de visualização do painel; para tal, depois
de inserido o painel, clique no botão Propriedades e de seguida no botão Seguinte.

www.sage.pt 32
Manual Retail

Janelas
Janelas
As janelas são abertas sobre o ambiente de trabalho da aplicação para carregamento
dos dados (tabelas, movimentos, etc...).

Os ecrãs são compostos por zonas facilmente identificáveis...

Título

www.sage.pt 33
Manual Retail
Identificação da informação em questão;

Tab control
Tabuladores que permitem agrupar a informação de uma forma lógica. Recorre-se
ao sistema de tabuladores quando o volume de informação a tratar o aconselhe;

Text box
Zonas delimitadas para introdução de dados;

Combobox
Caixas de selecção que permitem a escolha de uma opção da lista apresentada;

Checkbox
Caixa de verificação que permite activar ou desactivar determinada opção;

Command Button
Usados para dar instrução de execução de determinada função.
Pesquisas
Sem sair do ecrã poderão ser consultadas tabelas de apoio.

Os campos apresentados nas pesquisas são configuráveis – botão

www.sage.pt 34
Manual Retail

Poderão ser acrescentados campos da lista de Colunas Invisíveis e excluído algum


campo da pesquisa padrão (Colunas Visíveis).

Além dos campos disponíveis poderão ser usados outros campos da base de dados
efectuando uma ligação de tabelas – botão Ligar Tabelas.
 Para mais informações relativamente à ligação de tabelas consulte Ligar tabela

Ícones
Barra de comandos
Permitem o rápido acesso às opções evitando a navegação pelos menus da aplicação.

Alguns ícones poderão se apresentar inactivos dependendo da licença em uso ou


permissões atribuídas ao utilizador.

Task Pane
A barra de atalhos disponível na aplicação back-office permite o acesso a algumas das
tabelas e mapas da aplicação.
 Algumas opções poderão se apresentar inactivas dependendo da licença em uso ou
permissões atribuídas ao utilizador.

Consoante o item seleccionado (vendas, compras, existências, tabelas ou tesouraria)


serão apresentadas opções relacionadas com o mesmo.

www.sage.pt 35
Manual Retail

O task pane é configurável pelo utilizador em Diversos – Configurações –


Personalizar Barras.
 O processo de configuração é semelhante à parametrização dos menus. Para mais
informações consulte Menus -Personalização

Entrada na aplicação
A entrada na aplicação poderá ser efectuada pelo ícone de atalho criado durante o
processo de instalação no Ambiente de Trabalho do Windows ou pela opção em
Programas – Sage - Sage Retail - Sage Retail Gestão Comercial

No primeiro arranque da aplicação, o ecrã mostrado identifica a aplicação onde irá


aceder.

www.sage.pt 36
Manual Retail

Através do botão é possível definir os parâmetros para a linha de comandos. Os


parâmetros deverão ter a seguinte sintaxe:

[nº posto] /EMP:[sigla empresa]


Por exemplo, para entrar imediatamente com o posto 1 na empresa Demo deverá
configurar os seguintes parâmetros:

Se é a primeira vez que entra na aplicação, deverá definir de seguida a palavra passe
do administrador de sistema.

www.sage.pt 37
Manual Retail

Uma vez confirmada a palavra passe, o utilizador será reencaminhado para a Área de
sistema onde poderá licenciar a aplicação, criar empresas/utilizadores, etc.
 Consulte o manual da Área de sistema para mais informações.

Caso não se trate da primeira vez que acede à aplicação, deverá de seguida identificar
o utilizador e respectiva palavra-passe de acesso


 As aplicações IntScheduler, AdsViewer, GesFIL, GesIntegrator, GesposSMS, OffRecover,
Upgrade, VaspComm e PriceChecking não solicitam a identificação do utilizador, as
restantes aplicações poderão ser configuradas para que também não seja solicitado –
consulte Configuração de Postos.

Seguidamente deverá indicar a empresa com a qual pretende trabalhar.

www.sage.pt 38
Manual Retail

Saída da aplicação
A saída da aplicação poderá ser efectuada pela opção Sair (aplicações Retail, POS,
Interface, Upgrade, Recovery e GesRel), opção Fechar (GesFIL, GesIntegrator e
OffRecover) ou pelo ícone do Microsoft Windows para fechar janela

Nas aplicações PriceChecking e AdsViewer bastará um duplo clique no ícone Retail


apresentado no canto superior direito, e confirmar a saída.

Na aplicação POSTouch a saída é efectuada pelo botão configurado com a função


SAIR.

Manutenção e acesso a tabelas


Esta tarefa é normalmente desencadeada através do menu Tabelas, mas poderá
ainda ser efectuado o acesso pelos botões do dash board ou opções do task pane.

O acesso às tabelas é de imediato em modo de criação.


Para consultar os registos já existentes aceda à pesquisa rápida – botão

www.sage.pt 39
Manual Retail

 Poderá filtrar os registos da lista digitando um conjunto de caracteres para selecção em


determinado campo da pesquisa.

As tabelas Clientes, Fornecedores e Artigos, apresentam ainda uma pesquisa


avançada

www.sage.pt 40
Manual Retail

O utilizador apenas terá que digitar uma cadeia de caracteres e seleccionar a opção
Localizar para que seja dado início à pesquisa. Serão listados todos os registos que
contenham a sequência digitada.

A selecção de um elemento da lista para edição poderá ser efectuada por duplo clique
do rato ou premindo a tecla Enter. As pesquisas serão fechadas pela edição de um
registo, premindo a tecla Esc ou pelo botão

Algumas tabelas, nomeadamente Clientes, Fornecedores, Vendedores, Artigos e


Bancos, apresentam botões de navegação que facilitam a edição de registos.

À medida que seleccionar os botões de navegação serão editados, sequencialmente,


os registos da tabela, ascendente ou descendentemente.

 Uma tabela poderá ser fechada premindo a tecla Esc ou seleccionando o botão A
tabela Famílias poderá ser fechada pelo botão Sair disponível na barra de opções.

Listagens e Relatórios
As listagens permitem a visualização organizada do conteúdo das tabelas, sua
impressão ou exportação, da mesma forma que os relatórios reflectem os movimentos
efectuados quer em termos de compras, vendas, stock, c/c, caixa...

As listagens e relatórios emitidos pela aplicação têm características comuns.

Vistas
Tipo de listagem

Título
Nome do mapa seleccionado

Registos
Linhas do relatório

www.sage.pt 41
Manual Retail

Menu de opções
Operações passíveis de executar num relatório (gráficos, configuração de campos,
somatórios, etc...)

Opções de configuração
Filtros de registos, configuração de impressão, configuração de campos e
ordenação

A opção Configurar Impressão não está disponível para a listagem original.

Critérios
Parâmetros para a emissão do mapa que permitem a filtragem de informação
(intervalo de datas, intervalo de clientes, artigos, etc...)
Apenas disponíveis em determinados relatórios.

Configuração
Por vezes os mapas padrão poderão não corresponder 100% ao pretendido pelo
utilizador, sendo necessário incluir informação extra ou até mesmo excluir alguns
dados.

Campos disponíveis
No menu de Opções está disponível a opção Mostrar Colunas, aqui o utilizador terá
uma lista dos campos disponíveis consoante o mapa em questão, podendo adicionar
ou remover de acordo com as suas necessidades.

www.sage.pt 42
Manual Retail

Poderá ser atribuído um nome diferente a cada campo – Menu de Opções – Formatar
Colunas.

Ligar Tabelas
A configuração de listagens e relatórios poderá “exigir” a inclusão de campos de outras
tabelas da base de dados que não as em uso pelo mapa em questão. Para tal terá que
ser efectuada uma ligação de tabelas – Menu de Opções – Ligar Tabela.

Após adicionar a tabela da base de dados que contém a informação pretendida –


botão - deverá ser efectuada a ligação.

www.sage.pt 43
Manual Retail

Por fim bastará seleccionar os campos que serão necessários para o mapa e gravar –

botão

Configuração base

Licenciamento
O licenciamento da aplicação é imprescindível para que possa usufruir das diversas
funcionalidades da aplicação nomeadamente a emissão de documentos com validade
legal.
 A licença demonstrativa apenas deverá ser usada para testes ou demonstrações; permite
um número máximo de 100 movimentos e os documentos emitidos não têm carácter
legal.

Base de dados
Poderá ser usada uma base de dados Access ou SQL Server.
 Dependendo da licença poderá não estar disponível o uso de base de dados do tipo SQL
Server.

Cópias de segurança
Uma parametrização importante será o aviso de segurança alertando o utilizador, no
arranque da aplicação back office, para a necessidade de efectuar cópias de
segurança do sistema.

A cópia de segurança poderá não só abranger a base de dados, mas também os


layout’s de documentos, relatórios, imagens para uso no modo touch e adsviewer.

www.sage.pt 44
Manual Retail
O acesso poderá ser feito através de Sistema – Seguranças ou então pela

barra de comandos através do botão

Se for adicionada, eliminada ou actualizada uma grande quantidade de registos, deve


proceder-se à compactação da base de dados frequentemente através da opção
Compactar Base de Dados disponível no menu Sistema

Documentos

Documentos
Os documentos emitidos pela aplicação apresentam características comuns, quer no
que respeita aos critérios de extracção, quer no que respeita à pré visualização,
diferindo apenas consoante o tipo:

 Formato A4

 Formato talão

Formato A4
A emissão de documentos em formato A4 apresenta o seguinte ecrã onde poderá
definir algumas parametrizações para a impressão.

www.sage.pt 45
Manual Retail

Os documentos em formato A4 apresentam uma área de cabeçalho onde são


mencionados os dados da firma emissora e do cliente a quem se destina o
documento.
É ainda mencionada alguma informação relativa ao documento, nomeadamente o tipo,
número, via, data, transporte e condições de pagamento.
No centro são mencionados os produtos registados e em rodapé um resumo de
impostos, informação relativa à carga e descarga, totais e licenciamento da aplicação.

 Os layout’s de documento são personalizáveis pelo utilizador. Através do Desenhador de


Etiquetas e Documentos poderá elaborar um layout diferente do padrão.

www.sage.pt 46
Manual Retail

Formato talão
O ecrã de impressão de documento em formato talão apresenta as diversas
impressoras configuradas no sistema para que possa seleccionar a pretendida. Neste
mesmo ecrã poderá ainda definir o número de cópias a imprimir.

Os documentos em formato talão apresentam uma área de cabeçalho onde são


mencionados os dados da firma emissora e do cliente a quem se destina o
documento.
É ainda mencionada alguma informação relativa ao documento, nomeadamente o tipo,
número, data, hora, vendedor e terminal.

www.sage.pt 47
Manual Retail
No centro são mencionados os produtos registados e em rodapé os totais.

 Os layout’s de documento são personalizáveis pelo utilizador. Através do Desenhador de


Etiquetas e Documentos poderá elaborar um layout diferente do padrão.

www.sage.pt 48
Tabelas
Tabelas
Introdução dos elementos usados no tratamento informático da cadeia de tarefas, que
constituem
a gestão da empresa.
O carregamento dos ficheiros é um processo simples e intuitivo, mas delicado,
susceptível de influenciar o processamento. O preenchimento de alguns campos é
efectuado pela invocação de tabelas de apoio, que podem ser carregadas a partir das
tabelas “mestre”. A construção das tabelas de apoio é igualmente simples, mas deverá
ter o maior cuidado na estruturação da informação.

Clientes
Identificação completa dos clientes, isto é, entidades compradoras de mercadorias,
produtos e serviços.

Poderá consultar os clientes já criados através das pesquisas – botões e - ou


pelas setas de navegação
Poderá ainda obter directamente os dados do cliente usando o botão para obter
os dados do leitor de cartão de cidadão.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os clientes.

Os dados de clientes são distribuídos por diversos tabuladores.

www.sage.pt 49
Manual Retail
Geral
Dados gerais relativos ao cliente.

Número
Identificação do cliente
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome do cliente

Última venda
Último documento de venda emitido ao cliente e respectiva data

Saldo
Saldo de c/c

Pontos
Número de pontos acumulados

Morada
Morada do cliente

Cod. Postal
Código postal do cliente

Contribuinte
Número de identificação fiscal

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão ainda
inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em consideração os dados
da morada.

A alteração do NIF para clientes com documentos emitidos passa a ser unicamente
possível se o utilizador for Administrador

Telefone 1
Número de telefone contacto

Telefone 2
Número de telefone contacto

Telefone 3
Número de telefone contacto

Telefone 4
Número de telefone contacto

Fax
Número de fax

Móvel 1
Número de telemóvel

www.sage.pt 50
Manual Retail
Móvel 2
Número de telemóvel

E-mail
Endereço de e-mail

Web
Endereço web

Grupo
Grupo ao qual pertence o cliente

Desc. Linha
Percentagem de desconto nos produtos

Desc. Global
Percentagem de desconto global

Cliente desde
Data de início das relações comerciais com o cliente

País
Nacionalidade

Distrito
Distrito a que pertence o cliente

Concelho
Concelho em que está inserido o cliente

Agrupamento
Agrupamento de clientes

Vendedor
Vendedor associado ao cliente

Zona
Zona a que pertence o cliente

Transporte
Tipo de transporte associado ao cliente

Impostos
Imposto por entidade associado ao cliente

Pagamento
Tipo de pagamento normalmente usado pelo cliente

Desc. Pagam.
Tabela de desconto de pagamento do cliente

Modalidade
Modalidade de pagamento normalmente usada pelo cliente

Preços

www.sage.pt 51
Manual Retail
Linha de preço assumida por padrão na emissão de documentos

Cheques
Cheques em carteira

Outros dados
Informação adicional relacionada com o cliente.

Contabilidade
Número de cliente para ligação à contabilidade

Tipo de relação
Tipo de relação do cliente com a empresa

Suj. Passivo
Tipo de sujeito passivo

Limite de crédito
Tipo de limite de crédito. Estão disponíveis os seguintes tipos:
 Cancelado: cliente sem crédito.
 Valor: se o limite de crédito e definido em valor
 Dias: se o limite de crédito é definido em dias
Os limites de crédito Valor e Dias podem ser usado em simultâneo.

Valor
Valor para limite de crédito

Moeda
Moeda

Dias
Número de dias para limite de crédito

Bloqueado
Activação do bloqueio de cliente impedindo dessa forma a sua movimentação

Documento Padrão
Documento de módulo de Interface

Processa Intrastat
Activação do processamento Intrastat para este cliente
Para mais informações consulte o manual do Intrastat.

Porto/Aeroporto
Porto/aeroporto assumido no processamento Intrastat

B.Identidade
Número do cartão de cidadão ou bilhete de identidade

Data Nasc.
Data de nascimento

www.sage.pt 52
Manual Retail

Cód. Cartão
Código de cartão de cliente.
O código aqui indicado poderá ser lançado no campo da referência do artigo na grelha de
movimentação e será identificado imediatamente o cliente.

Retenção
Se as vendas para este cliente são efectuadas com retenção na fonte.

Taxa
Taxa de retenção

IVA- Regime de caixa


Indicação de cliente no Regime de IVA de caixa e respectiva data de adesão.

Para mais informações consulte o manual do Regime IVA de caixa.

Observações
Informação adicional do cliente

Enviar documento electrónico para Sage Retail remoto


Activação do envio de documento por e-mail

Emissão do documento
Forma como se pretende que sejam emitidos os documentos deste cliente.

O tipo de emissão definido na ficha do cliente terá prioridade relativamente à definição do


tipo de emissão na série dos documentos.

A emissão poderá ser:


Indiferente: usa outra configuração existente. Ex: se na série tem emissão de
documento = Envio PDF por email e no cliente tem Indiferente, então a emissão será
Envio PDF por email
Envio PDF por email
Exportação para ficheiro PDF. Os ficheiros serão gravados na directoria indicada no
campo Pasta de exportação documentos PDF em Diversos - Configurações -
Configuração de Postos - Diversos.

Inactivo
Marcação de cliente inactivo.
Será mostrada mensagem aquando da movimentação.

Moradas
Registo de moradas do cliente.

Número
Identificação do registo de morada
 Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

www.sage.pt 53
Manual Retail

Tipo de Morada
Classificação da morada.

Este campo será usado para a impressão das moradas. Consulte Tabelas - Tabelas
gerais - Cargas / Descargas para mais informações.

Morada
Morada completa.

Cód. Postal
Código postal

País
Identificação do país

Distrito
Distrito a que pertence

Concelho
Concelho em que está inserida a morada

Envio de Correspondência
Activação de morada para envio de correspondência

Contactos
Contactos da empresa cliente.

Número
Identificação do contacto
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome do contacto

B.Ident.
Número do bilhete de identidade

Data Nasc.
Data de nascimento do contacto

Cargo
Cargo do contacto na empresa

Observações
Informação adicional

Telefones
Números de telefone contacto diferenciados por tipos

Correio Electrónico

www.sage.pt 54
Manual Retail
Endereços de e-mail diferenciados por tipos

Contas
Identificação das contas bancárias do cliente.

Número
Identificação da conta bancária

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Descritivo da conta bancária

País da conta
País a que pertence

Moeda
Moeda da conta bancária

NIB
Número de identificação bancária

Banco
Nome do banco a que pertence a conta bancária

Swift
Swift do banco

IBAN
Número internacional de identificação bancária (International Bank Account
Number)

Avenças
Configuração de avenças do cliente.

Avença
Descritivo da avença

A criar
Tipo de documento a ser gerado pelo processamento da avença

Colocar em preparação
Permite emitir a avença, criando um documento em preparação.

Caso a avença esteja configurada para converter documentos, não será possível colocar o
documento em preparação.

A Converter
Tipo de documento a converter aquando processamento da avença

www.sage.pt 55
Manual Retail
Incluir linhas com indicação do documento origem
Sempre que o campo anterior estiver preenchido e algum exista algum documento
a converter, na geração do documento será incluída uma linha de texto
identificando o(s) documento(s) convertido(s)

Periodicidade
Indicação da periodicidade da avença e dias de processamento

Datas de processamento
Data de início, data de fim, data da próxima e última avença

Armazém de saída
Armazém assumido para saída de artigos aquando processamento da avença

Transporte
Tipo de transporte associado ao cliente

Carga
Local de carga do documento

Descarga
Local de descarga do documento

Pagamento
Pagamento associado ao documento gerado pela avença

Morada
Morada do documento gerado. Quando não é indicada morada - "-1" - o documento
será gerado para a morada do cliente definida na ficha.

No separador Artigos deve indicar os artigo a incluir na avença.

À esquerda é apresentada a barra com as opções possíveis:

Novo: criar nova avença


Gravar: gravar eventuais alterações efectuadas à avença
Eliminar: Eliminar a avença
Importar avença: esta opção permite importar uma avença de um determinado
cliente para o cliente em uso
Exportar avença: permite copiar a avença em visualização para um ou vários
clientes

Encomendas
Análise de documentos em termos de conversão.

Data Inicial
Data de início do intervalo de tempo a analisar

Data Final
Data de fim do intervalo de tempo a analisar

Documento
Tipo de documento objecto de análise

www.sage.pt 56
Manual Retail

Estado
Estado do documento. Estão disponíveis os estados: Todos, Convertidos e Por
converter.

Actualizar
Botão de actualização de registos

Contratos
Análise de contratos do cliente

Data Inicial
Data de início do intervalo de tempo a analisar

Data Final
Data de fim do intervalo de tempo a analisar

Estado
Estado dos contratos a analisar

Estado
Estado do documento. Estão disponíveis os estados: Todos, Convertidos e Por
converter.

Actualizar
Botão de actualização de registos

Consulte Gestão de contratos para mais informações acerca dos contratos.

Fornecedores
Identificação completa dos fornecedores da empresa, isto é, entidades vendedoras de
mercadorias, produtos e serviços.

www.sage.pt 57
Manual Retail

Poderá consultar os fornecedores já criados através das pesquisas – botões


e - ou pelas setas de navegação ou

Poderá ainda obter directamente os dados do fornecedor usando o botão para


obter os dados do leitor de cartão de cidadão.

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os fornecedores.

Os dados de fornecedores são distribuídos por diversos tabuladores.

Geral
Dados gerais relativos ao fornecedor.

Número
Identificação do fornecedor
 Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome do fornecedor

Morada
Morada do fornecedor

Cod. Postal
Código postal do fornecedor

Contribuinte
Número de identificação fiscal

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão ainda
inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em consideração os dados
da morada.

Telefone 1
Número de telefone contacto

Telefone 2
Número de telefone contacto

Telefone 3
Número de telefone contacto

Telefone 4
Número de telefone contacto

www.sage.pt 58
Manual Retail
Fax
Número de fax

Móvel 1
Número de telemóvel

Móvel 2
Número de telemóvel

E-mail
Endereço de e-mail

Web
Endereço web

País
Nacionalidade

Distrito
Distrito a que pertence o fornecedor

Concelho
Concelho em que está inserido o fornecedor

Agrupamento
Agrupamento de fornecedores

Zona
Zona a que pertence o fornecedor

Impostos
Imposto por entidade associado ao fornecedor

Pagamento
Tipo de pagamento normalmente usado pelo fornecedor

Desc. Pagam.
Tabela de desconto de pagamento do fornecedor

Modalidade
Modalidade de pagamento normalmente usada pelo fornecedor

Código de Cliente no Fornecedor


Número de cliente na firma fornecedor

Retenção
Activação da retenção na fonte

Taxa
Taxa de retenção na fonte

Desc. Linha
Percentagem de desconto nos produtos

Imposto incluído

www.sage.pt 59
Manual Retail
Activação de emissão de documentos com imposto incluído

Incluir portes na Conta Corrente


Activação de registo do valor de portes no c/c

Fornecedor desde
Data de início das relações comerciais com o fornecedor

Última compra
Data do último documento de compra registado para o fornecedor

Último documento
Último documento de compra registado para o fornecedor

Saldo
Saldo de c/c

Outros dados
Informação adicional relacionada com o fornecedor.

Suj. Passivo
Tipo de sujeito passivo

Tipo de relação
Relação do fornecedor com a empresa

Série para autofacturação


Série de autofacturação reservada para este fornecedor.
Consulte Enquadramento para mais informações.

Descontos por família


Grelha de descontos para família de produtos
 Para mais informações consulte manual de devoluções de revistas e jornais.

Processa Intrastat
Activação do processamento Intrastat
 Para mais informações consulte o manual do Intrastat.

Porto/Aeroporto
Porto/aeroporto assumido no processamento Intrastat

Compras P.Unit decimais


Número de casas decimais para preço unitário de produtos

Contabilidade
Campo informativo da conta de contabilidade associada ao fornecedor

Observações
Informação adicional

www.sage.pt 60
Manual Retail
Inactivo
Indicação de fornecedor inactivo

Bloqueado
Indicação de fornecedor bloqueado

Enviar documento electrónico para Sage Retail remoto


Activação do envio de documento por e-mail

Moradas
Registo de moradas do fornecedor.

Número
Identificação do registo de morada
 Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Tipo de Morada
Classificação da morada.

Este campo será usado para a impressão das moradas. Consulte Tabelas - Tabelas
gerais - Cargas / Descargas para mais informações.

Morada
Morada

Cód. Postal
Código postal

País
Identificação do país

Distrito
Distrito a que pertence

Concelho
Concelho em que está inserida a morada

Envio de Correspondência
Activação de morada para envio de correspondência

Contactos
Contactos da empresa fornecedor.

Número
Identificação do contacto

 Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

www.sage.pt 61
Manual Retail

Nome
Nome do contacto

B.Ident.
Número do bilhete de identidade

Data Nasc.
Data de nascimento

Cargo
Cargo do contacto na empresa

Observações
Informação adicional

Telefones
Números de telefone contacto

Correio Electrónico
Endereços de e-mail

Contas
Identificação das contas bancárias do fornecedor.

Número
Identificação da conta bancária

 Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

País da conta
País a que pertence

Descrição
Descritivo da conta bancária

Moeda
Moeda

NIB
Número de identificação bancária

Banco
Banco a que pertence a conta bancária

Swift
Swift do banco

IBAN
Número internacional de identificação bancária (International Bank Account
Number)

www.sage.pt 62
Manual Retail

Encomendas
Análise de documentos em termos de conversão.

Data Inicial
Data de início do intervalo de tempo a analisar

Data Final
Data de fim do intervalo de tempo a analisar

Documento
Tipo de documento objecto de análise

Estado
Estado do documento. Estão disponíveis os estados: Todos, Convertidos e Por
converter.

Actualizar
Botão de actualização de registos

Vendedores

Poderá consultar os vendedores já criados através da pesquisa – botão

Poderá ainda obter directamente os dados do vendedor usando o botão para


obter os dados do leitor de cartão de cidadão.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

www.sage.pt 63
Manual Retail
À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as
diversas operações a efectuar sobre os vendedores

Os dados de vendedores são distribuídos por diversos tabuladores.

Geral
Dados gerais relativos ao vendedor.

Número
Identificação do vendedor

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome do vendedor

Morada
Morada do vendedor

Cód. Postal
Código postal do vendedor

Idioma
Idioma assumido

Departamento
Departamento do qual faz parte o vendedor

País
Nacionalidade

Distrito
Distrito a que pertence o vendedor

Concelho
Concelho em que está inserido o cliente

Telefone
Número de telefone contacto

Telemóvel
Número de telemóvel

E-mail
Endereço de e-mail

Web
Endereço web

Inactivo
Indicação se o vendedor se encontra inactivo

www.sage.pt 64
Manual Retail

Outros campos
Informação adicional relacionada com o vendedor.

B.Identidade
Número do bilhete de identidade

Data Nasc.
Data de nascimento

Contribuinte
Número de identificação fiscal

Data Admissão
Data de admissão do vendedor

Observações
Informação adicional

Rota
Rotas na qual está inserido o vendedor

Para mais informações relativamente a rotas de vendedores consulte Rotas de


vendedores e Sub-rotas de vendedores

Seguidamente, deverá indicar as caixas usadas aquando da mudança de vendedor:


Por omissão
Caixa usada por omissão para o vendedor

Offline
Caixa usada quando está em modo offline

Central por omissão


Caixa central usada por omissão para o vendedor

Comissões
Informação relativa às comissões que o vendedor tem mediante as vendas
efectuadas.

Para mais informações consulte o manual de comissões de vendedores.

Grupo de vendedor
Agrupamento de vendedores – permite a associação de planeamentos de comissão
a diversos vendedores

Desconto máximo
Valor máximo de desconto que o vendedor pode efectuar

www.sage.pt 65
Manual Retail
Grupo de penalizações
Penalização a que está sujeito o vendedor aquando processamento das comissões

Pagamento de comissões (Venda/Liquidação)


Percentagem de comissão a atribuir aquando emissão da venda e/ou aquando
liquidação do documento (a soma de ambos terá que ser 100%).

Debitar em C/C
Indicação da conta onde debitar as comissões, se na conta corrente normal ou na
conta corrente de cheques

Retenção
Activação da retenção na fonte

Taxa
Taxa de retenção na fonte

Comissão sobre outros vendedores


Vendedores sobre os quais terá comissão e respectiva percentagem

A comissão incide sobre (o valor da comissão calculada/o valor das vendas)


Valor base para cálculo das comissões sobre outros comissões – valor de comissão
dos outros vendedores ou valor líquido do documento

Permissões
Configurações inerentes ao acesso às diversas opções/operações da aplicação.

Alterar Palavra Passe


Definição de password associada ao vendedor

Consulte Alterar palavra passe para mais informações acerca do nível de segurança da
palavra passe.

Grupo
Identificação do grupo de utilizadores

Nome
Nome do grupo de utilizadores

Delegações
Indicação individualizada das delegações

Artigos
Informação completa respeitante a serviços e mercadoria em geral com que a
empresa trabalha.

www.sage.pt 66
Manual Retail

Poderá consultar os artigos já criados através das pesquisas – botões e - ou


pelas setas de navegação

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os artigos

Barra de opções Extras


Campos extra
Campos extra definidos em Diversos - Configurações - Parâmetros - Campos
Extra de classificação

Etiquetas
Impressão de etiquetas do artigo

www.sage.pt 67
Manual Retail
Importar dados externos
Através desta opção á possível importar artigos de um ficheiro SAFT ou de um
ficheiro Excel

A importação de artigos de uma folha de Excel (formato 97-2003 - xls) já existia em


versões anteriores.

O ficheiro Excel a importar tem de estar no seguinte formato:


1ª linha – linha de títulos das colunas (não é considerada como artigo)
1ª Coluna - Referência do Produto
2ª Coluna - Código de Barras
3ª Coluna - Descrição
4ª Coluna - Preço de Custo (sem IVA)
5ª Coluna - Preço de Venda (com IVA)

Poderá ainda importar os artigos existentes num SAFT, no entanto, deverá ter atenção
que a validação é efectuada pelo código de barras do artigo, pelo que, caso já exista
na base de dados um artigo com o mesmo código de barras, o artigo existente no
SAFT será ignorado (não será importado).

Rastreabilidade
Rastreabilidade do artigo. Consulte Rastreabilidade por artigo para mais
informações.

Dados
Informação geral relativa ao artigo.

Refª
Identificação do artigo e respectiva descrição

Tipo de artigo
Tipo de artigos; estão disponíveis os seguintes tipos:

www.sage.pt 68
Manual Retail
Normal, Serviço, Juro, Portes, Adiantamento, Composto/Conjunto,
Composto/Fabricado, Composto/Associado, Desconto "rappel", Franquia,
Embalagem Retornável

Cat. de artigo
Segundo a proposta de Lei do Orçamento de Estado da 2015 que contempla uma
alteração ao Decreto-Lei n.º 198/2012, de 24 de Agosto, as empresas com Volume
de Negócio superior a 100.000€ passam a estar obrigadas a comunicar via
electrónica o inventário de 2014 até 31 de Janeiro de 2015. Segundo o manual de
integração de software fornecido pela AT, na informação a comunicar, deverá estar
presente o tipo de produto comunicado. Assim sendo, foi criado um novo campo na
ficha dos Artigos, Famílias e Armazéns disponibilizando as seguintes opções:
M – mercadoria
P – matérias-primas, subsidiárias e de consumo
A – produtos acabados e intermédios
S – subprodutos, desperdícios e refugos
T – produtos e trabalhos em curso
X - produtos à consignação a excluir do inventário

Os artigos da categoria X não serão incluídos no ficheiro de inventário a comunicar à AT .

Desconto rappel
Este tipo de artigo, tal como o próprio nome indica, permite efectuar o desconto de
rappel, isto é, elaborar uma nota de crédito para conceder um desconto ao cliente
por este ter atingido ou ultrapassado um determinado volume de vendas.
Este artigo, quando registado num documento de natureza Nota de crédito, não irá
obrigar a indicar a origem tal como acontece com os restantes tipos de artigos.

Franquia
No caso dos artigos de tipo Franquia, quando registados em documentos de
natureza Nota de crédito, embora não obrigue a que o artigo caso dos artigos de
tipo Franquia esteja registado no documento origem, obriga a indicar o documento
origem

Embalagem retornável
Estes artigos devem ser lançados sempre que sejam cobradas ou descontadas
embalagens retornáveis.
Os valores das embalagens retornáveis será considerado para o cálculo do campo
Deduções/Adições do separador Totais dos documentos

Consulte Embalagens retornáveis para mais informações

Descrição Curta
Descrição curta do artigo; por padrão assume os 25 primeiros caracteres da da
descrição

Código de Barras
Código de barras do artigo e respectivo tipo; estão disponíveis os seguintes tipos:

 Normal
 Indica Valor: no código de barras é indicado o valor

www.sage.pt 69
Manual Retail
 Indica Peso: no código de barras é indicado o peso
 Indica Valor unitário: no código de barras é indicado o valor unitário
 Indica Cor/tamanho: no código de barras são indicados a cor e o tamanho
 Indica AddOn: no código de barras é indicado o AddOn
 Indica Quantidade: no código de barras é indicada a quantidade

Unidade base
Unidade base do artigo

Unidade alternativa
Unidade alternativa do artigo (ex: comprar à tonelada e vender ao quilograma).

 A unidade alternativa é unicamente mostrada se a opção Unidades de medida se


encontrar seleccionada em Diversos - Configurações - Parâmetros.

Capacidade/unidade
Capacidade por unidade (ex: x unidades por caixa)

Imposto
Agrupamento de impostos associado ao artigo

Lê Qnt Balança
Activação de leitura de peso da balança aquando emissão de documento

Não Agrupar
Agrupamento de linhas do documento para o artigo

Descontinuado
Activação de artigo descontinuado

Não alt. preços


Activação de bloqueio de alteração de preços do artigo na movimentação

Disponível no Touch
O artigo aparece disponível para criação automática de páginas no POS Touch

Tara
Campo informativo da tara

Fornecedor
Fornecedor principal do artigo

Família
Família de artigos

Imagem
Imagem do artigo

No quadro principal serão apresentados o preço de custo e os diversos preços de


venda, mostrados em dois separadores distintos: um separador com os preços na
moeda base e outro com os preços na moeda alternativa:

Preço de Custo
Preço de custo último com e sem impostos incluídos

www.sage.pt 70
Manual Retail

P.Venda (1) / P.Venda (2) / P.Venda (3)/...


Preço de venda 1, 2, 3, etc do artigo com e sem impostos incluídos e respectiva
margem

Propriedades
Propriedades associadas ao artigo

Un. padrão doc.


Unidade sugerida por padrão na movimentação de cada um dos tipos de
documentos

Garantia(meses)
Campo informativo do período de garantia

Stock
Activação de processamento de stock do artigo

Existência
Quantidade existente do artigo

P.C.Médio
Preço custo médio do artigo

Stocks
Informação do stock do artigo.

Existência por
Critérios para análise de existências (armazém, cor e tamanho, edição ou
propriedades)

Armazém
Armazém para análise do stock, quantidades encomendadas e consignadas

Refª Local Armazém


Campo informativo do local do armazém onde se encontra o artigo (prateleira)

Stock Mínimo
Stock de segurança

 Stock Mínimo quando seleccionado um armazém é o que vigora quando se efectua o


controlo de stock (Diversos – Configurações – Parâmetros – Movimentação –
Permissões gerais nos movimentos de Compra e Venda). Stock Mínimo quando
seleccionado (Todos), é o stock mínimo que serve de referência para o Relatório de
Stock – artigos em Ponto de Encomenda.

Stock Reposição
Campo informativo da quantidade sugerida para reposição

Qnt Enc de Clientes


Encomendas pendentes de clientes

Qnt Enc a Fornecedores


Encomendas pendentes a fornecedores

www.sage.pt 71
Manual Retail

Qnt Consignada a Clientes


Unidades consignadas a clientes

Qnt Consignada de Fornecedores


Unidades consignadas pelos fornecedores

Qnt Disponível
Quantidade disponível do artigo
Por padrão o cálculo da quantidade disponível é efectuado deduzindo à quantidade
existente a quantidade encomendada de clientes e as unidades consignadas a estes.

Qnt Existente
Quantidade existente do artigo

Últ Entrada
Data do último documento que registou entrada em stock

Últ Saída
Data do último documento que registou saída de stock

Gráfico de Vendas/Compras últimos


Meses para análise gráfica das vendas e compras

Disponibilidade de venda
Indicação da data ou intervalo de datas em que o artigo se encontra disponível para
movimentação

Equivalentes
Grelha de equivalências de artigos.
 Aquando registo da venda poderão ser consultados os artigos equivalentes e sugeridos ao
cliente, útil para casos de ruptura de stock – função ALTERNATIVOS
(ITEMALTERNATIVE).

Referência
Identificação do artigo equivalente

Descrição
Descrição do artigo equivalente

Cor/Tam
Informação das cores e tamanhos associados ao artigo.

Utilizar a predefinição
Referência identificativa da palete de cores e tamanhos

Cod. Barras (7 dígitos)


Código de barras do artigo
 Artigos com cores e tamanhos associados apresentam código de barras com 7 dígitos
para sua identificação, sendo os restantes dígitos para identificar a cor e o tamanho de

www.sage.pt 72
Manual Retail
acordo com a máscara definida em Diversos – Configurações – Parâmetros
– Áreas Funcionais – Formato do código de barras.

Tamanhos
Grelha de tamanhos associados ao artigo

Cores
Palete de cores associadas ao artigo

Tanto para os Tamanhos como para as Cores, deverá usar o botão para adicionar
um tamanho/cor, o botão para retirar um tamanho/cor, o botão para criar um
tamanho/cor e os botões e para alterar a ordem dos tamanhos/cores nas
grelhas.

Stock Mínimo
Stock de segurança por tamanho

Preço de Custo
Preço de custo do artigo por tamanho

P.Venda (1) / P.Venda (2) / P.Venda (3) / ...


Preço de venda 1, 2, 3, etc do artigo por tamanho

Compostos
Informação da composição do artigo. Este separador estará unicamente acessível se o
tipo de produto for:
Composto / Conjunto
Composto / Fabricado
Composto / Associado

Componentes necessários para vender


Unidades do artigo a que diz respeito a composição definida abaixo

O preço de venda deste artigo é o somatório dos preços de venda dos seus
componentes
O cálculo do preço do artigo corresponderá ao dos seus componentes
 Se não for activado este campo será respeitado o preço definido na ficha principal do
artigo

Artigo
Referência dos componentes do artigo

Descrição
Descrição dos componentes do artigo

P.Custo
Preço de custo dos componentes do artigo

Cor
Cor dos componentes do artigo

www.sage.pt 73
Manual Retail
Tamanho
Tamanho dos componentes do artigo

AddOn
Edição dos componentes do artigo

Quant
Quantidade dos componentes do artigo

Preço de Custo
Preço de custo do artigo de acordo com a composição definida

Deverá usar os botões para adicionar os componentes, o botão para retirar


componente, os botões e para alterar a ordem dos tamanhos/cores nas
grelhas.

Através do botão é possível aceder a um ecrã onde estará visível a quantidade


máxima a “produzir” de acordo com a existência e composição definida:

Forn.
Identificação das referências do fornecedor para o artigo e códigos de barras
alternativos.

Introduzir preços
Preços da grelha com ou sem impostos incluídos

Nº Forn.
Identificação do fornecedor

Fornecedor
Nome do fornecedor

Refª do Fornecedor
Referência do artigo pela qual é identificada no fornecedor

 Ao digitar esta referência num documento para o fornecedor indicado será assumido o
artigo.

Tamanho
Tamanho do artigo

www.sage.pt 74
Manual Retail
P.Custo
Preço do artigo no fornecedor

Desconto 1 / 2 / 3
Desconto 1 / 2 /3 do fornecedor para o artigo

Qnt. Mín.
Campo informativo da quantidade mínima de compra

Data
Data do último documento de compra do fornecedor

Série
Série do último documento de compra do fornecedor

Tipo
Sigla do último documento de compra do fornecedor

Número
Número do último documento de compra do fornecedor

Ult.Qnt.Forn
Quantidade registada no último documento de compra do fornecedor

Valor
Valor do último documento de compra do fornecedor

Na grelha seguinte deverá especificar os diferentes códigos de barras alternativos e/ou


packs:

Código de Barras
Código de barras alternativo pelo qual será identificado o artigo ou pack de artigos

Cor
Cor a que diz respeito o código de barras alternativo

Tam
Tamanho a que diz respeito o código de barras alternativo

Descrição
Descritivo do código de barras alternativo

Tipo CB
Tipo do código de barras alternativo

Quantidade
Quantidade a que diz respeito o código de barras alternativo

 No caso dos pack’s de artigos serão mencionadas as unidades do pack a que diz respeito
o código de barras alternativo.

P.Pack s/Impostos
Preço assumido quando registado o código de barras alternativo.

www.sage.pt 75
Manual Retail
 A nomenclatura deste campo varia consoante a selecção de preços com ou
sem impostos incluídos.

Especial
Informação diversa relativa ao artigo.

Artigo Associado
Indicação de um artigo a vender sempre que o artigo em questão for vendido

País de Origem
País de origem do artigo

Peso Bruto
Peso do artigo em Kg

Altura / Largura / Comprimento


Dimensões do artigo em termos de altura, largura e comprimento

Imprime Stub
Impressão de stub – útil para identificação da roupa em sistemas de lavandaria

Ingredientes
Informação dos ingredientes que compõem o artigo

Formato etiqueta
Informação a enviar para a balança relativamente à etiqueta

Expiração
Informação a enviar para a balança relativamente à expiração do artigo

Dias de validade
Informação a enviar para a balança relativamente à validade do artigo
 A nomenclatura deste campo varia consoante o tipo de expiração seleccionada.

Dias de consumo
Informação a enviar para a balança relativamente ao consumo do artigo
 A nomenclatura deste campo varia consoante o tipo de expiração seleccionada.

Mensagem de aviso
Mensagem a ser apresentada ao utilizador aquando registo do artigo

Observações
Observações diversas associadas ao artigo

Cód. da Mercadoria
Código Intrastat da mercadoria
 Para mais informações consulte o manual do intrastat

Designação
Descrição do código Intrastat

www.sage.pt 76
Manual Retail
 Para mais informações consulte o manual do intrastat

Região de Origem
Região Intrastat da mercadoria
 Para mais informações consulte o manual do intrastat

Peso Líquido
Peso líquido da mercadoria
 Para mais informações consulte o manual do intrastat

Criado em
Data de criação do artigo

Posto
Delegação em que foi criado o artigo

Obriga a indicar cliente na venda


Artigo que implica a identificação do cliente ao qual é vendido

Exporta Interface
Incluído na exportação para Interface
 Para mais informações consulte o manual do Interface.

Exportar para Interface


Assumido na criação automática de páginas no touch

Bloqueado para
Indicação dos tipos de documentos onde não é possível movimentar o artigo

Pescado
Informação específica dos artigos pescado.
 Funcionalidade activada em Diversos – Configurações – Parâmetros – Áreas
Funcionais – Peixarias.

Nome Científico
Nomenclatura científica do pescado

Método de Produção
Produção do pescado (capturado ou de aquicultura)

Zona de Captura
Mar onde foi capturado o pescado

Subzona de Captura
Mar onde foi capturado o pescado

Artes de pesca
Arte de pesca conforme Anexo III do Regulamento (primeira coluna do quadro)

www.sage.pt 77
Manual Retail
País
Informação do país

Peso líquido escorrido


Quantidade de artigo contido na embalagem isento de água de vidragem

Método de conservação
Método de conservação do pescado

Contabilidade
Neste momento, esta configuração será usada unicamente se o modelo de exportação for
SAGE L50 – Standard.

Neste separador é possível definir o grupo de venda e o grupo de compra a que cada
artigo pertence.

Para mais informações consulte Grupos de compra, Grupos de venda e Contas de grupos
por omissão para mais informações.

Preços
Preços por propriedade.
Este separador está unicamente activo se a propriedade associada ao artigo tem a
opção Usa tabela associada marcada e a opção Preço que se encontra posicionada à
frente da propriedade está marcada

Linha de Preço
Linha de preço de venda

Propriedade
Propriedade a que diz respeito o preço

Valor s/Impostos
Preço sem impostos incluídos

Valor c/Impostos
Preço com impostos incluídos

 Para mais informações consulte o manual de Propriedades.

Campos definíveis
Dez campos para informação diversa inerente a artigos de determinada família.

 O nome dos campos é definido na tabela de famílias. Para mais informações consulte
Famílias

www.sage.pt 78
Manual Retail
Embalagens retornáveis
Estes artigos do tipo Embalagem Retornável devem ser lançados sempre que sejam
cobradas ou descontadas embalagens retornáveis.
Os valores das embalagens retornáveis será considerado para o cálculo do campo
Deduções/Adições do separador Totais dos documentos:

Estes artigos serão tidos em consideração apenas para cálculo do valor a pagar do
documento e os descontos globais não irão afectar o valor das embalagens
retornáveis.

Em termos de SAFT e comunicação de documentos de transporte, estes artigos não serão


exportados como linhas do documento (SAFT mensal, SAFT de auditoria e comunicação
de documentos de transporte via SAFT ou WebService); apenas serão considerados para
o valor indicado no campo PaymentAmount do SAFT.

Não será possível o registo de documentos de compra e venda que contenham


unicamente linhas de artigos do tipo embalagem retornável, sendo mostrada a
seguinte mensagem:

www.sage.pt 79
Manual Retail

Devolução de embalagens retornáveis


Para devolver embalagens retornáveis, deverá lançar o artigo configurado como
Embalagem Retornável com quantidade a negativo; no entanto, para que seja possível
finalizar o documento, o documento deverá conter, para além dos artigos do tipo
Embalagem Retornável, artigos "normais".

Não será possível o registo de documentos de venda que contenham unicamente linhas
de artigos do tipo embalagem retornável

Mesmo que sejam lançados a negativo os artigos do tipo Embalagem Retornável, ao


contrário do que acontece com os restantes tipos de artigos, não será despoletado o
assistente de criação de notas de crédito, isto é, os valores de embalagens retornáveis
transaccionados serão unicamente usados para o cálculo do valor a pagar.

Para mais informações acerca do assistente de criação de notas de crédito, consulte


Criação automática de notas de crédito

Caso exista a necessidade de devolver unicamente embalagens retornáveis, isto é,


sem que exista qualquer movimentação de um outro tipo de produto, deverá ser
criado um novo documento de venda para o efeito. Esse documento de venda, deverá
ser criado com natureza Interno-Def.Utilizador, que afecte conta corrente e que dê
Saída de Caixa:

www.sage.pt 80
Manual Retail

Para além disso, uma vez que o este documento irá dar entrada em stock das
embalagens retornáveis, deverá certificar-se que tem configurada a opção Entrada nos
campos Existência do artigo e Quantidade disponível no separador Descritivos do
documento:

www.sage.pt 81
Manual Retail

IVA
De acordo com o nº6, alínea d do artigo 16º do código de IVA, as embalagens
retornáveis, não serão alvo de IVA pelo que, aquando da criação de um artigo deste
tipo, o campo Imposto da ficha de artigo estará inactivo e não serão calculado imposto
aquando da sua movimentação.
Para mais informações, consulte o artigo 16 do CIVA ou Inf. n.º 466, do SIVA, de 85.12.09.

Linhas gravadas/impressas no final do documento


Os artigos do tipo Embalagem retornável, serão sempre gravados/impressos depois
dos restantes artigos, isto é, sempre que um documento que contém embalagens
retornáveis seja gravado, as linhas nele contidas irão ser re-ordenadas de forma a que
os artigos do tipo embalagem retornável fiquem no final do documento.

Dias para devolução


Ainda segundo o Inf. n.º 466, do SIVA, de 85.12.09 “A ausência de retorno das
embalagens do cliente nos prazos e nas condições acordadas, determina que se
considerem efectivamente vendidas e como tal, sejam tributadas, procedendo-se

www.sage.pt 82
Manual Retail
também nessa altura ao registo contabilístico da venda”; assim, deverá
primeiramente definir em Diversos – Configurações – Parâmetros – Movimentação
o número de Dias para devolução das embalagens retornáveis:

O número de dias indicado neste parâmetro será usado para calcular a data impressa
no documento como data limite de devolução:

Conta corrente
Sempre que um documento que contenha linhas de artigos do tipo Embalagem
retornável é terminado a crédito, em conta corrente serão mostradas duas linhas: uma
para as linhas de embalagens retornáveis e outra linha para as restantes linhas do
documento.

Imaginemos o seguinte documento onde é lançado o artigo TARAS do tipo


Embalagem retornável:

www.sage.pt 83
Manual Retail

Ao finalizar este documento a crédito, será considerado em conta corrente


o valor indicado no campo Total do documento do separador Totais:

Na conta corrente do cliente irá figurar uma linha para as embalagens


retornáveis e outra linha para os restantes tipos de artigos:

www.sage.pt 84
Manual Retail

Sempre que seja seleccionado um tipo de pagamento com prestações, o número de


prestações criadas na conta corrente será sempre o número de prestações indicadas
no pagamento mais uma prestação para as embalagens retornáveis.
Seguindo o exemplo anterior, se no pagamento for seleccionado um tipo de
pagamento em 2 prestações:

www.sage.pt 85
Manual Retail

As prestações indicadas terão em consideração o Total do documento (excluindo o


valor das embalagens retornáveis) mas será gerada uma prestação adicional para o
valor das embalagens retornáveis registado no documento:

www.sage.pt 86
Manual Retail
Impressão
Novas variáveis de impressão:
Corpo.Produto.Tipo = Tipo de artigo

Esta variável passa a estar sempre disponível.

Valores disponíveis:

 0: Normal
 1: Serviço
 2: Edição
 4: Composto/Conjunto
 6: Composto/Fabricado
 7: Composto/Associado
 10: Juro
 11: Portes
 12: Adiantamento
 13: Contrato
 14: Desconto “rappel”
 15: Franquia
 16: Embalagem retornável

Rodape.Totais.Caucao.EmbalagensRetornaveis.Valor = valor da caução/adição da


embalagem retornável
Rodape.Totais.Deducao.EmbalagensRetornaveis.Valor = valor da
devolução/dedução da embalagem retornável

Relatórios
Em Relatórios - Relatórios de stocks - Embalagens retornáveis poderá emitir o
balancete de embalagens retornáveis ou emitir um extracto de movimentos de
embalagens retornáveis:
Balancete de embalagens retornáveis

Poderá imprimir uma página por cliente, bastando que para tal, nos pedidos do mapa,
marque a opção Quebra de página por cliente.

Movimentos de embalagens retornáveis: relatório que, entre datas, descrimina


movimento a movimento/documento a documento, as entradas e saídas dos artigos do
tipo embalagem retornável.

Serão unicamente considerados para estes relatórios os artigos do tipo Embalagem


retornável que tenham originado movimentação de stock.

Nestes relatórios serão evidenciadas as embalagens retornáveis caucionadas e


emprestadas sendo consideradas:
Caucionada: artigo do tipo embalagem retornável movimentado com preço unitário;
Emprestada: artigo do tipo embalagem retornável movimentado a preço 0 (zero)
sendo por isso considerado um empréstimo.

www.sage.pt 87
Manual Retail
Condições de pagamento

Tipos de Pagamento
Pagamentos possíveis para as transacções comerciais.

Poderá consultar os tipos de pagamento já criados através da pesquisa – botão


 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e
acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os tipos de pagamentos.

Número
Código identificativo do tipo de pagamento
 Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Breve descrição do pagamento

Tipo
Periodicidade do pagamento

Dias
Dias relativos à periodicidade de pagamento para cálculo da data de vencimento
 A nomenclatura deste campo varia consoante a periodicidade seleccionada.

Descontos
Percentagem de desconto a aplicar quando aplicado o pagamento

Prestações
Pagamento com prestações

www.sage.pt 88
Manual Retail
Na definição dos pagamentos com prestações deverá ser preenchido um
segundo tabulador – Prestações.

Tipo
Prestações aplicadas (iguais, diferentes ou primeira diferente)

Prestações
Número de prestações

Número
Número da prestação

Valor (%)
Percentagem da prestação

Dias
Número de dias para pagamento da prestação

Modalidades de Pagamento
Formas de pagamento para as operações comerciais com os terceiros.

Poderá consultar as modalidades de pagamento já criadas através da pesquisa –


botão

www.sage.pt 89
Manual Retail
Para mais informações relativamente à consulta de registos
consulte Manutenção e acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as modalidades de pagamento.

Número
Identificação da modalidade de pagamento
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Modalidade
Nome da modalidade de pagamento

Modalidade aplicada em
Aplicação da modalidade (recebimentos, pagamentos ou ambos)

Tipo
Tipo da modalidade de pagamento (dinheiro, cartão de débito/crédito, cheque, vale,
conta corrente, cupão, letra ou transferência)
Segundo o decreto-lei 198/2012, no formato do SAF-T deverá ser enviado o tipo
de cartão usado no pagamento por cartão de crédito/débito. Para tal, na
modalidade de tipo Cartão de Crédito / Débito, deverá seleccionar o tipo de cartão
no campo seguinte.
Por padrão, as modalidades de pagamento do tipo Cartão de crédito/débito, serão
automaticamente consideradas como CD - Cartão de débito.

Através do botão é possível definir um formato de código de barras usado nos


cupões.

Limite
Valor limite do documento para aplicação da modalidade de pagamento

www.sage.pt 90
Manual Retail
No campo seguinte deverá indicar a moeda usada.

Utilizável em vendas a partir de


Valor do documento a partir do qual poderá ser usada a modalidade de pagamento

Identificação do cliente
O uso da modalidade de pagamento obriga à identificação do cliente - BI

Obriga a preencher dados do cheque


O uso da modalidade de pagamento obriga ao preenchimento dos dados do cheque
Aplicável em modalidades do tipo Cheque.

No caso da liquidação de documentos de compra, esta opção não é validada. Consulte


Impressão de cheques para mais informações.

Pode dar troco em dinheiro


O uso da modalidade de pagamento permite dar troco

Usa documentos para pagamento


O uso da modalidade pressupõe a apresentação de documentos como pagamento

Gera pendente em Conta Corrente


A modalidade de pagamento em causa cria uma linha de pendente na conta
corrente

Imposto de selo por omissão


Tipo de imposto de selo aplicado por omissão à modalidade de pagamento de tipo
Letra

Inactiva
Indicação de modalidade de pagamento não usada

Para as modalidades de pagamento cuja opção Gera pendente em Conta corrente se


encontre seleccionada, é disponibilizado um separador adicional:

www.sage.pt 91
Manual Retail

www.sage.pt 92
Manual Retail

Neste separador poderá definir o tipo de documento usado em conta corrente para
lançar o movimento, bem como o Estado desse movimento.
O campo Estado está apenas disponível para modalidades de pagamento cujo Tipo seja
Letra.

Descontos de Pagamento
Nesta opção pode definir os vários descontos de pagamentos possíveis.

www.sage.pt 93
Manual Retail

Poderá consultar as modalidades de pagamento já criadas através da pesquisa –


botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os descontos de pagamento.

Desconto
Identificação do desconto de pagamento

Descrição
Nome do desconto de pagamento

Aplicar a vencidos
Marcar esta opção caso se pretenda que o desconto de pagamento seja aplicado a
documentos vencidos

Dias / Taxa
Indicação do número de dias a contar a partir da data do documento e das taxas de
desconto a aplicar

Modalidades a excluir
Modalidades de pagamento que deverão ser excluídas para o cálculo dos
descontos.

www.sage.pt 94
Manual Retail
Os descontos de pagamento poderão estar associados aos clientes /
fornecedores e por isso serem usados por padrão aquando dos recebimentos /
pagamentos ou então associados ao documento de recebimento / pagamento
aquando da criação do mesmo.

Planeamento de descontos/preços/ofertas
Planeamento de descontos e ofertas a aplicar na venda.

Além do simples desconto ou oferta por produto, família, grupo de vendedores ou


cliente, estão contemplados também os descontos compostos entidade/produto ou
família de produtos.

Poderá consultar os planeamentos já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos leia Manutenção e acesso a


tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre o planeamento de descontos.

Número
Identificação do planeamento
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Neste ecrã, existem 2 separadores distintos:

www.sage.pt 95
Manual Retail
Critérios: neste separador são definidos os vários critérios de aplicação
dos preços/descontos/ofertas;

Regras: definição das regras de aplicação dos preços/descontos/ofertas.

Critério por
No campo Critério por é possível definir a forma como os preços/descontos/ofertas
serão aplicados, podendo escolher uma das opções: critérios simples (Famílias,
Artigos, Grupo de Vendedor, Grupo de Cliente, Cliente) ou critérios combinados
(Grupo de Vendedor/Famílias, Grupo de Vendedor/Artigo, Grupo de Cliente/Família,
Grupo de Cliente/Artigo, Cliente/Família, Cliente/Artigo).

 O Critério escolhido irá determinar os dados mostrados no separador Regras.

A ordem pela qual são apresentados os critérios no campo Critério por é igualmente
usada para determinar o peso aplicado a cada uma das regras, isto é, segundo a
ordem apresentada, existem pesos de 1 a 11, sendo o último [Cliente/Artigo] a regra
com maior peso, logo prioritária na aplicação dos descontos/ofertas.
Um Artigo Y que pertence à Família X;
Cria uma regra para a Família X onde uma venda terá um desconto de
20%.
Cria uma regra para o Artigo Y onde uma venda terá um desconto de 10%.
P: Qual desconto será atribuído na venda do Artigo Y da Família X?
R: O desconto atribuído será de 10%, porque a regra Artigos tem maior
peso do que a regra Famílias.

Cálculo por
Determina o momento em que é calculado o preço/desconto/oferta, sendo possível
um dos seguintes momentos: na confirmação da linha (opção Por linha
seleccionada) ou na gravação do documento (opção Por documento seleccionada).

Cálculo do preço/desconto/oferta por linha


Neste tipo de política de cálculo, o preço, valor do desconto ou oferta é
calculado sempre que se confirma a linha.
Promoção: Desconto de 10% na compra de 2 unidades do artigo X.
(Aplica = Desconto/Preço) Movimentando 2 unidades do artigo X e
confirmando a linha, será dado um desconto de 10% devendo,
obrigatoriamente, ser lançadas as 2 unidades em conjunto.
Promoção: Leve 3, pague 2
(Aplica = Oferta de artigo / Família) Se existir uma promoção do tipo Leve
3 pague 2, lançando 2 unidades do artigo X e confirmando a linha, será
automaticamente lançada uma nova linha com 1 unidade do Artigo X com
desconto de 100%. As duas unidades deverão ser lançadas em conjunto.

Cálculo do preço/desconto/oferta por documento


Neste tipo de política de cálculo, apenas no fim do documento são calculados
preço, valor do desconto ou oferta, ou seja, no final do documento serão
calculados e aplicados os respectivos preços/descontos/ofertas. Este método
de cálculo possibilita o registo de todos os artigos, incluindo o artigo de

www.sage.pt 96
Manual Retail
oferta, sendo no final do documento, gerados os respectivos
preços/descontos/ofertas.
Promoção: Desconto de 10% na compra de 2 unidades do artigo X.
(Aplica = Desconto/Preço) Ao lançar 2 unidades do artigo X, na mesma
linha ou em linhas diferentes, ao confirmar o documento será aplicado um
desconto de 10% em cada uma das linhas.
Promoção: Leve 3, pague 2
(Aplica = Oferta de artigo / Família) Neste tipo de promoção, as 3
unidades do artigo X poderão ser lançadas em linhas diferentes, aquando
confirmação do documento será aplicado um desconto de 100% a uma das
linhas. Caso sejam lançadas as 3 unidades em conjunto, a linha será
desdobrada em duas: uma com as 2 unidades que serão pagas e outra
linha com a outra unidade e desconto de 100%.

Aplica
Neste campo poderá definir o tipo desconto/preço/oferta que pretende aplicar,
podendo seleccionar uma das seguintes opções:

Desconto/Preço
Irá definir um desconto ou um preço a aplicar.

Oferta de artigo/Família
Irá estabelecer uma promoção com base na oferta de artigos ou oferta de
artigos de uma determinada família.

Emite talão de desconto


na gravação do documento será emitido, adicionalmente, um talão de
desconto com o valor indicado. O Talão de desconto emitido é o documento
definido em Diversos – Configurações – Parâmetros – Front Office –
Documento para <Talão de Desconto>.

A opção Emite talão de desconto está unicamente disponível se o cálculo do


desconto/preço/oferta é por documento (Cálculo por = Documento).

