Você está na página 1de 36

HYDRONEWS

No. 21 / 04-2012 • PORTUGUÊS REVISTA DA ANDRITZ HYDRO

ÉPOCA FAVORÁVEL PARA


INVESTIR EM UHERs
Notícias em destaque (Página 05)

DEZ ANOS NA COLÔMBIA


Informações sobre o mercado (Página 10)

FOZ TUA
Um novo projeto em Portugal (Página 15)

MMC10
Usinagem mecânica em campo (Página 21)

www.andritz.com

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 1 06.05.2012 18:18:45 Uhr


02 HYDRONEWS

Últimas
Novidades
Destaques consoli-
dados em 2011

Novamente um novo
d na carteira
recorde i de
d encomendas d
Carteira de encomendas: 2.096,2
milhões de euros
Reserva de encomendas (até 31.12):
3.671,4 milhões de euros
Escócia
Vendas: 1.772,9 milhões de euros
Funcionários (até 31.12): 7.285 na European Marine Energy Centre
Em dezembro de 2011, a ANDRITZ (EMEC), na Escócia. A turbina sub-
HYDRO Hammerfest concluiu com aquática já está for necendo ener-
sucesso o projeto da turbina mare- gia para a rede elétrica desde fe-
Egito motriz tipo HS1000, de 1.000 kW, vereiro deste ano.

Noruega
fest Energi e a empresa espanhola
Iberdrola. A empresa operará sob o
O grupo Internacional de tecnologia
t nome de ANDRITZ HYDRO Hammer-
ANDRITZ aumentou sua participação fest, permanecendo líder mundial
acionária na empresa Hammerfest em tecnologia de turbinas subaquáti-
Strøm AS, de 33,3% para 55,4%. cas (que utilizam as correntes
A ANDRITZ HYDRO foi contratada Os outros principais acionistas marítimas para a geração de energia
pelo Ministério de Energia e Recursos são: a empresa norueguesa Hammer- elétrica).
Hídricos do Egito para o fornecimento
e instalação de quatro turbinas tipo
Bulbo, geradores e os auxiliares me-
cânicos e elétricos previstos para Costa Rica Rússia
a reabilitação da Usina Hidrelétrica
Assiut, localizada na mais antiga A ANDRITZ HYDRO foi premiada pelo
barragem do Rio Nilo. Instituto de Eletricidade da Costa
Rica com o contrato para o forneci-
mento e supervisão de instalação de
quatro turbinas tipo Francis, gera-
Brasil
dores e auxiliares elétricos e mecâni-
cos destinados à Usina Hidrelétrica
No final de 2011
2011, a AND
ANDRITZ HYDRO Reventazón, a maior do país.
Brasil foi contratada pela AES e
Votorantim para a modernização das A RusHydro International AG assinou
turbinas destinadas às Usinas um Memorando de Entendimento
Hidrelétricas Nova Avanhandava e com a Andritz AG (ANDRITZ HYDRO)
Alecrim. E agora, no início de 2012, a para o desenvolvimento de projetos
ANDRITZ HYDRO Inepar do Brasil foi internacionais. Ambas as empresas
escolhida para modernizar as Usinas estão desenvolvendo estudos sobre a
Hidrelétricas Limoeiro (que também viabilização de projetos hidrelétricos
pertence à AES) e Cachoeira Doura- e m d i f e re n t e s p a r t e s d o m u n d o ,
da, além das Hidrelétricas Matucana principalmente na África e América
e Huinco (que pertencem à Endesa). Latina.

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 2 06.05.2012 18:18:46 Uhr


Índice HYDRONEWS 03

18
21

05
24

14 20 33
ÍNDICE
02 ÚLTIMAS NOVIDADES 18 Tala, Butão
19 Degerforsen, Suécia
04 INTRODUÇÃO 20 San Carlos, Colômbia
Capa:
Unidade quaternária reversível
MELHOR HISTÓRIA INSTALAÇÃO
05 Época favorável para 21 MMC10
investir em UHERs
INFORMAÇÃO LOCAL
MERCADOS 22 Feldsee, Áustria
08 Çetin, Boyabat, Turquia 23 Pirrís, Costa Rica
10 Dez anos na Colômbia 24 Tsankov Kamak, Bulgária
12 Bassi, Índia 25 Kraftwerke Hinterrhein, Suíça
14 Sucesso na Itália 26 Karebbe, Indonésia
F O T O
NOVOS PROJETOS 27 NOTÍCIAS DE
15 Foz Tua, Portugal DESTAQUE
16 Belo Monte, Brasil
33 EVENTOS

Imprint
Publicação: ANDRITZ HYDRO GmbH, A-1141 Viena, Penzinger Strasse n° 76, Áustria, Tel.: +43 (1) 89100.
Responsável pelos conteúdos: Alexander Schwab. Equipe editorial: Christian Dubois, Clemens Mann, Jens Päutz, Edwin Walch, Kurt Wolfartsberger.
Copyright: © ANDRITZ HYDRO GmbH 2012, todos os direitos reservados. Desenho gráfico: Layout/ Produção A3 Werbeservice.
Tiragem: 22.450 exemplares impressos nos seguintes idiomas: Alemão, Inglês, Francês, Espanhol, Português e Russo.

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 3 06.05.2012 18:18:56 Uhr


04
02 HYDRONEWS Introdução
New projects

Prezados parceiros de negócios


e l é t r i c a . To d o s o s s e g m e n t o s d a

O
mercado de hidrogeração cas. Esta tendência é confirmada pe-
continuou crescendo de ANDRITZ HYDRO, assim como suas los diversos contratos adquiridos pela
forma global em 2011. Este sedes no mundo, apresentam grandes ANDRITZ HYDRO no Brasil, dentre
desenvolvimento positivo é clara- resultados em seus negócios, sendo outros contratos menores, no Panamá
mente refletido no resultado finan- os mais importantes descritos a se- inclusive. Após vários anos de cons-
ceiro da ANDRITZ HYDRO. guir. Na Europa, Portugal é atualmen- trução, a maior UHEM (Usina Hidrelé-
te o mercado com a mais intensa ati- trica Maremotriz) Sihwa equipada com
A importância da energia hidrelétrica vidade em novos projetos de UHERs 10 turbinas tipo Bulbo de 26 MW
na sociedade mudou significativamen- (Usinas Hidrelétricas Reversíveis). Há cada, na Coreia do Sul, foi colocada
te nos últimos anos. O custo crescen- vários anos a ANDRITZ HYDRO faz oficialmente em operação e entregue
te dos combustíveis fósseis, o aumen- muito sucesso neste país, o que foi ao cliente. A cerimônia de abertura foi
to da emissão de gases do efeito novamente confirmado pelo recente realizada pelo presidente coreano Lee
estufa de forma global, associado ao contrato adquirido para o projeto da Myumg-Bak. Por intermédio dos me-
recente e trágico acidente nuclear em UHER Foz Tua. O sucesso na Turquia canismos flexíveis do Protocolo de
Fukoshima no Japão, têm acelerado o continua em virtude dos novos con- Kyoto, um projeto austríaco piloto, a
incentivo e a promoção da geração tratos adquiridos que são referentes UHE Tsankov Kamka na Bulgária, foi
por fontes de energia renováveis. Hoje às UHEs (Usinas Hidrelétricas) Çetin inaugurada e entregue ao cliente com
as usinas hidrelétricas são considera- ( t o t a l 5 0 0 M W ) , Ta r t a r ( 1 3 3 M W ) , sucesso. Outro destaque especial foi
das como fontes estáveis e de grande Pembelik (132 MW) e sete contratos o comissionamento da nova turbina
confiança no mercado global de ener- menores destinados às PCHs (Peque- de maré subaquática modelo HS1000,
gia. A demanda crescente de energia nas Centrais Hidrelétricas). Ao mesmo executada pela empresa norueguesa
elétrica de ponta e a sobrecarga nas tempo, vários projetos estão em fase Hammerfest. A ANDRITZ HYDRO de-
redes, juntamente com o crescente de conclusão e serão entregues com t é m 5 5 , 4 % d e s t a e m p re s a d e s d e
desenvolvimento dos parques eólicos sucesso aos clientes como as recen- 2010. Devido ao contínuo desenvolvi-
e fotovoltaicos, levam à necessidade tes UHEs Hacininoglu e Alkumru na mento das nossas tecnologias e à
do desenvolvimento rápido de novas Turquia. Os mercados da América grande confiança que nossos clientes
usinas hidrelétricas como fontes Central e do Sul também demonstram apresentam em nossos produtos, es-
reservas, que permitirão a estabilida- há anos uma crescente demanda de taremos sempre preparados para fu-
de contínua das redes de distribuição construção de novas usinas hidrelétri- turos desafios.

M. Komböck W. Semper H. Heber

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 4 06.05.2012 18:19:17 Uhr


Melhor história HYDRONEWS 05

Época favorável
para investir em Usinas
Hidrelétricas Reversíveis
de apenas 10 dias devido à falta de

M
uitos países vêm anuncian-
do planos para aumentar vento, a Alemanha terá que aumentar
significativamente a gera- o volume dos atuais reservatórios de
ção de energia utilizando fontes suas plantas de armazenamento por
renováveis como parques eólicos e bombeamento em mais de 100 vezes,
fotovoltaicos. Este desenvolvimen- para assim poder manter estabilidade
to irá gerar uma enorme demanda de sua rede. Por outro lado, nos dias
de plantas de armazenamento por em que houver muito vento e associa-
bombeamento. A ANDRITZ HYDRO do a um baixo consumo de eletricida-
oferece Usinas Hidrelétricas Rever- de, estes fatores resultarão numa pro-
síveis (UHERs) convencionais, além dução excedente de energia. Várias
de soluções inovadoras e descen- tecnologias já são suscetíveis na con-
tralizadas, utilizando turbinas re- tribuição do cumprimento destas no-
versíveis de velocidade variável, vas demandas de geração e armaze-
onde ambos os sistemas desempe- namento. Devido às vantagens relativas
nharão funções importantes que à eficiência do armazenamento de
garantirão a contínua estabilidade energia em grande escala por intermé-
das redes elétricas. dio das turbinas reversíveis, as UHERs
continuarão a ser largamente aplica-
Todas as redes elétricas que possuem das. Atualmente, tecnologias como
uma parcela significativa da geração a CAES (Compressed Air Energy Stora-
partir de fontes voláteis serão confron- ge) e P2G (Power-to-Gas) estão sob
tadas com o problema do armazena- análise, entre outras, como futuras op-
mento de energia. A Alemanha, por ções de suporte para as UHERs, já
exemplo, aponta para uma quota de que as mesmas não poderão suprir
25% da geração de energia por fontes totalmente às futuras necessidades.
renováveis até 2020, o que significa
que cerca de 150 TWh serão prove- História longa em tecnologia de
nientes de fontes instáveis. Por exem- UHERs
plo, se em 2050 os parques eólicos Já em 1890, a cidade de Zurique, na
estiverem inoperantes por um período Suíça, colocou em operação a primeira
UHER conectada a um pequeno reser-
▼ Modelo CAD da UHER Lang Yashan
vatório superior e um pequeno rio. ▲ UHER Hintermuhr, Áustria

Esta seria então a primeira turbina re- ▼ Reservatório superior artificial da UHER
versível do mundo, que foi entregue Lang Yanshan, China
pela empresa Escher Wyss, que agora
faz parte da ANDRITZ HYDRO. A em-
presa continuou a fornecer suas turbi-
nas reversíveis com sua tecnologia
pioneira, como por exemplo: para as
UHERs Provvidenza na Itália em 1949,
e a Limberg na Áustria em 1954, que

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 5 06.05.2012 18:19:21 Uhr


06 HYDRONEWS Melhor história
Projeto Coluna Potên- Diâmetro Veloci- País
d’água cia do rotor dade
(m) (MW) (mm) (rpm)
Tierfehd (Nestil) 1.066 142 2.263 600 Suíça
foram as maiores do mundo naquela Feldsee 548 73 1.919 1.000 Áustria
época. A primeira e maior turbina Hintermuhr 518 74 1.870 1.000 Áustria
reversível de velocidade variável, fora Yixing 420 262 4.394 375 China
Goldisthal 338 325 4.593 333.33 / Alemanha
do Japão, foi instalada com sucesso
300-346
em 2003 na UHER Goldisthal, na Vianden M11 295 200 4.286 333,33 Luxemburgo
Alemanha, com os equipamentos da Tongbai 289 306 4.802 300 China
ANDRITZ HYDRO. Lang Yashan 153 166 4.700 230,77 China
Zarnowiec 128 188 6.008 166,67 Polônia
Baixo Sabor Montante 100 77 4.112 214,29 Portugal
Pesquisa de altíssima qualidade Foz Tua 99 125 4.837 187,50 Portugal
Hoje, com base nesta longa tradição, a Baixo Sabor Jusante 35 18 3.948 150 Portugal

▲ Projetos recentes de UHERs


Escoamento 1

ANDRITZ HYDRO fornece uma tecno- revelaram uma separação rotacional


logia de turbinas reversíveis adaptadas do fluxo entre o conjunto das palhetas
Alta
velo- às necessidades específicas de cada diretrizes móveis e das fixas. Com o
cidade
projeto, além do fornecimento total resultado desta simulação foi possível
dos equipamentos eletromecânicos, a criação de soluções para minimizar
hidromecânicos, desenvolvimento hi- estes efeitos e poder garantir uma
Baixa velocidade
[ms^-1] dráulico e sistemas de automação e sincronização segura da unidade. Para
▲ UHER Vianden M11
controle. Como resposta à importân- o projeto das turbinas reversíveis de
Escoamento laminar durante operação bomba cia crescente das UHERs, a ANDRITZ
HYDRO criou um centro de compe-
Rotor
Alta tência para turbinas reversíveis em
velocidade

© edp
Palhetas
diretrizes
Zurique, na Suíça, que coordena as
atividades globais de pesquisa e
Baixa
desenvolvimento.
velocidade Tubo de
sucção

Estudo da hidrodinâmica de turbinas


hidráulicas por CFD (Computational
Fluid Dynamics), assim como os testes
em modelos reduzidos realizados em
▲ UHER Vianden M11 um dos três laboratórios hidráulicos da
Escoamento laminar durante operação turbina
empresa são essenciais para o de- ▲ Esboço artístico da UHER Baixo Sabor
Montante
senvolvimento de nossa tecnologia de
ponta. As demandas atuais das redes
elétricas exigem mudanças rápidas
© edp

entre os modos de operação, fazendo


com que o entendimento dos fenôme-
nos instáveis torne-se imprescindível
para o desenvolvimento das modernas
turbinas reversíveis, permitindo inclu-
sive que as mesmas operem com as
mínimas restrições possíveis. Duas
▲ Testes no modelo reduzido da turbina reversível de características principais do comporta-
Vianden M11 mento instável da turbina reversível ▲ Esboço artístico da UHER Baixo Sabor Jusante
▼ Vista aérea do reservatório superior artificial de Vianden são conhecidas; uma delas ocorre du-
em Luxemburgo
rante a operação de bombeamento, e
a outra durante a operação de gera-
ção. Estudos detalhados, realizados
juntamente com uma universidade
da Suíça, possibilitaram um conheci-
mento mais detalhado em relação a
estes fenômenos.

