Você está na página 1de 1

b) Por SEDEX, com data de recebimento da correspondência pelo setor de Protocolo da

Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo (SESA) até às 18:00h do dia 28/08/2020,
em envelope lacrado endereçado ao ICEPi/SESA, para o endereço: Rua Eng. Guilherme
José Monjardim Varejão, nº 225, Ed. Enseada Plaza, Enseada do Suá, Vitória/ES CEP:
29.050-260.

X. No Anexo G consta Modelo de Etiqueta para identificação do envelope.

4. DA ANÁLISE DE CURRÍCULO

4.1. A análise de currículo possui caráter classificatório e eliminatório, com valor máximo de
10 pontos, atribuídos conforme critérios definidos no Anexo C – Quadro de Pontuação
para Análise de Currículo.

4.2. O não envio da documentação para comprovação da análise de currículo implicará na


ELIMINAÇÃO do candidato.

4.3. Não serão atribuídos pontos aos itens exigidos como requisitos para participação no
Processo Seletivo.

5. DOS DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS DOS REQUISITOS E DA ANÁLISE DE CURRÍCULO

5.1. Quando o nome do candidato for diferente do constante dos documentos apresentados,
deverá ser anexado comprovante de alteração do nome (por exemplo: certidão de
casamento).

5.2. Da análise dos títulos:

5.2.1. Para comprovação da conclusão do curso de pós-graduação em nível de


Especialização, Mestrado e Doutorado, será aceito diploma ou certificado atestando que
o curso atende às normas da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes
e Bases da Educação), do Conselho Nacional de Educação (CNE), ou está de acordo com
as normas do extinto Conselho Federal de Educação (CFE). Também será aceita
declaração de conclusão de pós-graduação em nível de Especialização, Mestrado e
Doutorado, acompanhada do respectivo histórico escolar, no qual conste a carga horária
do curso, as disciplinas cursadas com as respectivas menções, a comprovação da
apresentação e aprovação da monografia, dissertação ou tese. A declaração deverá
também atestar que o curso atende às normas da Lei nº 9.394/1996, do CNE, ou está de
acordo com as normas do extinto CFE. Caso o histórico escolar ateste a existência de
alguma pendência ou falta de requisito de conclusão do curso, o certificado/declaração
não será aceito.

5.2.2. Os cursos realizados no exterior só terão validade quando revalidados por


instituição de ensino superior no Brasil e traduzido para a língua portuguesa por tradutor
juramentado.