Você está na página 1de 19

atividades suplementares

■ O verbO (I)
1. Reconheça as formas nominais do verbo empregadas no texto abaixo:

pOssO tOmar banhO depOis de uma refeiçãO?

Tomar banho frio ou entrar numa piscina depois de ter comido não oferece riscos. O que não se deve
fazer é qualquer tipo de exercício intenso, como nadar ou surfar. Isso desvia o sangue do estômago para
os músculos que estão trabalhando. Após as refeições, boa parte do seu sangue vai para o estômago e o
intestino a fim de realizar uma digestão adequada. Ao praticar esportes depois de comer, a pessoa fica
com dificuldades na digestão e acaba passando mal (enjoo, suor frio e tontura). Tomar banhos longos
e quentes na banheira dilata os vasos sanguíneos da pele e também desvia o sangue do estômago.
(Marcelo Duarte. O guia dos curiosos. São Paulo: Cia. das Letras, 1993. p. 145.)

2. Leia o anúncio abaixo: infinitivo: tomar, entrar, ter, fazer, nadar, surfar, realizar, praticar, comer;
gerúndio: trabalhando, passando; particípio: comido

Você deve ter observado que, na frase “Os Correios vão bater
todos os recordes para entregar sua carta em Atlanta”, o infi-
nitivo foi empregado para indicar a própria ação verbal: bater
e entregar.

Que ideia o verbo bater transmitiria se fosse empregado no


gerúndio — Os Correios estão batendo...?
O verbo bater transmitiria a ideia de que a ação verbal estaria ocorrendo no
mesmo momento da entrega das cartas.

(Veja, 17/7/96.)

3. Destaque, dos quadrinhos abaixo, as locuções verbais: vá fazer; vai ver; vai ser; vai saber; vai estar; pode continuar

(Quino. Mafalda. São Paulo: Martins Fontes, 1989. v. 2, p. 113.)

Book 1.indb 1 05/06/12 08:49


4. Nas situações referidas abaixo, o verbo terminar tem diferentes sentidos. Substitua-o por outros
verbos ou por outras locuções verbais ou expressões que não alterem o sentido das frases.
a) Terminando a aula, irei visitar meu avô no sítio. Assim que terminar / Quando terminar…
b) A aula está por terminar. … está quase acabando.
c) A aula está terminada. … acabou, chegou ao fim.

5. Suponha que você queira comunicar à sua mãe que o curso de inglês está caro, empregando o verbo
custar nesta frase: “Mãe, o curso de inglês (custar) muito caro”. Mostre como ficaria essa frase, se
você quisesse indicar que esse fato:
a) sempre acontece; … custa…
b) está acontecendo no momento em que você fala; … está custando…
c) acabou de acontecer; … custou…
d) vai acontecer. … vai custar…, … custará…
Leia este texto e responda às questões de 6 a 9.

O que é um herói?

Um homem corajoso? Um campeão na luta? Um sujeito muito inteligente?


Ou aquele jovem intrépido que vive salvando mocinhas indefesas de vilões igualmente fortes,
corajosos e espertos?
Na Idade Média, quando os homens lutavam com arcos e flechas, lanças e espadas, surgiram
os cavaleiros.
E, com eles, um código de honra que se chamava código da cavalaria. Naqueles tempos do
passado, o herói era o cavaleiro que seguia esse código. E, segundo as leis da cavalaria, ele deveria
ser justo, leal, obedecer ao rei, defender os injustiçados e… proteger donzelas em perigo.
Quando lutava, o cavaleiro não podia atacar o inimigo pelas costas, mas devia enfrentá-lo face a
face. A vitória a qualquer preço não interessava mais. Era melhor morrer com honra do que vencer
pela traição e golpes baixos. Aquele que conquistava a vitória por meio da crueldade e deslealdade
era considerado um vilão, uma pessoa desprezível.
(Heloisa Prieto. Heróis e guerreiros — Quase tudo o que você queria saber.
São Paulo: Cia. das Letrinhas, 1995. p. 7.)

Bettmann/Corbis
6. Identifique o radical das formas verbais vive, salvando,
lutava. viv-, salv-, lut-

7. Identifique a vogal temática das formas verbais obedecer


e surgiram e, em seguida, indique a conjugação a que se
refere cada uma delas. -e e -i; 2ª e 3ª, respectivamente

8. Identifique a desinência de conquistava e, a seguir,


indique o tempo e o modo a que essa forma verbal cor-
responde. -va; pretérito imperfeito do indicativo

9. Quais são as formas nominais empregadas no 2º e no 5º


parágrafo do texto? salvando, atacar, enfrentar, morrer, vencer,
considerado

Book 1.indb 2 05/06/12 08:49


10. Faça de acordo com o exemplo:
Não provoco meus colegas.
Não provoquei meus colegas.
Não provocarei meus colegas.

a) Eu fico feliz com seu sucesso. Eu fiquei… / Eu ficarei…


b) Explico o exercício para meu irmão. Expliquei… / Explicarei…
c) Jogo bola na praia. Joguei… / Jogarei…
d) Pego livros na biblioteca municipal. Peguei… / Pegarei…
e) Abraço meu professor com carinho. Abracei… / Abraçarei…

11. Faça de acordo com o exemplo:


Folhear as revistas em quadrinhos estrangeiras. (eu / meu colega)
Eu folheio as revistas em quadrinhos estrangeiras.
Meu colega folheia as revistas em quadrinhos estrangeiras.