Simulações numéricas (CFD) efetuadas


▲ Fabricação do rotor destinado à UHER Baixo
na turbina no modo bomba, e operan- Sabor
do com uma carga hidráulica baixa,

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 6 06.05.2012 18:19:42 Uhr


Melhor história HYDRONEWS 07

Baixo Sabor, em Portugal, que estão


equipadas com comporta cilíndrica
(previstas para um fechamento de
emergência), a ANDRITZ HYDRO con-
siderou criteriosamente o aspecto dos
transientes hidráulicos que causam
grande instabilidade no comportamen-
to do fluxo, além dos seus efeitos
quando as unidades estão operando
numa faixa específica de alta velocida-
de. Simulações numéricas combinadas
com testes em modelo reduzido permi-
tiram a avaliação detalhada das forças
que atuam sobre a comporta cilíndrica,
podendo assim oferecer a solução per-
feita para este projeto. A ANDRITZ
HYDRO efetuou um estudo detalhado
para a nova turbina reversível da UHER
Vianden M11 em Luxemburgo, toman-
do como base a análise do fluxo tran- ▲ Simulação (CFD) na periferia da comporta cilíndrica com aberturas: 50%, 20%, 5% a 1%

siente e o cálculo da tensão dinâmica,


a fim de garantir assim uma operação
segura e confiável em todos os níveis Para acompanhar estas mudanças de ção de parques eólicos com as turbi-
de carga da unidade. carga imprevisíveis na rede elétrica nas reversíveis de menor porte da
provenientes dos parques eólicos, a ANDRITZ HYDRO permitirá que a con-
Conceitos inovadores potência absorvida pela turbina rever- cessionária de energia elétrica consiga
Se um grande parque eólico está co- sível em modo bomba deverá variar manter de forma segura a estabilidade
nectado a uma rede elétrica, a potên- continuamente para manter uma contí- de sua rede elétrica.
cia gerada poderá exceder temporaria- nua estabilidade. Isto só é possível, até
mente da atual demanda de consumo, então, com a utilização de grandes Em comparação com as outras tecno-
o que significa que o excedente produ- turbinas reversíveis de velocidade vari- logias de armazenamento existentes,
zido deverá ser imediatamente elimina- ável, equipadas com motor-gerador este novo conceito da ANDRITZ
do para poder manter assim a estabili- assíncrono de dupla alimentação. Con- HYDRO é confiável, inovador, e muito
dade da frequência da rede. Usinas siderando os desafios de estabilidade econômico quando comparado às so-
Hidrelétricas Reversíveis podem resol- de tensão em redes elétricas com in- luções apresentadas pelos seus con-
ver este problema facilmente, no en- serção de parques eólicos, a ANDRITZ correntes.
tanto as usinas convencionais atuam HYDRO desenvolveu um projeto inova-
de forma menos flexível, pelo fato de dor para suprir esta deficiência, que Manfred Sallaberger
não ser possível alterar a potência ab- são as UHERs de porte menor que as Tel.: +41 (41) 2182 2772
sorvida pelo motor-gerador. tradicionais, equipadas com turbinas manfred.sallaberger@andritz.com
reversíveis standard e gerador síncrono
de velocidade variável compactas. ▼ Vista dos reservatórios superior e inferior da
UHER Kaprun na Áustria
Este tipo de turbina reversível permite
o fornecimento de energia local de for-
ma segura, flexível e imediata.

A potência deste tipo de turbina rever-


sível varia entre 10 a 25 MW, muito in-
ferior às tradicionais. Por exemplo,
duas ou mais destas unidades pode-
rão facilmente compensar a deficiência
de um parque eólico com uma capaci-
dade instalada de 50 MW. A possibili-
dade de se alterar a coluna d’água das
turbinas reversíveis é muito flexível, e a
característica da eficiência da turbina
▲ Sala de máquinas em Goldisthal,
e/ou da bomba é plana sobre sua
Alemanha ampla gama operacional. A combina-

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 7 06.05.2012 18:19:47 Uhr


08 HYDRONEWS Mercados

Turquia
O mercado número um da ANDRITZ HYDRO em hidrogeração

▲ Após assinatura do contrato

qualificadas recuaram ao final do proces-

A
Turquia é um país que está se usinas hidrelétricas nos países vizinhos,
desenvolvendo muito rapida- so, eliminando desta forma as linhas de com por exemplo na Geórgia. Há déca-
mente, consequência da ne- crédito necessárias aos projetos. Da das a Turquia é um importante mercado
cessidade de ampliação contínua mesma forma, a privatização da Usina para a ANDRITZ HYDRO, já que somos
da geração de energia elétrica para Termoelétrica Hamitabat não teve conti- o principal fornecedor de equipamentos
suprir a alta demanda. Entre os paí- nuidade, pelo fato do número de empre- eletromecânicos, hidromecânicos, além
ses da OCDE, a Turquia é o país que sas interessadas ser insuficiente. Em de outros inúmeros equipamentos asso-
tem o maior aumento da demanda contra partida, agora em 2012 ocorrerá ciados ao setor de hidrogeração. Dos
de energia elétrica, estando atrás provavelmente a privatização de 28 Usi- atuais 17.000 MW gerados pelas hidre-
apenas da China no cenário global. nas Hidrelétricas e 18 Usinas Termoelétri- létricas na Turquia, a ANDRITZ HYDRO já
Somente em 2011, investimentos de cas. Está previsto também para os próxi- forneceu 245 turbinas totalizando 13.662
mais de 3,5 bilhões de dólares fo- mos anos um aumento de 20.000 MW na MW (80%), 99 geradores totalizando
ram efetuados neste segmento. geração hidrelétrica e cerca de 15.000 MW 5.686 MVA (33%) e 34.000 toneladas
na geração eólica através de instalações de tubulação forçada, além de compor-
A tabela abaixo é uma comparação resu- custeadas pelo setor privado. Atualmen- tas para 53 hidrelétricas. A empresa
mida do quadro energético turco entre os te, está em andamento um importante ANDRITZ HYDRO Ltd. Sti., criada em
anos de 2010 e 2011. Pode-se observar projeto energético turco, que é a implan- 1991, na Turquia, pertence em sua totali-
que o estado ainda é responsável por tação de sua primeira Usina Nuclear em dade à ANDRITZ HYDRO, e no final de
47% da produção, o que é determinante Akkuyu Mersin. A usina será equipada 2007 suas instalações locais foram am-
para a fixação de preço das tarifas ener- com quatro blocos de geração, represen- pliadas, oferecendo assim diversas ativi-
géticas do país. O mercado de energia tando uma capacidade total instalada de dades extras para este segmento. Desde
elétrica turco está num período de transi- 4.800 MW. Este projeto está sendo exe- janeiro de 2009, a ANDRITZ HYDRO Ltd.
ção, e espera-se que ao final desta déca- cutado pela empresa russa Atomstroyex- Sti. é considerada pelo grupo ANDRITZ a
da esteja totalmente privatizado. Em port. O projeto de engenharia já come- sede mais importante, devido ao seu
2011, a privatização no setor de geração çou, e as obras civis estão previstas para grande volume de negócios efetuados.
e distribuição foi relativamente fraca. iniciar em 2013. O primeiro bloco de ge-
Como exemplo, muitos dos contratos de ração está programado para ser comis- A ANDRITZ HYDRO Ltd. Sti oferece:
concessão de distribuição não puderam sionado em 2019. Investidores turcos ■ Fabricação completa por solda de com-

ser concluídos, já que as empresas pré- estão investindo também em projetos de ponentes para turbinas e geradores de
todos os portes.
■ Projeto “turnkey” para sistemas elétricos

2010 2011 Aumento


Ano destinados a todos os tipos de projetos
MW % MW % %
para hidrelétricas.
Capacidade total instalada 49.524 100 53.050 100 7,1
64 ■ Projeto completo de engenharia para
Total termoelétrica 32.373 65,5 34.163 5,5
Total renovável 17.151 34,5 18.887 36 10,1
90 1)
auxiliares elétricos e sistemas de con-
Hídrica 15.831 92 1) 17.081 7,9
Eólica 1.320 8 1) 1.692 9 1) 28,2 trole e automação.
Geotérmica 114 1 1) ■ Supervisão de montagem e instalação
TWh TWh
Energia fornecida 211 228 8,1
Eletricidade do setor privado 50% 53%

1)
% de energia proveniente de fontes renováveis

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 8 06.05.2012 18:19:50 Uhr


Mercados HYDRONEWS 09

completa dos equipamentos eletrome- ca (UHE) Pervari e a jusante da UHE


cânicos, hidromecânicos e auxiliares Alkumru. O projeto Çetin envolve a im-
destinados a todos os tipos de projetos plantação de duas hidrelétricas. A UHE
hidrelétricos. Çetin Main constituída por uma barra-
Com nossa forte presença local associa- gem com núcleo de concreto asfáltico de
da ao fornecimento estratégico de equi- 145 m de altura, vertedouro com quatro
pamentos de nossa matriz, a ANDRITZ comportas radiais e a sala de máquinas
HYDRO é um forte competidor contra as equipada com três turbinas tipo Francis,
grandes empresas concorrentes, fato representando assim uma capacidade ▲ Vista da barragem durante construção da UHE

que foi novamente confirmado pela aqui- Boyabat


total instalada de 405 MW. A UHE Çetin
sição de importantes contratos de forne- Lower possuirá uma barragem de con-
cimento na Turquia, principalmente para creto de 40 m de altura, com vertedouro,
os projetos Çetin e Boyabat. adução integrada, e uma sala de máqui-
nas equipada com duas turbinas tipo
Wolfgang Hofmann Kaplan, representando assim uma ca-
Tel.: +43 (1) 89100 3872 pacidade instalada de 112 MW. Também
wolfgang.hofmann@andritz.com será instalada uma pequena central
hidrelétrica por razão da vazão ecológica.
Projeto do complexo Çetin No escopo da ANDRITZ HYDRO está
A ANDRITZ HYDRO foi contratada pela previsto o fornecimento completo dos
empresa ÇETIN ENERJI A.Ş, uma subsi- equipamentos eletromecânicos que en- ▲ Instalação da caixa espiral na UHE Boyabat
diária da empresa norueguesa de energia volvem as turbinas, os geradores, auxilia-
Statkraft, para o fornecimento dos equi- res elétricos, transformadores, subesta-
pamentos eletromecânicos destinados ao ção de 380 kV e os sistemas de controle. tipo Francis, geradores, transformadores,
projeto Çetin, na Turquia. Este projeto é o Conforme o cronograma de execução, válvulas de admissão principal, equipa-
maior da Statkraft fora da Noruega, e terá ambas as UHEs já entrarão em operação mentos elétricos, todos os sistemas auxi-
uma capacidade instalada de 517 MW comercial em 2015. Este contrato é a liares, linha de transmissão e a subesta-
representando uma produção média anu- confirmação do sucesso da ANDRITZ ção de 380 kV. O projeto está sendo
al de 1,4 TWh, o suficiente para fornecer HYDRO no Rio Botan, pelo fato inclusive executado pela ANDRITZ HYDRO na
eletricidade para 460.000 habitantes tur- de ter equipado a UHE Alkumru neste Áustria, juntamente com a sua sede em
cos. O projeto ocorrerá no Rio Botan, mesmo rio, que opera comercialmente Ancara que será responsável pelo forne-
que é um importante afluente do Rio desde 2011. cimento completo dos sistemas elétricos,
Tigre, localizado no interior das fronteiras assim como todas as atividades relacio-
da província de Siirt na região sudeste da Michael Haslinger nadas com a instalação. A instalação dos
Anatólia, a montante da Usina Hidrelétri- Tel.: +43 (732) 6986 2722 equipamentos em Boyabat ocorreu no
michael.haslinger@andritz.com verão de 2011, em cooperação com a
DADOS TÉCNICOS Çetin Main
empresa Doğuş. Em fevereiro de 2012,
UHE Boyabat os primeiros sistemas foram comissiona-
Potência: 3 x 135 MW / 169 MVA
Em março de 2010, a empresa Doğuş dos em campo. A operação comercial da
Tensão: 13,8 kV
Inşaat ve Ticaret A.Ş. assinou um contra- primeira turbina geradora está prevista já
Queda líquida 130 m
to com a ANDRITZ HYDRO para o forne- para o verão de 2012, ou seja, apenas
Velocidade: 200 rpm
cimento dos equipamentos eletromecâni- 27 meses após a assinatura deste con-
Diâmetro do rotor: 3.440 mm
cos destinados para o projeto da UHE trato desafiador. Este projeto confirma
Diâmetro do estator: 9.000 mm
Boyabat a ser instalada no Rio Kizilirmak, novamente a posição de liderança que a
Uma unidade geradora compacta
ao norte da província de Sinop, próximo ANDRITZ HYDRO tem no mercado de
tipo Ecoflow ao Mar Negro, na Turquia. A central será hidrogeração na Turquia.
Potência: 12,26 MW operada pela empresa Boyabat Elektrik
Üretim ve Ticaret A.S. A hidrelétrica será Wolfgang Köck
DADOS TÉCNICOS Çetin Lower
composta de uma barragem de gravida- Tel.: +43 (3172) 606 3218
Potência: 2 x 56 MW / 69 MVA
de com uma altura máxima de 195 m e wolfgang.koeck@andritz.com
Tensão: 13,8 kV
terá uma capacidade instalada de
Queda líquida: 36 m DADOS TÉCNICOS Boyabat
528 MW. Este projeto representará a
Velocidade: 166,67 rpm Potência: 3 x 176 MW / 204,78 MVA
maior capacidade instalada entre os
Diâmetro do rotor: 4.550 mm Tensão: 14,4 kV
investimentos efetuados até então, no
Diâmetro do estator: 8.400 mm Queda líquida: 125,5 m
setor privado da Turquia. No escopo da
Uma unidade geradora compacta ANDRITZ HYDRO está previsto o forneci- Velocidade: 187,5 rpm
tipo Ecoflow mento completo dos equipamentos ele- Diâmetro do rotor: 3.850 mm
Potência: 5,05 MW tromecânicos que envolvem: três turbinas Diâmetro do estator: 9.930 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 9 06.05.2012 18:19:52 Uhr


