Você está na página 1de 26

Planificação Semanal

Índice

Índice..............................................................................................................1
Introdução......................................................................................................2
Estratégias/Actividades para o primeiro dia...................................................5
Estratégias/Actividades para o segundo dia.................................................10
Estratégias/Actividades para o terceiro dia..................................................13
Estratégias/Actividades para o quarto dia....................................................16
Estratégias/Actividades para o quinto dia....................................................18
1.Grelha de planificação semanal................................................................20
2.Avaliação...................................................................................................22
Conclusão.....................................................................................................26
Referências Bibliográficas............................................................................27

1 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Introdução

Este trabalho foi-nos proposto no âmbito da disciplina de Organização


e Gestão Curricular e pretende ser uma planificação que abrange as
várias áreas curriculares a leccionar no 1º Ciclo do Ensino Básico. O
grupo é constituído pela Dulcínea Oliveira, Lindsay Oliveira e Ricardo
Oliveira.

Esta planificação semanal tem como público-alvo crianças que


frequentam o 4º ano do Ensino Básico e as áreas curriculares
trabalhadas são: Língua Portuguesa, Estudo do Meio, Matemática,
Educação Físico-Motora, Expressão Plástica, Expressão Musical e
Expressão Dramática.

Com a elaboração desta planificação pretendeu-se respeitar e seguir


os princípios estabelecidos no Programa do 1.º Ciclo do Ensino Básico
para as várias áreas curriculares, o tempo de trabalho semanal a
dedicar a cada área curricular e as competências essenciais a
trabalhar com alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico segundo o
Currículo Nacional do Ensino Básico.

Assim, com base no Programa do 1.º Ciclo do Ensino Básico


relativamente à área curricular Educação Físico-Motora podemos
dizer que esta deve “oferecer aos alunos experiências concretas,
necessárias às abstracções e operações cognitivas inscritas nos
Programas doutras Áreas, preparando os alunos para a sua
abordagem ou aplicação.”1

Quanto à área curricular Expressão Dramática podemos referir que a”


exploração de situações imaginárias, a partir de temas sugeridos
pelos alunos ou propostos pelo professor, dará oportunidade a que a
criança, pela vivência de diferentes papéis, se reconheça melhor e
entenda melhor o outro. Os jogos dramáticos permitirão que os

1
Departamento da Educação Básica; “Organização Curricular e Programas do Ensino Básico — 1.o Ciclo"; Editorial
do Ministério da Educação; Mem Martins; 2004

2 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

alunos desenvolvam progressivamente as possibilidades expressivas


do corpo — unindo a intencionalidade do gesto e/ou a palavra, à
expressão, de um sentimento, ideia ou emoção. Nos jogos dramáticos
as crianças desenvolvem acções ligadas a uma história ou a uma
personagem que as colocam perante problemas a resolver:
problemas de observação, de equilíbrio, de controlo emocional, de
afirmação individual, de integração no grupo, de desenvolvimento de
uma ideia, de progressão na acção2”.

Relativamente à área curricular de Expressão Plástica podemos


mencionar que “a manipulação e experiência com os materiais, com
as formas e com as cores permite que, a partir de descobertas
sensoriais, as crianças desenvolvam formas pessoais de expressar o
seu mundo interior e de representar a realidade. A exploração livre
dos meios de expressão gráfica e plástica não só contribui para
despertar a imaginação e a criatividade dos alunos, como lhes
possibilita o desenvolvimento da destreza manual e a descoberta e
organização progressiva de volumes e superfícies3”.

Na área curricular de Expressão Musical podemos indicar que “a


experimentação e domínio progressivo das possibilidades do corpo e
da voz deverão ser feitos através de actividades lúdicas,
proporcionando o enriquecimento das vivências sonoro-musicais das
crianças. A participação em projectos pessoais ou de grupo permitirá
à criança desenvolver, de forma pessoal, as suas capacidades
expressivas e criativas4”.
Nas áreas curriculares de Expressões deve dedicar-se no mínimo 5
horas semanais.

