Você está na página 1de 6

MÓDULO 6657 – DIVERSIDADE LINGUÍSTICA E CULTURAL – Ficha 1

O PORTUGUÊS . UMA LÍNGUA VIVA


Uma língua viva é aquela que é utilizada por um grupo, maior ou menor, de
falantes. Sendo o português uma língua viva todos os dias se altera e se
adapata em diferentes culturas, realidades sociais e até climas.

São diersas as VARIANTES do português que suregem na CPLP


(Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) .

O portguês é falado não apenas em Portugal e no Brasil, mas espalha-se


pelo mundo num colorido e criatividade únicos.

A origem do português está no LATIM falado na antiga Roma. De início o


latim era a língua de um povo que vivia no Lácio, uma região central da
Península Itálica. Com a expansão do Império Romano, a partir do séc III
a.C., a influência da língua latina espalhou-se pelas regiões conquistadas.
Esta influência teve também impacto na Península Ibérica que viria a
acolher os reinos de Portugal e Espanha.

Havia dois níveis de expressão do latim: CLÁSSICO e VULGAR.

O LATIM CLÁSSICO – era a língua escrita e falada por pessoas cultas. Foi
pouco divulgado e hoje só o conhecemos por meio de alguma literatura e
documentos.
O LATIM VULGAR – Espalhou-se durante a expansão do Império Romano
e foi-se alterando de acordo com as regiões onde se imlmentava dando
origem às LÍNGUAS ROMÂNICAS (português, castelhano, catalão, francês,
romeno...)

Como qualquer língua viva, o português tem vindo a mudar de acordo com
a realidade em que se insere e sofrendo influências de outras línguas
( como o inglês ou o francês). Também dentro do próprio português sejam
entre diferentes países, seja mesmo entre regiões, existem diferenças de
ORTOGRAFIA, VOCABULÁRIO, MORFOLOGIA OU SINTAXE.
ONDE SE FALA PORTUGUÊS

Para além dos terrotórios onde é mais comum saber-se que o português é
falado existem ainda pequenas proncíncias espanholas e da América do Sul
onde o português tem expressão, ainda que seja reduzida.

EXERCÍCIO:
Define e exemplifica os seguintes conceitos
Conceito Definição Exemplo
Ortografia A forma como a palavra Tampar/ tapar
se escreve. Acção – ação
Football – futebol
Wisky – uísque
Pharmacia / famácia
Color/ colour / center/
centre
Vocabulário Termos existentes Palavras novas:
numa língua. computador
Palavras que ganham
novos significados-
imprimir / impresso
estrangeirismos e
empréstimos: croissant/
cibernaútica
Fonologia Como as palavras se Vaca- (b)aca
dizem. Coração - côráção

Morfologia Forma gramatical das Feliz- in-feliz-mente


palavras Água-ardente

Sintaxe Organização das Ela ligou-me ontem.


palavras na frase. Ela me ligou.
Não me ligaste ontem.

2- Tenta encontrar os equivalentes em português de Portugal para os


vocábulos em português do Brasil:

Português do Brasil Português de Portugal


abridor Saca-rolhas
açougue Talho
aeromoça Hospedeira
apostila Manual escolar
bala Rebuçado
banheiro Casa-de-banho
carteira de identidade BI/ CC
carteira de motorista Carta de condução
celular Telemóvel
conversível Descapotável
faixa de pedestres Passadeira
geladeira Frigorífico
grampeador Agrafador
história em quadrinhos Banda desenhada
Ibandeide Penso rápido
Quitanda Mercearia
ônibus Autocarro
pedestre Peão
ponto de ônibus Paragem de autocarro
Jamon Fiambre
sanduíche Sandes
sorvete Gelado
suco Sumo
trem Comboio
vitrine Montra
xícara Chávena

3- encontra o significado das seguintes expressões usadas no nosso país:

Fazer burrada Fazer disparates De fio a pavio


Do rpincípio ao
fim
Enfiar o barrete Enganar Meter o pé na Estar em apuros
argola
Correr a roupa Passar aferro Entrangeirinha Confusão/
esquema
Cacau Dinheiro Fino Imperial
Cachopo/a Menina/ menino Foleiro Piroso
Bico de obra Problema Judite PJ
Calinada Erro (no uso da Levar a peito Levar demasiado
língua) a sério
Cardina Bebedeira Meter água Fazer asneira
Chaço Carro muito Não hà crise Não há problema
velho
Dar a palmada Roubar Nicles Nada
Paleio Conversa Palha Coisas que não
importam
Pêta Mentira Pisgar Ir embora
Pingo Garoto Tirar nabos da Querer saber
púcara mais do que nos
querem dizer.

LÍNGUA, DIALETO E FALAR REGIONAL

LÍNGUA/ LÍNGUA PADRÃO - sistema constituído por palavras e por regras gramaticais


que permitem a construção de frases e que é usado como meio de
comunicação, falado ou escrito, pelos membros de uma mesma comunidade
linguística; idioma

DIALETO - variante local ou regional de uma língua, que se distingue em relação à


língua padrão pelas especificidades a nível da pronúncia (fonética), do vocabulário
(léxico), etc.; variedade geográfica

FALAR REGIONAL - são derivações das línguas originais, com modificações em sua


estrutura, neologismos, e sotaque diferente.[1]

A LÍNGUA é assim um código usado de forma mia svasta. Por um conjunto


maoir de falantes; enquanro que o DIALETO é um espécie de subssistema
da língua que tem regras próprias, ma ssofre influência desta, tem origem
nela. O FALAR REGIONAL (ou DIALETO SOCIAL) é, em relação à língua,
apenas uma variação, que não chega a ser um sistema diferente mas tens
traços característicos que permitem identificá-lo; seja na pronúncia, no
vocabulário ou mesmo na construção das expressões ou frases e utilização
do sistema verbal.
Também pode dar-se a designação de DIALETO SOCIAL ou GÍRIA a um
conjunto de características que diferenciam a forma de expressão de
determinado grupo social e/ou profissional, por exemplo, a gíria estudantil,
médica, etc.

Você também pode gostar