Você está na página 1de 9

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA

CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC


COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2018
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO 04 – EQUAÇÃO DIMENSIONAL DA ACELERAÇÃO:
MRUV v m L M – Massa;
01 – DEFINIÇÃO: é o movimento que possui aceleração escalar a    L – Comprimento;
t s2 T2 T – Tempo.
(a) constante e diferente de zero, ou seja a aceleração não varia
no decorrer do tempo. a  M0 .L.T 2

05 – Gráfico da Aceleração: (a x t) ou (a = f(t))


a>0 a<0

Ex2: Represente graficamente a aceleração nos casos abaixo.


2 2
a) a = 5 m/s b) a = – 4 m/s
a  cte (constante) e a0

02 – ACELERAÇÃO ESCALAR (a): é a relação existente entre a


variação de velocidade de um móvel (v) e o intervalo de tempo
(t) necessário para realizar um determinado percurso.
v v  v 0 V = V – V0
a  t = t2 - t1
t t  t0 2
a => aceleração (m/s ) EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
V => variação da velocidade (m/s) 11 – Represente graficamente a aceleração nos casos abaixo.
Amo Você Tesouro t => variação do tempo (s) 2
a) a = 2 m/s ;
2
b) a = – 3 m/s ;
2
03 – UNIDADES DE ACELERAÇÃO: As unidades mais usadas c) a = 8 m/s ;
2
são: d) a = – 7 m/s ;
3.1 – No SI: m/s².
3.2 – Usual: km/h² e cm/s² 06 – FUNÇÃO HORÁRIA DA VELOCIDADE:

Ex1: Determine a aceleração de um móvel num determinado


intervalo de tempo de 10 s, sabendo que sua velocidade inicial é
20 m/s e sua velocidade final é de 80 m/s.
a  ? v v  v 0 80  20 60
 a   
t  10s t t 10 10

Vo  20m / s a  6m / s 2
V  80m / s

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
01 – Um móvel no instante t0 = 2 s, tem velocidade v0 = 15 m/s, e
no instante t = 5 s tem velocidade v = 30 m/s. Determine sua
aceleração. Obs1: A função da velocidade é do 1º grau.
02 – Um móvel no instante t0 = 5 s, tem velocidade v0 = 45 m/s, e
V  V0  at
no instante t = 7 s tem velocidade v = 25 m/s. Determine sua V => é a velocidade final,
aceleração. V0 =>é a velocidade inicial,
03 – Um móvel varia sua velocidade de 15 m/s para 27 m/s num a => é a aceleração escalar,
Vovô e Vovó Ainda
intervalo de tempo de 5 s. Determine sua aceleração. t => é o tempo,
Trabalham
04 – Um móvel varia sua velocidade de 60 m/s para 20 m/s num
intervalo de tempo de 8 s. Determine sua aceleração. Ex3: Um carro em movimento adquire velocidade que obedece à
05 – Um móvel adquire uma velocidade de 40 m/s, num intervalo expressão V = 20 – 4t (no SI). Pede-se:
de tempo de 5 s. Determine sua aceleração. a) a velocidade inicial; c) a velocidade no instante 6s.
06 – Um móvel adquire uma velocidade de - 35 m/s, num intervalo V0 = 20 m/s. V = 20 – 4t = 20 – 4.6 = 20 – 24
de tempo de 7 s. Determine sua aceleração. b) a aceleração; V = – 4 m/s.
07 – Determine o tempo necessário para um móvel com uma a = – 4 m/s
2

aceleração de 2 m/s² variar sua velocidade em 20 m/s.


08 – Determine o tempo necessário para um móvel com uma EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
aceleração de 3 m/s² variar sua velocidade em 36 m/s. 12 – Um carro em movimento adquire velocidade que obedece à
09 – Determine a variação de velocidade que um móvel com uma expressão v = 10 – 2t (no SI). Pede-se: a) a velocidade inicial; b) a
aceleração de 5 m/s² atinge em 18 s. aceleração; c) a velocidade no instante 6s.
10 – Determine a variação de velocidade que um móvel com uma 13 – Um automóvel em movimento retilíneo adquire velocidade que
aceleração de 2,5 m/s² atinge em 8 s. obedece à função v = – 15 + 3t (no SI). Determine: a) a velocidade
inicial; b) a aceleração; c) a velocidade no instante 4s.
APOSTILA 04 – MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – MRUV FÍSICA – 1° ANO Página 1 de 9
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2018
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
14 – Um automóvel em movimento retilíneo adquire velocidade que Ex4: Um carro em MRUV adquire velocidade que obedece à
obedece à função v = t (no SI). Determine: a) a velocidade inicial; expressão V=30 – 5t (no SI). Classifique o movimento nos instante:
b) a aceleração; c) a velocidade no instante 5s. a) t1 = 2 s; b) t2 = 8 s;
15 – Um móvel em MRUV tem velocidade inicial v0 = 20 m/s e V = 30 – 5t = 30 – 5.2 = 30 – 10 V = 30 – 5t = 30 – 5.2 = 30 – 40
2 2
aceleração a = 4 m/s². determine a função horária da velocidade. V = 20 m/s e a = – 5 m/s V = – 10 m/s e a = – 5 m/s
16 – Um móvel em MRUV tem velocidade inicial v0 = 10 m/s e Mov. Retardado Progressivo Mov. Acelerado Retrógrado
aceleração a = – 2 m/s². determine a função horária da velocidade.
17 – Um móvel em MRUV tem velocidade inicial v0 = 0 m/s e Ex5: Um carro em MRUV adquire velocidade que obedece à
aceleração a = – 1 m/s². determine a função horária da velocidade. expressão V=–20+5t (no SI). Classifique o movimento nos instante:
18 – É dada a seguinte função horária da velocidade de uma a) t1 = 2 s; b) t2 = 8 s;
partícula em movimento uniformemente variado: v = 15 + 20t (no V = –20+ 5t =–20+5.2=–20 + 10 V = –20+5t =–20+5.8=–20 + 40
2 2
SI). Determine o instante em que a velocidade vale 215 m/s. V = – 10 m/s e a = 5 m/s V = 20 m/s e a = 5 m/s
19 – Um automóvel parte do estacionamento e é acelerado à razão Mov. Retardado Retrógrado Mov. Acelerado Progressivo
2
de 5m/s . Calcule a sua velocidade 30s após a sua partida. EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
20 – Um automóvel parte do repouso com aceleração constante de 25 – Um carro em MRUV adquire velocidade que obedece à
2
2 m/s . Depois de quanto ele atinge a velocidade de 40 m/s? expressão v = 10 – 2t (no SI). Classifique o movimento nos
21 – Um trem de carga viaja com velocidade de 20 m/s quando, instante: a) t1 = 2 s; b) t2 = 6 s;
repentinamente, é freado e só consegue parar 5 s depois. Calcular 26 – Um carro em MRUV adquire velocidade que obedece à
a aceleração. expressão v = – 20 + 4t (no SI). Classifique o movimento nos
22 – Um automóvel tem velocidade de 25 m/s e freia com instante: a) t1 = 2 s; b) t2 = 6 s;
2
aceleração de -5m/s . Depois de quanto tempo ele pára? 27 – Um carro em MRUV adquire velocidade que obedece à
2
23 – Um veículo parte do repouso e adquire aceleração de 2 m/s . expressão v = 30 – 5t (no SI). Classifique o movimento nos
Calcule a sua velocidade no instante t = 5s. instante: a) t1 = 2 s; b) t2 = 7 s;
2
24 – Um carro parte do repouso com aceleração de 6 m/s . Quanto 28 – Um carro em MRUV adquire velocidade que obedece à
tempo ele gasta para atingir 30 m/s? expressão v = – 15 + 3t (no SI). Classifique o movimento nos
07 – CLASSIFICAÇÃO DO MOVIMENTO UNIFORMEMENTE instante: a) t1 = 2 s; b) t2 = 6 s;
VARIADO (MUV)
7.1 – MOVIMENTO ACELERADO: O movimento é acelerado 08 – MUDANÇA DE SENTIDO:
quando a velocidade e aceleração possuem o mesmo sinal. O
módulo da velocidade aumenta no decorrer do tempo.
a) MOVIMENTO ACELERADO PROGRESSIVO: a velocidade e
aceleração são positivas.
a>0eV>0
a = 2 m/s² e v = 10 m/s
b) MOVIMENTO ACELERADO RETRÓGRADO: a velocidade e
aceleração são negativas.
a<0eV<0
a = – 2 m/s² e v = – 10 m/s

