Você está na página 1de 71

Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 1
Cetep Duque de Caxias

Os 10 Mandamentos das Manicures

1- Tire as vendas dos seus olhos e veja como a nossa profissão cresceu.

2- Aceite as mudanças sem preconceitos.

3- Se coloque em postura de PROFISSIONAL.

4- Seja organizada em seu local de trabalho.

5- Não seja egoísta, execute apenas os trabalhos de estética de pés e


mãos, indique profissionais qualificados para casos específicos.

6- Seja consciente; precisamos trabalhar com ferramentas devidamente


esterilizadas.

7- Tenham respeito aos clientes, pois eles são nossos patrimônios, portanto
precisamos preservá-los.

8- Divulgue seus trabalhos e aumente suas rendas.

9- Aprenda a administrar o seu dinheiro.

10- Invista em sua profissão, participe de cursos e congressos, coloque em


prática tudo o que aprender e não se esqueça: você deve se tornar uma
PROFISSIONAL. Tenha prazer e entusiasmo em trabalhar, assim você
alcançará o SUCESSO.

----------Apostila de Manicure--------- 2
Cetep Duque de Caxias

APRESENTAÇÃO

O Núcleo de Imagem Pessoal tem como finalidade proporcionar uma formação


abrangente na área de beleza, buscando apoiar-se nas reais necessidades do mundo do
trabalho e favorecendo a qualificação com foco na perspectiva das competências
humanas e técnicas, dentre elas: a competência da criatividade, senso de beleza,
coordenação motora e autonomia, assim como os cuidados com a apresentação pessoal,
habilidade para lidar com pessoas, postura ética, senso analítico e crítico.

Com o conteúdo atualizado e abrangente, Unhas: técnicas de embelezamento e cuidados


básicos com mãos e pés é uma excelente referência para os profissionais que querem
enriquecer sua formação.

E mais: uma descrição detalhada e com fotos dos principais passos da prática de
embelezamento de mãos e pés.

Equipe Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 3
Cetep Duque de Caxias

SUMÁRIO

1- Imagem pessoal

A importância do estudo e da formação profissional; principais aspectos do


atendimento; conselhos para a conduta adequada da profissional.

2- O ambiente é tudo

Apresentação pessoal e organização do local de trabalho; instrumentos, materiais,


produtos e equipamentos; a questão da boa postura da profissional; exercícios para
relaxamento.

3- O maravilhoso universo de pés, mão e unhas

Noções de anatomia de mãos, pés e unhas; principais problemas (unhas encravadas,


fracas, calos, micoses); fatores que interferem na saúde das unhas; como evitar
contaminação; conselhos para a escolha de calçados adequados.

4- Manicures em ação

O passo a passo do embelezamento de mãos e pés e da cutilagem a seco, mostrando


fotos.

----------Apostila de Manicure--------- 4
Cetep Duque de Caxias

CAP I

ETICA PROFISSIONAL

CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL – PARA QUÊ E POR QUÊ?

O Código de Ética Profissional deve ser resultante de um pacto profissional em torno


das condições de convivência e relacionamento existente entre as categorias integrantes
de um mesmo setor profissional, visando uma conduta cidadã, ou seja, uma conduta
profissional, direcionando atitudes e posturas dentro da ÉTICA.

O objetivo deste Código e Orientação são:

1. Ser um instrumento de clarificação e ajuda à decisão ética dos profissionais da


Beleza.

2.Dar aos clientes dos serviços de beleza (estética facial e corporal, massoterapia,
drenagem linfática, corte / escova, manicuro, coloração / química, etc...) a confiança de
que os profissionais respeitam os seus direitos.

3. Apresentar à sociedade o compromisso de que os profissionais de Beleza, que


trabalham no Estado do Rio de Janeiro, assumem perante os valores éticos que norteiam
a sua atividade profissional.

4. Ajudar a integração profissional de novos membros, expressando sucintamente os


valores da profissão.

5. Orientar os profissionais, quanto a necessidade de aprimoramento profissional.

6. Formação do seu Estabelecimento.

7. Como tratar da Higiene / Bio-segurança.

8. Responsabilidades dos profissionais para com o cliente, e tantos outra pertinente ao


profissional.

9. Orientar o registro dos profissionais.

----------Apostila de Manicure--------- 5
Cetep Duque de Caxias

PRIMEIRA PARTE

Capitulo I

Da Liberdade intelectual
Os profissionais da Beleza no Estado do Rio de Janeiro são defensores intransigentes do
acesso à informação e unem esforços para que esta atitude seja corroborada por uma
prática, contínua e exigente, de alerta contra todas as formas possíveis de lisura ao
cliente.
Os profissionais da Beleza no Estado do Rio de Janeiro assumem como próprias as
seguintes responsabilidades:

Art 1º. Facilitar o acesso dos utilizadores dos serviços de Beleza a informações sobre as
datas de validades de produtos e registros quando solicitados.
Art 2 º. Utilizar-se do maior numero possível de materiais descartáveis, assegurando ao
cliente a higienização.
Art 3 º. Manter a sua Outorga profissional (Certificado), sempre que possível em local
de fácil visibilidade, facilitando com isso que o cliente posso identificá-lo.
Art 4 º. Higienizar todo material (ferramentas), na utilização do próximo cliente à
temperatura e condições elencadas na Lei 6437/77 e Dec-Lei 214/75
Art 5 º. Elaborar, participar na elaboração, conhecer, apoiar e divulgar informações que
venham ser facilitador para os profissionais.
Art 6 º. Manter o seu registro no Órgão de Registro dos Profissionais de Beleza do
Estado do Rio de Janeiro (ORPBERJ), atualizado. Pub. no DO.31/08/05.Guia
2305900/AGNIT.Res 01/2005.
Art 7 º. Entregar, sempre que exigido pelo empregador, cópia do registro profissional.
Parágrafo Único - Consideram os profissionais da Beleza que este código de orientação
ajudarão à integração, na atividade profissional.
Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o
direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem
consideração de fronteiras, informações e idéias por qualquer meio de expressão.

----------Apostila de Manicure--------- 6
Cetep Duque de Caxias

Capitulo II

Da Privacidade dos clientes dos serviços de Beleza

A privacidade vale por si própria.


Os profissionais da Beleza no Estado do Rio de Janeiro reconhecem a importância e a
singularidade de cada um dos seus utilizadores, e por isso respeitam a sua privacidade
como um direito.
Os profissionais da Beleza no Estado do Rio de Janeiro assumem como próprias as
seguintes responsabilidades:
Art 1 º. Utilizar as informações, de caráter pessoal, apenas para o fim a que foram
recolhidas.
Art 2 º. Considerar como dados em situação de privacidade: conversas sobre religião,
política,etc...
Art 3 º. Considerar abusivo qualquer pedido de informação cuja intenção seja violar a
privacidade de um cliente.

Capitulo III

Do Profissionalismo
Os profissionais da Beleza no Estado do Rio de Janeiro procurarão desempenhar as suas
atividades profissionais com o mais elevado grau de profissionalismo.
Os profissionais da Beleza no Estado do Rio de Janeiro assumirão como próprias as
seguintes responsabilidades:
Art 1 º. Assegurar um desempenho profissional competente.
Art 2 º. Considerar o sentido do dever para com os utilizadores dos serviços de Beleza
como o seu dever central.
Art 3 º. Aumentar o conhecimento público das possibilidades inerentes ao serviço que
realizam e dos serviços que disponibilizam.
Art 4 º. Procurar um contínuo desenvolvimento profissional, apoiando os colegas que
pretendam fazer o mesmo.
Art 5 º. Apoiar todas as normas profissionais cujo objetivo seja fomentar a competência
profissional.
Art 6 º. Considerar as necessidades de informação dos clientes, dos serviços e do
público em geral, acima dos seus próprios interesses e dos da organização na qual
trabalham.
Art 7 º. Informar os seus empregadores, responsáveis dos serviços, colegas e
utilizadores, da existência de conflitos de interesse que possam surgir durante a
atividade profissional.
Art 8 º. Contribuir para a definição de uma política de desenvolvimento da categoria.
Art 9 º. Promover, pelo seu modo de agir, a confiança do público na correção
de processos e na eficiência profissional.
Art 10. Manter a confidencialidade da informação dentro do estabelecimento nos quais
trabalham. Este respeito mantém-se mesmo para além da cessação do vínculo laboral.

----------Apostila de Manicure--------- 7
Cetep Duque de Caxias

Art 11. Ter consciência do âmbito da sua atividade profissional, não dando de si
próprios, ou da organização na qual estão inseridos, uma visão que ultrapasse os limites
da sua especificidade profissional.
Art 12. Estabelecer contratos justos, quer com os clientes dos seus serviços, quer com os
fornecedores, e de nenhum modo permitir que os seus interesses pessoais sejam
beneficiados nesses contratos.
Art 13. Proceder de tal modo nas relações com os clientes dos serviços que a sua
conduta seja objetiva e imparcial.
Art 14. Assegurar-se de que a informação fornecida aos clientes é adequada, completa e
claramente esclarecedora.
Art 15. Aceitar a responsabilidade pela qualidade do seu trabalho e pelas conseqüências
de erros cometidos por imprudência ou imperícia (descuido).
Art 16. Fornecer a melhor informação possível de acordo com as necessidades dos
clientes, ou indicar o serviço mais adequado.
Art 17. Adquirir uma formação que corresponda às necessidades concretas de um bom
desempenho profissional.
Art 18. Considerar que estar atualizado é parte essencial da ética e do desenvolvimento
profissional.
Art 19. Completar lacunas na sua formação, mantendo um atualizado conhecimento das
práticas profissionais, com uma atitude ativa de procura de conhecimentos de âmbito
profissional.
Art 20. Contribuir para o desenvolvimento da investigação científica nas ciências da
Beleza.
Art 21. Trocar informação de âmbito profissional, através das associações profissionais,
dando informações, publicando artigos, livros, ou propondo iniciativas de formação.
Art 22. Apoiar a participação em cursos, seminários, jornadas, conferências ou
quaisquer outras ações que alarguem o espectro de conhecimentos de caráter
profissional.
Art 23. Partilhar conhecimentos entre os profissionais e os utilizadores de serviços de
Beleza, de modo a aumentar a eficácia da profissão.
Art 24. Informar o público das ações de âmbito profissional que neste domínio se
realizam.
Em consonância com o respeito que têm pela Constituição da Republica Federativa do
Brasil, os profissionais da Beleza no Estado do Rio de Janeiro comprometem-se a
cumprir este Código de Orientação nas suas atividades profissionais.