a) Odiar injustiça. (eu / nós) Eu odeio… / Nós odiamos…


b) Passear no calçadão. (eu / eu e meus amigos) Eu passeio… / Eu e meus amigos passeamos…
c) Bloquear o trânsito. (o caminhão / nós) O caminhão bloqueia… / Nós bloqueamos…
d) Pentear os cabelos. (eu / elas) Eu penteio… / Elas penteiam…
e) Frear o ônibus. (eu / nós) Eu freio… / Nós freamos…

12. Em seu caderno, complete as frases a seguir, empregando no presente do indicativo o verbo entre
parênteses:
a) Eu meus amigos na escola. (ver) vejo
b) Jorge e seu irmão sempre aqui comprar pão para o lanche. (vir) vêm
c) Elas não ao cinema conosco hoje. (ir) vão
d) Senhora, nós, alunos do 7º A, aqui pedir-lhe dispensa da última aula. (vir) vimos
e) Calma, mãe. Nós já embora. (ir) vamos
f) Ela de longe, de outro país. (vir) vem
g) Eles de outras terras. (vir) vêm
h) O menino o pássaro e se encanta. (ver) vê
i) Eles este filme e riem muito. (ver) veem

13. Faça de acordo com o exemplo:


Ele quer sair à noite.
Ele quis sair à noite.
Ele quererá sair à noite.

a) Nós vamos à praia. Nós fomos… / Nós iremos…


b) Eu sei de tudo. Eu soube… / Eu saberei…
c) Leonardo pode esperar um pouco. Leonardo pôde… / Leonardo poderá…
d) Eu mantenho a calma. Eu mantive… / Eu manterei…
e) Os policiais detêm o motorista. Os policiais detiveram… / Os policiais deterão…
f) Eu trago o recado. Eu trouxe… / Eu trarei…
g) Nós sempre dizemos a verdade. Nós sempre dissemos… / Nós sempre diremos…
h) Eu não caibo nesta cadeirinha. Eu não coube… / Eu não caberei…
i ) Eu vou à feira. Eu fui… / Eu irei…
j) Nós fazemos a lição. Nós fizemos… / Nós faremos…

Book 1.indb 3 05/06/12 08:49


14. Identifique as locuções verbais empregadas no texto a seguir:

superpai

Um alemão se jogou
pela janela de seu aparta-
mento, no segundo andar,
para salvar o filho Oemer,
de 18 meses, que tinha
acabado de cair. A criança
ficou levemente ferida, que-
brando apenas um braço.
O pai não se machucou. O
pequeno Oemer brincava
em seu quarto com o irmão
Bahar, de 3 anos, quando
subiu na sacada. Alertado
pelos gritos do menino
maior, o pai chegou exata-
mente quando o bebê estava
caindo e pulou pela janela,
conseguindo evitar que o
menino chegasse ao chão.
(Zá, nº 48.)

tinha acabado de cair, estava caindo, conseguindo evitar

15. Faça de acordo com o exemplo:

Eu tenho estudado muito. (nós/ele)


Nós temos estudado muito.
Ele tem estudado muito.

a) Eu hei de vencer. (nós/eles) Nós havemos… / Eles hão…


b) Eu sou alta. (ela/eles) Ela é alta. / Eles são altos.
c) Ele está chegando. (nós/eles) Nós estamos… / Eles estão…
d) Nós temos brincado muito. (ela/eles) Ela tem… / Eles têm…

16. Complete as frases a seguir, empregando no tempo adequado ao contexto o verbo entre parênteses:
a) Quando o diretor chegou, nós já iniciado a reunião. (ter) tínhamos
b) Quando ele telefonou, eu já saído com meus pais. (haver) havia
c) Quando eles se mudaram, eles já matriculados. (estar) estavam
d) Quando meu irmão José nasceu, nós já adolescentes. (ser) éramos

17. Faça de acordo com o exemplo:

Eu terei que ouvi-la. (nós/eles)


Nós teremos que ouvi-la.
Eles terão que ouvi-la.

a) Eles estarão trabalhando no projeto. (ela/nós) Ela estará… / Nós estaremos…


b) Nós seremos estudantes deste colégio. (eu/ele) Eu serei… / Ele será...
c) Eu haverei de viajar para o exterior um dia. (nós/eles) Nós haveremos… / Eles haverão…

Book 1.indb 4 05/06/12 08:49


18. No anúncio a seguir, há duas locuções verbais: vou perder e vai receber.

Querido brinquedo, não perderei a promoção… /


E quem comprar um ingresso receberá outro…
a) C omo ficaria o texto se o anunciante
empregasse formas verbais simples no
lugar dessas locuções verbais?
b) Com o uso das locuções verbais, o
anúncio fica mais formal ou menos
formal? Menos formal.
c) Considerando a finalidade do anúncio,
a opção pelo uso das locuções verbais
(Marie Claire, out. 2001.) é adequada? Por quê?.
Sim; porque o emprego de uma linguagem
informal aproxima mais o anúncio do leitor.
19. Leia as frases:

Hei de comprar a bicicleta dos meus sonhos.


Estou lendo um livro superinteressante: O dia do coringa, de Jostein Gaarder.
Eu já havia terminado minha lição quando meus primos chegaram.