10 HYDRONEWS Mercados

Dez anos da
ANDRITZ HYDRO
na Colômbia
▲ Barragem Bajo Anchicaya

“Large Hydro”, “Compact Hydro” e Na divisão “Compact Hydro”, obtive-

A
sede da ANDRITZ HYDRO na
Colômbia foi fundada em “Service & Rehab”, e sempre traba- mos muito sucesso na aquisição de
Bogotá em setembro de lhando em colaboração com as sedes contratos importantes nos últimos cin-
2001. No entanto, é o resultado de da ANDRITZ HYDRO em todo o mun- co anos tais como: Aguafresca (1 PV x
mais de 50 anos de presença e ex- do. Ao longo dos anos atingimos um 7,5 MW) da empresa AGUAS DE LA
periência no mercado hidrelétrico altíssimo padrão de qualidade em CABANÃ, Amaime (2 FH x 10 MW),
colombiano, começando com em- nossos produtos, na prestação de Alto Tulua (2 FH x 10 MW), Bajo Tulua
p re s a s c o n h e c i d a s n o p a s s a d o serviços e principalmente por contar (2 FH x 10 MW), Cucuana (4 PH x
como: SULZER HYDRO, HYDRO VA com uma equipe com larga experiência 1 4 M W ) d a e m p re s a E P S A E . S . P,
TECH, ESCHER WYSS, GE HYDRO, no setor. Todos estes fatores contri- Montañitas (2 PH x 13 MW) da empre-
HYDRO VEVEY, Kvaerner, CHAR- buíram para fazer de nossa empresa sa COLINVERSIONES, Caruquia (1 FH x
MILLES e VOEST. Portanto, mais de uma das mais importantes em hidroge- 10 MW), Guanaquitas (1 FH x 10 MW)
50% da capacidade atual total ins- ração no país, superando inclusive da empresa HMV, e recentemente
talada em geração hidrelétrica é empresas concorrentes famosas Providencia I e III (1 PH x 1,8 MW e
equipada com produtos fornecidos como: ISAGEN, EMGESA (Endesa- 2 FH x 5 MW) da empresa MINEROS
pela ANDRITZ HYDRO no país. ENEL), EPSA, HMV, EPM, COLINVER- DE ANTIOQUIA e El Popal (2 FH x
SIONES e AES CHIVOR. No que diz 10 MW) da empresa HMV.
A empresa iniciou-se em 2011 com respeito à divisão “Service & Rehab”, a
sete funcionários, e hoje a ANDRITZ ANDRITZ HYDRO participou da mo- O nosso fornecimento para a divisão
HYDRO Ltda. conta com mais de 50 dernização das hidrelétricas mais im- “Compact Hydro” na Colômbia consiste
funcionários em Bogotá. Desde então, portantes da Colômbia, que foram: nos equipamentos de automação, re-
o nosso portfólio de serviços aumen- San Carlos (8 PV x 155 MW) da em- guladores de velocidade e sistemas
tou conforme a demanda do mercado. presa ISAGEM, que recebeu novos elétricos. As turbinas e os geradores
Hoje oferecemos prestação de serviço rotores Pelton e reguladores de veloci- são provenientes da sedes da
local que envolve: projeto, engenharia, dade; San Francisco (3 FV x 53 MW) ANDRITZ HYDRO na França e na Espa-
gerenciamento, instalação e supervi- da empresa CHEC, que recebeu novos nha. É importante notar também que
são de montagem para todos os tipos rotores Francis e respectivamente os não só prestamos apoio aos projetos
de usinas hidrelétricas, bem como a reguladores de velocidade; Chivor no território colombiano, mas também
recuperação de rotores Francis e Pel- (8 PV x 125 MW) da empresa AES, aos projetos hidrelétricos no Peru e no
ton em nossas fábricas, ou diretamen- com um novo sistema de excitação e Equador, como aos projetos São Carlos
te em campo. É importante destacar reguladores de velocidade, e a Guavi e Carhuaquero VI. Quanto à divisão
que a empresa está envolvida em três (5 PV x 230 MW) da empresa EMGESA, “Large Hydro”, tivemos um enorme su-
divisões de negócios denominados: com novos reguladores de velocidade. cesso graças ao contrato de forneci-

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 10 06.05.2012 18:19:54 Uhr


Mercados HYDRONEWS 11

mento adquirido para o projeto Soga- La Ínsula e Esmeralda


moso, da empresa ISAGEN A.S., que
será equipada com turbinas tipo Fran- N o in ício de 2011, a AN D R I TZ o final de 2012. O garantido desempe-
cis (3 FV x 279 MW), válvulas cilíndricas HYDRO foi contratada pela CHECH nho superior será confirmado durante
de fechamento, tubos de sucção, regu- (Central Hidroeléctrica de Caldas os testes de aprovação em campo,
ladores de velocidade e os equipamen- SAESP) para o fornecimento de
tos de controle. No período de 30 de dois novos rotores Francis destina-
novembro a 2 de dezembro de 2011, dos às Pequenas Centrais Hidrelé-
re a l i z o u - s e n a c i d a d e d e M e d e l i n tricas (PCHs) La Ínsula e Esmeral-
(Colômbia), no Plaza Mayor, a feira in- da, na Colômbia. O objetivo da
ternacional do setor elétrico FISE 2011. substituição deve-se à possibilida-
de do aumento da potência das
A participação da ANDRITZ HYDRO unidades geradoras, com a utiliza-
nesta feira foi de um enorme sucesso. ção dos nossos modernos rotores
Este grande evento bienal atraiu em- Francis.
presários dos Estados Unidos, China,
e vários países da América Central e A PCH La Ínsula foi equipada com duas
da América do Sul. É importante sa- unidades geradoras em 1949, e amplia- ▲ Desenho CAD 3D de um Rotor Francis

lientar que apenas no primeiro dia des-


te evento participaram mais de 2.686
visitantes especialistas do setor elétri-
co, além da imprensa internacional que
difundiu largamente o evento. O objeti-
vo deste evento, além de servir como
uma vitrine para promover contatos e
negócios internacionais, foi o de criar
também um espaço para a interação
entre os diferentes membros do setor
elétrico, tais como os produtores pri-
1
vados, órgãos governamentais e os
universitários. A ANDRITZ HYDRO par-
ticipou oferecendo duas palestras con-
duzidas pelos engenheiros Beat Rits-
chard, diretor da ANDRITZ HYDRO
Ltda. na Colômbia, e Sergio Contreras,
gerente de vendas da Compact Hydro
▲ Vista da tubulação forçada e da hidrelétrica
na França. É fato que a presença de
ANDRITZ HYDRO não passou desper- da com uma terceira em 1979. O forne- com a certeza de que o cliente ficará
cebida num evento desta magnitude. cedor das turbinas para as duas primei- plenamente satisfeito.
ras unidades geradoras foi a empresa
Beat Ritschard Baldwin Lima Hamilton, e para a terceira José Fernandez
Tel.: +57 (1) 744 8200 unidade o fornecedor foi a empresa Tel.: +41 (21) 925 7751
beat.ritschard@andritz.com Neyrpic. A PCH Esmeralda foi equipada jose.fernandez@andritz.com
com duas unidades geradoras forneci-
▼ Feira FISE 2011 em Medellin
das pela empresa Charmilles. As manu-
DADOS TÉCNICOS La Ínsula
tenções periódicas nestas hidrelétricas
Potência: 12,84 MW
são feitas pela empresa CHECH. Os
Queda líquida: 116 m
novos e modernos rotores Francis da
Velocidade: 600 rpm
ANDRITZ HYDRO apresentam 10% de
potência a mais que os originais. Além Diâmetro do rotor: 1.230 mm
do aumento da potência, a vida útil dos
DADOS TÉCNICOS Esmeralda
rotores aumentará significativamente, já
Potência: 16,82 MW
que são fabricados a partir de materiais
Queda líquida: 171,3 m
totalmente forjados e não fundidos
Velocidade: 450 rpm
como os originais. Ambos os rotores
Francis serão entregues e instalados até Diâmetro do rotor: 1.760 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 11 06.05.2012 18:19:59 Uhr


12 HYDRONEWS Mercados

Bassi
Uma história de sucesso nos projetos de modernização na Índia

▲ Vista da UHE Bassi

unidades modernizadas foram en-

N
a Índia, a ANDRITZ HYDRO condição nominal. No contrato de forne-
modernizou com sucesso tregues para operação comercial cimento foi previsto o fornecimento para
quatro unidades de geração muito antes do prazo definido em cada unidade geradora: um rotor Pelton,
da Usina Hidrelétrica Bassi, que contrato, e permanece operando de injetores, defletores, mancal guia da turbi-
obteve um ganho de potência dos forma estável e livre de vibrações na, eixo da turbina, reguladores de veloci-
15 MW originais para 16,5 MW cada. para a plena satisfação do cliente. dade, válvula de admissão, novo núcleo
A modernização das unidades gera- do estator, novo enrolamento, bobina
doras, que são originais de outra As unidades geradoras de Bassi estavam polar, mancal do gerador, novo sistema
empresa, foi realizada com um alto apresentando níveis de vibrações acima de excitação estático, sistema de contro-
nível de desempenho, deixando o dos limites aceitáveis, causando uma ge- le e proteção, sistema de resfriamento
cliente plenamente satisfeito. As ração muito instável quando operando na por água, sistema de drenagem comum,
além de outros auxiliares. Por não existir
▲ Vista do laboratório hidráulico da ANDRITZ HYDRO em Vevey na Suíça
mais os desenhos técnicos e os docu-
mentos originais das turbinas e dos gera-
dores, foi realizado um estudo detalhado
de todos os componentes durante a des-
montagem dos equipamentos. Foi feito
praticamente um trabalho de “engenharia
reversa” para poder determinar as ten-
sões de deformação sofridas pelos com-
ponentes. Com os dados obtidos foram
realizados testes em modelo reduzido
no laboratório da ANDRITZ HYDRO em
Vevey, na Suíça. A descarga hidráulica
média final na turbina é maior do que a
utilizada no laboratório hidráulico, e desta

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 12 06.05.2012 18:20:03 Uhr


Mercados HYDRONEWS 13

Tillari
Em setembro de 2011, na Índia, a
ANDRITZ HYDRO PvT. Ltd. rece-
beu a primeira encomenda de um
rotor Pelton de 66 MW destinado
à Usina Hidrelétrica Tillari, que
deve ser fabricado utilizando a
▲ Montagem dos injetores e defletores da turbina ▲ Montagem do gerador tecnologia HIWELDTM.
tipo Pelton

crons para 30 mícrons, garantindo uma A ANDRITZ HYDRO, na Índia, é ago-


operação suave e principalmente segura. ra um membro importante do clube
O sistema de medição “estado de arte” dos rotores Pelton dentro da
para barragens foi instalado com suces- ANDRITZ HYDRO. Este contrato
so, beneficiando-se da comunicação chegou no momento certo, pois os
SCADA através de um link RF. Esta tec- gerentes já haviam tomado a deci-
nologia utiliza a comunicação por rádio são de preparar e equipar a fábrica
frequência, permitindo assim extinguir a na Índia, prevendo a fabricação dos
▲ Instalação do rotor Pelton enorme rede de cabos de fibra óptica rotores utilizando a tecnologia
que se estendia por toda a hidrelétrica. A HIWELD™.
forma as eficiências previstas pelo protó- execução bem-sucedida de moderniza-
tipo foram maiores do que as eficiências ção deste projeto foi muito apreciada A UHE Tillari está localizada na parte
garantidas em contrato. Foram realizadas pelo cliente, as unidades geradoras foram ocidental da Índia, e conta com uma
modificações no suporte dos mancais colocadas então novamente em opera- sala de máquinas subterrânea. A
dos geradores, de modo que as frequên- ção comercial conforme o cronograma turbina original foi fornecida pela
cias de vibração fossem diferentes da de execução do projeto. Este projeto é DRC Blansko e o gerador pela
frequência natural. Também foram efetua- um importante marco para a divisão Elin-Union, que agora faz parte da
das muitas adaptações nos mancais das “Service & Rehab” da ANDRITZ HYDRO, ANDRITZ HYDRO. Inicialmente, o
turbinas, a fim de aumentar a estabilidade na Índia. cliente optava por um rotor fabrica-
do sistema, resultando assim numa redu- do pelo processo de fundição, mas
ção das vibrações originais de 300 mí- Joshi Brijendra após conhecer detalhadamente as
Tel.: +91 (1275) 288 508 inúmeras vantagens da technologia
▼ Sala de control
joshi.brijendra@andritz.com HIWELD™, optou por esta, que me-
lhora a eficiência da unidade gera-
DADOS TÉCNICOS
dora em 10%, representando um
Potência: 4 x 16,5 MW / 18,33 MVA
aumento de potência de 60 para
Tensão: 11 kV
66 MW. O rotor Pelton será fabrica-
Queda líquida: 332 m
do na fábrica da ANDRITZ HYDRO
Velocidade: 500 rpm localizada em Prithla, na Índia, sob a
Diâmetro do rotor: 1.422,4 mm supervisão e o apoio técnico dos
Diâmetro do estator: 3.480 mm especialistas em Kriens, Suíça. O
fornecimento, instalação, testes e
comissionamento das unidades ge-
Centro de revestimento de radoras ocorrerão num período de
componentes na Índia 18 meses. O rotor terá um peso final
Na maioria dos rios do Himalaia se en- de 7 toneladas.
contra uma alta concentração de sedi-
mentos na água, como o quartzo. Estas Devashish Sarmacharjee
partículas danificam as peças das turbi- o tempo entre as revisões em mais de Tel.: +91 (1275) 288344
nas causando uma perda rápida na efici- 70%. O primeiro centro de revestimento devashish.sarmacharjee@andritz.com
ência, fazendo com que os intervalos da ANDRITZ HYDRO foi instalado na
DADOS TÉCNICOS
entre as revisões tornem-se cada vez Índia há três anos na fábrica em Farida-
Potência: 1 x 66 MW
mais curtos, aumentando assim os cus- bad, próximo a nova Délhi, e desde
Queda líquida: 624,8 m
tos de manutenção. Por isso, muitos então muitos componentes já foram
Velocidade: 500 rpm
componentes de turbinas estão sendo revestidos, satisfazendo plenamente
Diâmetro do rotor: 2.020 mm
protegidos por revestimento, estendendo os nossos clientes.