Quanto à área curricular de Língua Portuguesa devemos ter em conta


que “a Língua Materna é o elemento mediador que permite a nossa
identificação, a comunicação com os outros e a descoberta e
compreensão do mundo que nos rodeia. Tem-se, como seguro, que a
2
Ibidem
3
Departamento da Educação Básica; “Organização Curricular e Programas do Ensino Básico — 1.o Ciclo"; Editorial
do Ministério da Educação; Mem Martins; 2004
4
Ibidem

3 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

restrição da competência linguística impede a realização integral da


pessoa, isola da comunicação, limita o acesso ao conhecimento, à
criação e à fruição da cultura e reduz ou inibe a participação na práxis
social5”. A esta área curricular deve-se dedicar no mínimo 8 horas
semanais.

No que diz respeito à área curricular de Estudo do Meio importa


referir que “o meio local, espaço vivido, deverá ser o objecto
privilegiado de uma primeira aprendizagem metódica e sistemática
da criança já que, nestas idades, o pensamento está voltado para a
aprendizagem concreta. No entanto, há que ter em conta que as
crianças têm acesso a outros espaços que, podendo estar
geograficamente distantes, lhes chegam, por exemplo, através dos
meios de comunicação social. O interesse das crianças torna estes
espaços afectivamente próximos, mas a compreensão de realidades
que elas não conhecem directamente, só será possível a partir das
referências que o conhecimento do meio próximo lhes fornece 6”. A
esta área curricular deve-se dedicar no mínimo 5 horas semanais.

E relativamente à área curricular de Matemática importa dizer que a


“focalização do programa na resolução dos problemas decorre da
concepção de que a resolução de situações problemáticas (numéricas
e não numéricas) deverá constituir a actividade central desta área e
estar presente no desenvolvimento de todos os tópicos. Sendo esta
actividade promotora do desenvolvimento do raciocínio e da
comunicação, deverá, nestas idades, ancorar em operações lógicas
elementares e apoiar-se em materiais e linguagem gráfica que
constituam uma ponte entre o real e as abstracções matemáticas7”.
Nesta área curricular é importante dedicar no mínimo 7 horas
semanais.

5
Ibidem
6
Ibidem
7
Ibidem

4 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Estratégias/Actividades para o primeiro dia

A principal estratégia utilizada neste primeiro dia foi a de introduzir o


tema da reciclagem indo ao encontro de actividades de interesse da
turma para que esta se sinta motivada ao trabalhá-lo.
Outras das estratégias adoptadas neste primeiro dia foram:
• Pesquisa documental de conceitos e informação, pelo docente,
sobre o tema da ecologia/reciclagem e pesquisa de possíveis
recursos matérias a utilizar na dinamização da aula;
• Fornecimento de informação com recurso a um livro com uma
história divertida sobre a reciclagem e apresentação à turma
das figuras das personagens para despertar maior interesse dos
alunos pela história;
• Fornecimento de informação sobre os sinónimos e antónimos
com recurso a um baralho especial e à evidência no quadro,
pelo grupo, das palavras fornecidas pelos alunos;
• Recurso a jogo para explicar como se faz a separação dos
resíduos domésticos;
• Resolução de situações problemáticas (matemática) para a
turma consolidar termos/conceitos;
• Recurso a vídeo para consolidar a matéria acerca da separação
dos resíduos domésticos;
• Consolidação da matéria através da construção de um
ecoponto.

Conteúdos:

• Reciclagem;
• Preservação do ambiente;
• Separação resíduos domésticos;
• Utilidade do Ecoponto;

5 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

• Sinónimos e antónimos;
• Sequência diária das actividades lectivas;
• Situações problema.

Objectivos:

• Compreender o que é a reciclagem;


• Compreender a importância da preservação do ambiente e de
reciclar o “lixo”;
• Identificar um ecoponto;
• Saber como se separam os resíduos domésticos;
• Experienciar a partilha;
• Estabelecer relações de significado entre as palavras (sinonímia
e antonímia);

• Saber escutar;
• Resolver situações problemáticas;

• Reconhecer uma sequência diária das actividades lectivas;

• Avaliar a sequência diária das actividades lectivas.

Materiais:

• Livro “O João Recicla”;


• Baralho de cartões com sinónimos e antónimos;
• Materiais de desperdício e materiais recicláveis;
• Ecopontos domésticos;
• Consumíveis escolares;
• Vídeo “Zeca Limpão”
• Exercícios de matemática.

