Você está na página 1de 68

1 CORÍNTIOS

1 CORÍNTIOS

Contexto

1. Introdução (1:1-9)

2. Em resposta ao relatório (1:10–6:20)

3. Em resposta a carta dos coríntios (7:1–16:12)

4. Conclusão (16:13–24)
1 CORÍNTIOS

Contexto

1. Introdução (1:1-9)

2. Em resposta ao relatório (1:10–6:20)

3. Em resposta a carta dos coríntios (7:1–16:12)

4. Conclusão (16:13–24)
Nenhuma interpretação bíblica será fiel se
não houver a compreensão do Contexto...
AULA 1

Introdução da Carta
1 A cidade e
as pessoas
A História de Corinto
A História de Corinto

Uma importante cidade da Grécia Antiga:


❖ Conforme o relato de Gênesis 10 são oriundos dos javaneses.

❖ É preciso lembrar que a Grécia era formada por várias


cidades-estado independentes.

❖ Cada uma possuía uma história peculiar e Corinto possuía


especificidades próprias. Ganhou muito prestígio devido sua
relevância econômica.

❖ Em 146 a.C foi destruída pelos romanos e no ano de 46 a.C foi


reconstruída por Júlio César.
A Destruição de Corinto
Um filme épico italiano de 1961, dirigido por
Mario Costa, mostra os eventos que culminaram
na Batalha de Corinto (146 a.C), no qual resultou
na destruição da cidade pelo Império Romano.
A História de Corinto
Pintura “o
último dia
em Corinto”
Obra do francês
Tony R. Fleury
no ano de 1870
retratando o
final da Batalha
de Corinto (146
a.C).
A História de Corinto

Moeda romana com o rosto de Júlio César


Moeda encontrada em Corinto datada da época da reconstrução
da cidade por Júlio César.
A História de Corinto

Busto de Júlio César


No Museu Arqueológico de
Corinto existem muitos
bustos de Júlio César,
evidenciando a relevância
histórica do governante de
Roma para esta cidade.
A História de Corinto

Escultura romana de Gaio César


Estátua de uma época próxima a chegada de
Paulo na cidade de Corinto. O nome Gaio
(Caio) era muito comum nos dias de Paulo e
um dos primeiros crentes de Corinto assim
se chamava.
Importância Econômica
Importância Econômica

Um dos principais portos do mundo antigo:


❖ Corinto foi privilegiada com uma excelente localização
geográfica. O istmo de Corinto era muito importante para o
comércio do Mediterrâneo.

❖ Produtos saídos da Ásia, Israel e Egito passavam por Corinto


para se chegar em Roma. Era a rota mais segura da época.

❖ A atividade portuária de Corinto a transformou em uma cidade


rica e glamourosa.

❖ Acabou virando a capital da província romana da Acaia e a mais


importante cidade da Grécia sob a dominação de Roma.
Roma

Ásia
Grécia
Mar
Mediterrâneo

Israel

Egito
Istmo de Corinto
Mar Egeu

ACAIA
(Região do
Peloponeso)

Mar
Jônico
Golfo de
Corinto

DI
O
LK
O
S

6
km

Istmo de Corinto DI
O
LK
O
S

Mar Egeu
Importância Econômica

Escravos
empurrando navio
no Diolkos do Istmo
de Corinto
Imagem da National
Geographic mostrando
como os escravos
carregavam os navios de
um porto para outro do
Istmo de Corinto.
Importância Econômica

Reprodução do
sistema de tração
usado no Diolkos
Alguns escravos puxavam
através de cordas a
embarcação que era
colocada em uma espécie
de plataforma movida por
sulcos na terra, como uma
espécie de trenó.
Importância Econômica

O caminho do
Diolkos
Imagem Gun Powder Ma
mostrando a antiga estrada
usada para atravessar os
navios no Istmo de
Corinto.
Importância Econômica

Canal de Corinto
No século 19 foi construído
o canal de Corinto para
facilitar as travessias
marítimas na região.
Relevância Cultural
Relevância Cultural

A “Las Vegas” do Império romano:


❖ Devido ao trânsito intenso do comércio naval a cidade de Corinto
virou cosmopolita.

❖ Oficialmente adotava o panteão da mitologia grega. Porém,


foram descobertos vários indícios de cultos persas e babilônicos.

❖ O Acrocorinto era o ponto mais alto da cidade e abrigava o


Templo de Afrodite. Porém, outras divindades eram cultuadas.

