Você está na página 1de 13

Noções de

Microsoft SQL Server

Microsoft SQL Server

Considerações Iniciais

Basicamente existem dois tipos de usuários do SQL Server:

Implementadores Administradores

1
Microsoft SQL Server

Implementadores

Utilizam o SQL Server para criar e alterar base de dados e


tabelas, definir stored procedures, etc. Se preocupam com a
integração do sistema desenvolvido e da base de dados.

Administradores

Fornecem suporte ao SQL Server na rede da empresa,


gerenciando o armazenamento, atribuindo permissões,
realizando transferência de dados, diagnosticando
problemas do sistema, executando backup, restore, etc.

Microsoft SQL Server

O SQL Server é um sistema de gerenciamento de bancos de dados


cliente/servidor com alta integração com o Windows. Um usuário, por
exemplo, pode se conectar ao SQL Server com a mesma senha usada
para a rede Windows.
O SQL Server possui uma arquitetura distribuída de gerenciamento
[distributed management framework], composta de objetos, serviços e
componentes. Através dela, vários servidores podem ser gerenciados
completamente a partir de qualquer local na rede.

Convém lembrar que:


Uma aplicação que utiliza bancos de dados é composta de três partes:
• Interface com o usuário: responsável por validar as entradas do usuário, e
iniciar pesquisas de acordo com um pedido do usuário.
• Mecanismo de acesso [database engine]: responsável pela manutenção
das estruturas de dados necessárias em arquivos, pelos detalhes internos
do acesso aos dados, e pela manutenção da integridade dos dados.
• Armazenamento de dados: arquivos que contém os dados em si. 4

2
Microsoft SQL Server

O Microsoft SQL Server fornece uma


plataforma para gerenciamento de banco
de dados cliente/servidor, visando atender
as necessidades de um ambiente de
processamento distribuído.

Microsoft SQL Server

Integração aos serviços e tarefas do Microsoft Windows;

Possibilita intercâmbio de dados entre computadores


baseados em Windows;

Possui uma interface de gerenciamento que fornece


controle visual sobre os diversos servidores da empresa,
permitindo gerenciamento remoto de duplicação de
dados, administração do servidor, gerenciamento de
tarefas, etc.

3
Microsoft SQL Server

SQL Server 2005


O SQL Server 2005 simplifica o gerenciamento fornecendo um
console de gerenciamento integrado para monitorar e
gerenciar o banco de dados relacional do SQL Server.

Os administradores de bancos de dados podem executar


várias tarefas ao mesmo tempo, como criar e executar uma
consulta, exibir objetos de servidor, gerenciar um objeto,
monitorar a atividade do sistema e exibir a ajuda online.

A integração de gerenciamento e criação em uma única


ferramenta juntamente com a capacidade de gerenciar todos
os tipos de servidores proporciona maior produtividade aos
administradores de bancos de dados.
7

Microsoft SQL Server

SQL Server 2005 – Object Explorer

É uma interface gráfica para executar


tarefas de administração do sistema.

Possui, entre outras facilidades, um método


gráfico para transferir dados de um SQL Server
para outro.

4
Microsoft SQL Server

Algumas Ferramentas do SQL Server


SQL Server Enterprise Manager: Utilizado, entre outras
coisas, para administrar remotamente o SQL Server. Este
programa permite ao DBA executar virtualmente qualquer
tarefa administrativa no SQL Server.
SQL Server Query Analyser: Esta ferramenta é utilizada para
enviar manualmente comandos Transact-SQL e
procedimentos armazenados para o mecanismo de banco de
dados do SQL Server.
SQL Server Query Analyser: Esta ferramenta é utilizada para
enviar manualmente comandos Transact-SQL e
procedimentos armazenados para o mecanismo de banco de
dados do SQL Server. 9

Microsoft SQL Server

Exemplo do Enterprise Manager do MS SQL Server 7.0

10

5
Microsoft SQL Server

Exemplo do Query Analyser do MS SQL Server 7.0

11

Microsoft SQL Server


MS SQL Server Books Online
Exemplo de tela do MS SQL Server 7.0

12

6
Microsoft SQL Server

Gerenciando Banco de Dados

Podemos criar um banco de dados [database] definindo o


seu nome, nome do arquivo, tamanho inicial, tamanho
máximo, etc. Normalmente apenas o administrador do
sistema (SA) pode criar, modificar o tamanho e excluir os
bancos de dados, mas ele pode conceder permissões a
outros usuários para isso.

Vamos agora criar um banco de dados: Cada aluno deverá


criar um banco de dados que tenha o nome do cenário do
exercício que lhe foi atribuído (por exemplo: Campeonato) +
o número de sua matrícula na faculdade.

13

Microsoft SQL Server

Databases - Visão Geral da Estrutura Interna

A seguir serão discutidas características básicas dos


principais componentes internos dos bancos de dados
do SQL Server.