Escalões
Neste campo será possível definir os escalões de descontos que serão aplicados
às promoções.
Os descontos aqui descritos prevalecem sobre os descontos existentes em Diversos –
Configurações – Configurações de Postos – Valores por default, campo Desconto.

Não utilizar
Seleccionando esta opção estará a indicar ao sistema que não pretende utilizar
escalões para o cálculo; deverá por isso seleccionar um Indicador de desconto e /
ou Indicador de preço para que possa definir o desconto e / ou preço.

Esta opção está unicamente disponível quando no campo Aplica tem a opção
Desconto/Preço seleccionada.

Quantidade

www.sage.pt 97
Manual Retail
Esta opção indicará ao sistema que o cálculo de descontos irá ser
efectuado tendo em consideração as quantidades movimentadas sendo
definidas na área de Definição/Escalões os respectivos
descontos/preços/ofertas.

Valor
Caso seleccione esta opção, os descontos serão calculados de acordo com
os valores sem impostos movimentados sendo definidas na área de
Definição/Escalões os respectivo descontos/preços/ofertas.

 Caso pretenda efectuar os descontos usando imposto incluído, deverá marcar a opção
Valores com Impostos Incluídos.

Avaliação do escalão
Neste campo, apenas acessível se no campo Cálculo por estiver seleccionada a
opção Por Documento, permite definir o planeamento de preços/descontos/ofertas
avaliados individualmente ou agrupado.

Individual
A análise é efectuada individualmente para cada produto do planeamento;

Agrupado
A análise é efectuada somando as vendas de todos os produtos englobados
no planeamento.

Indicador de desconto
Este campo, apenas disponível se o campo Aplica tem a opção Desconto/Preço
seleccionada, permite definir o tipo de desconto a aplicar, estando disponíveis as
seguintes opções:

Nenhum
Esta opção indica ao sistema que o utilizador pretende usar unicamente um
Indicador de preço.

Percentagem
O desconto a aplicar é em Percentagem

Valor
O desconto a aplicar é em Valor.

Indicador de preço
Este campo, apenas disponível se o campo Aplica tem a opção Desconto/Preço
seleccionada, permite definir que o planeamento vai usar preços para a promoção;
será então possível definir planeamentos de preço por valor directo, percentagem
de aumento ou aplicação de linha de preço.

Nenhum
Esta opção indica ao sistema que o utilizador pretende usar unicamente um
Indicador de desconto.

Preço
Definido um valor que será assumido como preço do produto;

www.sage.pt 98
Manual Retail

%Aumento
Definida uma percentagem que será aplicada ao preço normal do produto,
incrementando-o;

Podem ser definidos valores negativos sendo deduzido ao preço normal do produto.

Valor de Aumento
Definido um valor que será somado ao preço normal do produto;

Podem ser definidos valores negativos sendo deduzido ao preço normal do produto.

Linha de Preço
Definida uma linha de preço que será aplicada na venda.

Tipo de intervalo
Neste campo deverá definir o tipo de intervalo a ter em consideração para a
aplicação do planeamento.

Este campo, não é mostrado se o campo Aplica tem a opção Desconto/Preço seleccionada.

Estão disponíveis as seguintes opções:

Por máximo
Deverá definir, por valor máximo ou quantidade máxima (conforme
configuração do campo Escalões) a oferta.

Por intervalo
Deverá definir, por intervalos de valores ou quantidades (conforme
configuração do campo Escalões) a oferta.

Validade do planeamento
Activando a opção Válido em, estará a indicar ao sistema que a promoção tem
validade, isto é, mediante as datas e horas aqui definidas, será ou não aplicada a
promoção.
Assim, se pretende restringir a promoção a um determinado período, deverá:
- Preencher a data início e data fim da promoção;
- Definir os dias em que essa promoção está em vigor;
- Definir a Hora de início e a Hora de fim da promoção caso pretenda que a
promoção seja apenas aplicada entre determinadas horas do dia.

Se a promoção é aplicada a qualquer hora do dia, deverá inserir o intervalo de 00:00 a


23:59.

Caso pretenda que o planeamento seja cumulativo durante um determinado período, por
exemplo, durante um mês, se fizer compras superiores a 100€ oferecemos um vale de

www.sage.pt 99
Manual Retail
desconto de 10€, deverá seleccionar ainda a opção Cumulativo para este
período para que, uma vez atingidos os 100€ seja automaticamente gerado
o talão de desconto.

Delegações
Poderá ainda definir uma delegação onde será aplicada a promoção.

Para alterar cada um dos postos pertencentes a cada localização, aceda a Tabelas –
Tabelas Gerais – Delegações.

Na parte inferior do separador Critérios, existem ainda as seguintes opções:

Inactivo
Caso pretenda, por alguma razão, inactivar planeamento, deverá marcar esta
opção.

Valores com imposto incluído


Quando usados valores no planeamento, se os limites indicados incluem impostos.

Pode ser usado na avaliação de ofertas de artigo


Esta opção, apenas disponível quando é aplicado um desconto ou preço (opção
Aplica com Desconto/Preço), permite definir que, mesmo que existam ofertas de
produtos ou emissão de talões de desconto, permite usar o planeamento e oferecer
adicionalmente descontos ou preços especiais.

Regras
No separador Regras, deverão ser definidos os artigos de oferta e os detalhes dos
critérios que serão alvo do planeamento.

Dependendo do critério definido no campo Aplica, o separador Regras permitirá:


- Definir as regras de aplicação do desconto ou preço especial (Aplica = Desconto /
Preço),
- Definir as regras de aplicação da oferta de produtos bem como o produto de oferta
(Aplica = Oferta de Artigo / Família)
- Definir as regras de aplicação para a emissão do talão de desconto (Aplica =
Emite talão de desconto)

Excluir deste planeamento de desconto/preço/oferta os itens da lista


Ao invés de indicar os itens com desconto/preço/oferta, poderá optar por indicar os
itens sem desconto/preço/oferta e de seguida marcar a opção Excluir deste
planeamento de desconto/preço/oferta os itens da lista. Esta funcionalidade pode
ser particularmente útil quando se pretende, por exemplo, fazer uma promoção em
determinada família mas excluir alguns produtos dessa família.

Definir as ofertas (Aplica = Oferta de artigo / família)

Sempre que o campo Aplica tem a opção Oferta de artigo / família seleccionada, no
separador Regras é possível definir o Artigo / Família de oferta e os artigos / famílias
onde o planeamento vigora.
A opção O artigo a oferecer tem que estar registado na venda está apenas disponível
se o cálculo dos preços/desconto/ofertas é feito por documento (Cálculo por =

www.sage.pt 100
Manual Retail
Documento) e permite, caso esteja marcada, marcar o produto de oferta já
lançado no documento, com 100% de desconto.
Se a referida opção não se encontrar seleccionada, o artigo de oferta é lançado
automaticamente aquando da finalização do documento.

Sempre que na área de oferta é seleccionada uma Família, aquando do cálculo da


oferta, será mostrado um ecrã adicional para que o utilizador seleccione o produto a
oferecer:

Poderá usar os botões e presentes na parte inferior do ecrã para,

respectivamente, adicionar ou retirar os artigos a oferecer e os botões e


para aumentar ou diminuir as quantidades a oferecer.
Não poderão ser oferecidas mais unidades de produto do que as definidas no
planeamento.

Para mais informações, consulte o manual de Preços, descontos e ofertas.

Pontos/Talão Desconto
Planeamento de pontos e talões de desconto a atribuir ao cliente de acordo com as
vendas.

www.sage.pt 101
Manual Retail

Poderá consultar os planeamentos já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a configuração de pontos/talões de desconto.

Pontos/Talão Desconto
Tipo de planeamento

De/Até
Intervalo de tempo em que está em vigor o planeamento

Critério
Aplicação do planeamento com base no cabeçalho ou detalhes do documento

Critério "Detalhes":

Selecção
Planeamento com base numa lista de produtos/famílias ou aplicado a um
produto/família em particular

Campo
Planeamento aplicado a produtos ou a famílias

A regra é aplicada em
Nesta área será mostrada a referência do produto ou a lista de produtos aos quais
será aplicado o planeamento

Atribuição
Regras para cálculo do valor do talão de desconto/atribuição de pontos

www.sage.pt 102
Manual Retail

Activado
Activação/desactivação do planeamento

Localizações
Postos (ou conjunto de postos) em que se aplica o planeamento
Equivalências ao descontar pontos:
Na barra de opções, ao clicar em Desconto, será possível definir a grelha de
equivalência de pontos/valor monetário.

Cada
Número de pontos para descontar

Valor de desconto
Valor monetário a atribuir aos pontos definidos

Para mais detalhes, por favor consulte Pontos/Talões de desconto

Tabelas de artigos

Famílias
Agrupamentos de artigos.

www.sage.pt 103
Manual Retail

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as famílias..

Os dados de famílias são distribuídos por dois tabuladores.

Geral
Informação geral relativa às famílias.

Número
Identificação da família

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Origem
Posição na ramificação de famílias

Nome
Descrição da família

Cat. de artigo
Segundo a proposta de Lei do Orçamento de Estado da 2015 que contempla uma
alteração ao Decreto-Lei n.º 198/2012, de 24 de Agosto, as empresas com Volume
de Negócio superior a 100.000€ passam a estar obrigadas a comunicar via
electrónica o inventário de 2014 até 31 de Janeiro de 2015. Segundo o manual de
integração de software fornecido pela AT, na informação a comunicar, deverá estar
presente o tipo de produto comunicado. Assim sendo, foi criado um novo campo na
ficha dos Artigos, Famílias e Armazéns disponibilizando as seguintes opções:
M – Mercadoria
P – matérias-primas, subsidiárias e de consumo
A – produtos acabados e intermédios
S – subprodutos, desperdícios e refugos
T – produtos e trabalhos em curso

www.sage.pt 104
Manual Retail
X - Produtos à consignação a excluir do inventário

Os artigos da categoria X não serão incluídos no ficheiro de inventário a comunicar à AT .

Margens para preços


Percentagem para cálculo do preço de venda com base no preço de custo do artigo
pertencente à família

Tipo (Produto/Serviço/Juro/Portes)
Classificação dos artigos da família

Desconto máximo
Desconto máximo permitido para artigos associados à família

Nº de etiquetas
Número de etiquetas por padrão assumido na impressão de etiquetas de artigos da
família

Unidade Base
Unidade base assumida para os artigos associados à família

Exportar para Touch


Considerar os artigos associados na criação automática de páginas do touch

É último nível de navegação do Touch


A família é considerada como família de último nível na criação de páginas do
touch.

Obriga a indicar cliente na venda


Os artigos associados à família obrigam à identificação do cliente no documento de
venda

Outros dados
Informação adicional relativa às famílias.

Prop. 1 / Prop. 2 / Prop. 3


Propriedades assumidas para os artigos associados à família

Período de Garantia
Informação do período de garantia da família

Campos definíveis
Dez campos para informação diversa relativa a artigos associados à família

Armazém

www.sage.pt 105
Manual Retail

Poderá consultar os armazéns já criados através da pesquisa – botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os armazéns.

Número
Identificação do armazém

 Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Nome do armazém

Morada
Morada do armazém

Cód. Postal
Código postal

País
País

Distrito
Distrito no qual está inserido o armazém

Concelho
Concelho em que se insere o armazém

Cat. de artigo
Segundo a proposta de Lei do Orçamento de Estado da 2015 que contempla uma
alteração ao Decreto-Lei n.º 198/2012, de 24 de Agosto, as empresas com Volume
de Negócio superior a 100.000€ passam a estar obrigadas a comunicar via
electrónica o inventário de 2014 até 31 de Janeiro de 2015. Segundo o manual de
integração de software fornecido pela AT, na informação a comunicar, deverá estar

www.sage.pt 106
Manual Retail
presente o tipo de produto comunicado. Assim sendo, foi criado um novo
campo na ficha dos Artigos, Famílias e Armazéns disponibilizando as seguintes
opções:
M – Mercadoria
P – matérias-primas, subsidiárias e de consumo
A – produtos acabados e intermédios
S – subprodutos, desperdícios e refugos
T – produtos e trabalhos em curso
X - Produtos à consignação a excluir do inventário

Os artigos da categoria X não serão incluídos no ficheiro de inventário a comunicar à AT .

Propriedades
Valores ou gamas associadas aos artigos.
 Para mais informações consulte o manual de Propriedades.

Poderá consultar as propriedades já criadas através da pesquisa – botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as propriedades.

Os dados das propriedades dos artigos são distribuídos por dois tabuladores.

www.sage.pt 107
Manual Retail
Geral

Código
Identificação da propriedade

Descrição
Designação da propriedade que permitirá mais facilmente a sua identificação

Literal para Chave


Identificação e tipo da chave principal da propriedade que será apresentado como
descrição do campo a exibir aquando da compra e venda do artigo

Usa tabela associada


Propriedades com valores predefinidos que deverão ser usados na movimentação

Pede 2ª chave
Informação adicional

Pede 3ª chave
Informação adicional

Tipo de controlo
Quando será solicitada a inserção da propriedade – aquando entrada em stock,
saída ou em ambas as situações
 Em propriedades com tabelas associadas será assumido o tipo de controlo Entrada e
Saída.

Permite várias quantidades


Propriedade movimentada individualmente ou em massa

Saída Individual/Saída automática FIFO


A propriedade é indicada na venda ou a aplicação determina a propriedade a ser
vendida de forma automática de acordo com o critério FIFO

Data de validade
Aquando entrada de stock será solicitada a data de validade. Poderá activar o
controle de validade (Controla, inibe movimento ou Controla, emite aviso) ou
optar por não efectuar controle (Não Controla Validade).

Data de produção
Aquando movimentação da propriedade será solicitada a data de stock

Tabela

Registos pré-definidos para propriedades com tabela associada.

acrescentar um novo registo à tabela, sendo exibido o seguinte ecrã:

www.sage.pt 108
Manual Retail

editar um registo existente

eliminar um registo

 Poderá usar o botões e para alterar a ordem da listagem.

Conjuntos
Definição de artigos vendidos em conjunto, por exemplo, comercialização de livros
escolares.

Em Diversos – Configurações – Parâmetros podem ser configurados os campos


que permitem uma classificação dos artigos:

Podendo posteriormente definir os conjuntos:

www.sage.pt 109
Manual Retail
Poderá consultar os conjuntos já criados através da pesquisa – botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os conjuntos.

Agrupamento
Nesta área deverá definir os critério de agrupamento dos artigos (segundo o
exemplo dado, Escola, Ano, Semestre e Disciplina)

Artigos
Código de artigo pertence ao conjunto

Descrição
Designação do artigo

Quantidade
Quantidade do artigo

Poderá usar o botão para apagar linhas do conjunto.

Tamanhos
Tamanhos disponíveis para associação aos produtos.

Poderá consultar os tamanhos já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

www.sage.pt 110
Manual Retail
À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as
diversas operações a efectuar sobre os tamanhos

Número
Identificação do tamanho

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome do tamanho.

Cores
Palete de cores disponíveis para associação aos produtos.

Poderá consultar as cores já criadas através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as cores.

Número
Identificação da cor

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome da cor

Cor
Exemplo da cor

www.sage.pt 111
Manual Retail
Grupos de compra
Agrupamento para lançamento contabilístico.

Poderá consultar os grupos de compra já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os grupos de compra.

Grupo
Identificação do grupo

Descrição
Nome do grupo.

Seguidamente deverá configurar as contas de compras e de devolução de compras


usadas na ligação à contabilidade para o grupo de compra.

Para a definição das contas poderão ser usadas Mnemónicas.

Grupos de venda
Agrupamento para lançamento contabilístico.

www.sage.pt 112
Manual Retail
Poderá consultar os grupos de venda já criados através da pesquisa –
botão
Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e
acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os grupos de venda.

Grupo
Identificação do grupo

Descrição
Nome do grupo.

Seguidamente deverá configurar as contas de vendas e de devolução de vendas


usadas na ligação à contabilidade para o grupo de venda.

Para a definição das contas poderão ser usadas Mnemónicas.

Terceiros/Contas

Outros Devedores/Credores
Registo de outras entidades que não clientes, fornecedores ou vendedores.

Poderá consultar os outros devedores / credores já criados através das pesquisas –


botões e - ou pelas setas de navegação
Poderá ainda obter directamente os dados do outro devedor / credor usando o botão
para obter os dados do leitor de cartão de cidadão.

www.sage.pt 113
Manual Retail
Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte
Manutenção e acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os outros devedores / credores .

Os dados de outros devedores / credores são distribuídos por diversos tabuladores.


Geral
Dados gerais relativos ao outro devedor / credor.

Número
Identificação do outro devedor / credor

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome do outro devedor / credor

Morada
Morada do cliente

Cod. Postal
Código postal do outro devedor / credor

Contribuinte
Número de identificação fiscal

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada.

Telefone
Número de telefone contacto

País
Nacionalidade

Distrito
Distrito a que pertence o outro devedor / credor

Concelho
Concelho em que está inserido o outro devedor / credor

E-mail
Endereço de e-mail

Moradas
Registo de moradas do outro devedor / credor.

Número

www.sage.pt 114
Manual Retail
Identificação do registo de morada

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Tipo de Morada
Classificação da morada.
Este campo será usado para a impressão das moradas. Consulte Tabelas - Tabelas gerais -
Cargas / Descargas para mais informações.

Morada
Morada completa.

Cód. Postal
Código postal

País
Identificação do país

Distrito
Distrito a que pertence

Concelho
Concelho em que está inserida a morada

Envio de Correspondência
Activação de morada para envio de correspondência

Contactos
Contactos do outro devedor / credor.

Número
Identificação do contacto

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome do contacto

B.Ident.
Número do bilhete de identidade

Data Nasc.
Data de nascimento do contacto

Cargo
Cargo do contacto na empresa

Observações
Informação adicional

www.sage.pt 115
Manual Retail
Telefones
Números de telefone contacto diferenciados por tipos

Correio Electrónico
Endereços de e-mail diferenciados por tipos

Contas
Identificação das contas bancárias do outro devedor / credor.

Número
Identificação da conta bancária

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

País da conta
País a que pertence

Descrição
Descritivo da conta bancária

Moeda
Moeda da conta bancária

NIB
Número de identificação bancária

Banco
Nome do banco a que pertence a conta bancária

Swift
Swift do banco

IBAN
Número internacional de identificação bancária (International Bank Account
Number)

Bancos
Bancos
Bancos (contas bancárias) com que a empresa e os terceiros trabalham.

www.sage.pt 116
Manual Retail

Poderá consultar os bancos já criados através das pesquisas – botões e - ou


pelas setas de navegação

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os bancos.

Os dados de bancos são distribuídos por diversos tabuladores.

Geral
Dados gerais relativos à entidade bancária.

Número
Identificação da entidade bancária

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome da entidade

Código banco
Código do banco

Código Swift
Código de identificação do banco necessário para efectuar transferências
internacionais

País
País do banco

www.sage.pt 117
Manual Retail

Telefone
Número de telefone contacto

Fax
Número de fax

E-mail
Endereço de e-mail

Endereço Web
Endereço web

Observações
Informação adicional relativa à entidade bancária

Moradas
Registo de moradas do banco.

Número
Identificação do registo de morada

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Tipo de Morada
Classificação da morada.
Este campo será usado para a impressão das moradas. Consulte Tabelas - Tabelas gerais -
Cargas / Descargas para mais informações.

Morada
Morada completa.

Cód. Postal
Código postal

País
Identificação do país

Distrito
Distrito a que pertence

Concelho
Concelho em que está inserida a morada

Envio de Correspondência
Activação de morada para envio de correspondência

Contactos
Contactos junto do banco.

Número

www.sage.pt 118
Manual Retail
Identificação do contacto

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome do contacto

B.Ident.
Número do bilhete de identidade

Data Nasc.
Data de nascimento do contacto

Cargo
Cargo do contacto na empresa

Observações
Informação adicional

Telefones
Números de telefone contacto diferenciados por tipos

Correio Electrónico
Endereços de e-mail diferenciados por tipos

Contas Bancárias
Identificação das contas bancárias.

Número
Identificação da conta bancária

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

País da conta
País a que pertence

Descrição
Descritivo da conta bancária

Moeda
Moeda

NIB
Número de identificação bancária

Banco
Banco a que pertence a conta bancária

IBAN
Número internacional de identificação bancária (International Bank Account
Number)

www.sage.pt 119
Manual Retail
Métodos
Tipos de transacções bancárias.

Poderá consultar os métodos bancários já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os métodos bancários.

Número
Identificação do método bancário

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Descrição do método

Excluir do relatório
Exclusão do mapa de análise bancária
Categorias
Classificação dos movimentos bancários.

www.sage.pt 120
Manual Retail

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as categorias.

Número
Identificação da categoria bancária

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Origem
Posição na ramificação de categorias bancárias

Nome
Descrição da categoria bancária

Caixas
Configuração das caixas.

www.sage.pt 121
Manual Retail

Poderá consultar as caixas já criadas através da pesquisa via botão ou pelas


setas de navegação

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as caixas.

A configuração das caixas é feita em 3 separadores:

Geral
Cada caixa poderá ser configurado ainda de forma independente no que diz respeito
ao seu modo de funcionamento – permite várias sessões abertas, várias sessões no
mesmo dia de trabalho, só poder ser movimentado pelo vendedor que o abriu, obriga à
declaração do valor em caixa aquando fecho de sessão, etc…

Indicadores para abertura de caixa


Nesta área deverá definir o Saldo mínimo da caixa (Valor mínimo que a caixa
poderá ter) e o valor do Fundo de Caixa (valor com que a caixa é aberta).

Avisos para sangria


Seguidamente deverá indicar ao sistema para que montantes serão mostrados os
avisos quando é atingido o Saldo máximo e se existe um Saldo de bloqueio.

www.sage.pt 122
Manual Retail

Tipo de caixa
Indicação do tipo de caixa: Normal, Central ou Offline.

Delegação
A que delegação pertence a caixa a criar.

A indicação de <Indefinida> irá permitir usar esta caixa em qualquer delegação.

Abertura de caixa
Indicação da forma como é feita a abertura de caixa: automática (efectuada
automaticamente pela aplicação) ou Manual (Obriga à abertura manual do caixa por
parte do utilizador).

Observações
Informação adicional

Inactiva
Indicação se a caixa se encontra inactiva

Modo de trabalho
Cada caixa poderá ser configurado ainda de forma independente no que diz respeito
ao seu modo de funcionamento – permite várias sessões abertas, várias sessões no
mesmo dia de trabalho, só poder ser movimentado pelo vendedor que o abriu, obriga à
declaração do valor em caixa aquando fecho de sessão, etc…
Neste separador, deverá indicar o modo como pretende trabalhar com este caixa:

 Permite abrir mais do que uma sessão de caixa por dia


 Permite várias sessões com caixa aberto
 Este caixa só pode ser movimentado pelo vendedor que o abriu
 Só pode ser aberto/fechado por vendedores que usem este caixa
por omissão
 Atribuir ao documento o vendedor de abertura de sessão
 Pode alterar/anular transacções de sessões de caixa fechadas
 Não permite encerrar a sessão se existem talões temporários
 Ao abrir/encerrar sessão pede dados da rota de vendedor

Seguidamente deverá indicar como será efectuado o fecho de caixa e respectiva


declaração de caixa:
 Declaração fecho de caixa/ fecho de caixa cego
 Tentativas permitidas na declaração de caixa
 As diferenças entre o declarado e o calculado são lançadas em
(Caixa destino), <lista de caixas centrais>
 Se a diferença for negativa é lançada em (No caixa escolhido), CC
Vendedor (conta corrente), CHQ Vendedor (cheques)

A opção anterior só está disponível se a opção Declaração fecho de caixa/ fecho de caixa
cego se encontrar seleccionada

 Para fechar, a diferença tem de ser entre

www.sage.pt 123
Manual Retail

Para a opção anterior, considera-se como diferença o valor positivo ou negativo.

Contas bancárias
Indicação das contas bancárias usadas para fechos de modalidades cujo tipo seja
Cartão de Crédito/Débito.

Vendedores
Planeamento de comissões
Regras para cálculo das comissões a pagar ao vendedor.
Para mais informações consulte o manual de comissões de vendedores.

Poderá consultar os planeamentos criados através do botão de pesquisa


ou pelas setas de navegação

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre esta tabela.

www.sage.pt 124
Manual Retail
Número
Identificação do planeamento

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Breve descrição do planeamento

Simples/Composta
Forma como as comissões serão aplicadas (critério único ou combinação de
critérios)
 Simples: será usado um único critério para o cálculo da comissão, podendo
escolher entre Famílias, Artigos, Grupo de Vendedor ou Grupo de Cliente.
 Composta: para o cálculo da comissão serão usados critérios combinados,
podendo definir um dos seguintes tipos: Grupo de Vendedor/Família, Grupo de
Vendedor/Artigo, Grupo de Cliente/Família ou Grupo de Cliente/Artigo.

Escalões de comissões
Percentagem de comissão com base na quantidade vendida ou no valor da venda.
Poderá não ser usado escalão sendo aplicada uma percentagem fixa
 Não utiliza: Seleccionando esta opção estará a indicar ao sistema que não
pretende utilizar escalões para o cálculo, sendo neste caso aplicada a comissão
definida no campo Comissão

 Quantidade: Esta opção indicará ao sistema que o cálculo de comissões irá ser
efectuado tendo em consideração as quantidades movimentadas.

 Valor s/ Imposto: Caso seleccione esta opção, as comissões serão calculadas de


acordo com o preço unitário sem imposto do artigo.

www.sage.pt 125
Manual Retail

 Valor c/ Imposto: Caso pretenda calcular as comissões tendo em consideração o


preço unitário com imposto do produto deverá seleccionar esta opção.

Para os escalões Quantidade, Valor s/ Imposto e Valor c/Imposto, deverá configurar


cada um dos escalões definindo os seguintes dados:
Vendas até
Neste campo deverá definir:
 A quantidade máxima do produto à qual será aplicada a comissão, caso
utilize escalão Quantidade.
 O valor sem imposto máximo ao qual será aplicada a comissão, se
escolhido o escalão Valor s/Imposto.
 O valor com imposto máximo ao qual será aplicada a comissão, se
escolhido o escalão Valor s/Imposto.

Comissões (%)
Percentagem a aplicar no cálculo da comissão a atribuir ao vendedor.

Validade
Válido em
Intervalo de datas em que é válido o planeamento de comissão

Aplica critério de escalonamento


Se optar por um planeamento de comissões por escalões (de quantidade ou valor)
poderá seleccionar um dos critérios:
 Por cada linha: os escalões definidos serão analisados/aplicados linha a linha
do documento
 Por cada documento: os escalões definidos serão analisados/aplicados na
globalidade do documento
 Pelo período processado: os escalões definidos serão analisados/aplicados
consoante o intervalo de tempo definido no processamento, sendo
considerados todos os documentos desse intervalo

Cálculo
O cálculo da comissão poderá ser efectuado com base no preço de venda (valor
líquido) ou com base no lucro, ou seja, ao calcular a percentagem de comissão a
atribuir consoante o planeamento definido, será tomado por base o valor líquido ou
o lucro da venda. Poderá ainda optar por deduzir os descontos aplicados na venda
na comissão do vendedor, para tal, active Indexado ao Desconto Comercial.
Grupo de penalizações
Penalizações aplicadas às comissões com base no vencimento do documento.

www.sage.pt 126
Manual Retail

Poderá consultar os grupos de penalizações já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os grupo de penalizações.

Número
Identificação da regra de penalização
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Breve descrição da regra de penalização

Grelha de Penalizações
Dias e percentagem de penalização

Departamentos
Secções da empresa.

www.sage.pt 127
Manual Retail

Poderá consultar os departamentos já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os departamentos

Departamento
Sigla identificativa do departamento

Descrição
Nome do departamento

Grupos de vendedores
Agrupamentos de vendedores.

www.sage.pt 128
Manual Retail
Poderá consultar os grupos de vendedores já criados através da pesquisa –
botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os grupos de vendedores.

Grupo
Identificação do grupo de vendedor

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Nome do grupo

Rotas de vendedores
Percursos de vendas.

Poderá consultar as rotas já criadas através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as rotas

Rota
Identificação da rota

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

www.sage.pt 129
Manual Retail

Descrição
Nome da rota

Sub-rotas de vendedores
Associação clientes  rotas.

Poderá consultar as sub-rotas já criadas através da pesquisa – botão

Rota
Identificação da rota à qual está associada a sub-rota

Sub-Rota
Identificação da sub-rota

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Nome da sub-rota

Clientes a visitar
Clientes incluídos na sub-rota

Poderá usar os botões ou para alterar a ordem de visita aos clientes e os


botões e para, respectivamente, adicionar clientes á rota ou remover clientes
da rota.

www.sage.pt 130
Manual Retail
Clientes
Obras
Obras associadas às entidades cliente para imputação dos documentos de venda.
O objecto de imputação poderá ser personalizado pelo utilizador.

Esta opção é mostrada se em Diversos - Configurações - Parâmetros -


Movimentação - Imputação ao cliente nas vendas está escolhida a opção Obras.

Poderá consultar as obras já criadas através da pesquisa – botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as obras.

Número
Identificação da obra

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Cliente
Cliente associado à obra

Descrição
Nome da obra

Início
Data de início da obra

Fim
Data de conclusão da obra

Orçamento

www.sage.pt 131
Manual Retail
Valor orçamentado para a obra

Observações
Informação adicional relativa à obra

Últ. Venda
Último documento associado à obra

Inactivo
Desactivação da obra

Veículos
Veículos associados às entidades cliente para imputação dos documentos de venda.

O objecto de imputação poderá ser personalizado pelo utilizador.

Esta opção é mostrada se em Diversos - Configurações - Parâmetros -


Movimentação - Imputação ao cliente nas vendas está escolhida a opção Veículos.

Poderá consultar os veículos já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os veículos.

Número
Identificação do veículo

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

www.sage.pt 132
Manual Retail
Cliente
Cliente associado à viatura

Matrícula
Matrícula da viatura

Ano
Ano de fabrico

Kilómetros
Número de kilómetros actuais

Marca
Marca do veículo

Modelo
Modelo do veículo

Cor
Cor do veículo

Nº Chassis
Número de série da viatura

Observações
Informação adicional relativa ao veículo

Últ. Venda
Último documento associado à viatura

Inactivo
Desactivação do veículo
Imputação personalizada
Além de obras e veículos, o utilizador poderá optar por outros campos de imputação
de clientes, personalizando-os de acordo com as suas necessidades

Esta opção é mostrada se em Diversos - Configurações - Parâmetros -


Movimentação - Imputação ao cliente nas vendas está escolhida a opção
Personalizada.

www.sage.pt 133
Manual Retail

Deverá efectuar essa parametrização em Diversos - Configurações - Configurar


campos de imputação a Clientes.

Consulte a opção Configurar campos de imputação a Clientes (presente em Diversos -


Configurações) para mais informações.

Poderá consultar a imputação anterior através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do objecto
 Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Cliente
Cliente associado ao objecto

Descrição
Nome do objecto

Personalizada
Registos pré-definidos para a imputação personalizada

A nomenclatura deste campo é definida na configuração dos campos de imputação.

Observações
Informação adicional relativa ao objecto

www.sage.pt 134
Manual Retail

Últ.Venda
Último documento associado ao objecto

Inactivo
Desactivação do objecto

Grupos de clientes
Agrupamentos de clientes.

Poderá consultar os grupos de clientes já criados através da pesquisa –


botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os grupos de clientes

Grupo
Identificação do grupo de cliente

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Nome do grupo

Tipo de chamada
Tipos para classificação das chamadas telefónicas efectuadas.

www.sage.pt 135
Manual Retail

Poderá consultar os tipos de chamadas já criados através da pesquisa –


botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os tipos de chamadas

Código
Identificação do tipo de chamada

Descrição
Breve descrição do tipo de chamada

Chamadas
Registo de chamadas efectuadas.

www.sage.pt 136
Manual Retail

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a lista de chamadas.

Realizada por
Tipo de entidade que realizou o contacto

Data
Data do contacto

Hora início
Hora de início do contacto

Hora fim
Hora de fim do contacto

www.sage.pt 137
Manual Retail
Vendedor
Vendedor que estabeleceu o contacto

Tipo Chamada
Tipo de chamada

Cliente
Entidade que realizou o contacto

A nomenclatura deste campo altera de acordo com o tipo de entidade que estabeleceu o
contacto.

Contacto
Assunto do contacto

Observações
Informação adicional relativa ao contacto

Tabelas de movimentação

Comentários Extra
Informação relativa ao artigo a incluir na linha de registo aquando movimentação do
artigo.

Poderá consultar os vários comentários extra já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os comentários extra.

Número

www.sage.pt 138
Manual Retail
Número do comentário

Seguidamente deverá indicar o comentário.

Motivos de alteração / anulação


Motivos justificativos de alteração / anulação de registos dos documentos.

Poderá consultar os motivos já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os motivos de alteração / anulação.

Código
Identificação do motivo de alteração

Descrição
Breve descrição do motivo de alteração

Tabelas gerais

Moeda
Informação relativa a moedas e câmbios.

www.sage.pt 139
Manual Retail

Poderá consultar as moedas já criadas através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as moedas.

Moeda
Informação geral relativa à moeda.

Sigla
Identificação da moeda

Descrição
Moeda

Moeda Euro
Moeda substituída pelo Euro

Factor conversão
Taxa de conversão relativamente ao Euro

Cambio em relação
Moeda para cambio

Data
Data da última actualização da taxa de câmbio

Valor compra
Valor de compra utilizado nos documentos a receber

Valor venda

www.sage.pt 140
Manual Retail
Valor de venda utilizado nos documentos a pagar

Na criação de novas moedas não se encontra disponível a definição de moeda Euro


bem como factor de conversão, uma vez que estes campos apenas dizem respeito a
moedas da zona euro.
Especificações

Positivo
Exemplo de apresentação de valor positivo

Negativo
Exemplo de apresentação de valor negativo

Símbolo monetário
Símbolo da moeda

Posição símbolo
Formatação da moeda

Formato nº negativo
Formatação de valor negativo

Número casas decimais


Casas decimais para totalizadores

Nº decimais artigos
Casas decimais para valores unitários

Código ISO
Código ISO da moeda.

Inactivo
Indicação se a moeda se encontra inactiva; não será possível movimentar uma
moeda inactiva.

Na criação de novas moedas não se encontra disponível a definição de moeda Euro bem
como factor de conversão, uma vez que estes campos apenas dizem respeito a moedas
da zona euro.

Zonas / Países
Zonas geográficas em que se inserem as entidades.

www.sage.pt 141
Manual Retail

Poderá consultar as zonas / países já criadas através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as zonas / países

Número
Identificação da zona

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Zona
Descrição da zona

Tipo
Tipo de zona (nacional, intracomunitária, outros países ou inversão sujeito passivo)

Moeda
Moeda usada na zona

Motivo de isenção de IVA


Motivo de isenção de IVA preenchido automaticamente pela aplicação tendo em
conta o Tipo de zona escolhida.

País
País para aplicação de impostos

Região
Região de impostos

www.sage.pt 142
Manual Retail
Cargas / Descargas
Locais/meios identificados para a carga e descarga de mercadoria.

Poderá consultar os locais de carga / descarga já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os locais de carga / descarga

Número
Identificação do local/meio de carga/descarga

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Nome do local/meio de carga/descarga

Morada a utilizar
Indicação da morada a usar; estão disponíveis as seguintes opções:

- Dados da empresa emitente: será gravada, impressa e enviada para o SAF-T a


morada constante na ficha da empresa;
- Morada da entidade do documento: será gravada, impressa e enviada para o
SAF-T a morada constante na ficha do cliente/fornecedor.
- Morada alternativa da entidade do documento: neste caso será gravada, impressa
e enviada a morada escolhida no separador Totais do documento de compra e
venda;
- Morada do armazém: é gravada, impressa e enviada para o SAF-T a morada do
armazém definido para o documento
- Livre: neste caso o utilizador deverá indicar manualmente a morada de Carga ou
Descarga que será gravada, impressa e posteriormente enviada no SAF-T.

www.sage.pt 143
Manual Retail
Não será permitido escolher este tipo de morada (Livre) na definição das
avenças.

Sempre que seja seleccionada a opção Morada alternativa da entidade do documento


poderá seleccionar o Tipo de morada da entidade que será usada.
O tipo de morada aqui escolhido irá corresponder ao tipo de morada definido na Entidade
(separador Moradas).

Transportes
Meio usado para o transporte das mercadorias.

Poderá consultar os transportes já criados através da pesquisa – botão

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

www.sage.pt 144
Manual Retail

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os transportes

Número
Identificação do transporte

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Nome do transporte

Valor
Valor fixo do transporte

Assumido como valor de portes aquando emissão do documento.

Imposto
Imposto a aplicar ao transporte

Valor máximo da venda S/IVA para incluir portes


Valor sem IVA a partir do qual não será cobrado transporte

Modo de Transporte
Tipo de transporte para processamento Intrastat

Para mais informações consulte Nomenclatura.

Delegações
Filiais existentes na empresa.

Poderá consultar as delegações já criadas através da pesquisa – botão

www.sage.pt 145
Manual Retail
 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte
Manutenção e acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as delegações.

Número
Identificação da delegação
 Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Nome da delegação

Terminais
Terminais associados à delegação. Através do botão poderá escolher os
diversos terminais:

Séries
Séries que poderão ser movimentadas. Através do botão poderá escolher as
diversas séries.

www.sage.pt 146
Manual Retail

Intrastat

Nomenclatura
Classificação das mercadorias.

Poderá consultar as nomenclaturas já criadas através da pesquisa – botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as nomenclaturas.

Mercadoria
Código para identificar o tipo de mercadoria

Descrição
Breve descrição do tipo de mercadoria

www.sage.pt 147
Manual Retail
Gestão de Unidades Suplementares
É efectuada a gestão das unidades

Modos de Transporte
Tipo de transporte da mercadoria.

Poderá consultar os modos de transporte já criados através da pesquisa – botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os modos de transporte.

Modo
Identificação do transporte

Descrição
Breve descrição do modo de transporte

Condições de Entrega
Tipos de entrega da mercadoria.

www.sage.pt 148
Manual Retail

Poderá consultar as condições de entrega já criadas através da pesquisa – botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as condições de entrega.

Condição
Código para identificação da entrega

Descrição
Breve descrição da condição de entrega

Naturezas de transacção
Âmbito em que são efectuadas as transacções.

www.sage.pt 149
Manual Retail
Poderá consultar as naturezas de transacção já criadas através da pesquisa
– botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as naturezas de transacção.

Natureza A
Código da natureza de transacção A

Descrição
Breve descrição da natureza de transacção

Natureza B
Informação da natureza de transacção B

Portos
Porto marítimos ou aeroportos relativos às transacções.

Poderá consultar os portos já criadas através da pesquisa – botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os portos.

Porto
Identificação do porto/aeroporto

Descrição
Nome do porto/aeroporto

www.sage.pt 150
Manual Retail
.

Regiões
Regiões de origem da mercadoria.

Poderá consultar as regiões já criadas através da pesquisa – botão

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as regiões.

Região
Código de região origem de mercadoria

Descrição
Breve descrição da região

www.sage.pt 151
Movimentação
Movimentação
Antes de proceder ao registo de documentos – Menu Movimentos - deverão ser
preenchidas as tabelas essenciais. No entanto, durante o processo de emissão,
poderão ser consultadas tabelas – botão - e acrescentados novos registos se
necessário – botão

Para facilitar o tratamento dos documentos, as janelas de movimentação contêm


elementos idênticos.

Cabeçalho
Identificação do documento e informação relativa à entidade

Corpo
Linhas de movimentação ou montante

Rodapé
Totais

Barra de ferramentas
Operações disponíveis para o documento

Além das opções específicas para cada documento, existem seis operações básicas e
que são comuns a todos eles.

Abortar
Limpa o ecrã a informação para dar início a novo registo/edição.

Gravar
Gravação do documento

Ver antes
Pré-visualização do documento

Imprimir
Impressão do documento
Disponível após gravação do documento.

Anular
Anulação do documento
Disponível após gravação do documento.

Sair

www.sage.pt 152
Manual Retail
Fechar janela do documento

Para além dessas operações, é possível ainda:

Colocar em preparação
Colocar o documento em preparação para terminar mais tarde

Converter
Permite converter documentos para o documento corrente

Duplicar
Permite criar uma cópia do documento em edição

Devolução
Permite converter documentos para o documento corrente

Como emitir um novo documento


A emissão de um novo documento começa pelo preenchimento dos campos de
cabeçalho – informação relativa à identificação do documento, entidade, armazém...
Dependendo dos níveis de acesso definidos, alguns campos poderão não estar
disponíveis.

O avanço entre campos poderá ser efectuado premindo a tecla Enter ou Tab; no
entanto o registo da linha só será efectuado via Enter. Caso prefira, poderá usar o
rato.
A ordem de tabulação é configurável – consulte Configuração de campos de
movimentação

Após preenchimento do cabeçalho, deverão ser definidos os detalhes que compõem o


corpo do documento – registo de produtos ou montante transaccionado.

Nos documentos que apresentam grelha de registo o avanço entre os campos poderá
ser efectuado premindo a tecla Enter ou Tab. Para retroceder entre os campos prima
as teclas Shift e Tab simultaneamente.

www.sage.pt 153
Manual Retail
Os campos são configuráveis pelo utilizador, consulte Configuração de
campos de movimentação.

Após registo do último campo da linha, esta será lançada na grelha e iniciada uma
nova linha com numeração sequencial.

As linhas já registadas poderão ser editadas para rectificação.

Este processo poderá ser efectuado da seguinte forma:

seleccione a linha com o rato e prima a tecla Enter

ou

clique com o rato no campo que pretende alterar e efectue a rectificação,


confirmando com a tecla Enter

ou

digite o nº da linha a editar no campo Linha e seleccioneAlterar linha

ou

digite 0 (zero) no campo Linha, o cursor irá ser posicionado nas linhas registadas,
com as teclas do cursor seleccione a linha que pretende e confirme a sua edição
premindo a tecla Enter

Caso pretenda eliminar uma linha já registada...

seleccione a linha com o rato e prima a tecla Delete

ou

digite o nº da linha a eliminar no campo Linha e seleccioneEliminar linha

ou

www.sage.pt 154
Manual Retail
digite 0 (zero) no campo Linha, o cursor irá ser posicionado nas linhas
registadas, com as teclas do cursor seleccione a linha que pretende e elimine-a
premindo a tecla Delete

Em documentos valorizados, à medida que são lançadas as linhas na grelha, é


actualizado em rodapé o contador de itens registados bem como o total do documento.

Para gravar o documento clique no botão Gravar ou Finalizar ou prima a tecla F10.

Dependendo da configuração do comportamento documento, poderá ser apresentado o


ecrã de finalização, ecrã de pagamento, confirmação de impressão, etc... Para mais
informações relativamente à configuração do comportamento do documento, consulte
Configuração de Postos

Como editar um documento existente


Para editar um documento terá que seleccionar o tipo de documento em questão,
indicando a série e número. Os campos apresentar-se-ão preenchidos disponíveis
para edição.

Proceda às alterações e grave o documento.


Para mais informações relativamente ao registo de um documento consulte Como emitir
um novo documento

Os documentos assinados não poderão ser alterados, salvo eventuais informações que
não alterem os totais do documento.

Documentos de Venda

Documentos de Venda
Os documentos de venda são emitidos desde o menu Movimentos, opção
Movimento de Vendas – Documentos de Venda.

O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

... pelo ícone de atalho que consta no dash board...

www.sage.pt 155
Manual Retail

... ou pela opção Emitir Venda do task pane.

www.sage.pt 156
Manual Retail
Registo de documento de venda
Registo de documento de venda

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema
Não devem ser emitidos documentos com data anterior aos já emitidos. Para mais
informações relativamente a este controle, consulte Configuração de Numeração de
Documentos.

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

www.sage.pt 157
Manual Retail

Cliente
Identificação da entidade

Cont.
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Botão
Consulta de documentos da entidade indicada que se encontram pendentes de
liquidação

Dt.Stock
Data de registo do documento em stock

Vendedor
Identificação do vendedor (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

Moeda
Moeda em que será emitido o documento (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da zona)

Zona
Identificação da zona (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

O próximo campo, permite inserir várias informações, dependendo da opção escolhida


na combo-box (V/Ref, Origem, Nº doc).

www.sage.pt 158
Manual Retail

V/Refª
Identificação do documento para a entidade (ex: nº da nota de encomenda do
cliente)

Origem
Identificação do documento origem.

Nº doc
Identificação do documento manual
Esta opção está unicamente disponível para séries manuais.

Caixa
Identificação do caixa movimentado

De seguida, encontra a grelha de registo:

Por favor consulte Configuração de campos de movimentação para mais informações


acerca da grelha de movimentação.

Linha
Número da linha de registo (numeração sequencial)

Referência
Identificação do produto

Com a possibilidade de emissão do cartão e-factura, após inserção de um


determinado valor no campo Referência (com formato de NIF, por
exemplo 123456789) da linha de registo dos documentos de venda são
efectuadas as seguintes validações:
Para mais informações acerca do cartão consulte https://faturas.portaldasfinancas.gov.pt/.

1º É verificado se o código de artigo inserido corresponde a um artigo


existente; se existir lança o artigo;
2º Se o artigo com esse código não existe e o código corresponde ao NIF
de um cliente existente, lança esse cliente;
Caso existam vários clientes com o mesmo NIF, será mostrada um ecrã para escolher o
cliente.

3º Se não existe nenhum artigo com esse código nem um cliente com
esse NIF, será assumido esse NIF como NIF da venda.

Para além dos automatismos de lançamento descritos anteriormente, neste


campo poderá ser lançado ainda o código de cliente (indicado no campo Cód.
Cartão do separador Outros Dados da ficha de cliente), isto é, caso a referência
indicada no campo não exista como código de artigo, será verificado se existe
algum cliente com código de cartão igual à referência indicada e, caso exista,
será assumido esse cliente para o documento.

Descrição
Breve descrição do produto

www.sage.pt 159
Manual Retail
Quant
Quantidade do produto

Preço Unit.
Preço unitário do produto

Desc
Desconto de linha

Cod. Iva
Código do imposto do produto

Arm.
Identificação do armazém para registo do movimento em stock

Total Linha
Valor total da linha registada

Preço C/ (S/) Impostos Incluídos


Documento com ou sem impostos incluídos (parametrização pré-definida pelo
utilizador)
Para mais informações relativamente a esta parametrização consulte Configuração de
Postos

Nº Itens
Contador de nº de itens registados
Se unidade de venda do produto diferente de UNI é considerado um item por linha
independentemente da quantidade registada (útil para registo de produtos a peso, ao
litro...).

Ecrã de finalização
Dependendo da configuração pré-definida, ao finalizar o documento poderá ser
apresentado um resumo dos totais do documento – separador Totais.
Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte Configuração de
Postos

O ecrã de Totais contém a seguinte informação:

www.sage.pt 160
Manual Retail

Detalhes de Impostos

Imp/Taxa
Sigla do imposto aplicado

Incidência
Valor de incidência

Taxa
Taxa de imposto aplicado

Valor
Valor do imposto aplicado

Imp/Tax
Tipo de imposto aplicado

Valor
Valor do imposto

Pagamento

Pagamento
Tipo de pagamento

www.sage.pt 161
Manual Retail

Vencimento
Data de vencimento do documento (calculado automaticamente de acordo com a
data de emissão e tipo de pagamento indicados)

Tansporte

Transporte
Meio usado para o transporte das mercadorias

Local Carga
Local, data e hora de carga da mercadoria

L.Descarga
Local, data e hora de descarga da mercadoria

Totais

Total Portes
Valor de portes a aplicar ao documento

Consoante o transporte indicado poderá ser automaticamente assumido um valor de


portes, para mais informações consulte Transportes

Total Bruto
Total bruto do documento

Desconto Linha
Valor do total de desconto de linha do documento

Desconto Global
Percentagem de desconto global do documento

Desconto Global
Valor do desconto global a aplicar

Total Líquido
Valor líquido do documento

Total Impostos
Valor relativo ao total de impostos

Total Documento
Valor total do documento

Total Retenção
Total de retenção na fonte

Arredondamento
Valor de arredondamento

Total a Pagar

www.sage.pt 162
Manual Retail
Valor a pagar

Observações
Informação adicional relativa ao documento

Poderá ser pré-definida uma observação a incluir no documento. Para mais informações
relativamente a esta parametrização consulte Tabela de documentos

Ecrã de pagamento
Caso o documento esteja configurado para registar em caixa, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de pagamento, aquando finalização
do documento.
Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte Configuração de
Postos

Modalidade / Total
Lista com as modalidades de pagamento existentes na empresa e o valo já
entregue para cada modalidade

www.sage.pt 163
Manual Retail
Caixa
Caixa onde será registado o pagamento

Pagamento em
Moeda para pagamento

Valor entregue
Total entregue (campo não editável e corresponde ao valor entregue em cada uma
das modalidade de pagamento)

Seleccione a modalidade de pagamento e indique o valor. Clique no botão Adicionar


para que seja assumido o pagamento.
Repita o processo para as restantes modalidades, caso sejam usadas, até prefazer o
total do documento.

Se a modalidade for Cheque


Deverá neste caso preencher os dados do cheque:

Número
Número do cheque

Banco
Banco relativo ao cheque

Data
Data do cheque

Valor
Valor do cheque

Se modalidade for Talão de Reembolso ou Talão de Desconto

Poderá usar o botão para indicar os dados do talão de reembolso ou do talão


de desconto:

www.sage.pt 164
Manual Retail

Série
Série do documento usado como pagamento

Documento
Documento usado como pagamento

Nº Documento
Número do documento usado como pagamento

Pode usar o botão para seleccionar o documento

Valor disponível
Valor disponível no talão seleccionado

Valor a descontar
Valor que pretende descontar

Para adicionar mais talões poderá usar o botão

Para eliminar um talão usado, utilize o botão


Se a modalidade de pagamento for Letra
Deverá preencher os dados relativos à letra:

www.sage.pt 165
Manual Retail

Saque Nº
Identificação da letra

Data de emissão
Data de emissão da letra. Este campo assumo a data do pagamento e não pode
ser alterado

Data de vencimento
Data de vencimento da letra

Sacado
Nesta área deverá indicar os dados do sacado, nomeadamente a conta de
domicialização e o NIB

Sacador
Informação do sacador, nomeadamente banco e NIB da conta.

Encargos suportados por


Indicação da entidade que será responsável pelos encargos da letra: Cliente ou
Empresa

Avalista
Pessoa responsável pela garantia de pagamento da letra

www.sage.pt 166
Manual Retail
Observações
Campo livre de introdução de texto

Código do imposto de selo


Código do imposto de selo a aplicar à letra
Código definido em Parâmetros - Imposto de selo a aplicar a juros.

Valor da letra
Valor da letra

Taxa
Valor da letra

Se modalidade for Transferência bancária


Deverá indicar os dados da conta:

Conta beneficiária
Identificação da conta

Referência
Referência da transferência bancária

Data valor
Data efectiva da transferência.

Ecrã de troco
Caso o valor entregue seja superior ao total a pagar, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de troco, aquando finalização do
documento.
Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte Configuração de
Postos.

www.sage.pt 167
Manual Retail

O ecrã de troco será apresentado durante o tempo pré-definido ou até que o utilizador
prima a tecla Esc. Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte
Configuração de Postos

Valor a Pagar
Total a pagar do documento

Valor Entregue
Total entregue como pagamento

Valor de Troco
Diferença entre total do documento e valor entregue
Criação automática de notas de crédito

Apenas aplicável aos documentos de venda

Segundo o ponto 2.2.5 do Ofício Circulado 50.001, os documentos impressos pelo


programa de faturação não devem conter valores negativos. Quando necessário serão
utilizados documentos retificativos de faturas (notas de débito e notas de crédito, nos
termos do nº 7 do artigo 29º do CIVA), como documentos de correção de operações
de compra e venda, cuja forma, conteúdo e finalidade devem ser respeitados. Os
valores negativos só poderão ser impressos nos casos de anulação de registos que já
integram a fatura ou para acerto de estimativas nas prestações de serviços
continuadas, isto é, nos documentos assinados não devem ser registados valores que
originem um total de linha a negativo (quantidades negativas, preços negativos, etc).
Documentos de venda passíveis de conter linhas a negativo
Embora estejam activadas as opções Introduzir quantidades a negativo e Introduzir
preços a negativo em Diversos – Configurações – Parâmetros – Movimentação:

www.sage.pt 168
Manual Retail

Apenas nos documentos assinados de natureza:


Factura
Factura Simplificada
Factura-Recibo

Será possível o registo de linhas com quantidades/valor a negativo, sendo mostrada a


seguinte mensagem nos restantes casos:

O registo das linhas a negativo é possível mas, na finalização do documento, será


aberto o assistente de geração de notas de crédito que irá “retirar” a(s) linha(s) a
negativo do documento (factura, factura simplificada, factura-recibo) e criar uma nota
de crédito com essa(s) linha(s).

Clientes com contrato Start ou cliente sem contrato Plus ou Premium activo

No caso de clientes com contrato Start ou sem contrato Plus ou Premium activo, em
documentos de venda de natureza Factura, Factura Simplificada ou Factura-Recibo
aquando do registo de linhas com quantidades a negativo será mostrada a seguinte
mensagem:

Mesmo que o cliente opte por registar a linha, não será possível gravar o documento,
sendo mostrada a seguinte mensagem:

www.sage.pt 169
Manual Retail

Devolução de produtos com geração automática de notas de crédito

A criação automática de notas de crédito é apenas possível para clientes com contrato
Plus ou Premium activo.

É comum o lançamento de linhas a negativo para efectuar devolução de produtos.

Imaginemos que existem as seguintes vendas registadas:

FS 1/1:

FS 1/2:

www.sage.pt 170
Manual Retail
O cliente pretende devolver os dois artigos e trocar por 2 novos artigos;
poderá ser emitido talão de reembolso das duas FS e facturados os novos artigos
mas, normalmente, no mesmo documento, são lançados a positivo os artigos a
facturar e lançados a negativo os artigos a devolver:

O controlo é efectuado em termos de referência de artigo e não terá em consideração os


tamanhos/cores, valores das propriedades, edições, etc, pelo que o assistente de criação
de notas de crédito não será despoletado sempre que a quantidade total da referência
do artigo (ignorando os tamanhos/cores, valores das propriedades, edições, etc) seja 0.

Ao finalizar este documento, será despoletado o assistente de criação de notas de


crédito para que se possa, de forma automática, criar a nota de crédito referente aos 2
artigos devolvidos:

www.sage.pt 171
Manual Retail
Este assistente será despoletado unicamente para clientes com contrato Plus
e Premium válido.

Neste ecrã, deverá indicar, para cada artigo com quantidade negativa, as informações
necessárias para criar automaticamente a nota de crédito, isto é, as informações a
preencher do documento origem das linhas da nota de crédito (campos assinalados a
amarelo):

Ao confirmar este ecrã, será efectuada uma validação aos documentos indicados.
Caso os documentos indicados já tenham sido usados em notas de crédito anteriores,
será mostrada a mensagem seguinte e não será possível confirmar:

Se por outro lado, o artigo não existir no documento indicado como documento origem,
será mostrada a seguinte mensagem:

www.sage.pt 172
Manual Retail

Caso os documentos origem indicados não tenham sido referenciados em notas de


crédito anteriores, a nota de crédito será criada automaticamente e irá conter, em cada
uma das linhas, a referência aos documentos originais indicados:

No documento inicial, ficarão unicamente as linhas a positivo:

www.sage.pt 173
Manual Retail

Documento de nota de crédito gerado

Para que a geração automática de notas de crédito seja possível é necessário que
exista na base de dados um documento de venda de natureza Nota de crédito, isto é,
um documento com as seguintes configurações:
Natureza = Nota de crédito
Caixa = Saída Parcial
Tipo de conta = Conta Corrente

Uma vez que se trata de uma devolução deverá ainda seleccionar as seguintes
opções:
Mapa de IVA = Subtrai
Mapa de Vendas = Saída
Mapa recapitulativo= Saída

www.sage.pt 174
Manual Retail

Caso o documento original (Factura, Factura simplificada ou Factura-Recibo) dê


entrada em caixa (Parcial ou Total), deverá ainda marcar a opção Origem a reembolso
no separador Opções:

www.sage.pt 175
Manual Retail

O documento NRE-Nota de crédito reembolso é criado pela aplicação aquando da


criação da base de dados e contém todas as parametrizações necessárias; caso o
tenha eliminado deverá criá-lo respeitando as parametrizações indicadas.

Consulte o manual Sage-Notas de Crédito (Reembolso) para mais informações acerca


deste tipo de documento.

Se existir na base de dados mais de um documentos de natureza nota de crédito que


dê origem a reembolso, o utilizador deverá seleccionar o documento que pretende
gerar:

www.sage.pt 176
Manual Retail

Conversão de documentos

Não será possível, pela conversão de documentos, criar documentos cujas linhas
possuam quantidades a negativo sendo mostrada a seguinte mensagem:

Novo campo Deduções/Adições

Nesta versão foi ainda criado um novo campo no separador Totais dos documento que
irá conter o valor das Deduções/Adições do documento, isto é, os eventuais valores a
subtrair/somar ao total do documento:

Estes valores não serão usados para a exportação do SAFT, isto é, os valores exportados
para o SAFT como total do documento é o Total Documento e o Arredondamento.

www.sage.pt 177
Manual Retail

Neste momento, o único mecanismo existente na aplicação que permite alterar este valor
é a criação automática das notas de crédito com base nas linhas negativas.

Seguindo o exemplo acima em que no documento são lançadas duas linhas a


negativo (referentes aos documentos FS 1/1 e FS 1/2) e que gerou automaticamente
uma nota de crédito (NRE 1/5), o valor a incluir neste novo campo (Deduções/Adic.) é
o total da nota de crédito, isto é, 15.30€.
O valor deste campo será subtraído ao Total do documento para determinar o Valor a
pagar.

Anular nota de crédito criada automaticamente

Uma vez que o registo dos documentos é efectuado um a um, ou seja, é registada a
nota de crédito e só depois a factura, poderia acontecer que, uma vez gravada a nota
de crédito, se pudesse cancelar a emissão da factura, ficando da total
responsabilidade do utilizador, anular a nota de crédito criada automaticamente.
Assim, sempre que é cancelado o registo de um documento que originou a criação
automática de uma nota de crédito, será mostrada uma mensagem ao utilizador e este
poderá anular a nota de crédito criada automaticamente:

www.sage.pt 178
Manual Retail

Novas variáveis de impressão

Tendo em consideração as alterações descritas, existem as seguintes variáveis de


impressão no rodapé do documento:

Para além da variável Rodape.Totais.Deducao.Total que irá imprimir o valor do campo


Deduções/Adic., foram disponibilizadas as seguintes variáveis:
Rodape.Totais.Deducao.NotaDeCredito.Numero
Rodape.Totais.Deducao.NotaDeCredito.Serie
Rodape.Totais.Deducao.NotaDeCredito.Sigla
Rodape.Totais.Deducao.NotaDeCredito.Valor

Conversão de Documentos
Conversão de Documentos
Para que um documento esteja disponível para conversão terá que ter identificada a
entidade – cliente – e estar configurado como Pode ser Convertido.

www.sage.pt 179
Manual Retail
Para mais informações relativamente a esta configuração consulte Tabela de
documentos

Além disso, o documento não deverá registar no Mapa de Iva, apenas o documento
resultante da conversão será contabilizado.

