Você está na página 1de 10

ROBSON CAMPOS DE ABREU

Saiba quem são seus inimigos internos, e como ativar


seu sábio de forma simples e descomplicada.

Inteligência Positiva
3 | Introdução

4 | O crítico interno

5 | As ações do crítico

6 | A influência do ego

7 | Os 9 sabotadores

8 | O sábio!

9 | Traga o sábio pela respiração

10 | Direcionamento
Inteligência Positiva é uma ferramenta que o Coach perceberá ser de extrema valia em suas
sessões. Ainda por ser muito pouco estudada tanto pela Psicologia quanto pelas pessoas em
geral, e pouco conhecida devido ao fato desses inimigos serem ocultos, e serem tão ardilosos.

Estamos tão acostumados hoje a falar em crenças negativas, em crítico interno, em Inteligência
Emocional, em Procrastinação, em diversas Inteligências derivativas da Psicologia Positiva que as
utilizamos dentro das sessões de coaching, que muitas vezes não percebemos que existe um inimigo
muito ardiloso como disse no parágrafo acima, que este é uma raposa que se veste com roupa de
coelho.
Mas, sem querer estragar a surpresa logo na introdução deste presente que trago
exclusivamente à você caro amigo Coach, presente este que compartilho somente com os alunos
do curso de Spiritual Coaching, no qual compilo toda a minha experiência com o contato com a
Inteligência Positiva.
Claro que aqui não viso, e nem conseguirei esgotar o assunto, o que trago aqui é o
panorama geral do mesmo, ao qual você terá o primeiro contato, e poderá ter o trabalho junto de
seu cliente e identificar quando esses inimigos estiverem se manifestando no mesmo nas sessões,
e até mesmo saberá como fazer seu cliente derrubar cada um deles e trazer o sábio até o seu
devido lugar.
Portanto, mão a obra e boa leitura, e bons estudos da ferramenta Ponte ao Sábio que é
baseada em tudo que será falado aqui, e em caso de dúvidas e sugestões, estarei à disposição.

Um forte abraço.
Na eterna briga em sua mente este será sempre aquele que irá te julgar, te
punir, nunca será seu amigo. Ele é semelhante àquele sargento que lhe
detesta... Não adianta agradar! Finja que não ouve! É melhor!

Imagine que você está nas Forças Armadas, e existe lá um Sargento que lhe detesta, e que a
qualquer momento que lhe cruzar o caminho terá a chance de te deixar detido. Sinal de inteligência
é ouvi-lo nos momentos em que as críticas fizerem sentido, e fingir-se de morto quando as críticas
forem ofensivas.
Pois é! Imaginem que é assim que funciona sua mente. Devido aos fatores internos de
sobrevivência, principalmente nos milhares de anos em que dependemos de nós mesmos para
sobrevivermos em um mundo hostil, criamos um mecanismo reptiliano que nos julga por quaisquer
deslizes, pois naqueles milhares de anos fazia sentido, afinal, qualquer deslize significava ter o
almoço ou ser o almoço.
Porém, nos tempos modernos, somos chacoalhados por cobranças, sejam de nossos pais, da
escola, dos professores, dos amigos, etc. Que nos escrevem no inconsciente desde a tenra infância
as nossas crenças, sejam elas negativas ou positivas.