❖ Tinham várias opções de entretenimento, inclusive sediava os


Jogos Ístmicos (Olimpíada da região do Peloponeso).
Relevância Cultural

Ideia de como seria o Templo de Afrodite em Corinto


O templo de Afrodite ficava no topo do Acrocorinto com uma visão privilegiada de
todo a cidade de Corinto. O local era considerado místico pelos seus adoradores.
Relevância Cultural

Visão atual do topo do Acrocorinto


Atualmente só restam as ruínas de um dos mais imponentes templo dedicados a deusa
Afrodite.
Relevância Cultural

Os Jogos
Ístmicos
reuniam as
principais
cidades do
Peloponeso
Por ser a cidade
mais importante da
região Corinto
sediava uma das
competições mais
queridas da Grécia
Antiga.
Locais de destaque da cidade
Locais de destaque da cidade

A imponência corintiana:
❖ Em geral com uma arquitetura similar a cidade de Roma.

❖ As atividades sociais também seguia o estilo romano (fontes


termais, corridas de bigas e fóruns).

❖ Também possuía uma estrutura para receber os Jogos Ístmicos.

❖ A cidade era cercada por uma grande muralha de proteção.

❖ Também possuía muitos elementos específicos da cultura clássica


grega como os templos e os anfiteatros.

Video Corinto em 3D
Reconstrução realizada pela American School of Classical
Studies at Athens (ASCSA) de como era a cidade de Corinto
na época em que Paulo esteve nela.
Locais de destaque da cidade

Mapa da Antiga
Corinto
Mapa de 1898 desenvolvido
por arqueólogos sobre como
era a antiga cidade de
Corinto.
Locais de destaque da cidade

Área da Antiga
Atual local da
Nova Corinto Corinto
Mapa aéreo que mostra
o que seria a região da
Antiga Corinto. No
século I a cidade
abrigava cerca de
Área que
250.000 habitantes, um
compreendia a
Antiga Corinto bom número para uma
cidade da Antiguidade.
Perfil Social
Perfil Social

A cidade da imoralidade:
❖ Era formada por ricos comerciantes e burocratas romanos.

❖ Os marinheiros viam Corinto o lugar ideal para extravasar seus


desejos sexuais com as mais de 1000 sacerdotisas de Afrodite.

❖ As sacerdotisas cultuais de Afrodite eram voluntárias e/ou


prostitutas que serviam sexualmente nas imediações do Templo.

❖ Devido a esse culto, as mulheres de Corinto pareciam gozar de


mais privilégio social do que em outras partes da Grécia antiga.

❖ “Corintianizar” virou um sinônimo de perversão sexual.


“O templo de Afrodite já foi tão rico que teve
mais de 1000 pessoas dedicados a
prostituição, homens e mulheres que se
entregaram em culto a deusa. E por causa
deles, a cidade costuma ficar lotada e se
tornou rica. Os capitães de navios gastam
fortunas lá, e o provérbio diz: "A viagem a
Corinto não é para qualquer homem".”
(Strabo, 20 d.C)
Perfil Social

A cidade de
Corinto abrigava
famílias ricas
A proeminência trazida
pelo comércio marítimo
e por ser a capital da
Acaia trazia um status
social diferenciado para
Corinto dentro do
Império Romano. A
cidade abusou da luxúria
e do hedonismo.
2 A Igreja e o
Apóstolo
A Fundação da Igreja
A Fundação da Igreja

Fruto missionário do apóstolo Paulo:


❖ Paulo chega a Corinto após passar por Atenas, durante a 2ª
viagem missionária (Atos 18).

❖ Chega sozinha em Corinto e acaba fazendo amizade um casal de


crentes judeus, chamados Áquila e Priscila, que foram expulsos
de Roma por determinação do Imperador.

❖ Trabalha por um tempo como fazedor de tendas com o casal.

❖ Inicialmente foca sua evangelização na sinagoga de Corinto.


Houve grande oposição, mas depois o chefe da sinagoga, Crispo,
e toda a sua família se convertem.
Atos 18
1Depois disso, deixando Atenas, Paulo foi a Corinto. 2Lá,
encontrou um judeu chamado Áquila, natural do Ponto,
recentemente chegado da Itália, com Priscila, sua mulher, porque o
imperador Cláudio havia decretado que todos os judeus deviam
sair de Roma. Paulo aproximou-se deles. 3E, como tinham o mesmo
ofício, passou a morar com eles e ali trabalhava.
O ofício deles era fazer tendas. 4E todos os sábados Paulo falava
na sinagoga, persuadindo tanto judeus como gregos.
Atos 18
8Crispo, o chefe da sinagoga, creu no Senhor, com toda a sua casa;
também muitos dos coríntios, ouvindo, creram e foram batizados.
“Os judeus, provocados constantemente por
incitamento de Cresto, foram expulsos de
Roma por ele [ Imperador Cláudio ]”
(Suetônio, 121 d.C)
A Fundação da Igreja

Relevo nas ruínas da sinagoga


de Corinto
Relevo entalhado no mármore nas ruínas
da sinagoga de Corinto. O entalhe não é da
época de Paulo, mas como os judeus
costumavam a reformar suas sinagogas
sobre as antigas, então, é bem possível que
seja a sinagoga mencionada em Atos 18.