Obs1: se V = 0 e t > 0, o móvel muda o sentido no instante t.


Obs2: se V = 0 e t < 0, o móvel não muda o sentido.
Ex6: Um móvel em MRUV adquire velocidade que obedece às
expressões abaixo no (SI). Verifique se há mudança de sentido,
caso haja, determine o instante de mudança.
a) V = 40 – 8t b) V = 30 + 5t
V=0 V=0
40  8t  0  8t  40.(1) 30  5t  0  5t  30
7.2 – MOVIMENTO RETARDADO: O movimento é retardado 40  30
t 5s t  6 s
quando a velocidade e aceleração possuem sinais opostos. O 8 5
módulo da velocidade diminui no decorrer do tempo. Muda o sentido em t = 5 s Não muda o sentido pois t<0
a) MOVIMENTO RETARDADO PROGRESSIVO: A velocidade é
positiva e a aceleração é negativa. EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO:
a<0e V>0 29 – Um móvel em MRUV adquire velocidade que obedece às
a = – 2 m/s² e v = 10 m/s expressões abaixo no (SI). Verifique se há mudança de sentido,
b) MOVIMENTO RETARDADO RETRÓGRADO: A velocidade é caso haja. Determine o instante de mudança.
negativa e aceleração é positiva. a) V = 20 – 4t;
a>0 e V<0 b) V = – 30 + 5t;
a = 2 m/s² e v = – 10 m/s c) V = 20 + 10t;
d) V = – 4 – 2t;

30 – Um móvel em MRUV adquire velocidade que obedece à


expressão v = – 15 + 3t (no SI). Determine o instante que o carro
muda o sentido.
APOSTILA 04 – MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – MRUV FÍSICA – 1° ANO Página 2 de 9
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2018
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
09 – Gráficos das Velocidades (V x t) ou V = f(t): V  VO  at EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
31 – Represente graficamente as funções horárias da velocidades
V>0 V<0
nos casos abaixo.
a) V = 30 + 6t
b) V = – 40 – 5t
c) V = 6t
V0 > 0
d) V = – 7t
e) V = – 20 + 5t
f) V = 35 – 7t

10 – FUNÇÃO HORÁRIA DAS POSIÇÕES:

