Você está na página 1de 1

Kerigma e economia divina

Se pudéssemos resumir a missão de Deus em poucas palavras


seriam: a criação e a redenção de sua criação para sua glória. Quem se
propõe a proclamar o evangelho, deve configurar sua ação dentro desta
realidade. Abaixo apresento três condições bíblicas necessárias para
uma ação missional da Igreja.

I. Ser fiel ao conteúdo do evangelho


A proposição acima revela o calcanhar de Aquiles de muitos que
tentam empreender ações missionários-evangelísticas no mundo
contemporâneo. Muitos a título de uma suposta “contextualização”,
estão adulterando e até mesmo falsificando o real conteúdo do
evangelho, ocasionando um tipo de esquizofrenia evangélica. De outra
parte, outros à guisa de um suposto “conservadorismo-bíblico”, dão o
evangelho a conta-gotas gerando uma igreja de gueto. Ao cristão
coerente cabe sempre fugir de tais extremos e, seguir a orientação
bíblica: “anunciar o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo” (Ef
3.8).
II. Entender seu papel de coadjuvante
A todos aqueles que foram salvos em Cristo é facultado o Dever-
direito de compartilhar o evangelho da salvação (Mt 28. 18-20; At 1.8),
porém, a missão da igreja (missio eclesiae) deve ter carácter
coadjuvante; tendo como protagonista o Deus-Trindade (missio Dei). A
ação missional da Igreja é a configuração do testemunho da
autorrevelação de Deus em Cristo (Fp 2.6-11), em obediência à
convocação de Jesus Cristo (Jo 20. 21).
III. A missão visa a glória de Deus
Toda obra realizada pela igreja deve ter como finalidade à glorificação
do Deus-Triúno. Sobre isso o catecismo de Westminster em sua
primeira pergunta traz grande contribuição: Qual é o fim supremo e
principal do homem? O fim supremo e principal do homem é glorificar a
Deus e gozá-lo para sempre. Ao contrário do que muitos afirmam, o
papel primeiro e principal da Igreja é adorar à Deus; enquanto
comunidade de adoradores ela também exerce seu papel missional.
Em resumo, não basta apenas ter o desejo de agir em prol da obra
de Deus, existem requisitos a serem cumpridos como expostos acima.