Qual dessas frases:


a) indica um fato acabado? A terceira.
b) exprime o firme propósito de realizar alguma coisa? A primeira.
c) exprime uma ação duradoura? A segunda.

20. Leia as frases:

Oi, Leia. Olha! Acabei de pintar este quadro.


Pra quem fica, tchau! Vou dormir!
E a porta foi se abrindo, foi se abrindo e... Aaaai! Um fantasma!!!

Qual dessas frases:


a) exprime a certeza de que algo será realizado num futuro próximo? A segunda.
b) indica uma ação que se realiza progressivamente? A terceira.
c) indica uma ação concluída recentemente? A primeira.

Book 1.indb 5 05/06/12 08:49


21. Leia esta tira, de Laerte:

(Classificados. São Paulo: Devir, 2002. v. 2, p. 33.)

a) Que formas verbais, dos verbos ser, poder e querer, respectivamente, completam as frases dos
dois primeiros balões da tira? 1º balão: sou, posso; 2º balão: quiser
b) No 1º balão, a personagem emprega a forma verbal tou. Na variedade padrão escrita, como
seria a forma equivalente a tou? estou
Sim, pois a personagem está numa situação informal,
c) O emprego de tou é aceitável no contexto? Por quê? cotidiana, na qual o uso de uma linguagem informal
é aceitável.

Leia o poema a seguir, de Ulisses Tavares, e responda às questões de 22 a 24.

uau!

Fiquei olhando, perguntando,


Sondando, assuntando,
ciscando você.
E quando dei por mim...
Já estava amando.
(Diário de uma paixão. São Paulo:
Geração Editorial, 2003.)

22. No poema, há várias locuções verbais. Em algumas delas, entretanto, o verbo auxiliar está suben-
tendido.
(fiquei) perguntando, (fiquei) sondando, (fiquei) assuntando,
a) Qual é o verbo auxiliar subentendido nesses casos? (fiquei) ciscando / O verbo subentendido é ficar.
b) Pense em como ficaria o poema se o verbo auxiliar estivesse explícito em todas as locuções. Na
sua opinião, por que o verbo auxiliar foi suprimido? Para tornar o texto mais enxuto e a comunicação mais
direta.

23. O emprego de tantos gerúndios no poema não é por acaso. Ele está relacionado com o sentido
que o poeta pretende criar. Qual dos itens a seguir traduz o sentido criado pelos gerúndios?
a) Ação que se prolongou até ser concluída completamente.
X b) Ação que se desenvolveu gradual e lentamente.
c) Ação que expressa um fato acabado e repetido.

Book 1.indb 6 05/06/12 08:49


24. Qual é o sentido da expressão “(fiquei) ciscando você”? ficar mexendo, provocando

Leia os anúncios seguintes e responda às questões 25 e 26.


Fallon

Quê
(Veja, 8/6/2005.) (Folha de S. Paulo, 18/8/2003.)

25. A propósito do anúncio da esquerda:


a) As palavras namorados, casados e divorciados são, respectivamente, particípios dos verbos
namorar, casar e divorciar. Entretanto, no anúncio, desempenham outro papel gramatical.
Qual é esse papel? O papel de substantivos.
b) O anúncio foi publicado no dia 8 de junho, portanto às vésperas do Dia dos Namorados,
comemorado no dia 12 desse mês. Embora o anúncio não seja explícito, o que ele está su-
gerindo nas entrelinhas? Ele sugere que todos – namorados, casados e divorciados – comprem relógios para dar à
pessoa amada naquela data.

26. Observe o enunciado da parte superior do anúncio da direita. Depois compare as duas frases que
seguem, observando a mudança de sentido provocada pela mudança da locução verbal:

“Nossa energia também está movimentando o basquete do Brasil.”


Nossa energia também tem movimentado o basquete do Brasil.

Em qual delas a locução expressa um fato:


a) acabado, repetido ou contínuo? Na segunda.
b) durativo, que está acontecendo gradativamente, no presente? Na primeira.

Book 1.indb 7 05/06/12 08:49


■ o verBo (i)
1. Observe estas três figuras:

Dê o maior número possível de verbos que traduzam as ações das pessoas em cada uma das figuras.
Espera-se que o aluno mencione ações como ouvir, falar, conversar, folhear, ver, brincar, assistir, ler.

2. Reconheça as formas verbais presentes neste texto e identifique o que elas


expressam: ação, estado, mudança de estado, fenômeno meteorológico.
ação: diria, mudar-se, frequentar, desbarata; mudança de estado: viria a tornar-se; estado: é, é

“Quem diria que um garoto franzino de onze anos, cujo sonho é


mudar-se para a cidade e frequentar a escola, viria a tornar-se o ‘Águia’,
um escoteiro corajoso que desbarata uma quadrilha de assaltantes de
bancos? Esta é a história de Bila, Nilson, o cachorro Plutão e o cavalo
Relâmpago.” (Catálogo da Atual Editora)

3. Reconheça os verbos do texto abaixo e identifique o modo em que cada um está:

  BumBum firme 
 Ajoelhe-se, apoie o corpo sobre os antebraços e 
eleve uma perna flexionada. Suba e desça essa perna 
por trinta segundos. Repita do outro lado.
(Claudia, ago. 1994.)

Todos os verbos estão no imperativo afirmativo.