A conversão de documentos pode ser efectuada:


Em lote, através da opção de conversão de documentos presente em Movimentos
– Movimentos de Vendas (Conversão de documentos em lote)
Documento a documento através do botão Converter presente nos ecrãs de venda
(Conversão individual de documentos)

Conversão de documentos em lote


Em Movimentos – Movimentos de Vendas – Conversão de Documentos poderá
efectuar a conversão de documentos.

Consulte também Conversão individual de documentos para mais informações acerca da


conversão de documentos.

Primeiramente deverá seleccionar os documentos e datas de emissão dos mesmos a


ter em consideração para a conversão dos documentos:

Seguidamente, deverá indicar os dados do(s) documento(s) a criar:

www.sage.pt 180
Manual Retail

Documento de destino
Indicação do(s) documento(s) a criar

Série
Série usada no(s) documento(s) a criar

Data de criação
Data e hora de emissão do(s) documento(s). Por padrão será assumida a data de
sistema
Não devem ser emitidos documentos com data anterior aos já emitidos. Para mais
informações relativamente a este controle, consulte Configuração de Numeração de
Documentos.

Data de carga
Data e hora de carga do(s) documento(s). Este campo irá ter em consideração a
configuração do campo Tolerância (minutos) para o cálculo da Data/Hora carga
dos Parâmetros da aplicação.

Tipo de conversão a ser efectuada

São possíveis os seguintes tipos de conversão:

Parcial
Apenas alguns produtos/quantidades serão convertidos

Não será possível converter parcialmente um documento que já tenha sido total ou
parcialmente liquidado.

Individual
Cada documento de origem resultará num documento destino

Agrupada

www.sage.pt 181
Manual Retail
Os documentos de origem do mesmo tipo de um determinado cliente
serão convertidos para um único documento

Poderá ainda definir:

Incluir linhas com a indicação do documento origem


Ao seleccionar esta opção é adicionada uma linha de comentários ao documento
destino que descreve qual o documento de origem antes das respectivas linhas de
artigos.

Colocar nas Observações os documentos convertidos


Ao seleccionar esta opção, nas observações do documento criado serão indicados
os documentos origem.

Verifica limite de crédito antes de converter


Indicação que se pretende verificar os limites de crédito do cliente antes de
converter o documento.

Verifica stock antes de converter


Verificação de stock de artigos antes da conversão do(s) documento(s)

Doc. de destino mantém tipo de cálculo origem


O documento destino da conversão mantém o tipo de cálculo - com ou sem imposto
incluído – do documento origem, ignorando a configuração do documento destino
na Configuração de Postos.

No passo seguinte do assistente deverão ser seleccionados os clientes para os quais


se pretende efectuar a conversão dos documentos:

Poderá usar o botão Seleccionar clientes para seleccionar vários clientes ao mesmo
tempo.

Seguidamente deverá seleccionar os documentos a converter:

www.sage.pt 182
Manual Retail

Os botões Desmarcar todos e Seleccionar todos poderão ser usados para agilizar o
processo de selecção de documentos.

No passo seguinte do assistente poderá seleccionar quais os artigos constantes nos


documentos de origem que deverão ser convertidos:

Os botões Desmarcar todos e Seleccionar todos poderão ser usados para agilizar o
processo de selecção de artigos

Para terminar o processo de conversão e gerar os documentos, deverá clicar em


Converter.

www.sage.pt 183
Manual Retail
Segunda entidade de facturação

Uma vez seleccionado o documento destino, a aplicação terá o seguinte


comportamento:
Se o documento de destino for um documento facturável (Factura, Factura-
Simplificada, Factura-Recibo, Nota de Débito, Nota de Crédito, Guia de Remessa),
será usada a Entidade Facturação como entidade do documento. Neste caso, a
morada de carga/descarga será automaticamente actualizada para a morada da
entidade de facturação se o tipo de local for Morada da entidade do documento.
Se o documento de destino solicitar segunda entidade de facturação, serão
mantidas as 2 entidades (caso o de origem também tenha)
Se o documento não possui segunda entidade, o funcionamento anterior será
mantido, isto é, é usada a entidade do documento.

Conversão individual de documentos


É também possível efectuar a conversão de documentos individualmente sem passar
pelo assistente de conversão.
Consulte Conversão de documentos em lote para mais informações acerca da conversão
de documentos.

Nos documentos de venda, uma vez seleccionado documento a criar e o respectivo


cliente, poderá usar o botão Converter:

Documento origem
Documentos origem a serem mostrados.

www.sage.pt 184
Manual Retail
Usa a definição actual de impostos
Indicação que pretende usar a definição de impostos corrente e não a definição de
impostos usada na criação do documento origem.

A converter
Nesta coluna poderá ser indicada a quantidade a converter.

Impressão de documentos
Os documentos poderão ser impressos individualmente (através do botão próprio no
ecrã de movimentação) ou em série, isto é, pode ser definido um intervalo sendo
impressos os documentos nele inseridos.
A impressão poderá ainda ocorrer com base em critérios definidos pelo utilizador – do
documento x ao y, documentos do vendedor x... – Menu Movimentos – Movimentos
de vendas - Impressão de Documentos.

O avanço entre os campos poderá ser efectuado premindo a tecla Enter ou Tab. Os
valores poderão ser definidos por digitação directa ou incrementados e decrementados
usando as teclas de cursor para cima e para baixo. Caso prefira, use o rato.

A opção Obedecendo às regras de emissão do documento irá fazer com que a


emissão dos documentos tenham em consideração as opções definidas no campo
Emissão do documento da ficha do Cliente ou da Série dos documentos.

Uma vez confirmados os critérios de impressão – botão OK – terá que ser definido o
layout de impressão do documento, impressora e nº de cópias.

www.sage.pt 185
Manual Retail

Recibos
Recibos
Os recebimentos de clientes são emitidos a partir do menu Movimentos, opção
Movimento de Vendas – Recibos ou através da opção Movimentos - Movimentos
de Tesouraria - Recebimentos de clientes.
O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

... pelo ícone de atalho que consta no dash board...

... ou pela opção Novo Recebimento do task pane.

www.sage.pt 186
Manual Retail

Documento
Identificação do documento a emitir

www.sage.pt 187
Manual Retail

Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Cliente
Identificação da entidade

Contribuinte
Número de identificação fiscal

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Vendedor
Identificação do vendedor (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

Caixa
Caixa onde será registada o recebimento do cliente

Desc. Pag.
Desconto de pagamento a aplicar

Tipos de conta
Indicação dos tipos de conta a considerar para a exibição dos pendentes

Visto
Marca de documentos para liquidação

Documento
Nome do documento a liquidar

Série
Série do documento a liquidar

Número Doc.
Número do documento a liquidar

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações

www.sage.pt 188
Manual Retail
Para mais informações relativamente a pagamentos em prestações consulte
Tipos de Pagamento

Data Doc.
Data de emissão do documento a liquidar

Data Venc.
Data de vencimento do documento a liquidar

Dias
Número de dias desde a data de vencimento do documento a liquidar

Valor Doc.
Total do documento a liquidar

Moeda
Moeda em que foi emitido o documento a liquidar

Pendente
Valor pendente de liquidação do documento a liquidar

A Liquidar
Valor a liquidar

IRS Retido
Valor de retenção na fonte

%Desc.
Percentagem de desconto aplicado

Desconto
Desconto em valor aplicado

Total Bruto
Total bruto do documento

Diferença Cambial
Valor relativo à alteração de cambio da moeda desde a emissão do documento
liquidado

Outros Valores
Excedente pago

Total a Pagar
Total liquidado

Moeda
Moeda em que é emitido o documento

Observações
Informação adicional relativa ao documento

A liquidação de um documento poderá ser efectuada de várias formas:

www.sage.pt 189
Manual Retail
Clique na coluna Visto para selecção do pendente a liquidar
Com o pendente seleccionado, usar a barra de espaço do teclado para selecção do
pendente
Seleccionar o pendente e, na coluna A Liquidar, indicar o valor a liquidar (valor total
ou parcial)

Ecrã de pagamento
Caso o documento esteja configurado para registar em caixa, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de pagamento, aquando finalização
do documento.
Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte
Configuração de Postos

Modalidade / Total
Lista com as modalidades de pagamento existentes na empresa e o valor já
entregue para cada modalidade

Caixa

www.sage.pt 190
Manual Retail
Caixa onde será registado o pagamento

Pagamento em
Moeda para pagamento

Valor entregue
Total entregue (campo não editável e corresponde ao valor entregue em cada uma
das modalidade de pagamento)

Total
Total entregue de todas as modalidades de pagamento (campo não editável)

Seleccione a modalidade de pagamento e digite o valor.


Repita o processo para as restantes modalidades, caso sejam usadas, até prefazer o
total do documento.

Se a modalidade for Cheque


Deverá neste caso preencher os dados do cheque:

Número
Número do cheque

Banco
Banco relativo ao cheque

Data
Data do cheque

Valor
Valor do cheque

Se a modalidade de pagamento for Letra


Deverá preencher os dados relativos à letra:

www.sage.pt 191
Manual Retail

Saque Nº
Identificação da letra

Data de emissão
Data de emissão da letra. Este campo assumo a data do pagamento e não pode
ser alterado

Data de vencimento
Data de vencimento da letra

Sacado
Nesta área deverá indicar os dados do sacado, nomeadamente a conta de
domicialização e o NIB

Sacador
Informação do sacador, nomeadamente banco e NIB da conta.

Encargos suportados por


Indicação da entidade que será responsável pelos encargos da letra: Fornecedor ou
Empresa

Avalista
Pessoa responsável pela garantia de pagamento da letra

www.sage.pt 192
Manual Retail
Observações
Campo livre de introdução de texto

Código do imposto de selo


Código do imposto de selo a aplicar à letra
Código definido em Parâmetros - Imposto de selo a aplicar a juros.

Valor da letra
Valor da letra

Taxa
Valor da taxa do código de imposto de selo a aplicar

Se modalidade for Transferência bancária


Deverá indicar os dados da conta:

Conta ordenante
Identificação da conta da empresa

Conta beneficiária
Identificação da conta do fornecedor

NIB beneficiário
NIB da conta do fornecedor

Referência
Referência da transferência bancária

Data valor
Data efectiva da transferência.

Ecrã de troco
Caso o valor entregue seja superior ao total a pagar, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de troco, aquando finalização do
documento.

www.sage.pt 193
Manual Retail
Para mais informações relativamente a esta parametrização,
consulte a secção Comportamento da Configuração de Postos .

O ecrã de troco será apresentado durante o tempo pré-definido ou até que o utilizador
prima a tecla Esc. Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte
Parâmetros.

Valor a Pagar
Total a pagar do documento

Valor Entregue
Total entregue como pagamento

Valor de Troco
Diferença entre total do documento e valor entregue

Debitar avenças de clientes


Esta opção permite, de uma forma automática, debitar as avenças de clientes.

www.sage.pt 194
Manual Retail

Poderá seleccionar as avenças a processar definindo para isso os seguintes filtros:

Filtrar os clientes para a zona


Indicação da zona a qual pertencem os clientes

Verifica limite de crédito


Ao marcar esta opção a aplicação verificará se existem clientes onde o seu limite
de crédito foi ultrapassado e, caso existam, estes ficarão desmarcados por padrão
e não serão processados (poderá contudo forçar o processamento para estes
marcado-os).

Filtrar clientes
Intervalo de clientes para os quais pretende debitar avenças

Filtrar transporte
Intervalo de transportes para os quais pretende debitar avenças

Avenças com o nome / Excluir ou Seleccionar


Indicação do nome da avença que pretende excluir ou seleccionar

Emitir documentos ordenados por


Indicação da ordenação com que pretende emitir as avenças, sendo possível
ordenar por Nº cliente ou nome de cliente

Data de processamento até


Data máxima para o processamento das avenças

www.sage.pt 195
Manual Retail

Uma vez definidos os filtros, deverá clicar em Verificar para serem pesquisadas as
avenças.

Na parte inferior do ecrã, deverá indicar os dados usados para a criação dos
documentos:

Criar documentos
Data e hora para a criação dos documentos

Data de carga
Data e hora de carga dos documentos criados

Caixa
Caixa onde serão registados os documentos criados

Transporte
Transporte usado no documento

Deverá clicar em Processar para proceder à geração dos documentos.

Poderá ainda optar por não processar as avenças, clicando em Ignorar


Processamento.

Desconto de pontos
O desconto de pontos é efectuado em Movimentos - Movimentos de Vendas -
Descontos de Pontos a Clientes.

www.sage.pt 196
Manual Retail

Movimento Nº
Identificação do movimento


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema
Não devem ser emitidos documentos com data anterior aos já emitidos. Para mais
informações relativamente a este controle, consulte Configuração de Numeração de
Documentos.

www.sage.pt 197
Manual Retail
Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Cliente
Identificação da entidade

Vendedor
Vendedor associados ao cliente

Tipo de desconto
Indicação do tipo de desconto de pontos que pretende efectuar: Directo ou emitir
vale

Descontar pontos directamente


Se o cliente quiser trocar os pontos que possui por um brinde por exemplo, poderá
escolher a opção Directo no campo Tipo de desconto.

www.sage.pt 198
Manual Retail

Emitir vale
Para converter os pontos de clientes em vales, deverá certificar-se que os critérios de
desconto de pontos (o valor a atribuir aos pontos) estão correctamente definidos em
Tabelas - Condições de Pagamento - Configuração de Pontos / Talão de
desconto, no separador Desconto.

Para mais informações consulte Pontos/Talão Desconto

Para emitir o vale deverá indicar a opção Emite Vale no campo Tipo de Desconto:

www.sage.pt 199
Manual Retail

Uma vez indicados os pontos a descontar, a aplicação irá calcular automaticamente o


valor do vale.

Adicionalmente deverá indicar a Série e o Documento (de natureza Talão de desconto)


a emitir

Estados de documentos de venda


Aqui poderá definir o estado e tipo de documento a analisar bem como definir um
intervalo de datas. Caso pretenda, indique o cliente (ou intervalo de clientes).

www.sage.pt 200
Manual Retail
Uma vez definidos os critérios clique em Carregar para que sejam listados
os documentos.

Para proceder à alteração clique no campo Estado e seleccione uma das ocorrências.

Será solicitada a confirmação da alteração efectuada. Caso a transição implique uma


operação esta será automaticamente iniciada.

Seguindo o exemplo da transição para o estado “Reprovado” referido em Transições


de estado de documento...

Uma vez analisada pelo Dep. Comercial, a NE 3 é reprovada. Ao mudar para o estado
“Reprovado” o utilizador tem de introduzir um pequeno comentário justificativo desta
reprovação.

Para mais informações, consulte Estado de documentos

www.sage.pt 201
Manual Retail
Facturação de franquias
As alterações à aplicação foram efectuadas tendo em consideração a informação
vinculativa presente no portal das finanças
(http://info.portaldasfinancas.gov.pt/NR/rdonlyres/D047BC4A-427F-4F56-B53D-
2E299103F1F7/0/INFORMA%C3%87%C3%83O.4238.pdf )

Apenas disponível para clientes Sage Retail e Sage Gestão Comercial com contrato Plus e
Premium activo.

Tendo em consideração as recentes alterações à aplicação, para que seja possível a


facturação de franquias deverá primeiramente criar um artigo do tipo Franquia:

Seguidamente, marcar a opção Documentos de origem podem possuir cliente de


facturação distinto em Diversos – Configurações – Parâmetros – Movimentação –
Movimentação:

Deverá ainda, nos documentos de natureza diferente de Factura, Factura Simplificada,


Factura-Recibo, Nota de Débito, Nota de crédito ou Guia de remessa, no separador
Opções, marcar a opção Pede cliente a facturar:

www.sage.pt 202
Manual Retail

Tratando-se de oficinas de reparação que pretendem facturar franquias, na área de


imputação ao cliente nas vendas, sempre que se selecciona a opção Por veículo,
deverá definir o documento para a nota de crédito bem como o artigo do tipo Franquia
(em Diversos – Configurações – Parâmetros – Movimentação – Imputação ao
cliente nas vendas):

O artigo indicado no campo Refª artigo FRANQUIA terá de ser, obrigatoriamente, do tipo
Franquia.

Sempre que é efectuada uma nota de reparação de um veículo a um determinado


cliente, deverá ser indicado no separador Cliente a facturar, o cliente correspondente à
companhia de seguros, bem como o valor da franquia (campo Franquia):

www.sage.pt 203
Manual Retail

A associação do cliente a facturar à entidade principal poderá ser efectuada na própria


ficha de cliente (separador Veículos):

Em alternativa, poderá efectuar essa associação na ficha do veículo (Tabelas –


Terceiros/Contas – Clientes - Veículos):

www.sage.pt 204
Manual Retail

Caso esta associação esteja definida, aquando da criação da nota de reparação para
a entidade principal e para o veículo em questão, será sugerido automaticamente o
Cliente a facturar definido para o veículo.

Uma vez criada a nota de reparação, seguir-se-á a facturação dos serviços prestados.
Tendo como exemplo uma reparação de uma porta de uma viatura cujo valor é de
200€+IVA e cujo valor da franquia é de 120€.

O valor da franquia inserido no documento é sempre o valor com IVA.

Ao converter a nota de reparação em factura serão gerados os seguintes documentos:

Factura à seguradora pelo valor total da nota de reparação:

www.sage.pt 205
Manual Retail

Factura ao cliente pelo valor da franquia:

www.sage.pt 206
Manual Retail

Uma vez que o valor da franquia indicado no documento original (Nota de reparação) é
o valor com IVA incluído, na geração da factura ao cliente, será calculado o respectivo
valor sem IVA do artigo Franquia tendo em consideração o Imposto definido na ficha
do artigo Franquia.

A descrição do artigo Franquia no documento, terá a indicação que este documento


diz respeito à franquia deduzida pela seguradora e qual a identificação da factura
emitida à seguradora; esta indicação ficará igualmente gravada no documento no
campo Origem:

Nota de crédito à seguradora pelo valor da franquia:

www.sage.pt 207
Manual Retail

Uma vez que o valor da franquia indicado no documento original (Nota de reparação) é
o valor com IVA incluído, na geração da nota de crédito à seguradora, será calculado o
respectivo valor sem IVA do artigo Franquia tendo em consideração o Imposto definido
na ficha do artigo Franquia.

A descrição do artigo Franquia no documento, terá a indicação que este documento


diz respeito ao crédito de uma determinada factura emitida à seguradora e qual a
factura debitada ao cliente. A identificação da factura debitada ao cliente ficará
igualmente gravada no documento no campo Origem:

Particularidades na conversão de documentos


Tipo de impostos dos documentos
Aquando da conversão dos documentos, os documentos criados automaticamente
terão em consideração o tipo de impostos do primeiro documento gerado, isto é,
seguindo o exemplo anterior, será considerado o tipo de imposto definido na
configuração de postos para o primeiro documento gerado (FAC 888/1):

Valor da franquia inferior ao valor facturado


Sempre que o valor da reparação seja inferior à franquia, será gerada unicamente a
factura ao cliente pelo valor da reparação.
Tendo como exemplo os mesmos clientes e o mesmo valor de franquia (120€) mas
considerando um valor de reparação de 10€+IVA:

www.sage.pt 208
Manual Retail

Na conversão da Nota de reparação, será gerada unicamente a factura de 10€+IVA


para o cliente Ana & Pereira:

www.sage.pt 209
Manual Retail
Conversão parcial
Caso seja usada a opção de conversão parcial de documentos, a facturação da
franquia ao cliente e o respectivo crédito à seguradora, será efectuado uma única vez
e apenas se o valor a converter for superior à franquia.
Usando como exemplo os mesmos clientes e o mesmo valor da franquia mas os
seguintes serviços:

Na conversão parcial da Nota de reparação em Factura, o valor da franquia será


facturado ao cliente e creditado à seguradora unicamente se a linha de 400+IVA (linha
correspondente ao artigo s - reparação da porta) for seleccionada; caso seja
seleccionada unicamente a linha de 20€+IVA (ss - reparação de espelho), será gerada
unicamente a factura ao cliente Ana & Pereira.

Consulte o tópico anterior (Valor da franquia inferior ao valor facturado)

Documentos de Compra

Documentos de Compra
Os documentos de compra são emitidos desde o menu Movimentos, opção
Movimento de Compras – Documentos de Compra.
O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

www.sage.pt 210
Manual Retail

... pelo ícone de atalho que consta no dash board...

... ou pela opção Emitir Compra do task pane.

www.sage.pt 211
Manual Retail
Registo de documentos de compra
Registo de documentos de compra

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Fornecedor

www.sage.pt 212
Manual Retail
Identificação da entidade

Cont.
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Botão
Consulta de documentos da entidade indicada que se encontram pendentes de
liquidação

Ent. Mercadoria
Data de registo do documento em stock

Armazém
Identificação do armazém a ser assumido para registo do documento em stock
Ainda que definido no cabeçalho, o armazém pode ser alterado linha a linha.

Vendedor
Identificação do vendedor (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

Zona
Identificação da zona (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

Moeda
Moeda em que será emitido o documento (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da zona)

V/Refª
Identificação do documento para a entidade (ex: nº da factura ou guia do
fornecedor)

De seguida, encontra a grelha de registo:


Por favor consulte Configuração de campos de movimentação para mais informações
acerca da grelha de movimentação.

Linha
Número da linha de registo (numeração sequencial)

Referência
Identificação do produto

www.sage.pt 213
Manual Retail

Descrição
Breve descrição do produto

Quant
Quantidade do produto

Preço Unit.
Preço unitário do produto

Desc
Desconto de linha

Cod. Iva
Código do imposto do produto

Arm.
Identificação do armazém para registo do movimento em stock

Total Linha
Valor total da linha registada

Preço C/ (S/) Impostos Incluídos


Documento com ou sem impostos incluídos (parametrização pré-definida pelo
utilizador)
Para mais informações relativamente a esta parametrização consulte Configuração de
Postos

Nº Itens
Contador de nº de itens registados
Se unidade de venda do produto diferente de UNI é considerado um item por linha
independentemente da quantidade registada (útil para registo de produtos a peso, ao
litro...).

Ecrã de finalização
Dependendo da configuração pré-definida, ao finalizar o documento poderá ser
apresentado um resumo dos totais do documento – separador Totais.
Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte Configuração de
Postos

O ecrã de Totais contém a seguinte informação:

www.sage.pt 214
Manual Retail

Detalhes de Impostos

Imp/Taxa
Sigla do imposto aplicado

Incidência
Valor de incidência

Taxa
Taxa de imposto aplicado

Valor
Valor do imposto aplicado

Imp/Tax
Tipo de imposto aplicado

Valor
Valor do imposto

Pagamento

Pagamento
Tipo de pagamento

www.sage.pt 215
Manual Retail

Vencimento
Data de vencimento do documento (calculado automaticamente de acordo com a
data de emissão e tipo de pagamento indicados)

Tansporte

Transporte
Meio usado para o transporte das mercadorias

Local Carga
Local, data e hora de carga da mercadoria

L.Descarga
Local, data e hora de descarga da mercadoria

Totais

Total Portes
Valor de portes a aplicar ao documento

 Consoante o transporte indicado poderá ser automaticamente assumido um valor de


portes, para mais informações consulte Transportes

Total Bruto
Total bruto do documento

Desconto Linha
Valor do total de desconto de linha do documento

Desconto Global
Percentagem de desconto global do documento

Desconto Global
Valor do desconto global a aplicar

Total Líquido
Valor líquido do documento

Total Impostos
Valor relativo ao total de impostos

Total Documento
Valor total do documento

Total Retenção
Total de retenção na fonte

Arredondamento
Valor de arredondamento

Total a Pagar
Valor a pagar

www.sage.pt 216
Manual Retail

Observações
Informação adicional relativa ao documento

Poderá ser pré-definida uma observação a incluir no documento. Para mais informações
relativamente a esta parametrização consulte Tabela de documentos

Ecrã de pagamento
Caso o documento esteja configurado para registar em caixa, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de pagamento, aquando finalização
do documento.
Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte
Configuração de Postos

Modalidade / Total
Lista com as modalidades de pagamento existentes na empresa e o valo já
entregue para cada modalidade

Caixa

www.sage.pt 217
Manual Retail
Caixa onde será registado o pagamento

Pagamento em
Moeda para pagamento

Valor entregue
Total entregue (campo não editável e corresponde ao valor entregue em cada uma
das modalidade de pagamento)

Seleccione a modalidade de pagamento e indique o valor. Clique no botão Adicionar


para que seja assumido o pagamento.
Repita o processo para as restantes modalidades, caso sejam usadas, até prefazer o
total do documento.

Se a modalidade for Cheque


Deverá neste caso preencher os dados do cheque:

Número
Número do cheque

Banco
Banco relativo ao cheque

Data
Data do cheque

Valor
Valor do cheque

Se modalidade for Talão de Reembolso ou Talão de Desconto

Poderá usar o botão para indicar os dados do talão de reembolso ou do talão


de desconto:

www.sage.pt 218
Manual Retail

Série
Série do documento usado como pagamento

Documento
Documento usado como pagamento

Nº Documento
Número do documento usado como pagamento

Pode usar o botão para seleccionar o documento

Valor disponível
Valor disponível no talão seleccionado

Valor a descontar
Valor que pretende descontar

Para adicionar mais talões poderá usar o botão

Para eliminar um talão usado, utilize o botão


Se a modalidade de pagamento for Letra
Deverá preencher os dados relativos à letra:

www.sage.pt 219
Manual Retail

Saque Nº
Identificação da letra

Data de emissão
Data de emissão da letra. Este campo assumo a data do pagamento e não pode
ser alterado

Data de vencimento
Data de vencimento da letra

Sacado
Nesta área deverá indicar os dados do sacado, nomeadamente a conta de
domicialização e o NIB

Sacador
Informação do sacador, nomeadamente banco e NIB da conta.

Encargos suportados por


Indicação da entidade que será responsável pelos encargos da letra: Cliente ou
Empresa

Avalista
Pessoa responsável pela garantia de pagamento da letra

www.sage.pt 220
Manual Retail
Observações
Campo livre de introdução de texto

Código do imposto de selo


Código do imposto de selo a aplicar à letra
Código definido em Parâmetros - Imposto de selo a aplicar a juros.

Valor da letra
Valor da letra

Taxa
Valor da letra

Se modalidade for Transferência bancária


Deverá indicar os dados da conta:

Conta beneficiária
Identificação da conta

Referência
Referência da transferência bancária

Data valor
Data efectiva da transferência.

Ecrã de troco
Caso o valor entregue seja superior ao total a pagar, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de troco, aquando finalização do
documento.
Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte Configuração de
Postos.

www.sage.pt 221
Manual Retail

O ecrã de troco será apresentado durante o tempo pré-definido ou até que o utilizador
prima a tecla Esc. Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte
Configuração de Postos

Valor a Pagar
Total a pagar do documento

Valor Entregue
Total entregue como pagamento

Valor de Troco
Diferença entre total do documento e valor entregue

Conversão de documentos
A conversão de documentos de compra é em tudo semelhante à conversão de
documentos de venda pelo que para mais informações consulte Conversão de
Documentos.

Impressão de documentos
Os documentos poderão ser impressos individualmente (através do botão próprio no
ecrã de movimentação) ou em série, isto é, pode ser definido um intervalo sendo
impressos os documentos nele inseridos.
A impressão poderá ainda ocorrer com base em critérios definidos pelo utilizador – do
documento x ao y, documentos do vendedor x... – Menu Movimentos – Movimento
de Compra - Impressão de Documentos.

www.sage.pt 222
Manual Retail

O avanço entre os campos poderá ser efectuado premindo a tecla Enter ou Tab. Os
valores poderão ser definidos por digitação directa ou incrementados e decrementados
usando as teclas de cursor para cima e para baixo. Caso prefira, use o rato.

Uma vez confirmados os critérios de impressão – botão OK – terá que ser definido o
layout de impressão do documento, impressora e nº de cópias.

www.sage.pt 223
Manual Retail

Avisos de Lançamento
Avisos de Lançamento
Os pagamentos a fornecedores podem ser emitidos através do menu Movimentos,
opção Movimento de Compras – Aviso de Lançamento ou através da opção
Movimentos - Movimentos de Tesouraria - Pagamento a Fornecedores.
O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

... pelo ícone de atalho que consta no dash board...

... ou pela opção Aviso de Lançamento do task pane.

www.sage.pt 224
Manual Retail

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

www.sage.pt 225
Manual Retail
Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Fornecedor
Identificação da entidade

Contribuinte
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Nº Doc. Fornecedor
Número de documento emitido pelo fornecedor

Data pag. Fornecedor


Data em que o pagamento foi efectuado

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Caixa
Caixa onde será registada o pagamento ao fornecedor

Desc. Pag.
Desconto de pagamento a aplicar

Tipos de conta
Indicação dos tipos de conta a considerar para a exibição dos pendentes

Visto
Marca de documentos para liquidação

Doc
Sigla do documento a liquidar

Série
Série do documento a liquidar

Número Doc.
Número do documento a liquidar

Doc. Fornecedor
Número do fornecedor para o documento a liquidar

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a pagamentos em prestações consulte Tipos de
Pagamento

www.sage.pt 226
Manual Retail
Data Doc.
Data de emissão do documento a liquidar

Data Venc.
Data de vencimento do documento a liquidar

Dias
Número de dias desde a data de vencimento do documento a liquidar

Valor Doc.
Total do documento a liquidar

Moeda
Moeda em que foi emitido o documento a liquidar

Pendente
Valor pendente de liquidação do documento a liquidar

A Liquidar
Valor a liquidar

IRS Retido
Valor de retenção na fonte

%Desc.
Percentagem de desconto aplicado

Desconto
Desconto em valor aplicado

Total Bruto
Total bruto do documento

Diferença Cambial
Valor relativo à alteração de cambio da moeda desde a emissão do documento
liquidado

Outros Valores
Excedente pago

Total a Pagar
Total liquidado

Moeda
Moeda em que é emitido o documento

Calcular desconto baseado no valor líquido dos documentos


Esta opção permite ao utilizador calcular o desconto com base no valor líquido dos
documentos, isto é, ao valor sem impostos.

Observações
Informação adicional relativa ao documento

A liquidação de um documento poderá ser efectuada de várias formas:

www.sage.pt 227
Manual Retail

Clique na coluna Visto para selecção do pendente a liquidar


Com o pendente seleccionado, usar a barra de espaço do teclado para selecção do
pendente
Seleccionar o pendente e, na coluna A Liquidar, indicar o valor a liquidar (valor total
ou parcial)

Ecrã de pagamento
Caso o documento esteja configurado para registar em caixa, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de pagamento, aquando finalização
do documento.
Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte
Configuração de Postos

Modalidade / Total
Lista com as modalidades de pagamento existentes na empresa e o valor já
entregue para cada modalidade

Caixa
Caixa onde será registado o pagamento

www.sage.pt 228
Manual Retail

Pagamento em
Moeda para pagamento

Valor entregue
Total entregue (campo não editável e corresponde ao valor entregue em cada uma
das modalidade de pagamento)

Total
Total entregue de todas as modalidades de pagamento (campo não editável)

Seleccione a modalidade de pagamento e digite o valor.


Repita o processo para as restantes modalidades, caso sejam usadas, até prefazer o
total do documento.

Se a modalidade for Cheque


Deverá neste caso preencher os dados do cheque:

Número
Número do cheque

Banco
Banco relativo ao cheque

Data
Data do cheque

Valor
Valor do cheque

Se a modalidade de pagamento for Letra


Deverá preencher os dados relativos à letra:

www.sage.pt 229
Manual Retail

Saque Nº
Identificação da letra

Data de emissão
Data de emissão da letra. Este campo assumo a data do pagamento e não pode
ser alterado

Data de vencimento
Data de vencimento da letra

Sacado
Nesta área deverá indicar os dados do sacado, nomeadamente a conta de
domicialização e o NIB

Sacador
Informação do sacador, nomeadamente banco e NIB da conta.

Encargos suportados por


Indicação da entidade que será responsável pelos encargos da letra: Cliente ou
Empresa

Avalista
Pessoa responsável pela garantia de pagamento da letra

Observações
Campo livre de introdução de texto

Código do imposto de selo

www.sage.pt 230
Manual Retail
Código do imposto de selo a aplicar à letra
Código definido em Parâmetros - Imposto de selo a aplicar a juros.

Valor da letra
Valor da letra

Taxa
Valor da taxa do código de imposto de selo a aplicar

Se modalidade for Transferência bancária


Deverá indicar os dados da conta:

Conta ordenante
Identificação da conta da empresa

Conta beneficiária
Identificação da conta do fornecedor

NIB beneficiário
NIB da conta do fornecedor

Referência
Referência da transferência bancária

Data valor
Data efectiva da transferência.
Ecrã de troco
Caso o valor entregue seja superior ao total a pagar, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de troco, aquando finalização do
documento.

www.sage.pt 231
Manual Retail

Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte a secção


Comportamento da Configuração de Postos .

O ecrã de troco será apresentado durante o tempo pré-definido ou até que o utilizador
prima a tecla Esc. Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte
Parâmetros.

Valor a Pagar
Total a pagar do documento

Valor Entregue
Total entregue como pagamento

Valor de Troco
Diferença entre total do documento e valor entregue

Recibo do fornecedor
Recibo do fornecedor
Os recibos de fornecedor são emitidos desde o menu Movimentos, opção
Movimento de Compras – .
O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

... pelo ícone de atalho que consta no dash board...

... ou pela opção Aviso de Lançamento do task pane.

www.sage.pt 232
Manual Retail

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Fornecedor
Identificação da entidade

Contribuinte
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Nº Doc. Fornecedor
Número de documento emitido pelo fornecedor

Data pag. Fornecedor


Data em que o pagamento foi efectuado

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Visto
Marca de documentos para liquidação

Doc
Sigla do documento a liquidar

Série

www.sage.pt 233
Manual Retail
Série do documento a liquidar

Número Doc.
Número do documento a liquidar

Doc. Fornecedor
Número do fornecedor para o documento a liquidar

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a pagamentos em prestações consulte Tipos de
Pagamento

Data Doc.
Data de emissão do documento a liquidar

Data Venc.
Data de vencimento do documento a liquidar

Dias
Número de dias desde a data de vencimento do documento a liquidar

Valor Doc.
Total do documento a liquidar

Moeda
Moeda em que foi emitido o documento a liquidar

Pendente
Valor pendente de liquidação do documento a liquidar

A Liquidar
Valor a liquidar

IRS Retido
Valor de retenção na fonte

%Desc.
Percentagem de desconto aplicado

Desconto
Desconto em valor aplicado

Total Bruto
Total bruto do documento

Diferença Cambial
Valor relativo à alteração de cambio da moeda desde a emissão do documento
liquidado

Outros Valores
Excedente pago

Total a Pagar

www.sage.pt 234
Manual Retail
Total liquidado

Moeda
Moeda em que é emitido o documento

Observações
Informação adicional relativa ao documento

A liquidação de um documento poderá ser efectuada de várias formas:

Clique na coluna Visto para selecção do pendente a liquidar


Com o pendente seleccionado, usar a barra de espaço do teclado para selecção do
pendente
Seleccionar o pendente e, na coluna A Liquidar, indicar o valor a liquidar (valor total
ou parcial)

Ecrã de pagamento
Caso o documento esteja configurado para registar em caixa, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de pagamento, aquando finalização
do documento.
Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte
Configuração de Postos

www.sage.pt 235
Manual Retail

Modalidade / Total
Lista com as modalidades de pagamento existentes na empresa e o valor já
entregue para cada modalidade

Caixa
Caixa onde será registado o pagamento

Pagamento em
Moeda para pagamento

Valor entregue
Total entregue (campo não editável e corresponde ao valor entregue em cada uma
das modalidade de pagamento)

Total
Total entregue de todas as modalidades de pagamento (campo não editável)

Seleccione a modalidade de pagamento e digite o valor.


Repita o processo para as restantes modalidades, caso sejam usadas, até prefazer o
total do documento.

www.sage.pt 236
Manual Retail
Se a modalidade for Cheque
Deverá neste caso preencher os dados do cheque:

Número
Número do cheque

Banco
Banco relativo ao cheque

Data
Data do cheque

Valor
Valor do cheque

Ecrã de troco
Caso o valor entregue seja superior ao total a pagar, poderá, dependendo da
configuração pré-definida, ser apresentado o ecrã de troco, aquando finalização do
documento.

Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte a secção


Comportamento da Configuração de Postos .

www.sage.pt 237
Manual Retail

O ecrã de troco será apresentado durante o tempo pré-definido ou até que o utilizador
prima a tecla Esc. Para mais informações relativamente a esta parametrização, consulte
Parâmetros

Valor a Pagar
Total a pagar do documento

Valor Entregue
Total entregue como pagamento

Valor de Troco
Diferença entre total do documento e valor entregue

Estados de documentos de compra


Esta opção é em tudo semelhante à opção Estados de documentos de venda, pelo
que para qualquer esclarecimento por favor consulte Estados de documentos de
venda.

Documentos de Contas Correntes

Documentos de contas correntes


Cada movimento em c/c está associado a um documento, ou seja, ainda que sejam
efectuados registos directos no c/c será criado um documento – nota de lançamento –
relativo a ele.

Contas Correntes de Clientes


Os registos “manuais” em c/c cliente são efectuados desde o menu Movimentos,
opção Movimento de Contas Correntes – Clientes.

O acesso poderá ainda ser efectuado pelo ícone de atalho que consta no dash board...

www.sage.pt 238
Manual Retail

Cliente
Identificação do c/c

Tipo de conta
Indicação dos tipos de conta a ter em conta para a visualização do documentos

Saldo
Saldo do c/c (campo não editável, calculado automaticamente)

Moeda
Moeda relativa aos registos no c/c

Visto
Marca de registo conferido

Número
Número identificativo do registo

Data Doc.
Data do movimento

Data Venc.

www.sage.pt 239
Manual Retail
Data de vencimento

Série
Série do documento

Documento
Sigla do documento a que diz respeito o movimento
Apenas se apresentam disponíveis os documentos configurados para movimentar o c/c
seleccionado. Para mais informações relativamente a esta parametrização consulte
Tabela de documentos

Número Doc.
Número do documento a que diz respeito o movimento

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a este tipo de pagamento consulte Tipos de
Pagamento

Doc. Interno
Identificação do documento para a entidade em questão

Tipo de conta
Tipo de conta do cliente

Descrição Documento
Nome do documento a que diz respeito o movimento

Total Doc.
Total do movimento

Moeda
Moeda em que é efectuado o registo

Tipo
Comportamento do registo em c/c (débito, crédito, ambos)

Poderá usar os botões e para, respectivamente, inserir ou eliminar o


documento.

Estes botões estarão unicamente acessíveis para documentos criados nesta opção.

Contas Correntes de Fornecedores


Os registos “manuais” em c/c fornecedor são efectuados desde o menu Movimentos,
opção Movimento de Contas Correntes – Fornecedores.

O acesso poderá ainda ser efectuado pelo ícone de atalho que consta no dash board...

www.sage.pt 240
Manual Retail

Fornecedor
Identificação do c/c

Tipo de conta
Indicação dos tipos de conta a ter em conta para a visualização do documentos

Saldo
Saldo do c/c (campo não editável, calculado automaticamente)

Moeda
Moeda relativa aos registos no c/c

Visto
Marca de registo conferido

Número
Número identificativo do registo

Data Doc.
Data do movimento

Data Venc.
Data de vencimento

www.sage.pt 241
Manual Retail

Série
Série do documento

Documento
Sigla do documento a que diz respeito o movimento
Apenas se apresentam disponíveis os documentos configurados para movimentar o c/c
seleccionado. Para mais informações relativamente a esta parametrização consulte
Tabela de documentos

Número Doc.
Número do documento a que diz respeito o movimento

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a este tipo de pagamento consulte Tipos de
Pagamento

Doc. Interno
Identificação do documento para a entidade em questão

Tipo de conta
Tipo de conta do fornecedor

Descrição Documento
Nome do documento a que diz respeito o movimento

Total Doc.
Total do movimento

Moeda
Moeda em que é efectuado o registo

Tipo
Comportamento do registo em c/c (débito, crédito, ambos)

Poderá usar os botões e para, respectivamente, inserir ou eliminar o


documento.

Estes botões estarão unicamente acessíveis para documentos criados nesta opção.

Contas Correntes Outros Devedores/Credores


Os registos “manuais” em c/c de outros devedores / credores são efectuados desde o
menu Movimentos, opção Movimento de Contas Correntes – Outros
Devedores/Credores

www.sage.pt 242
Manual Retail

Dev/Cred
Identificação do c/c

Tipo de conta
Indicação dos tipos de conta a ter em conta para a visualização do documentos

Saldo
Saldo do c/c (campo não editável, calculado automaticamente)

Moeda
Moeda relativa aos registos no c/c

Visto
Marca de registo conferido

Número
Número identificativo do registo

Data Doc.
Data do movimento

Data Venc.
Data de vencimento

Série
Série do documento

Documento
Sigla do documento a que diz respeito o movimento

www.sage.pt 243
Manual Retail
Apenas se apresentam disponíveis os documentos configurados para
movimentar o c/c seleccionado. Para mais informações relativamente a esta
parametrização consulte Tabela de documentos

Número Doc.
Número do documento a que diz respeito o movimento

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a este tipo de pagamento consulte Tipos de
Pagamento

Doc. Interno
Identificação do documento para a entidade em questão

Tipo de conta
Tipo de conta do fornecedor

Descrição Documento
Nome do documento a que diz respeito o movimento

Total Doc.
Total do movimento

Moeda
Moeda em que é efectuado o registo

Tipo
Comportamento do registo em c/c (débito, crédito, ambos)

Poderá usar os botões e para, respectivamente, inserir ou eliminar o


documento.

Estes botões estarão unicamente acessíveis para documentos criados nesta opção.

Contas Correntes de Vendedores


Recibos
Em sistemas onde há lugar ao processamento de comissões, deverão ser emitidos os
pagamentos a vendedores de forma a haver um controle efectivo dos c/c. Estes
recibos são emitidos desde o menu Movimentos, opção Movimento de Contas
Correntes – Vendedores – Recibos.

www.sage.pt 244
Manual Retail

www.sage.pt 245
Manual Retail

Para mais informações relativamente ao processamento de comissões,


consulte Processamento de comissões

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema
Não devem ser emitidos documentos com data anterior aos já emitidos. Para mais
informações relativamente a este controle, consulte Configuração de Numeração de
Documentos.

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

www.sage.pt 246
Manual Retail

Vendendor
Identificação da entidade

Cont.
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Vendedor
Identificação do vendedor (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

Caixa
Caixa onde será registada o recebimento do cliente

Desc. Pag.
Desconto de pagamento a aplicar

Tipos de conta
Indicação dos tipos de conta a considerar para a exibição dos pendentes

Visto
Marca de documentos para liquidação

Documento
Nome do documento a liquidar

Série
Série do documento a liquidar

Número Doc.
Número do documento a liquidar

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a pagamentos em prestações consulte Tipos de
Pagamento

Data Doc.
Data de emissão do documento a liquidar

Data Venc.
Data de vencimento do documento a liquidar

www.sage.pt 247
Manual Retail
Dias
Número de dias desde a data de vencimento do documento a liquidar

Valor Doc.
Total do documento a liquidar

Moeda
Moeda em que foi emitido o documento a liquidar

Pendente
Valor pendente de liquidação do documento a liquidar

A Liquidar
Valor a liquidar

IRS Retido
Valor de retenção na fonte

%Desc.
Percentagem de desconto aplicado

Desconto
Desconto em valor aplicado

Total Bruto
Total bruto do documento

Diferença Cambial
Valor relativo à alteração de cambio da moeda desde a emissão do documento
liquidado

Outros Valores
Excedente pago

Total a Pagar
Total liquidado

Moeda
Moeda em que é emitido o documento

Observações
Informação adicional relativa ao documento

A liquidação de um documento poderá ser efectuada de várias formas:

Clique na coluna Visto para selecção do pendente a liquidar


Com o pendente seleccionado, usar a barra de espaço do teclado para selecção do
pendente
Seleccionar o pendente e, na coluna A Liquidar, indicar o valor a liquidar (valor total
ou parcial)

Os ecrãs de finalização, pagamento e de troco são iguais aos ecrãs mostrados nos
documentos de venda, pelo que para mais informações consulte Ecrã de finalização,
Ecrã de pagamento e Ecrã de troco

www.sage.pt 248
Manual Retail
Contas Correntes
Os registos “manuais” em c/c vendedor são efectuados desde o menu Movimentos,
opção Movimento de Contas Correntes – Vendedores – Contas Correntes.

Vendedor
Identificação do c/c

Tipo de conta
Indicação dos tipos de conta a ter em conta para a visualização do documentos

Saldo
Saldo do c/c (campo não editável, calculado automaticamente)

Moeda
Moeda relativa aos registos no c/c

Visto
Marca de registo conferido

Número
Número identificativo do registo

Data Doc.
Data do movimento

Data Venc.
Data de vencimento

Série

www.sage.pt 249
Manual Retail
Série do documento

Documento
Sigla do documento a que diz respeito o movimento
Apenas se apresentam disponíveis os documentos configurados para movimentar o c/c
seleccionado. Para mais informações relativamente a esta parametrização consulte
Tabela de documentos

Número Doc.
Número do documento a que diz respeito o movimento

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a este tipo de pagamento consulte Tipos de
Pagamento

Doc. Interno
Identificação do documento para a entidade em questão

Tipo de conta
Tipo de conta do vendedor

Descrição Documento
Nome do documento a que diz respeito o movimento

Total Doc.
Total do movimento

Moeda
Moeda em que é efectuado o registo

Tipo
Comportamento do registo em c/c (débito, crédito, ambos)

Poderá usar os botões e para, respectivamente, inserir ou eliminar o


documento.

Estes botões estarão unicamente acessíveis para documentos criados nesta opção.
Processamento de comissões
O processamento de comissões é efectuado em Movimentos – Movimentos de
Contas Correntes – Vendedores – Processamento de Comissões.

Consulte Planeamento de comissões para mais informações.

Uma vez definido o intervalo de datas para processamento, clique em Processar.


Serão geradas as linhas relativas às comissões dos vendedores que estejam
englobados neste período e que respeitem os planeamentos de comissão criados.

www.sage.pt 250
Manual Retail

Para que o valor de comissão seja registado no respectivo c/c do Vendedor (em
Contas Correntes), deverá gravar as comissões calculadas usando para isso o botão
Gravar.
Se após gravar as comissões for alterado o documento que deu origem a estas, no
próximo processamento será lançado o valor de comissão relativo ao diferencial –
positivo ou negativo, consoante a alteração efectuada. O mesmo se verificará caso seja
alterado o planeamento de comissão, sendo consequentemente alterada a percentagem
de comissão a atribuir ao vendedor.

Uma vez processadas as comissões e gravadas, deverá aceder à opção Recibos


para efectuar a liquidação das respectivas comissões.
Pagamento a vendedores
Em sistemas onde há lugar ao processamento de comissões, deverão ser emitidos os
pagamentos a vendedores de forma a haver um controle efectivo dos c/c. Estes
recibos são emitidos desde o menu Movimentos, opção Movimento de Contas
Correntes – Vendedores – Pagamento a vendedores ou através da opção
Movimentos - Movimentos de Tesouraria - Pagamento a vendedores.

www.sage.pt 251
Manual Retail

Para mais informações relativamente ao processamento de comissões,


consulte Processamento de comissões

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema
Não devem ser emitidos documentos com data anterior aos já emitidos. Para mais
informações relativamente a este controle, consulte Configuração de Numeração de
Documentos.

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

www.sage.pt 252
Manual Retail
Vendendor
Identificação da entidade

Cont.
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Vendedor
Identificação do vendedor (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

Caixa
Caixa onde será registada o recebimento do cliente

Desc. Pag.
Desconto de pagamento a aplicar

Tipos de conta
Indicação dos tipos de conta a considerar para a exibição dos pendentes

Visto
Marca de documentos para liquidação

Documento
Nome do documento a liquidar

Série
Série do documento a liquidar

Número Doc.
Número do documento a liquidar

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a pagamentos em prestações consulte Tipos de
Pagamento

Data Doc.
Data de emissão do documento a liquidar

Data Venc.
Data de vencimento do documento a liquidar

Dias

www.sage.pt 253
Manual Retail
Número de dias desde a data de vencimento do documento a liquidar

Valor Doc.
Total do documento a liquidar

Moeda
Moeda em que foi emitido o documento a liquidar

Pendente
Valor pendente de liquidação do documento a liquidar

A Liquidar
Valor a liquidar

IRS Retido
Valor de retenção na fonte

%Desc.
Percentagem de desconto aplicado

Desconto
Desconto em valor aplicado

Total Bruto
Total bruto do documento

Diferença Cambial
Valor relativo à alteração de cambio da moeda desde a emissão do documento
liquidado

Outros Valores
Excedente pago

Total a Pagar
Total liquidado

Moeda
Moeda em que é emitido o documento

Observações
Informação adicional relativa ao documento

A liquidação de um documento poderá ser efectuada de várias formas:

Clique na coluna Visto para selecção do pendente a liquidar


Com o pendente seleccionado, usar a barra de espaço do teclado para selecção do
pendente
Seleccionar o pendente e, na coluna A Liquidar, indicar o valor a liquidar (valor total
ou parcial)

Os ecrãs de finalização, pagamento e de troco são iguais aos ecrãs mostrados nos
documentos de venda, pelo que para mais informações consulte Ecrã de finalização,
Ecrã de pagamento e Ecrã de troco

www.sage.pt 254
Manual Retail
Documentos de C/C - Banco
Além do tradicional registo manual, o utilizador poderá registar as diversas operações
realizadas na conta corrente bancária.
Essas operações deverão ser registadas em Movimentos - Movimento de Contas
Correntes – Bancos.
O acesso poderá ainda ser efectuado pelo ícone de atalho que consta no dash board...

Conta bancária
Identificação da conta bancária (banco e conta)

Moeda

www.sage.pt 255
Manual Retail
Moeda em que será emitido o documento (preenchido automaticamente
de acordo com o registo da zona)

Saldo
Informação do saldo de c/c da conta bancária (campo não editável)

Série
Série para lançamento do documento

Número
Número do documento

Data Doc
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

Data Venc.
Data de vencimento do documento

Núm. desc.
Código do descritivo

Doc. interno
Identificação do documento interno

Documento
Descrição do documento

Descritivo
Descrição do descritivo

Total doc.
Valor total do documento.

Moeda
Moeda em que será emitido o documento

Tipo
Sentido do documento: débito ou crédito

Os documentos registados na aplicação que movimentem a conta corrente bancária,


serão mostrados neste ecrã. Para inserir manualmente outros documentos, deverá
usar os campos de introdução abaixo. Para além dos campos atrás referidos deverão
ainda ser preenchidas as seguintes informações:

Entidade
Identificação da entidade: Cliente, Fornecedor, Vendedor, Banco, Devedor/Credor

Método
Tipo de transacção a que diz respeito o documento

Categoria
Classificação do movimento bancário associado ao documento.

www.sage.pt 256
Manual Retail

Poderá usar os botões e para, respectivamente, inserir ou


eliminar o documento.

Estes botões estarão unicamente acessíveis para documentos criados nesta opção.

Poderá ainda usar o botão para efectuar a repartição do valor do documento


pelas diversas categorias bancárias.

Documentos de C/C - Notas de Lançamento


Os documentos de conta corrente, vulgarmente denominados de Notas de
Lançamento, são emitidos desde o menu Movimentos, opção Movimentos de
Contas Correntes – Notas de Lançamento.

Documento
Identificação do documento a emitir

www.sage.pt 257
Manual Retail

Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema
Não devem ser emitidos documentos com data anterior aos já emitidos. Para mais
informações relativamente a este controle, consulte Configuração de Numeração de
Documentos.

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Cliente ou Fornecedor ou Vendedor ou Dev./Cred.


Identificação da entidade, consoante o c/c afectado

Cont.
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Vendedor
Identificação do vendedor (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

Caixa
Identificação do caixa movimentado

Tipo de conta
Indicação dos tipos de conta a ter em conta para a visualização do documentos

Montante do documento
Valor do documento

Moeda
Moeda em que será emitido o documento (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da zona)

Taxa
Imposto a aplicar

Tipo de conta
Indicação do tipo de conta onde será lançado o documento.

Pagamento
Tipo de pagamento

www.sage.pt 258
Manual Retail
Data Vencimento
Data de vencimento do documento (calculado automaticamente de acordo com a
data de emissão e tipo de pagamento indicados)

V/ Refª
Identificação do documento perante uma entidade

Observações
Informação adicional relativa ao documento

Documentos de Stock

Documentos de Stock
Os documentos de stock são emitidos desde o menu Movimentos, opção Movimento
de Stock – Documentos de Stock.
O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

... pelo ícone de atalho que consta no dash board...

www.sage.pt 259
Manual Retail

www.sage.pt 260
Manual Retail

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

V/Refª
Identificação do documento perante alguma entidade

Outros dados
Identificação da entidade e moeda

www.sage.pt 261
Manual Retail

Armazém
Armazém de entrada e saída assumido para registo do documento em stock.
Consoante o comportamento do documento em stock estarão activos ambos os campos
ou apenas um. Para mais informações relativamente ao comportamento dos
documentos consulte Tabela de documentos

Linha
Número da linha de registo (numeração sequencial)

Referência
Identificação do produto

Descrição
Breve descrição do produto

Arm.
Identificação do armazém para registo do movimento em stock

Quant
Quantidade do produto

Preço Unit.
Preço unitário do produto

Total Linha
Valor total da linha registada

Preço C/ (S/) Impostos Incluídos


Documento com ou sem impostos incluídos (parametrização pré-definida pelo
utilizador)

Para mais informações relativamente a esta parametrização consulte Configuração de


Postos

Nº Itens
Contador de nº de itens registados
 Se unidade de venda do produto diferente de UNI é considerado um item por linha
independentemente da quantidade registada (útil para registo de produtos a peso, ao
litro...).

Para documento Fabricação e Transformação:

Tipo Mov.
Identificação do movimento – entrada ou saída

Rastreabilidade por artigo


A rastreabilidade é um conceito muito usado no controle de qualidade, pois permite
conhecer o percurso traçado por um produto, desde a sua origem, passando pelo
processo de produção/fabricação, identificando o respectivo lote.

www.sage.pt 262
Manual Retail

Em Movimentos – Movimentos de Stock – Rastreabilidade por artigo pode ser


analisado todo o trajecto de um produto desde a entrada em stock até à sua saída,
permitindo a identificação das matérias-primas que o compõem e respectiva origem.

Refª
Artigo a analisar

Do lado esquerdo do ecrã poderá escolher os critérios a analisar:

Data Inicial / Data Final


Intervalo de datas dos movimentos a analisar

Fornecedor
Identificação do fornecedor cujos documentos pretende analisar

Cliente
Identificação do cliente cujos documentos pretende analisar

Armazém
Identificação do armazém cujos movimentos pretende analisar

Ordenar Por
Ordem de apresentação dos movimentos – por documento ou por data

Do lado direito serão mostrados todos os documentos onde o artigo foi movimentado.

Para consultar o documento, deverá clicar na identificação do documento (marcado a


azul, ex: [456] FAB 1):

www.sage.pt 263
Manual Retail

Neste ecrã, estão disponíveis as seguintes opções:

Duplicar
Duplicar o documento visualizado em ecrã.

Esta opção está apenas disponível para documentos de compra e venda.

Editar
Editar o documento visualizado em ecrã..

Imprimir
Imprimir o documento visualizado em ecrã usando o modelo de impressão definido
para o mesmo.

Operações com artigos


Operações com artigos
Existem várias opções a executar sobre os artigos que estarão disponíveis em
Movimentos - Movimentos de stock - Operações com artigos ou através da barra
de comandos

www.sage.pt 264
Manual Retail

Actualização Automática de Preços


Este assistente permite-lhe alterar automaticamente os preços de artigos com base
em alguns critérios:

Estão disponíveis os seguintes critérios para a alteração de preços:

Alterar Preços de Venda Base


Seleccionando o critério Alterar Preços de Venda Base poderá ser definida uma
percentagem a aplicar aos preços actuais para cálculo dos novos preços.

Alterar Preços com base nos preços temporários


Por vezes, não é viável a alteração de preços de imediato. Existem clientes no
estabelecimento, preços nas prateleiras, ... neste caso poderá ser executado todo o
processo de actualização de preços sendo estes gravados temporariamente.

A qualquer momento, de forma rápida, poderão ser actualizados os preços nas


fichas dos produtos seleccionando o critério Alterar Preços c/ base nos preços
temporários.

www.sage.pt 265
Manual Retail
Alterar Preços com base na margem fixa
O critério Alterar Preços c/ Base na margem Fixa permite uma actualização dos
preços de venda com base no preço de custo, aplicando a margem de referência
definida para o produto.

Alterar margem fixa c/ base nas margens actuais dos artigos


O critério Alterar margem fixa c/ base nas margens actuais dos artigos permite uma
actualização dos preços de venda com base no preço de custo, aplicando as
margens de referência definidas para os artigos.

Alterar margem fixa c/ base nas margens das famílias


O critério Alterar margem fixa c/ base nas margens das famílias permite uma
actualização dos preços de venda com base no preço de custo, aplicando as
margens de referência definidas para as famílias dos artigos.

Alterar Preços de Venda Base


Esta alteração pode ser efectuada por família de artigos ou por fornecedor.

Poderá seleccionar (através da check box) qual ou quais os critéorios que pretende
usar:

Campo (1)
Campo extra 1 que poderá ser usado como filtro para a alteração de preços de
artigos.

Esta opção será unicamente mostrada caso estejam a ser usados Campos extra. Para
mais informações consulte Parâmetros.

Campo (2)
Campo extra 2 que poderá ser usado como filtro para a alteração de preços de
artigos.

www.sage.pt 266
Manual Retail

Esta opção será unicamente mostrada caso estejam a ser usados Campos
extra. Para mais informações consulte Parâmetros.

Campo (3)
Campo extra 3 que poderá ser usado como filtro para a alteração de preços de
artigos.

Esta opção será unicamente mostrada caso estejam a ser usados Campos extra. Para
mais informações consulte Parâmetros.

Quantidade em stock
Serão seleccionados na alteração de preços os artigos cujo stock preencha o
requisito aqui indicado.

Deverá indicar agora a forma como pretende alterar os preços dos artigos:

Preço base
Indicação do preço base a usar

Percentagem a aplicar
Indicação da percentagem a aplicar ao preço do campo anterior

Preço a alterar
Indicação do preço que irá sofrer alterações

Alterar preço por


Poderá alterar o preço do artigo em termos gerais ou por tamanho

Utilizar preços
Indicação se a alteração irá incidir sobre os preços com ou sem impostos incluídos.

No próximo passo do assistente deverá indicar as regras de arredondamento dos


preços:

www.sage.pt 267
Manual Retail

Para terminar o assistente deverá clicar em Finalizar:

Na listagem de preços apresentada poderá adicionar ou remover produtos assim como


alterar os preços sugeridos.

www.sage.pt 268
Manual Retail

Poderá ainda alterar o preço sugerido pelo assistente, alterando para isso a coluna
Novo preço.

As linhas de artigos cujos preços foram alterados manualmente, serão marcados a


amarelo.