6 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Nos primeiros 15 minutos de aula antes de se introduzir o tema da


reciclagem o docente preenche o Plano do Dia com a colaboração da
turma.

De seguida, nos primeiros 15 minutos dedicados à área da Língua


Portuguesa os alunos inscrevem-se para participar no “Ler, Contar e
Mostrar” junto do responsável por gerir este momento, de acordo
com a ordem de inscrição, os alunos apresentam o que querem
partilhar.

Durante os próximos 45 minutos dedicados à área de Língua


Portuguesa, o docente introduz o tema da reciclagem recorrendo à
leitura de uma história e reconto. O objectivo é o de sensibilizar as
crianças para este tema através de uma actividade do seu interesse e
também perceber o que cada criança sabe sobre o tema.

Assim, o professor começa por apresentar as personagens principais


da história que vai ler posteriormente, mostra as suas figuras e deixa
os alunos tocar-lhes. A história intitula-se de “O João recicla”. Depois
da leitura segue-se uma breve conversa sobre a história:
descodificam-se certos termos/ideias utilizados no texto e sintetiza-se
o que foi lido. Nesta fase as crianças será transmitido às crianças que
a reciclagem é o tratamento de resíduos ou matérias usadas de
maneira a poderem ser reutilizados (materiais que já foram utilizados,
tais como vidro, papel, entre outros são aproveitados para nova
utilização, após um processo de reciclagem) e que os Ecopontos são
contentores para depósito de plástico, metal, vidro, papel e pilhas.

Relembram-se 3 palavras-chave do texto e pergunta-se primeiro se


os alunos conhecem outras palavras com o mesmo significado e
depois palavras com significado contrário, escrevendo todas as
respostas dos alunos no quadro;

Identificam-se então os sinónimos e antónimos escritos no quadro e


distribui-se as cartas do baralho dos sinónimos e do baralho dos
antónimos. Estes contêm, num extremo, uma palavra e no outro

7 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

extremo, os alunos terão que escrever o sinónimo ou o antónimo da


mesma.

Os alunos divididos em 4 grupos, durante os 45 minutos dedicados à


área da Educação Físico-Motora, vão fazer um jogo que consiste em
colocar no Ecoponto vários materiais de desperdício nas cores pré
definidas para cada material. Isto será cronometrado e a equipa mais
rápida ganha o primeiro lugar. Com este jogo pretende-se que os
alunos aprendam a separar os resíduos domésticos.

Os alunos, durante os 60 minutos dedicados à área de matemática


vão resolver problemas relacionados com a reciclagem. Logo, o
docente distribui por cada aluno um cartão com uma situação
problemática relacionada com a reciclagem e este tem que resolvê-la
no seu caderno. Por fim, o professor pede aleatoriamente a 5 alunos
para irem ao quadro mostrar como resolveram os seus problemas.
Exemplo de um problema

8 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Seguidamente, durante mais 60 minutos os alunos vão trabalhar na


área de Estudo do Meio e de Língua Portuguesa em simultâneo.

O docente relembra a história lida de manhã e questiona os alunos


sobre o que estes já sabem sobre a reciclagem. Depois visualizam o
vídeo “Zeca Limpão” na biblioteca da escola que mostra a reciclagem
do papel, do vidro e da matéria orgânica, não sem antes ser
apresentado um guião sobre o vídeo que eles terão que preencher.

De regresso à sala de aula, os alunos discutem as respostas que


deram nos guiões, sobre a reciclagem e a sua importância. Por fim, os
alunos vão construir o seu próprio ecoponto.

Nos últimos 15 minutos do dia de aulas o docente avalia a sequência


diária das actividades lectivas através do registo da evolução dos
alunos.

9 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Estratégias/Actividades para o segundo dia

A estratégia principal utilizada neste segundo dia é a mesma do


primeiro dia, ou seja, ir ao encontro de actividades de interesse da
turma para que esta se sinta motivada ao trabalhar o tema da
reciclagem.
Outras das estratégias adoptadas neste segundo dia foram:
• Pesquisa de possíveis recursos matérias a utilizar pelo docente
na dinamização da aula;
• Fornecimento de informação com recurso a ilustrações sobre a
limpeza de espaços exteriores;
• Consolidação da matéria pelos alunos com recurso à
reutilização: moldagem de papel com pasta de papel elaborada
por estes.