V0 = 0

V0 < 0

Obs1: Um móvel parte do repouso quando a velocidade inicial é


igual a zero V0 = 0. Obs1: a função horária do espaço é uma função do 2 grau.
Obs2: O Móvel Muda o Sentido V = 0 e t > 0.
S => é a posição no instante t;
Obs3: O instante tMS no gráfico, representa o instante que o móvel at 2
Muda o Sentido. S  S 0  V0 t  So => é a posição inicial;
Obs4: Verifique que o móvel só muda o sentido, quando a 2 Vo => é a velocidade inicial;
velocidade inicial (V0) e a aceleração (a), possuírem sinais Sofia Sortuda Você Tem a a => aceleração;
diferentes. Traseira Quadrada Pela t => é o tempo.
Metade
Ex7: Represente graficamente as seguintes funções horárias da Ex8: Um móvel descreve um MUV numa trajetória retilínea e sua
velocidade: posição varia no tempo de acordo com a expressão S = 9 + 5t – 2t
2
a) V = 20 + 4t no (SI), Determine:
V0 = 20 m/s a) a posição b) a velocidade c) a aceleração.
2
a = 4 m/s . inicial, inicial; a
 2  a  2.(2)
S0 = 9 m V0 = 5 m/s 2
b) V = – 20 – 4t a  4 m / s 2
V0 = 20 m/s
2
a = 4 m/s . Ex9: Um móvel descreve um MUV numa trajetória retilínea e sua
2
posição varia no tempo de acordo com a expressão S = – t no
(SI), Determine:
c) V = 5t a) a posição inicial, c) a aceleração.
V0 = 0 m/s S0 = 0 a
2
a = 5 m/s .  1  a  2.(1)
b) a velocidade inicial; 2
V0 = 0 a  2 m / s 2
d) V = – 5t EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
V0 = 0 m/s 32 – Um móvel descreve um MUV numa trajetória retilínea e sua
2
a = – 5 m/s . posição varia no tempo de acordo com a expressão S = 9 + 3t –
2
2t , (SI). Determine: a posição inicial, a velocidade inicial e a
aceleração.
e) V = – 30 + 5t 33 – Um móvel descreve um MUV numa trajetória retilínea e sua
2
2
V0 = – 30 m/s e a = 5 m/s . posição varia no tempo de acordo com a expressão S = 5 + 2t – t ,
V=0 (SI). Determine: a posição inicial, a velocidade inicial e a
aceleração.
30  5t  0  5t  30
34 – Um móvel descreve um MUV numa trajetória retilínea e sua
2
30 posição varia no tempo de acordo com a expressão S = 3t – 2t .
t MS   6s
5 V0 (0, – 30) e tMS (6, 0) (SI). Determine: a posição inicial, a velocidade inicial e a
f) V = 30 – 5t aceleração.
2
V0 = 30 m/s e a = – 5 m/s . 35 – Um móvel descreve um MUV numa trajetória retilínea e sua
2
V=0 posição varia no tempo de acordo com a expressão S = 9 + t , (SI).
Determine: a posição inicial, a velocidade inicial e a aceleração.
30  5t  0  5t  30.(1)
36 – Um móvel descreve um MUV numa trajetória retilínea e sua
2
30 posição varia no tempo de acordo com a expressão S = – 5t , (SI).
t MS   6s Determine: a posição inicial, a velocidade inicial e a aceleração.
5 V0 (0, 30) e tMS (6, 0)
APOSTILA 04 – MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – MRUV FÍSICA – 1° ANO Página 3 de 9
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2018
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
37 – Um móvel descreve um MUV numa trajetória retilínea e sua EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
posição varia no tempo de acordo com a expressão S = – 4 + 3t – 51 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2 2
(5/2)t , (SI). Determine: a posição inicial, a velocidade inicial e a retilínea é S = 4 – 4t + t , onde S é medido em metros e t em
aceleração. segundos. Determine o(s) instante(s) que o móvel passa pela
38 – Um móvel em MRUV tem posição inicial S0 = 0 m, velocidade origem das posições.
inicial V0 = – 5 m/s e aceleração a = – 2 m/s². Determine a função 52 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
horária das posições. retilínea é S = – 8 – 2t + t , onde S é medido em metros e t em
39 – Um móvel em MRUV tem posição inicial S0 = – 5 m, segundos. Determine o(s) instante(s) que o móvel passa pela
velocidade inicial V0 = 0 m/s e aceleração a = 3 m/s². Determine a origem das posições.
função horária das posições. 53 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
40 – Um móvel em MRUV tem posição inicial S0 = – 20 m, retilínea é S = – 12 – t + t , onde S é medido em metros e t em
velocidade inicial V0 = 4 m/s e aceleração a = 5 m/s². Determine a segundos. Determine o(s) instante(s) que o móvel passa pela
função horária das posições. origem das posições.
41 – Um móvel em MRUV tem posição inicial S0 = – 30 m, 54 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
velocidade inicial V0 = 5 m/s e aceleração a = – 2 m/s². Determine retilínea é S = 9 + 6t + t , onde S é medido em metros e t em
a função horária das posições. segundos. Determine o(s) instante(s) que o móvel passa pela
42 – Um móvel parte do repouso com uma aceleração de 2 m/s². origem das posições.
Determine a função horária das posições. 55 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
43 – Um móvel parte do repouso com uma aceleração de – 5 m/s². retilínea é S = 6 – 5t + t , onde S é medido em metros e t em
Determine a função horária das posições. segundos. Determine o(s) instante(s) que o móvel passa pela
44 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória origem das posições.
2
retilínea é S = 20 + 4t + 5t , onde S é medido em metros e t em 11 – POSIÇÃO QUE O MÓVEL MUDA O SENTIDO.
segundos. Determine a posição do móvel no instante t = 5s.
45 – Um móvel parte do repouso da origem das posições com
2
movimento uniformemente variado e aceleração igual a 2 m/s .
Determine sua posição após 6 s.
46 – Um móvel parte com velocidade de 10 m/s e aceleração de 6
2
m/s da posição 20 metros de uma trajetória retilínea. Determine
sua posição no instante 12 segundos.
47 – Um ponto material parte do repouso com aceleração
constante e 10 s após encontra-se a 40 m da posição inicial.
Determine a aceleração do ponto material. Obs1: se V = 0 e t > 0, o móvel muda o sentido no instante t = tMS.
48 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória Obs2: se V = 0 e t < 0, o móvel não muda o sentido.
2
retilínea é S = 20 – 4t + 5t , onde S é medido em metros e t em Obs3: Quando t = tMS, teremos S = SMS, Posição que o móvel
segundos. Determine a função horária das velocidades. muda o sentido.
49 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória Ex11: A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
retilínea é S = 20 – 4t – t , onde S é medido em metros e t em 2
retilínea é S = 12 – 6t + t , onde S é medido em metros e t em
segundos. Determine a função horária das velocidades. segundos. Determine o instante e a posição que o móvel muda o
50 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória sentido.
2
retilínea é S = 5t – 2t , onde S é medido em metros e t em a S0 = 12 m;
segundos. Determine a função horária das velocidades.  1  a  2 .1 V0 = – 6 m/s
2
11 – ORIGEM DAS POSIÇÕES: V = Vo + a.t
a  2 m / s2 V = – 6 + 2t
V=0 tMS = 3 s
6  2t  0  2t  6
2
S = 12 – 6t + t
2
S = 12 – 6.3 + 3
6
t  3s S = 12 – 18 + 9
2 S = 21 – 18
Muda o sentido em tMS = 3 s SMS = 3 m
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
56 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
Obs1: Um móvel passa pela origem quando a posição for zero 2
retilínea é S = 4 – 4t + t , onde S é medido em metros e t em
(S = 0) e o tempo for positivo (t > 0). segundos. Determine o instante e a posição que o móvel muda o
Ex10: A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória sentido.
2
retilínea é S = – 8 – 2t + t , onde S é medido em metros e t em 57 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
segundos. Determine o(s) instante(s) que o móvel passa pela retilínea é S = 4 – 12t + 2t , onde S é medido em metros e t em
origem das posições. segundos. Determine o instante e a posição que o móvel muda o
S=0 sentido.
b 
t 58 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
– 8 – 2t + t = 0
2
2.a retilínea é S = 6 + 6t – t , onde S é medido em metros e t em
a=1  ( 2)  36 segundos. Determine o instante e a posição que o móvel muda o
b= –2 t sentido.
c=–8 2 .1 59 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
 