----------Apostila de Manicure--------- 8
Cetep Duque de Caxias

Dos Discentes e Docentes

Art 1 º. – O aluno matriculado obriga-se sempre a manter limpo o local de trabalho, bem
como a seu uniforme.
§ 1 º - Respeitar os colegas alunos, docentes e clientes a que estejam atendendo nas
áreas de estágio e afins.
§ 2 º - Utilizar-se sempre de seu material de trabalho, higienizando-o, após cada uso.
Art 2 º. – Ao docente cabe incentivar o aluno à leitura, pesquisa indicando bibliografias,
revistas, filmes sobre assuntos, ressaltando também a importância dos eventos e sua
participação.
Art 3 º. – Manter-se atualizado de forma a elevar o conhecimento de seus alunos,
buscando com isso o bom desempenho profissional.
Art 4 º. – Fomentar a importância do Órgão de Registro de Profissionais da Beleza do
Estado do Rio de Janeiro (ORPBERJ / Res. 01/2005)), que manterá o registro dos
profissionais formados e estabelecidos no âmbito do Estado.
Art 5 º. – Os alunos ou profissionais estabelecidos ou formados em uma das profissões
elencadas nesse código, poderá fazer seu registro profissional no (ORPBERJ / Res.
01/2005) e este manterá os dados sempre atualizados pelos registrados, que o
fornecerão.O órgão emitirá a carteira própria com o número do registro e o certificado
de registro que deverá ser renovado anualmente.
P.Único - Ao órgão caberá estipular suas taxas e formas de administração para manter o
bom funcionamento e serviço e ainda, sempre que solicitado, as grades dos referidos
cursos.
Art 6 º. – A todo docente é recomendado ter um curso de didática mesmo que esse não
seja específico para a área destinada.

SERVIÇOS
Manicuro e Pedicuro

1. - usar toalhas individuas de acordo com orientações,


2. - materiais como: alicates, afastadores ou similares devem ser limpos,
embalados e esterilizados,
3. - usar protetores plásticos e descartáveis nas bacias,
4. - lavar as bacias com água e sabão apos cada uso,
5. - usar lixas descartáveis,
6. - questionar o cliente sobre possíveis alergias ao esmalte.

----------Apostila de Manicure--------- 9
Cetep Duque de Caxias

A Manicure Inspirada e as Cores de Esmalte

A manicure poetisa ... deserto ...


Tem alma leve de brisa ! Onde as mãos viram um oásis sem ninguém por perto!
Ela faz poesia com frescores ... Para ela peace é muito mais do que paz em inglês ...
Sobre os esmaltes e suas cores ! Pois é um esmalte azul onde a beleza tem vez !
Para a manicure repleta de poesia ...
Cada cor de esmalte tem um nome diferente, Cada esmalte possui uma magia !
Que mexe com a cabeça e a mente da gente !
Mas esta manicure vai além da fantasia ... Para ela Flash – Dance não é nome de um musical ,
Quando usa os esmaltes com maestria ! Nem um filme sobre uma dança fenomenal !
É um esmalte lilás escuro e cremoso ,
O esmalte da cor chamada renda , Que possui um segredo maravilhoso !
Quer que a manicure compreenda ,
Que ele é como o tecido da seda macia , Para a manicure sonhadora no amor ...
Que precisa ser colocado com harmonia ... Cada pomposa e divina cor ...
Esconde uma alegria e uma dor !
Numa unha forte , segura e delicada ,
Que sempre está apaixonada ! Para ela bombom não é um chocolate recheado ...
Para a doce e suave manicure da poesia ... E , sim , o nome de um esmalte amaciado ...
As cores dos esmaltes tem empatia ... Pela doce e açucarada cor marrom ,
Que nunca sai do tom !
Nos seus nome e texturas ...
Repletos de ternuras ! Para esta manicure com aura de donzela ...
Para ela a palavra condessa ... Gabriela não é a mocinha da novela ...
Não é só um título de nobreza ... E sim um esmalte carmim ,
Que enrubesce um Serafim !
Condessa é um esmalte rosa transparente ,
Que provoca uma paixão fremente ... Para ela geada não é um orvalho congelado ...
Num olhar lírico , apaixonado ... E , sim , um esmalte cintilante esbranquiçado !
E bastante atordoado ! Para ela café com leite não é a refeição das manhãs ...
E sim uma cor de esmalte que possui muitas fãs !
Não há nada que cure ...
Esta leve manicure , Para a manicure com alma de poesia ...
Que sempre enxerga poesia ... Todas os esmaltes trazem harmonia !
Em todos os seus dias ! Para ela pitanga não é o fruto da pitangueira ...
Mas a cor de um esmalte de alma faceira !
Para esta manicure que usa uma trança ...
Paris não é somente a capital da França ... Para ela lunar não é só algo relativo a Lua ...
É um esmalte claro , branco , E sim um esmalte que cobre a unha crua !
Cobiçado e muito franco ! Para ela Celebration não é só uma canção americana ...
Mas é um esmalte alegre , vistoso e bacana !
Para esta manicure a simples palavra neblina ... Para a manicure com um grande espírito ...
É muito mais do que um nevoeiro que fascina ... Tudo ao seu redor é muito mais lírico !

Os poetas e trovadores ... A manicure poetisa ...


Com os seus temores ! Tem alma leve de brisa !
Ela faz poesia com frescores ...
Para ela neblina é um esmalte rosado ... Sobre os esmaltes e suas cores !
Com um toque brilhante e estrelado !
Para esta manicure com alma de sereia ... Cada cor de esmalte tem um nome diferente ,
A comum e simples palavra areia ... Que mexe com a cabeça e a mente da gente !
É mais do que pequeninos grãos minerais ... Mas esta manicure vai além da fantasia ...
Pois, para ela , a areia tem sentidos especiais ! Quando usa os esmaltes com maestria .
Para ela areia é um esmalte com a cor do Luciana do Rocio Mallon

----------Apostila de Manicure--------- 10
Cetep Duque de Caxias

CAP II

O MUNDO DA BELEZA

O mercado deve ser enfrentado com um trabalho diferenciado e competitivo, a visão


arcaica e restrita deve dar lugar a uma visão mais abrangente, direcionando sua carreira
e seus conhecimentos de uma maneira mais ágil e flexível.
Num momento em que a satisfação do cliente é supervalorizada, temas como o
relacionamento interpessoal, comunicação, marketing, qualidade dos serviços e o
atendimento personalizado são obrigatórios, devemos ter um interesse genuíno em
servir da melhor maneira o nosso cliente, conhecendo-o, e principalmente sabendo ouvi-
lo, procurando atender e superar as suas expectativas. Desvendando a exigência de
eficiência e qualidade, não sob nosso ponto de vista, mas dos clientes, direcionando
nossas estratégias e ações prioritárias no intuito de atraí-lo e fidelizá-lo.

Pense a respeito: Você sabe por que os clientes voltam sempre ao atendimento, e são
fiéis. Você sabe por que muitos clientes não voltaram mais.

O serviço de embelezamento é no geral, visível ao cliente, vivenciada e avaliada em


cada detalhe. De nada adianta um profissional brilhante tecnicamente se ele não entende
as percepções dos clientes, pois a qualidade é qualquer coisa que os clientes afirmam
ser, qualquer coisa que o cliente perceba como tal. E todos os contatos ou interações
entre o profissional da beleza e o cliente determinam a dimensão funcional da
qualidade.

Os aspectos mais valorizados nos serviços:

1º capacidade técnica do profissional,


2º atendimento e preço,
3º boa qualidade dos materiais e equipamentos,
4º limpeza e higiene,
5º Biosegurança (tem subido na importância dada pelos clientes)

É preciso absorver a nova postura na relação profissional/cliente, pensar no todo,


expandir nosso horizonte. Cabe ao profissional adaptar-se às mudanças, de forma a
melhor suprir as necessidades e expectativas deste novo mercado, pois os
“profissionais” já o estão perdemos clientes pela indiferença no processo de
atendimento.

----------Apostila de Manicure--------- 11
Cetep Duque de Caxias

TUDO COMEÇA NA SALA DE AULA

Para ingressar nesse promissor campo de trabalho, é preciso, antes de mais nada,
estudar. Sim! Não pense que a arte de ser manicure pode ser aprendida com uma tia,
uma avó ou uma amiga que saibam fazer unha direitinho. Nem mesmo as autodidatas
são capazes de dominar todas as técnicas e os cuidados para realizar um trabalho de
primeira e evitar danos ao cliente. Somente um curso de qualificação poderá colocar
você nesse mercado da melhor maneira possível.

Não há como negar: para você se tornar manicure, a formação adequada é o melhor
investimento. A maioria dos salões, especialmente nas grandes capitais brasileiras,
prefere admitir pessoas que tenham qualificação para executar o embelezamento de pés
e mãos. Assim, fica mais fácil para essa profissional freqüentar outros cursos que
incluam técnicas mais modernas e especializadas de atendimento. A experiência
adquirida na sala de aula é levada pela vida inteira e as informações, que devem ser
sempre atualizadas, podem alimentar muitos anos de carreira. Tenha em mente: a
disposição e a vontade de conseguir uma boa formação podem significar o começo de
uma bela história profissional para você.