Adicionar
Adiciona novos artigos à listagem de preços.

Eliminar
Elimina a linha seleccionada e não será alterado o preço do artigo

Gravar preços em tabela temporária


Activando a opção Gravar preços em tabela temporária estas alterações não terão
efeito na ficha de artigos quando clicar em Gravar. Este procedimento é útil em
sistemas onde a actualização de preços é um pouco morosa, obrigando à
actualização de muitos artigos não sendo viável a alteração imediata dos preços,
exemplo de grandes superfícies. Imagine que num supermercado há alteração de
preços de um determinado artigo, sendo esta actualização efectuada no escritório.
Se a ficha do artigo fosse alterada imediatamente, os clientes quando chegassem à
caixa iriam deparar com um preço diferente do etiquetado.
Poderá então proceder à impressão de etiquetas com base nessa tabela, em
Diversos - Utilitários - Imprimir etiquetas - Artigos seleccione o critério Preços
Temporários. Quando todos os produtos com preços actualizados estiverem
etiquetados e repostos nas prateleiras, aceda novamente a Movimentos -
Movimentos de Stock - Operações com Produtos - Actualização Automática
de Preços e seleccione a opção Alterar Preços c/ base nos preços temporários.

www.sage.pt 269
Manual Retail

Imprimir
Imprime a listagem de alteração de preços

Alterar Preços com base nos preços temporários


Esta opção permite-lhe alterar os preços gravados temporariamente num determinado
período de tempo ou “alterar todos os preços existentes na tabela temporária.

Alterar Preços com base na margem fixa


Esta opção é em tudo semelhante à opção Alterar Preços de Venda Base mas é
usada a minha margem para o cálculo:

www.sage.pt 270
Manual Retail

Preço base
Indicação do preço base a usar

Percentagem a aplicar
Indicação da percentagem a aplicar ao preço do campo anterior

Preço a alterar
Indicação do preço que irá sofrer alterações

Alterar preço por


Poderá alterar o preço do artigo em termos gerais ou por tamanho

Utilizar preços
Indicação se a alteração irá incidir sobre os preços com ou sem impostos incluídos.

Alterar margem fixa c/ base nas margens actuais dos artigos


Esta opção é em tudo semelhante à opção Alterar Preços de Venda Base mas é
usada a margem do artigo para o cálculo da nova margem dos artigos:

www.sage.pt 271
Manual Retail

Margem a alterar
Indicação da margem a alterar

Alterar margem por


Poderá alterar o preço do artigo em termos gerais ou por tamanho

Alterar margem fixa c/ base nas margens das famílias


Esta opção é em tudo semelhante à anterior mas é usada a margem das famílias.

Artigos/Documentos com preço de custo alterado


A actualização de preços de venda poderá ser efectuada com base nas compras
através da opção Artigos/Documentos com preço de custo alterado presente em
Movimentos – Movimentos de Stock – Operações com Artigos.

Do lado esquerdo do ecrã, deverá indicar a forma como pretende verificar os preços
de custo alterado: Por documento ou Por artigo e de seguida indicar o documento ou
artigo a visualizar, marcando para tal a coluna Sel.

www.sage.pt 272
Manual Retail
Caso seleccione a opção Por documento, serão disponibilizadas as colunas
que identificam o documento, nomeadamente Série, Documento, Número e Data; se
escolher a opção Por artigo, serão disponibilizadas as colunas que identificam o artigo,
nomeadamente Artigo, Descrição e a coluna * que identifica o número de documentos
onde o preço do artigo não foi revisto.

Na parte superior do ecrã, poderá indicar a aplicação os preços a visualizar: Preços de


custo com e sem impostos incluídos e Preços de venda com ou sem impostos
incluídos.

Referência
Código do artigo.

Descrição
Descrição do artigo

L.Preço
Linha de preço

Tamanho
Identificação do tamanho movimentado do artigo

Prop 1
Propriedade 1 associada ao artigo

Prop 2
Propriedade 2 associada ao artigo

Prop 3
Propriedade 3 associada ao artigo

Anterior
Preço de custo anterior do artigo (valor sem impostos incluídos)

Documento
Preço de custo mencionado no documento em análise (valor com impostos
incluídos)

www.sage.pt 273
Manual Retail
% Var
Percentagem de variação do preço de custo

Actual
Preço de venda actual do artigo (valor com impostos incluídos)

% Actual
Margem actual do artigo

Novo
Novo preço de venda sugerido aplicando a margem fixa

% Nova
Margem fixa do artigo

Ign
Ignorar a alteração de preços para o artigo

De forma a facilitar a análise são utilizadas cores para identificar os artigos:

com preço alterado


artigo novo
com preço de venda actualizado
com preço alterado manualmente
já existente sem alteração de preço de custo

O ecrã de Alteração de preços por documento é também mostrado na finalização


de documentos de compras, tendo em conta a configuração dos documentos (Tabela
de documentos) e a configuração geral 57 (Configurações Gerais).

Estão disponíveis duas opções adicionais:

Visualizar colunas com propriedades: tal como o próprio nome indica, esta opção irá
mostrar colunas adicionais com a informação acerca das propriedades dos artigos
caso existam

Gravar preços em tabela temporária: Ao clicar em Gravar os preços serão gravados


numa tabela temporária e poderão ser alterados à posteriori através da opção
Actualização automática de preços (opção Alterar Preços com base nos preços
temporários)

Marcar como descontinuados


Há artigos que, ainda que estejam disponíveis ainda para comercialização, não são
actuais, ou porque pertencem a uma colecção anterior, ou porque fazem parte de uma
campanha que já não está em vigor, ou que, por qualquer outro motivo, não há
interesse na sua comercialização no momento.
Estes artigos poderão ser rotulados como “descontinuados”, sendo excluídos das
listagens e pesquisas normais.

Em sistemas com grande volume de artigos nestas circunstâncias poderá não ser
viável editar a ficha de cada um e activar a descontinuidade:

www.sage.pt 274
Manual Retail

Em Movimentos – Movimentos de Stock – Operações com Artigos – Marcar


como Descontinuados, poderá, de forma rápida, marcar os artigos descontinuados
com base na data de movimentação, stock ou família e fornecedor a que estão
associados.

Os artigos descontinuados poderão ser apresentados nas pesquisas e listagens por


activação da configuração geral 21. Para mais informações relativamente às
configurações gerais consulte Configurações Gerais.

www.sage.pt 275
Manual Retail
Fabricação com base nas vendas
Esta opção permite criar automaticamente documentos de fabrico tendo em
consideração as vendas registadas. (ex: com a importação das vendas de aplicações
externas será automaticamente registada a saída de stock, pelo que, tratando-se de
produtos fabricados terá que ser efectuada a sua fabricação.)

Poderá optar por uma fabricação automática com base nas vendas importadas –
Movimentos – Movimentos de Stock – Operações com Artigos – Fabricação com
base nas vendas.
Na ficha do produto deverá ser definida previamente a sua composição.

Série
Série escolhida para a criação do documento.

Documento
Documento a criar

Data entre
Datas a ter em consideração para a análise das vendas e consequente criação do
documento.

Será criado um documento de fabricação, na data de sistema, por cada


produto/dia/armazém de acordo com os documentos de venda da série seleccionada.

 Caso existam documentos de fabricação da série indicada para o período definido serão
eliminados.

Movimentos de tesouraria

Operações com Títulos


Letras a receber / Letras a pagar

A gestão de letras implica alguma parametrização…

A modalidade de pagamento Letra é criada por padrão pela aplicação.

Trata-se de uma modalidade aplicada a recebimentos e pagamentos (ambos) para a


qual terá que ser definido um estado inicial. Por padrão encontra-se parametrizada

www.sage.pt 276
Manual Retail
como Aceite em carteira e Seu saque para recebimentos e pagamentos
respectivamente.

www.sage.pt 277
Manual Retail

www.sage.pt 278
Manual Retail

Aquando emissão de um recebimento (recibo) ou pagamento (aviso de lançamento),


seleccionando a modalidade letra será automaticamente apresentado o ecrã de
detalhes da letra para preenchimento.

A letra assumirá o estado inicial definido na tabela de modalidades de pagamento –


por padrão aceite em carteira ou seu saque, consoante se trate de um recebimento ou
de um pagamento.

Analisemos um exemplo de recebimento na modalidade letra…

Ao confirmar o pagamento nesta modalidade será automaticamente


apresentado o ecrã de detalhes da letra…

Deverá ser definida a data de vencimento da letra, bem como as contas de


domiciliação e para desconto.

O valor de imposto de selo será calculado automaticamente pela aplicação.

www.sage.pt 279
Manual Retail

A letra é registada no tipo de conta Letras a Receber sendo o seu estado Aceite em
carteira, de acordo com a parametrização de estados definida na configuração da
modalidade de pagamento.

A partir daqui, poderão ser geridos todos os processos e transacções inerentes à letra,
desde o seu desconto, recâmbio, protesto, … Trata-se das denominadas Operações
com Títulos – Movimentos – Movimentos de Tesouraria – Operações com títulos.

Por padrão, estão disponíveis as seguintes operações relativamente às letras:

Letras a pagar
 Pagamento (LPP)
 Reforma (LPR)
 Devolução (LPD)
Letras a receber
 Liquidação (LLQ)
 Cobrança (LCB)
 Devolução (LDV)
 Desconto (LDS)
 Regularização (LRG)
 Recâmbio (LRC)
 Protesto (LPT)
 Reforma (LRF)
 Reforma de Letra em Desconto (LRD)

Além disso, existem documentos para simples mudança de estado das letras
recebidas:

www.sage.pt 280
Manual Retail
Envio para Aceite (LEA)
Receção do Aceite (LRA)
Envio à Cobrança (LEC)
Anulação do envio à Cobrança (LAC)
Envio a Desconto (LED)
Anulação do envio a Desconto (LAD)

Dando seguimento ao exemplo anterior do recebimento da letra, a letra


recebida está em carteira, imaginemos que próximo da data de vencimento
foi colocada no banco para cobrança…

A letra poderá então ser paga ou devolvida. Supondo que a letra é


devolvida será então emitido o documento de devolução (LDV).

www.sage.pt 281
Manual Retail

A qualquer momento poderá consultar o estado das letras em Relatórios – Relatórios


de Tesouraria – Operações com Títulos – Letras a receber.

Consultando o c/c da entidade poderá ver todo o fluxo das operações da letra.
Cheques pré-datados a receber / emitidos

A modalidade de pagamento Cheque pre-datado é criada por padrão pela aplicação.

É uma modalidade aplicada a recebimentos e pagamentos (ambos) que gera um


pendente em c/c. No caso dos recebimentos será gerado um documento CHR Cheque
Recebido e aquando pagamento um documento CHP Cheque Emitido.

www.sage.pt 282
Manual Retail

www.sage.pt 283
Manual Retail

Aquando emissão de um recebimento (recibo) ou pagamento (aviso de lançamento),


seleccionando a modalidade cheque pré-datado será automaticamente apresentado o
ecrã de detalhes do cheque para preenchimento.

Analisemos um exemplo de recebimento com cheque pré-datado...

www.sage.pt 284
Manual Retail

Todos os processos e transacções inerentes ao cheque pré-datado poderão ser


geridos na aplicação, nomeadamente o desconto, depósito, devolução, etc… Trata-se
das denominadas Operações com Títulos – Movimentos – Movimentos de
Tesouraria – Operações com títulos.

Por padrão, estão disponíveis as seguintes operações relativamente aos cheques pré-
datados:

Depósito (CDP)
Devolução (CDV)
Substituição de Cheque (CST)
Desconto de Cheque (CDS)
Devolução de Cheque em Descontado (CDD)
Anulação de Cheque (CAN)

Seguindo o exemplo anterior…

Imaginemos que o cheque recebido foi apresentado ao banco para


desconto, será então emitido o documento CDS Desconto de Cheque.

www.sage.pt 285
Manual Retail

Supondo que mais tarde o cheque é devolvido pelo banco…

Deverá então ser registada essa devolução pelo documento CDD


Devolução de Cheque Descontado, sendo acrescido ao valor do
mesmo as despesas inerentes à devolução.

www.sage.pt 286
Manual Retail

O cheque poderá então ser substituído por outro – CST Substituição de


Cheque

Será apresentado o ecrã de pagamento de forma a permitir a indicação do


novo pagamento, nomeadamente novo cheque pré-datado…

www.sage.pt 287
Manual Retail

Será então iniciado um ciclo para este novo cheque…


Letras a receber / Letras a pagar

A gestão de letras implica alguma parametrização…

A modalidade de pagamento Letra é criada por padrão pela aplicação.

Trata-se de uma modalidade aplicada a recebimentos e pagamentos (ambos) para a


qual terá que ser definido um estado inicial. Por padrão encontra-se parametrizada
como Aceite em carteira e Seu saque para recebimentos e pagamentos
respectivamente.

www.sage.pt 288
Manual Retail

www.sage.pt 289
Manual Retail

Aquando emissão de um recebimento (recibo) ou pagamento (aviso de lançamento),


seleccionando a modalidade letra será automaticamente apresentado o ecrã de
detalhes da letra para preenchimento.

A letra assumirá o estado inicial definido na tabela de modalidades de pagamento –


por padrão aceite em carteira ou seu saque, consoante se trate de um recebimento ou
de um pagamento.

Analisemos um exemplo de recebimento na modalidade letra…

Ao confirmar o pagamento nesta modalidade será automaticamente


apresentado o ecrã de detalhes da letra…

Deverá ser definida a data de vencimento da letra, bem como as contas de


domiciliação e para desconto.

O valor de imposto de selo será calculado automaticamente pela aplicação.

www.sage.pt 290
Manual Retail

A letra é registada no tipo de conta Letras a Receber sendo o seu estado Aceite em
carteira, de acordo com a parametrização de estados definida na configuração da
modalidade de pagamento.

A partir daqui, poderão ser geridos todos os processos e transacções inerentes à letra,
desde o seu desconto, recâmbio, protesto, … Trata-se das denominadas Operações
com Títulos – Movimentos – Movimentos de Tesouraria – Operações com títulos.

Por padrão, estão disponíveis as seguintes operações relativamente às letras:

Letras a pagar
 Pagamento (LPP)
 Reforma (LPR)
 Devolução (LPD)
Letras a receber
 Liquidação (LLQ)
 Cobrança (LCB)
 Devolução (LDV)
 Desconto (LDS)
 Regularização (LRG)
 Recâmbio (LRC)
 Protesto (LPT)
 Reforma (LRF)
 Reforma de Letra em Desconto (LRD)

Além disso, existem documentos para simples mudança de estado das letras
recebidas:

www.sage.pt 291
Manual Retail
Envio para Aceite (LEA)
Receção do Aceite (LRA)
Envio à Cobrança (LEC)
Anulação do envio à Cobrança (LAC)
Envio a Desconto (LED)
Anulação do envio a Desconto (LAD)

Dando seguimento ao exemplo anterior do recebimento da letra, a letra


recebida está em carteira, imaginemos que próximo da data de vencimento
foi colocada no banco para cobrança…

A letra poderá então ser paga ou devolvida. Supondo que a letra é


devolvida será então emitido o documento de devolução (LDV).

www.sage.pt 292
Manual Retail

A qualquer momento poderá consultar o estado das letras em Relatórios – Relatórios


de Tesouraria – Operações com Títulos – Letras a receber.

Consultando o c/c da entidade poderá ver todo o fluxo das operações da letra.
Cheques pré-datados a receber / emitidos

A modalidade de pagamento Cheque pre-datado é criada por padrão pela aplicação.

É uma modalidade aplicada a recebimentos e pagamentos (ambos) que gera um


pendente em c/c. No caso dos recebimentos será gerado um documento CHR Cheque
Recebido e aquando pagamento um documento CHP Cheque Emitido.

www.sage.pt 293
Manual Retail

www.sage.pt 294
Manual Retail

Aquando emissão de um recebimento (recibo) ou pagamento (aviso de lançamento),


seleccionando a modalidade cheque pré-datado será automaticamente apresentado o
ecrã de detalhes do cheque para preenchimento.

Analisemos um exemplo de recebimento com cheque pré-datado...

www.sage.pt 295
Manual Retail

Todos os processos e transacções inerentes ao cheque pré-datado poderão ser


geridos na aplicação, nomeadamente o desconto, depósito, devolução, etc… Trata-se
das denominadas Operações com Títulos – Movimentos – Movimentos de
Tesouraria – Operações com títulos.

Por padrão, estão disponíveis as seguintes operações relativamente aos cheques pré-
datados:

Depósito (CDP)
Devolução (CDV)
Substituição de Cheque (CST)
Desconto de Cheque (CDS)
Devolução de Cheque em Descontado (CDD)
Anulação de Cheque (CAN)

Seguindo o exemplo anterior…

Imaginemos que o cheque recebido foi apresentado ao banco para


desconto, será então emitido o documento CDS Desconto de Cheque.

www.sage.pt 296
Manual Retail

Supondo que mais tarde o cheque é devolvido pelo banco…

Deverá então ser registada essa devolução pelo documento CDD


Devolução de Cheque Descontado, sendo acrescido ao valor do
mesmo as despesas inerentes à devolução.

www.sage.pt 297
Manual Retail

O cheque poderá então ser substituído por outro – CST Substituição de


Cheque

Será apresentado o ecrã de pagamento de forma a permitir a indicação do


novo pagamento, nomeadamente novo cheque pré-datado…

www.sage.pt 298
Manual Retail

Será então iniciado um ciclo para este novo cheque…

Recibos
Os recebimentos de clientes são emitidos a partir do menu Movimentos, opção
Movimento de Vendas – Recibos ou através da opção Movimentos - Movimentos
de Tesouraria - Recebimentos de clientes.
O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

... pelo ícone de atalho que consta no dash board...

www.sage.pt 299
Manual Retail
... ou pela opção Novo Recebimento do task pane.

Documento
Identificação do documento a emitir

www.sage.pt 300
Manual Retail


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Cliente
Identificação da entidade

Contribuinte
Número de identificação fiscal

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Vendedor
Identificação do vendedor (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

Caixa
Caixa onde será registada o recebimento do cliente

Desc. Pag.
Desconto de pagamento a aplicar

Tipos de conta
Indicação dos tipos de conta a considerar para a exibição dos pendentes

Visto
Marca de documentos para liquidação

Documento
Nome do documento a liquidar

Série
Série do documento a liquidar

Número Doc.
Número do documento a liquidar

Prestação

www.sage.pt 301
Manual Retail
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a pagamentos em prestações consulte Tipos de
Pagamento

Data Doc.
Data de emissão do documento a liquidar

Data Venc.
Data de vencimento do documento a liquidar

Dias
Número de dias desde a data de vencimento do documento a liquidar

Valor Doc.
Total do documento a liquidar

Moeda
Moeda em que foi emitido o documento a liquidar

Pendente
Valor pendente de liquidação do documento a liquidar

A Liquidar
Valor a liquidar

IRS Retido
Valor de retenção na fonte

%Desc.
Percentagem de desconto aplicado

Desconto
Desconto em valor aplicado

Total Bruto
Total bruto do documento

Diferença Cambial
Valor relativo à alteração de cambio da moeda desde a emissão do documento
liquidado

Outros Valores
Excedente pago

Total a Pagar
Total liquidado

Moeda
Moeda em que é emitido o documento

Observações
Informação adicional relativa ao documento

A liquidação de um documento poderá ser efectuada de várias formas:

www.sage.pt 302
Manual Retail

Clique na coluna Visto para selecção do pendente a liquidar


Com o pendente seleccionado, usar a barra de espaço do teclado para selecção do
pendente
Seleccionar o pendente e, na coluna A Liquidar, indicar o valor a liquidar (valor total
ou parcial)

Avisos de Lançamento
Os pagamentos a fornecedores podem ser emitidos através do menu Movimentos,
opção Movimento de Compras – Aviso de Lançamento ou através da opção
Movimentos - Movimentos de Tesouraria - Pagamento a Fornecedores.
O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

... pelo ícone de atalho que consta no dash board...

... ou pela opção Aviso de Lançamento do task pane.

www.sage.pt 303
Manual Retail

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Fornecedor
Identificação da entidade

Contribuinte
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

www.sage.pt 304
Manual Retail

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em


através do site http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no
site, serão ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Nº Doc. Fornecedor
Número de documento emitido pelo fornecedor

Data pag. Fornecedor


Data em que o pagamento foi efectuado

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Caixa
Caixa onde será registada o pagamento ao fornecedor

Desc. Pag.
Desconto de pagamento a aplicar

Tipos de conta
Indicação dos tipos de conta a considerar para a exibição dos pendentes

Visto
Marca de documentos para liquidação

Doc
Sigla do documento a liquidar

Série
Série do documento a liquidar

Número Doc.
Número do documento a liquidar

Doc. Fornecedor
Número do fornecedor para o documento a liquidar

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a pagamentos em prestações consulte Tipos de
Pagamento

Data Doc.
Data de emissão do documento a liquidar

Data Venc.
Data de vencimento do documento a liquidar

Dias
Número de dias desde a data de vencimento do documento a liquidar

Valor Doc.

www.sage.pt 305
Manual Retail
Total do documento a liquidar

Moeda
Moeda em que foi emitido o documento a liquidar

Pendente
Valor pendente de liquidação do documento a liquidar

A Liquidar
Valor a liquidar

IRS Retido
Valor de retenção na fonte

%Desc.
Percentagem de desconto aplicado

Desconto
Desconto em valor aplicado

Total Bruto
Total bruto do documento

Diferença Cambial
Valor relativo à alteração de cambio da moeda desde a emissão do documento
liquidado

Outros Valores
Excedente pago

Total a Pagar
Total liquidado

Moeda
Moeda em que é emitido o documento

Calcular desconto baseado no valor líquido dos documentos


Esta opção permite ao utilizador calcular o desconto com base no valor líquido dos
documentos, isto é, ao valor sem impostos.

Observações
Informação adicional relativa ao documento

A liquidação de um documento poderá ser efectuada de várias formas:

Clique na coluna Visto para selecção do pendente a liquidar


Com o pendente seleccionado, usar a barra de espaço do teclado para selecção do
pendente
Seleccionar o pendente e, na coluna A Liquidar, indicar o valor a liquidar (valor total
ou parcial)

www.sage.pt 306
Manual Retail
Pagamento a vendedores
Em sistemas onde há lugar ao processamento de comissões, deverão ser emitidos os
pagamentos a vendedores de forma a haver um controle efectivo dos c/c. Estes
recibos são emitidos desde o menu Movimentos, opção Movimento de Contas
Correntes – Vendedores – Pagamento a vendedores ou através da opção
Movimentos - Movimentos de Tesouraria - Pagamento a vendedores.

Para mais informações relativamente ao processamento de comissões,


consulte Processamento de comissões

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

www.sage.pt 307
Manual Retail
Não devem ser emitidos documentos com data anterior aos já emitidos. Para
mais informações relativamente a este controle, consulte Configuração de Numeração de
Documentos.

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Vendendor
Identificação da entidade

Cont.
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Vendedor
Identificação do vendedor (preenchido automaticamente de acordo com o registo da
ficha da entidade)

Caixa
Caixa onde será registada o recebimento do cliente

Desc. Pag.
Desconto de pagamento a aplicar

Tipos de conta
Indicação dos tipos de conta a considerar para a exibição dos pendentes

Visto
Marca de documentos para liquidação

Documento
Nome do documento a liquidar

Série
Série do documento a liquidar

Número Doc.
Número do documento a liquidar

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a pagamentos em prestações consulte Tipos de
Pagamento

www.sage.pt 308
Manual Retail
Data Doc.
Data de emissão do documento a liquidar

Data Venc.
Data de vencimento do documento a liquidar

Dias
Número de dias desde a data de vencimento do documento a liquidar

Valor Doc.
Total do documento a liquidar

Moeda
Moeda em que foi emitido o documento a liquidar

Pendente
Valor pendente de liquidação do documento a liquidar

A Liquidar
Valor a liquidar

IRS Retido
Valor de retenção na fonte

%Desc.
Percentagem de desconto aplicado

Desconto
Desconto em valor aplicado

Total Bruto
Total bruto do documento

Diferença Cambial
Valor relativo à alteração de cambio da moeda desde a emissão do documento
liquidado

Outros Valores
Excedente pago

Total a Pagar
Total liquidado

Moeda
Moeda em que é emitido o documento

Observações
Informação adicional relativa ao documento

A liquidação de um documento poderá ser efectuada de várias formas:

Clique na coluna Visto para selecção do pendente a liquidar


Com o pendente seleccionado, usar a barra de espaço do teclado para selecção do
pendente

www.sage.pt 309
Manual Retail
Seleccionar o pendente e, na coluna A Liquidar, indicar o valor a liquidar
(valor total ou parcial)

Os ecrãs de finalização, pagamento e de troco são iguais aos ecrãs mostrados nos
documentos de venda, pelo que para mais informações consulte Ecrã de finalização,
Ecrã de pagamento e Ecrã de troco

Pagamento a Outros Devedores/Credores


Os pagamentos a Outros Devedores/Credores dos pendentes criados em
Movimentos - Movimentos de Conta Corrrente - Outros Devedores/Credores,
podem ser emitidos através da opção Movimentos - Movimentos de Tesouraria -
Pagamento a Outros Devedores/credores

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

www.sage.pt 310
Manual Retail

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Dev./Credor.
Identificação da entidade

Contribuinte
Número de identificação fiscal da entidade (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da ficha da entidade)

Usando o botão será possível obter os dados da entidade obtidos em através do site
http://ec.europa.eu/taxation_customs/vies/. Para além dos dados obtidos no site, serão
ainda inferidos pela aplicação, o Distrito e o Concelho da entidade, tendo em
consideração os dados da morada. Este botão estará unicamente activo se não for
indicado qualquer código de cliente.

Saldo
Informação do saldo de c/c da entidade (campo não editável)

Caixa
Caixa onde será registada o pagamento ao outro devedor/credor

Desc. Pag.
Desconto de pagamento a aplicar

Tipos de conta
Indicação dos tipos de conta a considerar para a exibição dos pendentes

Visto
Marca de documentos para liquidação

Doc
Sigla do documento a liquidar

Série
Série do documento a liquidar

Número Doc.
Número do documento a liquidar

Doc. Fornecedor
Número do fornecedor para o documento a liquidar

Prestação
Identificação da prestação quando usado pagamento em prestações
Para mais informações relativamente a pagamentos em prestações consulte Tipos de
Pagamento

Data Doc.
Data de emissão do documento a liquidar

www.sage.pt 311
Manual Retail

Data Venc.
Data de vencimento do documento a liquidar

Dias
Número de dias desde a data de vencimento do documento a liquidar

Valor Doc.
Total do documento a liquidar

Moeda
Moeda em que foi emitido o documento a liquidar

Pendente
Valor pendente de liquidação do documento a liquidar

A Liquidar
Valor a liquidar

IRS Retido
Valor de retenção na fonte

%Desc.
Percentagem de desconto aplicado

Desconto
Desconto em valor aplicado

Total Bruto
Total bruto do documento

Diferença Cambial
Valor relativo à alteração de cambio da moeda desde a emissão do documento
liquidado

Outros Valores
Excedente pago

Total a Pagar
Total liquidado

Moeda
Moeda em que é emitido o documento

Calcular desconto baseado no valor líquido dos documentos


Esta opção permite ao utilizador calcular o desconto com base no valor líquido dos
documentos, isto é, ao valor sem impostos.

Observações
Informação adicional relativa ao documento

A liquidação de um documento poderá ser efectuada de várias formas:

Clique na coluna Visto para selecção do pendente a liquidar

www.sage.pt 312
Manual Retail
Com o pendente seleccionado, usar a barra de espaço do teclado para
selecção do pendente
Seleccionar o pendente e, na coluna A Liquidar, indicar o valor a liquidar (valor total
ou parcial)

Transferência Bancária / Suporte Magnético


A geração do ficheiro SEPA é possível através da opção Transferência Bancária /
Suporte Magnético presente nos Movimentos de Tesouraria:

O ecrã de introdução é semelhante aos restantes ecrãs de movimentação da


aplicação:

www.sage.pt 313
Manual Retail

Série / Nº documento / Data


Identificação do documento

Documento
Documento usado para a liquidação. Serão disponibilizados neste campo todos os
documentos de pagamento (clientes ou fornecedores) que efectuem Saída de
caixa.

Data valor
Data valor inserida no momento da liquidação por transferência bancária. Se esta
data for definida (campo Data valor preenchido), serão mostradas todas as
liquidações com essa data valor; caso este campo não se encontre preenchido,
serão mostradas para marcação todas as liquidações que ainda não tenham sido
exportadas para o ficheiro SEPA.

Dia transferência
Dia em que a transferência será efectuada; é sempre considerado o próximo dia.
Ex: se a data de sistema for 28-01-2014, ao indicar dia 02, no ficheiro SEPA criado
será indicado o dia 02-02-2014.
 Se a data valor for preenchida, será essa a data considerada para a geração do ficheiro,
não sendo possível preencher o Dia da transferência.

Resume
Esta opção permite indicar se, para cada entidade, será exportada uma única linha
no ficheiro SEPA com o valor global; caso não se encontre marcada, será gerada

www.sage.pt 314
Manual Retail
uma linha por cada movimento de liquidação por transferência bancária
gerado na aplicação.

Transacção urgente
Indicação para o banco que se trata de uma transacção que deve ser tratada com
carácter de urgência.

Tipo de ficheiro
Este campo indica o formato de ficheiro que será gerado; apenas a opção SEPA se
encontra disponível.

Exportar para
Directoria onde será gerado o ficheiro SEPA.

Banco
Indicação do banco indicado no ecrã da transferência bancária aquando do
pagamento.

Conta bancária / designação da conta bancária


Número e descrição da conta bancária pertencente ao banco indicado no campo
anterior.

Uma vez confirmado o banco e a conta bancária, serão carregados para a grelha
todos os documentos de pagamento efectuados por transferência bancária. Serão
carregados os documentos:

Cuja Data Valor indicada no momento de criação da transferência bancária


seja igual à Data Valor indicada neste ecrã

Ou

Com qualquer data valor se o campo Data Valor deste ecrã não for
preenchido

 Serão unicamente mostradas as transferências bancárias criadas em Euros e que


contenham Swift.

Deverão ser seleccionados os documentos a incluir no ficheiro de transferência


bancária usando para isso o rato e marcando a coluna Sel ou então usando a barra de
espaços.

Uma vez indicados os documentos deverá clicar em Finalizar para gravar o


documento.

Poderá optar por criar o ficheiro de suporte magnético posteriormente; para tal, deverá
editar o documento e clicar no botão Exportar.

Impressão de cheques
A opção Impressão de cheques (presente em Movimentos – Movimentos de
Tesouraria) permite imprimir vários cheques (impressão em série) para liquidações

www.sage.pt 315
Manual Retail
anteriormente registadas e às quais, no momento da liquidação, não se
associou o número do cheque.

Independentemente da opção Obriga a preencher dados do cheque presente na


configuração das modalidades de pagamento, o número do cheque não é campo de
preenchimento obrigatório na liquidação dos documentos de compra; no entanto, na
liquidação de documentos de venda nos documentos de liquidação o comportamento
mantém-se, isto é, para a liquidação dos documentos de venda, caso a opção se
encontre marcada, será obrigatória a inserção dos dados do cheque.
Consulte Modalidades de Pagamento.

www.sage.pt 316
Manual Retail

Data inicial / Data final


Data inicial e data final dos cheques (data inserida no campo Data do ecrã dos
Dados do cheque)

Já impressos
Caso pretenda carregar os cheques já impressos, deverá marcar esta opção.

Conta bancária
Nesta área deverá seleccionar o banco e a conta bancária para os cheques.

Através do botão Carregar, poderá carregar para o ecrã os cheques existentes para o
banco/conta bancária e datas seleccionadas

www.sage.pt 317
Manual Retail

Número 1º Cheque
Primeiro número de cheque a ser emitido.

Marcar todos
Este botão permite marcar todos os cheques, atribuindo-lhes um número de cheque
sequencial tendo em consideração o número do primeiro cheque.

Renumerar seleccionados
Esta opção permite renumerar os cheques seleccionado tendo em consideração o
número do primeiro cheque.

O utilizador poderá decidir a ordem pela qual os cheques serão impressos; para tal,
indique o primeiro número de cheque (campo Número 1º Cheque) e de seguida
seleccione cada um dos cheques.

www.sage.pt 318
Manual Retail

Uma vez seleccionados os cheques e definidos os seus números, poderá usar uma
das seguintes funções:

Ver antes.
Imprimir.

Se porventura não tiver nenhum layout definido será mostrada a seguinte mensagem:

Deverá por isso aceder a Diversos – Configurações – Configuração de


Documentos – Desenho de documentos e criar um modelo de impressão de
cheques:

www.sage.pt 319
Manual Retail

Para mais informações acerca da configuração de layouts, por favor consulte Desenho de
documentos.

Poderá ainda inserir manualmente o número de cheque; para tal, seleccione a linha e,
no campo NºCheque, insira o número pretendido. Caso seja inserido um número de
cheque já existente, aquando da impressão ou pré-visualização será mostarda a
seguinte mensagem:

www.sage.pt 320
Manual Retail
Cabe ao utilizador decidir se pretende atribuir esses números de cheques
aos pagamentos.

Uma vez impressos os cheques, os números de cheques aqui inseridos, serão


actualizados nos respectivos documentos:

Imprimir
Uma vez seleccionados os cheques, ao clicar em poderá seleccionar a posição para
impressão do primeiro cheque (clicando na área onde pretende que seja impresso o
primeiro cheque, ficando a posição do primeiro cheque marcada a preto):

www.sage.pt 321
Manual Retail

Layout de cheques
Estão disponíveis as seguintes variáveis para a impressão dos cheques:

Data
Data de emissão do cheque

Extenso
Valor por extenso do cheque

LocalEmissao
Local de emissão. Será impresso o local de emissão definido em Diversos –
Configurações – Parâmetros – Front Office, campo Localidade da área
Cheques.

Valor
Valor do cheque em numerário.

Documentos de Caixa
Os documentos de caixa são emitidos desde o menu Movimentos, opção
Movimentos de Tesouraria - Documento de Caixa

O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

www.sage.pt 322
Manual Retail

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema
Não devem ser emitidos documentos com data anterior aos já emitidos. Para mais
informações relativamente a este controle, consulte Configuração de Numeração de
Documentos.

www.sage.pt 323
Manual Retail
Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Contrapartida
Identificação da entidade tendo em consideração a opção seleccionada em Conta
de contrapartida da configuração do documento.
Para mais informações consulte Tabela de documentos

Tendo em consideração o documento escolhido e consequentemente a conta de


contrapartida, deverá preencher os dados da entidade (Caixa, Conta bancária, Cliente,
Fornecedor, Vendedor, Outros devedores/credores)

Vendedor
Identificação do vendedor

Caixa
Identificação do caixa

Sessão
Identificação da sessão onde o documento será registado

De seguida serão mostradas as várias modalidades de pagamento existentes. Para a


modalidade ou modalidades pretendidas, deverá registar o valor (coluna Valor) do
documento.

Observações
Informação adicional relativa ao documento

Montante do documento
Valor do documento

Moeda
Moeda em que será emitido o documento (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da zona)

Operações de caixa
Operações de Caixa
À medida que são registados os documentos, o volume de vendas e caixa irá sendo
actualizado.

Estes valores poderão ser avaliados por sessão, terminal ou na sua globalidade,
independentemente da sessão e terminal.

Além do valor de caixa e vendas, poderá ser efectuada uma análise do volume de
vendas por vendedor, por família de produtos, etc...

A informação incluída nos talões de fecho de sessão, terminal e geral de dia pode ser
parametrizada pelo utilizador. Para mais informações consulte Configurações Gerais.

www.sage.pt 324
Manual Retail
Fecho/Consulta de caixa
No fecho/consulta de sessão serão considerados os registos diários efectuados na
sessão e terminal indicados – Movimentos – Movimento de tesouraria – Operações
de caixa - Fechar Caixa / Consulta de Caixa.
Tanto o fecho como a consulta de caixa é efectuado via assistente:

Na primeira janela do assistente deverá indicar:

Caixa
Caixa a fechar / consultar

Data
Data a fechar / consultar

Sessão
Sessão a fechar

De acordo com os dados preenchidos ao clicar em Seguinte serão mostrados os


dados da sessão a fechar:

www.sage.pt 325
Manual Retail

Deverá clicar no botão Fechar para fechar a sessão.

Seguidamente terá a possibilidade imprimir ou visualizar o relatório de fecho de caixa:

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas

www.sage.pt 326
Manual Retail
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa usando o botão Imprimir ou então


visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

Fecho/Consulta de caixas por Delegação


No fecho/consulta de caixas por delegação serão considerados os registos diários
efectuados na delegação em questão, independentemente da sessão – Movimentos
– Movimento de tesouraria – Operações de caixa - Fechar Caixas por Delegação /
Consulta de Caixa por Delegação.

www.sage.pt 327
Manual Retail

Localização
Indicação da Delegação a fechar / consultar

Data
Data a fechar / consultar

No passo seguinte deverá fechar as várias sessões das várias caixas existentes na
delegação escolhida no passo anterior.

Poderá usar o botão Fechar caixas para fechar todas as caixas ainda abertas.

No passo seguinte, terá acesso ao valores das caixas por delegação:

www.sage.pt 328
Manual Retail

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa por delegação usando o botão Imprimir
ou então visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

www.sage.pt 329
Manual Retail
Fecho/Consulta geral de caixas
No fecho/consulta geral de caixas serão considerados os registos no dia,
independentemente da sessão e terminal – Movimentos – Movimento de tesouraria
– Operações de caixa - Fecho Geral de Caixas / Consulta Geral de Caixa.

No primeiro passo do assistente, deverá indicar as datas inicial e final para o fecho
geral de caixas:

No passo seguinte deverá fechar as várias sessões das várias caixas existentes nas
datas escolhidas no passo anterior:

www.sage.pt 330
Manual Retail

Poderá usar o botão Fechar caixas para fechar todas as caixas ainda abertas.

No passo seguinte, terá acesso ao valores das caixas:

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas

www.sage.pt 331
Manual Retail
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa usando o botão Imprimir ou então


visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

Fecho/Consulta de caixa
No fecho/consulta de sessão serão considerados os registos diários efectuados na
sessão e terminal indicados – Movimentos – Movimento de tesouraria – Operações
de caixa - Fechar Caixa / Consulta de Caixa.
Tanto o fecho como a consulta de caixa é efectuado via assistente:

www.sage.pt 332
Manual Retail

Na primeira janela do assistente deverá indicar:

Caixa
Caixa a fechar / consultar

Data
Data a fechar / consultar

Sessão
Sessão a fechar

De acordo com os dados preenchidos ao clicar em Seguinte serão mostrados os


dados da sessão a fechar:

www.sage.pt 333
Manual Retail

Deverá clicar no botão Fechar para fechar a sessão.

Seguidamente terá a possibilidade imprimir ou visualizar o relatório de fecho de caixa:

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas

www.sage.pt 334
Manual Retail
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa usando o botão Imprimir ou então


visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

Fecho/Consulta de caixas por Delegação


No fecho/consulta de caixas por delegação serão considerados os registos diários
efectuados na delegação em questão, independentemente da sessão – Movimentos
– Movimento de tesouraria – Operações de caixa - Fechar Caixas por Delegação /
Consulta de Caixa por Delegação.

www.sage.pt 335
Manual Retail

Localização
Indicação da Delegação a fechar / consultar

Data
Data a fechar / consultar

No passo seguinte deverá fechar as várias sessões das várias caixas existentes na
delegação escolhida no passo anterior.

Poderá usar o botão Fechar caixas para fechar todas as caixas ainda abertas.

No passo seguinte, terá acesso ao valores das caixas por delegação:

www.sage.pt 336
Manual Retail

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa por delegação usando o botão Imprimir
ou então visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

www.sage.pt 337
Manual Retail
Fecho/Consulta geral de caixas
No fecho/consulta geral de caixas serão considerados os registos no dia,
independentemente da sessão e terminal – Movimentos – Movimento de tesouraria
– Operações de caixa - Fecho Geral de Caixas / Consulta Geral de Caixa.

No primeiro passo do assistente, deverá indicar as datas inicial e final para o fecho
geral de caixas:

No passo seguinte deverá fechar as várias sessões das várias caixas existentes nas
datas escolhidas no passo anterior:

www.sage.pt 338
Manual Retail

Poderá usar o botão Fechar caixas para fechar todas as caixas ainda abertas.

No passo seguinte, terá acesso ao valores das caixas:

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas

www.sage.pt 339
Manual Retail
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa usando o botão Imprimir ou então


visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

Operações de caixa

Operações de Caixa
À medida que são registados os documentos, o volume de vendas e caixa irá sendo
actualizado.

Estes valores poderão ser avaliados por sessão, terminal ou na sua globalidade,
independentemente da sessão e terminal.

Além do valor de caixa e vendas, poderá ser efectuada uma análise do volume de
vendas por vendedor, por família de produtos, etc...

A informação incluída nos talões de fecho de sessão, terminal e geral de dia pode ser
parametrizada pelo utilizador. Para mais informações consulte Configurações Gerais.

Documentos de Caixa
Os documentos de caixa são emitidos desde o menu Movimentos, opção
Movimentos de Tesouraria - Documento de Caixa

O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

www.sage.pt 340
Manual Retail

Documento
Identificação do documento a emitir


Série e número do documento
A série e numeração de documentos é pré-definida devendo ser respeitada; consulte
Configuração de Séries de Documentos

Data
Data de emissão do documento. Por padrão será assumida a data de sistema
Não devem ser emitidos documentos com data anterior aos já emitidos. Para mais
informações relativamente a este controle, consulte Configuração de Numeração de
Documentos.

Hora
Hora de emissão do documento. Por padrão será assumida a hora de sistema

Contrapartida

www.sage.pt 341
Manual Retail
Identificação da entidade tendo em consideração a opção seleccionada
em Conta de contrapartida da configuração do documento.
Para mais informações consulte Tabela de documentos

Tendo em consideração o documento escolhido e consequentemente a conta de


contrapartida, deverá preencher os dados da entidade (Caixa, Conta bancária, Cliente,
Fornecedor, Vendedor, Outros devedores/credores)

Vendedor
Identificação do vendedor

Caixa
Identificação do caixa

Sessão
Identificação da sessão onde o documento será registado

De seguida serão mostradas as várias modalidades de pagamento existentes. Para a


modalidade ou modalidades pretendidas, deverá registar o valor (coluna Valor) do
documento.

Observações
Informação adicional relativa ao documento

Montante do documento
Valor do documento

Moeda
Moeda em que será emitido o documento (preenchido automaticamente de acordo
com o registo da zona)

Fecho/Consulta de caixa
No fecho/consulta de sessão serão considerados os registos diários efectuados na
sessão e terminal indicados – Movimentos – Movimento de tesouraria – Operações
de caixa - Fechar Caixa / Consulta de Caixa.
Tanto o fecho como a consulta de caixa é efectuado via assistente:

www.sage.pt 342
Manual Retail

Na primeira janela do assistente deverá indicar:

Caixa
Caixa a fechar / consultar

Data
Data a fechar / consultar

Sessão
Sessão a fechar

De acordo com os dados preenchidos ao clicar em Seguinte serão mostrados os


dados da sessão a fechar:

www.sage.pt 343
Manual Retail

Deverá clicar no botão Fechar para fechar a sessão.

Seguidamente terá a possibilidade imprimir ou visualizar o relatório de fecho de caixa:

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas

www.sage.pt 344
Manual Retail
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa usando o botão Imprimir ou então


visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

Fecho/Consulta de caixa
No fecho/consulta de sessão serão considerados os registos diários efectuados na
sessão e terminal indicados – Movimentos – Movimento de tesouraria – Operações
de caixa - Fechar Caixa / Consulta de Caixa.
Tanto o fecho como a consulta de caixa é efectuado via assistente:

www.sage.pt 345
Manual Retail

Na primeira janela do assistente deverá indicar:

Caixa
Caixa a fechar / consultar

Data
Data a fechar / consultar

Sessão
Sessão a fechar

De acordo com os dados preenchidos ao clicar em Seguinte serão mostrados os


dados da sessão a fechar:

www.sage.pt 346
Manual Retail

Deverá clicar no botão Fechar para fechar a sessão.

Seguidamente terá a possibilidade imprimir ou visualizar o relatório de fecho de caixa:

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas

www.sage.pt 347
Manual Retail
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa usando o botão Imprimir ou então


visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

Fecho/Consulta geral de caixas


No fecho/consulta geral de caixas serão considerados os registos no dia,
independentemente da sessão e terminal – Movimentos – Movimento de tesouraria
– Operações de caixa - Fecho Geral de Caixas / Consulta Geral de Caixa.

No primeiro passo do assistente, deverá indicar as datas inicial e final para o fecho
geral de caixas:

www.sage.pt 348
Manual Retail

No passo seguinte deverá fechar as várias sessões das várias caixas existentes nas
datas escolhidas no passo anterior:

Poderá usar o botão Fechar caixas para fechar todas as caixas ainda abertas.

No passo seguinte, terá acesso ao valores das caixas:

www.sage.pt 349
Manual Retail

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa usando o botão Imprimir ou então


visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

www.sage.pt 350
Manual Retail
Fecho/Consulta geral de caixas
No fecho/consulta geral de caixas serão considerados os registos no dia,
independentemente da sessão e terminal – Movimentos – Movimento de tesouraria
– Operações de caixa - Fecho Geral de Caixas / Consulta Geral de Caixa.

No primeiro passo do assistente, deverá indicar as datas inicial e final para o fecho
geral de caixas:

No passo seguinte deverá fechar as várias sessões das várias caixas existentes nas
datas escolhidas no passo anterior:

www.sage.pt 351
Manual Retail

Poderá usar o botão Fechar caixas para fechar todas as caixas ainda abertas.

No passo seguinte, terá acesso ao valores das caixas:

Moeda
Moeda em que é efectuado o fecho/consulta

Vendas

www.sage.pt 352
Manual Retail
Valor de vendas apurado

O valor de vendas será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos

Caixa
Valor de caixa apurado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Caixa Acumulado
Valor de caixa acumulado

O valor de caixa será calculado de acordo com o comportamento dos documentos em


termos de registo em mapa de vendas. Para mais informações relativamente à
parametrização do comportamento dos documentos consulte Tabela de documentos.

Poderá imprimir o relatório de fecho de caixa usando o botão Imprimir ou então


visualizar no ecrã o mesmo relatório usando o botão Visualizar.

www.sage.pt 353
Configurações
Parâmetros
A definição dos parâmetros terá de ser o mais criteriosa possível, já que estes
revestem-se de importância vital para o bom funcionamento do sistema – Diversos –
Configurações – Parâmetros.

O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

Parâmetros

Configuração Monetária

Moeda Base
Moeda base do sistema

Moeda Alternativa
Moeda alternativa do sistema

www.sage.pt 354
Manual Retail
Definições Locais
Idioma
Linguagem utilizada

País
País assumido por padrão na criação das entidades

Distrito
Distrito assumido por padrão na criação das entidades

Concelho
Concelho assumido por padrão na criação das entidades

Região Impostos
Região de impostos em que está inserido o sistema

Actualiza/Carrega Intrastat
Carregar códigos Intrastat

Actualiza/Carrega Distritos
Carregar informação de distritos

Actualiza/Carrega Códigos Postais


Carregar informação de códigos postais

Configuração por padrão dos artigos


Unidade
Unidade de venda

Tipo de Margem
Margem para cálculo da percentagem de lucro

Imposto
Agrupamento de impostos assumido por padrão na criação de artigos

Código de Barras
Tipo de código de barras assumido por padrão na criação de artigos

Máscara Referência
Formato para criação automática de referências de artigos

Nº Caract.Dup.Refª
Número de caracteres assumidos na duplicação de artigos

Idiomas Disponíveis
Idiomas para descrição dos artigos

Campos Extra de Classificação


Activação de campos extra na ficha de artigos

Desc. Campo (1)


Descritivo do campo extra 1 de artigos

Desc. Campo (2)

www.sage.pt 355
Manual Retail
Descritivo do campo extra 2 de artigos

Desc. Campo (3)


Descritivo do campo extra 3 de artigos

Terceiros
Cliente mínimo / Cliente máximo
Códigos mínimo e máximo para a criação de clientes

Fornecedor mínimo / Fornecedor máximo


Códigos mínimo e máximo para a criação de fornecedores

Imp. a aplicar (Cli)


Imposto por entidade assumido por padrão na criação de clientes

Imp. a aplicar (Forn)


Imposto por entidade assumido por padrão na criação de fornecedores

Não permitir entidades com contribuintes iguais


Activação da validação de número de contribuinte de clientes e fornecedores

Cliente 'Tipo de sujeito passivo' por omissão


Tipo de sujeito passivo por omissão na criação de clientes

Tipo limite crédito


Tipo de limite de crédito assumido por padrão na criação de novos clientes.

Limite em valor
Valor do limite de crédito assumido por padrão na criação de novos clientes com
limite em valor

Limite em dias
Número de dias de limite de crédito assumido por padrão na criação de novos
clientes com limite em dias

Dias p/ idade de saldos


Intervalos de dias assumidos nos mapas de idade de saldos

Descontos de pagamento / recebimentos são calculados sobre


Forma de cálculo do desconto; é possível escolher uma das seguintes opções Valor
total, Valor líquido.

Imposto de selo a aplicar a juros


Indicação do imposto de selo a aplicar a juros.

Agenda - Horário de trabalho:


Hora de início
Hora início do dia de trabalho

Hora de fim
Hora fim do dia de trabalho

www.sage.pt 356
Manual Retail
Activa lembretes da agenda
Indicação se pretende que sejam emitidos alertas para os lembretes existentes na
agenda, isto é, caso esta opção se encontre activa, na entrada da aplicação serão
mostrados os alertas definidos na agenda

Áreas Funcionais:
Compostos
Activação da funcionalidade artigos compostos

Propriedades
Activação da funcionalidade propriedades de artigos

IVA Bens 2ª mão


Activação da funcionalidade artigos em segunda mão

Peixarias
Activação da funcionalidade peixarias

Quiosques
Activação da funcionalidade quiosques

Unidades métricas
Activação da funcionalidade unidades métricas

Descrição da unidade (1)


Indicação da descrição da unidade métrica 1

Descrição da unidade (2)


Indicação da descrição da unidade métrica 2

Descrição da unidade (3)


Indicação da descrição da unidade métrica 3

Unidades de medida
Activação da funcionalidade unidades de medida.

Contratos
Activação da funcionalidade de contratos.

Lavandarias
Activação da funcionalidade lavandarias

Consulte Lavandarias para mais informações.

Cores e Tamanhos
Activação da funcionalidade de cores e tamanhos de artigos

Formato do código de barras


Máscara do código de barras de artigos com cores e tamanhos associados
Consoante a máscara definida será indicado, na ficha de artigo, o número de
dígitos que dizem respeito à referência do artigo no campo Cód.Barras (separador
Cor/Tam):

www.sage.pt 357
Manual Retail

Para que não seja necessária a reimpressão de todas as etiquetas de artigos, será
possível criar um histórico de máscaras de códigos de barras. Esse histórico pode
ser definido em Diversos – Configurações – Parâmetros:

Este histórico de máscaras de código de barras é criado manualmente pelo


utilizador, usando os botões e para, respectivamente, adicionar um formato e
eliminar um formato, devendo respeitar as seguintes regras:
Não pode ter 2 máscaras com o mesmo tamanho;
Não pode ter máscaras com tamanho 12 e tamanho 13 em simultâneo, uma vez
que a máscara com 12 dígitos pode ser 12 dígitos + check digit.
O check digit pode ser substituído pela letra X (exemplo RRRRRRRCCCSSX) no entanto
não é obrigatório utilizar este caracter, bastará definir a máscara R, C, S.

www.sage.pt 358
Manual Retail
Sempre que existam códigos de barras criados com a máscara antiga e
tenha a necessidade de imprimir novas etiquetas, estas apresentarão 0 à esquerda
para preencher os caracteres R, C ou S acrescentados para compor a nova máscara.
Por exemplo, um código de barras 1234567passa a ser impresso 001234567,
permitindo desta forma a correcta leitura das etiquetas existentes

Uma vez que agora a máscara dos códigos com cor e tamanho não é
obrigatoriamente com 13 dígitos, o formato usado na impressão das etiquetas será
EAN13 ou Code39 consoante a máscara definida.
Caso já existam códigos de barras criados e a nova máscara seja definida com menos
dígitos, não será possível a leitura dos códigos de barras existentes, devendo neste caso
proceder-se à reimpressão das etiquetas e alteração dos códigos de barras na ficha dos
artigos.

Arquivo digital
Activação do arquivo digital

Esta opção está unicamente disponível para bases de dados em SQL

Sage Search
Perfil de indexação
Tipo de perfil para a indexação dos dados do Sage Search

Hora a que muda o dia


Hora
Indicação da hora a que muda o dia

Movimentação

Permissões gerais nos movimentos de Compras e Vendas


Controlar venda de quantidades pelo stock
Activação do controle de stock de artigos. São possíveis as seguintes opções
Nenhum, Disponível, Existente

Avisar quanto atingir o Stock Mínimo


Activação do aviso de stock mínimo de artigos

Introduzir quantidades a negativo (em documentos não certificados)


Activação da permissão de inserção de quantidades negativas nos documentos.

www.sage.pt 359
Manual Retail
A possibilidade de inserir quantidades a negativo, é unicamente possível em
documentos não certificados

Introduzir preços a negativo


Activação da permissão de inserção de preços negativos nos documentos

Vender abaixo do preço de custo


Activação da venda de artigos com preço inferior ao preço de custo

Movimentação
Analisa a política de descontos, preços e ofertas
Modo de aplicação dos planeamentos de desconto e ofertas por linha ou por
documento

Valor máximo para quantidade, preço e valor entregue


Valor máximo para campo quantidade na emissão de documentos

NºDecimais Qnt
Número de casas decimais permitidas no campo quantidade na emissão de
documentos

V/Refª (Vendas)
Nome do campo que deverá ser mostrado no cabeçalho do ecrã das vendas para
indicação de uma referência

Utiliza vendedor linha a linha


Activação da funcionalidade vendedor linha a linha

Ordem na impressão
Ordem para impressão das linhas de documentos

Desconto Valor Unitário é calculado sobre


Base para cálculo do desconto em valor unitário

Ao movimentar, agrupa os artigos pelo seguinte critério


Critérios para agrupamento de linhas durante processo de emissão de documentos

Dias para devolução das embalagens retornáveis


O número de dias indicado neste parâmetro será usado para calcular a data
impressa no documento como data limite de devolução quando um artigo do tipo
Embalagem retornável é movimentado.

Documentos de origem podem possuir cliente de facturação distinto


Indicação que pretende usar entidades distintas para facturação.

Consulte Facturação de franquias para mais informações.

Documentos de origem podem possuir cliente de facturação distinto


Indicação que pretende movimentar a segunda entidade nos documentos de venda.

Consulte o separador Opções da Tabela de documentos para mais informações.

www.sage.pt 360
Manual Retail

Número máximo de linhas nos documentos


Número máximo de linhas que um documento pode conter. O número aqui definido
deverá estar entre 5.000 e 75.000. Sempre que num documento de compra, venda
ou stock se tentem lançar mais linhas que o número aqui definido, será mostrada a
seguinte mensagem:

Retenção na fonte
Vende c/ Retenção
Activação da funcionalidade retenção na fonte

Ao criar cliente, se for sujeito passivo activa retenção


Activação da opção Retenção na ficha do cliente caso este seja sujeito passivo

Taxa de Retenção
Taxa de retenção na fonte assumida por padrão

Assistente de conversão
Máscara para o comentário no detalhe
Comentário a apresentar nos detalhes dos documentos convertidos

Máscara para o comentário no rodapé


Comentário a apresentar no rodapé dos documentos convertidos

Poderá definir a máscara usando texto combinado com as seguintes variáveis:


%1 = Nome do Documento por Extenso
%2 = Série do Documento
%3 = Nº Documento
%4 = Data de Emissão
%5 = Sigla Documento
%6 = Total Documento
%7 = V/Referência

Embora definidas as máscaras nos parâmetros, as mesmas só serão consideradas


caso as respectivas opções sejam marcadas aquando da conversão de documentos.

O primeiro campo – Máscara para o comentário no detalhe – será usada caso se


seleccione a opção Inclui linhas com a indicação do documento origem aquando da
conversão.

www.sage.pt 361
Manual Retail
Enquanto que o segundo campo – Máscara para o comentário no rodapé –
será usado caso se seleccione a opção Coloca nas Observações os documentos
convertidos no assistente de conversão de documentos.

Documento de stock
Comportamento ao encerrar uma contagem
Comportamento desejado para o encerramento da contagem de stock:

- Reset de Quantidades
Gerado documento acerto de stock com a diferença entre a quantidade contada e a
que aplicação retorna.

- Lança Entradas/Saídas
Gerado documento entrada de stock e/ou saída de stock com a diferença entre a
quantidade contada e a que aplicação retorna.

Imputação ao cliente nas vendas


Imputação
Imputação de valores de vendas a obras ou a veículos.

Consulte Imputação de vendas (Obras/Veículos/Personalizada) para mais informações.

Sempre que seja seleccionada a opção Por veículo, deverá definir o documento
para a emissão da nota de crédito bem como o artigo do tipo Franquia.

Consulte Facturação de franquias para mais informações.

Cor do campo em edição


Cor do campo em edição
Cor assumida na edição de campos

Nome avenças especiais


Nome
Descrição de avença assumida por padrão para exclusão no processamento

Documento para abertura automática de caixa


Documento
Documento usado para a abertura automática de caixa

Documentos de transporte
Documento de transporte global
Documento usado como documento de transporte global

Tolerância (minutos) para o cálculo da Data/Hora carga


Número de minutos que deverão ser adicionados à hora de gravação do documento
de transporte para considerar como Hora de carga do documento de transporte

Controlo de entrega efectiva de bens

www.sage.pt 362
Manual Retail
Tipo de controlo efectuado.

Verifica a existência de DT Global emitido em data anterior


Esta opção permite ao utilizador definir se pretende que, na criação de documentos
resultantes dos documentos de transporte globais, sejam considerados os
documentos de transporte globais criados numa data anterior caso não exista um
documento de transporte global para essa data.

Consulte Documentos de transporte para mais informações.

Modo offline

Caso seja usado o modo off-line e esteja configurado um documento de transporte


global nos Parâmetros, comummente, a guia de transporte global será criada nas
instalações da empresa e como tal com acesso à base de dados e os documentos de
entrega efectiva de bens emitidos após o documento de transporte global (as facturas)
serão criados em modo offline. Para garantir que as guias de transporte globais são
satisfeitas e criados os documentos de entrega efectiva de bens, deverá, depois de
criadas as guias de transporte globais, actualizar as respectivas bases de dados offline
(Diversos – Utilitários – Actualizar base de dados offline). Este procedimento irá
enviar para a base de dados offline o(s) documento(s) de transporte global(is) criados
para o transporte definido como transporte por default do documento definido como
documento de transporte global.

Caso não esteja definido no posto qualquer transporte por default, serão enviados para
a base de dados offline todos os documentos de transporte globais, independentemente
do transporte usado.