2
  b  4.a.c
2  2 6 4 retilínea é S = 8 – 18t + 3t , onde S é medido em metros e t em
 t '
   2
26 2 2 segundos. Determine o instante e a posição que o móvel muda o
  ( 2) 2  4.1( 8) t   sentido.
2 t ''  2  6  8  4 60 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
  4  32  2 2
2
retilínea é S = 20 – 14t + t , onde S é medido em metros e t em
  36 t=4s segundos. Determine o instante e a posição que o móvel muda o
sentido.
APOSTILA 04 – MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – MRUV FÍSICA – 1° ANO Página 4 de 9
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2018
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
12 – CLASSIFICAÇÃO DO MRUV. EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
65 – Um automóvel possui num certo instante velocidade de 10
m/s. A partir desse instante o motorista imprime ao veículo uma
2
aceleração de 3 m/s . Qual a velocidade que o automóvel adquire
após percorrer 50 m?
66 – Um automóvel parte do repouso e percorre 256 m de uma
rodovia com uma aceleração igual a 8 m/s². Determine sua
velocidade no final do percurso.
67 – Um carro de corrida inicialmente em repouso é sujeito a
2
aceleração de 5 m/s . Determine a distância percorrida pelo carro
até atingir a velocidade de 10 m/s.
Obs1: Para classificar o MRUV precisa-se da função horária da
68 – Um motorista de automóvel viaja á velocidade de 216 km/h. à
velocidade.
distância de 400m ele vê um obstáculo. Determine a aceleração
Ex12: A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2 que deve ser aplicada no carro para que este pare a tempo de não
retilínea é S = 10 – 8t + t , onde S é medido em metros e t em
se chocar com obstáculo.
segundos. Classifique o movimento para os instante: a) t = 2 s e b)
69 – Na decolagem, um avião percorre, a partir do repouso e sobre
t = 6 s. 2
a pista, 900m com aceleração escalar constante de 50m/s .
a S0 = 10 m;
 1  a  2 .1 Calcule a velocidade de decolagem do avião.
V0 = – 8 m/s
2 70 – Um automóvel está a 72 km/h quando seus freios são
V = Vo + a.t
acionados, imprimindo-lhe uma aceleração escalar constante de
a  2 m / s2 V = – 8 + 2t 2
módulo igual a 5 m/s . Calcule a distância que ele percorre desde o
a) t1 = 2 s; b) t2 = 6 s; instante em que inicia a freada até parar e a duração desse
V= – 8 + 2t = – 8 + 2.2= – 8 + 4 V= – 8 + 2t = – 8 + 2.6= –8 + 12 percurso.
2 2
V = – 4 m/s e a = 2 m/s V = 4 m/s e a = 2 m/s 1
Mov. Retardado Retrógrado Mov. Acelerado Progressivo 14 – Gráficos das Posições (S x t) ou S=f(t): S  S O  VO  at 2
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 2
61 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória a>0 a<0
2
retilínea é S = 4 – 4t + t , onde S é medido em metros e t em
segundos. Classifique o movimento para os instantes: a) t = 1 s e
b) t = 4 s.
62 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória So > 0
2
retilínea é S = 10 + 8t – t , onde S é medido em metros e t em
segundos. Classifique o movimento para os instantes: a) t = 2 s e
b) t = 7 s.
63 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
retilínea é S = 4 – 6t + t , onde S é medido em metros e t em
segundos. Classifique o movimento para os instantes: a) t = 1 s e
b) t = 5 s.
64 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória So = 0
2
retilínea é S = 14 + 20 – 2t , onde S é medido em metros e t em
segundos. Classifique o movimento para os instantes: a) t = 3 s e
b) t = 7 s.

13 – EQUAÇÃO DE TORRICELLI:

So < 0

Obs1: SMS é a posição que o móvel muda o sentido.