Para que o crítico deixe de


E, conforme vamos avançando na vida, com
a junção dessas cobranças, mais as nossas
próprias exigências e padrões impostos que
são somatizados ao que vai sendo exigido
comandar sua mente basta parar
pela sociedade para o mercado de trabalho, de ouvi-lo, basta deixar de dar
faculdade, etc. Vamos criando e fortalecendo
junto das crenças a voz do crítico que dentro
atenção à ele. É o mesmo que o
do cérebro reptiliano vai acreditando que não anjinho e o diabinho do
desenho…Ele é o diabinho!
estamos aptos à sobrevivência.
E o que acontece?
Ele começa a nos cobrar, a nos culpar, a
nos jugar, e começamos a nos sentir
inaptos, uns lixos, e quaisquer pequenas
conquistas vão ficando insignificantes.
E, quanto mais sentirmos que fracassamos em algo, mais iremos ter esse crítico fortalecido no
decorrer da vida, e será mais difícil para diminuir sua voz.
Quantas pessoas que você conhece que são puro pessimismo? E quantas que são puro otimismo?
Você já leu o e-book do Poder da atração da afirmação positiva?
Pois é! De nada adianta querer montar afirmações positivas se o seu crítico comanda sua mente.
Mas, e como diminuir a força do crítico?
Dá para fazer isso e é até mesmo simples, basta conhecer como ele age, e quem são seus aliados.
Um deles você já conhece e são as CRENÇAS NEGATIVAS, e como Coach já lhe trouxe as armas
necessárias de como ressignificar cada crença junto com seu cliente, portanto, quando seu cliente
estiver ignorando o crítico, e o mesmo for atacar usando as crenças, é só partir para a ferramenta.
Outro inimigo é a PROCRASTINAÇÃO, mas para isso você amigo Coach utiliza com seu cliente o
Plano de Metas e com ele em mão mostra ao seu cliente como agir metrificando cada ação futura e
se recompensando por cada ação bem resolvida, e assim por diante...MAS MESMO ASSIM EXISTE
UM INIMIGO PERIGOSO...
O crítico interno perde a força geralmente quando evocamos
As ações do crítico nosso Sábio Interno, o problema é que nós desconhecemos a
existência desse sábio, e o crítico utiliza de NOVE INIMIGOS que
O crítico age de três formas em
são extremamente ardilosos e tão habilidosos que são facilmente
nossa vida sempre:
identificáveis na vida de quaisquer pessoas como amigos do peito.
1- Criticando a pessoa, isto é,
Esses inimigos são os nossos SABOTADORES INTERNOS,
a si próprio, e tudo que você
claro que, agora que identifiquei o nome desse inimigo você dirá:
fizer nunca será
-AH, JÁ OUVI FALAR! MAS QUE BOBAGEM! É ISSO?
suficientemente bom.
Mas, eu pergunto se você realmente conhece cada um
2- Criticando os outros, ou
desses nove e sabe como identifica-los, diminuir a ação deles, e
seja, sempre irá reparar nas
trazer o sábio no lugar deles?
pessoas e ver erros nos outros Pois é! O Crítico quando vê que começa a perder território
para comparar com você e junto da sua mente utiliza o artifício das crenças, mas muitas vezes
assim rebaixá-las. vai direto para o sabotador e já lhe escraviza de uma vez.
3- As circunstâncias, ou seja, E o pior é que muita gente fica feliz com isso!
sempre irá rebaixar o momento Esses sabotadores nascem no lado límbico de nosso
atual e sonhar com um cérebro, o nosso lado sobrevivente, e quando crianças, geralmente
momento ONDE as coisas foram criados de forma boa, e até mesmo eram úteis, alguns até
serão melhores. A palavra mesmo foram criados e ativados para nos ajudarem a superar
ONDE sempre estará presente. traumas, porém, ao chegar a idade adulta, começam a se tornar
Ou a palavra QUANDO. desnecessários.
Exemplo: QUANDO mudar de Imagine que alguns deles até mesmo te ajudam a
emprego serei feliz. enriquecer, mas no processo te fazem perder a saúde, a família,
etc. É semelhante a pegar uma estrada com uma mapa que rode
500 km a mais do que o mapa que o Sábio lhe daria, entendeu?
Ao utilizar o Sábio você poderá atingir os mesmos
resultados que alguns Sabotadores trazem para as pessoas, mas
de forma rápida e indolor, porém necessita de treino e disciplina,
afinal desconhecemos quem é esse Sábio.
Ao passo que as fórmulas que os sabotadores nos trazem
parecem tentadoras, pois parecem simples, mas a médio e longo
prazo trazem sofrimento, semelhante a fazer um pacto com o
Diabo, compreende?
Então, muitos dos sabotadores parecem inofensivos a A influência do Ego
primeira vista e ao olhar na lista você dirá “Oi? Isso é um É nítido que o crítico interno nada mais
é do que a voz com a qual nosso ego
sabotador?” Mas, analise detalhadamente a influência dele na vida
utiliza também para se manifestar e
de seu cliente, principalmente a forma nefasta com a qual ele o
tentar reaver algo que está muitas
afasta de seus objetivos, de suas metas, de sua missão, e o traz vezes perdendo. Ou seja, o terreno
perto do ego, perto do materialismo, da satisfação dos desejos para a alma.
imediatistas. Muitas vezes quando estamos em
meditação, estamos nos concentrando
Nem sempre ter dinheiro é sinônimo de felicidade e paz.
na busca pela alma, pelo estado de
Pense nisso! Analise os seus valores e os valores de seu cliente
autoconhecimento e isto irá
sem pré julgamentos e preconceitos. enfraquecer as necessidade do ego
Muitas vezes alimentamos desejos sem valor apenas para que são os desejos mundanos. Analise
alimentar o ego, e viramos escravos desses desejos. quais são suas necessidades reais e
quais são os seus desejos.
Traga à seu cliente os valores da simplicidade da alma, e a
diferença entre necessidades e desejos antes de mostrar quem
são os nove sabotadores da próxima página.