Placa da sinagoga de
Corinto
Placa do século 4 encontrada
nas ruínas de Corinto escrito
“Sinagoga dos Hebreus”.
A Fundação da Igreja

Jesus queria a Igreja de Corinto:


❖ Após um tempo Timóteo e Silas chegam para auxiliar Paulo. O
apóstolo foca exclusivamente seu esforço na obra missionária.

❖ Porém, Paulo enfrentou muitas dificuldades na pregação em


Corinto. Inclusive foi acusado diante do procônsul da Acaia,
Gálio. Talvez até tivesse pensado em desistir da região.

❖ Mas, o próprio Jesus veio animar Paulo para a missão em


Corinto. Disse ter muito povo naquela cidade.

❖ Corinto se torna uma das maiores estadias de Paulo em suas


viagens: 1 ano e 6 meses (50-52 d.C).
A Fundação da Igreja
Inscrição oficial de Roma contendo
o nome do procônsul Gálio
Uma inscrição no Museu da História Helênica
mostra Gálio (Gallio) como o representante
oficial do Império Romano na província da
Acaia.

Busto do poeta Sêneca


O procônsul Gálio era filho
biológico do ilustre poeta e
filósofo romano, Sêneca.
Atos 18
5Quando Silas e Timóteo chegaram da Macedônia, Paulo se entregou
totalmente à palavra, testemunhando aos judeus que Jesus é o
Cristo. 6Como eles se opuseram e blasfemaram, Paulo sacudiu as
roupas e disse-lhes:
— Que o sangue de vocês caia sobre a cabeça de vocês! Eu estou
limpo dele e, a partir de agora, vou para os gentios.
7Saindo dali, entrou na casa de um homem chamado Tício Justo, que
era temente a Deus; a casa dele ficava ao lado da sinagoga.
Atos 18
12Quando Gálio era procônsul da Acaia, os judeus, de comum
acordo, se levantaram contra Paulo e o levaram ao tribunal,
13dizendo:
— Este homem quer persuadir as pessoas a adorar a Deus de um modo
contrário à lei.
14Quando Paulo ia falar, Gálio disse aos judeus:
— Se fosse, de fato, alguma injustiça ou crime de maior gravidade, ó
judeus, eu teria motivo para acolher a queixa que vocês estão
trazendo. 15Mas como é uma questão de palavras, de nomes e da
própria lei de vocês, resolvam isso vocês mesmos; eu não quero ser
juiz dessas coisas!
Atos 18
9Certa noite Paulo teve uma visão em que o Senhor lhe disse:
— Não tenha medo! Pelo contrário, fale e não fique calado,
10porque eu estou com você, e ninguém ousará lhe fazer mal, pois
tenho muito povo nesta cidade.
11Assim, Paulo permaneceu em Corinto um ano e seis meses,
ensinando entre eles a palavra de Deus.
Autoria
Apóstolo Paulo (~5a.C-67)
O apóstolo entre os gentios, chamado por Jesus
após ser um perseguidor da Igreja. Nascido
em Tarso (atual Turquia). De família judia, mas
que conseguiu comprar sua cidadania romana.
Estudou na melhor escola rabínica de Israel. Era
um intelectual conhecedor da cultura
hebraica, latina e grega.
Autoria

Uma carta do apóstolo Paulo:


❖ Quase nenhum estudioso questiona a autoria paulina desta carta.

❖ Sua autoria é atestada 1Co 1.1 e depois testemunhada por


Clemente de Roma (em 96 d.C).

❖ A maioria dos especialistas data esta carta em 54/55 d.C.

❖ Paulo escreveu esta carta em Éfeso (16.8).

❖ Como implantador da igreja em Corinto, Paulo era muito


preocupado com sua saúde espiritual.
Plano de fundo de 1 Coríntios
Plano de fundo de 1 Coríntios

Uma Igreja com muitas dificuldades:


❖ É aceito que Paulo sempre costumava a dar orientações para as
igrejas que fundou ou tinha interesse em visitar (Romanos).