Front-Office
Cheques
Entidade
Entidade assumida no preenchimento de cheques

Localidade
Localidade assumida no preenchimento de cheques

Publicidade a imprimir nos talões

Linha 1 / Linha 2 / Linha 3


Linhas de publicidade a imprimir nos talões de venda

Publicidade visor de cliente


Texto
Texto a ser apresentado

Tempo até apresentação da mensagem no visor


Tempo de espera (em minutos) para apresentação da publicidade no visor de
cliente

www.sage.pt 363
Manual Retail
Modo Offline

Utilizar base de dados offline quando forem detectadas falhas de rede


Usar modo offline sempre que, por algum motivo, existam falhas na rede e que o
acesso à base de dados de rede não seja possível

Front-Office

Tempo de apresentação do ecrã de troco


Tempo (em segundos) de apresentação do ecrã de troco no ecrã

Cliente Sazonal
Número de cliente assumido por padrão na emissão de documentos de venda em
front-office

Tipo de permissões
Tipo de controle de permissões

Documento para <Talão Desconto>


Documento a ser assumido na emissão de talões de desconto automáticos

Documento para <Encomendas>


Documento a ser assumido na emissão de encomendas automáticas

Ordem para a área de famílias no ecrã táctil


Estão disponíveis as seguintes opções Código, Descrição

Ordem dos artigos no ecrã táctil quando apresentados por família


Estão disponíveis as seguintes opções Descrição, Descrição Curta, Referência

Documento para a função de devolução de consignação / encomendas (DEVCONS)


Documento a ser assumido para devolução por execução da função DEVCONS

Pode repor talões temporários em qualquer posto


Activação da possibilidade de repor talões temporários em postos diferentes do
posto de emissão

Descrição do campo chave dos talões temporários


Mensagem a ser apresentada aquando gravação / reposição de talões temporários

Descrição para talões de oferta


Mensagem a ser apresentada aquando gravação / reposição de talões temporários

Logótipo da empresa (POS táctil) de início


Logotipo para impressão nos talões.

Comunicações

Identificação

Identificação da Localização
Nome da localização no sistema GesFILIAIS

www.sage.pt 364
Manual Retail

Armazém desta localização


Armazém usado na localização

Terminais desta localização


Posto(s) usado(s) na localização

Como comunica
Tipo de comunicação (Email, manual ou FTP)

Dependendo da opção seleccionada no campo anterior, deverá indicar, respectivamente,


o endereço de emails, a pasta de gravação dos ficheiros ou os dados do servidor FTP.

Localização dos ficheiros


Pasta dos ficheiros gerados quando seleccionada a comunicação manual

Envia para
Endereço de e-mail destino quando seleccionada a comunicação via e-mail

FTP Host Address


Endereço de FTP quando seleccionada a comunicação via FTP

Username
Utilizador para acesso ao FTP quando seleccionada a comunicação via FTP

Password
Password para acesso ao FTP quando seleccionada a comunicação via FTP

Directoria Inicial
Localização no FTP dos ficheiros gerados quando seleccionada a comunicação via
FTP

Desliga conexão
Activação de desconexão após comunicação

Passive Mode
Activação de estabelecimento de ligação em passive mode

TimeOut
Tempo (em segundos) de inactividade durante o processo de download ou upload,
ao fim do qual será desligada a comunicação

Apaga ficheiros com mais de


Número de dias ao fim dos quais serão eliminados do FTP os ficheiros gerados
pelas comunicações GesFILIAIS

Máximo de tentativas para upload


Definição do número máximo de tentativas para o upload dos ficheiros

Máximo de tentativas para download


Definição do número máximo de tentativas para o download dos ficheiros

Exportação de dados por

www.sage.pt 365
Manual Retail
Data assumida nas comunicações GesFILIAIS

Opções ao comunicar

Importa movimentos das outras localizações


Activação de importação via GesFILIAIS de documentos emitidos por outras
localizações

Importa tabelas e documentos de stock das outras localizações


Activação de importação via GesFILIAIS de tabelas e documentos de stock
emitidos por outras localizações

Alteração de tabelas
Activação de alteração de registos de tabelas com base na informação importada
via GesFILIAIS

Alteração de tabelas de configuração


Activação de alteração de registos de configurações com base na informação
importada via GesFILIAIS

Exporta movimentos
Activação de exportação de movimentos via GesFILIAIS

Exporta todas as Tabelas


Activação de exportação de tabelas via GesFILIAIS

Importar vendas de outras localizações só com determinado vendedor


Activação de importação de documentos emitidos por determinado vendedor via
GesFILIAIS

Artigo a ser utilizado para a eliminação de artigos com registos relacionados


Artigo de substituição a ser assumido na eliminação de artigos com registos
relacionados

 Para mais informações relativamente a estas parametrizações consulte GesFILIAIS.

Definições de correio electrónico da Internet (SMTP e POP3)

Nesta área deverá configurar os dados de email para que seja possível o envio e a
recepção de emails através da aplicação.

O seu nome
Nome do utilizador

End. corr. electr.


Endereço de envio de e-mail

Nome utilizador
Utilizador da conta de e-mail

Palavra-passe
Password da conta de e-mail

www.sage.pt 366
Manual Retail

Serv. recepção correio (POP3)


Servidor POP3

Serv. recepção correio (SMTP)


Servidor SMTP

Assunto
Assunto do e-mail

Requer autenticação
Activação de autenticação no envio de e-mail

Pedir recibo de entrega das mensagens


Activação de recibo de entrega do e-mail

Pedir recibo de leitura das mensagens


Activação de recibo de leitura do e-mail

Integração de Dados

localização do ficheiro de lista negra

edição do ficheiro de lista negra

importação do ficheiro de lista negra

Directoria de Exportação
Localização dos ficheiros gerados pela exportação via script

Directoria de Importação
Localização dos ficheiros gerados pela importação via script

Scripts a executar
Nome do script a executar

Conectores externos

Nesta área deverá configurar o conector a usar.

Para mais informações relativamente a estas parametrizações consulte a respectiva


documentação.

VASP

Nº de Agente
Número de agente VASP

www.sage.pt 367
Manual Retail
 O nº de agente é mencionado na licença GesPOS, sendo este campo
preenchido automaticamente.

Família por padrão


Número da família à qual serão associados os novos artigos importados

Fornecedor por padrão


Número de fornecedor que corresponde à VASP no GesPOS

Imposto por padrão


Taxa reduzida

Documento de entrada
Documento que será usado para registar a entrada de artigos – Guia de Remessa
VASP (VGR)

Documento de devolução
Documento que será usado para registar as guias de levantamento de sobras no
GesPOS – Guia de Levantamento de Sobras (GLS)

Documento p/Factura
Documento que será usado para registar as facturas emitidas pela VASP – Factura
VASP (VFA)

Documento p/Nota de Crédito


Documento que será usado para registar as notas de crédito emitidas pela VASP –
Nota de Crédito VASP (VNC)

Tipo de Comunicação
SQL Server

 Para mais informações relativamente a estas parametrizações consulte


ManualInterligaçãoVASP.

Configuração de Postos
Além dos parâmetros gerais – Parâmetros – existem algumas parametrizações
importantes relativas a cada terminal.

O acesso poderá ainda ser efectuado através das opções de menu Diversos -
Configurações - Configuração de Postos

www.sage.pt 368
Manual Retail

 O número de terminais apresentado dependerá do nº de postos que tem licenciados.

Comportamento
Configuração do comportamento de cada documento.

Os documentos e configurações ilustrados são os padrão da aplicação.

Combo box
Tipo de documento

Stock
O documento processa stock

Cliente
O documento é registado em c/c

Comissão
O documento é considerado no cálculo de comissão de vendedores

Imp. Incluído
O documento é processado com imposto incluído

Finalização (Mostrar ecrã)


Aquando finalização do documento é apresentado ecrã de detalhes,
nomeadamente, resumo de impostos, desconto global, transporte, detalhes de
carga e descarga, portes e totais

www.sage.pt 369
Manual Retail
Pagamento (Confirmar modalidade)
Aquando finalização é apresentado ecrã de pagamento

Apenas em documentos configurados para registar em caixa. Para mais informações


relativamente à configuração de documentos consulte a configuração de documentos
(Diversos - Configurações - Configuração de Documentos - Tabela de Documentos).

Troco (Mostrar ecrã)


Caso haja lugar a troco será apresentado o respectivo ecrã

Implica a activação da configuração Pagamento (Confirmar modalidade).


Impressão
A impressão dos documentos poderá ser em formato A4 ou talão. Normalmente,
tratando-se de um documento de POS (venda a dinheiro, por exemplo) a impressão
será em formato talão, por outro lado, a factura é normalmente impressa em formato
A4.
Os documentos e configurações ilustrados são os padrão da aplicação.

Combo box
Tipo de documento

Documentos
Descrição do documento

Nome Documento
Layout usado para impressão. Clicando neste campo serão apresentados os
layout’s disponíveis, bastará seleccionar um da lista.

Impressora
Impressora a utilizar para a impressão do documento. Aqui poderá optar por uma
impressora local ou qualquer impressora de rede ainda que devidamente partilhada
e capturada no posto em questão

Cópias
Número de cópias a imprimir do documento

Impressão
Tipo de impressão – A4 ou talão

Confirmar emissão
Aquando finalização do documento é solicitada a confirmação de emissão do
documento

Ecrã c/modo emissão


Aquando finalização do documento é questionada a impressora a usar e nº de
cópias

Valores por default


Para cada um dos documentos poderá definir qual o vendedor, o modo de expedição,
pagamento, etc…

www.sage.pt 370
Manual Retail
Ainda que sejam pré-definidos poderão ser alterados aquando emissão do
documento.

Os documentos e configurações ilustrados são os padrão da aplicação.

Combo box
Tipo de documento

Documentos
Descrição do documento

Vendedor
Número de vendedor que será assumido por padrão para o documento

Expedição
Número do transporte que será assumido por padrão para o documento

Pagamento
Número do tipo de pagamento que será assumido por padrão para o documento

Zona
Número da zona que será assumida por padrão para o documento

Carga
Número do local de carga que será assumido por padrão para o documento

Descarga
Número do local de descarga que será assumido por padrão para o documento

PVP
Número da linha de preço que será assumida por padrão para o documento

Armazém
Número do armazém que será assumido por padrão para o documento

Desconto
Percentagem de desconto global que será assumida por padrão para o documento

Série
Série sugerida por padrão na movimentação

Hardware
Dispositivos em uso no sistema, desde a vulgar impressora de talões, ao visor de
cliente e leitor de código de barras, não esquecendo a gaveta de dinheiro.

Apenas poderão ser configurados dispositivos no próprio posto.

A adição de dispositivos é efectuada por clique com botão direito do rato no quadro
Hardware apresentado à direita.

www.sage.pt 371
Manual Retail

Adicionar Hardware
Configuração de dispositivos com driver directo, OPOS, Windows e z compatível

Os tipos de dispositivos disponíveis dependerão da licença que possui.

Detectar Hardware OPOS


Configuração de dispositivos com driver OPOS

Serão adicionados os dispositivos que estejam previamente configurados nos drivers


OPOS respectivos. A configuração com driver OPOS estará limitada aos dispositivos
suportados pelos mesmos.

Detectar Hardware Windows


Configuração de dispositivos com driver Windows

Será verificado o hardware POS instalado em Windows e adicionado. A configuração com


driver Windows estará limitada aos dispositivos suportados pelos mesmos.

Detectar Hardware Windows (A4)


Configuração de dispositivos com driver Windows A4

Será verificado o hardware A4 instalado em Windows e adicionado. A configuração com


driver Windows estará limitada aos dispositivos suportados pelos mesmos.

Remover
Eliminar dispositivo

Exportar Lista de Hardware


Exportar dispositivos configurados

Importar Lista de Hardware


Importar configuração de dispositivos de outro sistema Retail

Seleccionando o dispositivo adicionado poderão ser analisadas as respectivas


propriedades...

www.sage.pt 372
Manual Retail

Propriedades de
Identificação do dispositivo

Porta
Porta à qual está ligado o dispositivo (as propriedades da porta poderão ser
analisadas pelo botão Detalhes)
Para os dispositivos configurados com driver OPOS e Windows será considerada a porta
configurada nos respectivos drivers.

Pista a Ler
Pista de leitura
Exclusivo dos dispositivos Leitores de cartões magnéticos.

Tipo de Servidor
Tipo de ligação
Exclusivo do dispositivo Telemóvel/SMS.

Servidor
Nome ou endereço IP da máquina
Exclusivo do dispositivo Telemóvel/SMS.

Testar Dispositivo
Teste de operacionalidade do dispositivo OPOS ou Windows
Diversos
Configurações diversas.

www.sage.pt 373
Manual Retail
Imp. aviso vencimento
Impressora para impressão dos avisos de vencimento

Etiquetas

Impressora
Impressora para impressão de etiquetas

Layout
Modelo de impressão de etiqueta

Etiquetas em imp. talões suporta cópias


Caso a impressora que dispõe suporte a impressão de cópias deverá activar a
impressora de rolo para que a emissão de etiquetas seja mais rápida. Por exemplo
as impressoras EPSON L60II e L90 não suportam, mas as impressoras ELTRON
suportam

Cópia de segurança automática

Tenta ao sair de
Momento em que a aplicação tenta fazer a cópia de segurança.
Nenhum
Front-Office
Back-office
Ambos

Depois das
A partir de que horas é feita a cópia de segurança

Localização
Directoria para gravação da cópia de segurança

Copiar ficheiro SAF-T para


Directoria adicional para onde serão copiados os ficheiros SAF-T gerados na
aplicação

Pasta de exportação documentos PDF


Directoria onde serão gravados os documentos PDF.

Valores por padrão

Documento de Vendas por default


Documento de venda default

Série de Vendas por padrão


Série de documentos default

Caixa
Caixa por padrão

Caixa central
Caixa central usada para a declaração de caixa

www.sage.pt 374
Manual Retail
Offline
Série
Série usada em modo offline

Caixa
Caixa usada em modo offline

Prefixo novos códigos de barras


Prefixo para os novos códigos de barras criados na aplicação

POS
Password para menus do POS

Para cada função da barra de opções do POS Teclado poderá definir uma password.
Desta forma a execução da função ficará limitada a utilizadores com conhecimento da
respectiva password.

Configurações para o POS Touch

Configurações específicas do POS Touch.

Número de página inicial


Página de arranque do POS Touch

Mostrar barra de navegação


Apresentação do ecrã de registo à direita ou esquerda

Ecrã simplificado de pagamento, regista por


Ecrã de pagamento apresenta teclado numérico ou imagens das notas e moedas

Modelo utilizado nas páginas dinâmicas


Configuração de páginas e botões a usar nas páginas dinâmicas (função
AUTOFAMIX)
Para mais informações consulte TOUCH-AUTOFAMIX.

www.sage.pt 375
Manual Retail
Não mostrar teclado virtual
Em POSTouch, indicar que não pretende que seja mostrado o teclado virtual

Mostrar cursor
Cursor do rato visível

Mostrar mensagem das acções


Apresentação de legenda de cada processo efectuado

Mostrar preço unitário e desconto


Apresentação do preço unitário e desconto do artigo no ecrã de registo

Mostrar referência na grelha


Apresentação da referência do artigo no ecrã de registo

Utilizar rotas
Uso de rotas de vendedores
Para mais informações consulte ROTAS.

Configurações POS

Relatório de fecho

Layout
Layout de impressão do relatório de fecho

Nº de cópias
Número de cópias para a layout de impressão do relatório de fecho

SMS de fechos para


Nº para envio de informação do fecho de dia

Talão temporário

Impressora
Impressora usada para a impressão do talão temporário

Layout
Modelo de impressão do talão temporário

www.sage.pt 376
Manual Retail
Outros

Função executada ao iniciar


Função executada automaticamente ao entrar no Front-Office

A entrar pede caixa/vendedor para fixar ao terminal


Pedido de vendedor e caixa aquando início de uma sessão, sendo estes fixados
para a sessão em causa

Pede motivo de alteração nos detalhes das vendas


Solicitação de motivo de alteração do preço ou desconto do artigo

Layout
Tempo de apresentação da última venda no modo AdsViewer
Parâmetros Ficheiro INI
O ficheiro INI, criado automaticamente aquando criação de uma empresa, apresenta
algumas parametrizações no que diz respeito à localização da base de dados e
tecnologia usada, bem como configurações que irão influenciar o comportamento da
aplicação.

Permite o arranque de mais do que uma instância da aplicação em simultâneo


Esta opção indica que pode ter a aplicação a executar em várias instâncias da
mesma.

ShowSaleAgreementsAtStartUp
Apresenta aviso de existência de avenças para processar aquando arranque com
back-office

ShowBackupWarningAtStartUp
Apresenta aviso para efectuar cópias de segurança, aquando acesso ao back-office

www.sage.pt 377
Manual Retail
ShowBirthdaysWarningAtStartUp
Apresenta alerta de aniversários no arranque do back-office

CanSaveZeroValueSaleTransaction
Permite emitir documentos de venda, que registam no mapa de IVA, com valor total
a zero

CanUseItemsInShiftKey
Permite a utilização de tecla de atalho com SHIFT

CheckLedgerAccountCreateDate
Controla, ou não, datas de movimentos manuais de c/c

CheckAccountTransactionNumber
Controla numeração de documentos de c/c

DoCacheQuickSearchItem
Coloca em cache a pesquisa de artigos

RecalculValuesOnTransactionSale
Ao finalizar o documento de venda, recalcula os valores das linhas, assim como o
total de linha

LockQuickSearchItemOnPOS
Bloqueia pesquisa de artigos na linha de registo em front-office

UseItemIDOnFunctionQTY
Desactivação da "cópia" da refª de artigo para o campo quantidade em refª
numéricas, aquando execução da função QNT no campo preço unitário

ItemDefaultFamilyID
Permite definir a família padrão para criação de artigos

ItemDefaultSupplierID
Permite definir o fornecedor padrão para criação de artigos

OnCostPermDeniedShowTotals
Visualização do total de documento de compra quando ocultos preços de custo ao
utilizador

CacheDiscountPlan
Coloca em cache o plano de descontos

CopyPriceToItemSize
Ao adicionar um novo tamanho na ficha do artigo, será assumido o preço definido
na ficha principal como sendo o preço do novo tamanho

DoNotCalculOnItemExtract
Ao gerar o extracto de artigo não é calculado o preço de custo médio (extracto mais
rápido)

WaitForConfirmationOnItemExtract
Extracto de artigo é gerado apenas após confirmação do utilizador (botão gerar) e
não automaticamente ao seleccionar a opção Extracto da barra de opções

www.sage.pt 378
Manual Retail
OnIdleRaiseLock
Bloqueio do posto de venda aquando apresentação de publicidade no visor de
cliente

DoNotPermitSameItemIDOnAnyTable
Permissão para definir, para determinado fornecedor, a refª de um artigo já
existente como refª de artigo

DoNotPermitSameItemIDOnPOSIdentity
Permissão para definir como código de barras alternativo, uma refª já usada como
refª de artigo

DoNotPermitSameBarcode
Permissão de mais que um artigo com o mesmo código de barras

DoNotSavePOSNoSaleTransaction
Gravação de abertura de gaveta sem venda

UseCustomerCarrier
Aquando emissão de documento é assumido o transporte associado ao cliente,
prevalecendo em relação ao definido em Configuração de Postos - Valores por
default

DirectDiscountOnItem
Indicação de desconto na ficha do artigo

UseBalconyScaleSalesman
Associação do vendedor do ticket da balança ao documento registado na aplicação

ChangeDecimalPointOnTransItemID
Utilização do caracter "." na referência de artigo

UseItemSearchAlterCurrency
Configuração de moeda alternativa para a pesquisa de artigos

PDTExportOnlyNumericID
Formato dos códigos de barras de artigos na exportação para PDT

OnItemShowWarehouseID
Armazém a considerar para cálculo de existências na ficha principal do artigo

AfterGridDeleteGoToItemID
Posicionamento do cursor no campo refª da linha de registo após eliminação de
uma linha já registada em documentos de venda em POS Teclado

OnExitRetainSaleTransaction
Gravação da informação da janela de compras e vendas (cabeçalho e linhas)
aquando fecho do form

BiometricUseFinalize
Força a destruição da API Biométrica

CanChangeTransactionConverted
Possibilidade de alteração de documentos convertidos

www.sage.pt 379
Manual Retail
VideoSurveillanceToPOSLog
Registo pormenorizado dos procedimentos efectuados aquando activação da
configuração geral 19

UseUnitPriceOnCustomerDisplay
Apresentação do preço unitário do artigo no visor de cliente não sendo efectuado o
cálculo com base no total de linha e quantidade

TransToUseOnGetLastReference
Sigla do documento a usar para obter o campo V/ Refª

DontShowSendToEmailOnExport
Desactivação de pedido de envio por e-mail aquando exportação de listagens para
Excel

UseDashboards
Visualização da área de ambiente de trabalho da aplicação com botões de acesso
directo e setas de fluxo

UseTaskPane
Visualização da área lateral, das janelas em separadores e dashboards

OnSaveCheckRelatedAccountTransaction
Verificação da existência de documento de liquidação aquando gravação de
documento de compras/venda

TSOfflineFolder
Pasta offline para comunicação Terminal Service

OnBuyReadQtyFromScale
Leitura de peso da balança aquando registo em documento de compra de artigo
configurado para ler quantidade da balança

PrintItemInformationField
Impressão dos campos definíveis

UseSQLNativeClient
Diminuição do tempo de obtenção/gravação de dados ao usar conexão nativa ao
SQL Server 2005

CheckOffLineTransactionsOnStartup
Verificação de registos offline aquando arranque com back office

CheckLPTPortStatus
Verifica estado da porta LPT

SAFTSimplifiedAutoSubmit
Submissão directa do SAFT

ImportFamilyID
Família padrão para associar aos novos artigos (se 0 será questionada a família
aquando importação)

DefaultExportPriceType

www.sage.pt 380
Manual Retail
Preço de exportação por padrão. Caso seja pré-definido o preço, o
parâmetro AskForExportPrice deverá constar como False

AskForImportFolder
Questiona a pasta de importação

AskForExportFolder
Questiona a pasta de exportação

AskForExportPrice
Questiona o preço de exportação

DefaultImportFolder
Identificação da pasta padrão de importação

DefaultExportFolder
Identificação da pasta padrão de exportação

UseProviderColorSizeID
Utiliza identificação de cor e tamanho na comunicação. Se activo basear-se-á no ID
(para cor e tamanho) e não na descrição

UseProviderFamilyID
Identificação da família na comunicação

OnImportIgnoreTaxes
Aquando importação são ignoradas, ou não, as taxas de imposto. Em caso
afirmativo, será criado o fornecedor com a zona 1 de acordo com a configuração
desta

ImportExtraFields
Importação de campos extra de documentos no módulo de franchising

ExportExtraFields
Exportação de campos extra de documentos

Configurações Gerais
Permitem configurar o funcionamento de determinadas acções – Diversos –
Configurações – Configurações Gerais.

O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

1 - Imprime «Totais por Documento» nos talões de fecho


Esta opção, quando marcada, indica ao sistema que ao imprimir os fechos (opções
Encerrar sessão em Terminal, Encerrar Terminal e Encerrar Fecho Geral Dia ),
imprime o total de cada documento.

www.sage.pt 381
Manual Retail

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

2 - Imprime «Caixa por Pagamento» nos talões de fecho

Ao marcar esta opção, o sistema irá imprimir os totais por modalidade de pagamento
nos talões de fecho.

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

3 - Imprime «Vendas por Vendedor» nos talões de fecho


Para um maior detalhe, poderá marcar esta opção para imprimir o valor de vendas por
vendedor nos talões de fecho.

www.sage.pt 382
Manual Retail

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

4 - Imprime «Vendas por Família» nos talões de fecho


Caso pretenda, poderá seleccionar esta opção para imprimir nos talões de fecho os
totais de vendas por família.

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

5 - Imprime «Vendas por Artigo» nos talões de fecho


Se pretender obter informação sobre os totais de venda por artigo no talão de fecho,
deverá marcar esta opção.

www.sage.pt 383
Manual Retail

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

6 - Imprime «Diário de Vendas» a balcão nos talões de fecho


Esta opção permite-lhe imprimir no talão de fecho um resumo dos documentos
emitidos para o documento configurado em Diversos – Configurações –
Configurações de postos – Terminal – Diversos – Documento de vendas por
default.

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

www.sage.pt 384
Manual Retail
7 - Imprime «IVA por Documento» nos talões de fecho
Quando marcada, esta opção imprime nos talões de fecho o resumo de impostos por
documento (documentos cuja opção Mapa de IVA esteja marcada em Diversos –
Configurações – Configuração de documentos - Tabela de documentos).

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

8 - Imprime «IVA Total» nos talões de fecho


Ainda relativamente aos impostos, poderá optar por apenas imprimir no talão de fecho
um resumo dos totais de impostos de todos os documentos.

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

www.sage.pt 385
Manual Retail
9 - (Especifico) Imprime «Vendas por Família» de 1º Nível em
talões de fecho, apresentando valor e percentagens
Esta opção permitir-lhe-á, nos talões de fecho, imprimir o total de vendas em valor e
respectiva percentagem por família de primeiro nível (família pai).

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

10. Desactiva a Moeda alternativa nos documentos Vendas/Compras


Esta opção quando marcada permite, nos documentos de venda e compra, excluir a
visualização do total do documento em moeda alternativa.

A moeda alternativa será a moeda definida no campo Moeda Altern. presente em


Diversos – Configurações – Parâmetros.

Nos documentos de compra e venda onde seja usada uma moeda diferente da moeda
base, mesmo que a Configuração geral 10 (Desactiva a moeda alternativa nos
documentos de venda/compra) se encontre desmarcada, será mostrado o contravalor.

www.sage.pt 386
Manual Retail

11. Envia um e-mail para o endereço especificado na ficha de


Cliente/Fornecedor após emitir um documento
Deverá marcar esta opção caso pretenda, conjuntamente com a impressão do
documento, enviar por email o documento emitido para o endereço de email definido
na ficha do cliente / fornecedor.
Para que o envio seja devidamente efectuado, deverá utilizar o documento MAIL Sage
Exemplo ou desenhar um documento LST cujo nome comece por MAIL Sage
Exemplo, bem como configurar correctamente a conta de correio electrónico para
envio do email em para o utilizador na Área de Sistema.
O documento MAIL Sage Exemplo ou o documento LST usado para o envio do email não
poderá conter imagens sob pena de as mesmas não serem enviadas.

www.sage.pt 387
Manual Retail

12. TALÕES - Aproveita papel


Para evitar o desperdício de papel entre dois talões active esta configuração.
Caso esta opção não se encontre seleccionada, no talão será impresso, por esta
ordem, o cabeçalho do talão (informação da empresa) seguido das linhas do talão e
de seguida é efectuado o corte ou a quebra para corte no caso de não possuir
impressora com corte. Uma vez realizado o corte, a impressora ficará ponta para a
impressão do novo talão, mantendo, antes da zona destinada ao cabeçalho do novo
talão, algum papel que não será utilizado (avanço de papel dado pela impressora
quando termina a impressão).

www.sage.pt 388
Manual Retail
De maneira a aproveitar o máximo de papel, deverá seleccionar a opção
TALÕES – Aproveita papel, pois com esta opção o talão será impresso da seguinte
forma: linhas do talão e de seguida o cabeçalho do talão, pelo que quando é efectuado
o corte, o avanço de papel já foi usado para imprimir o cabeçalho do talão.

Marcando esta opção, o primeiro talão impresso nunca terá cabeçalho.

13. Imprime «Valor Descontos» nos talões de fecho


Esta opção define que, na impressão dos talões de fecho, será apresentada uma linha
com o total de descontos efectuados.

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

14. Grava Log de utilização BACK-OFFICE


Activando esta configuração geral, será criada uma listagem de utilização que poderá
ser analisada em Diversos - Níveis de Acesso - Listagem de Utilização.

www.sage.pt 389
Manual Retail

Para eliminar a listagem de utilização, deverá aceder a Diversos - Níveis de Acesso – Eliminar
Dados de Utilização e confirmar a mensagem mostrada.

15. Calcula Check Digit nos Códigos de Barras


Quando seleccionada esta opção, o sistema irá calcular automaticamente o check digit
dos códigos de barras na ficha principal de produtos.
Por exemplo, colocando o código de barras 123456789012 o sistema
colocará automaticamente 8 no final do código, ficando assim
1234567890128.

16. TOUCH - Mantém no ecrã o total da última venda


Esta opção indica que, após finalizar uma venda será mantido no ecrã o total desta até
iniciar o próximo movimento.
Em TOUCH e POS Teclado.

17. Ao imprimir documentos A4 agrupa produtos com a mesma refª,


preço, desconto, armazém e impostos, separando as quantidades
dos produtos com cores e tamanhos
Marcando esta opção, na impressão de documentos, será efectuado o agrupamento
dos artigos separando excepto para os artigos com cores e tamanhos associados. De
referir que, caso esta configuração esteja marcada conjuntamente com a Configuração
Geral 55, o agrupamento será também efectuado para os produtos com cor/tamanho .
Caso use modelos de impressão com grelha de cor e tamanhos deverá activar
esta configuração.
Para impressões de documentos em formato A4, consulte as opções 17, 18, 22,
23, 33, 49, 50, 55 e 63.

www.sage.pt 390
Manual Retail

18. Ao imprimir documentos A4 agrupa os produtos com mesma


referência, preço, desconto e taxa de IVA
Na impressão de documentos A4 agrupa os produtos com a mesma referência, preço,
desconto e taxa de IVA.

A grelha de movimentação não sofrerá qualquer alteração, uma vez que o


agrupamento é efectuado unicamente na impressão
Para impressões de documentos em formato A4, consulte as opções 17, 18, 22,
23, 33, 49, 50, 55 e 63.

19. Grava Log de operações POS (Ficheiro POS.LOG)


Seleccionando esta configuração, o sistema cria o ficheiro POS.LOG na directoria
“Meus Documentos \<aplicação>”, onde serão gravadas todas as operações
executadas em Front-Office.

21. Mostra os produtos descontinuados nas pesquisas rápidas e


listagem de produtos
Esta opção foi descontinuada.

22. Ao imprimir documentos de Venda/Compra, carrega produto a


produto a informação dos campos extra
Esta opção, caso se encontre seleccionada, permite carregar e posteriormente
imprimir toda a informação relativa aos campos extra de produtos definidos em
Diversos - Configurações - Configurações de Campos Extra.

Para incluir os campos extra dos produtos num documento, deverá editar o desenho
do documento via Gerador de Documentos e incluir, no local pretendido, a variável
que contém o valor a imprimir (na Lista de Variáveis, ir a Campos da Grelha - Corpo -
Produto - Campos Extra e seleccionar a variável pretendida).
Para impressões de documentos em formato A4, consulte as opções 17, 18, 22,
23, 33, 49, 50, 55 e 63.

www.sage.pt 391
Manual Retail
23. Ao imprimir documentos de Venda/Compra, carrega
produto a produto os vários preços de venda
Uma vez activada esta configuração, estarão disponíveis na Lista de variáveis do
Gerador de documentos os vários preços do artigo – ramificação Campos da Grelha -
Corpo - Produto - PrecosTabela. Poderá incluí-los na linha da grelha, tendo em
atenção que o preço utilizado no registo do documento continuará a ser o
Corpo.PrecoUnit.Civa ou Corpo.PrecoUnit.Siva consoante se trate de um documento
com ou sem impostos incluídos respectivamente (ramificação Campos da Grelha -
Corpo – PrecoUnit da Lista de Variáveis).
Activando esta configuração a impressão do documento será um pouco mais
lenta pois por cada linha que é impressa terá que ser “carregada” a informação
dos preços da base de dados.
Para impressões de documentos em formato A4, consulte as opções 17, 18, 22,
23, 33, 49, 50, 55 e 63.

24. Nos documentos de venda configurados para registar em caixa,


quando o documento for terminado a crédito abre a gaveta
Esta opção define que em documentos de venda que registem em caixa, se este for
finalizado a crédito, abre a gaveta.

27. Ao processar avenças a data de vencimento é calculada com base na


data da avença, em vez da data de emissão do documento
(aplicada apenas se o tipo de pagamento não for imediato)
Esta opção permite definir qual será a data de vencimento de uma avença, isto é, caso
esta opção seja marcada, a data de vencimento do documento será calculada tendo
em consideração a data (campo data inicial) da avença. No caso desta configuração
não estar marcada, a data de vencimento do documento será calculada a partir da
data do documento gerado.

28. Usar nas Compras como preço de custo, o preço de venda da edição
Esta opção define que, ao registar uma compra de um produto de tipo Edição, o preço
de compra lançado por defeito será o preço de venda definido na ficha do produto. O
preço de venda lançado no documento terá em consideração o PVP definido em
Diversos – Configuração de Postos – Valores por default, campo PVP.

29. Permite movimentar com stock negativo produtos do tipo edição


Ainda que activo o controlo de stock impedindo a venda de artigos com stock inferior
ou igual a 0 (campo Controlar venda de quantidade pelo stock, presente em Diversos
– Configurações – Parâmetros – Movimentação, como Disponível ou Existente),
activando esta configuração poderá movimentar produtos do tipo Edição com stock 0
ou negativo.

30. Actualiza produto com o fornecedor do último documento de compra


Esta opção define que o campo Fornecedor da pasta Dados da ficha de produto é
sempre actualizado com o fornecedor do último documento de compra.

www.sage.pt 392
Manual Retail
Caso esta opção esteja marcada, a Listagem de produto por fornecedor
garante que o para cada produto, é mostrado o fornecedor para o qual foi efectuada a
última compra.

31. Controlo de criação/indicação de clientes/fornecedores nos


intervalos indicados nos parâmetros
Caso se encontre marcada esta configuração, não será possível a criação / alteração /
edição de clientes e/ou fornecedores fora dos intervalos definidos nos campos Clientes
de… ao e Fornecedores de… ao presente em Diversos - Configurações -
Parâmetros.

32. A moeda usada para o troco é a mesma que a do documento


Esta configuração diz respeito é apenas aplicada a países onde é possível a
facturação em duas moedas (Angola/Moçambique por exemplo) e permite definir que
o troco é apresentado na moeda utilizada para a emissão do documento.

33. Ao imprimir documentos de Venda/Compra, carrega produto a


produto os campos principais da ficha
Esta configuração irá disponibilizar os campos da ficha do artigo para configuração de
documentos na Lista de variáveis do Gerador de Documentos, percorrendo a
ramificação Corpo - Produto - Table_Item.
Para impressões de documentos em formato A4, consulte as opções 17, 18, 22,
23, 33, 49, 50, 55 e 63.

34. Nas vendas solicita o preço do produto, quando o valor deste é zero
Caso esta opção se encontre marcada e o campo Preço Unitário não for passível de
alteração, no ecrã de vendas ao introduzir um produto cujo preço de venda é zero, é
mostrado automaticamente o quadro para indicação do preço.

Aceda a Diversos – Configurações – Configuração de documentos –


Campos de Documento para definir os campos a utilizar em cada um dos
documentos, bem como a possibilidade de alteração ou não do valor do campo.

www.sage.pt 393
Manual Retail
35. Nas compras permite registar produtos, que não pertencem
ao mesmo fornecedor indicado no cabeçalho
Ao efectuar uma compra, com esta opção activa, é possível registar produtos a um
fornecedor diferente do associado na ficha de produtos (Fornecedores existentes na
pasta Forn. da ficha do produto). Caso esta opção não se encontre seleccionada, ao
criar um documento de compra para um fornecedor que não existe na ficha do
produto, a seguinte mensagem é mostrada:

36. Nas vendas, não aplica o desconto de linha do cliente, quando o


produto tem uma promoção associada
Esta configuração permite definir que ao efectuar uma venda, caso exista alguma
promoção para os artigos do documento, não será aplicado o desconto de linha de
cliente.

37. Ao imprimir um talão onde foi usada uma modalidade de reembolso,


reimprime os talões de reembolso utilizados.
Ao imprimir um talão poderá optar pela reimpressão dos talões de reembolso
descontados nessa venda marcando esta opção.
Útil para a reimpressão de talões de reembolso com indicação do valor
pendente para desconto.

38. Abre a Gaveta só nas modalidades c/ troco


Activando esta opção, a gaveta apenas abrirá caso a modalidade de pagamento
utilizada esteja configurada para permitir dar troco em dinheiro.

39. Ao alterar o preço de venda dos produtos, altera o preço de venda


definido para os mesmos nas avenças com base no PVP1
Criada uma avença com um determinado preço de venda, activando esta configuração
geral, ao alterar o preço de venda na ficha de produtos, o preço do mesmo artigo será
alterado em todas as avenças para o Preço de Venda 1.

40. Imprime «Existências de produtos das famílias seleccionadas» nos


talões de fecho
Caso esta opção se encontre marcada, no talão de fecho serão impressas as
existências dos artigos cujas famílias tenham seleccionado o campo Imprimir
existências no talão de fecho.

www.sage.pt 394
Manual Retail

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as


Configurações Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56 e 58.

41. Imprime «Produtos em promoção» nos talões de fecho


Esta opção determina que no talão de fecho serão impressos os artigos e respectivas
quantidades vendidas ao abrigo das promoções existentes na base de dados.

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as


Configurações Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 42, 43, 44, 45, 53, 56 e 58.

42. Imprime «Detalhes dos documentos anulados» nos talões de fecho


Se assim pretender, poderá optar por imprimir no talão de fecho a informação acerca
dos documentos anulados com detalhe acerca do documento, vendedor, artigo e
respectiva quantidade, preço de venda e valor total da linha com impostos.

www.sage.pt 395
Manual Retail

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as


Configurações Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 43, 44, 45, 53, 56 e 58.

43. Imprime «Detalhes de todas as vendas» nos talões de fecho


Quando marcada, esta opção imprime no talão de fecho os detalhes de todas as
vendas efectuadas: produto vendido, documento e respectivo número, vendedor,
quantidade, valor unitário com impostos e valor total da linha com impostos.

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as


Configurações Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 44, 45, 53, 56 e 58.

44. Imprime «Produtos devolvidos» nos talões de fecho


Esta opção permite imprimir no talão de fecho informação acerca das devoluções
efectuadas.

www.sage.pt 396
Manual Retail

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as


Configurações Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 45, 53, 56 e 58.

45. Imprime «Aberturas de gaveta sem venda» nos talões de fecho


Esta configuração permite imprimir no talão de fecho informação acerca da abertura
de gaveta quando não é registada qualquer venda, nomeadamente a hora de abertura
da gaveta e o vendedor.

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as


Configurações Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 44, 53, 56 e 58.

46. Quando utilizada a modalidade de pagamento «Talão de Desconto»


não é emitido novo vale de desconto com base nessa venda
Esta opção indica que, caso seja utilizado um talão de desconto como modalidade de
pagamento, essa venda não dará origem a novo talão de desconto.

47. Ao registar verifica se a refª indicada já existe no documento


Aquando registo de um produto num documento, a aplicação verifica se esta
referência já havia sido registada nesse documento possibilitando o agrupamento de
acordo com as configurações efectuadas na área Ao movimentar, agrupa os artigos
pelo seguinte critério presente em Diversos – Configurações - Parâmetros -
Movimentação.
Consulte também a configuração geral 54 para configurar o agrupamento de
produtos aquando do lançamento.

www.sage.pt 397
Manual Retail
48. Ao movimentar, mostra componentes de produtos do tipo
«Composto»
Seleccionando esta configuração geral, aquando registo de um artigo do tipo
composto são apresentados automaticamente os respectivos componentes de acordo
com composição definida na sua ficha.

Caso esta opção não se encontre seleccionada, será ocultada toda a informação
relativamente aos componente do produto composto.

49. Imprime componentes de produtos do tipo «Composto»


Esta opção tem o mesmo comportamento da anterior mas relativamente à impressão,
isto é, caso esta opção se encontre marcada, na impressão do documento serão
detalhados todos os componentes do produto composto independentemente da
marcação da opção 48 (Ao movimentar, mostra componentes de produtos do tipo
«Composto»).
Por exemplo, caso a opção Ao movimentar, mostra componentes de
produtos do tipo «Composto» não esteja seleccionada mas a opção
Imprime componentes de produtos do tipo «Composto» esteja marcada,
no ecrã de movimentação apenas será mostrada uma linha relativa ao
produto composto mas no documento impresso irão constar, para além
do produto composto, todos os seus componentes.

Para impressões de documentos em formato A4, consulte as opções 17, 18, 22,
23, 33, 49, 50, 55 e 63.

50. Ao imprimir documentos de Venda/Compra, carrega para o


cliente/fornecedor a informação dos campos extra
À semelhança do que acontece para os produtos (Configuração Geral 22),
seleccionado esta opção será possível, na impressão de documentos de Venda /
Compra, carregar a informação dos campos extra de clientes / fornecedores (criados
em Diversos - Configurações - Configurações de Campos Extra). Poderá
encontrar a informação dos campos extra na Lista de variáveis do Gerador de
documentos na ramificação Variáveis - Cabeçalho - Cliente / Fornecedor –
CamposExtra.
Para impressões de documentos em formato A4, consulte as opções 17, 18, 22,
23, 33, 49, 50, 55 e 63.

www.sage.pt 398
Manual Retail
51. O valor dos portes e repartição de custos um documentos
de compra, afecta o preço de custo do produto
Esta opção permite definir se o valor de portes lançado para um documento é ou não
imputado ao custo do artigo.

52. No POS pede password aleatória, quando a função ou botão esteja


configurado com password
Esta configuração define que será usada uma password aleatória para as funções ou
botões protegidos com password. Uma vez que a password nunca será a mesma, de
cada vez que uma função é executada ou é accionado um botão protegidos com
password, será apresentada uma janela com uma senha e solicitada uma contra-
senha.

Neste momento, o utilizador deverá contactar alguém que lhe forneça a contra-senha
solicitada por forma a executar a função.
A contra-senha poderá ser gerada na opção Gerador de contra-senhas presente nos
Utilitários do menu Diversos da Gestão Comercial GesPos e deverá ser fornecida ao
utilizador para que este possa desbloquear a função ou tecla.

As contra-senhas são geradas aleatoriamente pelo que para executar de novo a


mesma função terá que solicitar nova contra-senha.

53. Imprime «Vendas na rota» nos talões de fecho


Esta configuração permite imprimir a informação relativa às vendas na rota nos talões
de fecho emitidos no Fecho de terminal.
Para que seja possível utilizar rotas, deverá, para além de seleccionar esta
configuração, verificar:

www.sage.pt 399
Manual Retail
Se as Rotas e Sub-rotas se encontram correctamente criadas e
associadas ao vendedor.
Se no menu Diversos – Configurações – Configurações de Postos – Diversos
– pasta Configurações para o POS Touch a opção Utilizar rotas se encontra
seleccionada.
Se no mesmo ecrã mas na pasta Configurações POS a opção Confirma data de
Caixa e Sessão de encontra marcada.
Se a configuração geral 26 - Ao abrir uma nova sessão estabelece o vendedor por
omissão para os seguintes documentos se encontra seleccionada.

A informação relativa às vendas na rota é apenas emitida no talão impresso nas


opções Encerrar Terminal ou Consulta Terminal.
Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as
Configurações Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 44, 45, 56 e 58.

54. Ao registar se a refª indicada já existe no documento não pergunta


para agrupar
Esta configuração permite o agrupamento automático das referências no lançamento
caso a Configuração Geral 47 se encontre activa, não mostrando por isso qualquer
mensagem.
Consulte a configuração geral 47 para mais informações acerca do
agrupamento de referências.

55. Ao imprimir documentos, agrupa as quantidades de produtos com


cor e tamanho por referência
Esta configuração determina que, apenas na impressão do documento, se pretende
agrupar os produtos com a mesma referência, ignorando a cor e o tamanho dos
mesmos.
Para impressões de documentos em formato A4, consulte as opções 17, 18, 22,
23, 33, 49, 50, 55 e 63.

www.sage.pt 400
Manual Retail
56. Imprime «lista de cheques recebidos» nos talões de fecho
Esta configuração geral permite imprimir nos talões de fecho a lista de cheques em
caixa, agrupando-os por banco, detalhando o número do cheque e o valor de cada
cheque.

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as


Configurações Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 44, 45, 53 e 58.

57. Ao gravar novos documentos de compra que actualizem o preço de


custo último apresenta ecrã de alteração de preços
Esta configuração, permite exibir o ecrã de alteração de preços quando é gravado um
documento que actualize preços de custo (opção Actualiza Preço de Custo Último da
pasta Descritivos da Tabela de documentos presente em Diversos –
Configurações – Configuração de documentos).
O ecrã de alteração de preços está também disponível em Movimentos de
Stock – Operações com produtos – Alteração de preços por documento.

58. Imprime «Numeração documentos emitidos» nos talões de fecho


Esta opção permite que, aquando da impressão dos fechos, seja impressa uma
listagem com a numeração (inicial e final) dos documentos criados, detalhados por
série.

www.sage.pt 401
Manual Retail

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as


Configurações Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 44, 45, 53 e 56.

60. Alterar preços das linhas já registadas ao indicar cliente


Com esta opção marcada, ao alterar o cliente num documento de vendas para o qual
já existem linhas inseridas, os preços são automaticamente alterados tendo em
consideração a linha de preços do cliente.
Os preços dos produtos nas linhas do documento não serão alterados caso os
preços de venda definidos na ficha do produto estejam a 0 (zero).

61. Não mostrar os clientes / fornecedores inactivos nas pesquisas


rápidas
Caso esta opção se encontre seleccionada, os clientes e fornecedores marcados
como inactivos, não serão mostrados nas pesquisas rápidas.

62. Enquanto movimenta mostra total sem IVA nos documentos de


vendas /compras
Através desta opção é possível obter, no canto inferior direito do ecrã de
movimentação e para além do total com IVA do documento, o valor total do documento
sem IVA:

www.sage.pt 402
Manual Retail
63. Carrega todos os dados do cliente /fornecedor na
impressão de documentos
Esta configuração irá disponibilizar os campos da ficha do cliente / forneceor para
configuração de documentos na Lista de variáveis do Gerador de Documentos,
percorrendo a ramificação Cabeçalho - Cliente / Fornecedor
Para impressões de documentos em formato A4, consulte as opções 17, 18, 22,
23, 33, 49, 50, 55 e 63.

64. Imprimir 2ª via de vendas finalizadas com FCREDITO


Em documentos finalizados a crédito (usando a função FCREDITO) será impressa
automaticamente a 2ª via do documento para que o cliente a possa assinar.

65. Verificar alteração de agrupamento de impostos na compra


Ao seleccionar esta opção, caso se lance nos documentos de compra um artigo cujo
agrupamento está diferente do agrupamento definido na ficha do artigo, será mostrada
uma mensagem de alerta e dada a possibilidade ao utilizador de alterar a ficha para o
novo agrupamento.

66. Nos Front-Office usa wizard simplificado para as funções de fecho /


consulta de caixa
Ao seleccionar esta opção está a indicar ao sistema que as funções de fecho e / ou
consulta de caixa irão usar um assistente de fecho / consulta mais simplificado.

67. Imprime "Totais por Terminal" nos talões de fecho


Quando marcada, esta opção imprime nos talões de fecho os totais por terminal.

www.sage.pt 403
Manual Retail

Para impressão de informação nos talões de fecho consulte também as Configurações


Gerais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 13, 40, 41, 42, 43, 44, 45, 53, 56, 58 e 67.

68. Envia para Balanças de secção a referência do artigo como código de


PLU
Uma vez que a aplicação permite ter referências de artigos alfanuméricas e as
balanças apenas aceitam códigos numéricos, é possível marcar esta opção e definir o
PLU numérico na ficha do artigo (separador Especial da ficha do artigo) e, na
comunicação com a balança, será este o código enviado.

www.sage.pt 404
Manual Retail

Configuração Rápida
Alguns documentos são impressos em formato A4, outros em formato talão uma vez
que se destinam ao registo em POS.

Além disso, a configuração de campos da grelha de registo não é comum a todos eles.
Para o registo em POS, por exemplo, é mais funcional apenas indicar a refª do artigo,
não obrigando o utilizador a confirmar os demais campos

Ou seja, por padrão, alguns documentos têm a configuração mais funcional para o
registo em POS, e outros, como por exemplo a factura e nota de crédito, apresentam
uma configuração que se enquadra no âmbito da gestão comercial – a estas
configurações denomina-se Modo POS e Modo Comercial.

Em Diversos – Configurações – Configuração Rápida poderão, de forma rápida,


ser carregadas as configurações padrão POS e Comercial para cada documento.

O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

www.sage.pt 405
Manual Retail

Modo de funcionamento

Terminal
Identificação do terminal a configurar

Configurar este terminal como


Tipo de configuração – POS ou Comercial

Documento a configurar
Documento ao qual vai ser aplicada a configuração

Tratando-se de um sistema com diversos postos, poderá ser copiada a configuração -


Separador Copiar Configuração

Copiar configurações do terminal


Terminal que apresenta a configuração a copiar

para o terminal
Terminal a configurar

A qualquer momento, poderá ser carregada a configuração padrão - Separador


Configuração Original

Relatórios Personalizados
Os Relatórios Personalizados são, como o próprio nome indica, relatórios feitos à
medida do utilizador.

www.sage.pt 406
Manual Retail
Trata-se de desenvolvimento específico que implica uma análise prévia de
viabilidade e consequente orçamentação.

Os relatórios personalizados têm que ser carregados para a aplicação – Diversos –


Configurações – Relatórios Personalizados.

O processo de importação é simples bastando clicar no botão Importar e seleccionar o


ficheiro em questão.

Os relatórios personalizados são apresentados sob a forma de ficheiro XML.


Como gerar relatórios personalizados
Uma vez carregado o relatório, ficará disponível no menu Relatórios a opção
Relatórios Personalizados sendo listados os diversos relatórios que estiverem
carregados.

www.sage.pt 407
Manual Retail

Tabelas de hardware

Impressoras de talões (modo directo)


Configuração de impressoras para impressão usando driver directo.

Poderá consultar as impressoras existentes através da pesquisa – botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

www.sage.pt 408
Manual Retail

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

Inicialização
Sequência esc para definição do code page

Corte de papel
Sequência esc para corte de papel

Mudança de linha
Sequência esc para mudança de linha

Nº linhas até corte


Número de linhas que é ejectado o papel até ser efectuado o corte

Usar configuração básica


Usa sequência esc definida especificamente para o dispositivo

Usar configuração multi-estação


Suporta multi-estação

Porta por default


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

Charset
Charset (codificação de caracteres)

Configuração básica
Sequência esc para impressão a vermelho, sublinhado, dupla altura, dupla largura e
invertido

Configuração multi-estação
Sequência esc para impressão em multi-estação

Impressoras de talões (driver Windows)


Configuração de impressoras para impressão usando driver Windows.

www.sage.pt 409
Manual Retail

Poderá consultar as impressoras existentes através da pesquisa – botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

Inicialização
Sequência esc para definição do code page

Corte de papel
Sequência esc para corte de papel

Mudança de linha
Sequência esc para mudança de linha

Nº linhas até corte


Número de linhas que é ejectado o papel até ser efectuado o corte

Usar configuração básica


Usa sequência esc definida especificamente para o dispositivo

www.sage.pt 410
Manual Retail
Usar configuração multi-estação
Suporta multi-estação

Porta por default


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

Charset
Charset (codificação de caracteres)

Configuração básica
Sequência esc para impressão letra grande, letra pequena, cor, invertido e fonte
controlo

Configuração multi-estação
Sequência esc para impressão em multi-estação

Leitores de Código de Barras


Configuração de leitores de códigos de barras.

Poderá consultar os leitores de códigos de barras existentes através da pesquisa –


botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

www.sage.pt 411
Manual Retail
Nome
Descrição do dispositivo

Porta por default


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

Visores de Cliente
Configuração de visores de cliente.

Poderá consultar os visores de cliente existentes através da pesquisa – botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

www.sage.pt 412
Manual Retail

Inicialização
Sequência esc para definição do code page

Página de códigos
Sequência esc para mudar para o charset

Charset
Charset (codificação de caracteres)

Limpar
Sequência esc para limpar a informação do visor

Cursor na 1ª linha
Sequência esc correspondente à 1ª posição da 1ª linha do visor

Cursor na 2ª linha
Sequência esc correspondente à 1ª posição da 2ª linha do visor

Porta por default


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

Driver de comunicação
Driver usado

Nº de linhas
Número de linhas suportado

Nº de colunas
Número de colunas suportado

Tempo de espera (ms)


Compasso de espera para envio de nova informação para o visor

Gavetas de Dinheiro
Configuração de gavetas de dinheiro.

www.sage.pt 413
Manual Retail

Poderá consultar as gavetas de dinheiro existentes através da pesquisa – botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

Abertura
Sequência esc para abertura da gaveta

Porta por default


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

Terminais Portáteis
Configuração de terminais portáteis.

www.sage.pt 414
Manual Retail

Poderá consultar os terminais portáteis existentes através da pesquisa – botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

Tipo de driver
Driver usado

Modelo de terminal
Modelo do dispositivo

Tipo de descarga
Modo de comunicação

Porta por default


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

www.sage.pt 415
Manual Retail

Layout importação
Comando Shell
Codificação do processo de importação

Directório importação
Directório onde constam os ficheiros para importação

Ficheiro de importação
Nome do ficheiro para importação

Utiliza caracter separador de campos


Usado caracter para identificar a separação entre os campos

Caracter separador
Caracter usado para a separação de campos

Pos. ini.
Posição do 1º caracter correspondente ao campo

Comp.
Número de caracteres suportado pelo campo

Decimais Pos. ini.


Posição do 1º caracter correspondente às casas decimais

Decimais Comp.
Número de caracteres suportado para as casas decimais
Layout exportação

Recebe dados
O terminal suporta a recepção de dados da aplicação

Comando Shell exp.

Directório de exportação
Directório onde constam os ficheiros exportados

Ficheiro de exportação
Nome do ficheiro exportado

Pos. ini.
Posição do 1º caracter correspondente ao campo

Comp.
Número de caracteres suportado pelo campo

Decimais Pos. ini.


Posição do 1º caracter correspondente às casas decimais

Decimais Comp.
Número de caracteres suportado para as casas decimais

www.sage.pt 416
Manual Retail
Usado em

Documentos de stock
O dispositivo pode ser utilizado para a descarga de informação em documentos de
stock

Documentos de Venda/Compra
O dispositivo pode ser utilizado para a descarga de informação em documentos de
venda e compra

Comparação de preços
O dispositivo pode ser utilizado para a descargar de informação em planeamento
de desconto e ofertas

Balanças Electrónicas
Configuração de balanças electrónicas.

Poderá consultar as balanças electrónicas existentes através da pesquisa – botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome

www.sage.pt 417
Manual Retail
Descrição do dispositivo

Emulação
Protocolo

Porta por default


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

Número de leituras iguais


Número de leituras para “validação” do peso lido

Intervalo entre leituras (ms):


Compasso de espera para envio de novo peso

Biometria
Configuração de dispositivos biométricos.

Poderá consultar o hardware biométrico existente através da pesquisa – botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

www.sage.pt 418
Manual Retail

Tipo de driver
Driver usado

Vídeo Vigilância
Configuração de dispositivos de video vigilância.

Poderá consultar os dispositivos de video vigilância existentes através da pesquisa –


botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

Tipo de driver
Driver usado

Porta por omissão


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

Terminais Consulta de Preços


Configuração de terminais de consulta de preços.

www.sage.pt 419
Manual Retail

Poderá consultar os terminais de consulta de preços existentes através da pesquisa –


botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

Modelo
Modelo do dispositivo

Porta local
Porta de ligação

Leitores de Banda Magnética


Configuração de leitores de banda magnética.

www.sage.pt 420
Manual Retail

Poderá consultar os leitores de banda magnética existentes através da pesquisa –


botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

Pista a ler
Pista onde deverá constar a informação a ler

Porta por omissão


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

Driver de comunicação
Driver usado

Leitores iButton
Configuração de dispositivos iButton.

www.sage.pt 421
Manual Retail

Poderá consultar os leitores iButton existentes através da pesquisa – botão

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre a tabela.

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

Número
Identificação do dispositivo
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Nome
Descrição do dispositivo

Porta por default


Porta à qual está ligado o dispositivo

Definições da porta
Configurações de ligação da porta à qual está ligado o dispositivo

Configuração de documentos

Configuração de documentos
Existem algumas configurações relativas aos documentos que são fundamentais,
influenciando o funcionamento da aplicação e rapidez de registo.

Configuração de Séries de Documentos


Apresentando cada uma a sua configuração e seguindo uma numeração sequencial,
as séries de documentos permitem a classificação dos documentos por terminal,
localização, ano, ...

www.sage.pt 422
Manual Retail
A adopção de séries de documentos é opcional, podendo ser criadas tantas
séries quantas as necessárias - Diversos – Configurações – Configuração de
Documentos – Séries de Documentos.

O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

Série
Séries existentes

Offline
Série para uso exclusivo em modo offline
Para mais informações relativamente ao modo offline consulte OFFLINE.

www.sage.pt 423
Manual Retail

Inactiva
Indicação de série inactiva

Natureza da série
Indicação da natureza da série

Série por padrão


Definir série padrão para todos os terminais do sistema

adicionar série indicada em Nova Série

editar a série seleccionada

eliminar série seleccionada

O código da série não pode conter caracteres que violem o esquema de validação do SAFT
ou possam ser interpretados como operadores de XML (segundo Ofício Circulado 50.001),
pelo que só poderá conter de A a Z e números de 0 a 9

Tipo
Indicação da natureza da série. São possíveis os seguintes tipos:

Não assinados internos

www.sage.pt 424
Manual Retail
A partir da versão 2014 deixa de ser possível registar documentos em séries
não assinadas (tipo de série Não assinados internos); caso seja necessário recuperar
documentos perdidos, deverá usar uma série tipificada como Assinados para
recuperação de dados; as séries não assinadas podem ser usadas unicamente para
criação de documentos de naturezas não sujeitas a assinatura (ex: orçamento,
encomenda, etc).

Assinados internos
Externos não assinados e assinados
Assinados processados manualmente em impressos

Os documentos registados neste tipo de série deverão conter obrigatoriamente a


referência do documento origem.

Contrariamente aos documentos criados em séries tipificadas como Assinados


processados manualmente em impressos que permite a selecção de um dos tipos de
documento conforme denominados no SAFT (campo InvoiveType), para as séries
tipificadas como Assinados para recuperação de dados, o campo Nº doc irá apresentar
as siglas dos documentos existentes na aplicação. Os documentos registados nesta
série (ver ponto 2.5 do Ofício Circulado 50.001), serão enviados para o SAFT com
SourceBilling = M (tal como acontece com os documentos criados em séries manuais) e
na impressão terão a indicação de que se tratam de documentos que foram recuperados
(indicação FTD)

Autofacturação (emitir facturas pelo fornecedor) – Assinada: perspectiva do cliente


(emissor), ou seja, é a empresa a emitir as facturas do nosso fornecedor

Autofacturação (registo de facturas emitidas pelo cliente) – Não assinada:


Autofacturação - perspectiva do fornecedor, ou seja, o nosso fornecedor autofacturou
à nossa empresa e a nossa empresa regista o documento para efeitos de controlo
(stocks, contas correntes, etc)

Documentos resumo de outros documentos criados noutras aplicações

Emissão do documento
Forma como se pretende que sejam emitidos os documentos criados nesta série.