----------Apostila de Manicure--------- 12
Cetep Duque de Caxias

A ARTE DE RECEBER O CLIENTE

Atendimento

O atendimento acontece sempre que um cliente ou potencial cliente entrar em contato


com sua empresa, seja por telefone, por e-mail seja pessoalmente.
No caso de salão de beleza, identificam-se 4 (quatro) momentos em que acontece o
atendimento. São eles:

1. Telefone

Na maioria das vezes este é o primeiro contato do cliente com sua empresa.
Utilizado para marcar horários e serviços a serem consumidos;

2. Recepção

Este pode ser o segundo contato. Neste momento o atendimento será para recepcionar o
cliente e encaminhar aos profissionais que prestarão os serviços;

3. Profissionais

Geralmente o terceiro contato. Este atendimento é fundamental. É aqui que o cliente


passa pela experimentação dos serviços e das promessas feitas pela empresa. O ponto
crítico neste atendimento são as informações e a forma como ele é prestado.

4. Pós-serviço

Também considerado como parte do atendimento quando acontece com o cliente ainda
no salão. Momento de acertar os valores dos serviços prestados, de perceber e perguntar
sobre a satisfação do cliente, de agradecer sua preferência e da despedida.
Hoje em dia, é indiscutível que a excelência no atendimento ao cliente é um dos maiores
diferenciais que seu salão pode ter para conquistar clientes e o fator principal para o
crescimento das vendas. Não existe empresa estabilizada que prospere e conquiste
mercado sem clientes satisfeitos!
Pensando nisso, foram selecionadas algumas dicas para observar o atendimento aos seus
clientes:

Atendimento ao Telefone

- Atenda antes do terceiro toque;


- Seja cordial e sorria, mesmo ao telefone. O cliente sente sua simpatia e seu sorriso.
Assim como sente sua indiferença;
- Identifique seu salão pelo nome;
- Cumprimente o cliente com um: “Bom dia”, “Boa tarde” ou “Boa noite”!
- Identifique-se dizendo o seu nome;
- Identifique o nome do cliente e passe a chamá-lo pelo nome;

----------Apostila de Manicure--------- 13
Cetep Duque de Caxias

- Ouça o que o cliente deseja;


- Troque informações com o cliente. Esclareça dúvidas que surgirem. Anote os dados do
cliente;
- Ao final da conversa reforce junto ao cliente o que foi acordado como horários,
serviços, profissionais, etc.
- A despedida deve ser positiva. Agradeça a preferência, deseje um bom dia, uma boa
tarde, uma boa noite.

Atendimento na Recepção

- Recepcione o cliente com um sorriso sincero;


- Cumprimente-o;
- Identifique o cliente perguntando seu nome (se você não souber);
- Identifique-se dizendo seu nome (se ele não souber);
- Confirme o horário e os serviços;
- Se o cliente precisar aguardar conduza-o a sentar, ofereça um entretenimento (café,
revista, jornal, livro, catalogo, etc.). De acordo com o perfil do cliente.
- Encaminhe-o ao profissional que irá prestar o serviço. Caso o cliente ainda não
conheça o profissional, apresente-os. Informe ao profissional os serviços que o cliente
irá consumir;
- Deixe o cliente à vontade e coloque-se a disposição.
Atendimento pelo profissional
- Identificar o cliente pelo nome;
- Perguntar ao cliente o que ele está pretendendo, qual o resultado que espera do
serviço;
- Passar informações, trocar idéias e percepções sobre os serviços. Dar sugestões
adequadas ao perfil do cliente;
- Explicar como será realizado o serviço;
- Observar o perfil do cliente e interagir conforme este perfil. Mais comunicativo, mais
aberto, mais sorridente, mais discreto, mais tímido, etc.;
- Deixe o cliente totalmente à vontade;
- Passe informações de como proceder após o serviço. Dê dicas.
- Após executar o serviço pergunte ao cliente sobre sua satisfação;
- Se necessário, reforce dicas e informações;
- Agradeça e conduza o cliente até o próximo serviço ou até a recepção;
- Se despeça de forma positiva e se coloque a disposição sempre.

Atendimento Pós-Serviço

- Verifique a satisfação do cliente;


- Informe o valor a ser pago;
- Responda as dúvidas que surgirem;
- Despeça com agradecimento pela preferência;
- Deseje uma boa semana;
Não esqueça que você pode ter clientes de várias faixas etárias, como: crianças,
adolescentes, idosos. O atendimento deve ser adequado a cada perfil de cliente assim
como o entretenimento!
Não negligencie com aqueles clientes que já são “da casa”, já são fiéis. Eles também
querem um excelente atendimento!

----------Apostila de Manicure--------- 14
Cetep Duque de Caxias

O AMBIENTE É TUDO

A boa higiene é um dos requisitos para a saúde do profissional de beleza e demais


profissões que têm como área de trabalho a pele humana. A cada dia, os profissionais
destas áreas vão evoluindo no Controle de Infecção Cruzada (CIC) nos seus gabinetes,
ou através da limpeza, esterilização, antissepsia dos equipamentos, ou pelo utilização de
produtos descartáveis. A tendência do utilizar de produtos descartáveis de uso único
para evitar risco de contaminação não é um fato recente. Se você analisar, esta
preocupação vem de longe, e está presente em todos os aspectos de nosso dia - a - dia. É
o caso de copos, seringas, agulhas, toalhas, preservativos, guardanapos e uma infinidade
de produtos.
Da AIDS à Hepatite Afinal, da AIDS à Hepatite B ,existe uma série de vírus,
bactérias, fungos (micose), colocando em risco a vida humana. Especificamente na
manicure, o Controle de Infecção Cruzada (infecção transmitida do paciente para o
profissional ou vice-versa) são a principal preocupação. Tanto para o profissional como
para o paciente (cliente), por isso, o uso de produtos descartáveis é fundamental e tem
cada vez mais aceitação dos pacientes. As luvas, apesar de serem muito importantes,
não são barreiras completamente impermeáveis, com freqüência sofrem perfurações e
rupturas que comprometem sua função. Se ocorrer um acidente perfurante, removam as
luvas, procedam a degerminação e coloquem um novo par.

**Higiene Pessoal**

É super importante a lavagem das mãos depois de trabalhar, assim você evita que se
contamine ou contamine alguém, não é nada bonito você acabar de fazer um pé e depois
comer ou colocar as mãos na boca e etc...
Também, é muito importante o uso de roupas brancas para certificar que estará sempre
limpa impecável, o uso de jaleco é muito importante para que a sujeira não entre em
contato com a sua roupa. lavá-las todos os dias também é imprescindível.

Dica: Logo que acabar uma cliente lave bem as mãos com um sabonete neutro, aplique
um pouco de álcool nas mãos para certificar-se de que estará limpo.
O uso de luvas e materiais descartáveis é muito importante para você e sua cliente. Isso
certificará de que você profissional, se preocupa com o seu bem estar e de sua cliente.

----------Apostila de Manicure--------- 15
Cetep Duque de Caxias

Contágio via manicure

Oque é hepatite C?
Trata-se de uma doença causada por vírus, o HCV.

Ela pode ser transmitida em contato com o alicate de unha usado pelas
manicures? Quais as outras formas de contágio?
O contágio acontece via manicure, somente em caso de o alicate estar com
sangue de um portador do HCV. O contágio normalmente se dá pelo contato
com o sangue e derivados de uma pessoa positiva para o vírus HCV. Ou seja,
a pessoa pode ser contaminada no contato sexual, nas transfusões de sangue,
pelo uso de seringa e agulha contaminadas por sangue HCV.

Quais os principais sintomas da hepatite C?


Normalmente a pessoa sente mal-estar, apresenta febre, enjôo, náuseas,
fígado dolorido e icterícia (pele e olhos amarelados).

Qual o tratamento? Há seqüelas? Quem teve a doença terá, forçosamente,


cirrose hepática?
As recomendações são de repouso, dieta e droga *virucida. Nem todos os
doentes terão cirrose hepática. Outra seqüela da doença pode ser carcinoma
pró cirrose.

Existe vacina contra a hepatite C e quais os outros tipos da doença?


Sim existe vacina para a hepatite C. A doença ainda tem as variações de vírus
A, B, D, E e F

Ainda sobre vacinas, o senhor recomenda as empregadas contra a gripe e


dengue?
Recomendo a da gripe para pessoas idosas e profissionais de saúde e a da
dengue para quem vive em área endêmica.

Na sua opinião, quais as vacinas que um adulto deve tomar, no Brasil?


A resposta depende da categoria profissional e do lugar de moradia. Para os
profissionais da saúde, a vacina contra hepatite. Quem habita ou freqüenta
regiões com surto de febre amarela deve ser vacinado. Recomendo ainda o
tétano a cada dez anos e, como já disse, a vacina contra gripe e pneumonia
para idosos.

* virucida - é uma substância desinfectante capaz de matar vírus.

----------Apostila de Manicure--------- 16
Cetep Duque de Caxias

Custo x Segurança
O Custo de materiais descartáveis e a ausência da sensibilidade nas mãos são
fatores negativos apontados pelos profissionais. O custo poderia ser minimizado com o
uso de Autoclave, que por sua vez, é um aparelho caro. Acontece e já foi demonstrado
que, após o uso, a luva pode apresentar microporos, quando não, macroporos,
principalmente nos dedos indicadores e polegares. Quanto a ausência de sensibilidade,
inúmeros testes comprovam que o uso de luvas não diminui a performance dos
profissionais em vários tipos de procedimentos. O que deve ser almejado é o hábito. Os
clientes aprovam e preferem. Se o profissional se sentir muito prejudicado com este
custo adicional (das luvas) , é melhor incluí - lo no preço do atendimento. O curso deve
estimular o uso da luva. E aqui, uma palavra aos colegas que têm costume de usar
relógio, anéis, pulseiras, alianças, unhas compridas, etc.: estes adereços não combinam
com o Controle de Infecção Cruzada. A questão não é estética, mas técnica, não há
como contestar. Despojemo-nos de tudo para trabalhar. Se o relógio de pulso é para o
controle do tempo de atendimento, compremos um relógio de parede.