Obs2: tMS é o instante que o móvel muda o sentido.
Obs3: Um móvel parte do repouso quando a velocidade inicial é
igual a zero V0 = 0 e a posição inicial é zero S0 = 0.
Obs4: O Móvel Muda o Sentido V = 0 e t > 0.
Obs5: O instante tMS no gráfico, representa o instante que o móvel
Obs1: Usa-se a equação quando não tivermos o tempo. Muda o Sentido.
Obs6: Verifique que o móvel só muda o sentido, quando a
2 V é a velocidade final (m/s)
V 2  V0  2.a.S V0 é a velocidade inicial (m/s)
velocidade inicial (V0) e a aceleração (a), possuírem sinais
diferentes.
Vivo ao Quadrado Dobra a é a aceleração (m/s²)
Área de Serviço S é a variação de posições (m) Ex13: A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
Ex13: A Uma bicicleta tem velocidade inicial de 4,0 m/s e adquire retilínea é S = 8 – 6t + t , onde S é medido em metros e t em
2 segundos. Determine:
uma aceleração constante de 1,8 m/s . Qual a sua velocidade após
percorrer 50m? a) a posição inicial;
V0 = 4 m/s; S0 = 8 m
V 2  V02  2.a.S b) a velocidade inicial;
a = 1,8 m/s²;
V=? V 2  4 2  2.1,8.50 V0 = – 6 m/s
S = 50 m. c) a aceleração;
V  16  180  196 a
 1  a  2.1  a  2 m / s 2
V  14 m / s 2
APOSTILA 04 – MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – MRUV FÍSICA – 1° ANO Página 5 de 9
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2018
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
d) a função horária da velocidade; EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
V  V0  a.t  V  6  2t 71 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
e) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou retilínea é S = – 12 – 4t + t , onde S é medido em metros e t em
retrógrado no instante t = 1 s; segundos. Determine:
a) a posição inicial;
V  6  2t  6  2.1  6  2   4 m / s 2 b) a velocidade inicial;
V = – 4 m/s e a = 2 m/s² c) a aceleração;
Movimento Retardado Retrógrado d) a função horária da velocidade;
f) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou e) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou
retrógrado no instante t = 5 s; retrógrado no instante t = 1 s;
V  6  2t  6  2.5  6  10  4 m / s 2 f) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou
V = 4 m/s e a = 2 m/s² retrógrado no instante t = 5 s;
Movimento Acelerado Progressivo g) o instante que o móvel muda o sentido;
g) o instante que o móvel muda o sentido; h) a posição que o móvel muda o sentido;
V = – 6 + 2.t  V = 0  6  2t  0  2t  6  i) o(s) instante(s) que o móvel passa pela origem das posições;
j) a posição do móvel no instante t = 8 s;
6
t 3s k) o gráfico da aceleração;
2 l) o gráfico das velocidades;
Muda o sentido em t = 3 s m) o gráfico das posições.
72 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
h) a posição que o móvel muda o sentido; retilínea é S = 4 – 4t + t , onde S é medido em metros e t em
tMS = 3 s segundos. Determine o instante e a posição que o móvel muda o
2 2
S = 8 – 6t + t = 8 – 6.3 + 3 = 8 – 18 + 9 = 17 – 18 sentido.
SMS = – 1 m a) a posição inicial;
b) a velocidade inicial;
i) o(s) instante(s) que o móvel passa pela origem das posições; c) a aceleração;
S=0 d) a função horária da velocidade;
b 
t
2
8 – 6t + t = 0 e) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou
2.a retrógrado no instante t = 1 s;
a=1 6 4 f) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou
b= –6 t retrógrado no instante t = 5 s;
c=8 2.1 g) o instante que o móvel muda o sentido;
  b 2  4.a.c  ' 62 4 h) a posição que o móvel muda o sentido;
62 t  2  2  2 i) o(s) instante(s) que o móvel passa pela origem das posições;
  ( 6) 2  4.1(8) t  j) a posição do móvel no instante t = 4 s;
2 t ''  6  2  8  4 k) o gráfico da aceleração;
  36  32  2 2 l) o gráfico das velocidades;
4 t’ = 2 s e t’’ = 4 s m) o gráfico das posições.
73 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
j) a posição do móvel no instante t = 6 s; retilínea é S = – 8 + 6t – t , onde S é medido em metros e t em
2 2
S = 8 – 6t + t = 8 – 6.6 + 6 = 8 – 36 + 36 = 8 + 0 segundos. Determine o instante e a posição que o móvel muda o
S=8m sentido.
a) a posição inicial;
k) o gráfico da aceleração; b) a velocidade inicial;
c) a aceleração;
d) a função horária da velocidade;
e) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou
retrógrado no instante t = 1 s;
f) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou
retrógrado no instante t = 5 s;
g) o instante que o móvel muda o sentido;
h) a posição que o móvel muda o sentido;
l) o gráfico das velocidades; i) o(s) instante(s) que o móvel passa pela origem das posições;
t V j) a posição do móvel no instante t = 6 s;
0 –6 V0 k) o gráfico da aceleração;
3 0 tMS l) o gráfico das velocidades;
m) o gráfico das posições.
74 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória
2
retilínea é S = – 16 + 8t – t , onde S é medido em metros e t em
segundos. Determine o instante e a posição que o móvel muda o
m) o gráfico das posições. sentido.
t S a) a posição inicial;
0 8 S0 b) a velocidade inicial;
2 0 Origem das c) a aceleração;
4 0 Posições d) a função horária da velocidade;
3 –1 Muda Sentido e) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou
6 8 retrógrado no instante t = 1 s;
f) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou
retrógrado no instante t = 5 s;

APOSTILA 04 – MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – MRUV FÍSICA – 1° ANO Página 6 de 9


UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2018
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
g) o instante que o móvel muda o sentido; I – No movimento acelerado, a aceleração e a velocidade têm o
h) a posição que o móvel muda o sentido; mesmo sinal.
i) o(s) instante(s) que o móvel passa pela origem das posições; II – No movimento acelerado, a velocidade instantânea aumenta em
j) a posição do móvel no instante t = 6 s; valor absoluto no decorrer do tempo.
k) o gráfico da aceleração; III – No movimento retardado, a aceleração e a velocidade têm sinais
l) o gráfico das velocidades; contrários.
m) o gráfico das posições. IV – No movimento retardado, a velocidade instantânea diminui em
valor absoluto no decorrer do tempo.
75 – A função horária de um móvel que se desloca numa trajetória As afirmativas verdadeiras são somente:
2
retilínea é S = – 12 + 4t – t , onde S é medido em metros e t em a) I e II; b) II e IV; c) I, III e IV; d) II, III e IV; e) I, II, III e IV.
segundos. Determine:
07 – (UFRR – 2004 F2) Considerando v a velocidade escalar e  a
a) a posição inicial; aceleração escalar, fazem-se as seguintes afirmativas:
b) a velocidade inicial; I – No movimento retrógrado acelerado: v < 0 e  > 0.
c) a aceleração; II – No movimento progressivo retardado: v > 0 e  < 0.
d) a função horária da velocidade; III – No movimento retrógrado retardado: v < 0 e  < 0.
e) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou A(s) afirmativa(s) correta(s) é(são) somente:
retrógrado no instante t = 1 s; a) I; b) II; c) III; d) I, II e III; e) nenhuma.
f) se o movimento é acelerado ou retardado, progressivo ou
08 – (UFRR – 2004 F2) Um determinado corpo se desloca com
retrógrado no instante t = 5 s;
uma velocidade, em m/s, que obedece à função v = 20 – 3t, onde t
g) o instante que o móvel muda o sentido;
é medido em segundos. A partir dessas informações, pode-se
h) a posição que o móvel muda o sentido;
afirmar que, no instante de 3s, o movimento desse corpo é:
i) o(s) instante(s) que o móvel passa pela origem das posições;
a) progressivo acelerado; b) uniforme; c) retrógrado acelerado;
j) a posição do móvel no instante t = 8 s;
d) retrógrado retardado; e) progressivo retardado.
k) o gráfico da aceleração;
l) o gráfico das velocidades; 09 – (UFRR – 2004 F2) Um corpo leva 10 s para se deslocar entre
2
m) o gráfico das posições. dois pontos. Nesse percurso, a aceleração do corpo foi de 1m/s e
TESTES DE VESTIBULARES a velocidade inicial de 1m/s. A distância, em metros, entre os dois
pontos vale:
01 – (UFRR – 2017N) Um móvel inicia seu movimento com a) 12; b) 30; c) 60; d) 100; e) 150.
2
velocidade de módulo 10 m/s e aceleração de módulo 2 m/s 10 – (UFRR – 2004 F2) Se um corpo é atirado verticalmente para
partindo da posição 5 m em relação a origem de um dado cima, a partir do solo, com velocidade inicial de 10 m/s, a altura
referencial. Sabendo que o movimento é retrógado e retardado, máxima, em metros, que o corpo atinge, desprezando-se a
qual a equação horária dos espaços que descreve o movimento? resistência do ar, é:
2
a) S = 5 - 10t - t ;
2
b) S = 5 + 10t + t ; a) 1; b) 2; c) 3; d) 4; e) 5.
c) S = 5 – 10t – 2t ;
2 2
d) S = - 5 + 10t – 2t ; 11 – (UFRR – 2004 F1) Quando um móvel se desloca em
e) S = - 5 – 10t – 2t .
2 movimento retardado, pode-se afirmar que:
a) a aceleração e a velocidade têm que ser positivas;
02 – (UFRR – Indígena – 2017) O Cavalo Lavradeiro de Roraima,
b) a aceleração necessariamente é negativa;
também chamado de Cavalo Selvagem, é um dos principais
c) a velocidade necessariamente é negativa;
símbolos do Estado. Ele geralmente atinge uma velocidade de 12
d) a aceleração e a velocidade têm que ser negativas;
m/s em 4 segundos.
e) a aceleração e a velocidade têm sinais contrários.
A aceleração de um Cavalo Selvagem em 4 segundos é de:
2 2 2 2
a) 3 m/s ; b) 4 m/s ; c) 5 m/s ; d) 2 m/s ; e) 1 m/s .
2 12 – (UFRR – 2004 F1) Um móvel, ao se deslocar, realiza um
2
movimento que obedece à função horária: s = 5t + 2t , onde s é a
03 – (UFRR – 2013) Um carro está estacionado com o motor
distância, em metros, percorrida pelo móvel no intervalo de tempo
ligado, o pedal do acelerador pressionado ao máximo e o pedal da
t, em segundos. A velocidade do móvel, em km/h, decorrido o
embreagem também pressionado. De repente, desliga-se o pedal da
intervalo de tempo de 30 s, é de:
embreagem e o carro se desloca com um movimento chamado de:
a) 80; b) 125; c) 450; d) 520; e) 648.
a) Uniforme; b) Retilíneo; c) Uniformemente acelerado;
d) Uniformemente retardado; e) Uniformemente variado. 13 – (UFRR – 2003 F2) Um carro percorre uma trajetória retilínea
2
em 10 s com uma aceleração constante de 10 m/s . Esta afirmativa
04 – (UFRR – 2012) Uma partícula puntiforme possui o movimento
indica que:
dado pela seguinte equação cinemática: x = 1 – 4t + 2t², onde x é a
a) a velocidade do carro é constante e igual a 100 m/s;
posição expressa em metros, e t o tempo expresso em segundos.
b) a velocidade do carro varia de 10 m/s a cada segundo;
Marque abaixo a alternativa correspondente ao tempo necessário
c) a velocidade do carro é constante e igual a 10 m/s;
para a partícula percorrer a distância de 6 metros.
d) a distância percorrida pelo carro é de 100 m;
a) 5 s. b) 2 s. c) 1 s. d) 7 s. e) 3 s.
e) a distância percorrida pelo carro é de 10 m.
05 – (UERR 2011.1) Um bloco, de massa m, está sujeito sobre
14 – (UFRR – 2003 F2) Um carro com velocidade de 72 km/h é
uma mesa de superfície horizontal rugosa, estando unido a outro
freado com uma aceleração constante, contrária ao movimento, de
bloco, de massa M, por uma corda inextensível e de massa 2
10 m/s até parar. A distância, em metros, percorrida pelo carro
desprezível. O segundo bloco está pendurado na borda da mesa
desde o instante da aplicação dos freios até parar vale:
de maneira que se o primeiro bloco é solto o sistema move-se com
a) 1 b) 10 c) 20 d) 30 e) 40
movimento:
a) Oscilatório; 15 – (UFRR – 2003 F1) A velocidade de um trem em função do
b) Uniformemente acelerado com aceleração igual à aceleração da tempo está representada no gráfico abaixo:
gravidade; A respeito do movimento do trem fazem-se três afirmativas:
c) Uniformemente acelerado com aceleração maior que a I – Entre os instantes 0 e 8 s o trem percorre a distância de 160 m.
aceleração da gravidade; II – Entre os instantes 12 e 22 s o trem está em repouso.
d) Uniforme com velocidade igual a 9,8 m/s. III – Entre os instantes 22 e 25 s o trem tem movimento
e) Uniformemente acelerado com aceleração menor que a progressivo acelerado.
aceleração da gravidade. A (s) afirmativa (s) verdadeira (s) é (são) somente:
06 – (UFRR – 2005) Analise as afirmativas a seguir, a respeito dos
diversos tipos de movimento:
APOSTILA 04 – MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – MRUV FÍSICA – 1° ANO Página 7 de 9
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2018
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
a) II; d) uma função quadrática do tempo;
b) I e III; e) uma função que só depende da posição.
c) II e III; 22 – (UFRR – 2000 F2) A figura mostra o gráfico da velocidade
d) I, II e III; como função do tempo para dois corpos 1 e 2
e) nenhuma.

