Você está na página 1de 2

SISTEMA DA QUALIDADE

PE – PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO
E N G E N H A R IA

IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA


EXECUÇÃO DE FORMAS E DESFORMA


DE PILARES PE 06 03 1/2

1 - ANTES DE INICIAR O SERVIÇO:

 Reunir com a equipe e instruí-los sobre o serviço;

2 - DURANTE O SERVIÇO:

1. Usar tábua ou madeirite observando se as mesmas não estão empenadas, com


buracos ou danificadas.

2. Obedecer às dimensões de acordo com especificações de projeto de forma.

3. Verificar os ângulos e esquadros da forma.

4. No caso de pilar aparente fazer o travamento somente com gravatas de sarrafo.

5. No caso de pilar não aparente fazer travamento com arame galvanizado ou


recozido e/ou gravata.

6. Travar a forma com sarrafo com espaçamento de no máximo 1m.

7. Travar a forma para que a mesma não abra ao ser concretada.

8. Aprumar o pilar.

9. Conferir dimensões (largura, comprimento, altura) do pilar de acordo com projeto.

10. No caso de pilar redondo fazer gabarito de madeira de acordo com diâmetro
de projeto ou utilizar um tubo de PVC ou metálico para concretagem.

11. Na desforma utilizar cunhas e pés de cabra.

12. Desformar no mínimo com 3 dias após concretagem.

3 - FERRAMENTAS:

 Serrote ou Serra circular de mesa ou Serra circular manual; Martelo; Cinto de


carpinteiro; Nível de bolha ou Mangueira de nível; Esquadro; Lápis para carpinteiro;
Linha de pedreiro; Turquesa; Escoramento de ferro ou madeira; Encho.

4 - SEGURANÇA DO TRABALHO

 Capacete; Luvas; Protetores faciais; Botina; Protetor auricular; Cinto de segurança.


SISTEMA DA QUALIDADE
PE – PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO
E N G E N H A R IA

IDENTIFICAÇÃO VERSÃO FOLHA


EXECUÇÃO DE FORMAS E DESFORMA


DE PILARES PE 06 03 2/2

5 – TRAÇOS DE MATERIAIS

 Não se aplica.

6- HISTÓRICO DE ALTERAÇÕES

 As alterações de versões anteriores não serão descritas conforme definido em ata


do dia 01/12/2006.

Elaborado/revisado por: Aprovado para uso:


___________________ ___/___/___ _____________________ ___/___/___
Assinatura Data Assinatura Data