37

Book 1.indb 37 05/06/12 08:34


4. Identifique o modo dos verbos destacados neste anúncio: imperativo: ajude, adote, contribua, ganhe; todos os
demais verbos estão no modo indicativo

Ajude a salvar as tartarugas  Você pode ajudar o


marinhas do Brasil. projeto Tamar ado-
Adote uma.
tando e dando nome
a uma tartaruguinha.

Há 15 anos, o Projeto Tamar protege as cinco espécies de tartarugas marinhas que


ocorrem no Brasil, todas ameaçadas de extinção.
É um trabalho contínuo, que abrange da postura dos ovos até o nascimento dos filho-
tes. Hoje, mais de 200 pescadores, que antes destruíam os ovos e matavam as fêmeas, são
contratados pelo Tamar para realizar esta proteção durante todo o ano. Além de preservar
os locais de desova, o Tamar protege parcialmente os locais de alimentação
das tartarugas, onde o problema maior é a morte acidental durante as ativi-
dades de pesca.
O resultado desse esforço se traduz na permanência de 50% dos ninhos
na praia, sem ameaça de predação, e na liberação de um milhão e meio de
tartaruguinhas ao longo das praias brasileiras.
Contribua com R$ 50,00 e adote uma tartaruguinha e ganhe uma camiseta.
(Veja, 8/3/95.)

5. Reconheça o tempo (presente, pretérito ou futuro) em que estão os verbos destacados nestas frases:
a) “Hoje, mais de 200 pescadores, que antes destruíam os ovos e matavam as fêmeas, são contra-
tados pelo Tamar [...]” Os dois primeiros estão no pretérito, e o último, no presente.
b) “A música do Centro-Oeste poderá mostrar a força de sua expressão no festival Canta Cerrado
promovido pela Rede Globo e TV Anhanguera, de Goiânia.” (Jornal de Brasília) futuro
c) “Pelé pede punição para torcidas e dirigentes” (Estado de Minas) presente
d) “Ex-aidético diz que se curou com remédio natural” (Hoje em dia) presente e pretérito
e) “Declaração do IR virá preenchida” (Jornal de Brasília) futuro

6. Leia este poema de Sylvia Orthof:

infinito amor
Vamos
brincar
de
amor?
Eu
te
amo,
tu
me
amas...
— Pra
sempre?
— Por
três
semanas!
(A poesia é uma pulga. São Paulo: Atual, 1991. p. 11.)

Dê continuidade ao poema, conjugando o verbo amar até a 3ª pessoa do plural. No final, dê uma
conclusão surpreendente, que rime com “eles amam”. Resposta pessoal.

38

Book 1.indb 38 05/06/12 08:34


7. As três frases abaixo contêm verbos no modo imperativo. Apesar disso, apresentam diferenças de
sentido. Observe:
• Apague a luz! • Apague a luz, já! • Apague a luz, por favor!

a) Em qual das frases o pedido ou a ordem é feita de modo mais educado e gentil? Na terceira.
b) Em qual das frases o tom de quem fala parece ser mais autoritário e grosseiro? Na segunda.
Professor: As questões de 7 a 9 objetivam operar, a partir dos modos verbais,
o conceito de intencionalidade no discurso. Trata-se de uma abordagem dife-
8. Observe o verbo desta frase: rente do assunto, que explora os aspectos semânticos e interativos da língua.

A luz está acesa.

a) Em que modo e tempo está o verbo? No presente do indicativo.


b) Suponha que você tenha ido até o banheiro e deixado a luz acesa. Sua mãe, então, lhe diz a frase
acima. Pode-se dizer que, apesar de ela ter empregado o verbo no indicativo, a frase, na verdade,
tem uma intenção imperativa, isto é, a intenção de fazer um pedido ou dar uma ordem. Fazendo
uso de um verbo no imperativo, escreva outra frase que transmita a mesma informação, de acordo
com a intenção da mãe. Apague a luz!

9. As palavras e as frases podem ganhar novos sentidos, dependendo do contexto em que são empregadas.
Por exemplo, suponha que você esteja indo à casa de um amigo e não saiba se ele e a família estão lá ou
se viajaram. Ao se aproximar da casa, nota luz na sala e diz: “A luz está acesa”. No caso, você não estaria
desejando informar que a luz está acesa e, sim, que o seu amigo e os familiares dele estão em casa.
A seguir, você vai ler a descrição de três situações em que a mesma frase é dita por diferentes pessoas.
Levando em conta o contexto, descubra o que realmente a pessoa pretende informar com essa frase.
a) Um funcionário da companhia de eletricidade, depois de fazer o serviço de ligação de energia,
diz: “A luz está acesa”. O que, de fato, ele quer dizer? Que a ligação da energia está concluída.
b) Dois amigos que moram na mesma rua têm o hábito de se encontrar, após o jantar, para conversar
e contar piadas. Então combinam um código: quando um deles acender a luz da varanda é porque
já terminou de jantar e espera o outro em casa. Um deles olha para a casa do amigo e diz para a
irmã: “A luz está acesa”. O que, realmente, ele quer dizer? Que pode ir ao encontro do amigo, porque este o
aguarda.

10. Imagine agora uma situação e uma frase em que, apesar de o verbo ser empregado no indicativo,
haja uma nítida intenção imperativa. Resposta pessoal. Seria bom que os alunos ouvissem as respostas de alguns
colegas.