Conteúdos:

• Reciclagem;
• Preservação do ambiente;
• Reutilização;
• Sequência diária das actividades lectivas.

Objectivos:
• Compreender o que é a reciclagem;
• Compreender a importância da preservação do ambiente e de
reciclar o “lixo”;
• Experienciar a reutilização e perceber a sua importância;
• Experienciar a partilha;
• Saber escutar;
• Experienciar a iniciativa e a autonomia;

10 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

• Aprender a pesquisar;
• Construir histórias em grupo a partir de ilustrações;
• Reconhecer e avaliar uma sequência diária das actividades
lectivas.

Materiais:

• Cartões com imagens sobre reciclagem;


• Livros, manuais, jornais, revistas, CDs, com materiais sobre
reciclagem;
• Materiais de desperdício e materiais recicláveis;
• Tinas, cola branca, água;
• Consumíveis escolares;

Nos primeiros 15 minutos de aula antes de continuar o tema da


reciclagem o docente preenche o Plano do Dia com a colaboração da
turma.

De seguida, nos primeiros 15 minutos dedicados à área curricular da


Língua Portuguesa os alunos inscrevem-se para participar no “Ler,
Contar e Mostrar” junto do responsável por gerir este momento, de
acordo com a ordem de inscrição, os alunos apresentam o que
querem partilhar.

Nos próximos 60 minutos dedicados à área curricular da Língua


Portuguesa e ao Estudo do Meio, os alunos são distribuídos por
grupos e a cada grupo é entregue um conjunto de imagens,
relacionado com a limpeza de espaços exteriores, que terão de
ordenar. Após organizarem a sequência das ilustrações, os alunos irão
escrever a história que pensam ter acontecido. Quando os grupos
tiverem terminado as histórias irão apresentá-las ao resto da turma.

Seguem-se 60+60 minutos dedicados à área curricular da


Matemática.

11 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

É proposto as alunos o tema “Gostava de conhecer os números


todos”, a professora propõe aos alunos uma pesquisa sobre esta
temática. Para isso, discute-se o que os alunos querem estudar e
preenche-se a grelha de projecto. A grelha contém noções
matemáticas com área, perímetro, volume, litro, cm, etc. Nesta
actividade as crianças terão que organizar materiais de reciclagem
por ecoponto (1 por hora) e calcular o espaço ocupado por diferentes
materiais, os litros que os vários recipientes podem conter, a área
ocupada pelos ecopontos, etc…

A partir daí a turma é dividida em grupos que irão preencher uma


grelha do grupo para organizar a pesquisa. Será então iniciado o
trabalho de cada grupo, procedendo à consulta dos materiais
necessários: livros, manuais, jornais, revistas, CDs, entre outros.

Seguem-se 60 minutos de Expressão Plástica e de Estudo do Meio.


No dia anterior os alunos rasgaram folhas de jornal em pequenos
pedaços e colocaram-nos numa tina, junto com água quente, para
ficar a repousar. O docente tritura o papel molhado reduzindo-o a
pasta. Adiciona ainda cola branca explicando que esta serve para
tornar a pasta mais firme para moldar. Seguidamente, os alunos vão
moldar a pasta de papel a seu gosto.

Nos últimos 15 minutos do dia de aulas o docente avalia a sequência


diária das actividades lectivas através do registo da evolução dos
alunos.

12 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Estratégias/Actividades para o terceiro dia

Novamente a principal estratégia utilizada neste terceiro dia é a


mesma do primeiro dia, ou seja, ir ao encontro de actividades de
interesse da turma para que esta se sinta motivada ao trabalhar o
tema da reciclagem.
Outras das estratégias adoptadas neste terceiro dia foram:

• Pesquisa de possíveis recursos matérias a utilizar pelo docente


na dinamização da aula;
• Realização de jogo na área curricular dedicada à Expressão
Fisíco-Motora para interiorização da importância de preservar o
ambiente;
• Proporcionar momentos de protagonismo, decisão e de trabalho
autónomo;
• Consolidação da matéria pelos alunos com recurso à elaboração
de um exercício matemático sobre separação de resíduos
domésticos.

Conteúdos:

• Preservação do ambiente;
• Reciclagem;
• Conjuntos;
• Sequência diária das actividades lectivas.