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 13 06.05.2012 18:20:04 Uhr


14 HYDRONEWS Mercados

entre julho e setembro de 2011, que

Sucesso na são destinados às Pequenas Centrais


Hidrelétricas (PCHs) Lappago e Molini
di Turres, da SE Hydropower no região
sul do Tirol, e a PCH Predazzo da HDE

Itália
na região de Trentino. Todas estas
PCHs estão localizadas na região cen-
tral das Dolomitas. O grande desafio
destes projetos é o curto prazo de exe-
cução disponível. Todas estas PCHs
deverão entrar novamente em operação
comercial até o final de 2012, senão a
No topo da cadeia das montanhas Dolomitas bonificação dos “Certificados Verde”
será menos generosa. O escopo de
fornecimento para as três PCHs é qua-
▲ Montanhas Dolomitas – Três Picos de Lavaredo se idêntico e requer: substituição das
turbinas, geradores, transformadores,
válvulas de admissão, auxiliares e regu-

“A
s Dolomitas são uma das
cadeias de montanhas ladores de velocidade, completos siste-
mais espetaculares do mas de automação e a reabilitação
mundo”. Isto é o que as pessoas parcial da subestação de alta tensão.
dizem quando veem a formação ro-
chosa gigante. Quando comparadas Luca Dalla Pozza
com outras montanhas estas são Tel.: +39 (0445) 678242
mais luminosas, coloridas, mais luca.dallapozza@andritz.com
monumentais e parecem uma cria-
ção arquitetônica inspirada. ▲ PCH Lappago

No século 17, o geólogo francês Déodat mudanças são as novas “joint-ventures”


Tancrè de Gratet de Dolomieu desco- criadas no país: a “SE Hydropower”
briu e definiu a composição química da proveniente da junção entre as empre-
rocha (carbonato de cálcio e magnésio), sas ENEL e SEL, que possui o controle
o que a tornou tão diferente de todas de dez hidrelétricas (que totalizam
as outras. O novo mineral foi classifica- 550 MW) na província de Bolzano. E a
do como “Dolomita” em sua homena- “Hydro Dolomiti ENEL (HDE)”, uma joint
gem. O nome “Dolomitas” foi estendido venture entre as empresas ENEL e ▲ PCH Predazzo

para toda a região montanhosa em Dolomiti Energia, que possui o controle


1864. Enquanto a paisagem das mon- de 27 hidrelétricas (que totalizam DADOS TÉCNICOS Molini di Tures
tanhas Dolomitas manteve-se inalterada 1.300 MW) na província de Trento. Isso Potência: 8,19 MW / 10 MVA
durante milênios, a paisagem dos aconteceu entre 2009 e 2010, com o Tensão: 10 kV
clientes italianos vem mudando muito objetivo de renovar a concessão do Velocidade: 500 rpm
nos últimos anos, provavelmente em direito do uso dos recursos hídricos, e Frequência: 50 Hz
virtude da crise econômica, com também para acelerar o processo obri- Fator de potência: 0,85
poucos investimentos e redução dos gatório das modernizações que preci-
incentivos fiscais. Mesmo assim, a sam ser realizadas nas hidrelétricas. DADOS TÉCNICOS Lappago
ANDRITZ HYDRO obteve vários contra- A SE Hydropower e HDE são as empre- Potência: 14,9 MW / 17,5 MVA
tos de diferentes clientes na Itália. Os sas mais promissoras do setor energé- Tensão: 10 kV
exemplos mais significativos destas tico em termos de investimentos, fato
Velocidade: 600 rpm
confirmado para a ANDRITZ HYDRO na
▼ PCH Molini di Tures Frequência: 50 Hz
primavera de 2011. As duas novas em-
Fator de potência: 0,85
presas lançaram os primeiros projetos
de modernização com a intenção
DADOS TÉCNICOS Predazzo
de obter também os benefícios das li-
Potência: 10,2 MW / 12 MVA
nhas de financiamento e os incentivos
fiscais do Setor de Energias Reno- Tensão: 6,3 kV

váveis, denominados de “Certifi cados Velocidade: 750 rpm


Verde”. A ANDRITZ HYDRO foi premia- Frequência: 50 Hz
da com contratos de modernização Fator de potência: 0,85

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 14 06.05.2012 18:20:09 Uhr


Novos projetos HYDRONEWS 15

FozTua
O quarto grande contrato adquirido pela
ANDRITZ HYDRO em Portugal
▲ Assinatura do contrato

conduzidos no nosso Laboratorio em


Linz. Como característica especial, a uni-
dade reversível será equipada com uma
comporta cilíndrica, prevista para fecha-
mento de emergência, sistema similar ao
aplicado no projeto Baixo Sabor Montan-
te. Esta comporta cilíndrica estará inte-
grada entre os conjuntos das palhas
diretrizes móveis e fixas da turbina rever-
sível, permitindo assim a redução das
dimensões da sala de máquinas. Este
novo contrato reforça a posição de lide-
rança da ANDRITZ HYDRO em Portugal,
que é o mercado mais ativo da Europa no
que se refere á implantação de usinas
hidrelétricas reversíveis ou de bombea-
mento. Os últimos quatro contratos
▲ Esboço artístico da barragem a jusante adquiridos pela ANDRITZ HYDRO em
Portugal envolvem o fornecimento total
da hidrelétrica Bemposta, que é a maior de dez unidades, entre geradoras e

A
EDP (Energias de Portugal)
está atualmente desenvol- do seu tipo na Europa Ocidental, equipa- reversíveis de diferentes tamanhos. De
vendo um ambicioso progra- da com rotor Francis de 6 metros de forma geral, turbinas reversíveis que
ma, que é a substituição de suas diâmetro de 193 MW de potência. A operam com baixas cargas são as mais
antigas usinas termoelétrica por Bemposta opera comercialmente desde aplicáveis em Portugal. Com a execução
fontes de energia renováveis. De novembro de 2011, fornecendo energia de todos estes projetos em Portugal, a
um lado este programa incentiva a ecologicamente correta à rede elétrica ANDRITZ HYDRO pôde então expandir
instalação de parques eólicos, e de de Portugal. Para o projeto Foz Tua, a sua experiência com este tipo de uni-
outro as hidrelétricas. (Veja também ANDRITZ HYDRO será responsável pelo dade.
a Hydro News19) fornecimento de duas turbinas rever-
síveis, motor-geradores, reguladores de Peter Magauer
Em novembro de 2011, a EDP premiou velocidade, sistemas de controle hidro- Tel.: +49 (751) 29511 400
novamente a ANDRITZ HYDRO com um mecânicos e diversos auxiliares me- peter.magauer@andritz.com
grande contrato de fornecimento para o cânicos e elétricos. O projeto Foz Tua
DADOS TÉCNICOS
projeto Foz Tua, representando o quarto está situado no Rio Tua, afluente da mar-
Potência: 2 x 127 MW
contrato adquirido nos últimos quatro gem direita do Rio D´ouro no norte de
Queda líquida: 96 m
anos em Portugal. Este é o oitavo projeto Portugal, e será de grande importância
de expansão da EDP em Portugal. As no aumento significativo da quantidade Velocidade: 187,5 rpm

razões para esta premiação são prove- de energia por bombeamento armaze- Diâmetro do rotor: 4.850 mm
nientes das ótimas soluções técnicas nada no país. O projeto será executado
▼ Modelo CAD da caixa espiral
propostas, além do preço competitivo e sob a liderança da ANDRITZ HYDRO
da ótima experiência adquirida pelo clien- em Ravensburg, Alemanha, juntamente
te com outros projetos em que estivemos com suas filiais em Viena, Linz e Weiz
envolvidos, como as UHEs Bemposta, na Áustria, com a participação também
Baixo Sabor e Ribeirado. Em 2008, a de dois consórcios externos. Os dois
ANDRITZ HYDRO foi contratada pela rotores bombas serão fabricados pelo
EDP para o fornecimento de uma turbina método de soldagem em Ravensburg.
tipo Francis para o projeto de expansão Os testes em modelo reduzido serao

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 15 06.07.2012 9:58:56 Uhr


16 HYDRONEWS Novos projetos

Belo Monte
Importante projeto no planejamento energético brasileiro

▲ Rio Xingu no estado do Pará, Brasil

gião norte do Brasil, na Volta Grande do

A
pós 30 anos de estudos, a instalada total de 11.160 MW e a UHE
Usina Hidrelétrica Belo Monte Rio Xingu, no Estado do Pará, a UHE Pimental equipada com 06 unidades
tornar-se-á uma realidade. Belo Monte consiste em duas barragens geradoras, totalizando a capacidade
Com uma capacidade instalada de e 28 diques, com 32 milhões de metros instalada de aprox. 240 MW.
11.400 MW, será a maior usina hidre- cúbicos de aterro:
létrica 100% brasileira e a 3ª maior ■ Barragem de Belo Monte Empresas envolvidas
do mundo. (90 m de altura, 3.545 m de compri- Como um dos maiores projetos em cons-
mento) trução no Brasil, muitas empresas locais
A Usina Hidrelétrica (UHE) Belo Monte ■ Barragem de Pimental importantes estão envolvidas no projeto.
está sendo desenvolvida pela empresa (36 m de altura, 6.248 m de compri- Os equipamentos a serem fornecidos
privada brasileira Norte Energia S.A., que mento). para as casas de força de Belo Monte,
tem como acionistas empresas do setor Diversas barragens menores e um gran- Pimental e as 20 comportas segmento
elétrico brasileiro, fundos de pensão, fun- de canal de derivação, com 20 km de do Vertedouro, representam milhares de
dos de investimentos e empresas de si- comprimento e 200 m de largura na base toneladas. Ao Consórcio ELM, composto
derurgia e de mineração. A Norte Energia (em média), permitem a exploração atra- pela ALSTOM (líder), ANDRITZ HYDRO
S.A. venceu o leilão convocado pela vés de duas casas de força. A UHE Belo INEPAR e VOITH Hydro, foi adjudicado o
ANEEL (Agência Nacional de Energia Elé- Monte será equipada com 18 unidades contrato de fornecimento da maior parte
trica) em abril de 2010. Localizado na re- geradoras, totalizando uma capacidade do equipamento eletromecânico para
o projeto. A construção da UHE Belo
▼ As duas localizações das instalações de Belo Monte e Pimental
Monte será realizada durante os próxi-
mos 8 anos, e espera-se que as opera-
© Google maps

ções de geração tenham início em 2015.


A energia elétrica gerada por estas duas
usinas hidrelétricas será conectada ao
Sistema Interligado Nacional (SIN) através
Belo Monte de linhas de transmissão a subestações
existentes na região.

Fornecimentos e serviços para o


projeto
O volume de fornecimento da ANDRITZ
HYDRO INEPAR inclui três conjuntos de
Pimental geração, com turbinas tipo Francis e

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 16 06.05.2012 18:20:15 Uhr


Novos projetos HYDRONEWS 17

geradores verticais, três sistemas de re-


baixamento (operação síncrona), bem
como 14 sistemas de excitação para a
casa de força de Belo Monte. Para a
casa de força de Pimental, a ANDRITZ
HYDRO INEPAR fornecerá todos os
equipamentos eletromecânicos, que con-
siste em seis conjuntos de geração, com
turbinas tipo Bulbo e geradores horizon-
tais, sistemas elétricos auxiliares, equipa-
mentos mecânicos auxiliares, e equipa-
mentos de sistemas de automação,
proteção e controle.

Aspectos ambientais e socioculturais


Desde o início do projeto, as autoridades
brasileiras, bem como a Norte Energia
S.A., têm estado preocupadas com as
implicações ambientais e com a popula-
ção local, inclusive as comunidades indí-
genas, e para tal a Norte Energia desen- ▲ Desenho CAD 3D da casa de força de Belo Monte

volveu o Projeto Básico Ambiental (PBA)


que contempla 154 diferentes ações en- água verificado na estação chuvosa atual. DADOS TÉCNICOS Belo Monte
tre planos, programas e projetos com Com base no redesenho do projeto, ne- Potência: 18 x 620,4 MW / 679 MVA
foco nos meios físicos, bióticos e socioe- nhuma das comunidades indígenas que Tensão: 18 kV
conômicos. De acordo com as rigorosas vivem nessa área será afetada. À Norte Queda de líquida: 87,0 m
leis e regulamentos brasileiros, estudos Energia foi concedida a licença ambiental Velocidade: 85,71 rpm
detalhados investigaram a influência da de instalação da Usina Hidrelétrica Belo Diâmetro do rotor: 8.500 mm
UHE Belo Monte sobre o meio ambiente Monte, mitigando ou compensando ques-
Diâmetro do estator: 22.400 mm (estimado)
e as condições de vida das comunidades tões relacionadas à população e às co-
indígenas. Os resultados apontaram para munidades indígenas, bem como ao meio
DADOS TÉCNICOS Pimental
um conceito inteiramente novo. Ao invés ambiente. Os custos relacionados com
Potência: 6 x 39,8 MW / 40,9 MVA
de um grande reservatório, foi projetada as questões ambientais e medidas para
Tensão: 13,8 kV
uma usina a fio d’água e a construção de mitigar o impacto ambiental são estima-
Queda de líquida: 11,4 m
um canal de derivação. Com isso, conse- dos em R$ 3,7 bilhões e excederão o va-
guiu-se a redução da área do reservatório lor contratado com o Consórcio ELM para Velocidade: 100 rpm
de 1.225 km2 para 503 km2 (aprox. 0,01% fornecimento dos equipamentos. Para Diâmetro do rotor: 6.500 mm
da efetiva área da floresta tropical brasilei- garantir a qualidade e a quantidade da Diâmetro do estator: 8.450 mm
ra). A superfície desse reservatório está água da Volta Grande do Rio Xingu, o
dividida em 134 km2 para os canais e novo projeto mantém uma vazão de água DADOS TÉCNICOS Resto da Usina
382 km2 para o reservatório do Rio Xingu, constante a passar pela usina hidrelétrica Barramentos blindados do gerador:
que é exatamente do mesmo tamanho de Pimental e/ou pelo vertedouro princi- Corrente nominal: 10.000 A
que normalmente ocorre quando é inun- pal, de modo que a pesca, a navegação
dado pelo rio na estação chuvosa. Atual- e outras atividades ligadas ao rio Xingu DADOS TÉCNICOS Vertedouro
mente, 328 km2 já são inundados pelo serão preservadas. Serão instaladas Vertedouro: 20 comportas
leito do rio existente. Mais de 35% da sistemas de trasnposição para barcos e Dimensões: 22 m largura x 22 m altura
área restante a ser inundada já está afeta- escadas para passagem de peixes.
da por atividades humanas (silvicultura, O projeto estimulará significativamente ▼ Seção transversal através da turbina tipo Bulbo

agricultura, pecuária etc.). O nível de água a economia regional. De modo geral, no da UHE Pimental

do reservatório não excederá o nível de pico da construção da Usina Hidrelétrica


Belo Monte, serão criados mais de 18.000
▼ Vista aérea da barragem de Pimental
empregos diretos e 80.000 indiretos, com
ênfase na utilização da mão-de-obra da
própria região.

Jamil Sallum
Tel.: +55 (11) 4133 1281
jamil.sallum@andritz.com

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 17 06.05.2012 18:20:21 Uhr


18 HYDRONEWS Novos projetos

Tala
Sucesso com rotores Pelton no Butão

▲ Tigers nest Dzong

trica. O grande problema de vários rios SXH70TM. A aplicação da proteção é efe-

E
m dezembro de 2011, no Butão,
a ANDRITZ HYDRO foi premia- neste país é a elevada concentração de tuada por um robô utilizando o processo
da com um importante contra- partículas abrasivas na água, principal- H V O F ( H i g h Ve l o c i t y O x y g e n F u e l
to de fornecimento de rotores Pelton mente durante o período das monções, Method). Sob este novo contrato, os ro-
MicroGuss™ (com um revestimento causando enorme redução da vida útil tores Pelton (cada uma com 22 conchas
protetor especial), destinados à UHE dos rotores hidráulicos. Para minimizar e peso final de 18 toneladas) serão fabri-
Tala. estes problemas, o cliente decidiu pela cados na fábrica da ANDRITZ HYDRO,
primeira vez efetuar uma proteção adicio- em Kriens, na Suíça. Os dois primeiros
A DGPC (Druk Green Power Corporation) nal por revestimento nos rotores Pelton rotores Pelton serão fornecidos ao cliente
é a proprietária da UHE Tala no Butão, e da UHE Tala, com o objetivo de aumentar em 19,5 meses e o restante consecutiva-
contratou a ANDRITZ HYDRO, já que a a vida útil dos rotores e consequente- mente em 25,5 meses. No final serão
empresa preencheu todos os pré-requisi- mente reduzir os gastos em futuras ma- efetuados os testes de desempenho para
tos de qualidade e apresentou a melhor nutenções. A ANDRITZ HYDRO vem de- verificar se os parâmetros garantidos
solução técnica por intermédio de sua foram atingidos, o que com certeza
tecnologia de fabricação MicroGuss™. trará uma enorme satisfação para o nos-
Esta tecnologia é utilizada em mais de so cliente. Recentemente, a ANDRITZ
500 rotores fornecidos e que operam HYDRO foi premiada pelo mesmo cliente
com sucesso mundialmente. A UHE Tala para o fornecimento de um rotor Pelton
está localizada a jusante da UHE Chukkha de 12,53 MW para a PCH Basochhu,
de 500 MW. Tala possui uma sala de concorrendo com grandes competidores
máquinas subterrânea equipada com seis internacionais. Todos os importantes
turbinas tipo Pelton, e é a usina hidrelétri- contratos obtidos no Butão são a prova
ca mais potente do Butão. Atualmente, a da liderança que a ANDRITZ HYDRO
DGPC, que é proprietária de todas as exerce neste país. O Butão apresenta um
usinas hidrelétricas do país, planeja a potencial hídrico de mais de 10.000 MW
▲ O lago Jumolhari e as montanhas
substituição de todos os rotores fabrica- para os próximos dez anos.
dos pelo método de fundição por rotores senvolvendo pesquisas com proteção
mais modernos, como os da ANDRITZ por revestimento em componentes de Devashish Sarmacharjee
HYDRO. Durante 2011, as hidrelétricas turbinas desde 1986, inicialmente nas hi- Tel.: +91 (1275) 288344
de DGPC produziram 7,7 TWh de eletrici- drelétricas localizadas nos Alpes Suíços, devashish.sarmacharjee@andritz.com
dade, representando assim um aumento em rios com um elevado índice de partí-
DADOS TÉCNICOS
em 6% quando comparado ao ano ante- culas abrasivas. As tecnologias de prote-
rior. Este aumento da geração de energia Potência: 6 x 170 MW
ção desenvolvidas já foram aplicadas
é de suma importância, já que a base da com sucesso na região do Himalaia in- Queda líquida: 819 m
receita do governo butanês vem da ex- clusive. O cliente escolheu a nossa tec- Velocidade: 375 rpm
portação, principalmente de energia elé- nologia de proteção por revestimento Diâmetro do rotor: 3.908 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 18 06.05.2012 18:20:22 Uhr