A degermação (lavagem de mãos) é um procedimento de comprovada eficácia para o


Controle de Infecção Cruzada. Visa a remoção da flora transitória, células descamativas,
suor, oleosidade da pele e ainda quando associado a um anti-séptico promove a
diminuição da flora residente. O tempo da lavagem das mãos é importante, não só pela
ação mecânica, mas também para obter o efeito desejado pela ação do anti-séptico.
Anéis, pulseiras, alianças e relógio devem ser retirados antes de iniciar a lavagem de
mãos. Despojemo-nos de tudo para trabalhar se o relógio é para o controle de tempo de
serviço compremos um relógio para parede ou de mesa. Lembre se assim que
colocamos as luvas, um ambiente propício para o crescimento bacteriano é criado sobre
a pele. Desta forma devemos utilizar sabonetes liquido que possui na sua composição
um antisséptico, antimicrobianos, (Riohex, Glutaraldeido 2% ou Triclosan 0,25%), que
reduzem sensivelmente um grande número de microorganismos que vivem e cresce em
nossas mãos. E se um microorganismo (flora normal ou permanente) é introduzido
dentro das mesmas, estes produtos irão prevenir uma multiplicação de bactérias acima
dos níveis aceitáveis.

Lavagem básica de mãos com água e sabão líquido

- Friccionar as mãos com água e sabão líquido por aproximadamente 15 segundos


pelas diferentes faces, espaços interdigitais e unhas;
- A escovação deve ser no sentido cotovelo - unhas, as unhas são áreas criticas,
devem ser escovadas umas dez vezes, e o enxaguar se repita com escovação nos
mesmos sentidos.
- Enxaguar as mãos com água corrente;
- Enxugar em papel toalha descartável ou secador;
- Friccionar 3 a 5 ml de álcool glicerinado por 1 minuto pelas diferentes faces das
mãos, espaço interdigital e dedos. Deixar secar espontaneamente.
Indicações:
- Sempre que entrar ou sair do gabinete da manicure;
- Sempre que estiverem sujas;
- Sempre que manipular materiais ou equipamentos que estão ou estiveram
conectados a pacientes;
- No preparo de materiais ou equipamentos, durante seu reprocessamento.

----------Apostila de Manicure--------- 17
Cetep Duque de Caxias

O MARAVILHOSO UNIVERSO DE PÉS, MÃOS E


UNHAS

O Pé

Os ossos do pé, 26 ao todo, são


divididos em :
tarso,
metatarso,
falanges.

O ossos de tarso são 7 pequenos


ossos irregulares . A exemplo dos
ossos do carpo (na mão) articulam-
se e são mantidos próximos
através de ligamentos, permitindo a
absorção de choques, devido ao
peso do corpo, ao
caminharmos,etc.

Os 5 metatarsos em cada pé,


correspondem aos metacarpos da
mão.
As 14 falanges seguem a mesma
formatação da mão, o haloux
(dedão do pé), tem apenas 2.

Os ossos do pé formam um arco


duplo,no sentido antero-posterior e
lateral.
O Antero-posterior é apoiado atrás
pelo calcâneo (calcanhar), e na
frente pela ponta dos ossos do
metatarso.
Estes arcos aumentam a
resistência do pé em suportar os
peso do corpo funcionando como
amortecedores.

----------Apostila de Manicure--------- 18
Cetep Duque de Caxias

Mão: (32 ossos), dividida em três


partes, o carpo, metacarpo, e
falanges:
8 ossos do carpo,
5 ossos metacarpianos,
14 falanges,

O carpo é formado por 8 ossos,


organizados em 2 conjuntos de
quatro. Estes ossos são muito
próximos e fixados com ligamentos
fortes, porém flexíveis, que
permitem pequena mobilidade
podendo neutralizar, em grande
parte, um choque causado por uma
queda sobre as mãos. Se esta
região fosse constituída por um
único osso, a possibilidade de
ocorrer fraturas aumentaria muito.

Os ossos metacarpianos são os


cinco ossos longos palpáveis na
parte de trás da mão. Quatro deles
têm pequena liberdade de
movimentação, enquanto o que se
articula com o polegar possui
bastante mobilidade.

Esta característica da raça


humana, permite trazermos o dedo
polegar em oposição a cada um
dos outros dedos, fator
importantíssimo para manipulação
de objetos.

As falanges, são quatorze ossos


organizados linearmente de 3 em 3,
exceto o polegar com apenas 2.

----------Apostila de Manicure--------- 19
Cetep Duque de Caxias

A composição da unha
A unha é uma estrutura composta por queratina presente na ponta dos dedos da maioria
dos vertebrados terrestres. É produzida por glândulas em sua base que secretam grossas
camadas de queratina, que se mantêm aderidas à pele até a sua extremidade.
As unhas assumem formas e funções diferentes nas várias espécies animais. Na forma
de garras, servem para cavar ou agarrar um substrato ou um alimento. Na forma de
cascos, atuam absorvendo o impacto dos membros durante corridas ou para absorver o
peso do animal. Nos humanos e em muitos primatas, as unhas são reduzidas e
arredondadas, o que favorece a precisão na manipulação de objetos com a ponta dos
dedos, além de facilitar a ação de segurar galhos ou objetos com as mãos e pés.

DESCRIÇÃO ANATÔMICA DAS UNHAS

Matriz da unha: é uma fina e delicada camada de células que formam a unha, à
semelhança de um bulbo capilar formador de pêlo ou cabelo. As células da matriz se
dividem, migram para a raiz da unha e, lá, diferenciam-se, e produzem a queratina da
unha. A constante adição de novas células e sua produção de queratina são responsáveis
pelo crescimento da unha. Esta, à medida que vai crescendo, "desliza" sobre o leito
ungueal.

Leito ungueal: é a parte do dedo que podemos visualizar através da transparência da


unha, ao qual a unha é fortemente aderida e que é constituído por células epiteliais que
são contínuas com as camadas superiores da pele, conhecidas como estrato basal e
estrato espinhoso da epiderme.

Vale da unha: é o sulco formado entre as laterais da unha e a pele do dedo.

Corpo da unha: é a unha propriamente dita, ou a sua parte aderida através da qual por
transparência visualizamos o leito ungueal transparência visualizamos o leito ungueal.

Raiz da unha: é a porção da unha que fica incluída ("escondida") sob uma dobra da
pele. As células do leito ungueal situadas sob a raiz da unha constituem justamente
outra definição da matriz da unha.

Lúnula: é a "meia-lua" com aspecto de crescente, de tom mais claro, que é totalmente
visível nas unhas dos primeiros dedos (contados a partir do polegar) e que está
totalmente coberta nas unhas dos quintos dedos. A lúnula é descrita como um reflexo da
queratinização parcial das células nessa região.

Margem oculta: é a borda ou limite da unha onde se encontra a raiz.

Margem lateral: são as bordas ou limites laterais da unha, e que "mergulham" na pele
do dedo, formando os vales das unhas. A margem lateral é fortemente aderida sob uma
dobra de pele, à semelhança da raiz da unha.

----------Apostila de Manicure--------- 20
Cetep Duque de Caxias

Margem livre: é a borda ou limite externo da unha – a parte que costumamos lixar e
polir segundo as diferenças anatômicas individuais e objetivos estéticos para a produção
do som.

Perioníquio: é o espessamento da epiderme na margem lateral das unhas,


especialmente na proximidade de sua margem livre.

Eponíquio: é a borda da dobra cutânea que recobre a raiz da unha – também


conhecida como cutícula.

Hiponíquio: é o espessamento da epiderme que se une à borda livre da placa ungueal,


sob sua superfície inferior, e que se nota facilmente na mão em que mantemos as unhas
curtas para pressionar as cordas do violão na escala (ou "espelho" do instrumento),
facilmente perceptível assim que as aparamos mais rentemente.

UNHAS ENCRAVADAS, CALOS, MICOSES...


Quem trata esse problema?

Unha encravada - ocorre quando a borda lateral da unha fere a pele adjacente. As
causas mais prováveis são o corte de maneira incorreta das unhas e sapatos apertados.
Ocorre mais comumente nas unhas dos pés mas também raramente afeta as mãos. O
dedo mais atingido é o hálux, o dedão do pé.

Prevenção: A maneira correta de cortar as unhas é aparar apenas a borda anterior da


placa ungueal (unha) e jamais cortar suas bordas laterais. Se as bordas laterais forem
deformadas, as irregularidades criadas pelo corte incorreto associadas à pressão do
sapato, ao peso corpo e ao sentido do crescimento da unha farão com que haja lesão da
pele circunvizinha. Deve-se evitar também cortar as unhas muito curtas, deixá-las retas
em sua borda anterior, não tentar "arredondar" o corte em direção às bordas laterais.

Sinais e sintomas: Se não tratada, pode formar um granuloma piogênico, onde existe
um acúmulo de pus, e a pele ao redor fica inflamada (dor, rubor, calor e edema).

Calos - um calo é uma área dura de pele que se tornou grossa e rígida como uma
resposta a repetidos contatos e pressões. Já que o contato repetido é necessário para a
existência do calo, o local mais comum para ocorrência é nas mãos e pés. Os calos
geralmente não são nocivos, mas podem ser a fonte de outros problemas, como a
infecção.

Prevenção: A prevenção do Calo é feita basicamente não utilizando sapatos apertados


que causam excesso de calor nos pés, ocasionando o calo. Você deve prevenir para não
ter calos, porque os mesmos podem causar infecção e agravar a sua situação.

----------Apostila de Manicure--------- 21
Cetep Duque de Caxias

Micoses - Coceira entre os dedos, bolinhas na pele, ardor... Unhas manchadas,


esbranquiçadas ou amareladas, ocas ou porosas, que chegam a escamar ou cair. Seus pés
podem ter contraído micose, um dos males silenciosos que, quando atacam, podem
tornar-se sérios e até facilitadores de entrada de outras doenças.