Objectivos:

• Compreender a importância da preservação do ambiente;


• Experienciar a reutilização e perceber a sua importância;
• Experienciar a partilha;

13 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

• Experienciar a iniciativa e a autonomia;


• Reconhecer e avaliar uma sequência diária das actividades
lectivas.

Materiais:

• Sacos do lixo e luvas;


• PC e CDs, com materiais sobre reciclagem;
• Materiais de desperdício e materiais recicláveis;
• Fichas de matemática;
• Consumíveis escolares;

O terceiro dia começa com 45 minutos de Educação Físico-Motora.


Neste dia os alunos divididos por equipas terão que apanhar o lixo do
recreio da escola. A equipa que apanhar mais lixo no final dos 45
minutos ganhará o jogo.

Seguem-se os 15 minutos de elaboração, pelo docente e turma, do


plano do dia.

Os 15 minutos seguintes são dedicados à área curricular da Língua


Portuguesa, os alunos inscrevem-se para participar no “Ler, Contar e
Mostrar” junto do responsável por gerir este momento, de acordo
com a ordem de inscrição, os alunos apresentam o que querem
partilhar.

A Língua Portuguesa é trabalhada mais 60 minutos. Durante os


primeiros 30 minutos os alunos devem elaborar uma redacção sobre
a reciclagem. A professora selecciona um texto e identifica o autor do
mesmo. O texto é escrito, posteriormente, no quadro. É sugerido que
os alunos questionem o autor acerca do que lhes parece confuso para
que o texto seja clarificado e melhorado.

A matemática é trabalhada seguidamente durante 60 minutos. Os


alunos terão que formar conjuntos com resíduos domésticos do

14 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

mesmo material e terão que contar o número de resíduos domésticos


que tem cada conjunto.

Exemplo de exercício

O dono do restaurante “O Manel” armazenou no caixote da


reciclagem o seguinte:

Faz a devida separação por materiais construindo conjuntos com


estes resíduos e classifica-os quanto ao número.

Após a área da matemática os alunos terão 60 minutos de estudo


autónomo para poderem pesquisar o que quiserem, utilizar o
computador e diversos ficheiros educativos sobre a reciclagem.

Nos últimos 15 minutos do dia de aulas o docente avalia a sequência


diária das actividades lectivas através do registo da evolução dos
alunos.

15 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Estratégias/Actividades para o quarto dia

A principal estratégia utilizada neste quarto dia é a repetição


consecutiva de conceitos para que o que foi trabalhado sobre a
reciclagem seja consolidado pelos alunos.
Outras das estratégias adoptadas neste quarto dia foram:
• Pesquisa de possíveis recursos matérias a utilizar, pelo docente,
na dinamização da aula;
• Realização de jogo na área curricular de matemática para
consolidação da função do ecoponto;
• Proporcionar momentos de protagonismo, decisão e de trabalho
autónomo.
Conteúdos:
• Preservação do ambiente;
• Reciclagem;
• Situações problemáticas;
• Sequência diária das actividades lectivas.

Objectivos:
• Compreender a importância da preservação do ambiente;
• Experienciar a partilha;
• Experienciar a iniciativa e a autonomia;
• Resolver situações problemáticas.
• Reconhecer e avaliar uma sequência diária das actividades
lectivas.

Materiais:

• Materiais de desperdício e materiais recicláveis;


• Ecopontos domésticos;

16 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

• Consumíveis escolares;

O quarto dia começa com 15 minutos de elaboração, pelo docente e


turma, do plano do dia e os 15 minutos seguintes são dedicados à
área da Língua Portuguesa. Os alunos inscrevem-se para participar no
“Ler, Contar e Mostrar” junto do responsável por gerir este momento,
de acordo com a ordem de inscrição, os alunos apresentam o que
querem partilhar.

Os próximos 60 minutos são dedicados à área curricular da


matemática. O professor chama a atenção para o Ecoponto que
conterá diversos materiais, os quais propõe serem contados. Depois
da contagem dos mesmos e da esquematização dos resultados
obtidos, o docente apresenta diversas situações problemáticas
relacionadas com esses valores.