Novos projetos HYDRONEWS 19

Degerforsen
Modernização de uma antiga usina hidrelétrica na Suécia

▲ Vista da UHE Degerforsen

E
m outubro de 2011, a ANDRITZ pacidade instalada de 1.700 MW. A em- hidráulica em alta pressão do regulador
HYDRO foi contratada pela presa planeja modernizar futuramente de velocidade. Conforme o cronograma
Eon Vattenkraft, na Suécia, cerca de quatro usinas hidrelétricas por de execução do projeto, a unidade gera-
para o fornecimento de um novo ano. A UHE Degerforsen, que opera des- dora retornará sua operação comercial
rotor Kaplan de eixo vertical. A usi- de 1966, está localizada no centro da no outono de 2013.
na hidrelétrica está equipada com Suécia, ao lado do bairro de Junsele no
duas turbinas Kaplan. O motivo da Rio Ångermanälven, apenas a 170 km da A fabricação de todos os novos compo-
troca do rotor são as trincas que se fábrica da ANDRITZ HYDRO em Vaplan. nentes será realizada na fábrica da
formaram na base das pás, que ANDRITZ HYDRO em Vaplan, na Suécia,
causam uma perda contínua de óleo Conforme contrato, estão previstos no e os testes em modelo reduzido serão
pelas juntas. fornecimento: testes em modelo reduzi- realizados no laboratório hidráulico
do, um novo rotor Kaplan de seis pás da ANDRITZ HYDRO em Tampere, na
A E.on Vattenkraft AB possui 80 hidrelé- (com ogiva isenta de óleo), novos man- Finlândia. Neste projeto de modernização
tricas na Suécia, representando uma ca- cais, novas palhetas diretrizes e unidade foi também previsto a substituição do
sistema de automação, a reabilitação
▼ Sala de máquinas
do gerador, a reabilitação da grade de
adução e troca da comporta do verte-
douro, que serão executados por outras
empresas.

Stefan Olsson
Phone: +46 (640) 177 26
stefan.olsson@andritz.com

DADOS TÉCNICOS
Potência: 39,1 MW
Queda líquida: 24,9 m
Velocidade: 136 rpm
Diâmetro do rotor: 4.700 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 19 06.05.2012 18:20:29 Uhr


20 HYDRONEWS Novos Projetos

San Carlos
A maior usina hidrelétrica da Colômbia receberá novos rotores Pelton

▲ Os rotores Pelton e as válvulas esféricas localizadas na caverna prontos para serem instalados

extrema importância para o desenvolvi- e continuam operando mundialmente

E
m dezembro de 2010, a
ANDRITZ HYDRO venceu uma mento do país. A Usina Hidrelétrica visando a satisfação dos nossos clien-
licitação pública lançada pela San Carlos está localizada no estado tes. Devido à grande importância da
concessionária de energia elétrica de Antioquia, a 150 Km a leste de Usina Hidrelétrica San Carlos para a
ISAGEN para o projeto de engenha- Medellín, na zona rural El Jordán do Colômbia, a concessionária de energia
ria, fabricação e fornecimento de município de San Carlos. A sala de má- elétrica ISAGEN solicitou a integração
oito rotores Pelton, destinados à quinas está equipada com oito unida- de um pacote de serviços no contrato
Usina Hidrelétrica San Carlos. des geradoras tipo Pelton (originalmen- de fornecimento, que prevê inspeções
te fornecidas pela ANDRITZ HYDRO) e regulares durante todo o período da
A concessionária de energia elétrica já operando comercialmente há mais de garantia nos novos rotores a serem for-
ISAGEN possui e opera cinco hidr e- 20 anos. Um rotor tipo Pelton em ope- necidos.
létricas localizadas nos estados de ração é submetido a cargas extremas.
Antioquia, Santander e Caldas, com As forças centrífugas, as forças pulsan- Além das ótimas propriedades mecâni-
uma capacidade total instalada de tes dos jatos atuantes e as proprieda- cas que a tecnologia de fabricação
2.132 MW, o equivalente a 16% da ca- des mecânicas do material a ser sele- MicroGussTM oferece, os novos rotores
pacidade do SIN (Sistema Interligado cionado para a fabricação são fatores Pelton terão um perfil hidrodinâmico
Nacional), sendo 1.832 MW provenien- fundamentais a serem considerados moderno, garantindo um excelente
tes da geração hídrica e 300 MW da durante o projeto desta peça, visando desempenho final. Os rotores Pelton
geração térmica. A concessionária de desta forma obter segurança e longa MicroGuss™ serão fornecidos ao clien-
energia elétrica ISAGEN é a terceira vida operacional. te no período entre maio de 2013, até
maior geradora de energia elétrica da maio de 2014.
Colômbia, e por isso é considerada de A ANDRITZ HYDRO oferece a sua reno-
mada tecnologia de fabricação de roto- Matthias Krause
▼ Sala de máquinas em caverna
res pelo processo MicroGuss™, que Tel.: +41 (21) 9257766
oferece ótimas características mecâni- matthias.krause@andritz.com
cas, aumento da vida útil, maior produ-
ção de energia e adicionalmente manu-
DADOS TÉCNICOS
tenção futuras reduzidas ao mínimo.
Desde 1991, cerca de 500 rotores Potência: 8 x 160 MW
Pelton (que operam um queda líquida Queda líquida: 554 m
de até 1.980 m) foram fabricados utili- Velocidade: 300 rpm
z a n d o a t e c n o l o g i a M i c ro G u s s ™ , Diâmetro do rotor: 4.068 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 20 06.05.2012 18:20:33 Uhr


Instalação HYDRONEWS 21

MMC10
A maior máquina portátil de usinagem em campo do mundo

▲ Usinagem mecânica na UHE Boyabat, Turquia

O
s clientes da ANDRITZ HYDRO As principais características e vantagens
esperam sempre uma “quali- da máquina de usinagem MMC10 são:
dade de ponta” nos equipa- ■ Redução do tempo de instalação e di-

mentos e na prestação dos serviços minuição dos trabalhos de retificação


oferecidos. Desta forma, a ANDRITZ mecânica;
HYDRO projetou uma máquina portá- ■ Altíssima precisão de usinagem, acima

til de usinagem, a CNC. A máquina foi de 1/100 mm;


fabricada pela empresa Miba Auto- ■ Grande flexibilidade na aquisição de

mation System e irá tornar a execu- componentes fabricados por soldagem,


ção das tarefas em campo ainda desde que seja utilizada em campo a
mais eficientes. ▲ Primeiros testes de usinagem mecânica num máquina MMC10.
pré-distribuidor (modelo)

A máquina denominada MMC10 pode


ser facilmente transportada em campo usinagem à CNC, como: torneamento,
por intermédio de apenas três containers faceamento, fresagem e perfurações com
de tamanho padrão e painéis dobráveis. altíssimo nível de precisão. Os enormes
A pré-montagem desta máquina pode componentes da turbina já fabricados
ser efetuada no pátio de montagem da são divididos em partes menores em fun-
hidrelétrica e depois finalizada no poço ção dos limites operacionais do transpor-
da turbina em aproximadamente cinco te terrestre. Ao chegarem ao campo, são
dias. Após a finalização dos ajustes na novamente unidos por solda e ancorados
▲ Porta principal de ferramentas de corte da
MMC10, é possível efetuar tarefas de no concreto, causando todos estes pro- máquina MMC10
cesso, desde o transporte até a instala-
▼ Montagem da máquina MMC10 na fábrica em ção final tensões de deformações indese- A máquina MMC10 foi utilizada pela pri-
Linz, Áustria
jáveis. Para que estes componentes meira vez com enorme sucesso durante
obtenham novamente o formato final de- a execução do projeto da Usina Hidrelé-
sejado, são necessárias várias semanas trica Boyabat, na Turquia. Esta máquina
de intensos trabalhos de retificação me- poderá ser utilizada em toda a parte do
cânica. Agora, com a utilização da má- mundo, gerando um grande benefício
quina MMC10, a usinagem final dos para todos os envolvidos.
componentes importantes da turbina po-
derá ser executada diretamente em cam- Bernhard Mühlbachler
po, de forma rápida, eficiente e com altís- Tel.: +43 (732) 6986 3455
sima precisão. bernhard.muehlbachler@andritz.com

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 21 06.05.2012 18:20:37 Uhr


22 HYDRONEWS Informação local

▲ Usina Hidrelétrica Reversível Feldsee

▲ Unidade reversível n° 2

Feldsee vedação do eixo da turbina e um sis-


tema de ventilação forçada comum a
ambas unidades.

O contrato de fornecimento para a unida-


de reversível n° 1 foi assinado em agosto
A Usina Hidrelétrica Reversível Feldsee da KELAG, de 2006, e o contrato para a unidade re-
na Caríntia (Áustria), está operando com sucesso versível n° 2 foi assinado em outubro de
2008. As unidades foram postas em ope-
ração comercial no verão de 2009 e no
Suíça. No contrato de fornecimento início de 2011 respectivamente, com ple-

A
ANDRITZ HYDRO em Linz,
Áustria, projetou, fabricou e foi previsto para cada unidade: turbi- no sucesso. Atualmente, por haver um
forneceu as unidades reversí- na reversível, válvula esférica, unida- excedente de energia elétrica na rede
veis e os auxiliares para a Usina de hidráulica do regulador de veloci- devido a uma fraca demanda, ambas as
Hidrelétrica Reversível Feldsee. Os dade, controle digital do regulador de unidades reversíveis estão operando no
testes em modelo reduzido foram velocidade, sistema de ar comprimi- modo de bombeamento, transferindo a
realizados no laboratório hidráulico do para acionamento da junta de água do reservatório inferior Wurten para
da ANDRITZ HYDRO, em Zurique, na o reservatório artificial superior Feldsee,
520 m acima. E a qualquer momento que
▼ Corte longitudinal da unidade reversível houver uma demanda excessiva de ener-
gia na rede, como nos horários de ponta,
estas unidades poderão rapidamente
compensar esta diferença. A ANDRITZ
HYDRO pôde preencher todos os requisi-
tos para a absoluta satisfação do cliente.
Com este projeto, a ANDRITZ HYDRO
conseguiu estender sua lista de referên-
▲ Instalação da válvula esférica cia em turbinas reversíveis.
▼ Válvula borboleta da unidade reversível n° 2
Bernhard Kristufek
Tel.: +43 (732) 6986 75577
bernhard.kristufek@andritz.com

DADOS TÉCNICOS
Potência bomba: 2 x 64 MW
Potência turbina: 2 x 68,89 MW
Queda líquida: 520 m
Velocidade: 1.000 rpm
Diâmetro do rotor: 1.936,6 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 22 06.05.2012 18:20:52 Uhr


Informação local HYDRONEWS 23

▲ Instalação do distribuidor no poço da turbina

auxiliares foram finalizados com sucesso


em julho de 2010. Conforme o contrato
eletromecânico adquirido, a ANDRITZ
HYDRO foi responsável pelo fornecimen-

Pirrís
to de duas unidades de geração, cada
uma equipada com: uma turbina tipo
Pelton, gerador, reguladores digitais de
velocidade TC1703, válvula de admissão,
auxiliares mecânicos e elétricos, sistemas
de controle, sistema de proteção, trans-
formador e uma ponte rolante comum
Usina Hidrelétrica entregue ao cliente com (140 / 30 toneladas). O projeto foi finaliza-
sucesso na Costa Rica do conforme o cronograma de execução,
e as unidades geradoras operam comer-
cialmente desde 26 de setembro de
▲ Sala de máquinas 2011, para a plena satisfação da ICE.

N
o dia 21 de dezembro de 2007, Alois Zeuner
a concessionária pública de Tel.: +43 (732) 6986 9454
energia elétrica ICE (Electrici- alois.zeuner@andritz.com
dad Costarricense de Electricidad)
da Costa Rica, contratou a ANDRITZ
HYDRO para o projeto, fabricação, DADOS TÉCNICOS
fornecimento, instalação e comissio- Potência: 2 x 69 MW / 89,4 MVA
namento dos equipamentos eletro- Tensão: 13,8 kV / 60 Hz
mecânicos (Veja Hydro News 13 / Queda líquida: 890 m
2008). A Usina Hidrelétrica Pirrís é um Velocidade: 600 rpm
projeto de grande importância para a Diâmetro do rotor: 1.980 mm
Costa Rica, já que pode compensar a ▲ Vista da UHE e da tabulação forçada
Diâmetro do estator: 5.400 mm
demanda crescente de energia elétri-
ca e fortalecer também a estabilidade deverá ser isenta de juntas de dilatação;
Tubulação forçada
da rede de distribuição nacional. desta forma os blocos de concreto de
Comprimento: 2.390 m
sustentação foram especialmente dimen-
Diâmetro: 2.300 / 2.000 mm
A tubulação forçada (material S690QL) sionados e fabricados para comportarem
Bifurcador: 2.100 / 1.400 / 1.400 mm
de Pirrís foi totalmente fabricada em cam- inclusive as inúmeras tensões a que se-
po por nossa equipe, o que foi uma ex- rão submetidos. A instalação da tubula- Material: S690QL
periência inovadora e desafiadora. Con- ção forçada, a válvula esférica de segu- Válvula esférica de segurança
forme especificação, a tubulação exposta rança, a válvula de suspiro e os demais Diâmetro interno: 1.400 mm / 80 bar

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 23 06.05.2012 18:20:57 Uhr


24 HYDRONEWS Informação local

Kamak está localizada no Rio Vacha e

Tsankov
é muito importante, pois otimiza a vazão
d’água necessária para as outras
sete hidrelétricas localizadas a jusante,
além de ajudar a compensar a deman-
da de energia elétrica nos horários de
pico, o que é muito importante para

Kamak
manter a estabilidade da rede elétrica
da Bulgária. A Usina Tsankov Kamak
significa “soluções ecológicas” e pos-
sui as seguintes considerações técni-
cas ambientais:
■ A implantação da primeira escada para

peixes (tipo canal), que permite a mi-


Importante comissionamento na Bulgária gração de trutas e outras espécies de
peixes.
■ Uma unidade de geração compacta de

▲ Vista da barragem em arco duplo e do vertedouro da UHE Tsankov Kamak 1,3 MW, com o objetivo da manuten-
ção da vazão ecológica.
arco duplo é a maior da Europa Oriental.

