Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS


DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS
CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS

Programa da disciplina Teoria Sociológica Clássica

Ano: 2016 - Primeiro Semestre


No de Créditos: 04
Carga Horária Global: 60 h.
Horário Regular: segundas-feiras: 18:50-22:10 h.
Professor: Paulo Marcondes Ferreira Soares
E-mail: paulomfsoares@gmail.com
Monitor: Tereza Bruno de Faria Espadeiro
e-mail: terezab.faria@hotmail.com

EMENTA

Discussão das principais correntes teóricas da sociologia clássica, bem como, do


contexto histórico de seu aparecimento.

PROGRAMA

 Contexto histórico de surgimento das ciências sociais;


 A formação de tradições sociológicas;
 Abordagens sociológicas clássicas;
 Sociologia, cultura e modernidade;

METODOLOGIA

A disciplina será oferecida com base em aulas expositivas, com discussão


subseqüente sobre os temas/textos previamente programados. Em cada sessão, após a
introdução geral do tema pelo professor, será aberta a discussão, a fim de contar com a
participação de todos. Ao final, poderá ser solicitado de cada aluno presente um breve
comentário sobre o assunto em pauta.

AVALIAÇÃO

Realização de um trabalho sobre um ou mais tópicos da disciplina. A escolha dos


tópicos fica a cargo do aluno (o trabalho poderá ser feito em dupla). A bibliografia
apresentada no programa é obrigatória, embora não exclui a possibilidade do uso de outras
fontes. A entrega do trabalha será feita uma semana após a última aula do curso. O trabalho
não deverá exceder a 07 páginas (algo em torno de 2.500 palavras).
CALENDÁRIO E BIBLIOGRAFIA
Aula 1 – 07.03.2016
 Aula Introdutória, com Apresentação do Programa

PARTE I – CULTURA E MODERNIDADE DO CAPITALISMO.

Aula 2 – 14.03.2016
 BIRNBAUM, Norman (sd). A Crise da Sociedade Industrial. São Paulo: Editora
Cultrix. [Cap. IV – “Cultura”].

Aula 3 – 21.03.2016
 BIRNBAUM, Norman (1994). “Interpretações conflitantes sobre a gênese do
capitalismo: Marx e Weber”. In: Gertz, René E. (org.). Max Weber e Karl Marx.
São Paulo: Editora Hucitec.
 GIDDENS, Anthony (1984). Sociologia: uma breve porém crítica introdução.Rio
de Janeiro: Editora Zahar. [Cap. II – “Interpretações constantes: Sociedade
Industrial ou Capitalismo?”].

PARTE II – TRADIÇÕES SOCIOLÓGICAS

Aula 4 – 28.03.2016
 COLLINS, Randall (2009). Quatro Tradições Sociológicas. Petrópolis: Vozes
[“Prologo – O surgimento das Ciências Sociais”].
 HELLER, Agnes (1991). “A sociologia como desfetichização da modernidade”.
Novos Estudos, número 30, jun. São Paulo: CEBRAP.

Aula 5 – 04.04.2016
 COLLINS, Randall (2009). Quatro Tradições Sociológicas. Petrópolis: Vozes
[Cap. 1 – “A tradição do conflito”].

Aula 6 – 11.04.2016
 COLLINS, Randall (2009). Quatro Tradições Sociológicas. Petrópolis: Vozes
[Cap. 3 – “A tradição durkheimiana”].

Aula 7 – 18.04.2016
 COLLINS, Randall (2009). Quatro Tradições Sociológicas. Petrópolis: Vozes
[Cap. 4 – “A tradição microinteracionista”].

PARTE III – O PENSAMENTO CLÁSSICO NA SOCIOLOGIA.

2
 KARL MARX

Aula 8 – 25.04.2016
 MARX, Karl e ENGELS, Friedrich (1989). A Ideologia Alemã (Feuerbach). 7ª.
ed. São Paulo: Editora Hucitec.
 MARX, Karl (sd). O 18 Brumário de Louis Bonaparte.
http://www.dorl.pcp.pt/images/classicos/18brumario.pdf
 SCHMIDT, Alfred (1977). “História e Natureza em Marx”. In: Cohn, Gabriel
(org.). Sociologia: Para ler os Clássicos. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e
Científicos Editora.