Tables

Views

Stored Procedures

14

7
Microsoft SQL Server

Databases – Estrutura Interna


Tables (Tabelas)
Ao clicar sobre esta opção, o SQL Server relacionará todas as
tabelas utilizadas pela base de dados.
Views (Visões)
Uma visão é o resultado de um conjunto de registros que foram
selecionados das tabelas através de uma declaração SELECT.
Tais registros ficam armazenado em uma tabela virtual, que
podem ser acessadas quando solicitadas, por exemplo por
qualquer sistema utilizada pelo usuário.

Stored Procedures (Procedimentos Armazenados)


É um conjunto pré-compilado de declarações SQL que são
executados através de uma declaração simples.
15

Microsoft SQL Server

Tables (Tabelas) - Operações Básicas

Visualização da Estrutura de Tabela


Clicar com o botão direito do mouse sobre a tabela. Em seguida,
escolher a opção DESIGN.

Visualização do Conteúdo de Tabela


Clicar com o botão direito do mouse sobre a tabela. Em seguida,
escolher a opção OPEN TABLE.

16

8
Microsoft SQL Server

Views (Visões) - Operações Básicas

Visualização da Estrutura da View


Clicar com o botão direito do mouse sobre o nome da view. Em
seguida, escolher a opção NEW VIEW.

Visualização do Conteúdo da View


Clicar com o botão direito do mouse sobre a tabela. Em seguida,
escolher a opção OPEN VIEW.

17

Microsoft SQL Server

Stored Procedures (Procedimentos Armazenados)

Modificando o Conteúdo de uma Stored Procedure

Clicar com o botão direito do mouse sobre o nome da


Stored Procedure. Em seguida, escolher a opção MODIFY.

18

9
Microsoft SQL Server

PROCEDIMENTO DE BACKUP

Backup Completo da Base de Dados


Backup Diferencial da Base de Dados
Backup do Log
No log estão as transações (procedimentos de atualização)
efetivadas no banco de dados e as transações que ainda estão
para serem efetivadas no banco.
19

Microsoft SQL Server

EXEMPLOS DE PROCEDIMENTO DE BACKUP


Realização de um ou mais backups completos diariamente.

Neste caso é evidente que todos os dados entre os backup serão


perdidos caso algo ocorra, independente da frequência em que eles
sejam feitos.

Backup Diferencial entre os completos.

A vantagem é que o diferencial é menor e consequentemente mais


rápido. Pode-se fazer vários entre os completos. Para se recuperar os
dados basta recuperar o completo mais o último diferencial ou o
diferencial mais próximo ao horário que se quer recuperar os dados.

Observação: Qualquer que seja a política adotada, sempre haverá a


possibilidade de perda de dados, uma vez que o banco de dados é
dinâmico. A idéia do backup é minimizar esta perda.
20

10
Microsoft SQL Server

PROCEDIMENTO DE RESTORE - Recuperação de Dados

Obedecer a sequência de Restore:

1. Recuperar primeiro o Backup Completo;


2. Recuperar o último Backup diferencial próximo ao horário que se
deseja recuperar os dados;
3. Recuperar por último todos os backups de log.

Observação: O procedimento de restore deve ser realizado com


muito critério porque se a sequência lógica de recuperação não for
obedecida, pode-se perder dados.
21

Microsoft SQL Server

Noções do

Microsoft Query Editor

22

11
Microsoft SQL Server

Considerações Iniciais

O Query Editor é uma ferramenta gráfica que permite, entre


outras facilidades, realizar as seguintes tarefas:

• Editar SQL Scripts e Queries;

• Retornar o resultado de uma Query no formato Grid ou


texto;

• Visualizar informações estatísticas sobre a execução da


Query.

23

Microsoft SQL Server

Primeiros Passos
1) Indicar qual base de dados você deseja manipular, através da opção DB,
localizada no canto superior direito da janela de query. A partir daí, toda referência à
tabelas será direcionada para a base de dados escolhida;

2) Digitar a query ou carregar o arquivo script (.SQL);

Observação: Ao digitar uma query ou carregar um arquivo script, serão


automaticamente habilitadas algumas opções no menu tais como Clear Query
Window (Limpa Janela de Query) e Execute Query (Executa a Query).

3) Após digitar a Query, o usuário terá três opções para executá-la: Através do ícone
Execute Query (Seta Verde); Através da tecla F5; Selecionando toda a query e
digitando CTRL E;

4) Após executar a Query, o usuário poderá visualizar os resultados numa janela de


resultados que será aberta logo abaixo da janela de query. Esses resultados poderão
ser expressos de várias formas, baseado no tipo de query que foi executada. Poderão
aparecer registros ou simplesmente mensagens indicando que uma determinada
tarefa foi concluída com sucesso ou não.
24

12
Microsoft SQL Server

Tarefa:

1)Criar um banco de dados para armazenar as


tabelas modeladas do cenário visto
anteriormente;

2)Criar as tabelas e respectivos campos.

25

13