Você está na página 1de 5

GEOMETRIA ANALÍTICA

Produto misto

O produto misto é obtido por meio do resultado do cálculo de produto escalar


entre um vetor dado e outro vetor resultante do produto vetorial entre outros dois
vetores, ou seja, por exemplo, tomados três vetores , e :
        
= x1 i + y1 j + z1 k , = x2 i + y2 j + z2 k e = x3 i + y3 j + z3 k .

Dessa forma, o produto misto é o produto de: u . v . w.

O qual representamos por: [u, v, w].

Já vimos que o produto vetorial de v x w é calculado como a seguir:

i j k
  
. = x2 y2 z2 = y2 z2 i - x2 z2 j + x2 y2 k

x3 y3 z3 y3 z3 x3 z3 x3 y3

Resultando em outro vetor.

Então, o produto escalar entre . ( . ) resulta em um número real,calculado como


segue:

.( . ) = x1 y2 z2 - y1 x2 z2 + z1 x2 y2

y3 z3 x3 z3 x3 y3

Por meio do cálculo do determinante de Laplace, o produto apresentado, chamado


de “produto misto”, poderá ser calculado da maneira a seguir:

x1 y1 z1

.( . )= x2 y2 z2

x3 y3 z3

O resultado do produto misto será, portanto, um número real.

Então, por exemplo, dados os vetores = (u1, u2, u3), ( ) = (v1, v2, v3) e = (w1, w2,
w3), o produto misto será definido por u, v e w, representado por [ , , )] ou por
. ( . ), como o número real obtido por meio do determinante da matriz:

License-519255-68265-0-4
GEOMETRIA ANALÍTICA

u1 u2 u3

v1 v2 v3

w1 w2 w3

Ou seja, se calcularmos o produto misto dos vetores:

= 2i + 3j + 5k

= -i + 3j + 3k

= 4i - 3j + 2k

Faremos como a seguir:

2 3 5

(u, v, w) = -1 3 3 = 27

4 -3 2

License-519255-68265-0-4
GEOMETRIA ANALÍTICA

Significado geométrico do produto


misto

Propriedade 1 – Volume e produto misto.


O valor absoluto | . ( . )| constiste no volume do paralelepípedo de arestas ,
e .

Propriedades do produto misto


Relacionamos as principais propriedades do produto misto, as quais decorrem das
propriedades dos determinantes, sendo:

•• × ( × ) = 0 = × ( × ), pois × = é ortogonal a , logo × = 0 (é


possível, também, que v interprete um determinante com duas linhas iguais).

•• O produto misto ainda verifica as seguintes relações, que devem ser


correspondentes, na troca da ordem das colunas de um determinante:

u × (v × w) = −u × (w × v) = w × (u × v) = w × (v × u),

u × (w × w) = 0 = w × (u × w).

Exemplo 1

Sabendo que ×( × ) = 2, determine ×( × ), × ( × ), ×( × ).

Observe que × ( × ) = − × ( × ) = −2. Veja também que ×( × )=− ×( × )=


× ( × ) = 2.

Exemplo 2

Se um dos vetores é nulo, se dois são colineares, ou se três são coplanares.

Caso um dos vetores seja nulo ou se dois forem colineares, então uma linha do
determinante é nula, ou uma linha é múltipla da outra. Em ambos os casos, o
determinante equivale a zero.

License-519255-68265-0-4
GEOMETRIA ANALÍTICA

Se os três vetores são coplanares, então x é ortogonal a e a , logo x é


ortogonal a todos os vetores do plano determinado por e , e, em particular, a .

Nesse caso, teremos:

( , , )= .( × ) = 0.

Interpretação geométrica do produto


misto em módulo

Já vimos que o valor do produto misto sempre será um número real e que,
dependendo das coordenadas dos vetores que estão envolvidos, esse número
também pode ser um número negativo.

De maneira geométrica, o módulo relativo do resultado do produto misto deve ser


equivalente ao volume de um paralelepípedo, cujas arestas serão formadas pelos
três vetores envolvidos no cálculo desse produto misto, conforme figura:

License-519255-68265-0-4
GEOMETRIA ANALÍTICA

VxW

h h

W

Nessa figura, a área do paralelepípedo, formada pelos vetores e , é determinada


pela norma do produto vetorial entre e , isto é, || x ||.

Temos também na figura que o ângulo  é formado pelos vetores e e forma um


ângulo de 90º com a base do paralelepípedo. Dessa forma, a altura h é igual ao
produto entre o comprimento do vetor e o módulo do cosseno do ângulo , ou seja,
h = || || × |cos|.

Assim, o volume V do paralelepípedo é igual à área da base vezes a altura:

V = || × || •.|| || × | cos |

Sabemos que o produto escalar também é calculado como segue:

• = || || • || || • | cos |

Dessa maneira, o volume V será: V = | • ( × )|, que, na verdade, é o módulo do


produto misto entre os vetores que formam o paralelepípedo.

Assim, o volume do paralelepípedo é:

V=|[ , , ]|

License-519255-68265-0-4

Você também pode gostar