N
o dia 1 de outubro de 2003 foi
assinado o contrato para o Tanto o projeto quanto a construção fo- Karl Freilinger
projeto Tsankov Kamak. Sua ram realizados por empresas austríacas, Tel.: +43 (732) 6986 77797
execução foi iniciada no dia 1 de que são respectivamente a Pöyry e a karl.freilinger@andritz.com
julho de 2004, quando foi concluída Alpina Bau GmbH. Devido aos vários
a composição do financiamento en- atrasos do projeto, as cláusulas do con-
DESTAQUES DO PROJETO
volvendo as agências de crédito trato foram revistas e adaptadas por
Localização: Bulgária, Rio Vacha, nas
para a exportação, os bancos aus- seis vezes, e o cronograma de execu-
tríacos Kontrollbank e Bank Áustria, ção foi estendido por mais três anos. montanhas Rhodopi fronteira com a Grécia.
além de vários outros bancos de Durante este mesmo período, a Bulgária Unidade de geração: Duas turbinas tipo
cinco países da Europa. foi anexada ao Mercado Comum Euro- Francis de 43,2 MW cada, reguladores de
peu, o que gerou muitas mudanças in- velocidade, válvulas de admissão e dois
No dia 1 de outubro de 2003 foi assina- ternas, fazendo com que a equipe e os geradores de 50 MVA cada.
do o contrato para o projeto Tsankov diretores responsáveis pelo projeto Unidade auxiliar: Uma turbina tipo Francis
Kamak. Sua execução foi iniciada no dia Tsankov Kamak fossem alterados cinco de eixo horizontal de 1,29 MW, um gerador
1 de julho de 2004, quando foi concluí- vezes. Apenas um membro da equipe de 1,6 kVA e fator de potência 0.9.
da a composição do financiamento en- permaneceu até o fi m do projeto. Em Equipamentos Hidromecânicos
volvendo as agências de crédito para a sua parte final o projeto pôde ser adian- Barragem: Vertedouro com quatro
exportação, os bancos austríacos Kon- tado em 2,5 meses, o que foi muito im- comportas radiais de 8 x 6,15 m e uma
trollbank e Bank Áustria, além de vários portante, já que os líderes políticos da comporta ensecadeira de 8 x 6,2 m.
outros bancos de cinco países da Euro- Bulgária e a concessionária pública de Descarga de fundo: Dois jogos de grade
pa. Foi realizado um acordo de compra energia NEK (Natsionalna Electricheska de 3 x 6,3 m, dois condutos de descarga
e venda entre o governo da Bulgária e o Kompania) queriam que as unidades de 22,75 m de comprimento e diâmetros de
da Áustria, tomando como base a tran- geradoras entrassem em operação co-
2,25 a 1,35 m e comporta segmento de
sação dos certificados de carbono ge- mercial já em dezembro de 2010, antes
alta pressão.
rados pela Usina Hidrelétrica Tsankov do natal. Isto só foi possível devido ao
Adução: Dois jogos de grade de
Kamak. Este acordo foi fundamental excelente trabalho do supervisor de
6 x 9,24 m, uma comporta ensecadeira de
para o projeto, pelo fato de ter atraído o montagem junto a sua equipe, e os en-
5,5 x 6,5 m, um jogo de comportas no
interesse dos investidores envolvidos. genheiros responsáveis pelo comissio-
canal de adução e um sistema de medição
As condições geológicas extremas do namento das unidades geradoras. Este
vale de Vacha ocasionaram os inúmeros adiantamento possibilitou que a NEK de vazão.

atrasos na construção da barragem e produzisse uma quantidade de energia Tubulação: Uma tubulação forçada de
na concretagem no leito do rio. A barra- elétrica equivalente a um milhão de 638 m de comprimento e diâmetros que
gem de 130 m de altura construída em Euros. A Usina Hidrelétrica Tsankov variam de 4,4 / 3,1 / 2,25 m.
Sala de máquinas: Dois jogos de
▼ Reservatório superior e barragem da UHE Tsankov Kamak
comportas ensecadeiras de 2,8 x 3,0 m
destinados aos tubos de sucção.
Início da operação comercial: 2010.

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 24 06.05.2012 18:21:07 Uhr


Informação local HYDRONEWS 25

▲ A equipe completa após a assinatura do contrato ▲ Modelo reduzido de um rotor Francis

Kraftwerke
Hinterrhein
Grande modernização no complexo hidrelétrico da empresa KHR na Suíça

do à ANDRITZ HYDRO também está

D
entro do extenso projeto de ram iniciados em 2011, e sua conclusão
modernização lançado pela está prevista para 2017. Alguns compo- previsto a completa modernização de
KHR (Kraftwerke Hinterrhein nentes serão transportados para a fábrica duas unidades geradoras Pelton (16,7 Hz)
AG) com sede em Thusis, a ANDRITZ da ANDRITZ HYDRO na Suíça, para que da PCH Sils Bahn, que geram energia
HYDRO é uma das principais empre- sejam analisados detalhadamente com a para o sistema ferroviário de Rhaetina.
sas contratadas para o fornecimento presença do cliente KHR, logo em segui- Todas estas modificações, em conjunto
dos equipamentos eletromecânicos. da será determinado, em conjunto, qual o com os trabalhos de recuperação, garan-
Além do contrato obtido para a mo- melhor programa de recuperação que de- tirão o aumento da potência e o excelente
dernização das Usinas Hidrelétricas verá ser empregado nestes componen- desempenho de todas as unidades
(UHEs) Bärenburg e Sils (cada uma tes. Todas as unidades hidráulicas do geradoras.
com 4 unidades de geração) e da regulador de velocidade serão completa-
Pequena Central Hidrelétrica (PCH) mente substituídas por unidades hidráuli- Martin Haas
Sils Bahn (2 unidades de geração), a cas compactas de alta pressão e os Tel.: +41 (41) 329 5354
ANDRITZ HYDRO será responsável rotores Francis substituídos por novos martin.haas@andritz.com
pela recuperação completa de um modernos rotores da ANDRITZ HYDRO.
total de 13 válvulas esféricas. Conforme o cronograma de execução em DADOS TÉCNICOS Bärenburg
campo, a cada seis meses uma unidade Potência: 4 x 55 MW
O potencial hídrico do Rio Hinterrhein é de geração será completamente moder- Queda líquida: 338 m
explorado pelo complexo hidrelétrico da nizada de forma escalonada, começando Velocidade: 500 rpm
KHR, através das suas UHEs Ferrera, no verão de 2012 na UHE Bärenburg e
Diâmetro do rotor: 2.300 mm
Bärenburg e Sils, que foram comissiona- finalizando em abril de 2016 na UHE Sils.
DADOS TÉCNICOS Sils
das em 1963 e representam uma capaci- Além deste projeto desafiador, a ANDRITZ
Potência: 4 x 60 MW
dade total instalada de 650 MW. O motivo HYDRO foi premiada com um novo con-
Queda líquida: 387 m
da KHR lançar esse extenso programa de trato, que prevê a revisão de 13 válvulas
Velocidade: 600 rpm
modernização, é em função das usinas esféricas deste complexo sistema hidrelé-
Diâmetro do rotor: 2.070 mm
hidrelétricas estarem em operação co- trico. As três válvulas esféricas da UHE
Ferrera, as quatro da UHE Bärenburg e as DADOS TÉCNICOS Sils Bahn
mercial há mais de 45 anos. As UHEs Sils
e Bärenburg possuem unidades de gera- seis da UHE Sils, serão transportadas Potência: 2 x 3,5 MW
ção similares, cada uma equipada com para nossa fábrica em Kriens e para a Queda líquida: 387 m
quatro unidades geradoras com turbinas fábrica parceira da OEMB para serem Velocidade: 500 rpm
tipo Francis. Os trabalhos em campo fo- recuperadas. Dentro do contrato passa- Diâmetro do rotor: 1.945 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 25 06.05.2012 18:21:20 Uhr


26 HYDRONEWS Informação local

Karebbe
Inauguração na Indonésia

▲ Descida do eixo & rotor Francis no poço da turbina ▲ Montagem final do estator do gerador

N
o dia 11 de outubro de 2011 foi ocorreram no dia 17 de agosto de 2011, turamente em novos projetos da geração
realizada a inauguração oficial e na unidade geradora n° 1 no dia 20 de de energia elétrica que utilizem fontes re-
da UHE Karebbe, contando setembro de 2011 com sucesso. A insta- nováveis. Atualmente, a modernização
com a presença do gover no da lação completa dos equipamentos foi da UHE Larona está sendo realizada pela
Indonésia e a participação das executada pela ANDRITZ HYDRO, que ANDRITZ HYDRO, que é responsável
empresas: Vale do Brasil, Vale do contratou mais de 300 funcionários locais pela completa substituição de dois gera-
Canadá e o cliente PTI (PT Internatio- na fase principal de montagem em cam- dores que estão sendo atualmente insta-
nal Nickel Indonesia). lados. O que tornou este projeto um su-
cesso, foi a enorme cooperação entre as
A ANDRITZ HYDRO foi premiada em sedes da ANDRITZ HYDRO em Jacarta
2005 com o primeiro contrato para o for- (na Indonésia), Viena, Linz e Weiz (na
necimento das turbinas tipo Francis, além Áustria). A ANDRITZ HYDRO novamente
dos geradores e auxiliares. Em 2008 sur- provou ser um forte parceiro para proje-
giu o segundo contrato para o forneci- tos desafiadores de hidrogeração na
mento das tubulações forçadas e as res- Indonésia, consolidando assim a sua po-
pectivas comportas, e novamente em sição de líder neste mercado promissor.
2009 surgiu um contrato para o forneci-
mento dos equipamentos BOP (Balance
of Plant) e diversos auxiliares, com exce- ▲ Vista da tubulação forçada durante a montagem

ção dos transformadores principais, da


subestação de alta tensão e do auxiliar po. A empresa PTI extrai e exporta níquel
de emergência a diesel. A instalação prin- mundialmente a partir da Indonésia, mas
cipal na sala de máquinas iniciou no dia a mudança recente nas leis de mineração
15 de fevereiro de 2011. Os testes de nacional autoriza empresas a efetuarem a
giro mecânico na unidade geradora n° 2 exportação do níquel processado somen-
te a partir do momento em que estas
▼ Vertedouro em operação efetuarem investimentos no próprio
país. O projeto de implantação da UHE ▲ Inauguração

Karebbe foi previsto pela empresa PTI no


intuito de preencher este requisito gover- Johann Lehner
namental, e também por aspectos ecoló- Tel.: +43 (732) 6986 3468
gicos, já que irá substituir a fonte gerado- johann.lehner@andritz.com
ra de energia elétrica que sustentava sua
DADOS TÉCNICOS
usina de níquel, que antes era uma usina
termoelétrica (a diesel), que além de po- Potência: 2 x 63,70 MW / 78 MVA
luente, possuía um alto custo operacio- Tensão: 11 kV
nal. A empresa PTI já opera duas outras Queda líquida: 70 m
UHEs que são: a Larona e a Balambano, Velocidade: 200 rpm
e tem um grande interesse de investir fu- Diâmetro do rotor: 3.250 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 26 06.05.2012 18:21:26 Uhr


Notícias de destaque HYDRONEWS 27

Azerbaijão namento de 450 milhões de m 3 de Canadá


Arpaçay água. Nesta época do ano o reservató- Forrest Kerr
rio está cheio, mas a distribuição da
Em março de 2011, a ANDRITZ água ocorre principalmente no verão. A A UHE Forrest Kerr será insta-
HYDRO foi contratada pela empresa distribuição, que é destinada principal- lada na Colúmbia Britânica, a
turca Girişim Elektrik para o forneci- mente para a irrigação, é feita por inter- 1.000 km noroeste de Vancouver
mento de duas turbinas, geradores médio dos diques localizados a 6 km a e pertence à Coast Mountain
e equipamentos associados para a jusante da PCH. No contrato passado à Hydro Ltd., uma subsidiária da
Pequena Central Hidrelétrica (PCH) ANDRITZ HYDRO está previsto o forne- empresa Altagas.
Arpaçay. cimento de três turbinas tipo Francis de Inicialmente, estava previsto a instala-
A PCH Arpaçay, que opera continua- eixo horizontal, geradores, válvulas bor- ção de duas turbinas tipo Francis de
mente desde 1980, está localizada em boleta, supervisão de montagem e o 78 MW cada, e mais duas menores de
Nahçivan, um estado autônomo dentro comissionamento das unidades gerado- 21 MW cada; mas após estudos deta-
da República do Azerbaijão desde ras que já está programado para julho lhados em função do impacto ambien-
1955, e foi instalada com o objetivo de de 2012. tal que ocorreria devido à vazão de
aumentar o potencial de irrigação na descarga, o projeto foi então alterado.
região. Para isso foi construído um re- Dominique Leleux Agora finalmente serão instaladas
servatório de 17.500 hectares, que re- Tel.: +33 (475) 23 05 08 nove turbinas tipo Francis compactas
presenta uma capacidade de armaze- dominique.leleux@andritz.com de 22 MW cada. O nível d’água a
jusante não pode variar mais do que
DADOS TÉCNICOS
2,5 cm por hora, mesmo em qualquer
Potência: 2 x 8.400 / 1 x 4.600 kW
condição de operação das unidades
Queda líquida: 63,5 m
geradoras. Portanto, durante uma
Velocidade: 428 / 600 rpm rejeição de carga, as unidades irão
Diâmetro do rotor: 1.340 / 1.030 mm a velocidade de disparo (de 360 a
650 rpm), e deverão ser projetadas
para resistir a esta rotação por um
período mínimo de duas horas, para
Indonésia na parte sul da ilha de Sulawesi, na que seja mantida uma vazão de
Bungin I província de Enrekang. No escopo descarga. O rio tem uma vazão de
passado à HIN está previsto o forneci- 252 m3/s d’água e possui uma gran-
Em março de 2011 a ANDRITZ mento de duas turbinas horizontais de quantidade de sedimentos, o que
HYDRO, na Índia (HIN), foi premia- tipo Francis, reguladores de veloci- torna necessário a proteção dos
da pela PT. Haji La Tunrung Listrik dade, válvulas borboleta, geradores, rotores, das palhetas diretrizes e dos
Dan Konstruksi com seu primeiro sistema de excitação, sistemas de anéis de desgaste com uma camada
contrato destinado ao mercado proteção e de controle, serviços de p ro t e t o r a e s p e c i a l d e n o m i n a d a
de Pequenas Centrais Hidrelétri- supervisão de montagem e comissio- SXH70TM. No contrato recebido está
cas na Indonésia. O contrato pre- namento das unidades geradoras. previsto o fornecimento das turbinas
vê o fornecimento completo dos A PCH Bungin 1 entrará em operação tipo Francis, geradores, reguladores
equipamentos eletromecânicos comercial no final de 2012. de velocidade, válvulas de admissão,
para a PCH Bungin I. auxiliares elétricos e sistema de auto-
A obtenção deste primeiro contrato Sanjay Panchal mação. A entrega dos equipamentos
no mercado de PCHs da Indonésia Tel.: +91 (1275) 288580 eletromecânicos em campo iniciará em
representa uma enorme importância sanjay.panchal@andritz.com meados de 2012, e está previsto que
e prestígio para a HIN. Devido ao as unidades geradoras entrem em ope-
DADOS TÉCNICOS
nosso alto padrão de qualidade e de ração comercial em meados de 2014.
Potência: 2 x 1.500 kW / 1.875 kVA
eficiência no fornecimento ao cliente,
teremos a garantia da obtenção de Queda líquida: 70,93 m Mathieu Bertrand
novos projetos desafiadores nesse Velocidade: 1.000 rpm Tel.: +1 (514) 428 6866
país. A PCH Bungin I está localizada Diâmetro do rotor: 580 mm mathieu.bertrand@andritz.com