Valor é aquilo que damos


O que difere uma calça de 90 reais de uma outra de
9000 reais? Para umas pessoas é a etiqueta que a
mesma possui, ou seja, é o status de vestir aquela
determinada marca.
Ao estarmos dentro de uma sociedade de consumo
podemos querer estar associados aos grupos que
desejam o status ou podemos nos alienar. Podemos nos
incomodar ou não em fazer parte ou não desses grupos.
Podemos querer ou não consumir esses produtos.
O valor de determinado produto é dado também por
aquilo que damos à ele, e muitas vezes o fazemos em
excesso, e para o termos nos tornamos escravos. E é
nisso que muitos de nossos sabotadores são experts em
agir.
Os nove Sabotadores

Chegou o momento de você conhecer cada um dos nove sabotadores.


Pode ser que você os encontre pela internet, ou em algumas obras sobre Inteligência Positiva
com outros nomes, mas o importante é que na essência são todos os mesmos.
Conheça cada um deles na lista abaixo e as suas principais características. E lembre-se de
que todos nós possuímos pelos menos um deles em alguma intensidade, ou seja, não escapamos
de forma alguma de ter os sabotadores, mesmo que em um grau bem diminuto ele estará presente.
Pode ser que a sua voz seja quase inaudível, quase imperceptível, e você possa passar a
sua vida sem ouví-la, ele estará lá, cada um dos 9. E, cada um deles estará só esperando pela
chance de você dar espaço para ele crescer e poder tomar tamanho suficiente e poder em sua vida.
Alguns já são fortes desde a infância, outros são fortes e invisíveis, e outros são os seus melhores
amigos.
Cabe agora conhece-los, e não só isso, conhecer suas principais características, e depois
partir para os exercícios onde você irá com o cliente ressignificar o sabotador para trazer o Sábio. É
semelhante ao exercício das crenças.

Os 9 inimigos de sua mente:


1. Chato: Esse sabotador possui necessidade de colocar as coisas
em ordem. Quer tudo muito organizado demais. Geralmente são
pessoas metódicas, tensas, sarcásticas, pontuais, teimosas,
críticas de si e dos outros. Precisa de perfeccionismo em tudo!
2. Solícito: Esse é típico daqueles que querem ser aceitos
agradando todos não negando tarefas. Acreditam que serão
aceitos e terão afeição quando fazem tarefas. Querem agradar,
ser elogiados, Nem dão atenção às próprias necessidades, e sim
às dos outros, e quando não são reconhecidos ficam ressentidos.
Tende também a elogiar muito os outros!
3. Workaholic: É aquele incansável.que depende de desempenho
constante para ter respeito próprio e ser auto validado. Quer ter
sucesso externo, não dá atenção às emoções dos outros. É
competitivo e introspectivo.
4. Sofredor: Temperamental e emocional. É a pessoal que tem
tendência para ser mártir, ou seja, tudo acontece com ela, tudo
de mal surge para ela.
5. Lógico: Pessoa racional ao extremo, não possui tempo para
emoções, vista como intelectual e fria. Pessoa reservada,
geralmente arrogante e dissimulada.
6. Prudente: Pessoa ansiosa ao extremo, que vê perigo em tudo e
em todos, pessimista que vê erros em tudo, ou seja tudo pode
dar errado. Vive em estado de medo!
7. Preocupado: Está sempre em busca de algo, e logo se entedia
daquilo. Não para quieto, está sempre ocupando-se de algo. Vive
distraído e com muitas tarefas.
8. Patrão: Quer ter posses e poderes. Comandar é seu forte.
Sempre assumir responsabilidades, e tende a assumir
competições.
9. Desconfiado: Essa pessoa está sempre fugindo das
responsabilidades, das tarefas, e dos problemas difíceis. Tem
dificuldade de dizer NÃO.
O sábio!
“Quando ouvir algo do
crítico devemos acolher com
reserva suas palavras, e se
possível logo descarta-las”
A perspectiva de visão
que vem do crítico é algo com
foco limitado.
O Sábio te dará uma
visão ampla dos problemas que
A salvação pelo sábio estão à sua frente, é a visão
Quando resolvi meditar pela primeira vez ouvi mentalmente uma calma, com empatia, com
voz amiga que me disse: várias saídas, é a visão que
-QUALIDADE NÃO É QUANTIDADE!
Daquele dia em diante comecei a ler em menor quantidade e a utiliza inteligência.
escrever em um ritmo mais controlado. E por que ouvimos o
Comecei a dar mais atenção à minha família, e dar mais prioridade
ao que realmente interesse em minha vida. crítico?
Comecei a estudar Inteligência Positiva e percebi que estava Inicialmente por estarmos
descontrolado e controlado pelo meu sabotador principal no
trabalho, e em outros locais por outros. acostumados, e depois por
E, comecei com a ajuda do Mindfulness e de outros exercícios a estarmos acomodados,
recuperar a minha vida e a ouvir mais a voz do sábio.
simplesmente pelo medo de
mudanças e pela Zona de
Conforto.
E, ao nos colocarmos na zona de conforto tudo o que está fora fica em uma zona que nos dá
receio, é algo que está em território inexplorado, inclusive o sábio. Mesmo tendo entrado em
contato com ele muitas e muitas vezes inconscientemente no decorrer de nossa vida.
Sim! Naqueles momentos em que acreditávamos que algo estava perdido, e que resolvemos
ouvir aquela outra voz que vinha na nossa cabeça nos trazendo uma solução, aquela voz que
muitas pessoas chamam de intuição, outras pessoas chamam de anjo da guarda, etc. Sim! Essa
voz pode ser cultivada e acessa a qualquer instante de seu dia simplesmente calado a boca do
crítico e diminuindo a voz dos sabotadores.
Por exemplo: (Caso pessoal)
Eu costumava ser Workaholic ao extremo, pois acreditava que quantidade de trabalho é o
que deveria ditar o meu dia a dia como Professor e escritor.
Então minha cabeça ficava em uma eterna cobrança do meu crítico que desde a manhã me
infernizava com os prazos a cumprir, e eu me sentia um lixo, um incapaz. E, ia para o computador
produzir, e ficava durante o dia inteiro incomunicável.
Ai de quem se atrevesse a me incomodar! E, ao final do trabalho entregava até mesmo muito
antes do prazo e já pegava mais serviços para fazer sem pensar em descansar, não queria viajar,
nem passear. Acumulei livros escritos, cursos, aulas dadas... Perdi muitos amigos, e quase perdi
minha família, até me dar conta do Sábio (Veja o quadro acima).
Traga o sábio pela respiração
Esse exercício é para você estar no tempo
presente, pois o passado e o futuro são amigos
dos sabotadores. Foque no presente, e faça esse