Nos 60+60 minutos seguintes serão trabalhadas todas as áreas


curriculares no projecto “Gostava de conhecer os números todos” que
foi iniciado na segunda aula. Consoante o ritmo de cada grupo de
trabalho, poderá ou não ser dado início à preparação da apresentação
do projecto.

Depois disto seguem-se 15 minutos de Balanço diário. O Balanço


consiste na avaliação do Plano do Dia, com a participação de toda a
turma, que permitirá verificar como decorreram as actividades, se se
concretizaram ou não e o porquê.

E logo de seguida seguem-se 60 minutos em que a turma se dedica à


realização da proposta para a Área de Projecto: “Um olhar sobre o
nosso bairro”.

17 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Estratégias/Actividades para o quinto dia

A principal estratégia utilizada neste quinto dia é também a repetição


consecutiva de conceitos para que o que foi trabalhado sobre a
reciclagem seja consolidado pelos alunos e ainda a sensibilização da
comunidade escolar para o tema.
Outras das estratégias adoptadas neste quarto dia foram:
• Pesquisa de possíveis recursos matérias a utilizar, pelo docente,
na dinamização da aula;
• Dinamização pelos alunos de uma pequena actividade
enquadrada nas áreas de expressão musical e dramática com a
finalidade de que os alunos consolidem a matéria trabalhada ao
longo da semana e de que a comunidade escolar fique
sensibilizada para esta temática.
Conteúdos:

• Preservação do ambiente;
• Reciclagem;
• Criatividade;
• Criar;
• Sequência diária das actividades lectivas.

Objectivos:

• Compreender a importância da preservação do ambiente;


• Experienciar a partilha;
• Experienciar a iniciativa e a autonomia;
• Usar a criatividade;
• Reconhecer e avaliar uma sequência diária das actividades
lectivas.

18 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Materiais:

• Materiais de desperdício e materiais recicláveis;


• Consumíveis escolares;

A aula inicia com 15 minutos de elaboração, pelo docente e turma, do


plano do dia.

Os 15 minutos seguintes são dedicados à área da Língua Portuguesa,


os alunos inscrevem-se para participar no “Ler, Contar e Mostrar”
junto do responsável por gerir este momento, de acordo com a ordem
de inscrição, os alunos apresentam o que querem partilhar.

Este último dia da semana compreende uma actividade relacionada


com a área curricular de expressão dramática e de expressão musical
e com a área curricular de estudo do meio.

Nesta actividade, as crianças devem inventar uma versão, em grupo,


do “malhão malhão” sobre a reciclagem e o meio ambiente. Essa
versão deverá dar para fazer uma pequena dramatização. Assim, uns
alunos cantam e outros dramatizam.

Os alunos devem ter em conta as aprendizagens adquiridas nas aulas


anteriores.
Depois da versão estar concluída, o docente ensaia os alunos e ao fim
do dia de aulas estes apresentam, a uma outra turma da escola.
Com isto pretende-se divulgar à comunidade educativa a importância
da reciclagem.

19 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

1. Grelha de planificação semanal


2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira
9:00/9:15 9:00/9:15 9:00/9:45 9:00/9:15 9:00/9:15
Plano do Dia Plano do Dia Educação Físico- Plano do Dia Plano do Dia
Motora
9:15/9:30 9:15/9:30 10:00/10:15 9:15/9:30 9:15/9:30
Ler, Contar e Mostrar Ler, Contar e Plano do Dia Ler, Contar e Mostrar Ler, Contar e
Mostrar Mostrar
9:30/10:30 9:30/10:30 10:15/10:30 9:30/10:30 9:30/10:30
Dinamização de uma Elaboração de Ler, Contar e Exercícios de adição Elaboração de
história “O João histórias através da Mostrar com transporte a versão do”malhão
recicla” diferente”. ordenação de partir do conteúdo malhão” sobre a
Revisão dos imagens sobre do ecoponto reciclagem
sinónimos e ecologia
antónimos
10:30/11:00 Intervalo
11:00/12:00 11:00/12:00 11:00/12:00 11:00/12:00 11:00/12:00
Educação Física Projecto “Gostava Trabalho de texto Projecto “Gostava de Elaboração de
de conhecer os conhecer os números versão do”malhão
números todos” todos” malhão” sobre a
reciclagem
12:00/13:30 Almoço
13:30/14:30 13:30/14:30 13:30/14:15 13:30/14:30 13:30/14:15
Resolução de Projecto “Gostava Elaboração de Projecto “Gostava de Ensaio da versão
situações de conhecer os conjuntos e sua conhecer os números do”malhão malhão”
problemáticas números todos” classificação todos” sobre a reciclagem
14:30/15:15 14:30/15:15 14:15/15:15 14:30/14:45 14:30/15:30
Visualização do vídeo Moldagem de pasta Tempo de Estudo Balanço Actuação para outra
“Zeca Limpão” de papel Autónomo turma
Construção do
ecoponto