Prevenção: É preciso usar um chinelo de borracha o maior tempo possível à beira da


piscina e em banheiros coletivos. Se possível, habitue-se a tomar banho com o chinelo,
retirando-o somente para lavar os pés (aproveite para lavar os chinelos neste momento).
- Após voltar da praia, lave bem os pés. Use uma escova de cerdas longas e macias para
fazer a assepsia das unhas, limpando as laterais no sentido do tornozelo para a ponta
(sentido proximal para distal). Cada cantinho e debaixo das unhas deve ser
cuidadosamente limpo.
Use sempre um desodorante ou talco para os pés com bactericida e fungicida (quem
transpira excessivamente deve preferir o desodorante porque o talco, em ambiente
úmido, cria resíduos).
- Use meias de algodão, que absorvem o suor. Mulheres que usam meias finas podem
usar, por baixo delas, meias do tipo sapatilha, de algodão, que são bem pequenas e
discretas e absorvem o suor dos pés.

Unhas fracas - As unhas das mãos e dos pés são compostas por camadas de proteina.
A espessura e a força das unhas são herdadas. Na pessoa com unhas quebradiças há
separação ou quebra das camadas que compõem a unha.

Prevenção: Pessoas com este tipo de problema devem limitar a quantidade de sabão
utilizado para lavar as mãos, assim como o tempo de exposição de suas unhas à água. O
uso de sabonetes suaves, hidratantes pode ser de grande auxílio.
Após secar as mãos com uma toalha, deve-se aplicar um hidratante na pele e nas unhas.
Os hidratantes disponíveis para venda ao público incluem:
- hidratantes cosméticos, que dão alívio rápido do ressecamento mas duram apenas
enquanto são aplicados. Para pessoas com unhas levemente frágeis ou cujo problema se
manifeste de forma intermitente, um hidratante cosmético pode ser suficiente para
resolver esta sensação de pele seca.
- hidratantes terapêuticos, que podem agir como uma barreira, impedindo a evaporação
da água das unhas. Muitos hidratantes terapêuticos contém óleo mineral, *petrolatum ou
uréia.

Quem trata esse problema?


As manicures devem aprender a reconhecer quando as unhas estão saudáveis ou não: “É
importante tratar a micose, e não cobri-la. Mas manicure não trata, nem o calista. Em
hipótese alguma ela pode receitar. Por isso, deve sempre encaminhar o cliente a um
podólogo ou a um dermatologista.

*petrolatum - Óleos de Petróleo

----------Apostila de Manicure--------- 22
Cetep Duque de Caxias

CAP III

As unhas podem revelar o estado de sua saúde

A unha é uma parte do nosso corpo, que


geralmente cuidamos mais da parte
estética e não nos preocupamos em saber o
que quer dizer quando elas estão:
amareladas, onduladas, com manchas
esbranquiçadas e etc.

As unhas são anexos cutâneos e são


formadas por diferenciação de alguns
segmentos da pele. Possuem muita
queratina e estão envolvidas no processo
de proteção do organismo em relação ao
meio externo. As unhas, mais até do que a
própria cútis, são termômetros do que está ocorrendo no organismo humano.

Um exame atento a estas estruturas pode auxiliar em diagnósticos difíceis, bem como
permitir um tratamento precoce de doenças internas, dizem os especialistas em
dermatologia. Isto ocorre porque estas estruturas crescem continuamente e recebem
estímulos hormonais diversos ou até mesmo alterações nutricionais – a unha pode
interromper seu crescimento ou apresentar alterações de estrutura.

Portanto, podem mostrar, em primeira mão, as alterações invisíveis por outros sintomas.
É interessante encarar as informações descritas neste texto como marcadores internos
que sinalizam, de forma precoce, problemas que podem ser melhor diagnosticados e
tratados.

A unha normal é transparente, lisa, suave, permanecendo colada ao seu leito e


apresentando crescimento contínuo adulto. A unha das mãos demora, em média, de 5 a
6 meses para crescer da base até a ponta, e as dos pés, de 8 a 12 meses. É bom lembrar
que existem variações individuais, relacionadas à etnia, idade, ambiente, ocupação, etc.
Diversas alterações na cor, aparência, superfície e crescimento podem significar
problemas internos.

----------Apostila de Manicure--------- 23
Cetep Duque de Caxias

Confira abaixo e identifique se suas unhas contêm alguns desses sintomas abaixo:

-Manchas esbranquiçadas: É causada por pequenos traumas, quando batemos a unha


pode haver interferência na linha de produção de células e causar a unha esbranquiçada.

-Manchas grandes brancas: São causadas pela ausência de zinco no organismo.

-Manchas amarelas ou unhas amareladas: Surge em pessoas que tomam antibiótico


por muito tempo, e em pessoas que fumam muito.

-Manchas arroxeadas: Causada por micose ou outra infecção.

-Fracas, quebradiças, com descamação: Falta de proteínas e vitaminas no organismo.

-Unhas deformadas: As unhas deformadas têm o nome de onicosquizia. Elas aparecem


em pessoas que usam em exagero as unhas no trabalho. Ex: Digitação.

-Linhas: Representa carência vitamínica protéica.

-Unhas pálidas: Quer dizer que você pode ter uma doença auto-imune, como por
exemplo, o lúpus.

-Unhas fracas: Falta de vitaminas e sais minerais como o ferro e o cálcio.

-Unhas encravadas: as unhas encravadas são causadas pelo corte errado da unha.
Devem ser tratadas adequadamente.

-Ondulações: Quer dizer alterações de personalidade exemplo: traumas contínuos.

-Unhas meio a meio: Insuficiência renal crônica.

-Unhas côncavas: Falta de ferro.

-Unhas convexas e sem brilho: Pode ser problemas cardíacos ou pulmonares

Muitas vezes, não damos a atenção que deveríamos dar às nossas unhas, e nem mesmo nos
lembramos de que elas podem indicar problemas de saúde.

Doenças:

• Anemia: Unhas quebradiças, secas, opacas, sulcos transversais (vários), coiloniguia


(formato côncavo da unha), onicólise (descolamento distal)

• Doenças cardíacas: Unhas curvadas para baixo, alargadas, coloração arroxeada e pontos
arroxeados.

• Doenças renais: Engrossamento das unhas, coloração amarelada ou cinzenta, linhas


transversais esbranquiçadas, unha metade marrom, metade clara.

----------Apostila de Manicure--------- 24
Cetep Duque de Caxias

• Doenças no fígado: Unhas de Terry – ocorre na cirrose – cor esbranquiçada na parte


proximal e coloração normal na parte distal, unha pálida amarelada, arredondamento e
aumento da unha.

• Doenças gastrointestinais: Pontos hemorrágicos, unhas doloridas, frágeis e que se


deslocam da parte distal ou descamam.

• Diabete: Unhas avermelhadas e com vasos na pele, engrossamento das unhas, micose
mais freqüente e engrossamento e endurecimento das pontas dos dedos.

• Hipertireoidismo: Afinamento e enfraquecimento das unhas, descolamento da parte


distal das unhas, abaulamento.

• Hipotireoidismo: Unhas opacas, engrossamento.

• Lúpus eritematoso: Hemorragia da cutícula, machas brancas na unha, depressão


*puntiforme e descolamento da parte distal da unha.

• Reumatismo: Unhas amareladas, sulcos transversais, lúnula avermelhada e


engrossamento sob a unha.

• Leucemia: Unha quebradiça, hiperqueratose (engrossamento) ou perda total da unha.

• AIDS: Infecção das unhas por fungos e cândida, vírus e herpes e sarcoma de Kaposi
(tumor vascular).

Deficiências Nutricionais

Vitamina A: Unha com aspecto de casca de ovo, esbranquiçada e quebradiça.


Vitamina B12: Linhas longitudinais escurecidas, cor azul enegrecida.
Vitamina C: Hemorragia subunguenal, pontos avermelhados no leito unguenal.
Zinco: Coloração acinzentada, cutícula seca e engrossada, descamação intensa ao redor das
unhas, linhas transversais bem acentuadas.
Nicotinamida B3 (pelagra – doença de alcoólatra): Linhas transversais esbranquiçadas,
ausência de brilho e descolamento da parte distal da unha.

Drogas:

Minociclina: Cor azulada nas unhas.


Tetraciclina: Cor marrom e descolamento distal.
Anticonvulsivantes: Diminuição do tamanho das unhas.
Antidepressivo: Unhas com manchas brancas.

Apesar destas indicações, apenas o medico pode diagnosticar qualquer doença.


*puntiforme

----------Apostila de Manicure--------- 25
Cetep Duque de Caxias

1 - FATORES QUE INTERFEREM NA BELEZA E


NA SAÚDE DAS UNHAS

O enfraquecimento das unhas é uma das reclamações mais constantes nos consultórios
dermatológicos e as mulheres são as principais vítimas desse mal porque estão mais
expostas aos agentes agressores tais como excesso de contato com água, produtos de
limpeza, corte errado, acetona, retirada excessiva de cutícula, uso excessivo de lixa e
esmaltes. Além disso, doenças como o hipotiroidismo, anemias, dieta inadequada,
carência de vitaminas, estresse, pouca hidratação, regimes de emagrecimento e reserva
de ferro baixa no sangue podem causar o problema. Colocar muita força na hora de
digitar também é uma causa muito freqüente.

1.1-DIABETES

ATENÇÃO: Cuidado com o pé diabético.

