Você está na página 1de 3

Algumas pessoas ensinam que Deus disse: “Eu amo os que me buscam de

madrugada”. Na verdade esta frase não está na Bíblia. Mas certamente ela é
baseada no seguinte versículo: “Eu amo os que me amam, e os que de
madrugada me buscam, me acharão” (Provérbios 8:17).
Este é um dos versículos mais conhecidos do livro de Provérbios, e também
um dos mais mal interpretados. Geralmente este versículo é aplicado para se
referir à prática de orar de madrugada.

Algumas pessoas até afirmam que a frase “os que de madrugada me buscam,
me acharão” indica que de madrugada Deus está mais atento aos que o
buscam. A questão é que em nenhum momento esse texto fala sobre isto.
Interpretando Provérbios 8:17 corretamente
Em primeiro lugar, é importante saber que um princípio fundamental do livro de
Provérbios é a exortação em relação à sabedoria. Nele, é enfatizado como a
sabedoria é essencial em todas as áreas da nossa vida.
O escritor de Provérbios também ensina que a verdadeira sabedoria é
divinamente inspirada. No capítulo 7 ele fala sobre a “esposa lasciva”, e no
capítulo seguinte ele estabelece um grande contraste. No capítulo 8 ele faz um
esboço onde a própria sabedoria é personificada. Ele também indica vários
conselhos sobre sua aplicação e seu valor.

Ele destaca que a sabedoria nos guia (Provérbios 8:1-12). Diz que ela também
está relacionada ao temor do Senhor (Provérbios 8:13). Enfatiza que aqueles
que a possuem são conduzidos ao êxito (Provérbios 8:14-21). A exposição fica
ainda mais profunda quando o escritor demonstra a participação da
sabedoria na criação, trabalhando com o próprio Criador como um de seus
atributos (Provérbios 8:22-31).
Com base nesse contexto podemos facilmente entender o significado do
versículo: “Eu amo os que me amam, e os que de madrugada me buscam, me
acharão”.
Eu amo os que me amam
Essa frase indica uma clara distinção de pessoas. O chamado da sabedoria se
estende a todos os homens (Provérbios 8:4,5). A sabedoria personificada
diz: “eu amo os que me amam”. Isso indica um relacionamento pessoal. Isso
significa que os que a amam não serão desprezados por ela. A sabedoria cuida
dos seus, mas ao mesmo tempo é ocultada dos insensatos.
Porém, nem todos a amam. Nem todos possuem o coração preparado para
recebê-la. Então quem são aqueles que a amam? A sabedoria personificada
responde na sequência da frase: “aqueles que de madrugada me buscam”.
Os que de madrugada me buscam, me
acharão
De acordo com o contexto, fica evidente que a palavra “madrugada” (ou “cedo”
em algumas versões) não indica um horário específico do dia. O significado da
frase: “os que de madrugada me buscam”; simplesmente é: “os que me
procuram com diligência”.
Sob esse contexto, o verso 17 demonstra que quem age de forma correta e
busca a sabedoria diligentemente, a encontra. Portanto, o significado da
palavra “madrugada” indica uma atitude prudente e zelosa com prioridade e
prontidão. Então a frase “os que de madrugada me buscam” deve ser
entendida como “buscar de forma diligente”, e não como “buscar em um horário
especifico do dia”.

A sabedoria e o relacionamento com Deus


É claro que o versículo “eu amo os que me amam, e os que de madrugada me
buscam, me acharão” também possui semelhanças com declarações acerca do
relacionamento com Deus. Em 1 Samuel 2:30 o próprio Deus diz: “Honrarei
aqueles que me honram, mas tratarei com desprezo aqueles que me
desprezam”. O profeta Isaías também declarou: “Buscai ao Senhor enquanto
se pode achar, invocai-o enquanto está perto” (Isaías 55:6).
Essa relação entre a sabedoria e a graça de Deus pode ser compreendida
quando percebemos que Deus é a fonte da verdadeira sabedoria. O sábio
escreve que aquele que busca e recebe a sabedoria entenderá o temor do
Senhor (Provérbios 2:4-7).

O próprio Jesus se referiu à sabedoria de Deus de forma personificada em


Lucas 11:49. Alguns estudiosos também interpretam esse texto de Provérbios
8:17 de forma Cristológica. Para eles, a personificação da sabedoria de certa
forma tipifica Jesus Cristo como a revelação final da sabedoria de Deus. Isso
significa que é apenas em Cristo que temos o pleno significado da sabedoria (1
Coríntios 1:24,30; Colossenses 2:2-3).
Utilizando esse paralelo entre a sabedoria e a graça de Deus, podemos afirmar
que a verdadeira sabedoria exige uma natureza humana transformada. Isso
significa que a oferta da sabedoria só é de fato eficaz para aqueles que
nasceram de novo. A verdadeira sabedoria habita somente em um coração
regenerado capaz de amá-la.

Concluindo, vimos qual é o significado correto da frase “eu amo os que me


amam, e os que de madrugada me buscam, me acharão”. Existem outros
textos bíblicos que falam sobre exemplos de pessoas que oraram de
madrugada. Mas definitivamente Provérbios 8:17 não é um deles.