Você está na página 1de 3

Dimensionamento do boiler para acumulação de

água quente
Comumente empregado em sistemas de aquecimento central individual ou coletivo, o aquecedor de
acumulação, ou boiler, segundo a NBR 7198/1993, corresponde a um elemento que aquece a água
acumulada em seu interior, contando com fontes a energia como a de combustão, elétrica, ou solar.

Na plataforma QiBuilder, o lançamento e dimensionamento de um boiler tem início com a inclusão deste
elemento como um Ponto de água quente, seja como Aquecedor vertical ou mesmo Aquecedor
horizontal, ilustrado na figura a seguir.

Fonte: Adaptado de Creder (2006).

Para compreender a aplicabilidade deste elemento, estão listados abaixo dois artigos que discorrem do
lançamento e dimensionamento do boiler:

1. Dimensionamento do boiler para acumulação de água quente (Presente artigo)


2. Lançamento de boiler para acumulação de água quente
Dimensionamento do boiler
A plataforma QiBuilder realiza o dimensionamento do reservatório de acumulação com o cálculo da sua
capacidade de reservação, que é dependente do consumo de água quente, e da potência necessária ao
aquecimento da água em um dado período de tempo.
Estes valores constam na janela Propriedades, situada na guia Elementos - grupo Acessar, após
selecionar o aquecedor de acumulação.

Volume
A capacidade do aquecedor de acumulação é calculada a partir da equação abaixo:

Em que,

• Vaq: volume do aquecedor de acumulação, em L;


• CdAQ: consumo diário de água quente na edificação, em m³;
• Fcr: fator percentual de capacidade do reservatório em decorrência do consumo de água quente, em
%;
• 1000: conversão de unidade m³ para Litro.
Consumo diário de água quente
O consumo diário para o dimensionamento do reservatório de água quente considera o tipo de edificação
e número de habitantes definido às propriedades da edificação.
O valor do consumo diário de água quente da edificação consta na janela Propriedades da edificação.
Acesse na guia Operações - grupo Acessar, o comando Edificação e, em seguida, clique sobre o
comando Editar propriedades (botão ) - aba Projetos.

Fator de capacidade do reservatório

O fator de capacidade do reservatório corresponde à fração do consumo de água quente que será
admitido junto ao reservatório de acumulação. Este parâmetro é definido no campo Volume do tanque
(%) junto às propriedades do próprio reservatório.

Como referência, é possível adotar os valores sugeridos na coluna Capacidade do reservatório em


função do consumo diário, da tabela indicada a seguir.
Costuma-se adotar o percentual de 100% para aquecedores de acumulação associados ao aquecimento
solar.

Capacidade do reservatório em função do


Tipo do Edifício
consumo diário
Residência
Apartamentos 1/5
Hotéis
Edifícios de escritórios 1/5
Fábricas 2/5
Restaurante 3° classe
Restaurante 2° classe 1/10
Restaurante 1° classe
Restaurante - 3 refeições por dia 1/5
Restaurante - 1 refeição por dia 2/5

Fonte: Adaptado de Creder (2006).


Potência
A potência do aquecedor de acumulação é calculada a partir da equação abaixo:

Em que,

• P: potência estimada do aquecedor de acumulação, em kW;


• VP: volume do aquecedor de acumulação para obtenção da potência, em L;
• Tr: temperatura de recuperação, em ºC;
• te: tempo de recuperação, em h;
• 0,00116389: conversão de unidade kcal para kWh.
Volume do aquecedor para obtenção da potência

A capacidade do aquecedor de acumulação a ser utilizado na equação da potência é calculado a partir


da equação abaixo:

Em que,
• VP: volume do aquecedor de acumulação para obtenção da potência, em L;
• CdAQ: consumo diário de água quente na edificação, em m³;
• Fca: fator percentual de capacidade horária de aquecimento do aquecedor em decorrência do
consumo de água quente, em %;
• 1000: conversão de unidade m³ para Litro.
O rendimento do aquecedor de acumulação é considerado no cadastro desta peça, e não em suas
propriedades de dimensionamento.

Fator de capacidade de aquecimento

O fator de capacidade de aquecimento corresponde à fração do uso diário de água quente que será
admitido para cálculo da potência deste elemento. Este parâmetro é definido no campo Consumo
horário (%) junto às propriedades do próprio reservatório.
Costuma-se empregar o percentual equivalente ao pico de consumo diário em que o reservatório deve
ser capaz de repor a temperatura de água fria.

Como referência, é possível adotar os valores sugeridos na coluna Capacidade horária de


aquecimento em função do uso diário, da tabela indicada a seguir.
Capacidade horária de aquecimento em
Tipo do Edifício
função do uso diário
Residência
Apartamentos 1/7
Hotéis
Edifícios de escritórios 1/6
Fábricas 1/8
Restaurante 3° classe
Restaurante 2° classe 1/10
Restaurante 1° classe
Restaurante - 3 refeições por dia 1/10
Restaurante - 1 refeição por dia 1/6

Fonte: Adaptado de Creder (2006).


Temperatura e tempo de recuperação

A temperatura de recuperação corresponde à diferença da temperatura de entrada de água em relação à


temperatura desejada, ou seja, a temperatura de saída de água do aquecedor. Já o tempo de
recuperação está associado ao período necessário para alcançar a temperatura desejada.
O valor da temperatura e tempo de recuperação admitidos constam na janela Propriedades da
edificação. Acesse na guia Operações - grupo Acessar, o comando Edificação e, em seguida, clique
sobre o comando Editar propriedades (botão ) - aba Projetos.

Com este material, é possível compreender o dimensionamento do boiler para aquecimento de água em
seu projeto hidráulico.

Você também pode gostar