20 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

15:15/15:30 15:15/15:30 15:15/15:30 14:30/15:30


Balanço Balanço Balanço Área de Projecto

21 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

2. Avaliação
Para a avaliação do desempenho dos alunos utilizamos duas grelhas, sendo que a
segunda serve para avaliar a área das expressões, devido às suas especificidades:

TURMA
Área ______________

Alunos ASS PON COM EMP LEIT ESC CO RL AC Observaçõe


T P s
(1) (4) (5) (6) (7) (8) (9)
(2) (3)

Legenda (Áreas) 1- Assiduidade 2- Pontualidade 3- Comportamento 4- Empenho


5- Leitura 6- Escrita 7- Comunicação oral 8 – Raciocínio lógico 9- Aplicação de
conhecimentos

Código (níveis/cores): Fraco-amarelo Satisfaz-azul Bom-verde


Muito Bom-laranja

22
Planificação Semanal

Muito Bom Bom Satisfaz Fraco


Grelha para avaliação
Assiduidade das Expressões
Até 3 faltas justificadas por 3 a 5 faltas justificadas por Até 7 faltas justificadas por A partir de 7 faltas
período período período justificadas por período
Pontualidad O aluno chega sempre a Tolerância de 5 minutos Tolerância de 10 minutos O aluno raramente chega a
e horas horas
Comportame Relaciona-se bem com todos Relaciona-se bem com os Relaciona-se com os Revela alguma dificuldade na
nto os colegas; não perturba a colegas; ouve e respeita a colegas; ouve mas nem relação com os colegas;
aula; é colaborante; tem opinião dos outros; coopera sempre respeita a opinião distrai-se facilmente;
espírito de entreajuda; quase sempre nas dos outros; raramente cumpre as normas
assume os seus actos; é bom actividades propostas; tem Nem sempre coopera nas de funcionamento da sala de
ouvinte. espírito de entreajuda; é actividades propostas. aula; intervém de forma
responsável. pouco oportuna.
Empenho Caderno bem organizado; Caderno organizado; Nem sempre se organiza; Tem pouca autonomia,
supera dificuldades sem raramente precisa de ajuda nem sempre revela precisando sempre da ajuda
ajuda; é empenhado; tem boa do professor; revela empenho empenho e interesse nas do professor; raramente o
capacidade de trabalho. e interesse nas actividades actividades propostas; caderno está organizado.
propostas. realiza o seu trabalho em
tempo útil.
Leitura Lê com clareza, fluência e Lê com clareza e pouca Lê com clareza e sem Lê com pouca clareza e sem
entoação; Compreende expressividade expressividade expressividade
enunciados escritos de
natureza diversificada
Escrita Domina a técnica de escrita; Domina a técnica de escrita, Nem sempre domina a Não domina a técnica de
escreve com correcção mas escreve com alguns técnica de escrita; aplica escrita, escreve com muitos
ortográfica; aplica regras de erros ortográficos e aplica regras de funcionamento da erros ortográficos e não
funcionamento da língua. regras de funcionamento da língua; escreve com erros aplica regras de
língua. ortográficos. funcionamento da língua.
Comunicaçã Capacidade de se exprimir de Capacidade de se exprimir de Exprime-se de forma pouco Dificuldade em exprimir-se de
o oral forma confiante e clara; forma clara; conhece clara; conhece algum forma clara; fraco
conhece vocabulário vocabulário diversificado e vocabulário; nem sempre vocabulário.
diversificado; intervém intervém adequadamente. intervém adequadamente.
adequadamente, em diálogos
e conversas, regulando a sua
participação.
Raciocínio Acompanha e analisa um Acompanha um raciocínio ou Nem sempre acompanha Não acompanha um raciocínio
lógico raciocínio ou estratégia; estratégia; explica ideias e um raciocínio ou estratégia; ou estratégia; não explica
explica ideias e processos e processos. apresenta dificuldades em ideias e processos.
justifica resultados. explicar ideias e processos.
Aplicação de Identifica e articula saberes e Identifica saberes e Nem sempre identifica Não identifica conhecimentos
23
conheciment conhecimentos para conhecimentos para conhecimentos para Organização
parae compreender
Gestão Curricular
uma
os compreender uma situação compreender uma situação compreender uma situação ou problema.
ou problema. ou problema. situação / problema.
Planificação Semanal