DADOS TÉCNICOS
Potência: 9 x 22.000 kW
Queda líquida: 86,5 m
Velocidade: 360 rpm
Diâmetro do rotor: 1.800 mm

ARCHIV HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 27 11.06.2012 8:34:55 Uhr


28 HYDRONEWS Notícias de destaque

- Áustria lação forçada. A PCH Mödringbach de 2011, a ANDRITZ HYDRO pôs em


Königsbach e possuirá o mesmo escopo anterior, operação a PCH Johnbach, equipada
Mödringbach sendo que a turbina tipo Pelton será com uma turbina tipo Pelton de 5 jatos
de quatro jatos. da ENVESTA.
As PCHs do tipo fio d’água são equipa-
das com tomadas de água do tipo Tirolês Edwin Walch
e tubulações forçadas de ferro fundido. Tel.: +43 (732) 6986 3473
As PCHs estão localizadas numa região edwin.walch@andritz.com
montanhosa, em um vale, numa altitude
de 1.180 m. A energia gerada pelo gera- DADOS TÉCNICOS Königsbach
dor (400 V) alimentará a rede elétrica de Potência: 501 kW
30 kV que se encontra nas proximidades. Queda líquida: 227,7 m
As PCHs localizadas em região monta- Velocidade: 1.000 rpm
No início de dezembro de 2011, a nhosas são caracterizadas por operarem Diâmetro do rotor: 600 mm
ANDRITZ HYDRO foi contratada com vazões inconstantes, por exemplo: DADOS TÉCNICOS Mödringbach
pela concessionária de energia após a dedução da vazão ecológica, a
Potência: 639 kW
ENVESTA, uma subsidiária do vazão operada pelas turbinas é 5% infe-
Queda líquida: 138,9 m
Mosteiro Beneditino de Admont, rior à vazão nominal obtida durante o pe-
Velocidade: 750 rpm
para o fornecimento, instalação e ríodo de inverno. Isto explica o motivo das
Diâmetro do rotor: 640 mm
comissionamento da Pequena Cen- turbinas tipo Pelton oferecidas possuírem
DADOS TÉCNICOS Johnbach 2
tral Hidrelétrica (PCH) Königsbach, um número incomum na quantidade de
Potência: 575 kW
que será equipada com uma turbina jatos. Este número foi obtido nos resulta-
Queda líquida: 78,2 m
tipo Pelton de três jatos, gerador dos dos testes realizados em modelos
síncrono, regulador hidráulico de reduzidos. Estas PCHs entrarão em ope- Velocidade: 500 rpm
velocidade, válvula esférica e tubu- ração durante o verão de 2012. No verão Diâmetro do rotor: 705 mm

Panamá Pelton de seis jatos. O projeto de en-


Pando e Monte Lirio genharia é quase idêntico para ambas
as PCHs, a não ser por uma pequena
diferença na queda líquida nominal.
Para o fornecimento está previsto: tur-
binas tipo Pelton, geradores, válvulas
de admissão, unidades hidráulicas do
regulador de velocidade, auxiliares me-
cânicos, instalação e comissionamento
das unidades geradoras. O início da
operação comercial das PCHs está
previsto para o começo de 2013.

Como resultado da colaboração Cobra neste país, como exemplo: as Alejandro Santamaría
bem-sucedida entre a ANDRITZ PCHs Algarrobos, Pedregalito, Cochea, Tel.: +34 (91) 425 1019
HYDRO e a empresa Cobra Infra- além de outras, e continua participando alejandro.santamaría@andritz.com
estruturas Hidráulicas, uma em- dos novos projetos que serão futura-
presa da Espanha com grande mente executados na região. As PCHs DADOS TÉCNICOS Pando
reputação na América Central, a Pando e Monte Lirio estão localizadas
Potência: 2 x 15.531 kW
ANDRITZ HYDRO na Espanha foi no Rio Viejo, na província ocidental de
Queda líquida: 252,5 m
premiada com um novo contrato Chiriquí, perto da fronteira com a Costa
Velocidade: 450 rpm
de fornecimento dos equipamen- Rica. A PCH El Alto, que também foi
Diâmetro do rotor: 1.430 mm
tos eletromecânicos destinados equipada pela ANDRITZ HYDRO, faz
DADOS TÉCNICOS Monte Lirio
às PCHs Pando e Monte Lirio, no parte deste complexo de geração no Rio
Potência: 3 x 16.361 kW
Panamá. Viejo. A PCH Pando será equipada com
Queda líquida: 274 m
A ANDRITZ HYDRO já forneceu as duas turbinas tipo Pelton de seis jatos e
turbinas e os geradores para outros a PCH Monte Lirio, que é muito similar, Velocidade: 450 rpm
projetos desenvolvidos pela empresa será equipada com três turbinas tipo Diâmetro do rotor: 1.510 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 28 06.05.2012 18:21:30 Uhr


Notícias de destaque HYDRONEWS 29

Paquistão lago Satpara, que está localizada a 6 Suíça


Satpara km ao sul da cidade de Skardu. A bar- Ackersand 11
ragem Satpara pode fornecer diaria-
mente 11 milhões de litros de água
potável, permitindo a irrigação de
15.000 acres de terra, e proporciona
também uma geração de 23 GWh de
eletricidade ao ano. As unidades gera-
doras já entrarão em operação em ja-
Em junho de 2011, a ANDRITZ neiro de 2013.
HYDRO foi premiada com um con-
trato pela WAPDA (Water & Power Qizhi Xie Em maio de 2011, a ANDRITZ
Development Authority) do Paquis- Tel.: +86 (571) 8378 8102 HYDRO foi contratada para substi-
tão para o fornecimento, instalação, qizhi.xie@andritz.com tuir duas unidades geradoras da
e comissionamento dos equipamen- PCH Ackersand que estão operan-
DADOS TÉCN. Sala de Máquinas n° 3
tos eletromecânicos destinados ao do desde 1909 e 1917 respectiva-
Potência: 2 x 1.180 kW / 1.475 kVA
projeto da PCH Satpara. mente, por uma única unidade ge-
Queda líquida: 69,8 m
No escopo de fornecimento está pre- radora.
Velocidade: 750 rpm
visto: duas turbinas tipo Francis, gera- As empresas EnAlpin AG e Mattmark
Diâmetro do rotor: 611 mm
dores, válvulas de admissão, auxiliares AG são algumas das acionistas da
DADOS TÉCN. Sala de Máquinas n° 4
mecânicos, auxiliares elétricos e ponte PCH Ackersand, que está localizada no
rolante para a Sala de Máquinas n° 3. Potência: 2 x 692 kW / 865 kVA cantão de Valais na Suíça, aproximada-
Teremos o mesmo escopo para a Sala Queda líquida: 41,9 m mente a 30 km ao sul da cidade de
de Máquinas n° 4. O projeto está loca- Velocidade: 600 rpm Visp. A vazão volumétrica de geração é
lizado no Rio Satpara, a jusante do Diâmetro do rotor: 663 mm proveniente do Rio Saaser Vispa e de
outros afluentes menores. A ANDRITZ
HYDRO é a líder de um consórcio que
tem a Elin Motoren como participante,
Alemanha numa barragem do Rio Amper, e está e responsável pelo fornecimento da
Wittibsmühle equipada com uma escada de peixe. nova unidade. No fornecimento da
Após estudos detalhados, verificamos ANDRITZ HYDRO está previsto o proje-
que a turbina tipo Bulbo da ANDRITZ to de engenharia, fabricação, instalação
HYDRO com gerador acoplado por e comissionamento de uma turbina,
transmissão via correias, proporciona além do sistema de controle e da su-
ao cliente Wittibsmühle Wasserkraft bestação. A turbina tipo Pelton de 5 ja-
GmbH a opção com o menor custo tos com gerador refrigerado a água
de investimento total, garantindo uma preencheu todos os requisitos em ter-
ótima efi ciência de geração a longo mos de potência conforme a especifi-
prazo. A ANDRITZ HYDRO, conforme cação, garantindo assim, excelente de-
contrato, será responsável pelo sempenho e flexibilidade operacional.
fornecimento de uma unidade gerado- O comissionamento será concluído no
ra, unidade hidráulica do regulador final de abril de 2013, e logo após, tere-
de velocidade, instalação e comissio- mos um período de três meses de tes-
namento dos equipamentos. A PCH tes operacionais. No dia 31 de julho, a
Wittibsmühle entrará em operação nova unidade geradora será entregue
Há uma tendência crescente no comercial em novembro de 2012. oficialmente ao cliente para operação
uso de turbina compacta com ge- comercial.
rador acoplado por transmissão Martin Reisser Stefan Geiger
via correias. A ANDRITZ HYDRO Tel.: +49 (751) 29511 489 Tel.: +41 (71) 929 3639
oferece este tipo de turbina com martin.reisser@andritz.com stefan.geiger@andritz.com
potência de aproximadamente
DADOS TÉCNICOS DADOS TÉCNICOS
600 kW, uma ótima relação custo-
Potência: 508 kW Potência: 14.759 kW
benefício para unidades geradoras
que operarão com baixas quedas Queda líquida: 2,86 m Queda líquida: 710,7 m
líquidas. Velocidade: 192 / 500 rpm Velocidade: 750 rpm
A PCH Wittibsmühle será instalada Diâmetro do rotor: 1.950 mm Diâmetro do rotor: 1.415 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 29 06.05.2012 18:21:35 Uhr


30 HYDRONEWS Notícias de destaque

Itália Suíça
San Giovanni Bianco Löbbia / Castasegna
A concessionária pública de energia
de Zurique, denominada de Seção
04, contratou a ANDRITZ HYDRO
para a modernização das PCHs o cliente. Esta modernização combina-
Löbbia e Castasegna. da aumentará a potência final de gera-
Com este contrato combinado de recu- ção das unidades geradoras em aproxi-
peração e modernização, as duas PCHs madamente 5%. A ANDRITZ HYDRO foi
estarão preparadas para as futuras de- premiada com este contrato desafiador
mandas do mercado de energia elétrica. não só pelo seu aspecto econômico
Para ambos os projetos serão forneci- favorável, mas também pela sua vasta
dos: quatro novos rotores Pelton, que experiência na modernização de hidrelé-
receberão um revestimento protetor es- tricas mundialmente. Os novos equipa-
pecial contra abrasão denominado mentos serão levados a campo entre
Em fevereiro de 2011, a ANDRITZ SXHTM7X, e uma turbina bomba, que faz outubro de 2012 e abril de 2013.
HYDRO foi premiada com um con- parte deste complexo hidrelétrico. A uni-
trato para fornecer uma unidade dade de geração n° 3 da PCH Löbbia Christoph Bütikofer
de geração para a PCH San também será completamente recupera- Tel.: +41 (41) 329 53 72
Giovanni Bianco, que pertence ao da. A nova tecnologia de proteção utili- christoph.buetikofer@andritz.com
Grupo SMI, uma empresa italiana zando o revestimento SXHTM7X aumen-
líder na produção de máquinas tará significativamente a expansão dos DADOS TÉCNICOS Löbbia M3
para embalagem. limites operacionais dos rotores, criando Potência: 8,83 MW Pelton / 37 MW
A PCH San Giovanni Bianco está loca- confiabilidade e principalmente reduzin- Potência: 7,36 MW Bomba
lizada em Val Brembana, norte da Itália, do as futuras manutenções, gerando DADOS TÉCNICOS Castasegna
perto da cidade de San Pellegrino, assim uma economia considerável para Pot.: 37 MW / 2 x 26 MW duplo rotor Pelton
conhecida por suas águas termais e
minerais. Depois de quase um século
em operação, as três turbinas Francis
de caixa aberta serão substituídas Polônia
por uma turbina tipo CAT de duplo co- Januszkowice
mando. Esta solução técnica propor-
ciona ao cliente uma grande redução
dos custos totais relacionados às
obras civis necessárias, oferecendo
assim, uma unidade moderna com F O T O
a l t o re n d i m e n t o d e g e r a ç ã o . A
ANDRITZ HYDRO é responsável pelo
fornecimento de uma turbina tipo
CAT de duplo comando, unidade hi- Devido ao mancal danificado e tipo Bulbo com gerador acoplado por
dráulica do regulador de velocidade, grandes problemas de vibrações na transmissão via correias, que foram
sistema de refrigeração a água e os unidade geradora, cliente decide danificadas durante a última inunda-
serviços de instalação e comissiona- efetuar uma completa moderniza- ção. Os trabalhos de modernização
mento. A unidade entrará em opera- ção na turbina tipo Kaplan. na PCH Januszkowice iniciaram em
ção comercial em novembro de 2012. A ANDRITZ HYDRO em Ravensburg foi 2012.
contratada pelo PGE (Grupa Polska
Stefano Rizzi Energetyczna) para a modernização de Jürgen Dietrich
Tel.: +39 (445) 678247 uma turbina tipo Kaplan, destinada à Tel.: + 49 (751) 29511 613
stefano.rizzi@andritz.com PCH Januszkowice, na Polônia. Um juergen.dietrich@andritz.com
critério muito importante por obtenção
DADOS TÉCNICOS DADOS TÉCNICOS
deste contrato, é proveniente da
Potência: 1.300 kW Potência: 2 x 700 kW
modernização com sucesso efetuado
Queda líquida: 9,5 m Queda líquida: 2,6 m
pela ANDRITZ HYDRO para o mesmo
Velocidade: 333 rpm cliente em duas unidades geradoras Velocidade: 428,6 rpm
Diâmetro do rotor: 1.600 mm equipadas cada com uma turbina Diâmetro do rotor: 2.360 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 30 06.05.2012 18:21:40 Uhr