Pessoas portadoras de diabete devem ter um cuidado especial com os pés. Isso porque,
se o sangue do diabético mantém um alto nível de glicose, seus vasos sagüíneos podem
ficar lesionados e reduzir a circulação nessa região, dificultando a cicatrização de
ferimentos. Por isso, a presença de micoses, unhas encravadas, calos, feridas, pele fria e
muito seca ou com rachaduras, bolhas, inchaços, ou que apresente mudanças na cor são
sinais de alerta.
A lesão nos vasos também ocasiona a diminuição da sensibilidade. É comum portadores
da diabete se ferirem e só sentirem quando a lesão já está infeccionada. “Entre as
maiores complicações dos diabéticos, está o comprometimento da circulação periférica.
É muito comum os portadores da doença desenvolverem úlceras nos dedos e na planta
dos pés. Muitos desconhecem os procedimentos corretos de higiene e os tipos de sapato
ideal. Se esses cuidados não forem observados, pode acontecer problemas sérios, como
a amputação dos dedos, pé e até da perna. Por isso, os clientes diabéticos merecem
maiores cuidados, como, por exemplo:

• Observe, nos primeiros atendimentos, se o cliente tem um acompanhamento


médico adequado, alertando-o sobre isso, caso necessário.

• Não corte a unha muito rente, para evitar lesão.

• Não deixe a unha muito comprida, para evitar que ele provoque outros
ferimentos.

• Não corte os cantos para evitar que, ao crescer, a unha corte a pele lateral.

• Não retire as cutículas, apenas limpe-as.

----------Apostila de Manicure--------- 26
Cetep Duque de Caxias

Onicofagia

Unhas roídas. Unha do polegar roída.

Roer unhas (também conhecido pelo seu termo técnico onicofagia ou roeção de unha)
é o hábito de morder as unhas dos dedos das mãos ou pés durante períodos de
nervosismo, ansiedade, stress, fome ou tédio. Também pode ser um sinal de desordens
mentais ou emocionais. As crianças começam a roer as unhas por volta dos quatro ou
cinco anos de idade. O termo onicofagia crônica é utilizado clinicamente.

2.2 - Efeitos colaterais negativos


Roer unhas pode resultar num transporte de germes que vivem embaixo da superfície da
unha até a boca. De fato, as ferramentas usadas por manicures potencialmente afetam o
humano de modo similar. Se essas ferramentas forem utilizadas em pessoas diferentes,
elas podem espalhar fungos, bactérias ou vírus. Como muitos *patógenos têm a
habilidade de viver dentro da unha, o hábito de roer unhas pode potencializar as chances
de danos à saúde.

Um roedor de unhas compulsivo pode roer não só a unha, mas também a pele ao seu
redor e a cutícula, possivelmente rompendo a pele. Uma pele rompida é suscetível a
infecções oportunistas de micróbios e vírus. Esses patógenos podem se espalhar entre os
dedos pela boca.

Roer unhas também pode ser negativo por restringir o uso das mãos. Um roedor de
unhas compulsivo pode ter sua habilidade para trabalhar restringida (por exemplo,
escrever, digitar, desenhar, tocar instrumentos de corda, dirigir) por causa dos estragos
feitos às unhas ou à pele em volta.

Um longo hábito de roer unhas pode ocasionar desgaste do esmalte dos dentes incisivos,
podendo gerar cáries nessas áreas.

*patógenos - são microorganismos que causam doenças.

----------Apostila de Manicure--------- 27
Cetep Duque de Caxias

3 - COMO EVITAR A CONTAMINAÇÃO


Limpar, desinfetar e esterilizar

São etapas importantes para tornar o local de trabalho seguro e aliar beleza à saúde.

Limpeza é a retirada das impurezas mais grosseiras, como sangue ou secreções, com o
uso de água e sabão, ou ainda detergente. O ideal é fazer uso de uma escova apropriada
para retirar resíduos mais aderidos. Logo em seguida, vem a fase de enxágüe com água
abundante e, por fim, a secagem do material em papel toalha. A utilização de luvas de
borracha grossa como proteção.

Desinfecção é a eliminação das formas mais frágeis de microorganismos dos


materiais e também do ambiente (bancadas, cadeiras, macas, piso, paredes e teto). São
recomendados os seguintes produtos:
a. Álcool a 70% - concentração ideal; permanece mais tempo em contato com a
superfície e elimina os germes. O álcool saneante a 70% é indicado para
desinfecção de superfícies. O álcool medicamento a 70% é indicado para anti-
sepsia da pele.
b. Hipoclorito de sódio a 1% - obtém-se diluindo 10 ml de cloro puro (com registro
na ANVISA e rótulo indicando sua origem) em um litro de água limpa.
Outros produtos podem ser utilizados, desde que cumpra a legislação seguindo a
orientação do fabricante. É necessária a utilização de luvas de borracha durante a
desinfecção.

Esterilização:É a eliminação de qualquer forma de microorganismo de um material,


incluindo vírus muito resistentes e bactérias em forma de esporos. Por meio da
esterilização, temos a certeza de que o instrumental está livre de qualquer contaminação.
Este processo pode ser feito através de calor seco ou calor úmido.
Calor Seco: Neste método de esterilização utiliza-se calor à temperatura de 170oC por
uma hora ou à temperatura de 160ºC por duas horas, em estufa tipo Forno de Pasteur
com termômetro acessório. Os instrumentais devem ser colocados em: caixas de aço
inoxidável ou alumínio com tampas; e outros invólucros de acordo com a legislação
sanitária, formando kits individuais por cliente.
Calor Úmido: É o método no qual se utiliza a autoclave, associando temperatura de
121oC a 137 ºC, vapor e alta pressão, durante 15 a 30 minutos, de acordo com as
orientações do fabricante e da legislação em vigor. Os instrumentais devem ser
acondicionados em embalagens apropriadas, como o papel grau cirúrgico, formando
kits individuais por cliente.
A dica primordial vale para qualquer mulher que tenha o hábito de fazer as unhas
semanalmente ou apenas quando sobra um tempinho. Tenha sempre seu próprio kit e,
após o uso, limpe-o com álcool. O que não for do kit, que seja material descartável.

----------Apostila de Manicure--------- 28
Cetep Duque de Caxias

Como realizar:

Lavar o material com água e sabão, enxaguar, secar, embalar e encaminhar para
autoclave ou estufa.

O que deve ser esterilizado:


Alicates, tesouras, afastadores, pinças de metal e outros instrumentais metálicos devem
ser esterilizados.
A esterilização é a única forma de prevenir a transmissão de doenças infecto-
contagiosas por meio desses instrumentos.

Toalhas:

• São de uso individual, portanto não podem ser reaproveitadas de um cliente para
o outro;
• Devem ser lavadas com água e sabão;
• Deixar por 30 minutos de molho em solução de hipoclorito de sódio a 1%;
• Secar, passar, embalar em saco plástico e guardar em local limpo.

Bacias para manicure e pedicure:

• Usar protetores plásticos e descartáveis;


• Lavar com água, sabão e hipoclorito de sódio a 1%.
Espátulas de madeira, lixas para pés e unhas:
• Material de uso individual e único, devendo ser descartado após o uso.

----------Apostila de Manicure--------- 29
Cetep Duque de Caxias

INSTRUMENTOS

Os principais instrumentos de trabalho da manicure e suas funções, e também os


cuidados que eles exigem.

Alicate de cutícula – Retirar as cutículas.


Cuidados e dicas: Conservar afiado, esterilizado e seco, para não enferrujar. Manter
sempre as pontas cobertas com protetores de plástico ou papel laminado.

Alicate de unha – Cortar unhas.


Cuidados e dicas: Conservar afiado, esterilizado e seco, para não enferrujar. Manter
sempre as pontas cobertas com protetores de plástico ou papel laminado.

Bastão de inox ou madeira – Retirar o excesso de esmalte.


(pau de laranjeira)

O de inox e o de madeira resistente deve ser sempre esterilizado antes


Cuidados e dicas:
de utilizar. Aqueles de madeira mais frágil, por não suportarem a alta temperatura da
estufa, devem ser descartados após cada uso.

Cureta – Retirar o excesso de cutícula, sem cortá-la.


Cuidados e dicas: Esterilizar sempre antes de utilizar. Após o uso, retirar todos os
resíduos.

----------Apostila de Manicure--------- 30
Cetep Duque de Caxias

Espátula de inox – Levantar as cutículas amolecidas.


Cuidados e dicas: Esterilizar sempre antes de
utilizar. Por isso, a espátula precisa ser toda de
inox. Se tiver alguma parte plástica (para servir
de apoio aos dedos da manicure), não poderá ser
levada á estufa.

Lixa – Dar forma ás unhas.


Cuidados e dicas: Manter seca e em bom estado de conservação.
As de inox não são recomendadas, pois possuem uma parte
plástica para a manicure segurar, o que impede a sua
colocação na estufa. Por isso as ideais são as de papel, que
depois do uso devem ser descartadas.

Lixa de papel – Corrigir a aspereza das unhas.


Cuidados e dicas: Usar lixas novas e em bom
estado de conservação. Hoje, as manicures
estão recorrendo a lixas descartáveis, para
evitar a transmissão de micoses. Para isso,
basta comprar uma folha d’água (nº 500 ou nº
600) e cortá-la em pequenos retângulos. Após
o uso, jogue fora.

Lixa para pés – Retirar calosidades dos pés e peles


duras do calcanhar.
Cuidados e dicas: Lavar com escova, água e sabão,
retirando toda a sujeira. De preferência às
descartáveis.

Tesoura de unha: Cortar e dar acabamento ás unhas.


Cuidados e dicas: Conservar afiada, esterilizada para
não enferrujar. Manter sempre as pontas cobertas com
protetores de plástico ou papel laminado.

----------Apostila de Manicure--------- 31
Cetep Duque de Caxias

MATERIAIS, PRODUTOS E EQUIPAMENTOS

Além dos instrumentos de trabalho, existem materiais, produtos e equipamentos que são
fundamentais no processo de embelezamento de mãos e pés. São eles:

Álcool – Para limpar os instrumentos antes de colocá-los na estufa. Deve ser, de


preferência, a 70%.

Algodão – Para retirar o esmalte, com a ajuda do removedor de esmalte. Também é


usado com emoliente nos dedos, para a realização da cutilagem a seco. Deve ser
guardado em potes fechados.

Bacia - Para colocar os pés (bacia grande) e os dedos das mãos (bacia pequena) de
molho. Mas atenção: as bacias devem ser sempre forradas com plástico descartável! Por
outro lado, graças ao surgimento da cutilagem a seco, elas estão sendo cada vez menos
usadas.