16 – (UFRR – 2002 F2) O gráfico abaixo representa a velocidade


de dois móveis A e B, que se deslocam numa trajetória retilínea e
no mesmo sentido, em função do tempo: Sobre esta representação gráfica, pode-se afirmar que no
Analise as seguintes afirmativas: instante t:
I – o móvel B tem aceleração de 2 m/s²; a) os dois corpos se encontram depois de percorrerem a mesma
II – os dois móveis percorrem a mesma distância nos dez primeiros distância;
segundos; b) os dois corpos sofrem o mesmo deslocamento;
III – no instante de 10 s os móveis possuem a mesma velocidade; c) a distância percorrida pelos dois corpos é igual;
IV – a distância percorrida pelo móvel A nos dez primeiros d) os dois corpos se encontram com velocidades iguais;
segundos é de 350 m. e) os dois corpos apresentam a mesma velocidade e percorrem
Com base no gráfico, a(s) afirmativa(s) verdadeiras é/são: distâncias diferentes.
a) I e IV; 23 – (UFRR – 2000 F1) Um observador registra o movimento de
b) I, II e IV; uma partícula que se move no sentido positivo ao longo de uma
c) III; estrada retilínea e representa-o em um gráfico mostrado na figura.
d) III e IV; A reta inclinada com relação ao eixo t representa velocidade como
e) I, II, III e IV. função do tempo. Pode-se afirmar que o movimento dessa
partícula é:
17 – (UFRR – 2002 F1) Um veículo deslocando-se a uma a) retilíneo e uniforme;
velocidade de 15 m/s, aumenta sua velocidade à razão de 1m/s a b) retilíneo e com aceleração variável;
distância percorrida pelo veículo em 6 segundos vale, em metros: c) retilíneo e uniformemente variado;
a) 98; b) 100; c) 108; d) 142; e) 204. d) curvilíneo e uniforme;
18 – (UFRR – 2001 F2) O gráfico abaixo representa a velocidade e) circular e não uniforme.
de um móvel em função do tempo.
24 – (UFRR – 1999 F2) Um passageiro está sentado no banco de
I – Entre 0 e 5 s o móvel tem aceleração negativa;
um trem. Do instante t0 até o instante t ele sente que as suas
II – Entre 0 e 5 s o móvel apresenta movimento progressivo
costas comprimem o banco no qual se acha sentado; de t até t'
acelerado;
III – entre 5 e 10 s o móvel percorre a distância de 50 m; não sente qualquer compressão nem a tendência a ir para a frente;
depois do instante t' ele sente a tendência a se deslocar para a
IV – entre 10 e 20 s o móvel percorre a distância de 50m;
V – Entre 10 e 20 s o móvel apresenta movimento retrógrado frente. A respeito do que ocorre com o trem, pode-se dizer:
a) entre t0 e t o movimento é retilíneo e uniforme;
acelerado.
b) entre t0 e t o movimento é retardado;
Pode-se Indicar como o verdadeira(s) somente:
c) entre t0 e t o movimento é uniformemente retardado;
a) I, II e IV;
d) a partir do instante t' o movimento é retardado;
b) I, III e V;
e) a partir de t' a aceleração do trem é positiva com relação a sua
c) I e V;
d) II e IV; velocidade.
e) II 25 – (FAA – 2010.1) O brasileiro Rubens Barrichello (Brawn GP)
conquistou a pole position no GP do Brasil 2009 de Fórmula Um. Ao
chegar à curva do Laranjinha, reduziu sua velocidade de 180 km/h
para 144 km/h, realizando um percurso de 90 metros. A desaceleração
19 – (UFRR – 2001 F2) A velocidade de um veículo que parte do atingida pelo seu F1 em módulo foi de:
repouso aumenta uniformemente até que, após 30 s, atinge a a) 1 m/s2; b) 2 m/s2; c) 3 m/s2; d) 4 m/s2; e) 5 m/s2.
velocidade de 15 m/s. A distância percorrida em metros, nesse 26 – (FAA – 2007.2) Um móvel em movimento retilíneo uniformente
intervalo de tempo foi de: variado MRUV, tem sua função horária das posições que obedece à
a) 1000; b) 500; c) 250; d) 225; e) 150. expressão S = – 8 + 2t + t2, com S medido em metros e t em segundos.
20 – (UFRR – 2001 F1) O gráfico abaixo representa a velocidade Pode se afirmar que o móvel passa pela origem das posições no
de um móvel, em função do tempo, que se desloca numa trajetória instante t igual á:
retilínea: a) 1 s; b) 2 s; c) 3 s; d) 4 s; e) 5 s.
A velocidade inicial e a aceleração do móvel valem, 27 – (FAA – 2007.1) Um móvel em movimento retilíneo uniformemente
respectivamente: variado (MRUV), desenvolve a seguinte função horária das posições
a) 10 m/s e 4 m/s²; S = – 12 – 4t + t², no sistema internacional de unidades (SI). Analise as
alternativas abaixo e verifique a única correta.
b) 0 e 5 m/s²;
a) O móvel passa pela origem das posições no instante t = 2 s;
c) 10 m/s e 5 m/s²;
b) No instante t = 5 s, o movimento é acelerado progressivo;
d) 0 e 4 m/s²; c) O móvel muda o sentido no instante t = 3 s;
e) 0 e 0 d) A posição que o móvel muda o sentido é S = 20 m;
e) A aceleração do móvel é 1 m/s2.
28 – (FAA – 2006.2) Um móvel em movimento retilíneo
21 – (UFRR – 2000 F2) Um veículo move-se ao longo do eixo X de uniformemente variado (MRUV), desenvolve a seguinte função
tal forma que a sua aceleração é constante e diferente de zero. A 2
horária das posições S = 8 – 6t + t , com S medido em metros e t
velocidade escalar deste veículo é: medido em segundos. Em relação a função horária acima, verifique
a) constante e não nula; qual das afirmações abaixo é verdadeira.
b) uma função linear da posição; a) o móvel muda o sentido no instante t = 3 segundos;
c) uma função linear do tempo;
APOSTILA 04 – MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – MRUV FÍSICA – 1° ANO Página 8 de 9
UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA
CENTRO DE EDUCAÇÃO – CEDUC
COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA
COLÉGIO DE APLICAÇÃO – CAP/UFRR – 2018
FÍSICA: PROF. MSC. RONALDO CUNHA
b) no instante t = 2 segundos, o movimento é acelerado dólares (ou R$ 3.000.000,00, de acordo com a reportagem). Trata-
progressivo; se de um carro que atinge a velocidade de 108 km/h em 4
c) o móvel passa pela origem das posições no instante t = 5 segundos, com um consumo de 3 quilômetros por litro de gasolina.