❖ Essas orientações eram feitas por meio de viagens rápidas ou


geralmente por cartas. Essas cartas visavam responder a
perguntas sobre as doutrinas e práticas cristãs.

❖ É aceito que Paulo tanto visitou como escreveu algumas cartas


para para orientar os coríntios. Duas delas entraram para o
cânone do Novo Testamento.
Plano de fundo de 1 Coríntios

Início da Igreja A carta prévia 1 Coríntios


Entre os anos 50 a 52 Antes de 1 Coríntios Deus usou o contexto
d.C Paulo funda a 1ª Paulo havia enviado para inspirar a carta
Igreja de Corinto. uma carta prévia. de 1 Coríntios.

2 Coríntios Viagem rápida A carta severa


Carta muito pessoal Paulo faz um viagem Por conta de oposição
de Paulo atestando o a Corinto para tratar a Paulo escreve uma
arrependimento deles. situação diretamente. carta dura a Corinto.
O Problema
O Problema

O problema central de 1ª Coríntios:


❖ Escreveu esta carta em resposta a um grande número de
problemas que haviam surgido.

❖ Teve ciência destes problemas através de um relatório trazido


pelos da casa de Cloe e também através de uma carta vinda dos
coríntios contendo alguns questionamentos.

❖ O maior problema era a criação de facções dentro da Igreja por


causa de personalismo, sabedoria filosófica e status.

❖ Além disso havia problemas de imoralidade, heresia sobre a


ressurreição e problemas em torno da adoração e comunhão.
O Objetivo
O Objetivo

A meta do apóstolo Paulo:


❖ Como apóstolo Paulo queria ver a Igreja pacificada de todas as
formas.

❖ Ele sabia que aquela Igreja era especial para o Senhor Jesus
Cristo e por isso não estava disposto a desistir dela.

❖ Por isso, Paulo escreveu 1ª Coríntios para acabar com o clima


faccioso que estava reinando na Igreja.

❖ Pastorear a Igreja para que a mesma apresente uma boa doutrina


e viva segundo a luz do Senhor Jesus Cristo.
3 Contribuições
teológicas
Escatologia
Escatologia

Paulo fala sobre a vida eterna:


❖ Uma das principais contribuições de 1ª Coríntios é a maior
compreensão do tema da Ressurreição.

❖ Provavelmente alguma heresia estava afetando a compreensão da


Ressurreição corpórea dos crentes em Jesus.

❖ Dificilmente os coríntios estavam negando a vida após a morte,


até porque praticamente todo o mundo antigo aceita essa crença.

❖ Porém, a compreensão judaico-cristã de Ressurreição parecia não


combinar com a sabedoria da filosofia grega que influenciou
bastante aqueles dias.
O Evangelho e a Ética cristã
O Evangelho e a Ética cristã

Paulo mostra a real conduta cristã:


❖ Ele entendia que o correto viver está arraigado do correto pensar.

❖ O correto pensamento cristão era particularmente muito difícil


para os cidadãos de Corinto, devido ao ambiente de idolatria e
promiscuidade que a cidade vivia.

❖ Por isso, Paulo enfatiza o problema da imoralidade sexual e dos


perigos e vantagens da abstinência sexual.

❖ Ressalta os efeitos nocivos de os cristãos processarem uns aos


outros nos tribunais seculares e os males da idolatria.
A Unidade da Igreja
A Unidade da Igreja

A verdadeira comunhão da Igreja:


❖ Paulo sabia que a sociedade coríntia estava permeada de
individualismo competitivo, atitude presente na igreja.

❖ Grupos hostis se formaram em torno de lideranças rivais que


podem ter hospedado diferentes igrejas domésticas.

❖ Paulo admoesta os que se julgavam “espirituais” (3.1),


“maduros” (2.6) e “sábios” (3.18, 4.10), lembrando-os que Deus
usa o humilde, o desprezado e o fraco para causar mudanças no
sábio e no forte (1.18-31).
Clemente aos Coríntios
O bispo de Roma, Clemente (35-100d.C), foi um
importante pastor da Igreja Antiga. Foi um
defensor dos cristãos diante da perseguição
imperial. Escreve uma carta aos coríntios de
seus dias para que se mantenham firmes no
Evangelho (I Clemente). Foi martirizado no
ano 100d.C no governo de Trajado em Roma.
CONSIDERAÇÕES
IMPORTANTES

Devemos levar o Evangelho até mesmo para


1 os lugares mais imorais e idólatras.

As igrejas de Jesus Cristo estão passíveis a


2 sofrer sérios problemas relacionais.

Precisamos estar focados em Cristo mesmo


3 nas situações mais difíceis.

Você também pode gostar