11. Você gosta de mitologia? Então leia o texto a seguir, que fala de duas figuras da mitologia egípcia.

o mito De hórus e osíris Gianni Daglianti/Corbis

Segundo a mitologia egípcia, Hórus era o filho de Osíris, deus da


natureza, que governou o Egito com a ajuda de sua mulher e irmã Ísis.
Osíris teria sido morto e esquartejado (feito em pedaços) por seu ciumento
irmão Set, que espalhou as partes do corpo por todo o Egito. Mas a fiel
Ísis teria recolhido os membros e reconstituído o corpo, ressuscitando
Osíris, que se tornou deus do Mundo dos mortos.
Então coube a Hórus disputar o domínio sobre o Egito com seu tio
Set em um grande combate do qual Hórus saiu vitorioso. É por isso que
os faraós eram considerados encarnações do deus Hórus. E é por isso
também que acreditavam que se uniriam a Osíris no outro mundo.
(Recreio, nº 49.)

Dos verbos destacados nesse texto, quais indicam:


a) estado? era b) mudança de estado? se tornou c) ação? governou, espalhou, ressuscitando, disputar, acre-
ditavam

39

Book 1.indb 39 05/06/12 08:34


12. Você já brincou de detetive? É muito divertido e requer que aprendamos alguns truques. Por
exemplo, usar tinta invisível. Você sabe como fazer tinta desse tipo? É só seguir estas instruções:

Você vai precisar de:


• suco de limão;
• papel branco;
• um palito ou pincel fino.

tinta invisível
Coloque o suco de limão em um potinho. Cuidado para não deixar cair em sua pele, porque o
suco de limão pode causar manchas.
Molhe o pincel ou o palito no suco e escreva o recado no papel branco. Entregue a mensagem a
um amigo. Para ler, ele vai ter de aproximar o papel de uma lâmpada acesa, até que o calor faça as
letras aparecerem.
(Recreio, nº 14.)

imperativo: coloque, molhe, entregue, faça; subjuntivo: faça


a) Reconheça os modos em que estão as formas verbais destacadas.
b) A forma vai precisar, utilizada no texto do quadro lateral, é uma locução verbal. Que forma
verbal simples (de uma única palavra) corresponde a essa locução? precisará
c) A que modo pertence essa locução verbal ou essa forma verbal simples? modo indicativo

13. Identifique o tempo (presente, pretérito ou futuro) em que estão as formas verbais destacadas neste
texto:

nas onDas Do ráDio


Antes de existir televisão, as novelas faziam o maior sucesso no rádio.
Como não havia imagem, os atores tinham de caprichar na voz.
[...]
se divertir fazendo um programa de rádio com seus amigos.
Você também pode se divertir fazendo um programa de rádio com seus amigos.
Primeiro, escrevam uma história com vários personagens, dividindo os papéis com
os colegas. É legal reunir meninos e meninas, para ter vozes diferentes.
Se vocês conseguirem um gravador, a brincadeira fica melhor ainda, pois o
programa poderá ser gravado.
Depois de decidir quem serão os atores, escolham quem vai cuidar da música
da música
do programa e qual turma fará os efeitos sonoros.
imitar animais e personagens famo-
Lembrem-se também dos amigos que sabem imitar animais e personagens famo-
sos e podem dar um toque divertido à história. Depois, é só apresentar o programa
para todo mundo.
Recreio nº 15.)
(Recreio,

presente: pode, é, sabem; pretérito: faziam, havia; futuro: conseguirem, serão, vai cuidar, fará

14. Observe as frases:

Ontem, eu cheguei atrasado. E eles, também chegaram? (verbo chegar)


Amanhã, eu chegarei atrasado. E eles, também chegarão?

Será que você é capaz de fazer o mesmo? Então, em seu caderno, complete as frases que seguem,
sempre colocando os verbos primeiramente no passado e, depois, no futuro.
a) Ontem, eu ao cinema. E eles, também ? (ir) fui — foram
Amanhã, eu ao cinema. E eles, também ? (ir) irei — irão
b) Ontem, nós à tevê. E eles, também ? (assistir) assistimos — assistiram
Amanhã, nós à tevê. E eles, também ? (assistir) assistiremos — assistirão

40

Book 1.indb 40 05/06/12 08:34


c) Ontem, eu a camisa. E eles, também ? (suar) suei — suaram
Amanhã, nós a camisa. E eles, também ? (suar) suaremos — suarão
d) Ontem, eu o desfile de carnaval. E eles, também ? (ver) vi — viram
Amanhã, eu o desfile de carnaval. E eles, também ? (ver) verei — verão
e) Ontem, nós a verdade. E eles, também ? (falar) falamos — falaram
Amanhã, eu a verdade. E eles, também ? (falar) falarei — falarão

Leia estes quadrinhos, do cartunista argentino Quino:

EU AMO TU AMAS

ELE AMA NÓS AMAMOS

VÓS AMAIS

ELES AMAM

(Bien, gracias. ¿Y’usted?. 6. ed. Barcelona: Lumen, 1985. p. 23. Traduzido para o português.)