Notícias de destaque HYDRONEWS 31

Índia Turquia
Automação na Índia Solução de proteção
Nos últimos meses, a ANDRITZ
HYDRO Automação melhorou muito
sua posição de líder no mercado
relacionado aos equipamentos e às
tecnologias dos sistemas de prote-
ção, destinados às Pequenas Cen-
O ano de 2011 foi um excelente trais Hidrelétricas (PCHs).
ano de negócios para a ANDRITZ Na Turquia foram instalados recente-
HYDRO na Índia, por ter recebi- mente equipamentos de proteção elétri-
do diversos contratos de forne- ca em 15 PCHs. Os equipamentos da
c i m e n t o re l a c i o n a d o s c o m a ANDRITZ HYDRO que foram entregues
tecnologia de automação. consistem na tecnologia de proteção
O primeiro contrato já foi recebido “DRS” para geradores, transformadores
logo no início do ano, para o forne- e linhas de transmissão. As vantagens ras. A ANDRITZ HYDRO disponibiliza
cimento dos sistemas estáticos de desta tecnologia é percebida nas diver- esta solução inovadora para o mercado
excitação para as UHEs Ghata- sas soluções otimizadas, que simplifi- turco, expandindo assim suas atividades
prabha e Karnataka. Em julho de 2011 cam as informações que devem ser ge- de negócio neste país que possui gran-
recebemos dois contratos importan- renciadas, analisadas e executadas de potencial hidrelétrico.
tes; o primeiro contrato prevê o for- provenientes dos diversos sistemas de
necimento de quatro sistemas de proteção numa PCH, garantindo desta Bernhard Mayrhofer
excitação estáticos destinados às forma uma grande simplicidade e agili- Tel.: +43 (1) 811 94 6940
quatro usinas termoelétricas de dade operacional nas unidades gerado- berhard.mayrhofer@andritz.com
210 MW cada, localizadas no sul da
Índia. A empresa contratante é a
Nevei Lignite Corporation, que com-
petiu com grandes concorrentes lo- Peru de 134 MW cada, já a UHE de Santa
cais e internacionais. O segundo Santa Teresa / Teresa, situada na região de Machu
contrato prevê o fornecimento dos Cerro del Águila Picchu, terá uma capacidade instalada
sistemas digitais de excitação está- de 98 MW. O conceituado sistema
ticos, destinados às duas unidades Após o comissionamento bem- NEPTUN será implantado em ambos os
de geração de 60 MW em Durgapur. sucedido da UHE Chacayes na projetos. Além disso, serão integrados:
Este contrato nos foi passado por América do Sul, a ANDRITZ HYDRO os sistemas de controle de potência,
dois importantes clientes: a NTPC e Automação foi contratada nova- sistema de proteção elétrica do gerador
a SAIL Power Corporation Ltd. Com mente para o fornecimento dos e da cablagem, sistema de excitação,
este segundo contrato, a ANDRITZ equipamentos de controle para ou- sistema de controle e o sistema de
HYDRO irá fortalecer a sua reputa- tras duas UHEs. VoIP. A conclusão bem-sucedida do
ção dentre as importantes empresas No final de 2011, a ANDRITZ HYDRO projeto Chacayes qualificou a ANDRITZ
públicas do país. A NTPC é a maior Automação foi contratada para o forne- HYDRO para a obtenção destes novos
concessionária pública de energia cimento dos equipamentos de controle contratos.
térmica do país, assim como a Sail, para as UHEs Santa Teresa e Cerro del
que é a maior empresa estatal pro- Águila, no Peru. A UHE Cerro del Águila Clemens Mann
dutora de aço. Com a execução de terá uma sala de máquinas subterrânea Tel.: +43 (1) 811 94 6884
todos estes projetos desafiadores, a equipada com três turbinas tipo Francis clemens.mann@andritz.com
ANDRITZ HYDRO irá consolidar sua
posição no mercado de automação
da Índia, sendo inclusive uma ótima
referência para os contratos que
serão adquiridos no futuro.

Adesh Mehra
Tel.: +91 (7480) 400483
adesh.mehra@andritz.comdesh

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 31 06.05.2012 18:21:48 Uhr


32 HYDRONEWS Notícias de destaque

Alemanha completamente modernizada com o ob-


Erzhausen jetivo de aumentar a disponibilidade
operacional com atualização tecnológi-
Modernização da Usina Hidrelé- ca, de forma a garantir com segurança o
trica Erzhausen de acumulação suprimento da demanda crescente de
por bombeamento. energia elétrica de pico na região. A últi-
A UHE Erzhausen de acumulação por ma vez que se efetuou uma reabilitação
bombeamento está equipada com nesta unidade ternária foi há 20 anos, e
quatro unidades ternárias. Cada uni- na válvula esférica há 13 anos. A
dade é composta por uma bomba, ANDRITZ HYDRO em Ravensburg foi unidade. O grande risco deste projeto
um motor-gerador e uma turbina contratada pela Statkfrat devido a exce- de modernização é o curto cronogra-
compacta de arranque, além da vál- lente proposta técnica oferecida. A mo- ma de execução, mas a nossa vasta
vula esférica. A unidade n°4 será dernização aumentará a eficiência desta experiência em unidades ternárias nos
traz a garantia de que este projeto de-
safiador será entregue no tempo deter-
minado ao cliente, satisfazendo-o.

Jürgen Dietrich
Phone: + 49 (751) 29511 613
juergen.dietrich@andritz.com
DADOS TÉCNICOS
Potência: 4 x 63 MW
Queda líquida: 290 m
Velocidade: 428,6 rpm
Diâmetro do rotor: 2.340 mm

França nharia, fabricação de seis rotores Pelton de operacional e excelente desempe-


La Bâthie (de 21 t cada) e o projeto de alteração e nho, o que garantem aumentar a po-
modernização de 12 injetores. Durante tência da hidrelétrica dos 496 MW
A empresa EDF contratou a os próximos seis anos, os novos rotores originais para 618 MW. Este projeto de
ANDRITZ HYDRO para o forneci- Pelton serão fabricados pela nossa re- modernização é novamente um impor-
mento de seis rotores Pelton pre- conhecida tecnologia MicroGuss TM, na
vistos para a UHE La Bâthie, nos fábrica da ANDRITZ HYDRO, na Suíça.
Alpes Franceses. Somente o primeiro rotor Pelton será
A UHE La Bâthie está localizada na fabricado utilizando nossa tecnologia
barragem de Roselend, e foi posta em HIWELD TMXL na ANDRITZ HYDRO do
operação em 1961, completando, por- México, devido ao curto prazo de entre-
tanto este ano 51 anos de existência. ga estipulado pela EDF. Recebemos este
Conforme o contrato, a ANDRITZ múltiplo contrato da EDF, por nosso ro-
HYDRO será responsável por: testes tor tipo Pelton apresentar em relação
em modelo reduzido, projeto de enge- aos concorrentes a mais alta durabilida- tante sucesso para a EDF, e estamos
otimistas na obtenção de futuros con-
tratos deste importante cliente.

Quentin Seringe
Tel.: +41 (21) 925 77 23
quentin.seringe@andritz.com

DADOS TÉCNICOS antigo / novo


Potência: 6 x 82,7 MW / 6 x 103 MW
Queda líquida: 1.112 m
Velocidade: 428 rpm
Diâmetro do rotor: 3.250 mm

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 32 06.05.2012 18:21:50 Uhr


Eventos HYDRONEWS 33

Cerimônia de
inauguração em Linz
Novo hangar para turbogeradores de grande porte

▲ Cerimônia de lançamento

N
o dia 7 de novembro de 2011 Este é um importante marco para a divi-
ocorreu a cerimônia oficial de são de turbogeradores da empresa, que
inauguração do novo hangar estenderá o seu portfólio com produtos
para turbogeradores de grande de alta potência.
porte. Este evento contou com a pre-
sença dos diretores executivos da Jürgen Holzer
ANDRITZ HYDRO (Semper e Harald Tel.: +43 (3172) 606 3416
Heber), dos gerentes do segmento de juergen.holzer@andritz.com
turbogeradores (Jürgen Holzer e Karl
Schlögelbauer) e do presidente da
empresa do Grupo Felbermayr (Horst DADOS IMPORTANTES:
Felbermayr). ▲ Discurso de abertura do diretor Felbermayr Produto:
- turbogeradores com potência
Após a decisão de produzir turbogerado- por via fluvial, após o término dos traba- acima de 600 MVA
res refrigerados a hidrogênio, possantes lhos. Os principais componentes elétricos Hangar:
e de grande porte, foi necessário a aqui- (lâmina, isolamento de alta tensão e rotor) - tamanho: 80 m x 40 m x 20 m
sição de um hangar para concluir a mon- serão fabricados na fábrica em Weiz. No - área total: 3.208 m²
tagem destes equipamentos. O transpor- hangar em Linz será feito o empilhamento - uma ponte rolante principal:
te por via terrestre dos geradores, saindo do estator. A bobinagem e a montagem 300 t (com adaptações até 600 t)
da fábrica da ANDRITZ HYDRO em Weiz, final destes pesados geradores serão re- - duas pontes rolantes secundárias
torna-se impossível devido ao porte des- alizadas no próprio hangar, e testados 20 t cada
tes geradores. Desta forma, o novo han- logo após no laboratório de ensaios. A - altura: 14 m
gar de montagem final será localizado conclusão do hangar está prevista para o - bancada de testes: 5,5 MW
agora em Linz, na ANDRITZ HYDRO, final de agosto de 2012, e o primeiro ge-
próximo aos Rios Traun e Danúbio, per- rador estará concluído e pronto para o
▼ Transporte de um turbogerador via trem
mitindo assim que o transporte seja feito transporte fluvial em meados de 2013.
▼ Vista do novo hangar

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 33 06.05.2012 18:22:00 Uhr


34 HYDRONEWS Eventos

Energia
Renovável

epublic
Oct. 17-19,
World Asia

hR
01

ec
2 1•
Prague / C
z Importante evento para
a ANDRITZ HYDRO na
Malásia

A
ANDRITZ HYDRO participou

HYDRO2011 da conferência “Renewable


Energy World Asia” que ocor-
reu entre os dias 27 e 29 de setem-
bro de 2011, em Kuala Lumpur, na

Praga, República Tcheca Malásia.

A “Renewable Energy World Asia” é a


“Soluções Práticas para um Futuro Sustentável” conferência mais importante da região,
que tem como foco principal a geração

O
outono é a época dos con- de energia elétrica por meio de fontes de
gressos na Europa, e entre os energia renováveis, com foco também em
dias 17 e 19 de 2011 ocorreu
em Praga o Congresso Mundial das
Grandes Barragens, o “HYDRO 2011”.
Este grande evento contou com mais
de 1.200 participantes de 77 países.
Como de costume, a conferência co-
locou em foco a necessidade primor-
dial de viabilizar projetos de hidroge-
ração nos países em desenvolvimento, ções elétricas, que foram apresentadas
localizados na África, Ásia e América por intermédio de filmes transmitidos no
Latina. estande em monitores de alta resolução.
O moderno e agradável estande da
A ANDRITZ HYDRO participou com seis ANDRITZ HYDRO favoreceu para que
conferências que foram muito disputadas ocorresse a troca de informações entre
durante este evento. As conferências tra- os especialistas da área, e também entre
taram de temas relacionados às novas os participantes. A apresentação da fer-
tecnologias usadas em turbinas tipo Pel- ramenta de simulação em 3D, que é utili-
ton, Reversíveis e análises das simula- zada na pesquisa e no desenvolvimento,
foi o principal destaque, despertando um
enorme interesse daqueles que visitavam
o nosso estande. Como nos anos ante-
riores, o congresso HYDRO 2011 foi um
acontecimento de extrema importância
para a promoção do setor hídrico. Este
evento trouxe a confirmação de que a
ANDRTIZ HYDRO é a empresa líder em
hidrogeração, e conta com uma enorme
reputação internacional.

Jens Päutz
Tel.: +43 (1) 89100 2675
jens.paeutz@andritz.com

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 34 06.05.2012 18:22:11 Uhr


Eventos HYDRONEWS 35

/ Brazil
Sept. 20-22
Booth 204

iro
ne
20

,
11 Ja
• Rio d e

sua transmissão e distribuição. O con-

HydroVision
gresso ocorreu no Centro de Convenções
de Kuala Lumpur, com a cooperação da
POWER-GEN, e contou com a participa-
ção de mais de 7.000 profissionais do
setor energético. A ANDRITZ HYDRO
participou do evento com duas conferên-
cias. O diretor da ANDRITZ HYDRO na
Brasil 2011
Malásia, Sr. Michael Moggie, foi convida-
do ao debate sobre as possibilidades e
Participação da ANDRITZ HYDRO no primeiro
as oportunidades do uso da energia reno- HydroVision Brasil
vável na Ásia. Esta foi sem dúvida uma
ótima oportunidade para poder apresen-
tar a ANDRITZ HYDRO como a empresa

O
HydroVision ocorreu pela pri- uma ótima oportunidade para mostrar a
líder em hidrogeração no mercado do meira vez no Brasil. Devido à posição da ANDRITZ HYDRO no merca-
Sudeste Asiático. A ANDRITZ HYDRO é posição líder da ANDRITZ do Brasileiro, como empresa líder em hi-
líder no fornecimento de equipamentos e HYDRO no mercado de energia hi- drogeração.
produtos do setor hídrico, especialmente drelétrica do Brasil, a sua participa-
para a Malásia. ção neste evento foi um grande Jens Päutz
sucesso. Tel.: +43 (1) 89100 2675
Jens Päutz jens.paeutz@andritz.com
Tel.: +43 (1) 89100 2675 O HydroVision Brasil teve como objetivo a
jens.paeutz@andritz.com criação de oportunidades para o desen-
volvimento de novos projetos de usinas
hidrelétricas no Brasil e na América Latina,
EVENTOS:
oferecendo uma ampla programação que Hydroenergia
envolveu: conferências, debates e exposi- 23 a 26 de maio de 2012
ções simultâneas, direcionadas às novas Wroclaw, Polônia
tendências do mercado e às futuras tec-
nologias para esse setor. A ANDRITZ Powertage Zurique
HYDRO participou com três conferências 12 a 14 de junho de 2012
importantes que foram muito frequenta- Zurique, Suíça
das. Uma das conferências foi ministrada
pelo próprio presidente da empresa, o Sr. HydroVision EUA
Sérgio Parada, com o tema: Avaliação e 17 a 20 de julho de 2012
Viabilização de Projetos de Energia Elétri- Louisville, EUA
ca. Com a definição das diretrizes gerais
para este evento, a ANDRITZ HYDRO HydroVision Brasil
conseguiu criar uma combinação perfeita 25 a 27 de setembro de 2012
do layout do seu estande, que contava Rio de Janeiro, Brasil
com diversos monitores de alta resolução,
proporcionando desta forma um ambiente HYDRO 2012
perfeito de comunicação, possibilitando 29 a 31 de outubro de 2012
inclusive apresentações individuais para Bilbao, Espanha
os profissionais da área. Este evento foi

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 35 06.05.2012 18:22:29 Uhr


Large Hydro
Usinas Hidrelétricas Reversíveis

A Usina Hidrelétrica de Lang Yashan caverna, representando uma capacida-


HP.HN21.1,100.pt.o4.12

está situada a cerca de 300 km a oeste de total instalada de 650 MW, prevista
de Xangai, na província de Anhui, na para atender a demanda de energia
China. Esta é uma das maiores insta- elétrica durante os horários de pico.
lações da região, equipada com quatro Estamos sempre procurando a melhor
turbinas reversíveis localizadas em solução – Da água até o fio elétrico.

ANDRITZ HYDRO GmbH


Penzinger Strasse 76, 1141 Viena, Áustria
Tel.: +43 (1) 89100, Fax: +43 (1) 8946046
contact-hydro@andritz.com www.andritz.com

Internet HN21_PORTUGUESE No_21_(APRIL_2012)_4c_PRINT.indd 36 06.05.2012 18:22:39 Uhr