Base – Para fortalecer a unha.

----------Apostila de Manicure--------- 32
Cetep Duque de Caxias

Creme – Para ser aplicado sobre a cutícula das unhas, antes de colocar os dedos das
mãos ou os pés de molho. Dispensa o uso de pedacinhos de sabão na água.

Esmalte – Para pintar e embelezar a unha.

Luvas descartáveis – Protegem a profissional e o cliente de contaminação. Após o uso,


as luvas devem ser descartadas.

Óleo secante – Impede que poeira e sujeira grudem no esmalte ainda umedecido.

Recipiente para esmalte – Pode ser mantido dentro da gaveta da cirandinha ou sobre a
mesa da manicure acoplada. Também é possível deixar esse recipiente em carrinhos
auxiliares para manicure.

Recipiente para instrumentos de trabalho – Serve para ajudar a manter tudo


organizado, mas deve ficar guardado dentro da gaveta da cirandinha.

Removedor de cutícula – Utilizado somente na cutilagem a seco. A


manicure aplica uma camada sobre a cutícula do cliente. Existe na forma
líquida ou em creme.

----------Apostila de Manicure--------- 33
Cetep Duque de Caxias

Removedor de esmalte – Para retirar o esmalte das unhas. O correto é que a


embalagem seja guardada em pé.

Spray – Seca o esmalte mais rapidamente.

Toalha branca de algodão – Para tirar umidade do pés e das mãos do cliente. E
também para ser colocada sobre as pernas da cliente que está usando short curto,
protegendo assim sua privacidade dentro do salão.

Toalha de papel – Serve para separar os dedos dos pés durante aplicação do esmalte.
Basta pegar uma toalha de papel, enrolá-la e passar esse rolinho por entre os dedos do
cliente. Ao final do trabalho, o papel é descartado.
A toalha de papel também é utilizada para limpar o esmalte que fica no bastão de inox
ou madeira.

----------Apostila de Manicure--------- 34
Cetep Duque de Caxias

Equipamentos

Cirandinha – Cadeira baixa para manicure se sentar de frente para a cliente, e em altura
adequada. Possui gaveta para o material de trabalho. Atualmente, as cirandinhas
costumam vir com mesas de manicure acopladas, que servem de apoio às mãos da
cliente.

Estufa – Para esterilizar os instrumentos de trabalho. Deve atingir temperaturas acima


de 180º e o processo de esterilização deve durar duas horas. Para as manicures que
trabalham em casa e não podem contar com uma estufa, uma boa solução é a
esterilização doméstica.

Pedicuro eletrônico – Para tirar células mortas e asperezas dos pés.

Tripé – Para apoiar as pernas do cliente enquanto a manicure faz as unhas dos pés. Sem
esse equipamento, as pernas do cliente ficariam apoiadas sobre o joelho da profissional,
sobrecarregando suas articulações.

----------Apostila de Manicure--------- 35
Cetep Duque de Caxias

EXERCICIOS QUE RELAXAM E PREVINEM


PROBLEMAS

No intervalo entre um cliente é outro, fique de pé e faça movimentos de alongamento,


para relaxar braços e pernas. Nem sempre vai ser possível executá-los a cada intervalo,
mas se você conseguir cumpri-los de quatro a cinco vezes por dia, já será suficiente para
prevenir eventuais lesões como: Tendinite e problemas de coluna.

• FLEXIONAR OS DEDOS E O PULSO

TENSIONAR: Junte os dedos de ambas as mãos e aperte-os com força, uns contra os
outros, durante 20 segundos. As palmas das mãos devem estar ligeiramente separadas.

ALONGAR: Aperte as palmas das mãos, uma contra a outra, e levante os cotovelos
para fora e para cima, com os braços na frente do seu peito. Sinta o alongamento na
parte interna do antebraço e fique nesta posição por 20 segundos.

• FLEXIONAR O PULSO PARA CIMA (ESTENDER)

----------Apostila de Manicure--------- 36
Cetep Duque de Caxias

TENSIONAR: Pressione o pulso que está ligeiramente tensionado, o mais que


puder, contra o outro braço ou contra a extremidade de uma mesa, barra ou
algo semelhante, por aproximadamente 20 segundos, mantendo o cotovelo
flexionado em ângulo reto (90 graus).

ALONGAR:
1) Flexione o pulso para baixo o mais que puder; Estenda o cotovelo, e vire o
antebraço para dentro o mais que puder. Neste ponto, os dedos devem estar
apontando para os lados (a pose do garçom oriental). Depois, levante o braço à
frente do seu corpo e segure os três dedos com a outra mão, puxando-os para
cima e para baixo, cuidadosamente, em direção ao corpo, de forma que a
tensão possa ser sentida nos músculos externos ou laterais do antebraço.
Fique nesta posição por 20 segundos.

• MOVER O BRAÇO PARA FRENTE E PARA BAIXO,


COM O COTOVELO LEVANTADO.

TENSIONAR: Fique de pé, em frente a uma parede,


e levante o cotovelo, mantendo o antebraço esticado
para trás da cabeça. Pressione o cotovelo, com a
maior força possível, contra a parede, por 15
segundos.

Alternativa: Você também pode usar a outra mão


como elemento de resistência, como na figura de
Alongar.

ALONGAR: Flexione o braço para trás e para baixo em


direção às costas, usando a outra mão para pressionar o
cotovelo para trás e para baixo. Fique nesta posição por 15
segundos, e sinta o alongamento na parte posterior do braço e
na parte superior do peito.

----------Apostila de Manicure--------- 37
Cetep Duque de Caxias

BELEZA TAMBÉM É SAÚDE

----------Apostila de Manicure--------- 38
Cetep Duque de Caxias

EMBELEZAMENTO DAS MÃOS PASSO A PASSO

01 Tirar o esmalte velho é a primeira providência. Aqui, a manicure usa um aparelho super
moderno: basta colocar o dedo, mergulhando a unha no removedor.

02 Com a lixa, a unha ganha formato. A moda é unha quadrada, mas não exagere: nos lados
deve-se dar uma leve arredondada. Nem grandes nem pequenas, o tamanho médio é o eleito.

----------Apostila de Manicure--------- 39
Cetep Duque de Caxias

03 Passe um pouco de creme hidratante em cada unha, para amolecer a cutícula. E aproveite
para massagear a mão.

04 Coloque um tufo de algodão por cima do creme e borrife água. Deixe amolecendo por três
minutos.

05 Com a espátula, empurre o excesso de cutícula.

06 Tente tirar a cutícula por inteiro, dessa forma ela não fica repicada.

----------Apostila de Manicure--------- 40
Cetep Duque de Caxias

07 Lembre-se: tire só o excesso de cutícula. Nos cantos, só o que realmente incomoda deve
ser retirado. "Muita gente exagera ao tirar pele do lado dos dedos. Por causa disso, pode
nascer um calo. O ideal para reduzir esta área é usar a lixa de unha, deixando a pele lisa",
explica a manicure Dorkas.

08 Ao tirar a cutícula, deixe um filete de proteção. Esta pele quase imperceptível vai proteger
sua unha de micose.

09 Esta lixa especial é chamada de "fecha poro" e deve ser passada sobre a unha. Ela remove
impurezas, alisando-a.

10 A lixa de polimento possui três cores e, cada uma, tem sua finalidade. Ela deve ser passada
em três etapas: primeiro a preta, depois a branca e por último a cinza.

11 Agora é hora de hidratar a unha com o óleo de cravo. Aplique como se fosse esmalte, mas
somente na cutícula.

----------Apostila de Manicure--------- 41
Cetep Duque de Caxias

12 Espalhe o óleo no restante da unha, massageando-a.

13 Note a diferença ao passar em uma das mãos o óleo de cravo.

14 Tire o excesso de óleo de cravo com um pouco de água borrifada.

15 O próximo passo é a base. Escolha uma com propriedades fortalecedoras, enriquecida de


cálcio.

----------Apostila de Manicure--------- 42
Cetep Duque de Caxias

16 aA cor eleita foi azul, a cara do verão 2001. Após pintar uma mão, passe o bastão para
delinear a unha. Para dar melhor efeito, passe duas demãos de esmalte.

17 Enrolar o algodão no palito não é tão fácil como parece. Molhe o palito no removedor, enrole
num pequeno chumaço de algodão e mergulhe novamente no removedor.

18 Passe o bastão com algodão embebido no removedor para tirar borrões.

19 É hora do óleo secante. Basta uma pincelada em cada unha.

----------Apostila de Manicure--------- 43
Cetep Duque de Caxias

Passo-a-passo da massagem nas mãos

Massagem na palma e no polegar


Use seu polegar para massagear a
área "carnuda" da palma de seu
companheiro e a base do seu
polegar. Em seguida, vá
massageando em movimentos
circulares a área que vai do polegar
até o dedo indicador.
Manipulação dos dedos
Com o seu polegar e indicador, vá
fazendo movimentos circulares a
partir da base do base dos dedos até
a extremidade, puxando-o
lentamente. Quando atingir a
extremidade do dedo, faça o mesmo
movimento circular, só que agora
empurrando-o em direção a base
(palma da mão). Repita estes
movimentos para cada um dos
outros dedos.

Massageando a palma da mão


Feche sua mão e pressione-a sob a
palma da mão de seu parceiro. Faça
movimentos deslizando sua mão
fechada a partir dos dedos em
direção ao punho. Repita estes
movimentos, cobrindo toda a área da
palma da mão.
Entrelaçando os dedos
Entrelaçe seus dedos com os dedos
de seu parceiro, observando que
ambas as palmas das mãos devem
estar voltadas para cima. Faça
pressão com sua mão na direção das
costas das mãos de seu parceiro,
forçando os dedos para cima. Relaxe
e faça estes movimentos mais 3
vezes.