15. Esses quadrinhos apresentam uma sequência de sete situações. Nelas, você pode observar, com
clareza, as três pessoas do discurso e as flexões de número e de pessoa dos verbos.
a) Quais são os verbos e pronomes que indicam a 1ª pessoa? eu amo, nós amamos
b) Quais indicam a 2ª pessoa? tu amas, vós amais
c) E quais indicam a 3ª pessoa? ele ama, eles amam

41

Book 1.indb 41 05/06/12 08:34


Leia o anúncio a seguir e responda às questões de 16 a 18.
Howard Grey/Getty Images

Photodisc
Eu compro

Ela
Tu compras
Ela agradece
Nós compramos
Vós comprais
Eles compram
Dia das Mães: Faz um carinho
em quem sempre te encheu de carinhos.

16. Como a maior parte dos anúncios, esse também é constituído por imagem e texto verbal.
a) O que as moças da foto estão fazendo? Estão pagando as roupas que compraram.
b) O texto verbal confirma ou nega o conteúdo da imagem? Por quê? Confirma, pois o texto faz referência
a comprar, o que está ocorrendo na imagem.

17. Na parte verbal do anúncio, a conjugação do verbo comprar é propositalmente interrompida, na


3ª pessoa do singular, pelo surgimento de outro verbo: agradecer.
a) Em que tempo e modo verbal estão conjugados esses verbos? No presente do indicativo.
b) Observe a parte do anúncio em que o pronome ela aparece com grande destaque. A quem esse
pronome se refere na expressão ela agradece? Provavelmente à mãe das moças, pois o anúncio faz referência
ao Dia das Mães.

18. Relacione estes três elementos: as imagens, a conjugação do verbo comprar e a expressão ela agradece.
Esse jogo de linguagem sugere que, no Dia das Mães, as mães ficarão muito felizes se receberem um presente especial (uma roupa, por
a) O que o anunciante pretende dizer por meio desse jogo de verbos e imagens? exemplo) dos filhos.
b) Na sua opinião, essa é uma forma inteligente de fazer propaganda? Por quê? Resposta pessoal. Profes-
sor: Leve os alunos a notarem que essa forma inusitada de fazer propaganda atrai a atenção dos leitores e ganha sua simpatia.

19. Observe as pessoas retratadas na imagem a seguir. Que ações elas estão realizando? Dê o maior
número possível de verbos que traduzam essas ações. Resposta pessoal.
Art Institute of Chicago

Ação de graças (c. 1935), de Doris Lee.

42

Book 1.indb 42 05/06/12 08:34


20. Observe a tira abaixo, de Laerte. Em seguida escreva um pequeno texto, empregando verbos de
ação para contar o que as personagens estão fazendo. Resposta pessoal.

21. Identifique o tempo (presente, pretérito ou futuro) em que estão as formas verbais destacadas neste
texto:

Saiba tudo sobre o dragão, um animal que vive na nossa imaginação.


Os dragões nunca existiram, mas já assustaram muita gente. Eles apa-
recem em antigas histórias dos gregos, romanos, chineses e japoneses. Para
cada povo, ele tinha características diferentes, porém uma das espécies mais
assustadoras sempre foi o dragão lançador de fogo.

Eliana Delarissa
Veja como ele seria se tivesse existido, mas não chegue muito perto. Afinal,
nunca se sabe quando esse bicho vai ficar de mau humor.
(Recreio, nº 235.)

presente: vive, aparecem, sabe; pretérito: existiram, assustaram, tinha, foi; futuro: seria, vai ficar

22. Leia a tira:

Joaquín Salvador Lavado (Quino)

(Quino. O irmãozinho da Mafalda. São Paulo: Martins Fontes, 1999. p. 39.)

A tira apresenta uma situação de sala de aula. Mafalda conjuga o verbo confiar
no presente do indicativo e a pro-
a) O que as personagens estão fazendo nos dois primeiros quadrinhos? fessora escuta-a.
b) No último quadrinho, Mafalda faz um comentário. Relacione-o com a situação anterior e res-
ponda: Por que esse comentário provoca humor? Porque Mafalda deixa de se preocupar com a conjugação do
verbo e faz um comentário crítico baseado no significado dele.

43

Book 1.indb 43 05/06/12 08:34


23. Observe o verbo deste enunciado:

Seu quarto está uma bagunça.

a) Em que tempo e modo está o verbo? No presente do indicativo.


b) Suponha que o quarto a que o enunciado faz referência seja o seu. E que quem faz a você essa
afirmação seja sua mãe. Pode-se dizer que, apesar de sua mãe ter empregado o verbo no indi-
cativo, a frase, na verdade, tem uma intenção imperativa, isto é, a intenção de transmitir um
pedido ou dar uma ordem. Fazendo uso de um verbo no imperativo, escreva uma frase em que
fique clara a verdadeira intenção da mãe. Arrume seu quarto.

24. Ao responder à questão anterior, você observou que as frases podem ganhar novos sentidos, de-
pendendo do contexto em que são empregadas.
Há, a seguir, duas frases. Em relação a cada uma delas, imagine duas situações, de modo que cada
situação corresponda a um determinado sentido.
Resposta pessoal. Sugestão: Começa a chover ou há muito barulho e uma mãe diz a frase à filha
a) A janela está aberta. com a intenção de que a menina corra e feche a janela. / Uma pessoa diz que está com frio e a
outra emprega a frase com a intenção de explicar por que está com frio.
b) A geladeira está vazia. Resposta pessoal. Sugestão: Uma mulher diz a frase ao marido com a intenção, por exemplo,
de pedir a ele que compre frutas e legumes ou dê a ela dinheiro para fazer a feira, etc. / O filho diz a frase à mãe, que pretende
limpar a geladeira assim que ele retire todos os alimentos.