O tipo de emissão definido na ficha do cliente terá prioridade relativamente à definição do


tipo de emissão na série dos documentos.

A emissão poderá ser:


Indiferente: usa outra configuração existente. Ex: se na série tem emissão de
documento = Envio PDF por email e no cliente tem Indiferente, então a emissão será
Envio PDF por email
Envio PDF por email
Exportação para ficheiro PDF. Os ficheiros serão gravados na directoria indicada no
campo Pasta de exportação documentos PDF em Diversos - Configurações -
Configuração de Postos - Diversos.

Comunicação electrónica à AT
Indicação de tipo de submissão à AT. Poderá escolher uma das seguintes opções:

www.sage.pt 425
Manual Retail
Não comunica – a aplicação original exporta o SAFT - Os documentos
criados nestas séries não serão comunicados à AT
SAFT simplificado - Os documentos criados nestas séries serão comunicados à AT
via SAF-T

Delegação associada
Indicação da delegação associada à série

CAE
Indicação do CAE associado à série; poderá ter vários CAE para várias séries.

Série offline
Marcação da série para utilização em modo offline.

IVA regime de caixa


Selecção da série para ser movimentada quando a empresa aderiu ao regime de
IVA de caixa.

Para mais informações, consulte Séries de documentos.

IVA - regime especial de tributação da margem


Selecção da série para ser movimentada quando são movimentados cliente/artigos
abrangidos pelo regime especial de tributação da margem (bens em segunda mão).

Permissões
Neste separador, deverá parametrizar as permissões dos diversos grupos de
utilizadores no que diz respeito á movimentação das séries

Tabela de documentos
Documentos de venda, compra, stock, c/c, depósito e caixa existentes na aplicação.

www.sage.pt 426
Manual Retail

Poderá consultar os documentos já criadas através das pesquisas – botões e


ou pelas setas de navegação

 Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os documentos.

Geral

Abreviatura
Sigla que identifica o documento

Nome
Nome do documento

Nome Abrev.
Abreviatura do nome do documento

Tipo

www.sage.pt 427
Manual Retail
Tipo de documento

Ordem
Ordem de listagem na selecção de documento para emissão

Natureza
Natureza do documento

Preço por default


Preço assumido, por padrão

Morada por default


Morada assumida, por default

Algumas opções descritas de seguida estarão disponíveis consoante o tipo/natureza


do documento seleccionados.

Imposto incluído
Documento com ou sem impostos incluídos, por default

Caixa
Comportamento em termos de registo em caixa (Entrada/Saída e Total/Parcial)

Controle de Crédito
Efectuado o controle de crédito aquando emissão do documento se activo o
controle para a entidade

Entidades
Tipo de entidade movimentada
 Este campo não pode ser alterado

Tipo de conta
Conta em que é efectuado o registo do documento

Mapa de IVA
Comportamento relativamente ao mapa de Iva

Mapa de Vendas
Comportamento relativamente ao mapa de vendas

Mapa de Compras
Comportamento relativamente ao mapa de compras

Mapa recapitulativo
Comportamento relativamente ao mapa recapitulativo

Preço por default


Preço padrão usado nos documentos de stock.

Este documento tem o seguinte comportamento


Comportamento do documento em termos de registo em stock
Propriedade dos documentos do tipo Stock.

www.sage.pt 428
Manual Retail
Os campos seguintes dizem respeito a configurações relativas a
documentos do tipo Operações com títulos

Comportamento
Relativamente ao comportamento em termos de registo no c/c
Propriedade dos documentos do tipo Conta Corrente.

Estados que permitem a acção


Estados do documento que permitem criar o documento
Propriedade dos documentos do tipo Conta corrente.

Estado após operação


Estado do título após a criação deste documento
Propriedade dos documentos do tipo Conta corrente.

Tipo de conta destino


Indicação da conta destino
Propriedade dos documentos do tipo Conta corrente.

Conta de contrapartida
Indicação da conta de contrapartida
Propriedade dos documentos do tipo Caixa

Opções

Validar data de criação


A data do documento é validada impedindo a emissão de documento com data
anterior aos já emitidos com numeração inferior

Obriga campos extra


Aquando da criação do documento, é obrigatório o preenchimento dos campo extra

Pede Data de Entrega


Solicitada a indicação de data de entrega de trabalhos aquando emissão do
documento .

Pode ser Convertido


Permitida a conversão do documento

Obriga indicação do terceiro


O documento obriga a indicação do terceiro para que possa ser gravado

Obriga indicação do contribuinte


O documento obriga a indicação do contribuinte para que possa ser gravado

Obriga a V/Refª
Obrigatório preencher o campo V/Refª aquando emissão do documento

www.sage.pt 429
Manual Retail
Pede Propriedades
Indicação de propriedades dos produtos registados

Código da propriedade deve existir


Obriga a existência do código da propriedade dos produtos registados

Permite valor total a zero


Indicação se o documento pode ser gravado com total a zero

Pede motivo de anulação


Indicação se é obrigatório o preenchimento do motivo de anulação do documento

Obrigatório incluir nome e número de documento origem


Indicação de que o campo Origem, existente no cabeçalho dos documentos, é de
preenchimento obrigatório.

Pede cliente a facturar


Indicação de que pretende usar entidade de facturação diferente da entidade do
documento.

Consulte Facturação de franquias para mais informações.

Origem a reembolso
Documento usado como pagamento

Válido por (dias)


Dias em que o talão de reembolso é valido

Dedutível a partir de (dias)


Número de dias a partir dos quais é possível descontar o talão de reembolso.

Pede cliente a facturar


Deverá marcar esta opção caso pretenda, para além dos dados do cliente, indicar
um outro cliente diferente do cliente “principal”, ou seja, indicar uma segunda
entidade para o documento.

Esta opção estará unicamente disponível nos documentos de natureza diferente de


Factura, Factura Simplificada, Factura-Recibo, Nota de Débito, Nota de crédito ou Guia de
remessa.

Uma vez efectuadas estas parametrizações, para o documento onde marcou a


opção Pede cliente a facturar, para além dos dados do cliente, poderá indicar um
outro cliente diferente do cliente “principal”:

www.sage.pt 430
Manual Retail

Inactivo
Indicação de documento inactivo

Descritivos

Descritivo
Identificação do descritivo associado ao documento

Contas Correntes
Tipo de registo em c/c

Opções de Preços
Documento influencia preço de custo médio e último do produto

Opções de movimentos de existências


Comportamento do documento relativamente às existências do produto

Outros Campos

Numeradores por série de documentos


Numeração do documento para cada série existente

Envia e-mail em cc para


Endereço de e-mail

Observações
Informação a incluir nas observações do documento aquando sua emissão

Estado inicial
Estado assumido aquando emissão do documento

Permissões

Grupo
Identificação dos grupos de utilizadores existentes no sistema

Nome

www.sage.pt 431
Manual Retail
Nome dos grupos de utilizadores existentes

Ver
Permissão de visualização do documento

Novo
Permissão de criação de novo documento

Alterar
Permissão de alteração do documento

Anular
Permissão de anulação do documento

Configuração de Numeração de Documentos


Os documentos deverão seguir uma numeração sequencial começando no número um
em cada série.
 Para mais informações relativamente a séries de documentos consulte Configuração de
Séries de Documentos.

Caso o sistema seja implementado numa empresa que já tenha iniciado a sua
actividade anteriormente, havendo por isso documentos já emitidos, será importante
definir a numeração a seguir para cada documento/série - Diversos – Configurações
– Configuração de Documentos – Numeração de Documentos.

O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

www.sage.pt 432
Manual Retail

Tipo de Documento
Tipo de documentos a configurar

Combo box Série


Série de documentos em configuração

Série
Série do documento

Sigla
Sigla do documento

Nome
Nome do documento

Número do próximo documento


Numeração assumida aquando emissão de novo documento
Nas séries tipificadas como Assinados para recuperação de dados, a numeração será
sempre iniciada a 1 e não será possível alterar (ver ponto 2.5.2. do Ofício Circulado
50.001).

Última data de emissão


Indicação da data de emissão do último documento

www.sage.pt 433
Manual Retail
Descritivos
Códigos associados a cada documento.

Para mais informações acerca dos documentos, por favor consulte Tabela de documentos

Poderá consultar os descritivos já criados através das pesquisas – botões e -


ou pelas setas de navegação

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os descritivos.

Contas Correntes
Tipo de registo em c/c

Opções de Preços
Documento influencia preço de custo médio e último do produto

Opções de movimentos de existências


Comportamento do documento relativamente às existências do produto

www.sage.pt 434
Manual Retail
Configuração de campos de movimentação
A grelha de registo dos documentos é parametrizável permitindo ao utilizador
seleccionar os campos a serem lidos para cada documento de acordo com as suas
necessidades.

Poderão ainda ser definidos campos não editáveis, mas que permitam a visualização
da informação - Diversos – Configurações – Configuração de Documentos –
Campos de Documento.

O acesso poderá ainda ser efectuado pela barra de comandos...

www.sage.pt 435
Manual Retail

Campos disponíveis
Lista de campos disponíveis para a grelha de registo

Campos a utilizar
Campos definidos para a grelha do documento seleccionado

Número de terminal
Identificação do terminal a que diz respeito a configuração

Tipo
Tipos de documento

Documento
Identificação do documento

Combo box
Configurações automáticas possíveis

Além das configurações automáticas que podem ser carregadas – botão Carregar -,
estão disponíveis diversos campos que permitem uma personalização da grelha de
cada documento.

A configuração é simples, bastando adicionar os campos pretendidos activando, ou


não, a sua edição aquando registo do documento.
À medida que são adicionados/removidos campos será actualizada a pré-visualização
da grelha em rodapé, podendo, no entanto, serem efectuados ajustes, quer em termos
de largura dos campos quer no que diz respeito à ordem dos mesmos.

As configurações podem ser copiadas para outros documentos e terminais – botão


Duplicar.

www.sage.pt 436
Manual Retail

Estados de documento
Estados para classificação dos documentos.

www.sage.pt 437
Manual Retail

Poderá consultar os estados de documentos já criados através das pesquisas –


botões e ou pelas setas de navegação e
Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e
acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os estados de documentos.

Código
Identificação do estado do documento

Descrição
Breve descrição do estado do documento

Transições de estado de documento


A gestão de estados é especialmente útil para a gestão de encomendas e projectos,
poderá ainda ser utilizado na gestão de trabalhos de lavandaria.
Uma vez criados os diversos estados (Estados de documento), terá de ser definido o
fluxograma de transição de estados; para tal aceda a Diversos – Configurações –
Configuração de Documentos – Transições de Estado de Documento

www.sage.pt 438
Manual Retail

Para desenhar um novo diagrama, efectue os seguintes passos:

1. Clique em (Novo diagrama)

2. Seleccione o documento:

3. De seguida, arraste os estados posicionando-os na área de desenho:

www.sage.pt 439
Manual Retail

4. Clique em e una os elementos (deverá unir os quadrados vermelhos):

De forma a obter:

www.sage.pt 440
Manual Retail

Para além de cores diferentes, cada caixa de estado poderá ter associadas restrições
aos documentos, nomeadamente permissão de alteração e/ou conversão.

Da mesma forma, as setas que identificam as transições de estado poderão


apresentar cores diferentes. Além disso, poderá ser definido o grupo de utilizadores
que têm permissão para proceder à alteração de estado em questão.

Caso pretenda, associe acções às mudanças de estado – envio de sms ao cliente,


definição de comentário por parte do utilizador, etc.

Para formatar cada elemento do diagrama clique no ícone e seleccione o


elemento a configurar.

Para configurar um conector de estados deverá clicar na linha correspondente.

Na caixa de propriedades (canto inferior direito) defina as cores, acções, restrições


dos documentos e permissões de utilizadores:

www.sage.pt 441
Manual Retail

Se possuir módulo Interface Franchising poderá definir a exportação para XML.

Nota de Encomenda reprovada não pode ser convertida.

Passagem de documento para o estado “Reprovado” obriga à indicação de um


comentário por parte do utilizador.

www.sage.pt 442
Manual Retail

A aprovação de uma encomenda, irá originar a conversão da mesma em guia de


remessa

www.sage.pt 443
Manual Retail

Para mais informações, consulte Estado de documentos

Desenho de documentos
Desenho de documentos
Aceda a Diversos - Configurações - Configuração de Documentos - Desenho de
Documentos. Serão apresentados os layout’s existentes agrupados por tipo de
documento...

www.sage.pt 444
Manual Retail

Poderá criar um layout com base num já existente efectuando as alterações


necessárias ou partir de um totalmente em branco. Seleccione o layout (LST - formato
A4 ou TPL - formato talão) a partir do qual irá criar o novo e atribua-lhe um nome...

Formato A4 (.lst)
A área de desenho

www.sage.pt 445
Manual Retail

A: Réguas

B: Menu

C: Barra de Objectos

D: Barra de ferramentas

E: Nome do ficheiro

F: Área de desenho

G: Informação

H: Pré visualização

I: Objectos

J: Janela de níveis

K: Menu de opções (Propriedades)

L: Lista de Variáveis

Réguas

As réguas formam um quadro á volta da área de desenho. As medidas nas réguas


automaticamente ajustam-se auto pelo modo que esteja configurada a janela.

www.sage.pt 446
Manual Retail
A posição do rato é mostrado nas réguas e é também transmitida para a
barra de informações, os eixos da sua posição.

Barra de objectos

Algumas das ferramentas que estão disponíveis podem ser acedidas através da barra
de objectos colocada na parte esquerda do ecrã.
Para ter mais informações sobre o que fazem, basta manter o rato colocado sobre o
objecto e uma pequena descrição aparece.

Toolbar

www.sage.pt 447
Manual Retail

Menu de contexto

www.sage.pt 448
Manual Retail

A janela de pré visualização está sempre disponível para que possa ver o resultado do
trabalho feito na área de trabalho.
Pode alternar entre a visualização completa ou minimizada.
Quando se movimenta com o rato sobre esta janela o ícone do rato altera-se para uma
lupa que significa que se clicar com o rato a janela passará para o formato de
visualização em janela completa .
Um novo click e a janela volta ao tamanho original.
Tanto esta janela como as outras janelas apresentadas na área de trabalho podem ser
fechadas. Para reabri-las escolha o menu :
Ver - Janelas no menu principal.

Barra de informação

A Barra de informação está dividida em 3 secções :

A área da esquerda indica a posição actual do rato em milímetros ou polegadas, a


contar do top esquerdo do ecrã

A área do centro indica o estado actual da operação que o utilizador está a fazer.
(por exemplo, selecção, desenhar rectângulo, etc.)

A área da direita mostra o nome ou tipo aparência relativa, bem como o tamanho
do objecto seleccionado

Janela de níveis

www.sage.pt 449
Manual Retail

A janela de níveis, mostra os vários níveis de camadas que pode trabalhar no projecto.
Pode aumentar a complexidade de um projecto por atribuir camadas diferentes a
certos objectos.
Pode ligar ou desligar a qualquer altura uma camada específica bastando para tal
aceder á janela de níveis.
Por exemplo, uma camada pode ser apenas válida para uma página de um projecto de
multi–páginas, e uma outra camada para as páginas seguintes.

Para mais informações consulte Trabalhar com níveis

Lista de Variáveis

A lista de variáveis apresentam todas as variáveis disponíveis no projecto actual; São


também adicionados nesta lista os campos disponíveis. Campos, variáveis normais e
variáveis internas são distinguidas numa árvore.

Se arrastar uma variável para um espaço livre da área de trabalho, um novo objecto é
criado automaticamente.

Arrastar e Largar (Drag & Drop)

O Gerador de documentos está equipado com um leque vasto de opções de Drag &
Drop, simplificando o processo de desenho de documentos. É possível como vimos
anteriormente adicionar novos dados aos objectos existentes, ou criar novos objectos
em áreas livres do documento. Este sistema foi integrado em varias caixa de dialogo
(Propriedades, objectos de tabelas e mover dados simplesmente com o rato.

www.sage.pt 450
Manual Retail

Caixas de diálogo

As caixas de dialogo do Gerador de documentos estão capacitadas com funções que


permitem rapidamente se familiarizar com o método de trabalho e trabalhar mais
eficientemente. A lista apresentada a seguir descreve alguns dos botões que vai
simplificar o trabalho em algumas das caixas de dialogo:

Ajuda online: O gerador possui uma ajuda de contexto que pode ser iniciada
em quase todas as caixas de dialogo através deste botão.

Novo: Este botão é usado para adicionar novos dados na caixa de dialogo,
uma nova linha num objecto de texto, por exemplo.

Editar: Este botão é usado para editar os dados ou as propriedades de item(s)


seleccionado(s)

Eliminar: Este botão serve para eliminar o(s) item(s) seleccionado(s).

Cortar: Este botão elimina o item seleccionado para o clipboard.

Copiar: Este botão copia o item seleccionado para o clipboard.

Colar: Este botão cola dados do clipboard para o objecto.

Mover: Com este botões pode mover com a ordem dos dados para cima e
para baixo.

Métodos e procedimentos

Métodos e procedimentos

O gerador de documentos tem 3 tipos de documentos, Listas, Etiquetas, e Tabelas


(são normalmente desenhos de documentos mais complexos, tipo facturas, etc.).
Os elementos individuais de um projecto são os objectos. Desta forma, por exemplo,
um projecto de etiquetas, pode ter um objecto para o nome, outro para o endereço e
outro para o logotipo.
Estes objectos contêm informação necessária para imprimir e manter certas
características como a fonte usada, o alinhamento as cores, etc.

O Gerador, fornece diferentes tipos de objectos que podem ser livremente colocados
na área de trabalho. De acordo com o seu tipo, a sua informação e as suas
propriedades podem diferir.

www.sage.pt 451
Manual Retail

Texto e variáveis: Estes objectos podem conter texto fixo, bem como dados de
registos individuais. Pode ainda determinar a fonte e o alinhamento dos dados.

Rectangulos: Estes objectos são quadrados rectangulares, que se podem usar


para criar formas de desenho. Pode alterar-se a largura da linha, a cor de fundo e
sombra.

Circulos: Estes objectos são para desenho e podem também alterar a sua cor,
largura de linha e preenchimento.

Linhas: Com este objecto pode criar linhas e alterar a sua largura e cor

Imagem: Este objecto permite a inserção de imagens no projecto. Estas podem


ser fixas (ex. Logotipo da firma) ou variáveis gráficas (ex. diferente em cada registo).

Código de barras: Este objecto permite texto fixo ou variáveis para criar códigos
de barras. Pode definir as características como tipo de código, cor, texto e orientação.

Tabelas (Listas): Este objecto permite a apresentação de texto fixo ou variáveis


de dados de diferentes registos. Pode definir a fonte, o tamanho das colunas,
cabeçalhos e rodapés, etc.

Texto formatado: Com este objecto pode inserir texto formatado, no formato
idêntico ao Word. Cor, tamanho das letras e fonte usada são opções possíveis neste
objecto.

www.sage.pt 452
Manual Retail
Quando um novo objecto é criado este fica automaticamente seleccionado e
pode ser editado e alterado.

Valores por omissão

Antes de iniciar a colocação de objectos individuais na área de trabalho e a configurar


a s suas propriedades, é necessário definir valores do projecto :
Projecto - Opções. Desta forma irá poupar tempo e trabalho mais tarde.

Opções para o Projecto


As opções do “Projecto" só são válidas para o projecto actual.

Definir grelha de alinhamento

Especificar se uma grelha deve ser colocada no fundo do ambiente de trabalho ou


não.

Pré visualização

Esta opção Pré visualização de página, debaixo de cabeçalho Pré visualizar, só está
disponível nos projectos de etiquetas.
Pode escolher entre ver todas as etiquetas ou então só uma a uma.

Precisão

Aqui pode determinar qual o numero de casas decimais que irá usar nos números,
quando estes não forem impressos em nenhum formato específico.

Opções para Objectos


Os valores por omissão para os Objectos são válidos para todos os novos objectos até
estes serem mudados.

Fonte do objecto

Pode determinar aqui qual a fonte a utilizar para cada novo objecto criado.
Estas opções são apenas válidas para objectos que tenham texto .

www.sage.pt 453
Manual Retail

Cores dos objectos

Com as opções Rebordo e Preenchimento pode atribuir diferentes cores a diferentes


objectos. Este valores só são válidos para objectos do tipo Circulo/Elipse, rectângulo e
linha.

Opções para área de desenho

Cor das réguas

Aqui pode definir a cor das letras e a cor do fundo das réguas e da área de trabalho.

Opções de texto

Pode especificar se o texto dos objectos de ser apresentado ou não na área de


trabalho.

"WYSIWYG"

Activando esta opção a visualização é exacta aquela que será impressa.

Configuração de Uso

Informação do objecto: permite ver informação do nome do objecto

Novo assistente de projecto: para receber o assistente sempre que cria um novo
projecto

Trabalhar com níveis

Os objectos seleccionados podem ser atribuídos a certos níveis da janela de níveis.


Este níveis devem ser especialmente usados em projectos maiores e mais complexos.
Para projectos mais complexos e é aconselhado usar objectos em cada página
(primeira página, páginas seguintes e última página) para cada um dos níveis..
Enquanto pode saltar de nível para nível e ligar ou desligar qualquer um deste níveis,
e assim tratar cada página individualmente.
De outra forma os objectos de diferentes páginas ficariam sobre os outros e tornariam
o tratamento de objectos únicos mais complexo e difícil.

Também pode ser útil em projectos complexos que relacionem objectos com o mesmo
conteúdo num só nível.

www.sage.pt 454
Manual Retail
Mesmo até os desenhos mais complexos podem ser feitos ser perder
controlo do seu projecto.

Definir Níveis

Os Níveis podem ser definidos via Projecto - Definições de níveis, ou usando o


menu de contexto ( Editar Lista de comandos).

Inserir Níveis

Na janela de níveis, quando é criado um novo projecto pelo menos um nível existe.
Mas os níveis Básico, Primeira página e Próximas páginas são sempre criadas
automaticamente.
Com o botão Novo pode definir novos níveis, quantos níveis desejar.
Para distinguir os vários níveis existente no projecto é aconselhado indicar uma cor
diferente para cada um deles.
A atribuição desta cor não tem efeito algum sobre a impressão e visualização
documento.

Eliminar níveis

Para eliminar níveis que não sejam necessários, basta seleccionar e escolher o botão
Eliminar.
Se o nível eliminado, tiver objectos dentro dele, serão automaticamente
redireccionados para o nível Básico. Desta forma nunca irá perder objectos mesmo
apagando níveis.

Condições de apresentação de níveis

www.sage.pt 455
Manual Retail
Pode-se definir condições para cada nível. Estas condições determinam sob
que forma deverão ou não estes níveis serem impressos. Estas condições dizem
respeito apenas aos objectos desse nível em particular.
A condição de apresentação pode ser colocada directamente no campo de “condição”,
desde que o utilizador saiba como construir correctamente uma condição. Com o
botão Editar pode de qualquer forma se possível, abrir o editor de funções no qual
pode combinar variáveis, texto e funções com qualquer expressão.
Mais informações podem ser encontradas em capítulos mais adiante.

Atribuir níveis

Os objectos seleccionados podem ser assignados a um certo nível.


Seleccione os objectos que deseja atribuir a um certo nível e depois seleccione o
comando Atribuir nível no menu de objectos ou no menu de contexto.
Uma lista dos níveis existente irá aparecer para escolha.

Faça duplo click no nível ao qual deseja assignar os objectos escolhidos.

Em alternativa pode escolher o nível e o botão Ok.

Os objectos assignados serão automaticamente coloridos de acordo com a cor


especificada no nível.

Mas esta cor é só para visualização no gerador.

Copiar objectos para outros níveis

O Gerador permite não só atribuir quais os objectos deste nível como também permite
que copie objectos de outros níveis para aquele que quiser.
O objecto original fica no nível que estava e a cópia vai para o nível escolhido.
Para copiar um ou mais objectos para um nível diferente, seleccione os objectos e
depois execute o comando Copiar para nível no menu de Objectos ou através do
menu de contexto.

Ligar e desligar níveis

Para melhorar a transparência em projectos complexos com muitos objectos, pode


atribuir aos objectos níveis que podem ser individualmente desligados, para que aquilo
que esteja na área de trabalho seja só relativo ao nível que deseja trabalhar.

www.sage.pt 456
Manual Retail

Os níveis que são apresentados, estão marcados com um “visto” verde antes do seu
nome, os que estão invisíveis irão aparecer com uma cruz vermelha.

Propriedades dos Objectos

A parte das características como cor, tamanho, posição e nível correspondente, é


possível atribuir aos objectos mais propriedades.

Determinar nomes para os Objectos


Quando insere um novo objecto, é apresentada uma descrição na linha de informação,
tipo de objecto (ex. : Texto) e as suas coordenadas. Isto é um nome pré definido
para este objecto. Se existir um grande número de objectos similares no projecto,
estas descrições poderão confundir o utilizador. Por isso existe a possibilidade de
renomear os objectos com uma descrição que mais facilmente o identifique. Execute o
comando Nome do menu Objectos ou através do menu de contexto.
O nome de cada objecto é apresentado como o titulo de cada menu de contexto.

Na caixa de dialogo do nome do objecto pode digitar qual o nome que deseja.

O nome escolhido irá depois ser apresentado na linha de informações sobre este
objecto.

Condições de apresentação de objectos


Pode atribuir-se condições de apresentação aos objectos, tendo estas apenas efeito
para a impressão dos mesmos.
Estas condições específicas por objecto ou grupo de objectos podem ser definidas
através do comando Condição de apresentação no menu de objectos ou no menu de
contextos.

www.sage.pt 457
Manual Retail
Uma introdução mais completa sobre como construir condições será
apresentada nos capítulos adiante ( Variáveis, Formulas, e Expressões.)

Conteúdo dos objectos


A parte das propriedades e condições, existe também o próprio conteúdo do objecto,
texto, números, e variáveis que estão dentro do objecto.
Para editar estes conteúdos é necessário seleccionar o objecto e depois escolher a
opção Propriedades no menu de Objectos, ou através do menu de contexto.
O tipo de propriedades é diferente de tipo de objecto para tipo de objecto.
As propriedades individuais para cada tipo de objecto estão descritas mais adiante no
capitulo de Propriedades.

Variáveis, Fórmulas e Expressões

A informação pode ser inserida directamente no projecto com Texto Fixo , ex.: um
linha de endereço da firma, ou um cabeçalho de uma coluna.
O texto fixo é impresso exactamente da forma como foi introduzido no projecto.
Ou, pode ser uma imagem fixa, como por exemplo, o logotipo da sua empresa, ou um
código de barras fixo.
Ou, por outro lado a informação pode vir de uma base de dados, que esteja aberta.
Informação deste tipo é inserida no projecto como variáveis. Desta forma pode por
exemplo seleccionar a variável TELEFONE para uma coluna de uma lista.
Os mais variados números de telefone da base de dados serão impressos nessa
coluna. Variáveis ocupam o espaço da informação da base de dados, são marcadores
de local.

Usando formulas e expressões, a informação contida nas variáveis e texto fixo podem
ser ligados e até editados. Para ajudar nesta tarefa existem as formulas (para
cálculos com números) e expressões (para a combinação com texto e valores
numéricos e condições lógicas). Nas formulas e expressões pode inserir texto fixo e
variáveis em funções e liga-las através dos operadores.
No caso de um projecto de impressão de etiquetas pode, por exemplo, adicionar o
texto Morada: automaticamente para uma variável MORADA de uma base dados
através de uma expressão.
Neste caso (formula "Morada :" + MORADA ) não resultava só no valor da variável,
mas sim qualquer coisa com Morada : Rua dos Balazeiros.

Ou, imagine que tem o preço sem Iva de um artigo na variável PRECO, mas na
realidade quer que o Preço aparece com Iva incluído na lista. Aqui pode usar uma
formula que calcula o valor do IVA e o adiciona ao preço sem iva. É claro que é o valor
com iva incluído que vai ser impresso.

As Condições lógicas são muito utilizáveis. Com estas pode criar uma reacção dentro
do seu projecto ás mais variadas situações. É comum, por exemplo, no caso de
moradas estrangeiras em etiquetas de moradas, incluir o código do País
correspondente em frente do código postal. Por outro lado não é comum que em
moradas nacionais esse campo seja colocado.
Se simplesmente combinar as variáveis CODIGOPOSTAL e PAIS, o País seria
sempre impresso em frente do Código postal. A solução é criar uma condição que
verifique se o endereço em questão é ou não nacional. Se for nacional, então a
variável PAIS não é utilizada, se não for, então é impressa depois do código postal. Na
base deste principio da condição SE-ENTÃO-SENÃO existe a possibilidade de reagir a
diversas situações.

www.sage.pt 458
Manual Retail

Elementos de uma expressão


Texto Fixo, Variáveis, Formulas, funções, ligações, etc. – Todos serão referidos como
elementos de expressões daqui para a frente. Podem ser inseridos e combinados
através de uma mesma caixa de dialogo. Esta caixa de dialogo contém um assistente
que ajuda na escolha da sintaxe correcta, fornece explicações e ajuda.

Tipos de Expressões
É de notar que existem dois tipos de expressões possíveis :
Por um lado estão as Expressões Normais, onde as variáveis e funções podem ser
usadas sem < e > ou « e ». O texto fixo tem que estar entre Aspas .
As Variáveis podem ser combinadas com operadores + - .
Por outro lado existe o Expressões de Modo Estendido onde o texto fixo pode ser
colocado directamente sem aspas, mas que por sua vez as variáveis tem que estar
entre < e > e as funções entre os sinais « e ». Para combinar as variáveis não é
necessário utilizar o operador +. Este modo é considerado mais simples de usar.

Quadro de funções
Esta caixa de dialogo apresenta um numero de caixas com opções diversas.

Variáveis e Funções variáveis e funções disponíveis para este tipo de objecto

www.sage.pt 459
Manual Retail
Funções lista de todas as funções disponíveis

+ -*/ lista de operadores existentes

Texto caixa para entrada de texto fixo directo

Cond() caixa para definir condições do tipo SE-ENTÃO-SENÃO

Date$() lista de formatos de Data possíveis

Fstr$() lista de formatos de números possíveis

Tab configurações possíveis para objectos de texto

Em cada uma das caixas vai encontrar um botão Inserir com o qual pode inserir o
elemento seleccionado na linha que está a criar. Ou pode recorrer ao Duplo click no
elemento escolhido. Ainda pode também arrastar e largar o elemento na linha.

Existem regras especiais para a sintaxe e ligação de vários tipos de elementos numa
expressão (variáveis, texto, funções, etc.). Foi integrado um assistente na caixa de
dialogo para o ajudar a construir as expressões correctamente. Por isso deve
introduzir sempre os vários elementos a partir da própria caixa, ou seja se inserir
variáveis, escolhe a caixa Variáveis e Funções se inserir texto fixo, deve fazê-lo
através da caixa Texto, etc.

É claro que utilizadores mais experientes podem digitar directamente na linha de


edição de expressões. As expressões podem consistir em apenas variáveis, texto fixo
ou combinações de variáveis, texto, funções e operadores. A expressão é
constantemente verificada, conforme vai sendo escrita, por erros de sintaxe. Quando a
expressão é terminada se um erro aparecer descrito abaixo, quer dizer que existe
realmente uma incorrecção na sintaxe da expressão construída. Para simplificar
expressões mais complexas pode optar por escreve-las em múltiplas linhas, pois essa
operação não influencia no resultado final.

Os 3 botões existentes ao lado da linha de texto são usados para:

Marcar os parêntesis pertencentes á formula na expressão

Seleccionar a expressão dentro dos parêntesis

Desfazer a ultima operação executada

www.sage.pt 460
Manual Retail
Inserir Funções
As funções existentes oferecem flexibilidade na definição de expressões.
Funções permitem mudar a representação de texto fixo ou variável, recalcular e
modificar valores e a apresentação.
Para saber mais sobre as funções existentes consulte o apêndice no final deste
manual.
Um exemplo de uso de uma função é por exemplo a função dow$(), que retorna o
nome do dia da semana quando lhe é passado como parâmetro uma data válida.
Por exemplo : dow$( Today())

Para inserir uma variável e uma função ao mesmo tempo, basta arrastar a variável
deseja para a função que quer utilizar. Ou então para utilizadores mais experientes
pode seleccionar a função e depois colocar a variável correctamente dentro da função
na linha de edição.

Pedir dados ao utilizador na impressão


Uma função de tipo diferente é a função AskString$({String}, {Boolean},
{String}, {Number}). A parece uma caixa a pedir dados ao utilizador no acto da
impressão. Pode ser opcionalmente, escolhida para aparecer uma vez por impressão
ou por tabela de dados.
Por exemplo, os dados em relação a uma transferência de dinheiro podem ser
pedidos, enquanto o nome e numero da conta são fornecidos pela aplicação, o valor
de deposito é pedido ao utilizador, no acto da impressão.

Os parâmetros seguintes definem o comportamento e apresentação da caixa de


pedido ao utilizador :

Boolean: O segundo parâmetro permite dizer quantas vezes a pergunta é feita ao


utilizado durante a impressão

.F.: A caixa é apresentada uma vez por impressão

.T.: O valor é pedido uma vez por cada registo (excepto se o utilizador pressionar o
botão OK para todos)

String: Este é o valor por omissão que deverá aparecer no campo de escrita.

Number: Indica o numero máximo de caracteres que o utilizador pode escrever.

Inserir uma condição lógica


Outra função especial Cond(). Esta representa uma decisão SE-ENTÃO-SENÃO : se o
resultado da expressão no primeiro parâmetro for verdadeiro, então o resultado do

www.sage.pt 461
Manual Retail
segundo parâmetro será retornado, a menos que o resultado do terceiro
parâmetro seja usado. Assumindo que temos dois tipos de moeda e queremos que o
símbolo seja impresso de acordo com a moeda:

Cond( CURRENCY_ SYMBOL = "$", "PTE", "Estrangeira: " + CURRENCY_


SYMBOL)

Escreva a condição a ser avaliada ou uma variável (Verdadeiro/Falso) no campo da


condição. O valor verdadeiro coloque-o na segunda linha, e o falso na terceira.
Quando pressionar inserir, todas as partes serão na função Cond(...)

Note que o botão Editar inicia um assistente adicional para ajudar a construir as partes
apropriadas da condição.

Formatar Datas
Usando a caixa Date$() pode ser assistido na construção de uma expressão de data.
Pode ter formatação completa para datas com dia, meses e anos com 2 ou 4 dígitos.
É recomendado que comece por inserir a data e depois os valores.

Do lado esquerdo está a função e do lado direito um exemplo do resultado.


Exemplo:
Por omissão a função Today() será seleccionada como parâmetro da data. Claro que
este valor pode ser substituído pelo valor que desejar:

Date$( Today() + 7, "% d.% m.% y") –isto iria apresentar um dia na semana seguinte..

Trabalhar com somatórios

www.sage.pt 462
Manual Retail
É normal necessitar de executar cálculos com certos registos no gerador.
Vamos assumir que temos uma base de dados com artigos para o qual necessitamos
de criar uma listagem. O preço total de uma certa quantidade de um certo artigo (ex.:
artigo X) pode ser calculada através da informação QUANT e PRECO (quant x preco =
total). Mas não é possível calcular o custo total de uma secção inteira de artigos (X, Y,
Z,...). Para esse propósito existe então um tipo especial de variáveis (que vai para
além das variáveis definidas na base dados) As variáveis de Soma . Estas podem ser
usadas para construir somas/totais para além dos registos, por exemplo o somatório
de uma coluna numa tabela de preços.
É possível opcionalmente adicionar registos numa página em especial ou então ao
projecto completo.

Definição Variáveis de Soma: Somas deste tipo podem ser usadas para somar
valores numéricos por exemplo, ou expressões que retornem um valor numérico com
resultado.

A expressão seguinte aplica-se a uma variável de soma :

@SumXX = soma registos numéricos anteriores <expressão numérica>

@ SumXX é a variável em qual o resultado da soma será salvo, < expressão


numérica> é a variável ou expressão que forma a soma inicial.
Para cada registo o gerador calcula a < expressão numérica> e adiciona dentro de @
SumXX.
Para usar variáveis deste tipo dentro do projecto é necessário primeiro atribuir-lhe a
expressão numérica correspondente.
Esta operação pode ser executada com o comando . Projecto - Variáveis Soma

Escolha Inserir nova variável e indique qual o seu nome. Quando trabalhar com somas
pode escolher também uma das já existentes e altera-la através da opção Editar.
A forma mais simples é escolher uma variável numérica, ex.: PRECO e formula para o
resultado seria a seguinte:
@SumXX = some todos os registos anteriores <PRECO>

Ex. A soma de todos os preços anteriores será guardada na variável @ SumXX.


Por outro lado pode construir somas por expressões mais complexas, desde que o
resultado seja sempre um valor numérico.

www.sage.pt 463
Manual Retail

Definir um contador
Com as variáveis de soma pode-se facilmente construir um contador que seja
actualizado com cada registo impresso.

Somatório por página ou outro: A opção Somar por página permite que o valor das
variáveis de soma seja iniciado a zero sempre que uma nova página é criada, ou se é
apenas iniciada no início do documento

Usar Variáveis de Soma: Depois de definida a formula das variáveis, estas podem
ser usadas nos objectos do projecto. Pode usar estas variáveis da mesma forma que
outra qualquer

Usar Filtros

Pode-se criar e usar condições de filtro para seleccionar dados que deseja imprimir.
Pode assignar tais condições a objectos ou a níveis (para que sejam ou não
impressos), bem como a registos de dados.
Primeiro os dados são comparados com o filtro do registo. Se não forem iguais então o
registo é ignorado. Se coincidir, cada objecto verifica a condição para ver se pode ou
não ser impresso.
Para tabelas de objectos cada linha pode ter a sua própria condição.
Condições de Filtros são expressões lógicas e como tal a expressão deve retornar
uma valor (Verdadeiro ou falso). Tipicamente é utilizada uma comparação de
operadores (Left$( Nome, 1) = 'A’). Se o resultado da expressão for verdadeiro, o
registo é usado (ou o objecto é impresso), ou então o registo ou objecto são
ignorados.

Filtros de Registos
Assumindo que queria imprimir uma lista telefónica com números locais o que significa
sem números regionais e nacionais. Mesmo que o programa da base dados não
permita uma selecção deste género é possível executá-lo através do Gerador.
Neste caso podia utilizar Left$( TEL1, 3)<>" 252" como expressão que iria suprimi as
chamadas de longa distancia.
Nota : uma condição vazia é sempre Verdadeira.
Para definir este tipo de condições utiliza o comando Projecto - Filtro
Barra de Objectos

Objectos de Texto

Os objectos de texto são usados para imprimir texto fixo ou variável.


O espaço em branco será substituído por valores no acto da impressão.
A caixa de propriedades são usadas para definir as características e conteúdo destes
objectos.

www.sage.pt 464
Manual Retail

Editar Linhas de texto


Objectos de texto podem ser uma linha ou um conjunto de linhas. Cada linha pode ser
editada separadamente. Pode configurar para mais de uma linha seleccionando
múltiplas linhas.
Pode adicionar, eliminar, cortar, copiar e colar linhas para a lista de linhas, através dos
botões em cima da caixa.

Tabulador de Alinhamento

www.sage.pt 465
Manual Retail
Um tabulador é um separador vertical que divide uma linha de texto em
duas partes. A parte da esquerda e a parte da direita ficam independentes e podem ter
propriedades diferentes para cada uma.
O alinhamento da parte da esquerda é definida pelo alinhamento do texto. A parte da
direita é alinhada pelo especificado no tabulador.

Alinhado à esquerda : O texto será alinhado á esquerda entre o tabulador e a


margem direita do objecto

Alinhamento à direita: O texto é alinhado á direita entre o tabulador e a margem


direita do objecto

Decimal : O número a seguir ao tabulador é alinhado ao ponto decimal, para que a


parte inteira seja alinhado á direita da parte esquerda do tabulador. A parte
fraccionaria será alinhada á esquerda da direita do tabulador. O texto não será
quebrado antes do tabulador

A posição do tabulador pode ser dada em milimetros ou polegadas.


Se o valor é positivo é relativo à parte esquerda, se é negativo é da parte direita do
objecto de texto.

Tabuladores são usualmente usados em expressões como :


"Amount: $ ¸ " + AMOUNT

Propriedades de parágrafo
Este parte da caixa permite configurar alinhamento, optimização de espaços e quebra
de linha. As escolhas irão afectar todas as linhas.

Alinhamento

Estes ícones mudam o alinhamento dos parágrafos, esquerda, centrado, direita e


justificado.

A propriedade Justificado afecta as linhas que forem quebradas e imprimam em mais


do que uma linha de dados.

www.sage.pt 466
Manual Retail

Optimização de espaços brancos


Esta opção força a optimização de espaços brancos que sem querer iam aparecer na
linha. Todas as sequências de dois ou mais espaços em branco são reduzidos a um
caracter em branco. Isto torna mais fácil construir expressões.
Imagine que deseja escrever o seguinte endereço numa etiqueta :

<Titulo> <Nome1> <Nome2>

É necessário verificar se algum dos campos contém ou não valor para que possa
retirar os espaços em branco. Por exemplo se <Titulo> é vazia então teríamos um
espaço branco no inicio da linha, e teria mover o texto um pouco. Ou se o <Nome1>
fosse vazio iria haver dois espaços em branco entre o <Titulo> e o <nome2> . Por isso
a expressão :
Atrim$( Titulo + Cond( length( Nome1)> 0, " " + Nome1) + Cond( length( Nome2)> 0, " "
+ Nome2)

Se usasse a Optimização de espaços brancos para o mesmo resultado teríamos a


expressão :
Titulo + " " + Nome1 + " " + Nome2
Que parece bem mais simples.

Permanente
Linhas que estão vazias são usualmente ignoradas para que as linhas seguintes se
movam para cima. Esta opção suprime esse processo automático, e pode ser
necessário para quando tenha que preencher formulários já pré impressos.

Quebra de Linha
Permite quebra de linha de dados que não cabem numa só linha, sendo estes
impressos em várias. Se esta opção não for usada o texto será cortado no final da
linha (ou no inicio, dependendo do alinhamento)
Para que um texto não seja quebrado, e fique separada informação que seja
necessária estar junta, deve ser utilizada a opção “Manter parágrafos juntos”.

Espaço de parágrafos e linhas

O espaço entre parágrafos é o espaço entre os parágrafos de um objecto de texto.


Enquanto a distancia entre linhas dá a distancia entre cada linha de um parágrafo.

Os valores são atribuídos em pontos – Para aumentar para 1.5, as linhas que estão a
utilizar uma fonte de 10 pontos, basta dar um valor de 5 pontos.
Valores negativos também são permitidos.

www.sage.pt 467
Manual Retail
Selecção da fonte
Para seleccionar o tamanho, estilo, escolha a opção Seleccionar.

Tipo de visualização
Se esta opção estiver ligada a apresentação do texto ecrã será exactamente aquela
que foi configurada para imprimir. (WYSIWYG) - Aquilo que temos é aquilo que
vemos.

Orientação
Permite especificar a orientação do texto em passos de 90º , em quatro direcções
diferentes (0º, 90º, 180º, 270º)

Imagens

O Gerador suporta os seguintes tipos de imagens para serem utilizados :

.EMF Enhanced Meta Files

.BMP Bitmaps

.RLE Bitmaps

.DIB Bitmaps

.WMF Aldus Meta Files

.TIF Tagged Image File Format (uncompressed)

.SCR Windows Screenshot

.PCX Bitmaps

www.sage.pt 468
Manual Retail
.PCD Kodak Photo- CD

.JPG JPEG- Standard

e escolher entre 3 formas de abrir imagens através da caixa de dialogo :

Imagem fixa: Se quiser inserir uma imagem que seja fixa no documento,
seleccione “Nome do Ficheiro” e seleccione a imagem.

Imagem variável: Escolha a opção “Variável” e depois uma das variáveis de imagem
disponíveis na lista.

Pode ainda escolher a opção através de uma formula. Escolha formula e Editar, insira
uma formula válida. O resultado deve retornar uma imagem.
Também pode fornecer um ficheiro de imagem, e converte-lo numa variável de
imagem com a função Drawing().
Se a opção Manter proporções estiver ligada então a imagem irá ser forçada a manter
as proporções de altura - largura.

Códigos de barras

Códigos de barras podem ser usados por exemplo para etiquetas de preços, números
de séries de peças ou outros.

O gerador suporta vários os seguintes códigos de barras :


EAN 13, 8, UPC- A, UPC- E, 3- of- 9,
2- of- 5, 2- of- 5 Interleaved, 2- of- 5,
2- of-5Matrix, Postnet, FIM, Codebar, EAN 128, Code 128, DP-Leitcode, DP-
Identcode, German Parcel, Code 93, MSI (e subtipos) e Code 11.
Nesta caixa pode escolher o tipo, a cor e orientação, bem como o campo usado para
obter o código de barras.

Código fixo: escolha a opção Texto . Digite o texto que quer que seja impresso.
Deve tomar nota em que existem códigos que têm seguir certas regras.

www.sage.pt 469
Manual Retail
Código de formula: Escolha Formula e defina uma formula válida e a qual
retorne um valor válido para o tipo código de barras. Pode utilizar qualquer variável e
depois converte-la com a função Barcode().

Código variável: Seleccione Variável como origem dos dados. Escolhas uma das
disponíveis da lista de variáveis do tipo de código de barras.
Pode ainda mudar certas características acerca do código de barras como a cor e a
orientação.

Tabelas de dados

Para criar listas, tabelas, relatórios ou documentos similares, é necessário usar o


objecto de tabela.

Linha Titulo: Normalmente onde se coloca o nome dos campos

Linhas Dados: Normalmente contém os campos da base dados

Linhas Rodapé: Normalmente contêm subtotais ou totais finais

Titulo Grupo: usados para agrupar dados (ex.: “Telefones da cidade” + CIDADE)
dentro de um grupo lógico. É claro que também podem conter dados.

Totais de Grupo: Podem ser usados como os títulos de grupo, mas aparecem
depois das condições terem mudado. Se mudar uma opção, a pré visualização muda
também, de forma a que possa ver o efeito das propriedades que aplicou.

www.sage.pt 470
Manual Retail
Configuração da tabela

Se a opção Tamanho Fixo estiver ligada, o rodapé é sempre impresso no mesmo sitio,
independentemente da quantidade de informação. Se não o rodapé aparece logo
abaixo da ultima linha de dados .
A opção Marcar com permite que configure as entre linhas, com outra cor de fundo,
podendo dar assim uma visualização mais fácil de interpretar.

Definir linhas nas tabelas


O Gerador permite vários tipos de linhas diferentes, o que por exemplo, permite uma
definição diferente para o cabeçalho e para os dados. Estes podem ainda ter formatos
diferentes entre colunas.
Cada tipo de linha pode ter uma aparência diferente e esta ser activada ou não
dependendo de condições.
Nota: É aconselhado que crie primeiro as linhas de dados e só depois de terminar, crie
os cabeçalhos. Será questionado se deseja transferir a definição dos dados para a
definição dos cabeçalhos. Isto pode-lhe poupar trabalho desnecessário.

Conteúdo das colunas

www.sage.pt 471
Manual Retail

As linhas de tabelas consistem em colunas .

Cada coluna é uma entidade separada e que pode ser formatada independentemente.

Cada coluna é representada por uma linha na lista de colunas e pode ser ou um
campo ou qualquer expressão válida.

Pode inserir, eliminar, editar, copiar, cortar, colar e mover as colunas através dos
botões colocados no topo da caixa de dialogo.

Configuração de colunas

A configuração seleccionada nesta parte é válida para todos as colunas


seleccionadas.
Quando se escolhe uma opção, as escolhas disponíveis são apresentadas numa lista
em baixo.
Uma coluna é um rectângulo com uma certa largura e altura (célula).
Pode-se ter vários tipos de campos numa coluna : Campos de dados, imagens, texto
formatado e números.
O texto pode ser quebrado para aparecer em múltiplas linhas.

www.sage.pt 472
Manual Retail
As imagens têm que ter um tamanho fixo em altura.

Multiplas Configurações

Cada tipo de linha pode ter múltiplas configurações de linha que podem ser activados
se usar Definição de linhas...

Configuração das linhas de Rodapé


Uma tabela necessita de linhas de rodapé usualmente, para imprimir totais de valores
de colunas por exemplo.
Os rodapés são como linhas de dados com duas excepções:

São sempre a ultima linha na tabela


A função LastPage() pode ser usada para separa os rodapés intermédios dos finais
de página.

Configuração de titulo de grupo


Títulos de grupo, são tipos especiais de linhas de tabela que podem agrupar linhas de
dados. Isto faz com que possam ser usados para listas alfabéticas, listas de
endereços, etc. ..
Esta operação requer que a aplicação enviasse dados já nesta ordem.
O gerador trata a informação e depois imprime-a na ordem que foi enviada.
Muito importante nos títulos de grupo são as condições, mas estas são interpretadas
numa forma um pouco diferente. A condição não é Verdadeira ou Falsa, mas sim uma
expressão de texto, cujo resultado será comparado com o resultado da expressão do
registo de dados anterior. Se eles diferirem o titulo de grupo será impresso.
Para uma lista ordenada alfabeticamente, uma expressão como Left$( NOME, 1)
Como condição seria uma boa forma para começar. Cada nome que começasse com
uma nova letra teria um novo Titulo de Grupo á frente.
O Titulo de Grupo teria uma coluna com o seguinte escrito :
"Os nomes seguintes começam com a seguinte letra " + Left$( NOME, 1)

Como são permitidos vários níveis para os títulos de Grupo, é possível então criar
grupos hierárquicos. O seguinte texto seria uma boa referência para o segundo nível
de condições para o Titulo de Grupo : Left$( NOME, 2)

Usando indentação da tabela podia-se cria facilmente algo como isto :


.....
A
AA
...
data lines
...
AB
...
data lines
...
...
B
BA
...

www.sage.pt 473
Manual Retail
data lines
...
BB
...
data lines
...

Configuração de Totais de Grupo


Outro tipo especial são os totais de grupo. Basicamente estes trabalham como titulo
de grupo, mas as condições de apresentação são diferentes.
Texto Formatado

Usar o objecto Texto Formatado

Com o objecto de texto formatado pode alterar o formato do texto dentro da mesma
linha. O texto formatado funciona como um texto WORD, em que pode modificar letra
a letra as suas características, como a fonte, o tamanho, a cor, etc.
Pode ainda adiciona e incluir variáveis, e/ou expressões com formulas.

Quando é que é necessário utilizar objectos de tecto formatado?

Os objectos de texto normal, são para utilizar em trabalhos do dia a dia, porque
contêm menos texto e por isso mais rápidos para imprimir.
Consequentemente só deve utilizar o Texto Formatado se não lhe é possível criar o
mesmo resultado com os objectos de texto si
Ordem de prioridade
Numa expressão pode-se fazer muitas operações.
Funções de operadores, funções, parêntesis, tudo numa formula única.
Ainda que seja importante o uso de parêntesis para mudar a ordem dos cálculos de
uma formula, esta é a ordem de prioridade.

A ordem de prioridade é a seguinte :

1 Parêntesis ()

2 Funções

3 Operador Lógico NOT

4 Operador Lógico AND, OR, XOR

5 Operador Aritmético de modulo (%)

6 Operador Aritmético (*, /)

7 Operador Aritmético ( + , -)

Operador Relational (<, < = , = , > = , >, <>, ! = )


Operadores
Os Operadores combinam dois valores para obter um resultado excepto quando
utilizar o operador NOT, o qual necessita apenas um valor.

www.sage.pt 474
Manual Retail
Os operadores são usados para calcular (operadores matemáticos), comparar
(operadores relacionais) e combinar (operadores lógicos)

Ope Descriçã Tipo de dados Tipo do Resultado


rador o
> Maior que Texto, numero, Datas, RTF Booleano (Verdadeiro e Falso)

> = Maior ou Igual aTexto, numero, Datas, RTF Booleano (Verdadeiro e Falso)

< Menor que Texto, numero, Datas, RTF Booleano (Verdadeiro e Falso)

< = Menor ou Igual Texto, numero, Datas, RTF Booleano (Verdadeiro e Falso)

= Igual Texto, numero, Datas, RTF Booleano (Verdadeiro e Falso)

= = Igual Texto, numero, Datas, RTF Booleano (Verdadeiro e Falso)

<> Diferente Texto, numero, Datas, RTF Booleano (Verdadeiro e Falso)

www.sage.pt 475
Manual Retail
! = Não Igual Texto, numero, Datas, RTF Booleano (Verdadeiro e Falso)

% Resto Numero Numero

+ Somar Texto, numero, Datas Texto, numero, Datas

- Subtrair Numero, Datas Numero, Datas

* Multiplicar Numero Numero

/ Dividir Numero Numero

AN E (Lógico) Booleano (Verdadeiro e Falso) Booleano (Verdadeiro e Falso)


D
OU (Lógico) Booleano (Verdadeiro e Falso) Booleano (Verdadeiro e Falso)
OR
OU Exclusivo Booleano (Verdadeiro e Falso) Booleano (Verdadeiro e Falso)
XO
R

Formato talão (.tpl)


Formato talão (.tpl)
Antes de iniciar o desenho do talão deverá ter em conta alguns factores,
nomeadamente as variáveis de uso obrigatório, tamanho do talão e secções...

Variáveis obrigatórias (dados da licença)


Os dados relativos à empresa à qual está licenciada a aplicação terão que constar do
layout.
O valor destas variáveis tem que estar completamente visível aquando da impressão,
caso contrário o talão não será impresso. Active a quebra-de-linha e ajuste a altura do
controlo, caso não seja possível imprimir o valor numa só linha.

Nome

Morada

Morada2

CodPostal

Contribuinte

www.sage.pt 476
Manual Retail

Estas variáveis retornarão a informação mencionada na licença.

O tamanho do layout
O tamanho do talão baseia-se na última linha, ou seja, a impressão do talão terminará
após a impressão da última variável independentemente da altura do talão
(configurado em linhas).

Aceda a Ficheiro - Configurar Modelo para definir o tamanho do seu layout.

O talão será finalizado logo após (Assinatura)...

www.sage.pt 477
Manual Retail

Secções
Para uma melhor organização na criação do talão, deverá criar/dividir o seu
documento por Secções, pois é nestas que serão inseridas as respectivas variáveis.

Os espaços entre as Secções não são validados na impressão, ou seja, se deixar um


espaço de cinco linhas entre duas Secções, na impressão as secções serão juntas de
forma a não existir linhas em branco. No caso de pretender que sejam respeitadas estas
linhas em branco, deverá defini-las dentro de uma Secção.

www.sage.pt 478
Manual Retail

Propriedades da Secção

Altura
Define a altura em nº de linhas

Corte de papel
Corta papel no final da secção

CresceHorizontal
Bloqueado, não usado

www.sage.pt 479
Manual Retail
CresceVertical
Permite que o controlo cresça na vertical

DoublePrint
Para impressora que suporta impressão dupla (activar em Configuração do Modelo,
Tipo de Modelo, Talão Duplo)

Esquerda
Distância do controlo da margem esquerda da página

Id
Identifica o controlo

IdSecçãoPai
Identifica a Secção Pai

Largura
Indica o tamanho em caracteres do controlo

LetraCor
Determina a cor

LetraTamanho
Indica o tamanho do tipo de letra

LetraTipo
Indica o tipo de letra

Nome
Nome do controlo

PodeMudarPosição
Bloqueado, não usado

SubstituirPelaSecçãoId
Bloqueado, não usado

SubstituirSecçãoId
Bloqueado, não usado

TipoControlo
Descrição do tipo de controlo

Topo
Indica a posição em relação à Secção Pai

Visível
Determina se o controlo vai ser impresso ou não

www.sage.pt 480
Manual Retail
Propriedades do conteúdo da Secção

Alinhamento
Define o alinhamento do controlo à esquerda, centro ou direita

Altura
Define a altura em nº de linhas

CresceHorizontal
Bloqueado, não usado

CresceVertical
Permite que o controlo cresça na vertical

Esquerda
Determina a distância do controlo, em nº de caracteres, da margem esquerda da
página

Id
Identifica o controlo

IdSecçãoPai
Identifica a Secção Pai

Largura
Indica o tamanho em caracteres do controlo

LetraCor
Determina a cor

LetraTamanho
Indica o tamanho do tipo de letra

www.sage.pt 481
Manual Retail
LetraTipo
Indica o tipo de letra

Nome
Nome do controlo

QuebraLinha
Define quebra de linha para a variável

TipoControlo
Descrição do tipo de controlo

Topo
Indica a posição em relação à Secção Pai

Valor
Define o valor a ser impresso

Visível
Determina se o controlo vai ser impresso ou não
Principais Funções

Funções de Agregação

Função avg(ByVal viPreviousResultIndex As Integer, ByVal vdValue As Double) As


Double !

Função max(ByVal viPreviousResultIndex As Integer, ByVal vdValue As Double) As


Double !

Função min(ByVal viPreviousResultIndex As Integer, ByVal vdValue As Double) As


Double !

Função sum(ByVal viPreviousResultIndex As Integer, ByVal vdValue As Double) As


Double !

Funções que são executadas imediatamente

Função calculateNewValueFromCurrentValue(ByVal vsOperator As String, ByVal


vbNewValueAsFirstOperand, ByVal vvntNewValue) As Variant !

Função countRowsWithValue(ByVal vsLoopControlId As String, ByVal vsControlID As


String, ByVal vvntValue As Variant, Optional useValueAsSearchString As Boolean =
False) As Integer !

Função FStr(ByVal vvntExpression As Variant, Optional ByVal vsFormat As String,


Optional ByVal vFirstDayOfweek As VBA.VbDayOfWeek, Optional ByVal
vFirstWeekOfYear As VBA.VbFirstWeekOfYear) As Variant !

Função getValueForVariable(ByVal vsDataFieldId As String) As Variant !

www.sage.pt 482
Manual Retail
Função getValueForVariableIfValueDef(ByVal vsDataFieldId As String) As
Variant 77

Função getValueOfControl(ByVal vsControlID As String, ByVal vbIgnoreError As


Boolean, ByVal vvntReturnThisValueOnError As Variant) As Variant 78

Função IIf_(ByVal vvntExpression As Variant, ByVal vvntTruePart As Variant, ByVal


vvntFalsePart As Variant) As Variant !

Função pageNumber() As Integer ?? !

Função rowNumber(Optional ByVal vsLoopControlId As String = "") As Integer ?? !

Funções que são avaliadas quando a página estiver terminada

Função rowCount(Optional ByVal vsLoopControlId As String = "") As Integer !