Entre os tendões
Começando a partir do punho e
terminando nos dedos, deslize a
base do seu polegar sob os sulcos
que separam cada tendão.

Costas da mão
Com suas duas mãos, segure a mão
do seu parceiro por cima e por
baixo, use seus dois polegares em
movimento circular cobrindo toda a
parte de cima da mão, incluindo o
pulso. Faça a massagem de maneira
firme e agradável sem colocar muita
pressão nos dedos.

----------Apostila de Manicure--------- 44
Cetep Duque de Caxias

Rotacionando o punho
Com uma das mãos segure o punho
de seu parceiro usando seu polegar
e indicador, e com a outra mão um
pouco mais acima do punho, segure
o ante-braço. Com a mão que
segura o punho, faça leves
movimentos de rotação no sentido
horário e anti-horário em torno do
punho.

Acariciando o punho
Deslize a parte das unhas
lentamente a partir do punho até o
final do ante-braço Depois fazer
mesmo movimentos na volta do final
do ante-braço até o punho.

Terminando
Coloque a palma da mão do seu
parceiro entre a suas duas mãos.
Respire profundamente e imagine
que suas mãos estão enviando
energia para seu parceiro.

----------Apostila de Manicure--------- 45
Cetep Duque de Caxias

Cuide bem deles

----------Apostila de Manicure--------- 46
Cetep Duque de Caxias

EMBELEZAMENTO DOS PÉS

----------Apostila de Manicure--------- 47
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 48
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 49
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 50
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 51
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 52
Cetep Duque de Caxias

Curiosidade:

A Reflexologia é a massagem aplicada em pontos específicos dos pés, mãos


ou orelhas: os reflexos. A mais comum é feita nos pés. Este estímulo
proporciona uma sensação de relaxamento total. Cada área estimulada
corresponde a um órgão do corpo. O toque busca o equilíbrio de todas as
funções do organismo.

----------Apostila de Manicure--------- 53
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 54
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 55
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 56
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 57
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 58
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 59
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 60
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 61
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 62
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 63
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 64
Cetep Duque de Caxias

----------Apostila de Manicure--------- 65
Cetep Duque de Caxias

Dicas

Deixe seus pés mais macios, livres de rachaduras.

• A maioria das mulheres usam diariamente sapatos fechados, tênis, botas, o que
causam alguns probleminhas para saúde dos pés, chulé, rachaduras, pés asperos,
para que os seus pés não sofram e você possa usar sandálias rasteiras ou chinelos
no verão sem medo de mostar os pés, anote os cuidados que você teve ter com
os pés.

• Uma vez por semana passe um esfoliante nos pés durante o banho, fazendo isso
você irá evitar que os pés fiquem asperos.
• Passe uma lixa de papel ou pedra-pome para uma vez por semama, isso ajuda
para quem tem os calcanhares grossos.
• Hidrate os pés diariamente, depois do banho passe cremes a base de uréia, ácido
salicálico, mantendo os pés hidratados você ficará com eles muito mais macios.
• Quando for a praia não esqueça de passar também protetor solar no peito dos
pés.
• Se os seus pés também transpiram, aplique um talco antitranspirante nos sapatos
e deixe-os secar num local ventilado.
• Para deixar os pés ainda mais bonitos sempre mantenha as unhas bem feitas

----------Apostila de Manicure--------- 66
Cetep Duque de Caxias

DICAS DE COMO DEIXAR SUAS UNHAS MAIS


BONITAS
• Tempo de retirada do Esmalte: Deixar as unhas pintadas por mais de cinco dias
pode enfraquecê-las. Quando o esmalte começa a descascar é hora de retirá-lo e
aproveitar para caprichar na hidratação da área.
• Dê um intervalo de pelo menos uma semana, pois as unhas precisam respirar.
Antes de passar o esmalte, use uma base fortalecedora.
• Acetona: Use acetona só uma vez por semana. Estes produtos, quando usados
em excesso, ressecam as unhas que se tornam frágeis e quebradiças.
• É recomendado a utilização do removedor de esmaltes, pois geralmente é mais
suave e resseca menos as unhas.
• Limpeza: Limpar a parte de baixo das unhas com uma escovinha de cerdas
macias.
• Cutícula: O ideal é retirar só o excesso, pois ela forma uma barreira protetora
contra a invasão de microorganismos causadores de doenças. Comece aplicando
um creme específico para amolecer cutículas e, em seguida, empurre-as. Com a
própria espátula, retire somente o excesso de pele. O que sobrar, retire com o
alicate, mas sem eliminar toda a cutícula. A cutícula protege as unhas contra
fungos e bactérias, por isso, é um erro retirá-la totalmente. O correto é amolecê-
la, empurrá-la com a espátula e somente remover o excesso.
• Como lixar as unhas: As unhas dos pés precisam ser lixadas em formato
quadrado, para evitar que encravem. Nas mãos, vale também o formato
redondinho, desde que a unha não fique pontuda, o que poderia fazer com que
ela quebrasse com mais facilidade.
• O formato ovalado é ideal para unhas fracas, porque quebra com menos
facilidade. O quadrado exige movimentos firmes e retos da lixa. Unhas redondas
devem ser lixadas na diagonal. Uma vez por mês, lixe também a superfície das
unhas, com a parte mais fina da lixa, para retirar as impurezas e as células
mortas.
• Cuidado com instrumentos e produtos: Mantenha todos os instrumentos
(espátula, alicates, limas) limpos e se possível desinfetados. Se você vai a
manicure, verifique se ela desinfeta o material após cada cliente.

----------Apostila de Manicure--------- 67
Cetep Duque de Caxias

• Não tente reaproveitar esmaltes ressecados utilizando solventes, pois eles


modificam sua composição química, comprometendo a qualidade do produto, ou
seja, você até poderá utilizá-lo, porém haverá alterações na textura, além de
descascar mais rápido.
• Para o esmalte durar mais tempo: A dica é passar a ponta do dedo sobre a parte
lixada da unha, logo depois que ela for pintada. Isso ajuda a retirar o excesso de
esmalte, o culpado pelas pontas das unhas descascarem rapidinho.
• Já para evitar as bolhas, faça as unhas em um local arejado, em uma temperatura
confortável. Evite sol ou vento demais, pois são as variações de temperatura que
levam a produção por água abaixo.
• Para o esmalte secar mais rápido: Evite o excesso de esmalte, limpando bem o
pincel na borda do vidro antes de aplicá-lo nas unhas. Mergulhar as mãos em um
pote com água bem gelada, ou usar um óleo secante logo depois de pintar.
• Efeitos e colorações: Para tornar a sua unha mais comprida, deixe uma faixa
bem fininha sem pintar nas laterais da unha. Mas o efeito tem de ser sutil, para
não ficar com ar de desleixo. Muitas pessoas tem dúvidas se a coloração
utilizadas nas mãos tem que ser as mesmas das dos pés: Isto depende do estilo
de cada um! Se você não é das mais ousadas, opte por colorir a mão e deixar o
pé bem discreto, ou vice-versa.

• Para fortalecer as unhas: As unhas fracas e quebradiças são causadas,


geralmente, por falta de vitaminas A, C, E e minerais como zinco, ferro e cálcio,
desta forma procure equilibrar a sua dieta alimentar.
• Além disso, deve-se aplicar diariamente um creme hidratante, massageando as
suas unhas com movimentos circulares.

----------Apostila de Manicure--------- 68
Cetep Duque de Caxias

EXERCÍCIOS

1- Comente sobre ética na profissão?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

2-O que é cutícula?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

3- Cite os tipos de doenças das unhas?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

4-Descreva o que aprendeu sobre esterilização dos instrumentais?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

5-Cite 2 procedimentos importantes, em relação a higiene para se evitar contaminações:


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

6-O que é Hiponíqueo?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

7- A mão se divide em três regiões, quais são?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

8-Qual é o nome cientifico da palma da mão?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

9-Quantas falanges possuem os dedos?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

10-O pé se divide em quantas partes?


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

----------Apostila de Manicure--------- 69
Cetep Duque de Caxias

BIBLIOGRAFIA

• Podólogo Orlando Madella Jr


• WWW.bira.com.br
• WWW.massagem.net
• WWW.usinasdeletras.com.br
• Livro Unhas - Senac
• Outros sites de pesquisa do Google – WWW.google.com.br

Apostila elaborada pela Técnica em Podologia Aurinete Fátima Duarte Lima

----------Apostila de Manicure--------- 70
Cetep Duque de Caxias

Índice

Os 10 mandamentos da manicure................................................................................... 02
Apresentação.................................................................................................................. 03
Sumário........................................................................................................................... 04
Ética profissional............................................................................................................ 05
Da liberdade do Cliente...................................................................................................06
Da privacidade dos clientes e dos serviços de beleza..................................................... 07
Do profissionalismo........................................................................................................ 07
Dos Serviços................................................................................................................... 09
O mundo da beleza......................................................................................................... 10
Tudo começa na sala de aula.......................................................................................... 12
A Arte de receber o cliente..............................................................................................13
O ambiente é tudo........................................................................................................... 15
Contágio via manicure.................................................................................................... 16
Custo x Segurança.......................................................................................................... 17
O maravilhoso mundo dos pés, unhas e mãos................................................................ 18
Unhas encravadas, calos e micoses................................................................................ 21
As unhas revelam o estado da sua saúde........................................................................ 23
Fatores que interferem na beleza saúde das unhas......................................................... 26
Como evitar a contaminação.......................................................................................... 28
Instrumentos................................................................................................................... 30
Materiais, produtos e equipamentos............................................................................... 32
Exercícios que relaxam e previnem problema................................................................ 36
Beleza também é saúde................................................................................................... 38
Passo a passo: Embelezamento das mãos....................................................................... 39
Passo a passo: Massagem das mãos................................................................................44
Passo a Passo: Embelezamento dos pés......................................................................... 47
Dicas............................................................................................................................... 63
Exercícios....................................................................................................................... 66
Bibliografia..................................................................................................................... 67

----------Apostila de Manicure--------- 71