Não Satisfaz Satisfaz Bom Muito Bom

Frequentemente
Conhecimento e aplicação de Conhece poucas regras e Conhece as regras, mas Conhece e aplica
conhece e aplica as
regras raramente as aplica. nem sempre as aplica. sempre as regras.
E.E.F.M.

regras.
Revela muitas Revela alguma Frequentemente
Executa sempre os
dificuldades em executar dificuldade em executar executa os
Execução de jogos e exercícios jogos/exercícios com
os jogos/exercícios com os jogos/exercícios com jogos/exercícios com
destreza e agilidade.
destreza e agilidade. destreza e agilidade. destreza e agilidade.
Revela muitas Revela algumas
DramáticaExpressão Musical/

Capacidade de reproduzir e/ou


dificuldades em dificuldades em Reproduz rimas, Reproduz e cria rimas,
criar sons, rimas, canções e
reproduzir rimas, reproduzir rimas, lengalengas e canções. lengalengas e canções.
lengalengas
lengalengas e canções. lengalengas e canções.
Não revela boa Revela alguma Revela capacidade de Revela boa capacidade
Domínio de expressividade do
capacidade de expressão capacidade de expressão expressão corporal e de expressão corporal e
corpo e da voz
corporal e vocal. corporal e vocal. vocal. vocal.

Não desempenha Desempenha diferentes Desempenha bem Desempenha muito bem


Desempenho de diversos papéis
diferentes papéis e jogos papéis e jogos diferentes papéis e diferentes papéis e
e jogos dramáticos
dramáticos. dramáticos. jogos dramáticos. jogos dramáticos.

Evidencia muitas Evidencia algumas


Exploração de diferentes dificuldades no dificuldades no Manuseia bem os Manuseia muito bem os
Expressão Plástica

materiais manuseamento dos manuseamento dos diferentes materiais. diferentes materiais.


diferentes materiais. diferentes materiais.
Conhece algumas
Conhece poucas técnicas Conhece e aplica
técnicas, mas nem Conhece e aplica bem
Utilização de diversas técnicas e raramente as aplica correctamente
sempre as aplica diferentes técnicas.
correctamente. diferentes técnicas.
correctamente.
Revela capacidade de
Desenvolvimento das Revela dificuldade em se Expressa-se com Expressa-se com muita
expressão, mas com
capacidades expressivas exprimir. criatividade. criatividade.
pouca criatividade.

24 Organização e Gestão Curricular


Planificação Semanal

Conclusão

Com a realização deste trabalho percebemos que para elaborarmos uma planificação
realmente clara, funcional e eficaz é necessário que se definam os objectivos e as
competências que se pretendem trabalhar com as crianças para se alcançar sucesso no
processo de ensino/aprendizagem. Para isso há que cumprir as orientações estabelecidas
no Currículo Nacional do Ensino Básico e os objectivos a atingir, estabelecidos nos
Programas do 1º Ciclo do Ensino Básico, uma vez que estes dois documentos nos
auxiliam na escolha certa das temáticas a abordar e na forma como as abordamos para
promover determinada competência.

A planificação da sequência pedagógica obriga a organizar conteúdos, materiais e a uma


rentabilização do tempo, associado a uma preocupação em desenvolver atitudes, valores
e competências necessárias à formação das crianças, enquanto seres autónomos,
responsáveis e intervenientes.

25
Planificação Semanal

Referências Bibliográficas

• Currículo Nacional do Ensino Básico – Competências Essenciais;


• Organização Curricular e Programas Ensino Básico – 1º Ciclo.
• reciclagem. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2011. [Consult.
2011-01-17].
• reutilizar. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2011.

26