Descrição das funções

Função avg(ByVal viPreviousResultIndex As Integer, ByVal vdValue As Double) As


Double !
Calcula o valor médio

Função max(ByVal viPreviousResultIndex As Integer, ByVal vdValue As Double) As


Double !
Calcula o valor máximo

Função min(ByVal viPreviousResultIndex As Integer, ByVal vdValue As Double) As


Double !
Calcula o valor mínimo

Função sum(ByVal viPreviousResultIndex As Integer, ByVal vdValue As Double) As


Double !
Calcula a soma

Função calculateNewValueFromCurrentValue(ByVal vsOperator As String, ByVal


vbNewValueAsFirstOperand, ByVal vvntNewValue) As Variant !
Usar esta função para adicionar / subtrair, etc um certo valor ao controlo
vsOperator: "+", "-", "*", "/","MOD"
MOD o resto da divisão

Função countRowsWithValue(ByVal vsLoopControlId As String, ByVal vsControlID As


String, ByVal vvntValue As Variant, Optional useValueAsSearchString As Boolean =
False) As Integer !
Retorna o nº de vezes que o valor vvntValue aparece no Controlo vscontrolId da
Secção Linhas vsLoopControlID.
Quando useValueAsSearchString=true o valor vvntValue vai ser procurado no valor
actual do controlo. Tal e qual a função InStr().
Quando useValueAsSearchString=false a comparação é feita desta forma:
vvntValue=Valor actual do controlo. Verifica se os valores são exactamente iguais.

www.sage.pt 483
Manual Retail
Se houver erro o valor -1 será devolvido.

Função FStr(ByVal vvntExpression As Variant, Optional ByVal vsFormat As String,


Optional ByVal vFirstDayOfweek As VBA.VbDayOfWeek, Optional ByVal
vFirstWeekOfYear As VBA.VbFirstWeekOfYear) As Variant !
Igual à função Format() do Access.

Função getValueForVariable(ByVal vsDataFieldId As String) As Variant !


Retorna o valor actual da variável indicada em vsDatafieldID.

Função getValueForVariableIfValueDef(ByVal vsDataFieldId As String) As Variant 77


Retorna null se a variável não tiver sido actualizada na ronda actual de impressão,
caso contrário, retorna o seu valor actual.

Função getValueOfControl(ByVal vsControlID As String, ByVal vbIgnoreError As


Boolean, ByVal vvntReturnThisValueOnError As Variant) As Variant 78
Retorna o valor actual do Controlo vsControlID.
Se vbIgnoreError =True e se ocorrer erro, a função retornará o valor contido em
vvntReturnThisValueOnError.

Função IIf_(ByVal vvntExpression As Variant, ByVal vvntTruePart As Variant, ByVal


vvntFalsePart As Variant) As Variant !
Condição IF.

Função pageNumber() As Integer


Retorna o número da página.

Função rowNumber(Optional ByVal vsLoopControlId As String = "") As Integer


Retorna o número da linha actual para a Secção Linhas com ID igual a
vsLoopControlID.

Função rowCount(Optional ByVal vsLoopControlId As String = "") As Integer !


Retorna o número de Linhas da SecçãoLinhas.

Desenho do layout
Insira a primeira secção do documento, esta será utilizada para colocar as variáveis
obrigatórias da sua empresa (não é obrigatório ser na primeira Secção, no seguimento
deste documento, sugerimos aqui a sua inserção). Aceda a Inserir - Secção Estática

ou clique no ícone

Indique o posicionamento desta Secção e em Propriedades defina a Altura


(consoante o número de linhas a utilizar nesta Secção), Nome (para melhor
organização, este aparecerá no menu Controlos), Largura e Topo (nº da linha inicial
desta Secção).

www.sage.pt 484
Manual Retail

Coloque na primeira secção as variáveis Empresa – Nome, Morada, Morada2,


CodPostal, e Contrib.

Defina o Nome para cada variável que futuramente ajudará a verificar a localização
exacta desta mesma, por exemplo: para a variável Nome coloque nas suas propriedades
Empresa – Nome.

Para colocar Caixas de Texto fixas, insira uma Etiqueta algo tipo “Fax:” ou
“Telefone:”.

Insira uma nova Secção Estática com por exemplo 3 linhas, seguido de uma Etiqueta
com o valor “--------------“ (para criar um separador). Na segunda e terceira linha insira
as variáveis Cabecalho.Documento.NomeCurto e Cabecalho.Documento.Numero.
Nas propriedades destas duas variáveis poderá definir no campo LetraTamanho
Medium, para melhor visibilidade.

O campo relativo ao número do documento deverá ser formatado ... Seleccione a


variável e na propriedade Valor defina a função FStr() conforme imagem seguinte.

www.sage.pt 485
Manual Retail
O nº de zeros indicará o nº de caracteres para este campo, no exemplo abaixo
serão considerados 8 caracteres, ou seja, ao imprimir o número do documento
aparecerá como 00000001 em vez de simplesmente 1.

Insira uma nova Secção Estática com por exemplo 1 linha, com a variável
Venda_aCredito

Este campo apenas deverá ser impresso caso se trate de uma venda a crédito. Assim
sendo, defina na propriedade Visível a expressão
llf_(Geral.Documento.Venda_aCredito,true,false).

www.sage.pt 486
Manual Retail
Insira uma nova Secção Estática com a data e hora de emissão do
documento, terminal onde foi emitido, sessão e vendedor. Poderão ser usadas
etiquetas para referenciar as variáveis, como por exemplo: Data:[variável]

A data deverá ser formatada...

De seguida insira uma nova Secção Estática para incluir os dados do cliente...

Nesta etapa crie uma Secção Estática que serve como referência para a próxima
Secção Linhas, indicando os campos relativos Às linhas de registo do documento...

Os produtos registados deverão constar numa Secção Linha a qual terá que ser criada
numa Secção Linhas.

www.sage.pt 487
Manual Retail

As propriedades da Secção Linhas defina a propriedade CresceVertical como True, pois


conforme o nº de movimentos esta Secção aumentará.

Crie um separador que indique o nº de itens, crie uma Secção Estática.

Para retornar o nº de itens registados necessitará de um Controlo de Agregação

Na propriedade Valor do Controlo de Agregação defina:

String((40-len("(Itens: " &


sum(iif_(UCASE(Corpo.Produto.Unidade)="UNI",Corpo.Quantidade,1)) & ")-")),"-") &
"(Itens: " & sum(iif_(UCASE(Corpo.Produto.Unidade)="UNI",Corpo.Quantidade,1)) & ")-
"

Para introduzir o total do documento, crie uma Secção Estática... Para realçar estes
campos poderá colocar a LetraTamanho Medium.

www.sage.pt 488
Manual Retail

A variável Rodape.Totais.Total deverá ser formatada, nomeadamente em termos de


casas decimais.

Se pretender que seja impresso um campo para o troco, insira uma Secção Estática e

coloque uma Etiqueta com um Controlo de Agregação

Na propriedade valor defina:

FStr(ABS(Sum(Pagamento.Valor)-GetValueForVariable("Rodape." &
"Totais.Total")),"0.00")

Poderá ainda ser incluída uma secção com as observações:

www.sage.pt 489
Manual Retail

Por fim poderá ser incluído um espaço para a assinatura do cliente.


Este campo apenas deverá ser impresso no duplicado de uma venda a crédito, assim
sendo na propriedade Visível defina a condição...

Perguntas e Respostas

Como imprimo logótipo no talão?

A impressão dos logótipos gráficos nos talões será possível caso utilize uma
impressora OPOS, caso esteja a trabalhar com impressora "z compatível..." (EPSON)
terá de enviar este para a impressora através do software da própria, e colocar no
desenho do talão a sequência ESC para a impressão do LOGO.

O ficheiro deverá ser em formato BMP, a preto e branco, com 200 pixeis de largura e a
altura que desejar (aconselhado, mais ou menos 50 pixéis de altura).
O nome e localização do ficheiro poderá ser uma qualquer, sendo definida no ficheiro
TPL seleccionado para a impressão (por default o ficheiro PTGVendaBalcaoComLogo
GesPOS.tpl indica a raíz do disco).

www.sage.pt 490
Manual Retail
Como posso imprimir logótipo gráfico usando a configuração z
compatível?

Em certas impressoras poderá ser impresso logótipos usando os drivers


"zCompatível"...
Para isso é necessário que a impressora suporte o upload de imagens para a sua
memória, por exemplo certas impressoras EPSON permitem, nomeadamente TM-
J2000/J2100, TM-T90, TM-T88III E TM-U220.
No layout do talão em vez de indicar o caminho do logótipo deverá definir a seguinte
sequência:

Chr(28)+Chr(112)+Chr(1)+chr(3)

Este método torna a impressão de logótipos extremamente rápido, uma vez que a
imagem está sempre na memória da impressora.
Caso pretenda utilizar mais que um logótipo poderá carregá-los para a impressora, no
layout apenas deverá indicar qual o que pretende - Chr(1) no exemplo acima para a
imagem 1

Poderá efectuar download dO programa TM Flash Logo Setup utility que permite efectuar
o upload de imagens para a memória da impressora EPSON em: www.epson-pos.com

Tenho uma EPSON TM88III, já fiz upload da imagem para a impressora e defini
a sequência ESC no layout mas não imprime!?

Verifique no layout (TPL) em utilização se a variável que contempla a sequência ESC


está na primeira linha e completamente encostada à esquerda. Tenha ainda em
atenção que a sequência ESC deverá ser definida num controlo tipo variável (Campo)
e não do tipo imagem (img).

Configuração de Teclas

Configuração de Teclas
Configuração de Teclas
Além de minimizar os campos a serem preenchidos na grelha de registo, existe a
possibilidade de configurar teclas para, de uma forma rápida, efectuar o registo de
artigos ou executar funções.
Para mais informações relativamente à configuração de campos da grelha consulte
Configuração da Grelha de Registo

Esta parametrização poderá ser efectuada no BackOffice – Diversos –


Configurações – Configuração de Teclas ou no POS Teclado acedendo à opção
Configurar Teclas, presente na barra lateral, tabulador Opções.

Por padrão já existem teclas de atalho para algumas funções, poderá listá-las clicando
no botão Ver lista de teclas.

As teclas F1, F2, F4 e F12 são de uso interno da aplicação não podendo ser configuradas
pelo utilizador.

www.sage.pt 491
Manual Retail

Terminal
Identificação do terminal onde terá efeito a configuração

Tecla
Tecla em configuração
Antes de seleccionar a tecla terá que clicar no botão Activar.

Artigo
Configuração de artigos em tecla

Função
Configuração de funções em tecla

Artigo/Função
Identificação do artigo/função configurada
Poderá consultar os artigos/funções disponíveis para configuração através da pesquisa.

Password
Password associada à tecla configurada

Teclas default
Funç ã o Descrição da função T e c la
FUNCTIONLIST Lista de funções CTRL+A

www.sage.pt 492
Manual Retail

QTY Quantidade Asterisco (tn)


UNITPRICE Preço unitário Mais (tn)
DISCOUNT Desconto de linha Menos (tn)
CASHDRAWER Abertura de gaveta F3
SAVETEMPTRANS Grava talão temporário CTRL+F3
RESTORETEMPTRANS Repõe talão temporário CTRL+F4
ABORT Abortar documento F5
SELECTCUSTOMER Seleccionar cliente F6
PRINTCHECK Impressão de cheque F7
CASH-10 Venda a crédito F8
LEDGERACCCHECK-REC Emissão de recibo CTRL+F8
CASHDISCV Finalizar documento com desconto em valor F9
CASH Gravar documento F10
LOCK Bloquear terminal F11

Para configurar um função em tecla execute os seguintes passos:

1. Seleccione o terminal para o qual pretende configurar a tecla

2. Clique no botão Activar

3. Seleccione a opção Função

 Poderá também associar um produto a uma tecla, devendo para isso escolher a opção
Artigo.

4. Clique na tecla à qual pretende associar a função. A tecla seleccionada será


mencionada no campo Tecla.

5. Digite o nome interno da função (coluna ID da pesquisa) no campo


Artigo/Função ou seleccione a função acendo à pesquisa

www.sage.pt 493
Manual Retail

No caso de funções que permitem parâmetros, deverá ser usado o hífen como caracter
separador.

6. Clique Adicionar para acrescentar a parametrização à lista de teclas


disponíveis

7. Uma vez configuradas todas as teclas clique no botão Gravar e Sair.

Impostos

Agrupamento de Impostos
Definição, por região, dos diversos grupos de impostos a imputar aos produtos – taxa
intermédia, taxa reduzida, etc...

www.sage.pt 494
Manual Retail

Código
Identificação do agrupamento

Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Descrição do agrupamento

País
País

Região
Região de impostos

Impostos definidos
Taxas de impostos existentes

Impostos no grupo
Impostos a aplicar no agrupamento

NOTA IMPORTANTE: Aqui deverá ser definido o código relativo à taxa em questão

Na ficha de produtos deverá ser definido o agrupamento de imposto respectivo.

www.sage.pt 495
Manual Retail

Definições de Impostos
Impostos que a aplicação poderá suportar tendo em conta o tipo de actividade.

Por padrão a aplicação apresenta os seguintes impostos configurados:

IVA: Imposto sobre Valor Acrescentado

IABA: Imposto Sobre o Álcool e as Bebidas Alcoólicas

DAF: Direitos de Autor - Taxa Fixa

DAV: Direitos de Autor - Taxa Variável

ECO: Ecovalor

ECOL: Eco-Lub

REEE: EcoValor Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos

www.sage.pt 496
Manual Retail

Código
Identificação do imposto
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Descrição do imposto

Descrição curta
Sigla do imposto

Incidência
Tipo de incidência (Sobre outros impostos ou Regime de IVa de bens usados)

Cálculo
Forma de cálculo do imposto. O cálculo é possível de uma das seguintes formas:
Adicionar taxa ao preço líquido (incluída no preço total),
Adicionar taxa ao preço líquido (adicionar ao preço total)
Taxa informativa (já incluída no preço).

Discriminável na impressão
Se o imposto é discriminado aquando da impressão de documentos

Ordem para cálculo


Ordem pela qual a taxa irá incidir sobre o valor do produto

Casas decimais
Número de decimais suportadas

Fórmula de cálculo
Fórmula aplicada para cálculo do imposto

www.sage.pt 497
Manual Retail

Fórmula Incidência
Fórmula para cálculo do imposto quando regime de Iva bens usados

Fórmula inversa
Fórmula aplicada no cálculo do imposto incluído

Fórmula Inc. (inv)


Fórmula para cálculo do imposto incluído quando regime de Iva bens usados

Taxas por Imposto


Definição, por região, das taxas para cada imposto.

Tomando como exemplo Portugal haverá várias taxas de Iva, as quais diferem
consoante a região – Continente ou Ilhas (Regiões Autónomas).

País
País

Região
Região de impostos

Para adicionar um novo imposto, clique no botão Adicionar.


Para alterar um imposto existente clique no botão Alterar.

www.sage.pt 498
Manual Retail

Imposto
Sigla do imposto

Código
Código da taxa para cada imposto

Taxa
Taxa a aplicar

Taxa Expira em
Data até à qual o imposto é válido

Código do imposto
Código de imposto para efeitos de SAFT.

Por uma questão de clareza, entende-se que “não sujeição” é absolutamente diferente
de “isenção”, uma vez que para haver isenção terá forçosamente de existir sujeição ou
incidência, enquanto que se este último requisito não se verificar, não pode sequer
falar-se em isenção. A verificação da incidência é assim um requisito mínimo
indispensável para que se possam aplicar as restantes normas do Código de IVA,
incluindo as relativas às isenções.

Motivo da Isenção
Justificação da isenção

Tendo em consideração o código de imposto escolhido (Taxa Isenta ou Não Sujeito),


são disponibilizados apenas os motivos que poderão vigorar:

Código Norma aplicável Não sujeito Isent


M01 Artigo 16.º n.º 6 alínea c) do CIVA X
M02 Artigo 6.º do Decreto-Lei n.º 198/90, de 19 de Junho X
Decreto-Lei n.º 204/97, de 9 de agosto
M03 Decreto-Lei n.º 418/99, de 21 de Outubro X
Lei n.º 15/2009, de 1 de Abril

www.sage.pt 499
Manual Retail

M04 Artigo 13.º do CIVA X


M05 Artigo 14.º do CIVA X
M06 Artigo 15.º do CIVA X
M07 Artigo 9.º do CIVA X
Artigo 2.º n.º 1 alínea i) do CIVA
Artigo 2.º n.º 1 alínea j) do CIVA
Artigo 6.º do CIVA
M08 X X
Artigo 2.º n.º 1 alínea l) do CIVA
Decreto-Lei n.º 21/2007, de 29 de Janeiro
M08 IVA – autoliquidação
Artigo 60.º CIVA
M09 X
Artigo 72.º n.º 4 do CIVA
M10 Artigo 53.ºdo CIVA X
M11 Decreto-Lei n.º 346/85, de 23 de Agosto X X
M12 Decreto-Lei n.º 221/85, de 3 de Julho X X
M13 Decreto-Lei n.º 199/96, de 18 de Outubro X X
M14 Decreto-Lei n.º 199/96, de 18 de Outubro X X
M15 Decreto-Lei n.º 199/96, de 18 de Outubro X X
M16 Artigo 14º do RITI (ou similar) X
M99 Não sujeito, não tributado (ou similar) X

Impostos por Entidade


Tipos de impostos inerentes a cada entidade.

Poderá haver clientes a quem deverão ser emitidos documentos cujo imposto inclua,
por exemplo, Ecovalor e Iva. Deverão então ser criados os vários impostos
necessários de forma a serem “imputados” como padrão nos respectivos clientes ou
fornecedores.

www.sage.pt 500
Manual Retail

Número
Identificação do imposto
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Descrição do imposto

Tipo
Tipo de imposto (nacional, intracomunitário, outros países, inversão do sujeito
passivo)

País
País

Região
Região de impostos

Impostos definidos
Taxas de impostos existentes

Impostos no grupo
Impostos a aplicar

NOTA IMPORTANTE: Ao definir na grelha Impostos no grupo o código zero serão


aplicadas todas as taxas desse imposto, dependendo do agrupamento de impostos
definido no produto – intermédia, reduzida, etc... Para “forçar” uma determinada taxa
terá que ser definida aqui.

Imposto de selo
Configuração dos vários tipos de imposto de selo

www.sage.pt 501
Manual Retail

Código
Código do imposto

Descrição
Descrição do imposto

Data início
Data a partir da qual pode ser usado o imposto de selo aqui criado.

Método de cálculo
Forma como será imputado o imposto de selo: taxa (opção Definir taxa e indicação
de taxa) ou valor (opção Montante físico e posterior indicação de valor)

Campos extra
Informação extra aplicada a entidades, produtos ou documentos.

www.sage.pt 502
Manual Retail

Poderá consultar os campos extra já criados através das pesquisas – botões e


ou pelas setas de navegação

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os campos extra.

Número
Identificação do campo extra
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Pergunta
Descrição do campo extra

Aplica-se a
Aplicação do campo extra a entidades, produtos ou documentos

A resposta a dar é
Formato da resposta

Seleccionada de uma lista


Resposta texto possíveis para selecção

Linha de preços
Linhas de preços de venda dos produtos.
Por padrão existem 3 linhas de preços de venda.

www.sage.pt 503
Manual Retail

Poderá consultar as linhas de preços já criadas através das pesquisas – botões e


ou pelas setas de navegação

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as linhas de preços.

Número
Identificação da linha de preço
Por padrão é atribuída uma numeração sequencial.

Descrição
Nome da linha de preço

Descrição curta
Nome curto da linha de preço

Unidades de medida
Unidades de medida para associação aos produtos.

www.sage.pt 504
Manual Retail

Poderá consultar as unidades de medida já criadas através das pesquisas – botões


e ou pelas setas de navegação

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre as unidades de medida.

Sigla
Identificação da unidade de medida

Descrição
Nome da unidade de medida

Decimais
Número de decimais usados

Unidade britânica
Unidade britânica

Conversão para unidade base


Valores em relação à unidade base

Fórmula
Fórmula de cálculo da unidade de medida

Códigos de contas bancárias


Informação de códigos de entidades bancárias.

www.sage.pt 505
Manual Retail

Poderá consultar os códigos de contas bancárias já criados através das pesquisas –


botões e ou pelas setas de navegação

Para mais informações relativamente à consulta de registos consulte Manutenção e


acesso a tabelas

À esquerda é apresentada a barra de opções onde estão disponíveis as diversas


operações a efectuar sobre os códigos de contas bancárias.

Código Bancário
Identificação da entidade bancária

Banco
Nome da entidade bancária

Código Swift
Código de identificação do banco necessário para efectuar transferências
internacionais

Nome Curto
Sigla da entidade bancária

País
País ao qual pertence a entidade

Tipos de conta
Configuração dos diversos tipos de conta (carteiras) a usar.

www.sage.pt 506
Manual Retail

Código
Identificação do tipo de conta

Conta corrente
Conta corrente relacionada com o tipo de conta

Acumula no saldo
Se o valor movimentado acumula no saldo

Considerado p/Plafond
Valor é considerado para plafond

www.sage.pt 507
Utilitários
Verificar se existem avenças ao iniciar
Esta opção indica à aplicação que sempre que esta seja iniciada, deverá verificar se
existem avenças a processar e, caso existam, é mostrada uma mensagem de alerta:

Se o utilizador indicar que pretende processar as avenças, será aberto o ecrã Debitar
avenças de clientes.

Imprimir etiquetas
Além da impressão de etiquetas directamente na ficha de artigos, está disponível em
Diversos – Utilitários – Imprimir Etiquetas – Artigos – uma rotina de emissão de
etiquetas. Aqui poderá proceder à impressão em série com base em diversos critérios.

Detalhes de documentos
Impressão de etiquetas com base nos documentos emitidos.

Tipo
Tipo de documento que servirá de base para a impressão das etiquetas

www.sage.pt 508
Manual Retail
Documento
Documento

Série
Série de documentos

Do número ao número
Intervalo de numeração de documentos

Nº de vezes a imprimir cada etiqueta


Definido um nº de etiquetas a imprimir ou impressão de acordo com a quantidade
movimentada do artigo

Ordem de impressão
Ordem de emissão das etiquetas

Movimentos de stock

Impressão de etiquetas com base nos registos em stock.

Do movimento ao movimento
Intervalo de numeração de registos a serem considerados na impressão de
etiquetas

Nº de vezes a imprimir cada etiqueta


Definido um nº de etiquetas a imprimir ou impressão de acordo com a quantidade
movimentada do artigo

Artigos com preços alterados num intervalo de datas


Impressão de etiquetas com base na alteração de preços.

Preço Alterado
Identificação do preço que sofreu alterações, com base no qual serão impressas as
etiquetas

Data inicial/Data final


Intervalo de datas para selecção das alterações de preços

Hora inicial/Hora final


Intervalo de horas para selecção das alterações de preços

Nº de vezes a imprimir cada etiqueta


Definido um nº de etiquetas a imprimir ou impressão de acordo com a quantidade
em stock do artigo

Artigos criados num intervalo de datas


Impressão de etiquetas com base na data de criação dos artigos

www.sage.pt 509
Manual Retail
Data inicial/Data final
Intervalo de datas que serão consideradas para identificação dos artigos criados

Hora inicial/Hora final


Intervalo de horas que serão consideradas para identificação dos artigos criados

Nº de vezes a imprimir cada etiqueta


Definido um nº de etiquetas a imprimir ou impressão de acordo com a quantidade
em stock do artigo

Existência em stock
Impressão de etiquetas com base no stock de artigos

Existências no armazém
Identificação do armazém com base em cujo stock serão impressas as etiquetas

Classificados na família
Identificação da família para selecção dos artigos a imprimir etiquetas

Classificados no fornecedor
Identificação do fornecedor para selecção dos artigos a imprimir etiquetas

Nº de vezes a imprimir cada etiqueta


Definido um nº de etiquetas a imprimir ou impressão de acordo com a quantidade
em stock do artigo

Preços temporários
Impressão de etiquetas com base nos preços temporários dos artigos

Data inicial/Data final


Intervalo de datas que serão consideradas para identificação dos artigos para os
quais se verificou a gravação temporária de preços

Hora inicial/Hora final


Intervalo de horas que serão consideradas para identificação dos artigos para os
quais se verificou a gravação temporária de preços

Nº de vezes a imprimir cada etiqueta


Definido um nº de etiquetas a imprimir ou impressão de acordo com a quantidade
em stock do artigo

Descontos/Ofertas por artigo


Impressão de etiquetas com base nos planeamentos de descontos e ofertas de
artigos.
Para mais informações relativamente ao planeamento de descontos e ofertas consulte
Planeamento de descontos/preços

www.sage.pt 510
Manual Retail
Data inicial/Data final
Intervalo de datas para identificação dos planeamentos de descontos e ofertas de
artigos

Nº de vezes a imprimir cada etiqueta


Definido um nº de etiquetas a imprimir ou impressão de acordo com a quantidade
em stock do artigo

Nenhum critério
Impressão de etiquetas por selecção manual.

Não seguindo qualquer critério automático para a selecção de artigos, o utilizador


deverá definir quais os artigos para os quais serão impressas etiquetas.

Preencher cheques
Esta opção, tal como o próprio nome indica, permite preencher cheques.

Pague por este cheque


Valor do cheque

www.sage.pt 511
Manual Retail
Data cheque
Data do cheque

Local de emissão
Local de emissão do cheque

À ordem de
Entidade a quem se destina o cheque

Actualizar base de dados offline


O sistema Offline foi concebido para sistemas de rede em que poderão ocorrer, ainda
que pontualmente, perdas de rede, verificando-se a necessidade de prosseguir com a
facturação.
O modo Offline permitirá então trabalhar localmente até que a situação seja reposta,
podendo-se então proceder à reintegração dos dados.
A base de dados offline é actualizada automaticamente, todos os dias, aquando da
entrada na aplicação, no entanto, caso seja necessário a um dado momento actualizar
a base de dados offline, poderá usar esta opção para actualizar a base de dados
offline do posto.

Consulte Modo Offline para mais informações.

Ligação à contabilidade

Ligação à contabilidade
Para poder utilizar o módulo de ligação à contabilidade, antes de mais terá que
configurar a forma como a aplicação vai interligar com a contabilidade. Essa
parametrização é feita acedendo ao menu Diversos - Utilitários - Ligação à
Contabilidade - Configuração de Contas.

Uma vez definido o formato, deverá exportar o ficheiro na opção Diversos -


Utilitários - Ligação à Contabilidade - Exportação de documentos.

Para mais informações, consulte Ligação à contabilidade

Configuração de Contas
Esta opção permite definir o formato de ligação à contabilidade.

Modelo
Indicação da aplicação de contabilidade para a qual se pretende exportar os
movimentos.

Através do botão poderá:

Exportar o modelo visualizado em ecrã para que possa ser importado noutra
empresa
Importar um modelo previamente exportado

www.sage.pt 512
Manual Retail
Na directoria de instalação da aplicação, em Models\Accounting, estão
disponíveis alguns modelos com as movimentações padrão dos diversos formatos de
exportação.

Campos de cabeçalho de ficheiro


Para alguns formatos, nomeadamente ContaPlus ou Contabilidade Gestexper, antes
de definir o formato do ficheiro, deverá indicar outras informações, nomeadamente:

Código da empresa a que se destina o ficheiro com os movimentos contabilísticos


Sigla da aplicação exportadora
Número da Delegação exportadora
Observações

Campos de detalhe do documento


Nesta área deverá ser configurado o movimento contabilístico propriamente dito:

www.sage.pt 513
Manual Retail

Documento
Tipo de documento da aplicação para o qual se pretende configurar a ligação à
contabilidade (natureza e documento).
A configuração poderá ser efectuada para todos os documentos da mesma
natureza (ex: facturas) ou documento a documento (ex: FAC); para tal deverá
definir a natureza ou o documento.

Tipo de zona
Indicação do tipo de zona

Código do diário
Código do diário da contabilidade onde serão lançados os movimentos
contabilísticos

Código do documento
Código do documento da contabilidade onde serão lançados os movimentos
contabilísticos

Seguidamente deverá indicar as contas e os valores a lançar em cada uma das contas
usando para isso os seguintes campos:

Agrupamento
Esta check box indica que as contas são agrupadas.

Apenas para o modelo de exportação for SAGE L50 – Standard

Caso utilize a configuração de contas por grupos de artigos, indicar que o


agrupamento é sempre efectuado. Esta indicação será efectuada marcando a
check-box da linha de configuração:

www.sage.pt 514
Manual Retail

Usando as novas configurações de contas por grupos de compras e vendas, é obrigatória


a selecção desta check-box.

Para ~ Grupos de compra, Grupos de venda e Contas de grupos por omissão para mais
informações.

Conta
É a conta de lançamento na contabilidade. Neste campo poderá indicar
directamente a conta ou uma fórmula. Se utilizar uma fórmula, poderá utilizar as
variáveis disponíveis para o efeito. Se carregar no botão fx (coluna a seguir à
conta), surgirá o Editor de fórmulas. Estas variáveis permitem o mapeamento
entre a informação da aplicação e a contabilidade.

Apenas para o modelo de exportação for SAGE L50 – Standard

Na coluna Conta deverá indicar que a conta é lida das definições de contas nos
grupos de compra/venda, isto é, indicar <G>:

Se o artigo não tiver grupo de compra/venda ou se não existir conta definida no grupo,
será usada a conta por omissão (opção Contas de grupos por omissão)

www.sage.pt 515
Manual Retail

Valor
É o valor a ser lançado na linha. Este campo deverá conter uma fórmula. Se utilizar
uma fórmula, poderá utilizar as variáveis disponíveis para o efeito. Se carregar no
botão fx, surgirá o Editor de fórmulas.

Se o valor calculado neste campo for igual a zero, esta linha não será lançada na
contabilidade

Apenas para o modelo de exportação for SAGE L50 – Standard

Na coluna Valor, deverá indicar a conta a usar (ex: ComMN)

Consulte mais abaixo os tópicos Novas fórmulas de vendas e Novas fórmulas de


compras para mais informações.

Sinal
Sentido do movimento contabilístico: Débito ou Crédito

Desc
Descrição da linha do movimento contabilístico. Neste campo poderá conjugar texto
com variáveis. Se utilizar variáveis para a composição da descrição, poderá utilizar
as variáveis disponíveis para o efeito. Se carregar no botão fx , surgirá o Editor de
fórmulas.

Editor de fórmulas
O editor de fórmulas auxilia o utilizador na configuração da ligação à contabilidade
nomeadamente.

www.sage.pt 516
Manual Retail

Dependendo do campo onde se pretende configurar a fórmula, serão mostradas


variáveis diferentes.

Serão mostradas, por exemplo, as seguintes variáveis para a configuração da Conta e


Descrição do movimento:

<V> Vendedor indicado no documento.


<Z> Zona indicado no documento.
<E> Cliente/Fornecedor indicado no documento
.......

A fórmula <MP> retorna o meio de pagamento de maior valor quando usados vários
meios de pagamento; caso seja usado apenas um, será esse o valor retornado.
Caso pretenda efectuar a ligação à contabilidade usando uma conta por meio de
pagamento, deverá usar as fórmulas <MP1>, <MP2>....<MPn>, em que n indica o
código da modalidade de pagamento, sendo utilizada a conta configurada para esse
meio de pagamento.

Enquanto que, para a configuração do valor do movimento, serão mostradas variáveis


de valor:

<TOT> Total do documento


<TOTL> Total líquido do documento

www.sage.pt 517
Manual Retail
<TOTPAG> Total pago
<TOTPEN> Total pendente
<ADT> Total líquido de adiantamentos
...

Para indicar automaticamente o número do cliente sem ter de ir às tabelas e preencher


manualmente o número do cliente, aceda a Diversos - Utilitários - Ligação à
Contabilidade - Configuração de Contas no campo relativo a clientes (coluna Conta
- 221) adicione a variável <E>, ficando 221<E>. No entanto, deve ser acrescentado um
número para que se possa adicionar mais do que 9 clientes e para não criar
subcontas. Por exemplo 221<E,3> para que a numeração fique 001, de forma a poder-
se introduzir 999 clientes.

Esta situação apenas funciona para clientes que tenham a mesma numeração na
aplicação e na contabilidade.
Novas fórmulas de vendas

Neste momento, esta configuração será usada unicamente se o modelo de exportação for
SAGE L50 – Standard.

Tipo de zona Pais do


Fórmula Descrição Tipo documento
(Documento) terceiro
Contas de vendas
VenMN Vendas no mercado Nacional Portugal
nacional
VenMNISP Vendas no mercado Inversão Sujeito Portugal
nacional, isentas com Passivo
direito a dedução
VenMNUE Vendas com IVA Nacional Intracomunitári
tributado em Portugal o
para clientes Da UE
Documento de venda,
VenMNOUT Vendas com IVA Nacional Outros países
mapa de IVA = soma
tributado em Portugal
para clientes estrangeiros
VenUE Vendas intracomunitárias Intracomunitári Intracomunitári
ou vendas para a UE não a o
tributadas em Portugal
VenOUT Exportações ou vendas Outros países Outros países
para estrangeiro não
tributadas em Portugal
Contas de devolução de vendas
DVenMN Vendas no mercado Nacional Portugal
nacional
DVenMNISP Vendas no mercado Inversão Sujeito Inversão Sujeito
nacional, isentas com Passivo Passivo
Documento de venda,
direito a dedução
mapa de IVA = subtrai
DVenMNUE Vendas com IVA Nacional Intracomunitári
tributado em Portugal o
para clientes da UE
DVenMNOUT Vendas com IVA Nacional Outros países

www.sage.pt 518
Manual Retail

tributado em Portugal
para clientes estrangeiros
DVenUE Vendas intracomunitárias Intracomunitári Intracomunitári
ou vendas para a UE e a o
não tributadas em
Portugal
DVenOUT Exportações ou vendas Outros países Outros países
para estrangeiro não
tributadas em Portugal

Novas fórmulas de compras

Neste momento, esta configuração será usada unicamente se o modelo de exportação for
SAGE L50 – Standard.

Tipo de zona Pais do


Fórmula Descrição Tipo documento
(Documento) terceiro
Contas de compras
ComMN Compras no mercado Nacional Portugal
nacional
ComMNPR Compras mercado nacional a Nacional Tipo de
fornecedores com regime imposto no
isenção ou peq. retalhistas terceiro =
isento
ComMNISP Compras mercado nacional Inversão Sujeito Portugal
fornecedores com Iva Passivo
liquidado pelo adquirente
ComMNUE Aquisições Intracomunitárias Nacional Intracomunitá Documento de compra,
ou aquisições na UE com IVA rio mapa de IVA = soma
tributado em Portugal
ComMNOUT Importações ou aquisições Nacional Outros países
com IVA tributado em
Portugal
ComUE Aquisições na UE com IVA Intracomunitári Intracomunitá
não tributado em Portugal a rio
ComOUT Aquisições no estrangeiro Outros países Outros países
com IVA não tributado em
Portugal
Contas de devolução de compras
DComMN Compras no mercado Nacional Portugal
nacional
DComMNPR Compras mercado nacional a Nacional Tipo de
fornecedores c/regime imposto no
isenção ou peq. retalhistas terceiro = Documento de venda,
isento mapa de IVA = subtrai
DComMNISP Compras mercado nacional Inversão Sujeito Portugal
fornecedores com Iva Passivo
liquidado pelo adquirente
DComMNUE Aquisições Intracomunitárias Nacional Intracomunitá

www.sage.pt 519
Manual Retail

ou aquisições na UE com IVA rio


tributado em Portugal
DComMNOUT Importações ou aquisições Nacional Outros países
com IVA tributado em
Portugal
DComUE Aquisições na UE com IVA Intracomunitári Intracomunitá
não tributado em Portugal a rio
DComOUT Aquisições no estrangeiro Outros países Outros países
com IVA não tributado em
Portugal

Mapeamento da informação da aplicação para a contabilidade através das


variáveis

Na janela inicial da configuração, ao clicar no botão Tabelas, será mostrada a janela


de introdução de valores por tabela:

Do lado esquerdo está a lista das tabelas que podem ser mapeadas, do lado direito
estão os registos existentes a aplicação para a tabela seleccionada.

Por exemplo, para o Cliente com o código 1, podemos associar a conta 21110001 da
contabilidade. Para criar esse mapeamento, basta na coluna Geral, indicar a conta
21110001. Desta forma, sempre que for exportado um documento de venda do cliente
1, a variável <E> irá assumir o valor 21110001. Sempre que a aplicação não encontrar
um valor mapeado para uma variável, essa variável não terá nenhum valor.

Na parte inferior do ecrã, encontra-se ainda disponível uma opção - - que


permite ver os campos adicionais de ligação à contabilidade; estes campos não são de
parametrização obrigatória.

Poderá ainda usar os seguintes botões para, respectivamente, copiar, colar e apagar

as linhas de configuração de ligação seleccionadas

www.sage.pt 520
Manual Retail
Contas de grupos por omissão
Neste momento, esta configuração será usada unicamente se o modelo de exportação for
SAGE L50 – Standard.

Caso pretenda, conjuntamente com a definição de contas específicas para cada grupo
de compra/vendas, poderá usar contas por omissão que serão tidas em consideração
para a movimentação contabilística dos artigos que não têm na sua ficha definido um
grupo de compra / venda. Essa configuração é efectuada em Diversos – Utilitários –
Ligação à Contabilidade – Contas de grupos por omissão:

Estas são as contas usadas quando não existe configuração específica para o artigo, isto
é, quando não estiver definido o grupo de compra/venda no artigo ou o grupo de
compra/venda está definido na ficha do artigo mas não tem conta contabilística
indicada.

Imaginemos que nas contas de grupos por omissão, tem definida a conta
de vendas no mercado nacional 71111; no artigo A tem definido no
separador Contabilidade o grupo de vendas MERC e cuja conta de vendas
no mercado nacional é a 71112; no artigo B não tem definido qualquer
grupo de vendas. Ao criar um documento de vendas no mercado nacional
com o artigo A com um total de linha de 100 e o artigo B com um total de
linha de 200, será lançada a conta 71112 com o valor de 100 e a conta
71111 com o valor de 200.
Quando não é encontrada definição no grupo de compra/venda do artigo ou nas contas
por omissão, não será lançada qualquer conta.

Exportação de documentos
Acedendo ao menu Diversos - Utilitários - Ligação à Contabilidade - Exportação
de Documentos surge a janela de exportação:

www.sage.pt 521
Manual Retail

Na parte esquerda da janela poderemos indicar qual o modelo da contabilidade a usar,


o intervalo de datas desejado, bem como os documentos que queremos incluir no
ficheiro de texto. Carregando no botão Actualizar, são carregados para a grelha todos
os documentos que satisfaçam os critérios indicados. Fazendo duplo clique na grelha,
será apresentada a pré-visualização do documento (parte inferior direita do ecrã).
Podemos indicar ainda, para cada um dos documentos listados na grelha, se este será
exportado ou não (primeira coluna - Exporta).

Depois de seleccionados os documentos a incluir no ficheiro é necessário clicar em


Exportar para procedermos à exportação. No ecrã mostrado de seguida, basta indicar
o nome e a localização do ficheiro a gerar, para que o processo de exportação fique
concluído.

Gerador de Contra-Senhas
Em sistemas onde o ponto de venda é distante e apenas a gerência é responsável
pela digitação da password, a simples codificação de password para algumas teclas e
funções poderá não ser viável. O gerador de contra-senhas permite, nestes casos, um
controle eficaz.

www.sage.pt 522
Manual Retail
Activando a configuração geral No POS pede password aleatório, quando a
função ou botão esteja configurado com password ao executar determinada função
que esteja codificada com password, será apresentada uma senha. Apenas digitando
a contra-senha correspondente será possível avançar - Diversos – Utilitários –
Gerador de contra-senhas.
Consulte Configuração de Postos e Configuração de Teclas para mais
informações relativamente à associação de password a funções.

As contra-senhas são geradas aleatoriamente pelo que para executar de novo


a mesma função terá que ser solicitada nova password (contra-senha).

Eliminar edições
Esta opção permite eliminar as edições sem stock para os artigos do tipo Edição.

Recalcular stock baseado nos Movimentos de Stock


Esta opção permite recalcular o stock tendo como base os movimentos de stock.

www.sage.pt 523
Manual Retail

Mensagens ao utilizador
O envio de mensagens entre utilizadores do sistema ou vendedores registados, é
muitas vezes útil pois permite eliminar os tradicionais “post-it” com recados. Em
Diversos – Utilitários – Mensagens ao utilizador está disponível um utilitário para
envio de mensagens.

Do lado esquerdo do ecrã, existem separadores que permitem diferenciar as várias


mensagens: mensagens a enviar, mensagens recebidas e mensagens enviadas.

Enviar
É nesta área que as mensagens deverão ser escritas.
Para compor uma nova mensagem deverá clicar em Nova, de seguida indicar o
assunto e conteúdo da mensagem, seleccionar o destinatário da mensagem e clicar
em Enviar para que a mensagem seja enviada.

www.sage.pt 524
Manual Retail
Recebidas

Nesta área serão mostradas as mensagens recebidas. Para forçar a recepção de


mensagens poderá clicar em Receber.

Enviadas
Nesta área ficarão armazenadas as mensagens enviadas.

Agenda por utilizador


Em Diversos – Utilitários – Agenda por utilizador poderá dispor de uma útil agenda
para anotação das diversas tarefas, definindo alertas para aviso dos compromissos
mais importantes.

www.sage.pt 525
Manual Retail

O horário apresentado poderá ser pré-definido pelo utilizador. Para mais inforações
relativamente a esta configuração consulte a área Font office dos Parâmetros

Para que sejam mostrados os alertas na abertura da aplicação, deverá activar a opção
Activa lembretes da agenda presente nos Parâmetros (área Agenda - Horário de
trabalho).

Aqui poderão ser anotados os compromissos de cada utilizador e vendedor...

Novo
Criação de novo compromisso

Modificar
Editar compromisso para alteração

Eliminar
Eliminar compromisso

Imprimir
Impressão da agenda

Rótulo
Adicionar rótulo a um compromisso – importante, férias, aniversário, pessoal...

Actualizar dados
Actualizar informação da agenda

www.sage.pt 526
Manual Retail

Geral
Visualização de todos os compromissos

Utilizador
Visualização dos compromissos dos utilizadores

Vendedor
Visualização dos compromissos dos vendedores

Hoje
Posicionamento no dia actual

Dia
Visualização por dia

Semana de trabalho
Visualização por semana

Semana
Visualização por semana

Mês
Visualização por mês

Dia anterior
Posicionamento no dia seguinte

Dia seguinte
Posicionamento no dia anterior

Além do botão de novo compromisso, poderá ser definida uma nova tarefa
seleccionando o dia e hora em questão e clicando com botão direito do rato.

www.sage.pt 527
Manual Retail

Assunto
Breve descrição do compromisso

Localização
Onde ocorrerá o compromisso

Rótulo
Anotação de compromisso - importante, pessoal, aniversário, ...

Hora de início/Hora de fim


Horário do compromisso

Todo o dia
Compromisso com duração de um dia

Privado
Compromisso privado

Reunião
Compromisso do tipo reunião

Mostrar como
Visualização

Combo box entidade


Identificação do utilizador ou vendedor

Lembrete
Activação de alerta

www.sage.pt 528
Manual Retail
definição da periodicidade do compromisso:

Calculadora
Em Diversos – Utilitários – Calculadora está disponível uma calculadora.

Uma particularidade desta calculadora é a soma e dedução do Iva – botões +[IVA] e –


[IVA]
A taxa de Iva considerada nestas operações será conforme configuração de imposto
para os produtos.
Para mais informações relativamente a esta configuração consulte Configuração por
padrão dos produtos em Parâmetros

www.sage.pt 529
Manual Retail
SMS

SMS
Como o próprio nome indica, o módulo SMS é um serviço de envio de mensagens
SMS.
Até agora as aplicações Sage apenas possibilitavam o envio de SMS em alguns casos
isolados. A funcionalidade agora introduzida veio disponibilizar de forma integrada e
consistente o envio de mensagens a partir do ambiente de trabalho ou de qualquer
outro ponto, bem como permitir uma fácil gestão e consulta das mensagens
processadas, e do seu estado de processamento.

Parametrização do SMS
Comunicação PC <-> telemóvel
A ligação ao dispositivo físico (telemóvel) tem que ser efectuada antes que se possa
iniciar o envio de mensagens.

O dispositivo deverá ser ligado à máquina, por Bluetooth ou por cabo (usb ou rs-232).
Para efectuar a ligação à máquina servidora dever-se-á consultar o manual do fabricante.

Ao longo do manual os exemplos dados têm como base um telemóvel NOKIA N93.
Ligação bluetooth

Active a conectividade bluetooth no telemóvel, certificando-se que está configurado


para ser detectável ao ser procurado por outros dispositivos.

No PC efectue a detecção de dispositivos bluetooth, adicionando o seu telemóvel.

Será iniciado um wizard que o ajudará na detecção do dispositivo...

www.sage.pt 530
Manual Retail

Seleccione o telemóvel da lista de dispositivos encontrados e dê seguimento à


configuração.

Defina a password para emparelhamento...

No telemóvel terá que digitar a mesma chave e aceitar o pedido de ligação do PC.

www.sage.pt 531
Manual Retail

O dispositivo será instalado...

Será usada uma porta COM virtual. Para verificar qual a porta em uso aceda às
propriedades do dispositivo, separador Service.

www.sage.pt 532
Manual Retail

Ligação por cabo


A comunicação poderá também ser efectuada por cabo. Verifique no manual do
fabricante qual o modelo e instale o controlador respectivo.

Servidor de SMS Sage


O envio de SMS agora implementado está integrado em dois componentes principais:

O componente servidor, que comunica com o dispositivo físico de envio de SMS


(telemóvel); este dispositivo é o que realmente executa o envio das mensagens;

O componente cliente, que comunica com o servidor (via TCP) para enviar as
mensagens e receber o estado do seu processamento e outras informações
necessárias à integração.

O servidor está integrado numa consola de administração separada das aplicações,


ficando geralmente a correr numa única máquina da rede, minimizada na barra de
sistema do Windows.
Não há, no entanto, qualquer impedimento a que existam na rede tantos servidores
quantos os desejados, desde que cada um deles esteja ligado ao seu próprio
dispositivo físico de envio.
As mensagens processadas por um dado servidor não ficarão acessíveis aos restantes.

Uma vez ligado o dispositivo, tem que se efectuar a configuração do servidor, quer a
configuração da ligação ao telemóvel quer a da ligação à rede (às aplicações).

Execute o servidor de SMS Sage para proceder às configurações...

www.sage.pt 533
Manual Retail

A consola de administração do servidor pode ser aberta a partir do respectivo ícone na


barra de sistema com um simples duplo clique ou pela opção Abrir consola do menu
de contexto associado.

Configurar: configuração da ligação do servidor quer ao dispositivo físico (telemóvel)


quer à rede (aplicações)

Testar ligação: mensagem a informar se a ligação ao dispositivo foi ou não bem


sucedida
Neste teste não é enviada qualquer mensagem.

Activo: colocar o servidor em estado Activo ou Parado. Em estado activo o servidor


tenta logo enviar para o dispositivo as mensagens entretanto recebidas; estando
parado, as mensagens recebidas das aplicações não são enviadas, ficando em espera
Ainda que parado o servidor as mensagens continuam a ser correctamente recebidas e
guardadas, sendo enviadas assim que o servidor esteja novamente activo.

Mensagens: mensagens recebidas e ainda não enviadas, de todas as aplicações


que estão ligadas ao servidor. Não é possível alterar o estado destas mensagens (por
exemplo, apagá-las ou alterá-las), isso deve sempre ser efectuado do lado da
aplicação que as enviou.
A lista de mensagens por enviar é guardada apenas internamente, numa fila (queue) do
sistema operativo, não sendo conservada em ficheiro; assim sendo, sempre que o
servidor é encerrado (encerrado, não parado) esta lista é limpa e as mensagens
perdidas.

Visualizar log: registo (log) das mensagens enviadas e não enviadas devido a um
erro, de todas as aplicações que estão ligadas ao servidor. Não é possível alterar o
estado deste registo (por exemplo, reenviar as mensagens com erro) tal deve sempre
ser feito do lado da aplicação que as enviou.
A lista de mensagens enviadas é guardada no ficheiro SmsServer.log criado na mesma
pasta do executável – actualmente em C:\Programas\Ficheiros Comuns\Sage\2070.

www.sage.pt 534
Manual Retail

Em Configurar defina a porta COM a que está ligado o telemóvel bem como a
velocidade a que os dados serão transmitidos (baud rate).
Em caso de dúvida, mantenha a velocidade 9600.

Indique o PIN do dispositivo se necessário.

No separador Ligação por TCP/IP defina a porta TCP (socket) que será usada para o
envio e recepção das mensagens.
Em caso de dúvida mantenha a porta 9999.

Uma vez configurada a ligação poderá efectuar um teste - clique em Testar ligação.

Confirme o pedido de ligação no dispositivo.

Centro de Controlo de Mensagens


Do lado das aplicações, a ligação ao servidor de SMS e o envio de mensagens estão
geralmente acessíveis a partir dum único ponto, o chamado Centro de Controlo de
Mensagens – Diversos – Utilitários – Centro de Mensagens.

www.sage.pt 535
Manual Retail
Em cada aplicação é necessário configurar a ligação do centro de controlo
ao servidor de SMS...

No campo Servidor indique o nome ou endereço IP da máquina e indique a porta TCP


usada para o envio de dados.
Poderá optar pela detecção automática de servidores. Para tal clique no botão
Procurar Servidor e seleccione o servidor que pretende da lista de servidores
disponíveis na rede.

Após indicação do servidor e porta de comunicação clique em Ligar ao Servidor. A


mensagem SEM LIGAÇÃO no título do ecrã será substituída pelo nome do servidor
activo.
Para que a ligação seja bem sucedida, o servidor indicado deverá estar em execução,
poderá, no entanto, estar parado. Nesse caso, as mensagens enviadas para o servidor
ficarão em espera, não sendo enviadas imediatamente para os destinatários.

Configurações de Postos
Para envio de sms fora do Centro de Controlo de Mensagens terá que parametrizar
o servidor de envio de mensagens em Diversos – Configurações – Configurações
de Postos – Hardware.

Adicione o telemóvel e nas propriedades defina o servidor e porta.


Poderá efectuar a configuração automática clicando no botão Localizar.

Em caso de dúvida mantenha a porta 9999.

www.sage.pt 536
Manual Retail

Configuração de modelos
Excluindo as mensagens instantâneas, que são enviadas a partir do centro de
controlo, os restantes sms terão que possuir um modelo (layout) pré-definido.
Modelos para documentos
A configuração dos modelos sms para documentos é efectuada em Diversos –
Configurações – Configuração de Documentos – Desenho de Documentos.

Seleccione o tipo de documento – vendas, compras, ... – e clique no botão Novo.


Indique o nome do modelo e defina a extensão SMS.

www.sage.pt 537
Manual Retail

Para informações relativamente à composição de modelos sms consulte Gerador de


modelos SMS em Configuração de modelos


Modelos para listagens e relatórios


Os modelos sms a usar para envio de mensagens com base em listagens e relatórios
são compostos de forma idêntica aos dos documentos, no entanto serão criados no
próprio mapa.
Uma vez gerada a listagem (ou relatório) aceda ao menu de configuração e seleccione
a opção Desenhar Documento.

www.sage.pt 538
Manual Retail

Para criar um novo modelo seleccione o tipo SMS e clique no botão Novo.

Indique o nome do layout e aceda ao gerador SMS.

Gerador de modelos SMS


O gerador de modelos sms apresenta três áreas:

Área de texto: espaço em branco onde será definido o corpo da mensagem


Árvore de variáveis: ramificação de variáveis disponíveis para usar no corpo da
mensagem
Barra de ferramentas: operações disponíveis para aplicar ao modelo – gravar,
validar, pré-visualizar e sair do gerador

www.sage.pt 539
Manual Retail

A mensagem poderá ser composta apenas por texto livre ou conter também variáveis.
Para introduzir uma variável no corpo da mensagem arraste-a desde a ramificação de
variáveis até à área de texto.
Exemplo de modelo com informação do documento emitido e respectivo
valor:

Foi emitido o documento[%Cabecalho.Documento.NomeCurto%] nº


[%Cabecalho.Documento.Numero%] no valor de
[%Rodape.Totais.Total%] [%Geral.Moeda.Abreviatura%]

www.sage.pt 540
Manual Retail

Após definir o texto da sua mensagem poderá validá-lo para se


certificar que as variáveis e respectiva formatação estão correctas.

Para ter uma percepção da mensagem enviada poderá efectuar a sua pré-

visualização

Seguindo o exemplo do modelo anterior...

O número e valor do documento serão preenchidos consoante o documento em questão.

Como enviar mensagens?


As mensagens poderão ser enviadas pelo Centro de Controlo de Mensagens –
mensagens isoladas ou com base num ficheiro xls ou txt -, com base numa listagem
ou relatório da aplicação, aquando impressão de um documento ou mudança de
estado do mesmo, e ainda com a informação do fecho de dia.

Centro de controlo de mensagens

O envio de mensagens pelo centro de controlo poderá usar por base uma lista de
contactos ou se destinar simplesmente a um ou mais números de telemóvel isolados.

Ambas as opções são mediadas por um assistente que ajudará o utilizador no


processo de envio.

www.sage.pt 541
Manual Retail

Para um ou mais números de telemóvel isolados


Seleccione Nova – Mensagem para que se inicie o Wizard de envio de mensagens
isoladas...

Indique o número de telemóvel e escreva a mensagem a enviar.


Se pretender enviar para mais que um destinatário escreva os números de contacto
separados por ponto e vírgula.

Dê seguimento ao assistente...
Mensagem para o número 961234567...

“Sabia que pode parametrizar mensagens usando listagens diversas


(listagem de aniversários, pendentes de clientes, etc)?”

www.sage.pt 542
Manual Retail

Verifique a mensagem e confirme o seu envio.

Será apresentada mensagem informativa do sucesso de envio...

www.sage.pt 543
Manual Retail

Para uma lista de contactos


Seleccione Nova – Mensagem para lista de contactos para que se inicie o Wizard
de envio de mensagens para uma lista.

Escolha o tipo de ficheiro e dê seguimento ao assistente...

www.sage.pt 544
Manual Retail
No ecrã seguinte defina o ficheiro que contem os seus contactos.

Caso use um ficheiro xls deverá indicar qual a folha que contem a informação a importar
bem como o campo que diz respeito ao número de telefone.

Caso opte por um ficheiro txt verifique se a 1ª linha corresponde ao nome dos campos e,
nesse caso, active A primeira linha é o nome dos campos.

Analisemos dois exemplos de ficheiro com registo de 4 aniversariantes do


mês de Setembro, sendo 1 deles duplicado.

Ficheiro Aniversários.xls

Será mapeado o campo Telemóvel da folha 1 e activada a eliminação de


contactos repetidos...

www.sage.pt 545
Manual Retail

Serão importados 3 contactos visto haver uma duplicação do registo da aniversariante


Ana Cardoso.

Ficheiro Aniversários.txt

Além da eliminação de duplicados, será definido que a linha 1


corresponde ao nome dos campos.

www.sage.pt 546
Manual Retail
O primeiro campo deverá ser o número contacto.

O caracter | é o separador de campos.

Serão importados 3 contactos, uma vez que há uma duplicação do registo


de Ana Cardoso e a 1ª linha corresponder ao nome dos campos.

www.sage.pt 547
Manual Retail
Composição de mensagens – variáveis e funções

No texto das mensagens poderão ser usadas variáveis identificadas pelo caracter @

@Nome: retorna o nome do contacto para o qual é enviada a mensagem

@Telefone: retorna o número de telefone para o qual foi enviada a mensagem


Seguindo o exemplo do envio de mensagem para os aniversariantes de
Setembro...

A mensagem poderá ser personalizada incluindo o nome do contacto.

O processo de selecção do ficheiro e mapeamento de campos é idêntico,


apenas se deverá incluir a variável @Nome no texto da mensagem.

As mensagens enviadas serão:

FELIZ ANIVERSÁRIO Ana Cardoso!


FELIZ ANIVERSÁRIO Filipe Pinto!
FELIZ ANIVERSÁRIO Rui Soares!

www.sage.pt 548
Manual Retail
Com base numa listagem/relatório

Por vezes poderá ser interessante o envio de mensagens com base na informação de
uma listagem ou relatório. Por exemplo, o saldo do c/c, publicitar campanhas em
vigor...

Para proceder ao envio de mensagens com base num mapa da aplicação certifique-se
que o servidor está ligado e verifique a ligação.
Para mais informações relativamente à ligação do servidor consulte Servidor de SMS Sage

Cada listagem/relatório terá que ter o seu modelo sms. Para mais informações
relativamente à configuração de modelos sms consulte Configuração de modelos

Gere o mapa que pretende tendo em atenção que deverá constar um campo com os
contactos de telemóvel para os quais serão enviados os sms’s.

Seleccione a opção Enviar SMS do menu de configuração de listagens e relatórios.

No ecrã seguinte, seleccione o modelo a usar bem como o campo correspondente ao


telemóvel e nome da pessoa a quem se destina a mensagem.

www.sage.pt 549
Manual Retail

Confirme o envio...

Analisemos o exemplo de envio de mensagem aos clientes com o seu saldo


de c/c baseado no mapa Idade de Saldos...

Uma vez que este mapa não contempla um campo com o nº de telemóvel
tem que ser efectuada uma ligação de tabelas de forma a ser obtida esta
informação - o telemóvel do cliente é mapeado para o campo
T1MobileTelephone1.

Será então seleccionado o modelo Saldos.SMS a enviar para os telemóveis


mencionados em T1MobileTelephone1.
O nome dos contactos constam no campo Cliente...

www.sage.pt 550
Manual Retail
Cada cliente receberá um sms com a informação do seu saldo de acordo
com o modelo desenhado – Saldos.SMS

Emissão de documentos

Aquando emissão de um documento, poderá ser enviado sms ao cliente com essa
informação.

Para proceder ao envio de mensagens notificando o cliente do documento emitido,


certifique-se que o servidor está ligado e verifique a ligação.
Para mais informações relativamente à ligação do servidor consulte Servidor de SMS Sage

A mensagem enviada é baseada num layout pré-configurado. Para mais informações


relativamente à configuração de modelos sms consulte Configuração de modelos.

O envio de sms pode ser activado no ecrã de configuração de impressão em formato


A4.

www.sage.pt 551
Manual Retail

Após indicar o modelo sms a usar poderá seleccionar quais os contactos para os quais
será enviado o sms.
Útil no caso de empresas em que existem diversos contactos de telemóvel, pois
permitirá a selecção da pessoa responsável à qual deverá ser enviada a mensagem.

Poderá ainda definir o envio de sms duplicando o documento em Diversos –


Configurações – Configurações de Posto – Impressão.

www.sage.pt 552
Manual Retail

Envio de sms ao Departamento de Compras e Financeiro da empresa


Sareg, notificando a emissão da factura nº 7...

Para o efeito é desenhado um layout contendo a informação do nome e


número do documento, bem como do seu valor:

Foi emitido o documento [%Cabecalho.Documento.NomeCurto%] nº


[%Cabecalho.Documento.Numero%] no valor de
[%Rodape.Totais.Total%] [%Geral.Moeda.Abreviatura%]

www.sage.pt 553
Manual Retail

Ao activar o envio de sms são listados os contactos pré-definidos na ficha de cliente,


mas apenas Pedro Pinto e Ângela Mariano receberão o sms.

www.sage.pt 554
Manual Retail

Mudança de estado do documento

Durante determinadas fases da análise de um projecto poderá ser interessante o envio


de um sms, não só ao vendedor e utilizador responsável, mas também ao próprio
cliente, notificando, por exemplo, que a proposta foi aprovada ou que está dependente
apenas de uma análise do departamento x ou y...

Aquando alteração do estado de um documento pode ser enviado um sms ao cliente,


vendedor e/ou utilizador.
Para mais informações relativamente aos estados de um documento consulte GesPOS-
ManualEstadoDocumentos.