segundos; Segundo a reportagem, "na arrancada, o corpo do motorista é
2
d) a aceleração do móvel é 8 m/s ; pressionado para trás com uma força espantosa, algo como um
e) a posição do móvel no instante t = 2 segundos é 8 metros. peso de 60 quilos empurrando o tórax contra o banco. Em 10
29 – (FAA – 2005.1) Dizemos que um Movimento Retilíneo segundos, o ponteiro passa dos 200. É um monstro capaz de
Uniformemente Variado é acelerado progressivo quando: atingir 320 km/h. Se algum brasileiro decidisse adquirir o carro
a) aceleração positiva e velocidade negativa; mais caro do mundo, pagaria todos os anos, R$ 150.000,00 de
b) aceleração negativa e velocidade negativa; IPVA, mais R$ 300.000,00 de Seguro".
c) aceleração positiva e velocidade positiva; REVISTA VEJA
d) aceleração negativa e velocidade positiva; Considere que a aceleração do automóvel durante os 4 segundos
e) aceleração positiva e velocidade nula;30 – (FAA – 2003.1). Em seja constante. A aceleração do Mercedes-Benz, em m/s2, durante
uma viagem de Boa Vista a Alto Alegre um motorista mantém, num os segundos, foi de, aproximadamente:
trecho retilíneo, a velocidade constante de 80 km/h durante 50 a) 7,5; b) 5,5; c) 4,5; d) 3,5; e) 2,5.
minutos. Posteriormente o motorista altera a velocidade fazendo 38 – (OBFEP – 2013) As equações horárias de dois móveis A e B,
com que a mesma varie entre 30 km/h a 70 km/h durante 30 que se deslocam numa trajetória retilínea com origem em S = 0,
2
minutos. Com essas informações podemos dizer que nesses dois são expressas por SA = -20 + 5t e SB = 10 + 2t , sendo S dado em
intervalos de tempo a viagem foi constituída, respectivamente, dos metros e t em segundos. A distância entre os móveis no instante
seguintes movimentos: 10 s é de:
a) Movimento Retilíneo Uniforme e Movimento Retilíneo a) 30 m; b) 180 m; c) 200 m; d) 210m; e) 300 m.
Uniformemente Variado; 39 – (OBF – 2013) Uma nave espacial acelera a partir do repouso
2
b) Movimento Retilíneo Uniformemente Variado e Movimento com aceleração de 10m/s numa linha reta. Quanto tempo,
Retilíneo Uniforme; aproximadamente, leva para que a nave atinja a velocidade de
c) Movimento Circular Uniforme e Movimento Retilíneo Uniforme. 3,6% da velocidade da luz? Despreze efeitos relativísticos.
4 6
d) Movimento Circular Uniforme e Movimento Retilíneo a) 2 dias; b) 12,5 dias; c) 3,0x10 s; d) 3,0x10 s; e) 7,0 dias.
Uniformemente Variado; 40 – (FUVEST-SP) Um veículo parte do repouso em movimento
2
e) Movimento Retilíneo Uniformemente Variado e Movimento retilíneo e acelera a 2 m/s . Pode-se dizer que sua velocidade e a
Circular Uniforme. distância percorrida, após 3 segundos, valem, respectivamente:
31– (FAA – 2002.2). Após observar atentamente o movimento de a) 6 m/s e 9 m; b) 6 m/s e 18 m; c) 3 m/s e 12 m;
um corpo um estudante determinou que o mesmo descreve um d)12m/s e 36m; e) 2 m/s e 12 m.
Movimento Uniformemente Variado (MUV), cuja função horária dos 41 – (UFMA) O gráfico abaixo indica como varia o espaço de um
2
espaços é S = 9 + 6t + 2t . Sabendo-se que o estudante adota o móvel em função do tempo. A aceleração do móvel, em m/s², é
Sistema internacional de unidades (SI), podemos dizer que o igual a:
espaço e velocidade inicial bem como a aceleração do corpo são, a) 5;
respectivamente: b) 4;
2 2
a) 9 m, 3 m/s e 4 m/s ; b) 6 m, 3 m/s e 6 m/s ; c) 2;
2 2
c) 9 m, 6 m/s e 6 m/s ; d) 4 m, 9 m/s e 3 m/s ; d) 3;
2
e) 9 m, 6 m/s e 4 m/s . e) 1.
32 – (OBF–2012) Um ciclista que se move a 36 km/h começa a
frear quando avista um obstáculo a 10 m, qual é a aceleração
mínima que garante que ele não bata no obstáculo?
2
a) 10 m/s²; b) 5 m/s²; c) 3 m/s ; d) 6,5 m/s²; e) 0,55 m/s²; 42 – (UEL-PR) O gráfico representa a velocidade escalar de um
33 – (UFPA) Um veículo parte do repouso em movimento retilíneo corpo, em função do tempo. De acordo com o gráfico, o módulo da
2
uniformemente variado e acelera a 2 m/s . Pode-se dizer que sua aceleração desse corpo, em metros por segundo ao quadrado, é
velocidade e a distância percorrida após 3 segundos, valem, igual a:
respectivamente: a) 0,50;
a) 6 m/s e 9 m; b) 12 m/s e 36 m; c) 6 m/s e 18 m; b) 4,0;
d) 2 m/s e 12 m; e) 3 m/s e 12 m. c) 8,0;
34 – (UEPA) Um corpo é dotado de aceleração constante e igual a d) 12,0;
2
3 m/s . No instante inicial, sua velocidade é igual a 10 m/s. qual a e) 16,0
velocidade atingida após percorrer 16 m?
a) 96 m/s; b) 20 m/s; c) 16 m/s; d) 12 m/s; e) 14 m/s.
35 – (UFPA) Um certo tipo de carro para testes parte do repouso e
atinge a velocidade de 108 km/h em 5 s. Analise as afirmações:
2
I. A aceleração do carro vale 6 m/s ;
II. Durante a aceleração o carro percorre 100 m; GABARITO DOS TESTES DOS ÚLTIMOS VESTIBULARES
III. A velocidade escalar média durante a aceleração vale 15 m/s. 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
SÃO CORRETAS: A A C E E E B E C E
a) somente I; b) I e II; c) I e III; d) II e III; e) todas. 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
36 – (UFPA) Um veículo desloca-se com velocidade de 10 m/s E C B C E D C D D A
quando observa que uma criança entra na pista, 25 m à frente. Se 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
o motorista pisa no freio, imediatamente, imprimindo ao veículo C E C D E B B A C A
2
uma desaceleração constante de 5 m/s , ele irá parar: 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
a) após atropelar a criança; b) 2 m antes da criança; E B A E C E A B B B
c) 5 m antes da criança; d) 10 m antes da criança; 41 42
e) 15 m antes da criança. C A
37 – (Cesgranrio 2000) A Mercedes-Benz está lançando no
mercado (restrito) um carro que custa a bagatela de 2 milhões de
APOSTILA 04 – MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORMEMENTE VARIADO – MRUV FÍSICA – 1° ANO Página 9 de 9