Conheça os 5 poderes do Sábio:


rápido exercício de mindfullness.
• Puxe o ar pelo nariz três vezes.
• Solte o ar pela boca três vezes. 1- EMPATIA
• Enquanto faz isso se puder feche os olhos e
sinta cada parte de seu corpo, e o que você 2- EXPLORAÇÃO
está fazendo no momento. Continue o que 3- INOVAÇÃO
4- NAVEGAÇÃO
estiver fazendo. Se estiver fazendo algo que
seja arriscado mantenha os olhos abertos.
• Fique atento às sensações do corpo, e pare de
pensar no passado e futuro, pense apenas
5- ATIVAÇÃO
naquilo que estiver fazendo neste instante.
• Faça isso pelo menos umas dez vezes durante
o seu dia, e mais vezes quando sentir a
presença de seu sabotador.
• Sinta como está se sentindo a partir desse
instante e como está a qualidade de seus
pensamentos.

Como diminuir o sabotador?


Ou como ressignificá-lo?.

Caso você, meu amigo Coach não tenha ainda lido os livros do
curso indico que vá até eles agora e leia a Ferramenta que ensina a
lidar com Crenças, nela há uma parte onde você coloca o gatilho
que ativa a crença, um nome (Apelido) que você irá dar à essa
crença, e uma nova crença poderosa que você irá criar por cima
dela.
Pois é! Faça a mesma coisa com o sabotador! Simples e prático!
E agora?
Bem! Ainda tem mais, e eu poderia aqui explicar
cada item do Sábio, mas para facilitar deixo em
anexo ao curso a ferramenta “Ponte ao Sábio” que
é exclusive deste curso e que permite após a
identificação do sabotador realizar na própria
planilha a sua ressignificação, e a jornada de seu
cliente para o Sábio.
O seu cliente passará pelas etapas de Empatia,
onde fará um jogo (Explicado na ferramenta), a
etapa de Exploração (Com um jogo na planilha bem
explicativo também), e assim por diante.
Cada etapa estará bem explicada, e tanto o Coach
quanto o cliente estarão ao decorrer de duas
sessões trabalhando a diminuição dos efeitos dos
sabotadores, e fazendo a jornada rumo ao Sábio
para cada área onde haja necessidade.
Sugiro a leitura deste e-book detalhadamente se
ainda houverem dúvidas, e sugiro mais ainda a
leitura da ferramenta. E, caso surjam dúvidas não
hesitem em me procurar, ou então estudar mais
detalhadamente o assunto.

Boas sessões amigo


Coach.