Você está na página 1de 2

ADMINISTRAÇÃO

CHIAVENATO, Idalberto. Teoria Geral da Administração.

MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Introdução à administração. Atlas, 2000.

DRUCKER, Peter. Inovação e Espírito Empreendedor: Prática e Princípios (1985)

DRUCKER, Peter. A Administração na Próxima Sociedade (2002)

DRUCKER, Peter. Sociedade Pós-capitalista

DRUCKER, Peter. Introdução a Administração

DRUCKER, Peter. Desafios Gerenciais para o Século XXI

DRUCKER, Peter. Administrando em Tempos de Grandes Mudanças

DRUCKER, Peter. A prática da administração de empresas

DRUCKER, Peter. A nova sociedade

DRUCKER, Peter. Fronteiras do amanhã

DRUCKER, Peter. Administrando para o futuro – os anos 90 e a virada do século.

ADMINISTRAÇÃO (Abordagem crítica)

ALVESSON, M.; WILLMOTT, H. Critical management studies. London: Sage, 1992

FOURNIER, V.; GREY, C. At the critical moment: conditions and prospects for critical
management studies. Human Relations, v. 53, n. 1, p. 7-32, 2000.

GUERREIRO R. A. A nova ciência das organizações: uma reconceituação da riqueza das nações.
Rio de Janeiro: Editora da FGV, 1989

MOTTA, F. C. P. O que é burocracia. São Paulo: Pioneira, 1985.


MOTTA, F. C. P Teoria das organizações: evolução e crítica. São Paulo: Pioneira, 1986.
MOTTA, F. C. P Organização e poder: empresa, Estado e escola. São Paulo: Editora Atlas, 1990.

TRAGTENBERG, M. A teoria geral da administração é uma ideologia? Revista de Administração


de Empresas, v.11, n.4, p.7-21, 1971.
TRAGTENBERG, M. Burocracia e ideologia. São Paulo: Editora Ática, 1980a.
TRAGTENBERG, M. Administração, poder e ideologia. São Paulo: Editora Moraes, 1980b.
TRAGTENBERG, M. O conhecimento expropriado e reapropriado pela classe operária: Espanha
80. Revista Educação e Sociedade, n. 7, setembro de 1980c

GESTÃO DE PESSOAS E GESTÃO DO CONHECIMENTO

SENGE, Peter M. A quinta disciplina: arte e prática da organização que aprende. In: A quinta
disciplina: arte e prática da organização que aprende. 2006.

TAKEUCHI, Hirotaka; NONAKA, Ikujiro. Gestão do conhecimento. Bookman Editora, 2009.

TAKEUCHI, Hirotaka; NONAKA, Ikujiro;. Criação de conhecimento na empresa. Elsevier Brasil,


1997.
DAVENPORT, T. H. & PRUSAK, L. Conhecimento Empresarial. São Paulo: Campus, 1998.

STEWART, Thomas A. A riqueza do conhecimento: o capital intelectual e a organização do


século XXI. Campus, 2002.

STEWART, Thomas A. Capital intelectual: a nova vantagem competitiva das empresas. Rio de
Janeiro: Campus, 1998.

FLEURY, M. T. L. (Org.). Gestão estratégica do conhecimento: integrando aprendizagem,


conhecimento e competências. São Paulo: Atlas, 2001.

TERRA, J. C. C. Gestão do conhecimento: o grande desafio empresarial: uma abordagem


baseada no aprendizado e na criatividade. São Paulo: Negócio Editora, 2000.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas. Elsevier Brasil, 2008.

VERGARA, Sylvia Constant. Gestão de pessoas. 9 ed. São Paulo: Atlas, 2010. 213 p
DAVEL, Eduardo; VERGARA, Sylvia C. Gestão com pessoas, subjetividade e objetividade nas
organizações. Gestão com pessoas e subjetividade. São Paulo: Atlas, p. 31-56, 2001..

DUTRA, Joel Souza. Gestão de pessoas: modelo, processos, tendências e perspectivas. Atlas,
2002.
FISCHER, André Luiz; DUTRA, Joel Souza; AMORIM, Wilson Aparecido Costa. Gestão de
pessoas: desafios estratégicos das organizações contemporâneas. São Paulo: Atlas, 2009.

ESCOLAS APRENDENTES

SENGE, Peter. Escolas que aprendem. Penso Editora, 2005.

GOLEMAN, Daniel; SENGE, Peter. O foco triplo: uma nova abordagem para a educação.
Objetiva, 2016.

FULLAN, Michael; HARGREAVES, Andy. A escola como organização aprendente: buscando uma
educação de qualidade. Artmed, 2000.

HARGREAVES, Andy. O Ensino na Sociedade do Conhecimento: a educação na era da


insegurança. Porto: Porto Editora, 2003.

SCHÖN, Donald A. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a


aprendizagem. Penso Editora, 2009.

ALARCÃO, Isabel. Escola reflexiva e nova racionalidade. Artmed Editora, 2001.

Você também pode gostar