44

Book 1.indb 44 05/06/12 08:34


■ o verBo (ii)
1. Leia as frases seguintes:

• O dono da casa não encontrou o pichador, pois ele já tinha fugido.


• Abandonou a bebida e tornou-se outra pessoa.
• Desde jovem, frequentava as reuniões do clube e visitava os amigos.
• Ele tentava instalar a antena no telhado, mas a chuva não deixou.

Em qual delas a forma verbal destacada expressa a noção de:


a) ação interrompida por outra ação? a 4ª (tentava)
b) ação ocorrida antes de outra ação? a 1ª (tinha fugido)
c) ação contínua, que se repete? a 3ª (frequentava e visitava)
d) ação concluída? a 2ª (abandonou e tornou-se)

2. Reconheça em que tempos estão os verbos destacados nas frases e nos textos abaixo.
c) pretérito perfeito do indicativo; idem; pretérito imperfeito do indicativo
a) “Tempo seco e calor terminam só com chuvas” (O Popular) presente do indicativo
b) “Uma fila gigantesca se formou, ontem, na sede do INSS, no centro do Recife, reunindo
contribuintes autônomos que deixaram o recadastramento para a última hora.” (Diário
de Pernambuco) ambos no pretérito perfeito do indicativo
c) “Ivan, o Terrível: o primeiro czar. Acusado de genocida por arrasar cidades, de sádico por maltra-
tar animais na infância, ele terminou a vida louco, mas foi um estadista sério, que fez da Rússia
uma nação como as que surgiam na Europa após a Idade Média.” (Superinteressante)
d) “Uma pesquisa realizada em 1989 pela Universidade de Wyoming, dos Estados Unidos, mostrou
que crianças que jogavam [videogames] 45 minutos duas vezes por semana ao longo de pelo menos
um mês e meio mostravam mais habilidade na percepção espacial. Conseguiam, por exemplo,
ter um bom senso de três dimensões quando olhavam figuras planas, embora não ficasse defi-
nitivamente provado que essa habilidade poderia ser transferida para outras situações, fora dos
jogos.” (Veja) pretérito perfeito do indicativo; pretérito imperfeito do indicativo; idem; futuro do pretérito do indicativo

3. Leia este anúncio:


a) Em que tempo foram empregados os verbos do anúncio?
pretérito perfeito
do indicativo
b) Apesar de o anunciante ter empregado esse tempo, na verdade
os verbos não se referem exclusivamente a uma ação passada,
mas também a ações que possam estar ocorrendo no presente e,
principalmente, que venham a ocorrer no futuro.
Mantendo os dois verbos, que outra redação você daria a esse
anúncio? (Se necessário, acrescente palavras e modifique os
tempos e os modos verbais.) Resposta pessoal. Entre outras possibilidades:
“Quando pensar em seguros, fale com a gente” ou “Quando você pensa em seguros,
sempre fala com a gente”.
4. Às vezes, essas alterações de tempos verbais também ocorrem com o presente. Observe estas frases:

Se ela quiser companhia, vou com ela ao baile.


Se eles partirem amanhã, sigo também.
O futuro do presente
a) Que tempo deveria ser empregado no lugar dos verbos que estão no presente? do indicativo.
b) Reescreva as frases, empregando os verbos ir e seguir nesse tempo. Se ela quiser companhia, irei com ela
ao baile. Se eles partirem amanhã, seguirei também.

45

Book 1.indb 45 05/06/12 08:34


5. Compare estas frases:
Quando ele jantava, logo pegava no sono. Os da primeira frase estão no pretérito
Quando ele jantou, logo pegou no sono. imperfeito do indicativo; os da segunda, no
pretérito perfeito do indicativo.
a) Em que tempos estão os verbos da primeira e da segunda frases?
b) Em qual dessas frases o verbo dá a ideia de uma ação que sempre se repete? Na primeira.
c) Em qual delas o verbo dá a ideia de uma ação que ocorreu uma única vez? Na segunda.

6. Complete as frases, empregando em um dos três tempos do pretérito os verbos indicados:


a) Naquela época ele sempre ao clube, mas depois não mais. (ir) ia — foi
b) Eu sempre ajudar, mas ela nunca . (procurar, aceitar) procurei / procurava — aceitou / aceitava
c) Ontem, quando elas , que um ladrão na casa. (chegar, notar, entrar) chegaram — notaram — entrara
d) Há pouco, alguém você pelo alto-falante. que fosse até a recepção. (chamar, querer) chamou —
Queria
e) Quando ele à estação, o trem já . (chegar, partir) chegou — partira
f ) Depois que a chuva , o movimento nas ruas . (passar, recomeçar) passou — recomeçou
g) Nós já , quando a campainha . (dormir, tocar) dormíamos — tocou

7. Leia esta tira:

(Angeli. Chiclete com banana.)

Na tira, Angeli constrói humor opondo dois tempos verbais.


a) Quais são esses tempos verbais? O presente e o pretérito imperfeito.
b) Que sentido tem, na tira, o verbo era? O sentido de que a vítima já se afogou.
c) Que tipo de crítica é feita às pessoas nesses quadrinhos? O autor critica a indiferença das pessoas em relação
às outras; as pessoas ficarem discutindo em situações em que deveriam agir.