Aula 9 – 02.05.2016
 MARX, Karl (1985). O Capital: crítica da economia política. 2ª. ed. São Paulo:
Nova Cultural [Livro Primeiro – O Processo de Produção do Capital; Tomo I –
Cap. 1 – “A Mercadoria”].
 GERAS, Norman. (1977), “Essência e aparência: aspectos da mercadoria em
Marx”. In: Cohn, Gabriel (org.). Sociologia: Para ler os Clássicos. Rio de Janeiro:
Livros Técnicos e Científicos Editora.

 EMILE DURKHEIM

Aula 10 – 09.05.2016
 DURKHEIM, Emile (sd). Sociologia e Filosofia. 2ª. ed. Rio de Janeiro: Forense-
Universitária [Cap. 1 – “Representações individuais e representações coletivas”;
Cap. 2 – “Determinação do fato moral (Teses; Discussão)”; Cap. 4 – Julgamentos
de valor e julgamentos de realidade”].
 LUKES, Steven (1977). “Bases para a interpretação de Durkheim”. In: Cohn,
Gabriel (org.). Sociologia: Para ler os Clássicos. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e
Científicos Editora.

Aula 11 – 16.05.2016
 DURKHEIM, Emile (1978). As Regras do Método Sociológico. 9ª. ed. São Paulo:
Editora Nacional [Cap. 1 – “Que é Fato Social?”; Cap. 2 – “Regras Relativas à
Observação dos Fatos Sociais”].
 DURKHEIM, Emile (2007). Sociologia. 9ª. ed. São Paulo: Editora Ática [Parte II
– “Divisão do Trabalho e Suicídio” – p. 73-142].

 MAX WEBER

Aula 12 – 23.05.2016

3
 WEBER, Max (1979). Ensaios de Sociologia. 4ª. ed. Rio de Janeiro: Zahar [Parte I
– Cap. V – “A Ciência como Vocação”].
 WEBER, Max (1982). Sociologia. São Paulo: Editora Ática. [Coleção Grandes
Cientistas Sociais] [Cap. 3 – “A ‘objetividade’ do conhecimento nas Ciências
Sociais”].
 COHN, Gabriel (1982). “Introdução”. In: Weber, Max. Sociologia. São Paulo:
Editora Ática. (Coleção Grandes Cientistas Sociais).

Aula 13 – 30.05.2016
 WEBER, Max (1985). A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo. 4ª. ed. São
Paulo: Livraria Pioneira Editora.

 GEORG SIMMEL

Aula 14 – 06.06.2016
 SIMMEL, Georg (2006). Questões fundamentais da sociologia: indivíduo e
sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor [Cap. 1 – “O âmbito da sociologia”;
cap. 2 – “O nível social e o nível individual (exemplo de sociologia geral)”; cap. 3 –
“A sociabilidade (exemplos de sociologia pura ou formal)”].
 SIMMEL, Georg (1983). Sociologia. São Paulo: Ática [Parte I – cap. 1 – “Como as
formas sociais se mantêm”; parte II – cap. 6 – “Superordenação e subordinação:
introdução”; cap. 7 – “O efeito da subordinação sob o princípio das relações entre
superiores e subordinados”; cap. 8 – “A natureza sociológica do conflito”; cap. 9 –
“A competição”; cap. 10 – “Conflito e estrutura de grupo”].
 TEDESCO, João Carlos (2007). “Georg Simmel e as ambigüidades da
modernidade”. Ciências Sociais Unisinos. Volume 43 – número 1: 57-67 – jan/abr.
http://www.unisinos.br/publicacoes_cientificas/images/stories/pdfs_ciencias/v43n1/
art06_tedesco.pdf

Aula 15 – 13.06.2016
 SOUZA, Jessé & OELZE, Berthold (org. – 1998). Simmel e a Modernidade.
Brasília: Editora UnB. [Parte I – “O dinheiro na cultura moderna” (Georg Simmel),
“A divisão do trabalho como causa da diferenciação da cultura subjetiva e objetiva”
(Georg Simmel), “O conceito e a tragédia da cultura” (Georg Simmel) e “O
indivíduo e a liberdade” (Georg Simmel); Parte II – “Da psicologia da moda”
(Georg Simmel)].
 SIMMEL, Georg (1983). Sociologia. São Paulo: Ática [Parte II – cap. 12 – “O
estrangeiro”].

TRABALHO DE AVALIAÇÃO
 Data de entrega – 20.06.2016

Você também pode gostar