Para proceder ao envio das mensagens, certifique-se que o servidor está ligado e
verifique a ligação.
Para mais informações relativamente à ligação do servidor consulte Servidor de SMS Sage

A mensagem enviada é baseada num layout pré-configurado. Para mais informações


relativamente à configuração de modelos sms consulte Configuração de modelos

Ao proceder à mudança de estado do documento, caso esteja pré-definido o envio de


sms, será apresentado o ecrã para confirmação.
Caso o nº de telemóvel e modelo sms a usar sugeridos estejam correctos, bastará
apenas clicar no botão OK para dar seguimento ao envio da mensagem.

Se pretender, poderá alterar o layout e nº de contacto, seleccionando outro da lista


apresentada.

www.sage.pt 555
Manual Retail

SMS notificando o cliente do envio da encomenda...

Ao mudar o estado da nota de encomenda nº 2 para OK, Patrícia Pereira


irá receber um sms com base no modelo EncOK.sms

A sua encomenda nº [%Cabecalho.Documento.Numero%] será enviada


hoje.

www.sage.pt 556
Manual Retail

Fecho de dia

Por vezes, quando a gerência se encontra ausente, é importante comunicar o valor de


caixa no final de dia. Aquando fecho de dia na aplicação, poderá ser enviado um SMS
com a informação do valor de vendas e caixa.

Em Diversos – Configurações – Configurações de Postos – Diversos – POS-


Configurações POS – SMS de fechos para defina o número de telemóvel para o qual
pretende que seja enviada a informação. O envio será automático assim que efectuar
o fecho de dia...

www.sage.pt 557
Manual Retail

Em caso de erro...

Durante a ligação ao servidor ou o envio ou o envio de mensagens poderão ocorrer


dois tipos de erro:

Erro de ligação e comunicação entre a aplicação (posto) e o servidor

Erro de ligação e comunicação entre o servidor e o dispositivo (telemóvel)

Erro de ligação e comunicação entre a aplicação (posto) e o servidor


Quando há um erro de ligação entre a aplicação e o servidor, no centro de controlo
surgirá a indicação SEM LIGAÇÃO.

O facto de a aplicação não conseguir ligar-se poderá dever-se a:

O servidor indicado não está em execução: verifique se no servidor indicado


(máquina ou IP) está realmente em execução o servidor de SMS Sage. O servidor é
executado a partir do ficheiro Sage.Communication.SMS.Server.10.exe, localizado
na pasta dos ficheiros comuns, em Sage\2070
Poderá aceder ao servidor de SMS Sage em Iniciar – Programas – Sage

www.sage.pt 558
Manual Retail
O servidor indicado não está acessível pela rede: verifique se o posto
tem ligação à máquina onde se encontra o servidor

O servidor indicado não existe: verifique se o nome, ou IP, indicado está correcto

O número da porta TCP usado pelo posto não é o mesmo que é usado pelo
servidor: verifique se o número da porta indicado no posto (campo Porta na área de
configuração do Centro de Controlo de Mensagens) é igual ao indicado no servidor
(campo Porta no ecrã de configuração da consola)

A firewall do posto, ou a do servidor, está a “barrar” a porta TCP indicada: quando


se configura a ligação, geralmente, aparece uma mensagem a pedir ao utilizador
que autorize o acesso através da porta TCP escolhida; se o utilizador negar esse
acesso, ou alguém o negar posteriormente na configuração da firewall, o posto e o
servidor não poderão comunicar um com o outro. Neste caso, é necessário configurar,
na firewall, a permissão de acesso à porta

Erro de ligação e comunicação entre o servidor e o dispositivo


(telemóvel)

Quando o erro reside na ligação servidor  dispositivo as mensagens não serão


enviadas aos destinatários.

Estes erros poderão ocorrer devido a:

A ligação entre o dispositivo e a máquina não se encontra correctamente


configurada: neste caso, nenhuma das mensagens consegue ser enviada. Além disso,
o teste à ligação, através do respectivo botão da consola, falha. Dever-se-á consultar
as instruções específicas do dispositivo para efectuar correctamente a ligação

O dispositivo encontra-se correctamente ligado, mas algumas mensagens (ou


todas) não conseguem ser enviadas: neste caso o teste à ligação, através do
respectivo botão da consola, é bem sucedido. Verificar, caso a caso, no registo (log)
do envio, qual o código do erro ocorrido. Alguns dos códigos mais frequentes são
indicados no quadro seguinte

go do erro Descrição
Falha no acesso à porta COM
Porta COM mal configurada
Porta COM já se encontra aberta (poderá estar em uso por outro processo)
Porta COM está fechada
Erro ao enviar e receber dados da porta COM
Erro ao inicializar o telemóvel
Telemóvel (linha) ocupado
Erro de segurança do telemóvel
Mensagem demasiado comprida
Número demasiado comprido
Mensagem ou número com caracteres inválidos
Não foi encontrado o serviço (no operador) de envio de SMS
Erro de acesso ao serviço de envio de SMS (pode ser devido a falta de saldo no cartão)
A memória do telemóvel está cheia
Erro ao aceder à memória do telemóvel

www.sage.pt 559
Manual Retail

Senha incorrecta
Erro de comunicação com o SIM
O SIM não se encontra inserido
Necessita PIN
Necessita PUK
Necessita PIN2
Necessita PUK2
-36, -37, -38 Problemas no acesso à rede
Não há resposta do telemóvel
Comando não suportado pelo telemóvel
Erro genérico do telemóvel
-45, -46 Erro de ligação do telemóvel ao operador (não tem sinal de chamada, não tem resposta do operador...)
Chamada barrada

Em alguns casos, poderá ainda ser necessária a consulta directa, ou a remoção do


ficheiro de registo (log) do servidor. Este ficheiro, em formato XML, é o
SmsServer.log, e encontra-se na pasta dos ficheiros comuns, em Sage\2070.

Como consultar as mensagens enviadas e por enviar?


No Centro de Controlo de Mensagens, secção SMS, poderá consultar e gerir as
mensagens enviadas do posto em questão – Diversos – Utilitários – Centro de
Mensagens.

As mensagens estão agrupadas em três pastas distintas:

Com erro: mensagens cujo envio não foi bem sucedido, por alguma razão. O código
do erro ocorrido encontra-se no registo (log) do servidor
Para mais informações relativamente aos códigos de erro de envio consulte o tópico Em
caso de erro presente em Como enviar mensagens?

Por enviar: mensagens entregues ao servidor, mas ainda não enviadas aos
destinatários

Enviadas: mensagens enviadas aos destinatários com sucesso


De acordo com o exemplo anterior de envio de mensagem personalizada
para os aniversariantes de Setembro, as 3 mensagens são mencionadas
como enviadas.

www.sage.pt 560
Manual Retail

Pode configurar a pré-visualização das mensagens e o painel de leitura, bem como


ordenar as mensagens pelos diversos campos.

Estas mensagens serão também mencionadas no Servidor SMS Sage – Visualizar


Log.

www.sage.pt 561
Manual Retail
Perguntas e respostas

Estando a usar a comunicação por bluetooth que porta indico na configuração


de ligação do servidor?

Ainda que opte por bluetooth será usada uma porta COM – porta COM virtual. Poderá
verificar qual a porta em uso no gestor de dispositivos bluetooth. Seleccione o
dispositivo e aceda a Properties, verifique a porta no tabulador Services.

Se, aquando envio das mensagens, o servidor estiver parado, tenho que
proceder ao reenvio quando o ligar?

Não, assim que o servidor esteja activo as mensagens serão enviadas para os
destinatários.

Quando importo os contactos a partir de um ficheiro texto é importada uma


linha com TELEFONE, NOME... ?!

Se a 1ª linha do seu ficheiro corresponde ao nome dos campos, no ecrã de selecção


do ficheiro a importar active A primeira linha é o nome dos campos.

Se o ficheiro xls de contactos tiver números duplicados será efectuada essa


verificação?

Pode activar a eliminação de duplicados. Para tal, no ecrã de selecção do ficheiro a


importar active Eliminar números duplicados na importação.

Ao enviar sms com base numa listagem surge a mensagem “O servidor de


envio de mensagens SMS não está activo”?!

Aceda a Diversos – Configurações - Configurações de Postos – Hardware e


execute a procura do servidor clicando no botão Localizar das propriedades do
telemóvel.

Posso personalizar as minhas mensagens incluindo o nome de cada contacto


da lista?

Sim, poderá incluir o nome ou telefone do contacto. Estas variáveis deverão ser
precedidas do caracter @.
Ou seja:
@Nome para retornar o nome do contacto
@Telefone para retornar o nº de telefone

Alteração de impostos
A alteração de impostos de produtos implica, além da definição do novo imposto, o
recalculo de preços tornando-se por isso um processo moroso e minucioso.

Além disso, este tipo de alterações poderá ter que ocorrer num curto espaço de
tempo, exemplo disso são as alterações de Iva impostas pelo Estado.

www.sage.pt 562
Manual Retail
Em Diversos – Utilitários – Alteração de Impostos de Produtos está
disponível rotina para alteração dos impostos associados aos produtos, sendo
automaticamente efectuado o respectivo cálculo dos preços.

Imposto a alterar
Agrupamento de impostos a alterar

Novo imposto
Agrupamento de impostos a atribuir aos produtos

Preço de custo a manter


Preço de custo que será mantido (com ou sem impostos) sendo efectuado o
recalculo devido

Preço de venda a manter


Preço de venda que será mantido (com ou sem impostos) sendo efectuado o
recalculo devido

www.sage.pt 563
Sistema
Seguranças
Só será possível efectuar cópias de segurança, se o nome do computador tiver 15
caracteres ou menos.

Uma parametrização importante será o aviso de segurança alertando o utilizador, no


arranque da aplicação back office, para a necessidade de efectuar cópias de
segurança do sistema.

A cópia de segurança poderá não só abranger a base de dados, mas também os


layout’s de documentos, relatórios, imagens para uso no modo touch e adsviewer.
O acesso poderá ser feito através de Sistema – Seguranças ou então pela barra de

comandos através do botão

Por padrão, o período obrigatório para efectuar cópias de segurança terá um mínimo de
30 dias e no máximo 365 dias.

O campo Período obrigatório para fazer backup não será mostrado para bases de dados
cujo país da licença seja diferente de Portugal.

www.sage.pt 564
Manual Retail
A pasta padrão para as cópias de segurança suporta placeholders, isto é,
variáveis genéricas que irão assinalar uma pasta específica; usando o botão
poderá escolher um placeholder:
Estão disponíveis os seguintes placeholders:
%USERPROFILE% - Pasta do utilizador Windows
%ALLUSERSPROFILE% - Pasta pública do Windows
%LOCALSQLBACKUPPATH% - Pasta local de backup SQL

Será feito o backup (.bak) para a pasta de backup do SQL.

%NETWORKDATAFOLDER% - Pasta de rede da aplicação


%SHAREDATAFOLDER% - Pasta de partilha da aplicação
%OFFLINEDATAFOLDER% - Pasta offline da aplicação
%APPSHORTNAME% - Pasta com o nome da aplicação
%APPNAME% - Pasta com o nome da empresa
%MYDOCFOLDER% - Pasta “Os meus documentos”

Por padrão, nas novas bases de dados será assumido o placeholder


%USERPROFILE%\Documents\%APPSHORTNAME%; este placeholder irá fazer com
que a cópia de segurança seja realizada o seguinte percurso por exemplo
C:\Users\aaa\Documents\Sage Retail.

Poderá usar o botão Actualizar lista para indicar uma directoria diferente para a cópia
de segurança.

Ao clicar em Concluir, será efectuada a cópia de segurança.

Compactar base de dados


Se for adicionada, eliminada ou actualizada uma grande quantidade de registos, deve
proceder-se à compactação da base de dados frequentemente através da opção
Compactar Base de Dados disponível no menu Sistema

SAFT Global

Exportação SAF-T (PT)


Esta opção, tal como o próprio nome indica, permite exportar o SAF-T (PT).

www.sage.pt 565
Manual Retail

Data inicial
Data inicial considerada para a exportação do SAFT

Data final
Data final considerada para a exportação do SAFT

Versão
Versão para exportação do SAFT : 1.01, 1.02 ou 1.03

Ficheiro SAFT-PT
Percurso onde será gravado o SAFT.

Uma vez exportado o SAFT poderá analisá-lo no Analisador SAFT, bastando que para
tal clique no botão Analisar

www.sage.pt 566
Manual Retail

Analisador SAF-T (PT)


Esta opção permite aceder ao analisador SAFT.

Deverá clicar em Actualizar lista para que sejam mostrados os ficheiros xml existentes
na pasta indicada:

www.sage.pt 567
Manual Retail

Para abrir o Analisador, clique em que se encontra em frente ao ficheiro que


pretende analisar.

Exportação SAF-T (PT) Autofacturação


Enquanto emissor do documento original, o utilizador poderá criar um SAF-T com os
documentos emitidos em regime de autofacturação.

Data inicial

www.sage.pt 568
Manual Retail
Data inicial considerada para a exportação do SAFT

Data final
Data final considerada para a exportação do SAFT

Versão
Versão para exportação do SAFT : 1.01, 1.02 ou 1.03

Ficheiro SAFT-PT
Percurso onde será gravado o SAFT.

No passo seguinte deverá seleccionar o fornecedor ou fornecedores para os quais


pretende criar os SAFT's:

Uma vez exportado o ficheiro, caso o fornecedor tenha inserido na sua ficha o seu
endereço de email, será possível enviar um email com o SAFT:

www.sage.pt 569
Manual Retail

Check-up SAF-T(PT) simplificado

Diagnóstico SAF-T (PT)


Esta opção permite detectar erros existentes nos dados a exportar para o SAFT; para
além disso permite corrigir automaticamente alguns desses erros:

www.sage.pt 570
Manual Retail
Os dados errados serão assinalados com sublinhado vermelho.

Poderá optar por corrigir manualmente os dados ou deixar a aplicação fazer uma
correcção automática (botão Auto-correcção)

No final do diagnóstico, será mostrado um pequeno relatório com a indicação das


alterações efectuadas.

www.sage.pt 571
Manual Retail

Exportação SAF-T (PT) Simplificado


Esta opção permite exportar o SAFT de comunicação das facturas à AT (SAFT
mensal)

Mês/Ano
Mês e ano considerados para a exportação do SAFT simplificado

Dias
Dia inicial e final para a exportação do SAFT simplificado

Tipo de exportação
Tipo de exportação que pretende efectuar. Ao exportar o SAFT simplicado como
Análise, uma vez exportado o ficheiro, será disponibilizado o botão de acesso ao
Analisador (botão Analisar); ao seleccionar a opção Submissão, será
disponibilizado o botão Submeter que lhe permitirá submeter de imediato o ficheiro:

www.sage.pt 572
Manual Retail
Versão
Versão para exportação do SAFT : 1.01, 1.02 ou 1.03

Exportar
Percurso onde será gravado o SAFT.

Analisador SAF-T (PT)


Esta opção permite aceder ao analisador SAFT.

Primeiramente deverá seleccionar o tipo de SAFT que pretende analisar: ficheiro


SAFT criado em modo de Análise ou em modo de Submissão.

Seguidamente deverá clicar em Actualizar lista para que sejam mostrados os SAFT's
existentes:

www.sage.pt 573
Manual Retail

Para abrir o Analisador, clique em que se encontra em frente ao ficheiro que


pretende analisar

Consulta de documentos no SAF-T(PT)


Listagem de todos dos documentos que já foram exportados para o SAFT simplificado
com indicação do tipo de envio e do nome do ficheiro.

www.sage.pt 574
Manual Retail
Gestor de SAFT (PT) simplificados
Opção que permite gerir os diversos SAFT simplificados gerados pela aplicação.

Do lado direito do ecrã poderá usar os campos Anos e Meses para filtrar os SAFT's
mostrados.

Para análise

Na área Para análise serão mostrados os SAFT exportados em modo de análise,


sendo possíveis as seguintes opções (botões):

Submissão: esta opção altera o estado do ficheiro de análise para submissão

Analisador: permite analisar o ficheiro SAFT seleccionado no Analisador

Apagar: permite apagar fisicamente o ficheiro SAFT.

Para submissão

Na área Para submissão serão mostrados os SAFT exportados em modo de


submissão, sendo possíveis as seguintes opções (botões):

Submetido: esta opção altera o estado do ficheiro de submissão para submetido

Submeter: esta opção permite submeter à AT o ficheiro seleccionado

Analisador: permite analisar o ficheiro SAFT seleccionado no Analisador

www.sage.pt 575
Manual Retail
Apagar: permite apagar fisicamente o ficheiro SAFT.

Submetidos

Na área Submetidos serão mostrados os SAFT já submetidos à AT, sendo possíveis


as seguintes opções (botões):

Página AT: abertura da página e-factura

Analisador: permite analisar o ficheiro SAFT seleccionado no Analisador

Caso efectue alguma alteração por engano, poderá usar o botão Desfazer para repor
o estado anterior; para gravar as alterações deverá, obrigatoriamente, clicar em
Aplicar para que as alterações sejam efectuadas.

Formação em SAF-T (PT) Simplificado


Acesso á página de formação da Sage.

Exportação SAF-T (PT) Simplificado Autofacturação


Enquanto emissor do documento original, o utilizador poderá criar um SAF-T mensal /
simplificado com os documentos emitidos em regime de autofacturação.

www.sage.pt 576
Manual Retail

Mês/Ano
Mês e ano considerados para a exportação do SAFT simplificado

Dias
Dia inicial e final para a exportação do SAFT simplificado

Versão
Versão para exportação do SAFT : 1.01, 1.02 ou 1.03

Exportar
Percurso onde será gravado o SAFT.

No passo seguinte deverá seleccionar o fornecedor ou fornecedores para os quais


pretende criar os SAFT's:

www.sage.pt 577
Manual Retail

Uma vez exportado o ficheiro, caso o fornecedor tenha inserido na sua ficha o seu
endereço de email, será possível enviar um email com o SAFT:

Exportar inventário
A exportação do inventário poderá ser efectuada em Sistema – Exportar inventário :

www.sage.pt 578
Manual Retail

O ficheiro é também copiado para a directoria Stock\Exportacao que se encontra dentro


da pasta de dados da empresa (ex: C:\Sage Data\Sage
Retail\empresa\Stock\Exportacao).

Caso não exista qualquer inventário com data de 31-12-2014, será mostrada a
seguinte mensagem:

Se o artigo não tiver definida a Categorias de artigos, será usada a categoria definida
na Família do artigo; se essa família não tiver categoria definida, será usada a
categoria do Armazém; se o artigo, a família e o armazém não tiverem a categoria de
artigo definida, será exportada a categoria M - Mercadoria.
Uma vez que o mesmo produto pode existir em armazéns diferentes e esses
armazéns poderão ter categorias diferentes, na exportação do ficheiro de inventário,

www.sage.pt 579
Manual Retail
no código de artigo será indicado a categoria de artigo do mesmo, excepto
se a categoria for M - Mercadoria que dispensa dessa identificação.

Sempre que na ficha do Artigo, Família ou Armazém não seja definida a categoria de
artigo, será assumida a categoria M - Mercadoria.

Por exemplo, artigo TESTE com 10 unidades no armazém 1 e 20 unidades no


armazém 2, será exportada a seguinte informação:

Armazém 1 e armazém 2 com categoria M Mercadoria


Artigo TESTE com 30 unidades

Armazém 1 com categoria A Produtos acabados e armazém 2 com categoria T


Trabalhos em curso
Artigo TESTE.A com 10 unidades e artigo TESTE.T com 20 unidades

Armazém 1 com categoria A Produtos acabados e armazém 2 com categoria M


Mercadoria
Artigo TESTE com 20 unidades e artigo TESTE.A com 10 unidades

Poderá submeter o ficheiro na opção Entregar – Ficheiros de inventário disponível


nos Serviços Tributários do Portal das Finanças.

Comunicação de documentos de transporte

Esta opção apenas é disponibilizada para clientes com contrato válido a 01-07-2013.

Através da opção Comunicação de documentos de transporte, presente no menu


Sistema, é possível efectuar a comunicação em diferido com a AT com vista a obter
os códigos dos documentos de transporte.

Será apenas possível comunicar documentos de transporte cuja data de emissão seja
superior ou igual a 01-07-2013 uma vez que só estes documentos de transporte devem
ser comunicados à AT.

www.sage.pt 580
Manual Retail

Este ecrã está dividido em 3 áreas:

Documentos
Nesta área são listados os documentos de transporte, passíveis de serem
comunicados à AT, tendo em consideração os filtros definidos;

Filtros
Definição dos filtros tidos em consideração para mostrar os documentos de
transporte;

Poderá usar o link Actualizar para alterar a lista de documentos tendo em consideração
as eventuais mudanças nos filtros.

Ficheiro de resposta da AT
Caso opte por enviar um ficheiro SAF-T com os documentos de transporte para
obtenção dos códigos AT, os ficheiros exportados e os ficheiros de resposta da AT
deverão ser indicados nesta área.

Consulte Comunicação dos documentos por SAF-T(PT) para mais informações.

Último ficheiro exportado


Informação do último ficheiro SAF-T de documentos de transporte exportado.

Acções
Acções a executar sobre os documentos de transporte seleccionados.

Na área de documentos serão mostrados os documentos de transporte passíveis de


ser comunicados à AT tendo em consideração os filtros definidos; nesta área para
além dos dados identificativos do documento, destacam-se a seguinte informação:

www.sage.pt 581
Manual Retail

Código AT
Código AT do documento de transporte. Este código pode ser obtido pela
comunicação de documentos de transporte ou inserido manualmente.

Ao inserir manualmente o código AT no ecrã de introdução de documentos, esse código


será mostrado neste ecrã.

Estado de transmissão
Esta coluna indica o estado do documento no que concerne à comunicação com a AT.
São possíveis os seguintes estados:
Nenhum: o documento de transporte ainda não foi comunicado à AT;
Exportador: Submissão: o documento de transporte foi exportado para o SAF-T
através da opção Comunicação dos documentos por SAF-T.
Submetido: AT (WebService): o documento de transporte foi comunicado à AT via
WebService;
Submetido: SAF-T Simplificado: o documento de transporte foi comunicado à AT via
SAF-T;
Submetido: Sage: o documento ainda está na Sage e será enviado assim que
possível à AT para obtenção do código;
Aguardando confirmação de anulação: o documento está a aguardar a confirmação
de anulação por parte da AT.

Consulte Anulação de documentos já comunicados para mais informações.

Erro
Esta coluna indica o código de erro da comunicação.

O 0 (zero) nesta coluna indica que não ocorreu qualquer erro na comunicação.

Descrição
Esta coluna mostra a descrição do erro da coluna Erro.

Listagem de código de guias com resposta da AT


Esta opção, disponibilizada no menu Sistema, permite obter uma listagem dos
documentos que transporte que foram comunicados à AT por SAF-T(PT) ou
WebService e para os quais foram obtidos os respectivos código AT.

Diagnóstico de assinaturas de documentos


Rotina de verificação de assinaturas de documentos.

www.sage.pt 582
Manual Retail
O utilizador poderá, a qualquer momento, listar os documentos cuja
assinatura é inválida de acordo com as regras estipuladas pela Portaria nº 363/2010
de 23 de Junho – Sistema – Diagnóstico de Assinaturas de Documentos.

Série
Indicação de todas as séries ou uma série de documentos em particular

Documento
Documento para o qual se pretende verificar a assinatura

De... a...
Datas dos documentos a verificar

Para que o diagnóstico seja iniciado, deverá clicar em Verificar.

Mudar de utilizador
Através desta opção é possível, rapidamente mudar de utilizador sem que para tal seja
necessário sair da aplicação.

www.sage.pt 583
Manual Retail
Alterar palavra passe
Através desta opção é possível alterar a palavra passe do utilizador usado para aceder
à aplicação.

No POSTeclado e POSTouch poderá usar a função ALTPASS –


CHANGEPASSWORD para alterar a palavra passe.

Nível de segurança de palavra passe


Os níveis de segurança existentes são os seguintes:
Numérico: password composta apenas por números
Muito Fraco: password com menos de 4 caracteres
Fraco: password com menos de 8 caracteres
Médio: mais de 8 caracteres e mais 2 tipos de caracteres (números, letras
minúsculas, letras maiúsculas, caracteres especiais !@#$%^&*?_~-();.+:)
Forte: mais de 8 caracteres e mais 3 tipos de caracteres (números, letras
minúsculas, letras maiúsculas, caracteres especiais !@#$%^&*?_~-();.+:)
Muito Forte: mais de 8 caracteres e os 4 tipos de caracteres (números, letras
minúsculas, letras maiúsculas, caracteres especiais !@#$%^&*?_~-();.+:)

De modo a obrigar que determinado vendedor ou utilizador tenha uma palavra passe
de determinado nível deverá primeiramente definir o nível de segurança pretendido,
clicando com o rato no nível até obter a respectiva cor:

www.sage.pt 584
Manual Retail

E de seguida clicar em Alterar Palavra Passe para definir a palavra passe.


À medida que for inserindo a palavra passe, será “calculado” o nível de segurança.

Se a palavra passe inserida for de nível de segurança inferior ao definido, será


mostrada a seguinte mensagem:

www.sage.pt 585
Manual Retail

www.sage.pt 586
Gestão de contratos
Gestão de contratos
A Gestão de Contratos consiste na venda prévia de um pacote de artigos ou serviços,
ficando o cliente com um crédito que irá abatendo à medida que compra artigos e/ou
serviços que fazem parte desse mesmo contrato.
A activação de contratos implicará a existência de um documento para débito de
contratos.

Em Diversos – Configurações – Configuração de Documentos – Tabela de


Documentos crie um novo documento de venda para o efeito.

www.sage.pt 587
Manual Retail
Activação

Uma vez criado o documento para registo dos artigos comercializados ao abrigo do
contrato, deverá ser activado o módulo em Diversos - Configurações – Parâmetros,
na secção Áreas Funcionais.

Aqui terá que ser definido o documento a usar para débito dos mesmos.

Configuração do produto

O contrato é um artigo/serviço composto por outros artigos e/ou serviços.

Este “pacote” de artigos será do tipo Contrato.

Activando o módulo de gestão de contratos ficará disponível o tipo de artigos Contrato.

A gestão de stock será feita apenas dos componentes do contrato e não do contrato
em si, assim sendo, o campo Processa Stock deverá ser desactivado.

Contrato de lavagem de peças de roupa no valor de 75€...

Ao definir o tipo de artigo Contrato ficará disponível um novo tabulador à direita –


Contrato.
Aqui deverão ser definidos os artigos que compõem o contrato e demais
particularidades.

www.sage.pt 588
Manual Retail

Expira em
Duração do contrato (número de dias, meses ou anos)

Caso seja mantido valor 0 serão assumidos 100 anos.

Valor máximo permitido


Valor (com ou sem impostos incluídos) que o contrato poderá atingir. Uma vez
alcançado este valor não será mais considerada a venda ao abrigo do contrato,
devendo o cliente pagar pela aquisição do artigo e/ou serviço como se um outro
qualquer se tratasse

Produto/Família
Artigos ou famílias de artigos que compõem o contrato. Se definida uma família de
artigos como componente do contrato, qualquer artigo e/ou serviço associado a ela
será assumido como fazendo parte do contrato

Valor Máx.
Valor que pode atingir a venda do artigo ao abrigo do contrato

Cor
Cor do artigo que deverá ser considerada como fazendo parte do contrato

Tamanho
Tamanho do artigo que deverá ser considerado como fazendo parte do contrato

Qnt. Máx.
Unidades do artigo que poderão ser vendidas ao abrigo do contrato

eliminar artigo/família da grelha de componentes

adicionar artigo/família à grelha de componentes

navegação entre artigos/famílias da grelha de componentes

O contrato de lavagem de peças de roupa é válido por 3 meses e


contempla a lavagem de: 10 camisas, 10 calças e 5 artigos atoalhados.

www.sage.pt 589
Manual Retail

Não foi definido valor máximo para o contrato, nem tão pouco para
qualquer um de seus componentes, pelo que não será aplicado qualquer
limite monetário na comercialização deste contrato.
No entanto, independentemente do seu valor, apenas poderão ser
vendidas, ao abrigo do contrato, 10Uni dos artigos Lavagem de Camisas
e Lavagem de calças e 5uni da família Atoalhados.

Poderão ser criados tantos contratos quanto necessário...

Venda de contratos
A venda do contrato é semelhante à venda de um outro artigo. Deverá ser emitido um
documento de venda identificando o cliente e registado o artigo contrato.

Uma vez vendido um contrato, será automaticamente efectuado o registo na ficha de


cliente, separador Contratos.

Cada cliente poderá adquirir um ou mais contratos...

Venda do contrato de lavagem ao cliente

www.sage.pt 590
Manual Retail

Comercialização de artigos ao abrigo de contrato


Quando for registado o artigo no documento de venda, será feita a verificação dos
contratos do cliente, os artigos ao abrigo de contrato serão registados no documento
interno criado para o efeito.

Caso o artigo vendido seja objecto de um planeamento de oferta, esta irá prevalecer não
sendo considerado como uma venda ao abrigo de contrato.

Seguindo o exemplo anterior do contrato de lavagem...

Os artigos Lavagem de Calças e Lavagem de toalha estão ao abrigo do


contrato adquirido pelo cliente, pelo que serão registados numa nota
interna. O cliente apenas pagará 5€ relativos ao serviço de tingimento.

www.sage.pt 591
Manual Retail

À medida que são movimentados, os contratos serão actualizados na ficha de cliente.


Analisando o exemplo do contrato de lavagem....

Com a venda de 1Uni do artigo Lavagem de Camisas e Lavagem de


toalha as quantidades disponíveis do contrato passarão a ser:

Lavagem de Camisas = 10Uni (10Uni iniciais)


Lavagem de calças = 9Uni (10 unidades iniciais-1Uni vendida)
Família Atoalhados = 4Uni (5Uni iniciais-1Uni vendida)

www.sage.pt 592
Manual Retail

Análise de Contratos
Os contratos adquiridos por cada cliente poderão ser consultados na respectiva ficha,
tabulador Contratos.

Aqui poderão ser analisadas algumas particularidades, nomeadamente a duração do


contrato, documento de venda do contrato, quantidades e valores inicialmente
definidos comparando com os já “consumidos” e ainda o estado do contrato.

Um contrato poderá apresentar os seguintes estados:

Activo
Contrato em vigor

Inactivo
Contrato que não se encontra em vigor no momento porque, por qualquer motivo, o
utilizador assim o determinou

Para mais informações relativamente à alteração de estado, consulte Desactivação de


contratos

Completo
Contrato totalmente “consumido”

Creditado
Contrato creditado ao cliente por emissão de nota de crédito
Para mais informações relativamente ao crédito de contratos, consulte Crédito de
contratos.

Para facilitar a análise, poderá ser definido um filtro pelo estado do contrato, sendo
visualizados apenas os contratos nele inseridos...

www.sage.pt 593
Manual Retail

Desactivação de Contratos
Sempre que entender, o utilizador poderá mudar o estado do contrato de activo para
inactivo, e vice-versa. Estando inactivo o contrato, a comercialização dos artigos que o
compõem não será considerada como sendo ao abrigo de contrato, sendo facturados
como qualquer outro artigo ou serviço.

Crédito de Contratos
Para creditar um contrato deverá ser emitida uma nota de crédito identificando o
cliente em questão e registado o artigo contrato.
Será automaticamente listados todos os contratos adquiridos pelo cliente, para que
possa ser seleccionado o documento a creditar.

Uma vez creditado, o contrato será apresentado como tal na ficha de cliente.

www.sage.pt 594
Manual Retail
As futuras vendas não serão consideradas como estando ao abrigo do
contrato.

Supondo o crédito do contrato de lavagem mencionado nos exemplos


anteriores...

Ao ser emitida uma nota de crédito ao cliente e registado o Contrato de


lavagens será apresentado o documento relativo à venda do mesmo –
factura nº 1.

Se o cliente tivesse adquirido mais contratos de lavagem seriam aqui listados também.

Se consultarmos a ficha do cliente, o contrato constará como Creditado.

Quando o cliente adquirir novas lavagens de camisas, calças ou toalhas


pagará normalmente pelo serviço, não usufruindo de qualquer contrato,
pois foi emitido o seu crédito.

www.sage.pt 595
Ligação à contabilidade
Ligação à contabilidade
Para poder utilizar o módulo de ligação à contabilidade, antes de mais terá que
configurar a forma como a aplicação vai interligar com a contabilidade. Essa
parametrização é feita acedendo ao menu Diversos - Utilitários - Ligação à
Contabilidade – Configuração de Contas e tem em consideração as contas
definidas nos grupos de compra/venda dos artigos e/ou nas contas de grupos por
omissão.

Uma vez definido o formato, deverá exportar o ficheiro na opção Diversos –


Utilitários - Ligação à Contabilidade - Exportação de documentos.

Grupo de compra/venda na ficha de artigos


 Neste momento, esta configuração será usada unicamente se o modelo de exportação for
SAGE L50 – Standard.

Quando um grupo contabilístico é associado a um artigo, fica definida a determinação


da classificação contabilística nos documentos que envolvam esse artigo.

Os artigos podem ser usados em vários documentos passíveis de serem exportados


para a contabilidade - documentos de venda e documentos de compra – e por isso
devem ser definidas as contas para cada um destes lançamentos.

Na ficha de artigo encontra-se disponível um separador – Contabilidade – onde é


possível definir o grupo de venda e o grupo de compra a que cada artigo pertence:

www.sage.pt 596
Manual Retail
Grupo de compra e grupo de venda

Grupo de compra e grupo de venda


Neste momento, esta configuração será usada unicamente se o modelo de exportação for
SAGE L50 – Standard.

As contas contabilísticas usadas em cada um dos grupos referidos anteriormente


podem ser configuradas em Tabelas – Tabelas de Artigos – Grupos de Compra e
Grupos de Venda:

Para a definição das contas definidas nos grupos de compras / vendas ou nas contas
de grupos por omissão, poderão ser usadas as seguintes mnemónicas:
R: será substituído por 1, 2, 3 ou 4 conforme a taxa de IVA definido na ficha do
artigo seja Reduzida, Intermédia, Normal ou Isenta; desta forma poderá ser criado um
único grupo de contas que seja aplicável a artigos com regimes diferentes identifica o
regime
L: será substituído por 1, 2 ou 3 conforme a localização seja Continente, Açores ou
Madeira; desta forma pode subdividir as contas de venda da contabilidade por espaço
fiscal.
T: identifica o tipo de artigo
Consulte Tabela de equivalência de tipos de artigos para mais informações.

Por exemplo, tendo definido a conta de compras 31TRL para compras no


mercado nacional; ao registar uma compra de um artigo normal com taxa
normal para um fornecedor da Açores, será registada a conta 31132.

Contas de Vendas
As contas de vendas destinam-se à classificação contabilística das linhas dos
documentos de vendas; determinar a classificação contabilística da linha consiste em
determinar, para cada linha, qual a conta da contabilidade onde deverá ser lançado o
valor da linha.

Uma linha de vendas, onde foi registado um determinado artigo pode ser classificada a
diferentes contas em função do tipo de transacção definido na linha e do país do
cliente, por isso são apresentadas as seguintes 6 contas por forma a cobrir todas as
classificações possíveis para este artigo.

www.sage.pt 597
Manual Retail
As contas não têm que ser todas preenchidas, poderá preencher apenas
aquelas que sejam aplicáveis às operações realizadas pela empresa; se porventura
alguma conta não se encontre preenchida e seja necessária para a composição do
movimento contabilístico, a conta será enviada a vazio.

As considerações seguintes, descritas para as contas de vendas, aplicam-se também às


contas de devoluções de vendas.

Vendas no Mercado Nacional


É a conta à qual são classificadas as vendas a clientes Portugueses com tipo de
transacção Nacional (impostos nacionais). Indica-se aqui a conta da contabilidade
onde que são lançadas as vendas efectuadas no mercado nacional a clientes
portugueses.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
VenMN Vendas no mercado nacional Nacional Portugal

Vendas no Mercado Nacional, isentas c/direito à dedução


Regista o código da conta contabilística em que são lançadas as vendas de bens ou
serviços não isentos, efectuadas em Portugal mas que são isentas com direito à
dedução (nos termos do CIVA art. 20º 1-b).

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
VenMNISP Vendas no mercado nacional, isentas com Inversão Sujeito Portugal
direito a dedução Passivo

Vendas com IVA tributado em Portugal, para clientes da UE


É a conta à qual são classificadas as vendas a clientes da União Europeia com tipo
de transacção Nacional e portanto tributada em Iva Português.

Tratando-se de uma venda de bens a cliente da UE, só terá Iva tributado em Portugal
caso não seja uma transacção intracomunitária. Será o caso do bem ser montado em
Portugal ou o cliente não preencher os requisitos necessários da transacção
intracomunitária.

Tratando-se de uma venda de serviços, será liquidado Iva Português quando a localização
da transacção é em Portugal.

Nestes casos, embora o país do cliente seja intracomunitário, a zona do cliente deverá
ser configurada como Nacional.

Indica-se aqui a conta contabilística onde que são lançadas as vendas efectuadas a
clientes da UE para os quais foi liquidado Iva Português.

www.sage.pt 598
Manual Retail
É habitual utilizar a mesma conta definida para as vendas no Mercado
Nacional a clientes portugueses.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
VenMNUE Vendas com IVA tributado em Portugal para Nacional Intracomunitário
clientes da UE

Vendas com IVA tributado em Portugal, para clientes Estrangeiros


É a conta à qual são classificadas as vendas a clientes Estrangeiros com tipo de
transacção Nacional e portanto tributada em Iva Português.

Tratando-se de uma venda de bens a cliente Estrangeiro, só terá Iva tributado em


Portugal caso não seja uma exportação isenta, por exemplo, quando um bem é montado
em Portugal.

Tratando-se de uma venda de serviços, será liquidado Iva Português quando a localização
da transacção é em Portugal.

Nestes casos, embora o país do cliente seja um país fora da comunidade europeia, a
zona do cliente deverá ser configurada como Nacional.

Indica-se aqui a conta contabilística onde que são lançadas as vendas efectuadas a
clientes Estrangeiros (não pertencentes à União Europeia) para os quais foi liquidado
Iva Português.

É habitual utilizar a mesma conta definida para as vendas no Mercado Nacional a


clientes portugueses.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
VenMNOUT Vendas com IVA tributado em Portugal para Nacional Outros países
clientes estrangeiros

Vendas para a UE, IVA não tributável em Portugal


É a conta à qual são classificadas as vendas a clientes da UE com tipo de transacção
Intracomunitária.

Tratando-se de uma venda de bens a cliente da UE. será o caso das vendas
intracomunitárias normais.

Tratando-se de uma venda de serviços, serão os serviços cuja localização da transacção é


no destino.

www.sage.pt 599
Manual Retail
Trata também o caso das operações assimiladas a transmissões
intracomunitárias como os transportes associados a vendas intracomunitárias, as
prestações sob contrato de empreitada e as comissões de intermediação.

Quando os artigos são bens, indica-se aqui a conta contabilística onde são lançadas
as vendas intracomunitárias. Quando os artigos são de serviços, indica-se aqui a
conta contabilística onde são lançadas as vendas para a UE tributadas lá.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
VenUE Vendas intracomunitárias ou vendas para a Intracomunitária Intracomunitário
UE não tributadas em Portugal

Vendas para o Estrangeiro, IVA não tributável em Portugal.


É a conta à qual são classificadas as vendas a clientes Estrangeiros com tipo de
transacção Exportação” ou “Estrangeiro, Iva tributado lá”, isto é, impostos de Outros
Mercados

Tratando-se de uma venda de bens a cliente Estrangeiro. será o caso das exportações
normais.

Tratando-se de uma venda de serviços, serão os serviços cuja localização da transacção é


no destino.

Quando os artigos são bens, indica-se aqui a conta contabilística onde são lançadas
as exportações. Quando os artigos são de serviços, indica-se aqui a conta
contabilística onde são lançadas as vendas para o Estrangeiro tributadas lá.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
VenOUT Exportações ou vendas para estrangeiro não Outros países Outros países
tributadas em Portugal

Contas de Compras
As contas de compras destinam-se à classificação contabilística das linhas dos
documentos de compras (mercadorias e matérias primas). Determinar a classificação
contabilística da linha consiste em determinar, para cada linha, qual a conta onde
deverá ser lançado o valor da linha.

Uma linha de compras utilizando um determinado artigo pode ser classificada a


diferentes contas em função do tipo de transacção de transacção definido na linha e
do país do fornecedor. Por isso são apresentadas as seguintes 6 contas por forma a
cobrir todas as classificações possíveis para este artigo.

As contas não têm que ser todas preenchidas, poderá preencher apenas aquelas que
sejam aplicáveis às operações realizadas pela empresa; se porventura alguma conta
não se encontre preenchida e seja necessária para a composição do movimento
contabilístico, a conta será enviada a vazio.

www.sage.pt 600
Manual Retail
As considerações seguintes, descritas para as contas de compras, aplicam-se
também às contas de devoluções de compras.

Compras no Mercado Nacional


É a conta à qual são classificadas as compras com tipo de transacção Nacional.
Indica-se aqui a conta contabilística onde que são lançadas as compras efectuadas no
mercado nacional.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
ComMN Compras no mercado nacional Nacional Portugal

Compras no Mercado Nacional a Fornecedores com regime de Isenção ou


Peq. Retalhistas
É a conta à qual são classificadas as compras a fornecedores com tipo de transacção
“Regime de Isenção”. Estes fornecedores, abrangidos pelo regime de isenção ou dos
pequenos retalhistas, não apresentam Iva nas suas facturas.
Regista o código da conta contabilística em que são lançadas as compras de
existências a fornecedores abrangidos pelo regime de isenção ou de pequenos
retalhistas.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
ComMNPR Compras mercado nacional a fornecedores Nacional Tipo de imposto
com regime isenção ou peq. retalhistas no terceiro =
isento

Compras no Mercado Nacional a Fornecedores com IVA liquidado pelo


adquirente
É a conta à qual são classificadas as compras a fornecedores em que o IVA é
liquidado pelo adquirente, isto é, o tipo de zona é Inversão de sujeito passivo.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
ComMNISP Compras mercado nacional, fornecedores Inversão Sujeito Portugal
com Iva liquidado pelo adquirente Passivo

Aquisições intracomunitárias ou aquisições na UE com Iva tributado em


Portugal
É a conta à qual são classificadas as compras a fornecedores da UE com tipo de
transacção “Aq.Intracomunitária”.
Regista o código da conta contabilística em que são lançadas as aquisições
intracomunitárias das existências.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
ComMNUE Aquisições Intracomunitárias ou aquisições Nacional Intracomunitário
na UE com IVA tributado em Portugal

www.sage.pt 601
Manual Retail

Importações ou aquisições com Iva tributado em Portugal


É a conta à qual são classificadas as compras a fornecedores Estrangeiros com tipo
de transacção “Importação”, isto é, fornecedores cuja zona é outros mercados.

Regista o código da conta contabilística em que são lançadas as compras importadas


do Estrangeiro.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
ComMNOUT Importações ou aquisições com IVA Nacional Outros países
tributado em Portugal

Aquisições na UE, tributadas em IVA lá


É a conta à qual são classificadas as compras a fornecedores da UE com tipo de
transacção “Aq.UE Iva tributado lá”.

Regista o código da conta contabilística em que são lançadas as compras efectuadas


na União Europeia em que não são tributadas em IVA português.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
ComUE Aquisições na UE com IVA não tributado em Intracomunitária Intracomunitário
Portugal

Aquisições no Estrangeiro, tributadas em IVA lá


Regista o código da conta contabilística em que são lançadas as compras efectuadas
no Estrangeiro que não são tributadas em IVA português.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro
(Documento)
ComOUT Aquisições no estrangeiro com IVA não Outros países Outros países
tributado em Portugal

Contas de grupos por omissão


Neste momento, esta configuração será usada unicamente se o modelo de exportação for
SAGE L50 – Standard.

Caso pretenda, conjuntamente com a definição de contas específicas para cada grupo
de compra/vendas, poderá usar contas por omissão que serão tidas em consideração
para a movimentação contabilística dos artigos que não têm na sua ficha definido um
grupo de compra / venda. Essa configuração é efectuada em Diversos – Utilitários –
Ligação à Contabilidade – Contas de grupos por omissão:

www.sage.pt 602
Manual Retail

Estas são as contas usadas quando não existe configuração específica para o artigo, isto
é, quando não estiver definido o grupo de compra/venda no artigo ou o grupo de
compra/venda está definido na ficha do artigo mas não tem conta contabilística
indicada.

Imaginemos que nas contas de grupos por omissão, tem definida a conta
de vendas no mercado nacional 71111; no artigo A tem definido no
separador Contabilidade o grupo de vendas MERC e cuja conta de vendas
no mercado nacional é a 71112; no artigo B não tem definido qualquer
grupo de vendas. Ao criar um documento de vendas no mercado nacional
com o artigo A com um total de linha de 100 e o artigo B com um total de
linha de 200, será lançada a conta 71112 com o valor de 100 e a conta
71111 com o valor de 200.
Quando não é encontrada definição no grupo de compra/venda do artigo ou nas contas
por omissão, não será lançada qualquer conta.

Tabela de equivalência de tipos de artigos


No ecrã de configuração da exportação para a contabilidade, encontra-se disponível o
Tabelas, onde, seleccionando a tabela de tipo de artigos, poderá efectuar a
correspondência entre os tipos de artigos e o dígito usando para a composição de
contas para a ligação à contabilidade.

www.sage.pt 603
Manual Retail

Configuração de Contas

Configuração de Contas
Esta opção permite definir o formato de ligação à contabilidade.

Modelo
Indicação da aplicação de contabilidade para a qual se pretende exportar os
movimentos.

Através do botão poderá:

Exportar o modelo visualizado em ecrã para que possa ser importado noutra
empresa

Importar um modelo previamente exportado


Na directoria de instalação da aplicação, em Models\Accounting, estão disponíveis
alguns modelos com as movimentações padrão dos diversos formatos de exportação.

Campos de cabeçalho de ficheiro


Para alguns formatos, nomeadamente ContaPlus ou Contabilidade Gestexper, antes
de definir o formato do ficheiro, deverá indicar outras informações, nomeadamente:
Código da empresa a que se destina o ficheiro com os movimentos contabilísticos
Sigla da aplicação exportadora
Número da Delegação exportadora
Observações

www.sage.pt 604
Manual Retail
Campos de detalhe do documento
Nesta área deverá ser configurado o movimento contabilístico propriamente dito:

Documento
Tipo de documento da aplicação para o qual se pretende configurar a ligação à
contabilidade (natureza e documento).
A configuração poderá ser efectuada para todos os documentos da mesma
natureza (ex: facturas) ou documento a documento (ex: FAC); para tal deverá
definir a natureza ou o documento.

Tipo de zona
Indicação do tipo de zona

Código do diário
Código do diário da contabilidade onde serão lançados os movimentos
contabilísticos

Código do documento
Código do documento da contabilidade onde serão lançados os movimentos
contabilísticos

Seguidamente deverá indicar as contas e os valores a lançar em cada uma das contas
usando para isso os seguintes campos:

Agrupamento
Esta check box indica que as contas são agrupadas.

Apenas para o modelo de exportação for SAGE L50 – Standard


Caso utilize a configuração de contas por grupos de artigos (Grupo de
compra/venda na ficha de artigos, Grupo de compra e grupo de venda, Contas

www.sage.pt 605
Manual Retail
de grupos por omissão), indicar que o agrupamento é sempre
efectuado. Esta indicação será efectuada marcando a check-box da linha de
configuração:

Usando as novas configurações é obrigatória a selecção desta check-box.

Conta
É a conta de lançamento na contabilidade. Neste campo poderá indicar
directamente a conta ou uma fórmula. Se utilizar uma fórmula, poderá utilizar as
variáveis disponíveis para o efeito. Se carregar no botão fx (coluna a seguir à
conta), surgirá o Editor de fórmulas. Estas variáveis permitem o mapeamento entre
a informação da aplicação e a contabilidade.

Apenas para o modelo de exportação for SAGE L50 – Standard


Na coluna Conta deverá indicar que a conta é lida das definições de contas nos
grupos de compra/venda, isto é, indicar <G>:

Se o artigo não tiver grupo de compra/venda ou se não existir conta definida no grupo,
será usada a conta por omissão (opção Contas de grupos por omissão)

www.sage.pt 606
Manual Retail

Valor
É o valor a ser lançado na linha. Este campo deverá conter uma fórmula. Se utilizar
uma fórmula, poderá utilizar as variáveis disponíveis para o efeito. Se carregar no
botão fx, surgirá o Editor de fórmulas.
Se o valor calculado neste campo for igual a zero, esta linha não será lançada na
contabilidade

Apenas para o modelo de exportação for SAGE L50 – Standard


Na coluna Valor, deverá indicar a conta a usar (ex: ComMN)
Consulte Novas fórmulas de vendas e Novas fórmulas de compras para mais informações.

Sinal
Sentido do movimento contabilístico: Débito ou Crédito

Desc
Descrição da linha do movimento contabilístico. Neste campo poderá conjugar texto
com variáveis. Se utilizar variáveis para a composição da descrição, poderá utilizar
as variáveis disponíveis para o efeito. Se carregar no botão fx, surgirá o Editor de
fórmulas.

Editor de fórmulas
O editor de fórmulas auxilia o utilizador na configuração da ligação à contabilidade
nomeadamente.

www.sage.pt 607
Manual Retail

Dependendo do campo onde se pretende configurar a fórmula, serão mostradas


variáveis diferentes. Serão mostradas, por exemplo, as seguintes variáveis para a
configuração da Conta e Descrição do movimento:
<V> Vendedor indicado no documento.
<Z> Zona indicado no documento.
<E> Cliente/Fornecedor indicado no documento
A variável <E> irá devolver o conteúdo do campo Contabilidade do separador Outros
dados da ficha de Cliente/Fornecedor; caso pretenda que a conta contabilística seja
composta pelo código do Cliente/Fornecedor, deverá usar <E,N> em que N indica o
número de dígitos da conta (ex: <E,3>, para o cliente 1, será exportado 001).
<S> Série do documento
 <S,3> irá devolver a série (3 caracteres) indicada na tabela de equivalências
 <S,0> irá devolver o código da própria série
.......

Enquanto que, para a configuração do valor do movimento, serão mostradas variáveis


de valor:
<TOT> Total do documento
<TOTL> Total líquido do documento
<TOTPAG> Total pago
<TOTPEN> Total pendente
<ADT> Total líquido de adiantamentos
...

www.sage.pt 608
Manual Retail
Mapeamento da informação da aplicação para a contabilidade
através das variáveis
Na janela inicial da configuração, ao clicar no botão Tabelas, será mostrada a janela
de introdução de valores por tabela:

Do lado esquerdo está a lista das tabelas que podem ser mapeadas, do lado direito
estão os registos existentes a aplicação para a tabela seleccionada.

Por exemplo, para o Cliente com o código 1, podemos associar a conta 21110001 da
contabilidade. Para criar esse mapeamento, basta na coluna Geral, indicar a conta
21110001. Desta forma, sempre que for exportado um documento de venda do cliente
1, a variável <E> irá assumir o valor 21110001. Sempre que a aplicação não encontrar
um valor mapeado para uma variável, essa variável não terá nenhum valor.
Na parte inferior do ecrã, encontra-se ainda disponível uma opção - - que
permite ver os campos adicionais de ligação à contabilidade; estes campos não são de
parametrização obrigatória.

Poderá ainda usar os seguintes botões para, respectivamente, copiar, colar e apagar

as linhas de configuração de ligação seleccionadas

Novas fórmulas de vendas


Neste momento, esta configuração será usada unicamente se o modelo de exportação for
SAGE L50 – Standard.

Tipo de zona
Fórmula Descrição Pais do terceiro Tipo documento
(Documento)
Contas de vendas
VenMN Vendas no mercado Nacional Portugal
nacional
VenMNISP Vendas no mercado Inversão Sujeito Portugal
nacional, isentas com Passivo
direito a dedução
VenMNUE Vendas com IVA tributado Nacional Intracomunitário Documento de venda,
em Portugal para clientes mapa de IVA = soma
da UE
VenMNOUT Vendas com IVA tributado Nacional Outros países
em Portugal para clientes
estrangeiros
VenUE Vendas intracomunitárias Intracomunitária Intracomunitário

www.sage.pt 609
Manual Retail

ou vendas para a UE não


tributadas em Portugal
VenOUT Exportações ou vendas para Outros países Outros países
estrangeiro não tributadas
em Portugal
Contas de devolução de vendas
DVenMN Vendas no mercado Nacional Portugal
nacional
DVenMNISP Vendas no mercado Inversão Sujeito Inversão Sujeito
nacional, isentas com Passivo Passivo
direito a dedução
DVenMNUE Vendas com IVA tributado Nacional Intracomunitário
em Portugal para clientes
da UE
Documento de venda,
DVenMNOUT Vendas com IVA tributado Nacional Outros países
mapa de IVA = subtrai
em Portugal para clientes
estrangeiros
DVenUE Vendas intracomunitárias Intracomunitária Intracomunitário
ou vendas para a UE e não
tributadas em Portugal
DVenOUT Exportações ou vendas para Outros países Outros países
estrangeiro não tributadas
em Portugal

Novas fórmulas de compras


Neste momento, esta configuração será usada unicamente se o modelo de exportação for
SAGE L50 – Standard.

Tipo de zona Pais do


Fórmula Descrição Tipo documento
(Documento) terceiro
Contas de compras
ComMN Compras no mercado Nacional Portugal
nacional
ComMNPR Compras mercado nacional Nacional Tipo de imposto no
a fornecedores com regime terceiro = isento
isenção ou peq. retalhistas
ComMNISP Compras mercado nacional, Inversão Sujeito Portugal
fornecedores com Iva Passivo
liquidado pelo adquirente
ComMNUE Aquisições Nacional Intracomunitário Documento de compra,
Intracomunitárias ou mapa de IVA = soma
aquisições na UE com IVA
tributado em Portugal
ComMNOUT Importações ou aquisições Nacional Outros países
com IVA tributado em
Portugal
ComUE Aquisições na UE com IVA Intracomunitária Intracomunitário
não tributado em Portugal
ComOUT Aquisições no estrangeiro Outros países Outros países

www.sage.pt 610
Manual Retail

com IVA não tributado em


Portugal
Contas de devolução de compras
DComMN Compras no mercado Nacional Portugal
nacional
DComMNPR Compras mercado nacional Nacional Tipo de imposto no
a fornecedores c/regime terceiro = isento
isenção ou peq. retalhistas
DComMNISP Compras mercado nacional, Inversão Sujeito Portugal
fornecedores com Iva Passivo
liquidado pelo adquirente
DComMNUE Aquisições Nacional Intracomunitário
Intracomunitárias ou Documento de compra,
aquisições na UE com IVA mapa de IVA = subtrai
tributado em Portugal
DComMNOUT Importações ou aquisições Nacional Outros países
com IVA tributado em
Portugal
DComUE Aquisições na UE com IVA Intracomunitária Intracomunitário
não tributado em Portugal
DComOUT Aquisições no estrangeiro Outros países Outros países
com IVA não tributado em
Portugal

Exportação de documentos
Acedendo ao menu Diversos - Utilitários - Ligação à Contabilidade - Exportação
de Documentos surge a janela de exportação:

www.sage.pt 611
Manual Retail
Na parte esquerda da janela poderemos indicar qual o modelo da
contabilidade a usar, o intervalo de datas desejado, bem como os documentos que
queremos incluir no ficheiro de texto. Carregando no botão Actualizar, são carregados
para a grelha todos os documentos que satisfaçam os critérios indicados. Fazendo
duplo clique na grelha, será apresentada a pré-visualização do documento (parte
inferior direita do ecrã). Podemos indicar ainda, para cada um dos documentos
listados na grelha, se este será exportado ou não (primeira coluna - Exporta).

Depois de seleccionados os documentos a incluir no ficheiro é necessário clicar em


Exportar para procedermos à exportação. No ecrã mostrado de seguida, basta indicar
o nome e a localização do ficheiro a gerar, para que o processo de exportação fique
concluído.

www.sage.pt 612
Documentos de transporte
Documentos de transporte

A partir da versão 2013.02.01 foram incorporadas alterações na aplicação necessárias


para o cumprimento do estabelecido nos decretos-lei 198/2012, 382/2012, 147/2003
(alterado pelo decreto-lei 198/2012 e pela lei nº 66-B/2012), bem como as mais
recentes alterações das portarias 160/2013 e 161/2013 que regulamenta o modo de
cumprimento das obrigações de comunicação dos elementos dos documentos de
transporte, previstas no regime de bens em circulação.

Comunicação de Guias à AT
O decreto-lei 198/2012 procede à alteração do regime de circulação de bens que
sejam objecto de transacções entre sujeitos passivos de IVA. O processamento dos
documentos de transporte passam a ser então emitidos:

Por via electrónica, devendo estar garantida a autenticidade dos documentos


emitidos;
Através de programa informático que tenha sido objecto de prévia certificação pela
autoridade tributária;
Através de software produzido internamente pela empresa ou por outra pertencente
ao mesmo grupo económico;
Directamente no Portal das Finanças;
Em papel, utilizando-se impressos numerados seguida e tipograficamente.
Os documentos emitidos através de programa informático certificado e em papel
com impressos numerados seguida e tipograficamente deverão ser emitidos em
triplicado.
Além da obrigatoriedade de emissão, passa a ser obrigatório comunicar à AT os
elementos dos documentos emitidos, antes do início do transporte.

A comunicação referida no último ponto pode ser feita da seguinte forma:

Por transmissão electrónica de dados para a AT, no caso de Guia de Transporte


devidamente autenticada e no caso da respectiva emissão ser feita no site das
finanças;
Através de serviço telefónico disponibilizado para o efeito, com a indicação dos
elementos essenciais do documento emitido e com a obrigatoriedade de os mesmos
dados serem inseridos no Portal da Finanças até ao 5º. dia útil seguinte.

Nos termos da portaria 161/2013, não é obrigatório a comunicação de documentos de


transporte sempre que o destinatário ou adquirente seja consumidor final. Por isso, se
no documento de transporte for incluído um NIF de um Consumidor final ou se na ficha
do cliente lançado está indicado que o tipo de sujeito passivo é Consumidor final, o
documento de transporte não será comunicado à AT.

As validações a efectuar são então as seguintes (respeitando desta forma as novas


regras de facturação):

www.sage.pt 613
Manual Retail
Se o cliente está indicado na venda, então a aplicação verifica o Tipo de
sujeito passivo indicado na ficha do cliente e a comunicação é efectuada apenas para
os documentos dos clientes onde este campo é Sujeito passivo de IVA;
Se cliente indicado na venda não é sujeito passivo ou não é indicado cliente na
venda, então é avaliado pelo NIF lançado no próprio documento se esse documento
deve ou não ser comunicado (se o NIF começa por 5 ou 6, considera-se Sujeito
passivo de IVA e é feita a comunicação, caso contrário considera-se Consumidor final
e não é comunicado o documento).

No caso dos documentos de fornecedores, a comunicação é igualmente efectuada nos


casos em que o fornecedor seja sujeito passivo; uma vez que não existe indicação na<