8. Complete as frases dos balões da tira a seguir com os verbos estar, cheirar e ser, respectivamente,
empregando-os no futuro do presente do indicativo. cheirará será

estarei

(Bill Watterson. Os dias estão simplesmente lotados. São Paulo: Best News, 1995. v. 2, p. 22.)

46

Book 1.indb 46 05/06/12 08:34


9. Nos textos abaixo, identifique os verbos que estão no futuro do presente e os que estão no futuro
do pretérito:
a) “Será assim, amiga: um certo dia c) “Não serei o poeta de um mundo caduco.
Estando nós a contemplar o poente futuro do Também não cantarei o mundo futuro.
Sentiremos no rosto, de repente, presente:será, Estou preso à vida e olho meus companheiros.”
O beijo leve de uma aragem fria.” sentiremos futuro do presente: (Carlos Drummond de Andrade)
serei, cantarei
(Vinícius de Morais)
b) “Se eu fosse um padre eu citaria os poetas,
Rezaria seus versos, os mais belos, futuro do pretérito:
citaria, rezaria
desses que desde a infância me embalaram”
(Mário Quintana)

10. Imagine e escreva em seu caderno um final para as frases a seguir empregando no futuro do pre-
sente ou no futuro do pretérito os verbos indicados. Veja os exemplos:
Se eu pudesse, eu . (viajar) Se eu puder, eu . (viajar)
Se eu pudesse, eu viajaria para o litoral. Se eu puder, eu viajarei no final do ano.
faria
a) Se nós tivéssemos uma bola, . (poder) poderíamos d) Se eu fosse o presidente, eu . (fazer)
b) Se nós tivermos uma bola, .(jogar) jogaremos e) Se eu for o presidente, eu . (procurar)
procurarei
c) Se eles nos ajudassem, nós . (terminar) terminaríamos

11. Leia este texto:

monteiro loBato
José Monteiro Lobato nasceu em 18 de abril de 1882,
em Taubaté (SP) e é considerado um dos maiores escritores
brasileiros de literatura infantojuvenil. Seus personagens e
sua fantasia continuam atuais, agradando crianças e adoles-
centes que os conhecem nos livros, na tevê e nas diversas
produções teatrais que não deixam de ser produzidas em
todo país. Era advogado, mas gostava de pintar quadros e
escrever para pessoas de todas as idades. De seus 34 livros
publicados, 17 foram feitos para crianças e adolescentes. Na
Internet: http://www.lobato.com.br/
(Zá, nº 49.)

pretérito perfeito: nasceu; pretérito imperfeito: era,


a) Identifique o tempo das formas verbais destacadas no texto. gostava; presente: continuam, conhecem
b) Se o texto está falando de um escritor que viveu no passado, por que há no texto verbos que
estão no presente? Porque, no trecho do texto em que eles aparecem, comenta-se a importância que as obras de Monteiro
Lobato têm para os leitores de hoje.

12. Por sugerir educação, polidez na forma de pedir algo a alguém, o pretérito imperfeito é, às vezes,
usado no lugar do presente, considerado muito “seco” e direto. Em qual das frases seguintes o
pretérito imperfeito tem esse tipo de emprego? Professor: Sugerimos que, depois de chegar à resposta com os alu-
nos, chame a atenção deles para a importância do pretérito imperfeito
como elemento modalizador do discurso, isto é, como um recurso que torna mais educada e polida a forma de se dirigir ao interlocutor.
a) Sempre pedia um livro e lia um pouco antes de dormir.
b) Não acreditava que seu cartão da loteria estivesse premiado.
X c) A senhora podia me ajudar? Será que dava pra segurar este pacote um pouquinho?

47

Book 1.indb 47 05/06/12 08:34


13. Calvin é um menino muito preguiçoso, principalmente para fazer as lições. Mas será que o Calvin
do futuro se arrepende do que o Calvin do passado deixou de fazer? Vejamos:

(Bill Watterson. Os dias estão simplesmente lotados. São Paulo: Best News, 1995. v. 2, p.10.)
a) O Calvin do presente é o de camiseta listrada e sem óculos; o do passado é o de camiseta listrada com óculos; e o do futuro é o
de pijama de bolinhas.
a) Baseando-se na roupa e nos óculos, identifique o Calvin do presente, o do passado e o do futuro.
b) Várias vezes o modo imperativo é empregado no texto. Por que isso ocorre? Identifique dois
verbos no imperativo. Esqueça, faça, vai, vá, acerte; os imperativos expressam ordens para que a lição seja feita.
c) Por que o Calvin do futuro mostra preocupação, caso a lição não seja feita até as 8h30?
d) Identifique o tempo (do modo indicativo) das seguintes formas verbais empregadas na tira:
estamos, deveria, fiz, será. presente; futuro do pretérito; pretérito perfeito; futuro do presente
c) Porque às 8h30 já será muito tarde; provavelmente é a hora de dormir.

14. Reescreva as frases da tira a seguir, completando-as com os verbos tricotar e brincar no pretérito
imperfeito e com o verbo perder no pretérito perfeito. tricotava, brincava, perdi

(Fernando Gonsales. Níquel Náusea – Nem tudo que balança cai!. São Paulo: Devir, 2003. p. 38.)

48

Book 1.indb 48 05/06/12 08:34